Abrir menu principal
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde outubro de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Nadine Bastos
Nome completo Nadine Schramm Câmara Bastos
Nascimento 13 de novembro de 1982 (36 anos)
Itajaí, Santa Catarina
 Brasil
Nacionalidade brasileira
Ocupação comentarista de arbitragem
Filiação FCF, CBF
Árbitro FIFA 2014-2017
Outros cirurgiã dentista

Nadine Schramm Câmara Bastos (Itajaí-SC, 13 de Novembro de 1982) é uma ex-árbitra-assistente de futebol do Brasil, e que, desde abril de 2017, trabalha como comentarista e analista de arbitragem dos canais Fox Sports, sendo a 1ª mulher a ser Comentarista de Arbitragem na TV brasileira.

Como árbitra-assistente, seu momento de maior destaque foi quando trabalhou na primeira partida da final da Copa do Brasil de 2016.[1]

Índice

CarreiraEditar

ArbitragemEditar

Cirurgiã dentista especializada em periodontia, Nadine formou-se árbitra em 2007.[2] Considerada a melhor árbitra-assistente do futebol brasileiro pela CBF, Nadine ganhou uma insígnia da Fifa em seu uniforme em 2014.[3]

Foi a assistente que mais trabalhou no futebol catarinense em 2012, tendo feito inclusive a final do campeonato estadual daquele ano.

Seu momento de maior destaque foi quando trabalhou na primeira partida da final da Copa do Brasil de 2016.[1]

Outro momento de destaque foi quando atuou no jogo de reabertura do estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.[2]

Comentarista de ArbitragemEditar

Em 2017, Nadine tornou-se a 1ª mulher a ser Comentarista de Arbitragem na TV brasileira.[4]

A negociação entre Nadine e Fox Sports começou no dia 8 de março de 2017, no Dia Internacional da Mulher, quando ela foi procurada pela emissora para representar a arbitragem feminina na televisão. Após dez anos se dedicando à arbitragem brasileira, a despedida oficial de Nadine dos gramados aconteceu um dia depois, no amistoso da Seleção Brasileira Feminina contra a Bolívia, na Arena Amazônia. Ela recebeu o apito nos acréscimos do jogo das mãos da árbitra Débora Correira para dar seu adeus.[5]

Referências

  1. a b terra.com.br/ Com hisóricos distintos, Atlético-MG e Grêmio iniciam a decisão da Copa do Brasil
  2. a b apitonacional.com.br/
  3. vozdoapito.com.br/ Melhor árbitra assistente do Brasil, Nadine Bastos encerra a carreira e vira comentarista de arbitragem da Fox Sports
  4. dibradoras.com.br/ Arquivado em 13 de outubro de 2017, no Wayback Machine. A estreia da 1ª mulher a comentar arbitragem na TV: “Somos capazes de ir muito longe”
  5. uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/ Por chance na Fox, bandeirinha larga futebol e pausa carreira de dentista