Partido Conservador (Reino Unido)

Partido Conservador e Unionista
Conservative and Unionist Party
Líder Boris Johnson
Presidente James Cleverly e Ben Elliot
Fundação 1834
Sede Millbank Tower, Londres
 Reino Unido
Ideologia Conservadorismo social
Liberalismo económico
Unionismo britânico
Euroceticismo (facção)
Espectro político Centro-direita
Ala jovem Futuro Conservador
Membros  (2014) Aumento 191 000[1]
Afiliação internacional IDU
Afiliação europeia Alianças dos Reformistas e Conservadores Europeus
Grupo no Parlamento Europeu Reformistas e Conservadores Europeus
Câmara dos Comuns
365 / 650
Câmara dos Lordes
241 / 793
Assembleia de Londres
8 / 25
Governo local[2]
7 429 / 20 249
Policia e Comissários de Policia
20 / 40
Cores      Azul
Página oficial
www.conservatives.com

O Partido Conservador e Unionista (em inglês: Conservative and Unionist Party), comumente conhecido como Partido Conservador (Conservative Party) é um partido político conservador do Reino Unido. Data, em sua forma atual, do início do século XIX, e historicamente tem sido o principal partido da direita naquele país, embora na atualidade tanto o partido quanto seus eleitores sejam mais associados com o centro-direita.[3]

O Partido Conservador descende do histórico Partido Tory (Tory Party), fundado em 1678, fervorosos apoiadores da coroa britânica, cujos rivais eram os Whigs, e devido a esta descendência o partido ainda é conhecido como tal, e seu membros e eleitores como tories. O apoio à monarquia é ainda hoje uma matriz dos conservadores. O Partido Conservador esteve no governo por dois terços do século XX.

O Partido Conservador é o maior partido político do país em termos de membros do parlamento, o maior em termos de afiliados, e o maior em termos de representantes em governos locais. O atual líder do partido é Boris Johnson, que serve como Primeiro-ministro do Reino Unido.

Nos meses entre julho e setembro de 2008, o Partido Conservador recebeu pouco mais de quatro milhões de libras, comparados com pouco mais de 7,5 milhões recebidos pelo Partido Trabalhista, e declarados à Comissão Eleitoral em 26 de novembro daquele ano. Os conservadores também possuem uma dívida de 12,1 milhões de libras, comparados com os 15,7 milhões dos trabalhistas e 1,13 milhão dos liberais-democratas.[4]

HistóriaEditar

OrigensEditar

O Partido Conservador foi fundado na década de 1830. No entanto, alguns escritores traçam suas origens para o rei Carlos I na década de 1620. Outros escritores apontam para uma facção, enraizada no Partido Whig do século XVIII, que se uniu em torno de William Pitt, o Novo, na década de 1780. Eles eram conhecidos como "Whigs independentes", "Amigos do Sr. Pitt" e nunca usaram termos como "Tory" ou "Conservador". Pitt morreu em 1806. A partir de 1812, o nome "Tory" era comumente usado para um novo partido que, segundo o historiador Robert Blake, "são os ancestrais do conservadorismo". Blake acrescenta que os sucessores de Pitt depois de 1812 "não eram de forma alguma expoentes do verdadeiro toryismo".[5]

O termo "conservador" foi sugerido como um titulo para o partido por um artigo de J. Wilson Croker na revista Quarterly Review em 1830.[6] O nome imediatamente pegou e foi oficialmente adotado sob a égide de Sir Robert Peel por volta de 1834. Desde de então, Peel é reconhecido como fundador do Partido Conservador, que ele criou com o anuncio do Manifesto de Tamworth. O termo "Partido Conservador", em vez de Tory, se tornou o uso dominante a partir de 1845.[7][8]

Resultados EleitoraisEditar

Eleições legislativasEditar

Data Líder(es) Cl. Votos % +/- Deputados +/- Status
1835 Robert Peel 2.º 261 269
42,8 / 100,0
273 / 658
Oposição
1837 Robert Peel 2.º 379 694
48,3 / 100,0
 5,5
314 / 658
 41 Oposição
1841 Robert Peel 1.º 306 314
50,9 / 100,0
 2,6
367 / 658
 53 Governo
1847 Edward Smith-Stanley,
14.º Conde de Derby
2.º 205 481
42,7 / 100,0
 8,2
325 / 656
 42 Governo
1852 Edward Smith-Stanley,
14.º Conde de Derby
2.º 311 481
41,9 / 100,0
 0,8
330 / 654
 5 Governo
1857 Edward Smith-Stanley,
14.º Conde de Derby
2.º 239 712
34,0 / 100,0
 7,9
264 / 658
 66 Oposição
1859 Edward Smith-Stanley,
14.º Conde de Derby
2.º 193 232
34,3 / 100,0
 0,3
298 / 654
 34 Oposição
1865 Edward Smith-Stanley,
14.º Conde de Derby
2.º 346 035
40,5 / 100,0
 6,2
289 / 658
 9 Oposição
1868 Benjamin Disraeli 2.º 903 318
38,4 / 100,0
 2,1
271 / 658
 18 Oposição
1874 Benjamin Disraeli 1.º 1 091 708
44,3 / 100,0
 5,9
350 / 652
 79 Governo
1880 Benjamin Disraeli 2.º 1 426 351
42,5 / 100,0
 1,8
237 / 652
 113 Oposição
1885 Robert Gascoyne-Cecil,
3.º Marquês de Salisbury
2.º 2 020 927
43,5 / 100,0
 1,0
247 / 670
 10 Oposição
1886 Robert Gascoyne-Cecil,
3.º Marquês de Salisbury
1.º 1 520 886
51,1 / 100,0
 7,6
394 / 670
 147 Governo
1892 Robert Gascoyne-Cecil,
3.º Marquês de Salisbury
1.º 2 159 150
47,0 / 100,0
 4,1
313 / 670
 81 Governo
1895 Robert Gascoyne-Cecil,
3.º Marquês de Salisbury
1.º 1 894 772
49,0 / 100,0
 2,0
411 / 670
 98 Governo
1900 Robert Gascoyne-Cecil,
3.º Marquês de Salisbury
1.º 1 767 958
50,3 / 100,0
 1,3
402 / 670
 9 Governo
1906 Arthur Balfour 2.º 2 422 071
43,4 / 100,0
 6,9
156 / 670
 246 Oposição
01/1910 Arthur Balfour 1.º 3 104 407
46,7 / 100,0
 3,3
272 / 670
 116 Oposição
12/1910 Arthur Balfour 1.º 2 420 169
46,3 / 100,0
 0,4
271 / 670
 1 Oposição
1918 Andrew Bonar Law 1.º 3 472 738
33,3 / 100,0
 13,0
332 / 707
 61 Governo
1922 Andrew Bonar Law 1.º 5 294 465
38,5 / 100,0
 5,2
344 / 615
 12 Governo
1923 Stanley Baldwin 1.º 5 286 159
38,0 / 100,0
 0,5
258 / 615
 56 Oposição
1924 Stanley Baldwin 1.º 7 418 983
46,8 / 100,0
 8,8
412 / 615
 154 Governo
1929 Stanley Baldwin 1.º 8 252 527
38,1 / 100,0
 8,7
260 / 615
 152 Oposição
1931 Stanley Baldwin 1.º 11 377 022
55,0 / 100,0
 16,9
470 / 615
 210 Governo
1935 Stanley Baldwin 1.º 10 025 083
47,8 / 100,0
 7,2
386 / 615
 83 Governo
1945 Winston Churchill 2.º 8 716 211
36,2 / 100,0
 11,6
197 / 615
 189 Oposição
1950 Winston Churchill 2.º 11 507 061
40,0 / 100,0
 3,8
282 / 625
 85 Oposição
1951 Winston Churchill 2.º 13 717 850
48,0 / 100,0
 8,0
321 / 625
 39 Governo
1955 Anthony Eden 1.º 13 310 891
49,7 / 100,0
 1,7
345 / 630
 24 Governo
1959 Harold Macmillan 1.º 13 750 875
49,4 / 100,0
 0,3
365 / 630
 20 Governo
1964 Alec Douglas-Home 2.º 12 002 642
43,4 / 100,0
 6,0
304 / 630
 61 Oposição
1966 Edward Heath 2.º 11 418 433
41,9 / 100,0
 1,5
253 / 630
 51 Oposição
1970 Edward Heath 1.º 13 145 123
46,4 / 100,0
 4,5
330 / 630
 77 Governo
02/1974 Edward Heath 1.º 11 872 180
37,9 / 100,0
 8,5
297 / 635
 33 Oposição
10/1974 Edward Heath 2.º 10 462 565
35,8 / 100,0
 2,1
277 / 635
 20 Oposição
1979 Margaret Thatcher 1.º 13 697 923
43,9 / 100,0
 8,1
339 / 635
 62 Governo
1983 Margaret Thatcher 1.º 13 012 316
42,4 / 100,0
 1,5
397 / 650
 58 Governo
1987 Margaret Thatcher 1.º 13 760 935
42,2 / 100,0
 0,3
376 / 650
 21 Governo
1992 John Major 1.º 14 093 007
41,9 / 100,0
 0,3
336 / 651
 40 Governo
1997 John Major 2.º 9 600 943
30,7 / 100,0
 11,2
165 / 659
 172 Oposição
2001 William Hague 2.º 8 357 615
31,7 / 100,0
 1,0
166 / 659
 1 Oposição
2005 Michael Howard 2.º 8 784 915
32,4 / 100,0
 0,7
198 / 646
 32 Oposição
2010 David Cameron 1.º 10 703 653
36,1 / 100,0
 3,7
306 / 650
 108 Governo
2015 David Cameron 1.º 11 334 920
36,9 / 100,0
 0,8
331 / 650
 25 Governo
2017 Theresa May 1.º 13 632 914
42,3 / 100,0
 5,4
317 / 650
 13 Governo
2019 Boris Johnson 1.º 13 966 565
43,6 / 100,0
 1,2
365 / 650
 48 Governo

Eleições europeiasEditar

Data Cl. Votos % +/- Deputados +/-
1979 1.º 6 508 492
48,4 / 100,0
60 / 81
1984 1.º 5 426 886
38,8 / 100,0
 9,6
45 / 81
 15
1989 2.º 5 331 077
34,7 / 100,0
 4,1
32 / 81
 13
1994 2.º 4 428 531
28,0 / 100,0
 6,7
18 / 87
 14
1999 1.º 3 578 218
36,0 / 100,0
 8,0
36 / 87
 18
2004 1.º 4 397 060
26,7 / 100,0
 9,3
27 / 78
 9
2009 1.º 4 198 394
27,9 / 100,0
 1,2
25 / 72
 2
2014 3.º 3 792 549
23,1 / 100,0
 4,8
19 / 73
 6
2019 5.º 1 512 809
8,8 / 100,0
 14,3
4 / 73
 15

Referências

  1. Casalicchio, Emilio; Dickson, Annabelle; Cooper, Charlie (29 de setembro de 2019). «Cleverly Does It». Politico. Consultado em 15 de dezembro de 2019 
  2. «Local Council Political Compositions». Keith Edkins. 24 de junho de 2013. Consultado em 1 de outubro de 2013 
  3. «Tories secure centre-right deal». BBC.co.uk. 30 de junho de 1999 
  4. The Electoral Commission (26 de agosto de 2008). «New figures published showing political parties' donations and borrowing». Consultado em 3 de janeiro de 2009 
  5. BLAKE, Robert (1997). The Conservative Party from Peel to Major. [S.l.: s.n.] pp. [4] 
  6. SAFIRE, William (2008). Safire's Political Dictionary. [S.l.]: Oxford University Press. pp. [144] 
  7. BULMER-THOMAS, Ivor (1965). The Growth of the British Party System Volume I: 1640–1923. [S.l.: s.n.] pp. 66–81 
  8. PATERSON, David (2001). Liberalism and Conservatism, 1846–1905. [S.l.: s.n.] pp. [5] 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.