Abrir menu principal

TV Asa Branca

Emissora de televisão brasileira de Caruaru, PE
TV Asa Branca
Rede Nordeste de Comunicação Ltda.
Caruaru, Pernambuco
Brasil
Tipo Comercial
Canais Digital: 17 UHF
Virtual: 8 PSIP
Outros canais 12 / 412 HD (Sky)
8 (Oi TV)
13 / 513 HD (NET)
ver mais
Analógico:
08 VHF (1991-2018)
Sede Caruaru Flag.png Caruaru, PE
Slogan Aqui a gente se encontra
Rede Rede Globo
Fundador Vicente Jorge Espíndola
Luiz de França Leite
Inocêncio de Oliveira
Pertence a Rede Nordeste de Comunicação
Proprietário Vicente Jorge Espíndola
Luiz de França Leite
Inocêncio de Oliveira
Presidente Vicente Jorge Espíndola
Fundação 1 de agosto de 1991 (28 anos)
Prefixo ZYB 305
Emissoras irmãs CBN Caruaru
Cobertura Mapa Cobertura - TV Asa Branca (CARUARU-PERNAMBUCO).svg
Coord. do transmissor 8° 17' 5.6" S 35° 58' 38.1" O
Potência 2 kW
Página oficial redeglobo.globo.com/pe/tvasabranca

TV Asa Branca é uma emissora de televisão brasileira sediada em Caruaru, cidade do estado de Pernambuco. Opera no canal 8 (17 UHF digital) e é afiliada à Rede Globo. Pertence à Rede Nordeste de Comunicação, tendo também como acionista o político Inocêncio de Oliveira. Seus estúdios estão localizados no bairro Pinheirópolis, e sua antena de transmissão está no alto do Morro Bom Jesus.

HistóriaEditar

Em 1989, o político pernambucano Inocêncio de Oliveira recebe a outorga para implantação do segundo canal de televisão de Caruaru, que até então só possuía a TV Pernambuco. Juntamente a isso, o jornalista Vicente Jorge Espíndola e o engenheiro Luiz de França Leite iniciam o projeto de implantação da emissora, instituindo a sociedade junto com Inocêncio de Oliveira.[1]

Em 1º de agosto de 1991, foi oficialmente fundada a TV Asa Branca, transmitindo através do canal 8 VHF, e sendo a primeira afiliada da Rede Globo em Pernambuco, retransmitindo também parte da programação da TV Globo Nordeste do Recife e levando seu sinal para 108 municípios do interior, juntamente com a TV Grande Rio de Petrolina, inaugurada no mesmo dia. Sua sede estava inicialmente instalada no alto do Morro Bom Jesus (onde atualmente é o 4º Batalhão de Polícia Militar de Caruaru), e seu departamento comercial no bairro Divinópolis.[2]

Em 1993, a emissora inaugura sua primeira sucursal em Garanhuns. Em 1997, a emissora deixa sua sede no Morro Bom Jesus e muda-se para o bairro Indianópolis. Em 2000, seus estúdios e seu departamento comercial são reunidos no bairro Pinheirópolis, onde está até hoje. Nesse mesmo ano, a emissora passa a produzir blocos locais do NETV, que até então era integralmente retransmitido de Recife. Em novembro de 2006, a emissora inaugura mais uma sucursal em Serra Talhada.[3]

Sinal digitalEditar

Canal virtual Canal digital Resolução de tela Programação
8.1 17 UHF 1080i Programação principal da TV Asa Branca / Globo

A emissora iniciou suas transmissões digitais em caráter experimental em 16 de maio de 2013, através do canal 17 UHF. Em 1º de agosto, aniversário de 22 anos da emissora, o sinal digital foi oficialmente lançado.[4] Em 17 de junho de 2016, a emissora passou a transmitir seus programas em alta definição.

Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a TV Asa Branca, bem como as outras emissoras de Caruaru, cessou suas transmissões pelo canal 8 VHF em 17 de dezembro de 2018, seguindo o cronograma oficial da ANATEL.[5]

ProgramasEditar

Além de retransmitir a programação nacional da Rede Globo, atualmente a TV Asa Branca produz e exibe os seguintes programas:

  • AB1: Telejornal, com Almir Vilanova;
  • AB2: Telejornal, com Remir Freire;
  • AB Notícia: Boletim informativo, durante a programação
Retransmitidos da TV Globo Nordeste
  • Bom Dia Pernambuco: Telejornal, com Pedro Lins;
  • Globo Esporte PE: Jornalístico esportivo, com Tiago Medeiros;
  • Globo Comunidade: Jornalístico, apresentado em esquema de rodízio;
  • Futebol Na Globo: Jogos de futebol das equipes de Pernambuco.

Diversos outros programas compuseram a grade da emissora e foram descontinuados:

  • ABTV Revista
  • Acontecendo
  • Asa Branca Cidades
  • Bom Dia Pernambuco Regional
  • Globo Esporte Caruaru
  • NETV
  • Terra da Gente (com a EPTV)

JornalismoEditar

Inicialmente, o jornalismo da emissora era composto de pequenas inserções locais, como os boletins informativos Acontecendo e Asa Branca Cidades, que veiculavam matérias de curta duração sobre a região, sendo que os telejornais eram os mesmos exibidos pela TV Globo Nordeste. Em 1992, a emissora estreou um bloco local do Bom Dia Pernambuco para a região, apresentado por Ana Paula Freire.

Já em 2000, a emissora passa a produzir blocos locais do NETV, exibidos em conjunto com o telejornal gerado no Recife. Posteriormente, o NETV local passa a se chamar ABTV, que desde 1998 já havia deixado de existir como revista eletrônica. Em fevereiro de 2008, com a adoção do padrão jornalístico Radar, a emissora estreia o AB Notícia, com matérias de curta duração nos intervalos da programação.

Em 30 de março de 2009, o ABTV passou a ocupar integralmente o tempo do NETV, que agora passa a ser exibido para a região apenas em caso de coberturas especiais a nível estadual. Em março de 2010, com a reformulação do jornalismo, a emissora passou a produzir um bloco local do Globo Esporte para sua área de cobertura, apresentado por Eri Santos. Dois anos depois, esse bloco foi extinto e a TV Asa Branca passou a retransmitir integralmente a edição estadual gerada pela Globo Nordeste.

EntretenimentoEditar

A primeira produção de entretenimento da emissora foi o ABTV, na época uma revista eletrônica que estreou em 1994, apresentada por Silvio Nascimento e Wanda Maia e em 1996 por Tânia Passos. A TV Asa Branca também chegou a exibir na década de 1990 o especial da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, realizado anualmente no município de Brejo da Madre de Deus, e hoje transmitido para todo o Nordeste através da TV Globo Nordeste. A emissora também produziu outros especiais, tais como:

  • Lampião - Nascido há 100 anos (1998)
  • Moda, a força do agreste (2018)[6]
  • Filhos da Terra (2019)[7]
  • Central - Um século de paixão (2019)[8]

Entre 2008 e 2014, a emissora exibiu o programa Terra da Gente, produzido pela EPTV, e que também contava com matérias feitas pela TV Asa Branca. Desde então, a emissora não produz ou exibe programas de entretenimento, com exceção dos especiais da TV Globo Nordeste.

RetransmissorasEditar

Lista de retransmissoras
Cidade Analógico Digital Cidade Analógico Digital Cidade Analógico Digital Cidade Analógico Digital
Águas Belas 07 - Angelim 10 - Arcoverde 10 19 Belém de Maria 04 -
Belo Jardim 13 - Betânia 06 - Bom Conselho 02 - Bonito 13 -
Brejinho 12 - Brejo da Madre de Deus 02 - Buíque 07 19 Cachoeirinha 09 -
Calumbi 12 - Camocim de São Félix 06 - Canhotinho 04 - Catende 23 -
Correntes 10 - Cortês 09 - Cumaru 09 - Custódia 11 -
Floresta 11 - Garanhuns 02 19 Gravatá 10 17 Inajá 04 -
Itapetim 12 - Jataúba 09 - Jupi 13 19 Pedra - 20
Pesqueira 18 20 Poção 07 - Sanharó 09 - Santa Cruz do Capibaribe 07 18 (19)
Santa Terezinha 12 - São Joaquim do Monte 05 - São José do Belmonte 10 - São José do Egito 12 -
Serra Talhada 12 - Solidão 05 - Surubim 47 - Taquaritinga do Norte 26 18
Triunfo 07 - Tupanatinga 09 - Tuparetama 09 - Venturosa 09 20

Referências

  1. Vasconcelos, Fabíola Mendonça de (2000). «TV Asa Branca: um núcleo das indústrias culturais no interior de Pernambuco» (PDF). Intercom. Consultado em 25 de julho de 2016 
  2. «Conheça a história da TV Asa Branca e sua contribuição no jornalismo de PE». TV Asa Branca. 1 de agosto de 2014. Consultado em 25 de julho de 2016 
  3. «Parabéns a TV Asa Branca que comemora 19 anos». SerraTalhada.net. 1 de agosto de 2010. Consultado em 25 de julho de 2016 
  4. «Caruaru e Garanhuns ganham sinal digital da TV Asa Branca; entenda». TV Asa Branca. 9 de agosto de 2013. Consultado em 25 de julho de 2016 
  5. «Novas datas para desligamento do sinal analógico de TV». TeleSínstese. 4 de dezembro de 2018. Consultado em 5 de dezembro de 2018 
  6. «Especial 'Moda, A força do Agreste' é exibido na TV Asa Branca». G1. 10 de dezembro de 2018. Consultado em 9 de junho de 2019 
  7. «Série 'Filhos da Terra' será exibida pela TV Asa Branca». G1. 22 de março de 2019. Consultado em 9 de junho de 2019 
  8. «Primeira parte do documentário "Central - Um século de paixão"». globoesporte.com. 31 de maio de 2019. Consultado em 9 de junho de 2019 

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

  • Boaventura, Luís (2016). ABTV. Fazendo História. Caruaru: [s.n.] 

Ligações externasEditar