Abrir menu principal

Ángel Romero (futebolista)

génio da bola

Ángel Rodrigo Romero Villamayor, mais conhecido como Ángel Romero (Fernando de la Mora, 4 de julho de 1992), é um futebolista paraguaio que atua como atacante. Atualmente joga pelo San Lorenzo.[1]

Ángel Romero
Ángel Romero
Romero no Corinthians em 2018
Informações pessoais
Nome completo Ángel Rodrigo Romero Villamayor
Data de nasc. 4 de julho de 1992 (27 anos)
Local de nasc. Fernando de la Mora, Paraguai
Nacionalidade paraguaio
Altura 1,77 m
destro
Informações profissionais
Período em atividade 2011–presente
Clube atual San Lorenzo
Número 92
Posição Atacante
Clubes de juventude
2008–2011 Cerro Porteño
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2011–2014
2014–2019
2019–
Cerro Porteño
Corinthians
San Lorenzo
0070 000(23)
0222 000(38)
0002 0000(1)
Seleção nacional3
2013– Paraguai 0015 0000(2)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 31 de agosto de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 5 de junho de 2019.

É o maior artilheiro da Arena Corinthians, com 27 gols[2] e o jogador estrangeiro com mais jogos pelo Corinthians, com 222 jogos.[3]

Seu irmão gêmeo, Óscar Romero, também é jogador e atua como meio-campista.

CarreiraEditar

Cerro PorteñoEditar

Ángel Romero Iniciou sua carreira como profissional em 2011 pelo Cerro Porteño, atuando como atacante, e se tornou uma jovem revelação do clube. Pelo Cerro, conquistou o Campeonato Paraguaio em 2012 (Apertura) e 2013 (Clausura), sendo que este último foi de maneira invicta. Como profissional, atuou em 70 partidas e fez 23 gols.

CorinthiansEditar

Em junho de 2014, Romero teve sondagens do Corinthians, que posteriormente revelou o acerto[4] e acertou por cinco temporadas com o atacante paraguaio. Romero se disse feliz com o desfecho positivo das negociações.

Destacou-se na reta final do Brasileirão de 2015, ao marcar dois gols e sofrer um pênalti na goleada do Corinthians sobre o São Paulo, no clássico Majestoso. [6]

2016Editar

Em 20 de janeiro se destacou numa partida contra o Shakhtar Donetsk pela Flórida Cup fazendo os dois gols do Timão na vitória por 3 a 2. Com a saída de diversos jogadores importantes na conquista do título brasileiro em 2015, Romero ganhou mais espaço no clube e jogou muitas vezes como titular sob o comando de Tite. Foi um dos destaques do Corinthians durante o Campeonato Paulista, tendo marcado 5 gols em 16 partidas disputadas.

No dia 20 de abril, marcou dois gols na goleada sobre o Cobresal por 6-0 pela fase de grupos da Copa Libertadores. Se destacou no dia 3 de julho, na goleada por 4 a 0 contra o Flamengo, na Arena Corinthians, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, na qual marcou dois gols e ainda deu uma assistência. Com esses dois gols, Romero chegou a marca de quatro gols no Campeonato Brasileiro de 2016, todos eles marcados nas últimas três rodadas.

Após a saída de Tite para assumir o cargo de técnico da Seleção Brasileira, Romero perdeu espaço no clube. Encerrou a temporada com 15 gols marcados, num total de 56 partidas disputadas somando todas as competições, sendo este o ano em que mais atuou pelo Corinthians.

2017Editar

No dia 18 de janeiro de 2017, em seu primeiro jogo no ano, levou o clube a final do torneio da Florida Cup de 2017, após a goleada de 4 a 1 sobre o Vasco da Gama na semi-final. No dia 21 de janeiro, jogou a final contra o arquirrival São Paulo. O Corinthians perdeu por 4 a 3 nas penalidades máximas, após o empate de 0 a 0 no tempo real, perdendo o título do torneio e ficando com o vice-campeonato. No dia 1 de março de 2017, o Corinthians jogou contra o Brusque, de Santa Catarina, pela Copa do Brasil, e venceu nos pênaltis por 5 a 4. Romero foi o herói da classificação ao marcar o último gol da partida, e com isso o Corinthians viria a enfrentar a equipe do Luverdense. Na final do Campeonato Paulista de 2017, Romero fez o gol do título contra a Ponte Preta no empate de 1 a 1, onde o Corinthians se sagrou campeão paulista de 2017.

Teve um papel importante na campanha do título do Campeonato Brasileiro de 2017, jogando pelos lados do campo, não somente atacando, mas especialmente pela determinação em ajudar a defesa na marcação.

Fez um gol decisivo contra o Palmeiras, pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro de 2017. Nessa rodada o Corinthians via o rival paulista cada vez mais próximo da liderança do campeonato, ameaçando a vantagem que a equipe alvinegra havia criado durante a competição.

O resultado da vitória no clássico garantiu a vantagem outrora em risco, precedendo uma sequência de jogos que garantiram o título nacional de 2017, diminuindo a pressão da torcida por conta de alguns resultados negativos no início do returno do certame.

No dia 15 de novembro de 2017, o Corinthians garantiu o título com quatro rodadas de antecedência ganhando do Fluminense em casa por 3 a 1. Esse foi o segundo título brasileiro de Romero pelo Corinthians.

2018Editar

Não foi muito utilizado por Fábio Carille no começo do ano, mas com a saída do treinador para o futebol árabe, Romero ganhou mais espaço com a chegada de Jair Ventura ao comando da equipe. No final do ano foi muito importante para equipe que foi vice-campeã da Copa do Brasil de 2018, marcando gols importantíssimos como nas quartas de final, contra a Chapecoense[7], e fazendo um hat-trick contra o Vasco, pela 16º rodada do Brasileirão[8].

2019Editar

O início da temporada foi bastante turbulento para o atleta, principalmente por divergências em alguns aspectos de sua renovação contratual.[9] Após diversas reuniões entre diretoria e empresário do jogador, ambos não chegaram em um consenso e a renovação contratual de Ángel começou a se arrastar durante o primeiro semestre do ano.[10] Sendo assim, o atleta, de forma profissional, decidiu cumprir contrato até o seu vencimento.[11] Porém, por políticas internas da diretoria do clube, foi afastado do time principal, não podendo ser utilizado pelo técnico Fábio Carille em nenhuma partida, enquanto não resolvesse seu imbróglio com o clube. Após 5 anos, no dia 14 de julho de 2019, com uma notória passagem e tendo disputado 222 jogos e anotado 38 gols, se despediu do clube alvinegro, encerrando assim, seu contrato.[12]

Seleção NacionalEditar

Pela Seleção Paraguaia, atuou em 15 partidas e marcou 2 gols.

Jogos pela Seleção ParaguaiaEditar

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela Seleção Paraguaia.

TítulosEditar

Cerro Porteño
Corinthians

ArtilhariasEditar

  Corinthians

HonrariasEditar

  • Maior artilheiro da Arena Corinthians: 27 gols
  • Jogador estrangeiro com mais jogos pelo Corinthians: 222 jogos
  • Jogador estrangeiro com mais títulos pelo Corinthians: 4 títulos[13]

Prêmios IndividuaisEditar

Ano Premiação Prêmio Time Resultado Ref.
2013 Futebolista paraguaio do ano Melhor jogador paraguaio Cerro Porteño Venceu [14]

Referências

  1. Los hermanos Cuervos
  2. Junior, Roberto (5 de maio de 2019). «5 anos da Arena Corinthians: veja os maiores artilheiros da casa alvinegra». Torcedores.com. Consultado em 25 de junho de 2019 
  3. Jensen, Verônica (31 de agosto de 2018). «Confira 10 jogadores estrangeiros que mais vestiram a camisa do Corinthians». Torcedores.com. Consultado em 25 de junho de 2019 
  4. «Corinthians confirma a contratação do paraguaio Ángel Romero». GloboEsporte.com 
  5. «Cópia arquivada». Consultado em 5 de junho de 2014. Arquivado do original em 6 de junho de 2014 
  6. «Reservas do Corinthians fazem 6 no São Paulo». Portal Terra 
  7. «Corinthians 1 x 0 Chapecoense - Copa do Brasil 2018 Quartas de final - Tempo Real - Globo Esporte». globoesporte.com. Consultado em 31 de maio de 2019 
  8. «Vasco 1 x 4 Corinthians - Campeonato Brasileiro 2018 rodada 16 - Tempo Real - Globo Esporte». globoesporte.com. Consultado em 31 de maio de 2019 
  9. Bruno Cassucci (12 de fevereiro de 2019). «Corinthians e Romero voltam a negociar e tentam destravar renovação de contrato». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de setembro de 2019 
  10. Bruno Cassucci e Marcelo Braga (18 de fevereiro de 2019). «Corinthians e Romero não se acertam, e renovação de contrato volta a emperrar». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de setembro de 2019 
  11. «Romero adia renovação e fala em "completar contrato" com o Corinthians». UOL Esporte 
  12. Canhedo, Ana (14 de julho de 2019). «Após cinco anos, Romero dá adeus ao Corinthians em silêncio e com marcas e títulos conquistados». GloboEsporte.com 
  13. «Com o bicampeonato, Romero iguala a Rincón como estrangeiro mais vencedor pelo Timão». Torcedores.com. 8 de abril de 2018. Consultado em 9 de abril de 2018 
  14. «El mejor jugador paraguayo del 2013». abc.com.py. 28 de dezembro de 2013. Consultado em 26 de março de 2017 

Ligações externasEditar