Abrir menu principal

Jair Ventura

futebolista brasileiro

Jair Zaksauskas Ribeiro Ventura, conhecido como Jair Ventura (Rio de Janeiro, 19 de março de 1979), é um técnico e ex-futebolista brasileiro que atuava como atacante. Atualmente está sem clube.

Jair Ventura
Informações pessoais
Nome completo Jair Zaksauskas Ribeiro Ventura
Data de nasc. 14 de março de 1979 (40 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Apelido Jairzinho Jr.
Informações profissionais
Período em atividade Como jogador: 1999–2006 (7 anos)
Como técnico: 2010–presente (8 anos)
Equipa atual Sem clube
Posição Ex-atacante
Função Técnico
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1999–2000
2001
2002
2002–2003
2004
2004-2005
2005
2006
São Cristovão
Bonsucesso
Bangu
Mulhouse
Mesquita
TP Akwembe
America
Madureira
Times/Equipas que treinou
2009–2012
2010
2011
2012–2013
2014
2015–2016
2015
2016–2017
2018
2018
Botafogo (assistente)
Botafogo (interino)
Brasil Sub-17 (assistente)
Botafogo Sub-20
CSA (assistente)
Botafogo (assistente)
Botafogo (interino)
Botafogo
Santos
Corinthians
000
0001
000
000
000
000
0003
0095
0039
0019
Última atualização: 2 de dezembro de 2018

Índice

CarreiraEditar

Como jogadorEditar

Como jogador, atuou nas equipes de São Cristóvão, Bonsucesso, Bangu, Mulhouse e Mesquita, além de equipes na Grécia e no Gabão.[1] Aposentou-se aos 26 anos de idade, e posteriormente teve passagens pelo América do Rio de Janeiro e Madureira.[2]

Como preparador físicoEditar

Chegou ao Botafogo em 2008, como quarto preparador físico, sendo responsável pelo trabalho de dar suporte aos atletas em exercícios, como troca de pesos ou equipamentos quando necessário.[3]

Carreira como técnicoEditar

Em 2009, foi nomeado assistente técnico de Ney Franco e permaneceu na função na campanha do ano seguinte.[4]

Estreou como treinador interino em 27 de janeiro de 2010, no Campeonato Carioca com vitória fora de casa por 2-1 contra o Tigres do Brasil.[5] Ele voltou ao seu antigo papel como assistente após a chegada de Joel Santana, treinando também o sub-20 da equipe por dois anos, antes de ser desligado em 2013.[4]

BotafogoEditar

Retornou ao Botafogo em 2015, depois de uma curta passagem pelo CSA.[2] No dia 13 de agosto de 2016, definitivamente, ele foi efetivado como treinador interino, em substituição a Ricardo Gomes, que estava de saída para o São Paulo.[6] O trabalho de Jair Ventura, muito exaltado pela imprensa e pelos jogadores, foi de grande importância para uma arrancada do Botafogo, e de candidata ao rebaixamento, a equipe passou a brigar por uma classificação para a Copa Libertadores da América de 2017. Chegando a atingir uma sequência de 11 vitórias em 15 jogos, entre elas vitórias contra clubes tradicionais como o São Paulo (em pleno Estádio do Morumbi, sendo essa a estreia do treinador), Corinthians, Internacional, Cruzeiro (em pleno Mineirão), Fluminense, Atlético Mineiro e Grêmio (em plena Arena do Grêmio, sendo esta última a vitória que selou a classificação da equipe carioca para a Libertadores), Jair Ventura atingiu grande destaque nacional e foi agraciado com o prêmio de técnico revelação do Brasileirão pelo notório trabalho com o Botafogo no segundo turno.[7] Em 2017, a diretoria do Botafogo anunciou a renovação de seu contrato como treinador definitivo por dois anos.[8]

SantosEditar

No dia 22 de dezembro de 2017, comunicou sua saída do Botafogo para comandar o Santos em 2018.[9]

Em 23 de julho de 2018, a diretoria do Peixe anunciou a demissão de Jair Ventura.[10]

CorinthiansEditar

No dia 6 de setembro de 2018, acertou com o Corinthians.[11] Já no dia 3 de dezembro de 2018, após maus resultados, foi demitido do clube paulista.[12]

Vida pessoalEditar

É filho de Jairzinho, ex-jogador e um dos maiores ídolos do Botafogo.[13] Nas horas vagas, o treinador gosta de ler livros (biografias, comportamento e psicologia são seus temas preferidos) e de assistir a filmes.[14]

EstatísticasEditar

Como técnicoEditar

Atualizado até 2 de dezembro de 2018.

Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
Botafogo 99 45 23 31 53.2%
Santos 39 14 10 15 44.44%
Corinthians 19 4 6 9 31.58%

Referências

  1. Marcelo Baltar e Thiago Lima (8 de maio de 2016). «Em sua 7ª final estadual com o Bota, Jair ironiza: "Sempre o patinho feio"». Globoesporte. Consultado em 27 de outubro de 2016 
  2. a b «"Geladas" e pés no chão: filho de ídolo comanda Botafogo pela segunda vez». Futesporte. 18 de julho de 2015. Consultado em 28 de outubro de 2016 
  3. «Jair Ventura trilhou longo caminho até virar interino». LANCE!. 18 de julho de 2015. Consultado em 28 de outubro de 2016 
  4. a b Flávio Fernandes (18 de março de 2016). «Com bons professores, Jair Ventura completa 37 anos e acumula experiências». FalaGlorioso. Consultado em 28 de outubro de 2016 
  5. «Em noite melancólica, Joel vê Botafogo vencer o Tigres». Terra Esportes. Consultado em 27 de outubro de 2016 
  6. Marcelo Baltar e Matheus Palmieri (13 de agosto de 2016). «Botafogo confirma Jair Ventura para o lugar de Ricardo: "Muita confiança"». Globo Eporte. Consultado em 27 de outubro de 2016 
  7. Do Z4 ao líder do returno: veja fatos e curiosidades da trajetória do Botafogo
  8. Botafogo e Jair Ventura assinam nessa semana contrato de dois anos
  9. Fim de linha! Jair comunica Botafogo que está fora e assume o Peixe
  10. «Jair Ventura não é mais o técnico do Santos FC». Futebol. santosfc. 23 de julho de 2018 
  11. «Jair Ventura é o novo técnico do Corinthians». Futebol. globoesporte. 6 de setembro de 2018 
  12. «Jair Ventura é demitido do Corinthians». 3 de dezembro de 2018 
  13. Felippe Rocha (13 de agosto de 2016). «Jairzinho aponta virtudes de Jair Ventura: 'Não por ser meu filho'». LANCE!. Consultado em 27 de outubro de 2016 
  14. Jair Ventura: filho de peixe, mas sem vício de boleiro

Ligações externasEditar