Brasil na Copa do Mundo FIFA de 1990

Brasil
9º lugar
Flag of Brazil.svg
Associação CBF
Confederação Conmebol
Participação 21º (todas as copas)
Melhor resultado Nuvola apps mozilla.png Campeão: 1958, 1962, 1970, 1994, 2002
Treinador Brasil Sebastião Lazzaroni

O Brasil na Copa do Mundo de 1990 teve sua 14° participação em copas, mas foi eliminada pela Argentina. A equipe foi treinada por Sebastião Lazzaroni e o capitão foi Ricardo Gomes, zagueiro do Benfica

A CopaEditar

 
Gol marcado por Cláudio Canniggia resultando a eliminação do Brasil

O Brasil na Copa do Mundo de 1990 teve um desempenho inesperado. Treinada por Sebastião Lazaroni a Seleção Brasileira utilizou pela primeira vez em sua história o esquema 3-5-2. Apesar de ter se classificado em primeiro lugar em seu grupo, as apresentações da equipe não foram boas. O confronto contra a Argentina pelas oitavas de final foi a melhor atuação do time na Copa do Mundo de 1990, porém não foi possível evitar a eliminação. Esta partida ganharia destaque anos mais tarde, após Maradona dar uma entrevista a uma TV argentina mencionando que eles deram uma "água batizada" ao Branco no final do primeiro tempo,[1] que fez com que ele tivesse sua performance reduzida.[2]

A lesão de Romário antes da Copa e a falta de união do grupo de jogadores foi apontada como a principal causa para a eliminação. Este período ficou conhecido como a Era Dunga; o estilo de futebol do jogador não agradava a imprensa, que o responsabilizou também pelo fraco desempenho da Seleção.

Partidas na CopaEditar

  • Grupo C
Primeira Fase
  Brasil 2-1   Suécia
Gols:Careca 2 gols (BRA) e Brolin (SUE)
  Brasil 1-0   Costa Rica
Gol:Müller (BRA)
  Brasil 1-0   Escócia
Gol:Müller (BRA)
Oitavas de Final

Jogo disputado em 24 de junho de 1990

Gol:Caniggia (ARG)

CampanhaEditar

  • 4 Jogos: 3 Vitórias e 1 Derrota, Gols Pró:4 Gols Contra:2

JogadoresEditar


Nº Camisa Jogador Posição Data de nascimento Clube em 1990
1 Taffarel Goleiro 8 de maio de 1966   Internacional
2 Jorginho Lateral Direito 17 de agosto de 1964   Bayer Leverkusen
3 Ricardo Gomes Zagueiro 13 de dezembro de 1964   Benfica
4 Dunga Meia 31 de outubro de 1963   Fiorentina
5 Alemão Volante 22 de novembro de 1961   Napoli
6 Branco Lateral Esquerdo 4 de abril de 1964   Porto
7 Bismarck Meia 17 de setembro de 1969   Vasco da Gama
8 Valdo Meia 12 de janeiro de 1964   Benfica
9 Careca Atacante 5 de outubro de 1960   Napoli
10 Silas Meia 27 de agosto de 1965   Sporting
11 Romário Atacante 29 de janeiro de 1966   PSV
12 Acácio Goleiro 24 de janeiro de 1959   Vasco da Gama
13 Mozer Zagueiro 19 de setembro de 1960   Olympique de Marselha
14 Aldair Zagueiro 30 de novembro de 1965   Benfica
15 Müller Atacante 31 de janeiro de 1966   Torino
16 Bebeto Atacante 16 de fevereiro de 1964   Vasco da Gama
17 Renato Gaúcho Atacante 9 de setembro de 1962    Flamengo
18 Mazinho Lateral Direito 8 de abril de 1966   Vasco da Gama
19 Ricardo Rocha Zagueiro 11 de setembro de 1962    São Paulo
20 Tita Meia 1 de abril de 1958   Vasco da Gama
21 Mauro Galvão Zagueiro 19 de dezembro de 1961    Botafogo
22 Zé Carlos Goleiro 7 de fevereiro de 1962    Flamengo

CuriosidadesEditar

O Hino Brasileiro Na Partida Contra a Argentina foi tocado repetidamente a parte instrumental e a primeira estrofe pela banda do Estádio dos Alpes...

  1. oglobo.globo.com/ Relembre o caso da "água batizada" na Copa de 90
  2. torcedores.com/ Brasil x Argentina: relembre o episódio da “água batizada” na Copa do Mundo 1990