Everton Sousa Soares

futebolista brasileiro

Everton Sousa Soares, mais conhecido apenas como Everton ou por seu apelido Everton Cebolinha (Maracanaú, 22 de março de 1996), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente joga pelo Benfica.

Everton
Everton
Everton recebendo o troféu de artilheiro da Copa América 2019.
Informações pessoais
Nome completo Everton Sousa Soares
Data de nasc. 22 de março de 1996 (24 anos)
Local de nasc. Maracanaú (CE), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,74 m
destro
Apelido Cebolinha[1]
Informações profissionais
Clube atual Benfica
Número 7
Posição atacante
Clubes de juventude
2009–2012
2012–2013
2013
Fortaleza
Grêmio (emp.)
Grêmio
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2014–2020
2020–
Grêmio
Benfica
0273 000(69)
0004 0000(1)
Seleção nacional3
2018– Brasil 0016 0000(3)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 4 de outubro de 2020.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 13 de outubro de 2020.

Carreira

Início

Cearense de Maracanaú, filho de Maria Eleniza de Sousa e Carlos Alberto Soares, Everton começou sua carreira nas categorias de base do Fortaleza Esporte Clube. Em 2012, durante a disputa da Copa Carpina em Pernambuco, o jovem atleta chamou a atenção dos olheiros do Grêmio. O clube gaúcho contratou o jogador por empréstimo junto ao Fortaleza. Após bom desempenho nas categorias de base do Tricolor Gaúcho, foi contratado em definitivo. Seu passe ficou dividido entre 90% para o Grêmio e 10% para o Fortaleza.[2][3][4]

Grêmio

Sua estreia como profissional foi em 19 de janeiro de 2014 no confronto entre Grêmio e São José válido pela primeira rodada do Gauchão de 2014. O atleta entrou aos 14 minutos do segundo tempo substituindo Yuri Mamute na partida em que o Grêmio foi derrotado por 1 a 0.[5] Seu primeiro gol como profissional veio na partida seguinte, pela segunda rodada do Gauchão de 2014 em 23 de janeiro de 2014 contra o Lajeadense. O atleta, que começara a partida como titular, abriu o placar aos 38 minutos do primeiro tempo, em partida que terminou com vitória do Tricolor Gaúcho por 2 a 1 na Arena.[6]. Durante o ano de 2014, disputou 14 partidas (começou como titular em apenas duas partidas) e esteve na casamata gremista sem atuar em outras 17 partidas. Das 14 partidas disputadas por Everton em 2014, sete foram pelo Gauchão 2014 (quando anotou 2 gols) e sete pelo Brasileirão de 2014. Pela Libertadores 2014 ele chegou a ser inscrito e a compor banco, mas não entrou em nenhum jogo. Ainda em 2014 recebeu o apelido de Cebola, dado pelo lateral-direito Pará. Em 2015 foi inscrito no Gauchão, onde foi relacionado para todas as 20 partidas do Grêmio no campeonato, mas atuou somente em 12 oportunidades (3 vezes iniciou como titular) marcando 1 gol na primeira rodada. Também foi inscrito na Copa do Brasil de 2015.

É apontado, ao lado de Pedro Rocha, como um dos heróis do título da Copa do Brasil de 2016. No segundo jogo das quartas-de-finais contra o Palmeiras em São Paulo, Everton entrou no segundo tempo quando o Grêmio estava sendo desclassificado e fez o gol decisivo que colocou o time nas semi-finais.[7] Na primeira partida da final da Copa do Brasil, foi o autor do terceiro gol do Grêmio na vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-MG, no Mineirão. Em um momento em que sua equipe era pressionada pelo adversário, após expulsão de Pedro Rocha, Everton recebeu cruzamento após arrancada do zagueiro Pedro Geromel e concluiu para o gol. No segundo jogo, após belo drible, fez o cruzamento que resultou no gol do título, marcado pelo equatoriano Miller Bolaños.[8]

Na temporada 2017, apesar de não constar entre os titulares, foi utilizado na maioria dos jogos, apresentando ótimo aproveitamento.[9] Destacou-se, em especial, em partida contra a Chapecoense, válida pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro, em que marcou três gols, mesmo depois de ter ingressado no segundo tempo da partida.[10] No dia 12 de dezembro de 2017, marcou o único gol da vitória por 1 a 0 contra o Pachuca, válida pela semifinal do Mundial de Clubes da FIFA de 2017, classificando o Grêmio para a grande final da competição.[11] Tornou-se, assim, ao lado de Renato Gaúcho, o único atleta a marcar gol pelo Grêmio em um Mundial de Clubes, ao menos até o ano de 2017.[12]

Finalmente, depois de quatro temporadas entre os profissionais (estreia em 2014, instabilidade em 2015, e um verdadeiro 12º jogador em 2016 e 2017), enfim ganhou o status de titular incontestável do Grêmio no início do ano de 2018, tornando-se o principal atacante do tricolor gaúcho na temporada e passando a ser apontado como verdadeira referência do esquadrão liderado por Renato Gaúcho.[13] Suas grandes atuações às vésperas da convocação para a Copa do Mundo de 2018, especialmente no Campeonato Gaúcho (no qual foi eleito o craque da edição 2018) e na Copa Libertadores da América, acabaram, inclusive, gerando especulações acerca de uma possível ida para o mundial[14], o que acabou não acontecendo. Todavia, o jogador foi enfim convocado pela primeira vez para integrar a Seleção Brasileira em agosto de 2018[15], passando a ser nome constante nas chamadas seguintes[16], somente não tendo sequência nas demais em razão de problemas musculares[17], embora siga sob a atenção do técnico Tite.[18] Plenamente recuperado, tornou-se o atleta gremista que mais marcou gols em um ano, desde Hernan Barcos.[19] É o segundo maior artilheiro da história da Arena do Grêmio, atrás apenas de Luan.[20] Encerrou 2018 em alta, despertando o interesse do inglês Manchester United.[21]

No dia 4 de outubro de 2019, o Grêmio anunciou a renovação de contrato de Everton até dezembro de 2023. O novo contrato prevê valorização e coloca o atacante no mesmo patamar de outros jogadores entre os maiores salários do elenco.[22]

Após encerrar o ano de 2019 com 20 gols em 57 jogos pelo Grêmio, foi apontado pelo tradicional periódico The Guardian como um dos 100 melhores jogadores do ano, ficando em 92º lugar.[23]

No dia 14 de agosto de 2020 foi anunciada a sua saída do Grêmio, após 8 anos. Everton deixou o Grêmio com 69 gols em 273 partidas.[24]

Benfica

Foi anunciado pelo Benfica no dia 14 de agosto de 2020. O ex-gremista, que custou 20 milhões de euros ao Benfica, terá uma cláusula de rescisão de 150 milhões de euros (R$ 965 milhões, atualmente). Everton assinou até 2025, recebendo a camisa 7.[25]

Seleção Brasileira

Em 17 de agosto de 2018, foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira. Fez a sua estreia no dia 27 de setembro de 2018, em amistoso contra o Estados Unidos.

Iniciou o ano de 2019 novamente com grandes atuações pelo Grêmio, tanto no Campeonato Gaúcho quanto na Copa Libertadores da América, voltando a ser convocado para a Seleção Brasileira[26] . Ganhou ainda mais destaque nos amistosos jogados, especialmente em vitória sobre a República Tcheca[27], sendo muito elogiado pela imprensa esportiva[28]. Passou a ser fortemente cotado para integrar o grupo a ser convocado para a Copa América de 2019, que será realizada no Brasil[29], seguindo na mira de grandes clubes europeus.[30] No dia 17 de maio de 2019, confirmaram-se as expectativas e Everton foi convocado para disputar a Copa América de 2019.[31]

Na Copa América, Everton viu aumentarem suas chances com a lesão que culminou no corte de Neymar da competição[32]. Marcou seu primeiro gol pela Seleção Brasileira no dia 14 de junho de 2019, na vitória do Brasil sobre a Bolívia, na estreia da Copa América.[33] No jogo seguinte, contra a Venezuela, ainda na reserva, entrou no lugar de David Neres depois de ter seu nome pedido pelos torcedores presentes no Estádio da Fonte Nova, tendo ótimo desempenho[34]. Promovido a titular na terceira partida da primeira fase da competição, marcou outro belo gol e foi o protagonista da goleada brasileira sobre o Peru, vencida por 5x0[35]. Depois de passar em branco contra Paraguai e Argentina, Everton novamente chamou para si a responsabilidade e teve grande performance na final da competição, marcando um gol e sofrendo pênalti (que viria a ser convertido pelo atacante Richarlison) depois de linda jogada.[36] Ao final, Everton foi eleito o craque do jogo[37], além de ter sido o artilheiro da competição, com três gols marcados[38] (mesmo número de tentos do peruano Paolo Guerrero, porém com menos minutos em campo[39]), integrando, também, a seleção da competição eleita pela CONMEBOL.[40]

Apelido

Recebeu do lateral-direito Pará o apelido de Cebola, porém, com a chegada do uruguaio Cristian Rodríguez, que também é conhecido como Cebolla, Everton passou a ser chamado, pela semelhança, de Cebolinha em referência ao personagem da Turma da Mônica.[41]

Estatísticas

Seleção Brasileira

Abaixo estão listados todos jogos e gols do futebolista pela Seleção Brasileira. Abaixo da tabela, clique em expandir para ver a lista detalhada dos jogos de acordo com a categoria selecionada.

Seleção principal

Ano
Jogos Gols Assist.
2018 2 0 0
2019 12 3 2
2020 2 0 0
Total 16 3 2

Títulos

Fortaleza

Grêmio

Seleção Brasileira

Prêmios individuais

Artilharias

Referências

  1. «Cebola "mais antigo" brinca com xará uruguaio e vê confusões por apelidos». www.globoesporte.globo.com. 3 de novembro de 2016 
  2. «Atacante da base do Fortaleza é comprado pelo Grêmio». www.globoesporte.globo.com. 20 de outubro de 2013 
  3. «Manchester City e europeus monitoram atacante de 17 anos do Grêmio». www.lancenet.com.br. 4 de fevereiro de 2014 
  4. «Everton, o atacante de velocidade do Grêmio com faro de artilheiro». www.wp.clicrbs.com.br. 16 de setembro de 2014 
  5. «Com baldes de gelo, São José suporta calor e vence time B do Grêmio». www.placar.abril.com.br. 19 de janeiro de 2014. Consultado em 9 de maio de 2015. Arquivado do original em 18 de maio de 2015 
  6. «Com o sub-23, Grêmio bate Lajeadense e conquista a primeira vitória no Gauchão». www.placar.abril.com.br. 23 de janeiro de 2014. Consultado em 9 de maio de 2015. Arquivado do original em 18 de maio de 2015 
  7. «Herói da noite, Everton fala sobre classificação do Grêmio na Copa do Brasil». sportv. Consultado em 3 de agosto de 2017. Arquivado do original em 4 de agosto de 2017 
  8. «Tempo real: GOL do Grêmio! Everton cruza, e bola sobra para Bolaños marcar». ESPN 
  9. «'Viramos a partida com tranquilidade', diz Everton, do Grêmio». Terra 
  10. «Após três gols contra a Chapecoense, Everton diz estar mais confiante: "Sensação única"». ZH 2014 
  11. «Grêmio vence Pachuca e está na final do Mundial de Clubes». www.correiodopovo.com.br. Consultado em 14 de dezembro de 2017 
  12. «Everton tira "lasquinha" de gol no Mundial e se vê credenciado para vaga no Grêmio». Globoesporte 
  13. «Everton evolui e vira referência no Grêmio». www.correiodopovo.com.br. Consultado em 2 de maio de 2018 
  14. «Everton sonha com Seleção: "Espero que o Tite tenha gostado da atuação"». Correio do Povo. 1 de maio de 2018. Consultado em 24 de dezembro de 2019 
  15. «Everton vibra com primeira convocação: Demora um pouco para cair a ficha - Futebol - UOL Esporte». UOL Esporte 
  16. «Convocado para Seleção, Everton divide sentimento e culpa calendário "apertado"». Globoesporte 
  17. «Everton é cortado da Seleção com lesão na coxa, e Tite convoca Lucas Moura». Globoesporte 
  18. «O que Tite falou sobre o futuro de Everton na Seleção Brasileira». GaúchaZH 
  19. «Everton vira maior artilheiro do Grêmio desde Barcos e se anima com interesse de ingleses». Blog do Ronaldo Tiradentes. 19 de novembro de 2018. Consultado em 24 de dezembro de 2019 
  20. «Lista de artilheiros do Grêmio na Arena». Wikipédia. 6 de dezembro de 2016. Consultado em 24 de dezembro de 2019 
  21. Nick Howson (19 de novembro de 2018). «Manchester United transfer target Everton to consider move to Old Trafford from Gremio». The Sun. Consultado em 24 de dezembro de 2019 
  22. Eduardo Moura (4 de outubro de 2019). «Grêmio renova com Everton Cebolinha e Alisson até o fim de 2023». GloboEsporte.com 
  23. «Jornal inglês coloca Everton em lista dos 100 melhores do mundo em 2019». GloboEsporte.com. 17 de dezembro de 2019. Consultado em 24 de dezembro de 2019 
  24. «Presidente do Grêmio comenta acerto com Robinho e agradece Everton: "Deixa um legado"». ge. Consultado em 15 de agosto de 2020 
  25. «Com Everton Cebolinha, Benfica apresenta mais três reforços para a era Jorge Jesus». ge. Consultado em 15 de agosto de 2020 
  26. «Everton é convocado para amistosos da Seleção Brasileira em março». Correio do Povo. Consultado em 24 de abril de 2019 
  27. «Atuações: entradas de Jesus, Neres e Everton dão vitória à Seleção contra os tchecos». Globoesporte. Consultado em 24 de abril de 2019 
  28. «Everton Cebolinha encanta Galvão Bueno e Walter Casagrande, que enchem o gremista de elogios». 90min.com. 27 de março de 2019. Consultado em 24 de abril de 2019 
  29. «Dois jogadores do Grêmio já garantiram lugar na Copa América». GaúchaZH. 27 de março de 2019. Consultado em 24 de abril de 2019 
  30. «Jornal inglês diz que Manchester City briga com Milan para contratar Everton, do Grêmio». Globoesporte. Consultado em 24 de abril de 2019 
  31. «Com Everton, do Grêmio, Tite convoca a Seleção Brasileira para a Copa América». GaúchaZH. 17 de maio de 2019. Consultado em 17 de maio de 2019 
  32. «Everton admite que corte de Neymar o ajudou a se destacar na Copa América». esporte.uol.com.br. Consultado em 8 de julho de 2019 
  33. «Everton comemora primeiro gol com a camisa da Seleção: "Feliz por tirar esse peso"». GloboEsporte.com. 14 de junho de 2019. Consultado em 22 de junho de 2019 
  34. «'Ah, é Cebolinha!': Everton é pedido pela torcida e acirra briga com Neres». Terra. Consultado em 8 de julho de 2019 
  35. «Everton brilha, Brasil goleia o Peru e se garante nas quartas de final». esporte.uol.com.br. Consultado em 8 de julho de 2019 
  36. «Com atuações 'de gala' de Jesus e Everton, Brasil vence Peru e conquista 9° título da Copa América». www.foxsports.com.br. Consultado em 8 de julho de 2019 
  37. «Craque do jogo, Everton brilha em sua primeira final com a Seleção». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 8 de julho de 2019 
  38. «Everton entra para o seleto grupo de brasileiros que foram artilheiros da Copa América». Lance!. Consultado em 8 de julho de 2019 
  39. «Por que Everton recebeu o troféu de artilheiro da Copa América». GaúchaZH. 8 de julho de 2019. Consultado em 8 de julho de 2019 
  40. «Campeão, Brasil domina seleção da Copa América do GLOBO». O Globo. 8 de julho de 2019. Consultado em 8 de julho de 2019 
  41. «Cebola "mais antigo" brinca com xará uruguaio e vê confusões por apelidos». www.globoesporte.globo.com. 3 de novembro de 2016 
  42. Alexandre Lozetti, Eduardo Deconto e Raphael Zarko (27 de junho de 2019). «Da garupa do pai a xodó de Tite, Everton valoriza mil vezes em 6 anos, mas efeito Arthur trava saída». globoesporte.com. Consultado em 22 de julho de 2019 
  43. «Súmula da Final do Campeonato Cearense Sub-17 de 2012 realizada entre Fortaleza Esporte Clube e Associação Esportiva Estação Antônio Bezerra» (PDF). www.futebolcearense.com.br. 1 de julho de 2012 
  44. esporte.uol.com.br/ Conmebol monta equipe ideal da Copa América com cinco brasileiros
  45. ElPais. «Encuesta El País: reconocimiento a Giorgian ingresando al 11 ideal de América». Diario EL PAIS Uruguay (em spanish). Consultado em 2 de janeiro de 2020 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Everton Sousa Soares

Ligações externas