Exaltasamba

Exaltasamba ou Exalta é um grupo brasileiro de pagode. Formado em São Bernardo do Campo, em 1982.[1][nota 1] Informações sobre a primeira formação não são concretas. Desde o início do grupo, eles passaram por diversas trocas de integrantes.[3][4]

Exalta
Informação geral
Origem São Bernardo do Campo, São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Pagode, pagode romântico
Período em atividade 1982 - 2012
2016 - atualmente
Gravadora(s) Kaskata's Records
(1992 - 1995)
EMI Brasil
(1996 - 2009)
Som Livre
(2010)
Radar Records
(2010 - 2012)

BKM - Booking Mix Records
(2016 em diante)

Integrantes Thell
Brilhantina
Jeffinho
Izaque
Douglitz
Ex-integrantes Magrão
Nego Branco
Romero Ribeiro
Péricles
Pinha
Thiaguinho
Izaías
Chrigor Lisboa
Marquinhos
Celo
Tortinho
Mais integrantes
Prêmios Grammy Latino, Troféu Raça Negra, Troféu Imprensa, Prêmio Multishow de Música Brasileira. Ver detalhes
Página oficial https://www.exaltaoficial.com.br

Em 1992, é lançado o primeiro álbum Eterno Amanhecer. Mas somente em 1996 passam a ser sucesso nacional com a canção "Luz do Desejo", do álbum de mesmo nome.

O grupo conquistou diversos prêmios, entre eles o prêmio Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba/Pagode pelo álbum 25 Anos.[5] O grupo encerrou suas atividades no dia 26 de fevereiro de 2012. À época, a discografia do grupo tinha 17 CDs, que venderam mais de oito milhões de cópias,[6] além de quatro DVDs. O grupo lançou álbuns como Exaltasamba ao Vivo, Todos os Sambas ao Vivo e Livre pra Voar, que além de terem feito sucesso, são álbuns com releitura das músicas do grupo.

Em 2016, o grupo retomou as atividades com Thell e Brilhantina (integrantes das formações anteriores) e novos vocalistas, lançando o álbum O Mundo Tá Girando, e dando continuidade à história do Exaltasamba. Desde que Thell e Brilhantina retomaram as atividades do grupo, os antigos integrantes os processaram por usar o nome Exaltasamba. Devido à questão judicial os atuais integrantes vêm utilizando o nome apenas Exalta.

HistóriaEditar

Carreira com antigos vocalistasEditar

Em 1982, o grupo Exaltasamba foi fundado pelo Claudinei junto com o Clóvis, quem deu o nome do grupo foram as mães desses dois músicos,[7] porém a primeira formação do Exaltasamba ainda permanece desconhecida. Os primeiros anos de carreira do Exaltasamba tiveram vários integrantes que os fãs não conheceram. Em 1984 começou a carreira profissional no interior de São Paulo nas casas noturnas como Axé Brasil e Auge Bar.[carece de fontes?]

No final da década de 1980, o grupo passou a tocar para Jovelina Pérola Negra em seus shows e, nessa época, o grupo também era chamado de "A Banda da Carioca Jovelina Pérola Negra". O Exaltasamba venceu o Festival de Música Popular de São Bernardo do Campo (SP).[8][9] Em 1991 a Choppapo Produções Artísticas lançou o álbum Choppapo com vários artistas musicais, dentre eles, estava o Exaltasamba, que teve neste álbum, somente a música "Deixa Como Está".[10][11]

Em 1992, o grupo, com outra formação e já sem os fundadores do grupo, o Exaltasamba lançou o primeiro álbum Eterno Amanhecer pela Kaskata's Records.[8] O álbum foi gravado no estúdio Camerati SP - 24 Canais. O álbum teve a direção artística de Carlinhos Kaskatas e direção executiva de Carlos Roberto e Wagner Santos, produção fonográfica de Ritmo Quente e arranjos e regência de Maestro Jobam.[12] A principal música do álbum: "Quero Sentir de Novo"[11] (composição de Péricles que era vocalista do grupo com Juninho).[13] Esse álbum tem a participação do sambista Royce do Cavaco na música "Cartilha do Amor" e, nesse álbum, Péricles divide os vocais com Pinha. Em 1993, entra um novo integrante no grupo: o Chrigor Lisboa nos vocais e no pandeiro. A partir desse ano, Pinha deixou de ser o segundo vocalista e ficou apenas como um dos instrumentistas do grupo. Izaías entrou para banda em 1994. [carece de fontes?]

Em 1994, lançam seu segundo CD Encanto (Kaskata's Records) que começou a fazer sucesso e atraiu vários empresários e gravadoras. A partir daí, o grupo começa a ter um melhor desempenho profissional, começa a fazer diversos shows e a aparecer em programas de rádios em São Paulo.[11][14] Tendo a música "24 Horas De Amor" como o grande hit, executada em várias rodas de samba do Brasil e também nas rádios de São Paulo.[14]

Mas, foi em 1996, que o Exaltasamba atingiu o sucesso nacional com o disco Luz do Desejo - lançado desta vez por outra gravadora a EMI-Odeon, com os sucessos "Telegrama", "Luz do Desejo"[8] e "É você"[15] e "Louca Paixão". A música "Luz do Desejo" foi a primeira música do grupo que fez sucesso nacional.[8] O CD alcançou a marca de 750 mil cópias vendidas[15] e ganhou disco de Platina Duplo segundo a ABPD.[carece de fontes?]

O quarto álbum do grupo, Desliga e Vem (EMI-Odeon) de 1997, superou o anterior em vendagem após chegar à um milhão cópias vendidas,[8] em menos de seis meses.[16] O álbum seguia o estilo romântico do anterior[carece de fontes?] e teve a música "Caixinha De Felicidade" em Homenagem a Xuxa Meneghel[8]. Essa música foi tocada no Planeta Xuxa pelo Exaltasamba[17] e o álbum teve a música "Amor e Amizade", que também fizeram esta música para a trilha sonora da novela Mulher. Este álbum contém a música "Presença de Paz" composta pelo Péricles que era vocalista do grupo em parceria com Izaías, Mally e Piscina. Outra canção composta pelo Péricles é "Teu Olhar"[18]

Em 1998 o grupo lança o disco Cartão Postal que atingiu a marca de 1 milhão[15] O álbum contém a canção "Todo Seu" composta por Péricles, Chrigor e Isaías.[19] O vocalista Péricles compôs para esse álbum as canções "Jeitinho Manhoso" e "Teu coração" (esta canção em parceria com Prateado e Luiz Cláudio Picolé).[18]

Esse CD fez com que o grupo ganhasse o prêmio Crowley duas vezes seguidas com a música: "Me Apaixonei Pela Pessoa Errada".[20] Esta música foi um dos melhores clipes de pagode de MTV Video Music Brasil 1999[21]. Porém, este clipe é desconhecido por várias pessoas, apesar da música ter sido a mais tocada das rádios do Brasil em janeiro e fevereiro de 1999.[22] Ainda em 1999, o grupo gravou o álbum Mais uma Vez, mas o álbum só foi lançado no ano 2000.[23]

No ano 2000, o grupo fez três shows nos Estados Unidos[24]. Ainda em 2000, também foi lançado o disco Mais Uma Vez pela EMI-Music, que devido a música "Mega Star" (composição de Leandro Lehart, ex-integrante do Art Popular)[8][25], venderam cem mil cópias em apenas uma semana. "Mega Star" foi umas das primeiras colocadas das rádios do Brasil e tocada nos programas de televisão em dia de domingo.[26] O álbum Mais Uma Vez, ao ter também "Eu Você Sempre" (participação Jorge Aragão) nos primeiros lugares nas rádios brasileiras, conquistou o disco de platina.[27] O álbum também contém a canção "Eu Quero Te Amar", que foi composta por Péricles e Isaías[8]. A música "Eu Quero Te Amar" ficou sendo tocada por algumas rádios FM no eixo Rio-São Paulo e não saiu disso,[23][necessário esclarecer]. Ainda nesse álbum, tem a canção "Mais Forte Que Eu", que foi composta por Péricles, Chrigor, Thell e Isaías.[19], além das canções "Pago Pra Ver" e "Beco Sem Saída", ambas compostas pelo Péricles.[18]

Em 2001, o grupo lança o álbum Bons Momentos pela EMI, que teve boas vendas em São Paulo. A segunda música de trabalho do álbum foi "Choro de Alegria" (participação Zeca Pagodinho)[28], que ficou sendo tocada pelas rádios. O disco tem a participação de Dominguinhos na música "Aonde Você For"[8][16]. O disco continha a música "Orora Analfabeta", a qual fizeram para a trilha sonora da novela As Filhas da Mãe[29], e a canção "Bons Momentos" (faixa título), composta por Péricles, Chrigor e Izaías.[18] Após o lançamento do álbum, o integrante Marquinhos sai do grupo.

Em 2002, o grupo lança o disco Exaltasamba Ao Vivo que foi um dos primeiros discos lançados pela EMI com proteção anticópia, porém essa tecnologia não era perfeita, dando assim, possibilidade de se copiar o disco.[30] O disco foi o primeiro álbum ao vivo do grupo[8] e as músicas foram escolhidas através de cartas e e-mails pelos fãs[31]. A gravação do álbum aconteceu no dia 22 de maio de 2002 na casa de shows Olimpo (RJ) e foi produzido por Prateado. Esse disco é quase todo composto de relançamentos de músicas, com vários pot-pourris, com algumas músicas novas.[8] No último bimestre de 2002, o vocalista Chrigor Lisboa deixa o grupo por estar deprimido, seu pai que sofria de diabetes, morreu de infarto. Dessa forma, Chrigor preferiu sair do Exalta, para não trazer prejuízos ao grupo, às vendas, nem à agenda de shows.[32][33] Após sua saída, Chrigor fez carreira solo.[carece de fontes?]

Carreira com o novo e o antigo vocalistaEditar

 
Pinha, Thiaguinho e o Bruno do KLB em um futebol beneficente em 2003.

Em 2003, o grupo foi ao Canecão e ficou junto à escola de samba Acadêmicos do Salgueiro. No mesmo ano, lançam o nono disco da banda Alegrando a Massa. O Exaltasamba relata num bate papo no UOL, que o título deste álbum veio da junção de duas canções do álbum, "Samba Alegria" com "A Massa".[34] A partir deste álbum, entra nos vocais, o Thiaguinho, para reforçar a linha de frente do grupo, ao lado de Péricles. Thiaguinho, antes de integrar o Exalta, participou do programa Fama da Rede Globo[8] em 2002. O disco Alegrando a Massa teve a música "Estrela" (composição do Thiaguinho)[16][35] como uma das mais pedidas nas rádios do Brasil.[36] Mesmo com a "queda" do pagode da década de 90 o grupo continuou fazendo sucesso,[carece de fontes?] O álbum tem a participação de Alcione em "É Demais" e participação de Kl Jay e Edy Rock da banda Racionais MC's na música "Favela".[8] O álbum contém a música "Aquela Canção" que é composição do Péricles com Izaías.[18]

Em 2005, lançam o CD Esquema Novo com a direção de Cláudio Rabello, produção de Prateado, que também fez os arranjos, junto com Izaías e Jota Moraes.[25] Nesse álbum, têm músicas no estilo pagode com influência da música pop e balanço da black music[37]. A música "Inconformado" (composta por Andre Renato, Felipe Silva e Flavio Venutes) foi feita essa para a trilha sonora da América.[38] A canção "Já Tentei" é composição de Filipe Duarte, que é integrante do Br'oz, em parceria com Rafael Brito. "O Grande Amor" é composição de Péricles e Thiaguinho que são vocalistas do grupo com Izaías.[18][35] A música "Vinhos e lingeries" é composição do Thiaguinho.[35] O álbum possui ainda, a música Comida, que é uma releitura de Titãs, e "Meu Esquema", releitura de Mundo Livre S/A.[25]

Em 2006, os pagodeiros apostaram no 11° álbum e primeiro DVD do grupo Todos Os Sambas Ao Vivo[16] gravado no dia 26 de abril no Porto Alcobaça (uma casa de show paulista). Tem a participação de Arlindo Cruz na faixa "Cara do Gol (Bola e o Craque) / Esquadrão do Samba" e alguns pout-pourris.[39][40] O álbum foi produzido por Fábio Francisco[40] e dirigido por Claudio Rabello. O álbum foi quase todo, ou todo, de relançamentos de músicas do Exalta,[41] e um dos sucessos do álbum foi a música "Faz Falta"[39] (composição de Thiaguinho, Cláudio Bonfin e Índio).[35] Após o lançamento deste álbum, o integrante Izaías sai do grupo.

Em 2007, lançam o álbum Livre Pra Voar. A música "Livre Pra Voar" (faixa título composição do Thiaguinho com Rodriguinho)[16] fez sucesso nesse álbum. O álbum Livre Pra Voar também apresenta relançamentos de músicas do grupo. Tem as participações de Alcione e Jorge Aragão,[3] além da participação do Chrigor (ex-vocalista do grupo) em três canções.[42][16]

Ainda em 2017, lançam outro álbum, seu 13°, e o segundo DVD, Ao Vivo Pagode do Exalta que foi gravado em junho, em Cabral (São Paulo). O principal hit do DVD - também a música "Livre pra Voar" - que chegou a ter mais de 50 mil downloads pagos.[16] A música Livre Pra Voar fez sucesso nacional. Este álbum contém a canção "Graça" composta pelo Thiaguinho com Rodriguinho.[35] O álbum fez sucesso em todas as classes sociais.[16]

Ao Vivo Na Ilha Da Magia é o 14° álbum e o terceiro DVD do grupo, gravado no Costão do Santinho Resort & SPA , perto da praia, nas datas 20 e 21 de dezembro de 2008, na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina. Na gravação deste álbum, além do grupo, tiveram 12 músicos de apoio.[43] A música de sucesso foi "Valeu", que ganhou o Prêmio Música Digital por ser a música mais vendida de todas as músicas de pagode e de samba.[44] O álbum Ao Vivo Na Ilha da Magia foi indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba/Pagode.[45] Outro single desse álbum, que se tornou hit nas rádios, foi a música "Abandonado".[43] As seguintes canções deste álbum, foram compostas pelo Thiaguinho: "Valeu" (com Rodriguinho), "Abandonado" (com Pézinho), "Duas Vidas Num Só Ideal" (com Pézinho), "Céu e Fé" (com Bruno Cardoso).[35] Em 5 de setembro de 2009, o grupo participou do programa Uma Hora de Sucesso, tocando as suas músicas.

Em 2010, o grupo participou do álbum musical Cama de Gato, da novela Cama de Gato ,somente com o samba "Eu Não Sou Santo" (composição de Bezerra da Silva).[46] Também lançaram o disco Roda de Samba do Exalta no primeiro bimestre de 2010. Esse álbum tem várias músicas gravadas ao vivo.[47] Esse referido álbum teve bom desempenho na CD - TOP 20 Semanal, e ainda tem a música "Palavras de Amigo" composta pelo Thiaguinho com Rodriguinho.[35] Cada música do disco tem a participação de um convidado, e neste mesmo ano, o Exaltasamba teve a música "O Que Eu Quero Mais É Ser Rei" (que é uma versão de "I Just Can't Wait To Be King") no disco Disney Adventures in Samba com a produção de Alceu Maia e selo Walt Disney Records.[8]

Continuando em 2010, lançaram seu 16° álbum, quarto DVD e primeiro Blu-Ray do grupo, 25 Anos , gravado ao vivo, no dia 5 de junho de 2010, no Estádio Palestra Itália na cidade de São Paulo. Nesta gravação, compareceram 35 mil pessoas.[48] Este trabalho teve a produção de Zé Carratu e direção de Joana Mazzuchelli.[49] Com foco na música "Tá Vendo Aquela Lua", em setembro de 2010, a música chegou ao número um da tabela musical do Brasil Hot 100 Airplay.[50] Teve várias participações especiais como, Chitãozinho & Xororó, Mariana Rios, Padre Reginaldo Manzotti, Mr. Catra,Rodriguinho e da Orquestra Versão Brasileira. A Orquestra Versão Brasileira fez a abertura do álbum e acampanhou o grupo em 12 músicas. Parte das músicas do álbum foi composta pelos vocalistas do grupo. Neste mesmo ano, o Exaltasamba participou do show especial de Natal com Roberto Carlos, cantando a música "O Rei Da Beija Flor" (composição de Eduardo Lages, Erasmo Carlos e Paulo Sérgio), que foi um samba em homenagem ao rei Roberto Carlos. Este show com o Roberto Carlos aconteceu no Rio de Janeiro na Praia de Copacabana.[8]

Em 2011, o Exaltasamba ganhou o prêmio Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba/Pagode pelo álbum 25 Anos. No final deste ano, o Marcelo Soares diretor da Som Livre, foi em um show do Exalta entregar uma placa em comemoração deste prêmio.[51] Neste ano, lançaram este álbum em LP e também um novo álbum chamado de Tá Vendo Aquela Lua. Este último, traz as músicas "Tá Vendo Aquela Lua" com o nome de "Tá Vendo Aquela Lua Remix", "Um Minuto" e "Livre Pra Voar" num ritmo completamente diferente. Em novembro de 2011, o integrante Brilhantina se afastou dos shows do grupo. Segundo a assessoria de imprensa do Exaltasamba, Brilhantina tinha dor nas costas e por isso se afastou.[52]

Em 2012, nos meses janeiro e fevereiro, a banda Exaltasamba fez uma turnê de shows chamada de Roda de Samba do Exalta, que acontecia semanalmente no Vivo Rio no Rio de Janeiro. O grupo também fez vários shows por todo o Brasil.[8] No final de fevereiro, o canal Multishow transmitiu o penúltimo show do Exaltasamba em Balneário Camboriú, Santa Catarina[carece de fontes?] Este teve, aproximadamente, três horas de duração, e foram tocadas 50 músicas de diversas épocas do Exaltasamba, além de alguns funks[53]. O último show foi em 22 de fevereiro de 2012 (numa quarta-feira de cinzas) no Rio Centro, na capital do Rio de Janeiro. Por volta das 19 horas, quando o Exalta subiu ao palco, muitas pessoas da plateia choraram, a Regina Casé foi neste show dar um abraço nos integrantes do Exaltasamba[54] e a despedida oficial foi em 26 de fevereiro de 2012 no programa "Esquenta" da Rede Globo, apresentado por Regina Casé.[55]

O "recesso" do grupoEditar

Em 5 de junho de 2011, durante apresentação no programa Domingão do Faustão, o vocalista Péricles surpreendeu ao dizer que o grupo iria encerrar suas atividades, e afirmou que cada um seguiria um projeto paralelo. Thiaguinho, afirmou que iria seguir carreira solo. Brilhantina, disse que ficou triste com a decisão. Pinha, afirmou que iria ver um modo de ficar na música. E Thell, que falou que iria estudar bateria. Devido ao anúncio, o programa bateu recorde de audiência naquele ano, chegando a 22 pontos e 39% de participação.[56] No dia seguinte, alguns fãs do grupo em redes sociais, acusaram o cantor Rodriguinho de supostamente ter incentivado Thiaguinho a deixar de integrar o Exaltasamba e que por conta disso, o grupo resolveu acabar.[necessário esclarecer] Alguns fãs, pensaram que ambos os cantores fariam uma dupla de samba, apesar da negativa de Rodriguinho. Os dois vocalistas integraram o grupo até o seu fim, em fevereiro de 2012.[carece de fontes?]

Thiaguinho (vocalista do grupo) explicou ao R7 Entretenimento que ele não tinha esse poder todo de acabar com o Exaltasamba. O grupo acabou, pois o outro vocalista, o Péricles, também quis seguir carreira solo, e assim, sem os dois vocalistas não teria como continuar.[57]

Com o fim do grupo, Péricles e Thiaguinho fizeram carreira solo. Pinha passou a ser músico de apoio de Péricles.[58] A partir de 2014, Thell e o Brilhantina passaram a serem músicos de apoio do projeto Amigos do Pagode 90[23]. Pinha passou a se conhecido como "Pinha Presidente", lançando em 2015 um EP intitulado O Nosso Presidente pela Radar Records.[59]

Retorno do grupoEditar

Depois do fim do grupo, os vocalistas do grupo passaram a se mostrar na mídia como ex-integrantes do grupo porém na verdade ninguém se desvinculou da pessoa jurídica que se chama Exalta Comércio e Produções Artísticas Ltda, empresa que representava o grupo. Brilhantina disse que nunca falou que saiu do Exaltasamba, numa liminar da justiça, disse que é fato público e notório que Péricles, Thiaguinho e Pinha não integram mais a banda.

Em 2015, foi feito uma turnê de shows chamada Projeto A Gente Faz A Festa que reunia três ex-vocalistas do grupo: Péricles, Chrigor e o Thiaguinho) e alguns ex-integrantes, como Izaías e Pinha. Porém, Thell e Brilhantina não foram chamados. Eles já disseram em entrevistas[quando?] que não concordavam com o fim do Exaltasamba e que gostaria que o grupo continuasse. É suposto pelo atual responsável do grupo, José Lima, que a ausência deles na turnê A Gente Faz A Festa juntamente com a vontade de Thell e Brilhantina continuar o grupo fez causar um mal estar em todos os integrantes.[60]

Em 2015, Thell e Brilhantina manifestaram o desejo de retornarem com o Exaltasamba e o caso foi parar na justiça. Pinha, que foi integrante do Exaltasamba, processou Thell e Brilhantina. Péricles e Thiguinho se juntaram à Pinha no processo para tentar proibir Thell e o Brilhantina de usarem o nome Exaltasamba.[61][62]

A justiça deu o direito a Thell e Brilhantina de voltar com o Exaltasamba, pois os outros 3 músicos abandonaram a banda, mas estaria livre para Péricles, Thiaguinho, Pinha e até Chrigor voltar ao grupo, de acordo com o produtor José Lima, que chegou a convidar Chrigor. Mas, ele disse que não queria, pois queria investir na sua carreira. Péricles e Thiaguinho não se manifestaram.[60][63][64]

Em 2015, o anúncio do retorno do Exaltasamba obteve comentários dos seus fãs nas redes sociais.[64] Nego Branco foi o primeiro a ser escolhido para ser novo vocalista do Exaltasamba.[65] Posteriormente Romero Ribeiro, ex-participante do programa "The Voice Brasil", e Jeffinho, ex-integrante do grupo Estilo de Ser, também foram confirmados nos vocais.[66] [67] [66][67] [67] Também estava previsto para se tocar nas rádios, uma música a partir de 1 de março de 2016.[63][68]

A época do anúncio do retorno do Exaltasamba, fãs do grupo usaram as redes sociais para criticar a turnê A Gente Faz A Festa , que reuniu três ex-vocalistas do grupo e que coincidiria com o retorno do Exalta. Péricles e Thiaguinho não quiseram se pronunciar, mas a assessoria de imprensa de ambos, declarou ao site EGO que "(A turnê) "A Gente Faz a Festa" foi criado antes de ser anunciada a volta do Exaltasamba e a turnê só foi estendida para o Brasil após pedidos do público."

José Lima, empresário do grupo, respondeu: "É lamentável essa concorrência desleal ao permitir que os promotores e produtores locais dos shows pelo Brasil tentem vender de forma dissimulada para o público o que seria a volta do Exaltasamba para comemorar os 30 anos do grupo. Ainda mais porque é de pleno conhecimento deles que, por decisão judicial vigente, quem pode estar no mercado com todas as atividades do Exaltasamba são seus dois fundadores remanescentes: Thell e Brilhantina"[69]

Carreira com outros vocalistasEditar

Em 2016, foi lançada a música "Pé Na Porta" (composição de Edgar do Cavaco, Felipe Loshi e Vitinho),[70] e esta música foi primeira canção de divulgação no novo CD, O Mundo Tá Girando.[71] O primeiro show do retorno do grupo foi no dia 20 de março de 2016, no Bulls Club em São Paulo.[72][73]

Em janeiro de 2017, Romeiro Ribeiro deixa de integrar o Exaltasamba, regressando para a banda Acaiaca e planejando uma carreira solo. O cantor alegou que devido o crescimento de sua filha, ele tomou a decisão de sair do grupo, além do seu desejo de tocar além de samba e pagode.[74] O grupo passou assinar muitas vezes em seu material de trabalho simplesmente a palavra Exalta][75] Ainda em 2017, o grupo lança um novo single: "Continuo Pronto"

Em 2018, o Exaltasamba fez uma participação na canção "Te Fazer o Bem", da banda Tchê Chaleira - nela foi utilizado o nome Exaltasamba e não simplesmente a palavra Exalta. Por volta de junho do mesmo ano,[carece de fontes?] o cantor Magrão (ex-Estylo de Ser) é anunciado como o novo vocalista.[76][77] Ao mesmo tempo, Nego Branco deixa o Exalta para fazer carreira solo.[78]

Em 2019, o Exalta lança um novo EP: "Aos Seus Cuidados", que mescla canções inéditas e regravações de sucessos do grupo como "Carona do Amor", "Tchau e Bença", "Dom de Sonhar", "Mais uma Vez", "Dez a Um", entre outros.

Em Janeiro de 2020, Exalta regrava o clássico "Quando a Chuva Passar", na voz do Magrão. Em março de 2020, o grupo gravou um single inédito chamado "Hotel Quase Particular", na voz do Jeffinho e com o arranjo de Jota Moraes. Em agosto, participou de uma LiveShow na Primeira Virada de SP em Salto, sem público, por conta da Pandemia. Em dezembro, regrava o clássico "Retrato Cantado de um Amor", com a participação de Jorge Aragão.

No ano de 2021, Exalta passou por muitas dificuldades por conta da pandemia, fazendo poucos shows.

O ano de 2022 é de mudanças no grupo. Em março é anunciado a saída do vocalista Magrão. No mesmo mês, entra o vocalista Douglitz, que já participou de reality show do Raul Gil, ficando em terceiro lugar no programa. Magrão cumpre a agenda de shows de abril, maio e junho. Exalta voltou a apostar em três vocalistas, como foi inicialmente em 2016, anunciando o Izaque Luiz de forma oficial em junho. Aos poucos, vem fechando vários shows nos finais de semana, principalmente em evento corporativo.

IntegrantesEditar

 
Exaltasamba no Spa 7 em 2001.

No início de carreira o grupo passou por diversas trocas de integrantes, sendo que sua primeira formação é desconhecida. Em 1996, o grupo conquistou o sucesso nacional com o álbum Luz do Desejo, nessa época a formação do grupo era: Péricles, Chrigor (que entrou em 1993), Pinha, Thell e Izaías e Marquinhos. Depois disso, houveram várias modificações na formação do grupo. A formação atual é: Thell, Brilhantina, Jeffinho, Douglitz e Izaque Luiz. Se contarmos as formações do grupo desde o primeiro álbum, que se chamava Eterno Amanhecer, a formação atual seria a nona formação. Porém, o grupo teve muito além dessas nove formações na sua história, já que houveram diversas trocas de integrantes no início de carreira.

Formação atualEditar

Integrantes
Pseudônimo ou nome Nome completo Data de nascimento Origem Instrumento Período Observações
Thell Valdair Etelvino de Oliveira 1961 São Caetano do Sul (SP) Tantan[79] Início do grupo - 2012.
2016 - atualmente)
ex-bancário[80])
Brilhantina Paulo Elias Ferreira 1966 São Caetano do Sul (SP) Cavaquinho[79] Início do grupo - novembro de 2011.
2016 - atualmente)
ex-pedreiro[80]
Jeffinho Jefferson Clemente Machado 1994 Rio de Janeiro RJ vocalista e pandeiro[79] 2016 - atualmente ex-integrante do grupo Estilo de Ser[81]
Douglitz [76] Douglas Celestino dos Santos Braga 1987 São Paulo

SP

vocalista março de 2022 [carece de fontes?] - atualmente Era carreira solo
Izaque Luiz Izaque Luiz Miranda 1992 São Paulo

SP

vocalista junho de 2022 -

atualmente

Era carreira solo

Ex-integrantes[nota 2]Editar

Ex-integrantes
Pseudônimo ou nome Nome completo Data de nascimento Origem Instrumento Período Observações
Magrão Ítalo Pereira Silva 1994 Rio de Janeiro RJ vocalista junho 2019 - março de 2022 Antes de integrar ao Exalta, ele era do Grupo Estylo de Ser e teve uma curta passagem na carreira solo.
Nego Branco Emerson Aita[82] 1980 São Paulo SP vocalista[79] 2016 - junho de 2018 -
Romero Ribeiro Romero Ribeiro c. 1980 Morou no Rio de Janeiro e no Ceará Vocalista e Banjo[79] 2016 - Janeiro de 2017 Antes de integrar o Exaltasamba, integrou a banda Acaiaca e participou do The Voice Brasil (3.ª temporada)
Péricles Péricles Aparecido Fonseca de Faria 22 de junho de 1969 Santo André (SP) vocalista e banjo Início do grupo - 2012 Ex-Barbeiro, Já foi inspetor de alunos e trabalhou em montadora de carros
Thiaguinho Thiago André Barbosa 11 de março de 1983 Presidente Prudente (SP) vocalista 2003 - 2012 Antes de integrar o Exaltasamba, integrou os grupos Sabe de Mais e Samba e Suor e também participou do programa Fama da Rede Globo
Pinha João Sérgio Ferreira da Silva 14 de junho de 1969 São Bernardo do Campo (SP) repique de mão e vocalista em "Eterno Amanhecer" Início do grupo - 2012 Ex-bancário,[80] passou a ser conhecido como Pinha Presidente em carreira solo
Izaías Isaias Marcelo Leandro 11 de julho de 1965 Terra Rica (PR) Violão Início do grupo - 2006[60] Último álbum notável do Exaltasamba, com Izaías na formação, foi Todos os Sambas Ao Vivo
Chrigor Chrigor Lisboa 11 de julho de 1974 Santo André (SP) vocalista e pandeiro 1993 - Último bimestre de 2002[32][83][84] Último álbum notável do Exaltasamba, com o Chrigor na formação, foi Exaltasamba Ao Vivo, posteriormente ele aparece no álbum Livre pra Voar como participação.
Marquinhos Marcos André Ferreira 1968 São Caetano do Sul (SP) Tantan Início do grupo - 2001 Último álbum notável do Exaltasamba, com Marquinhos na formação, foi Bons Momentos
Outros ex-integrantes

Esses são integrantes do início da carreira, os irmãos Clóvis e Claudinei foram os fundadores do grupo:

  • Celo - tamborim (até 1992?): somente se sabe que participou do álbum Eterno Amanhecer.
  • Tortinho - banjo (até 1992?): somente se sabe que participou do álbum Eterno Amanhecer.
  • Bi
  • Breno
  • Carlão
  • Cicinho
  • Claudinei (Fundador do Grupo em 1982)
  • Cléber Bittencourt
  • Clóvis (Fundador do Grupo em 1982)
  • Dema
  • Duda
  • Gê do Pandeiro
  • Joãozinho
  • Laércio da Costa
  • Luciano
  • Risadinha
  • Marcelo

Linha do TempoEditar

O álbum " Bons momentos", de 2001, marcou a despedida de Marquinhos do Exaltasamba. Não se sabe o real motivo de sua saída, mas há alguns relatos de que o seu desligamento se deve por conta do músico ter se desentendido com alguns integrantes do grupo.

FormaçõesEditar

  • Formação do álbum Eterno Amanhecer: Brilhantina, Celo, Marquinhos, Péricles, Pinha, Thell, Tortinho[85]
  • Formação de 1996: Brilhantina, Marquinhos, Péricles, Pinha, Thell, Chrigor (entrou em 1993), Izaías (entrou em 1994)
  • Formação de 2001 até o fim de 2002: Brilhantina, Péricles, Pinha, Thell, Chrigor, Izaías
  • Formação de 2003 até 2006: Brilhantina, Péricles, Pinha, Thell, Izaías e Thiaguinho
  • Formação de 2006 até novembro de 2011: Brilhantina, Péricles, Pinha, Thell e Thiaguinho
  • Formação de novembro 2011 até final de fevereiro de 2012: Péricles, Pinha, Thell e Thiaguinho (o Brilhantina ficou de férias por conta de dores das costas, mas continuou sendo sócio do Exaltasamba)
  • Formação de 2016 até janeiro de 2017 Thell, Brilhantina, Nego Branco, Romero Ribeiro e Jeffinho.
  • Formação a partir de janeiro de 2017: Thell, Brilhantina, Nego Branco e Jeffinho
  • Formação a partir de junho de 2018: Thell, Brilhantina, Jeffinho e Magrão
  • Atual formação: Thell, Brilhantina, Jeffinho, Douglitz e Izaque Luiz

DiscografiaEditar

 Ver artigo principal: Discografia de Exaltasamba
Discografia de Exaltasamba
Exaltasamba no CH & X 40 anos.
Álbuns de estúdio 10
Álbuns ao vivo 5

A discografia de Exaltasamba até 2019 foram mais que 17 CDs e 4 DVDs. Venderam mais de 8 milhões de discos. Destes álbuns, mais de 9 são álbuns de estúdio e mais de 5 são álbuns ao vivo. Vários álbuns receberam certificações da Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD).

Principais álbunsEditar

Álbuns
Ano Título Mídia Gravadora Certificação da ABPD Tipo
1992 Eterno Amanhecer LP e CD Kaskata's Records Estúdio
1994 Encanto LP e CD Kaskata's Records Estúdio
1996 Luz do Desejo LP e CD EMI-Odeon Vendas: 750.000
  2× Platina
  Ouro[86]
Estúdio
1997 Desliga e Vem LP e CD EMI-Odeon Vendas: 800.000
  2× Platina
  Platina
  Ouro[86]
Estúdio
1998 Cartão Postal CD EMI-Odeon Vendas: 1.250.000
  Platina
  Ouro[86]
Estúdio
2000 Mais Uma Vez CD EMI-Music Vendas: 750.000
  Platina
  Ouro[86]
Estúdio
2001 Bons Momentos CD EMI Vendas: 500.000
  Ouro[86]
Estúdio
2002 Exaltasamba Ao vivo CD EMI Vendas: 1.250.000
  Platina[86]
Ao vivo
2003 Alegrando a Massa CD EMI Vendas: 25.000
Estúdio
2005 Esquema Novo CD EMI Vendas: 50.000
  Ouro[86]
Estúdio
2006 Todos os Sambas Ao vivo CD e DVD EMI Vendas: 50.000
  Ouro[86]
Ao vivo
2007 Livre pra Voar CD EMI Vendas: 50.000
  Ouro[86]
???
2007 Ao Vivo Pagode do Exalta CD e DVD EMI Vendas: 50.000
  Ouro[86]
Ao vivo
2009 Ao Vivo na Ilha da Magia CD, DVD e Blu-Ray EMI Vendas: 100.000
  Ouro (CD)
  Platina (DVD)[86]
Ao vivo
2010 Roda de Samba do Exalta CD Som Livre Vendas: 50.000
  Ouro[86]
???
2010 25 Anos LP, CD, DVD e Blu-Ray Som Livre e Radar Records Ao vivo
2011 Tá Vendo Aquela Lua CD Radar Records Estúdio
2016 O Mundo Tá Girando EP / Download digital Estúdio
2019 Aos Seus Cuidados EP / Download digital Estúdio

OutrosEditar

Álbuns
Ano Título Mídia Gravadora
2000 Série Bis   Platina[86] CD EMI
2001 Série Para Sempre CD EMI
2002 Série Identidade CD EMI
2005 Série Eu Sou O Samba CD EMI
2006 Série Bis CD EMI
2012 Nossa História Box Som Livre
2012 Multishow Ao Vivo - Despedida CD, DVD e Blu-Ray Radar Records
2016 "Exaltasamba no Estúdio Showlivre (Acústico ao Vivo)" Digital Showlivre
  • Continuo Pronto / Tá Vendo Aquela Lua - Single (lançamento 2017, não é propriamente um álbum, mas contém duas músicas, são as canções "Continuo Pronto" e "Tá Vendo Aquela Lua", formato download digital)

ParticipaçõesEditar

Álbuns
Ano Título Mídia Gravadora
1991 Choppapo LP Choppapo Produções Artísticas
2010 Disney Adventures in Samba CD e DVD Walt Disney Records
2010 Cama de Gato CD Som Livre

SinglesEditar

SucessosEditar

Ano Canção Paradas Álbum
1992 "Quero Sentir de Novo" Eterno Amanhecer
1993 "Eterno Amanhecer"
1994 "24 Horas de Amor" Encanto
"Gandaia"
1995 "Oposto do Meu Ser"
1996 "Telegrama" Luz do Desejo
"Luz do Desejo"
"É Você"
1997 "Gamei"
"Louca Paixão"
"Armadilha"
"Doidinho"
"Sem o Teu Calor" Desliga e Vem
1998 "Amor e Amizade"
"Desliga e Vem"
"Preciso de Amor"
"Desejo Contido"
"Tá Na Hora de Ir"
"Cartão Postal" Cartão Postal
1999 "Me Apaixonei Pela Pessoa Errada" 4
"Carona do Amor" 8
"Vem Pra Ficar Comigo" 41
"Ela Entrou na Dança" 32
"Moleque Atrevido"
2000 "Mais Uma Vez" 24 Mais Uma Vez
"Megastar" 25
"Eu e Você Sempre" (Part. Jorge Aragão) 45
"Quem É Você" 47
2001 "Pago Pra Ver"
"Faça o Que Eu Digo" 1 Bons Momentos
"Choro de Alegria" (Part. Zeca Pagodinho) 19
"Eu Choro" 25
2002 "Pra Não Pensar Em Você" 21 Exaltasamba Ao vivo
"40 Graus de Amor" 31
2003 "Espere Por Mim Morena" 33
"A Carta" 18 Alegrando a Massa
"É Demais" (Part. Alcione) 52
2004 "Favela" 47
"Estrela" 17
"Por Tão Pouco" 17
2005 "Já Tentei" 7 Esquema Novo
"Vinhos e Lingeries" 26
2006 "Inconformado" 25
"Graça" 39
"Faz Falta" 27 Todos os Sambas Ao vivo
"Acaba Tudo Bem"
2007 "Como Nunca Amei Ninguém" 33
"Livre Pra Voar" 8 Livre Pra Voar
"Tchau e Bença" 29 Ao Vivo Pagode do Exalta
2008 "Anjo Meu" 29
"Nuvem de Algodão" 33
"Jogo de Sedução" 34
2009 "Abandonado" 21 Ao vivo na Ilha da Magia
"Valeu" 44
"Fui" 18
"Calma Amor" 54
2010 "A Gente Bota Pra Quebrar" 21
"Céu e Fé" 29
"Tá Vendo Aquela Lua" 1 25 Anos
"Um Minuto" 7
"Viver Sem Ti" (Part. Mariana Rios) 1
2011 "A Gente Faz a Festa" (Part. Mr. Catra) 2
"Não Seria Justo" 5

Singles promocionaisEditar

Ano Canção Paradas Álbum
2001 "Onora Analfabeta" Bons Momentos
2008 "Dança do Bole-Bole" Ao Vivo Pagode do Exalta
2009 "Eu Não Sou Santo" Cama de Gato
"Atire a Primeira Pedra" Apenas Single
2011 "Toda Forma de Amor" 29 Exaltasamba – 25 Anos Ao Vivo

Singles promocionais usando o nome simplesmente Exalta

  • Continuo Pronto (lançamento 2017, formado download digital)
  • Tá Vendo Aquela Lua (lançamento 2017, formato download digital, no YouTube está disponível um videoclipe oficial no canal Exalta Oficial)

Singles como artista convidado

Ano Canção Paradas Álbum
2018 "Te Fazer O Bem" (Tchê Chaleira participação Exaltasamba)

ComposiçõesEditar

Canção Álbum Compositores
"Quero Sentir de Novo" Eterno Amanhecer Péricles e Juninho
"Presença de Paz" Desliga e Vem Péricles, Izaías, Mally e Piscina;
"Teu Olhar" Péricles, Chrigor e Izaías
"Jeitinho Manhoso" Cartão Postal Péricles
"Teu Coração" Péricles, Prateado e Luiz Claudio Picolé
"Eu Quero Te Amar" Mais uma Vez Péricles e Izaías
"Mais Forte Que Eu" Péricles, Chrigor, Thell e Isaías
"Pago Pra Ver" Péricles
"Beco Sem Saída" Péricles
"Bons Momentos" Bons Momentos Péricles, Chrigor e Izaías
"Estrela" Alegrando a Massa Thiaguinho
"Aquela Canção" Péricles e Izaías
"O Grande Amor" Esquema Novo Péricles e Thiaguinho
"Vinhos e Lingeries" Thiaguinho
"Faz Falta" Todos os Sambas Ao Vivo Thiaguinho, Cláudio Bonfin e Índio
"Livre pra Voar Livre pra Voar Thiaguinho e Rodriguinho
"Graça" Ao Vivo Pagode do Exalta Thiaguinho
"Valeu" Ao Vivo Na Ilha da Magia Thiaguinho e Rodriguinho)
"Abandonado" Thiaguinho / Pezinho / Matheus Santos
"Até o Sol Quis Ver" Thiaguinho e Cláudio Bonfim
"Duas Vidas Num Só Ideal" Thiaguinho e Pezinho
"Céu e Fé" Thiaguinho, Bruno Cardoso e Luiz Henrique Damasceno
"Palavras de Amigo" Roda de Samba do Exalta Thiaguinho
"Tá Vendo Aquela Lua" 25 Anos Thiaguinho e Pezinho
"Fugidinha Thiaguinho e Rodriguinho
"Viver sem Ti" Thiaguinho
"Fase Ruim" Cláudio Bonfim e Thiaguinho
"Não Tem Hora e Nem Lugar" Thiaguinho, Rodriguinho e Matheus Sena
"Quero Ter Você" Péricles
"Virei A Mesa" Thiaguinho

Turnês e showsEditar

Bloco ExaltamaníacoEditar

Bloco Exaltamaníacos foi um bloco de carnaval em que o Exaltasamba tocava os seus pagodes.[5]

Roda de Samba do ExaltaEditar

Roda de Samba do Exalta foi uma temporada de shows que o grupo fez em 2012 nos meses de janeiro e fevereiro.

Principais showsEditar

PrêmiosEditar

Prêmios e indicações de Exaltasamba
Prêmios e indicações
Cerimônia
Vencidos Indicações
MTV Video Music Brasil
0 1
Grammy Latino
1 1
Troféu Raça Negra
1 0
Prêmio de Música Digital
1 0
Troféu Imprensa
1 0
Prêmio Multishow de Música Brasileira
1 0
Totais
Prêmios vencidos +5
Indicações +1

A banda foi indicada à vários prêmios e ganhou vários deles. Dentre eles, o prêmio Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba/Pagode pelo álbum 25 Anos, que foi indicado a um prêmio com Me Apaixonei Pela Pessoa Errada. Ganhou um prêmio com a música "Valeu", e conquistou diversos outros prêmios, veja a lista:

MTV Video Music Brasil
Ano Nomeação Resultado Ref
1999 "MTV Video Music Brasil 1999 Categoria:Videoclipe de Pagode"
Com a música "Me Apaixonei Pela Pessoa Errada"
Indicado [carece de fontes?]


Grammy Latino
Ano Nomeação Resultado Ref
2009 "Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba/Pagode"
Com o álbum Ao Vivo Na Ilha da Magia
Indicado [87]
Troféu Raça Negra
Ano Nomeação Resultado Ref
2009 "Melhor Grupo De Pagode" Venceu [88][89]
Prêmio de Música Digital
Ano Nomeação Resultado Ref
2010 "Premiação por vendas: Música mais vendida de samba e pagode"
Com a música "Valeu" do álbum Ao Vivo Na Ilha da Magia
Venceu
Troféu Imprensa
Ano Nomeação Resultado Ref
2011 "Melhor Conjunto Musical" Venceu [90]
Grammy Latino
Ano Nomeação Resultado Ref
2011 "Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba/Pagode"
Com o álbum 25 Anos
Venceu [91]
Prêmio Multishow de Música Brasileira
Ano Nomeação Resultado Ref
2011 "Melhor Grupo (voto popular)" Venceu [92]

Notas

  1. Os integrantes dizem ter começados suas atividades em 1986 e lançaram um álbum comemorativo em 2010 chamado "25 Anos" (dando a entender que o grupo surgiu em 1985). Por conta disso, muitos pensam que o grupo começou em 1986, mas foi em 1982.[2]
  2. O álbum Eterno Amanhecer não tem Chrigor no grupo, pois ele só entrou no Exaltasamba em 1993 e neste álbum o grupo tem dois integrantes desconhecidos, - Tchelo e Tortinho. O álbum também não dá créditos a Izaías Marcelo, que ingressou no grupo em 1994, depois de Chrigor. Pinha era um dos vocalistas ao lado de Péricles antes da entrada de Chrigor.

Referências

  1. «Exaltasamba: Músicos do grupo escolhem pagode, rap e forró para ouvir na estrada». UOL Viagem. 13 de setembro de 2006. Consultado em 16 de maio de 2018. Cópia arquivada em 13 de dezembro de 2021 
  2. «EXALTASAMBA - de 1982 até 2018». EXALTA Site Oficial 
  3. a b Chacur, Fabian (24 de setembro de 2009). «Biografia do grupo Exaltasamba». R7 Entretenimento. Consultado em 16 de maio de 2018. Cópia arquivada em 13 de dezembro de 2021 
  4. Clovis Exaltasamba (1 de setembro de 2013). «Fundadores do Exaltasamba». Consultado em 22 de junho de 2018 
  5. a b Ventura, Rafaela (2 de março de 2011). «Exaltasamba invade o Carnaval de Salvador e coloca bloco na Avenida». Correio24Horas. Consultado em 16 de maio de 2018 
  6. «Último show do Exaltasamba já tem data marcada; saiba informações». R7 Entretenimento. 8 de dezembro de 2011. Consultado em 16 de maio de 2018. Cópia arquivada em 24 de junho de 2018 
  7. «Exaltasamba anima Feijoada do Presidente domingo». Dourados Agora. 10 de agosto de 2018. Consultado em 13 de dezembro de 2021 
  8. a b c d e f g h i j k l m n o p «Exaltasamba (Dados artísticos)». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 16 de maio de 2018 
  9. «Péricles (Dados Artísiticos)». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 16 de maio de 2018 
  10. «Various - Choppapo». Discogs (em inglês). Consultado em 16 de maio de 2018 
  11. a b c Oliveira, Luciano. «Grandes atrações encerram programação social dos festejos da padroeira dos marítimos». Jornal O Mossoroense. UOL. Consultado em 16 de maio de 2018 
  12. «Eterno Amanhecer (contracapa do álbum do Exaltasamba)». Consultado em 16 de maio de 2018 
  13. «Péricles: "Procuro ser o mais romântico possível"». Globo. Revista Quem (690). 29 de novembro de 2013. Consultado em 16 de maio de 2018 
  14. a b Cavalcanti, Rafael (23 de fevereiro de 2012). «Agora é pra valer! Exaltasamba se despede dos palcos com show histórico». R7 Entretenimento. Consultado em 16 de maio de 2018. Cópia arquivada em 24 de junho de 2018 
  15. a b c Almendra, Thays (26 de julho de 2013). «Péricles grava DVD em homenagem ao pagode dos anos 90 e deixa Exaltasamba de fora ...». UOL Entretenimento Música. UOL. Consultado em 16 de maio de 2018 
  16. a b c d e f g h «Conheça a hiistória de sucesso de Exaltasamba». R7. Favor, ignorar a matéria e clicar num lugar branco, verá uma história do grupo, observação: NÃO é o guia de perguntas e respostas. Consultado em 16 de maio de 2018 
  17. «Exaltasamba canta "Caixinha de felicidade" em homenagem a Xuxa, no Planeta Xuxa de 1997 - Xuxa - Palco Principal». palcoprincipal.com. Consultado em 16 de maio de 2018 
  18. a b c d e f «Péricles (Obra)». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 16 de maio de 2018 
  19. a b «Exaltasamba (Obra)». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 16 de maio de 2018 
  20. «Exaltasamba». BH FM. Globo 
  21. «Televisão: MTV divulga clipes indicados ao Video Music Brasil de 99 - 23/06/99». Folha de S.Paulo. 23 de junho de 1999. Consultado em 16 de maio de 2018 
  22. «Respostas: você conhece mesmo a história do Exaltasamba? - Música - R7». R7 Entretenimento. R7. 21 de maio de 2010. Consultado em 16 de maio de 2018 
  23. a b c «Amigos do Pagode 90 - A DESPEDIDA». ingresse.com. Consultado em 16 de maio de 2018 
  24. «Saiba o que não pode faltar na mala de viagem». Terra - Turismo. Terra. 14 de junho de 2000. Consultado em 16 de maio de 2018 
  25. a b c «Exaltasamba - discografia - - MusicaPopular.org». www.musicapopular.org. Consultado em 16 de maio de 2018 
  26. «Jorge Aragão com Exaltasamba no Parque do Cordeiro». JC OnLine - Editoria Caderno C. UOL. Consultado em 16 de maio de 2018 
  27. «Jorge Aragão e Exaltasamba apresentam novos trabalhos». JC OnLine - Editoria Caderno C. UOL. Consultado em 16 de maio de 2018 
  28. «Exaltasamba canta com Zeca Pagodinho». Babado - Famosos e celebridades pertinho de você -. Ig. 21 de setembro de 2001. Consultado em 16 de maio de 2018 
  29. Veja, Edições 48-51. [S.l.]: Editora Abril. 2001. Consultado em 16 de maio de 2018 
  30. França, Jamari. «CD anti-cópia chega ao Brasil». Época. Globo. Consultado em 16 de maio de 2018 
  31. «Exaltasamba toca hoje em Araçatuba». Folha da Região ON-LINE. Folha da Região de Araçatuba - Todo mundo lê. 9 de janeiro de 2005. Consultado em 16 de maio de 2018 
  32. a b Reipert, Fabíola (11 de novembro de 2002). «Zapping: Chrigor sai do Exaltasamba em 2003 para carreira solo - 11/11/2002». Folha de S.Paulo. UOL. Consultado em 16 de maio de 2018 
  33. «Dez anos depois, Chrigor revela que a depressão o afastou do Exaltasamba e comenta fim: 'Desgastou'». Extra Online. 22 de abril de 2012. Consultado em 16 de maio de 2018 
  34. «Bate-papo com Exaltasamba, grupo de samba - Arquivo - Bate-papo com convidados - Bate-papo UOL». Bate-papo UOL. Consultado em 24 de junho de 2018 
  35. a b c d e f g «Thiaguinho (Obra)». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 16 de maio de 2018 
  36. «Exaltasamba comemora 20 anos de carreira no Canecão - Área VIP». Área VIP. 11 de novembro de 2004. Consultado em 16 de maio de 2018 
  37. «Exaltasamba prepara novidades para o novo álbum Esquema Novo - Área VIP». Área VIP. 28 de março de 2005. Consultado em 16 de maio de 2018 
  38. «AMÉRICA - TRILHA SONORA». Memória Globo. Globo. Consultado em 16 de maio de 2018 
  39. a b «Todos os Sambas ao Vivo - DVD». Saraiva. Consultado em 16 de maio de 2018 
  40. a b Sartori, Rafael (5 de outubro de 2006). «Exaltasamba: Todos Os Sambas Ao Vivo». Território da Música 
  41. «DVD - Exaltasamba: Todos os Sambas: Ao Vivo». Casas Bahia. Consultado em 16 de maio de 2018 
  42. «Livre Para Voar - Exaltasamba | Songs, Reviews, Credits | AllMusic». AllMusic. Consultado em 16 de maio de 2018 
  43. a b «Exaltasamba - Ao Vivo na Ilha da Magia (DVD) - Shows - Livraria da Folha». Livraria da Folha. Consultado em 16 de maio de 2018 
  44. «Prêmio de Música Digital foi realizado nesta terça, 23, no Rio de Janeiro». RollingStone. 24 de novembro de 2010. Consultado em 16 de maio de 2018 
  45. «Confira lista de brasileiros indicados ao Grammy Latino de 2009». Terra - Música. 19 de setembro de 2009. Consultado em 16 de maio de 2018 
  46. «CAMA DE GATO - TRILHA SONORA». Memória Globo. Globo. Consultado em 16 de maio de 2018 
  47. «CD reúne as parcerias do Exaltasamba - Música - R7». R7 Entretenimento. R7. 11 de fevereiro de 2010. Consultado em 16 de maio de 2018 
  48. «Thiaguinho, ex-Exaltasamba, assina contrato com gravadora». Terra 
  49. «Fenômeno do samba - Diário do Grande ABC». Jornal Diário do Grande ABC 
  50. "Billboard Brasil Hot 100 Airplay". Billboard Brasil (Brasil: bpp) (2): 100. 11 de julho de 2015. ISSN 977-217605400-2. [S.l.: s.n.] 
  51. «Exaltasamba ganha placa comemorativa pela conquista do Grammy». CORREIO | O QUE A BAHIA QUER SABER 
  52. «Fora do Exaltasamba, Brilhantina se encontra com o grupo Samprazer - Música - R7». entretenimento.r7.com. Consultado em 24 de junho de 2018 
  53. «Exaltasamba faz despedida grandiosa em Camboriú - Música - MULTISHOW». MULTISHOW 
  54. Cavalcanti, Rafael (23 de fevereiro de 2012). «Agora é pra valer! Exaltasamba se despede dos palcos com show histórico - Música - R7». R7 Entretenimento. R7. Consultado em 16 de maio de 2018 
  55. Rafael Vaz &, Richard Durante Jr (26 de fevereiro de 2012). «Exaltasamba se despede da TV brasileira no "Esquenta!"». Rota 83 - Atividades Educação infantil e fundamental, desenhos para colorir... Consultado em 16 de maio de 2018 
  56. Bittencourt, Carla (6 de junho de 2011). «Anúncio do fim do Exaltasamba rende ao 'Domingão do Faustão' sua maior audiência do ano». Extra Online. Consultado em 16 de maio de 2018 
  57. Correa, Paola (2 de abril de 2012). «Thiaguinho explica o motivo da separação do Exaltasamba - Música - R7». R7 Entretenimento. R7. Consultado em 16 de maio de 2018 
  58. «Turnê do novo ExaltaSamba vai começar em abril de 2016». Ego 
  59. «Pinha Presidente - o Nosso Presidente». Saraiva. Consultado em 17 de maio de 2018 
  60. a b c Sem Péricles e Thiaguinho, Exaltasamba anuncia volta aos palcos em 2016 em R7
  61. «Disputa pelo nome Exaltasamba provoca racha em um dos maiores grupos de pagode do Brasil - Notícias - R7 Domingo Espetacular». noticias.r7.com 
  62. Péricles, Pinha e Thiaguinho entram na Justiça contra o Exaltasamba em rederecord.r7.com
  63. a b Turnê do novo ExaltaSamba vai começar em abril de 2016 acessado XX de novembro de 2015
  64. a b Após disputa judicial, Exaltasamba volta em 2016 sem Péricles e Thiaguinho em on.ig.com.br acessado em novembro de 2015
  65. Após disputa judicial, Exaltasamba volta em 2016 sem Péricles e Thiaguinho em on.ig.com.br
  66. a b Romero Ribeiro, ex-The Voice Brasil, é o novo vocalista do ExaltaSamba em cidadeverde.com acessado 27 de novembro de 2015
  67. a b c «ExaltaSamba terá 3 vocalistas, entre eles Romero Ribeiro, ex-"The Voice"» 
  68. Exaltasamba volta aos palcos com nova formação após quatro anos em gshow.globo.com - acessado xx de novembro de 2015
  69. Turnê de Thiaguinho e Péricles no ano da volta do Exaltasamba é criticada em Ego - acessado 24 de março de 2016
  70. Novo Exaltasamba lança primeira música de trabalho em www.gp1.com.br
  71. Exaltasamba põe ‘Pé na porta’ para anunciar o álbum ‘O mundo está girando’ em www.radiosatfm.com.br - acessado 23 de março de 2016
  72. Exaltasamba prepara volta aos palcos com três novos vocalistas em Ego - acessado 23 de março de 2016
  73. Novo Exaltasamba lança 'Pé na Porta', primeira música de trabalho; ouça! em ego.globo.com
  74. «Romero Ribeiro, ex-The Voice Brasil, deixa o grupo Exaltasamba». www.opovo.com.br 
  75. «O Agro é pop? Exaltasamba defende cotas para barrar sertanejo universitário» 
  76. a b «Apesar de atraso, Exaltasamba conquista público na Virada com sucessos do pagode». 20 de maio de 2018 
  77. [1]
  78. Teixeira, Luiz (30 de junho de 2018). «Exclusivo: Nego Branco revela o porque saiu do Exaltasamba para seguir carreira solo». Samba e Pagode. Consultado em 1 de julho de 2018 
  79. a b c d e «Exaltasamba lança clipe e apresenta a nova cara do Grupo.». Rádio Nova Metrô. 18 de março de 2016. Consultado em 3 de abril de 2016 
  80. a b c «Exaltasamba celebra 25 anos e faz um balanço da carreira». Extra (jornal do Rio de Janeiro). 11 de novembro de 2010. Consultado em 15 de julho de 2016 
  81. terá 3 vocalistas, entre eles Romero Ribeiro, ex-"The Voice" em musica.uol.com.br
  82. ExaltaSamba terá 3 vocalistas, entre eles Romero Ribeiro, ex-"The Voice" em musica.uol.com.br acessado 3 de janeiro de 2016
  83. Amigos do Pagode 90 planeja DVD ver subseção: magoas do passado? a confirmação está lá, Chrigor saiu em 2002 - em Ego
  84. Chrigor em BHFM
  85. «Contracapa do álbum Eterno Amanhecer». Exaltasamba e Kaskata's Records. 1992. Consultado em 5 de dezembro de 2016 
  86. a b c d e f g h i j k l m «Exaltasamba». ABPD. Consultado em 4 de janeiro de 2016 
  87. Confira lista de brasileiros indicados ao Grammy Latino de 2009 em musica.terra.com.br - acessado 25 de março de 2016
  88. ExaltaSamba no Dicionário Cravo Álbin
  89. «no R7» 
  90. Troféu Imprensa 2011, Site oficial do SBT.
  91. Exaltasamba e João Bosco e Vinicius vencem Grammy Latino em gazetaonline.globo.com
  92. Exaltasamba é eleito grupo do ano no Prêmio Multishow 2011 Arquivado em 3 de março de 2012, no Wayback Machine., Site oficial do Exaltasamba.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Exaltasamba

Ver tambémEditar