Novo Basquete Brasil de 2019–20

O Novo Basquete Brasil de 2019–20 foi uma competição brasileira de basquete organizada pela Liga Nacional de Basquete. Esta foi a décima segunda edição deste campeonato, que é organizado pela LNB com a chancela da Confederação Brasileira de Basketball. O NBB garante vagas para torneios internacionais como a Champions League Américas (torneio que substitui a Liga das Américas) e a Liga Sul-Americana.[1]

NBB 2019–20
NBB 12
{{{PAGENAME}}}
Campeonato Novo Basquete Brasil
Esporte Basquetebol
Duração 12 de outubro de 201915 de março de 2020
Número de times 16
Parceiro(s) de TV DAZN (Streaming)
ESPN (TV Fechada)
Fox Sports (TV fechada)
Rede Bandeirantes (TV aberta)
Temporada regular
1º colocado Rio de Janeiro Flamengo
MVP Georginho (São Paulo)
Cestinha Leandrinho (Minas)
(20,1 pontos por jogo)
Playoffs
Campeão
Sem campeão
Temporadas NBB

Entre as novidades deste ano estão as participações do Unifacisa campeão da Liga Ouro de 2019; do São Paulo, vice campeão da Liga Ouro que entra com a franquia do Joinville/AABJ e a volta do Rio Claro, que entra com a franquia do Macaé e a estreia do Pato Basquete, que entrou com a aprovação dos clubes. Já o Vasco da Gama deixou a competição. A partir desta edição não haverá rebaixamento para a Liga Ouro, pois a mesma teve a última edição em 2019.[2][3]

A competição inicialmente foi paralisada em 15 de março de 2020 devido pandemia de COVID-19,[4] porém em decisão unânime, os clubes decidiram em 4 de maio de 2020 pelo cancelamento da temporada sem definição de um campeão.[5] Os resultados da primeira fase foram mantidos apenas para definição dos representantes brasileiros em competições internacionais.[5]

RegulamentoEditar

Os times jogarão entre si em turno e returno e os 12 melhores colocados ao término da fase de classificação avançarão aos playoffs. Os quatro primeiros garantem vaga direta nas quartas de final. Já as equipes de 5º ao 12º lugares disputam as oitavas de final em melhor de três partidas. A partir das quartas, as séries vão para o formato de cinco jogos, no modelo 1-2-1-1, com os jogos 2, 3 e 5 sendo realizados na casa da equipe de melhor campanha na fase de classificação.[1]

TransmissãoEditar

O Fox Sports e a ESPN serão os canais que farão a transmissão na TV fechada. Na TV aberta, assim como no ano anterior, a exclusividade continua com a Band. Além disso, as páginas da NBB no Facebook e no Twitter também transmitirão alguns jogos. O DAZN, serviço de streaming, é a grande novidade para esta temporada. Dessa forma, a quantidade de partidas exibidas ao público será de 100%, pela primeira vez.[6][7]

ParticipantesEditar

Equipe Cidade Estado Em 2018-19 Ginásio Capacidade Títulos do NBB (último)
Basquete Cearense Fortaleza   CE 8º (NBB 2018-19) Centro de Formação Olímpica
Ginásio Paulo Sarasate
17 000
8 822
0 (não possui)
Bauru Bauru   SP 7º (NBB 2018-19) Panela de Pressão 2 000 1 (2016–17)
Botafogo Rio de Janeiro   RJ 4º (NBB 2018-19) Ginásio Oscar Zelaya 850 0 (não possui)
Corinthians São Paulo   SP 6º (NBB 2018-19) Ginásio Wlamir Marques 7 000 0 (não possui)
Flamengo Rio de Janeiro   RJ 1º (NBB 2018-19) Tijuca Tênis Clube
Arena Carioca 1
4 000
6 000
6 (2018–19)
Franca Franca   SP 2º (NBB 2018-19) Pedrocão 7 000 0 (não possui)
Minas Belo Horizonte   MG 10º (NBB 2018-19) Juscelino Kubitschek 4 000 0 (não possui)
Mogi das Cruzes Mogi das Cruzes   SP 3º (NBB 2018-19) Hugo Ramos 5 000 0 (não possui)
Pato Basquete Pato Branco   PR 7º (Liga Ouro 2019) Ginásio do SESI 1 000 0 (não possui)
Paulistano São Paulo   SP 9º (NBB 2018-19) Antônio Prado Júnior 1 500 1 (2017–18)
Pinheiros São Paulo   SP 5º (NBB 2018-19) Henrique Villaboim 824 0 (não possui)
Rio Claro Rio Claro   SP 3º (Liga Ouro 2019) Ginásio Felipe Karan 3 000 0 (não possui)
São José São José dos Campos   SP 12º (NBB 2018-19) Lineu Moura 2 620 0 (não possui)
São Paulo São Paulo   SP 2º (Liga Ouro 2019) Ginásio do Morumbi 1 900 0 (não possui)
Unifacisa Campina Grande   PB 1º (Liga Ouro 2019) Arena Unifacisa 2 000 0 (não possui)
Universo/Brasília Brasília   DF 11º (NBB 2018-19) ASCEB
Nilson Nelson
1 100
16 000
0 (não possui)[UNI]
Nota

Fase de classificaçãoEditar

Devido a pandemia de COVID-19, a temporada foi paralisada por tempo indeterminado em 15 de março de 2020.[4] No dia 26 de março de 2020, a Liga Nacional de Basquete anunciou que o NBB retornaria a partir da fase de playoffs: as últimas rodadas da primeira fase não seriam disputadas e a classificação de momento serviria para o chaveamento da fase final,[8][9] porém em decisão unânime, os clubes decidiram em 4 de maio de 2020 pelo cancelamento da temporada.[5]

Melhores do CampeonatoEditar

Ver tambémEditar


Referências

  1. a b «Regulamento Novo Basquete Brasil (NBB Caixa) - Temporada 2018/2019» (PDF). LNB. Consultado em 2 de novembro de 2018 
  2. «Temporada de 2019-2020 do NBB terá 16 equipes; Vasco está fora - Esportes». Estadão. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  3. «NBB CAIXA cresce e terá 16 equipes na temporada 2019/2020». lnb.com.br. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  4. a b «Coronavírus: NBB é paralisado por tempo indeterminado». GloboEsporte.com. 15 de março de 2020. Consultado em 26 de março de 2020 
  5. a b c «Clubes do NBB decidem, de forma unânime, pelo cancelamento da temporada 2019/2020 da competição». Liga Nacional de Basquete. 4 de maio de 2020. Consultado em 5 de maio de 2020 
  6. «NBB: BandSports, ESPN e FOX Sports passam a transmitir torneio; SporTV sai». Esporteemidia. 1 de outubro de 2018. Consultado em 2 de novembro de 2018 
  7. «NBB CAIXA terá 100% dos jogos transmitidos». lnb.com.br. Consultado em 8 de outubro de 2019 
  8. «Encontro por videoconferência com clubes, treinadores e atletas definiu pela continuação da temporada 2019/2020 do NBB». LNB. 26 de março de 2020. Consultado em 26 de março de 2020 
  9. «NBB anuncia que competição retornará a partir da fase de playoffs». GloboEsporte.com. 26 de março de 2020. Consultado em 26 de março de 2020 


Precedido por
Novo Basquete Brasil de 2018–19
Novo Basquete Brasil
2019–20
Sucedido por
Novo Basquete Brasil de 2020–21