Quéops

Faraó egípcio

Quéops, Khufu em egípcio antigo, foi um faraó do Reino Antigo do Antigo Egito. Reinou por volta de 2551 a.C. a 2528 a.C. Foi o segundo faraó da Quarta Dinastia.

Quéops
Khufu, Cheops, Suphis, Chnoubos, Sofe
Estátua do faraó Quéops Museu Egípcio
Estátua do faraó Quéops Museu Egípcio
Faraó do Egito
Reinado 2589–2566 a.C. (63 anos de acordo com Manetão)
(IV Dinastia), 
Predecessor Seneferu
Sucessor Djedefré
Esposa(s) Meritites I, Henutsen, Rekhetre
Filhos Kawab, Djedefhor, Heteferés II, Meritites II, Meresankh II, Baufra, Djedefré, Minkhaf I, Quéfren, Khufukhaf I, Babaef I, Horbaef,
Pai Seneferu
Mãe Heteferés I
Nascimento Século XXVII a.C.
Falecimento 2570 a.C.
Tumba Pirâmide de Quéops

Quéops era filho do faraó Snefru e, ao contrário de seu pai, foi lembrado como sendo cruel e sem piedade.[1] Quéops teve diversos filhos, um dos quais, Djedef-re que foi seu sucessor imediato. Ele teve uma filha chamada Hetepherés II.

Quéops foi o faraó responsável pela construção da maior das três Pirâmides de Gizé[1] e que é a única das Sete Maravilhas do Mundo Antigo ainda existente —, levando seu nome em grego: a Pirâmide de Quéops.

A Pirâmide de Quéops, também conhecida como a Grande Pirâmide, é o monumento mais massivo construído pelo ser humano[2] (apesar de suplantado por outras construções não monumentais, como a Muralha da China, um conjunto de estruturas com mais de 21mil km de extensão, com finalidade militar). Aproximadamente possui 2,3 milhões de blocos de rocha, cada um pesa em torno de 2,5 toneladas, resultando um total de ~5.700.000t. Com mais de 146 metros de altura, só foi ultrapassada no século XVI pela torre da Catedral de Beauvais que foi terminada em 1569.[3]

Nome nos diversos alfabetosEditar

Transliteração xwfw
Hieróglifo
←x
D43
fw→
Transcrição Khufu

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Heródoto, Histórias, Livro II, Euterpe, 124 [pt] [el] [el/en] [ael/fr] [en] [en] [en] [es]
  2. Redação (17 de outubro de 2011). «Pirâmides». Só História. Consultado em 26 de maio de 2016 
  3. Marina Motomura. «Como foram erguidas as pirâmides do Egito». Mundo Estranho. Consultado em 26 de maio de 2016 

Precedido por
Seneferu
Faraó
IV dinastia egípcia
Sucedido por
Redjedef