Régis Augusto Salmazzo

futebolista brasileiro

Régis Augusto Salmazzo, mais conhecido apenas como Régis (Turmalina, 30 de novembro de 1992), é um futebolista brasileiro que atua como meio-campista. Atualmente joga pelo Cruzeiro, por empréstimo do Bahia.

Régis
Informações pessoais
Nome completo Régis Augusto Salmazzo
Data de nasc. 30 de novembro de 1992 (27 anos)
Local de nasc. Turmalina (SP), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,70 m
canhoto
Apelido Finasterida Boy, Régis dos Magos
Informações profissionais
Período em atividade 2013–presente (7 anos)
Clube atual Cruzeiro
Número 10
Posição Meio-campista
Clubes de juventude
2007–2012 São Paulo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2013–2014
2013
2013
2014
2014–2015
2016
2016–
2018–2019
2019
2020–
São Paulo
Paulista (emp.)
América de Natal (emp.)
Chapecoense (emp.)
Sport
Palmeiras (emp.)
Bahia
Al Wehda (emp.)
Corinthians (emp.)
Cruzeiro (emp.)
0001 0000(0)
0006 0000(0)
0010 0000(5)
0015 0000(8)
0063 0000(9)
0004 0000(0)
0120 000(23)
0001 0000(1)
0007 0000(0)
0019 0000(3)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 20 de outubro de 2020.

BiografiaEditar

Régis iniciou sua carreira nas categorias de base do São Paulo, mas nunca chegou a atuar em jogos oficiais pelo time profissional do tricolor paulista.

No dia 17 de janeiro de 2013, Régis foi emprestado ao Paulista para disputa do Paulistão 2013, já que o até então técnico Ney Franco não iria utilizar o jogador. No dia 27 de setembro de 2013, Régis acertou sua transferência por empréstimo para o América-RN, onde atuou até o fim da Série B de 2013.[1]

Depois da sua boa passagem pelo América-RN, teve seus direitos econômicos comprado por um grupo de investidores administrado pelo ex-presidente do Internacional, Fernando Carvalho. No contrato, constava a ida do jogador para a Chapecoense, em seguida, após meia temporada, iria para Portugal para atuar pelo Porto.[2] Em 27 de janeiro de 2014 foi repassado para a Chape, onde foi o destaque da equipe na campanha do Campeonato Catarinense daquele ano.[3]

SportEditar

Em 2 de julho de 2014, indicado pelo técnico Eduardo Baptista, o Sport comprou, pelo pelo valor de 2,5 milhões de reais, 45% dos seus direitos federativos ligados ao grupo de investimento Fernando Carvalho Invest. O jogador assinou contrato de 4 anos com a equipe pernambucana.[4]

PalmeirasEditar

Sendo um dos destaques do Sport na disputa do Campeonato Brasileiro de 2015, aos 23 anos, em 18 de dezembro de 2015, Régis assinou um contrato de empréstimo junto ao Palmeiras pelo período de um ano, com a opção de compra ao término por uma taxa já fixada, mas com valores não revelados apos a contratação jogou 3 partidas e se lesionou e desde então não jogou mais pelo clube.[5]

BahiaEditar

Sem espaço no Palmeiras, Régis teve o empréstimo repassado, até o final de 2017, para o Bahia.[6]

Régis fez uma Série B com muita importância e brilho pelo Bahia, e começou o ano de 2017 com grande destaque. Tirou a vaga de Renato Cajá, e assumindo o protagonismo no elenco, o meia começou a temporada como um grande maestro, criando jogadas rápidas e precisas. Teve muito destaque na Copa do Nordeste, sendo o principal jogador da competição, onde sagrou-se campeão e artilheiro, com 6 gols. Em 2018 fez um bom Campeonato Brasileiro, suficiente para cair nas graças da torcida tricolor e ser comprado em definitivo pelo Bahia.

No início de 2018, Régis conquistou feitos importantes pelo clube, como o titulo do Campeonato Baiano e também a marca de 100 jogos com a camisa tricolor. O meia conseguiu se destacar pelo seu futebol que incendiavam os jogos durante o segundo tempo, sempre sendo participativo e decisivo para equipe.

Al WehdaEditar

No dia 4 de setembro de 2018, o jogador foi emprestado por R$ 2,1 milhões ao Al Wehda[7], clube que na época era comandado pelo técnico brasileiro Fábio Carille.

CorinthiansEditar

No dia 1 de março de 2019, a pedido de Fábio Carille, Régis foi anunciado como novo reforço do Corinthians, por empréstimo de uma temporada.

CruzeiroEditar

Em meados de abril de 2020, durante a parada do futebol devido a pandemia de Covid-19, o Cruzeiro anunciou a sua contratação, chegando por empréstimo do Bahia e recebendo a histórica camisa 10.[8]

Estreou na partida contra a URT na volta do Campeonato Mineiro e na partida seguinte, contra a Caldense no Ronaldão marcou seu primeiro gol.[9]

Teve um inicio avassalador pela equipe mineira, voltando a marcar e sendo decisivo na vitória sobre o Guarani no Brinco de Ouro da Princesa pela 2ª Rodada da Série B.[10]

Rodadas depois perdeu um pênalti, que rendeu ao Cruzeiro o empate por 1-1 contra o Confiança em Aracaju.[11]

Foi às redes novamente em 11 de setembro, quando entrou em meados do segundo tempo e marcou o gol do triunfo celeste por 1-0 sobre o Vitória no Mineirão, jogo que marcou a estréia do técnico Ney Franco. Novamente titular, foi destaque da equipe na 12ª rodada, inclusive compondo a seleção da rodada na série B. [12]

EstatísticasEditar

Atualizado até 19 de julho de 2018.

ClubesEditar

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Paulista 2013 6 0 0 6 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 6 0 0 6 0 0
São Paulo 2013 1 0 0 1 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 1 0 0
America de Natal 2013 10 5 1 10 5 1
Total 10 5 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 10 5 1
Chapecoense 2014 5 0 1 1 0 0 9 8 0 15 8 1
Total 5 0 1 1 0 0 0 0 0 9 8 0 15 8 1
Sport 2014 6 1 1 0 0 0 6 1 1
2015 26 3 2 6 3 2 3 0 0 22 2 0 57 8 4
Total 32 4 3 6 3 2 3 0 0 22 2 0 63 9 5
Palmeiras 2016 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4 0 2 4 0 2
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4 0 2 4 0 2
Bahia 2016 26 4 3 0 0 0 26 4 3
2017 29 4 5 2 1 0 0 0 0 18 8 3 49 13 8
2018 18 3 2 4 0 0 4 1 0 17 2 0 45 6 2
Total 73 8 8 6 1 0 4 1 0 35 9 3 120 23 13
Corinthians 2019
Total

TítulosEditar

BahiaEditar

CorinthiansEditar

Prêmios individuaisEditar

ChapecoenseEditar

BahiaEditar

Referências

  1. «Mecão fecha contratação do meia Régis, ex-São Paulo e Paulista». GloboEsporte.com. 27 de setembro de 2013. Consultado em 15 de julho de 2019 
  2. Martins, Fábio (23 de janeiro de 2014). «São Paulo acerta venda do jovem meia Régis». VAVEL. Consultado em 15 de julho de 2019 
  3. «Mais um reforço. Chapecoense confirma chegada de ex-meia do América-RN». BOL Notícias. 28 de janeiro de 2014. Consultado em 15 de julho de 2019 
  4. «Sport confirma contratação de Régis». Terceiro Tempo. 4 de julho de 2014. Consultado em 15 de julho de 2019 
  5. Braga, Marcelo (18 de dezembro de 2015). «Palmeiras supera Santos e contrata Régis, camisa 10 do Sport, para 2016». GloboEsporte.com. Consultado em 15 de julho de 2019 
  6. «Bahia acerta empréstimo do meia Régis por duas temporadas». GloboEsporte.com. 24 de maio de 2016. Consultado em 15 de julho de 2019 
  7. «Bahia oficializa empréstimo de Régis para o Al Wehda por R$ 2,1 milhões». GloboEsporte.com. 4 de setembro de 2018. Consultado em 15 de julho de 2019 
  8. «Cruzeiro oficializa a contratação de Régis, e meia comemora: "Bora, Cabuloso"». ge. Consultado em 31 de agosto de 2020 
  9. Superesportes; Superesportes (29 de julho de 2020). [https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/2020/07/29/noticia_cruzeiro,3856685/cruzeiro-vence-caldense-mas-e-eliminado-do-campeonato-mineiro.shtml «Cruzeiro vence Caldense, mas � eliminado e d� vexame no Mineiro com pior posi��o em 63 anos»]. Superesportes. Consultado em 31 de agosto de 2020  replacement character character in |titulo= at position 30 (ajuda)
  10. «Cruzeiro vence o Guarani e 'zera' pontuação negativa na Série B». Lance!. Consultado em 31 de agosto de 2020 
  11. Carrera, Dalmo (23 de agosto de 2020). «Régis perde pênalti e Cruzeiro fica no empate com o Confiança pela Série B». Futebol Bahiano. Consultado em 31 de agosto de 2020 
  12. «Cruzeiro reage em estreia de Ney Franco e vence o Vitória pela Série B». www.uol.com.br. Consultado em 12 de setembro de 2020 

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.