Vouzela

município e vila de Portugal

Vouzela é uma vila portuguesa do distrito de Viseu, situada na província da Beira Alta, região do Centro (Região das Beiras) e sub-região Viseu Dão-Lafões. Fica a 30 km de Viseu, a 60 km de Aveiro, a 2 km das Termas de São Pedro do Sul, a pouco mais de uma hora do Porto e a aproximadamente três horas de Lisboa.

Vouzela
Pelourinho de Vouzela (2).jpg
Pelourinho de Vouzela

Brasão de Vouzela Bandeira de Vouzela

Localização de Vouzela

Gentílico Vouzelense
Área 193,69 km²
População 10 564 hab. (2011)
Densidade populacional 54,5  hab./km²
N.º de freguesias 9
Presidente da
câmara municipal
Rui Ladeira (PSD, 2021-2025)
Fundação do município
(ou foral)
1836
Região (NUTS II) Centro (Região das Beiras)
Sub-região (NUTS III) Viseu Dão-Lafões
Distrito Viseu
Província Beira Alta
Orago São Frei Gil
Feriado municipal 14 de Maio
Código postal 3670
Sítio oficial www.cm-vouzela.pt
Município de Portugal Flag of Portugal.svg

É sede do município de Vouzela com 193,69 km² de área[1] e 10 564 habitantes (2011),[2][3] subdividido em 9 freguesias.[4] O município é limitado a norte pelo município de São Pedro do Sul, a leste por Viseu, a sul por Tondela e pela porção secundária de Oliveira de Frades, a sudoeste por Águeda e a noroeste pela porção principal de Oliveira de Frades.

É fácil chegar a este concelho quer via A25 quer através das Estradas Nacionais N16, N228, N333 e N333-3.

O concelho tem origem no antigo concelho de Lafões, do qual era uma das duas sedes, juntamente com São Pedro do Sul. Em 1836, Lafões foi repartido entre Vouzela e São Pedro do Sul.

O município de Vouzela, criou em 2015 a marca institucional "Vouzela - o Coração do Centro". A nova imagem tem o formato de um coração, composto por vários elementos geométricos que constroem a marca no seu todo e na sua plenitude, destacando-se o elemento fora do coração, que é o elemento que “falta” a Vouzela, o elemento que complementa o nosso território, essa peça é cada novo residente, visitante, investidor ou estudante. Também o tipo de letra é único no mundo, desenvolvido exclusivamente para esta nova marca, inspirado na antiga ponte do comboio existente na Vila, sendo também um tipo de letra ecológico, pois o facto de ser microperfurado permite reduzir em 50% os níveis de consumo de tinta no momento da impressão [1]

90% da área do concelho ardeu a 15 de outubro de 2017.

FreguesiasEditar

 
Freguesias do município de Vouzela.

O município de Vouzela está subdividido em 9 freguesias:

HistóriaEditar

Sobre as origens do nome Vouzela muito se tem escrito. Desde os defensores da junção de Vouga e Zela até outros, com preocupações mais eruditas, várias são as versões.

Detentores do sobre nome vouzela remanescem do seculo XI muitos ja no Brasil onde deram origem ao primeiro banco da colonia portuguesa. As primeiras referências à povoação remontam à segunda metade do século XI (1083) mas existem testemunhos de uma muito maior antiguidade: do castro da Senhora do Castelo, embora nunca tivesse sido escavado, conserva-se a muralha e aparecem à superfície fragmentos de cerâmica castreja e romana. A existência de duas sepulturas antropomórficas, nas suas imediações, prova que continuou a ser habitado na Alta Idade Média.

Num documento que data de 1083 é feita referência à existência de um antigo mosteiro, também documentado posteriormente em 1104 e 1113, no século XIII, mas os documentos passam a referir-se a igreja. As Inquirições de D. Afonso III (1258) provam que a igreja de Nossa Senhora da Assunção, Matriz de Vouzela, é o mosteiro anteriormente referido.

Vouzela foi também berço de figuras históricas, entre outros são de citar: D. Duarte de Almeida – O Decepado de Toro (alferes - mor de D. Afonso V); São Frei Gil (dominicano falecido em 1265), padroeiro da vila e autor de várias obras entre elas “ Vitae Fratum”; João Ramalho ( um dos destacados Bandeirantes) e Padre Simão Rodrigues, iniciador da Companhia de Jesus em Portugal (companheiro de Santo Inácio de Loyola e São Francisco Xavier.

Evolução da População do MunicípioEditar

★ Os Recenseamentos Gerais da população portuguesa tiveram lugar a partir de 1864, regendo-se pelas orientações do Congresso Internacional de Estatística de Bruxelas de 1853. Encontram-se disponíveis para consulta no site do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Número de habitantes que tinham a residência oficial neste município à data em que os censos se realizaram:

Número de habitantes [5]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011 2021
13407 13860 13895 14168 14464 14138 15164 16034 16412 15641 13488 13407 12477 11916 10564 9580
Número de habitantes por Grupo Etário ** [6][7]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011 2021
0-14 Anos 4637 4952 4724 4543 5525 5016 4327 3590 3331 2458 1765 1332 958
15-24 Anos 2237 2216 2222 2448 2389 2389 2547 1965 1922 1888 1695 1130 944
25-64 Anos 6175 6167 6066 6241 6528 7054 6937 5805 5769 5613 5819 5260 4658
= ou > 65 Anos 1043 1103 1079 1158 1321 1597 1830 2125 2385 2518 2637 2842 3020

De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto" (**) ou seja, que estava presente no município à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente.

PolíticaEditar

Eleições autárquicas [8]Editar

Data % V % V % V % V % V % V % V Participação
PPD/PSD CDS-PP PS FEPU/APU/CDU IND BE CH
1976 39,94 3 32,44 2 12,06 - 11,47 -
61,13 / 100,00
1979 51,56 4 23,24 1 12,19 - 9,84 -
71,32 / 100,00
1982 36,27 2 26,05 1 29,47 2 3,99 -
70,87 / 100,00
1985 43,82 3 11,91 1 36,75 3 4,02 -
67,70 / 100,00
1989 37,36 3 12,85 1 42,98 3 3,33 -
68,28 / 100,00
1993 40,80 3 6,79 - 45,28 4 3,88 -
70,87 / 100,00
1997 43,65 3 49,12 4 4,28 -
69,90 / 100,00
2001 50,32 4 2,43 - 37,08 3 1,57 - 5,76 -
71,37 / 100,00
2005 56,57 5 3,06 - 29,70 2 1,48 - 5,52 -
71,55 / 100,00
2009 51,16 4 3,80 - 40,59 3 1,61 -
70,55 / 100,00
2013 49,30 4 2,67 - 38,60 3 1,13 - 3,30 -
66,69 / 100,00
2017 62,21 4 3,46 - 28,05 1 1,75 -
66,57 / 100,00
2021 59,07 3 32,24 2 1,59 - 3,21 -
67,90 / 100,00

Eleições legislativasEditar

Data %
CDS PSD PS PCP UDP AD APU/

CDU

FRS PRD PSN B.E. PAN PàF L CH IL
1976 36,04 34,00 18,02 1,92 0,58
1979 AD AD 16,67 APU 1,05 70,34 5,46
1980 FRS 0,38 73,58 4,42 16,37
1983 19,89 42,79 26,98 0,42 3,71
1985 19,03 41,95 20,69 0,43 3,63 9,01
1987 6,60 65,11 18,86 CDU 0,16 2,00 2,05
1991 4,88 68,10 19,96 2,27 0,43 1,26
1995 10,37 48,02 35,66 0,46 2,13 0,16
1999 9,55 48,02 35,30 2,57 0,27 1,18
2002 10,18 55,39 28,89 1,83 1,31
2005 9,20 41,39 39,65 2,31 3,17
2009 13,31 38,82 33,80 2,50 6,42
2011 11,59 49,68 27,02 2,26 2,78 0,33
2015 PàF PàF 31,14 2,89 6,15 0,30 51,96 0,36
2019 5,02 39,69 35,64 1,64 6,41 1,54 0,39 0,79 0,31
2022 1,27 39,07 40,71 1,22 2,85 0,67 0,65 8,26 2,13

PatrimónioEditar

EquipamentosEditar

  • Cineteatro Dr. João Ribeiro

Descrição heráldicaEditar

 
Brasão de Vouzela
  • A torre acompanhada por dois crescentes de prata encimados cada um por uma estrela de cinco pontas do mesmo metal. Em chefe um sol de ouro e uma lua de prata.
  • Coroa mural de quatro torres de prata.
  • Listel branco com letras pretas.
  • Bandeira - esquartelado de amarelo e vermelho com o escudo das armas. Cordões e borlas de ouro e vermelho. Haste e lança de ouro.
  • Selo - circular, tendo ao centro as peças das armas sem indicação dos esmaltes. Em volta, dentro de círculos concêntricos, os dizeres “Câmara Municipal de Vouzela”.
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Vouzela

Referências

  1. Instituto Geográfico Português (2013). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013». Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013. Direção-Geral do Território. Consultado em 28 de novembro de 2013. Arquivado do original (XLS-ZIP) em 9 de dezembro de 2013 
  2. INE (2012). Censos 2011 Resultados Definitivos – Região Centro. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística. p. 107. ISBN 978-989-25-0184-0. ISSN 0872-6493. Consultado em 27 de julho de 2013 
  3. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLSX-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_CENTRO". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 27 de julho de 2013 
  4. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  5. {{citar web|url= https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes%7Ctítulo= Recenseamentos Gerais da População|publicado=Instituto Nacional de Estatística
  6. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  7. INE - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_indicadores&indOcorrCod=0011166&contexto=bd&selTab=tab2
  8. «Concelho de Vouzela : Autárquicas Resultados 2021 : Dossier : Grupo Marktest - Grupo Marktest - Estudos de Mercado, Audiências, Marketing Research, Media». www.marktest.com. Consultado em 18 de dezembro de 2021