Abrir menu principal


A4 - Autoestradas de Portugal
Nome: Auto-Estrada Transmontana
Traçado actual: Matosinhos - Amarante - Vila Real - Bragança - Quintanilha (223 Km)
Traçado previsto: Matosinhos - Amarante - Vila Real - Bragança - Quintanilha (223 Km)
Tráfego médio diário: 14 747[1] Ano: 2017 (Dez.)
A4
223
Cruza com: Concessionário: Regime:
 A 3 ,  A 11 ,  A 24 ,  A 28 ,  A 41 ,  IP 2 ,  IC 5 , N 14, N 15, N 106, N 208, N 209, N 210, N 213, N 218, N 315, N 319, N 323 Brisa
Ascendi
Infraestruturas de Portugal
Globalvia Transmontana
Portagens convencionais (46 km)
Portagens eletrónicas (30 km)
Gratuito (146 km)
Mapa da autoestrada A4 entre Porto e Amarante.
A4 à entrada do Túnel do Marão

A  A 4  – Autoestrada Transmontana ou mais completamente Autoestrada de Trás-os-Montes e Alto Douro é uma auto-estrada portuguesa que liga Matosinhos a Bragança (Quintanilha). Faz parte integrante do Itinerário Principal nº 4 e da Estrada Europeia  E 82 . É atualmente a mais importante ligação ao interior a norte do Rio Douro, estabelecendo ligação entre Matosinhos e a fronteira de Quintanilha numa extensão de 223 km.

Esta autoestrada inicia-se em Matosinhos e prolonga-se por Águas Santas, Ermesinde e Valongo até ao Vale do Sousa. De Paredes ruma a Penafiel e termina um pouco à frente das luxuriantes margens do Rio Tâmega, em Amarante, cidade de São Gonçalo. A partir de Amarante, atravessa a Serra do Marão, através do maior túnel rodoviário da Península Ibérica e o maior do país, o Túnel do Marão. Dirige-se para Vila Real, passando posteriormente por Murça, Mirandela e perto de Macedo de Cavaleiros, indo até Bragança e Quintanilha (fronteira com Espanha). Esta autoestrada é a terceira maior de Portugal.

A  A 4  está sujeita à cobrança de portagem nos troços Custóias (VRI)-São Mamede de Infesta (3 km), Ermesinde-Amarante (46 km), Túnel do Marão (21 km), Viaduto do Corgo (4 km), e Bragança (poente)Bragança (centro) (2 km). No troço ErmesindeAmarante a cobrança é feita através de portagens físicas, enquanto que nos outros quatro troços há pórticos de portagem eletrónica. Os restantes 146 km da autoestrada são gratuitos. O troço VRISão Mamede de Infesta foi gratuito desde a sua inauguração, em novembro de 2006, até 15 de outubro de 2010. Em sentido contrário, o lanço Águas Santas (A3)–Ermesinde foi portajado desde a sua abertura (em novembro de 1990) até dezembro de 1995.

O ponto mais alto desta autoestrada, localiza-se na freguesia de Santa Comba de Rossas, no concelho de Bragança, a cerca de 900 m, sendo que o ponto mais baixo se localiza já em plena Área Metropolitana do Porto, na zona de Leça do Balio, a 50 m de altitude.

Traçado da A 4 no Google Maps e fotografias do Google StreetView

Índice

HistóriaEditar

A ligação entre Vila Real e Amarante pelo IP4, a primeira via rápida a rasgar este território, ficou concluída em 1988. Até então a principal via de ligação ao litoral era a Estrada Nacional 15 (EN 15) que subia e descia pela serra.

Mas, apesar de melhorar as acessibilidades e já aproximar significativamente a zona do Porto e Trás-os-Montes, a nova estrada entrou também para a história desta região pelos números negros de sinistralidade rodoviária.

O ano mais negro da história do IP4 foi em 2004, quando morreram 33 pessoas em toda a sua extensão, desde Amarante a Bragança.

Em 2005, o IP4 foi alvo de uma intervenção a nível do piso e sinalização, tendo ainda sido colocadas balizas rebatíveis de posição ao eixo, pequenos separadores aplicados nas zonas consideradas mais perigosas da via.

Após esta intervenção, os índices de sinistralidade diminuíram consideravelmente.

Em quase 20 anos, entre 1996 e 2015, registaram-se 1.273 acidentes com vítimas no troço compreendido entre Amarante e Vila Real. Destes acidentes resultaram 136 mortos, 200 feridos graves e 1.807 feridos ligeiros.[2]

Após 7 anos do início da sua construção, o Túnel do Marão abriu ao trânsito em Maio de 2016, ficando, por fim, concluída a ligação por autoestrada entre o Porto e as cidades de Vila Real e Bragança.

Estado dos TroçosEditar

Troço Inauguração km
Matosinhos (  A 28  ) - Águas Santas (  A 3  )
11/2006[3]
(Concessão: Grande Porto)
8,2
Águas Santas (  A 3  ) - Campo
11/1990[4]
10,4
Campo - Penafiel
09/1991[5]
16,9
Penafiel - Amarante
09/1995[6]
22,0
Amarante - Padronelo
11/2010[7][8]
3,9
Padronelo - Vila Real (Parada de Cunhos)
7 de maio de 2016[9]
25,4
Vila Real (Parada de Cunhos) - Quintanilha (*)
2011, 2012 e 2013 (*)
132,5
Ponte International de Quintanilha e acessos
07/2009[10]
2,1

(*) Auto-Estrada TransmontanaEditar

Troço Inauguração km
Lote 1A: Vila Real (Parada de Cunhos) - Vila Real (sul)
09/2013 com portagem através de pórticos[11]
4,2
Lote 1: Vila Real (sul) - Vila Real (nascente)
08/2013[12]
7
Lote 2: Vila Real (nascente) - Torre do Pinhão
08/2011[13]
7,8
Lote 3: Torre do Pinhão - Pópulo
07/2012[14]
8,6
Lote 3: Pópulo - Murça
03/2013[15]
8,5
Lote 4: Murça - Palheiros
10/2012[16]
2,8
Lote 4: Palheiros - Lamas de Orelhão
08/2012[17]
10
Lote 5: Lamas de Orelhão - Mirandela (norte) / Carvalhais
11/2011[18]
13,4
Lotes 5/6: Mirandela (norte) - Romeu
07/2012[19]
10,7
Lote 6: Romeu - Amendoeira
10/2012[20]
6,4
Lote 7: Amendoeira / Nó com o  IP 2 
09/2011[21]
2,2
Lote 8:  IP 2  - Vale de Nogueira
08/2013[22]
14,4
Lote 9: Vale de Nogueira - Bragança (Nó das Cantarias)
07/2013[23]
15,6
Lote 10: Variante a Bragança
09/2011 com portagem através de pórticos[24]
9,0
Lote 11: Bragança (nascente) - Quintanilha
12/2012[25]
12,5

CapacidadeEditar

PerfilEditar

Troço Perfil Extensão
Matosinhos - Águas Santas (  A 3  )
 
9 km
Águas Santas (  A 3  ) - Amarante (Este)
 
53 km
Amarante (Este) - Vila Real (Parada de Cunhos)
 
25,4 km
Vila Real (Parada de Cunhos) - Quintanilha
 
 134 km

Tráfego [26]Editar

Troço Tráfego médio mensal

(setembro de 2016)

Matosinhos - Sendim 41.931
Sendim - Guifões 57.223
Guifões - Custóias 57.223
Custóias - Via Norte (N14) 42.603
Via Norte - Ponte da Pedra 38.927
Ponte da Pedra - Águas Santas (A3) 48.094
Águas Santas (A3) - Ermesinde 84.332
Ermesinde - Valongo 44.779
Valongo - Campo 41.828
Campo - CREP (A41) 39.220
CREP (A41) - Baltar 39.220
Baltar - Paredes 34.125
Paredes - Guilhufe 30.244
Guilhufe - Penafiel 29.951
Penafiel - Castelões (A11) 25.163
Castelões (A11) - Amarante Poente 18.684
Amarante Poente - Amarante 22.917
Amarante - Geraldes 21.931
Geraldes - Padronelo 15.488
Padronelo - Marão (IP4) 11.805
Túnel do Marão 11.203
Campeã - Parada de Cunhos 10.705
Parada de Cunhos - Vila Real Sul 8.977
Vila Real Sul - A24 9.148
A24 - Vila Real Nascente 7.771
Vila Real Nascente - Lamares 12.035
Lamares - Justes 11.442
Justes - Pópulo 10.781
Pópulo - Murça 7.717
Murça - Palheiros 6.479
Palheiros - Franco 6.473
Franco - Lamas de Orelhão 6.578
Lamas de Orelhão - Mirandela Poente 7.067
Mirandela Poente - Mirandela Norte 5.224
Mirandela Norte - Romeu 5.804
Romeu - Amendoeira (IP2) 5.778
Amendoeira (IP2) - Lamas de Podence 5.223
Lamas de Podence - Azibo 6.232
Azibo - Quintela de Lampaças 5.904
Quintela de Lampaças - Vale de Nogueira 5.688
Vale de Nogueira - Santa Comba de Rossas 6.204
Santa Comba de Rossas - Mós 6.431
Mós - Bragança Poente 7.316
Bragança Poente - Bragança Sul 1.327
Bragança Sul - Bragança Nascente 1.852
Bragança Nascente - Rio Frio 3.394
Rio Frio - Quintanilha 2.147
Ponte Internacional de Quintanilha 1.996

Nós de LigaçãoEditar

Matosinhos - QuintanilhaEditar

Número da Saída km Destinos Estrada que liga
  0 Matosinhos Av. da República
  1 0 Porto
Viana do Castelo
 A 28 
  2 1 Guifões
Custóias
  3 3 aeroporto  VRI 
  Pórtico de Portagem de Custóias - € 0,20
  4 5 Maia
Leça do Balio
N 14
(Via Norte)
  Pórtico de Portagem de Gueifães - € 0,25
  5 6 Gueifães
São Mamede de Infesta
Leça do Balio
  6 8 Águas Santas
Porto
Braga
 A 3 
  7 11 Ermesinde
Rio Tinto
N 208
  Praça de Portagem de Ermesinde (km 11)
  8 15 Valongo
Gondomar
N 209
  9 20 Campo N 15
  9A 21 Braga / Paços de Ferreira
SUL / Gondomar  A 43  / Espinho
 A 41 
  10 26 Baltar
Parada de Todeia
N 319
  11 32 Paredes N 15
  12 35 Guilhufe
zona industrial
N 15
  13 37 Penafiel
Lousada
Paços de Ferreira
N 106
  14 45 Guimarães / Felgueiras / Lousada
Marco de Canaveses / Baião
 A 11 
N 211
  Praça de Portagem de Amarante (km 51)
  15 57 Amarante (oeste)
Celorico de Basto
Cabeceiras de Basto
N 210
  16
(sentido ESTE)
58 Cepelos
  17 59 Amarante (este) N 210
  18 61 Padronelo
Mesão Frio
Baião
Régua
N 15
(N 101)
  19 62 Vila Real (via Marão)  IP 4 
    Túnel do Marão (5665 m)
  Pórtico de Portagem de (Marão) - € 2,00
  20 83 Mondim de Basto
Campeã
EN15
N 304
 IP 4 
  21 89 Parada de Cunhos  IP 4 
N 2
  Pórtico de Portagem de Vila Real - € 0,70
  22 93 Vila Real (sul) N 313
  23 96 Vila Real
Chaves
Viseu
Região Vinhateira do Alto Douro
 A 24 
  24 100 Vila Real (nascente)
Mouçós
 IP 4 
  25 102 Lamares  M 566 
  26 106 Justes
Vilar de Maçada
Sabrosa
 M 323 
  27 115 Pópulo
Alijó / Carrazeda de Ansiães
Vila Flor / Miranda do Douro
N 212
 IC 5 
  28 122 Murça Rua do Prado
  29 126 Palheiros Rua da Fonte
  30 132 Franco N 15
  31 138 Lamas de Orelhão
Abreiro
N 15
  32 144 Valpaços
Mirandela (poente)
N 213
N 15
  33 150 Mirandela (norte)
Carvalhais
Vinhais
N 315
  34 160 Romeu  M 15 
  35 168 Amendoeira
Macedo de Cavaleiros
Guarda
 M 15 
 IP 2 
  36 173 Lamas de Podence
Macedo de Cavaleiros
 M 15 
N 102
  37 175 Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo  M 15 
  38 178 Quintela de Lampaças  M 15 
  39 183 Vale de Nogueira
Serra da Nogueira
 M 15 
 40 187 Santa Comba de Rossas  M 537 
  41 194 Mós
Sortes
 M 527 
 M 15 
  42
(sentido ESTE)
200 Bragança (poente)
Vinhais
 IP 4 
  Pórtico de Portagem de Bragança - € 0,65
  43 202 Bragança (centro)
  44 207 Bragança (nascente)
Portelo
Puebla de Sanabria (E)
Parque Natural de Montesinho
N 103
  45 216 Rio Frio
Miranda do Douro
N 218
  46 221 Quintanilha  M 523 
  222 Espanha  
  222 direcção
Alcañices / Zamora
 N-122 

Áreas de serviço e de repousoEditar

  •   Área de serviço de Matosinhos (km 3)  
  •   Área de serviço de Águas Santas (km 10)  
  •   Área de serviço de Penafiel (km 47)  
  •   Área de serviço (km 101)  
  •    Área de repouso (km 124) - projetada no mesmo local da anteriormente existente no IP 4
  •   Área de serviço (km 136)  
  •    Área de serviço (km 173) - projetada
  •    Área de serviço (km 191) - projetada

Referências

  1. Relatório de Tráfego na Rede Nacional de Autoestradas – 4.º trimestre de 2017 (PDF) (Relatório). Instituto de Mobilidade e dos Transportes. Fevereiro de 2018. p. 11. Consultado em 18 de Maio de 2018 
  2. «Túnel é alternativa a estrada onde morreram 136 pessoas em 20 anos» 
  3. «A4 chega hoje ao centro de Matosinhos». Público. 20 de novembro de 2006 
  4. «Primeiro-ministro inaugura amanhã o maior túnel rodoviário do país» (PDF). Jornal de Notícias. Novembro 1990 
  5. «Inauguração da auto-estrada A4 antecipada para o meio-dia de amanhã» (PDF). Jornal de Notícias. Setembro 1991 
  6. «Penafiel a Amarante em 10 minutos» (PDF). Jornal de Notícias. Setembro 1995 
  7. «No IP4 as obras são o caos que antecede a bonança». Público. 16 de novembro de 2009 
  8. «Auto-Estrada do Marão». VIAMARCA. 31 Dezembro 2010 
  9. Borges, Sandra (7 de maio de 2016). «Túnel do Marão já foi inaugurado oficialmente». Jornal de Notícias 
  10. «Ponte de Quintanilha». Diário de Trás-os-Montes. 27 de julho de 2009 
  11. «Autoestrada Transmontana concluída: abertura do Viaduto do Corgo leva à introdução de mais um troço com portagens». Notícias do Nordeste. 7 de setembro de 2013 
  12. «Ligação da A4 entre Vila Real e Quintanilha concluída». Notícias do Nordeste. 3 de agosto de 2013 
  13. «Entrada em serviço dos três primeiros troços da A4 Auto-Estrada Transmontana». Infraestruturas de Portugal. 14 Setembro 2011 
  14. «A4 abertura de mais dois lanços». Infraestruturas de Portugal. 13 Julho 2012 
  15. «A4 entre Vila Real e Macedo de Cavaleiros abre ao tráfego». Infraestruturas de Portugal. 1 Março 2013 
  16. «Abertura de mais dois sublanços da Autoestrada». Autoestradas XXI. 4 Outubro 2012 
  17. «Novo troço da A4». Infraestruturas de Portugal. 10 Agosto 2012 
  18. «Abriu mais um troço da A4». Infraestruturas de Portugal. 21 Novembro 2011 
  19. «A4 abertura de mais dois lanços». Infraestruturas de Portugal. 13 Julho 2012 
  20. «Abertura de mais dois sublanços da Autoestrada». Autoestradas XXI. 4 Outubro 2012 
  21. «Primeiro troço de autoestrada abre hoje no distrito de Bragança». RTP. 14 Setembro 2011 
  22. «A4 concluída no distrito de Bragança». Mensageiro de Bragança. 2 de agosto de 2013 
  23. «Autoestrada Transmontana com mais dois troços abertos». Mensageiro de Bragança. 19 de julho de 2013 
  24. «Entrada em serviço dos três primeiros troços da A4 Auto-Estrada Transmontana». Infraestruturas de Portugal. 14 Setembro 2011 
  25. «Abertura novo troço da A4». Infraestruturas de Portugal. 14 Dezembro 2012 
  26. «Trânsito das autoestradas de Portugal» (PDF) 

Ligações externasEditar