Eleições estaduais no Paraná em 1974

As eleições estaduais no Paraná em 1974 ocorreram em duas fases conforme o Ato Institucional Número Três e assim a eleição indireta do governador Jayme Canet Júnior e do vice-governador Otávio Cesário Júnior foi em 3 de outubro e a escolha do senador Leite Chaves, 30 deputados federais e 54 estaduais aconteceu em 15 de novembro sob um ritual aplicado aos 22 estados e aos territórios federais do Amapá, Rondônia e Roraima. Naquela ocasião os paranaenses residentes no Distrito Federal escolheram seus representantes no Congresso Nacional por força da Lei n.º 6.091 de 15 de agosto de 1974.[1][2][3][4][5][nota 1][nota 2]

1973 Brasil 1978
Eleições estaduais no  Paraná em 1974
3 de outubro de 1974
(Eleição indireta)
15 de novembro de 1974
(Eleição direta)


Jayme Canet Júnior, Governador do Paraná..tif
Candidato Jayme Canet Júnior


Partido ARENA


Natural de Ourinhos, SP


Vice Otávio Cesário Júnior
Votos 38
Porcentagem 100%

Paulista de Ourinhos, o governador Jayme Canet Júnior mudou-se para o Paraná com um ano de idade e aos dezoito estava à frente de uma fazenda em Bela Vista do Paraíso onde foi cafeicultor e mesmo não concluindo o curso de Engenharia Civil firmou-se como empresário. Ligado a Ney Braga foi nomeado por ele presidente da Empresa de Café do Paraná representando o estado junto ao Instituto Brasileiro do Café (IBC). Filiado à ARENA foi presidente do Banco do Estado do Paraná no governo Paulo Pimentel sendo demitido a seguir. Dedicado à exportação de café e à criação de gado nelore foi membro do conselho de administração do Banco Bamerindus e manteve-se longe da política até ser eleito vice-governador do Paraná em 10 de agosto de 1973 ao lado de Emílio Gomes num pleito extemporâneo convocado após a renúncia de Haroldo Leon Peres em 23 de novembro de 1971 e a morte de Parigot de Sousa. Graças ao apoio de Ney Braga foi escolhido governador pelo presidente Ernesto Geisel em 1974.[6]

Seu companheiro de chapa foi Otávio Cesário Júnior, que exercia o mandato de senador como suplente de Ney Braga quando este foi ministro da Educação e em 1974 foi eleito vice-governador.[7][8]

Para senador a vitória foi do advogado paraibano Leite Chaves. Nascido em Itaporanga ele foi presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba na condição de funcionário do Banco do Brasil. Aluno da Universidade Federal da Paraíba graduou-se em 1956 após transferência para a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Radicado em Londrina ele fez sua estreia como político pelo MDB ao vencer o ex-governador João Mansur pelo mandato de senador em 1974.[9]

Resultado da eleição para governadorEditar

Eleição realizada pela Assembleia Legislativa do Paraná na qual apenas a bancada da ARENA participou.[10]

Candidatos a governador do estado
Candidatos a vice-governador Número Coligação Votação Percentual
Jayme Canet Júnior
ARENA
Otávio Cesário Júnior
ARENA
-
ARENA (sem coligação)
38
100%
  Eleito

Resultado da eleição para senadorEditar

Dados fornecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral apontam 1.794.185 votos nominais (84,27%), 200.719 votos em branco (9,43%) e 134.221 votos nulos (6,30%) resultando no comparecimento de 2.129.125 eleitores.[1][nota 3]

Candidatos a senador da República
Primeiro suplente de senador Número Coligação Votação Percentual
Leite Chaves
MDB
Euclides Scalco
MDB
-
MDB (sem coligação)
1.090.831
60,80%
João Mansur
ARENA
Francisco Borsari Neto
ARENA
-
ARENA (sem coligação)
703.351
39,20%
  Eleito

Deputados federais eleitosEditar

São relacionados os candidatos eleitos com informações complementares da Câmara dos Deputados.[11][12]

Representação eleita

  ARENA: 15
  MDB: 15
Deputados federais eleitos Partido Votação Percentual Cidade onde nasceu Unidade federativa
Álvaro Dias MDB 175.434 Quatá   São Paulo
Antonio Belinati MDB 150.698 Campo Grande   Mato Grosso do Sul
Arnaldo Busato ARENA 95.308 Jaú   São Paulo
Alencar Furtado MDB 86.413 Araripe   Ceará
Norton Macedo ARENA 85.987 Curitiba   Paraná
Sebastião Rodrigues Júnior MDB 73.443 Juiz de Fora   Minas Gerais
Paulo Marques MDB 50.078 Florianópolis   Santa Catarina
Nelson Maculan MDB 49.279 Santana de Parnaíba   São Paulo
Fernando Gama MDB 48.337 Rio de Janeiro   Rio de Janeiro
Santos Filho ARENA 47.607 Bandeirantes   Paraná
Ítalo Conti ARENA 45.897 Mallet   Paraná
Antônio Annibelli[nota 4] MDB 45.555 Clevelândia   Paraná
Antônio Ueno ARENA 40.281 Cambará   Paraná
Alípio de Carvalho ARENA 39.249 Carolina   Maranhão
Walber Guimarães MDB 35.281 Colinas   Maranhão
Hermes Macedo ARENA 33.203 Rio Pardo   Rio Grande do Sul
Túlio Vargas ARENA 33.059 Piraí do Sul   Paraná
Braga Ramos ARENA 31.776 Teixeira Soares   Paraná
Cleverson Teixeira ARENA 28.983 Paranaguá   Paraná
Agostinho Rodrigues ARENA 28.433 Curitiba   Paraná
João Vargas ARENA 26.818 Ponta Grossa   Paraná
Igo Losso ARENA 26.485 Irati   Paraná
Gomes do Amaral MDB 26.395 Taquarituba   São Paulo
Olivir Gabardo MDB 24.632 União da Vitória   Paraná
Adriano Valente ARENA 24.036 São Paulo   São Paulo
Minoro Miyamoto ARENA 23.995 Promissão   São Paulo
Pedro Lauro MDB 6.119 Mallet   Paraná
Osvaldo Buskei MDB 4.058 Três Barras   Santa Catarina
Gamaliel Galvão MDB 3.060 São Luís   Maranhão
Expedito Zanotti MDB 2.673 São Roque   São Paulo

Deputados estaduais eleitosEditar

Na disputa pelas 54 cadeiras da Assembleia Legislativa do Paraná a ARENA superou o MDB por 29 a 25.[1]

Representação eleita

  ARENA: 29
  MDB: 25
Fonteː[1]
Número Deputados estaduais eleitos por ordem alfabética Partido Votação Cidade onde nasceu Unidade federativa
15245 Adalberto Daros MDB 19.863 Andirá   Paraná
11966 Aguinaldo Pereira Lima ARENA 20.176 Foz do Iguaçu   Paraná
11357 Alfredo Gulin ARENA 15.076 Wenceslau Braz   Paraná
15863 Antonio Facci MDB 17.099 Cedral   São Paulo
11924 Artagão de Mattos Leão Filho ARENA 22.544 Ponta Grossa   Paraná
11641 Basilio Zanusso ARENA 13.640 José Bonifácio   São Paulo
15648 Benedito Lúcio Machado MDB 15.227 Jacarezinho   Paraná
11479 Dácio Leonel de Quadros ARENA 14.472 Castro   Paraná
11425 David Federmann ARENA 19.575 Ponta Grossa   Paraná
15915 Deni Lineu Schwartz MDB 31.281 União da Vitória   Paraná
15482 Domício Scaramella MDB 20.725 União da Vitória   Paraná
15109 Edílson Alencar Barbosa MDB 16.044 Sengés   Paraná
11854 Egon Pudell ARENA 13.775 Santa Rosa   Rio Grande do Sul
15285 Enéas Faria MDB 86.595 Curitiba   Paraná
15539 Ernesto Dall'Oglio MDB 24.700 Veranópolis   Rio Grande do Sul
15889 Ernesto Gnoatto MDB 9.457 Ampére   Paraná
11779 Ezequias Losso ARENA 14.099 Marialva   Paraná
11740 Fabiano Braga Côrtes ARENA 34.370 Lapa   Paraná
15773 Fidelcino Tolentino MDB 21.922 Quitandinha   Paraná
11668 Francisco Accioly Rodrigues da Costa Neto ARENA 16.701 Paranaguá   Paraná
11569 Francisco Escorsin ARENA 26.551 Jaguariaíva   Paraná
11221 Fuad Nacli ARENA 16.841 Guarapuava   Paraná
11284 Gabriel Manoel ARENA 25.033 Paranaguá   Paraná
11926 Gilberto Rezende de Carvalho ARENA 14.196 Bandeirantes   Paraná
15555 Hélio Manfrinato MDB 17.355 Londrina   Paraná
11902 Ivan Santos Ruppell ARENA 20.537 Chopinzinho   Paraná
11568 Ivo Thomazoni ARENA 32.920 Joaçaba   Santa Catarina
15551 Jayme Rodrigues de Carvalho MDB 13.518 Goioerê   Paraná
11947 João Leopoldo Jacomel ARENA 13.891 Piraquara   Paraná
11849 João Cioni Neto ARENA 13.734 Descalvado   São Paulo
11738 Jorge Sato ARENA 14.699 Toledo   Paraná
15748 José Antonio Del Ciel MDB 32.256 Londrina   Paraná
15718 José Domingos Scarpelini MDB 23.368 Apucarana   Paraná
11518 José Lázaro Dumont ARENA 22.355 Capanema   Paraná
15607 José Muggiati Filho MDB 20.467 Curitiba   Paraná
11996 Jurandir Avahé Messias ARENA 15.549 Antonina   Paraná
15235 Lineu Mansani Turra MDB 9.617 Matelândia   Paraná
11752 Luiz Alberto Martins de Oliveira ARENA 25.730 Clevelândia   Paraná
15421 Luiz Carlos Stanislawczuk MDB 25.730 Ponta Grossa   Paraná
11307 Luiz Gabriel Guimarães Sampaio ARENA 15.793 Maringá   Paraná
11130 Luiz Roberto Nogueira Soares ARENA 25.491 Porto União   Santa Catarina
15956 Maurício Fruet MDB 51.603 Curitiba   Paraná
15509 Nelson Buffara MDB 23.240 Curitiba   Paraná
15158 Nilso Sguarezi MDB 21.965 Lagoa Vermelha   Rio Grande do Sul
15694 Osório Valter Pietrângelo MDB 10.094 Cerro Azul   Paraná
15613 Osvaldo Evangelista de Macedo MDB 59.912 Sertanópolis   Paraná
15596 Otássio Pereira da Silva MDB 9.540 Terra Roxa   Paraná
11850 Paulo Affonso Alves de Camargo ARENA 14.325 Guarapuava   Paraná
11138 Quielse Crisóstomo da Silva ARENA 15.140 Bocaiúva do Sul   Paraná
11148 Rosário Pitelli ARENA 12.874 Tijucas do Sul   Paraná
15798 Trajano Bastos MDB 19.792 Guarapuava   Paraná
15888 Waldenício Barbalho MDB 21.874 Realeza   Paraná
11787 Werner Wanderer ARENA 16.913 Concórdia   Santa Catarina
11379 Wilson Figueiredo Fortes ARENA 23.822 Jacarezinho   Paraná

Notas

  1. Nos referidos territórios o pleito serviu apenas para a escolha de deputados federais, não havendo eleições no Distrito Federal em Fernando de Noronha.
  2. Originalmente a Lei n.º 6.091 não previa a eleição para deputados estaduais, algo que ocorreria anos depois.
  3. Embora a Constituição afirme que cada senador deva ser eleito com dois suplentes (Art. 46 § 3º), mencionamos apenas o primeiro sem prejuízo de citar o outro quando necessário.
  4. Filho do deputado federal de mesmo nome, a quem sucedeu.

Referências

  1. a b c d «Banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral». Consultado em 25 de novembro de 2013 
  2. «Subsecretaria de Informações do Senado Federal: Ato Institucional Número Três». Consultado em 25 de novembro de 2013 
  3. A ARENA no dia do MDB. Disponível em Veja, ed. 324 de 20/11/1974. São Paulo: Abril. Página visitada em 25 de novembro de 2013.
  4. «Acervo digital Veja». Consultado em 25 de novembro de 2013. Arquivado do original em 29 de outubro de 2013 
  5. «BRASIL. Presidência da República: Lei n.º 6.091 de 15/08/1974». Consultado em 25 de novembro de 2013 
  6. Missão de Petrônio termina e prefere políticos (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 17/06/1974. Primeiro caderno, p. 07. Página visitada em 25 de maio de 2018.
  7. «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado Otávio Cesário Júnior». Consultado em 1º de junho de 2018 
  8. «Senado Federal do Brasil: senador Otávio Cesário Júnior». Consultado em 1º de junho de 2018 
  9. «Senado Federal do Brasil: senador Leite Chaves». Consultado em 26 de maio de 2018 
  10. De Norte a Sul, espetáculo igual (online). O Estado de S. Paulo, São Paulo (SP), 04/10/1974. Primeiro caderno, p. 05. Página visitada em 26 de maio de 2018.
  11. «Página oficial da Câmara dos Deputados». Consultado em 8 de julho de 2017. Arquivado do original em 2 de outubro de 2013 
  12. «BRASIL. Presidência da República: Lei nº 9.504 de 30/09/1997». Consultado em 8 de julho de 2017