Abrir menu principal
Grande Prêmio de Portugal
de Fórmula 1 de 1990
Circuit Estoril 1984-1993.png
Sétimo GP de Portugal realizado em Estoril
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 23 de setembro de 1990
Nome oficial XIX Grande Prêmio de Portugal
Local Autódromo do Estoril, Estoril, União das Freguesias de Cascais e Estoril, Portugal
Total 61 voltas / 265.350 km
Pole
Piloto
Reino Unido Nigel Mansell Ferrari
Tempo 1:13.557
Volta mais rápida
Piloto
Itália Riccardo Patrese Williams-Renault
Tempo 1:18.306 (na volta 56)
Pódio
Primeiro
Reino Unido Nigel Mansell Ferrari
Segundo
Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda
Terceiro
França Alain Prost Ferrari

Resultados do Grande Prêmio de Portugal realizado em Estoril à 23 de setembro de 1990. Foi a décima terceira etapa da temporada e teve como vencedor o britânico Nigel Mansell.[1][nota 1]

Índice

ResumoEditar

Alex Caffi e Aguri Suzuki disputavam a nona posição. Na disputa, o carro do piloto italiano bateu forte na mureta de proteção do circuito; a direção de prova interrompeu a prova faltando 10 voltas para o final, porque destroços do Arrows do piloto italiano ficaram espalhados na pista e também pela dificuldade dos fiscais de retirar o piloto dentro do cockpit. Com isso, a pontuação foi dada por inteiro do primeiro ao sexto colocado, porque já estava iniciando o quarto e último terço de prova.

Classificação da provaEditar

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 2   Nigel Mansell Ferrari 61 1:22:11.014 1 9
2 27   Ayrton Senna McLaren-Honda 61 + 2.808 3 6
3 1   Alain Prost Ferrari 61 + 4.189 2 4
4 28   Gerhard Berger McLaren-Honda 61 + 5.896 4 3
5 20   Nelson Piquet Benetton-Ford 61 + 57.418 6 2
6 19   Alessandro Nannini Benetton-Ford 61 + 58.249 9 1
7 6   Riccardo Patrese Williams-Renault 60 + 1 volta 5
8 4   Jean Alesi Tyrrell-Ford 60 + 1 volta 8
9 9   Michele Alboreto Arrows-Ford 60 + 1 volta 19
10 25   Nicola Larini Ligier-Ford 59 + 2 voltas 22
11 23   Pierluigi Martini Minardi-Ford 59 + 2 voltas 16
12 15   Maurício Gugelmin Leyton House-Judd 59 + 2 voltas 14
13 10   Alex Caffi Arrows-Ford 58 Acidente 17
14 30   Aguri Suzuki Lola-Lamborghini 58 Colisão 11
15 21   Emanuele Pirro Dallara-Ford 58 + 3 voltas 13
Ret 26   Philippe Alliot Ligier-Ford 52 Acidente 20
Ret 7   David Brabham Brabham-Judd 52 Câmbio 25
Ret 16   Ivan Capelli Leyton House-Judd 51 Motor 12
Ret 5   Thierry Boutsen Williams-Renault 30 Motor 7
Ret 29   Eric Bernard Lola-Lamborghini 24 Câmbio 10
Ret 8   Stefano Modena Brabham-Judd 21 Câmbio 23
Ret 12   Martin Donnelly Lotus-Lamborghini 14 Alternador 15
Ret 11   Derek Warwick Lotus-Lamborghini 5 Acelerador 21
Ret 18   Yannick Dalmas AGS-Ford 3 Semieixo 24
Ret 22   Andrea de Cesaris Dallara-Ford 0 Spun Off 18
DNS 3   Satoru Nakajima Tyrrell-Ford Piloto doente [nota 2]
DNQ 14   Olivier Grouillard Osella-Ford
DNQ 24   Paolo Barilla Minardi-Ford
DNQ 17   Gabriele Tarquini AGS-Ford
DNQ 31   Bertrand Gachot Coloni-Ford
DNPQ 33   Roberto Moreno Eurobrun-Judd
DNPQ 34   Claudio Langes Eurobrun-Judd
DNPQ 39   Bruno Giacomelli Life-Judd

Tabela do campeonato após a corridaEditar

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas. Entre 1981 e 1990 cada piloto podia computar onze resultados válidos por temporada não havendo descartes no mundial de construtores.

Notas

  1. Voltas na liderança: Ayrton Senna 46 voltas (1-28; 32-49), Gerhard Berger 3 voltas (29-31), Nigel Mansell 12 voltas (50-61).
  2. Satoru Nakajima, da Tyrrell, qualificou-se na 20ª posição, mas desistiu por conta de uma forte gripe que afetou seu desempenho e o fez após bater no warm-up domingo de manhã. O grid de largada foi reajustado com 25 pilotos, já que não integraram nenhum corredor remanescente entre os não classificados.

Referências