Abrir menu principal

Formiga (futebolista)

(Redirecionado de Miraildes Maciel Mota)

Miraildes Maciel Mota, mais conhecida como Formiga (Salvador, 3 de março de 1978), é uma futebolista brasileira, duas vezes vice-campeã olímpica e uma vez vice-campeã mundial de futebol feminino. Atuando como volante e meia, é a única pessoa do mundo a ter participado, como atleta, de 7 Copas do Mundo (incluindo homens e mulheres). Formiga disputou as Copas de 1995, 1999, 2003, 2007, 2011, 2015 e 2019. Formiga também é a única futebolista a ter participado de 6 edições dos Jogos Olímpicos (1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016).[1] Formiga mantém um contrato até o ano de 2020 com o time francês do Paris Saint Germain.[2]

Formiga
Formiga
Formiga nos Jogos Olímpicos do Rio em 2016
Informações pessoais
Nome completo Miraildes Maciel Mota
Data de nasc. 3 de março de 1978 (41 anos)
Local de nasc. Salvador (BA), Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1,62 m
Destro
Apelido Formiga
Informações profissionais
Clube atual Paris Saint-Germain
Número 24
Posição Volante, Meia
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1993–1997
1998
1999
2000–2001
2002
2004–2005
2006
2007
2007
2008
2009
2010
2011
2012
2013-2016
2016
2017–
São Paulo
Portuguesa
São Paulo
Santa Isabel
Santos
FC Rosengård (Malmö FF Dam)
New Jersey Wildcats
Quickstrike Lady Blues
Saad
Botucatu
FC Gold Pride
Chicago Red Stars
São José
América de Natal
São José
São Francisco do Conde
Paris Saint-Germain






0012 0000(13)
0006 00000(1)


0016 00000(0)
0023 00000(0)
Seleção nacional
1995– Brasil 0160 0000(23)
Medalhas
Copa do Mundo
Bronze Estados Unidos 1999 Equipe
Prata China 2007 Equipe
Jogos Olímpicos
Prata Atenas 2004 feminino
Prata Pequim 2008 feminino
Jogos Pan-Americanos
Ouro Santo Domingo 2003 feminino
Ouro Rio 2007 feminino
Prata Guadalajara 2011 feminino
Ouro Toronto 2015 feminino

RecordesEditar

Em 9 de Junho de 2019, no mundial na França, tornou-se a jogadora mais velha a entrar em campo numa Copa do Mundo Feminina.[3]

Ainda no mundial na França, tornou-se também o jogador(a) com maior número de participações em Copa, num total de 7.[4]

Em 9 de Junho de 2015, tornou-se a jogadora mais velha a marcar um gol em Copas do Mundo: 37 anos, 3 meses e 6 dias.

Em 12 de julho de 2016, foi convocada pelo técnico Vadão para disputar sua sexta olimpíada. Ela é, juntamente com o espanhol Manuel Estiarte, do polo aquático, e da russa Evgenia Artamonova, do vôlei, os únicos atletas na história dos esportes coletivos a disputar seis edições dos Jogos Olímpicos.[5]

Formiga também alcançou o feito de ser a futebolista, entre masculino e feminino, com maior número de jogos pela Seleção Brasileira, segundo dados da CBF. Ao todo, ela jogou 151 partidas pelo Brasil, ultrapassando o lateral Cafu.[6]

BiografiaEditar

Começou no esporte aos 12 anos, quando percebeu ter muito talento para o futebol. A partir daí, seguiu na carreira esportiva. Tem Dunga como exemplo de jogador[7][8] e, quando não está no futebol, pratica capoeira.[9] Depois de Atenas 2004, saiu do Santa Isabel de Minas Gerais e passou a jogar no Malmö FF Dam (atualmente FC Rosengård) da Suécia. Em 3 de janeiro de 2012 foi anunciada sua contratação para jogar no time feminino do América de Natal.[10] Após curta passagem no América, tendo sido campeã potiguar pelo clube, voltou para o São José, onde liderou a equipe para o tricampeonato da Copa Libertadores de Futebol Feminino[11] e bicampeonato da Copa do Brasil. Aos 38 anos, foi anunciada como jogadora do Paris Saint-Germain.[12]

Jogos OlímpicosEditar

Participou dos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996, Sydney 2000, Atenas 2004, Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016, sendo a única jogadora de futebol do mundo a ter participado de seis Olimpíadas.[13][14] Formiga conquistou essa marca inédita ao entrar em campo contra a equipe da China na estréia do Brasil nos Jogos do Rio 2016. Em Atenas e Pequim integrou a equipe que conquistou as duas medalhas de prata do futebol feminino brasileiro.[15]

Jogos Pan-AmericanosEditar

Nos Jogos Pan-Americanos, foi ouro em Santo Domingo 2003, Rio 2007[16] e em Toronto 2015, e prata em Guadalajara 2011.

Nos Jogos Pan-Americanos de 2015, foi a porta bandeira do Brasil na cerimonia de encerramento.

Copa do MundoEditar

Participou de sete Copas do Mundo: Suécia 1995, Estados Unidos 1999 , Estados Unidos 2003, China 2007, Alemanha 2011, Canadá 2015 e França 2019. Com isso, ela é a única pessoa do mundo a ter participado, como atleta, de 7 Copas do Mundo (incluindo homens e mulheres).

Sul-AmericanoEditar

Participou do título do Campeonato Sul-Americano de 2010.[17][18]

TítulosEditar

Campanhas de DestaqueEditar

Conquistas IndividuaisEditar

HomenagemEditar

  • 2015 - Homenageada pelo Museu do Futebol no projeto Visibilidade para o Futebol Feminino. Apesar de já fazer parte do acervo do museu desde sua abertura, em 2008, na Sala das Copas do Mundo, e na Sala Números e Curiosidades, Formiga foi a primeira jogadora, junto com Marta, a integrar a Sala Anjos Barrocos, que até então era exclusiva de jogadores homens.
  • 2018 - Homenageada pelo cartunista Mauricio de Sousa com uma personagem para integrar a Turma da Mônica. Sua personagem fará parte da série "Donas da Rua da História", que reunem de desenhos que enaltece mulheres importantes que marcaram época.[19]

Referências

  1. «Germany and Canada don red to win medals». FIFA. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  2. «Formiga renova contrato com o Paris Saint-Germain até 2020». Gazeta Esportiva. 2 de maio de 2019. Consultado em 1 de junho de 2019 
  3. «Conheça Formiga, a jogadora brasileira que é recordista mundial em Copas». MdeMulher. Consultado em 28 de setembro de 2019 
  4. «Formiga chega à 7ª Copa e celebra recorde: "Fico feliz em ainda ajudar"». esporte.uol.com.br. Consultado em 30 de junho de 2019 
  5. «Veja por que Formiga entrou hoje para história da Olimpíada». web.archive.org. 18 de julho de 2016. Consultado em 29 de junho de 2019 
  6. Janeiro, Por SporTV comRio de. «Após vitória, Formiga supera Cafu em jogos pela seleção: "Nunca imaginei"». sportv.com. Consultado em 29 de junho de 2019 
  7. Michel, Por; Belém, erson. «Comemorando 35 anos, Formiga mira sexta Olimpíadas: 'Quem sabe!?'». globoesporte.com. Consultado em 29 de junho de 2019 
  8. «Trabalho de Formiga contra preconceitos no futebol». O Globo. 30 de setembro de 2015. Consultado em 29 de junho de 2019 
  9. «Formiga - Atletas - Time Brasil». web.archive.org. 1 de agosto de 2012. Consultado em 30 de junho de 2019 
  10. «Formiga se apresenta e diz estar pronta para mais um desafio». América de Natal FC. Consultado em 26 de julho de 2012. Arquivado do original em 13 de dezembro de 2013 
  11. Campos, Por SporTV com São José dos; SP. «Em casa, São José vence Colo-Colo e é campeão da Libertadores Feminina». sportv.com. Consultado em 29 de junho de 2019 
  12. «Aos 38 anos, volante Formiga acerta com o Paris Saint-Germain». ESPN. Consultado em 29 de junho de 2019 
  13. «Recordista, Formiga exalta Marta e diz: "Eu gostaria que o país abraçasse o futebol feminino"». Globoesporte. Consultado em 30 de junho de 2019 
  14. «Conheça Formiga, a jogadora brasileira que é recordista mundial em Copas». MdeMulher. Consultado em 30 de junho de 2019 
  15. «Formiga - Atletas - Time Brasil». web.archive.org. 1 de agosto de 2012. Consultado em 30 de junho de 2019 
  16. «Formiga - Atletas - Time Brasil». web.archive.org. 1 de agosto de 2012. Consultado em 30 de junho de 2019 
  17. Campos, Por Danilo Sardinha e Silas PereiraSão José dos; SP. «Trabalho de formiguinha: a trajetória de Formiga no futebol feminino; vídeo». globoesporte.com. Consultado em 30 de junho de 2019 
  18. «Formiga fala sobre despedida da seleção e futuro no futebol | Esportes». A Crítica (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2019 
  19. «Em homenagem, Formiga vira personagem da Turma da Mônica». Globoesporte. Consultado em 29 de junho de 2019 

Ligações externasEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Citações no Wikiquote
  Categoria no Commons