Nicholas Latifi

Automobilista canadense

Nicholas Daniel Latifi (Montreal, 29 de junho de 1995)[1][2] é um piloto de automóveis canadense-iraniano que atualmente compete na Fórmula 1 pela equipe Williams.[3]

Nicholas Latifi
Nicholas Latifi no Grande Prêmio da Grã-Bretanha de 2021
Informações pessoais
Nome completo Nicholas Daniel Latifi
Nacionalidade Canadense
Nascimento 29 de junho de 1995 (26 anos)
Montreal
Altura 1,85 m
Registros na Fórmula 1
Temporadas 2020
Equipes 1 (Williams)
Número 6
GPs disputados 33
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 0
Pontos 7
Pole positions 0
Voltas mais rápidas 0
Primeiro GP GP da Áustria de 2020
Último GP GP de Abu Dhabi de 2021

CarreiraEditar

GP2 SeriesEditar

Latifi participou de duas corridas da GP2 Series de 2014 pela equipe Hilmer Motorsport, de oito corridas da temporada de 2015 pela MP Motorsport e da temporada completa de 2016 pela DAMS.

Fórmula 2Editar

Ele disputou as temporadas do Campeonato de Fórmula 2 da FIA de 2017, 2018 e 2019 pela equipe DAMS.[4][5][6]

Fórmula 1Editar

Em 14 de março de 2016, a Renault anunciou Latifi como seu novo piloto de testes para a temporada de 2016 da Fórmula 1.[7] Em janeiro de 2018, a Force India o anunciou como seu piloto reserva para a temporada de 2018.[8] Latifi foi anunciado como piloto de teste e reserva da Williams para temporada de 2019,[9] ele testou o carro, pela primeira vez, e posteriormente nos testes do Bahrein e no primeiro treino livre do Canadá.[10] Em 28 de novembro de 2019, a Williams anunciou Latifi como piloto titular ao lado de George Russell para a temporada 2020, substituindo Robert Kubica.[11] A Williams manteve Latifi ao lado de Russell para a temporada de 2021.[12]

No dia 1 de agosto de 2021, Latifi conquistou os seus primeiros pontos da carreira na Fórmula 1 ao terminar em oitavo lugar, mas devido desclassificação de vettel terminou em sétimo lugar.

Vida pessoalEditar

Latifi é filho de Michael Latifi, um empresário iraniano-canadense que é o diretor executivo da Sofina Foods, Inc. e também possui uma empresa nas Ilhas Virgens Britânicas, Nidala.[13][14] Michael Latifi investiu através da Nidala 200 milhões de libras (cerca de 270 milhões de dólares) no Grupo McLaren.[15][13] A sua mãe, Marilena Latifi, nasceu no seio da família Saputo que fundou a empresa de lacticínios Saputo Inc.[16]

Resultados na Fórmula 1Editar

Legenda: Corridas em negrito indicam pole position; corridas em itálico indicam volta mais rápida.

Temporada Equipe Chassis Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 Class. Pontos
2020 Williams Racing Williams FW43 Mercedes-AMG M11 EQ Performance 1.6 V6 AUT
11
EST
17
HUN
19
GBR
15
70
19
ESP
18
BEL
16
ITA
11
TOS
Ret
RUS
16
EIF
14
POR
18
EMI
11
TUR
Ret
BAR
14
SKR
Ret
ABU
17
21° 0
2021 Williams Racing Williams FW43B Mercedes-AMG M12 E Performance 1.6 V6 t BAR
18†
EMI
Ret
POR
18
ESP
16
MON
15
AZE
16
FRA
18
EST
17
AUT
16
GBR
14
HUN
7
BEL
9
PBS
16
ITA
11
RUS
19
TUR
17
EUA
15
CMX
17
SAO
16
CAT
Ret
ARA
12
ABU
Ret
17º 7
Notas

* Temporada ainda em andamento.
† – O piloto não terminou a prova, mas foi classificado pois completou 90% da corrida.

Referências

  1. «Nicholas Latifi». Motor Sport. Consultado em 8 de julho de 2021. Arquivado do original em 8 de junho de 2020 
  2. ««Je vise la F1 l'an prochain» – Nicholas Latifi – TVA Sports». tvasports.ca. Consultado em 26 de junho de 2018 
  3. «Williams confirma Nicholas Latifi como titular em 2020; grid da Fórmula 1 está fechado, veja!». Globo Esporte.com. 28 de novembro de 2019. Consultado em 3 de dezembro de 2019 
  4. «DAMS reveal 2017 line up». 13 de fevereiro de 2017. Consultado em 19 de março de 2017 
  5. «DAMS confirm Nicholas Latifi for 2018 FIA Formula 2 campaign - Formula 2». www.fiaformula2.com. Consultado em 24 de janeiro de 2019 
  6. «Futuro parceiro de Sette Câmara na F-2, Latifi será piloto reserva da Williams». superesportes.com.br. Consultado em 24 de janeiro de 2019 
  7. «GP2 racer Latifi gets Renault F1 role, poised to make FP1 debut». Autosport. Consultado em 20 de março de 2017. Cópia arquivada em 14 de março de 2016 
  8. «Latifi joins Force India as reserve and test driver». Formula1.com. Formula One World Championship Ltd. 5 de janeiro de 2018. Consultado em 16 de março de 2018 
  9. «Latifi joins Williams as reserve driver for 2019 | Formula 1®» (em inglês). Consultado em 24 de janeiro de 2019 
  10. «Canadense se torna piloto reserva da Williams em 2019». Motorsport.com. 3 de dezembro de 2018. Consultado em 24 de janeiro de 2019 
  11. «Williams confirma acerto com Latifi e fecha grid da F1 para 2020». Grande Prêmio. 28 de novembro de 2019. Consultado em 28 de novembro de 2019 
  12. «Russell and Latifi to stay on at Williams in unchanged 2021 driver line-up». formula1.com. 16 de julho de 2020. Consultado em 8 de julho de 2021 
  13. a b Scott Mitchell; Jack Benyon (29 de maio de 2018). «Nicholas Latifi: Dad's McLaren investment paints wrong picture of me». Autosport. Consultado em 8 de julho de 2021. Arquivado do original em 12 de junho de 2018 
  14. «Iranian-Canadian buys into McLaren racing group firm». iran-times. 22 de junho de 2018. Consultado em 8 de julho de 2021 
  15. Daan de Geus (21 de maio de 2018). «Father of F2 Racer Nicholas Latifi Becomes McLaren Group Shareholder in $270M Deal – The deal has nothing to do with his son's racing career, however». TheDrive. Consultado em 8 de julho de 2021. Cópia arquivada em 12 de junho de 2018 
  16. Epiloti (25 de maio de 2018). «Automobile Aficionado: NEW CANADIAN MCLAREN INVESTOR». Automobile Aficionado. Consultado em 28 de junho de 2021 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre automobilista é um esboço relacionado ao Projeto Automobilismo. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.