Grande Prêmio da França de 2021

O Grande Prêmio da França de 2021 (formalmente denominado Formula 1 Emirates Grand Prix De France 2021) foi a oitava etapa da temporada de 2021 da Fórmula 1. Foi disputado em 20 de junho de 2021 no Circuito Paul Ricard, em Le Castellet, França.[1][2] Max Verstappen foi o vencedor da corrida e pela primeira vez da sua carreira fez o Hat-Trick (pole position, vitória e melhor volta da corrida). Completando o pódio com Lewis Hamilton na segunda posição e Sergio Pérez na terceira posição.

Grande Prêmio da França de F-1 2021
Circuit Paul Ricard 2018 layout map.png
Grande Prêmio da França de 2021.
Detalhes da corrida
Data 20 de junho de 2021
Nome oficial Formula 1 Emirates Grand Prix De France 2021
Local Circuito Paul Ricard, Le Castellet, França
Total 53 voltas / 309.690 km
Pole
Piloto
Países Baixos Max Verstappen Red Bull-Honda
Tempo 1:29.990
Volta mais rápida
Piloto
Países Baixos Max Verstappen Red Bull-Honda
Tempo 1:36.404 (na volta 35)
Pódio
Primeiro
Países Baixos Max Verstappen Red Bull-Honda
Segundo
Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes
Terceiro
México Sergio Perez Red Bull-Honda

Nesta corrida, não houve abandonos. Foi a oitava vez que todos os carros completaram a prova.

RelatórioEditar

AntecedentesEditar

 Ver artigo principal: Pandemia de COVID-19 na França

O Grande Prêmio da França foi antecipado em uma semana (que estava marcado para o dia 27 e foi para o dia 20 de junho) após a confirmação do adiamento do Grande Prêmio da Turquia por consequência da pandemia de COVID-19 e a inclusão de uma rodada dupla na Áustria.[3]

Limites da PistaEditar

Os limites de pista serão monitorados na sequência das curvas 1 e 2, no trecho entre a 3 e a 5, e também na 8 e na 9.[4]

Curvas 1 e 2

Trecho localizado após a reta dos boxes, logo depois da segunda zona de uso da asa móvel (DRS) do Circuit Paul Ricard. As curvas 1 e 2 são um S de baixa velocidade que sempre complicam a vida dos pilotos, principalmente no início da corrida, com os carros todos juntos. Para evitar alguma vantagem ao sair pela área de escape, ao passar à direita do primeiro cone amarelo fluorescente, o piloto precisa voltar passando por dois blocos na saída da curva 2, passando à direita do primeiro e à esquerda do segundo.

Curvas 3, 4 e 5

Outro trecho complicado do traçado do Circuit Paul Ricard, uma chicane com três pernas, ainda no primeiro setor da pista. Para evitar que os pilotos ganhem tempo ou provoquem um acidente no retorno à pista, foi criado um caminho para o retorno na área de escape. Se o piloto não contornar a curva 4 corretamente e passar à esquerda do cone amarelo fluorescente, ele precisa se manter à esquerda e só voltar à pista à esquerda do bloco colocado na curva 5.

Curvas 8 e 9

As curvas 8 e 9 formam a chicane colocada no meio da reta Mistral, um dos trechos mais famosos do Circuit Paul Ricard. A ideia aqui é evitar que algum piloto ganhe tempo num eventual erro e consequente corte da pista. Se o piloto não contornar a curva 8 corretamente, ele só pode retornar passando pelos quatro blocos colocados na área de escape, fazendo o slalom: à esquerda do primeiro, à direita do segundo, à esquerda do terceiro e à direita do quarto.

Treino classificatórioEditar

A qualificação começou às 15:00 hora local do sábado, em condições de seca e a uma temperatura de 28,4°C.[5][6]

A primeira parte da qualificação foi interrompida apenas 41 segundos após seu início devido ao piloto da AlphaTauri, Yuki Tsunoda, escapar na curva 1, perder o controle do carro e chocar-se na barreira de pneus. Bandeiras vermelhas interromperam as atividades por 8 minutos no circuito de Paul Ricard.[7] Há menos de um minuto do fim da sessão, Mick Schumacher rodou sozinho na curva sete, bateu e abandonou o treino, causando nova bandeira vermelha. Faltando apenas 22 segundos para o fim do Q1, a direção de prova decidiu encerrar de vez a sessão, uma vez que ninguém teria como abrir nova volta em tão pouco tempo. A batida impediu que outros pilotos tivessem a oportunidade de fazer uma volta mais rápida do que ele, permitindo-lhe qualificar-se em décimo quinto, o melhor resultado da sua carreira até então.[8][9] Stroll, que teve um tempo de volta apagado depois de ter excedido os limites da pista na sexta curva, não conseguiu definir um tempo de volta expressivo por causa da conclusão prematura da sessão.[10] Bottas foi o mais rápido no segundo segmento, onde todos definiram seus tempos com os pneus médios, exceto Russell que usou os macios.[11]

Verstappen fez o melhor tempo do Q3 marcando provisoriamente a pole position à frente de Hamilton.[11] Enquanto Hamilton estabeleceu o tempo mais rápido no primeiro setor, Verstappen foi o mais rápido no segundo e terceiro, e marcou um quarto de segundo mais rápido que seu rival.[12] Verstappen também foi o único piloto a definir um tempo abaixo de noventa segundos.[13] Esta é a quinta pole da carreira de Verstappen e a primeira da Red Bull no Grande Prêmio da França.[11] Hamilton afirmou estar feliz, pois sentiu que o resultado refutou as afirmações de que uma troca de chassi com o colega de equipe Bottas estava afetando negativamente seu desempenho.[14]

Bottas e Pérez se classificaram em terceiro e quarto, mas o chefe da Mercedes Wolff sentiu que os carros de sua equipe não eram os mais rápidos.[11][15]

CorridaEditar

A corrida começou às 15:00 hora local do domingo.[5] Ela foi executada em 53 voltas com uma distância de 309,690 quilômetros (192,432 milhas).[16] Tsunoda começou a corrida nos boxes devido a danos sofridos no carro durante a qualificação.[17] O tempo estava mais fresco para a corrida do que para as sessões de treinos livres e de qualificação. A prova aconteceu com céu nublado e ameaça de chuva, mas com pista seca.[18][19]

O pole position Verstappen cometeu um erro na curva dois ainda na primeira volta e foi ultrapassado por Hamilton.[20] Stroll (Aston Martin) largou no fim do grid e ganhou cinco posições nas duas primeiras voltas.[20] Norris (McLaren) largou do oitavo lugar, porém escapou da pista e caiu para décimo, ultrapassado por Alonso (Alpine) e o companheiro Ricciardo.[21][20] Schumacher (Haas), largando pela primeira vez do 15.º, caiu para 19.º.[20] Tsunoda (AlphaTauri), largou do pit lane após bater na classificação, e ganhou duas posições e assumiu o 18.º lugar.[20] Verstappen recuperou a liderança de Hamilton após a primeira rodada de pit stops, porém fez uma segunda parada para colocar pneus novos na 32.ª volta, enquanto Hamilton continuou sem parar novamente.[20] A corrida foi vencida por Verstappen à frente de Hamilton, com Verstappen ultrapassando Hamilton na penúltima volta.[20][21] Esta foi a décima terceira vitória de Verstappen na Fórmula 1.[22] Pérez ficou em terceiro depois de ultrapassar Bottas no final da corrida.[23] O resultado ampliou as respectivas lideranças da Red Bull e da Verstappen nas classificações dos campeonatos de construtores e pilotos.[24]

PneusEditar

Os compostos de pneus fornecidos pela Pirelli para este Grande Prêmio
Nome do composto Cor Banda de rolamento Condições de Tempo Dry Type Aderência Longevidade
Macio (C4)   Slick
(P Zero)
Seco Soft Mais aderência Menos durável
Médio (C3)   Slick
(P Zero)
Seco Medium Médio Médio
Duro (C2)   Slick
(P Zero)
Seco Hard Menos aderência Mais durável
Intermediário   Sulcos
(Cinturato)
Molhado Intermediate
(água não estagnante)
Chuva   Sulcos
(Cinturato)
Molhado Wet
(água estagnante)

ResultadosEditar

Treino classificatórioEditar

Pos. Piloto Construtor Q1 Q2 Q3 Grid
1 33   Max Verstappen Red Bull Racing-Honda 1:31.001 1:31.080 1:29.990 1
2 44   Lewis Hamilton Mercedes 1:31.237 1:30.778 1:30.248 2
3 77   Valtteri Bottas Mercedes 1:31.669 1:30.735 1:30.376 3
4 11   Sergio Pérez Red Bull Racing-Honda 1:31.560 1:30.971 1:30.445 4
5 55   Carlos Sainz Jr. Ferrari 1:32.079 1:31.146 1:30.840 5
6 10   Pierre Gasly AlphaTauri-Honda 1:31.898 1:31.353 1:30.868 6
7 16   Charles Leclerc Ferrari 1:32.209 1:31.567 1:30.987 7
8 4   Lando Norris McLaren-Mercedes 1:31.733 1:31.542 1:31.252 8
9 14   Fernando Alonso Alpine-Renault 1:32.158 1:31.549 1:31.340 9
10 3   Daniel Ricciardo McLaren-Mercedes 1:32.181 1:31.615 1:31.382 10
11 31   Esteban Ocon Alpine-Renault 1:32.139 1:31.736 11
12 5   Sebastian Vettel Aston Martin-Mercedes 1:32.132 1:31.767 12
13 99   Antonio Giovinazzi Alfa Romeo-Ferrari 1:32.722 1:31.813 13
14 63   George Russell Williams-Mercedes 1:33.060 1:32.065 14
15 47   Mick Schumacher Haas-Ferrari 1:32.942 Sem tempo 15
16 6   Nicholas Latifi Williams-Mercedes 1:33.062 16
17 7   Kimi Räikkönen Alfa Romeo-Ferrari 1:33.354 17
18 9   Nikita Mazepin Haas-Ferrari 1:33.554 18
Tempo dos 107%: 1:37.371
NQ 18   Lance Stroll Aston Martin-Mercedes 2:12.584
NQ 22   Yuki Tsunoda AlphaTauri-Honda S/Tempo 20
Fonte: [25][26]
Notas

CorridaEditar

Pos. Nu. Piloto Construtor Voltas Tempo/Retirado Pit Stop Pneus Grid Pontos
1 33   Max Verstappen Red Bull-Honda 53 1:27:25.770 2     1 25+1
2 44   Lewis Hamilton Mercedes 53 +2.904 1    2 18
3 11   Sergio Pérez Red Bull-Honda 53 +8.811 1    4 15
4 77   Valtteri Bottas Mercedes 53 +14.618 1    3 12
5 4   Lando Norris McLaren-Mercedes 53 +1:04.032 1    8 10
6 3   Daniel Ricciardo McLaren-Mercedes 53 +1:15.857 1    10 8
7 10   Pierre Gasly AlphaTauri-Honda 53 +1:16.596 1    6 6
8 14   Fernando Alonso Alpine-Renault 53 +1:17.695 1    9 4
9 5   Sebastian Vettel Aston Martin-Mercedes 53 +1:19.666 1    12 2
10 18   Lance Stroll Aston Martin-Mercedes 53 +1:31.946 1    19 1
11 55   Carlos Sainz Jr. Ferrari 53 +1:39.337 1    5
12 63   George Russell Williams-Mercedes 52 +1 volta 1    14
13 22   Yuki Tsunoda AlphaTauri-Honda 52 +1 volta 1    PL
14 31   Esteban Ocon Alpine-Renault 52 +1 volta 1    11
15 99   Antonio Giovinazzi Alfa Romeo-Ferrari 52 +1 volta 1    13
16 16   Charles Leclerc Ferrari 52 +1 volta 2     7
17 7   Kimi Räikkönen Alfa Romeo-Ferrari 52 +1 volta 1    17
18 6   Nicholas Latifi Williams-Mercedes 52 +1 volta 1    16
19 47   Mick Schumacher Haas-Ferrari 52 +1 volta 1    15
20 9   Nikita Mazepin Haas-Ferrari 52 +1 volta 1    18
Volta mais rápida:   Max VerstappenRed Bull-Honda − 1:36.404 (na volta 35)
Fonte:[27]

Voltas na liderançaEditar

Nº de Voltas Piloto Voltas
38   Lewis Hamilton 1–18; 32–51
10   Max Verstappen 24–31; 52–53
5   Sergio Pérez 19–23

2021 DHL Fastest Pit Stop AwardEditar

ResultadoEditar

Pos. Nu. Piloto Construtor Tempo Pontos
1 11   Sergio Pérez Red Bull-Honda 2.04 25
2 44   Lewis Hamilton Mercedes 2.20 18
3 3   Daniel Ricciardo McLaren-Mercedes 2.32 15
4 6   Nicholas Latifi Williams-Mercedes 2.33 12
5 33   Max Verstappen Red Bull-Honda 2.36 10
6 63   George Russell Williams-Mercedes 2.44 8
7 31   Esteban Ocon Alpine-Renault 2.51 6
8 77   Valtteri Bottas Mercedes 2.55 4
9 4   Lando Norris McLaren-Mercedes 2.62 2
10 22   Yuki Tsunoda AlphaTauri-Honda 2.71 1
Fonte:

ClassificaçãoEditar

Ver tambémEditar

Tabela do campeonato após a corridaEditar

Somente as cinco primeiras posições estão incluídas nas tabelas.

Referências

  1. «F1 schedule 2021: Formula 1 announces provisional 23-race calendar for 2021». Formula1.com (em inglês). 10 de novembro de 2020. Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  2. «F1 confirma GP em Ímola para abril, adia Austrália e adianta GP do Brasil». motorsport.uol.com.br. 12 de janeiro de 2021. Consultado em 12 de janeiro de 2021 
  3. «Imposição do Reino Unido a viajantes faz GP da Turquia ser cancelado». Globoesporte.com. 14 de maio de 2021. Consultado em 14 de maio de 2021 
  4. Lopes, Rafael (18 de junho de 2021). «Paul Ricard terá restrições aos limites de pista em três trechos». Voando Baixo. Consultado em 18 de junho de 2021 
  5. a b Haydn Cobb (14 de Junho de 2021). «2021 F1 French GP session timings and how to watch». Autosport.com (em inglês). Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 14 de Junho de 2021 
  6. James Newbold; Haydn Cobb. «F1 French GP Live Commentary and Updates - FP3 & Qualifying». Autosport.com (em inglês). Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  7. André Avelar (19 de Junho de 2021). «Tsunoda roda, bate e abandona Q1 logo na primeira volta rápida». grandepremio.com.br. Consultado em 20 de Junho de 2021 
  8. «Mick Schumacher celebra primeira ida ao Q2 na F1, apesar de batida». ge. 19 de Junho de 2021. Consultado em 20 de Junho de 2021 
  9. Pedro Henrique Marum (19 de Junho de 2021). «Schumacher erra, bate e causa bandeira vermelha. Mas passa ao Q2». grandepremio.com.br. Consultado em 20 de Junho de 2021 
  10. Lucas Leite (19 de Junho de 2021). «Aston Martin F1 faz um balanço da sessão de classificação do GP da França». F1Mania. Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  11. a b c d Andrew Benson (19 de Junho de 2021). «Max Verstappen beats Lewis Hamilton to pole in France». BBC Sport (em inglês). Consultado em 20 de Junho de 2021 
  12. Alex Kalinauckas (19 de Junho de 2021). «F1 French GP: Verstappen beats Hamilton to secure pole». Autosport.com (em inglês). Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  13. «Verstappen faz volta fantástica, desbanca Mercedes e larga na frente na França». A Tribuna. 19 de Junho de 2021. Consultado em 20 de Junho de 2021 
  14. «Hamilton nega mito de carros desiguais após troca de chassi com Bottas». Ge.com. 19 de Junho de 2021. Consultado em 20 de Junho de 2021 
  15. Abhishek Takle (19 de Junho de 2021). «Verstappen delivers the unexpected with French GP pole». Reuters (em inglês). Consultado em 20 de Junho de 2021 
  16. Alan Baldwin; Pritha Sarkar (16 de Junho de 2021). «Formula One statistics for the French Grand Prix». Reuters (em inglês). Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  17. «Formel 1: "Sturer" Tsunoda startet in Frankreich aus der Box». LAOLA1.at (em alemão). 20 de Junho de 2021. Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  18. Fernando Silva (20 de Junho de 2021). «Verstappen vence duelo espetacular com Hamilton e triunfa em ótimo GP da França». Grande Prêmio. Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  19. Alex Kalinauckas (20 de Junho de 2021). «French GP: Verstappen passes Hamilton to win after start error». Autosport.com (em inglês). Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  20. a b c d e f g «GP da França: Verstappen passa Hamilton na penúltima volta e vence». globo.com. 20 de Junho de 2021. Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  21. a b Andrew Benson (20 de Junho de 2021). «Max Verstappen wins intense French Grand Prix battle with Lewis Hamilton». BBC Sport (em inglês). Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  22. Giles Richards (20 de Junho de 2021). «Max Verstappen triumphs in pulsating duel with Lewis Hamilton at French GP». The Guardian (em inglês). Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  23. «Pérez atribui pódio no GP da França a "grande estratégia" da Red Bull:». grandepremio.com.br. 20 de Junho de 2021. Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  24. «Verstappen abre vantagem sobre Hamilton: veja a classificação da F1». Gazeta Esportiva. 20 de Junho de 2021. Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  25. «Formula 1 Emirates Grand Prix De France 2021 – Qualifying» (em inglês). Formula 1® Racing. Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  26. «Formula 1 Emirates Grand Prix De France 2021 – Starting Grid» (em inglês). Formula 1®. Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 
  27. «Formula 1 Emirates Grand Prix de France 2021 – Race Result» (em inglês). Formula 1® Racing. Consultado em 20 de Junho de 2021. Cópia arquivada em 20 de Junho de 2021 

Ligações externasEditar

Corrida anterior:
GP do Azerbaijão de 2021
Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA
Temporada 2021
Próxima corrida:
GP da Estíria de 2021

Corrida anterior:
GP da França de 2019
Grande Prêmio da França Próxima corrida:
GP da França de 2022