Portal:Colorado

Bandeiro do Colorado

Portal do Colorado

Editar
 Flag of Colorado.svg  O Portal do Colorado
Localização do Colorado

Colorado é um dos 50 estados dos Estados Unidos, localizado na região dos estados das Montanhas Rochosas. Geograficamente, é marcado pela presença das Montanhas Rochosas, possuindo várias das montanhas mais altas desta cadeia montanhosa. Seu terreno acidentado, cheio de montanhas, bem como a grande quantidade de precipitação de neve recebida durante o inverno, criou um terreno propício para a criação de diversos resorts de esqui, como a internacionalmente conhecida Aspen. Tais resorts atraem milhões de turistas por ano, e fazem do turismo uma das principais fontes de renda do estado.

Além do turismo, outras importantes fontes de renda do estado são a mineração e serviços de transportes e telecomunicações, que tem sido duas importantes fontes de renda desde que a região passou a fazer parte dos Estados Unidos, em 1848. A agropecuária é também um setor econômico importante do Colorado.

O nome do estado provém da palavra espanhola colorado, que significa "colorado", ou "de cor vermelha". Os primeiros exploradores de ascendência europeia a explorar a região foram os espanhóis, que nomearam o rio Colorado com este nome. Este rio, que corta muito do atual Colorado, foi assim nomeado por causa do terreno vermelho do vale onde o rio está situado. Posteriormente, o estado receberia o mesmo nome.

O cognome do Colorado é The Centennial State (o estado centenário). Isto porque o Colorado tornou-se o 38º estado norte-americano em 1876, exatamente um século após a Declaração da Independência dos Estados Unidos.

Sumários temáticos

Editar
 Flag of Colorado.svg  Artigos destacados

A Universidade de Wesleyan em Ohio (OWU) é uma universidade privada de artes liberais em Delaware, Ohio. Foi fundada em 1842 por líderes metodistas e residentes do centro de Ohio como uma instituição não sectária, e é membro do Ohio Five - um consórcio de faculdades de artes liberais de Ohio. Ohio Wesleyan sempre admitiu estudantes independentemente de religião ou raça e sustentou que a universidade "deve ser conduzida para sempre de acordo com os princípios mais liberais ".

Os 200 acres (81 ha) site é 43 km (27 mi) ao norte de Columbus, Ohio. Inclui o principal campus acadêmico e residencial, o Observatório Perkins e a Reserva Selvagem Kraus.

Em 2010, Ohio Wesleyan teve a décima primeira maior percentagem de estudantes internacionais entre as faculdades de artes liberais pelo décimo sétimo ano consecutivo. Em sua edição de 2015 do ranking das faculdades dos EUA, a Niche classificou a Ohio Wesleyan como a 56ª faculdade (entre 880 faculdades) mais politicamente liberal dos EUA. US News & World Report classificou a Ohio Wesleyan em 95º entre as faculdades de artes liberais dos EUA em sua edição de 2018.

Em 1841, os residentes de Ohio Adam Poe e Charles Elliott decidiram estabelecer uma universidade "da mais alta ordem" no centro de Ohio. Para tanto, eles compraram o Mansion House Hotel, um antigo resort de saúde com sua Fonte de Enxofre, usando recursos arrecadados com os moradores locais. Poe e Elliott escreveram uma carta enfatizando "o espírito democrático de ensino", que foi aprovada pela Legislatura do Estado de Ohio. No início do ano seguinte, eles abriram a Academia preparatória para a faculdade e formaram um Conselho de Curadores. A Universidade Wesleyan de Ohio, nomeada (como várias outras faculdades e universidades americanas) em homenagem a John Wesley, fundador do Metodismo, foi inaugurada em 13 de novembro de 1844 como uma instituição relacionada com a Metodista, mas não sectária, com uma Faculdade de Artes Liberais para estudantes do sexo masculino.

O primeiro presidente de Ohio Wesleyan, Edward Thomson, declarou em seu discurso inaugural em 5 de agosto de 1846 que a escola era "um produto da liberalidade do povo local". Esta filosofia liberal contribuiu para a oposição vocal de Ohio Wesleyan à escravidão na década de 1850. Na celebração anual do aniversário de George Washington em 1862, o segundo presidente Frederick Merrick endossou os "ideais de democracia" de Ohio Wesleyan durante sua oração.


Editar
 Messagebox info.png  História do Colorado

Foram construídas em Denver, durante a década de 1880, diversos empreendimentos imobiliários, que foram financiados por magnatas da indústria de mineração do estado - em especial, Horace A. W. Tabor, que foi apelidado de Silver King (rei da prata) pela mídia. Estes empreendimentos, além de outros investimentos realizados por tais magnatas na cidade, ajudaram Denver a tornar-se um dos principais polos financeiros e comerciais do interior do oeste dos Estados Unidos. o estado prosperou com a mineração da prata, que era comprada primariamente pelo governo federal, para a fabricação de moedas.

Em 1893, a economia dos Estados Unidos entrou em recessão. O governo decidiu parar de comprar prata, preferindo usar em seu lugar metais mais baratos - ou comprar prata de baixa qualidade, de outros estados no leste, mais próximos ao centro populacional e econômico do país. Os preços de prata baixaram drasticamente. Assim sendo, a recessão afetou gravemente o Colorado, que dependia muito da indústria de mineração de prata. Mineradoras, por causa da queda dos preços, passaram a enfrentar prejuízos, e muitas fecharam as portas, causando desemprego e depressão econômica geral no estado.

Apesar disto, a população do Colorado, situado entre a costa leste e oeste dos Estados Unidos, continuou a crescer, graças ao setor de transportes. Os efeitos da depressão econômica no setor de mineração foram drasticamente reduzidos com a descoberta de minas de ouro. Além disso, ainda na década de 1890, a economia do Colorado já estava iniciando a diversificar-se. A agricultura tornou-se uma fonte de renda de crescente importância do estado - em sua maior parte seca, de clima semiárido - graças a avanços tecnológicos como a irrigação. Em 1902, iniciou-se a construção de uma ferrovia ao longo das Montanhas Rochosas (popularmente chamada de Grande Divisória). A inauguração desta ferrovia tornou Denver um dos centros de transportes mais importantes do país, e um grande polo ferroviário.

As ferrovias, mais a crescente popularidade dos automóveis, durante a década de 1900, desenvolveram três setores da economia do Colorado: a venda de petróleo para estados distantes, e especialmente a agricultura e o turismo. Durante a década de 1910, a agricultura já havia ultrapassado a mineração como a principal fonte de renda do estado. A crescente demanda por petróleo e a abundância deste recurso na região tornaram a extração e o refino de petróleo a maior fonte de renda do estado já na década de 1920.

A economia do Colorado sofreu muito com a Grande Depressão da década de 1930. A demanda por petróleo no país caiu drasticamente, e os preços muito baixos dos produtos agropecuários no mercado, longos períodos de seca e pragas tais como grandes enxames de gafanhotos. o estado, juntamente com o governo federal, passou a oferecer programas de assistência socioeconômica para os necessitados e programas de construções públicas para gerar empregos. Em 1935, o governo do Colorado adotou um imposto de venda de 2%.

A economia do Colorado voltou a prosperar com a segunda guerra mundial, com a grande demanda nacional por petróleo e metais que existiam em abundância no estado. Além disso, o governo norte-americano construiu diversas bases aéreas no estado. Tais instalações militares passaram a ser uma fonte de receita do governo do Colorado, que recebia cerca de 142 milhões de dólares anuais para permitir a instalação de tais bases na região. Mais instalações militares foram fundadas no Colorado durante a década de 1950.

A guerra incentivou o desenvolvimento da indústria de manufatura no estado. Denver tornou-se um grande centro industrial, durante e após os anos que se seguiriam à guerra. Após o final da guerra, em 1945, o Colorado continuou a prosperar economicamente - apesar da queda da demanda por metais e petróleo após a guerra, os setores de agropecuária, turismo, finanças, transportes e especialmente a indústria de manufatura continuaram a desenvolver-se, o que passou a atrair grandes quantidades de pessoas à região. Em 1954, a manufatura já havia ultrapassado a mineração e a agropecuária como a principal fonte de renda do Colorado. Desde a década de 1950, as taxas de crescimento populacional do estado têm sido uma das mais altas do país.

O Colorado presenciou a construção de diversas usinas hidrelétricas para a geração de eletricidade, irrigação de plantações e contenção de enchentes durante as décadas de 1940 e 1950. Um dos maiores projetos do gênero no país foi inaugurada em 1959 - o Colorado-Big Thompson Project, que era um complexo de represas, túneis e canais, estações de bombeamento e seis usinas hidrelétricas, que passou a irrigar cerca de 290 mil acres de terra. Projetos posteriores incluem o Colorado River Storage Project (um sistema de represas e hidrelétricas, reservatórios e usinas de tratamento de água), iniciado em 1956 e inaugurado em 1976, e o Frying Pan-Arkansas Project (para o transporte de água da região oeste para a região leste do estado), iniciado em 1972 e finalizado em 1985.

Durante a década de 1970, devido à crise de 1973, que havia gerado uma drástica queda na produção de eletricidade no país, diversas empresas norte-americanas de geração de eletricidade decidiram instalar-se no Colorado, para aproveitar a abundância de eletricidade. Durante a década de 1980, com a melhoria das condições do setor de energia dos Estados Unidos, muitas destas empresas abandonaram o Colorado, gerando uma recessão econômica, que só se recuperaria ao final da década.

Em 20 de abril de 1999, o massacre de Columbine ocorreu no Condado de Jefferson, próximo a Denver, na Columbine High School, uma escola de ensino secundário. Dois estudantes da escola, Eric Harris e Dylan Klebold, mataram 12 estudantes e um professor, e feriram outras 24 pessoas, antes de cometer suicídio, no pior tiroteio em uma instituição de educação na história dos Estados Unidos, e o segundo pior atentado em uma instituição de educação no país, após o atentado em Bath School.

Em 2004, Ken Salazar tornou-se um dos políticos eleitos no estado para atuar no Senado dos Estados Unidos. Ken Salazar foi o primeiro hispânico eleito para atuar no Senado norte-americano, juntamente com Mel Martinez, eleito na Flórida.

Geografia

Editar
 Messagebox info.png  Geografia do Colorado
Planalto do Colorado.
O Colorado limita-se ao norte com Wyoming, a leste com o Kansas, ao sul com Oklahoma e Novo México, no extremo sudoeste com o Arizona, e a oeste com Utah. Com quase 270 mil quilômetros quadrados,[1] é o oitavo maior estado americano em área do país.

Diversos importantes rios dos Estados Unidos possuem sua nascente no Colorado, primariamente nas Montanhas Rochosas. Estes rios podem ser afluentes do rio Mississippi, deslocando-se em direção a leste, ou podem desaguar no oceano Pacífico, deslocando-se em direção a oeste. Importantes afluentes do rio Mississippi incluem o Arkansas, South Platte e o Republican. O rio Colorado é o rio mais importante daqueles que deslocam-se em direção a oeste. A maior parte de outros rios que nascem no estado e deslocam-se para o oeste são afluentes do Colorado. Uma importante exceção é o rio Grande, que desloca-se em direção ao sudoeste, até o extremo sul do Novo México. Cerca de um terço do Colorado é coberto por florestas.

O Colorado pode ser dividido em quatro distintas regiões geográficas:

  • O Planalto do Colorado localiza-se no oeste do Colorado, cobrindo cerca de um quinto do estado. A região caracteriza-se pelo seu terreno altamente acidentado, com diversos morros de alta elevação, chapadas e vales muito profundos - que podem chegar a ter centenas de metros de profundidade. Uma ponte de suspensão do Colorado, por exemplo, cruza o vale do Royal Gorge, que possui 321 metros de profundidade. Esta ponte é oficialmente a mais alta do gênero do mundo. Muito desta região é coberta por dunas, ou mesmo somente por rochas.
  • As Montanhas Rochosas ocupam toda a região central do Colorado, ocupando cerca de dois quintos do estado. A região das Montanhas Rochosas dentro do Colorado possui 54 picos com mais de 14 mil pés (4 270 metros) de altitude. As Montanhas Rochosas são cobertas de neve apenas durante o inverno. Durante o verão, a maior parte da neve e das geleiras das Montanhas Rochosas derretem, com exceção de algumas poucas grandes geleiras. O derretimento destas geleiras cria dezenas de lagos temporários. A região também possui diversos pequenos lagos permanentes (que não congelam totalmente durante o inverno). O maior deles, o Grand Lake, localizado próximo à cidade de Grand Lake, possui 240 acres de área. O mais alto do estado - e um dos mais altos do país - é o Summit Lake, localizado a 3 883 metros de altitude. Outra característica da região é sua abundância de florestas.
  • As Grandes Planícies localizam-se no leste do Colorado, ocupando cerca de um quinto do estado. A região caracteriza-se por seu terreno pouco acidentado e pelo seu solo fértil. Seu clima semiárido foi um empecilho para o desenvolvimento da agricultura na região, mas grandes programas de irrigação tornaram esta região uma grande produtora de produtos agrícolas. A maior parte das fazendas de cultivo do estado localizam-se nesta região.
  • A Bacia Intermontanhar é um pequeno pedaço de terra localizado a oeste do centro-norte do Colorado, entre o Planalto do Colorado e as Montanhas Rochosas. Caracteriza-se por seu terreno pouco acidentado, coberto primariamente por florestas.


Editar
 Messagebox info.png  Clima do Colorado
Mapa climático do Colorado segundo a classificação climática de Köppen.

O clima do Colorado é variado, devido ao seu terreno muito acidentado, com grandes variações quanto à altitude. No geral, durante o ano inteiro, as maiores temperaturas são registrados no extremo sudoeste e nas Grandes Planícies (primariamente no extremo sudeste), por causa da menor altitude destas regiões. Enquanto isto, as Montanhas Rochosas registram as menores temperaturas médias do Colorado.

Durante o inverno, as planícies do Colorado registram uma temperatura média de -2 °C, enquanto que nas Montanhas Rochosas, em geral, a média é de -8°C. A média das mínimas é de -9 °C nas planícies, e de -12 °C nas Montanhas Rochosas, enquanto a média das máximas é de 7 °C nas planícies e de 2 °C nas Montanhas Rochosas. A menor temperatura já registrada no Colorado foi de -52 °C, registrada em Maybell, em 1 de fevereiro de 1985.

Durante o verão, as planícies do Colorado registram uma temperatura média de 23 °C, enquanto que as Montanhas Rochosas em geral registram uma média de 13 °C. A média das mínimas é de 14 °C nas planícies e de 8 °C nas Montanhas Rochosas, e a média das máximas é de 33 °C nas planícies e de 25 °C nas Montanhas Rochosas. A maior temperatura já registrada no Colorado foi de 48 °C, registrada em Bennett, em 11 de julho de 1888.

O Colorado possui, em geral, um clima muito seco, semiárido. As taxas de precipitação média anual de chuva é de 38 centímetros, variando entre 20 a 40 centímetros nas planícies, e mais de 50 centímetros nas Montanhas Rochosas. As taxas de precipitação média anual de neve do Colorado são, em geral, muito altas (mas muito instáveis) nas Montanhas Rochosas, enquanto são muito baixas (menos de dez centímetros anuais) no restante do estado.

Cultura

Editar
 Flag of Colorado.svg  Biografia selecionada
Custer Bvt MG Geo A 1865 LC-BH831-365-crop.jpg

George Armstrong Custer (5 de dezembro de 1839 — 25 de junho de 1876) foi um oficial do exército dos Estados Unidos e comandante de uma unidade de cavalaria durante a Guerra Civil Americana e as Guerras Indígenas. Criado em Michigan e Ohio, Custer foi aceito em West Point em 1857 e se formou em último da sua classe em 1861, com a patente de segundo-tenente. Com o começo da guerra civil no país, Custer foi convocado a servir no Exército da União.

Custer desenvolveu uma boa reputação militar durante a guerra civil nos Estados Unidos. O primeiro grande combate que participou foi a Batalha de Bull Run, em 21 de julho de 1861, próximo de Washington, D.C.. Sua associação com vários oficiais de alta patente durante o conflito ajudou a catapultar sua carreira, além de suas habilidades como comandante de cavalaria. Custer recebeu um mandado (brevet) de general de brigada aos 23 anos, uma semana antes da Batalha de Gettysburg, onde ele liderou um ataque de cavalaria contra uma tropa confederada que pretendia reforçar os companheiros no ataque de Pickett. Custer foi mais tarde ferido na batalha de Culpeper, na Virgínia, em 13 de setembro de 1863. Em 1864, ele recebeu uma comendação por bravura, além de mais um mandado, o promovendo, em caráter temporário, para major-general. Na conclusão da Campanha de Appomattox (março-abril de 1865), onde ele e suas tropas desempenharam um papel fundamental, Custer estava presente quando o general Robert E. Lee se rendeu para Ulysses S. Grant, em 9 de abril de 1865.

Após a guerra civil, Custer continuou no exército, mantendo a patente de capitão e depois foi apontado como tenente-coronel no 7º Regimento de Cavalaria americana, em julho de 1866. Ele foi despachado para o oeste, em 1867, para lutar contra os índios. Em 25 de junho de 1876, enquanto liderava seus homens na Batalha de Little Bighorn, no Território de Montana, contra uma coalizão de tribos indígenas, Custer e todo o seu destacamento — que incluía seus dois irmãos — foram mortos. Sua derrota fatídica acabou obscurecendo seus feitos anteriores em guerra. Muitos o saudaram como um herói trágico, que lutou até a morte junto com seus soldados. Outros o culpam pelo massacre, afirmando que ele recusou ofertas de reforços, querendo receber toda a glória de uma eventual vitória. Sua reputação militar nos Estados Unidos segue controversa.
Editar
 Flag of Colorado.svg  Educação no Colorado
Vista de uma biblioteca pública de Denver.

A primeira escola do Colorado foi inaugurada em 1859. Os alunos desta escola eram filhos de mineradores na região de Cherry Creek, onde atualmente está situada Denver.

Atualmente, todas as instituições educacionais no Colorado precisam seguir regras e padrões ditadas pelo Conselho Estadual de Educação do Colorado. Este conselho controla diretamente o sistema de escolas públicas, que está dividido em diferentes distritos escolares. O conselho é composto por sete membros eleitos pela população do estado para mandatos de até seis anos de duração. Estes sete membros indicam um oitavo membro, que atuará como superintendente de educação. Cada cidade primária (city), diversas cidades secundárias (towns) e cada condado, é servido por um distrito escolar. Nas cidades, a responsabilidade de administração do sistema escolar público são dos distritos municipais, enquanto que em regiões menos densamente habitadas esta responsabilidade é dos distritos escolares operando em todo o condado em geral. O Colorado permite a operação de escolas charter - escolas públicas independentes que não são administradas por distritos escolares, mas que dependem de verbas públicas para operar. Atendimento escolar é compulsório para todas as crianças e adolescentes com mais de sete anos de idade até a conclusão do segundo grau ou até os quinze anos de idade.

Em 1999, as escolas públicas do estado atenderam cerca de 708,1 mil estudantes, empregando aproximadamente 40,8 mil professores. Escolas privadas atenderam cerca de 52,1 mil estudantes, empregando aproximadamente 4,4 mil professores. O sistema de escolas públicas do estado consumiu cerca de 4,141 bilhões de dólares, e o gasto das escolas públicas foi de aproximadamente 6,4 mil dólares por estudante. Cerca de 88,7% dos habitantes do estado com mais de 25 anos de idade possui um diploma de segundo grau.

A primeira biblioteca pública do Colorado foi fundada em Denver, em 1860. Atualmente, o Colorado possui cerca de 230 bibliotecas públicas, administradas por 116 sistemas de bibliotecas públicas diferentes. 30 das bibliotecas públicas do estado são administradas por condados. As bibliotecas públicas do Colorado movimentam anualmente uma média de 10,4 livros por habitante.

A primeira instituição de educação superior do Colorado foi fundada em 1864. Esta instituição era chamada Colorado Seminary, que é a atual Universidade de Denver. Atualmente, o Colorado possui 76 instituições de educação superior, dos quais 28 são públicas e 48 são privadas. O sistema público de educação superior do Colorado é a Universidade Estadual do Colorado, em Fort Collins, fundada em 1876. A Universidade do Colorado, criada em 1912, também é uma universidade pública, presente nas cidades de Boulder, Colorado Springs e Denver.
Editar
 Flag of Colorado.svg  Cultura
Uma frase famosa entre as décadas de 1870 e 1890, Go west, young man (Vá ao oeste, jovem homem), foi dita por Horace Greeley, em 1870. Greeley era um editor renomado, que acreditava no povoamento do oeste americano. Ele fundou uma colônia no Colorado, que posteriormente se desenvolveria na atual cidade de Greeley.
Editar
 Flag of Colorado.svg  Demografia no Colorado
Crescimento populacional
Censo Pop.
186034 277
187039 86416,3%
1880194 327387,5%
1890413 249112,7%
1900539 70030,6%
1910799 02448,0%
1920939 62917,6%
19301 035 79110,2%
19401 123 2968,4%
19501 325 08918,0%
19601 753 94732,4%
19702 207 25925,8%
19802 889 96430,9%
19903 294 39414,0%
20004 301 26230,6%
20105 029 19616,9%
20205 773 71414,8%
Fonte: US Census

O censo nacional de 2000 estima a população do Colorado em 4 301 261 habitantes, um crescimento de 30% em relação à população em 1990, de 3 307 912 habitantes. Uma estimativa realizada em 2005 estima a população o estado em 4 665 177 habitantes, um crescimento de 41% em relação à população em 1990; de 8,4%, em relação à população em 2000; e de 1,4% em relação à população estimada em 2004.

O crescimento populacional natural do Colorado entre 2000 e 2005 foi de 205 321 habitantes - 353 091 nascimentos menos 147 770 óbitos - o crescimento populacional causado pela imigração foi de 112 217 habitantes, enquanto que a migração interestadual resultou no ganho de 47 740 habitantes. Entre 2000 e 2005, a população do Colorado cresceu em 363 916 habitantes, e entre 2004 e 2005, em 63 356 habitantes.

Estima-se que cerca de 441 mil pessoas (9,7% da população) tenha nascido fora dos Estados Unidos. Destes, estima-se que 144 mil (3,1% da população) sejam ilegais.

As taxas de crescimento populacional do Colorado são das mais altas do país, alimentadas primariamente por causa da imigração hispânica. Apenas Nevada e Arizona possuem maiores taxas de crescimento populacional anual. Segundo estimativas realizadas em 2004, a população crescerá para 7,15 milhões em 2030. Os maiores crescimentos são esperados na região metropolitana de Denver.
Editar
 Flag of Colorado.svg  Categorias
Editar
 Flag of Colorado.svg  Tópicos
Editar
 Flag of Colorado.svg  Portais relacionados




Territórios fronteiriços

Aqueles listados em negrito itálico são Portais em destaque.


Editar
 Flag of Colorado.svg  Wikimedia


Editar
 Flag of Colorado.svg  Fontes
  1. «United States Summary: 2010 Population and Housing Unit Counts» (PDF). census.gov. Departamento do Censo dos Estados Unidos (setembro de 2012). Consultado em 9 de maio de 2021 

Purgar cache do servidor