Lista de nomes tradicionais de estrelas

artigo de lista da Wikimedia

Esses nomes de estrelas que foram aprovados pela União Astronômica Internacional (IAU) ou que têm sido usados recentemente. A aprovação da IAU vem principalmente de seu Working Group on Star Names (WGSN), que publica uma "Lista de Nomes de Estrelas aprovados pela IAU" desde 2016. Em agosto de 2018, a lista incluía um total de 336 nomes próprios de estrelas.[1]

AntecedentesEditar

Das cerca de 10.000 estrelas visíveis a olho nu, apenas algumas centenas receberam nomes próprios na história da astronomia.[a] A astronomia tradicional tende a agrupar estrelas em constelações ou asterismos e dar nomes próprios a eles, não a estrelas individuais.

Muitos nomes de estrelas são, na origem, descritivos da parte da constelação em que são encontrados; assim, Phecda, uma corruptela (em árabe: -فخذ الدب-) fakhdh al-dubb ('coxa de urso'). Apenas um punhado das estrelas mais brilhantes têm nomes próprios individuais, não dependendo de seu asterismo; então Sirius ('o abrasador'), Antares ('rival de Ares', ou seja, vermelho-matizado como Marte), Canopus (de origem incerta), Alfarde ('o solitário'), Regulus ('reizinho'); e indiscutivelmente Aldebarã ('o seguidor' [das Plêiades]) e Prócion ('precedendo o cão' [Sirius]). O mesmo se aplica aos nomes de estrelas chinesas, em que a maioria das estrelas é enumerada dentro de seus asterismos, com um punhado de exceções como 織女 ('garota tecelã') (Vega).

Além do número limitado de nomes de estrelas tradicionais, alguns foram cunhados nos tempos atuais, por exemplo "Avior" de Epsilon Carinae (1930), e várias estrelas com nomes de pessoas (principalmente no século XX).

Catálogo da União Astronômica InternacionalEditar

 Ver artigo principal: Working Group on Star Names

Em 2016, a União Astronômica Internacional (IAU) organizou um Working Group on Star Names (WGSN)[2] para catalogar e padronizar nomes próprios para estrelas. O primeiro boletim da WGSN, datado de julho de 2016,[3] incluiu uma tabela de 125 estrelas compreendendo os dois primeiros lotes de nomes aprovados pela WGSN (em 30 de junho e 20 de julho de 2016) juntamente com nomes de estrelas adotados pelo Grupo de Trabalho do Comitê Executivo sobre Nomenclatura Pública de Planetas e Satélites Planetários da IAU durante a campanha 2015 do NameExoWorlds[4] e reconhecido pela WGSN. Outros lotes de nomes foram aprovados em 21 de agosto, 12 de setembro, 5 de outubro e 6 de novembro de 2016. Eles foram listados em uma tabela de 102 estrelas incluída no segundo boletim do WGSN, datado de novembro de 2016.[5] As próximas adições foram feitas em 1 de fevereiro de 2017 (13 novos nomes de estrelas), 30 de junho de 2017 (29), 5 de setembro de 2017 (41), 17 de novembro de 2017 (3), 1 de junho de 2018 (17) e em 10 de agosto de 2018 (6). Todos os 336 nomes estão incluídos na lista atual de nomes de estrelas aprovados pela IAU, atualizada pela última vez em 10 de agosto de 2018.[1]

Além disso, em 2019, a IAU organizou sua campanha IAU 100 NameExoWorlds para nomear exoplanetas e suas estrelas hospedeiras. Os nomes aprovados de 112 exoplanetas e suas estrelas hospedeiras foram publicados em 17 de dezembro de 2019.[6][7]

ListaEditar

Na tabela abaixo, a menos que indicado por um "†" ou "*", o "nome próprio atual" é o nome aprovado pela Working Group on Star Names (WGSN) e inserido na "Lista de Nomes de Estrelas aprovados pela IAU"[1] ou de outra forma aprovada pela União Astronômica Internacional (IAU). O WGSN decidiu atribuir nomes próprios a estrelas individuais em vez de sistemas inteiros de estrelas múltiplas.[8] Os nomes marcados com "†" não são mais aprovados, enquanto os nomes marcados com "*" são nomes que foram propostos ou aceitos desde a última atualização da lista em 10 de agosto de 2018.

Para tais nomes relacionados a membros de sistemas de estrelas múltiplas, e onde uma letra de componente (de, por exemplo, o Catálogo de Estrelas Duplas Washington) não está explicitamente listada, o WGSN diz que o nome deve ser entendido como sendo atribuído ao componente visualmente mais brilhante.[5] Na coluna "Nomes/comentários históricos", "IAU novo 2015" e "IAU novo 2019" indicam que o nome foi aprovado pelo IAU como consequência de suas campanhas NameExoWorlds de 2015 e 2019, respectivamente.

Constelação Designação Nome próprio atual Nomes históricos/comentários Pronúncia em inglês
[b][9][10][11][12][13]
Lynx XO-5 Absolutno* IAU novo 2019
Proposta da República Tcheca; uma substância ficcional no romance Továrna na absolutno de Karel Čapek.
/θj/
Eridanus θ1 Eridani A Acamar /ˈækəmɑr/
Eridanus α Eridani A Achernar O nome era originalmente (em árabe: آخر النهر) ʾāẖir an-nahr ('fim do rio'). /ˈkərnɑr/
Cassiopeia η Cassiopeiae A Achird Aparentemente aplicado pela primeira vez a η Cassiopeiae no Skalnate Pleso Atlas of the Heavens publicado em 1950, mas não é conhecido antes disso.[14] /ˈərd/
Scorpius β1 Scorpii Aa Acrab O nome tradicional do sistema β Scorpii foi traduzido como Akrab e Elakrab, derivado (como Acrab) (em árabe: العقرب) al-ʿaqrab ('o escorpião'). /ˈkræb/
Crux α Crucis Aa Acrux "Acrux" é uma contração atual da Designação de Bayer, cunhada no século XIX, mas que entrou em uso comum apenas em meados do século XX.[15][16] /ˈkrʌks/
Cancer α Cancri Aa Acubens O nome era originalmente (em árabe: الزبانى) az-zubāná ('as garras'). /ˈækjuːbɛnz/
Leo ζ Leonis Aa Adhafera Também conhecido como Aldhafera. O nome é originalmente (em árabe: الضفيرة) aḍ-ḍafīra ('a trança (ou ondulação, ou fio)' [da juba do leão]). /ædəˈfɪərə/
Canis Major ε Canis Majoris A Adhara O nome é originalmente (em árabe: عذارى) ʿaḏārá ('virgins'). No Calendarium of Al Achsasi Al Mouakket, é designado (أول العذاري) ʾawwil al-ʿaḏāriyy, traduzido em Latim como Prima Virginum ('primeira virgem'). /əˈdɛərə/
Andromeda ξ Andromedae Adhil O nome era originalmente (em árabe: الذيل) aḏ-ḏayl ((o trem, iluminou 'a cauda').). /əˈdɪl/
Taurus ε Tauri Aa1 Ain O nome é originalmente em árabe: عين ʿayn ('olho') e foi revisado e adotado pelo Working Group on Star Names (WGSN).[5] /ˈeɪn/
Sagittarius ν1 Sagittarii A Ainalrami em árabe: عين الرامي ʿayn ar-rāmī ('olho do arqueiro'). /ˌɛnəlˈreɪmi/
Lyra η Lyrae Aa Aladfar O nome é originalmente em árabe: الأظفر al-ʾuẓfur ('as garras' [da águia voando]), compartilhado com μ Lyrae (Alathfar). /əˈlædfɑːr/
Andromeda γ Andromedae Alamak† O nome é originalmente em árabe: العناق الأرض al-ʿanāq al-ʾarḍ ('o caracal') (lince-do-deserto). /ˈæləmæk/
Serpens HD 168746 Alasia* IAU novo 2019
Proposta cipriota; primeiro nome registrado historicamente de Chipre (meados do século XV).
/əˈleɪziə/
Lyra μ Lyrae Alathfar† O nome é originalmente em árabe: الأظفر al-ʾuẓfur ('as garras' [da águia voando]), compartilhado com η Lyrae (Aladfar). /əˈlæθfɑːr/
Sagittarius π Sagittarii A Albaldah O nome é originalmente em árabe: البلدة al-balda ('cidade').No Calendarium of Al Achsasi Al Mouakket, é designado نير البلدة nayyir al-baldah, traduzido em Latim como Lucida Oppidi ('mais brilhante da cidade'). /ælˈbɔːldə/
Aquarius ε Aquarii Albali O nome é originalmente em árabe: البالع al-bāliʿ ('o engolidor'). /ælˈbeɪli/
Cygnus β1 Cygni Aa Albireo A fonte do nome Albireo não é totalmente clara.[c] /ælˈbɪrioʊ/
Corvus α Corvi Alchiba em árabe: الخباء al-ẖibāʾ ('tenda'). No Calendarium of Al Achsasi Al Mouakket, é designado المنخر الغراب al-manẖar al-ġurāb, traduzido em Latim como Rostrum Corvi ('bico do corvo'). /ˈælkᵻbə/
Ursa Major 80 Ursae Majoris Ca Alcor em árabe: الخوار al‑ẖawwār ('o fraco'). /ˈælkɔːr/
Taurus η Tauri A Alcyone Membro do aglomerado aberto das Plêiades (M45). Alcyone (em grego clássico: Ἀλκυόνη Alkuonē) foi uma das irmãs Plêiades na mitologia grega. /ælˈsaɪəniː/
Taurus α Tauri Aldebaran O nome era originalmente em árabe: الدبران ad-dabarān ('o seguidor' [do Plêiades]).[18] /ælˈdɛbərən/
Cepheus α Cephei Alderamin em árabe: الذراع اليمين aḏ-ḏirāʿ al-yamīn ('o braço direito' [de Cepheus]). /ælˈdɛrəmɪn/
Grus γ Gruis Aldhanab O nome era originalmente الذنب aḏ-ḏanab ('a calda' [da constelação do Peixes do sul]). /ˈældənæb/
Draco ζ Draconis A Aldhibah em árabe: الضباع aḍ-ḍibāʿ ('as hienas'). /ælˈdaɪbə/
Delphinus ε Delphini Aldulfin Encurtamento em árabe: ذنب الدلفين ḏanab ad-dulfīn ('cauda do golfinho'). /ælˈdʌlfən/
Cepheus β Cephei Aa Alfirk em árabe: الفرق al-firq ('o rebanho'). Nome dado por Ulugue Begue ao asterismo que consiste em α, β e η Cephei. /ˈælfərk/
Capricornus α2 Capricorni Algedi em árabe: الجدي al-jady ('o garoto (masculino)'). Os nomes tradicionais alternativos são Al Giedi, Secunda Giedi e Algiedi Secunda. /ælˈdʒiːdi/
Pegasus γ Pegasi Algenib em árabe: الجانب al-jānib ('o flanco'). Algenib também é outro nome para α Persei (Mirfak). /ælˈdʒiːnᵻb/
Leo γ1 Leonis Algieba em árabe: الجبهة al-jabha ('a testa' [do leão]). /æˈdʒiːbə/
Perseus β Persei Aa1 Algol em árabe: رأس الغول raʾs al-ġūl ('cabeça do ogro'). Em egípcio, Horus.[necessário esclarecer][19] /ˈælɡɒl/
Corvus δ Corvi A Algorab O nome tradicional Algorab é derivado em árabe: الغراب al-ġurāb ('o corvo'). O WGSN redesignou a estrela como Algorab em julho de 2016.[2] /ˈælɡəræb/
Gemini γ Geminorum Aa Alhena Derivado em árabe: الهنعة al-hanʿa ('a marca' [no pescoço do camelo]). /ælˈhiːnə/
Ursa Major ε Ursae Majoris A Alioth Membro de Grande Carro ou do Plough (UK). /ˈæliɒθ/
Cygnus ε Cygni Aa Aljanah /ˈældʒənə/
Ursa Major η Ursae Majoris Alkaid Membro de Grande Carro ou do Plough (UK). /ælˈkeɪd/
Cepheus ρ2 Cephei Al Kalb al Rai† /θj/
Boötes μ1 Boötis Aa Alkalurops /ælkəˈljʊərɒps/
Ursa Major κ Ursae Majoris A Alkaphrah /ælˈkæfrə/
Pegasus υ Pegasi Alkarab /ˈælkəræb/
Crater α Crateris Alkes /ˈælkɛs/
Auriga ε Aurigae Almaaz /ˈælmeɪ.əz/
Andromeda γ Andromedae A Almach /ˈælmæk/
Leo κ Leonis Al Minliar al Asad† /θj/
Grus α Gruis Alnair /ælˈnɛər/
Sagittarius γ2 Sagittarii Alnasl em árabe: النصل an-naṣl ('a ponta' [da flecha do arqueiro]).[20] /ælˈnæzəl/
Orion ε Orionis Alnilam A estrela do meio no Cinturão de Orion. /ˈælnᵻlæm/
Orion ζ Orionis Aa Alnitak O nome tradicional, alternadamente soletrado Al Nitak ou Alnitah, é em árabe: النطاق an-niṭāq ('o cinto').[17]:314–315 /ˈælnᵻtæk/
Scorpius σ Scorpii Aa1 Alniyat /ælˈnaɪæt/
Hydra α Hydrae Alphard /ˈælfɑːrd/
Corona Borealis α Coronae Borealis Alphecca O nome نير الفكة nayyir al-fakka ('brilhante (estrela) do quebrado' [anel de estrelas]) é encontrado no catálogo de Al Achsasi al Mouakket (c. 1650).[21] /ælˈfɛkə/
Andromeda α Andromedae Aa Alpheratz /ælˈfɪəræts/
Peixes η Piscium A Alpherg /ˈælfɜːrɡ/
Draco μ Draconis A Alrakis em árabe: الراقص ar-rāqiṣ ('o dançarino'); também escrito Arrakis e Elrakis. /ælˈreɪkᵻs/
Peixes α Piscium A Alrescha /ælˈriːʃə/
Draco HD 161693 Alruba /ælˈruːbə/
Draco σ Draconis Alsafi /ælˈseɪfi/
Lynx 31 Lyncis Alsciaukat /ælʃiˈɔːkæt/
Vela δ Velorum Aa Alsephina /ælsᵻˈfaɪnə/
Aquila β Aquilae A Alshain /ælˈʃeɪn/
Capricornus ν Capricorni A Alshat /ˈælʃæt/
Aquila α Aquilae Altair em árabe: (النسر) الطائر (an-nasr) aṭ-ṭāʾir ('o voo' [da águia]). Altair é um dos vértices do asterismo de Triângulo de Verão. /ælˈteɪ.ər/
Draco δ Draconis Altais /ælˈteɪ.ᵻs/
Leo λ Leonis Alterf /ˈæltərf/
Canis Major η Canis Majoris Aludra /əˈluːdrə/
Ursa Major ξ Ursae Majoris Aa Alula Australis /əˈluːlə ɔːˈstreɪlᵻs/
Ursa Major ν Ursae Majoris Alula Borealis /əˈluːlə bɒriˈælᵻs/
Serpens θ1 Serpentis A Alya /ˈeɪliə/
Gemini ξ Geminorum Alzirr Soletrado alternadamente como Alzir. /ˈælzər/
Canis Major HD 43197 Amadioha* IAU novo 2019
Proposta nigeriana; em homenagem a Amadioha, um deus da mitologia igbo.
/θj/
Crater WASP-34 Amansinaya* IAU novo 2019
Proposta das Filipinas. Nomeado após Aman Sinaya, divindade do oceano e protetor dos pescadores na mitologia Tagalog.
/θj/
Pegasus WASP-52 Anadolu* IAU novo 2019
Proposta turca; refere-se à pátria na cultura turca.
/θj/
Aquarius θ Aquarii Ancha /ˈæŋkə/
Eridanus τ2 Eridani Angetenar O nome é originalmente em árabe: عرجة النهر ʿarjat an-nahr ('a curva do rio'). /ænˈdʒɛtᵻnɑːr/
Ursa Major HD 102956 Aniara* IAU novo 2019
Proposta sueca; nome de uma nave espacial em Aniara, o poema homônimo de Harry Martinson.
/θj/
Phoenix α Phoenicis Ankaa /ˈæŋkə/
Vulpecula α Vulpeculae Anser O nome tradicional alternativo é Lucida Anseris. /ˈænsər/
Scorpius α Scorpii A Antares em grego clássico: Ἀντάρης Antarēs ('como Ares') (Marte). /ænˈtɛəriːz/
Boötes HD 131496 Arcalís* IAU novo 2019
Proposta andorrana; em homenagem a Vallnord, um pico no norte do país.
/θj/
Boötes α Boötis Arcturus /ɑːrkˈtjʊərəs/
Sagittarius β2 Sagittarii Arkab Posterior /ˈɑːrkæb pɒˈstɪəriər/
Sagittarius β1 Sagittarii Arkab Prior /ˈɑːrkæb ˈpraɪər/
Lepus α Leporis A Arneb O nome tradicional de Arneb é em árabe: أرنب ʾarnab ('lebre').[17]:268 (Lepus é Latim para lebre.) /ˈɑːrnɛb
Sagittarius ζ Sagittarii A Ascella Parte do asterismo Teapot. /əˈsɛlə/
Cancer δ Cancri Aa Asellus Australis /əˈsɛləs ɔːsˈtreɪlᵻs/
Cancer γ Cancri Aa Asellus Borealis /əˈsɛləs bɒriˈælᵻs/
Hydra ε Hydrae A Ashlesha /æʃˈleɪʃə/
Boötes θ Boötis Asellus Primus† Latim para 'primeiro potro de burro'. /əˈsɛləs ˈpraɪməs/
Boötes ι Boötis Asellus Secundus† Latim para 'segundo potro de burro'. /əˈsɛləs sᵻˈkʌndəs/
Boötes κ Boötis Asellus Tertius† Latim para 'terceiro potro de burro'. /əˈsɛləs ˈtɜːrʃiəs/
Carina ι Carinae Aspidiske /ˌæspᵻˈdɪskiː/
Taurus 21 Tauri A Asterope, Sterope† Membro do aglomerado aberto das Plêiades (M45). Asterope foi uma das irmãs Plêiades na mitologia grega. /(ə)ˈstɛrəpiː/
Canis Major WASP-64 Atakoraka* IAU novo 2019
Proposta togolesa; significa 'a cadeia do Atacora', uma cadeia de montanhas.
/θj/
Draco η Draconis A Athebyne /'æθᵻbaɪn/
Perseus ο Persei A Atik /ˈeɪtɪk/
Taurus 27 Tauri Aa1 Atlas Membro do aglomerado aberto das Plêiades (M45). Atlas foi o Titã da resistência e da astronomia[22] e o pai das irmãs Plêiades na mitologia grega. /ˈætləs/
Triangulum Australe α Trianguli Australis Atria /ˈeɪtriə/
Carina ε Carinae A Avior Designado "Avior" pelo HM Nautical Almanac Office da Força Aérea Real Britânica na década de 1930.[23] /ˈeɪviər/
Cetus HD 224693 Axólotl* IAU novo 2019
Proposta mexicana. Um axolotl é um anfíbio culturalmente significativo; o nome significa 'animal aquático' na língua náuatle.
/θj/
Eridanus HD 18742 Ayeyarwady* IAU novo 2019
Proposta de Myanmar; nomeado após o Rio Irauádi.
/θj/
Cygnus π1 Cygni Azelfafage Diversamente relatado em árabe: السلحفاة as-sulaḥfāh ('tartaruga'), الطلف الفرس aṭ-ṭilf al-faras ('pista de cavalos'), ou عزل الدجاجة ʿazal ad-dajāja ('cauda de galinha').[17]:192–197 /əˈzɛlfəfeɪdʒ/
Eridanus η Eridani Azha Originalmente em árabe: أدحي (النعام) ʾudḥiyy (an-naʿām) ('ninho' [do avestruz]); mais tarde copiado como أرحى ʾazḥá em manuscritos medievais. /ˈeɪzə/
Puppis ξ Puppis Azmidi Renderizado alternativamente Asmidiske†. /ˈæzmᵻdi/
Ursa Minor 8 Ursae Minoris Baekdu* IAU novo 2019
Proposta sul-coreana; nomeado após a montanha mais alta da península coreana.
/ˈbɛkduː/
Ophiuchus V2500 Ophiuchi Estrela de Barnard Nomeado em homenagem ao astrônomo americano Edward Emerson Barnard, o primeiro a medir seu alto movimento próprio. /ˈbɑːrnərdz/
Cetus ζ Ceti Aa Baten Kaitos /ˈbeɪtən ˈkeɪtɒs/
Eridanus υ3 Eridani Beemim /ˈbiːməm/
Eridanus ο1 Eridani Beid O nome é originalmente em árabe: البيض al-bayḍ ('os ovos'). /ˈbaɪd/
Sagittarius HD 181342 Belel* IAU novo 2019
Proposta senegalesa; uma rara fonte de água no norte.
/θj/
Peixes HD 8574 Bélénos* IAU novo 2019
Proposta francesa; em homenagem a Beleno, um deus da luz, sol e da saúde na mitologia gaulesa.
/θj/
Orion γ Orionis Bellatrix Latim para 'mulher guerreira'; aplicado a esta estrela no século XV.[24] /bɛˈleɪtrɪks/
Perseus HAT-P-15 Berehynia* IAU novo 2019
Proposta ucraniana. Uma divindade das águas e margens dos rios na religião eslava; agora uma deusa nacional, "mãe da lareira, protetora da terra".
/θj/
Orion α Orionis Aa Betelgeuse Derivado em árabe: يد الجوزاء yad al-jawzāʾ ('a mão de') (um velho asterismo). /ˈbɛtəldʒuːz, ˈbiːtəl-, -dʒuːs/
Aries 41 Arietis Aa Bharani /ˈbærəni/
Sextans HD 86081 Bibhā* IAU novo 2019
Proposta indiana; Pronúncia em bengali do sânscrito Vibha, que significa 'um feixe de luz brilhante'.
/θj/
Pegasus θ Pegasi Biham /ˈbaɪ.æm/
Aquarius HD 206610 Bosona* IAU novo 2019
Proposta da Bósnia e Herzegovina; nome do território da Bósnia no século X.
/θj/
Aries δ Arietis Botein /ˈboʊtiːn/
Libra σ Librae A Brachium /ˈbreɪkiəm/
Mensa HD 38283 Bubup* IAU novo 2019
Proposta australiana; significa 'criança' na lingua Boonwurrung.
/θj/
Andromeda HD 16175 Buna* IAU novo 2019
Proposta etíope; uma palavra comumente usada para café.
/θj/
Aquarius ξ Aquarii A Bunda /ˈbʌndə/
Carina α Carinae A Canopus Ptolomeu Κάνωβος, depois que Canopus (Kanōpos, Kanōbos), um piloto da mitologia grega, cujo próprio nome é de etimologia incerta. /kəˈnoʊpəs/
Auriga α Aurigae Aa Capella O nome tradicional Capella ('cabra pequena') vem do latim e é um diminutivo de capra ('cabra').[17]:86 /kəˈpɛlə/
Cassiopeia β Cassiopeiae A Caph O nome é originalmente em árabe: كف kaff ('palma'), um resíduo de um antigo nome de Cassiopeia, الكف الخصيب al-kaff al-ẖaḍīb ('a mão manchada'); também conhecido como السنام الناقة as-sanām al-nāqa ('a corcunda do camelo'). /ˈkæf/
Gemini α Geminorum Aa Castor /ˈkæstər/
Cassiopeia υ2 Cassiopeiae Castula /ˈkæstjʊlə/
Ophiuchus β Ophiuchi Cebalrai /ˌsɛbəlˈreɪ.iː/
Chamaeleon HD 63454 Ceibo* IAU novo 2019
Proposta uruguaia; em homenagem a Erythrina crista-galli (a árvore nativa que dá origem à flor nacional).
/θj/
Taurus 16 Tauri Celaeno Membro do aglomerado aberto das Plêiades (M45). Celeno foi uma das irmãs Plêiades na mitologia grega. /sᵻˈliːnoʊ/
Ara μ Arae Cervantes IAU novo 2015
Recebeu o nome de Miguel de Cervantes, o autor espanhol de El Ingenioso Hidalgo Don Quixote de la Mancha (Don Quixote).[25]
/sɜːrˈvæntiːz/
Ursa Major 47 Ursae Majoris Chalawan IAU novo 2015
Nomeado após Chalawan, um rei crocodilo mitológico de um conto popular tailandês.[25]
Taurus θ2 Tauri Aa Chamukuy /ˈtʃɑːmuːkuːi/
Eridanus WASP-50 Chaophraya* IAU novo 2019
Proposta tailandesa; nomeado após o Rio Chao Phraya.

Thai proposal; named after the Chao Phraya River.

/tʃaʊˈpraɪə/
Canes Venatici β Canum Venaticorum Aa Chara /ˈkɛərə/
Lyra HAT-P-5 Chason* IAU novo 2019
Proposta eslovaca; um antigo termo eslovaco para o Sol.
/θj/
Aquila HD 192699 Chechia* IAU novo 2019
Proposta tunisina; um taqiyah (chapéu tradicional) e um cocar nacional.
/θj/
Leo θ Leonis Chertan Nome tradicional alternativo Chort.
Peixes HD 1502 Citadelle* IAU novo 2019
Proposta haitiana; com o nome da Citadelle Laferrière, uma fortaleza no topo da montanha e Patrimônio Mundial da UNESCO.
/θj/
Monoceros HD 52265 Citalá* IAU novo 2019
Proposta salvadorenha; significa 'rio de estrelas' na língua pipil.
/θj/
Sculptor HD 4208 Cocibolca* IAU novo 2019
Proposta da Nicarágua; em homenagem ao Lago Nicarágua.
/θj/
Cancer 55 Cancri A Copernicus IAU novo 2015
Em homenagem ao astrônomo Nicolau Copérnico.[25]
/θj/
Canes Venatici α2 Canum Venaticorum Aa Cor Caroli Nomeado após Carlos I de Inglaterra por Sir Charles Scarborough.[17][26][27] /ˌkɔːr ˈkærəlaɪ/
Hércules ω Herculis A Cujam Nome tradicional, com grafia variada de Kajam. /ˈkjuːdʒəm/
Eridanus β Eridani Cursa O nome é originalmente em árabe: الكرسي al-kursiyy ('a cadeira, banquinho'). /ˈkɜːrsə/
Capricornus β1 Capricorni Aa Dabih /ˈdeɪbiː/
Fornax α Fornacis A Dalim /ˈdeɪlᵻm/
Cygnus α Cygni Deneb O nome é originalmente em árabe: ذنب الدجاجة ḏanab ad-dajāja. Em chinês, Deneb faz parte do 鵲橋 ('Ponte Magpie') na história de amor de Qi Xi. Deneb é um dos vértices do asterismo Triângulo de Verão. /ˈdɛnɛb/
Capricornus δ Capricorni Aa Deneb Algedi /ˌdɛnɛb ælˈdʒiːdiː/
Leo β Leonis Denebola /dəˈnɛbələ/
Coma Berenices α Comae Berenices A Diadem /ˈdaɪədɛm/
Leo HD 96063 Dingolay* IAU novo 2019
Proposta de Trinidad e Tobago; significa 'dançar, torcer e girar', simbolizando a cultura e a língua ancestrais nacionais.
/θj/
Cetus β Ceti Diphda Árabe para 'sapo', da frase ضفدع الثاني aḍ-ḍifdaʿ aṯ-ṯānī 'o segundo sapo' (o 'primeiro sapo' é Fomalhaut) /ˈdɪfdə/
Scorpius WASP-17 Dìwö* IAU novo 2019
Proposta da Costa Rica; significa 'o Sol' na língua bribri.
/θj/
Fornax WASP-72 Diya* IAU novo 2019
Proposta mauriciana; o nome de uma lâmpada a óleo usada em ocasiões especiais, incluindo Diwali.
/θj/
Centaurus HD 117618 Dofida* IAU novo 2019
Proposta da Indonésia; significa 'nossa estrela' na língua Nias.
/θj/
Ursa Major HAT-P-3 Dombay* IAU novo 2019
Proposta russa; nomeado após a região de resort de Dombay, no norte do Cáucaso.
/θj/
Scorpius δ Scorpii A Dschubba /ˈdʒʌbə/
Ursa Major α Ursae Majoris A Dubhe Membro de Grande Carro ou do Plough (UK). /ˈdʌbiː/
Draco ψ1 Draconis A Dziban Do nome tradicional de Dziban ou Dsiban, derivado de em árabe: الذئبانِ aḏ-ḏiʾbān ('os dois lobos' ou 'os dois chacais').[17]:212 /ˈzaɪbən/
Peixes HD 218566 Ebla* IAU novo 2019
Proposta da Síria; em homenagem a Ebla, um reino antigo na Síria.
/θj/
Draco ι Draconis Edasich Nome comum revisado e adotado pelo Working Group on Star Names (WGSN).[5] /ˈɛdəsɪk/
Taurus 17 Tauri Electra Membro do aglomerado aberto das Plêiades (M45). Electra foi uma das irmãs Plêiades na mitologia grega. /ᵻˈlɛktrə/
Virgo φ Virginis A Elgafar /ˈɛlɡəfɑːr/
Columba θ Columbae Elkurud /ˈɛlkərʌd/
Taurus β Tauri Aa Elnath Diversamente El Nath ou Alnath, em árabe: النطح an-naṭḥ ('a cabeçada') (ou seja, "os chifres do touro"). /ɛlˈnæθ/
Draco γ Draconis Eltanin Nome tradicional alternativo de Etamin; ambos originalmente do nome árabe da constelação التنين at-tinnīn ('a grande serpente'). γ Dra também foi um dos "Cinco Camelos" (em latim: Quinque Dromedarii), em árabe العوائد al‑ʿawāʾid. /ɛlˈteɪnᵻn/
Tucana HD 7199 Emiw* IAU novo 2019
Proposta de Moçambique; representa o amor na língua macua.
/θj/
Pegasus ε Pegasi Enif /ˈiːnɪf/
Cepheus γ Cephei Aa Errai IAU novo 2015 /ɛˈreɪ.iː/
Draco 42 Draconis A Fafnir IAU novo 2015
Recebeu o nome de um anão mitológico nórdico que se transformou em dragão.[25]
/θj/
Scorpius π Scorpii Aa Fang Do nome chinês Fáng ('a sala'). /ˈfæŋ/
Cygnus δ Cygni A Fawaris /fəˈwɛərᵻs/
Hydra HD 85951 Felis /ˈfiːlᵻs/
Cetus BD−17 63 Felixvarela* IAU novo 2019
Proposta de Cuba; que leva o nome de Félix Varela, um notável professor de ciências.
/θj/
Virgo HD 102195 Flegetonte* IAU novo 2019
Proposta italiana. Nomeado após Flegetonte, um rio de fogo do submundo na mitologia grega no poema Divina Commedia (A Divina Comédia) de Dante Alighieri.
/θj/
Piscis Austrinus α Piscis Austrini A Fomalhaut IAU novo 2015
O nome é originalmente em árabe: فم الحوت fum al-ḥawt ('boca do peixe'). Na astrologia persa, esta estrela era chamada de "Haftorang, Vigilante do Sul", uma das estrelas reais.
/ˈfoʊməl.hɔːt/
Leo HD 100655 Formosa* IAU novo 2019
Proposta do Taipé Chinês; em latim: Formosa ('bela') é um nome histórico para Taiwan.
/fɔːrˈmoʊsə/
Hércules HAT-P-14 Franz* IAU novo 2019
Proposta austríaca; em homenagem a Francisco José I da Áustria.
/θj/
Cassiopeia ζ Cassiopeiae Fulu Do nome chinês 附路 Fùlù ('a estrada auxiliar'). /ˈfuːluː/
Draco HD 109246 Funi* IAU novo 2019
Proposta islandesa; uma palavra islandesa antiga que significa 'fogo' ou 'labareda'.
/θj/
Peixes β Piscium Fumalsamakah /ˌfʌməlˈsæməkə/
Canis Major ζ Canis Majoris Aa Furud /ˈfjʊərəd/
Scorpius G Scorpii Fuyue Do nome chinês Fu Yue. /ˈfuːjuːeɪ/
Crux γ Crucis Gacrux O nome "Gacrux" é uma contração da designação de Bayer, cunhada pelo astrônomo Elijah Hinsdale Burritt (1794–1838).[28][29] /ˈɡækrʌks/
Cancer HD 73534 Gakyid* IAU novo 2019
Proposta do Butão; significa felicidade.
/θj/
Cepheus μ Cephei Garnet Star† Sua cor foi descrita como "granada" de William Herschel. Seguindo Herschel, foi chamado garnet sidus por Giuseppe Piazzi. /θj/
Draco λ Draconis Giausar Nome tradicional, com grafia variada de Gianfar. /ˈdʒɔːzɑːr/
Corvus γ Corvi A Gienah Também conhecido como Gienah Gurab; a estrela ε Cygni também é tradicionalmente conhecida como Gienah. /ˈdʒiːnə/
Crux ε Crucis Ginan Nome tradicional na cultura do povo Wardaman do Território do Norte da Austrália.[30] /ˈɡiːnən/
Lynx WASP-13 Gloas* IAU novo 2019
Proposta britânica; significa 'brilhar (como uma estrela)' na língua gaélica manesa.
/θj/
Canis Minor β Canis Minoris A Gomeisa /ɡɒˈmaɪzə/
Scorpius ξ Scorpii Graffias† Italiano para 'garras'; também uma vez aplicado a β Scorpii.[31][17]:367 /ˈɡræfiəs/
Draco ξ Draconis A Grumium /ˈɡruːmiəm/
Serpens κ Serpentis Gudja /ˈɡuːdʒə/
Sagittarius HD 179949 Gumala* IAU novo 2019
Proposta do Brunei;[32] a Malay language word referring to a magical stone found in snakes or dragons.
/θj/
Ophiuchus 36 Ophiuchi A Guniibuu /ɡəˈniːbuː/
Centaurus β Centauri Aa Hadar /ˈheɪdɑːr/
Auriga η Aurigae Haedus /ˈhiːdəs/
Aries α Arietis Hamal Nome tradicional (também escrito Hemal, Hamul ou Ras Hammel) derivado em árabe: رأس الحمل raʾs al-ḥamal ('cabeça do carneiro'), por sua vez, do nome da constelação como um todo, al-ḥamal ('o carneiro').[17]:78, 80 /ˈhæməl/
Auriga ι Aurigae Hassaleh /ˈhæsəleɪ/
Orion ι Orionis Aa Hatysa /hɑːˈtiːsə/)
Pegasus 51 Pegasi Helvetios IAU novo 2015
Latim para 'o helvético' e refere-se à tribo celta que viveu na Suíça durante a antiguidade.[25]
/hɛlˈviːtiəs/
Virgo ζ Virginis A Heze /ˈhiːziː/
Taurus HD 28678 Hoggar* IAU novo 2019
Proposta argelina; nomeado após as montanhas de Hoggar.
/θj/
Pegasus ζ Pegasi A Homam /ˈhoʊmæm/
Triangulum HAT-P-38 Horna* IAU novo 2019
Proposta finlandesa; o nome de inferno ou submundo na mitologia finlandesa.
/θj/
Crater HD 98219 Hunahpú* IAU novo 2019
Proposta hondurenha; um dos Xbalanque que se tornou o Sol na mitologia Quichés.
/θj/
Hércules HAT-P-2 Hunor* IAU novo 2019
Proposta húngara; nomeado após o Hunor, um dos ancestrais lendários da nação.
/θj/
Scorpius ρ Scorpii Aa Iklil /ˈɪklɪl/
Leo Minor HD 82886 Illyrian* IAU novo 2019
Proposta albanesa; em homenagem aos ilírios, o povo de quem descendem os albaneses e como eles se autodenominam.
/ᵻˈlɪriən/
Crux δ Crucis Imai /ˈiːmaɪ/
Ursa Major 41 Lyncis Intercrus IAU novo 2015
Intercrus significa 'entre as pernas' em latim, referindo-se à posição da estrela na constelação da Ursa Major.[25]
/ˈɪntərkrʌs/
Ara HD 156411 Inquill* IAU novo 2019
Proposta peruana; personagem da história Way to the Sun, de Abraham Valdelomar.
/θj/
Fornax HD 20868 Intan* IAU novo 2019
Proposta da Malásia; significa 'diamante' na língua malaia.
/θj/
Hércules WASP-38 Irena* IAU novo 2019
Proposta eslovena; um personagem no romance Under the Free Sun de Fran Saleški Finžgar.
/θj/
Grus HD 208487 Itonda* IAU novo 2019
Proposta do Gabão; significa 'tudo o que é belo' na lingua myene.
/θj/
Boötes ε Boötis A Izar Originalmente em árabe: إزار ʾizār ('véu') no Calendarium of Al Achsasi Al Mouakket, é designado منطقة ألعوع minṭaqat al‑ʿawwaʿ, traduzido para latim como Cingulum Latratoris ('cinto de latido'). Nomeado Pulcherrima ('mais linda') de Otto Struve.[33] /ˈaɪzɑːr/
Scorpius ν Scorpii Aa Jabbah /ˈdʒæbə/
Gemini ο Geminorum Jishui /θj/
Cetus γ Ceti A Kaffaljidhma /ˌkæfəlˈdʒɪdmə/
Lupus α Lupi Kakkab† /θj/
Vela HD 83443 Kalausi* IAU novo 2019
Proposta queniana; significa uma coluna de vento rodopiante muito forte na língua luo.
/θj/
Corona Borealis HD 145457 Kamuy* IAU novo 2019
Proposta japonesa; uma palavra que denota Kamuy, uma entidade sobrenatural na língua Ainu.
/θj/
Virgo κ Virginis Kang Do nome chinês Kàng ('o pescoço'). /ˈkæŋ/
Apus HD 137388 Karaka* IAU novo 2019
Proposta da Nova Zelândia; palavra para uma planta local que produz frutos de laranja na língua maori.
/θj/
Sagittarius ε Sagittarii A Kaus Australis Parte do asterismo Teapot. /ˈkɔːs ɔːˈstreɪlᵻs/
Sagittarius λ Sagittarii Kaus Borealis O topo do asterismo Teapot. /ˈkɔːs bɒriˈælᵻs/
Sagittarius δ Sagittarii Kaus Media Parte do asterismo Teapot. /ˌkɔːs ˈmiːdiə/
Serpens HD 175541 Kaveh* IAU novo 2019
Proposta iraniana; em homenagem a Kāve, um herói do poema épico Shahnameh composto por Ferdusi.
/θj/
Lupus β Lupi Kekouan† /ˈkɛkwɑːn/
Eridanus ο2 Eridani A Keid /ˈkaɪd/
Virgo λ Virginis A Khambalia /kæmˈbeɪliə/
Equuleus α Equulei A Kitalpha /kᵻˈtælfə/
Ursa Minor β Ursae Minoris Kochab /ˈkoʊkæb/
Eridanus HIP 12961 Koeia* IAU novo 2019
Proposta porto-riquenha; significa 'estrela' na língua taíno.
/θj/
Lynx XO-4 Koit* IAU novo 2019
Proposta da Estônia; significa 'amanhecer' na língua estoniana.
/θj/
Hércules β Herculis Aa Kornephoros /kɔːrˈnɛfərəs/
Corvus β Corvi Kraz /ˈkræz/
Draco ν Draconis Kuma† /ˈkjuːmə/
Cepheus ξ Cephei Aa Kurhah /ˈkɜːr.hə/
Canes Venatici Y Canum Venaticorum La Superba Um nome moderno (século XIX), devido a Angelo Secchi. /ˌlɑːsuːˈpɜːrbə/
Scorpius ε Scorpii Larawag Nome tradicional na cultura do povo Wardaman do Território do Norte da Austrália.[30] /ˈlærəwæɡ/
Hydra HAT-P-42 Lerna* IAU novo 2019
Proposta grega; em homenagem a Lerna, o lago onde viveu a mítica Hydra.
/ˈlɜːrnə/
Scorpius υ Scorpii Lesath /ˈliːsæθ/
Aquila ξ Aquilae A Libertas IAU novo 2015
Latim para 'liberdade' (Aquila é latim para 'águia', um símbolo popular de liberdade).[25]
/ˈlɪbərtæs/
Virgo PSR B1257+12 Lich IAU novo 2015
Uma estrela de nêutrons e pulsar com planetas. Um lich é uma criatura morta-viva fictícia conhecida por controlar outras criaturas mortas-vivas com magia.[25]
/ˈlɪtʃ/
Ursa Major HD 118203 Liesma* IAU novo 2019
Proposta letã; significa 'fogo' e é o nome de um personagem do poema Staburags un Liesma.
/θj/
Aries 39 Arietis Lilii Borea /ˈlɪliaɪ ˈbɔərɪə/
Aquarius HD 212771 Lionrock* IAU novo 2019
Proposta de Hong Kong; nomeado após Lion Rock, um pico em forma de leão culturalmente importante.
/ˈlaɪənrɒk/
Auriga HD 45350 Lucilinburhuc* IAU novo 2019
Proposta de Luxemburgo; nomeado após a Fortaleza de Luxemburgo construída em 963 pelo Conde Siegfried, o fundador de Luxemburgo.
/θj/
Monoceros HD 45652 Lusitânia* IAU novo 2019
Proposta portuguesa; nome antigo da Lusitânia, a região onde se situa a maior parte de Portugal.
/θj/
Hércules λ Herculis Maasym /ˈmeɪəsɪm/
Antlia HD 93083 Macondo* IAU novo 2019
Proposta colombiana; o nome de uma aldeia mítica do romance Cem Anos de Solidão de Gabriel García Márquez.
/θj/
Camelopardalis HD 32518 Mago* IAU novo 2019
Proposta alemã; nomeado após Parque Nacional Mago, um parque nacional na Etiópia conhecido por suas girafas (Camelopardalis em latim significa "girafa").
/θj/
Auriga θ Aurigae A Mahasim /θj/
Ophiuchus HD 152581 Mahsati* IAU novo 2019
Proposta do Azerbaijão; em homenagem ao poeta Mahsati Ganjavi.
/θj/
Taurus 20 Tauri Maia Membro do aglomerado aberto das Plêiades (M45). Maia foi uma das irmãs Plêiades na mitologia grega. /ˈmeɪ.ə, ˈmaɪ.ə/
Virgo WASP-39 Malmok* IAU novo 2019
Proposta de Aruba; o nome indígena dado a Palm Beach, uma praia e um local popular para mergulho com snorkel.
/θj/
Cassiopeia θ Cassiopeiae Marfak† O nome é originalmente em árabe: المرفق al-mirfaq ('o cotovelo'). /ˈmɑːrfæk/
Ophiuchus λ Ophiuchi A Marfik /ˈmɑːrfɪk/
Pegasus α Pegasi Markab /ˈmɑːrkæb/
Vela κ Velorum Markeb /ˈmɑːrkɛb/
Aquarius WASP-6 Márohu* IAU novo 2019
Proposta da República Dominicana; o deus da seca e protetor do Sol.
/θj/
Hércules κ Herculis A Marsic /ˈmɑːrsɪk/
Pegasus η Pegasi Aa Matar /ˈmeɪtɑːr/
Ursa Major HAT-P-21 Mazaalai* IAU novo 2019
Proposta da Mongólia; um nome dado ao urso-de-gobi.
/θj/
Gemini ε Geminorum Mebsuta /mɛbˈsuːtə/
Ursa Major δ Ursae Majoris Megrez Membro de Grande Carro ou do Plough (UK). /ˈmiːɡrɛz/
Orion λ Orionis A Meissa Nome tradicional derivado em árabe: الميسان al-maysān ('o brilhante'). /ˈmaɪsə/
Gemini ζ Geminorum Aa Mekbuda /mɛkˈbjuːdə/
Cancer ε Cancri Aa Meleph /θj/
Auriga β Aurigae Aa Menkalinan /mɛŋˈkælᵻnæn/
Cetus α Ceti Menkar Derivado em árabe: منخر manẖar ('nostril'), ou al‑minẖar ('nariz' [de Cetus]).[34][17]:162 /ˈmɛŋkɑːr/
Centaurus θ Centauri Menkent /ˈmɛŋkɛnt/
Perseus ξ Persei Menkib /ˈmɛŋkᵻb/
Ursa Major β Ursae Majoris Merak Membro de Grande Carro ou do Plough (UK). /ˈmɪəræk/
Boötes 38 Boötis Merga /ˈmɜːrɡə/
Corona Australis α Coronae Australis Meridiana /məˌrɪdiˈænə/
Taurus 23 Tauri Aa Merope Membro do aglomerado aberto das Plêiades (M45). Mérope foi uma das irmãs Pleiades na mitologia grega. /ˈmɛrəpi/
Aries γ1 Arietis A Mesarthim /mɛˈsɑːrθᵻm/
Carina β Carinae Miaplacidus /ˌmaɪəˈplæsᵻdəs/
Crux β Crucis Mimosa Também tinha o nome histórico alternativo de "Becrux", uma contração moderna da designação de Bayer.[35] /mᵻˈmoʊsə/
Hydra σ Hydrae Minchir /ˈmɪŋkər/
Virgo δ Virginis Minelauva Soletrado alternadamente Minelava. /ˌmɪnəˈlɔːvə/
Orion δ Orionis Aa Mintaka A estrela mais à direita no Cinturão de Orion. O nome Mintaka em si é derivado em árabe: منطقة manṭaqa ('cinto').[17]:314–315 /ˈmɪntəkə/
Cetus ο Ceti Aa Mira Latim para 'maravilhoso' ou 'surpreendente'; nomeado por Johannes Hevelius em seu Historiola Mirae Stellae (1662). /ˈmaɪərə/
Andromeda β Andromedae Mirach /ˈmaɪræk/
Perseus η Persei A Miram /ˈmaɪræm, ˈmaɪərəm/
Perseus α Persei Mirfak /ˈmɜːrfæk/
Canis Major β Canis Majoris Mirzam /ˈmɜːrzəm/
Perseus κ Persei Aa Misam /ˈmaɪzəm/
Ursa Major ζ Ursae Majoris Aa Mizar Membro de Grande Carro ou do Plough (UK). O nome é originalmente em árabe: المئزر al-miʾzar ('avental, cós, cinto'). Também chamado ('Status'), um dos "Três Estrelas" na mitologia chinesa. Acredita-se que a estrela Lù seja Zhang Xian, que viveu durante a dinastia Shu Superior. A palavra refere-se especificamente ao salário de um funcionário público. Como tal, a estrela Lù é a estrela da prosperidade, posição e influência. /ˈmaɪzɑːr/
Corona Borealis XO-1 Moldoveanu* IAU novo 2019
Proposta romena; nomeado após Monte Moldoveanu, o pico mais alto da Romênia.
/θj/
Virgo HD 130322 Mönch* IAU novo 2019
Proposta da Suíça; nomeado após Mönch, um pico alpino proeminente na Suíça.
/θj/
Eridanus WASP-79 Montuno* IAU novo 2019
Proposta panamenha; um traje de dança tradicional.
/θj/
Pegasus WASP-60 Morava* IAU novo 2019
Proposta da Sérvia; nomeado após o sistema do rio Grande Morava.
/θj/
Delphinus HAT-P-23 Moriah* IAU novo 2019
Proposta palestina; nome antigo do Monte do Templo em Jerusalém.
/mɒˈraɪə/
Triangulum α Trianguli Mothallah /məˈθælə/
Eridanus HD 30856 Mouhoun* IAU novo 2019
Proposta de Burquina Fasso; em homenagem ao Rio Volta Negro, o maior rio.
/θj/
Cetus WASP-71 Mpingo* IAU novo 2019
Proposta da Tanzânia; nomeado após Dalbergia melanoxylon, uma árvore cuja madeira de ébano é usada para instrumentos musicais.
/ɛmˈpɪŋɡoʊ/
Canis Major γ Canis Majoris Muliphein /ˈmjuːlᵻfeɪn/
Boötes η Boötis Aa Muphrid Soletração tradicional alternativa de Mufrid. /ˈmjuːfrᵻd/
Ursa Major ο Ursae Majoris A Muscida /ˈmjuːsᵻdə/
Delphinus 18 Delphini Musica IAU novo 2015
Latim para 'música' (a vida do antigo músico grego Árion foi salva no mar por golfinhos (delphinus) depois de atrair sua atenção ao tocar seu cithara).[25]
/ˈmjuːzᵻkə/
Perseus HAT-P-29 Muspelheim* IAU novo 2019
Proposta dinamarquesa; nomeado após o reino mitológico nórdico de fogo Muspelheim.
/θj/
Cancer ξ Cancri A Nahn /ˈnɑːn/
Dorado WASP-62 Naledi* IAU novo 2019
Proposta sul-africana; significa 'estrela' nas línguas sesoto, tswana e sepedi.
/θj/
Puppis ζ Puppis Naos /ˈneɪ.ɒs/
Sagittarius γ1 Sagittarii A Nash† Junto com a mais brilhante estrela γ2 Sagittarii (Alnasl), faz parte do bico do asterismo Teapot. /θj/
Capricornus γ Capricorni A Nashira /ˈnæʃɪrə/
Ursa Major HD 68988 Násti* IAU novo 2019
Proposta norueguesa; significa 'estrela' nas línguas lapônicas.
/θj/
Vela HD 85390 Natasha* IAU novo 2019
Proposta zambiana; significa 'obrigado' em muitas línguas nacionais.
/θj/
Cassiopeia γ Cassiopeiae Navi† "Navi" é um nome moderno, devido a Gus Grissom (seu nome do meio "Ivan" escrito ao contrário). /θj/
Boötes β Boötis Nekkar /ˈnɛkɑːr/
Andromeda 51 Andromedae Nembus /ˈnɛmbəs/
Phoenix HD 6434 Nenque* IAU novo 2019
Proposta equatoriana; significa 'o Sol' na linguagem das tribos huaorani.
/ˈnɛŋkiː/
Auriga HD 49674 Nervia* IAU novo 2019
Proposta belga; adaptado de Nérvios, uma tribo celta.
/ˈnɜːrviə/
Lepus β Leporis A Nihal /ˈnaɪ.æl/
Boötes HD 136418 Nikawiy* IAU novo 2019
Proposta canadense; significa 'mãe' na língua cree.
/θj/
Puppis HD 48265 Nosaxa* IAU novo 2019
Proposta da Argentina; significa 'primavera' na língua Mocoví.
/θj/
Sagittarius σ Sagittarii Aa Nunki Juntamente com τ Sagittarii, ele compõe a alça do asterismo Teapot. /ˈnʌŋki/
Corona Borealis β Coronae Borealis A Nusakan /ˈnjuːsəkæn/
Cassiopeia HD 17156 Nushagak* IAU novo 2019
Proposta dos Estados Unidos; nomeado após o Rio Nushagak no Alasca.
/ˈnuːʃᵻɡæk/
Centaurus WASP-15 Nyamien* IAU novo 2019
Proposta da Costa do Marfim; nomeado após a divindade criadora suprema da religião Akan.
/θj/
Hércules HD 149026 Ogma IAU novo 2015
Nomeado após Ogma, uma divindade na mitologia celta.[25]
/ˈɒɡmə/
Aquila ζ Aquilae A Okab /ˈoʊkæb/
Scorpius τ Scorpii A Paikauhale IAU novo 2018 /ˌpaɪkaʊˈhɑːleɪ/
Peixes WASP-32 Parumleo* IAU novo 2019
Proposta de Cingapura; o nome é latim para 'pequeno leão'.
/pærəmˈliːoʊ/
Pavo α Pavonis Aa Peacock Designado "Peacock" (em homenagem à constelação) pelo HM Nautical Almanac Office para a Força Aérea Real Britânica na década de 1930.[23] /ˈpiːkɒk/
Aquila WASP-80 Petra* IAU novo 2019
Proposta jordaniana; Nomeado após Petra, a cidade arqueológica e Patrimônio Mundial da UNESCO.
/ˈpiːtrə/
Columba α Columbae Phact /ˈfækt/
Ursa Major γ Ursae Majoris Aa Phecda Membro de Grande Carro ou do Plough (UK). Os nomes tradicionais alternativos são Phekda ou Phad. /ˈfɛkdə/
Ursa Minor γ Ursae Minoris Pherkad /ˈfɜːrkæd/
Aquila HD 192263 Phoenicia* IAU novo 2019
Proposta libanesa; nomeado após a Fenícia, a antiga civilização.
/fᵻˈnɪʃ(i)ə/
Cancer λ Cancri Piautos /piˈɔːtɒs/
Sagittarius HD 164604 Pincoya* IAU novo 2019
Proposta chilena; em homenagem a Pincoya, um espírito aquático feminino da mitologia local.
/pɪŋˈkɔɪə/
Hércules TrES-3 Pipoltr* IAU novo 2019
Proposta do Liechtenstein; o nome de uma borboleta brilhante e visível no dialeto local de Triesenberg.
/θj/
Scorpius μ2 Scorpii A Pipirima /pᵻˈpɪrᵻmə/
Taurus 28 Tauri Aa Pleione Membro do aglomerado aberto das Plêiades (M45). Pleione era a mãe das irmãs Plêiades na mitologia grega. /ˈplaɪəniː, ˈpliːəniː/
Tucana HD 221287 Poerava* IAU novo 2019
Proposta das Ilhas Cook; significa uma grande pérola negra mística na língua maori das Ilhas Cook.
/θj/
Ursa Minor α Ursae Minoris Polaris Tornou-se conhecido como stella polaris ('estrela polar') durante a Renascença.[9]:23 Veja Estrela Polar para outros nomes com base em sua posição perto do pólo celestial. /poʊˈlɛərᵻs/
Octans σ Octantis Polaris Australis Veja Estrela do Sul. /poʊˈlɛərᵻs ɔːˈstreɪlᵻs/
Sagittarius μ Sagittarii Aa Polis /ˈpɒlᵻs/
Gemini β Geminorum Pollux /ˈpɒləks/
Virgo γ Virginis A Porrima /ˈpɒrɪmə/
Leo Minor 46 Leonis Minoris Praecipua /prᵻˈsɪpjuə/
Taurus γ Tauri A Prima Hyadum /ˌpraɪmə ˈhaɪədəm/
Canis Minor α Canis Minoris A Procyon em grego clássico: προκύον prokuon ('precedendo o cachorro') (viz. Sirius); Latinizado como Antecanis. /ˈproʊsiɒn/
Gemini η Geminorum A Propus /ˈproʊpəs/
Centaurus α Centauri C Proxima Centauri A estrela mais próxima do Sol. /ˌprɒksɪmə sɛnˈtɔːraɪ/
Eridanus ε Eridani Ran IAU novo 2015
Nomeado após Ran, a deusa nórdica do mar.[25]
/θj/
Scorpius HD 153950 Rapeto* IAU novo 2019
Proposta de Madagascar; o nome de uma criatura gigante do folclore.
/θj/
Leo μ Leonis Rasalas /ˈræsəlæs/
Hércules α1 Herculis Aa Rasalgethi Também escrito como Ras Algethi. /ˌræsəlˈdʒiːθi/
Ophiuchus α Ophiuchi A Rasalhague Também escrito como Ras Algethi. /ˈræsəlheɪɡ/
Draco β Draconis A Rastaban /ˈræstəbæn/
Vela γ Velorum Regor† Também conhecido como Suhail e Suhail al Muhlif, que também se aplicam a λ Velorum (Suhail). /ˈriːɡɔːr/
Leo α Leonis A Regulus Latim para 'príncipe' ou 'pequeno rei'. Regulus era conhecido pelos astrólogos persas como "Venant, Vigilante do Norte", uma das estrelas reais. /ˈrɛɡjʊləs/
Peixes ζ Piscium A Revati /ˈreɪvəti/
Orion β Orionis A Rigel Nome tradicional registrado pela primeira vez nas Tábuas Afonsinas de 1252 e derivado do nome الرجل الجوزاء اليسرى ar-rijl al-jawzāʾ al-yasrá ('a perna esquerda (pé) de Jauzah') (rijl significando 'perna, pé').[17]:312–313 /ˈraɪdʒəl/
Centaurus α Centauri A Rigil Kentaurus O nome é originalmente em árabe: رجل قنطورس rijl qantūris ('pé do centauro'). /ˈraɪdʒəl kɛnˈtɔːrəs/
Ophiuchus HD 149143 Rosalíadecastro* IAU novo 2019
Proposta espanhola; em homenagem à escritora Rosalía de Castro.
/θj/
Delphinus β Delphini A Rotanev O nome apareceu em Piazzi's Palermo Star Catalogue em 1814, adicionado por Niccolò Cacciatore como uma brincadeira junto com Sualocin (α Delphini); "Rotanev" é Venator, a forma latim de em italiano: Cacciatore ('caçador'), soletrado ao contrário. /ˈroʊtənɛv/
Cassiopeia δ Cassiopeiae Aa Ruchbah Derivado em árabe: ركبة rukba ('joelho').[36] O nome histórico alternativo Ksora apareceu em uma publicação de 1951, Atlas Coeli (Skalnate Pleso Atlas of the Heavens) do astrônomo tcheco Antonín Bečvář; o professor Paul Kunitzch não conseguiu encontrar nenhuma pista sobre a origem do nome.[9]:62 /ˈrʌkbə/
Sagittarius α Sagittarii Rukbat /ˈrʌkbæt/
Ophiuchus η Ophiuchi A Sabik /ˈseɪbɪk/
Auriga ζ Aurigae A Saclateni /sækləˈtiːni/
Aquarius γ Aquarii Aa Sadachbia /səˈdækbiə/
Pegasus μ Pegasi Sadalbari /ˌsædəlˈbɛəri/
Aquarius α Aquarii A Sadalmelik /ˌsædəlˈmɛlɪk/
Aquarius β Aquarii A Sadalsuud /ˌsædəlˈsuːəd/
Cygnus γ Cygni A Sadr /ˈsædər/
Leo HD 100777 Sagarmatha* IAU novo 2019
Proposta nepalesa; o nome nepalês para o pico mais alto do mundo (Monte Everest).
/sæɡərˈmɑːθə/
Orion κ Orionis Saiph Nome tradicional em árabe: سیف الجبار sayf al-jabbār, literalmente 'espada' do gigante'.[37] /ˈseɪf/
Pegasus τ Pegasi Salm /ˈsɑːm/
Piscis Austrinus HD 205739 Sāmaya* IAU novo 2019
Proposta do Sri Lanka; significa 'paz' na língua cingalesa.
/θj/
Sagitta HAT-P-34 Sansuna* IAU novo 2019
Proposta maltesa; um gigante mitológico dos contos populares malteses.
/θj/
Scorpius θ Scorpii A Sargas /ˈsɑːrɡæs/
Hércules δ Herculis Aa Sarin /ˈsɛərɪn/
Ursa Major θ Ursae Majoris Sarir† /θj/
Eridanus 53 Eridani A Sceptrum Anteriormente "p Sceptri" na constelação de Sceptrum Brandenburgicum. /ˈsɛptrəm/
Pegasus β Pegasi Scheat /ˈʃiːæt/
Cassiopeia α Cassiopeiae Schedar Também tradicionalmente tinha o nome de Schedir; ambos originalmente em árabe: صدر ṣadr ('seios'); também chamado الضاة الكرسي aḍ-ḍāh al-kursiyy ('a senhora na cadeira' de Ulugue Begue, de onde Dath Elkarti por Giovanni Battista Riccioli em 1651. /ˈʃɛdɑːr/
Taurus δ Tauri Aa Secunda Hyadum /sᵻˈkʌndə ˈhaɪədəm/
Cassiopeia ε Cassiopeiae Segin De uma transcrição errada de Seginus, o nome tradicional para γ Boötis.[38] /ˈsɛɡᵻn/
Boötes γ Boötis Aa Seginus Transcrição incorreta da forma árabe de Boötes. /sᵻˈdʒaɪnəs/
Sagitta α Sagittae Sham /ˈʃæm/
Leo HD 99109 Shama* IAU novo 2019
Proposta do Paquistão; um termo literário urdu que significa 'uma pequena lâmpada ou chama'.
/θj/
Scorpius HIP 79431 Sharjah* IAU novo 2019
Proposta dos Emirados Árabes Unidos; em homenagem a Xarja, a capital cultural e cidade do conhecimento dos Emirados Árabes Unidos.
/ˈʃɑːrdʒə/
Scorpius λ Scorpii Aa Shaula /ˈʃɔːlə/
Lyra β Lyrae Aa1 Sheliak /ˈʃiːliæk/
Aries β Arietis A Sheratan /ˈʃɛrətæn/
Sagittarius HD 181720 Sika* IAU novo 2019
Proposta ganense; significa 'ouro' na língua jeje.
/θj/
Canis Major α Canis Majoris A Sirius em grego clássico: Σείριος 'o abrasador'; em egípcio Sótis, traduzido em grego como Σῶθις Sōthis. Como a estrela mais brilhante do céu, Sirius tem nomes próprios em várias culturas, incluindo polinésia (em maori: Takurua; em havaiano: Ka'ulua ('Rainha do paraíso'), entre outros). Também conhecida como "Estrela Cachorro". /ˈsɪriəs/
Aquarius κ Aquarii A Situla /ˈsɪtjʊlə/
Aquarius δ Aquarii A Skat /ˈskæt/
Pegasus BD+14 4559 Solaris* IAU novo 2019
Proposta polonesa; em homenagem a Solaris, um romance de Stanisław Lem.
/soʊˈlɑːrᵻs/
Virgo α Virginis Aa Spica Outros nomes tradicionais são Azimech, em árabe: السماك الأعزل as-simāk al-ʾaʿzal ('o indefeso') e Alarph, Árabe para 'o apanhador de uvas'. Conhecido em astronomia indiana como Chitra ('o brilhante'). /ˈspaɪkə/
Andromeda HAT-P-6 Sterrennacht* IAU novo 2019
Proposta neerlandesa; nomeado após A Noite Estrelada de Vincent van Gogh.
/θj/
Lynx HD 75898 Stribor* IAU novo 2019
Proposta croata; nomeado após Stribog, o deus dos ventos na mitologia eslava. Stribor também é personagem do livro Priče iz davnine (Croatian Tales of Long Ago), de Ivana Brlić-Mažuranić.
/θj/
Delphinus α Delphini Aa Sualocin O nome apareceu em Piazzi's Palermo Star Catalogue em 1814, adicionado por Niccolò Cacciatore como uma pegadinha junto com Rotanev (β Delphini); "Sualocin" é Nicolaus, a forma latim de em italiano: Niccolò ('Nicholas'), soletrado ao contrário. /suˈɒloʊsɪn/
Leo ο Leonis Aa Subra /ˈsuːbrə/
Vela λ Velorum Suhail Tradicionalmente, esse nome também se aplica a γ Velorum (Regor). /ˈsuːheɪl/
Lyra γ Lyrae Sulafat /ˈsuːləfæt/
Virgo ι Virginis Syrma /ˈsɜːrmə/
Orion π3 Orionis Tabit /ˈteɪbɪt/
Lacerta HAT-P-40 Taika* IAU novo 2019
Proposta lituana; significa 'paz' na língua lituana.
/θj/
Ursa Major χ Ursae Majoris Taiyangshou Do nome chinês 太陽守 Tàiyángshǒu ('guarda do sol'). /ˌtaɪæŋˈʃoʊ/
Draco 8 Draconis Taiyi Do nome chinês 太乙 Tàiyǐ ou 太一 Tàiyī ('o grande'), ambos se referem a Tao. /ˌtaɪˈjiː/
Ursa Major ι Ursae Majoris Aa Talitha Também chamada de Talitha Borealis, já que a Talitha originalmente se referia a κ Ursae Majoris (Alkaphrah) e ι Ursae Majoris juntas. /ˈtælᵻθə/
Pegasus WASP-21 Tangra* IAU novo 2019
Proposta búlgara; nomeado após Tengri, o deus que os primeiros búlgaros adoravam.
/θj/
Ursa Major μ Ursae Majoris A Tania Australis /ˈteɪniə ɔːˈstreɪlᵻs/
Ursa Major λ Ursae Majoris A Tania Borealis /ˈteɪniə ˌbɒriˈælᵻs/
Carina HD 63765 Tapecue* IAU novo 2019
Proposta boliviana; significa 'Via Láctea' nas línguas guaranis.
/θj/
Aquila γ Aquilae Tarazed Soletração tradicional alternativa de Tarazet. /ˈtærəzɛd/
Cancer β Cancri A Tarf /ˈtɑːrf/
Taurus 19 Tauri Aa Taygeta Membro do aglomerado aberto das Plêiades (M45). Taigete foi uma das irmãs Plêiades na mitologia grega. /teɪˈɪdʒᵻtə/
Cancer ζ1 Cancri A Tegmine Nome tradicional alternativo de Tegmen. /ˈtɛɡmᵻniː/
Gemini μ Geminorum Aa Tejat Nome tradicional, também denominado Tejat Posterior. /ˈtiːdʒət/
Sagittarius ω Sagittarii A Terebellum De Ptolomeu τετράπλευρον tetrapleuron ('quadrilátero'), um grupo de quatro estrelas, das quais ω Sagittarii é a mais brilhante. /tɛrᵻˈbɛləm/
Auriga HAT-P-9 Tevel* IAU novo 2019
Proposta israelense; significa 'mundo' ou 'universo' na língua hebraica.
/θj/
Orion υ Orionis Thabit† /ˈθeɪbɪt/
Eridanus υ2 Eridani Theemin Também escrito como Theemim ou Beemin. /ˈθiːmən/
Draco α Draconis A Thuban /ˈθjuːbæn/
Grus β Gruis Tiaki /tiˈɑːki/
Taurus ζ Tauri A Tianguan Em chinês, 天關 Tiānguān ('portão celestial'). Também relatado como em acádio: Shurnarkabti-sha-shūtū ('a estrela no touro em direção ao sul' ou 'a estrela do sul em direção à carruagem').[17]:391 /tiænˈɡwɑːn/
Draco 7 Draconis Tianyi Do nome chinês 天乙 Tiānyǐ ou 天一 Tiānyī ('o Celestial Grande'), uma divindade no Taoismo. /tiænˈjiː/
Ophiuchus HD 148427 Timir* IAU novo 2019
Proposta de Bangladesh; significa 'escuridão' na língua bengali.
/θj/
Puppis WASP-161 Tislit* IAU novo 2019
Proposta marroquina; nomeado após o lago Tislit e significa 'a noiva' nas línguas berberes. Associado a uma garota de coração partido na lenda.
/θj/
Andromeda υ Andromedae A Titawin IAU novo 2015
Named after the settlement in northern Morocco and UNESCO World Heritage Site now known as the medina (old town) of Tétouan.[25]
/tɪtəˈwiːn/
Eridanus WASP-22 Tojil* IAU novo 2019
Proposta da Guatemala; o Tohil (divindade patrona) dos quichés.
/θj/
Centaurus α Centauri B Toliman O nome é originalmente em árabe: ظليمان ẓalīmān ('dois avestruzes (machos)'). /ˈtɒlɪmæn/
Camelopardalis HD 104985 Tonatiuh IAU novo 2015
Nomeado após Tonatiuh, o deus asteca do Sol.[25]
/toʊnəˈtiːuː/
Peixes ο Piscium A Torcular /ˈtɔːrkjʊlər/
Canes Venatici HAT-P-36 Tuiren* IAU novo 2019
Proposta irlandesa. A tia do guerreiro Fionn Mac Cumhaill da mitologia irlandesa.
/θj/
Crux HD 108147 Tupã* IAU novo 2019
Proposta paraguaia; Tupã é o nome de Deus na língua guarani.
/θj/
Reticulum HD 23079 Tupi* IAU novo 2019
Proposta brasileira; em homenagem ao povo indígena Tupi.
/ˈtuːpi/
Puppis ρ Puppis A Tureis /ˈtjʊəreɪs/
Hydra ι Hydrae Ukdah /ˈʌkdə/
Centaurus HD 102117 Uklun* IAU novo 2019
Proposta das Ilhas Pitcairn. Aklen significa 'nós' na língua pitcairnesa.
/ˈʌklən/
Serpens α Serpentis Unukalhai A partir de em árabe: عنق الحية ʿunuq al-ḥayya ('o pescoço da serpente'), chamado Cor Serpentis ('Heart of the Serpent') em Latim. /ˌjuːnək.ælˈheɪ/
Canis Major σ Canis Majoris Unurgunite /ˌʌnərˈɡʌnaɪt/
Sagitta HD 231701 Uruk* IAU novo 2019
Proposta iraquiana; em homenagem a Uruque, uma antiga cidade da Suméria e da Babilônia na Mesopotâmia.
/ˈʊrʊk/
Lyra α Lyrae Vega O nome é originalmente em árabe: النسر الواقع an-nasr al-wāqiʿ ('o abutre pousando') também traduzido como vulture cadens ('abutre caindo') (Veja também Aetos Dios, Aves do Lago Estínfalo). Como a segunda estrela mais brilhante no céu setentrional, Vega tem nomes em várias culturas. Em chinês, é conhecido como 織女 ('menina de tecelagem') da história de amor de Qi Xi. Vega é um dos vértices do asterismo Triângulo de Verão. /ˈviːɡə, ˈveɪɡə/
Andromeda 14 Andromedae A Veritate IAU novo 2015
Latim para 'onde há verdade'.[25]
/ˌvɛrᵻˈteɪtiː/
Virgo ε Virginis Vindemiatrix Vindemiatrix is Latin for '(female) grape gatherer'. /vɪnˌdiːmiˈeɪtrɪks/
Gemini δ Geminorum Aa Wasat /ˈweɪsət/
Columba β Columbae Wazn /ˈwɒzən/
Canis Major δ Canis Majoris Aa Wezen /ˈwiːzən/
Phoenix ζ Phoenicis Aa Wurren Nome tradicional na cultura do povo Wardaman do Território do Norte da Austrália.[30] /ˈwʊrən/
Scorpius μ1 Scorpii Aa Xamidimura /ˌkæmidiˈmʊərə/
Lyra HD 173416 Xihe* IAU novo 2019
Proposta de Nanquim; Xihe é a deusa do Sol na mitologia chinesa. A estrela também representa os primeiros astrônomos e fabricantes de calendários chineses.
/ˈʃiːhə/
Boötes λ Boötis Xuange Do nome chinês 玄戈 Xuángē ('lança sombria'). /θj/
Ophiuchus ε Ophiuchi Yed Posterior /ˌjɛd pɒˈstɪəriər/
Ophiuchus δ Ophiuchi Yed Prior /ˌjɛd ˈpraɪər/
Ursa Minor δ Ursae Minoris Yildun De yildiz, turco para 'estrela'. /jɪlˈdʌn/
Virgo η Virginis Aa Zaniah /ˈzeɪniə/
Eridanus γ Eridani Zaurak Nome tradicional, soletrado alternativamente Zaurac; originalmente em árabe: زورق zawraq ('barco').[17]:218 /ˈzɔːræk/
Virgo β Virginis Zavijava /ˌzævᵻˈdʒævə/
Hydra υ1 Hydrae A Zhang Do nome chinês Zhāng ('rede estendida'). /ˈdʒæŋ/
Eridanus ζ Eridani Aa Zibal /ˈzaɪbəl/
Leo δ Leonis Zosma /ˈzɒzmə/
Libra α2 Librae Aa Zubenelgenubi /zuːˌbɛnɛldʒᵻˈnuːbi/
Libra γ Librae A Zubenelhakrabi /zuːˌbɛnɛlˈhækrəbi/
Libra β Librae Zubeneschamali /zuːˌbɛnɛʃəˈmeɪli/
Nomes que precisam de verificação
Constelação Designação Nome próprio atual Nomes históricos/comentários
Capricornus δ Capricorni Scheddi†
Leo ε Leonis Ras Elased Australis†
Eridanus δ Eridani Rana† Rana é latim para 'sapo'.
Virgo μ Virginis Rijl al Awwa†
Cygnus ω2 Cygni Ruchba†
Auriga ζ Aurigae Sadatoni†
Ophiuchus ν Ophiuchi Sinistra†
Sagittarius δ Sagittarii Media†
Cetus α Ceti Menkab†
Corvus ε Corvi Minkar†
Canis Major β Canis Majoris Murzim†
Ursa Major π Ursae Majoris Muscida†
Orion ι Orionis Nair Al Saif†
Sagittarius γ2 Sagittarii Nash†
Capricornus π Capricorni Okul†
Capricornus α Capricorni Giedi†
Scorpius κ Scorpii Girtab†
Perseus ρ Persei Gorgonea Tertia†
Auriga ζ Aurigae Haedus†
Orion λ Orionis Heka†
Auriga ζ Aurigae Hoedus (I)†
Auriga η Aurigae Hoedus II†
Auriga ι Aurigae Kabdhilinan†
Capricornus ε Capricorni Kastra†
Draco ν Draconis Kuma†
Ursa Major ι Ursae Majoris Dnoces†
Leo δ Leonis Duhr†
Triangulum α Trianguli Elmuthalleth†
Peixes β Piscium Fum al Samakah†
Triangulum Australe γ Trianguli Australis Gatria†
Sagittarius ζ Sagittarii Askella†
Canes Venatici β Canum Venaticorum Asterion†
Virgo δ Virginis Auva†
Auriga ζ Aurigae Azaleh†
Pegasus θ Pegasi Baham†
Ursa Major η Ursae Majoris Benetnasch†
Triangulum Australe β Trianguli Australis Betria†
Canes Venatici α2 Canum Venaticorum Chara†
Ophiuchus β Ophiuchi Cheleb†
Serpens β Serpentis Chow†
Delphinus ε Delphini Deneb Dulfim†
Cetus ι Ceti Deneb Kaitos Schemali†
Cetus η Ceti Dheneb†
Aquila ι Aquilae Al Thalimain†
Aquila λ Aquilae Al Thalimain†
Virgo γ Virginis Arich†
Capricornus η Capricorni Armus†
Corona Australis α Coronae Australis Alfecca Meridiana†
Cepheus ξ Cephei Alkurah†
Cepheus γ Cephei Alrai†
Sagittarius α Sagittarii Alrami†
Gemini η Geminorum Tejat Prior†
Draco ε Draconis Tyl†
Libra γ Librae Zuben-el-Akrab†
Libra δ Librae Zuben-el-Akribi†
Virgo γ Virginis Arich†

Notas

  1. A NASA compilou um "memorando técnico" reunindo um total de 537 estrelas nomeadas em 1971.
  2. Poucos desses nomes têm pronúncias estabelecidas em inglês, e é preciso ter cuidado ao interpretar fontes frequentemente contraditórias. Por exemplo, como Kunitzsch e Smart explicam em sua introdução, eles às vezes misturam as pronúncias do árabe e do inglês de maneiras inovadoras que os nomes de estrelas árabes latinizados não eram tradicionalmente pronunciados, como transcrever a como se fosse u ou formar vogais pré-penúltimas longas porque eles eram longos em árabe quando uma pronúncia literária em inglês os tornava curtos. (Em alguns casos, o resultado não é uma combinação possível de sons em inglês). O dicionário Webster, Rumrill e Davis podem tentar renderizar a pronúncia original do árabe usando sons do inglês como aproximações, e não distinguir aquela pronúncia pseudo-árabe de uma pronúncia do inglês que as pessoas realmente usam. (Kunitzsch e o OED tentam distinguir esses dois casos). Quando as fontes discordam sobre os nomes árabes latinizados, segue-se a forma mais próxima da pronúncia tradicional do latim em inglês, com a suposição de que o comprimento da vogal latina geralmente não marcada é tão fiel ao árabe quanto ao grego.
  3. Allen (1899) vê o nome como originado de um mal-entendido das palavras ab ireo na descrição de Cygnus de Almagest.[17]:196

ReferênciasEditar

  1. a b c «Naming Stars». International Astronomical Union. Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 11 de outubro de 2020 
  2. a b «Division C WG Star Names». International Astronomical Union. Consultado em 22 de maio de 2016. Cópia arquivada em 10 de junho de 2016 
  3. «Bulletin of the IAU Working Group on Star Names» (PDF). Julho de 2016. Consultado em 28 de julho de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 9 de setembro de 2016 
  4. «Final Results of NameExoWorlds Public Vote Released» (Nota de imprensa). International Astronomical Union. 15 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 17 de dezembro de 2015 
  5. a b c d «Bulletin of the IAU Working Group on Star Names» (PDF). Novembro de 2016. Consultado em 16 de dezembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 17 de abril de 2018 
  6. «National campaigns». IAU 100 Years: Under One Sky. NameExoWorlds. International Astronomical Union. Cópia arquivada em 3 de agosto de 2020 
  7. «Approved names». IAU 100 Years: Under One Sky. NameExoWorlds. International Astronomical Union. Cópia arquivada em 26 de setembro de 2020 
  8. «Division C/Working Group Star Names: Triennial Report 2016–2018» (PDF). p. 5. Consultado em 14 de julho de 2018. Cópia arquivada (PDF) em 15 de julho de 2018 
  9. a b c Kunitzsch, Paul; Smart, Tim (2006) [1986]. A Dictionary of Modern Star Names: A Short Guide to 254 Star Names and Their Derivations 2nd rev. ed. Cambridge, MA: Sky Publishing. ISBN 978-1-931559-44-7 
  10. Rumrill, H. B. (junho de 1936). «Star Name Pronunciation». San Francisco, CA. Publications of the Astronomical Society of the Pacific. 48 (283): 139. Bibcode:1936PASP...48..139R. doi:10.1086/124681  
  11. Davis, George A., Jr. (1944). «The Pronunciations, Derivations, and Meanings of a Selected List of Star Names». Popular Astronomy. 52. pp. 8–30. Bibcode:1944PA.....52....8D  
  12. Oxford English Dictionary 3rd ed. [S.l.]: Oxford University Press. Setembro de 2005 
  13. Merriam-Webster Dictionary 
  14. Hoffleit, D.; Warren, W. H., Jr. (novembro de 1995). «VizieR Online Data Catalog: Bright Star Catalogue, 5th Revised Ed. (Hoffleit+, 1991)». VizieR On-line Data Catalog: V/50. Originally Published in: 1964BS....C......0H. 5050. Bibcode:1995yCat.5050....0H 
  15. Lowrie, Walter Macon (1849). Memoirs of the Rev. Walter M. Lowrie: Missionary to China. [S.l.]: R. Carter & brothers. p. 93 
  16. Mackworth, P. H.; Commander van Balkom; Everitt, P. F.; Sadler, D. H.; Squadron-Leader May; Bennett, D. C. T.; Hinks, A. R.; Black, Archibald; Squadron-Leader Barnes; Comrie, L. J. (agosto de 1938). «The Air Almanac: Discussion on the New Form of Nautical Allowance for Rapid Position Finding». Royal Geographical Society. The Geographical Journal. 92 (2): 137, 145. JSTOR 1788749. doi:10.2307/1788749. Acrus, which seems to be copied from the American Almanacs and is a sort of abbreviation for α Crucis, is philologically horrible. [...] Acrux, an Americanism for α Crucis [...] 
  17. a b c d e f g h i j k l m n Allen, Richard Hinckley (1963) [1899]. Star Names: Their Lore and Meaning. New York, NY: Dover Publications. ISBN 0-486-21079-0 – via LacusCurtius 
  18. Falkner, David E. (2011). «The Winter Constellations». The Mythology of the Night Sky. Col: Patrick Moore's Practical Astronomy Series. [S.l.: s.n.] pp. 19–56. ISBN 978-1-4614-0136-0. doi:10.1007/978-1-4614-0137-7_3 
  19. Jetsu, L.; Porceddu, S. (17 de dezembro de 2015). «Shifting Milestones of Natural Sciences: The Ancient Egyptian Discovery of Algol's Period Confirmed». PLOS One. 10 (12): e0144140. Bibcode:2015PLoSO..1044140J. PMC 4683080 . PMID 26679699. arXiv:1601.06990 . doi:10.1371/journal.pone.0144140  
  20. Ridpath, Ian (1989). «Sagittarius». Star Tales. [S.l.]: James Clarke & Co. p. 113. ISBN 0-7188-2695-7. Cópia arquivada em 11 de outubro de 2020 – via IanRidpath.com 
  21. Knobel, E. B. (14 de junho de 1895). «Al Achsasi Al Mouakket, on a catalogue of stars in the Calendarium of Mohammad Al Achsasi Al Mouakket». Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. 55 (8): 429. Bibcode:1895MNRAS..55..429K. doi:10.1093/mnras/55.8.429  
  22. Stenner, Paul (26 de fevereiro de 2015). «A Transdisciplinary Psychosocial Approach». In: Martin, Jack; Slaney, Kathleen L.; Sugarman, Jeff. The Wiley Handbook of Theoretical and Philosophical Psychology: Methods, Approaches, and New Directions for Social Sciences. [S.l.]: John Wiley & Sons. p. 311 
  23. a b Sadler, Donald H. (2008). Wilkins, George A., ed. «A Personal History of H.M. Nautical Almanac Office» (PDF). United Kingdom Hydrographic Office. p. 48. Consultado em 2 de agosto de 2016. Arquivado do original (PDF) em 25 de dezembro de 2010 
  24. Kunitzsch, Paul (1 de maio de 1986). «The Star Catalogue Commonly Appended to the Alfonsine Tables». Journal for the History of Astronomy. 17 (2): 89–98. Bibcode:1986JHA....17...89K. doi:10.1177/002182868601700202 
  25. a b c d e f g h i j k l m n «The Approved Names». NameExoWorlds. International Astronomical Union. Arquivado do original em 26 de março de 2019 
  26. Burnham, Robert, Jr. (1978). Burnham's Celestial Handbook: An Observer's Guide to the Universe Beyond the Solar System. 1. [S.l.]: Dover Publications. p. 359 
  27. Ridpath, Ian (1989). «Canes Venatici». Star Tales. [S.l.]: James Clarke & Co. ISBN 0-7188-2695-7. Cópia arquivada em 8 de outubro de 2020 – via IanRidpath.com 
  28. «Gacrux/Gamma Crucis 2?». Sol Station. Sol Company. Consultado em 3 de novembro de 2011. Cópia arquivada em 3 de novembro de 2011 
  29. Lesikar, Arnold V. «Gacrux». Dome Of The Sky. Consultado em 3 de novembro de 2011. Arquivado do original em 28 de setembro de 2011 
  30. a b c «IAU Approves 86 New Star Names From Around the World» (Nota de imprensa). International Astronomical Union. 11 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2017 
  31. Aitken, R. G. (junho de 1924). «The Zodiacal Constellation Scorpio». Publications of the Astronomical Society of the Pacific. 36 (211): 124–130. Bibcode:1924PASP...36..124A. JSTOR 40692425. doi:10.1086/123392  
  32. «NameExoWorlds Brunei – Bruneiastronomy.org» (em inglês). Consultado em 11 de outubro de 2020 
  33. Norton, Arthur P.; Inglis, J. Gall (1959). Norton's Star Atlas and Telescopic Handbook 14th ed. Edinburgh: Gall and Inglis. p. 52 – via Internet Archive 
  34. Kaler, James B. «Menkar (Alpha Ceti)». Stars. University of Illinois. Consultado em 24 de dezembro de 2011. Cópia arquivada em 31 de maio de 2012 
  35. Hoffleit, Dorrit; Jaschek, Carlos, eds. (1991). The Bright star catalogue 5th rev. ed. New Haven, CT: Yale University Observatory. Bibcode:1991bsc..book.....H 
  36. Bakich, Michael E. (12 de junho de 1995). The Cambridge Guide to the Constellations. [S.l.]: Cambridge University Press. p. 170. ISBN 0-521-44921-9 
  37. Kaler, James B. «Saiph (Kappa Orionis)». Stars. University of Illinois. Consultado em 27 de janeiro de 2012. Cópia arquivada em 2 de fevereiro de 2012 
  38. Simpson, Phil (2012). «3». Guidebook to the Constellations: Telescopic Sights, Tales, and Myths. Col: Patrick Moore Practical Astronomy Series. New York: Springer. ISBN 9781441969408 

Ligações externasEditar