Abrir menu principal

Wikipédia β

Arquidiocese de Belém do Pará

(Redirecionado de Diocese de Belém do Pará)

A Arquidiocese de Belém do Pará (Archidioecesis Belemensis de Pará) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no Brasil. É a sé metropolitana da Província Eclesiástica de Belém do Pará. Pertence ao Conselho Episcopal Regional Norte II da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. A arquiepiscopal está na Catedral Metropolitana de Belém, na cidade de Belém, no Estado do Pará.

Arquidiocese de Belém do Pará
Archidiœcesis Belemensis de Pará
Catedral Metropolitana de Belém do Pará
Localização
País  Brasil
Dioceses Sufragâneas Diocese de Abaetetuba
Diocese de Bragança do Pará
Diocese de Castanhal
Diocese de Macapá
Diocese de Marabá
Diocese de Óbidos
Diocese de Ponta de Pedras
Diocese de Santarém
Diocese de Santíssima Conceição do Araguaia
Diocese de Cametá
Prelazia de Marajó
Prelazia de Itaituba
Prelazia do Xingu
Estatísticas
Área 2,082 km²
Informação
Rito Romano
Criação da Diocese 4 de março de 1720 (297 anos)
Elevação a Arquidiocese 1 de maio de 1906 (111 anos)
Padroeiro Santa Maria de Belém
Governo da Arquidiocese
Arcebispo Alberto Taveira Corrêa
Bispo Auxiliar Irineu Roman, CSJ
Antônio de Assis Ribeiro, SDB
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
(Região Norte 2)
Contatos
Endereço Av. Gov. José Malcher, 915
Página Oficial www.arquidiocesedebelem.com.br

Índice

HistóriaEditar

A Diocese de Belém do Pará (Dioecesis Belemensis de Para) foi ereta canonicamente pelo Papa Clemente XI, por meio da bula Copiosus in Misericordia, de 4 de março de 1719, a partir de território desmembrado da então Diocese do Maranhão, a pedido de Dom João V.

A diocese foi elevada à dignidade de arquidiocese e sé metropolitana a 1 de maio de 1906 por São Pio X, com a bula Sempiternum Humani Generis, juntamente com a Diocese de Mariana, precedidas somente pelas de São Salvador da Bahia (1551), e de São Sebastião do Rio de Janeiro (1575).

GeografiaEditar

Hoje, a arquidiocese conta com uma população aproximada de 2.301.115 milhões de habitantes, com 82% de católicos. O território da arquidiocese é de 3.566,079 km.2, organizada em 80 paróquias.

A arquidiocese abrange os seguintes municípios: Belém, Ananindeua, Benevides, Marituba e Santa Bárbara do Pará.

Bispos e arcebisposEditar

# Nome Período Notas
Arcebispos
10º Dom Alberto Taveira Corrêa 2009 - atualidade Nomeado no dia 30 de dezembro de 2009[1].
Dom Orani João Cardeal Tempesta, O. Cist. 2004 - 2009 Foi nomeado arcebispo do Rio de Janeiro.
Dom Vicente Joaquim Zico, CM 1990 - 2004 Renunciou por limite de idade.
Dom Alberto Gaudêncio Ramos 1957 - 1990 Renunciou por limite de idade.
Dom Mário de Miranda Vilas-Boas 1944 - 1956 Foi nomeado arcebispo coadjutor de Salvador.
Dom Jaime Cardeal de Barros Câmara 1941 - 1943 Foi nomeado arcebispo do Rio de Janeiro.
Dom Antônio de Almeida Lustosa, SDB 1931 - 1941 Foi nomeado arcebispo de Fortaleza.
Dom João Irineu Joffily 1924 - 1931 Renunciou.
Dom Santino Maria da Silva Coutinho 1906 - 1923 Foi nomeado arcebispo de Maceió.
Dom José Marcondes Homem de Melo 1906 Renunciou, e foi nomeado bispo de São Carlos.
Bispos diocesanos
13º Dom Francisco do Rego Maia 1901 - 1906 Renunciou, recebeu o título pessoal de arcebispo.
12º Dom Antônio Manoel de Castilho Brandão 1894 - 1901 Foi nomeado bispo de Alagoas.
11º Dom Jerônimo Tomé da Silva 1890 - 1893 Foi nomeado arcebispo de Salvador.
10º Dom Antônio de Macedo Costa 1860 - 1890 Foi nomeado arcebispo de Salvador.
Dom José Afonso de Moraes Torres, CM 1844 - 1857 Renunciou.
Dom Romualdo de Souza Coelho 1820 - 1841 Faleceu.
Dom Manuel de Almeida de Carvalho 1790 - 1818 Faleceu.
Dom Frei Caetano Brandão, TOR 17821790 Foi nomeado arcebispo de Braga.
Dom Frei João Evangelista Pereira da Silva, TOR 1771 - 1782 Faleceu.
Dom João de São José de Queirós da Silveira, OSB 1760 - 1763 Renunciou por ordem régia.
Dom Frei Miguel de Bulhões e Sousa, OP 1748 - 1760 Foi nomeado bispo de Leiria.
Dom Guilherme de São José António de Aranha 1738 - 1748 Renunciou.
Dom Frei Bartolomeu do Pilar, O. Carm. 1720 - 1733 Faleceu.
Bispos auxiliares
Dom Antônio de Assis Ribeiro, SDB 2017 - atualidade Bispo auxiliar
Dom Irineu Roman, CSJ 2013 - atualidade Bispo auxiliar
Dom Teodoro Mendes Tavares, CSSp 2011 - 2015 Bispo Auxiliar.

Nomeado Bispo coadjutor de Ponta de Pedras[2][3]

Dom Carlos Verzeletti 1996 - 2004 Bispo auxiliar. Foi nomeado 1º bispo de Castanhal.
Dom Tadeu Henrique Prost, OFM 1962 - 1992 Bispo auxiliar. Renunciou por limite de idade.
Dom Alano Maria Pena, OP 1975 - 1976 Bispo auxiliar. Foi nomeado prelado coadjutor de Marabá.
Dom Milton Corrêa Pereira 1962 - 1967 Bispo auxiliar. Foi nomeado bispo de Garanhuns.


Linha do tempoEditar

A presente linha do tempo percorre o período compreendido entre 1676, início do pontificado de Inocêncio XI, até a data atual. Faz-se a correspondência dos períodos de governo dos bispos e arcebispos de Belém do Pará, com os períodos dos papados e dos governos do Brasil.

Papa FranciscoPapa Bento XVIPapa João Paulo IIPapa João Paulo IPapa Paulo VIPapa João XXIIIPapa Pio XIIPapa Pio XIPapa Bento XVPapa Pio XPapa Leão XIIIPapa Pio IXPapa Gregório XVIPapa Pio VIIIPapa Leão XIIPapa Pio VIIPapa Pio VIPapa Clemente XIVPapa Clemente XIIIPapa Bento XIVPapa Clemente XIIPapa Bento XIIIPapa Inocêncio XIIIPapa Clemente XIMichel TemerDilma RousseffLuiz Inácio Lula da SilvaFernando Henrique CardosoItamar FrancoFernando Collor de MelloJosé SarneyRegime Militar de 1964João GoulartJânio QuadrosJuscelino Kubitschek de OliveiraNereu de Oliveira RamosCarlos LuzJoão Café FilhoGetúlio VargasEurico Gaspar DutraJosé LinharesVargasRepública VelhaPedro II do BrasilPeríodo regencialPedro I do BrasilJoão VI de PortugalMaria I de PortugalJosé I de PortugalJoão V de PortugalAlberto Taveira CorrêaOrani João TempestaVicente Joaquim ZicoAlberto Gaudêncio RamosMário de Miranda Vilas-BoasJaime de Barros CâmaraAntônio de Almeida LustosaJoão Irineu JoffilySantino Maria da Silva CoutinhoJosé Marcondes Homem de MeloFrancisco do Rego MaiaAntônio Manoel de Castilho BrandãoJerônimo Tomé da SilvaAntônio de Macedo CostaJosé Afonso de Moraes TorresRomualdo de Souza CoelhoManuel de Almeida de CarvalhoCaetano BrandãoJoão Evangelista Pereira da SilvaJoão de São José de Queirós da SilveiraMiguel de Bulhões e SousaGuilherme de São José António de AranhaBartolomeu do Pilar 

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Nomina dell'Arcivescovo Metropolita di Belém do Pará (Brasile)» (em italiano) 
  2. Sala Stampa della Santa Sede (10 de junho de 2015). «Nomina del Coadiutore di Ponta de Pedras (Brasile)». Bollettino della Sala Stampa della Santa Sede (em italiano). Consultado em 10 de junho de 2015 
  3. Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (10 de junho de 2015). «Nomeado bispo coadjutor para Ponta de Pedras (PA)». CNBB. Consultado em 10 de junho de 2015 

BibliografiaEditar

  • BAENA, Antônio Ladislau Monteiro(1782-1850). Compêndio das eras da Província do Pará. Belém: Universidade Federal do Pará, 1969. 395 p.
  • GARDEL, Luis D. Les Armoiries Ecclésiastiques du Brésil (1551-1962). Rio de Janeiro, 1963.
  • GUIA histórico e catálogo da Arquidiocese de Belém. Belém, 1982. 45 p.
  • PINTO, Antônio Rodrigues de Almeida. O bispado do Pará. In: Annaes da Bibliotheca e Archivo Publico do Pará. Tomo V. Belém: Instituto Lauro Sodré, 1906.
  • RAMOS, Alberto Gaudêncio. Cronologia eclesiástica do Pará. Belém: Falângola, 1985. 305 p.

Ligações externasEditar