Abrir menu principal
Fernanda Garay
campeã olímpica
Garay durante os Jogos de Londres, em 2012.
Voleibol
Nome completo Fernanda Garay Rodrigues
Apelido Fê Garay
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 10 de maio de 1986 (33 anos)
Porto Alegre, RS
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 74 kg Altura: 1,79;m
Clube Brasil Praia Clube[1]
Medalhas
Competidora do Bandeira do Brasil Brasil
Jogos Olímpicos
Ouro Londres 2012 Equipe
Campeonatos Mundiais
Prata Japão 2010 Equipe
Bronze Itália 2014 Equipe
Grand Prix
Ouro Sapporo 2013 Equipe
Ouro Tóquio 2014 Equipe
Ouro Bangkok 2016 Equipe
Prata Macau 2011 Equipe
Prata Ningbo 2012 Equipe
Copa dos Campeões
Ouro Japão 2013 Equipe
Jogos Pan-Americanos
Ouro Guadalajara 2011 Equipe
Prata Toronto 2015 Equipe
Jogos Mundiais Militares
Ouro Rio de Janeiro 2011 Equipe
Competidora de Osasco
Campeonatos Mundiais
Ouro Doha 2012 Equipe
Campeonato Sul-Americano
Ouro Osasco 2012 Equipe
Competidora do 600px Fenerbahce.png Fenerbahçe
Copa CEV
Ouro Ecaterimburgo e Istambul 2014 Equipe
Competidora do Dínamo Krasnodar
Campeonatos Mundiais
Prata Zurique 2015 Equipe
Copa CEV
Ouro Krasnodar e Sopot 2015 Equipe
Competidora do Dentil/Praia Club
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Prata Belo Horizonte 2019 Equipe

Fernanda Garay Rodrigues (Porto Alegre, 10 de maio de 1986) é uma jogadora de voleibol brasileira que atua como ponteira. Mais conhecida como Fê Garay, joga com a camisa 16 na Seleção Brasileira.

Índice

CarreiraEditar

Gaúcha, Fernanda Garay desde cedo queria ser jogadora de vôlei. Teve passagens por times como São Caetano, Minas e Pinheiros, bem como pela seleção brasileira de base. Seus ataques potentes e sua agilidade em quadra despertaram interesses em times importantes. Aceitou a proposta, então, do time NEC Red Rockets do Japão, para a temporada 2010/2011. Essa experiência no Japão contribuiu muito para que Fernanda ganhasse destaque internacional, pois, como ela mesma conta: - era a principal atacante do time naquela ocasião.

Em setembro de 2010, ela foi convocada para substituir a jogadora Mari na seleção brasileira, para a disputa do Campeonato Mundial no Japão. Em 2011, foi contratada pelo Vôlei Futuro de Araçatuba, São Paulo, para a Superliga 2011–12, conquistando o terceiro lugar da competição.

No ano de 2012, Fernanda Garay sagra-se campeã olímpica em Londres, jogando como titular e realizando ações importantes, como os saques no jogo contra a seleção russa em que o Brasil salvou seis match points. Fernanda também foi autora do último ponto da final contra a seleção americana e ainda foi a melhor passadora das Olimpíadas.

No mesmo ano, a jogadora é contratada pelo Osasco, de São Paulo, conquistando o Mundial de Clubes 2012 em Doha, no Catar, e o segundo lugar da Superliga 2012–13, sendo eleita a melhor atacante do campeonato, consequentemente, a melhor jogadora.

No ano de 2013, Fernanda Garay consagrou-se ainda mais, conquistando os torneios de Montreux e Alassio com a seleção brasileira, nos quais foi eleita MVP. Ainda em 2013, Fê Garay foi fundamental nas conquistas do Grand Prix, no qual foi a maior pontuadora do Brasil na competição, e do Sul-Americano, sendo eleita uma das melhores ponteiras. No final de setembro, Fernanda Garay transferiu-se para a Turquia, para defender o Fenerbahçe, time pelo qual foi contratada para a temporada 2013–14, jogando ao lado de Alisha Glass, Derya Cayirgan, além de ser comandada pelo técnico italiano Marcelo Abbondanza.[2]

Foi anunciada pelo Dentil/Praia Clube para a temporada 2017-18 e sagrou-se vice-campeã do Campeonato Mineiro de 2017[3] e foi vice-campeã da Copa Brasil de 2018 realizada em Lages[4] e contribuiu para a melhor campanha do clube na história da Superliga Brasileira A 2017-18 e é finalista[5] e contribui para o clube alcançar seu primeiro título nesta competição[6].

Renovou com o mesmo clube para temporada 2018-19 e sagrou-se vice-campeã da edição do Campeonato Mineiro de 2018[7]. No mesmo ano, a jogadora ajudou o time do Praia a conquistar a Supercopa Brasileira de 2018[8], mais tarde disputou a semifinal na edição do Campeonato Mundial de Clubes de 2018, realizada em Shaoxing [9], terminando na quarta colocação[10].

Pelo Dentil/Praia Clube conquistou o vice-campeonato da Copa Brasil de 2019 realizada em Gramado[11] e a medalha de prata no Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2019 realizado novamente em Belo Horizonte e eleita a segunda melhor ponteira da competição[12], e contribuiu para equipe avançar a grande final da Superliga Brasileira 2018-19,machucou-se na primeira partida da série final, mas terminou com o vice-campeonato[13].

ClubesEditar

Seleção brasileiraEditar

  • Grand Prix (2010, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2016)
  • campeonato mundial 2010
  • Jogos Mundiais Militares,

2011

  • Pan-Americano de Guadalajara, 2011
  • Pré-Olímpico, 2012
  • Jogos Olímpicos de Londres, 2012
  • Montreux Volley Masters, 2013
  • Torneio de Alássio, 2013
  • Sul-Americano, 2013
  • Copa dos Campeões, 2013
  • campeonato mundial 2014
  • Jogos Olímpicos Rio, 2016

Títulos e resultadosEditar

Premiações individuaisEditar

Referências

  1. a b «Praia Clube oficializa contratação de Fê Garay para temporada 2017/2018». globoesporte.com. Grupo Globo. 2 de maio de 2017. Consultado em 10 de maio de 2017. Cópia arquivada em 10 de maio de 2017 
  2. Sollys/Nestlé acerta com Fernanda Garay e terá base da seleção na próxima temporada
  3. a b Daniel Ottoni (6 de outubro de 2017). «Minas não dá chances para o Praia e conquista o Mineiro feminino». O Tempo (jornal). Consultado em 9 de junho de 2018. Cópia arquivada em 9 de junho de 2018 
  4. a b Eduardo Vicente (20 de janeiro de 2017). «Vôlei Nestlé é campeão da Copa Brasil 2018». Voleibol.interior.com. Consultado em 19 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de abril de 2018 
  5. Eduardo Vicente (7 de abril de 2018). «Dentil/Praia Clube é o outro finalista da Superliga Feminina.». Voleibol.interior.com. Consultado em 19 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de abril de 2018 
  6. a b «Tandara é a MVP da Superliga 2017/2018. Confira as premiações individuais». Melhor do Vôlei. 22 de abril de 2018. Consultado em 9 de junho de 2018. Cópia arquivada em 23 de abril de 2018 
  7. a b Rodrigo Gini (7 de novembro de 2018). «Minas Tênis supera o Praia Clube e fica com o título no Mineiro Adulto Feminino de Vôlei». Hoje Em Dia. Consultado em 7 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2018 
  8. a b Samuel Pinusa (11 de novembro de 2018). «Praia Clube vence Osasco e é o 1º campeão da Supercopa na era pós-Rio de Janeiro». GloboEsporte.com. Consultado em 30 de dezembro de 2018 
  9. Carolina Canossa (8 de dezembro de 2018). «Minas faz história e Praia Clube esbarra na força da nova geração turca». Saída de Rede. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  10. a b «Praia Clube fica com o quarto lugar no Mundial de vôlei feminino». Diário Online. 9 de dezembro de 2018. Consultado em 30 de dezembro de 2018 
  11. a b «Minas bate Praia Clube de virada e conquista título inédito da Copa Brasil». GloboEsporte.com. 2 de fevereiro de 2019. Consultado em 23 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2019 
  12. a b «Minas atropela o Praia, conquista o Sul-Americano e garante classificação para o Mundial». GloboEsporte.com. 23 de fevereiro de 2019. Consultado em 23 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2019 
  13. «O domínio é azul: Minas se impõe, bate o Praia Clube e é campeão da Superliga após 17 anos». Globo Esporte. 26 de Abril de 2019. Consultado em 26 de Abril de 2019 
  14. «Fernanda Garay confirma acerto para defender o Dinamo Moscou». globoesporte.com. Grupo Globo. 2 de dezembro de 2015. Consultado em 4 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2015 
  15. «Novo clube de Garay, Guangdong Evergrande tenta voltar à Série A chinesa». Melhor do Vôlei. 11 de setembro de 2016. Consultado em 29 de setembro de 2016. Cópia arquivada em 29 de setembro de 2016 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) voleibolista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.