Abrir menu principal

editar

DpedroI-brasil-full.jpg

Pedro I & IV (Queluz, 12 de outubro de 1798 – Queluz, 24 de setembro de 1834) foi o primeiro Imperador do Brasil como Pedro I de 1822 até sua abdicação em 1831, e também brevemente Rei de Portugal e Algarves como Pedro IV entre março e maio de 1826. Era o quarto filho do rei João VI de Portugal e sua esposa a infanta Carlota Joaquina da Espanha, sendo assim um membro da Casa de Bragança. Pedro declarou a Independência do Brasil em 7 de setembro de 1822 e foi aclamado como seu imperador no dia 12 de outubro, porém abdicou em 7 de abril de 1831 em favor de seu filho mais novo Pedro II e partiu para a Europa a fim de reconquistar o trono português para sua filha a rainha Maria II. Pedro acabou morrendo de tuberculose em 24 de setembro de 1834, poucos meses depois dele ter se saído vitorioso.


editar

Juan Carlos I of Spain (2010) cropped.jpg

Juan Carlos da Espanha (Roma, 5 de janeiro de 1938) é o atual rei da Espanha. Nasceu na Itália durante o exílio do seu avô, sendo filho de Juan de Borbón y Battenberg e de Maria das Mercedes de Bourbon e Orléans, Princesa das Duas Sicílias. Por expresso desejo de seu pai, a sua formação fundamental desenvolveu-se na Espanha, onde chegou pela primeira vez aos 10 anos, procedente de Portugal, onde residiam os Condes de Barcelona desde 1946, na vila atlântica do Estoril, e foi aluno interno num colégio dos Marianos da cidade suíça de Friburgo. O ditador General Francisco Franco foi quem nomeou Juan Carlos como rei em 1969, após a Espanha já ter extinto a monarquia. Após a morte de Franco, conseguiu fazer a transição pacífica do regime franquista para a democracia parlamentar.


editar

King Carl XVI Gustaf at National Day 2009 Cropped.png

Carlos XVI Gustavo (Solna, 30 de abril de 1946) é o Rei da Suécia desde 1973, tendo sucedido seu avô Gustavo VI Adolfo. Foi o único filho do príncipe Gustavo Adolfo, Duque da Bótnia Ocidental, e de sua esposa a princesa Sibila de Saxe-Coburgo-Gota, sendo o sétimo monarca sueco da Casa de Bernadotte. Ele é casado com Sílvia Sommerlath, com quem têm três filhos: Vitória, Princesa Herdeira, Carlos Filipe, Duque de Varmlândia, e Madalena, Duquesa da Helsíngia e Gestrícia.


editar

Koning Filip van België.jpg

Filipe (Bruxelas, 15 de abril de 1960) é o Rei da Bélgica desde julho de 2013. É o filho mais velho do rei Alberto II e da rainha Paula de Calábria, tendo ascendido ao trono após a abdicação de seu pai por motivos de saúde. É casado desde dezembro de 1999 com Matilde d'Udekem d'Acoz, com quem tem quatro filhos: Isabel, Duquesa de Brabante e sua herdeira aparente, príncipe Gabriel, príncipe Emanuel e a princesa Leonor.


editar

Drottning Margrethe av Danmark.jpg

Margarida II (Copenhague, 16 de abril de 1940) é a Rainha da Dinamarca. Era a filha mais velha do rei Frederico IX e da rainha Ingrid da Suécia, ascendendo ao trono em 14 de janeiro de 1972 após a morte de seu pai, tornando-se a primeira mulher monarca da Dinamarca desde Margarida I, que governou os países escandinavos durante a União de Kalmar. Margarida tornou-se herdeira presuntiva apenas em 1953, quando uma emenda constitucional foi aprovada permitindo que mulheres se tornassem soberanas do reino, já que estava claro que Frederico não teria nenhum filho homem. Ela se casou com Henrique de Laborde de Monpezat em 1967, com quem tem dois filhos: Frederico, Príncipe Herdeiro, e Joaquim.


editar

QEII at the FCO in London, 18 December 2012 (cropped).jpg

Isabel II ou Elizabeth II (Londres, 21 de abril de 1926) é a Rainha do Reino Unido e de quinze outros estados independentes conhecidos como Reinos da Comunidade de Nações, além de chefe da Commonwealth formada por 53 estados. É também a Governadora Suprema da Igreja da Inglaterra e, em alguns de seus reinos, possui ainda o título de Defensora da Fé. Ao ascender ao trono em 6 de fevereiro de 1952, Isabel se tornou a Chefe da Comunidade Britânica e rainha de sete países independentes: Reino Unido, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, Paquistão e Ceilão. Entre 1956 e 1992 o número de reinos variou já que certos territórios ganharam sua independência e outros tornaram-se repúblicas. Atualmente, além dos quatro primeiros estados mencionados, Isabel é rainha da Jamaica, Barbados, Bahamas, Granada, Papua-Nova Guiné, Ilhas Salomão, Tuvalu, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas, Belize, Antígua e Barbuda e São Cristóvão e Nevis.


editar

King Mswati III with Obamas cropped.jpg

Mswati III da Suazilândia é o atual rei da Suazilândia. Quando seu pai morreu de pneumonia em 1982, o Conselho Real elegeu ao jovem príncipe de 14 anos, Makhosetwe como futuro Rei. Durante os seguintes quatro anos, até sua maior idade, duas mulheres de sua família serviram como regentes: a Rainha Dzeliwe Shongwe, de 1982 a 1983 e a Rainha Ntombi Thwala, entre 1983 e 1986, enquanto terminava sua formação em um colégio da Inglaterra, o Sherborne School. Foi coroado rei em setembro de 1983 e rei em 25 de abril de 1986 (aos 18 anos sendo o rei mais jovem da Suazilândia). O Rei e sua mãe, cujo título é Ndlovukazi ou Grande Elefanta, governam juntos.


editar

The King of Jordan in 2013.jpg

Abdullah II (em árabe: عبدالله الثاني بن الحسين; Amã, 30 de janeiro de 1962) é o Rei da Jordânia desde 1999. É o filho mais velho do rei Hussein com sua segunda esposa a britânica Antoinette Avril Gardiner, sendo membro da Casa de Hachemita, que governa a Jordânia desde 1946 e afirma ser descendente do profeta islâmico Maomé. Abdullah nasceu em 1962 e foi nomeado Príncipe Herdeiro pouco depois de seu nascimento, porém o rei transferiu o título para seu irmão o príncipe Hassan em 1965, devolvendo-o para Abdullah em 1999 pouco antes de sua morte. Ele é casado com Rania Al-Yassin, com que têm quatro filhos: Hussein, Príncipe Herdeiro, Iman, Salma e Hashem.


editar

Mohammed VI of Morocco.jpg

Maomé VI de Marrocos (em árabe: محمد السادس) (Rabat, 21 de Agosto de 1963) é rei de Marrocos desde a morte de seu pai Hassan II, em 1999. Como filho mais velho do rei Hassan II de Marrocos e sua esposa, Lalla Latifa Hammou, de uma importante tribo norte-africana, antes de se tornar rei, foi detentor do título de príncipe herdeiro. Ele foi coroado a 23 de Julho de 1999, somente algumas horas depois da morte de seu pai. O jovem rei logo se tornou um modernizador que tem assegurado a legalidade de uma monarquia constitucional, um sistema político que tem vigorado em Marrocos desde a constituição de 1972.


editar

Darnley stage 3.jpg

Isabel I (Greenwich, 7 de setembro de 1533Richmond, 24 de março de 1603), também chamada de "A Rainha Virgem", "Gloriana" ou "Boa Rainha Bess", foi a Rainha da Inglaterra e Irlanda de 1558 até sua morte e a quinta e última monarca da Casa de Tudor. Como filha do rei Henrique VIII, Isabel nasceu dentro da linha de sucessão; entretanto, sua mãe Ana Bolena, segunda esposa de Henrique, foi executada dois anos e meio após seu nascimento e o casamento de seus pais foi anulado. Isabel assim foi declarada ilegítima. Seu meio-irmão Eduardo VI sucedeu a Henrique e reinou até morrer em 1553. Ele colocou a coroa em Joana Grey, excluindo da sucessão suas meia-irmãs Isabel e a católica Maria, apesar da existência de um estatuto declarando o contrário. Seu testamento acabou sendo colocado de lado e Maria tornou-se rainha, com Joana sendo executada. Isabel ficou presa por quase um ano durante o reinado de Maria por suspeitas de apoiar os rebeldes protestantes.


editar Portal:Monarquia/Monarca selecionado/11


editar Portal:Monarquia/Monarca selecionado/12


editar Portal:Monarquia/Monarca selecionado/13


editar Portal:Monarquia/Monarca selecionado/14


editar Portal:Monarquia/Monarca selecionado/15


editar Portal:Monarquia/Monarca selecionado/16


editar Portal:Monarquia/Monarca selecionado/17


editar Portal:Monarquia/Monarca selecionado/18


editar Portal:Monarquia/Monarca selecionado/19


editar Portal:Monarquia/Monarca selecionado/20


editar Portal:Monarquia/Monarca selecionado/21