Abrir menu principal

Processo de eleição de cidades-sede dos Jogos Olímpicos

O processo de eleição da cidade-sede de uma edição dos Jogos Olímpicos começa com a inscrição da cidade postulante, através de seu Comitê Olímpico Nacional, e termina com a eleição da sede, realizada durante uma Sessão do COI. O processo é regido pela Carta Olímpica, em seu quinto capítulo.[1]

As fases do processoEditar

Desde 1999, o processo é composto por duas fases. Na primeira, que começa logo após o fim do prazo de inscrições, as cidades postulantes respondem a um questionário que reúne temas importantes para uma organização bem sucedida. Essas informações permitem ao COI analisar a capacidade de organização das cidades, bem como os pontos fortes e fracos dos seus projetos. Após um estudo detalhado dos questionários e dos projetos, o Comitê Executivo do COI seleciona as cidades classificadas para a fase seguinte, as candidatas oficiais.[2]

Na segunda fase, as cidades candidatas respondem a outro questionário, mais detalhado.[3] Esses documentos são cuidadosamente estudados pela Comissão Avaliadora, um grupo composto por membros do COI, representantes de Federações Esportivas Internacionais, CONs, atletas e membros do Comitê Paraolímpico Internacional, além de especialistas em diversas áreas.[4] A Comissão Avaliadora faz, então, inspeções de quatro dias em cada uma das cidades candidatas, nas quais verifica os locais de competição planejados e conhece detalhes dos projetos. O grupo comunica os resultados de suas inspeções aos membros do COI cerca de um mês antes da Sessão em que vai ocorrer a votação.[3]

A Sessão do COI que vai escolher uma cidade-sede ocorre num país que não postulou candidatura durante o processo atual.[3] A votação é feita por membros ativos do COI (excluindo membros honorários), cada um com direito a um voto. Membros de países com cidades candidatas não podem votar enquanto a cidade não for eliminada. O processo final é repetido quantas vezes for preciso até que uma cidade atinja a maioria absoluta dos votos. Se isso não acontece na primeira rodada, a cidade com menos votos é eliminada e uma nova rodada começa. Em caso de empate no último lugar, uma rodada extra ocorre para desfazê-lo, com a vencedora se classificando para a rodada seguinte. A cada rodada o nome da cidade eliminada é anunciado. Após o anúncio final, a cidade-sede eleita assina o "Contrato de Cidade-sede" com o COI, que delega as responsabilidades de organizar os Jogos ao país e ao seu respectivo CON.[5]

Critérios de avaliaçãoEditar

Nome do critério[6] Fatores avaliados Componentes da nota
Apoio político e social As cidades devem fornecer garantias que mostrem o apoio e o compromisso de todas as esferas de governo. O COI também analisa a capacidade destas esferas do cumprimento de todas as garantias fornecidas. As leis do país e da cidade candidata também são observadas, bem como o nível de aceitação popular que a candidatura tem.
  • Garantias governamentais: 70%
  • Aspectos legais e medidas antidoping: 15%
  • Opinião pública: 15%
Infraestrutura geral Este item leva em conta as infraestruturas de transportes terrestre e aéreo da cidade, bem como o projeto dos centros de imprensa. São analisados também o tempo e o custo de construção das novas infraestruturas e a integração delas com o plano do legado da cidade (locais de competição e Vila Olímpica são analisados separadamente).
  • Infra-estrutura de Transportes: 85%
  • Aeroporto: 5%
  • Centros de imprensa: 10%
Locais de competição O critério é dividido em três subcritérios: "Instalações existentes" (seu uso e projetos de reforma), "Instalações planejadas e temporárias" (a viabilidade das novas construções, de acordo com o tempo, o custo e a qualidade) e "Conceito e legado esportivo" (como os locais de competição estão distribuídas pela cidade e que tipo de legado eles proporcionarão)
  • Instalações existentes: 35%
  • Instalações planejadas e temporárias: 35%
  • Conceito e legado esportivo: 30%
Vila Olímpica Assim como o anterior, este item também é dividido em três subcritérios: "Localização" (distâncias até os locais de competição), "Conceito" (tipo de acomodação, viabilidade do projeto, arborização, entre outros fatores) e "Legado" (uso após os Jogos e financiamento)
  • Localização: 40%
  • Conceito: 40%
  • Legado: 20%
Meio ambiente O COI analisa os fatores ambientais atuais da cidade candidata e o impacto que os Jogos causarão.
  • Condições ambientais atuais: 40%
  • Impacto ambiental: 60%
Acomodações A avaliação deste critério é feita com base no Manual Técnico de Acomodações, fornecido pelo COI às cidades candidatas. O valor de referência é de 40.000 quartos de hotel com três ou mais estrelas. O critério é dividido em "Número de quartos", em que são avaliados, por exemplo, as ofertas existente e planejada de leitos num raio de 50 km do centro dos Jogos e as vilas para a imprensa) e "Conceito" (tipos de acomodação e operação)
  • Número de quartos: 80%
  • Conceito: 20%
Transporte A avaliação é baseada na performance esperada do sistema de transporte proposto, sob um ponto de vista operacional e levando em conta experiências anteriores. São observadas as distâncias e o tempo de deslocamento dentro da cidade e a organização do tráfego e do transporte público durante os Jogos.
  • Distâncias e tempo de deslocamento: 50%
  • Organização do tráfego e do transporte: 50%
Segurança Entre os fatores avaliados estão a incidência e o risco de terrorismo, os níveis de criminalidade, as competências técnicas e profissionais das forças responsáveis pela segurança, o investimento feito e a tecnologia empregada na área e a complexidade das ações propostas. -
Experiências anteriores O COI analisa os eventos multiesportivos sediados no país nos dez anos anteriores, como forma de conhecer a capacidade de organização da cidade.
  • Número de grandes eventos internacionais organizados: 60%
  • Qualidade dos eventos: 40%
Finanças São avaliados as contribuições dos governos e o plano financeiro em relação à capacidade do país de colocar o projeto em prática (risco-país) e a viabilidade dos valores disponibilizados -
Projeto geral e Legado O último critério é um resumo global dos anteriores, e é usado pelo COI para confirmar a sua opinião sobre a capacidade de cada cidade realizar os Jogos. -

Processos já realizadosEditar

Jogos Olímpicos de VerãoEditar

Jogos Ano Cidades candidatas Cidades
Postulantes[7]
Sede Outras
I 1896   Atenas Nenhuma[8]
II 1900   Paris Nenhuma[8]
III 1904   St. Louis   Chicago[9]
IV 1908   Londres   Roma[10]

  Berlim
  Milão

V 1912   Estocolmo Nenhuma
VI 1916   Berlim[11]   Alexandria
  Amsterdã
  Bruxelas
  Budapeste
  Cleveland
VII 1920   Antuérpia   Amsterdã
  Lyon[12]
  Atlanta
  Budapeste
  Cleveland
  Havana
  Filadélfia
VIII 1924   Paris   Amsterdã
  Barcelona
  Los Angeles
  Praga
  Roma
IX 1928   Amsterdã   Los Angeles
X 1932   Los Angeles Nenhuma
XI 1936   Berlim   Barcelona   Alexandria
  Budapeste
  Buenos Aires
  Colônia
  Dublin
  Frankfurt
  Helsinque
  Lausanne
  Nuremberg
  Rio de Janeiro
  Roma
XII 1940   Tóquio
  Helsinque[13]
Nenhuma
XIII 1944   Londres[14]   Detroit
  Roma
  Atenas
  Budapeste
  Helsinque
  Lausanne
  Montreal
XIV 1948   Londres[15]   Baltimore
  Lausanne
  Los Angeles
  Minneapolis
  Filadélfia
XV 1952   Helsinque   Amsterdã
  Chicago
  Detroit
  Los Angeles
  Minneapolis
  Filadélfia
XVI 1956   Melbourne
  Estocolmo[16]
  Buenos Aires
  Chicago
  Detroit
  Los Angeles
  Cidade do México
  Minneapolis
  Filadélfia
  San Francisco
XVII 1960   Roma   Bruxelas
Budapeste
  Detroit
  Lausanne
  Cidade do México
  Tóquio
XVIII 1964   Tóquio   Bruxelas
  Detroit
  Viena
XIX 1968   Cidade do México   Buenos Aires
  Detroit
  Lyon
XX 1972   Munique   Detroit
  Madri
  Montreal
XXI 1976   Montreal   Los Angeles
  Moscou
XXII 1980   Moscou   Los Angeles
XXIII 1984   Los Angeles Nenhuma   Teerã
XXIV 1988   Seul   Nagoya
XXV 1992
detalhes
  Barcelona   Amsterdã
  Belgrado
  Birmingham
  Brisbane
  Paris
XXVI 1996
detalhes
  Atlanta   Atenas
  Belgrado
  Manchester
  Melbourne
  Toronto
XXVII 2000
detalhes
  Sydney   Pequim
  Berlim
  Istambul
  Manchester
  Brasília

  Tashkent   Milão

XXVIII 2004
detalhes
  Atenas   Buenos Aires
  Cidade do Cabo
  Roma
  Estocolmo
  Istambul
  Lille
  Rio de Janeiro
  São Petesburgo
  San Juan
  Sevilha
XXIX 2008
detalhes
  Pequim   Istambul
  Osaka
  Paris
  Toronto
  Bangkok
  Cairo
  Havana
  Kuala Lumpur
  Sevilha
XXX 2012
detalhes
  Londres   Madri
  Moscou
  Nova York
  Paris
  Havana
  Istambul
  Leipzig
  Rio de Janeiro
XXXI 2016
detalhes
  Rio de Janeiro   Chicago
  Madri
  Tóquio
  Baku
  Doha
  Praga
XXXII 2020
detalhes
  Tóquio   Madri
  Istambul
  Baku
  Doha
XXXIII 2024[17]
detalhes
  Paris   Los Angeles
  Boston[18]
  Budapeste
  Hamburgo[19]
  Roma

Jogos Olímpicos de InvernoEditar

Jogos Ano Cidades candidatas Cidades
pré-candidatas[7]
Sede Outras
I 1924   Chamonix[20]
II 1928   St. Moritz   Davos
  Engelberg
III 1932   Lake Placid[21]   Bear Mountain
  Denver
  Duluth
  Minneapolis
  Montreal
  Oslo
  Yosemite Valley
IV 1936   Garmisch-Partenkirchen[21]   Montreal
  St. Moritz
1940   Sapporo[21]
  St. Moritz
  Garmisch-Partenkirchen[13]
1944   Cortina d'Ampezzo[14]   Montreal
  Oslo
V 1948   St. Moritz[15]   Lake Placid
VI 1952   Oslo   Cortina d'Ampezzo
  Lake Placid
VII 1956   Cortina d'Ampezzo   Colorado Springs
  Lake Placid
  Montreal
VIII 1960   Squaw Valley   Garmisch-Partenkirchen
  Innsbruck
  St. Moritz
IX 1964   Innsbruck   Calgary
  Lahti
X 1968   Grenoble   Calgary
  Lahti
  Lake Placid
  Oslo
  Sapporo
XI 1972   Sapporo   Banff
  Lahti
  Salt Lake City
XII 1976   Innsbruck   Denver[22]
  Sion
  Tampere
  Vancouver
XIII 1980   Lake Placid   Vancouver[23]
XIV 1984   Sarajevo   Gotemburgo
  Sapporo
XV 1988   Calgary   Cortina d'Ampezzo
  Falun
XVI 1992   Albertville   Anchorage
  Berchtesgaden
  Cortina d'Ampezzo
  Falun
  Lillehammer
  Sófia
XVII 1994   Lillehammer   Anchorage
  Östersund
  Sófia
XVIII 1998
detalhes
  Nagano   Aosta
  Jaca
  Östersund
  Salt Lake City
XIX 2002
detalhes
  Salt Lake City   Östersund
  Quebec
  Sion
  Graz
  Jaca
  Poprad-Tatry
  Sochi
  Tarvisio
XX 2006
detalhes
  Turim   Sion   Helsinque
  Klagenfurt
  Poprad-Tatry
  Zakopane
XXI 2010
detalhes
  Vancouver   Berna[24]
  PyeongChang
  Salzburgo
  Andorra la Vella
  Harbin
  Jaca
  Sarajevo
XXII 2014
detalhes
  Sochi   PyeongChang
  Salzburgo
  Almaty
  Borjomi
  Jaca
  Sófia
XXIII 2018
detalhes
  PyeongChang   Munique
  Annecy
XXIV 2022
detalhes
  Pequim[25]   Almaty   Cracóvia
  Estocolmo[26]
  Lviv
  Oslo[27]

Referências

  1. Comitê Olímpico Internacional (1 de setembro de 2004). «Carta Olímpica» (PDF) (em inglês). Consultado em 29 de maio de 2009 
  2. Comitê Olímpico Internacional. «Choice of the Host City» (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2009 
  3. a b c Comitê Olímpico Internacional. «2016 Candidature Procedure and Questionnaire» (PDF) (em inglês). Consultado em 16 de setembro de 2009. Arquivado do original (PDF) em 27 de junho de 2008 
  4. Comitê Olímpico Internacional. «2016 Evaluation Commission Members' Biographies» (PDF) (em inglês). Consultado em 16 de setembro de 2009. Arquivado do original (PDF) em 11 de abril de 2009 
  5. Comitê Olímpico Internacional. «Organising Committees for the Olympic Games» (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2009 
  6. Comitê Olímpico Internacional. «Games of the XXXI Olympiad Working Group Report» (PDF) (em inglês). Consultado em 6 de novembro de 2009. Arquivado do original (PDF) em 3 de setembro de 2009 
  7. a b Essas candidaturas não passaram para a segunda fase.
  8. a b Escolha feita durante a 1ª Sessão do COI, em 1894
  9. Chicago foi originalmente a eleita, mas transferiu seu direito a Saint Louis.
  10. Roma foi a escolha original do COI, mas a erupção do Monte Vesúvio em 1906 forçou os italianos a abdicar dos Jogos, que foram atribuídos a Londres.
  11. Jogos cancelados por causa da I Guerra Mundial.
  12. Desistiu antes da eleição.
  13. a b O Japão havia sido escolhido sede dos Jogos de Verão e de Inverno. Por causa da Segunda guerra sino-japonesa, abriu mão dos eventos, que foram realocados para Helsinque e Saint Moritz, respectivamente. Devido a problemas com as autoridades suíças, os Jogos de Inverno foram transferidos para Garmisch-Partenkirchen, na Alemanha. Posteriormente, as duas edições foram canceladas.
  14. a b Jogos cancelados por causa da Segunda Guerra Mundial.
  15. a b Não houve eleição.
  16. Devido à quarentena imposta pela Austrália aos cavalos, os eventos do hipismo foram disputados na Suécia.
  17. «Conheça as cinco cidades que concorrem à Olimpíada de 2024 - Esportes - Estadão». Estadão. Consultado em 29 de maio de 2016 
  18. «Olimpíada-2024: Boston desiste de candidatura aos Jogos». Veja. 27 de julho de 2015 
  19. «Referendo: povo de Hamburgo diz "não" às Olimpíadas de 2024». Bundesliga.com.br. 29 de novembro de 2015 
  20. Chamonix foi escolhida pelo COI para sediar a "Semana Internacional de Esportes de 1924", que mais tarde passou a ser considerada a primeira edição dos Jogos Olímpicos de Inverno. COI. «Chamonix 1924» 
  21. a b c Até a reforma da Carta Olímpica feita em 1938, o país que sediava os Jogos de Verão tinha prioridade para sediar também os de Inverno.
  22. Denver foi a escolha original do COI, mas, devido a um referendo proibindo o uso do dinheiro público para apoiar os Jogos, a cidade abdicou do direito de realizar os Jogos. COI. «Innsbruck 1976» 
  23. Vancouver desistiu antes da votação, tornando Lake Placid candidata única.
  24. Desistiu em 27 de setembro de 2002. GamesBids.com. «Berna desiste oficialmente» 
  25. «Pequim é escolhida como sede das Olimpíadas de Inverno de 2022». O Globo. Consultado em 4 de junho de 2016 
  26. «Planeta Olímpico: Conheça as seis cidades candidatas aos Jogos Olímpicos de 2022». Planeta Olímpico. Consultado em 29 de maio de 2016 
  27. «Noruega retira candidatura de Oslo para Olimpíada de Inverno de 2022». ESPN. Consultado em 29 de maio de 2016 

Ligações externasEditar