Wanda Stuart

cantora portuguesa

Vanda Susana Ângelo Pereira[1] (Lisboa, 6 de Janeiro de 1968), que utiliza o nome artístico Wanda Stuart, é uma cantora, actriz, apresentadora e produtora portuguesa.

Wanda Stuart
Informação geral
Nome completo Vanda Susana Ângelo Pereira
Nascimento 6 de Janeiro de 1968
Origem Olivais, Lisboa
País Portugal Portugal
Género(s) Music Hall, Vocal/Standards, Traditional Pop, Jazz, Música Ligeira Portuguesa
Ocupação(ões) Cantora, atriz e artista de performance
Instrumento(s) Voz
Período em atividade 1982 - presente
Editora(s) Vidisco
Afiliação(ões) Filipe La Féria, Henrique Feist, Nuno Feist, Simone de Oliveira, Paulo Gonzo, Fernando Girão, Wolf Maya, Manuel Luís Goucha, Rui Andrade, João Rôlo

BiografiaEditar

Wanda Stuart nasceu no dia 6 de Janeiro de 1968. Filha de uma cabo-verdiana, Maria Stuart e de pai português, Avelino Alves Pereira, nasceu nos Olivais e foi a mais nova de dez irmãos. Desde cedo sempre mostrou aptidão para o mundo do espetáculo. O pai, militar de profissão, não via com bons olhos a sua inserção no meio artístico muito devido à grande diferença de idades que os separava, 50 anos. Ao mesmo tempo que tirava o ensino secundário, fez audições para o Instituto Gregoriano de Lisboa e trabalhou para pagar as próprias aulas, cantando em bares, hotéis e casinos de música ao vivo. Do repertório escolhido faziam parte músicas de cantores como Rita Coolidge, Queen e Carmen Miranda.

Teve as suas próprias bandas: uma de rock, outra de country e uma de música popular portuguesa.

A sua grande estreia aconteceu numa Festa do Avante depois de ter conhecer Nuno Gomes dos Santos, jornalista e militante do partido comunista.[2]

Mais tarde é convidada por Júlio Isidro, que assistiu a uma das suas muitas performances ao vivo, para cantar no seu programa “Lugar ao Sol” gravado para a RTP1, onde interpreta um tema original de João Cruz, sendo elogiada por um júri composto por Marco Paulo, São José Lapa e Carlos Guilherme.[3]

Começou por cantar em bares de música ao vivo e teve aulas de canto no Instituto Gregoriano de Lisboa. Em 1992 ingressa na Companhia de Teatro de Filipe La Féria. Fez parte do elenco do programa “Grande Noite”[4] da RTP1. Foi uma das protagonistas de "Maldita Cocaína"[5] e "Cabaret".[6][7] Participou na revista "De Afonso a Henriques a Mário Soares".[8] Em 1996 pinta o cabelo de azul, que acaba por se tornar a sua imagem de marca.

Apresentou várias galas “Noite dos Travestis”[9], a convite do cronista Carlos Castro e da Associação Abraço.

Foi vestida por Zé Carlos,[10] Luís Barbeiro, Fátima Lopes, Augustus e João Rôlo,[11]apresentando e atuando em diversas edições do Moda Lisboa e Portugal Fashion e outros eventos de moda no país.[12]

Participa em Galas e Programas Televisivos como cantora.

Em 1999, a convite do realizador Wolf Maya parte pela primeira vez para o Brasil onde, durante 3 meses, participou no espetáculo "Fênix & Stuart".[13]

Em 2003 participa no programa "Academia de Famosos"[14] da TVI, chega à final alcançando o 4º lugar. É aí que se torna conhecida de grande parte do público, já com cerca de 20 anos de carreira.

É primeira figura, juntamente com Henrique Feist do espetáculo "Grandes Mestres do Musical Americano" de João Pereira Bastos.[15]

Lança o álbum Animais Nocturnos, seu primeiro trabalho de originais. O espetáculo homónimo estreou no Casino Estoril e percorreu diversas salas do país.

Em 2007, protagonizou o musical Música no Coração de Filipe La Féria.

Foi cabeça de cartaz no Teatro Politeama em Lisboa e no Teatro Rivoli no Porto, com o papel de Édith Piaf no espectáculo "Piaf" também de Filipe La Féria.[16]

Em 2011, participou no Festival RTP da Canção com a música “Chegar à Tua Voz”, conquistando o 4º lugar.[17]

É também produtora dos seus próprios espetáculos dos quais se destacam "Wanda Sonora, Banda Stuart", "Animais Nocturnos" e "Wanda Stuart, Canta Piaf".[18]

Já com 30 anos de carreira, e depois de uma temporada no Brasil, repõe o espetáculo "Wanda Stuart Canta Piaf".

Em 2013, sagrou-se a vencedora da 3ª Edição do talent-show A Tua Cara não Me É Estranha (3ª edição) da TVI.[19]

Em 2014 participa no A Tua Cara não me é Estranha: Kids e protagoniza o musical "Tomorrow Morning".

É fundadora e professora numa escola de musicais para crianças e jovens, os "Kids on Broadway", onde leciona até hoje.

Cantora residente, juntamente com Rui Andrade e Telmo Miranda, na rubrica Mini-Concerto do programa matinal Você na TV! da TVI.

É casada com Nélson Cabrita de quem tem uma filha Eva, nascida a 3 de Outubro de 2005. “O maior papel da minha vida”, defende.[20][21]

Em 2021, foi eleita vogal da Junta de Freguesia dos Olivais, pela Coligação Mais Lisboa (PS/LIVRE), tendo assumido o pelouro das Políticas Culturais para o mandato 2021-2025.[1]

Teatro MusicalEditar

"Maldita Cocaína"Editar

Foi João Baião que a incentivou a fazer uma audição para o musical “Maldita Cocaína” de Filipe La Féria. Prestando provas de canto, dança e representação surpreende e é escolhida para o elenco do espetáculo sendo-lhe atribuída a personagem Eva, uma prostituta de cabaret dos anos 20.

“Maldita Cocaína”[22] estreia no remodelado Teatro Politeama em 1992. Concebido e encenado por Filipe La Féria, tem no seu elenco nomes como o de Ruy de Carvalho, Varela Silva, Simone de Oliveira, Curado Ribeiro, Manuela Maria, Manuel Coelho, entre outros. Wanda foi a grande revelação do espectáculo musical que conquistou cerca de 120.000 espectadores em 10 meses de representações e que lançou artistas como Camané, Henrique Feist ou Sílvia Rizzo.

"De Afonso Henriques a Mário Soares"Editar

Já em 1995 surge como umas das protagonistas de “De Afonso Henriques a Mário Soares”,[23] revista à portuguesa de Filipe La Féria, onde desempenhou nove papéis distintos dos quais se destacam a Rainha de Santa Isabel, Leonor Telles Beleza e Maria Cavaco Silva. Para o espetáculo Wanda adoptou um penteado arrojado, preto e vermelho. Do elenco faziam parte actores como Carlos Paulo, Rita Ribeiro, José Manuel Rosado, Carlos Quintas, Henrique Feist, João Baião, Joaquim Monchique e Maria de Lima, entre outros.

"Música no Coração"Editar

Em 2007 integra o elenco do musical Música no Coração, adaptação nacional de Filipe La Féria.[24] O espetáculo conta a história da família de cantores Von Trapp a partir do momento em que a, até então, noviça Maria é contratada como ama dos sete filhos do Capitão Von Trapp, com quem viria a casar.

Wanda regressa assim à “casa” onde se estreou, substituindo Lúcia Moniz e partilhando o papel de Maria com Anabela, alternadamente.[25] Este espetáculo estreou em 2006 no Teatro Politeama,[26] permanecendo em cartaz por mais de um 1 ano, e seguiu em digressão para a cidade do Porto, onde esteve uma longa temporada no Teatro Rivoli.[27] Do elenco principal faziam parte Carlos Quintas, Vera Mónica, Joel Branco, Lia Altavila, Helena Vieira e Helena Afonso.

Recepção CríticaEditar

(...) É certo que gostava de ter visto a Anabela no papel da graciosa Maria Von Trapp, mas a Wanda Stuart conseguiu criar a sua, afastando-se habilmente da exuberância que a caracteriza. Parabéns a toda a equipa!
 
Blog "Por Outras Palavras".

"Piaf"Editar

Em 2009 estreia como protagonista, no papel da cantora francesa Édith Piaf, o espetáculo "Piaf" de Pam Gems. Esta adaptação de Filipe La Féria narra a história de vida da malograda artista, considerada por muitos uma das melhores vozes de sempre.[28] A peça remonta aos tempos em que se prostituía e cantava pelas ruas de Paris, passando pelos momentos de glória nos mais diversos palcos do mundo, pelos fracassos amorosos, pelos excessos de álcool e substâncias nocivas e culminando com a sua morte prematura, aos 47 anos.

O espetáculo estreou em Maio na Ilha Terceira, nos Açores, integrando o programa do XI Festival de Teatro de Angra do Heroísmo.[29] Segue depois para o Porto, onde esteve em cartaz no pequeno auditório do Teatro Rivoli.[30] Em Julho, estreia no Teatro Politeama, em Lisboa.[31][32]Em Setembro, comemorou a 100ª representação contando com mais de 80 000 espetadores e sessões absolutamente esgotadas.[33][34] Do elenco faziam parte Sónia Lisboa, que alternava o papel da protagonista com Wanda, Noémia Costa, Paula Sá, Mafalda Drummond, Rui Andrade, Bruno Galvão, Ruben Madureira e Ricardo Loscar, bem como um coro de vozes masculinas composto por Nuno Barbosa, Jorge Pereira, Arménio Pimenta, Paulo Silva, Tiago Pirralho e Vasco Costa.

Recepção CríticaEditar

As críticas foram positivas e enalteceram tanto o espetáculo em si como a performance dos atores, nomeadamente das protagonistas. A interpretação de Wanda recolheu rasgados elogios, naquele que considerou ser "um degrau na carreira".[35] Em baixo, ficam algumas críticas de figuras públicas que assistiram ao espetáculo:

Com wanda Stuart e um elenco super. De grande sensibilidade, emoção a rodos e a conatr a vida do "pardalito" de Paris. Imperdível!
 
(...) Acho que a Wanda Stuart fez um papel fabuloso, de uma grande versatilidade. A Édith Piaf tinha uma voz fantástica e foi muito bem recriada pela Wanda, que merece os meus sinceros parabéns!
 
Maria Osório de Castro.
A Wanda Stuart é fantástica, nem tenho palavras para a descrever.
 
Cláudia Jacques.
Vozes fantásticas! Não só da Wanda Stuart mas do resto do elenco. venham ver!
 
Paulo Sassetti.
(...)Wanda Stuart, que conheço bem e admiro há anos, brinda-nos com uma performance quase expressionista, com a voz que todos conhecemos, e um gosto excessivo pelo gesto, pelo ritus facial, pela expressividade do corpo, como uma emanação da alma. Devo confessar que de início não aderi logo, mas depois aplaudi entusiasmado.
 
Lauro António[36].

"One Woman Show"Editar

"Wanda Sonora, Banda Stuart"Editar

Em 1996 estreia o primeiro espetáculo da sua autoria com produção de Joaquim Barroso e guarda-roupa de Zé Carlos. Acompanhada por seis músicos e um grupo de bailarinos, Wanda recriou várias cantoras e atrizes da 7ª Arte, através dos seus enormes êxitos, tais como Marilyn Monroe, Judy Garland, Barbra Streisand, Bette Midler e Liza Minnelli, entre outras. A apresentação do espectáculo teve lugar no Ritz Club em Lisboa e posteriormente em diferentes salas do país.

Discoteca TrumpsEditar

Depois de ter apresentado “Wanda Sonora, Banda Stuart” na conhecida discoteca lisboeta, pela mão de Artur Esteves e Pedro Dias, concebe “Trumpenstein”, um espetáculo de travesti feminino, partilhado com Nani Lima, a já falecida atriz brasileira Mara Manzan e dois bailarinos. A este show seguiram-se “Wanda a Broad & Bot Fly Away” e “Music”, ambos com o grupo de bailarinos Fly Dancers, que ainda hoje a acompanham em diversos espetáculos.

"Fênix & Stuart"Editar

Em 1999 ruma, pela primeira vez, ao Brasil onde, em parceria com o actor e realizador Wolf Maya, concebe o espetáculo "Fênix & Stuart".[37][38]que, ao longo de três meses esgotou lotações. Críticos e público ficaram rendidos ao seu talento, elogiado também por atores brasileiros como Francisco Cuoco, Betty Faria ou Natália Timberg.

"Grandes Mestres do Musical Americano"Editar

Entre Janeiro e Julho de 2003, juntamente com os irmãos Feist, participa na série-palestra “Grandes Mestres do Musical Americano”[39] de João Pereira Bastos, no Teatro São Luiz. O espectáculo homenageava, entre breves notas biográficas e inesquecíveis canções, alguns dos maiores compositores de todos os tempos, tais como, George Gershwin, Richard Rodgers, Oscar Hammerstein II ou Cole Porter. O espectáculo foi reposto sob o título “De Regresso à Broadaway - Os Melhores Momentos de Os Grandes Mestres do Musical Americano” e já em 2004 em “Era Uma Vez a Broadway…”,[40] na inauguração do Teatro Micaelense em Ponta Delgada, Açores.

"Esta Vida é uma Cantiga"Editar

Entre 2002 e 2003 esteve envolvida no projeto “Esta Vida é uma Cantiga”[41] de Henrique Feist, para o encerramento das festas do Parque Mayer e, mais tarde, no Teatro São Luiz. Do elenco faziam parte Henrique Feist, Vanessa Silva, Lucília São Lourenço e a participação especial das fadistas Fernanda Baptista e Anita Guerreiro e do maestro Nuno Feist. O espetáculo, que contou com a colaboração de Vítor Pavão dos Santos, pretendia recordar algumas das melhores canções da Revista à Portuguesa.

Precisamente 10 anos mais tarde o espetáculo viria a ser reposto para a reabertura do Teatro da Trindade.[42][43][44] Do elenco original mantiveram-se Henrique Feist e Anita Guerreiro e nele se estrearam Simone de Oliveira, FF e Anabela. Infelizmente, aquando desta data Fernanda Baptista já havia falecido. Já em Janeiro de 2014 nova reposição, desta feita no Coliseu dos Recreios.[45] As cantoras Yola Dinis e Isabel Noronha foram convidadas para reforçar o elenco nas três noites que lotaram a mítica sala lisboeta.

"Animais Nocturnos"Editar

Este espetáculo, que visava a promoção e apresentação ao vivo do álbum Animais Nocturnos, teve a sua estreia no dia 11 de Outubro de 2004, no Teatro-Auditório do Casino Estoril.[46] Tratava-se de um espetáculo musical contemporâneo, com forte vertente multimédia, totalmente concebido, produzido e encenado por si. Do elenco, para além de Wanda faziam parte Eduardo Marques, os Kila G’s e um grupo de 11 bailarinos. Com coreografias de Paulo Jesus, cenários de Paulo Prata Ramos e guarda-roupa do estilista João Rolo, o espetáculo percorreu todo país e alguns países do estrangeiro, tendo sido também apresentado no Teatro Politeama, em Lisboa, onde Wanda afirmou publicamente estar à espera do primeiro filho, no caso filha.

Após várias apresentações do espetáculo em diversos pontos do país, bem como no estrangeiro, no dia 15 de Agosto de 2005, Wanda foi responsável pelo encerramento de mais uma edição das Festas do Mar, anualmente promovidas pela Associação de Armadores e Pescadores de Cascais.[47]

TelevisãoEditar

"Grande Noite"Editar

Aquando das audições para o musical "Maldita Cocaína" surge a oportunidade de entrar em “Grande Noite”,[48] uma série de programas em formato de revista à portuguesa idealizado por Filipe La Féria para a RTP1. Inicialmente fez parte do coro e pouco a pouco conquistou o seu espaço. O programa, gravado no Teatro Variedades no Parque Mayer, teve um enorme êxito estando em exibição entre 1992 e 1993.

"Cabaret "Editar

Em 1994 grava “Cabaret”,[49] também de Filipe La Féria para a RTP1. Trata-se de uma série de programas de música e humor, gravados ao vivo no Teatro Politeama e onde Wanda ganha grande destaque.

"100 Anos do Cinema Português"Editar

Participa no espetáculo “100 Anos do Cinema Português”[50][51] de Filipe La Féria. Uma homenagem aos primórdios do cinema nacional, complementando a segunda parte do Festival RTP da Canção 1996, realizado no Teatro Politeama. O elenco era formado por Carlos Paulo, Rita Ribeiro (atriz), Anabela, André Maia, Pedro Pernas, Sandra de Castro, Jorge Magalhães e o elenco infantil do musical "Jasmim ou o Sonho do Cinema". Surge, pela primeira vez, com o cabelo azul que acaba por adotar como imagem de marca.

"Homenagem a Vasco Santana"Editar

Este espetáculo concebido por Filipe La Féria, como complemento da 2ª parte do Festival RTP da Canção 1998[52] no Teatro São Luiz, era composto por variadas rábulas de revista e números musicais inspirados no percurso artístico do conhecido ator. Wanda interpreta o tema “Fado alfacinha” do filme “Pátio das Cantigas” (1942) numa fusão de fado e tango, acompanhada pelo bailarino Paulo jesus. Do elenco faziam parte Carlos Paulo, Helena Isabel, Rita Ribeiro (atriz), José Manuel Rosado, Maria Vieira, Adelaide Ferreira, Henrique Feist e Anabela.

"Academia de Famosos"Editar

Em 2003 Wanda Stuart aceitou a proposta da produtora Endemol e da TVI para compor o painel de concorrentes do programa Academia de Famosos.[53] Tratou-se de um "Talent-Show", apresentado por Fernanda Serrano e Paulo Pires,[54] em que os participantes submetiam-se a duas provas: uma interpretação de um tema do repertório pessoal e uma representação de um tema de um outro artista. No final de cada gala semanal, o concorrente menos votado pelo público acabava por ser expulso. Para além disto o programa visava dar a conhecer o dia-a-dia de cada artista bem como os projetos em que se encontravam envolvidos. Do grupo de concorrentes fizeram parte Romana, Pedro Miguéis, Carlos Ribeiro (Ex-Excesso (banda)), Micaela, Rui Bandeira, Mico da Câmara Pereira, os "novos" Excesso, Catarina (Vencedora do Big Brother 3 (Portugal) e Pilar Homem de Melo. Wanda decidiu participar com o intuito de promover o seu primeiro álbum de originais Animais Nocturnos.[55]

Embora, na maioria das Galas, estivesse entre os artista menos votados, Wanda conseguiu chegar à final,[56] conquistando o 4º lugar, abaixo de Carlos (3º), Pedro Miguéis (2º) e Romana, a vencedora. A vitória foi contestada por Carlos Castro (jornalista) que, crtiticando a TVI e a Endemol, afirmou "ser vergonhoso colocar uma mulher como Wanda Stuart num quarto lugar".[57]

GalasEditar

Cover Canção Original Expulsão Outros Nomeados
1ª Semana "Big Spender" do musical Sweet Charity "O Teu Cheiro" Gala de Estreia [58]
2ª Semana "Sparkling Diamonds" do musical Moulin Rouge! “Vida de Mulher (Nada Vai Mudar)” Pilar Homem de Melo [59] Catarina e Wanda Stuart
3ª Semana "Maybe This Time" do musical Cabaret “Alguns Segredos…” Catarina [60][61] Excesso e Wanda Stuart
4ª Semana "All That Jazz" do musical Chicago (2002) “Afinal Quem Está Louco?” Excesso [62][63] Mico da Câmara Pereira e Wanda Stuart
5ª Semana "Kiss of the Spider Woman" do musical Kiss of the Spider Woman "Gente da Noite" Mico da Câmara Pereira [64] Rui Bandeira
6ª Semana "Fado Alfacinha" do Filme "Páteo das Cantigas" "Tu e Eu Sabemos Bem" Rui Bandeira [65] Micaela
7ª Semana '"I Got Rhythm" - dueto com Henrique Feist' "Só Nós e Deus" Micaela [66] Carlos
8ª Semana "Diamonds are a Girl Best Friend" do musical Moulin Rouge! "Doa a Quem Doer (Sem Incomodar)" Gala Final [67]

DiscografiaEditar

CasinosEditar

Em 1997 faz parte do programa de animação do Du Art Garden no Casino Estoril. Acompanhada ao piano pelo maestro Mário Rui, recordava grandes nomes da música internacional.

Em Agosto de 2006, já depois de ter dado à luz a sua primeira e única filha, regressa aos palcos num espetáculo intimista no Arena Lounge, do Casino Lisboa.[70] O conceito era simples: cada noite, um novo “show”. Acompanhada ao piano pelo maestro Mário Rui, Wanda revisitou temas célebres da música nacional e brasileira passando também pela canção francesa e alemã e sem esquecer, claramente, temas incontornáveis do musical americano.[71][72]

CuriosidadesEditar

Em 1999 foi convidada por Filipe La Féria para integrar o elenco do musical "Amália". Devido a divergências, já ultrapassadas, com o encenador acabou por abandonar o projeto.[73]

No início do novo milénio, foi agraciada com o prémio da Revista "Eles & Elas" para Mulher Espetáculo do Ano 2000, uma homenagem à sua versatilidade enquanto artista.

Foi convidada a participar no Big Brother Famosos 1, convite que acabou por recusar.

Em 2003 surgiram rumores na imprensa de que formaria o quarteto de jurados de Ídolos (1.ª edição), o que acabou por não se concretizar.[74]

Foi durante largos anos imagem de marca do costureiro João Rôlo e do cabeleireiro Eduardo Beauté.[75][76][77]

PercursoEditar

TeatroEditar

  • 1992-1993 - Maldita Cocaína
  • 1995-1996 - De Afonso Henriques a Mário Soares
  • 2007 - Música no Coração
  • 2009 - Piaf
  • 2014- Tomorrow Morning

EspetáculosEditar

  • 1996 - Wanda Sonora, Banda Stuart
  • 1997 - Trumpenstein
  • 1998 - Wanda a Broad & Bot Fly Away
  • 1998 - Music
  • 1999 - Fênix e Stuart
  • 2002 - Music Calls (com Henrique Feist, numa homenagem aos 100 anos da Broadway)
  • 2002-2003 - Esta Vida é uma Cantiga
  • 2003 - Kantigamente[78] (comemoração dos 45 Anos de Carreira de Simone de Oliveira)[79]
  • 2003 - Grandes Mestres do Musical Americano

TelevisãoEditar

  • 1992-1993 - Grande Noite, RTP1
  • 1994-1995 - Cabaret, RTP1
  • 1995 - Noite de Reis,[3] RTP1

(cantora convidada, homenageia Júlia Barroso interpretando os temas "Adeus, não Afastes os Teus Olhos dos Meus" e "Assim, assim")

(complemento do Festival RTP da Canção 1996 realizado no Teatro Politeama)

  • 1998 - Homenagem a Vasco Santana, RTP1

(complemento do Festival RTP da Canção 1998 realizado no Teatro São Luiz)

(Telefilme realizado por André Cerqueira, com argumento de Rui Vilhena.[81]

  • 2000 - Espetáculo de Fim de Ano, RTP1

(cantora convidada, interpreta Reach (canção) de Gloria Estefan)

  • 2002 - Fábrica das Anedotas (atriz convidada), RTP1
  • 2002 - Vamos à Revista (atriz convidada), RTP1
  • 2002 - Gala de Natal da TVI, TVI

(cantora convidada, interpreta o tema All I Want for Christmas Is You de Mariah Carey em dueto com Henrique Feist)

  • 2003 - Academia de Famosos, TVI
  • 2003 - Gala de Natal da TVI, TVI

(cantora convidada, interpreta uma versão de My Way de Frank Sinatra em dueto com Manuel Luís Goucha)

  • 2004-2005 - Às 2 por 3 (comentadora), SIC
  • 2004 - Gala dos Anos 60, SIC
  • 2004 - Gala Festa de Verão na Casa do Castelo, SIC
  • 2004 - Gala do Cinema, SIC
  • 2004 - HermanSIC Especial Fim de ano (cantora convidada), SIC
  • 2005 - Gala Broadway, SIC
  • 2005 - Música no Ar, RTP1
  • 2006 - Canta Por Mim, TVI

(cantora convidada, interpreta o tema O Meu Amor do musical Ópera do Malandro em dueto com Lili Caneças)

(cantora convidada, interpreta uma versão do tema Smile (canção de Charlie Chaplin com Pedro Garcia, Mariana Imaginário e Diogo Sabino na 1ª Semifinal da 3ª edição do programa)

(cantora convidada, interpreta um "medley" de Cabaret (musical) em dueto com Maria João Abreu)

(cantora convidada, interpreta o tema "Be Italian" do musical "Nine" e uma versão de All I Want for Christmas Is You em dueto com Manuel Luís Goucha)

Referências

  1. a b Executivo da Junta de Freguesia dos Olivais 2021-2025
  2. Revista Máxima por Anabela Mota Ribeiro. «'Uma Mulher Chamada Wanda'». Consultado em 21 de Agosto de 2012 
  3. a b RTP Memória apresentado por Júlio Isidro. «'Inesquecível'». 2 de Outubro de 2011. Consultado em 22 de Agosto de 2012 
  4. IMDB. «'Grande Noite'». Consultado em 18 de Agosto de 2012 
  5. IMDB. «'Maldita Cocaína'». Consultado em 18 de Agosto de 2012 
  6. RTP1. «'Cabaret'». Consultado em 18 de Agosto de 2012 
  7. IMDB. «'Cabaret'». Consultado em 18 de Agosto de 2012 
  8. IMDB. «'De Afonso Henriques a Mário Soares'». Consultado em 22 de Agosto de 2012 
  9. Teatro São Luiz. «'Noite dos Travestis'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  10. Revista Máxima por Anabela Mota Ribeiro. «'Uma Mulher Chamada Wanda'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  11. sapo.pt. «'João Rôlo apresenta óculos'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  12. TVI24. «'Rita Pereira brilha em desfile no Cascais Fashion'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  13. Jefferson Cruz. «'Um dos mais enigmáticos artistas do canto popular no Brasil'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  14. Correio da Manhã. «'TVI Abre Esta Noite Academia de Famosos'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  15. Câmara Municipal de Lisboa - Guia da Cidade. «'Teatro Municipal de São Luiz reabre ao público'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  16. Filipe La Féria - Site Oficial. «'Piaf'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  17. escportugal4.blogspot.pt. «'ESC Portugal à Conversa com Wanda Stuart'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  18. Cristina Alves. «'Wanda Stuart volta a reencarnar Piaf, no Casino de Lisboa'». 23 de Abril de 2010. Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  19. Revista Lux por Redacção Lux. «'Wanda Stuart vence «A tua cara não me é estranha»'». 15 de Abril de 2013. Consultado em 18 de Abril de 2013 
  20. Revista Caras. «'Wanda Stuart; Não concebo a minha vida sem a Eva'». 2 de Julho de 2008. Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  21. Revista Caras por Andreia Rodrigues. «'Wanda Stuart orgulhosa do talento da filha, Eva'». 16 de Novembro de 2009. Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  22. Filipe La Féria - Site Oficial. «'Maldita Cocaína'». Consultado em 22 de Agosto de 2012 
  23. Filipe La Féria - Site Oficial. «'De Afonso Henriques a Mário Soares'». Consultado em 22 de Agosto de 2012 
  24. Correio da Manhã (1 de Agosto de 2006). «'Música no Coração ensaia no Politeama'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  25. Correio da Manhã. «'Wanda Stuart: Música no Coração'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  26. Público (jornal) (8 de Agosto de 2006). «'La Féria vai estrear Música no Coração, um sonho com 40 anos'». Ana Tavares. Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  27. Jornalismo Porto Net (28 de Novembro de 2007). «'Teatro: "Música no Coração" chega ao Rivoli em Dezembro'». Pedro Reis. Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  28. Caras (magazine) (23 de Maio de 2009). «'FILIPE LA FÉRIA CONQUISTA AÇORES COM MUSICAL SOBRE A VIDA DE EDITH PIAF'». MELISSA TAVANEZ. Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  29. Jornal de Notícias (8 de Maio de 2009). «'La Féria estreia hoje a sua 'Piaf' nos Açores'». Catarina Cruz. Consultado em 28 de Maio de 2012 
  30. Piaf o musical Blog (9 de Setembro de 2009). «'"PIAF" Comemorou a sua 100ª representação entre lágrimas, aplausos e sorrisos'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  31. C&H (20 de Julho de 2009). «Pequeno pardal poisa no Teatro Rivoli'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  32. Destak (14 de Julho de 2009). «'Piaf' de Filipe La Féria estreia quinta-feira'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  33. Diário de Notícias (2 de Setembro de 2009). «'"Piaf" de La Féria assinala sexta-feira 100ª representação'». Lusa. Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  34. Piaf o musical Blog (9 de Setembro de 2009). «'"PIAF" Comemorou a sua 100ª representação entre lágrimas, aplausos e sorrisos'». Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  35. Correio da Manhã (10 de Maio de 2009). «'La Féria mostra Piaf em Angra'». Lusa. Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  36. Lauro António Apresenta... (24 de Julho de 2009). «'Lauro António Apresenta... "Piaf" no Teatro Politeama'». Lusa. Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  37. RTP Memória apresentado por Júlio Isidro. «'Inesquecível'». 2 de Outubro de 2011. Consultado em 22 de Agosto de 2012 
  38. Poética e Cotidiana Blogspot. «'Fênix'». 6 de Outubro de 2008. Consultado em 22 de Agosto de 2012 
  39. Correio da Manhã por Miguel Ângelo Ribeiro. «'Talento Não Convence'». 1 de Março de 2003. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  40. Teatro Micaelense. «'ERA UMA VEZ A BROADWAY...'». 18 de Setembro de 2004. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  41. Correio da Manhã por Ana Maria Ribeiro. «'Kantigamente'». 18 de Maio de 2011. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  42. Revista Lux. «'Teatro da Trindade reabre com o musical «Esta Vida é Uma Cantiga»'». 13 de Junho de 2013. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  43. Público (jornal). «'Teatro da Trindade reabre renovado a 13 de Junho'». 30 de Maio de 2013. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  44. «'Teatro da Trindade reabre com o musical 'Esta Vida é Uma Cantiga'». Jornal da Região. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  45. Revista Lux. «'Teatro da Trindade reabre com o musical «Esta Vida é Uma Cantiga»'». 7 de Janeiro de 2014. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  46. Casino Estoril. «'Animais Nocturnos estreia em Outubro no Casino Estoril'». Consultado em 20 de Agosto de 2012. Arquivado do original em 15 de novembro de 2007 
  47. Guia da Cidade. «'Wanda Stuart e fogo de artifício encerram as Festas do Mar'». 15 de Agosto de 2005. Consultado em 1 de Março de 2015 
  48. RTP1. «'Grande Noite'». Consultado em 18 de Agosto de 2012 
  49. RTP Memória. «'Cabaret'». 19 de Outubro de 2011. Consultado em 22 de Agosto de 2012 
  50. IMDB. «'Festival RTP da Canção 1996'». 15 de Outubro de 2011. Consultado em 22 de Agosto de 2012 
  51. sapo.pt por Miguel Meira. «'NÃO VENCEU, MAS CONVENCEU: CANTO EM PORTUGUÊS/PATRÍCIA ANTUNES'». 15 de Outubro de 2011. Consultado em 22 de Agosto de 2012 
  52. festivaiscancao.wordpress.com. «'Parabéns Festival da Canção – Hoje recuamos a 1998'». 28 de Maio de 2015. Consultado em 22 de Agosto de 2012 
  53. Correio da Manhã por R. M. «'TVI e RTP Disputam Atenções no dia 9'». 3 de Fevereiro de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  54. Correio da Manhã por R. M. «'Serrano e Pires na Academia de Famosos'». 23 de Janeiro de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  55. Correio da Manhã por Filomena Galacho. «'Surpresas na Forja'». 15 de Fevereiro de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  56. Correio da Manhã. «'Quem Será o Vencedor?'». 29 de Março de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  57. Correio da Manhã por Rita Montenegro. «'Deviam era ter Vergonha'». 1 de Abril de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  58. Correio da Manhã por Marco Pereira. «'TVI Abre Esta Noite Academia de Famosos'». 9 de Fevereiro de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  59. Correio da Manhã por Miguel Ângelo Ribeiro. «'Populares Batem Elitistas'». 22 de Fevereiro de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  60. Correio da Manhã por Miguel Ângelo Ribeiro. «'Talento Não Convence'». 1 de Março de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  61. Correio da Manhã por Rita Montenegro/Marco Pereira. «'Talento Não Convence'». 25 de Fevereiro de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  62. Correio da Manhã por Miguel Ângelo Ribeiro. «'Excesso de Confiança'». 8 de Março de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  63. Correio da Manhã por Fernanda Bueno. «'Expulsões a Dobrar'». 2 de Março de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  64. Correio da Manhã por Alexandra Ferreira. «'Nunca Tive Ilusões'». 11 de Março de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  65. Correio da Manhã. «'Rui Bandeira Sai Mais Forte'». 18 de Março de 2003. Consultado em 24 de Fevereiro de 2015 
  66. Correio da Manhã por Alexandra Ferreira. «'Moniz Apostou e Perdeu, mas tem Novos Trunfos'». 25 de Março de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  67. Correio da Manhã por Rita Montenegro. «'Cansada, mas Feliz'». 2 de Abril de 2003. Consultado em 28 de Agosto de 2012 
  68. Wikipedia. «'Pokémon Vamos Apanhá-los!'». 14 de Setembro de 2011. Consultado em 22 de Agosto de 2012 
  69. Fnac. «'aulo Gonzo: Ao Vivo no Coliseu'». Consultado em 22 de Agosto de 2012 
  70. Correio da Manhã. «'Wanda Stuart em regresso intimista'». 20 de Agosto 2006. Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  71. Lauro António Apresenta... «'Wanda Stuart no Arena Lounge no Casino de Lisboa'». 21 de Agosto 2006. Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  72. «'Wanda Stuart'». 28 de Agosto 2006. Consultado em 20 de Agosto de 2012 
  73. dnotícias. «'Wanda Stuart regressa em dose dupla'». 17 de Abril de 2007. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  74. Correio da Manhã. «'Ídolos só para artistas'». 1 de Agosto de 2003. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  75. Sapo.pt Revista Activa por Luiz Machado. «'Como as Marcas mimam os famosos'». 2 de Fevereiro de 2009. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  76. Correio da Manhã por Helena Isabel Mota,Rute Lourenço. «'Cabeleireiros das Estrelas'». 4 de Novembro de 2007. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  77. 'Porta de Estrela - Agenda Cultural'. «'Espectáculo Musical com Wanda Stuart, na abertura oficial do Cine'Eco'». 10 de Outubro de 2006. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  78. 'A Idade do Mundo Cinzento'. «'As Cantigas Á Portuguesa'». 22 de Fevereiro de 2003. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  79. Câmara Municipal de Lisboa. «'Espectáculo de uma Vida Kantigamente'». 3 de Fevereiro de 2003. Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  80. 'Enterplay'. «'O Último Natal' (TV)». Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  81. IMDB. «'O Último Natal'». Consultado em 25 de Agosto de 2012 
  82. RTP. «'Dança Comigo Programas'». Consultado em 22 de Agosto de 2012