Abrir menu principal

Wikipédia:Votações/Critérios de notoriedade para eleições

Poderá haver artigos para eleições majoritárias nacionais, estaduais e municipais de grandes cidades, desde que haja fontes e que haja conteúdo significativamente relevante para cada uma delas (exemplo: Eleição municipal de Niterói em 2008). Considera-se grande cidade aquela com mais de 100 mil habitantes. O artigo deverá necessariamente ter fontes.[14]

É permitido votar em quantas opções quiser.

Proposta 1 

Apenas revogar o critério e manter apenas o critério geral.
  1. Pórokhov Порох 22h39min de 1 de abril de 2019 (UTC)
  2. --JMGM (discussão) 09h48min de 2 de abril de 2019 (UTC)
  3. Braz Leme (discussão) 15h43min de 2 de abril de 2019 (UTC)
  4. -- Leon saudanha 16h29min de 2 de abril de 2019 (UTC)
  5. CaiusSPQR(discussão) 02h19min de 3 de abril de 2019 (UTC)
  6. --Raimundo57br (discussão) 03h33min de 3 de abril de 2019 (UTC)
  7. --PauloMSimoes (discussão) 05h23min de 3 de abril de 2019 (UTC) Os critérios gerais "...recebeu cobertura significativa de fontes reputadas e independentes do assunto tratado." são suficientes para eliminar verbetes impróprios. Aliás, se esse "n.º mágico" garantisse alguma coisa, não haveria verbetes como Eleição municipal de Guarulhos em 1988. Manter a regra atual com o "n.º mágico" de 100 mil habitantes, exclui 94% dos municípios brasileiros da possibilidade de ter verbete sobre eleições. Isso é incompatível com os princípios da enciclopédia.
  8. WikiFer msg 05h05min de 4 de abril de 2019 (UTC) A relevância e notoriedade ocorre em todas as eleições, não apenas para municípios acima de 100 mil habitantes.
  9. Millbug fala 05h37min de 4 de abril de 2019 (UTC)
  10. Fabiobarros (discussão) 19h31min de 5 de abril de 2019 (UTC)

Proposta 2

Substituir o texto por Poderá haver artigos para eleições desde que haja informação referenciada para além dos resultados da votação.

  1. Pórokhov Порох 22h39min de 1 de abril de 2019 (UTC)
  2. --Luan (discussão) 03h08min de 2 de abril de 2019 (UTC)
  3. --JMGM (discussão) 09h48min de 2 de abril de 2019 (UTC)
  4. Braz Leme (discussão) 15h44min de 2 de abril de 2019 (UTC)
  5. -- Leon saudanha 16h29min de 2 de abril de 2019 (UTC)
  6. --HVL disc. 17h13min de 2 de abril de 2019 (UTC) - Acho esdrúxulo nesse caso o critério da população, que nem sempre confere ou deixa de conferir relevância para eleições em um município. Tenho maior confiança em ampla cobertura por referências.
  7. --PauloMSimoes (discussão) 05h23min de 3 de abril de 2019 (UTC)
  8. WikiFer msg 05h05min de 4 de abril de 2019 (UTC) A relevância e notoridade ocorre em todas as eleições, não apenas para municípios acima de 100 mil habitantes.
  9. Millbug fala 05h37min de 4 de abril de 2019 (UTC)
  10. Fabiobarros (discussão) 19h32min de 5 de abril de 2019 (UTC)
  11. Enaldodiscussão 04h54min de 6 de abril de 2019 (UTC)
  12. MKBRA (discussão) 21h51min de 6 de abril de 2019 (UTC)

  Proposta 3 

Substituir o texto do critério por: Manter o limite do n.º de habitantes, mas adicionando algumas exceções de forma muito clara e objetiva, que permita a criação dos artigos mesmo para cidades menores. Por exemplo, no caso de eleições suplementares, que sejam amplamente cobertas por fontes válidas.

  1. Ederporto (discussão) 07h09min de 2 de abril de 2019 (UTC)

Proposta 4

Substituir o texto do critério por: Poderão ser criados artigos para resultados de eleições majoritárias nacionais, estaduais e, no caso das municipais, de cidades com pelo o menos 100 mil habitantes, desde que haja informação referenciada por fontes válidas, para além dos resultados da votação.Votações de municípios com menos de 100 mil habitantes poderão ter artigo caso a eleição seja objeto de repercussão na grande mídia, por exemplo em eleições suplementares, devido à invalidação da eleição ou afastamento dos eleitos, ou outra razão de grande relevância no cenário político, por exemplo em cidades em que haja algum tipo de conflito coberto pela grande mídia.Para os casos de eleições municipais que não cumpram o critério acima, poderá haver um artigo geral sobre os resultados das eleições naquela cidade ao longo dos anos.

  Proposta 5

Substituir o texto do critério por: Poderá haver artigos para eleições desde que haja informação referenciada para além dos resultados da votação. Excepcionalmente, em caso de dúvida sobre propaganda e autopromoção políticas, artigos sobre eleições de municípios brasileiros com menos de 100 mil habitantes devem passar por uma PE a fim de avaliar a presença de conteúdo impróprio, a notoriedade e neutralidade do conteúdo do artigo.

Proposta 6

Substituir o texto do critério por: Poderão ser criados artigos para eleições majoritárias nacionais, estaduais e municipais de cidades brasileiras que sejam capitais de estados e territórios ou que possuam mais de 200 mil eleitores (Art. 29 - II da CF/88 citado aqui como exemplo) com conteúdo relevante e referenciado por fontes válidas.

  1. Tetizeraz. Mande uma -> ✉️ 01h49min de 3 de abril de 2019 (UTC)
  2. Skartaris (discussão) 14h28min de 7 de abril de 2019 (UTC)

Proposta 7

Proposta 7 é manter o critério atual (WP:ELEIÇÕES): Poderá haver artigos para eleições majoritárias nacionais, estaduais e municipais de grandes cidades, desde que haja fontes e que haja conteúdo significativamente relevante para cada uma delas (exemplo: Eleição municipal de Niterói em 2008). Considera-se grande cidade aquela com mais de 100 mil habitantes. O artigo deverá necessariamente ter fontes.

  1. Ederporto (discussão) 07h09min de 2 de abril de 2019 (UTC)
  2. Érico (disc.) 22h45min de 2 de abril de 2019 (UTC) Todas as propostas apresentadas são ruins. Inclusive, podem causar efeitos bastante indesejáveis (criação de milhares de artigos irrelevantes), enquanto outras são simplesmente restritivas ou vagas. Vou exemplificar: proposta 1: se revogarmos WP:ELEIÇÕES, valerão os critérios gerais. Assim, a cidade de Serra da Saudade, com seus 786 habitantes, poderá ter artigo para todas as suas eleições. Como? Ora, consigo facilmente fontes fiáveis e independentes para criar o artigo da eleição de 2016: com o G1, há informações sobre as eleições de 2012 (exemplo), que poderiam ser usadas para a seção "Contexto"; será possível escrever sobre as estatísticas dos candidatos, divulgadas pelo TSE (link); com a Gazeta do Povo, crio uma seção para falar das "Coligações" (exemplo); ainda com a Gazeta do Povo, escrevo sobre os candidatos (exemplo); com o Uol, há informações sobre os resultados (exemplo). Então, se os critérios gerais forem adotados, como uma página poderá ser eliminada com referências do G1, TSE, Gazeta do Povo e Uol?; Proposta 2: considerando o explicado acima, esta proposta significa que as eleições de todos os 5.570 municípios brasileiros poderão ter artigo próprio, pois, como já demonstrei, há "informação referenciada para além dos resultados da votação" para todas as eleições municipais. Ou seja, a Wikipédia poderá ter 27.850 artigos sobre as eleições de municípios brasileiros ocorridas desde 2000. Qual a relevância disso? Nenhuma. Nós não somos um site especializado em eleições nem WP:JORNAL. Proposta 3: visa adicionar "exceções claras", mas, ironicamente, a proposta não é clara. Por qual razão uma eleição suplementar municipal, por si só, já é notória? Proposta 4: uma mistura das propostas 1, 2 e 3, que na prática permitirá que todas as eleições tenham artigo próprio pois várias fontes fiáveis divulgam informações sobre as eleições municipais de todas as cidades brasileiras, repetindo o vício da proposta 3 ao citar como notórias por naturezas as "eleições suplementares". Proposta 5: além de permitir a criação de artigos próprios para todas as eleições, é desnecessariamente burocrática, pois incentiva que boa parte dos artigos acabem indo para PE. Ora, desde quando só se combate parcialidade ou propaganda através de PE? Proposta 6: muito restritiva. A Wikipédia em Português não é a "Wikipédia Brasileira". Por qual razão nossas políticas devem conter exemplos exclusivamente da Constituição Federal do Brasil? Há eleições em todo o mundo. Ademais, o aumento para 200 mil eleitores não é justificado. Pelo exposto, voto por manter o critério atual. Não é perfeito, mas os candidatos a substitui-lo são piores. Apenas deveria ser acrescentado no critério atual que "eleições comprovadamente históricas" poderão ter artigo; embora pareça-me óbvio que pode, muitas vezes isso é debatido nas PEs.
  3. Saturnalia0 (discussão) 00h25min de 3 de abril de 2019 (UTC)
  4. Tetizeraz. Mande uma -> ✉️ 01h50min de 3 de abril de 2019 (UTC)
  5. Jardel.[5.250] d 02h45min de 3 de abril de 2019 (UTC)
  6. Edmond Dantès d'un message? 03h45min de 3 de abril de 2019 (UTC)
  7. HTPF (discussão) 13h12min de 5 de abril de 2019 (UTC)
  8. JMagalhães (discussão) 22h21min de 5 de abril de 2019 (UTC)
  9. Chronus (discussão) 03h18min de 7 de abril de 2019 (UTC)
  10. Shgür Datsügen (discussão) 02h55min de 7 de abril de 2019 (UTC)
  11. Thanks for the fish! talkcontribs 17h54min de 7 de abril de 2019 (UTC)
  12. EVinentefale comigo 22h08min de 7 de abril de 2019 (UTC)
  13. Sturm (discussão) 19h08min de 8 de abril de 2019 (UTC)
  14. Dux Æ 20h21min de 8 de abril de 2019 (UTC) Só eleições de grandes cidades deverão ter artigo próprio, caso contrário seria uma explosão de artigos inúteis: nem falo dos +300 municípios portugueses, lembro os +5.000 municípios brasileiros e os +89.000 local government units nos Estados Unidos!
  15. Joalpe (discussão) 16h56min de 12 de abril de 2019 (UTC)
  16. -- Darwin Ahoy! 17h29min de 12 de abril de 2019 (UTC)
  17. Mr. Fulano! Fale 23h52min de 14 de abril de 2019 (UTC)
  18. Skartaris (discussão) 16h48min de 15 de abril de 2019 (UTC)

Comentários

Érico, a notoriedade é comprovada com fontes secundárias, não primárias.
comentário não assinado de Shgür Datsügen (discussão • contrib) 02h55min de 7 de abril de 2019‎ (UTC)

As fontes que citei são secundárias e nenhuma PE válida, se essa votação revogar os critérios atuais, eliminaria um artigo com FFs. Érico (disc.) 03h21min de 7 de abril de 2019 (UTC)
Érico, são fontes independentes que tratam do assunto em primeira mão e que desempenham, neste caso, a mesma função que uma fonte primária já que apenas nos é apresentado dados estatísticos. Portanto, o conceito de fonte secundária propriamente dito é impraticável em todas esses resultados de eleições. Nenhuma delas comprova a notoriedade. No entanto, acho que já percebi o seu ponto. Por outro lado, se há quem julgue que com este tipo de páginas web com "apurações" se torna praticável a criação de artigos (o bando do Q, provavelmente!!), simplesmente porque a informação é verdadeira, então de facto tem que haver números mágicos aqui. Corrija-me se estiver errado. Shgür Datsügen (discussão) 07h22min de 7 de abril de 2019 (UTC)
Caro @Shgür Datsügen: a primeira parte da proposta 1 "Apenas revogar o critério e manter apenas o critério geral" é cristalina, mas o que significa "(...) e manter apenas o critério geral"? A que "critério geral" está se referindo a redação do item? Skartaris (discussão) 14h28min de 7 de abril de 2019 (UTC)
Shgür Datsügen, também compreendo melhor agora o que falou. Sim, está certo. Entretanto, tenho um bom nível de certeza que vai ser muito difícil, quem sabe impossível, eliminar um artigo de uma eleição de uma cidade minúscula com fontes do G1, Uol, Gazeta do Povo, etc...
@Skartaris: a proposta 7 é manter o status quo, isto é, WP:ELEIÇÕES, conforme você e eu defendemos na discussão desta página. Érico (disc.) 15h23min de 7 de abril de 2019 (UTC)

  Comentário @ Dux Praxis: prezado,sobre sua Citação: ...seria uma explosão de artigos inúteis, não há qualquer menção nas políticas para um limite de número de artigos, e "inutilidade" é um termo subjetivo se pensarmos nos critérios gerais de notoriedade. Qualquer um pode existir, se tiver notoriedade. Para estabelecer o limite é que existem os critérios gerais. Nem mesmo para a criação de WP:BAIRROS existe qualquer limite numérico. Imagine a quantidade de bairros no Brasil. Esse "número mágico" de 100 mil habitantes, estabelecendo um limite para criação de artigos, sem considerar a notoriedade, vai contra os princípios da enciclopédia.--PauloMSimoes (discussão) 00h09min de 9 de abril de 2019 (UTC)

@PauloMSimoes: Olá, nada contra cada município ter artigo (assim como cada bairro notório poderá ter), a questão aqui é qual a razão para haver um artigo autónomo para cada eleição de 4 em 4 anos de cada município. Somos uma enciclopédia, não uma base de dados eleitorais, para isso existem outros sites. Exigir referências e mais desenvolvimento que meros resultados/lista candidatos não chega. Há milhares de municípios, muitos com 500 ou 1.000 eleitores, qual a relevância para terem artigo sobre cada eleição? Nenhuma. Sem critério numérico (100.000 parece-me razoável) poderiam ser criados milhares de artigos sem notoriedade, e quem discordasse não teria outra alternativa a não ser mandá-los para PE, o que bloquearia o sistema de eliminação. Dux Æ 17h37min de 9 de abril de 2019 (UTC)
Dux Praxis, acho que o colega não está entendendo. Se "cada bairro notório poderá ter", cada eleição notório poderá ter. Aliás, se ler o critério para bairros (localidades), a criação dos verbetes não está vinculada à "notoriedade". O que se propõe aqui é que se respeite os critérios de notoriedade. Acho que se está tentando desvirtuar o escopo da proposta n.º 1.--PauloMSimoes (discussão) 17h45min de 9 de abril de 2019 (UTC)
PauloMSimoes Poderia elucidar por favor qual a regra que impediria a criação em massa de artigos sobre eleições irrelevantes em municípios com menos de 1.000 eleitores? Sem critério numérico não vejo como. Bastaria colocar referências e um texto com um pouco mais desenvolvimento além lista candidatos/resultados, o que não é difícil. Dux Æ 17h54min de 9 de abril de 2019 (UTC):
Continua a desvirtuar a proposta, desconsiderando o que é citado nos critérios gerais: "...recebeu cobertura significativa de fontes reputadas e independentes do assunto tratado." "Lista candidatos/resultados" não é fonte independente. Não "Bastaria colocar referências", mas sim "cobertura significativa de fontes reputadas". A segunda proposta deixa isso um pouco mais claro, mas não me parece melhor que a primeira. Basta seguir as regras, que não acontece o que está afirmando.--PauloMSimoes (discussão) 18h04min de 9 de abril de 2019 (UTC)
Não me expressei bem, o que eu queria dizer é que, sem critério numérico, por ex para criar um artigo sobre uma eleição da década de 90 num município de 1000 eleitores basta ter fontes, ex de um jornal local. Notoriedade desse artigo: 0. Onde se discutiria se milhares de artigos como esse teriam "...cobertura significativa de fontes reputadas e independentes do assunto tratado."? Em milhares de PEs? Parece-me um tanto ao quanto complicado. Melhor ter um critério numérico para prevenir problemas. Dux Æ 18h14min de 9 de abril de 2019 (UTC)
Adendo: Além que um jornal local enquadra-se em "fonte reputada e independente", se fizer uma "cobertura significativa" das eleições dos municípios da sua região então estaria legitimada a criação de artigos sobre cada eleição municipal, seja de município grande, médio ou pequeno. Dux Æ 18h21min de 9 de abril de 2019 (UTC)

─────────────────Não concordo, e continuo a afirmar que os critérios gerais são suficientes para "peneirar o joio do trigo". Não conheço outra regra semelhante para criação de artigos, em que haja "números mágicos" como esse. E digo mais, se a preocupação é a quantidade de artigos (o que por si só já vai contra o princípio generalista da WP), a coisa é infinitamente pior com relação aos verbetes sobre bairros. Segundo o IBGE, existem cerca de 15 mil bairros só nas 760 cidades em que foi feito o levantamento. O Brasil tem mais de 5 mil cidades. Calcule por baixo a estimativa de bairros no país e a estimativa de eleições de cada cidade a cada 4 anos (se caso realmente cada cidade tivesse artigo de suas eleições). Mesmo com relação aos bairros, não creio que haja alguma proposta de "refinar os critérios, por haver um número excessivo de artigos".--PauloMSimoes (discussão) 18h27min de 9 de abril de 2019 (UTC)

  Comentário Ao editor @Dux Praxis: agradeço por contribuir com sua participação. Skartaris (discussão) 01h50min de 9 de abril de 2019 (UTC)