Abrir menu principal
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde novembro de 2011). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.

Alice a Grande é uma personagem das Histórias em Quadrinhos do Popeye, criada por Elzie Segar. Ela é uma Goon fêmea, muito parecida como os seus parentes da Ilha dos Goons, mas, a diferença é que ela usa vestido e chapéu florido, e pode falar de vez em quando, uma ou outra palavra.

HistóriaEditar

Nos quadrinhosEditar

Alice fez sua estréia nas tiras de quadrinhos "Thimble Theatre", no dia 10 de dezembro de 1933, em uma história chamada: "Plunder Island", onde ela aparecia como guarda da Bruxa do Mar. Esta história era publicada originalmente, em tiras no "New York Journal", e iam tendo continuidade nas próximas edições. Em sua primeira aparição Alice ainda não tinha nome e não dava para saber se era uma fêmea ou macho da sua espécie. Ela é mostrada como um monstro meio humano com um grande nariz, e braços cabeludos. Seu nome e gênero foram dados em uma tirinha do dia 14 de janeiro de 1934, depois dela ter capturado Dudu.

Alice apareceu pela primeira vez quando a Bruxa do Mar voltou à cidade de Sweethaven procurando por um ex-prisioneiro seu chamado Cringly. Neste momento Alice ainda não tinha um nome e não era dito que ela era fêmea. O fato dela ser fêmea só foi revelado quando a Bruxa do Mar trancou o Dudu e o Professor Cringly, no convés do navio "Black Barnacle", e deixou Alice junto aos dois, para os vigiar. Lá dentro, o Dudu que estava todo molhado, depois de ter caído no mar, começou a se trocar, ficando apenas de ceroula. Neste mesmo momento a Bruxa do Mar gritou do lado de fora: "Fique de olho neles, Alice!", Dudu ouvindo isso e percebendo que se tratava de uma Goon fêmea, pediu desculpas e se vestiu novamente. E, a partir deste momento em diante, os leitores descobriram que Alice era fêmea.

Em uma parte da história em quadrinho, Popeye e Alice lutaram violentamente, e Popeye ameaçou atirar Alice de um precipício, até que um bebê Goon apareceu e gritou "Mamãe!". Popeye então, percebendo que estava lutando com uma mulher (o que vai contra os seus princípios), liberta Alice, e descobre que ela era uma escrava da Bruxa do Mar, e que a Bruxa tinha ameaçado Alice e seu bebê para que se tornasse sua serva.

Depois de ter escapado da Bruxa do Mar, Alice passou a viver junto com a turma do Popeye se tornando a babá de Gugu, e passou a usar um vestido de bolinhas e um chapéu florido. Segundo o site oficial dos quadrinhos "Thimble Theatre", Alice passou a usar vestido, por que nos EUA as mães das crianças que liam os quadrinhos de Elzie Segar, reclamaram com o jornal que aquele monstro de braços cabeludos, deixava seus filhos assustados. Então remodelaram a personagem, e deram a ela um vestido, para deixar-la com uma aparência menos assustadora.

Quando Alice começou a falar nos quadrinhos, suas palavras eram exibidas como uma série de rabiscos. Dudu era o único da turma do Popeye que podia compreender o que Alice falava, antes disso a Bruxa do Mar também podia se comunicar com ela, através da língua dos Goons, que era representada por balões com rabiscos.

Nos desenhos animadosEditar

Alice não chegou a aparecer em nenhum dos curtas metragens de cinema dos Fleischer Studios produzidos nas décadas de 30 e 40. Somente os outros Goons, parentes da Alice, é que apareceram nestes desenhos, eles fizeram sua estreia no curta "Goonland" de 1938, onde Popeye vai até a "Ilha dos Goons", procurar o Vovô Popeye, que havia sido capturado, e mantido em cativeiro pelos Goons.

Ela só chegou a aparecer mesmo nos desenhos animados de TV, produzidos pela King Features Syndicate nos anos 1960, e pela Hanna Barbera nos anos 1970.

Nos episódios da King Features, ela é mostrada geralmente como uma amiga da turma do Popeye, embora haja um episódio chamado "Alice o Monstro", onde ela é uma criatura que mora na neve, e é temida pelas pessoas.

Na Hanna Barbera, Alice aparece como uma cadete do exército, onde ela é colega de quartel da Olívia Palito.

Ligações externasEditar