Eleição municipal de Florianópolis em 2020

A eleição municipal da cidade de Florianópolis em 2020 ocorrerá no dia 15 de novembro (primeiro turno) e 29 de novembro (segundo turno, se necessário) e elegerá um prefeito, um vice-prefeito e vinte e três vereadores responsáveis pela administração da cidade, que se iniciará em 1° de janeiro de 2021 e com término em 31 de dezembro de 2024.[1]

2016 Brasil 2024
Eleição municipal de Florianópolis em 2020 Bandeira de Florianópolis.svg
15 de novembro de 2020 (Primeiro turno)
Prefeito Gean Loureiro e Governador Eduardo Pinho Moreira (cortado).jpg Male portrait placeholder cropped.jpg
Candidato Gean Loureiro Elson Pereira
Partido DEM PSOL
Vice Topázio Neto (Republicanos) Lino Peres (PT)
Votos 126.144 42.778
Porcentagem 53,46% 18,13%


Brasão de Florianópolis.png
Prefeito de Florianópolis

Originalmente, as eleições ocorreriam em 4 de outubro (primeiro turno) e 25 de outubro (segundo turno, caso necessário), porém, com o agravamento da pandemia de COVID-19 no Brasil, as datas foram modificadas.[2]

Contexto político e pandemiaEditar

As eleições municipais de 2020 estão sendo marcadas, antes mesmo de iniciada a campanha oficial, pela pandemia de COVID-19 no Brasil, o que está fazendo com que os partidos remodelem suas estratégias de pré-campanha. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou os partidos a realizarem as convenções para escolha de candidatos aos escrutínios por meio de plataformas digitais de transmissão, para evitar aglomerações que possam proliferar o coronavírus.[3] Alguns partidos recorreram a mídias digitais para lançar suas pré-candidaturas. Além disso, a partir deste pleito, será colocada em prática a Emenda Constitucional 97/2017, que proíbe a celebração de coligações partidárias para as eleições legislativas[4], o que pode gerar um inchaço de candidatos ao legislativo.

CampanhaEditar

As eleições foram marcadas pela predominância do então Prefeito Gean Loureiro como preferido à reeleição, sendo o maior esforço dos demais candidatos direcionado à possibilidade de disputa do segundo turno.

Houve grande controvérsia durante a campanha acerca da não realização de debate televisivo entre os postulantes à Prefeitura. Inicialmente, nenhuma das emissoras televisivas locais se predispuseram a recepcionar um debate entre os candidatos diante de alegadas dificuldades técnicas para a realização do evento durante a situação epidemiológica decorrente da COVID-19. Contudo, vários candidatos se insurgiram desse fato, sustentando a existência de parcialidade na mídia local em favor do atual Prefeito - acusação da qual as redes se defenderam.[5]

Após pressão popular, o Centro Acadêmico XI de Fevereiro, o Diretório Central dos Estudantes Luís Travassos e a associação sindical dos professores da UFSC (APUFSC) elaboraram, junto à TV UFSC, um debate entre os oito principais concorrentes.[6] De início, o candidato do PRTB, Alexander Brasil, não havia sido convidado para o evento; no entanto, após pedido de liminar junto à Justiça Eleitoral, o candidato conseguiu efetivar a sua participação. Além disso, contaminado pelo coronavírus, o líder nas pesquisas, Gean Loureiro não pôde comparecer ao evento.[7]

Durante a campanha, houve o registro de um Boletim de Ocorrência contra o Prefeito Gean Loureiro, pelo crime de estupro; além da divulgação de imagens do ocorrido pela rede mundial de computadores. A acusação foi feita por uma ex-funcionária da prefeitura acerca de eventos transcorridos entre 2017 e 2018. O candidato à reeleição negou a acusação, aduzindo ter sido consensual a relação e tratar-se de ''armadilha eleitoral''.[8][9] Não obstante, a oposição - notadamente o vereador Pedro Silvestre (PL), também candidato à prefeitura - manifestou repúdio a postura do prefeito, alegando ter subvertido o decoro do espaço público em “o fatídico episódio de sexo dentro da prefeitura”.[10]

Candidatos a prefeitoEditar

Nota: a tabela a seguir está organizada por ordem alfabética de candidatos.

Prefeito(a) Vice-prefeito(a) Coligação Número eleitoral Cargo político anterior Tempo de horário eleitoral
Candidato(a) Partido Candidato(a) Partido
Alexander Brasil   PRTB Letícia Mattos   PRTB Verde e Amarelo (PRTB e PTB) 28 Sem cargos políticos anteriores 18 segundos
Ângela Amin   PP João Batista Nunes   PSDB Por você, por nossa gente (PP, PSDB, MDB e PSL) 11 Deputada federal por Santa Catarina (2019-atualmente) 2 minutos e 50 segundos
Elson Pereira   PSOL Lino Peres   PT Frente Democrática por Floripa (PSOL, PT, PDT, PSB, PCdoB e UP) 50 Sem cargos políticos anteriores 2 minutos e 30 segundos
Gabriela Santetti   PSTU Diogo Leal   PSTU Sem coligação 16 Sem cargos políticos anteriores Sem tempo
Gean Loureiro   DEM Topázio Neto   Republicanos Viva Floripa (DEM, Republicanos, PSD, PODE e PSC) 25 Prefeito de Florianópolis (2017-atualmente) 2 minutos e 14 segundos
Helio Barros   Patriota Policial Federal Edgar Lopes   Patriota Construindo o Futuro (Patriota e Avante) 51 Sem cargos políticos anteriores 24 segundos
João Fernandes Ramos   PCO Ivan Rubens Dário   PCO Sem coligação 29 Sem cargos políticos anteriores Sem tempo
Orlando Silva   NOVO Dr. Barboza   NOVO Sem coligação 30 Sem cargos políticos anteriores 16 segundos
Pedrão Silvestre   PL Eduardo Usuy   PL Juntos por Floripa (PL e Cidadania) 22 Vereador de Florianópolis (2013-atualmente) 51 segundos
Ricardo Vieira   Solidariedade Guaraci Fagundes   PV Floripa + Verde e Solidária (Solidariedade, PV e PROS) 77 Vereador suplente de Florianópolis (2017-atualmente) 34 segundos

Pesquisas eleitoraisEditar

Outubro de 2020 - Candidaturas oficializadasEditar

Fonte Data(s)

conduzidas

Amostragem Gean Loureiro
DEM
Prof. Elson
PSOL
Ângela Amin
PP
Pedrão
PL
Alexander Brasil
PRTB
Gabriela Santetti
PSTU
Helio Bairros
Patriota
Orlando Silva
NOVO
Dr. Ricardo
SD
Jair Fernandes
PCO
Outros Abst.

Indec.

Vantagem
Ibope 31 Out-2 Nov 602 58% 13% 9% 6% 1% 1% 1% 1% 0% 0% 9% 45%
Ibope 29 Set-05 Out 602 44% 7% 15% 9% 1% 1% 1% 1% 1% 1% 20% 29%
  • Atualizado até 00h58min, domingo, 7 de março de 2021 (UTC)

ResultadosEditar

PrefeitoEditar

Em 15 de novembro de 2020, Gean Loureiro foi reeleito prefeito de Florianópolis, com 53,26% dos votos válidos.[11]

Candidato(a) Vice 1º turno
15 de novembro de 2020
Total Percentagem
Gean Loureiro (DEM) Topázio Neto (Republicanos) 126 144 53,46%
Elson Pereira (PSOL) Lino Peres (PT) 42 778 18,13%
Pedrão Silvestre (PL) Eduardo Usuy (PL) 33 529 14,21%
Angela Amin (PP) João Batista Nunes (PSDB) 17 515 7,42%
Alexander Brasil (PRTB) Letícia Mattos (PRTB) 6 982 2,96%
Orlando Silva(NOVO) Dr. Barboza (NOVO) 6 195 2,63%
Ricardo Vieira (Solidariedade) Guaraci Fagundes (PV) 1 201 0,51%
Helio Bairros (Patriota) Policial Federal Edgar Lopes (Patriota) 1 142 0,48%
Gabriela Santetti (PSTU) José Alvarenga (PSTU) 373 0,16%
Jair Fernandes (PCO) Ivan Rubens Dário (PCO) 98 0,04%
Total de votos válidos 235,957 92,63%
→ Votos em branco 6 433 2,52%
→ Votos nulos 12 348 4,85%
Total 277 533 100%
Abstenções 38 727 12,25%
Total de eleitores 316 260 100%
  Eleito(a)

Composição Câmara Municipal[12]Editar

A maior bancada na Câmara de Vereadores de Florianópolis será do Democratas, mesmo partido do Prefeito-eleito Gean Loureiro. O vereador mais votado foi do PSOL, Marcos José Abreu, conhecido como ''Marquito'', que disputava seu segundo mandato. Além disso, a representação feminina na Câmara aumentou de apenas uma vereadora para cinco, maior número na história do Município.[13][14]

Partido Coligação Câmara Municipal de Florianópolis
Votos % Assentos % de assentos +/–
DEM Viva Floripa 33.671 8,60% 4 17,39%   3
PODE Viva Floripa 23.348 5,22% 3 13,04%   3
PSOL Frente Democrática por Floripa 22.096 8,68% 3 13,04%  
PSC Viva Floripa 18.471 1,58% 2 8,7%   1
Republicanos Viva Floripa 16.196 6,35% 2 8,7%   1
PSDB Por você, por nossa gente 15.608 12,20% 2 8,7%  
PL Juntos por Floripa 14.398 3,26% 2 8,7%   1
PSD Viva Floripa 13.914 4,99% 2 8,7%   1
PT Frente Democrática por Floripa 12.362 12,76% 1 4,35%  
NOVO Sem coligação 12.145 3,75% 1 4,35% Novo
PSL Por você, por nossa gente 10.651 2,60% 1 4,35%   1
Votos Validos 230.269 90,55% 23
→ Votos brancos 12.358 4,85%
→ Votos nulos 11.722 4,60%
Total 254.738 71,35%
Abstenção 102.311 28,65%
Total de inscritos 357.049 100%
Vereadores Eleitos em Florianópolis em 2020[15]
Partido Candidato Votos Porcentagem
PSOL Marcos José de Abreu ''Marquito'' 5.858 2,54%
DEM Josimar Pereira ''Mama'' 4.015 1,74%
PODE Gabriel Meurer ''Gabrielzinho'' 3.690 1,60%
NOVO Manu Vieira 3.522 1,53%
PSDB Ed Pereira 3.477 1,51%
PSD Roberto Katumi Oda 3.038 1,32%
REP Claudinei Marques 2.998 1,30%
PSOL Afrânio Boppré 2.961 1,28%
DEM Edinon Manoel da Rosa ''Dinho'' 2.749 1,19%
PSC Gui Pereira 2.700 1,17%
DEM João Cobalchini 2.337 1,01%
DEM Dalmo Deusdedit Meneses 2.239 0.97%
PSL João Ferreira ''João do Bericó'' 2.172 0,94%
PSDB Renato Geske ''Renato da Farmácia'' 2.132 0,92%
PT Carla Ayres 2.094 0,91%
PODE Pri Fernandes ''Adote'' 2.092 0,91%
PSD Ricardo de Souza ''Diácono Ricardo'' 2.089 0,91%
PSC João Luiz da Bega 1.889 0,82%
PODE Gilberto Pinheiro ''Gemada'' 1.839 0,80%
PL Maikon Costa 1.796 0,78%
PL Maryanne Mattos 1.718 0,74%
PSOL Cíntia Mendonça ''Coletiva Bem Viver'' 1.660 0,72%
REP Adriano Analdino Flor ''Adrianinho'' 1.571 0,68%
Total de votos válidos 230.658 90,55%
→ Votos em branco 11.722 4,60%
→ Votos nulos 12.358 4,85%
Total 254.738 100%
Abstenções 102.311 28,65%
Total de eleitores 357.049 100%

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Eleições 2020: confira as datas do calendário eleitoral». G1. Consultado em 20 de julho de 2020 
  2. «Câmara aprova o adiamento das eleições 2020 para novembro». noticias.uol.com.br. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  3. «TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano». Agência Brasil. 4 de junho de 2020. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  4. «Congresso promulga emenda que extingue coligações em 2020 e cria cláusula de barreira». G1. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  5. «Candidatos a prefeito de Florianópolis constroem falsas narrativas sobre debates». ND. 9 de outubro de 2020. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  6. SeTIC-UFSC (27 de outubro de 2020). «TV UFSC transmite debate entre candidatos à prefeitura de Florianópolis nesta quinta-feira, 29». Notícias da UFSC. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  7. «Justiça mantém debate entre candidatos a prefeito de Florianópolis». ND. 29 de outubro de 2020. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  8. «Prefeito de Florianópolis é acusado de estupro por ex-servidora; Gean Loureiro diz que caso foi consensual». G1. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  9. «Prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM) é acusado de estupro e nega». VEJA. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  10. «Temperatura da campanha em Florianópolis deve subir após Gean ter direito de resposta negado». www.nsctotal.com.br. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  11. «Resultado da apuração do 1º turno das Eleições 2020 - Florianópolis, SC - Prefeito, vice-prefeito e vereadores». G1. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  12. TRE-SC. «Resultado da Totalização das Eleições Municipais de 2020 em Florianópolis» (PDF) 
  13. Tribunal Superior Eleitoral. «Eleições Municipais 2020 - Resultado da Totalização - Florianópolis, SC» (PDF) 
  14. «Conheça os 23 vereadores eleitos em Florianópolis nas eleições 2020». www.nsctotal.com.br. Consultado em 18 de novembro de 2020 
  15. «Eleições 2020 - Resultado da apuração na cidade FLORIANÓPOLIS - SC». Agência Brasil. Consultado em 18 de novembro de 2020