g1

portal de notícias do Grupo Globo
(Redirecionado de G1 (site))
 Nota: Para outros significados, veja G1 (desambiguação).

O g1 é um portal de notícias brasileiro mantido pelo Grupo Globo e sob orientação da Central Globo de Jornalismo. Foi lançado em 18 de setembro de 2006, ano que a TV Globo fez 41 anos. O portal disponibiliza o conteúdo de jornalismo das diversas empresas do Grupo Globo - TV Globo, GloboNews, rádio CBN, Jornais O Globo, Extra e Valor Econômico, revista e Globo Rural, entre outras - além de reportagens próprias em formato de texto, fotos, áudio e vídeo. Além das cinco redações próprias situadas no Rio de Janeiro, em São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e Recife, afiliadas da TV Globo, jornais, revistas, rádios e as agências de Notícias como Agência Estado, Agência France Presse, Associated Press, EFE, New York Times, Lusa, Reuters e Valor Econômico alimentam o portal de notícias, que é atualizado 24 horas por dia.

g1
Globo Comunicação e Participações S.A.
G1
G1
Página inicial do portal de notícias em setembro de 2016
Slogan A informação que importa.
Nomes anteriores Globo Notícias
Proprietário(s) Globo[1]
Requer pagamento? Não
Gênero Portal
Cadastro Não necessita de cadastro
País de origem Brasil
Idioma(s) português
inglês
castelhano
Lançamento 18 de setembro de 2006 (17 anos)
Desenvolvedor Grupo Globo
Endereço eletrônico g1.globo.com

História editar

Em 2008, os sites dos telejornais da Globo e a homepage da Globonews passaram a ter o domínio do g1. No fim de 2010, o portal integrou as redes afiliadas ao website. Começou com a integração dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo (Conteúdo da Globo Rio e Globo São Paulo). Em seguida os estados de Minas Gerais (Globo Minas e TV Integração),[2] Paraná (RPC), Bahia (Rede Bahia), Distrito Federal (Globo Brasília) e mais recentemente: Mato Grosso (TV Centro América), Mato Grosso do Sul (TV Morena), Ceará (TV Verdes Mares), Espírito Santo (Rede Gazeta), Goiás (Rede Anhanguera), Paraíba (TV Paraíba e TV Cabo Branco), Amazonas (Rede Amazônica), Pernambuco (Globo Nordeste), Rio Grande do Sul (RBS TV RS), Sergipe (TV Sergipe), Maranhão (Rede Mirante), Pará (Rede Liberal e TV Tapajós)), Rondônia (Rede Amazônica), Santa Catarina (RBS TV SC), Rio Grande do Norte (InterTV Cabugi), Piauí (TV Clube), Alagoas (TV Gazeta), Acre (Rede Amazônica) e regiões de cobertura da TV TEM, da EPTV, da TV Tribuna, da Rede Vanguarda, da InterTV, da TV Rio Sul, da TV Asa Branca e da TV Grande Rio. Em 28 de junho iniciou-se o g1 Tocantins.

As versões do g1 no idioma inglês e espanhol foram lançadas em 11 de junho de 2010 e têm os vídeos legendados em dois idiomas.[3][4]

O g1 também tem a versão mobile e aplicativos para Android e IOS.

Em 18 de setembro de 2021, o g1 completou 15 anos de existência. Dois dias depois, o portal lançou sua nova logomarca, adotando a letra minúscula e mantendo a cor vermelha, se alinhando ao novo visual da TV Globo, lançado no mesmo ano.[5]

 
Logotipo utilizado entre 2014 e 2021

Podcasts e programas editar

g1 em 1 minuto

Em 2015, o portal ganhou um programa exclusivo na TV Globo, o g1 em 1 Minuto, com as informações do site em boletins pela manhã e a tarde.

Em 2019, o site passou a ganhar uma plataforma de podcasts, com análises e entrevistas sobre os grandes assuntos do cotidiano.[6]

Em 15 de junho de 2021, o site passou a ter um canal próprio no YouTube, com vídeos atualizados sobre o noticiário.[7]

Podcasts do g1 editar

  • O Assunto (um tema importante do noticiário explicado e analisado diariamente, com Natuza Nery)
  • Bem Estar (sobre Saúde e Qualidade de Vida, com Michele Loretto)

Prêmios editar

Prêmio Vladimir Herzog
Prêmio Vladimir Herzog de Internet
Ano Obra Veículo de mídia Autor Resultado
2014 "Dias de Intolerância" Portal g1 Rosanne D’Agostino Venceu[8]
Menção Honrosa do Prêmio Vladimir Herzog por Multimídia
Ano Obra Veículo de mídia Autor Resultado
2017 "Mapa da homofobia em SP" g1 – São Paulo/SP Thiago Reis, Alexandre Nascimento, Alexandre Mauro, Beatriz Souza, Fabíola Glenia, Glauco Araújo, Igor Estrella, Kleber Tomaz, Marcelo Brandt, Mariana Mendicelli, Rodrigo Cunha, Rogério Banquieri, Sávio Ladeira e Wagner Santos Venceu[9]

Prêmio iBest editar

Ano Organização Recipiente(s) Categoria Resultado
2022 Prêmio iBest G1 Notícias e Jornalismo TOP3[10]


Outros
  • 2019: ganhou o 12º Prêmio Abag/RP de Jornalismo, pela reportagem do jornalista Igor Savenhago, "Produtores investem no cultivo de uvas na região de Ribeirão Preto e garrafas chegam até os EUA"[11]

Referências

  1. «Todas as marcas». Somos Globo. Consultado em 10 de março de 2023. Todas as marcas: TV Globo, Globoplay, Globo.com, G1, GE, Gshow, Cartola, Receitas, Giga Gloob, Globo Filmes, GNT, Multishow, SporTV, Globonews, Premiere, Futura, Combate, Viva, Canal Off, Gloob, BIS, Modo Viagem, Gloobinho, Telecine, Canal Brasil, Universal TV, Syfy, Megapix, Studio Universal, Sexy Hot, For Man, Playboy, Venus, Sextreme. 
  2. «TV Integração estreia novo site com conteúdo regional exclusivo». TV Integração - Triângulo Mineiro. 28 de outubro de 2011. Consultado em 5 de fevereiro de 2013 
  3. «G1 ganha versões em espanhol e inglês». G1. 11 de junho de 2010. Consultado em 8 de julho de 2010 
  4. «Portal G1 lança versões do site em inglês e espanhol, e vídeos com legendas». Cidade Biz. 6 de julho de 2010. Consultado em 8 de julho de 2010. Arquivado do original em 15 de junho de 2013 
  5. «Nova marca: G1 muda logo e adota letra minúscula». G1. 20 de setembro de 2021. Consultado em 6 de março de 2022 
  6. «Jornalismo da Globo lança novos podcasts». G1. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  7. «G1 estreia canal no YouTube». G1. Consultado em 15 de junho de 2021 
  8. IVH Julio (29 de outubro de 2014). «36º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos». Vladimir Herzog. Consultado em 1 de abril de 2020. Cópia arquivada em 1 de abril de 2020 
  9. Giuliano Galli (10 de outubro de 2017). «Confira a lista com todos os vencedores e menções honrosas do 39º Prêmio Vladimir Herzog». Vladimir. Consultado em 28 de março de 2020. Cópia arquivada em 29 de março de 2020 
  10. «Prêmio iBest: Resultados categoria Notícias e Jornalismo». Consultado em 22 de novembro de 2022 
  11. «Reportagem do G1 vence categoria do 12º Prêmio Abag/RP de Jornalismo». G1. Rede Globo. 23 de novembro de 2019. Consultado em 9 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 23 de novembro de 2019 

Ligações externas editar

  Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.