Lília Cabral

atriz brasileira

Lilia Cabral Bertolli Figueiredo (São Paulo, 13 de julho de 1957)[2] é uma atriz brasileira. Foi indicada duas vezes ao Prêmio Emmy Internacional de melhor atriz.[3]

Lilia Cabral
Nome completo Lilia Cabral Bertolli Figueiredo
Nascimento 13 de julho de 1957 (63 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Etnia luso-brasileira
ítalo-brasileira
Estatura 1,75m[1]
Cônjuge João Jardim (c. 1986–92)
Iwan Figueiredo (c. 1994)
Filho(s) 1
Ocupação atriz
Período de atividade 1978–presente
Principais trabalhos
Prêmios Lista

BiografiaEditar

Nascida e criada na Lapa, bairro da Zona Oeste de São Paulo, Lília é filha do italiano Gino Bertolli, natural de Lucca[4], e da portuguesa Almedina Sofia Cabral, natural de Nordestinho nos Açores[5][6]. Em entrevistas revelou que, por conta da morte da mãe em 1987[5] sofreu com depressão e síndrome do pânico, fazendo psicoterapia por alguns anos.[2]

Casou-se em 1986 com seu noivo, o cineasta João Henrique Jardim, que namorava desde 1982. Em 1990 engravidou, mas sofreu um aborto espontâneo. O casal divorciou-se em 1992 por divergências conjugais. Após outros relacionamentos, em 1993 começou a namorar o economista Iwan Figueiredo. Em 1994 foram morar juntos, e poucos meses depois oficializaram a união. A atriz tentou engravidar após a união, mas não estava conseguindo. Após dois anos de tratamento de fertilização deu à luz de parto cesariana sua filha: Giulia Bertolli Figueiredo, nascida em São Paulo, em 21 de janeiro de 1996. A atriz tentou dar irmãos para a filha, e como não estava conseguindo engravidar naturalmente, voltou a fazer tratamento de fertilização. Em 1998 engravidou, mas sofreu seu segundo aborto espontâneo, e em 2000 voltou a engravidar, mas teve seu terceiro aborto espontâneo, e preferiu parar de tentar uma nova gestação.[7]

CarreiraEditar

É formada pela Escola de Arte Dramática na turma de 1978, atuando nos espetáculos teatais Marat-Sade, Divinas Palavras, Estado de Sitio e o O Bordel.[8] Começou a sua carreira no teatro, com a peça Feliz Ano Velho, baseada num livro de Marcelo Rubens Paiva.[7] Estreou na televisão, em 1981, com a novela Os Adolescentes, escrita por Ivani Ribeiro e produzida pela Rede Bandeirantes. Em 1984, transferiu-se para a Rede Globo para atuar em Corpo a Corpo, de Gilberto Braga, vivendo a perua Margarida. Um fato curioso é que desde então não ficou um ano sequer fora da televisão.

Entre 1986 e 1987, interpretou Antonieta em Hipertensão, uma mulher que tinha duas personalidades, a de mulher inocente e ingênua durante o dia, e a de dançarina em boate durante a noite. Logo depois, fez a primeira fase da novela Mandala como Lena. Em 1988, atuou em Vale Tudo, de Gilberto Braga e Aguinaldo Silva, no papel da secretária Aldeíde Candeias, que sofria nas mãos do patrão Marco Aurélio (Reginaldo Faria) e vivia inventando desculpas para sair mais cedo, e que ficava milionária ao longo da trama. Em 1989, viveu a beata Amorzinho no grande sucesso de Aguinaldo Silva, Tieta. Logo depois, vieram a insana Ernestina em Salomé, a dançarina Alva em Pedra Sobre Pedra e a dissimulada Simone em Pátria Minha, além das minisséries O Portador e Sex Appeal. Em 1995, participou de História de Amor, como a neurótica vilã Sheila, ex-esposa do médico e protagonista da história, Carlos (José Mayer), iniciando sua parceria com Manoel Carlos. Depois, em 1997, participou em Anjo Mau, como Goreti. Naquele mesmo ano, apesar de não ter atuado na novela, seu rosto aparecia diariamente no canto superior de uma das fotos da abertura de Por Amor.[9] Em 1998, interpretou a perua Verena na telenovela Meu Bem Querer e, em 1999, foi a mãe de Tati, protagonista da primeira temporada de Malhação.[10]

Em 2000, atuou na novela Laços de Família, como Ingrid, mãe da vilã Íris (Deborah Secco), uma mulher do interior que se muda para a cidade e morre num assalto. Em 2001, viveu a vilã cômica Daphne em Estrela-Guia e, no ano seguinte, apareceu em outra novela das seis, Sabor da Paixão, como a doce Edith. Em 2003, participou de Chocolate com Pimenta, como a vilã cômica Bárbara Albuquerque. Posteriormente, integrou o elenco de Começar de Novo, como Aída, dona de um famoso spa.[10] Em 2006, foi a antagonista Marta Toledo Flores, em Páginas da Vida, e sua interpretação recebeu o Troféu Imprensa de melhor atriz daquele ano, também sendo indicada ao Emmy Internacional de 2007, na categoria de melhor atriz. Contudo, perdeu a estatueta para a atriz francesa Muriel Robin, pela sua participação em Marie Besnard - The Poisoner. A atriz colheu vários elogios e prêmios pelo seu desempenho como a vilã Marta, considerada um divisor de águas na sua carreira. Em 2008, viveu a sofrida Catarina, na novela A Favorita, de João Emanuel Carneiro, que convivia com o abuso físico do marido Léo (Jackson Antunes) e com a descoberta da sua bissexualidade. Em 2009 estrelou o filme Divã, no qual interpretou a protagonista Mercedes. Posteriormente, viveu a ex-modelo Tereza, em Viver a Vida, uma mulher dominadora que rivaliza com Helena, vivida por Taís Araújo.[10] Em 2011, retornou à TV em Fina Estampa, onde interpretou sua primeira protagonista no horário nobre, Griselda Pereira, a "Pereirão", ganhando vários prêmios como melhor atriz pelo desempenho na novela.[11][12]

Em 2013 protagonizou o remake Saramandaia, interpretando a empresária Vitória Vilar.[10] Em 2014, interpreta Maria Marta, a vilã de Império, novela das nove de Aguinaldo Silva, continuando a parceria com o autor.[13] Por essa personagem, ganhou o Troféu Imprensa e o Prêmio Extra, ambos em melhor atriz.[14][15][16]

Em 2016, participa da novela das onze Liberdade, Liberdade, como a sofrida Virgínia. Em 2017 vive Silvana, uma compulsiva por jogos, em A Força do Querer, de Glória Perez, retornando ao horário nobre global. Em 2018, repete novamente a parceria com o autor Aguinaldo Silva, interpretando a milionária Valentina Marsalla, em O Sétimo Guardião.

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Papel Nota
1981 Os Adolescentes Marcela[10]
Os Imigrantes Angelina[10]
1982 Os Imigrantes: Terceira Geração Angelina[10]
1984 Corpo a Corpo Margarida Fraga Dantas[17]
1985 De Quina pra Lua Marieta[18]
1986 Hipertensão Antonieta (Tatá)[19]
1987 Mandala Lena[20]
1988 Vale Tudo Aldeíde Candeias[21]
1989 Tieta Amorosa de Jesus (Amorzinho)[22]
1991 Salomé Ernestina[23]
O Portador Luciana[24]
1992 Você Decide Mindinha (Arminda) Episódio: "Cigarra ou Formiga"
Pedra sobre Pedra Alva[25]
1993 Sex Appeal Clarice[26]
1994 Você Decide Neusinha Episódio: "A Copa do Mundo é Nossa"
Pátria Minha Simone Barcelos Pellegrini[27]
1995 História de Amor Sheila[10]
Engraçadinha: Seus Amores e Seus Pecados Eduarda[10]
Confissões de Adolescente Gilda[10] Episódio: "Por Um Triz"
1996 Você Decide Celina Episódio: "Pai de Aluguel"
1997 Anjo Mau Goreti Garcia Abreu[10]
1998 Dona Flor e Seus Dois Maridos Violeta[10]
Sai de Baixo Miriam[10] Episódio: "O Casamento do Meu Melhor Amigo"
Meu Bem Querer Verena Alves Serrão[10]
1999 Você Decide Laura Episódio: "Ligeiramente Grávida"
Claudete Episódio: "Robin Hood Aposentado"
Mulher Dalva Episódio: "Mãe Menina"
Malhação Claudia Almeida[10] Temporada 6
2000 Laços de Família Ingrid Frank Lacerda [10] Episódios: "5 de junho–3 de outubro"
2001 Estrela-Guia Daphne Pimenta[10]
Sai de Baixo Dora[10] Episódio: "Família de Aluguel"
Brava Gente Isadora[10] Episódio: "Proezas do Finado Zacarias"
Os Normais Amanda Episódio: "Surpresas são Normais"[10]
2002 Sítio do Picapau Amarelo Hera[10] Episódio: "Os XII Trabalhos de Hércules"
A Grande Família Margot Pereba[10] Episódio: "Noiva em Fúria"
Episódio: "Explode Coração"
Episódio: "Vai Para o Trono ou Não Vai"
Sabor da Paixão Edith Rosa[10]
2003 Chocolate com Pimenta Bárbara Albuquerque[10]
2004 Começar de Novo Aída Meira[10]
A Diarista Pinky[10] Episódio: "Mulheres Que Enchem o Saco Demais"
2005 A História de Rosa Drª. Estela Duncar[10] Especial de fim de ano
2006 Páginas da Vida Marta Toledo Flores[10]
A Grande Família Margot Pereba[10] Episódio: "A Malvada"
2007 A Diarista Dona Elvira[10] Episódio: "Aquela da Doida"
Toma Lá, Dá Cá Drª. Mísia[10] Episódio: "Freud Já Não Explica Mais"
2008 A Favorita Catarina Coppola Monteiro[10]
2009 Viver a Vida Tereza Saldanha[10]
2011 Fina Estampa Griselda da Silva Pereira (Pereirão)
Divã Mercedes Cunha Ribeiro[10]
2013 Saramandaia Vitória Vilar[28][29]
2014 Império Maria Marta Medeiros de Mendonça e Albuquerque
2016 Tá no Ar: a TV na TV Falsa Helena[30] / Globeleza Episódio: "18 de janeiro"
Episódio: "2 de fevereiro"
Liberdade, Liberdade Virgínia Loredano[31]
2017 A Força do Querer Silvana Garcia
2018 O Sétimo Guardião Valentina Marsalla / Marlene Rocha[32]
2019 Tá no Ar: a TV na TV Ela mesma[33] Episódio: "12 de fevereiro"
Zorra Dona Sandra / Ela mesma[34] Episódio: "2 de novembro"
2020 Todas as Mulheres do Mundo Dionara[35]
Salve-se Quem Puder Ela mesma[36] Episódio:
2021 Olho por Olho Tânia [37]

CinemaEditar

Ano Título Papel
1989 Dias Melhores Virão Secretária[10]
1990 Stelinha Chris[10]
Assim na Tela Como no Céu Maria Madalena[10]
1998 Como Ser Solteiro Analista[10]
2001 A Partilha Lúcia[38]
2006 Fica Comigo Esta Noite Catarina
2009 Divã Mercedes Cunha Ribeiro[10]
2011 Amor? Laura[39]
2014 Julio Sumiu Edna[40]
2019 Maria do Caritó Maria do Caritó (Caritó)[41]

TeatroEditar

Ano Título Papel
1978 Marat Sade [5] Charlotte Cordeille
1979 Divinas Palavras [5] Marigaila
1981 Seda Pura e Alfinetadas [5] Manequim
De Como Dia Virou Noite e a Noite.. [5]
1982 Cinderela, Cinderela [42]
1983–84 Feliz Ano Velho[42]
1986 Miss Banana [5]
1988 Delicadas Torturas [5]
1989 JK [5] Sarah Kubitscheck
Machado em Cena - Um Sarau Carioca [5]
1991 La Ronde [5]
1992 Baile de Máscaras [5]
1993–94 Solteira, Casada, Viúva, Divorciada [5] 4 personagens
1996 Futuro do Pretérito [5]
2002–03 Unha e Carne [43] Isadora
2005–09 Divã [44] Mercedes
2010–15 Maria do Caritó [45] Maria do Caritó

LiteraturaEditar

Ano Título Autora Nota
2007 Descobrindo Lília Cabral de Analu Ribeiro Biografia[42]

Prêmios e indicaçõesEditar

Ano Prêmio Categoria Nomeação Resultado
1982 Troféu Mambembe[42] Melhor Atriz
Cinderela, Cinderela
Venceu
1993 Prêmio Shell[10]
Solteira, Casada, Viúva, Divorciada
Venceu
1997 3º Prêmio Sharp de Teatro[46] Melhor Atriz
O Futuro do Pretérito
Indicada
2005 Prêmio Shell[47] Melhor Atriz
Divã
Indicada
Prêmio Qualidade Brasil[48] Melhor Atriz
Maria do Caritó
Venceu
2006 Prêmio APCA[49] Melhor Atriz
Páginas da Vida
Venceu
Prêmio Extra de Televisão [50] Melhor Atriz Venceu
Prêmio TV Press Melhor Atriz Venceu
Melhores do Ano Melhor Atriz Indicada
2007 Prêmio Emmy Internacional[51] Melhor Atriz Indicada
Prêmio Qualidade Brasil[52] Melhor Atriz - SP Indicada
Troféu Internet Melhor Atriz Venceu
Troféu Imprensa[53] Melhor Atriz Venceu
Prêmio Contigo! de TV [10] Melhor Atriz de Novela Venceu
2008 Prêmio Qualidade Brasil[10] Melhor Atriz Coadjuvante
A Favorita
Venceu
Prêmio Extra de Televisão[54] Melhor Atriz Coadjuvante Indicada
Melhores do Ano Melhor Atriz Coadjuvante Indicada
2009 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Coadjuvante Indicada
Prêmio Quem de Televisão[55] Melhor Atriz
Viver a Vida
Venceu
Prêmio Melhores da Revista da TV - O Globo Melhor Atriz Venceu
Melhores do Ano - IG Venceu
Melhores do Ano Melhor Atriz Indicada
2010 Prémio Emmy Internacional[56] Melhor Atriz Indicada
Prêmio Contigo! de TV[57] Melhor Atriz de Novela Indicada
Troféu Imprensa[58] Melhor Atriz Venceu
Prêmio Contigo! de Cinema [10] Melhor Atriz (júri)
Divã
Indicada
Melhor Atriz (público) Venceu
Brazilian Film Festival of Miami[10] Melhor Atriz Venceu
Grande Prêmio Cinema Brasil Venceu
Prêmio Qualidade Brasil[48] Melhor Atriz de Teatro
Maria do Caritó
Venceu
Prêmio Shell[48] Melhor Atriz Indicada
2011 Prêmio Contigo! de Teatro[48] Melhor Atriz Venceu
Isto É Gente[59] Personalidade do Ano
Fina Estampa
Venceu
Prêmio Quem de Televisão [60] Melhor Atriz Indicada
Melhores do Ano[61] Melhor Atriz Venceu
2012 Troféu Imprensa[62] Melhor Atriz Venceu
Prêmio Contigo! de TV[63] Melhor Atriz de Novela Venceu
2014 Prêmio Extra de Televisão[64] Melhor Atriz
Império
Venceu
Prêmio Quem de Televisão[65] Melhor Atriz Indicada
Melhores do Ano[66] Melhor Atriz de Novela Indicada
2015 Troféu Imprensa [67] Melhor Atriz Venceu
Troféu Internet Melhor Atriz Indicada
Prêmio Contigo! de TV[68][69] Melhor Atriz de Novela Venceu
2017 Melhores do Ano Personagem do Ano
A Força do Querer
Venceu
2018 Troféu Internet Melhor Atriz Indicada
2019 Festival de Cinema da Lapa[70] Troféu Tropeiro Homenagem Venceu
Cine Ceará[71] Troféu Eusélio Oliveira Venceu
Troféu Nelson Rodrigues[72] Artes Venceu
2020 Grande Prêmio Brasileiro de Cinema[73] Melhor Atriz
Maria do Caritó
Pendente

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 1 de novembro de 2011. Arquivado do original em 10 de fevereiro de 2012 
  2. a b Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome CG
  3. G1 (4 de outubro de 2010). «Lília Cabral é indicada ao prêmio Emmy Internacional». g1.globo.com. Consultado em 15 de maio de 2013 
  4. Consulado do Brasil em Livorno (12 de setembro de 1948). «Ficha consular de pedido de visto». Consultado em 18 de junho de 2019 
  5. a b c d e f g h i j k l m n «Descobrindo Lilia Cabral» (PDF). Livraria Imprensa Oficial. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 
  6. Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. «Ficha remissiva do prontuário de estrangeiro» 🔗 
  7. a b Caruso, Marina (19 de outubro de 2011). «Lília Cabral: "Nunca pensei em ser protagonista"». Revista Marie Claire. Globo.com. Consultado em 18 de setembro de 2016 
  8. «Lília Cabral: talento no horário nobre». Folha de S.Paulo. 16 de outubro de 2011. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 
  9. «Gabriela Duarte revela detalhes das fotos da abertura de Por Amor e comenta segredinho». Gshow. 6 de maio de 2019. Consultado em 17 de fevereiro de 2020 
  10. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap aq ar «Lília Cabral». iG. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  11. Redação Rede Globo (19 de julho de 2011). «Fina Estampa: Malvino Salvador e Sophie Charlotte gravam novela». globo.com. Consultado em 6 de novembro de 2011 
  12. Redação Rede Globo (17 de junho de 2011). «Fina Estampa: Lília Cabral terá aparência masculina na novela». globo.com. Consultado em 6 de novembro de 2011 
  13. Gshow (10 de junho de 2014). «Lilia Cabral encarna aristocrata decadente em 'Império'». Extras - Império. Consultado em 22 de junho de 2014 
  14. «Cláudia Abreu vence Lilia Cabral no "Melhores do Faustão" e elenco de Império leva um susto» 
  15. «Veja os premiados da 57° edição do 'Troféu Imprensa'» 
  16. «Lília Cabral ganha 'Prêmio Extra' de melhor atriz.» 
  17. Gshow (5 de janeiro de 2012). «Em 1984, Lilia Cabral interpretou a perua Margarida em Corpo a Corpo». Globo.com. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  18. «De Quina Pra Lua». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  19. «Hipertensão». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  20. «Mandala». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  21. «Vale Tudo». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  22. «Tieta». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  23. «Salomé». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  24. «O Portador». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  25. «Pedra Sobre Pedra». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  26. «Sex Appeal». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  27. «Pátria Minha». Teledramaturgia. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  28. Rede Globo (29 de abril de 2013). «Saramandaia: José Mayer e Lília Cabral fazem par romântico». Rede Globo > saramandaia. Consultado em 12 de junho de 2014 
  29. Gshow (17 de junho de 2013). «Lilia Cabral define a Vitória de Saramandaia: 'Mocinha politicamente incorreta'». Fique por dentro - Saramandaia. Consultado em 12 de junho de 2014 
  30. Gshow (18 de janeiro de 2016). «'Helenas' de Manoel Carlos se reencontram nos bastidores do 'Tá no Ar'». Globo.com. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  31. «Virgínia | Personagem». Gshow. Globo.com. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  32. «Gagliasso, Lília Cabral e mais: conheça o elenco de O Sétimo Guardião». Metrópoles. Consultado em 18 de maio de 2018 
  33. «Tá no Ar reúne time de atores veteranos em esquetes especiais». Observatório da Televisão. 12 de fevereiro de 2019. Consultado em 12 de fevereiro de 2019. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2019 
  34. «Maria do Caritó - É a Lília Cabral no Zorra?». Globoplay. 2 de novembro de 2019. Consultado em 3 de novembro de 2019 
  35. Patrícia Kogut (8 de agosto de 2019). «Lilia Cabral fará 'Todas as mulheres do mundo'». O Globo. Consultado em 10 de agosto de 2019 
  36. Felipe Brandão (27 de março de 2020). «Sophia Abrahão e Lília Cabral farão participação especial na novela Salve-se Quem Puder». Observatório da Televisão. Consultado em 7 de março de 2020 
  37. José Miguel Toledo (10 de fevereiro de 2020). «Lília Cabral deve ser a vilã da próxima novela de João Emanuel Carneiro». O Novelão. Consultado em 7 de março de 2020 
  38. «FILMOGRAFIA - A PARTILHA». Cinemateca Brasileira. Ministério da Cultura. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  39. Olimpia (23 de maio de 2016). «Lilia Cabral, uma atriz que é puro talento». iFolha 
  40. Globo Filmes (01 de fevereiro de 2013). «Carnaval dedicado ao cinema». Consultado em 15 de junho de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  41. «Maria do Caritó». Globo Filmes. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  42. a b c d «Marcos Caruso, Lília Cabral e Denise Del Vecchio lançam sua biografias». Jornal do Brasil. 9 de abril de 2008. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 
  43. «Amizade é tema de *Unha e Carne*». Correio do Povo. 25 de junho de 2003. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 
  44. «Lilia Cabral reestréia 'Divã' no Rio». Ego. 27 de julho de 2007. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 
  45. «Lília Cabral volta aos palcos do Rio com a comédia "Maria do Caritó"». Folha de S.Paulo. 3 de setembro de 2010. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 
  46. «`O Burguês Ridículo' tem mais indicações ao Prêmio Sharp». Folha de S.Paulo. UOL. 27 de fevereiro de 1997. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 
  47. «Família Goulart é homenageada no Prêmio Shell». Ofuxico. 12 de abril de 2006. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 
  48. a b c d «Lilia Cabral faz curta temporada do premiado "Maria do Caritó" no Theatro Net Rio» (PDF). Theatro Net Rio. 15 de julho de 2015. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 
  49. «APCA 2006 premia "O Céu de Suely" e "vilões" da Globo». Folha de S.Paulo. UOL. 12 de dezembro de 2006. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  50. «Ganhadores do Prêmio Extra de TV 2006». Extra. Globo.com. 14 de setembro de 2012. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  51. «Brasil bate recorde de indicações no Emmy». Folha de S.Paulo. 8 de outubro de 2007. Consultado em 30 de outubro de 2014 
  52. «Confira os INDICADOS e GANHADORES do Prêmio Arte Qualidade Brasil 2007 São Paulo». Prêmio Arte Qualidade Brasil. Consultado em 2 de fevereiro de 2017 
  53. «Troféu Imprensa 2006». Chance de Gol. UOL. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  54. «Ganhadores do Prêmio Extra de TV 2008». Extra. Globo.com. 14 de setembro de 2012. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  55. Ghermandi, Carla (25 de janeiro de 2012). «Prêmio Quem 2009». Revista Quem. Globo.com. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  56. «Indicados ao Emmy Internacional 2010». Revista Veja. 4 de outubro de 2010. Consultado em 29 de outubro de 2014 
  57. Patrícia Teixeira (4 de maio de 2010). «Estrelas da TV agitam o Prêmio Contigo, no Copacabana Palace». O Fuxico. Consultado em 27 de setembro de 2011 
  58. «Troféu Imprensa 2009». Chance de Gol. UOL. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  59. «Emocionada, Lília Cabral recebe prêmio de Dilma Rousseff». IG gente. 7 de dezembro de 2011. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 
  60. «Prêmio QUEM 2011: Conheça os vencedores». Revista Quem. Globo.com. 6 de dezembro de 2011. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  61. «Confira a lista dos vencedores dos Melhores do Ano do Domingão do Faustão». Primeira Edição. 1 de abril de 2012. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  62. «Os vencedores do Troféu Imprensa 2012». Aglomerado News. 15 de março de 2016. Consultado em 17 de setembro de 2016. Arquivado do original em 18 de setembro de 2016 
  63. Almeida, Flavia (15 de maio de 2012). «Confira a lista de vencedores do Prêmio Contigo de Televisão!». Ofuxico. Consultado em 18 de setembro de 2016 
  64. «'Império' é a grande vencedora do Prêmio Extra de Televisão; veja a lista completa de ganhadores». Extra. Globo.com. 12 de novembro de 2014. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  65. «Prêmio QUEM 2014: Conheça e vote nos finalistas da categoria TV». Revista Quem. Globo.com. 29 de outubro de 2014. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  66. Gshow. «9 de novembro de 2014». Globo.com. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  67. M de Mulher (13 de abril de 2015). «Conheça os vencedores do Troféu Imprensa 2015». Abril. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  68. Almeida, Flavia (9 de junho de 2015). «Confira a lista de ganhadores do 17º. Prêmio Contigo!». Ofuxico. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  69. «Famosos capricham na produção para premiação de TV no Copacabana Palace». UOL. 8 de junho de 2015. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  70. «Lilia Cabral ganha prêmio no 12º Festival de Cinema da Lapa». ofuxico. 2 de abril de 2020. Consultado em 2 de abril de 2020 
  71. «Cine Ceará 2019: Lilia Cabral é homenageada na segunda noite». metropoles. Consultado em 2 de abril de 2020 
  72. Tips Star News. «Troféu Nelson Rodrigues». Consultado em 2 de dezembro de 2019 
  73. «Academia Brasileira de Cinema: ABC Melhor Atriz 2020». Academia de Cinema. 2 de abril de 2020. Consultado em 2 de abril de 2020 


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.