Resultados do Carnaval do Rio de Janeiro em 2014

Nesta página estão listados os resultados dos concursos de escolas de samba e de blocos de enredo do carnaval do Rio de Janeiro do ano de 2014. Os desfiles foram realizados entre os dias 28 de fevereiro e 8 de março de 2014.

Unidos da Tijuca foi a campeã do Grupo Especial, conquistando seu quarto título na elite do carnaval. A escola realizou um desfile em homenagem ao piloto Ayrton Senna, morto vinte anos antes. O enredo "Acelera, Tijuca!" foi desenvolvido pelo carnavalesco Paulo Barros, que conquistou seu terceiro título de campeão do carnaval. Acadêmicos do Salgueiro ficou com o vice-campeonato por apenas um décimo de diferença para a campeã.[1][2] A Beija-Flor teve seu pior resultado em 22 anos, após se classificar em sétimo lugar. Desde 1992, a escola não ficava de fora do Desfile das Campeãs. Em contrapartida, a União da Ilha do Governador conquistou seu melhor resultado em vinte anos. Desde 1994, a escola não se classificava para o Desfile das Campeãs.[3] Recém promovido ao Grupo Especial, após vencer a Série A em 2013, o Império da Tijuca foi rebaixado após se classificar em último lugar.[4]

Unidos do Viradouro foi a campeã da Série A com um desfile sobre sua cidade natal, Niterói.[5] Unidos de Bangu venceu o Grupo B com um desfile sobre seu bairro de origem, Bangu. Mocidade Unida do Santa Marta foi a campeã do Grupo C. Em seu primeiro carnaval como escola de samba, a Unidos das Vargens conquistou o Grupo D.[6]

Entre os blocos de enredo, Coroado de Jacarepaguá venceu o Grupo 1; Novo Horizonte conquistou o Grupo 2; Bloco do China foi o campeão do Grupo 3; e Mocidade Unida da Mineira ganhou o Grupo 4.

Escolas de sambaEditar

Grupo EspecialEditar

O desfile do Grupo Especial foi organizado pela Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (LIESA) e realizado no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, a partir das 21 horas dos dias 2 e 3 de março de 2014.[7]

Ordem dos desfiles

A ordem dos desfiles foi definida através de sorteio realizado no dia 8 de julho de 2013 na Cidade do Samba. Para equilibrar as forças, as escolas foram divididas em pares, sendo que, dentro dos pares, cada escola desfilaria em uma noite diferente. Os pares formados foram: Beija-Flor e Vila Isabel; Salgueiro e Unidos da Tijuca; Grande Rio e Imperatriz Leopoldinense; Mangueira e Portela; São Clemente e União da Ilha do Governador.[8]

Primeiro foi sorteada a noite de desfile de cada escola; depois foi sorteada a ordem de apresentação de cada noite. Após o sorteio foi permitido que as escolas negociassem a troca de posições dentro de cada noite. Sorteada para encerrar a primeira noite, a São Clemente trocou de posição com a Beija-Flor. Salgueiro e Mangueira também inverteram posições. Sorteada para encerrar a segunda noite, a Portela trocou de posição com a Unidos da Tijuca. Duas escolas tinham posições definidas e não participaram do sorteio: Campeão da Série A (segunda divisão) do ano anterior, o Império da Tijuca ficou responsável por abrir a primeira noite; penúltima colocada do Grupo Especial no ano anterior, a Mocidade Independente de Padre Miguel ficou responsável por abrir a segunda noite.[9]

Domingo (02/03/2014) Segunda-feira (03/03/2014)
  1. Império da Tijuca
  2. Acadêmicos do Grande Rio
  3. São Clemente
  4. Estação Primeira de Mangueira
  5. Acadêmicos do Salgueiro
  6. Beija-Flor
  1. Mocidade Independente de Padre Miguel
  2. União da Ilha do Governador
  3. Unidos de Vila Isabel
  4. Imperatriz Leopoldinense
  5. Portela
  6. Unidos da Tijuca

Quesitos e julgadores

Foram mantidos os dez quesitos de avaliação dos anos anteriores e a mesma quantidade de julgadores (quatro por quesito).[10]

Quesitos Julgador 1 Julgador 2 Julgador 3 Julgador 4
Entre os setores 03 e 03A Setor 06 Setor 08 Setor 10
Enredo Mariza Maline Pérsio Gomyde Brasil André Luís da Silva Junior Johnny Soares
Fantasias Lúcia Simas Patrícia Nunes Paulo Paradela Clívia Cohen
Alegorias e Adereços Helenise Guimarães Emil Ferreira Walber Ângelo de Freitas Bruno Chateaubriand
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Ilclemar Nunes Áurea Hârmmerli Beatriz Badejo Tito Canha
Samba-Enredo Alexandre Wanderley Alice Serrano Marta Macedo Maria Amélia Martins
Harmonia Sidnei Martins Dantas Miriam Orofino Gomes Célia Souto Monique Aragão
Evolução Paola Novaes Salete Lisboa Sonia Gallo Carlos Pousa
Conjunto Sulamita Trzcina João Vlamir Ricardo Rizzo Edileuza Batista de Aleluia
Comissão de Frente Marcus Nery Magalhães Rafael David Fabiana Valor Paulo César Morato
Bateria Cláudio Luiz Matheus Leandro Osiris Xande Figueiredo Maestro Sergio Naidin

NotasEditar

A apuração do resultado foi realizada na tarde da quarta-feira de cinzas, dia 5 de março de 2014, na Praça da Apoteose. De acordo com o regulamento do ano, a menor nota recebida por cada escola, em cada quesito, foi descartada. As notas variam de nove à dez, podendo ser fracionadas em décimos. A ordem de leitura dos quesitos foi definida em sorteio horas antes do início da apuração.[11][10]

Legenda:      Campeã      Rebaixada  S  Nota descartada  J1  Julgador 1  J2  Julgador 2  J3  Julgador 3  J4  Julgador 4
Escolas
(por ordem de desfile)
Total
Enredo Fantasias Alegorias e Adereços Mestre-Sala e
Porta-Bandeira
Samba-Enredo Harmonia Evolução Conjunto Comissão de Frente Bateria
Domingo J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4
Império da Tijuca 9,7 9,8 9,7 9,7 9,6 9,6 9,7 9,7 9,6 9,7 9,6 9,6 9,8 9,8 9,8 9,7 9,8 9,9 9,8 9,8 9,6 9,7 9,7 9,6 9,6 9,6 9,7 10 9,6 9,6 9,8 9,7 9,6 9,8 9,5 9,5 9,7 9,6 9,7 9,9 291,6
Grande Rio 9,9 9,9 9,8 9,9 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 9,8 9,7 9,8 9,6 9,6 9,7 9,9 10 9,6 9,9 10 10 9,9 9,8 10 9,8 9,8 9,9 9,9 9,9 10 9,8 9,8 9,9 9,9 297,2
S.Clemente 9,8 9,7 9,8 9,8 9,8 9,7 9,6 9,6 9,8 9,7 9,7 9,8 9,9 9,8 10 9,9 9,6 9,8 9,8 9,7 9,7 9,8 9,8 10 9,6 10 9,8 9,8 9,7 9,6 9,7 9,8 9,7 9,7 9,8 9,8 9,9 10 9,7 9,8 294,3
Mangueira 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,8 9,9 10 9,7 9,5 9,7 9,7 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,8 9,9 10 9,9 10 9,8 9,8 9,8 9,8 9,9 9,8 9,8 9,9 9,8 9,7 9,8 10 296,2
Salgueiro 10 10 10 10 9,8 9,9 10 10 9,9 9,8 9,9 9,9 9,8 10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 10 9,9 10 10 9,9 9,9 9,9 10 9,9 10 10 10 9,9 9,9 10 10 10 299,3
Beija-Flor 9,8 9,8 9,7 9,8 9,8 9,9 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 9,9 10 10 9,9 9,7 9,6 9,8 9,6 9,5 9,9 10 10 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 9,9 9,9 9,8 10 9,9 9,5 9,7 10 10 10 10 296,4
Segunda J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 Total
Mocidade 9,8 9,7 9,8 9,6 9,9 9,9 9,7 9,9 9,8 9,8 9,6 9,8 10 10 9,9 9,9 9,8 10 10 10 9,8 10 9,8 9,9 9,8 9,8 9,8 9,9 9,8 9,7 9,7 10 9,8 9,8 9,5 9,6 9,9 9,8 9,9 10 296,0
U. da Ilha 10 10 10 10 10 10 10 10 9,8 9,8 9,8 10 9,9 9,8 10 10 10 9,7 9,7 9,9 10 9,9 10 9,9 10 10 10 10 10 9,8 10 9,8 10 9,8 9,7 9,9 10 9,8 9,8 10 298,4
Vila Isabel 9,8 9,8 9,7 9,7 9,8 9,9 9,7 9,8 10 9,9 9,8 9,8 9,9 9,9 9,9 10 9,7 10 9,9 9,7 9,9 9,9 9,9 9,6 9,9 9,9 9,8 9,8 9,7 9,8 9,8 9,9 9,9 9,7 9,7 9,5 9,9 9,8 10 10 295,9
Imperatriz 10 10 10 10 9,8 10 10 10 9,9 9,9 10 9,9 10 10 10 10 9,8 9,8 10 9,9 9,6 9,8 9,8 9,8 9,6 9,9 9,8 9,8 9,7 9,8 10 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 9,9 9,8 9,8 297,6
Portela 9,9 9,9 10 9,9 10 10 9,9 9,9 9,9 9,9 9,8 9,9 10 9,9 10 9,9 10 10 10 10 10 9,9 10 9,8 10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 9,5 9.8 10 10 9,7 10 299,0
Tijuca 10 10 10 10 10 9,9 9,8 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 9,7 9,8 9,8 9,9 10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,8 10 10 10 10 299,4

ClassificaçãoEditar

A Unidos da Tijuca conquistou seu quarto título de campeã do carnaval, o terceiro em cinco anos. A escola também foi campeã em 2010 e 2012. Última escola a se apresentar, a Tijuca prestou um tributo ao piloto Ayrton Senna, morto em 1994. No desfile, diversos personagens como Sonic, The Flash e Dick Vigarista se juntavam a atletas como Usain Bolt e invenções do homem como o trem bala e a internet e disputavam uma corrida com Senna, o grande vencedor.[12][13] O enredo "Acelera, Tijuca!" foi desenvolvido por Paulo Barros. O carnavalesco conquistou seu terceiro título na elite do carnaval. Os outros dois foram ganhos em 2010 e 2012, também com a Tijuca.[1][2]

Acadêmicos do Salgueiro ficou com o vice-campeonato por um décimo de diferença para a campeã. A escola realizou um desfile sobre a criação do universo sob a ótica da lenda africana de Olorum.[14][15] Portela foi a terceira colocada com um desfile sobre a Zona Portuária do Rio.[16][17] Quarta colocada, a União da Ilha do Governador conquistou seu melhor resultado em vinte anos. Desde 1994, a escola não se classificava para o Desfile das Campeãs. A agremiação realizou um desfile sobre brinquedos e brincadeiras.[18][19] Quinta colocada, a Imperatriz Leopoldinense homenageou o ex-jogador Zico, que completou 61 anos no dia do desfile.[20][21] Acadêmicos do Grande Rio conquistou a última vaga do Desfile das Campeãs com um desfile sobre a cidade de Maricá e sua ilustre moradora, a falecida cantora Maysa.[22]

Beija-Flor foi a sétima colocada com um desfile em homenagem ao empresário e diretor de televisão Boni.[23][24] Foi o pior resultado da escola em 22 anos. Desde 1992, a Beija-Flor não ficava de fora do Desfile das Campeãs.[3] Estação Primeira de Mangueira se classificou em oitavo lugar com um desfile sobre festas brasileiras, desenvolvido pela carnavalesca campeã do ano anterior, Rosa Magalhães.[25][26] Nona colocada, a Mocidade Independente de Padre Miguel realizou um desfile sobre a obra do carnavalesco Fernando Pinto e sua terra natal, Pernambuco.[27] Campeã do ano anterior, a Unidos de Vila Isabel conquistou o décimo lugar. A escola perdeu diversos componentes que participaram do campeonato no ano anterior e teve dificuldades na preparação de seu carnaval. No desfile, algumas alas se apresentaram sem fantasias.[28][29] Penúltima colocada, a São Clemente realizou um desfile sobre favelas.[30] Recém promovido ao Grupo Especial, após vencer a Série A em 2013, o Império da Tijuca foi rebaixado após se classificar em último lugar com um desfile sobre o batuque.[31][4]

Legenda:      Desfile das Campeãs      Rebaixadas para a Série A
Col. Escola Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Unidos da Tijuca Acelera, Tijuca! Paulo Barros 299,4
2 Acadêmicos do Salgueiro Gaia - A Vida em Nossas Mãos Renato Lage e Márcia Lage 299,3
3 Portela Um Rio de Mar a Mar: Do Valongo à Glória de São Sebastião Alexandre Louzada 299
4 União da Ilha do Governador É Brinquedo, É Brincadeira. A Ilha Vai Levantar Poeira! Alex de Souza 298,4
5 Imperatriz Leopoldinense Arthur X - O Reino do Galinho de Ouro na Corte da Imperatriz Cahê Rodrigues 297,6
6 Acadêmicos do Grande Rio Verdes Olhos de Maysa Sobre o Mar, no Caminho: Maricá Fábio Ricardo 297,2
7 Beija-Flor O Astro Iluminado da Comunicação Brasileira André Cezari, Bianca Behrends, Fran Sérgio, Laíla, Ubiratan Silva, Victor Santos e Adriane Lins 296,4
8 Estação Primeira de Mangueira A Festança Brasileira Cai no Samba da Mangueira Rosa Magalhães 296,2
9 Mocidade Independente de Padre Miguel Pernambucópolis Paulo Menezes 296
10 Unidos de Vila Isabel Retratos de Um Brasil Plural Cid Carvalho 295,9
11 São Clemente Favela Bruno César, João Vitor Araújo, Max Lopes e Tiago Martins 294,3
12 Império da Tijuca Batuk Júnior Pernambucano 291,6

Série AEditar

O desfile da Série A (segunda divisão) foi organizado pela Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro e realizado no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, a partir das 21 horas dos dias 28 de fevereiro e 1 de março de 2014.[7]

Ordem dos desfiles

A ordem dos desfiles foi definida através de sorteio realizado no dia 8 de julho de 2013 na Cidade do Samba. Para equilibrar as forças, as escolas foram divididas em pares, sendo que, dentro dos pares, cada escola desfilaria em uma noite diferente. Os pares formados foram: Estácio de Sá e Império Serrano; Caprichosos de Pilares e Acadêmicos da Rocinha; Inocentes de Belford Roxo e Acadêmicos de Santa Cruz; Unidos do Porto da Pedra e Acadêmicos do Cubango; Unidos de Padre Miguel e Renascer de Jacarepaguá; e Paraíso do Tuiuti e União do Parque Curicica. Quatro escolas tinham posições definidas e não participaram do sorteio: Campeã da Série B (terceira divisão) do ano anterior, a Em Cima da Hora ficou responsável por abrir a primeira noite; décima-sexta colocada da Série A no ano anterior, a Tradição ficou responsável por abrir a segunda noite; décima-quinta colocada da Série A no ano anterior, a União de Jacarepaguá foi a segunda escola a desfilar na primeira noite; décima-quarta colocada da Série A no ano anterior, a Alegria da Zona Sul foi a segunda escola a desfilar na segunda noite. Vice-campeã da Série A no ano anterior, a Unidos do Viradouro ganhou o direito de desfilar na segunda noite, apenas sua posição de desfile foi decidida por sorteio.[32]

Sexta-feira (28/02/2014) Sábado (01/03/2014)
  1. Em Cima da Hora
  2. União de Jacarepaguá
  3. Acadêmicos da Rocinha
  4. Renascer de Jacarepaguá
  5. Unidos do Porto da Pedra
  6. Paraíso do Tuiuti
  7. Inocentes de Belford Roxo
  8. Império Serrano
  1. Tradição
  2. Alegria da Zona Sul
  3. União do Parque Curicica
  4. Caprichosos de Pilares
  5. Unidos do Viradouro
  6. Estácio de Sá
  7. Acadêmicos de Santa Cruz
  8. Unidos de Padre Miguel
  9. Acadêmicos do Cubango

Quesitos e julgadores

Foram mantidos os dez quesitos de avaliação dos anos anteriores e a mesma quantidade de julgadores (quatro por quesito).[10]

Quesitos Julgador 1 Julgador 2 Julgador 3 Julgador 4
Entre os setores 03 e 03A Setor 06 Setor 08 Setor 10
Enredo Flávio Freire Xavier José Antonio Rodrigues Marcelo Figueira Valmir Aleixo Ferreira
Fantasias Patrícia Carneiro Fernanda Guedes Regina Oliva Irene Orazen
Alegorias e Adereços Levi Cintra Liana Brazil Madson Oliveira José Maurício Tavares
Samba-Enredo André Gimenez Celso Eduardo Chagas Marcelo Rodrigues Lilia Gutman Paranhos
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Vera Aragão Núbia Barbosa Paula Isnard de Maracajá Mônica Barbosa
Evolução Ana Ferreira Kátia Verônica Andrade Paulo Melgaço José Cristino
Harmonia Ruy de Oliveira Humberto Fajardo Jardel Maia Edvan Moraes
Conjunto Marina Vianna Wilson Martinez Malu Cotrim Luiz Strauss
Comissão de Frente Rafaela Riveiro Ribeiro Toni Rodrigues Zé Helou Pedro Augusto de Souza Pires
Bateria David Bispo Luís Carlos "Meu Bom" Fabiano Rocha Nelson Pestana

NotasEditar

A apuração do resultado foi realizada na quarta-feira, dia 5 de março de 2014, na Praça da Apoteose, logo após a apuração do Grupo Especial. De acordo com o regulamento do ano, a menor nota recebida por cada escola, em cada quesito, foi descartada. As notas variam de nove à dez, podendo ser fracionadas em décimos. A ordem de leitura dos quesitos foi definida em sorteio horas antes do início da apuração.[10][33]

Penalizações

  • Renascer de Jacarepaguá perdeu um décimo por ultrapassar o tempo máximo de desfile em um minuto.
  • Império Serrano perdeu seis décimos por dificultar a movimentação de suas alegorias em vias públicas (inciso 3 do artigo 9.º do regulamento).
  • Tradição perdeu 1,5 pontos pelo abandono de três alegorias em vias públicas, sendo cinco décimos por cada alegoria.
  • Alegria da Zona Sul perdeu cinco décimos pelo abandono de uma alegoria em via pública.
  • Caprichosos perdeu cinco décimos pelo abandono de uma alegoria em via pública; e um décimo pelo desacoplamento de uma de suas alegorias durante o desfile.
Legenda:      Campeã      Rebaixadas  S  Nota descartada  J1  Julgador 1  J2  Julgador 2  J3  Julgador 3  J4  Julgador 4
Escolas
(por ordem de desfile)
Pen. Total
Enredo Fantasias Alegorias e Adereços Samba-Enredo Mestre-Sala e Porta-Bandeira Evolução Harmonia Conjunto Comissão de Frente Bateria
Sexta-feira J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4
Em Cima da Hora 9,9 9,3 9,7 9,8 9,8 9,7 9,4 10 9,8 9,5 9,6 9,6 9,9 9,6 10 9,9 9,7 9,7 9,9 9,7 9,8 9,8 9,7 9,6 9,9 9,6 9,5 9,7 9,5 9,6 9,7 9,6 9,9 9,9 9,8 10 10 9,9 9,9 9,8 0 294
União de Jacarepaguá 9,6 9,8 9,8 9,7 9.7 9.8 9.8 9.8 9,9 9,9 9,7 9,7 9,7 9,7 9,8 9,8 10 9,9 9,8 9,9 9,6 9,7 9,5 9,7 9,6 9,6 9,5 9,6 9,6 9,8 9,4 9,8 9,8 9,7 9,6 9,6 10 9,8 9,8 9,8 0 292,9
Rocinha 9,6 9,5 9,5 9,6 9,8 9,6 9,5 9,6 9,0 9,3 9,5 9,4 9,8 9,6 9,6 9,7 9,8 9,9 10 10 10 9,8 9,7 9,7 9,8 9,8 9,6 9,6 9,8 9,7 9,6 9,2 10 9,9 9,9 9,7 10 10 10 10 0 292,6
Renascer 10 9,6 9,8 9,8 9,9 9,8 9,8 9,7 9,1 9,6 9,8 9,8 9,9 9,9 9,8 9,7 9,8 9,8 9,9 9,9 10 10 9,8 9,7 9,9 9,9 9,9 9,8 9,8 9,5 9,6 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 10 10 10 9,9 -0,1 295,5
Porto da Pedra 10 9,7 9,8 10 9,9 10 9,8 9,9 9,9 9,7 9,9 9,9 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 9,8 9,8 10 10 10 9,9 10 9,9 9,8 9,6 10 10 10 9,9 10 10 9,9 9,8 0 298,7
Tuiuti 9,8 9,9 9,9 9,8 10 9,9 10 10 9,8 9,9 9,9 9,9 10 10 10 9,9 10 10 9,9 9,8 10 9,9 9,8 9,8 10 9,8 9,7 9,7 9,9 9,9 9,7 9,6 9,9 9,9 9,8 9,8 10 10 10 10 0 297,5
Inocentes 9,7 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 10 10 9,6 9,6 9,9 9,8 9,9 9,9 9,7 9,7 9,8 9,8 9,8 10 9,8 9,8 9,8 9,8 9,9 9,8 9,7 9,7 9,8 9,8 9,7 9,5 10 9,9 9,9 9,9 9,9 10 10 9,8 0 296,2
Império Serrano 10 9,9 9,9 9,9 10 9,8 9,8 10 9,9 9,7 9,9 9,8 10 9,9 10 10 10 10 10 10 9,9 9,8 10 10 10 10 10 9,9 10 9,9 9,9 9,8 10 9,9 9,9 9,8 10 10 10 9,9 -0,6 298,1
Sábado J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 Pen. Total
Tradição 9,9 9,3 9,5 9,6 9,6 9,4 9,4 9,4 9,4 9,4 9,6 9,6 10 10 10 9,7 9,7 9,7 9,8 10 10 9,7 9,6 9,6 9,8 9,8 9,8 9,7 9,9 9,8 9,5 9,2 9,9 9,9 9,8 9,7 9,8 9,9 10 10 -1,5 291,2
Alegria 9,7 9,4 9,7 9,6 9,8 9,7 9,6 9,6 9,5 9,6 9,7 9,7 10 9,9 9,9 9,7 9,8 9,9 10 10 9,8 9,8 9,5 9,5 10 9,8 9,7 9,7 9,7 9,7 9,6 9,5 9,7 9,7 9,7 9,6 9,9 9,9 10 10 -0,5 293,5
Curicica 10 9,8 10 9,8 10 10 9,9 9,9 9,6 9,8 9,8 9,8 10 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 10 10 9,9 9,9 9,9 10 10 9,9 9,8 10 9,9 9,8 9,8 10 10 9,9 9,9 10 10 10 10 0 297,8
Caprichosos 9,8 9,9 9,9 9,8 9,8 9,7 9,7 9,8 9,8 9,8 9,6 9,6 10 9,9 9,9 9,8 10 10 10 10 10 9,9 9,9 9,7 10 10 9,9 9,9 9,9 9,7 9,7 9,6 10 10 10 10 10 10 10 9,9 -0,6 296,5
Viradouro 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 10 10 9,8 10 10 10 9,9 0 299,9
Estácio 10 10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 9,9 9,9 9,9 9,9 9,7 10 10 10 9,9 10 10 10 9,9 10 9,9 9,9 9,8 10 10 9,9 9,6 10 10 10 9,8 10 10 10 9,8 0 299,4
Santa Cruz 10 9,7 9,9 9,8 10 10 9,8 9,7 9,9 9,7 9,7 9,7 9,8 9,7 9,9 9,9 9,7 9,7 10 9,9 9,8 9,8 9,9 9,8 9,7 9,7 10 9,9 9,7 9,3 10 9,9 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 9,8 9,7 0 295,4
Padre Miguel 9,9 10 10 10 10 10 9,9 10 10 9,8 10 10 10 10 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 10 9,8 9,7 9,7 10 10 10 10 10 9,9 9,8 9,7 10 10 9,9 9,7 10 10 9,9 9,9 0 298,8
Cubango 10 10 10 10 10 10 9,8 9,7 10 9,9 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 9,9 9,8 9,7 10 9,8 9,8 9,8 10 10 9,8 9,8 10 10 9,9 9,8 0 298,6

ClassificaçãoEditar

Unidos do Viradouro foi campeã com cinco décimos de diferença para a Estácio de Sá. Foi o segundo título da Viradouro na segunda divisão. Com a vitória, a escola garantiu seu retorno ao Grupo Especial, de onde estava afastada desde 2010. A Viradouro realizou um desfile sobre sua cidade natal, Niterói. A escola recebeu apenas três notas abaixo da máxima, sendo que duas foram descartadas.[5][34]

Vice-campeã, a Estácio realizou um desfile sobre a Zona Portuária do Rio de Janeiro. Unidos de Padre Miguel foi a terceira colocada com um desfile sobre enigmas e mistérios da Humanidade. Quarta colocada, a Unidos do Porto da Pedra realizou um desfile sobre os casais de mestre-sala e porta-bandeira. Com um desfile sobre a África, a Acadêmicos do Cubango obteve o quinto lugar. Império Serrano foi o sexto colocado com um desfile sobre o município de Angra dos Reis. Sétima colocada, a União do Parque Curicica realizou um desfile sobre a cachaça. Paraíso do Tuiuti foi a oitava colocada reeditando o clássico Kizomba, a Festa da Raça, enredo com o qual a Vila Isabel foi campeã do carnaval de 1988. Com um desfile sobre o bairro da Lapa, a Caprichosos de Pilares obteve o nono lugar. Décima colocada, a Inocentes de Belford Roxo prestou um tributo à cantora de ópera brasileira Joaquina Lapinha. Renascer de Jacarepaguá foi a décima primeira colocada com um desfile em homenagem ao cartunista Lan. Com um desfile sobre o município paulista de Jundiaí, a Acadêmicos de Santa Cruz se classificou em décimo segundo lugar. De volta à segunda divisão após quatorze anos, a Em Cima da Hora obteve o décimo terceiro lugar reeditando o clássico Os Sertões, com o qual a escola desfilou no carnaval de 1976. Alegria da Zona Sul foi a décima quarta colocada com um desfile Copacabana, seu bairro de origem. Últimas colocadas, União de Jacarepaguá, Acadêmicos da Rocinha e Tradição foram rebaixadas para a terceira divisão. A União realizou um desfile sobre os iorubás. Penúltima colocada, a Rocinha homenageou o bairro da Barra da Tijuca. Tradição foi a última colocada reeditando o clássico Sonhar com o Rei Dá Leão, enredo com o qual a Beija-Flor foi campeã do carnaval de 1976.[35][36]

Legenda:      Promovida ao Grupo Especial      Rebaixadas para o Grupo B
Col. Escola Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Unidos do Viradouro Sou a Terra de Ismael, 'Guanabaran' Eu Vou Cruzar... Pra Você Tiro o Chapéu, Rio Eu Vim Te Abraçar João Vitor Araújo 299,9
2 Estácio de Sá Um Rio à Beira Mar: Ventos do Passado em Direção ao Futuro! Jack Vasconcelos 299,4
3 Unidos de Padre Miguel Decifra-me ou Te Devoro: Enigmas - Chaves da Vida Edson Pereira 298,8
4 Unidos do Porto da Pedra Majestades do Samba, os Defensores do meu Pavilhão Leandro Valente 298,7
5 Acadêmicos do Cubango Continente Negro - Uma Epopeia Africana Marcio Puluker 298,6
6 Império Serrano Angra com os Reis Eduardo Gonçalves 298,1
7 União do Parque Curicica Na Garrafa, no Barril, Salve a Cachaça, Patrimônio Cultural do Brasil Mauro Quintaes 297,8
8 Paraíso do Tuiuti Kizomba, a Festa da Raça
(Reedição do enredo de 1988 da Unidos de Vila Isabel)
Severo Luzardo 297,5
9 Caprichosos de Pilares Dos Malandros e das Madames: Lapa, a Estrela da Noite Carioca Amauri Santos 296,5
10 Inocentes de Belford Roxo O Triunfo da América - O Canto Lírico de Joaquina Lapinha Wagner Gonçalves 296,2
11 Renascer de Jacarepaguá Olhar Caricato - Simplesmente Lan Marcus Ferreira 295,5
12 Acadêmicos de Santa Cruz Do Toque do Criador à Cidade Saudável do Brasil - Jundiaí, uma Referência Nacional Daniel Ghanem e Munir Nicolau 295,4
13 Em Cima da Hora Os Sertões
(Reedição do próprio enredo de 1976)
Marco Antônio Falleiros 294
14 Alegria da Zona Sul Sacopenapã André Tabuquine, Eduardo Minucci e Leandro Mourão 293,5
15 União de Jacarepaguá Iorubás - A História do Povo Nagô Jorge Caribé 292,9
16 Acadêmicos da Rocinha Do Paraíso Sonhado, um Sonho Realizado - Sorria, a Rocinha Chegou à Barra Luiz Carlos Bruno 292,6
17 Tradição Sonhar com o Rei Dá Leão
(Reedição do enredo de 1976 da Beija-Flor)
Orlando Júnior 291,9

Grupo BEditar

O desfile do Grupo B (terceira divisão) foi organizado pela Associação das Escolas de Samba da Cidade do Rio de Janeiro e realizado a partir da noite do domingo, dia 2 de março de 2014, na Estrada Intendente Magalhães.[7]

Ordem dos desfiles
  1. Unidos de Bangu
  2. Unidos do Jacarezinho
  3. Acadêmicos do Sossego
  4. Acadêmicos do Engenho da Rainha
  5. Arranco
  6. Unidos da Vila Kennedy
  7. Sereno de Campo Grande
  8. Favo de Acari
  9. Unidos do Cabuçu
  10. Unidos da Ponte
  11. Unidos de Lucas
  12. Unidos da Vila Santa Tereza
  13. Império Rubro-Negro

NotasEditar

De acordo com o regulamento do ano, a menor nota recebida por cada escola, em cada quesito, foi descartada. As notas variam de nove à dez, podendo ser fracionadas em décimos.[37]

Penalizações

  • Acadêmicos do Engenho da Rainha perdeu seis décimos por desfilar com seis baianas a menos do que a quantidade mínima exigida.
  • Unidos da Vila Kennedy perdeu um ponto por desfilar com menos ritmistas do que a quantidade mínima exigida; e um ponto por desfilar com menos componentes do que a quantidade mínima exigida.
  • Unidos da Ponte perdeu um ponto por desfilar com menos ritmistas do que a quantidade mínima exigida; e dois décimos por desfilar com duas baianas a menos do que a quantidade mínima exigida.
  • Unidos de Lucas perdeu um ponto por desfilar com menos componentes do que a quantidade mínima exigida.
  • Unidos da Vila Santa Tereza perdeu um ponto por desfilar com menos componentes do que a quantidade mínima exigida.
  • Império Rubro-Negro perdeu um ponto por desfilar com menos ritmistas do que a quantidade mínima exigida; 3,5 pontos por desfilar com 35 baianas a menos do que a quantidade mínima exigida; um ponto por desfilar com menos componentes do que a quantidade mínima exigida; dois pontos por não apresentar alegorias em seu desfile; e um ponto por desfilar com um grupamento de pessoas com camisas brancas.
Legenda:      Campeã      Rebaixada  S  Nota descartada  J1  Julgador 1  J2  Julgador 2  J3  Julgador 3  J4  Julgador 4
Escolas
(por ordem de desfile)
Pen. Total
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Comissão de Frente Fantasias Alegorias e Adereços Conjunto Enredo Evolução Harmonia Samba-Enredo Bateria
J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4
Unidos de Bangu 10 10 9,9 10 10 10 10 10 9,9 10 9,9 10 9,8 10 10 9,9 10 9,9 10 10 10 9,8 9,9 10 10 10 10 10 9,9 10 9,9 10 10 10 9,9 10 10 10 9,8 10 0 299,6
Unidos do Jacarezinho 10 10 10 10 10 9,9 9,9 9,9 9,9 9,8 9,9 10 9,9 9,9 9,8 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,9 10 10 10 9,8 9,8 10 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,9 0 298,1
Acadêmicos do Sossego 9,9 10 10 10 10 9,9 10 9,9 10 9,9 10 9,9 10 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,9 9,8 9,9 9,8 10 9,9 9,9 10 0 298,5
Engenho da Rainha 10 9,9 10 10 9,9 10 9,8 10 9,9 9,9 10 10 10 10 9,9 9,9 9,9 10 9,8 9,9 10 10 10 9,9 10 10 10 9,9 9,9 10 9,9 10 10 9,9 10 10 10 9,9 10 9,9 -0,6 298,7
Arranco 10 9,8 9,8 9,9 9,9 9,9 10 10 10 9,9 9,9 9,9 9,9 9,8 9,9 9,8 10 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 9,8 9,8 9,9 10 10 10 10 9,9 10 10 10 10 9,8 9,9 10 9,9 10 9,9 0 298,2
U. da Vila Kennedy 9,9 9,9 10 9,9 10 9,9 10 9,9 10 10 9,9 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,8 9,9 10 9,8 9,8 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 9,8 -2,0 295,9
Sereno de Campo G. 9,9 9,9 9,8 10 10 9,9 9,9 10 9,9 10 10 9,9 10 10 9,9 9,9 9,8 10 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 9,9 9,8 9,9 10 10 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 9,8 9,9 0 298,4
Favo de Acari 10 10 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 10 10 9,9 10 10 9,9 10 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,8 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 9,9 10 9,9 10 9,9 10 9,9 9,9 0 298,8
Unidos do Cabuçu 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 10 9,9 10 9,9 9,9 9,9 10 10 9,9 10 10 10 10 9,9 9,9 9,9 10 10 10 9,9 9,9 9,9 10 10 10 9,9 9,9 9,9 10 9,8 0 299,2
Unidos da Ponte 10 10 10 10 10 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,8 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,9 10 10 10 10 9,9 9,9 9,9 10 -1,2 297,4
Unidos de Lucas 9,9 10 9,8 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,8 9,9 9,8 9,9 9,8 10 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,8 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,9 -1,0 296,8
Vila Santa Tereza 10 10 10 10 10 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 10 9,8 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,9 10 10 9,9 9,9 9,8 10 10 9,9 9,9 10 9,9 10 10 9,8 9,9 10 -1,0 297,8
Império RubroNegro 9 9 9,9 10 9 10 10 9,7 9 9 9 9 0 0 0 0 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 10 9 9 9,4 9 9,4 -8,5 240,9

ClassificaçãoEditar

Unidos de Bangu foi campeã com quatro décimos de diferença para a Unidos do Cabuçu. Com a vitória, Bangu foi promovida à segunda divisão, de onde estava afastada desde 1985. A escola realizou um desfile sobre o seu bairro de origem, Bangu.[38][39][40]

Legenda:      Promovida à Série A      Rebaixada para o Grupo C
Col. Escola Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Unidos de Bangu Eternamente Bangu Ney Júnior 299,6
2 Unidos do Cabuçu Tire Sua Mordaça do Caminho... Que Eu Quero Gritar a Minha Cor... Clébson Prates e Laerte Gulini 299,2
3 Favo de Acari Amebras, 15 Anos Transformando Vidas Através da Qualificação no Carnaval Eduardo Júnior 298,8
4 Acadêmicos do Engenho da Rainha Do Velho Brejo, a Cidade do Amor... Belford Roxo, Rumo a Um Futuro Promissor! Diangelo Fernandes e Leandro Mourão 298,7
5 Acadêmicos do Sossego Pernambucando Guilherme Alexandre 298,5
6 Sereno de Campo Grande Bahia - Negra Alquimia do Brasil Wagner Araújo 298,4
7 Arranco Aqua Vitae, Ignis Dei! Água da Vida, Fogo de Deus....São Lourenço Nosso Guia! Alex de Oliveira 298,2
8 Unidos do Jacarezinho Africanidades Gebran Smera 298,1
9 Unidos da Vila Santa Tereza Ururaí Sandro Gomes 297,8
10 Unidos da Ponte Minha História É Você, Nossa Paixão É Por Ti: São João de Meriti Petterson Alves e Ricardo Paulino 297,4
11 Unidos de Lucas Missicofe, Missicofe, Dari, Dari... Mauro Leite 296,8
12 Unidos da Vila Kennedy Sob a Luz de Tupã, o Raiar da Criação Luiz Antônio de Almeida 295,9
13 Império Rubro-Negro As Vozes da Nação Rodrigo Almeida 240,9

Grupo CEditar

O desfile do Grupo C (quarta divisão) foi organizado pela AESCRJ e realizado a partir da noite da segunda-feira, dia 3 de março de 2014, na Estrada Intendente Magalhães.[7]

Ordem dos desfiles
  1. Arame de Ricardo
  2. Acadêmicos do Dendê
  3. Acadêmicos da Abolição
  4. Boca de Siri
  5. Mocidade de Vicente de Carvalho
  6. Rosa de Ouro
  7. Mocidade Unida da Cidade de Deus
  8. Difícil É o Nome
  9. Leão de Nova Iguaçu
  10. Boi da Ilha do Governador
  11. Unidos da Villa Rica
  12. Mocidade Unida do Santa Marta

NotasEditar

De acordo com o regulamento do ano, a menor nota recebida por cada escola, em cada quesito, foi descartada. As notas variam de nove à dez, podendo ser fracionadas em décimos. O desempate entre agremiações que obtiveram a mesma pontuação final foi realizado seguindo a ordem inversa da leitura dos quesitos. A pontuação final da Mocidade de Vicente de Carvalho anunciada ao final da apuração foi de 298,9 pontos, mas o somatório das notas divulgadas é de 298,8.[41]

Penalizações

  • Acadêmicos do Dendê perdeu um ponto por desfilar com instrumentos de outras agremiações em sua bateria.
  • Acadêmicos da Abolição perdeu sete décimos por desfilar com sete baianas a menos do que a quantidade mínima exigida.
  • Mocidade de Vicente de Carvalho perdeu dois décimos por desfilar com duas baianas a menos do que a quantidade mínima exigida.
  • Mocidade Unida da Cidade de Deus perdeu um ponto por desfilar com menos componentes do que a quantidade mínima exigida.
  • Leão de Nova Iguaçu perdeu um ponto por desfilar com menos componentes do que a quantidade mínima exigida.
  • Boi da Ilha do Governador perdeu um ponto por desfilar com menos ritmistas do que a quantidade mínima exigida; um ponto por desfilar com menos componentes do que a quantidade mínima exigida; e seis décimos por desfilar com seis baianas a menos do que a quantidade mínima exigida.
Legenda:      Campeã      Rebaixada  S  Nota descartada  J1  Julgador 1  J2  Julgador 2  J3  Julgador 3  J4  Julgador 4
Escolas
(por ordem de desfile)
Pen. Total
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Comissão de Frente Fantasias Alegorias e Adereços Conjunto Enredo Evolução Harmonia Samba-Enredo Bateria
J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4
Arame de Ricardo 9,9 10 9,9 10 9,9 9,8 10 10 9,8 10 9,9 10 10 10 9,8 9,9 10 9,9 10 9,9 10 10 10 10 10 9,9 10 9,9 9,9 9,8 10 10 10 10 10 10 10 9,9 10 10 0 299,3
Acadêmicos do Dendê 10 9,9 10 9,9 9,9 10 9,8 9,9 9,9 9,9 9,9 10 10 9,9 9,8 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,8 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,8 9,9 10 9,9 10 10 9,9 9,9 9,9 10 10 9,9 -1,0 297,3
Acadêmicos da Abolição 9,8 10 10 9,9 10 10 10 10 9,9 10 9,8 10 9,9 9,9 10 10 9,9 10 9,8 10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 10 9,8 10 10 10 10 10 10 10 10 10 -0,7 298,9
Boca de Siri 9,9 10 9,9 9,9 10 10 10 10 10 9,9 10 10 9,9 10 9,9 9,9 9,8 10 9,9 9,8 9,9 9,8 9,9 9,9 9,9 10 9,8 9,8 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 10 10 0 298,3
Vicente de Carvalho 10 9,9 9,9 9,8 9,9 10 9,9 9,9 9,8 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 10 10 10 10 10 9,9 10 9,9 10 10 9,9 10 9,9 10 10 10 10 10 9,9 9,9 10 10 9,8 10 -0,2 298,8
Rosa de Ouro 10 10 10 10 9,9 10 9,9 10 9,8 10 9,8 10 9,9 10 10 9,9 10 10 9,9 10 9,8 9,9 10 9,9 9,8 9,9 10 10 10 9,9 10 9,9 10 10 9,9 10 10 10 10 9,8 0 299,2
M.U. Cidade de Deus 10 9,9 9,9 10 10 10 10 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 10 10 9,8 9,9 10 9,9 9,8 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 10 9,8 9,9 9,9 9,9 9,9 10 10 10 10 10 10 -1,0 297,8
Difícil É o Nome 10 10 10 10 9,9 9,9 10 9,9 9,8 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,8 10 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 10 10 9,9 9,8 9,9 10 10 10 9,9 10 9,9 10 10 0 298,6
Leão de Nova Ig. 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 10 9,9 9,9 9,8 9,9 10 10 10 10 10 10 9,9 10 9,9 9,9 10 10 9,9 9,8 10 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 -1,0 298,4
Boi da Ilha 9,9 10 10 10 10 10 9,9 10 9,9 9,8 9,9 9,9 9,9 9,7 9,9 9,9 9,8 9,9 9,9 9,9 9,8 10 9,8 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,9 9,8 9,9 10 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,9 10 -2,6 295,5
Unidos da Villa Rica 9,8 9,9 10 9,9 9,6 9,9 10 9,9 9,8 10 9,9 10 10 9,9 9,8 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 10 10 9,9 9,9 10 9,9 10 0 298,8
M.U. do Santa Marta 10 10 9,9 10 10 9,9 10 9,9 10 10 9,9 9,9 10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 0 299,8

ClassificaçãoEditar

Mocidade Unida do Santa Marta foi campeã com cinco décimos de diferença para o Arame de Ricardo. Com a vitória, a Mocidade foi promovida ao Grupo B, de onde estava afastada desde 1998. Arame, Rosa de Ouro e Acadêmicos da Abolição também foram promovidas ao Grupo B.[38][39][40]

Legenda:      Promovidas ao Grupo B      Rebaixada para o Grupo D
Col. Escola Enredo Carnavalesco(a) Pontos Desempate
1 Mocidade Unida do Santa Marta Na Hora em que o Sol Se Esconde Gabriel Haddad, Leonardo Bora, Rafael Gonçalves e Vítor Saraiva 299,8 -
2 Arame de Ricardo Let's Go Arame! Uma Viagem pelos Anos 80 Bruno Rocha, Joyce Santos, Michel Tito e Ney Junior 299,3 -
3 Rosa de Ouro Gosto de Não Gostar: Conflitos em Confronto! Alexandre Costa, Lino Salles e Marcos do Val 299,2 -
4 Acadêmicos da Abolição Brilhando com Toda Raça, Abolição aos Povos Abraça! A Origem das Raças - A Lenda Colombiana Giovanni Targa e Marcio Puluker 298,9 Samba
(30 pts)
5 Mocidade de Vicente de Carvalho O Orgulho Negro de Luiza Mahin e Seus Tambores de Crioula Cláudio Fontes 298,9 Samba
(29,9 pts)
6 Unidos da Villa Rica Folia para Pular Brasileira Régis Kammura 298,8 -
7 Difícil É o Nome Raio de Luz: Para os Negros, os Tambores Africanos Clamam aos Orixás a Liberdade Luiz Cavalcanthé 298,6 -
8 Leão de Nova Iguaçu Quero Ver Quem não Vai se Embalar... Babi Cruz, a Verdadeira Majestade da Passarela! Robson Goulart 298,4
9 Boca de Siri Tem Futebol no País do Carnaval! Valério Guidinelle e Renato Bandeira 298,3 -
10 Mocidade Unida da Cidade de Deus Façam Suas Apostas: Esse Jogo Vai Mudar Seu Destino! Comissão de Carnaval 297,8 -
11 Acadêmicos do Dendê Nosso Samba Tem História, Nossa Escola É de Samba! Inalda Pimentel e Marcel Albuquerque 297,3 -
12 Boi da Ilha do Governador Um Pierrot Apaixonado, Deixa Essa Paixão Preencher Seu Coração Manoel Junior 295,5 -

Grupo DEditar

O desfile do Grupo D (quinta divisão) foi organizado pela AESCRJ e realizado a partir da noite da terça-feira, dia 4 de março de 2014, na Estrada Intendente Magalhães.[7]

Ordem dos desfiles
  1. Matriz de São João de Meriti
  2. Unidos das Vargens
  3. Gato de Bonsucesso
  4. Unidos do Anil
  5. Mocidade Independente de Inhaúma
  6. Unidos de Cosmos
  7. Lins Imperial
  8. Arrastão de Cascadura
  9. Chatuba de Mesquita
  10. Acadêmicos de Vigário Geral
  11. Corações Unidos do Amarelinho
  12. Unidos de Manguinhos

NotasEditar

De acordo com o regulamento do ano, a menor nota recebida por cada escola, em cada quesito, foi descartada. As notas variam de nove à dez, podendo ser fracionadas em décimos. O desempate entre agremiações que obtiveram a mesma pontuação final foi realizado seguindo a ordem inversa da leitura dos quesitos. A pontuação final da Unidos do Anil anunciada ao final da apuração foi de 298,9 pontos, mas o somatório das notas divulgadas é de 299. A pontuação final da Lins Imperial anunciada ao final da apuração foi de 299,5 pontos, mas o somatório das notas divulgadas é de 299,6.[42]

Penalizações

  • Gato de Bonsucesso perdeu um ponto por desfilar com menos componentes do que a quantidade mínima exigida; dois pontos por desfilar com menos componentes na comissão de frente do que a quantidade mínima exigida; e cinco décimos por começar seu esquenta antes do tempo permitido.
  • Mocidade Independente de Inhaúma perdeu um ponto por desfilar com menos ritmistas do que a quantidade mínima exigida; dois pontos por desfilar sem ala de baianas; dois pontos por desfilar sem ala de crianças; um ponto por desfilar com menos componentes do que a quantidade mínima exigida; dois pontos por desfilar com menos componentes na comissão de frente do que a quantidade mínima exigida; e um ponto por desfilar com um grupamento de pessoas com camisas brancas.
  • Acadêmicos de Vigário Geral perdeu três décimos por desfilar com duas crianças a menos do que a quantidade mínima exigida.
Legenda:      Campeã  S  Nota descartada  J1  Julgador 1  J2  Julgador 2  J3  Julgador 3  J4  Julgador 4
Escolas
(por ordem de desfile)
Pen. Total
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Comissão de Frente Fantasias Alegorias e Adereços Conjunto Enredo Evolução Harmonia Samba-Enredo Bateria
J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4 J1 J2 J3 J4
Matriz de São João 9,8 9,7 9,8 10 9,9 9,8 10 9,7 9,8 9,9 10 9,8 9,9 9,8 10 9,8 10 9,8 9,9 9,8 9,8 10 9,8 10 9,9 10 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,8 10 9,9 9,9 10 9,9 10 9,9 9,8 0 297,5
Unidos das Vargens 10 10 10 10 9,9 10 9,9 10 10 10 10 10 10 9,9 10 9,9 9,9 10 10 9,8 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 10 10 10 10 9,9 10 10 0 299,7
Gato de Bonsucesso 9,9 10 9,9 9,9 9,9 10 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,8 9,9 9,3 9,9 9,8 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9 9,6 9,9 9,9 9 9,9 10 10 10 10 10 9,9 10 -3,5 294,3
Unidos do Anil 10 10 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,8 9,9 10 9,9 9,8 10 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,9 10 9,9 10 9,9 10 10 10 10 10 10 9,9 10 10 10 9,9 10 10 10 9,9 10 0 299
Mocidade de Inhaúma 9,8 9,7 9,6 9,8 9,8 9,8 10 9,8 9,8 9,7 9,7 9,8 9,6 9,8 9,8 9,8 9,8 9,7 9,9 9,8 9,8 9,6 9,7 9,8 9 9,8 9,8 9,8 9,8 9,9 9,8 9,8 10 9,7 9,8 10 9,9 9,9 10 10 -9,0 286
Unidos de Cosmos 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,8 10 10 9,9 10 10 9,9 9,8 9,9 10 9,9 10 9,9 10 10 9,8 10 9,9 10 9,7 9,9 10 10 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 10 10 9,9 10 10 0 298,9
Lins Imperial 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 10 10 9,9 10 10 9,9 10 10 10 10 10 9,9 10 10 9,9 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 9,9 9,8 0 299,5
Arrastão de Cascadura 10 9,9 9,9 9,8 9,9 9,8 10 9,9 9,9 9,8 10 10 10 10 10 9,9 9,9 10 10 10 9,9 10 9,9 10 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,8 9,9 10 10 10 9,9 10 10 10 10 10 0 299
Chatuba de Mesquita 9,9 10 9,9 9,8 9,8 9,9 9,9 9,9 10 10 9,8 9,7 9,8 9,9 9,8 10 9,7 9,9 9,8 9,9 9,9 9,7 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,8 9,9 9,9 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 9,8 9,9 9,9 9,9 0 297,4
Acadêmicos de Vigário 10 9,9 9,8 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 9,8 10 9,9 9,9 10 9,8 9,8 10 10 10 9,9 9,8 9,9 9,9 10 9,9 10 10 9,9 9,7 10 10 9,9 9,9 9,8 10 10 10 10 10 10 9,9 -0,2 298,3
Corações Unidos 9,9 9,8 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 9,9 10 9,9 9,9 10 9,8 10 9,9 10 10 10 9,9 10 10 9,9 10 10 10 10 10 10 9,9 10 10 10 0 298,8
Unidos de Manguinhos 9,9 10 10 10 10 10 10 9,9 9,9 10 9,9 10 9,9 10 9,9 9,9 10 10 9,9 9,9 9,9 10 9,9 10 9,9 10 10 10 9,9 9,9 10 10 10 10 10 10 10 10 9,9 10 0 299,4

ClassificaçãoEditar

Unidos das Vargens foi campeã com dois décimos de diferença para a Lins Imperial. Este foi o primeiro carnaval da Unidos das Vargens como escola de samba. No ano anterior, desfilou como bloco, se sagrando campeão do Grupo 1. Lins Imperial, Unidos de Manguinhos, e Arrastão de Cascadura também foram promovidas ao Grupo C.[38][39][40]

Legenda:      Promovidas ao Grupo C
Col. Escola Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Unidos das Vargens Mar: Horizonte de Todos, Poema da Vida Thiago Ahvis 299,7
2 Lins Imperial Tenha Fé! Luis di Paulanis 299,5
3 Unidos de Manguinhos Unidos da Tijuca... Não é Segredo Eu Amar Você! Leonardo Soares 299,4
4 Arrastão de Cascadura As Rainhas do Rádio Dão a Voz na Intendente Felipe Rocha 299
5 Unidos de Cosmos Em Mangaratiba Tem Madeira de Lei, Um Compromisso com Todos Comissão de Carnaval 298,9
6 Unidos do Anil Índios, Brancos e Negros - Miscigenação Raça Brasil! Marcelo Novella 298,9
7 Corações Unidos do Amarelinho Irajá de Cabo a Rabo André Tabuquini 298,8
8 Acadêmicos de Vigário Geral A Mais Doce Maravilha do Rio: Pão de Açúcar Afonso Delano 298,3
9 Matriz de São João de Meriti Sou o Carnaval de Outrora! Sou Folião! Sou Confete e Serpentina! Sou Matriz de São João! Hilton Rodrigues e Luiz Fernando Reis 297,5
10 Chatuba de Mesquita Chatuba Apresenta: As Marchinhas que Encantaram a Guanabara Walter Guilherme 297,4
11 Gato de Bonsucesso O Gato de Bonsucesso Pinta na Intendente com as Cores de Caribé! Morgana Bastos 294,3
12 Mocidade Independente de Inhaúma De Mucama à Sinhá. Taí Essa Nega Fulô Edson Siqueira 286
Flor da Mina do Andaraí, Tradição Barreirense de Mesquita e Vizinha Faladeira não desfilaram

MirinsEditar

O desfile das escolas mirins foi organizado pela Associação das Escolas de Samba Mirins do Rio de Janeiro (AESM-Rio) e realizado no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, a partir das 17 horas da terça-feira, dia 4 de março de 2014. As escolas mirins não são julgadas.[43]

Ordem dos desfiles Escola Enredo
1 Filhos da Águia Copa de 1970
2 Infantes do Lins Iakupá! A Saga da Imperatriz ao Centrão do Brasil
3 Mangueira do Amanhã Um Conto Potinguar: Natal na Copa do Mundo
4 Pimpolhos da Grande Rio O Povo, a Bola e a Terra - de Recife a Caxias
5 Miúda da Cabuçu Na Copa Sou Gaúcho Forte, Monto a Cavalo. Facão na Cinta, Sigo Rumo a Vitória
6 Corações Unidos do Ciep Com Espírito Bandeirante, o Samba Resplandece na Terra da Garoa
7 Petizes da Penha Coré-Etuba Taki Kéva
8 Ainda Existem Crianças na Vila Kennedy Brasília Destino dos Corações Brasileiros na Copa do Mundo de 2014
9 Aprendizes do Salgueiro Alô, Alô Salvador! Aquele Abraço!
10 Império do Futuro Todos Juntos Somos Fortaleza, Brasil
11 Inocentes da Caprichosos Gambarê Inocentes, Arigatô Japão. O Brasil na Terra do Sol Nascente É Pentacampeão
12 Nova Geração do Estácio de Sá Nos Manáos a Força, Manaus Capital Explosão Cultural, Arena Amazonas Vivaldo no Meu Carnaval
13 Herdeiros da Vila A Copa do Mundo É Nossa, com a Herdeiros não Há Quem Possa!
14 Golfinhos da Guanabara Por Caminhos Dourados Um Belo Horizonte Encontrei
15 Tijuquinha do Borel Tixiquinha no Mundo Encantado da Rainha dos Baixinhos
16 Estrelinha da Mocidade Chegou a Hora Dessa Nossa Molecada Mostrar Seu Valor

Desfile das CampeãsEditar

O Desfile das Campeãs foi realizado a partir das 21 horas e 45 minutos do sábado, dia 8 de março de 2014, no Sambódromo da Marquês de Sapucaí. O desfile começou com 45 minutos de atraso devido a uma forte chuva que caiu momentos antes do evento. Participaram do desfile as seis primeiras colocadas do Grupo Especial.[44][45]

Ordem dos desfiles
  1. Acadêmicos do Grande Rio
  2. Imperatriz Leopoldinense
  3. União da Ilha do Governador
  4. Portela
  5. Acadêmicos do Salgueiro
  6. Unidos da Tijuca

Blocos de enredoEditar

Os desfiles foram organizados pela Federação dos Blocos Carnavalescos do Estado do Rio de Janeiro (FBCERJ).

Grupo 1Editar

O desfile do Grupo 1 foi realizado a partir das 20 horas do sábado, dia 1 de março de 2014, na Avenida Rio Branco.[46]

Ordem dos desfiles
  1. Colibri de Mesquita
  2. Império do Gramacho
  3. Flor da Primavera
  4. União da Ponte
  5. Coroado de Jacarepaguá
  6. Tradição Barreirense de Mesquita

NotasEditar

Abaixo, as notas do Grupo 1.[47]

Legenda:      Campeão  J1  Julgador 1  J2  Julgador 2
Blocos
(por ordem de desfile)
Bonif. Conc. Comp. Tempo Total
Coreografia de M.Sala e P.Estandarte Estandarte Enredo Alegoria Abre-Alas Fantasias Evolução Samba-Enredo Bateria
J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2
Colibri de Mesquita 9 5 5 5 9 9 9 9 10 10 10 10 9,5 9,5 8 8 9,5 9,5 9 10 8,5 8 190
Império do Gramacho 9 5 5 5 8,5 9 10 10 9 9 9 9 10 10 8 8 9,5 9,5 10 10 10 9 192
Flor da Primavera 9 5 5 5 10 10 9 9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 202
União da Ponte 9 5 5 5 8 8 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9 10 10 10 199
Coroado de Jacarepaguá 9 5 5 5 9,5 9,5 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 203
Tradição Barreirense 8 5 5 5 9 9 10 10 10 10 9 10 9 9 8 8 10 10 9 10 9 8 190

ClassificaçãoEditar

Coroado de Jacarepaguá foi o campeão, sendo promovido à Série D das escolas de samba.[48]

Legenda:      Promovido à Série D
Col. Bloco Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Coroado de Jacarepaguá Aluízio Machado, Um Sambista de Fato Comissão de Carnaval 203
2 Flor da Primavera Do Azul da nossa Bandeira, ao Azul do Rio Nilo, Uma Viagem ao Egito Antigo Fabiano Ferrado 202
3 União da Ponte Clube do Terror, a História dos Sustos na Sétima Arte Isidro Cassilhas 199
4 Império do Gramacho Na Festa do Parque, Fantasias e Carnaval Roberto Barreto de Oliveira 192
5 Tradição Barreirense de Mesquita Já Era Osmar Costa 190
6 Colibri de Mesquita Agita a Galeria e Põe o Samba na Passarela Comissão de Carnaval 190

Grupo 2Editar

O desfile do Grupo 2 foi realizado a partir das 20 horas do sábado, dia 1 de março de 2014, na Estrada Intendente Magalhães.[46]

Ordem dos desfiles
  1. Bloco do Barriga
  2. Unidos do Cabral
  3. Magnatas de Engenheiro Pedreira
  4. Canários das Laranjeiras
  5. Unidos da Laureano
  6. União de Vaz Lobo
  7. Novo Horizonte
  8. Raízes da Tijuca
  9. Mocidade Unida de Manguariba

NotasEditar

Abaixo, as notas do Grupo 2.[49]

Legenda:      Campeão  J1  Julgador 1  J2  Julgador 2
Blocos
(por ordem de desfile)
Bonif. Conc. Comp. Tempo Total
Coreografia de M.Sala e P.Estandarte Estandarte Enredo Alegoria Abre-Alas Fantasias Evolução Samba-Enredo Bateria
J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2 J1 J2
Bloco do Barriga 9 5 5 5 10 8,5 0 10 10 9 10 9,5 10 8,5 10 10 8,5 9,5 10 10 9,5 8,5 185,5
Unidos do Cabral 7 5 5 5 8 8 0 8 8,5 8 9,5 9 8,5 8,5 8 8 9 8,5 8 8 8,5 10 166
Canários das Laranjeiras 6 5 0 5 10 10 0 9,5 8,5 10 9 10 0 0 10 10 10 10 10 10 10 10 163
Unidos da Laureano 8 5 5 5 10 9,5 10 10 9,5 9,5 10 8,5 10 9 9,5 9,5 10 8,5 10 9,5 10 9 195
União de Vaz Lobo 7 5 5 5 10 9 0 8 10 10 10 9,5 9 9,5 9 10 10 8 9,5 10 9 9,5 182
Novo Horizonte 7 5 5 5 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 202
Raízes da Tijuca 9 5 5 5 10 10 10 10 10 10 10 10 9,5 9,5 10 10 10 9 10 10 9 10 201
Mocidade de Manguariba 9 5 5 5 10 10 10 10 9,5 10 10 10 10 10 10 10 9,5 10 10 10 8,5 8 199,5

ClassificaçãoEditar

Novo Horizonte foi o campeão, sendo promovido ao Grupo 1. Magnatas de Engenheiro Pedreira foi desclassificado por desfilar fora da ordem definida.[48]

Legenda:      Promovido ao Grupo 1      Rebaixado ao Grupo 3
Col. Bloco Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Novo Horizonte África, Gritos de Liberdade de Uma Raça! Alexandre Machado 202
2 Raízes da Tijuca Hoje, a Estrela da Noite É Você! Marcelo de Paula 201
3 Mocidade Unida de Manguariba Senhoras e Senhores, Aplausos... O Circo Manguariba Chegou!!! Waldir Tavares 200
4 Unidos da Laureano Da Estação ao Piscinão, Ramos Tem Tradição Anderson Maciel 195
5 Bloco do Barriga O Mundo em Papel Rafael Ladeira 186
6 União de Vaz Lobo Brasil... Festa, Esperança e Fé! Nini de Sá 182
7 Unidos do Cabral Em Terra de Cabral, o que Vale É o Real Comissão de Carnaval 166
8 Canários das Laranjeiras Nossa Terra, Nossa Gente Renato Cabral 163
9 Magnatas de Engenheiro Pedreira O Surgimentos das Cores, na Visão dos Nossos Nativos e Sua Evolução! Comissão de Carnaval Desclassificado
(Artigo 14)

Grupo 3Editar

O desfile do Grupo 3 foi realizado a partir das 22 horas do sábado, dia 1 de março de 2014, na Rua Cardoso de Morais.[46]

Ordem dos desfiles
  1. Acadêmicos de Madureira
  2. Unidos do Alto da Boa Vista
  3. Oba-Oba do Recreio
  4. Grilo de Bangu
  5. Esperança de Nova Campina
  6. Bloco do China

NotasEditar

Abaixo, as notas do Grupo 3.[50]

Blocos
(por ordem de desfile)
Bonif. Conc. Comp. Tempo Total
Coreografia de M.Sala e P.Estandarte Estandarte Enredo Abre-Alas Fantasias Evolução Samba-Enredo Bateria
Unidos do Alto da Boa Vista 9 5 5 5 10 10 10 9 8 9,5 10 10 100,5
Oba-Oba do Recreio 9 5 5 5 10 10 10 10 8 9,5 10 10 101,5
Grilo de Bangu 9 5 0 5 10 10 10 9,5 8 9 10 10 95,5
Esperança de Nova Campina 9 5 5 5 9 10 9,5 9,5 9 9,5 10 10 100,5
Bloco do China 9 5 5 5 10 9,5 10 10 9 9,5 10 10 102

ClassificaçãoEditar

Bloco do China foi o campeão, sendo promovido ao Grupo 2. Acadêmicos de Madureira foi desclassificado por desfilar fora da ordem definida.[48]

Legenda:      Promovido ao Grupo 2
Col. Bloco Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Bloco do China E o Samba Sonhou Samba, Fé e Alegria Wilson Pralon 102
2 Oba-Oba do Recreio Êta Cafezinho Bom Luiz Macedo 101,5
3 Unidos do Alto da Boa Vista Colorido da Saudade! Comissão de Carnaval 100,5
4 Esperança de Nova Campina Serginho do Porto, do Rio a São Paulo, a Voz que Encanta o Carnaval!!! Comissão de Carnaval 100,5
5 Grilo de Bangu Carnaval, Folia e Alegria!!! Osmar Costa 95,5
6 Acadêmicos de Madureira Africanas Raízes - As Lendas dos Orixás Noan Hilton e Vinicius Padilha Desclassificado
(Artigo 14)

Grupo 4Editar

O desfile do Grupo 4 foi realizado a partir das 20 horas do sábado, dia 1 de março de 2014, na Rua Cardoso de Morais.[46]

Ordem dos desfiles
  1. Cometas do Bispo
  2. Amizade da Água Branca
  3. Unidos de Tubiacanga
  4. Unidos de Parada Angélica
  5. Chora na Rampa
  6. Mocidade Unida da Mineira

NotasEditar

Abaixo, as notas do Grupo 4.[51]

Blocos
(por ordem de desfile)
Bonif. Conc. Comp. Tempo Total
Coreografia de M.Sala e P.Estandarte Estandarte Enredo Abre-Alas Fantasias Evolução Samba-Enredo Bateria
Cometas do Bispo 5 5 5 5 9 10 10 10 10 10 10 10 99
Amizade da Água Branca 4 5 0 5 10 10 10 9 8 9 10 10 90
Unidos de Tubiacanga 8 5 0 5 9 9,5 10 8 8 9,5 9,5 10 91,5
Mocidade da Mineira 9 5 5 5 9,5 9,5 10 9,5 8 10 10 10 100,5

ClassificaçãoEditar

Mocidade Unida da Mineira foi o campeão, sendo promovido ao Grupo 3. Unidos de Parada Angélica e Chora na Rampa foram desclassificados por desfilarem fora da ordem definida.[48]

Legenda:      Promovido ao Grupo 3
Col. Bloco Enredo Carnavalesco(a) Pontos
1 Mocidade Unida da Mineira Estórias de Um Carnaval que Era do Povo Oziene Furtado 100,5
2 Cometas do Bispo Castro Alves, o Alvorecer da Liberdade! Gilberto Félix da Silva 99
3 Unidos de Tubiacanga A Sorte Está Lançada, Façam as suas Apostas! Comissão de Carnaval 91,5
4 Amizade da Água Branca Eu Quero É Botar o Meu Bloco na Rua Comissão de Carnaval 90
5 Unidos de Parada Angélica Duque de Caxias, Eu Sou! Comissão de Carnaval Desclassificados
(Artigo 14)
6 Chora na Rampa Zeca do Trombone - O Sopro da Alegria Cláudia Ravizzini e Pai Belego

Referências

  1. a b «Unidos da Tijuca é a campeã no Rio». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2017 
  2. a b «Unidos da Tijuca é campeã do Carnaval 2014 do Rio de Janeiro». UOL. Consultado em 9 de maio de 2018. Arquivado do original em 15 de abril de 2015 
  3. a b «2014: Tijuca acelera com Ayrton Senna e recebe bandeirada à frente das favoritas». Pedro Migão - Ouro de Tolo. Consultado em 25 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 7 de julho de 2017 
  4. a b «Império da Tijuca é rebaixada no carnaval do Rio de Janeiro». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2017 
  5. a b «Viradouro é campeã da Série A do carnaval do Rio de Janeiro». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 4 de março de 2016 
  6. «Campinho agitou carnaval da Zona Norte». Brasil 247. Consultado em 6 de maio de 2018. Arquivado do original em 19 de maio de 2018 
  7. a b c d e «Ordem dos Desfiles 2014». Site Apoteose. Consultado em 19 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de abril de 2018 
  8. «Escolas tijucanas abrirão e encerrarão os desfiles do Grupo Especial em 2014». LIESA. 18 de julho de 2013. Consultado em 29 de março de 2021. Cópia arquivada em 29 de março de 2021 
  9. «Sorteio define ordem do desfile do Grupo Especial de 2014». O Dia. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 13 de julho de 2013 
  10. a b c d «Notas Carnaval 2014». Galeria do Samba. Consultado em 29 de março de 2021. Cópia arquivada em 29 de março de 2021 
  11. «Bateria será 1º critério de desempate entre as escolas de samba do Rio». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 8 de março de 2014 
  12. «Unidos da Tijuca acelera na Sapucaí com enredo sobre Ayrton Senna». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 13 de agosto de 2017 
  13. «Unidos da Tijuca encerra Carnaval com desfile acelerado em tributo a Senna». UOL. 4 de março de 2014. Consultado em 30 de março de 2021. Arquivado do original em 16 de abril de 2015 
  14. «Salgueiro fala da criação do universo e levanta a torcida na Sapucaí». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2017 
  15. «Salgueiro: Apura e beleza, mas sem emoção; Império da Tijuca: Batuque animado para não cair». O Globo. 4 de março de 2014. p. 4. Consultado em 16 de novembro de 2019. Arquivado do original em 16 de novembro de 2019 
  16. «Portela usa tecnologia em desfile empolgante sobre a história do Rio». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 1 de março de 2015 
  17. «Portela entra na avenida com Glória Pires e drone em forma de águia». UOL. 4 de março de 2014. Consultado em 30 de março de 2021. Arquivado do original em 16 de abril de 2015 
  18. «União da Ilha transporta o público de volta à infância com leveza e diversão». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 1 de março de 2015 
  19. «União da Ilha leva bailarinos do Cirque du Soleil em desfile sobre infância». UOL. 3 de março de 2014. Consultado em 30 de março de 2021. Arquivado do original em 26 de julho de 2015 
  20. «Sapucaí em clima de Maracanã vê Imperatriz homenagear Zico». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2017 
  21. «Imperatriz reúne craques do futebol na Sapucaí em homenagem a Zico». UOL. 4 de março de 2014. Consultado em 30 de março de 2021. Arquivado do original em 18 de abril de 2015 
  22. «Com Maysa e canhão humano, Grande Rio homenageia Maricá». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2017 
  23. «Beija-Flor fecha 1ª noite no Rio com desfile sobre Boni e comunicação». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2017 
  24. «Beija-Flor: Artistas, led e o canto de Nilópolis; São Clemente: Um bonde de clichês». O Globo. 4 de março de 2014. p. 5. Consultado em 16 de novembro de 2019. Arquivado do original em 16 de novembro de 2019 
  25. «Mangueira celebra as festas do Brasil com brilho e orquestra de tamborins». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2017 
  26. «Mangueira: O brilho que esbarrou na torre de TV; Grande Rio: Com a força da comunidade». O Globo. 4 de março de 2014. p. 6. Consultado em 16 de novembro de 2019. Arquivado do original em 16 de novembro de 2019 
  27. «Original e ousada, Mocidade abre 2º dia com homenagem a carnavalesco». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2017 
  28. «Vila Isabel tenta bi com 'Brasil plural', mas desfila com fantasias inacabadas». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 4 de março de 2016 
  29. «Fantasias não chegam e membros da Vila Isabel desfilam de cueca e lingerie». UOL. 3 de março de 2014. Consultado em 30 de março de 2014. Arquivado do original em 23 de março de 2015 
  30. «São Clemente faz homenagem às favelas com humor e criatividade». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 1 de março de 2015 
  31. «Império da Tijuca volta à elite com batuques para 'tremer o chão'». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2017 
  32. «Definida a ordem de apresentação do Grupo de Acesso Série A». LIESA. 18 de julho de 2013. Consultado em 29 de março de 2021. Cópia arquivada em 29 de março de 2021 
  33. «Notas Série A - Carnaval 2014». Site Apoteose. Consultado em 13 de abril de 2021. Cópia arquivada em 13 de abril de 2021 
  34. «Viradouro sobe ao Grupo Especial do Rio de Janeiro no Carnaval 2015». UOL. 5 de março de 2014. Consultado em 30 de março de 2021. Arquivado do original em 16 de abril de 2015 
  35. «Vai começar! Escolas da Série A entram hoje na avenida. Três vão cair, e só uma irá para o Grupo Especial». O Globo. 28 de fevereiro de 2014. p. 11. Consultado em 30 de março de 2021. Arquivado do original em 30 de março de 2021 
  36. «Tradição enfrenta problemas na Série A: Na abertura do desfile, na sexta-feira, Porto da Pedra, Tuiuti e Inocentes de Belford Roxo se destacaram». O Globo. 2 de março de 2014. p. 23. Consultado em 16 de novembro de 2019. Arquivado do original em 16 de novembro de 2019 
  37. «Notas Grupo B - Carnaval 2014». Site Apoteose. Consultado em 30 de março de 2021. Cópia arquivada em 30 de março de 2021 
  38. a b c «Resultado Carnaval 2014». Galeria do Samba. Consultado em 29 de março de 2021. Cópia arquivada em 29 de março de 2021 
  39. a b c «Resultado 2014». Site Apoteose. Consultado em 19 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de abril de 2018 
  40. a b c «Resultado 2014». Site Sambario Carnaval. Consultado em 25 de abril de 2018. Cópia arquivada em 25 de abril de 2018 
  41. «Notas Grupo C - Carnaval 2014». Site Apoteose. Consultado em 30 de março de 2021. Cópia arquivada em 30 de março de 2021 
  42. «Notas Grupo D - Carnaval 2014». Site Apoteose. Consultado em 30 de março de 2021. Cópia arquivada em 30 de março de 2021 
  43. «Escolas Mirins preparam desfile para encerrar o carnaval carioca em grande estilo». Galeria do Samba. 2 de março de 2014. Consultado em 30 de março de 2021. Arquivado do original em 10 de setembro de 2016 
  44. «Mesmo com chuva, Desfile das Campeãs anima público da Sapucaí». Portal G1. Consultado em 6 de maio de 2018. Cópia arquivada em 21 de fevereiro de 2017 
  45. «Desfile das Campeãs de 2014». O Globo. 10 de março de 2014. p. 9. Consultado em 16 de novembro de 2019. Arquivado do original em 16 de novembro de 2019 
  46. a b c d «Ordem dos Desfiles 2014 – Blocos de Enredo». FBCERJ. Consultado em 19 de abril de 2018. Arquivado do original em 7 de novembro de 2017 
  47. «Notas 2014 – Blocos de Enredo – Grupo 1». FBCERJ. Consultado em 19 de abril de 2018. Arquivado do original em 10 de agosto de 2016 
  48. a b c d «Resultado 2014 – Blocos de Enredo». FBCERJ. Consultado em 8 de maio de 2018. Arquivado do original em 13 de março de 2017 
  49. «Notas 2014 – Blocos de Enredo – Grupo 2». FBCERJ. Consultado em 19 de abril de 2018. Arquivado do original em 10 de agosto de 2016 
  50. «Notas 2014 – Blocos de Enredo – Grupo 3». FBCERJ. Consultado em 19 de abril de 2018. Arquivado do original em 10 de agosto de 2016 
  51. «Notas 2014 – Blocos de Enredo – Grupo 4». FBCERJ. Consultado em 19 de abril de 2018. Arquivado do original em 10 de agosto de 2016 

BibliografiaEditar

  • Gomyde Brasil, Pérsio (2015). Da Candelária à Apoteose - Quatro décadas de paixão 3.ª ed. Rio de Janeiro: Multifoco. ISBN 978-85-7961-102-5 
  • Valença, Rachel; Valença, Suetônio (2017). Serra, Serrinha, Serrano - O Império do Samba 1.ª ed. Rio de Janeiro: Record. 433 páginas. ISBN 978-85-0110-897-5 

Ver tambémEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons
  Notícias no Wikinotícias

Ligações externasEditar