Vencedores do Festival Eurovisão da Canção

artigo de lista da Wikimedia

Sessenta e duas canções ganharam o Festival Eurovisão da Canção, uma competição anual organizada por países membros da União Europeia de Radiodifusão. O Festival, que tem sido transmitido todos os anos desde a sua estreia em 1956, é um dos programas de televisão mais antigos do mundo. O vencedor do Festival tem sido escolhido usando muitas técnicas de voto através da sua história, centradas em países receberem pontos dados por júris ou telespectadores. O país que tiver mais pontos é declarado o vencedor.[1] O primeiro Festival Eurovisão da Canção não foi ganho por pontos, mas por votos (dois por país), e apenas o vencedor foi anunciado.[2]

Esquerda: Lys Assia, a primeira vencedora em 1956 e Dima Bilan, vencedor em 2008. Centro: Johnny Logan, vencedor em 1980 e 1987. Direita: Salvador Sobral e Luísa Sobral, vencedores de 2017.

Houve sessenta e oito festivais, com um vencedor em cada ano, excepto no Festival de 1969, que teve quatro. Vinte e seis países diferentes ganharam o Festival, o mais recente sendo Portugal que venceu o Festival pela primeira vez em 2017. A Suíça ganhou na sua estreia — no primeiro Festival, em 1956. O país com o maior número de vitórias é a Irlanda, que ganhou sete vezes. Malta é o país que participa há mais tempo que nunca ganhou. A única pessoa que ganhou mais do que uma vez foi Johnny Logan, que venceu o Festival três vezes para a Irlanda: como cantor em 1980, como cantautor em 1987, e como autor para a Linda Martin em 1992.

Vencer o Festival Eurovisão da Canção dá ao artista uma oportunidade única de aproveitar o seu sucesso e publicidade para lançar ou aprofundar a sua carreira internacional. Contudo, através da história do Festival, poucos nomes se tornaram estrelas internacionais de grande sucesso. Os artistas mais notáveis que consolidaram sua carreira foram o grupo ABBA, que ganhou o Festival pela Suécia em 1974 com a canção "Waterloo". O ABBA se tornou um dos grupos mais influentes de todos os tempos.[3] Outra vencedora notável que alcançou sucesso e fama internacionais subsequentemente foi Céline Dion, que ganhou o concurso pela Suíça em 1988 com a canção "Ne partez pas sans moi". Contudo, o sucesso dela não é atribuído ao festival, já que ela estourou internacionalmente alguns anos mais tarde.[4]

VencedoresEditar

Ano País Canção Artista(s) Pontos Margem Segundo lugar Data Cidade Anfitriã
1956   Suíça "Refrain" Lys Assia N/A[5] N/A N/A 24 de Maio de 1956 Lugano
1957   Países Baixos "Net Als Toen" Corry Brokken 31 14   França 3 de Março de 1957 Frankfurt am Main
1958   França "Dors, Mon Amour" André Claveau 27 3   Suíça 12 de Março de 1958 Hilversum
1959   Países Baixos "Een Beetje" Teddy Scholten 21 5   Reino Unido 11 de Março de 1959 Cannes
1960   França "Tom Pillibi" Jacqueline Boyer 32 7   Reino Unido 25 de Março de 1960 Londres
1961   Luxemburgo "Nous Les Amoureux Jean-Claude Pascal 31 6   Reino Unido 18 de Março de 1961 Cannes
1962   França "Un Premier Amour" Isabelle Aubret 26 13   Mónaco 18 de Março de 1962 Luxemburgo
1963   Dinamarca "Dansevise" Grethe & Jørgen Ingmann 42 2   Suíça 23 de Março de 1963 Londres
1964   Itália "Non ho l'età (per amarti)" Gigliola Cinquetti 49 32   Reino Unido 21 de Março de 1964 Copenhaga
1965   Luxemburgo "Poupée de cire, poupée de son" France Gall 32 6   Reino Unido 20 de Março de 1965 Nápoles
1966   Áustria "Merci Chérie" Udo Jürgens 31 15   Suécia 5 de Março de 1966 Luxemburgo
1967   Reino Unido "Puppet on a String" Sandie Shaw 42 25   Irlanda 8 de Abril de 1967 Viena
1968   Espanha "La La La" Massiel 29 1   Reino Unido 6 de Abril de 1968 Londres
1969[6]   Espanha "Vivo Cantando" Salomé 18 N/A N/A 29 de Março de 1969 Madrid
  Reino Unido "Boom Bang-a-Bang" Lulu
  Países Baixos "De Troubadour" Lennie Kuhr
  França "Un Jour, Un Enfant" Frida Boccara
1970   Irlanda "All Kinds of Everything" Dana 32 6   Reino Unido 21 de Março de 1970 Amesterdão
1971   Mónaco Un banc, un arbre, une rue" Séverine 128 12   Espanha 3 de Abril de 1971 Dublin
1972   Luxemburgo "Après Toi" Vicky Leandros 128 14   Reino Unido 25 de Março de 1972 Edimburgo
1973   Luxemburgo "Tu Te Reconnaîtras" Anne-Marie David 129 4   Espanha 7 de Abril de 1973 Luxemburgo
1974   Suécia "Waterloo" ABBA 24 6   Itália 6 de Abril de 1974 Brighton
1975   Países Baixos "Ding-A-Dong" Teach-In 152 14   Reino Unido 22 de Março de 1975 Estocolmo
1976   Reino Unido "Save Your Kisses for Me" Brotherhood of Man 164 17   França 3 de Abril de 1976 Haia
1977   França "L'Oiseau Et L'Enfant" Marie Myriam 136 15   Reino Unido 7 de Maio de 1977 Londres
1978   Israel "A-Ba-Ni-Bi" Izhar Cohen & Alphabeta 157 32   Bélgica 22 de Abril de 1978 Paris
1979   Israel "Hallelujah" Gali Atari & Milk and Honey 125 9   Espanha 31 de Março de 1979 Jerusalém
1980   Irlanda "What's Another Year?" Johnny Logan 143 15   Alemanha 19 de Abril de 1980 Haia
1981   Reino Unido "Making Your Mind Up" Bucks Fizz 136 4   Alemanha 4 de Abril de 1981 Dublin
1982   Alemanha "Ein Bisschen Frieden" Nicole 161 61   Israel 24 de Abril de 1982 Harrogate
1983   Luxemburgo "Si La Vie Est Cadeau" Corinne Hermès 142 6   Israel 23 de Abril de 1983 Munique
1984   Suécia "Diggi-Loo Diggi-Ley" Herreys 145 8   Irlanda 5 de Maio de 1984 Luxemburgo
1985   Noruega "La det swinge" Bobbysocks 123 18   Alemanha 4 de Maio de 1985 Gotemburgo
1986   Bélgica "J'aime La Vie" Sandra Kim 176 31   Suíça 3 de Maio de 1986 Bergen
1987   Irlanda "Hold Me Now" Johnny Logan 172 31   Alemanha 9 de May de 1987 Bruxelas
1988   Suíça "Ne Partez Pas Sans Moi" Céline Dion 137 1   Reino Unido 30 de Abril de 1988 Dublin
1989   Iugoslávia "Rock Me" Riva 137 7   Reino Unido 6 de Maio de 1989 Lausanne
1990   Itália "Insieme: 1992" Toto Cutugno 149 17   França[7] 5 de Maio de 1990 Zagreb
1991   Suécia "Fångad av en stormvind" Carola 146 0[8]   França 4 de Maio de 1991 Roma
1992   Irlanda "Why Me?" Linda Martin 155 16   Reino Unido 9 de Maio de 1992 Malmö
1993   Irlanda "In Your Eyes" Niamh Kavanagh 187 23   Reino Unido 15 de Maio de 1993 Millstreet
1994   Irlanda "Rock 'n' Roll Kids" Paul Harrington & Charlie McGettigan 226 60   Polónia 30 de Abril de 1994 Dublin
1995   Noruega "Nocturne" Secret Garden 148 29   Espanha 13 de Maio de 1995 Dublin
1996   Irlanda "The Voice" Eimear Quinn 162 48   Noruega 18 de Maio de 1996 Oslo
1997   Reino Unido "Love Shine a Light" Katrina and the Waves 227 70   Irlanda 3 de Maio de 1997 Dublin
1998   Israel "Diva" Dana International 172 6   Reino Unido 9 de Maio de 1998 Birmingham
1999   Suécia "Take Me to Your Heaven " Charlotte Nilsson 163 17   Islândia 29 de Maio de 1999 Jerusalém
2000   Dinamarca "Fly on the Wings of Love" Olsen Brothers 195 40   Rússia 13 de Maio de 2000 Estocolmo
2001   Estónia "Everybody" Tanel Padar, Dave Benton & 2XL 198 21   Dinamarca 12 de Maio de 2001 Copenhaga
2002   Letónia "I Wanna" Marie N 176 12   Malta 25 de Maio de 2002 Tallinn
2003   Turquia "Everyway That I Can" Sertab Erener 167 2   Bélgica 24 de Maio de 2003 Riga
2004   Ucrânia "Wild Dances" Ruslana 280 17   Sérvia e Montenegro 15 de Maio de 2004[9] Istambul
2005   Grécia "My Number One" Helena Paparizou 230 38   Malta 21 de Maio de 2005[9] Kiev
2006   Finlândia "Hard Rock Hallelujah" Lordi 292 44   Rússia 20 de Maio de 2006[9] Atenas
2007   Sérvia "Molitva" Marija Šerifović 268 33   Ucrânia 12 de Maio de 2007[9] Helsínquia
2008   Rússia "Believe" Dima Bilan 272 42   Ucrânia 24 de Maio de 2008[10] Belgrado
2009   Noruega "Fairytale" Alexander Rybak 387 171   Islândia 16 de Maio de 2009[10] Moscovo
2010   Alemanha "Satellite" Lena Meyer-Landrut 246 76   Turquia 29 de Maio de 2010 Baerum
2011   Azerbaijão "Running Scared" Ell &Nikki 221 32   Itália 14 de Maio de 2011 Düsseldorf
2012   Suécia "Euphoria" Loreen 372 113   Rússia 26 de Maio de 2012 Baku
2013   Dinamarca "Only Teardrops" Emmelie de Forest 281 47   Azerbaijão 18 de Maio de 2013 Malmö
2014   Áustria "Rise Like a Phoenix" Conchita Wurst 290 52   Países Baixos 10 de Maio de 2014 Copenhaga
2015   Suécia "Heroes" Måns Zelmerlöw 365 62   Rússia 23 de Maio de 2015 Viena
2016   Ucrânia "1944" Jamala 534 23   Austrália 14 de Maio de 2016 Estocolmo
2017   Portugal "Amar pelos dois" Salvador Sobral 758 143   Bulgária 13 de Maio de 2017 Kiev
2018   Israel "Toy" Netta Barzilai ft Espiñeira 529 93   Chipre 12 de Maio de 2018 Lisboa
2019   Países Baixos "Arcade" Duncan Laurence 492 27   Itália 18 de Maio de 2019 Tel Aviv
2020 Cancelado devido ao COVID-19 16 de Maio de 2020 Roterdão
2021   Itália "Zitti e Buoni" Måneskin 524 25   França 22 de Maio de 2021 Roterdão
2022   Ucrânia "Stefania" Kalush Orchestra 631 165   Reino Unido 14 de Maio de 2022 Turim

Onze vencedores do Festival Eurovisão da Canção (juntamente com três concorrentes que não ganharam) participaram no concerto Congratulations em 2005, no qual o "Waterloo" do ABBA foi votada a canção mais popular dos primeiros cinquenta anos do Festival.[11]

Desde que o sistema de votação atual foi introduzido em 1975, o vencedor do Festival foi decidido pela última nação a votar em dez ocasiões.[12]

O país com mais sucesso que nunca ganhou é a Malta, tendo ficado em segundo e terceiro lugar duas vezes.

O maior número de pontos conseguidos até hoje por um vencedor foram 758 pontos em 2017 com Salvador Sobral a representar Portugal com a canção "Amar Pelos Dois."

Entretanto, o país vencedor que conseguiu mais "12 pontos" do júri foi a Suécia em 2012 e Portugal em 2017, ambos conseguindo os "12 pontos" de 18 júris nacionais. Em 2017, Portugal conseguiu ainda os "12 pontos" do tele-voto de 12 países e tornou-se ainda o primeiro vencedor a ser pontuado por todos os tele-votos dos países a concurso. No que respeita à votação dos júris, Portugal em 2017 só não recebeu pontos de 2 dos 42 júris dos países participantes.

A menor pontuação de um vencedor no atual formato de votação foi o grupo norueguês Bobbysocks em 1985 totalizando apenas 123 pontos.

A maior margem de vitória pertence a Alexander Rybak da Noruega, quando em 2009 ganhou por 171 pontos de diferença do 2.º classificado, a Islândia. Logo atrás está Salvador Sobral de Portugal que ganhou em 2017 com 143 pontos de diferença da Bulgária que ficou em 2.º lugar.

A menor diferença de pontuação foi em 1991, quando a sueca Carola e a francesa Amina empataram com 146 pontos. Carola acabou ganhando no critério de desempate que na época eram os "12 pontos". Elas novamente empataram, pois cada uma havia recebido 4 "12 pontos". Entretanto Carola tinha recebido 5 "10 pontos" e Amina recebeu apenas 2 "10 pontos". No critério atual, Amina ganharia pois 18 países votaram nela, Carola ficaria em segundo pois recebeu pontos de 17.

O Reino Unido foi o país que ficou mais vezes em segundo lugar num total de 16 vezes.

Por paísEditar

 
Mapa a mostrar o número de vitórias de cada país.[13]
Vitórias País Anos
7   Irlanda 1970, 1980, 1987, 1992, 1993, 1994, 1996
6   Suécia 1974, 1984, 1991, 1999, 2012, 2015
5   França 1958, 1960, 1962, 1969, 1977
  Luxemburgo 1961, 1965, 1972, 1973, 1983
  Reino Unido 1967, 1969, 1976, 1981, 1997
  Países Baixos 1957, 1959, 1969, 1975, 2019
4   Israel 1978, 1979, 1998, 2018
3   Noruega 1985, 1995, 2009
  Dinamarca 1963, 2000, 2013
  Itália 1964, 1990, 2021
  Ucrânia 2004, 2016, 2022
2   Espanha 1968, 1969
  Suíça 1956, 1988
  Alemanha 1982, 2010
  Áustria 1966, 2014
1   Mónaco 1971
  Bélgica 1986
  Iugoslávia 1989
  Estónia 2001
  Letónia 2002
  Turquia 2003
  Grécia 2005
  Finlândia 2006
  Sérvia 2007
  Rússia 2008
  Azerbaijão 2011
  Portugal 2017

Anos em itálico indicam vencedores múltiplos.

Por línguaEditar

Entre 1966 e 1973, e outra vez entre 1977 e 1998, os países só podiam cantar na sua própria língua.

 
  Inglês (46.3%)
  Francês (20.9%)
  Holandês (4.5%)
  Hebraico (4.5%)
  Alemão (3.0%)
  Norueguês (3.0%)
  Sueco (3.0%)
  Italiano (3.0%)
  Castelhano (3.0%)
  Português (1.5%)
Vitórias Línguas Anos Países
31 Inglês 1967, 1969, 1970, 1974, 1975, 1976, 1980, 1981, 1987, 1992, 1993, 1994, 1996, 1997, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004,[14] 2005, 2006, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2018, 2019 Reino Unido, Irlanda, Suécia, Países Baixos, Dinamarca, Estónia, Letónia, Turquia, Ucrânia,[14] Grécia, Finlândia, Rússia, Noruega, Alemanha, Azerbaijão, Áustria, Israel, Holanda
14 Francês 1956, 1958, 1960, 1961, 1962, 1965, 1969, 1971, 1972, 1973, 1977, 1983, 1986, 1988 Suíça, França, Luxemburgo, Mónaco, Bélgica
3 Holandês 1957, 1959, 1969 Países Baixos
Hebreu 1978, 1979, 1998 Israel
Italiano 1964, 1990, 2021 Itália
2 Norueguês 1985, 1995 Noruega
Sueco 1984, 1991 Suécia
Alemão 1966, 1982 Áustria, Alemanha
Ucraniano 2004, 2022 Ucrânia
1 Dinamarquês 1963 Dinamarca
Castelhano 1968, 1969 Espanha
Servo-Croata 1989 Jugoslávia
Sérvio 2007 Sérvia
Tártar da Crimeia 2016 Ucrânia
Português 2017 Portugal

Por ordem de atuação (das finais)Editar

# Vezes Vitórias Anos
01 65 3 Países Baixos (de 19), Reino Unido (de 18), e Suécia (de 19)
02 65 0
03 65 4 França (de 10), Espanha (de 16), Monáco (de 18), e Irlanda (de 25)
04 65 1 Turquia (de 26)
05 65 2 Países Baixos (de 11) e Noruega (de 23)
06 65 1 Países Baixos (de 10)
07 65 1 Reino Unido (de 16)
08 65 5 Dinamarca (de 16), Países Baixos (de 16), Suécia (de 17), Suécia (de 22), e Israel (de 25)
09 65 4 Suíça (de 14), França (de 16), Áustria (de 18), e Suíça (de 21)
10 65 3 Israel (de 19), Ucrânia (de 24), Suécia (de 27)e Holanda (de 26)
11 63 4 Reino Unido (de 17), Luxemburgo (de 17), Áustria (de 26) e Portugal (de 26)
12 62 2 Itália (de 16), Irlanda (de 12) e Ucrânia (de 25)
13 61 3 França (de 13), Noruega (de 19), e Bélgica (de 20)
14 60 5 Luxemburgo (de 16), França (de 16), Reino Unido (de 20), Irlanda (de 25), e Dinamarca (de 24)
15 59 3 Luxemburgo (de 18), Espanha (de 17), e Suécia (de 23)
16 59 0
17 52 7 Luxemburgo (de 18), Irlanda (de 19), Irlanda (de 23), Irlanda (de 23), Finlândia (de 24), Sérvia (de 24), e Suécia (de 26)
18 50 4 França (de 18), Israel (de 20), Alemanha (de 18), e Dinamarca (de 26)
19 43 3 Itália (de 22), Grécia (de 24), e Azerbaijão (de 25)
20 38 4 Luxemburgo (de 20), Irlanda (de 22), Estónia (de 23), e Noruega (de 25)
21 34 1 Ucrânia (de 26)
22 32 3 Jugoslávia (de 22), Alemanha (de 25) e Israel (de 26)
23 29 1 Letónia (de 24)
24 24 2 Reino Unido (de 25), Rússia (de 25) e Itália (de 26)
25 27 0
26 9 0
27 1 0
Último 60 6 França, Irlanda, França, Alemanha, Luxemburgo, e Jugoslávia

RankingEditar

# País 1ºs lugares 2ºs lugares 3ºs lugares Melhor classificação
(fora do top 3)
1   Irlanda 7 4 1
2   Suécia 6 1 6
3   Reino Unido 5 16 3
4   França 5 5 7
5   Países Baixos 5 3 1
6   Luxemburgo 5 0 2
7   Israel 4 2 1
8   Itália 3 5 5
9   Dinamarca 3 1 3
10   Noruega 3 1 1
11   Ucrânia 3 2 1
12   Alemanha 2 6 5
13   Espanha 2 4 2
14   Suíça 2 3 4
15   Áustria 2 0 1
16   Rússia 1 4 4
17   Bélgica 1 4 0
18   Mónaco 1 1 3
19   Turquia 1 1 1
20   Azerbaijão 1 1 1
21   Grécia 1 0 3
22   Estónia 1 0 1
23   Letónia 1 0 1
24   Sérvia 1 0 1
25   Iugoslávia 1 0 0
26   Finlândia 1 0 0
27   Portugal 1 0 0
28   Malta 0 2 2
29   Islândia 0 2 0
30   Bulgária 0 1 0
31   Austrália 0 1 0
32   Chipre 0 1 0
33   Polónia 0 1 0
34   Sérvia e Montenegro 0 1 0
35   Roménia 0 0 2
36   Bósnia e Herzegovina 0 0 1
37   Moldávia 0 0 1
38   Croácia 0 0 0
39   Hungria 0 0 0
40   Arménia 0 0 0
41   Albânia 0 0 0
42   Lituânia 0 0 0
43   Bielorrússia 0 0 0
44   Chéquia 0 0 0
45   Eslovénia 0 0 0
46   Macedónia do Norte 0 0 0
47   Geórgia 0 0 0
48   Montenegro 0 0 0 13º
49   Eslováquia 0 0 0 13º
50   Marrocos 0 0 0 18º
51   San Marino 0 0 0 19º
52   Andorra 0 0 0 12º (semifinal)

Ranking Por décadaEditar

Anos 50Editar

Posição País Total
1   França 1 1 1 - - 3
2   Suíça 1 1 - 1 - 3
3   Países Baixos 2 - - - - 2
4   Dinamarca - - 1 - 1 2
5   Reino Unido - 1 - - - 1

Anos 60Editar

Posição País Total
1   França 3 - 3 2 1 9
2   Reino Unido 2 5 - 2 - 9
3   Luxemburgo 2 - 1 2 - 5
4   Mónaco - 1 2 - 2 5
5   Itália 1 - 1 - 2 4

Anos 70Editar

Posição País Total
1   Reino Unido 1 4 1 2 - 8
2   França 1 1 2 2 - 6
3   Mónaco 1 - 1 3 - 5
4   Luxemburgo 2 - - 1 1 4
5   Irlanda 1 - 1 - 2 4

Anos 80Editar

Posição País Total
1   Alemanha 1 4 - - 1 6
2   Irlanda 2 1 - 1 1 5
3   Reino Unido 1 2 1 1 - 5
4   Suíça 1 1 1 2 - 5
5   Suécia 1 - 2 1 1 5

Anos 90Editar

Posição País Total
1   Irlanda 4 2 - - - 6
2   Suécia 2 - 2 - - 4
3   Reino Unido 1 3 - - - 4
4   França - 2 - 2 - 4
5   Noruega 1 1 - - 1 3

Anos 2000Editar

Posição País Total
1   Rússia 1 2 2 - - 5
2   Grécia 1 - 3 - - 4
3   Turquia 1 - - 3 - 4
4   Suécia - - - - 4 4
5   Ucrânia 1 2 - - - 3

Anos 2010Editar

Posição País Total
1   Suécia 2 - 2 - 2 6
2   Rússia - 1 3 - 1 5
3   Azerbaijão 1 1 - 1 1 4
4   Itália - 3 1 - - 4
5   Dinamarca 1 - - 1 1 3

Anos 2020Editar

Posição País Total
1   Ucrânia 1 - - - 1 2
2   Itália 1 - - - - 1
2   França - 1 - - - 1
2   Reino Unido - 1 - - - 1
2   Suíça - - 1 - - 1

Vencedores das semifinaisEditar

Ano País Canção Interprete Artigo
2004   Sérvia e Montenegro Lane Moje Željko Joksimović ESC 2004
2005   Roménia Let me try Luminita Anghel e Sistem ESC 2005
2006   Finlândia Hard Rock Hallelujah Lordi ESC 2006
2007   Sérvia Molitva Marija Šerifović ESC 2007
2008   Grécia Secret combination Kalomira ESC 2008 (1º)
  Ucrânia Shady lady Ani Lorak ESC 2008 (2º)
2009   Islândia Is It True? Yohanna ESC 2009 (1º)
  Noruega Fairytale Alexander Rybak ESC 2009 (2º)
2010   Bélgica Me And My Guitar Tom Dice ESC 2010 (1º)
  Turquia We could be the same maNga ESC 2010 (2º)
2011   Grécia Watch my Dance Loukas Giorkas feat Stereo Mike ESC 2011 (1º)
  Suécia Popular Eric Saade ESC 2011 (2º)
2012   Rússia Party for everybody Buranovskiye Babushki ESC 2012 (1º)
  Suécia Euphoria Loreen ESC 2012 (2º)
2013   Dinamarca Only Teardrops Emmelie de Forest ESC 2013 (1º)
  Azerbaijão Hold Me Farid Mammadov ESC 2013 (2º)
2014   Países Baixos Calm Afther The Storm The Common Linnets ESC 2014 (1º)
  Áustria Rise Like a Phoenix Conchita Wurst ESC 2014 (2º)
2015   Rússia A Million Voices Polina Gagarina ESC 2015 (1º)
  Suécia Heroes Mans Zelmerlow ESC 2015 (2º)
2016   Rússia You´re the only one Sergey Lazarev ESC 2016 (1º)
  Austrália Sound of Silence Dami Im ESC 2016 (2º)
2017   Portugal Amar Pelos Dois Salvador Sobral ESC 2017 (1º)
  Bulgária Beautiful Mess Kristian Kostov ESC 2017 (2º)
2018   Israel Toy Netta Barzilai ESC 2018 (1º)
  Noruega That´s How You Write a Song Alexander Rybak ESC 2018 (2º)
2019   Austrália Zero Gravity Kate Miller-Heidke ESC 2019 (1º)
  Países Baixos Arcade Duncan Laurence ESC 2019 (2º)
2020 Cancelado devido ao Covid-19
2021   Malta Je me casse Destiny Chukunyere ESC 2021 (1º)
  Suíça Tout l'Univers Gjon's Tears ESC 2021 (2º)
2022   Ucrânia Stefania Kalush Orchestra ESC 2022 (1º)
  Suécia Hold Me Closer Cornelia Jakobs ESC 2022 (2º)

GaleriaEditar

NotasEditar

  1. [http://www.eurovision.tv/addons/files/Extract_ESC2007Rules.pdf Regras do Festival em 2007 (em inglês). Eurovision.tv. Retrieved on 22 August 2007.
  2. Eurovision 1956. Eurovision.tv. Retrieved on 24 May 2008.
  3. BBC News (6 de dezembro de 2005). ABBA's Bjorn says no to reunion. Retrieved on 15 March 2008.
  4. Billboard.com. Biography - Celine Dion. Retrieved on 15 March 2008.
  5. Os resultados exactos do Festival de 1956 nunca foram publicados; apenas se sabe quem foi o vencedor.
  6. Quatro países empataram pelo primeiro lugar em 1969. Como não havia regras para quebrar empates, todos foram considerados vencedores.
  7. França e Irlanda empataram no número de pontos,entretanto a França ficou em segundo lugar no desempate.
  8. A Suécia ganhou o Festival em 1991 no desempate.
  9. a b c d A partir de 2004, o Festival passou a incluir uma semi-final transmitida em directo. Em 2004, foi feita na Quarta-feira antes da final, e desde 2005 tem sido feita na Quinta-feira da "Semana Eurovisão".
  10. a b Desde 2008 o Festival passou a incluir duas semi-finais, feitas na Terça-feira e Quinta-feira antes da final.
  11. ABBA win 'Eurovision 50th' vote. BBC News (23 October 2005). Retrieved on 22 August2007.
  12. 1979, 1980, 1981, 1984, 1988, 1991, 1993, 1998, 2002 e em 2003.
  13. Neste mapa, a Croácia tem a vitória da Jugoslávia, visto que a cantora veio da Croácia.
  14. a b Esta canção foi cantada parcialmente em Ucraniano.

ReferênciasEditar