Abrir menu principal

Olivier Giroud

futebolista francês

Olivier Giroud[1][2] (Chambéry, 30 de setembro de 1986) é um futebolista francês que atua como atacante. Atualmente defende o Chelsea.

Olivier Giroud
Olivier Giroud
Olivier Giroud em 2018.
Informações pessoais
Nome completo Olivier Giroud
Data de nasc. 30 de setembro de 1986 (33 anos)
Local de nasc. Chambéry, França
Nacionalidade francês
Altura 1,92 m
Canhoto
Informações profissionais
Clube atual Chelsea
Número 18
Posição Atacante
Clubes de juventude
1992–1999
1999–2005
Froges
Grenoble
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2005–2008
2007–2008
2008–2010
2010–2012
2012–2018
2018–
Grenoble
Istres (emp.)
Tours
Montpellier
Arsenal
Chelsea
0025 00000(2)
0034 0000(14)
0067 0000(36)
0085 0000(29)
0253 000(105)
0069 0000(19)
Seleção nacional3
2011– França 0095 0000(38)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 26 de outubro de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 14 de outubro de 2019.

ClubesEditar

InícioEditar

Giroud teve um início de carreira com passagens por clube de menor expressão do seu país natal, a França, como Grenoble e Tours, onde obteve algum êxito atuando pela Ligue 2, a segunda divisão francesa. Fixado como uma das peças de destaque do Tours, Giroud foi eleito o melhor jogador da temporada 2009–10 na Ligue 2, despertando a atenção do Montpellier, clube de maior expressão em relação aos que já havia atuado e que, promovido à primeira divisão no ano anterior (na temporada 2008–09), o contratou em 1 de julho de 2010.

Atuando pelo Montpellier, Giroud não conseguiu grande destaque em sua primeira temporada, 2010–11. O destaque viria na temporada seguinte, quando foi o artilheiro do campeonato e principal jogador da campanha do título da equipe na Ligue 1 2011-12, a primeira conquista na história do Montpellier. Na liga, Olivier marcou um total de 21 gols em 36 jogos, incluindo alguns hat-tricks como contra o Sochaux e o Dijon, e somando-se a mais nove assistências para gol. Durante a temporada, em meio a várias especulações acerca do futuro clube do atacante, dentre elas o Newcastle, o proprietário do clube Louis Nicollin chegou a declarar que Giroud não seria vendido "por menos de 50 ou 60 milhões de euros".[3].

ArsenalEditar

Em 25 de junho de 2012, o jogador foi então contratado pelo Arsenal,[4] após a confirmação oficial por parte do seu ex-clube.[5][6]Os valores da negociação não foram oficialmente divulgados, mas alguns meios de comunicação franceses divulgaram que seria algo em torno de 13 milhões de libras (cerca de 41 milhões de reais).[7] Poucos dias antes, o treinador da equipe e também francês Arsène Wenger havia dito que Giroud "estava 90% a caminho do Arsenal", e elogiou o jogador.[7]

Giroud chega para seu primeiro clube fora do futebol francês, e irá compor uma "colônia" de atletas do seu país no elenco do clube inglês, como Bacary Sagna e Laurent Koscielny. Vindo do banco de reservas, pôde atuar por cerca de 30 minutos em sua estreia pelo Arsenal no dia 18 de agosto de 2012, num empate sem gols contra a equipe do Sunderland, em partida válida pela primeira rodada da Premier League 2012-13.[8]Fez dois gols na vitória do Arsenal de goleada por 7 a 3 no Emirates Stadium.[9]Com gols aos 39 e 42 minutos do segundo tempo.[10][11]Marcou dois gols contra o Brighton em 26 de janeiro de 2013.[12]Sua equipe venceu o jogo por 3 a 2.[13]Marcou o primeiro gol do Arsenal em 30 de janeiro, contra o Liverpool em um empate por 2 a 2 com gol de Walcott no final do jogo.[14][15]Fez o primeiro gol do Arsenal na vitória sobre o Bayern Munique por 2 a 0 em 13 de março, mas acabou eliminado da UEFA Champions League por ter perdido o primeiro jogo por 3 a 1 dentro de casa.[16][17]Fez um gol contra o Reading na vitória do Arsenal por 4 a 1 em 30 de março. Fez um dos gols na vitória do Arsenal de virada sobre o Norwich em apenas 5 minutos por 3 a 1 em 13 de abril de 2013.[18]

ChelseaEditar

Em 31 de janeiro de 2018, assinou por 18 meses com o Chelsea.[19] Chegou aos Blues para disputar posição com o atacante Álvaro Morata e suprir a necessidade de gols que vinha sendo um problema com o atacante espanhol.

2018-19Editar

Sem convencer, Giroud marcou pela primeira vez na temporada 2018-19 na vitória sobre o Bate Borisov na fase de grupos da UEFA Europa League, marcando o único gol da vitória por 1-0. Pouco tempo depois ele marcou na derrota para o Tottenham por 3x1 pela Premier League. Novamente pela Europa League marcou dois gols na goleada sobre o clube grego Paok por 4x0. Na última rodada da fase de grupos, marcou de falta no empate fora de casa contra o Vidi, se tornando o artilheiro dos Blues nesta competição com 4 gols em 6 jogos.

No primeiro jogo da fase de 16-avos da Europa League, Giroud marcou de letra e ajudou os Blues a largarem na eliminatória com vitória fora de casa sobre o Malmö por 2x1. Em 14 de março, Giroud converteu um "hat-trick perfeito", ao marcar ao menos uma vez com as pernas direita e esquerda e um gol de cabeça. O feito aconteceu na goleada de 5-0 fora de casa sobre o Dynamo Kiev pela fase de oitavas de final da Liga Europa. Assim, chegou a marca de 1 gol por partida nesta edição da competição (9 gols em 9 jogos).

Encerrou sua participação na Europa League com uma belíssima exibição diante do rival e ex-clube Arsenal na final do torneio, vencida pelo Chelsea por 4x1. O atacante francês, além de marcar o primeiro gol da partida, deu assistência para o quarto gol do jogo, marcado por Eden Hazard, e ainda sofreu um pênalti, que resultou no terceiro gol do jogo.

Seleção FrancesaEditar

Sua primeira convocação para a Seleção Francesa veio no dia 3 de novembro de 2011, em meio à temporada e na época em que o Montpellier ainda disputava a ponta da tabela no campeonato nacional. Sua estreia oficial pela seleção aconteceu dias depois, em 15 de novembro, entrando como substituto num amistoso contra os Estados Unidos, vencido pelos franceses no placar mínimo. Seu primeiro gol pela França veio três meses depois, em fevereiro de 2012, numa vitória por 2–1 contra a Alemanha em território alemão.

A excelente campanha do Montpellier e seu destacável desempenho entre os demais renderam-lhe uma convocação para a disputa da UEFA Euro 2012, sob o comando do ex-futebolista Laurent Blanc.[20] Na Euro, Giroud acabou ocupando a vaga de reserva do estrelado Karim Benzema, do Real Madrid, atleta incontestável na equipe titular dos Bleus. Os franceses acabaram eliminados nas quartas-de-final, frente a atual campeã mundial Espanha. Marcou um gol contra a Geórgia na vitória por 3-1 em 22 de março de 2013.[21]

Foi convocado para a Copa do Mundo FIFA de 2014, onde novamente ocupou o banco de reservas devido a presença de Karim Benzema no time titular.[22]

Sem Benzema, Giroud disputou a Copa do Mundo FIFA de 2018 e foi titular, sendo considerado peça chave na conquista do bicampeonato mundial.

Vida pessoalEditar

Giroud é casado com Jennifer e tem três filhos - Jade, nascida em 2013, e Evan, nascido em 2016 e seu terceiro filho Aaron nascido em 2017.[23] Sua tatuagem no antebraço direito é a frase em latim "Dominus regit me et nihil mihi deerit" do Salmo 23.[24]

TítulosEditar

Montpellier
Arsenal
Chelsea
Seleção Francesa

Prêmios IndividuaisEditar

Referências

  1. Perfil no site da Premier League
  2. Perfil no site do Arsenal
  3. «Newcastle 'too small' for Olivier Giroud who would cost '£42m or £50m'» (em inglês). The Guardian. 28 de dezembro de 2011. Consultado em 25 de junho de 2012 
  4. Long, Carl (24 de junho de 2012). «Olivier Giroud signs for Arsenal» (em inglês). The Sun. Consultado em 25 de junho de 2012 
  5. «Montpellier confirma ida de Giroud ao Arsenal». trivela.uol.com.br. 25 de junho de 2012. Consultado em 25 de junho de 2012 
  6. «Berbatov skjøt seg inn på ukens lag». Consultado em 24 de Fevereiro de 2013 
  7. a b c «Wenger confirma que Giroud está 90% certo com o Arsenal». espn.estadao.com.br. 22 de junho de 2012. Consultado em 25 de junho de 2012 
  8. «Fixture - Arsenal vs Sunderland». premierleague.com. 18 de agosto de 2012. Consultado em 21 de agosto de 2012 
  9. «Inglaterra: Arsenal vence (7-3) Newcastle com «hat-trick» de Walcott». Consultado em 29 de Dezembro de 2012 [ligação inativa]
  10. «Walcott dá show "à la Henry" em goleada de Arsenal sobre Newcastle». Consultado em 26 de Dezembro de 2012 
  11. «Com show de Walcott, Arsenal atropela Newcastle e embala». Consultado em 25 de Dezembro de 2012 
  12. «Sem Julio César, QPR é goleado por time da terceirona. Arsenal avança». Consultado em 26 de Janeiro de 2013 
  13. «Walcott decide no fim, e Arsenal avança às 8as da Copa da Inglaterra com vitória sobre o Brighton». Consultado em 27 de Janeiro de 2013 [ligação inativa]
  14. «Arsenal reage e consegue empatar com Liverpool em casa». Consultado em 30 de Janeiro de 2013 
  15. «Arsenal 2 - 2 Liverpool - PREMIER LEAGUE». Consultado em 31 de Janeiro de 2013 
  16. «Arsenal vence o Bayern por 2 a 0, mas fica fora da Champions». Consultado em 13 de Março de 2013 
  17. «French forward Olivier Giroud joined Arsenal in June 2012 from Ligue 1 champions Montpellier». Consultado em 2 de Março de 2013 
  18. «Virada espetacular coloca o Arsenal na rota da Liga dos Campeões». Consultado em 13 de Abril de 2013 
  19. «Giroud signs for Chelsea». Consultado em 31 de janeiro de 2018 
  20. «Gourcuff fica fora da lista final da França para a Euro». trivela.uol.com.br. 29 de maio de 2012. Consultado em 25 de junho de 2012 
  21. «França bate Geórgia e passa a Espanha no grupo I». Consultado em 22 de Março de 2013 
  22. «Les 23+7 de Didier Deschamps pour la Coupe du monde» (em francês). L'Équipe. 13 de maio de 2014 
  23. «Olivier Giroud papa!» (em francês). Eurosport. 19 de junho de 2013 
  24. «Les tatous mystiques d'Olivier Giroud» (em francês). Tatouage. 15 de outubro de 2013 
  25. «Francês Griezmann ganha a Bota de Ouro». UEFA. 10 de julho de 2016. Consultado em 10 de julho de 2016 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Olivier Giroud