Wikipédia Discussão:Administradores/Pedidos de remoção/Érico/2

Discussões ativas

Discussão anteriorEditar

A discussão anterior ao pedido está espalhada nos tópicos:

Saudações. Oxe (discussão) 14h39min de 28 de março de 2017 (UTC)

Começo?Editar

Quando pode votar? Vitor MazucoMsg 16h16min de 28 de março de 2017 (UTC)

@Vitor Mazuco: Citação: Wikipédia:Administradores/Pedidos de remoção escreveu: «A votação terá duração de sete dias e só poderá começar 48 horas após o administrador ter sido notificado em sua página de discussão e por e-mail.». Saudações. Oxe (discussão) 18h17min de 28 de março de 2017 (UTC)
Vlw! Vitor MazucoMsg 19h34min de 28 de março de 2017 (UTC)
Isso quer dizer que a votação começa em...? ♪ Alberto79 ♪ 💚 ℳsg - Contributions 01h03min de 2 de abril de 2017 (UTC)
@Vitor Mazuco e Alberto79: A votação começou e está aberta até às 20h37min de 8 de abril de 2017 (UTC). Saudações. Oxe (discussão) 04h41min de 3 de abril de 2017 (UTC)

O Érico já apresentou a defesa. Porque a votação não pode começar? Darwinius escreveu nesta discussão: Citação: O prazo de 48 horas destina-se à apresentação da defesa, mas independe efectivamente da sua apresentação. Se a defesa não surge ao fim desse prazo, a votação inicia-se normalmente, mesmo sem ela. Teles escreveu: Citação: seria muito conveniente para o acusado não escrever uma defesa e impedir que a votação se iniciasse. Por isso não podemos depender dela. Mas o que me incomoda é a falta de subsídios, com extensas discussões formadas por "negativas", e ficamos parecendo bobos. Eu peço que sejam divulgadas no mínimo as frases mais importantes mencionadas aqui: As violações Érico estão claras pros olhos de quem lê aquilo. O que efetivamente está lá ? Ou vou votar sem saber de fato o que está lá e decidir com base nas subjetividades destas extensas discussões ? PauloMSimoes (discussão) 13h02min de 2 de abril de 2017 (UTC)

@PauloMSimoes: Se me disser em concreto o que gostaria de ver esclarecido (de preferência um ponto de cada vez), eu farei o possível por prestar esses esclarecimentos.-- Darwin Ahoy! 13h07min de 2 de abril de 2017 (UTC)
@Darwinius: Se algo feito fora da WP é prejudicial ao projeto, principalmente por um administrador, sou da opinião que medidas administrativas devem ser tomadas. Quero que sejam publicadas (repetindo o que escrevi acima) "no mínimo as frases mais importantes mencionadas aqui: As violações Érico estão claras pros olhos de quem lê aquilo.". PauloMSimoes (discussão) 13h15min de 2 de abril de 2017 (UTC)
@PauloMSimoes: Olá, sugiro que leia os motivos completos para a remoção do estatuto. Eu, particularmente, tenho certeza que não temos mais subsídios para avaliar o caso porque Érico não deixou de propósito, o que por si só já é motivo suficiente para a comunidade desconfiar das atitudes dele e, consequentemente, remover seu estatuto de administrador. Quem não deve não teme. Saudações. Oxe (discussão) 13h17min de 2 de abril de 2017 (UTC)
@PauloMSimoes: É possível que alguma coisa venha a ser publicada aqui, sim, independentemente da vontade do Érico. O departamento legal da Fundação já foi ou será contactado a esse respeito. Entretanto, você tem a palavra dos quatro verificadores, de vários stewards e até de funcionários permanentes da Fundação sobre a veracidade desse conteúdo.-- Darwin Ahoy! 13h35min de 2 de abril de 2017 (UTC)

GoEThe, poderia por favor, deixar claro no texto da votação, qual a data e hora para o seu término, de acordo com as regras ? PauloMSimoes (discussão) 21h43min de 2 de abril de 2017 (UTC)

PauloMSimoes, eu faria, mas não sei ao certo quando começou oficialmente. GoEThe (discussão) 08h10min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Penso que seja a partir da inclusão da defesa, sendo o encerramento da votação às 20h37min do dia 8 de abril de 2017, como também observou acima o Oxe. É isso, podemos colocar no texto da votação? PauloMSimoes (discussão) 15h39min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Por mim, sim. Oxe (discussão) 17h06min de 3 de abril de 2017 (UTC)

GoEThe, sua resposta acima foi que estava em dúvida, eu inseri o período de votação (nota em destaque), conforme as opiniões colocadas. Agora vi que você já havia definido um período no início do pedido, considerando o instante do primeiro voto como o início da votação. O período que coloquei considera o instante da inserção da defesa. Como você afirmou que estava em dúvida, não achei que fosse definir um período. O que de fato deve ser considerado ? PauloMSimoes (discussão) 09h23min de 6 de abril de 2017 (UTC)

Paulo, fiz a pergunta nos pedidos a burocratas e o Érico (deslogado) indicou aquela data, que foi 7 dias após o primeiro voto. Não sei o que será válido ou deve ser considerado. GoEThe (discussão) 13h40min de 6 de abril de 2017 (UTC)
@PauloMSimoes e GoEThe: Seria bom que vocês dois debatessem o assunto para evitarmos confusões posteriores. Também não tenho certeza quanto a qual data está correta. Érico (fale) 17h52min de 6 de abril de 2017 (UTC)
A votação encerra-se em 8 de abril de 2017 às 20h37min (UTC), sete dias após 1 de abril de 2017‎ às 20h37min (UTC), quando a defesa foi postada. O momento do primeiro voto não importa, porque, se fosse assim, a votação poderia ficar aberto ao infinito se ninguém tivesse votado. Por favor, alguém corrija o período de votação. Saudações. Oxe (discussão) 16h22min de 7 de abril de 2017 (UTC)
Estou de férias com acesso limitado. Por mim, qualquer das opções está bem. GoEThe (discussão) 17h02min de 7 de abril de 2017 (UTC)
  Feito. Oxe (discussão) 17h16min de 7 de abril de 2017 (UTC)

DidáticaEditar

Seria interessante, quando se abre um pedido destes colocar na página um aviso como: "A votação terá duração de sete dias e só poderá começar 48 horas após o administrador ter sido notificado em sua página de discussão e por e-mail" Pois já dois usuários (eu um deles) votei sem me dar conta que não estava aberta a votação. É só uma sugestão. Abraços a todos, Ricardo Ferreira de Oliveira Diga 00h47min de 29 de março de 2017 (UTC)

  • Concordo. Por favor, o autor do pedido pode linkar alguma prova da abordagem de alteração de voto, caso haja? Acredito que precisa-se de uma base mais sólida no corpo do pedido de remoção de estatuto para esta discussão não se tornar também infinita... Caçador de Palavras (discussão) 01h45min de 29 de março de 2017 (UTC)

@Ricardo Ferreira de Oliveira e Caçador de Palavras: Eu creio que o pedido ainda não está completo, eu próprio penso acrescentar algumas coisas ali, inclusive esses links. E de cada vez que ele é mexido, o contador de tempo é reiniciado para as 48 horas, para dar tempo ao Érico de fazer a sua defesa. Mas de facto devia ter ali qualquer tipo de aviso, pelo menos temporariamente.-- Darwin Ahoy! 02h18min de 29 de março de 2017 (UTC)

Coloquei alguns avisos ocultos, para ajudar a diminuir a probabilidade dos votos precoces.-- Darwin Ahoy! 02h24min de 29 de março de 2017 (UTC)
@Darwinius: Por favor, avise-me quando as acusações acabarem, de modo a me defender corretamente. Érico (fale) 04h09min de 29 de março de 2017 (UTC)
Também vou endossar o pedido com mais argumentos. Oxe (discussão) 11h17min de 29 de março de 2017 (UTC)
São bemvindos, mas peço que sejam sucintos e não repitam argumentos para não atrapalhar quem vem opinar. GoEThe (discussão) 11h56min de 29 de março de 2017 (UTC)
  • Peço encarecidamente aos que pretendem comentar neste pedido (contra e a favor) que sejam claros, sucintos e bem objetivos. Tentem não repetir argumentos já expostos por um colega, por mais tentador que seja. Um dos grandes obstáculos para a (boa) participação da comunidade no debate é a enorme quantidade de texto produzida pelos envolvidos. Para os que tem alguma paciência (como eu), o que se vê é uma repetição ad nauseam das mesmas coisas. Um resultado (potencialmente ruim) seria uma votação baseada em impressões ("não li, mas conheço fulano e confio nele; portanto voto assim."). José Luiz disc 02h31min de 30 de março de 2017 (UTC)

O prazo de dois dias já começou ou ainda haverá novas acusações? Vi que ainda não terminaram de acusar, aparentemente a cada dia nasce uma nova acusação. Não é possível escrever uma defesa no meio de tanta imprevisibilidade. Érico (fale) 03h07min de 30 de março de 2017 (UTC)


Os comentários longos e repetitivos são técnicas para tirar o foco das questões principais e afastar a todos que não tenham "30 horas" livres por dia. São atos de inteligência a favor de interesses pessoais. Seria muito bom que o pedido do Zé Luís fosse acolhido, mas, aqui, parece apenas uma utopia. Leytor (discussão) 03h45min de 30 de março de 2017 (UTC)

@Leytor: Também acho. De minha parte, espere uma defesa curta e objetiva, sem rodeios. Érico (fale) 03h48min de 30 de março de 2017 (UTC)

Olá! Fui o mais breve que pude ser, mas a extensão da minha argumentação acompanha a complexidade do caso. Eu tinha intenção de abrir eu mesmo o pedido de desnomeação mas GoEThe o fez primeiro. Peço perdão pelo texto ter ficado longo, mas foi realmente o necessário. Saudações. Oxe (discussão) 15h00min de 30 de março de 2017 (UTC)

Comentários na página do pedidoEditar

Ante a recente GE, questiono se a regra para elaboração do pedido permite comentários e endossos na própria página. PauloMSimoes (discussão) 14h34min de 30 de março de 2017 (UTC)

Questiono também. Se é permitido mentir descaradamente sobre outras pessoas, todos os afetados tem o direito de se defenderem. Érico (fale) 14h35min de 30 de março de 2017 (UTC)
Não sei. O Darwin começou a comentar e "endossar". Eu achei estranho e pedi aos burocratas a remoção do comentário. Como nenhum burocrata se opôs e nesta discussão existe inclusive o "convite" a comentar no espaço, assume-se que é permitido. É estranho o Darwin spammar aquilo e depois começar a remover e pedir bloqueios dos outros que o fazem. Quintal 14h36min de 30 de março de 2017 (UTC)
Isso que eu perguntei. Estou questionando todos os comentários adicionais, não só do Antero e aproveito também para perguntar se outro editor pode usar a seção "Defesa". PauloMSimoes (discussão) 14h40min de 30 de março de 2017 (UTC)
Se ninguém se opôs a que o Darwin comentasse na própria página (e já passou um dia), então assume-se que é permitido. Principalmente àqueles que são difamados. Ou existem regras diferentes e editores privilegiados? Quintal 14h45min de 30 de março de 2017 (UTC)
Não há em nenhum dos 4 tópicos das instruções, qualquer menção a comentários na página. Por isso acho que todos os comentários adicionais devem ser removidos, até porque tudo já foi amplamente discutido. Ou teremos uma série de conflitos que só vão atrapalhar o início da votação.PauloMSimoes (discussão) 14h52min de 30 de março de 2017 (UTC)
@PauloMSimoes: O que agora está no pedido de remoção é um resumo abrangente das acusações que aconteceram em seis páginas diferentes. Infelizmente o caso é complexo e o pedido inicial não contemplou todas as questões envolvidas, então os complementos foram necessários. Já no tocante à defesa, penso que não deva ser terceirizada. Érico tem dois dias para elaborá-la antes da votação começar. Saudações. Oxe (discussão) 15h06min de 30 de março de 2017 (UTC)
  • Não sei se há alguma regra específica sobre o assunto, mas em todas os processos do gênero que eu participei, os comentários e endossos de usuários (exceto proponente e alvo) eram feitos exclusivamente na discussão. Desculpem-me se meu comentário soar grosseiro, mas este pedido está caminhando em direção a ser mais uma página demasiadamente longa e cansativa como todas até agora em relação ao assunto. Saudações, Fronteira diga - veja 16h10min de 30 de março de 2017 (UTC).
@Fronteira: Nem complementação ou ajuste do pedido é permitido? Oxe (discussão) 16h18min de 30 de março de 2017 (UTC)
@Fronteira: Existe pelo menos um precedente - do qual eu faço parte, inclusive - de modo que fiz ali o endosso de plena boa fé. No entanto, falando somente por mim, penso que era preferível se o GoEThe pudesse dar uma reciclada nisso e aproveitar o que achasse melhor num pedido só. Os endossos iniciais poderiam inclusive ser passados para subpáginas e ligados a partir dali, para quem os quisesse consultar.-- Darwin Ahoy! 18h23min de 30 de março de 2017 (UTC)
Que bom exemplo. Uma página cheia de acusações em destaque onde nem existe um espaço para defesa do acusado. Quintal 18h32min de 30 de março de 2017 (UTC)
Como imaginava, eu próprio não tenho paciência para ler aquilo tudo. Na minha argumentação, tentei incluir só o que tinha sido provado e sem misturar os nomes de outros editores ao barulho, para não os expôr (num caso) e não desviar o foco para o comportamento de outros (noutro caso). Foi questionado acima que era necessário mais contexto, tudo bem, mas isso não pode ser feito ao custo de diluir a objectividade e a precisão. Com a vossa permissão, vou ler tudo, aproveitar o que for necessário (espero que muito pouco) e incluir alguns links que faltavam. Se quiserem passem depois os comentários completos para esta página. GoEThe (discussão) 07h16min de 31 de março de 2017 (UTC)
@GoEThe: Deixo a reformulação e integração do meu endosso ao teu critério.-- Darwin Ahoy! 11h51min de 31 de março de 2017 (UTC)
Feito. Se faltar alguma coisa realmente importante, avisem. Vou estar um pouco ausente por isso pode demorar. GoEThe (discussão) 13h21min de 31 de março de 2017 (UTC)
@GoEThe: Eu acho que falta a alegação de questão de privacidade ser uma falácia. Saudações. Oxe (discussão) 16h10min de 31 de março de 2017 (UTC)

AvisosEditar

Olá! Gostaria de informar que avisei a todos os 93 editores, que comentaram em algum dos tópicos listados abaixo, sobre a abertura deste pedido de remoção de estatuto de administrador.

Saudações. Oxe (discussão) 16h11min de 30 de março de 2017 (UTC)

Um pouco desnecessário, não? Notificações (dividas em grupos de 20) dariam o mesmo resultado sem tanto SPAM... - Épico (disc)/(contrib) 16h18min de 30 de março de 2017 (UTC)
@Épico: Desculpe-me, mas não havia pensado em outra forma de avisar aos possíveis interessados que não fosse por mensagem, já que as mensagens são o método padrão para aviso sobre votações. Saudações. Oxe (discussão) 16h23min de 30 de março de 2017 (UTC)
Mas eu não devo ser desnomeado justamente por ter enviado solicitações de participação? O que você fez não é nada diferente, além de hipocrisia, é claro. Érico (fale) 16h26min de 30 de março de 2017 (UTC)
Obviamente que você sabe qual é a diferença entre (1) um aviso sobre uma votação que é neutro, tem critério claro para definição dos destinatários e, acima de tudo, foi enviado publicamente para escrutínio de todos e (2) o que você fez escondido. Oxe (discussão) 16h38min de 30 de março de 2017 (UTC)

O texto seguinte foi movido de: Wikipédia:Administradores/Pedidos de remoção/Érico/2 Fui aviso pelo citado sobre uma votação. Até gosto quando fazem estas solicitações, uma fez que, às vezes não sei quais votações estão ocorrendo. Minhas maiores contribuições são em edições e criações de artigo. Nunca foi me solicitado como deveria votar. Luizengmec (discussão) 15h31min de 30 de março de 2017 (UTC)

Proposta alternativaEditar

Pessoalmente, não me parecem produtivas medidas meramente punitivas. Por uma sequência de graves erros cometida por um usuário, que foi reconhecida por instâncias importantes e legítimas de avaliação, incluindo a própria WMF, está-se aqui propondo uma punição severa. Mas fora a satisfação por parte de alguns e o rancor por parte de outros nada resulta disso.

Prefiro a seguinte alternativa: mantém-se o estatuto do usuário que cometeu a sequência de erros, mas este não pode usar suas atribuições administrativas até que cumpra com um plano de serviço comunitário, especificado pela comunidade. Pode ser, por exemplo, melhorar as páginas de apresentação e documentação do projeto, as páginas de orientação a novatos etc.

O usuário cujas ações se avalia nesse pedido de remoção é experiente e dedicado. Normalmente, acredito que sua atuação como administrador tenha sido positiva, apesar dos graves erros cometidos e por aquilo que disse não voltará a cometer, e talvez essa proposta alternativa, que aqui sugiro, possa ser uma forma serena e quiçá educativa de ele resgatar a confiança da comunidade.

Se houver indicação da comunidade de que essa proposta é interessante -- por um aspecto, lembra mais "pagar uma prenda" em comparação com uma medida punitiva, como enviar o usuário ao gulag da Wikipédia --, creio que se possa chegar a alguma decisão sobre o tipo de serviço a ser feito, incluindo o próprio usuário nesse processo, estabelecendo novamente um vínculo de confiança comunitário. --Joalpe (discussão) 17h39min de 30 de março de 2017 (UTC)

  Discordo, não de trata de nenhuma "punição" mas sim aferir se o administrador mantém a confiança da comunidade que o elegeu. Além disso abriria um precedente para casos futuros semelhantes. Vanthorn® 18h33min de 30 de março de 2017 (UTC)
  Discordo Faço minhas as palavras do colega Vanthorn. --João Carvalho deixar mensagem 19h40min de 30 de março de 2017 (UTC)
  Discordo Com os acima: As ferramentas administrativas não são nenhum "prémio", para que a sua remoção possa ser tomada como uma "punição". Ou o usuário tem a confiança da comunidade para as ter, ou não tem. Em todo o caso, mesmo quando a desnomeação é bem sucedida, o editor pode sempre voltar a pedir as ferramentas novamente findo o prazo mínimo decidido na votação. Finalmente, eu, pessoalmente, considero este tipo de alternativa mais humilhante que a própria desnomeação. Se a comunidade achasse que não tinha condições para continuar a ser administrador, preferia que me tirassem as ferramentas de uma vez. "Serviço comunitário" é o que todos nós já fazemos aqui todos os dias, seja a reverter vandalismos, a criar artigos ou a melhorar documentação. Não vejo sentido nenhum em transformar o trabalho que todos fazemos aqui voluntariamente e de boa vontade numa espécie de castigo.-- Darwin Ahoy! 20h07min de 30 de março de 2017 (UTC)
  Discordo Dura lex, sed lex. Caçador de Palavras (discussão) 02h37min de 31 de março de 2017 (UTC)
  Discordo A eventual remoção de um estatuto, apesar de todos os efeitos desagradáveis que possa causar, não deve ser entendida como uma punição (e digo eventual porque nada foi decidido). E não cabe à comunidade impor nada a ninguém. Podemos sim, remover privilégios ora concedidos. Mas mesmo dos dotados de privilégios não se pode exigir nada. Fazer qualquer coisa nesse sentido, mesmo que com a aceitação e consentimento do voluntário, seria extrapolar os nossos limites de atuação. --Diego Queiroz (discussão) 14h36min de 31 de março de 2017 (UTC)

Uso da seção "Defesa"Editar

Não me parece adequado o uso da seção, que não pelo próprio Érico. É ele quem está sendo alvo das sanções e não o Antero. Apesar deste estar sendo citado, ele não é alvo de nenhuma sanção aqui e não há razão para usar aquele espaço. PauloMSimoes (discussão) 14h30min de 31 de março de 2017 (UTC)

Realmente, é muito estranho num pedido de desnomeação para o Érico aparecer o meu nome e eu ser acusado também. O problema está aí. Se sou acusado de coisas que não fiz, tenho o direito de me defender na mesma secção. Ou está-se à espera de poder difamar os outros e silenciar a defesa? Se quer que eu remova a defesa, remova primeiro as acusações e difamações sobre mim na acusação. Quintal 14h33min de 31 de março de 2017 (UTC)
Você pode usar a Discussão para isso e não a "Defesa". Está claro lá em baixo da página que Citação: Comentários devem ser feitos exclusivamente na página de discussão. O Érico é quem deve usar aquele espaço e pode inclusive citar o que você está afirmando lá, pois ele deve, de certo, analisar todos os pontos do texto para se defender. PauloMSimoes (discussão) 14h56min de 31 de março de 2017 (UTC)
Não é um "comentário". Estou a defender-me de uma acusação no mesmo espaço onde essa acusação me é feita. Quintal 15h00min de 31 de março de 2017 (UTC)

Eu, particularmente, não vejo qualquer tipo de impedimento quanto a isso (e não há qualquer menção referente a isso nas regras também). Só acho importante que a página principal não se torne uma discussão, pois ficaria muito poluída. Mas não vejo problema que terceiros intercedam ao favor do indicado apresentando a defesa. --Diego Queiroz (discussão) 15h04min de 31 de março de 2017 (UTC)

Não fiz nenhuma intervenção "a favor do acusado". Defendi-me de uma acusação que me foi feita a mim envolvendo ações minhas, uma situação já de si irregular. Às acusações que são feitas ao Érico, compete a ele apresentar a defesa. Quintal 15h30min de 31 de março de 2017 (UTC)
  • E no pedido, também se vai acrescentando mais informações para interceder a favor?! Concordo que não parece adequado o uso da secção de defesa por outro utilizador. Isso vai gerar contra-respostas sem fim, poluir e distorcer (mais) o assunto. Há outros nomes visados na acusação? Há, há quase sempre nestes pedidos. Acho natural para se fazer contextualizações... Mas, este pedido denomina-se ...Pedidos de remoção/Érico/2; não vejo lá outro nome. Agora, acho que outros visados têm de ter lugar, sim, para se defender, principalmente quando não estão de acordo com o que é dito sobre si. Mas o lugar certo é na secção destinada à defesa do nome visado no pedido? Não se deveria abrir outra secção específica para outros visados? --L'Éclipse[msg] 15h38min de 31 de março de 2017 (UTC)
@L'Éclipse: O correto seria não se fazer acusações a outras pessoas nas avaliações de deteminada pessoa. Não se trata apenas de "mencionar" o meu nome. É-me feita uma acusação falsa e mentirosa que não corresponde à verdade nem corresponde a uma ação do Érico. Isto não tem precedentes neste tipo de pedidos e pode inclusivamente via a ser considerado abuso de espaço público. A acusação não pode ser usada como plataforma privilegiada para tentar retaliar ou manchar o nome de outras pessoas, contando que a defesa é silenciada ou remetida para um canto obscuro. Nesses casos, existe total legitimidade em usar a mesma secção para apresentar uma defesa. Se forem removidas as acusações a mim que nada têm a ver com o Érico, eu logicamente removerei a minha defesa. Quintal 15h45min de 31 de março de 2017 (UTC)
Para resolver este impasse, sugiro que o parágrafo no qual você é citado contemple a sua contestação de forma proporcional ao que está na acusação e que seu comentário na seção Defesa seja removido:
  • Jorge alo declara ter sido contactado por Antero de Quintal para votar na candidatura do Érico e de outra candidatura a decorrer ao mesmo tempo devido à "importância dos verificadores na protecção da Wikipédia". O seu voto foi anulado na ocasião, enquanto que Antero afirma que apenas alertou-o sobre a possibilidade da pt.wiki ficar sem verificadores.
Saudações. Oxe (discussão) 17h09min de 31 de março de 2017 (UTC)
@Oxe: Se o Antero de Quintal alerta "sobre a possibilidade da pt.wiki ficar sem verificadores" no contexto de duas votações a verificador, é precisamente o mesmo que estar a dizer que a pt.wiki deve ficar com aqueles verificadores cujas eleições estavam a decorrer, até porque essa "justificação" da tal campanha anti-verificadores, cuja existência real nunca sequer se comprovou, é absurdamente exagerada de modo a parecer uma ameaça real ao projecto a editores menos avisados, levando-os a votar até em desconhecidos para "salvar" o projecto de ficar sem verificadores. E nunca é demais lembrar que uma das votações fechou logo após o início dessa campanha de solicitação clandestina, pelo que nem entra propriamente nas contas deste rosário.-- Darwin Ahoy! 17h28min de 31 de março de 2017 (UTC)
@Darwinius: Estou de acordo mas, pelo bem do andamento da coisa, o que tange a ele pode ser discutido em outro espaço para evitar confusão desnecessária. Saudações. Oxe (discussão) 17h31min de 31 de março de 2017 (UTC)
@Oxe: Essa situação do Jorge Alo só vem ao caso ali para demonstrar que o Antero estava solicitando clandestinamente votos para a votação do Érico, tal como Érico afirmou que lhe havia pedido que fizesse. Penso que isso é o que realmente tem a ver com esta votação, e importa que fique claro ali.-- Darwin Ahoy! 17h37min de 31 de março de 2017 (UTC)
@Darwinius: Estou de acordo com a importância e necessidade do que você está falando, mas isso estava no endosso que você escreveu. Do jeito que GoEThe deixou, nem de longe isso é mencionado. Saudações. Oxe (discussão) 17h46min de 31 de março de 2017 (UTC)
@GoEThe: Seria possível alterares o texto dessa parte do Jorge Alo, enquadrando-a no contexto da solicitação clandestina de votos para a votação do Érico executada por Antero de Quintal, segundo o próprio Érico a pedido dele mesmo; e, também segundo o Érico, como compensação por favores que Antero de Quintal lhe devia?-- Darwin Ahoy! 17h51min de 31 de março de 2017 (UTC)
Isso não é verdade. Eu nunca pedi nada disso para Antero. Nunca disse-lhe que me "devia favores". Pare de mentir. Érico (fale) 17h54min de 31 de março de 2017 (UTC)

───────────────────────── Citação: Érico escreveu: «Nunca disse-lhe que me "devia favores". Pare de mentir»: "Érico escreveu que Antero de Quintal lhe devia um "favor" e, portanto, pediria a sua ajuda." [1].-- Darwin Ahoy! 18h07min de 31 de março de 2017 (UTC)

Falso. Como já reparou, nem tudo que eu comentei com você se tornou realidade. Érico (fale) 18h11min de 31 de março de 2017 (UTC)
A afirmação que você contestou ("Nunca disse (...) Pare de mentir") foi ter escrito que o Antero tinha obrigação de solicitar clandestinamente para você, porque lhe devia um favor. E isso você escreveu. E acrescentou que estava perdendo a eleição de steward por causa da má reputação que lhe vinha por as pessoas o associarem ao Antero. Se o que você disse é verdade ou não, aí cabe a cada um decidir. Eu tenho boas razões para crer que é, sim, quanto mais não seja pelo papel que você teve quando o Antero decidiu divulgar aquele blog dele aqui, e noutras situações relacionadas a essa.-- Darwin Ahoy! 18h21min de 31 de março de 2017 (UTC)
O Facebook aceita tudo. Podemos escrever o que quisermos. No entanto, isso não é sinônimo de verdades / fatos / realidade. Érico (fale) 18h24min de 31 de março de 2017 (UTC)
@Antero de Quintal:Eu que estou a ver de fora todos esses acontecimentos, acho que quando referem o seu nome, é porque encontram uma relação, ou prova, e se enquadra aqui: Citação: Wikipédia:Administradores/Pedidos de remoção escreveu: «Preencha a solicitação com a sua argumentação, a qual deverá conter, obrigatoriamente, a exposição de provas com referência explícita às normas vigentes desrespeitadas.». Agora, relativamente às defesas, não encontrei grandes esclarecimentos, no entanto, acho que ficava tudo mais claro e ganhariam todos, se se acrescentasse uma secção do género: Defesa de outros visados. Concordo inteiramente que a sua defesa (já que o seu nome é visado) seja feita na página principal, mas não na Defesa; até que o Quintal assume que o que lá escreveu não é uma defesa do "acusado"; é sua. Há alguma coisa contra a que se acrescente essa secção? --L'Éclipse[msg] 17h14min de 31 de março de 2017 (UTC)
Sim, porque é desproporcional à citação. O que foi escrito por ele vai muito além do necessário. A citação ao Antero também pode ser removida, por exemplo:
Jorge alo declara ter sido contactado por e-mail sobre a votação de Érico e Marcelo Vítor e da "importância dos verificadores na protecção da Wikipédia".
Assim não há qualquer motivo para ele se defender nem na seção Defesa ou em qualquer outra. Saudações. Oxe (discussão) 17h25min de 31 de março de 2017 (UTC)
Não está nenhuma acusação no texto actual ao Antero. GoEThe (discussão) 21h01min de 31 de março de 2017 (UTC)
Não? Então o que é que está lá o meu nome a fazer? Quintal 21h02min de 31 de março de 2017 (UTC)

Abertura da votaçãoEditar

O Diego Queiroz já por duas três vezes insistiu em dar início à votação alegando que já passaram 48 horas. Eu reverti ambas, justificando que não é concebível abrir um pedido destes sem dar possibilidade ao acusado de apresentar uma defesa e as regras citam apenas um período mínimo de 48 horas. Isto é suposto ser uma decisão ponderada e esclarecida. Não é um linchamento. Eu compreendo que não se possa protelar eternamente a abertura, mas não é culpa do acusado que haja sucessivamente acusações diferentes para as quais tenha que modificar a defesa. O último texto de acusação foi postado apenas há três horas. Enquanto não houver estabilidade e coerência da acusação, não é possível apresentar uma defesa coerente e iniciar o processo de votação. Quintal 15h06min de 31 de março de 2017 (UTC)

Este é o seu erro. Isso é um pedido de desnomeação, não é um pedido de bloqueio, muito menos um julgamento. Não há "processo" algum a ser iniciado. --Diego Queiroz (discussão) 15h14min de 31 de março de 2017 (UTC)
Hã? Quintal 15h15min de 31 de março de 2017 (UTC)
  Concordo com o @Antero de Quintal:. Só se pode votar após a defesa. Eu mesmo desconhecia isto e ao ser orientado entendi perfeitamente. E a defesa só deve se manifestar após concluida a formulação da acusação. Acusações fluidas que mudam ao sabor do vento não permitem ao defensor que faça uma defesa abrangente. Ricardo Ferreira de Oliveira Diga 16h08min de 31 de março de 2017 (UTC)

Antero, não me parece uma acusação, mas sim uma transcrição do que foi declarado por um editor. Se vê algum problema em haver esta citação, não a tem como relevante e acha que deve ser removida, sugiro que se avalie a remoção do texto, para que se pare de vez de alterar a página e o Érico possa fazer sua defesa. Se é relevante, que permaneça, mas não vejo motivo para defesa de algo que não é uma acusação formal, mas sim uma citação, que aliás está em outra página, onde você deve fazer a defesa e não aqui.PauloMSimoes (discussão) 16h15min de 31 de março de 2017 (UTC)

Prezado @PauloMSimoes:, aqui a questão não é do texto de defesa do Quintal. Mas do início ou não da votação. O Érico ainda não postou a defesa dele. Por isso, não se pode dar início a votação. Abraços! Ricardo Ferreira de Oliveira Diga 16h18min de 31 de março de 2017 (UTC)

Desculpem a ignorância, mas o que impede a continuidade das etapas ? Se algo está impedindo, não me parece ser "mais acusações" mas sim a inexistência de defesa. O que consigo ver é, no tópico III das diretrizes (Wikipédia:Administradores/Pedidos de remoção), Citação: A votação terá duração de sete dias e só poderá começar 48 horas após o administrador ter sido notificado em sua página de discussão e por e-mail. Esta notificação já foi feita a quase três dias. Qual a outra regra que está impedindo ? PauloMSimoes (discussão) 16h51min de 31 de março de 2017 (UTC)

Pelo que deduzo, @PauloMSimoes:, 48 horas após o administrador ter sido notificado em sua página de discussão vale quando a acusaão está em sua forma final. A acusaão mudou há 6 horas atrás, logo o acusado ainda tem ~40 horas para escrever a sua defesa. Para agilizar, é só so usuários pararem de alterar a acusação. Ricardo Ferreira de Oliveira Diga 16h58min de 31 de março de 2017 (UTC)
@Ricardo Ferreira de Oliveira: Seu erro está em interpretar isso como um julgamento. Os prazos existem apenas para que o indicado (e não "acusado" como muitos tem dito) e a comunidade tenha conhecimento sobre a indicação. Isso não é um processo para condenação a nada. Não é um pedido de discussão de bloqueio. É uma simples votação sobre a remoção de um privilégio que foi concedido a um usuário. Note que não há sequer a necessidade dos votantes justificarem seu voto. Ninguém vai avaliar os argumentos apresentados como certos ou errados e proferir uma sentença. Quem tiver direito ao voto, pode votar à sua própria discrição e apenas vamos contabilizar os votos à favor e contra. O estatuto de Administrador é um estatuto de confiança, portanto, o que se avalia aqui (e não "julga") é o quanto essa confiança permanece inalterada. --Diego Queiroz (discussão) 18h09min de 31 de março de 2017 (UTC)
A acusação original mudou. Logo, como não posso ter mais tempo para me defender de "fatos novos"? Eu realmente gostaria de esclarecer a situação, e escrever textos de improviso não vai ajudar. Érico (fale) 18h13min de 31 de março de 2017 (UTC)
Prezado @Diego Queiroz:, o que colocastes é apenas uma questão semântica. Julgar e avaliar são inclusive sinônimos. Há inclusive um estatuto a ser perdido, logo, uma pena. A meu ver não muda nada: é necessário ouvir a parte "indicada". Ricardo Ferreira de Oliveira Diga 18h15min de 31 de março de 2017 (UTC)
Também não entendi como Diego já se absteve (quando votou) antes de ouvir minha defesa. Não importa nada que eu diga? Eu achava que importava. Érico (fale) 18h19min de 31 de março de 2017 (UTC)
@Érico: Com todo o respeito, se é tão importante apresentar sua posição, então apresente-a. Mas, independente disso, e na qualidade do usuário experiente que sei que é, não entendo porque endossar a resistência do início de uma votação que já está em plenas condições de ser iniciada. Entendo que seja desconcertante a situação, mas de que adianta ficar discutindo em tudo quanto é local da wiki e depois vir aqui dizendo que não formulou sua defesa? Alegar que "novas acusações" foram apresentadas não justifica também: enquanto a votação não for iniciada, é exatamente isso que vai acontecer o tempo todo (sem falar nos inúmeros pedidos de bloqueio que ainda vão surgir). Com essa prerrogativa de adiar sempre que novas acusações forem apresentadas, essa votação nunca será iniciada. --Diego Queiroz (discussão) 18h26min de 31 de março de 2017 (UTC)
O texto acusatório mudou várias vezes. E, com essas mudanças, minha defesa também está mudando. Eu realmente gostaria de apresentar uma defesa clara e que abordasse todos os pontos em que sou acusado. A propósito, qual é o problema em se esperar mais 40 horas, como indicado pelo Ricardo? Érico (fale) 18h29min de 31 de março de 2017 (UTC)
@Érico: Sobre a minha abstenção, eu simplesmente não quero participar. Li algumas das motivações para o pedido (mas só algumas, tem muito texto, TL;DR) e, se eu fosse votar, estaria inclinado a ser contra o pedido, mas sei que não seria um voto imparcial. Ando afastado da Wikipédia, e o conflito que se apresenta me parece muito pessoal entre os envolvidos. Se, no andamento da votação eu concluir que é isso mesmo, uma simples campanha de desnomeação, posso até mudar o voto e me posicionar. Mas a princípio, pretendo me abster e optei por declarar de antemão a minha abstenção. --Diego Queiroz (discussão) 18h35min de 31 de março de 2017 (UTC)
Então, Diego, eu acho que você realmente deveria esperar por minha defesa. Ela não vai demorar mais do que o prazo estabelecido para ser feita. Érico (fale) 18h40min de 31 de março de 2017 (UTC)

O interessante é que a regra cita "A votação terá duração de sete dias e deverá respeitar um período mínimo de 48 horas (2 dias) entre o momento em que o administrador foi notificado em sua página de discussão (e por e-mail, se ativado) e a abertura efetiva da votação." (WP:POLAD#Regras para remoção por votação) Então, em tese, a defesa (e votação) podem ser feitas só no ano que vem, se o Érico quiser. PauloMSimoes (discussão) 19h03min de 31 de março de 2017 (UTC)

A politica de administradores determina que a votação deve ser iniciada 48 horas após o administrador ter sido notificado. Não há qualquer outro motico para prolongar dentro das regras.—Teles«fale comigo» 20h25min de 31 de março de 2017 (UTC)
Falso. A política determina que Citação: a votação terá duração de sete dias e deverá respeitar um período mínimo de 48 horas (2 dias) entre o momento em que o administrador foi notificado em sua página de discussão (e por e-mail, se ativado) e a abertura efetiva da votação. Para quem não sabe o significado de mínimo recomendo o site www.priberam.pt. Quintal 20h28min de 31 de março de 2017 (UTC)
E qual o motivo em regra para não seguir o mínimo?—Teles«fale comigo» 20h34min de 31 de março de 2017 (UTC)
Aquele que está a ser discutido nesta secção. Leia antes de comentar. Quintal 20h35min de 31 de março de 2017 (UTC)
Você sabe usar o imperativo. Parabéns. Já que leu minha pergunta, não esqueça de citar qual a regra que embasa o que diz.—Teles«fale comigo» 20h38min de 31 de março de 2017 (UTC)
A que está citada em cima. Quintal 20h39min de 31 de março de 2017 (UTC)

@Teles: eu não quis gerar polêmicas. Apenas tentei fazer ver que a regra falha, quando determina apenas um "período mínimo", mas não "um período máximo" para apresentar a defesa. Este prazo máximo deveria estar bem definido na regra, assim como quanto a comentários adicionais, que deveriam ser feitos na PD. Caso fosse necessário alterar o texto do pedido de forma a exigir também mudança na defesa, os prazos seriam reiniciados. Isto precisa ficar claro na regra. PauloMSimoes (discussão) 22h39min de 31 de março de 2017 (UTC)

Não acho que haja polêmica, nem que haja falha na regra. A regra diz apenas que o mínimo deve ser obedecido. Além disso, não há quer outro impedimento para o início da votação. Portanto, página criada e usuário notificado, a contagem se inicia como temos feito desde sempre.—Teles«fale comigo» 22h44min de 31 de março de 2017 (UTC)
O mínimo está a ser obedecido. Ou alguém tentou iniciar antes do prazo mínimo? Quintal 22h49min de 31 de março de 2017 (UTC)

  Comentário Apesar do prazo falar nas 48 horas após o aviso inicial, eu penso que é razoável que quando novas evidências são apresentadas, que se dê mais algum tempo à defesa. Claro que isso não pode significar que a cada linha alterada, o contador reinicie nas 48 horas, há que ter algum bom senso. Quando eu e o Oxe acrescentamos material, penso que se justificou um alargamento do prazo para lá das 48 horas iniciais. Mas as últimas mexidas do Goethe são apenas rearranjos da informação já existente, não vejo muito sentido em reiniciar o contador se não há material novo acrescentado (pelo contrário, até há menos agora). De qualquer modo não me oponho a qualquer decisão que seja tomada a esse respeito.-- Darwin Ahoy! 22h47min de 31 de março de 2017 (UTC)

  Concordo com o @Darwinius:: o bom senso é tudo. Mudanças pequenas não devem aumentar o prazo. Apenas quando alguma nova acusação ou reformulação da substância de uma já existente é feita. Ricardo Ferreira de Oliveira Diga 23h05min de 31 de março de 2017 (UTC)
Exatamente o meu argumento no café dos burocratas. Concordo. José Luiz disc 22h52min de 1 de abril de 2017 (UTC)

  Comentário Peço um esclarecimento. O prazo para início da votação independe da apresentação da defesa ? PauloMSimoes (discussão) 22h51min de 31 de março de 2017 (UTC)

O prazo mínimo de 48 horas destina-se a proporcionar aos acusados a possibilidade de escrever uma defesa. Se são constantemente colocadas novas acusações, a defesa necessita de ser reorganizada. Nem toda a gente passa 18 horas por dia a escrever freneticamente na Wikipédia. Quintal 22h53min de 31 de março de 2017 (UTC)
@PauloMSimoes: O prazo de 48 horas destina-se à apresentação da defesa, mas independe efectivamente da sua apresentação. Se a defesa não surge ao fim desse prazo, a votação inicia-se normalmente, mesmo sem ela.-- Darwin Ahoy! 23h00min de 31 de março de 2017 (UTC)
Se isto está claro ou não nas regras, acho estranho um pedido formal ser apreciado sem a defesa também formal do indicado. PauloMSimoes (discussão) 23h06min de 31 de março de 2017 (UTC)
@PauloMSimoes: Ninguém pode obrigar o visado pelo pedido a se defender. Ele pode não o querer fazer por um número de razões, inclusive por abertamente desdenhar da própria argumentação do pedido, e achar que não merece qualquer resposta. Isso já aconteceu aqui várias vezes.-- Darwin Ahoy! 23h15min de 31 de março de 2017 (UTC)
O Érico já escreveu nesta página que o está a fazer. A última reformulação da acusação ocorreu há apenas 11 horas. Quintal 23h16min de 31 de março de 2017 (UTC)
Paulo, seria muito conveniente para o acusado não escrever uma defesa e impedir que a votação se iniciasse. Por isso não podemos depender dela.—Teles«fale comigo» 22h44min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Não entendo sua pressa. As acusações mudaram várias vezes. Logo, o prazo para defesa recomeçou. Aliás, os stewards não sugeriram um vote of no confidence por causa da "questão" referente a Belanidia? Que, aliás, até foi ridicularizada (nem o denunciante, conforme confessou para mim, acredita nisso)? Nunca vi alguém passar por um processo de remoção por ter solicitado participação... mas, como argumentei em minha defesa, os motivos que justifiquem uma eventual remoção são irrelevantes. Érico (fale) 22h58min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Sobre a votação em questão, ela foi fechada e reaberta quase que imediatamente. Só foi fechada novamente depois que o Érico renunciou, invalidando o propósito da votação. São coisas distintas, João Carvalho. José Luiz disc 22h52min de 1 de abril de 2017 (UTC)
@Jbribeiro1: Aparentemente eu ter cancelado aquela votação virou um motivo para desnomeação. Érico (fale) 22h55min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Hmmm.... Renúncias durante pedidos de desnomeação não são raros. Kohene e o Fred Xavier já fizeram isso. Não entendi o problema. José Luiz disc 23h00min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Não era um pedido de remoção. Você já se esqueceu? Érico (fale) 23h02min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Claro que não. Mas era uma confirmação que provavelmente não ocorreria como esperado se continuasse. Potatoes, potatoes... José Luiz disc 23h04min de 1 de abril de 2017 (UTC)
76% de apoio, depois de terem publicado um relatório falso dizendo que eu tinha senha de um outro administrador, não é tão "esperado" como algumas pessoas gostariam. Érico (fale) 23h06min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Adiar a votação não foi algo que substancialmente trouxe avanços à questão... ♪ Alberto79 ♪ 💚 ℳsg - Contributions 01h45min de 3 de abril de 2017 (UTC)

Defesa prontaEditar

Minha defesa está pronta. No entanto, existem 3 pontos que requerem a confirmação de verificadores (de preferência os imparciais, porque a parcialidade de dois deles está evidente): a confissão de X pessoa, um e-mail de Antero de fevereiro de 2016 e outro e-mail de Pé Espalhado e Quintinense. Originalmente eram 6 pontos, mas resolvi poupar vocês. @EVinente e Marcelo Victor: enviei um e-mail sobre isso para vocês. Érico (fale) 20h37min de 1 de abril de 2017 (UTC)

Não ficou claro o motivo de eu não poder avaliar o seu caso isoladamente, mesmo que não avalie a participação do Quintal. São coisas diferentes aqui. O fato de o Quintal ter sido citado em uma das acusações não me impede de avaliar aquilo que corresponde exclusivamente à sua conduta. Se alguém imparcial me mostrar como não posso trabalhar nesse caso, entenderei, mas sua análise é a única que tem parcialidades evidentes no caso, sendo você o julgado e incapaz de definir quem deve ou não avaliar o que fez.—Teles«fale comigo» 22h41min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Você assinou um relatório que recomenda uma DB para um de seus maiores desafetos do projeto. Um dos bloqueios recentes seus foi, inclusive, removido por violar WP:ENVOLVIDO. É claro que você não vai ver onde está a parcialidade, por mais escancarada que ela fique. Érico (fale) 22h52min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Se refere apenas ao Quintal e não a você. Em todo caso, eu recomendo uma DB e deixo que a comunidade decida. Ou seja, minha decisão foi deixar que outros decidam e não eu. Como eu estaria sendo parcial naquilo que será decidido por outros e não por mim?—Teles«fale comigo» 23h19min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Assinar um relatório dizendo que "houve uma clara violação de X e X", sem ouvir nenhuma parte, e ainda recomendando DBs não é uma decisão? Ou você assinou sem ler? Francamente... De todo modo, um desses e-mails envolvem justamente Antero. Érico (fale) 23h21min de 1 de abril de 2017 (UTC)
O caso foi trazido à comunidade sendo descrito como aconteceu justamente pra que as partes fossem ouvidas, inclusive você foi ouvido. Foi dito que houve clara violação pois os prints não deixam dúvidas sobre isso, especialmente quando você confirma que seria "seu fim" se a comunidade soubesse do que fez ao "boicotar" uma votação, ou quando diz ao Leon "vc ta ferrado" em suas ameaças e quando diz ao Darwin que o Leon está "se borrou" de medo de você. Pelas mensagens serem bem claras, foi dito que não há dúvidas.—Teles«fale comigo» 23h49min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Hmmm... falar mal de outros editores é motivo para remoção das ferramentas administrativas? E, quanto ao "se borrou de medo", você nem sabe sobre o que está comentando e ainda insiste em tentar provar um ponto? Que coisa mais feia. Érico (fale) 00h03min de 2 de abril de 2017 (UTC)
Como tem sido demonstrado, você não apenas falou mal de outro editor. Por que disse que seria seu fim se a comunidade descobrisse já que não é algo tão grave assim?—Teles«fale comigo» 00h13min de 2 de abril de 2017 (UTC)
Era uma brincadeira! E eu pensando que você tinha algum senso de humor... E, Teles, quem sabe seria útil eu dar a senha do meu Facebook? E-mail? Slack? Aí terá a oportunidade de fazer uma acusação decente. Não houve nem violação de WP:NFAP nas mensagens que vocês usam para dizer que "ameacei". Eu havia conversado várias vezes com Leon antes desse diálogo, e não foi a primeira vez que nossas conversas se tornaram mais calorosas, de ambas as partes. Também é interessante saber que a pessoa "assediada" iniciou incontáveis conversas comigo no Facebook depois disso, para falar até de assuntos bem pessoais. Ainda fica tudo bem claro quando essa pessoa diz que outra a coagiu para enviar um e-mail "afirmando aquilo"... claro, só não fica evidente para quem quer acusar a todo custo e está com medo de ser chamado de incompetente. Mas, enfim, não sabia que era o papel dos verificadores de contas regularem o que falo fora daqui, mas a cada dia eu aprendo uma coisa nova. Érico (fale) 00h15min de 2 de abril de 2017 (UTC)

  Comentário Há uma série de informações falsas sendo veiculadas sobre mim na declaração de defesa do Érico, as quais já estão sendo tratadas pelos meios apropriados. Entretanto, coloco-me ao dispor de quem assim o desejar para responder qualquer pergunta relacionada com essas declarações.-- Darwin Ahoy! 23h05min de 1 de abril de 2017 (UTC)

Cite quais. Há provas sobre tudo que escrevi sobre você. Quanto a acusação do Leon, creio que deva debater o assunto com ele. Érico (fale) 23h08min de 1 de abril de 2017 (UTC)
"No tocante à denúncia, além do planejamento e coação de pessoas para mentirem junto com ele, Darwinius também ocultou sua opinião, que seria importante em algumas questões pois ele sabia, na maioria das vezes, quando eu estava brincando." - Isso aqui resume tudo - Eu decidi, sim, fazer essa denúncia na sua votação a verificador, por razões que já expliquei publicamente bem antes de trocar emails consigo. Não percebo que problema tem isso, nem porque sequer o menciona ali. A história de eu ter coagido o Leon é comprovadamente falsa, como inclusive já tive ocasião de demonstrar junto dos verificadores. Aparentemente o Leon saudanha, apesar de ter sido comprovadamente ameaçado por você - e foram várias ameaças, e bastante claras, e bastante feias, como sabem os verificadores - e sei eu, que recentemente as vi - fez mesmo essa declaração a você, mas eu não imagino porque o terá feito. Talvez ele o possa explicar aqui mesmo. Quanto a eu ter "ocultado" a minha opinião sobre um assunto que eu nem referi na minha denúncia, nem merece comentário.-- Darwin Ahoy! 23h27min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Então Leon foi coagido a dizer que foi coagido por você e ainda pedir desculpas? Sinceramente... Quando junta-se todos os fatos - ainda mais levando em conta que ele iniciou várias conversas comigo em 2017 - tudo fica MUITO evidente. Quem é ameaçado ou assediado não inicia DEZENAS de conversas nos meses seguintes, falando de assuntos pessoais. Aqui ficou claro que ele foi usado por você e sabe-se lá mais quem. Se toda conversa ríspida de Facebook virar motivos para remoção, teremos um pedido semelhante a este a cada mês. Érico (fale) 23h32min de 1 de abril de 2017 (UTC)
"Então Leon foi coagido a dizer que foi coagido por você e ainda pedir desculpas?" "Então Leon foi coagido a dizer que foi coagido por você e ainda pedir desculpas?" Foi você quem escreveu isso, e porque razão você o fez não faço ideia. Eu não sei porque razão o Leon lhe disse isso, e vou esperar uma explicação da parte dele.-- Darwin Ahoy! 23h34min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Não, é o que você insinuou. Eu também gostaria de saber o porque dele ter entrado em contato comigo, em 2017, várias vezes, e depois ainda mentir aos verificadores dizendo que eu estava me "mobilizando para pedir votos". Isso é totalmente falso. Érico (fale) 23h35min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Eu não insinuei coisa nenhuma sobre você, quando muito você mesmo o terá feito.-- Darwin Ahoy! 23h41min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Não é uma insinuação. É uma confissão do editor em questão que, em conversa recente comigo, disse que você o coagiu a enviar um e-mail "afirmando aquilo" e ainda se desculpou. Concordou, também, quando eu disse que nunca o ameacei. Quando juntamos todos os pontos, tudo fica muito claro, inclusive o seu planejamento para apresentar a denúncia sobre algo que não é nem proibido. Érico (fale) 23h43min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Érico, quanto mais você escreve, mais se espalha. Como é que seria uma "confissão" o Leon dizer isso sobre mim? Quando muito era uma denúncia. E não tem qualquer valor o Leon ter "concordado" com você que você não o ameaçou, quando você realmente o ameaçou. Isso é facto, e está provado. Apesar do Leon saudanha aparentemente ter realmente escrito isso que você diz sobre mim, eu não mudo a minha opinião sobre ele, até que ele próprio possa explicar porque o fez.-- Darwin Ahoy! 23h50min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Continue a pingar o Leon muito aflito para ver se ele o ajuda a sair da trapalhada em que se meteu. Pode se até que ele apareça, já que vai ter que explicar porque é que se contradiz a toda a hora. Quintal 23h55min de 1 de abril de 2017 (UTC)
É verdade, eu uso o ping para chamar os editores do projecto. Já você, parece preferir outros meios, menos visíveis. Eu não sei se o Leon se "contradiz", só o saberei depois dele se explicar. Você, pelo contrário, parece já saber tudo.-- Darwin Ahoy! 00h01min de 2 de abril de 2017 (UTC)
Citação: Érico escreveu: «Quem é ameaçado ou assediado não inicia DEZENAS de conversas nos meses seguintes, falando de assuntos pessoais.» Aparentemente que você nunca ouviu falar da Síndrome de Estocolmo, que acontece em situações muito severas do que as descritas aqui. O coração tem razões que a própria razão desconhece, já dizia Blaise Pascal. Um sequestrado desenvolver afeição pelo sequestrador não apaga a culpa do sequestrador pelo sequestro que ele cometeu. Antes que venham distorcer o que estou falando, não, não estou comparando o que Érico fez a um sequestro, mas apenas dizendo que pessoas intimidadas podem se relacionar o intimidador de forma amistosa. Oxe (discussão) 03h10min de 2 de abril de 2017 (UTC)
Que imaginação fértil. Parabéns. Érico (fale) 03h48min de 2 de abril de 2017 (UTC)
@Érico: Mudou de opinião? Oxe (discussão) 04h49min de 3 de abril de 2017 (UTC)

As evidências de que o Darwin coagiu o Leon a mentir no "email de denúncia" foram também enviadas para o staff da WMF. Quintal 23h36min de 1 de abril de 2017 (UTC)

Tá bem, abelha, boa sorte com isso.-- Darwin Ahoy! 23h41min de 1 de abril de 2017 (UTC)

E autorizei também o Érico a enviar a avaliadores isentos emails meus que provam que fui eu que o contactei e apenas para informar o Érico da campanha para sabotar eleições de verificadores, e não o contrário. Essa difamação nojenta de que o Érico me contactou para "pedir votos" e "cobrar favores" tem os dias contados. Quintal 23h50min de 1 de abril de 2017 (UTC)

Foi o próprio Erico que afirmou que pediu sua participação. Apenas estamos repetindo o que ele disse. Por que ele mentiria?—Teles«fale comigo» 23h55min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Afirmou? Onde? Participação em quê? Pode mostrar o diff onde ele afirmou isso? Quintal 23h58min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Como eu disse em outros lugares, Teles, o Facebook aceita tudo. Aceita até que stewards façam fofocas sobre relacionamentos amorosos de outros editores. Agora, provar o que lá está escrito são outros 500. Érico (fale) 00h02min de 2 de abril de 2017 (UTC)
@Antero de Quintal: Óptimo. Aproveite também para mostrar como é que o Érico sabia e relatou a solicitação que você estava fazendo - com mensagens com o mesmo teor das dele, como se vê do comentário de Jorge Alo - na precisa altura em que você o estava a fazer.-- Darwin Ahoy! 23h57min de 1 de abril de 2017 (UTC)
Sério que a aflição e o desespero em mentir é tanto? Dado que eu nunca partilhei conversas privadas minhas com você, como é que você sabe o teor das minhas conversas para afirmar que foram iguais às de outra pessoa? É vidente, é hacker ou é mentiroso? Quintal 00h03min de 2 de abril de 2017 (UTC)
Posso ser os dois primeiros, o terceiro não sou certamente, a menos que dissesse que o aprecio imenso, Antero de Quintal. Mas não foi necessário isso tudo: Bastou-me a minha quarta classe no saudoso Externato Nun'Álvares, uma daquelas, às antigas. Graças a ela sou capaz de ler o que está aqui e aqui, comparar, e tirar as minhas conclusões. Estou certo que a quase totalidade dos editores deste projecto também o será capaz de fazer, sem precisar da sua ajuda.-- Darwin Ahoy! 00h14min de 2 de abril de 2017 (UTC)
lolol. Portanto confirma-se que você não sabe nada sobre o diálogo que mantive com o Alo, apenas "supõe" e "inventa" uma série de coisas a partir de um fragmento isolado. Parabéns. Quintal 00h26min de 2 de abril de 2017 (UTC)
A menos que você nutra uma tal desconsideração pelo colega Jorge Alo, a ponto de considerar o que ele mesmo escreveu como "nada", eu sei alguma coisa, sim.-- Darwin Ahoy! 00h31min de 2 de abril de 2017 (UTC)

───────────────────────── Acorde para a vida. O que o Alo "confirmou" foi o que eu já disse inúmeras vezes: na época manifestei preocupação junto de algumas algumas pessoas (entre as quais o Alo e o próprio Érico) a existência de uma campanha offwiki promovida por banidos para sabotar as eleições de checkuser. No caso do Alo, abordei-o também para um eventual regresso ao projeto para colmatar falhas nos artigos de História de Portugal. Na época, as eleições que estavam a decorrer eram a do Érico e Marcelo. E é isto. O resto são mentiras nojentas e asquerosas de quem tem imaginação fertilizada, incluindo essa das "mensagens idênticas", de que "o Érico me veio cobrar favores", de que "pedi para votar a favor do Érico" ou de que ele "me pediu para fazer campanha". Mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo. Mas isso vai acabar. Quintal 00h40min de 2 de abril de 2017 (UTC)

Você está dizendo que escreveu ao Érico dizendo que estava fazendo uma campanha de solicitação clandestina para ele, e depois ele a mim disse o oposto, que ele tinha escrito a você para a fazer? É bem tortuoso, mas talvez na sua cabeça isso faça algum sentido.-- Darwin Ahoy! 00h51min de 2 de abril de 2017 (UTC)
Eu escrevi: Citação: na época manifestei preocupação junto de algumas algumas pessoas (entre as quais o Alo e o próprio Érico) a existência de uma campanha offwiki promovida por banidos para sabotar as eleições de checkuser. Quem leu nesta frase que eu escrevi ao Érico para dizer que estava a fazer solicitação em nome dele precisa de voltar aos bancos da escola. Isso ajuda a explicar todas as acusações furadas e mentiras nojentas que apareceram até agora. Entendo que quem esteja a ver ser enviadas ao staff da WMF provas de ter coagido pessoas a mentir nos emails esteja muito aflito e sinta necessidade de desviar o tópico a todo o custo. Quintal 00h56min de 2 de abril de 2017 (UTC)
Se não foi você quem disse ao Érico que ia fazer solicitação sobre uma votação que ainda não existia - nem você sabia que ia existir, sempre assumindo, por hipótese, essa sua tese lunática - como é que o Érico já tinha conhecimento da sua campanha de solicitação mesmo antes dele escrever o texto da própria votação?-- Darwin Ahoy! 01h11min de 2 de abril de 2017 (UTC)
"Entendo que quem esteja a ver ser enviadas ao staff da WMF provas " - Há pelo menos três semanas que eu vejo você "enviando" "provas" ao "staff da WMF". Você com isso é como os sinos da igreja, de vez em quando tocam, mas a gente aprende a dormir com eles.-- Darwin Ahoy! 01h27min de 2 de abril de 2017 (UTC)
lololol... ainda não encaixou o que aconteceu, pois não? Continua perdido e a disparar teorias da conspiração para todos os lados. As evidências já foram compiladas e inclusive já recuperei emails do ano passado. As suas difamações chegaram ao fim. Quintal 01h28min de 2 de abril de 2017 (UTC)
Sim, sim, não o vou contrariar, que pode ser perigoso. Mas vai responder ou não como é que o Érico já tinha conhecimento da sua campanha de solicitação mesmo antes dele escrever o texto da própria votação?-- Darwin Ahoy! 01h34min de 2 de abril de 2017 (UTC)
lololol, esse diff é seu. Pode inventar o que quiser. Não me peça é para explicar as suas invenções. Entendo que esteja muito aflito depois de surgirem evidências de que coagiu pessoas a mentir. Quintal 01h40min de 2 de abril de 2017 (UTC)
"lololol" tornou-se agora a sua imagem de marca, é? Bom, é verdade que fui eu quem escreveu esse relato, mas ele apenas descreve o que está factualmente nos logs em poder dos verificadores. Mas escusa de responder, já se viu que não tem qualquer explicação para isso. Tente novamente, mas com uma história melhor. (E lá tocou o sino outra vez).-- Darwin Ahoy! 01h46min de 2 de abril de 2017 (UTC)

@Darwinius: Gostaria de saber se você confirma a seguinte parte da defesa de Érico Citação: Érico escreveu: «Naquela época, como é possível notar nos screenshots enviados, o próprio Darwinius ajudou-me a solicitar participação, quando foi pesquisar o perfil de determinado editor em um grupo da Wikipédia no Facebook.» Oxe (discussão) 02h43min de 2 de abril de 2017 (UTC)

Não é preciso confirmar. Está nos screenshots. Érico (fale) 03h44min de 2 de abril de 2017 (UTC)
Os mesmos que você proíbe que a comunidade veja? Oxe (discussão) 03h48min de 2 de abril de 2017 (UTC)
WP:RECUSA sua. Érico (fale) 03h50min de 2 de abril de 2017 (UTC)
@Oxe: Sim, é verdade, foi precisamente o caso do WikiFer (um dos que respondeu à perguntinha do Jose Luiz com a resposta do costume), que já foi referido aqui. Na madrugada do dia 20 de Fevereiro o Érico efectivamente disse que no dia seguinte ia começar uma conversa com o WikiFer para lhe pedir o voto, e que esse era um dos dez que ele tinha confiança para pedir directo. Depois disse que não estava achando o perfil, e pediu se eu podia ajudar a encontra-lo pelo nome naquele grupo da Wikipédia. Eu até fui ver, mas não encontrei, pelo que nem fui grande ajuda. Nessa altura eu ainda não sabia que essas histórias sobre solicitação que o Érico contava que ele e o Antero de Quintal andavam a fazer correspondiam de facto à verdade. Pode me chamar de ingénuo, mas eu só acreditei que esses dois, que até aí eu até tinha em boa conta, eram capazes de tamanha bandalheira vendo, mesmo. E eu só "vi" a 23 de Fevereiro. Aliás, nessa própria ocasião em que ele diz que pede directo para o WikiFer, é bem manifesta a minha expressão de incredulidade (literalmente   ) por o Érico dizer que andava a pedir directamente votos para si próprio, de modo tão descarado. Esse realmente é o tipo de coisa que até aí não fazia parte do meu mundo.-- Darwin Ahoy! 07h04min de 2 de abril de 2017 (UTC)
@Darwinius: Não entendi. Se você não acreditava que Érico estava pedindo votos para ele mesmo, por que você tentou ajudá-lo ao buscar pelo perfil de WikiFer no Facebook? Oxe (discussão) 07h19min de 2 de abril de 2017 (UTC)
@Oxe: Ele não me pediu que encontrasse o perfil para esse fim, embora estivesse implícito que devia ser para isso, pelo contexto. Em todo o caso esse grupo da Wikipédia é público: Nem era exactamente uma missão secreta, nem tampouco eu sabia que era de facto para fazer solicitação, podia o Érico querer contactar o WikiFer por outro motivo qualquer. Como eu escrevi acima, eu só soube que ele estava de facto fazendo aquelas coisas que ele dizia num contexto que podia ser realmente interpretado como zoeira ou cantar vantagem, no dia 23, quando foi público que estava de facto havendo solicitação naquela votação.-- Darwin Ahoy! 07h29min de 2 de abril de 2017 (UTC)
De forma geral, eu não acho legal abordar editores da Wikipédia fora daqui sem que eles tenham informado a forma de contato externo. Por exemplo, eu mesmo permito ser contactado por e-mail caso algum editor ache necessário. Exceções feitas onde elas se apliquem, por exemplo, no caso hipotético de uma conta estar comprometida e não se conseguir entrar em contato pelo e-mail informado para se resolver a situação, onde formas de contato alternativas podem ser tentadas. Oxe (discussão) 07h52min de 2 de abril de 2017 (UTC)
@Oxe: Quando alguém se junta ao grupo público da Wikipédia, é de supor que tenha algum interesse relacionado com o projecto, e haja interacção: É mesmo para isso que esse grupo serve, goste-se ou não. Em todo o caso o WikiFer aparentemente não faz parte dele, pelo que a coisa ficou por aí mesmo no que me diz respeito. Mas o Érico parece que conseguiu encontra-lo e fazer a tal conversa do voto, como se vê pela declaração do próprio WikiFer.-- Darwin Ahoy! 08h03min de 2 de abril de 2017 (UTC)
@Darwinius: OK. @Érico: Confirma o que ele disse nos comentários de 07h04min, 07h29min e 08h03min de 2 de abril de 2017? Oxe (discussão) 08h13min de 2 de abril de 2017 (UTC)

Confirmação de conteúdosEditar

  Comentário Confirmo os conteúdos citados pelo Érico, como capturas de tela e capturas de email. Os diretamente citados devem prover as explicações sobre a veracidade e validade que se fizerem necessárias. Edilson Vinentefale comigo 13h46min de 2 de abril de 2017 (UTC)

@EVinente: Da minha parte não houve qualquer tentativa de coacção, muito pelo contrário, e já tive a oportunidade de lhe enviar todas as provas necessárias a esclarecer o que pode ser esclarecido por mim sobre isso. Mas gostaria que o Leon saudanha esclarecesse porque me envolveu numa denúncia ("confissão", segundo o Érico) que é comprovadamente falsa.-- Darwin Ahoy! 14h01min de 2 de abril de 2017 (UTC)=

@Instambul: Sobre a defesa do Érico ser "verdadeira e contundente", e em seguimento das declarações feitas acima nesta secção, eu gostaria de esclarecer e acrescentar o seguinte:

  • O Leon encontra-se temporariamente impossibilitado de aceder ao projecto, daí a ausência dele aqui;
  • O Leon esclareceu-me, com carácter formal, que isto -> "após eu entrar em contato com Leon para tentar saber o que estava acontecendo, o próprio Leon disse que Darwinius o coagiu a enviar um e-mail, "afirmando aquilo", além de se desculpar" <-- foi dito sem intenção de me prejudicar, e meramente para acabar o mais rapidamente possível com um assédio desagradável por parte do Érico, dizendo-lhe precisamente o que ele esperava ouvir; estas declarações já estão em poder dos verificadores, com autorização do Leon, e poderão ser confirmadas por eles;
  • Eu conheço o conteúdo dessa conversa, e nela é possível ver inclusive o Érico assediando e doutrinando o Leon sobre o que irá postar aqui no projecto para desmentir as ameaças constantes das declarações dos verificadores - ameaças, aliás, sobre as quais não paira a menor dúvida, já que estão perfeitamente documentadas;
  • O próprio Leon me disse que conta fazer ele mesmo uma declaração sobre isto, seja ele próprio, caso consiga entretanto aceder ao projecto, seja por interposta pessoa de confiança, como é o caso dos verificadores;
  • Esta situação já ultrapassou bastante a mera remoção de ferramentas, e provavelmente será aberta uma discussão de bloqueio com todas as evidências que for possível publicar aqui, para consulta pública e avaliação do procedimento deste editor.

-- Darwin Ahoy! 16h23min de 2 de abril de 2017 (UTC)

Engraçado. Foi há pouco confirmada a veracidade da confissão do Leon em que você o coagiu a mentir na denúncia, mas continua a espingardar para todos os lados. De resto, mais disseminação de desconfiança e histórias inventadas sem nenhuma prova. Quintal 20h43min de 2 de abril de 2017 (UTC)

Não é verdade, Darwinius. Eu jamais esperava ouvir isso do Leon. Nem sabia que vocês dois conversavam. Nunca imaginei que ele falaria que você o coagiu para ele enviar o e-mail de 25 de janeiro de 2017. Foi um choque para mim. Depois de dias de reflexão, tudo ficou muito claro, entretanto. Eu nunca "assediei" Leon. Nós, em 2017, conversamos dezenas de vezes. Me arrependo, claro, da forma ríspida de nossa conversa de fevereiro de 2016, e isso não voltará a acontecer. Eu não havia tido ideia de que ele ficou constrangido, pois havíamos conversado várias vezes nos meses seguintes. Lamento, mais uma vez, pelo ocorrido. Quando publicaram a denúncia, fiquei surpreso em saber que Leon havia me denunciado, pois, como disse-lhe, tínhamos conversado sobre assuntos bem pessoais poucos dias antes. A primeira frase da denúncia, de que eu "estaria agindo para pedir votos", é inteiramente falsa e, quando ele falou que você o coagiu para enviar um e-mail "afirmando aquilo", tudo fez muito sentido. Érico (fale) 23h08min de 2 de abril de 2017 (UTC)

O Leon falou no meu nome, porque já em Setembro passado eu lhe tinha perguntado se aquela ameaça que você me disse que lhe tinha feito era real, mas sem lhe dizer como sabia dela. Isso eu só disse em Janeiro passado, e foi quando ele me pediu esses logs, e eu lhe mostrei. Foi nessa altura que ele fez aquela denúncia ao Radix, e creio que ao Teles também. Mas até este caso rebentar eu não tinha nenhuma confirmação de que a ameaça tinha de facto existido, porque a mim o Saudanha sempre a negou - apesar dela ter existido mesmo e ser bem feia; tampouco tinha qualquer noção de que ele teria enviado uma denúncia sobre essa ameaça a alguns verificadores. Essa história que você e o Antero de Quintal têm andado a espalhar por aí, que se baseia numa suposta "confissão" (como você mesmo lhe chama) do Leon acerca de uma coacção feita por mim, e que o Antero de Quintal inclusive teria enviado para a WMF, nunca teve pé nem cabeça, nem eu nunca lhe dei a menor importância, dada a sua manifesta falsidade. Quando você encosta alguém à parede e diz coisas que parecem saídas de um filme da máfia, perguntando o que o Leon dirá publicamente sobre o assunto, e já lhe dando a resposta que ele deve usar na mesma frase, o que você obtém de facto é uma confissão sob coacção. E como é do conhecimento geral, esse tipo de declarações não só não são aceites como prova em nenhum sítio do mundo civilizado, como geralmente o seu conteúdo não tem qualquer valor, dado que o inquirido apenas quer sair do aperto o mais rapidamente possível e responde o que o inquisidor quer ouvir. Taí no que se baseia boa parte da sua "defesa", uma confissão forçada e sem valor, ela própria obtida por meio de assédio offwiki.-- Darwin Ahoy! 01h03min de 3 de abril de 2017 (UTC)

ComentáriosEditar

@Fronteira: Antes de mais, desculpe usar o seu nome para dar título à secção, mas não me ocorreu nada melhor, por isso peço-lhe que, caso se sinta incomodado com isso, que mude para um que seja mais do seu agrado. Na sua justificação de voto, colocou que este processo tinha sido todo ele "conduzido da pior forma possível". Como é a primeira vez que um caso destes está sendo tratado aqui, eu lhe pedia, se fosse possível, para colocar algumas sugestões de como, a seu ver, eventuais processos de casos semelhantes a este poderiam ser melhor conduzido no futuro, para referência. Desde já lhe agradeço a sua disponibilidade,-- Darwin Ahoy! 19h09min de 2 de abril de 2017 (UTC)

Me referi à exaustiva discussão e troca de ofensas que ocorreu nas várias páginas (inclusive aqui na discussão da desnomeação). Me desculpe, estou cansado de ler acerca deste caso e é só isso o que tenho para esclarecer e detalhar acerca do meu voto e comentário. De resto, não tenho muito a que contribuir a este debate. Saudações, Fronteira diga - veja 20h28min de 2 de abril de 2017 (UTC).

@Tetraktys: "foi muito estranho levantar essa lebre antiga em meio a uma votação recente, com uma acusação tão fora de foco, podendo e sem dúvida desejando alterar o resultado da votação em prejuízo do acusado." - Como fui eu quem levantou a lebre, gostaria de esclarecer que a minha intenção foi, sem a menor dúvida, que o facto do candidato ter manipulado a sua anterior votação para o mesmo estatuto tivesse de facto influência na votação deste ano, especialmente sendo verificador um dos estatutos que requer maior confiança e responsabilidade. Mas não vejo como isso possa ser considerado como "fora de foco", a mim parece-me perfeitamente pertinente, tanto na ocasião como na acusação. Em todo o caso, tudo isso acabou por ser ultrapassado pelo caso de assédio que entretanto se confirmou. De modo geral apreciei e concordo com o seu comentário, apenas quis esclarecer esta parte que me diz respeito.-- Darwin Ahoy! 06h32min de 4 de abril de 2017 (UTC)

@Darwinius: eu compreendo. obrigado. Tetraktys (discussão) 07h00min de 4 de abril de 2017 (UTC)

Em cima do muro ?Editar

Não quero ficar em cima do muro, neste caso. Alguma medida deve ser tomada, seja contra o acusado, se isso tudo for verdade, seja contra os acusadores, por calúnia, conluio e difamação. São acusações graves contra o Érico, que se apoia ao se defender, principalmente em questionar "qual regra teria violado". Não se trata de violação de regras, é algo que vai além disso. A acusação que se traz é muito grave, tratando-se de um administrador e isto aqui não pode abrir um perigoso precedente. Sou da opinião que, se alguma ação está prejudicando o projeto, mesmo fora da WP, medidas administrativas devem ser tomadas. Depois de todas estas discussões, em quem vou acreditar ? Em quem fala mais alto ? O Antero já por três vezes ofende os acusadores, os chamando de mentirosos, difamadores, nojentos e asquerosos (isso para mim é motivo de PB). É nele em quem devo acreditar ? Ou no Darwinius ? O EVinente me deixou ainda mais confuso, ao ficar em cima do muro depois desta :Citação: As violações Érico estão claras pros olhos de quem lê aquilo. As solicitações nem foram o que chamou a nossa atenção (por mim, é mais uma reprovação moral do que de política mesmo), mas sim o que você declarou lá. Que iria boicotar a votação do colega se ele não mudasse de voto (clara ameaça), o que de fato aconteceu mesmo segundo os diffs da sua votação de checkuser.. Tudo vai ficar por isso mesmo ? Eu vou tomar partido aqui, e para isso preciso de provas materiais e não falatório. Se os diálogos (que são as provas) não estão sendo mostrados por que o acusado não permite, já sei de que lado vou ficar. PauloMSimoes (discussão) 20h40min de 2 de abril de 2017 (UTC)

Sério? Apresente um diff onde eu tenha chamado a alguém mentiroso, difamador, nojento ou asqueroso. Quintal 20h44min de 2 de abril de 2017 (UTC)
Preciso? As ações são feitas por agentes... Ou não? Lembrando sua Citação: Isto não passam de mentiras e difamações asquerosas e nojentas, da qual deve ter esquecido.PauloMSimoes (discussão) 20h50min de 2 de abril de 2017 (UTC)
Apresente um diff onde eu tenha chamado a alguém "mentiroso", "difamador", "nojento" ou "asqueroso".
Também se esqueceu de citar o Evidente por completo. Cortou onde lhe deu jeito para provar o ponto de vista. Vou escrever o resto da afirmação: Citação: E também de "amar a Belanidia", de que ela deu a conta virtualmente para você. Foi isso que chamou a atenção para as violações das políticas. Esse diff é de há um mês atrás. Porque não citou diffs recentes? Ainda não ficou clara a mixórdia que foi essa história da Belanidia ser um sock do Érico? A sério que você ainda está a insistir e remoer nessa história? Pergunte ao Evinente se mediante as provas que foram apresentadas depois ainda continua a defender isso. Quintal 21h00min de 2 de abril de 2017 (UTC)
E porque até agora não vi os diálogos? Só os conheço por terceiros. Eles seriam a melhor prova de defesa. PauloMSimoes (discussão) 21h05min de 2 de abril de 2017 (UTC)

@PauloMSimoes: Penso que a situação ficará mais clara assim que o Leon Saudanha consiga participar aqui, pelo menos na parte das ameaças e assédio off-wiki. As ameaças, que visam claramente a mudança do voto para novamente a favor, não só referem directamente o boicote de uma futura eleição a supervisor, com base em acusações inteiramente inventadas pelo Érico de que Leon Saudanha estaria a soldo de banidos e havia recebido um email para mudar de voto (!!), como deixou claro que Leon não sobreviveria sequer a um pedido de remoção de estatutos, caso este tivesse o peso do voto dele, Érico. Como você pode ver pela declaração de voto do Otavio, o Leon não mudou o sentido do voto devido a contacto por banidos, mudou porque teve conhecimento da campanha de solicitação clandestina em curso sendo levada a cabo pelo Érico. Ele foi assediado e ameaçado pela sua coragem e honestidade. Tudo isto está comprovado e documentado, e as provas estão na posse dos verificadores.-- Darwin Ahoy! 21h03min de 2 de abril de 2017 (UTC)

Está muito claro. Ele afirma com todas as letras que você o forçou a mentir. Os screenshots disso foram inclusive enviados para o staff da WMF. As pessoas devem-se questionar: se o que o Darwin afirma fosse verdade e o Leon tivesse sido "ameaçado" pelo Érico há um ano, porque é que o Leon continuou a falar com o Érico como se nada fosse? É só rir. Quintal 21h09min de 2 de abril de 2017 (UTC)
Essa situação já me foi inteiramente esclarecida, como pode ser visto mais acima. Pode ser que a imoralidade e a total falta de ética do Érico ter ido continuar agora o assédio offwiki iniciado há um ano atrás lhe de vontade de rir, mas a mim pode ter a certeza que não dá. E escusa de responder, porque esta é a última mensagem que troco consigo sobre este assunto.-- Darwin Ahoy! 21h19min de 2 de abril de 2017 (UTC)

@Darwinius: meu posicionamento está muito claro agora: não me interessa mais bla-blá-blá. Não vou mais gastar meu tempo lendo esses intermináveis debates. Minha decisão está vinculada à apresentação/ocultação das provas materiais. PauloMSimoes (discussão) 21h24min de 2 de abril de 2017 (UTC)

@PauloMSimoes: Eu compreendo e louvo a sua decisão. Eu já dei da minha parte as permissões necessárias que me competem para a publicação do que for necessário, e sei que outros já o fizeram também. Creio que em breve o que já for possível ser publicado, o será.-- Darwin Ahoy! 21h32min de 2 de abril de 2017 (UTC)

Já foi confirmado que o Darwin coagiu o Leon a mentir na "denúncia". A história inventada de ter sido "ameaçado" já foi exposta. Só isso é que explica a situação absurda do Leon ter supostamente sido "ameaçado" há um ano, mas ter continuado a falar com o Érico como se nada fosse. Se o Leon foi "ameaçado", como é que continuou a falar com o Érico como se nada fosse? Se o Leon foi "ameaçado", porque é que não mencionou nada na época? Admiro quem vê à sua volta o mundo de difamações ruir e se continua estoicamente a agarrar a elas e a espingardar para todo o lado como se nada fosse. Quintal 21h29min de 2 de abril de 2017 (UTC)

Já foi confirmado e reconfirmado que tudo o que você diz é verdade, e o que os outros dizem é inventado. E pur si muove! -- Darwin Ahoy! 21h46min de 2 de abril de 2017 (UTC)

Comentário (off-topic) sobre o voto do Jackgba
  Comentário perfeito ! Pensei em deixar uma mensagem na PDU do Jackgba ou mesmo um simples agradecimento automático, por esta mensagem, uma das mais sensatas que já vi na WP. Realmente, confesso que me sinto até meio deprê diante disto tudo. Uma confusão dos diabos, sem o menor propósito, por causa de poder neste projeto voluntário (peço que leiam a segunda mensagem na minha PU). Gente, acorda! Qual é o sentido disto tudo. Sempre me incomodou o enorme tempo que perdemos nestas discussões (e eu também me incluo), um tempo precioso que poderia ser usado para fazer uma enciclopédia melhor. Parabéns, Jackgba. PauloMSimoes (discussão) 19h48min de 3 de abril de 2017 (UTC)

Ter verificadores locais ativos e lutar contra determinados banidos que tentam impedir a eleição de todos os candidatos a verificador ajuda a fazer este site melhor. Érico (fale) 19h51min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Ter editores que não façam tudo pela ilusão de poder de um estatuto, inclusive intimidando e coagindo outros editores até off-wiki, ajuda ainda mais a fazer este site melhor. A Wikipédia é uma comunidade, sempre foi e sempre será, e não precisa de um "mártir". Oxe (discussão) 20h01min de 3 de abril de 2017 (UTC)

Engano seu, Érico. O que faz uma enciclopédia melhor são os editores. Todos os dias acontecem dezenas de bloqueios, em proporção que só aumenta. Isso não tem fim. Coloque cem verificadores e aparecem duzentos vândalos. Todos os editores podem desfazer vandalismos, mas o que ocorre aqui é um descrédito generalizado, uma enciclopédia estagnada, justamente pela influência de fatos como este. Veja quantos votos recentes se referem a isso. Editores que nunca aparecem em discussões e agora se manifestam (por terem recebido mensagens automáticas), mostrando o seu descontentamento com esta "politicagem". Não, esta não é a melhor forma de fazer um boa enciclopédia, meu caro. PauloMSimoes (discussão) 20h11min de 3 de abril de 2017 (UTC)

@PauloMSimoes: Existem vândalos abusivos que só são parados com bloqueios. Muitas vezes o que resolve essas situações é justamente a ferramenta de verificação. Olhando em retrospecto, no entanto, era melhor ter deixado eles conseguirem o que queriam e haviam planejado. Quanto a "Wikipédia estar estagnada", eu sinceramente faço a minha parte para ajudar a resolver este problema. Érico (fale) 20h15min de 3 de abril de 2017 (UTC)

@PauloMSimoes: Infelizmente, este caso em particular é realmente em torno do poder e seus malefícios. Eu detesto tanto como qualquer um ter de perder tempo com isto, tem um milhão de coisas que eu imagino bem mais agradáveis que discutir este tipo de torpezas. Mas não dá mesmo para ver que isto aconteceu, e deixar por isso mesmo. Alguém escreveu isto na votação aí ao lado: "A prática de coagir, chantagear, ameaçar, e etc são normais em qualquer sociedade.". Um burocrata escreveu isto. Não é por "questões editoriais" que eu, pessoalmente, ando aqui agora, que jamais tive qualquer espécie de conflito editorial com o Érico, até porque eu não tenho qualquer interesse pelos temas que ele aprecia. Nem tampouco é por "motivos pessoais", como alguns parecem pensar - eu não tenho nenhum interesse em torrar o Érico, inclusive mantenho uma relação cordata e civilizada com ele fora do projecto. É mesmo por acreditar que a prática de burlar votações a favor de si próprio, as práticas " de coagir, chantagear, ameaçar, e etc", não são normais, pelo menos não são normais no meio em que eu cresci e fui educado. E eu sei que não são normais aqui também. Mais estatuto menos estatuto, somos todos voluntários aqui, ninguém tem de estar sujeito a ter o seu espaço pessoal, a sua privacidade, invadida com editores do projecto procurando o confronto porque de algum modo sentem ameaçado mais um estatuto para a colecção. A coisa piora ainda, quando esses editores detêm uma posição de poder e influência considerável, e a usam como forma de ameaça e coacção. Isto foi o que aconteceu, e não vejo como se pode fechar os olhos a isso, e ainda menos como se pode dizer que isso é "normal".-- Darwin Ahoy! 20h26min de 3 de abril de 2017 (UTC)

Quanto a isto concordo com o Darwinius. Não se tem interesse por questões editorais, até porque eu particularmente nunca vi uma guerra de edições entre as partes. No entanto, outros aproveitaram a situação para votarem a favor por estes motivos, em vez de analisar toda a situação (denúncia e defesa), o que pode prejudicar ainda mais o Érico. É uma pena, pois a própria defesa do editor permitiu que se pudesse votar a favor sem a necessidade de fazer por motivos off-denúncia, como guerra editorais. O que confirma isto são os votos do PauloMSimoes e JAckgba, que tem bons argumentos para o voto favorável. Instambul (discussão) 20h35min de 3 de abril de 2017 (UTC)
"A prática de coagir, chantagear, ameaçar, e etc são normais em qualquer sociedade.". Um burocrata escreveu isto. É sério esta afirmação do Darwinius? Instambul (discussão) 20h37min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Infelizmente, é sim, Instambul.-- Darwin Ahoy! 20h44min de 3 de abril de 2017 (UTC)
@Instambul: já que citou meu trecho vou responder, essas práticas são normais sim, entretanto, não quis dizer que são corretas. O problema que vejo nisso tudo é que alguns comentários estão elevando exageradamente a situação fazendo comparações com outras práticas ilegais e/ou transparecendo que o usuário seja um ser humano totalmente anti ético fora do projeto. Isso não é justo diante da falta de pronunciamento dos verificadores e outros usuários com mais ligação com a fundação do que nós para confirmar a credibilidade das capturas de ecrãs que dão base a esse pedido; é muito mais simples apenas escrever no voto "O usuário não tem mais minha confiança" do que escrever abobrinhas que podem rebaixar a imagem do usuário ou equivaler a atitude cometida com outras mais graves. Entretanto, essas práticas que citei no início ocorrem com frequência em qualquer sociedade, apenas entre em qualquer escola e verá alunos ameaçando outros, ridicularizando, coagindo a fazer os deveres deles, e qualquer outra prática que possa ser considerada bullying. Espero que fique entendido meu ponto. Edmond Dantès d'un message? 23h04min de 3 de abril de 2017 (UTC)
@Conde Edmond Dantès: Eu não me pronuncio em relação a outras comparações, mas essa que você fez, o bullying, é de facto apropriada, porque foi isso mesmo que aconteceu aqui. Um usuário com considerável poder e influência aqui dentro aproximou-se de outro, usando esse poder e influência para o intimidar e coagir a votar contra a sua vontade. Eu não sei como você pode achar qualquer tipo de bullying - e ainda menos o escolar - normal, e pior, tolerável. Porque uma coisa acontece, não quer dizer que seja "normal". E ainda menos quer dizer que a tenhamos de tolerar. Estamos todos aqui voluntariamente e com o fim de ajudar a levar o conhecimento a todos através de uma enciclopédia livre, não é de todo normal nem admissível que alguém aqui seja sujeito a coacção, ameaça e chantagem só porque o seu voto incomodou um dos galinhos do terreiro. Não é mesmo.-- Darwin Ahoy! 04h21min de 4 de abril de 2017 (UTC)
@Conde Edmond Dantès: Pode ser até comum em alguns círculos mas não é normal nem aceitável, tampouco a banalidade da coisa para alguns a torna menos condenável para outros. À medida que tais ações prejudicam a Wikipédia, elas passam a serem relevantes para o contexto do projeto. Oxe (discussão) 11h12min de 4 de abril de 2017 (UTC)
@Conde Edmond Dantès: Pela sua lógica, assaltos, furtos, assassinatos são todos aceitáveis, pois é comum em toda sociedade. Foi um argumento infeliz. JackgbaCall 17h20min de 4 de abril de 2017 (UTC)
@Jackgba: se tivesse o mínimo de conhecimento e um médio nível de escolaridade distinguiria o significado da palavra normal com o significado de aceitável e não seguiria os moldes dos outros usuários acima. Infelizmente, você e os demais provaram que não tem nem a capacidade de pegar um dicionário, e você evitaria tal ridículo afirmação a respeito de minha pessoa, gostaria de não ter escrito esse comentário, mas foi absurdo demais e merecia uma réplica. Pode até ter tido uma interpretação equivocada, mas sua determinação e confiança nesta interpretação é pavorosa. Edmond Dantès d'un message? 17h42min de 4 de abril de 2017 (UTC)
@Conde Edmond Dantès: se o seu voto para manter o Érico com o estatuto de verificador se baseou nestes pilares significa que a interpretação dos editores acima estão corretas. Poderia ter argumentado por exemplo que não considerou as conversas assédio, chantagem ou ameaças. Ai sim seria outros quinhentos. Mas pelo que entendi nas suas argumentações, é que você considerou algo normal, logo traz automaticamente interpretações de que aceitável, vide seu voto. Todavia pode ter sido um mal entendido, ou alguma frase que deixou escapar fora de contexto. De fato, eu, prefiro acreditar que não pensa desta forma (e que de fato acha cotidiano, mas inaceitável). Eu por exemplo não considerei os diálogos do Otávio com Leon como ameaças do Érico, embora achei anti-ético. Ai vai da interpretação de cada um. (mas a dedicação dos trabalhos do Érico para esta Wikipédia vai muito além disto, portanto a comunidade poderia dar-lhe uma outra chance sem punições, mas preferi me abster pela parcialidade que poderia julga-lo). E por favor, repense antes de ficar inativo. Suas contribuições neste projeto são importantes. Sds. Instambul (discussão) 18h01min de 4 de abril de 2017 (UTC)
@Instambul: Citação: « Eu por exemplo não considerei os diálogos do Érico com Leon como ameaças, embora achei anti-ético.» Como você conseguiu ver os diálogos? Oxe (discussão) 18h06min de 4 de abril de 2017 (UTC)
@Oxe: desculpa, diálogos do Otavio1981 com o Leon. Pequena confusão. Já corrigi no texto acima. Sds. Instambul (discussão) 18h10min de 4 de abril de 2017 (UTC)
@Conde Edmond Dantès: Parabéns! Está aprendendo a insultar o amiguinho usando palavras bonitas. Use a palavra que quiser, mas a prática de coagir, chantagear, ameaçar alguém não me será aceita no meu conceito de humanidade, muito menos na minha vida. É um argumento muito utilizado para disfarçar corrupção, com isso faz você não acreditar que está errado, psicologicamente. Sua prática de insultar a pessoa que está o desafiando com sua lógica ao invés de rebater seu argumento é absolutamente infantil, que demonstra sua falta de argumento, e por fim, seu atestado de que admite estar errado; e que não eu, mas você parece não ter escolaridade mínima para interpretar as palavras e controlar suas emoções. Lhe conselho um psicólogo. Me abstenho de qualquer discussão de desnomeação daqui em diante. Pura troca de insultos, um querendo provar seu ponto, fazendo perder meu tempo. No momento que um projeto voluntário me fazer perder meu tempo e não adicionar nada, é o momento que saio dele. Adeus. JackgbaCall 20h49min de 4 de abril de 2017 (UTC)
Obrigado pelo elogio, PauloMSimoes. Acho tudo isso desnecessário, poluir os pedidos de bloqueio, um enfrentando o outro, ninguém sabe quem é culpado ou não... Na boa gente, se querem mesmo brigar, vão brigar por dinheiro, por mulher, por poder, por sobrevivência, mas não por cargo/desnomeação na Wikipédia... Não se iludem, pessoas. Alias, se alguém ameaçou alguém e tem provas fidedignas disso, o caso não é de wiki não, o caso é de polícia. Tomem providências, se necessário. Mas o mais importante, é a paz, caros colegas, paz... Pelo menos aqui JackgbaCall 20h46min de 3 de abril de 2017 (UTC)

  Comentário @Conde Edmond Dantès:, gostaria de expressar minha admiração com relação as tuas edições e posicionamentos e pedir que repenses tua inatividade. De vez em quando, todos nós nos aborrecemos com um ou outro fato. Mas tu és um membro valioso da comunidade! Um grande abraço, Ricardo Ferreira de Oliveira Diga 18h30min de 4 de abril de 2017 (UTC)

Provas complementaresEditar

Recebemos provas complementares do usuário OTAVIO1981, que incluem um registro completo de comunicação entre ele e o usuário Leon saudanha. A publicação foi solicitada e autorizada por ambos.

O material encontra-se na página Wikipédia:Pedidos a verificadores/Érico/Provas complementares. RadiX 23h58min de 2 de abril de 2017 (UTC)

@PauloMSimoes, Ricardo Ferreira de Oliveira, EVinente, Instambul e Agent010: Pingando editores afirmaram estar aguardando a consulta de provas concretas sobre este caso.-- Darwin Ahoy! 00h34min de 3 de abril de 2017 (UTC)
1 - Não é verdade que eu tomei conhecimento da campanha de banidos no dia 26.02.2016. Foi mais de uma semana antes. Incrível como RadiX adora distorcer acontecimentos, para embasar o que ele acha que ocorreu;
2 - Nunca achei que Leon havia se sentido ameaçado ou intimidado, pois ele continuou conversando comigo várias vezes e até bem recentemente. Se sentiu, peço minhas sinceras desculpas;
3 - Não o obriguei a confessar nada. Fiz uma pergunta e ele respondeu;
4 - Nunca tive nenhuma intenção de intimidar ninguém. Posso ter tido momentos difíceis e ter usado palavras ríspidas. Para evitar problemas futuros, todas as minhas interações que envolvem usuários da Wikipédia serão feitas aqui mesmo;
5 - Não compreendo como um diálogo em que eu nem participei pode ser usado como prova em um processo sério, mas OK... Érico (fale) 00h46min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Você permite que seja publicado o seu diálogo com o leon no dia 23/02/2016?OTAVIO1981 (discussão) 00h51min de 3 de abril de 2017 (UTC)
@OTAVIO1981: Ele não vai permitir, alegando "questão de privacidade". Ele tem usado esta falácia como estratégia de defesa, conforme expliquei detalhadamente. Oxe (discussão) 01h08min de 3 de abril de 2017 (UTC)
@OTAVIO1981: Não. Eu não permito - e não é de hoje - que se divulgue nenhuma conversa que tive, nem as que podem ser usadas em minha defesa. O que confirmo é que eu fui inoportuno e agi de maneira inadequada, apesar de já ter conversado com ele anteriormente, e em várias vezes, e isso não voltará a ocorrer, de forma alguma. É fato que eu não lembrava daquela conversa, e só a vi bem recentemente, nos últimos dias. Quando entrei em contato com Leon no dia 07.03, não achava que havia se sentido ameaçado, pois ele nunca falou nada sobre isso para mim, apesar das várias conversas que tivemos nas semanas e meses seguintes, e ainda em 2017. Se ele tivesse falado disso, eu certamente teria pedido desculpas e me retratado da forma que pudesse e imediatamente. Sei que não justifica, mas, quando entrei em contato com ele, em fevereiro de 2016, eu estava muito estressado, devido a aquela votação que em seu final chegou a 200.000 bytes e abordou até o tema do Acordo Ortográfico. Para evitar problemas semelhantes, me comprometo a restringir ao máximo o contato off-wiki que tenho com outros usuários deste projeto e não voltar a pedir explicações sobre votos, opiniões ou edições. Lamento que essa história tenha chegado a este ponto, com alegações de assédio, quando esta nunca foi minha intenção. Érico (fale) 01h20min de 3 de abril de 2017 (UTC)
@OTAVIO1981: Eu não disse? Oxe (discussão) 03h46min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Érico, da minha parte é suficiente que reconheceu o erro e que o comportamento não se repita. Para referência futura, se você se colocar no lugar do outro fica mais fácil perceber se está excedendo os limites de boa convivência.OTAVIO1981 (discussão) 12h02min de 3 de abril de 2017 (UTC)
@OTAVIO1981: Para além da falsidade da acusação, como pode-se notar pelos seus diálogos com ele. Talvez pelo estresse do momento, tive um péssimo julgamento. No entanto, não achava que ele havia se sentido ressentido ou assediado, pois nossas últimas conversas ocorreram nas últimas semanas. Se tivesse achado que ele havia se sentido incomodado com a situação, ou que aquilo viraria até acusações de assédio, teria me retratado da forma que achasse possível, e imediatamente. Érico (fale) 18h42min de 3 de abril de 2017 (UTC)

  Comentário Mais uma vez, a montanha pariu um rato. O que é que estas supostas "provas adicionais" acrescentam ao que já se sabia? Eu já li tudo e não vejo ali nada que "prove" o que quer que seja nem nada para além do que já se sabe. A única coisa que consigo ver é intriguismo entre o Otavio e o Leon sobre uma série de assuntos, muitos deles sem relação com o Érico. Quintal 00h56min de 3 de abril de 2017 (UTC)

"Eu já li tudo e não vejo ali nada" - Disso penso que ninguém se admira, já é bem conhecido o seu hábito de só ver o que lhe interessa. Mas o ditado que você devia ter usado, com alguma propriedade até, é que o outeiro da Glória pariu uma capivara.-- Darwin Ahoy! 01h19min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Só vi coscuvilhice e intriguismo offwiki entre o Otavio e o Leon sobre uma série de assuntos. Achei a situação estranha para quem se apresenta como muito ofendido com maquinações offwiki. Mas em vez de fazer ataques pessoais, podia esclarecer o que é que naqueles 61kb de bisbilhotice enfadonha trazem de novo ou de "prova" ao que já se sabia. Quintal 01h23min de 3 de abril de 2017 (UTC)

Fui chamado, vou opinar: pouco me surpreendeu o texto. Acho que aquilo já era previsível, a partir deste tópico do PR: *"Cópia do email de denúncia de assédio off-wiki para mudança de voto na votação de checkuser do Érico: email de denúncia de assédio". Ora, está clara a expressão assédio off-wiki (quando ocorre algum tipo de ameaça), assim como também está clara a regra sobre isso. Para ficar mais claro ainda, só com os "diálogos bomba", que ainda não temos disponíveis. Minha opinião aos poucos vai se consolidando...PauloMSimoes (discussão) 02h08min de 3 de abril de 2017 (UTC)

O mesmo email em que o Leon confessou ter sido coagido pelo Darwin a mentir? O mesmo Leon que pouco tempo antes se safou de um bloqueio por meatpuppetry, depois de fazer edições a pedido de banidos? Quintal 02h12min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Já era previsível que você fosse usar aqui esse argumento sujo dessa discussão de bloqueio antiga. Foi isso mesmo que o Érico usou também quando fez aquele monte de falsas acusações ao Leon, e lhe prometeu "ferra-lo" aqui no projecto por conta da mudança de voto. Entre vocês os dois, não tem que tire num para pôr no outro.-- Darwin Ahoy! 03h06min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Uma discussão que ocorreu poucos meses antes dos eventos em causa é "antiga"? Curioso. Continuo à espera das explicações sobre o que é que aquele monte de cuscuvilhice e intriguismo entre o Otavio e o Leon trouxeram de novo à discussão. Quintal 03h14min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Você não pode trazer questões que já foram resolvidas no seu sítio próprio, em discussão de bloqueio, para servir de argumento contra o Leon. Isso é sujo, é imoral, e é inclusive passível de bloqueio. Agradeço que pare com esse comportamento o quanto antes.-- Darwin Ahoy! 03h23min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Não. Estou apenas a relatar a conclusão da discussão de bloqueio do Leon. Mas obrigado pela intimidação. Quintal 03h32min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Peço que o comentário do Antero seja removido, por ataque pessoal, mesmo motivo que este também foi. PauloMSimoes (discussão) 03h20min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Não é "ataque pessoal". A conduta do Leon está em análise aqui, já que ele está diretamente implicado no caso. Já no passado o Leon foi apanhado a mentir e a fazer favores a banidos. Agora foi apanhado a mentir coagido pelo Darwin. Pretender destituir alguém com base em "denúncias" de alguém cujo histórico demonstra pouca ou nenhuma credibilidade é intolerável. Quintal 03h24min de 3 de abril de 2017 (UTC)
Você está desmerecendo a capacidade de outro editor, tem alguma razão para isso? Talvez seja preocupação com o que ele tem a contar (o que para mim, não fará muita diferença). Você está trazendo um fato que em nada contribui com este caso, não foi negado pelo acusado e já foi resolvido pela comunidade. Não é correto fazer este tipo de comentário, que deve ser removido, como foi o outro. PauloMSimoes (discussão) 03h34min de 3 de abril de 2017 (UTC)
O que está em discussão é a relação de conflito entre o Leon e o Érico. Estar-me constantemente a ameaçar e assediar não vai mudar isso nem vai ocultar o histórico da pessoa. Quintal 03h46min de 3 de abril de 2017 (UTC)

O que vejo nesses 60 Kb de coscuvilhice e falatório infantil é que afinal há muito mais maquinações off-wiki do que julgava, inclusivamente participadas por pessoas que nunca imaginaria até hoje. O mais curioso é que um dos interlocutores é alguém que sempre por aqui cultivou uma imagem de pessoa muito séria e ponderada! Sabem o que esses 60 Kb trazem "de novo"? No caso do Érico, absolutamente nada, mas expõem aquilo que muitos certamente já sabiam e que outros apenas suspeitavam, mas provavelmente, como eu, não imaginavam pessoas como o OTAVIO1981 envolvidas: esses 60 Kb são apenas a ponta do iceberg das muitas conversas off-wiki que por aqui pululam e que nada de bom trazem ao projeto. Mas, como é hábito dos falsos moralistas, se são os outros a tê-las, é crime de lesa-majestade! --Stegop (discussão) 03h39min de 3 de abril de 2017 (UTC)

Sim, conversas no facebook contém fofoca. Sim, conversas de facebook contém galhofas. Sim, conversas privada não são feitas com o intuito de serem divulgadas. Alguém realmente acredita que seria diferente? Se as pessoas me terão como falso moralista, é direito delas quanto a isso. Eu poderia ter permitido somente a divulgação do estritamente necessário o que me era muito mais conveniente. Mas a conversa na íntegra está aí para que as pessoas possam formar um juízo completo sobre mim por conta própria.OTAVIO1981 (discussão) 11h34min de 3 de abril de 2017 (UTC)

A falácia da questão de privacidadeEditar

Érico não é digno de confiança da comunidade, que é um prerrequisito do estatuto de administrador, de acordo com a Wikipédia:Política de administradores, porque ele impediu de propósito que a comunidade pudesse avaliar o caso de forma justa ao proibir o acesso às conversas do Facebook que embasaram a denúncia. A ação dele é reprovável e condenável porque demonstra (1) completa falta de transparência de seus atos, (2) total falta de ética comunitária e (3) absoluta falta de consideração com as pessoas da Wikipédia. Jimmy Wales destacou em 2001, ano de lançamento da Wikipédia, que a honestidade é um dos princípios norteadores do projeto. Quero deixar bem claro que não estou fazendo nenhum juízo de valor sobre a pessoa Érico em sua vida particular; estou avaliando somente a atuação dele como administrador do projeto, seja dentro ou fora da Wikipédia. Isso dito, há um ditado popular que fala que "não basta ser honesto, deve parecer honesto". Em outras palavras, significa que um administrador da Wikipédia deve estar acima de qualquer suspeita razoável. E, lamentavelmente, hoje Érico não passa neste teste.

Érico alegou questão de privacidade para proibir que as conversas viessem à tona, mas isso é vazio e falacioso porque a real intenção dele foi tumultuar, conturbar, confundir e prejudicar o julgamento da comunidade. A dificuldade de avaliação do caso pode ser facilmente comprovada ao observarmos os enormes volume e duração do debate, que só aconteceram exatamente porque a comunidade foi impedida de ver com clareza e com seus próprios olhos o que aconteceu para poder tirar rapidamente suas conclusões. Érico deliberadamente se aproveitou do caos que foi criado para repetir à exaustão as mesmas falácias com o objetivo de enganar e cansar todo mundo. Se tivéssemos acesso ao material, há tempos que esse imbróglio teria sido resolvido de forma muito mais eficiente e eficaz.

Primeiro, não há real questão de privacidade envolvida. Ninguém tem absolutamente nenhum interesse em saber da vida pessoal de Érico —interesse zero. O que a comunidade desejou (e ainda deseja) foi tão somente ter acesso ao que foi falado nas conversas entre Érico e Darwinius, onde Érico confessou manipular e sabotar o projeto de forma clandestina, sorrateira e pelas costas de todo mundo, conforme inicialmente denunciado e depois confirmado por verificadores locais, stewards da Wikipédia e staff da WMF. Caso as conversas tivessem sido reveladas, nenhuma informação pessoal teria sido exposta porque nomes reais, fotos e outros dados seriam ocultados. O que não pode é alegar que o teor das conversas seja algo pessoal quando não é na realidade, porque se trata objetivamente do objeto da denúncia. Ademais, não podemos confundir a vida pessoal dele com a sua atuação off-wiki como administrador para prejudicar a Wikipédia. Os registros terem sido coletados a partir de uma rede social não é desabono, muito pelo contrário. Tramar e agir off-wiki contra o projeto é um agravante e pouco importa qual foi o meio de comunicação que ele usou, se foi Facebook, WhatsApp, e-mail ou cara a cara.

Segundo, seria colisão de direitos, no qual um direito pode ser parcial ou totalmente restringido em prol da solução de um delito, caso considerássemos que havia questões de privacidade envolvida. Ao ser impedida de obter todos os fatos para um julgamento justo e correto, a justiça da vida real ordena diariamente que sigilos bancários sejam quebrados, telefones sejam grampeados, e que residências sejam vasculhadas em busca de evidências. Estas são algumas situações reais nas quais o direito à privacidade é restringido de certo modo para que a investigação e o julgamento prossigam, sendo notícia corriqueira em jornais. Conflitos de direitos se resolvem por meio do princípio da razoabilidade, onde o bom senso e a proporcionalidade evitam o travamento de investigações e julgamentos. Como disse no parágrafo anterior, a questão de privacidade seria facilmente resolvida ao ocultar-se os dados pessoais divulgados. Entretanto isso só não ocorreu por causa das peculiaridades da Wikipédia, onde o acusado obstruiu o juízo (a comunidade) de ter acesso a evidências e nada aconteceu, além do óbvio aumento de desconfiança sobre o administrador Érico.

Terceiro, Érico também alegou que as conversas não era sérias, porém é totalmente irrelevante se ele acha que os "kkk"s e os "hahaha"s tiram qualquer credibilidade do que ele estava a confessar. Chega a ser pueril achar que "kkkk" e "hahaha! são alguma espécie de salvo-conduto, porque assim seria banal se safar de qualquer acusação, uma vez que bastaria dizer que estava brincando. Não é assim que as coisas funcionam. Se ele estava receoso de ser mal interpretado, foi sugerida a criação de uma página para divulgar as conversas juntamente com as informações de contexto que acusador e acusado julgassem necessárias, mas Érico rejeitou a oferta. O mais importante: o julgamento sobre o significado das conversas é uma prerrogativa da comunidade, portanto não cabe ao acusado decidir sozinho o que é mais vantajoso para ele próprio. Por outro lado, em vez de ignorar o escárnio e o deboche com os quais ele trata as pessoas do projeto, fora e aqui dentro, eles devem ser considerados como mais outro aspecto negativo de sua conduta. Deixasse ele que a comunidade visse e julgasse as conversas, porque quem não deve não teme.

Quarto, outra falácia usada por Érico é que "nenhuma outra investigação deste site usou como prova conversas do Facebook". O argumento do ineditismo é tão risível que deve ser completamente ignorado, porque obviamente tudo está sujeito a uma primeira vez. Imaginem se argumento semelhante tivesse sido usado na primeira vez em que e-mails foram usados em uma investigação, então o Esquema Quintinense não teria vindo abaixo eventualmente. Não há muito a comentar sobre o absurdo de achar que o Facebook é terra de ninguém e que se tornou pátio livre para malfeitores, quando na verdade o Facebook tem sido usado cada vez mais como prova na justiça.

Quinto, não ter acesso à íntegra das conversas não impede que a comunidade possa deduzir o que se passou e nem impede que ela possa formar sua opinião e desconfiar das atitudes de Érico enquanto administrador. A reiterada negativa de Érico de liberar o acesso às confissões torna perfeitamente possível a dedução de que a denúncia é procedente, ainda mais depois da avaliação de quem a recebeu. Também podemos deduzir que o conteúdo das conversas é muito embaraçoso à defesa de Érico, porque os comentários dele sobre editores da Wikipédia foram depreciativos e os alvos da zombaria ficariam irritados e chateados se soubessem o que Érico andou falando deles, sendo um dos motivos para que ele proíba a comunidade de vê-las. Isso tudo também reforça a falta de ética dele com os colegas editores. Não havendo possibilidade da comunidade ver as conversas com seus próprios olhos, resta-nos confrontar acusação e defesa com a avaliação de quem viu os materiais (verificadores, stewards e departamento jurídico da WMF).

Sexto, mesmo que considerássemos que a manipulação de votações que ele promoveu foram legais, o que está muito claro não ter sido o caso, certamente que Érico manipular votos longe das vistas de todo mundo deixa cristalina sua anti-ética com a Wikipédia, que é um ambiente que depende de transparência acima de tudo. Ademais, distorcer a interpretação das regras do projeto como ele tem feito em sua defesa não passa de wikiadvocacia, que configura subversão do sistema para provar um ponto de vista. Quem age desta forma não é digno da confiança do projeto para ter o estatuto de administrador.

Por último, nunca é demais ressaltar que levamos tempo para confiar em alguém, ainda mais em um ambiente aberto e colaborativo como é este projeto, mas que basta uma atitude questionável, suspeita, duvidosa para que a confiança nessa pessoa seja perdida. Segundo o dicionário Houaiss, confiança é "crença na probidade moral, na sinceridade afetiva, nas qualidades profissionais etc., de outrem, que torna incompatível imaginar um deslize, uma traição, uma demonstração de incompetência de sua parte". Ainda segundo o dicionário, confiança é antônimo de dúvida. Portanto, não é possível confiar em Érico como administrador diante de tantas dúvidas a respeito de suas atitudes sobre o projeto. Oxe (discussão) 00h55min de 3 de abril de 2017 (UTC)

Direito ao votoEditar

Sou um editor pouco ativo atualmente, mas já fui mais no passado. Recebi o aviso da votação via "MediaWiki message delivery", tentei ver se eu possuía direito ao voto, pois algumas wikis exigem número de edições mínimas nos últimos 3 meses, e aparentemente aqui não há esse requisito. Mas, em todo caso, se eu não possuir direito ao voto peço desculpas. --Jesieldisc. 08h52min de 3 de abril de 2017 (UTC)

Eu recordo-me de haver um requisito parecido com isso por cá, mas fui dar uma vista de olhos a WP:VOTO e lá não consta. Também quem põe mais ordem aqui somos nós, que não fizemos parte deste regabofe. JohnR (discussão) 09h51min de 3 de abril de 2017 (UTC)
@Jesielt e JohnR: A WP:VOTO diz sim que é necessário ter 90 dias de registro desde sua primeira edição e 300 edições no domínio principal. Eu, por exemplo, tenho 1100 edições no domínio principal, mas não tenho 90 dias de conta. OSA, O Sem Autoridade hum? 20h28min de 3 de abril de 2017 (UTC)

À comunidadeEditar

@Instambul, !Silent, Dianakc, JoãoGuilherme68, Luz28, Vinicius Lima, Tokiohotelover, Agent010, EVinente, Joalpe, Apollun e HLV: Chamo a atenção de vocês porque vi que se abstiveram ou votaram pela remoção, por terem dúvidas válidas, e gostaria de fazer alguns esclarecimentos e mea culpa (s). Os acontecimentos que foram usados para a abertura deste pedido ocorreram há 1 ano e 2 meses. Reconheço que andava bastante estressado na época, devido a não só problemas pessoais, como também aqui no projeto, e, se o editor em questão se sentiu pressionado ou coagido de alguma forma - algo que ele realmente não mencionou em nossas diversas conversas posteriores e até recentes - desculpo-me publicamente e perante a todos por isso, me comprometendo também a nunca mais voltar a questionar off-wiki outros editores quanto a votos ou opiniões. Se soubesse que meu comportamento poderia ser classificado como assediante, ou interpretável por outros como tal, evidentemente teria me retratado da forma que pudesse ou feito o que era necessário para reparar meu erro, e de maneira imediata. Conforme escrevi em minha defesa, também limitarei ao máximo o contato off-wiki com editores do projeto, para evitar outros questionamentos. Quanto às solicitações, reconheço que foi inadequado não ter informado publicamente sobre a existência das campanhas contrárias, feitas até por banidos e cujo propósito era impedir a eleição de todos os candidatos a verificadores, algo que seria um retrocesso imenso a este projeto. Apesar de que ambos os acontecimentos narrados neste pedido ocorreram há mais de um ano, eles serviram como aprendizagem para que eu evite cometer os mesmos erros que possam levantar dúvidas sobre meu comprometimento com o projeto, ou minha capacidade de continuar atuando como administrador. Por fim, lamento que tenhamos perdido tanto tempo com todas essas discussões, e espero que possamos seguir em frente, tendo como principal objetivo o crescimento da pt-wiki e o fim desses conflitos. Érico (fale) 03h40min de 4 de abril de 2017 (UTC)

@Érico: obrigado por mais este esclarecimento. Como eu disse no argumento do voto abstenção, achei sua defesa objetiva tranquila e verdadeira. Ainda achei sua mea culpa um ato admirável pois reconhece que algo poderia ter sido diferente, deixando de lado vaidades e demonstrando que deste episódio pode tirar bons aprendizados. Não vou mudar meu voto mas acho digno e parabenizo sua postura. E nos (deve) à comunidade a criação do artigo da juiza do MT hein.. não esquecemos rsrsrs :) Saudações! Instambul (discussão) 04h19min de 4 de abril de 2017 (UTC)

@Érico: "Os acontecimentos que foram usados para a abertura deste pedido ocorreram há 1 ano e 2 meses.", "os acontecimentos narrados neste pedido ocorreram há mais de um ano" - No entanto, há menos de um mês, a 7 de Março, você voltou a contactar o Leon saudanha de modo claramente intimidatório, acusando-o e confrontando-o com a denúncia das ameaças que você fez, e doutrinando-o para postar aqui uma negação dessas ameaças - que foram bem reais, como é do pleno conhecimento de quem já as viu, e que só não podem ser mostradas a todos aqui porque você mesmo impede a sua divulgação - como ele de facto acabou por fazer na noite desse dia. E ainda conseguiu extrair dele uma "confissão" - como você mesmo lhe chamou - forçada, acerca de uma suposta "coacção" que eu lhe teria feito, que depois foi usada aqui até à exaustão por você e seu comparsa Antero de Quintal. Admiro a sua atitude na sua declaração acima, mas como quer que acredite no seu arrependimento, se ainda há tão pouco tempo voltou a reincidir nos erros que diz que reconhece, e justamente com o mesmo editor?-- Darwin Ahoy! 04h40min de 4 de abril de 2017 (UTC)

Sei que já chegou a uma conclusão, e a respeito embora mantenha minha discordância. No entanto, eu realmente gostaria de esclarecer acontecimentos que possam ter sido interpretados como maléficos, principalmente por aqueles que não acompanharam o caso desde o início, bem como estar disposto a reconhecer erros e me comprometer a não fazer atos que podem ser interpretados de forma negativa. Nunca foi minha intenção. Quanto ao restante de seu comentário, não fui "intimidatório". Eu apenas estava atrás da verdade, e até posso ter sido insistente por realmente querer saber se o editor havia se sentido constrangido, em fevereiro de 2016, de modo a me desculpar da maneira que podia ou achava adequado. Nos dias anteriores, nos havíamos conversado várias vezes, sobre vários assuntos e achava que possuía alguma relação mais próxima com o editor em questão. Érico (fale) 14h13min de 4 de abril de 2017 (UTC)
@Érico: Se está seguro que não foi intimidatório, e que essa conversa não teve nada de mais, porque não permite a sua divulgação? Eu já a vi, e você não foi apenas insistente na questão do Leon "ter sido constrangido" a denuncia-lo - como se ele não estivesse no seu pleno direito de fazer isso por sua conta, como de facto fez - foi sobretudo insistente para que ele negasse publicamente uma acusação que de facto aconteceu. Não percebo como você ainda tenta justificar isso.-- Darwin Ahoy! 14h25min de 4 de abril de 2017 (UTC)
Não, eu fui insistente porque gostaria de saber da verdade. Quando ele disse que "não", pedi para que desmentisse publicamente. Se tivesse dito "sim", eu procuraria me desculpar da forma que pudesse. De qualquer forma, evitarei novos contatos off-wiki, conforme escrevi em minha defesa, para evitar atritos e desentendimentos evitáveis. Érico (fale) 14h31min de 4 de abril de 2017 (UTC)
@Érico: "eu fui insistente porque gostaria de saber da verdade" - Que verdade?-- Darwin Ahoy! 14h35min de 4 de abril de 2017 (UTC)
Se havia ou não se sentido constrangido, de modo a reparar este erro. Érico (fale) 14h39min de 4 de abril de 2017 (UTC)
Pois é, Érico, tudo seria mais fácil se isso fosse realmente verdade, mas infelizmente não é. Em ponto nenhum da sua conversa inicial você pergunta se o Leon se sentiu constrangido, você está somente tirando satisfações sobre a denúncia que ele fez, e o doutrinando para ele negar publicamente as ameaças e intimidações que, de facto, recebeu, como já foi comprovado. Mesmo já depois deste caso ter tido início, você voltou a repetir o mesmo comportamento de há um ano atrás. Mas quero acreditar que está mesmo arrependido, e que não voltará a importunar ninguém dentro, e especialmente, fora do projecto, com esse tipo de coisa.-- Darwin Ahoy! 14h50min de 4 de abril de 2017 (UTC)
Nunca foi a intenção. Como havíamos conversado nos dias anteriores, achei que ele reclamaria se eu estivesse sendo inoportuno. Érico (fale) 14h52min de 4 de abril de 2017 (UTC)

@Instambul, !Silent, Dianakc, JoãoGuilherme68, Luz28, Vinicius Lima, Tokiohotelover, Agent010, EVinente, Joalpe, Apollun e HLV: Érico, acho importante você reconhecer seus erros, ainda que diga que não teve intenção, depois de insistir que não tinha culpa nenhuma na situação.
Infelizmente, você usou muitos artifícios e subterfúgios em sua defesa e fico ressabiado se isso não passa de um apelo à emoção pela forma que você o fez, porque direcionou sua fala a quem votou contra ou se absteve. Fica uma impressão muito forte de que você está pedindo que as pessoas citadas mudem seus votos a seu favor e que, após isso tudo, pretende manter seu(s) estatuto(s) de confiança.
Para que seu arrependimento seja visto realmente como sincero, mais do que palavras bonitas, você precisa dar uma demonstração indubitável que compreendeu a gravidade de seus atos e que você aceita as consequências. Seria digno de sua parte se essa demonstração fosse dada em forma de renúncia de seu(s) estatuto(s) de confiança. Eu imagino que este é o primeiro passo para você reconquistar a confiança da parte da comunidade que não confia em você no momento.
Cordialmente. Oxe (discussão) 11h41min de 4 de abril de 2017 (UTC)

Eu não tenho culpa em muitas das principais acusações. E não acho que, depois de tudo, devo renunciar por mal entendidos. Érico (fale) 14h13min de 4 de abril de 2017 (UTC)
Não foi um simples mal entendido, você —e todo mundo— sabe muito bem disso. Oxe (discussão) 14h32min de 4 de abril de 2017 (UTC)

@Instambul, !Silent, Dianakc, JoãoGuilherme68, Oxe, Vinicius Lima, Tokiohotelover, Agent010, EVinente, Joalpe, Apollun e HLV: Érico, assim como o amigo Oxe acredito que você deva renunciar aos seu(s) estatuto(s) de confiança, pois a obtenção deles ocorreu por meios fraudulentos e de coação off-wiki, como se fosse no tempo do Coronelismo onde existia o Voto de cabresto. Dito isto mantenho a minha posição pois se continuar acontecendo isto na Wikipédia logo iremos virar uma ditadura, que emperrariam o que já está praticamente emperrado, pois os avanços da nossa Wikipédia estão engessados e estão se engessando cada vez mais, com menos contribuições em artigos novos e desinteresse de de outras pessoas lusófonas em querer participar do projeto enciclopédico (na minha opinião) mais importante da atualidade. Rodrigo, Luz28 (MsG) 12h04min de 4 de abril de 2017 (UTC).

@Luz28: Que "meios fraudulentos"? Nenhum estatuto que possuo obtive via "meios fraudulentos." Isso não é verdade. Érico (fale) 14h13min de 4 de abril de 2017 (UTC)
Érico os meios fraudulentos a que me refiro são relacionados a coação off-wiki que ocorreu sobre o Leon. Algo nada democrático como mencionei, e que nos remete aos tempos do Coronelismo. Rodrigo, Luz28 (MsG) 15h29min de 4 de abril de 2017 (UTC).
@Luz28: Não muda o fato de meus estatutos não foram obtidos via "meios fraudulentos". A denúncia quanto ao Leon é de fevereiro de 2016 para um estatuto cujo mandato terminou e, para evitar polêmicas maiores, eu mesmo renunciei no mês passado. Érico (fale) 15h32min de 4 de abril de 2017 (UTC)

@Érico: Se acha que solicitações são perfeitamente "legais", então por que não as fez nas páginas de discussão dos editores, em vez de por meios ocultos? O que gostaria de entender é se você reconhece "que foi inadequado não ter informado publicamente sobre a existência" da sua própria campanha. ~ DanielTom (discussão) 14h29min de 4 de abril de 2017 (UTC)

Elas são legais. Isto é, não proibidas. No entanto, como havia campanhas off-wiki, não achei necessário fazê-las on-wiki. Foi um erro? Claro. Em retrospecto, mesmo que o plano desses banidos vingasse, teria sido melhor eu não ter feito nada. Evitaria tantos questionamentos. Érico (fale) 14h31min de 4 de abril de 2017 (UTC)
@Érico: Você continua a falar desse suposto "plano de banidos" como se fosse coisa real e reconhecida. Isso existiu mesmo? Em caso afirmativo, que "banidos" estavam envolvidos nisso? E que forma teve esse plano? Eu até agora não vi rigorosamente nada de concreto sobre esse suposto plano. A única "prova" que, aparentemente, você forneceu, foi: "um e-mail datado de 26/02/2016 às 20h24min, enviado por alguém ligado ao Pé Espalhado e cia.". "Prova" essa, inclusive, já contestada publicamente pelo Mar França no grupo de Facebook da Wikipédia, onde escreveu que não teve rigorosamente nada que ver com essa gente que enviou o mail, nem com qualquer "campanha", e que a única coisa que fez foi mandar avisos de votação via Facebook, como ele costumeiramente faz. Poderia fornecer mais informações sobre esse alegado plano, Érico?-- Darwin Ahoy! 14h43min de 4 de abril de 2017 (UTC)
Eu fiquei sabendo no dia 17.02.2016. Depois, em 26.02.2016, ficou confirmada a participação de Pé Espalhado e Quintinense (a presença de Mar França nunca foi confirmada, apenas é uma suspeita forte, sem provas). Deveria ter avisado publicamente quanto a essas movimentações, para que cada um tirasse suas próprias conclusões ou a comunidade aprimorasse seu método de escolha ou divulgação. Em 2016, este problema foi em grande parte sanado, pois todos passaram a receber avisos sobre essas votações. Na época, fevereiro de 2016, não havia pensado nisso. Érico (fale) 14h47min de 4 de abril de 2017 (UTC)
Por tocar neste assunto, Érico pode explicar por que fez esta remoção ? Achei estranho e só gostaria de entender, não estou insinuando nada. PauloMSimoes (discussão) 14h50min de 4 de abril de 2017 (UTC)
1) o link foi motivo de reclamações; 2) para evitar novos conflitos desnecessários. Érico (fale) 14h52min de 4 de abril de 2017 (UTC)
Pode informar qual a diff desta reclamação, para ficar claro ? PauloMSimoes (discussão) 15h05min de 4 de abril de 2017 (UTC)
Além de um pedido privado, também pode-se ler reclamações sobre o link no quarto voto favorável à remoção. Érico (fale) 15h07min de 4 de abril de 2017 (UTC)

───────────────── Mas a Nice não pediu para você remover o link e até pediu para que se consultasse os posts para comprovar uma acusação contra você mesmo. E essa história de pedido privado eu não acredito. É fácil dizer, mas não provar. PauloMSimoes (discussão) 15h12min de 4 de abril de 2017 (UTC)

Ela reclamou do link. Como não era crucial para minha defesa, não havia a necessidade de se manter e criar atritos. Quanto ao pedido privado, ele foi feito para o canal adequado. Lamento que não acredite, porém não posso fazer absolutamente nada. Enfim, não é compreensível o porque você pretende perder tempo com uma questão tão periférica como esta. Érico (fale) 15h15min de 4 de abril de 2017 (UTC)
@PauloMSimoes: Fui eu quem fez o pedido em nome da Nice, por aquele link divulgar informação privada e difamatória sobre ela. Foi realmente como o Érico disse aí em cima, e eu agradeço o facto dele próprio o ter removido.-- Darwin Ahoy! 15h21min de 4 de abril de 2017 (UTC)
@PauloMSimoes:, eu não retirei desta página o link qe me difamava pq, em outra discussão, ao tentar retirá-lo, o Erico e seus amigos voltaram a recolocá-lo de forma concatenada, um de cada vez, para evitar as 3 reversões, e provocando assim o meu bloqueio, efetuado pelo próprio Erico. Erico esse, que teve o acinte de voltar a apresentá-lo na sua "defesa". Aos que concordam que o Erico errou (como é claramente demonstrado num grande número de votos contra a desnomeação) mas votaram pela manutenção do estatuto, ou aos que preferiram se manter neutros, em cima do muro, e não se posicionar, só tenho a dizer que lamento muito. Nice msg 03h32min de 5 de abril de 2017 (UTC)
E o fato acima foi sim mais um dos inúmeros erros cometidos pelo Erico enquanto administrador... em vez de ficar do meu lado, que estava sendo escandalosamente difamada, preferiu manter-se leal ao amigo - aquele a quem ele se referiu como devendo-lhe favores - que postava o referido link externo mentiroso. Nice msg 04h40min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Só queria entender este caso do link. Li toda a discussão que levou ao seu bloqueio (aliás o link ainda continua lá, então parece haver uma incoerência - se foi removido aqui, porque continua lá ?) Aproveito apenas para tirar mais uma dúvida: sendo um bloqueio por R3R, não vale WP:ENVOLVIDO? Não consegui ver nenhum PB (houve ?). Penso que isto de certa forma se relaciona a este pedido, pois várias vezes aqui se questionou a atuação do Érico como administrador e neste caso, é uma boa oportunidade para ele se defender e explicar se o que fez estava dentro das regras. Sei que isto vai iniciar mais um longo debate, mas acho necessário. PauloMSimoes (discussão) 05h54min de 5 de abril de 2017 (UTC)

─────────────────────────@PauloMSimoes: Se viu como a coisa se passou, verá que esse link foi postado numa discussão de esplanada de forma claramente provocatória pelo Antero de Quintal. E, sendo removido pela Nice, foi vergonhosamente reposto e imposto pelo Érico e pelo jbribeiro1 (Jose Luiz), até a Nice perfazer as três reversões e ser bloqueada pelo próprio Érico. Ironicamente, mas habitual em casos de bullying como esse, o agressor faz-se passar por vítima, já que o blog com o conteúdo assediante é uma colecção de recortes de conversas no grupo público de Facebook da Wikipédia em que alguém critica o Antero de Quintal. O blog abre com uma lista de nomes de editor da wikipédia, os alegados "meatpuppets/atacantes off-wiki") ligando à respectiva conta no projecto, e com o nome real da pessoa à frente. Alguns desses nomes nem constam das conversas, outros constam de forma meramente casual, como é o caso da Nice, que regra geral participou delas em questões relacionadas com o projecto, e mesmo assim foi atacada e difamada e teve a sua privacidade violada, tanto fora como aqui dentro do projecto. Na wiki-en, este tipo de comportamento é causa para bloqueio, e até banimento. Aqui foi um administrador que produziu e postou o próprio link assediante, que foi depois enfiado pela goela da vítima abaixo por dois administradores/burocratas da mesma pandilha, enquanto a Nice se debatia em legítima defesa, até que foi bloqueada e se conformou. Era este o triste estado deste projecto há um ano. Eu quando fiz o pedido aos verificadores, além da remoção aqui nesta página ao lado, pedi a remoção permanente da ligação tanto nessa discussão de esplanada, como na PU do ex-administrador que o produziu, e aguardo resposta. Notavelmente, o Érico, que postou a ligação aqui ao lado, é ele próprio um verificador, para se ver a confiança que se pode ter. Quanto à discussão desse bloqueio, tenciono abri-la assim que esta situação acalmar, pois a Nice não pode ficar com um registo tão injusto no currículo dela, bloqueada por um dos agressores quando se defendia da agressão. Há sempre gente a dizer que devíamos era estar a editar, em vez de escrever aqui, mas para editar tem de haver bom ambiente, os editores têm de se sentir seguros e confortáveis aqui. Episódios absolutamente degradantes como aquele não contribuem em nada para isso.-- Darwin Ahoy! 09h36min de 5 de abril de 2017 (UTC) ───────────────────────── Boa sorte a tentar convencer a comunidade para além dos desafetos do Érico que screenshots de mensagens de ataque públicas no grupo público da Wikipédia.pt são violação de privacidade e que a revelação desses ataques é que é "assediante". Parabéns pelos ataques pessoais, pela linguagem vulgar e por já não se saber o que mais inventar para atacar o Érico. Quintal 09h59min de 5 de abril de 2017 (UTC)

Tanto convenci, que já resultou na remoção do link assediante que fazia parte da defesa do Érico. E esta será a última informação que você receberá sobre este assunto, uma vez que o mesmo já está a ser tratado formalmente pela instância própria.-- Darwin Ahoy! 10h08min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Não estamos na enwiki, felizmente e infelizmente. Esta comunidade, sempre muito sábia, entendeu por bem que não devemos sequer recomendar que as pessoas não façam solicitações. Sobre as regras de assédio, esta comunidade também achou por bem não transformar em política oficial. Aqui gostamos de citar outras wikis, mas não queremos adotar suas políticas por que adoramos discussões de 400 kb. José Luiz disc 11h33min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Já ia sendo tempo de você conhecer melhor as políticas do projecto em que você participa, Jbribeiro1. Um burocrata deve conhece-las melhor que ninguém. E só você mesmo para insinuar que como esse texto sobre assédio moral não foi aprovado como política, o assédio moral passa a ser permitido. Você, e o seu outro colega que entretanto resignou. Mas esse, que eu saiba, ao menos não o fez - o mesmo já não posso dizer de si.-- Darwin Ahoy! 11h41min de 5 de abril de 2017 (UTC)
@Darwinius: Não percebo como Érico e outros podem dizer que solicitações são "permitidas" quando a política que acabou de citar afirma taxativamente: "Qualquer tentativa de angariar participantes para uma discussão cujo efeito seja enviesar essa discussão é inaceitável. ... [É] inaceitável convidar apenas editores favoráveis a determinado ponto de vista, ou convidar editores de forma a influenciar a sua opinião sobre o assunto". ~ DanielTom (discussão) 11h53min de 5 de abril de 2017 (UTC)
@DanielTom: A política que o Darwin cita diz respeito à resolução de disputas editoriais nas páginas de discussão de artigos. Quanto a solicitações no geral, a comunidade rejeitou claramente a sua proibição. Quintal 11h57min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Darwin... Não insinuei absolutamente nada e não coloque palavras na minha boca. Atenha-se ao que eu disse. Sobre a política que você citou, ela está correta. Vale para tudo o que acontece DENTRO do projeto. Esta comunidade já decidiu que o acontece FORA DO PROJETO não está sob escrutínio deste grupo, exceto se comprovarmos que houve abuso de fantoches ou meatpuppetry, o que de maneira alguma está comprovado. José Luiz disc 12h03min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Ver WP:ATAQUEOFFWIKI. GoEThe (discussão) 12h24min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Como o texto é curto, vale a pena copiá-lo aqui. Citação: WP:ATAQUEOFFWIKI escreveu: «A Wikipédia não pode regular comportamento em meio que não esteja sob controle da Wikimedia Foundation, mas ataques pessoais feitos em qualquer outro lugar criam dúvida sobre se as ações internas de um editor são conduzidas em boa-fé. Postar ataques pessoais ou difamações fora da Wikipédia é danoso à comunidade e ao relacionamento de um editor com ela, especialmente quando tais ataques violam a privacidade de outro editor. Tais ataques podem ser vistos como fatores agravantes por administradores e são evidências aceitas em processos de resolução de disputas, incluindo casos de arbitragem. Atenção: ligações externas para conteúdo assediante, ofensivo ou que viole a privacidade de editores da Wikipédia são inaceitáveis. A inserção de ligações externas desta natureza é considerada endosso do seu conteúdo.» (grifos meus) Oxe (discussão) 12h30min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Não percebi. Qual foi o ataque offwiki que o Érico cometeu? Quintal 12h32min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Os ataques, você quis dizer. Um ataque foi a Leon, conforme está descrito no pedido de remoção, é de amplo conhecimento e assumido pelo Érico nesta mesma seção. Outro ataque foi a vários editores, quando Érico fez sua defesa e endossou o conteúdo do seu blog com uma ligação externa, que divulga informações pessoais destes editores. Oxe (discussão) 12h43min de 5 de abril de 2017 (UTC)
"Está escrito" mas não vejo nenhuma prova desse suposto ataque. Pelo contrário, o que existe é uma confissão do Leon em ter sido coagido pelo Darwin. Também não sei de que informações pessoais está a falar, já que todas as informações estão disponíveis no grupo público da wikipédia.pt. Compreendo que depois de seis anos dormente possa estar a ter dificuldade em acompanhar as regras. Quintal 12h57min de 5 de abril de 2017 (UTC)
(1) Argumentum ad nauseam. (2) As pessoas no grupo do Facebook não divulgam ostensivamente qual é o seu nome de usuário na Wikipédia. Você não tem o direito de divulgar dados pessoais de ninguém. (3) Argumentum ad hominem. O desespero para tentar descredibilizar minha opinião é risível e ridículo. Como não tem como contra-argumentar, só resta atacar as pessoas que condenam essa sujeira toda que andaram fazendo. Pífio e patético. Oxe (discussão) 13h12min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Quando tiver provas desses supostos ataques, e quando provar que foram divulgados "dados pessoais" para além daquilo que as próprias pessoas escolheram divulgar em público e em eventos associados ao projeto, pode fazer uma reclamação. Para quem ainda há poucos dias saiu de um filtro por disseminação de desconfiança, penso que seja um erro insistir no mesmo comportamento. Mas cada um é que sabe de si. Quintal 13h17min de 5 de abril de 2017 (UTC)
A reclamação foi feita, e a sua "obra" já foi removida da página aí ao lado.-- Darwin Ahoy! 13h27min de 5 de abril de 2017 (UTC)
@Antero de Quintal: Basta você mostrar como os editores publicaram seus nomes de usuário no grupo do Facebook. Oxe (discussão) 13h41min de 5 de abril de 2017 (UTC)

@Jbribeiro1: Não só insinuou, como o disse claramente agora acima. O que acontece fora do projecto sobre o projecto e entre editores do projecto e com consequências concretas no projecto, obviamente que é do escrutínio deste grupo. Aliás, se você respondeu ao último inquérito da Fundação, deve ter percebido isso. Pode ler mais sobre isso aqui. No mínimo, é imoral que você tente defender a ideia que um editor daqui possa ir procurar outro fora do projecto, ameaçando-o sobre algo do projecto, com consequências, e que isso não deva ser analisado pela comunidade. E mais imoral é, sendo você um burocrata. Mas não me admira nem um pouco essa sua reacção, porque você mesmo fez esse tipo de coisa, juntamente com o Érico e o Antero de Quintal, quando impôs à Nice aquele link assediante com conteúdo privado e difamatório sobre ela, até ao ponto de a bloquearem para ela ter de aceitar a agressão. Vergonhoso, isso que vocês fizeram, não tenho outra expressão.-- Darwin Ahoy! 12h35min de 5 de abril de 2017 (UTC)

Não vi prova nenhuma do Leon ter sido ameaçado pelo Érico. O que vi foi uma confissão do Leon em que você o coagiu a dizer isso. De resto, é difícil acompanhar a argumentação de quem dispara ataques pessoais e insultos em todas as direções. Quintal 12h38min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Wikipédia Discussão:Administradores/Pedidos de remoção/Érico/2#A falácia da questão de privacidade. Oxe (discussão) 12h51min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Não vi prova nenhuma de qualquer ataque por parte do Érico. Vejo apenas um texto assediante sem provas. Quintal 13h00min de 5 de abril de 2017 (UTC)

Sobre o que diz o antero, chamo a atenção que a primeira frase da política é justamente "O consenso refere-se à principal forma pela qual são tomadas as decisões na Wikipédia". Não é só sobre conteúdo editorial, de modo algum. Tanto não é, que na wiki-en, de onde ela foi traduzida, esta política está ligada como regendo as eleições a administradores desde 2005.-- Darwin Ahoy! 12h20min de 5 de abril de 2017 (UTC)

Sim, o consenso é a principal forma de decisão. É usado em quase um milhão de páginas. Essas páginas chamam-se artigos. Nas resoluções de disputas sobre conteúdo não devem existir solicitações tendenciosas. É nessa secção que estão as frases que o Darwin cita. Entretanto, isso não tem nada a ver com pedir votos em eleições e a a comunidade rejeitou claramente a proibição dessa prática. Tentar subverter regras de modo a provar um ponto de vista classifica-se em subversão do sistema, um tipo de comportamento desestabilizador. Quintal 12h25min de 5 de abril de 2017 (UTC)
@Antero de Quintal: Hem? Não respondeu ao que Darwinius escreveu. "Consenso" aplica-se também a eleições. Ou disputa isso? O que a comunidade "rejeitou claramente" foi esse ensaio específico. Mas a prática de solicitações é apontada como "inaceitável" pela política citada acima (desde 2013). E não vejo como citar regras, explicitando corretamente o seu contexto, possa ser "subversão do sistema" (antes pelo contrário). ~ DanielTom (discussão) 13h49min de 5 de abril de 2017 (UTC)
@DanielTom: Respondi integralmente. Onde a prática é inaceitável é na resolução de disputas em conteúdo de artigos. É sobre isso a que aquelas regras e, especificamente, aquela secção se referem. Tanto quanto saiba, uma eleição não é uma resolução de disputa sobre conteúdo. Uma eleição para CU nem sequer é uma discussão de consenso, é uma votação. Muita gente gosta de receber solicitações. A proibição da sua prática é uma corrente minoritária entre a comunidade. Repare que eu votei a favor da proibição, mas não saio por aí a exigir bloqueios de pessoas com base na minha opinião minoritária que nem regra é. Quintal 14h06min de 5 de abril de 2017 (UTC)
@Antero de Quintal: "Onde a prática é inaceitável é na resolução de disputas em conteúdo de artigos. É sobre isso a que aquelas regras e, especificamente, aquela secção se referem." - Não é isso que está lá escrito, vide primeira linha da política. O que você queria que elas fossem, não vem realmente ao caso.-- Darwin Ahoy! 14h21min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Todo o conteúdo da página se refere à edição de artigos e consenso em edição. Todo. O texto da secção de onde foram retirados os excertos menciona inclusive: Citação: Os editores que mantêm uma atitude neutral, imparcial e civilizada normalmente conseguem obter consenso num artigo através do processo descrito acima. No entanto, é frequente os editores encontrarem-se num impasse, quer porque não conseguem encontrar argumentos lógicos para debater a disputa, quer porque se tornam obcecados por motivos emocionais ou ideológicos em "vencer" essa discussão. O que se segue são sugestões de como resolver disputas aparentemente irresolúveis, a par de breves descrições de processos auxiliares formais e informais. Na discussão que aprovou o texto tive inclusive que deixar claro que as novas regras não interfeririam com a recusa da proibição de solicitação anterior. Retirar trechos de políticas do contexto, de forma a subvertê-los em regras inexistentes, é um tipo de comportamento desestabilizador. Quintal 14h32min de 5 de abril de 2017 (UTC)

─────────────────────────@Antero de Quintal: Ninguém disse que a política não era sobre artigos, obviamente que ela também é sobre isso - aliás, ela é primariamente sobre isso, porque a esmagadora maioria de decisões tomadas no projecto são precisamente sobre conteúdo. No entanto, ele não se limita a conteúdo, mas sim "à principal forma pela qual são tomadas as decisões na Wikipédia". Isso é o que está escrito lá, isso é o que a comunidade aprovou. Aquilo que você pensa, e gostaria que estivesse lá, a comunidade não aprovou. Se acha que está mal, proponha uma alteração.-- Darwin Ahoy! 14h50min de 5 de abril de 2017 (UTC)

A página regula as discussões em disputas de conteúdos. Não consigo ver em que é que uma votação para um estatuto seja uma disputa de conteúdo. Quintal 14h53min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Não consegue ver, mas desde pelo menos 2005 que na wiki en, onde você foi pescar esse conteúdo em 2013, está perfeitamente estabelecido que ele se aplica também a votações, tanto que está ligado como política que regula o resultado das votações de administrador lá. E até hoje está lá. E é por isso que está perfeitamente estabelecido que a expressão "decisões na Wikipédia" se aplica, como aparenta, a todas as decisões, e não apenas a parte delas, como você pretende. Você pelos vistos não sabia disto, mas ninguém tem culpa da sua ignorância.-- Darwin Ahoy! 15h02min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Entendo o mesmo que o Antero. A comunidade foi cristalina ao dizer que as solicitações não devem ser recriminadas por que não há como prová-las sem violar a privacidade de alguém. Não vejo como contornar essa decisão. José Luiz disc 15h00min de 5 de abril de 2017 (UTC)
@Jbribeiro1: Você faça um favor a toda a gente, e actualize-se. Porque até lhe fica bastante mal, com o estatuto que ocupa, pretender que uma coisa rejeitada em 2012 se sobrepõe a outra aprovada em 2013.-- Darwin Ahoy! 15h02min de 5 de abril de 2017 (UTC)
 . Solicitações já são proibidas e estamos aqui vivendo num mundo paralelo. Encerro aqui a minha interação contigo. Meu voto está dado. José Luiz disc 15h07min de 5 de abril de 2017 (UTC)
@Jbribeiro1: Em vez de conspurcar discussões sérias com as suas macacadas, aproveite para ler o comentário do colega Antero de Quintal, que reproduzo abaixo. Claro que solicitações não são proibidas, era de supor que você já tivesse percebido que aquilo que estamos a discutir aqui, e que a política proibiu em 2013, como bem explica Antero de Quintal, é a solicitação clandestina, a maracutaia, a golpada, o curral eleitoral e o voto de cabresto. É aquilo que você queria saber com a sua perguntinha manhosa e enviesada em cada pedido de administração, é aquilo que você sempre disse que repudiava vivamente, usando a mera afirmação de vida para lá do projecto como suposição de solicitação clandestina e como argumento para votar contra o administrador. Mas quando chega a hora da verdade, e ela aparece à sua frente, o que se vê é que você não só tolera, como protege esse comportamento execrável. Os falsos moralismos caíram por terra, Ribeiro. Quero ver você ter o desplante de fazer essa perguntinha nalgum PdA, agora que ficou bem claro o quão oca e boba ela é.-- Darwin Ahoy! 15h27min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Darwin, você está claramente misturando as coisas: uma coisa é não conceder o estatuto a alguém que usa de solicitações e outra bem diferente é retirar o estatuto de alguém por uso de solicitações. No primeiro caso, é meu direito não votar em alguém pelo motivo que for e não devo explicações pra ninguém. No segundo, é preciso indicar qual foi a regra violada pelo editor e isso a "acusação" não conseguiu comprovar (vide os votos até agora). Retirar o estatuto de alguém só por que ele faz "algo que eu não gosto" é abrir a porta para todo tipo de perseguições. Eu detesto solicitações, não faço e apoiarei censura e sanções ao editor, mas não vou apoiar a retirada da ferramenta com base nessa "peça" criada aqui, que fracassou em sua tentativa de "provar" o que quer que seja. Como já disse, a acusação de assédio é muito mais grave e posso sim mudar de opinião se mais fatos vierem à luz. Enfim, sou favorável a que se cumpra a lei, mesmo que eu não concorde com essa lei — um caso concreto é este. Todo o resto você está construindo na sua mente. José Luiz disc 15h43min de 5 de abril de 2017 (UTC)

─────────────────────────@Jbribeiro1: "No primeiro caso, é meu direito não votar em alguém pelo motivo que for e não devo explicações pra ninguém. No segundo, é preciso indicar qual foi a regra violada pelo editor" Ribeiro, aos anos que você é burocrata, e ainda não sabe que é exactamente igual a necessidade de justificar voto tanto numa aprovação, como numa remoção de administrador? Dá que pensar, né? Não conhece a política de votações, como não conhece a política de consenso que a comunidade aprovou em 2013, como nem conhecia até agora a recomendação sobre assédio. Eu pergunto-me, o que você anda aí a fazer. Mas adiante: Há uma denúncia clara e comprovada de chantagem a um colega deste projecto. Isso foi confirmado pelos olhos de quatro pessoas deste projecto, e várias outras a montante dele. Que você mesmo não consiga ver o conteúdo dessas ameaças e chantagem, é indiferente, já que elas foram comprovadas. E na verdade só não as pode ver, porque a parte que as proferiu se nega a permitir a sua divulgação. Mas quem as viu, sabe perfeitamente que não há nenhuma "fofoca" ali: Há um administrador/burocrata/verificador/supressor deste projecto buscando satisfações e afirmando que agora que o colega mudou de voto contra ele, está ferrado, que não passa nem por um pedido de remoção, especialmente levando o voto dele. Você usa de subterfúgios para não encarar essa realidade. Mas como já disse, não me admira nem um pouco que o faça, depois de o ver naquela fila-indiana a impor aquele link de conteúdo assediante à Nice até ela ser bloqueada por um dos seus colegas de agressão, todos administradores e/ou burocratas. Se há momentos em que este projecto caiu bem baixo mesmo, esse foi realmente um deles.-- Darwin Ahoy! 16h11min de 5 de abril de 2017 (UTC)

Aproveite e pergunte ao Leon se autoriza a ser mostrado em público o screenshot em que ele confessa que você o coagiu a mentir e fabricar essa história toda. Quintal 16h18min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Essa canalhice que você e o seu comparsa andaram fazendo aqui, espalhando uma falsa confissão obtida sob coacção como se fosse facto, já foi desmascarada.-- Darwin Ahoy! 16h39min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Vamos nos acalmar, ok? Não somos o centro do universo wikipédico e, como pode-se ver pelos comentários nesta página, todos estão fartos com esses conflitos. Érico (fale) 16h43min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Eu encerrei, pois tenho mais o que fazer no domínio principal. O Darwin está fixado na minha pessoa. Até agora, 27 pessoas votaram contra e outras 22 se abstiveram, mas como é "óbvio" que "foi tudo provado", entendo que devemos decretar o imediato encerramento desta votação e a decretação do resultado pelo Darwin. Newsflash, colega! Sua opinião é minoritária e, ao contrário do que diz, nada foi provado aqui. Sobre as regras, só posso rir. Jamais tive uma ação administrativa ou burocrática contestada; em 10 anos, meu bloqueio foi solicitado uma única vez e jamais fui sequer bloqueado. Conheço as regras de trás pra frente. O que me surpreende é que quanto mais você se agita repetindo à exaustão sua argumentação, mais votos contrários à sua tese aparecem. No final, seu texto é um triste lamento de alguém que, perdida a causa, parte para o ataque pessoal. Triste e, em última instância, inútil. José Luiz disc 17h59min de 5 de abril de 2017 (UTC)
@Jbribeiro1: Eu não estou focado na sua pessoa, estou focado no falso moralismo que você demonstrou nos últimos anos, sempre se fingindo de escandalizado com essas manobras clandestinas, e depois acabando na triste situação de ter de as defender porque o escândalo foi com alguém que você aprecia. E não venha com essa que conhece as regras de trás pra frente, quando acabou de escrever aí em cima que voto de remoção tem de ser justificado, coisa que nunca foi. Em 10 anos (como IP?) não aprendeu isso sequer? Vá bancar o avestruz para o domínio principal, pena é que não faça isso o resto do tempo.-- Darwin Ahoy! 18h28min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Pode deixar, Darwin. Estarei lá e estarei nas principais discussões da comunidade também. Há uma userbox na minha PU desde sempre indicando que a minha primeira edição foi em novembro de 2007 (pelo que me lembro) ainda como IP. Possivelmente no artigo Leão asiático. Já eu acho uma pena que você, desde que "voltou", praticamente só fique no domínio Wikipédia. Aliás, este é o seu mês mais ativo na sua história deste projeto, sabia? Quase tudo na forma de discussões! Viu como a vida é dura? Muitas decepções... José Luiz disc 18h52min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Que tristeza, Ribeiro, ao que você se reduziu: Esgotou todo o argumento inteligente e o que sobrou - A história do IP prematuro, e a abjecção do ataque pessoal, bem baixo e rasteiro, mas igualmente bem mal direccionado. Sim, é verdade que Março passado (já mudamos de mês, sabia?) foi o mês que editei mais, quase tudo no domínio discussão de utilizador, devido sobretudo às notificações de bloqueio por vandalismo. E agora que já matou a curiosidade sobre o que andei a fazer no mês passado para ter tantos verdinhos no gráfico, ainda há mais alguma coisa sobre mim que queira saber, ou podemos retornar ao assunto em pauta?-- Darwin Ahoy! 19h13min de 5 de abril de 2017 (UTC)

@Antero de Quintal: "Na discussão que aprovou o texto tive inclusive que deixar claro que as novas regras não interfeririam com a recusa da proibição de solicitação anterior." Pois teve. leia o que você mesmo escreveu: "Não proíbe solicitações. Permite que sejam feitas, desde que de forma neutral, tal como está explícito no fim do parágrafo e que penso que seja coincidente com a opinião da comunidade. O que é inaceitável é fazer qualquer acção com o claro e único propósito de enviesar e sabotar qualquer tentativa de consenso. Ou seja, não proíbe solicitação por si só, o que a comunidade já decidiu que é impossível controlar, mas sim mensagens de má-fé onde seja nítido que o objectivo não seja chamar editores, mas antes disseminar desconfiança e tentar sabotar o processo, o que está mais para "abuso do espaço público", "subversão do sistema", "disseminação de desconfiança", "abuso da wikipédia para provar um ponto de vista" e "meatpuppetry". Todas estas políticas já não permitem este tipo de mensagens ou comportamento abusivo. E tanto pode ocorrer em páginas de usuário como em qq outro local.".-- Darwin Ahoy! 15h02min de 5 de abril de 2017 (UTC)

  • GoEThe: assédio é de fato bem mais grave que "solicitação", mas eu não vejo como comprovar essa acusação sem que o acusador confronte o acusado para que possamos separar os fatos das fofocas. No devido processo legal, é direito do acusado confrontar seu acusador. O posicionamento do Leon poderia, em tese, me fazer mudar meu voto. José Luiz disc 15h05min de 5 de abril de 2017 (UTC)
@Jbribeiro1: Quero fazer alguns esclarecimentos: 1) Em fevereiro de 2016 eu achei que o editor em questão havia mudado o seu voto favorável para contrário após ser contatado, talvez por um fantocheiro conhecido; 2) nós já havíamos conversado várias vezes antes, então, dado esta minha suspeita, fui muito agressivo; 3) no entanto, como pode-se notar atualmente, essa minha suspeita era infundada; 4) portanto, errei quando fui atrás de satisfações em relação ao seu voto e errei em relação à minha suspeita inicial; 5) eu e o editor conversamos dezenas de vezes após esse diálogo, e eu não havia pensado que ele se sentiu constrangido; 6) se soubesse, teria feito o possível para reparar meu erro de forma imediata; 7) não justifica, mas em fevereiro de 2016 eu estava repleto de problemas, tanto aqui quanto em minha vida pessoal; 8) lamento muito pelo ocorrido e garanto que não voltará a ocorrer; 9) limitarei ao máximo meus contatos off-wiki com editores da wiki. Érico (fale) 16h36min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Apelar à falácia do apelo à emoção em meio a votação da remoção de estatuto para não perder o estatuto é lastimável. Oxe (discussão) 16h52min de 5 de abril de 2017 (UTC)
WP:NDD e má fé não são coisas muito bem vistas neste projeto. Érico (fale) 16h54min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Nada de WP:NDD e muito menos má fé. Para mim suas palavras não são sinceras pelo apego que você já demonstrou ter aos estatutos. É mais uma dentre tantas manobras que você tem usado em sua defesa. Oxe (discussão) 17h00min de 5 de abril de 2017 (UTC)
Se apego ao estatuto significa a realização de 21.000 ações em quatro anos, deveríamos ter mais gente apegada a estatutos. No mais, não vou me alongar quanto ao restante de sua argumentação falaciosa e feita de má fé. Érico (fale) 17h09min de 5 de abril de 2017 (UTC)
E mais uma falácia, dessa vez argumentum ad verecundiam, conhecida como "apelo à autoridade". Acertos não justificam muito menos abonam erros gravíssimos. Já é notório que você gosta de se gabar, mas sinto lhe informar que a Wikipédia não vai acabar sem suas ações administrativas. Fique registrado que quem está disseminando desconfiança e agindo de má fé, agora e em outros momentos, contra mim e outros, é justamente você. Oxe (discussão) 17h21min de 5 de abril de 2017 (UTC)
  • Obrigado. Pressuponho boa-fé e acredito em você. Com exceção talvez de algum posicionamento do Leon, é o que me basta. José Luiz disc 18h02min de 5 de abril de 2017 (UTC)
  • O que fica disso tudo é que não se pode falar com editores offwiki sobre o projeto, não pode porque essa comunidade é hostil e infelizmente composta por algumas pessoas que são ainda mais tacanhas pessoalmente do que em atitudes aqui no projeto. Discordo que se faça punições pelo que foi feito no Face, tem ferramentas lá para excluir e bloquear quem estiver sendo inconveniente e pelo que entendi a inconveniência do Érico se baseava numa amizade que inexistia pelo jeito, algumas pessoas têm algo como o Facebook, adicionam milhares de pessoas mas não querem ser importunadas! ― Diana m 01h39min de 6 de abril de 2017 (UTC)

Desqualificação dos check usersEditar

Acompanhando tantos MB de discussão em que a defesa a este pedido se resume às tentativas de desqualificação e WP:NDD contra nossos colegas CUs finalmente encontrei nas palavras de alguns dos colegas as ideias para expressar uma opinião. Negar a divulgação de evidências, que provavelmente confirmariam e piorariam a situação do administrador, me parece uma boa evidência do trabalho dos verificadores. Não encontrei nenhuma acusação de vazamentos seletivos como normalmente acontece no Brasil. Vejo apenas um discurso que tenta desviar a atenção do comportamento abusivo e da assim chamada "denúncia combinada a vários meses" pelo martirizado ex-check user, que vai produzindo falácias a dar com pau para salvar seu glorioso cargo. A reputação dos colegas @RadiX, Teles, Marcelo Victor e EVinente: é ilibada e não está sob questão, assim como @Darwinius, GoEThe e OTAVIO1981: também dispensam apresentações. Por outro lado, entre os defensores do administrador que, no mínimo, assedia outrxs editorxs off-wiki, encontramos 1 notório WP:MEAT defensor-"colaborador" de um dos piores fantoches que já participou desta comunidade. Espero que a profecia darwiniana da ponta do iceberg seja apenas um delírio que ele teve na Cova da Iria, mas uma renúncia silenciosa parece mau presságio.

  • Darwinius: Citação: Já foi confirmado e reconfirmado que tudo o que você diz é verdade, e o que os outros dizem é inventado. E pur si muove!.
  • @PauloMSimoes: Citação: Não se trata de violação de regras, é algo que vai além disso. A acusação que se traz é muito grave, tratando-se de um administrador e isto aqui não pode abrir um perigoso precedente.
  • PauloMSimoes: Citação: E porque até agora não vi os diálogos? Só os conheço por terceiros. Eles seriam a melhor prova de defesa.
  • PauloMSimoes: Citação: Minha decisão está vinculada à apresentação/ocultação das provas materiais.
  • PauloMSimoes: Citação: Não, esta não é a melhor forma de fazer um boa enciclopédia, meu caro.
  • @Oxe: Citação: Ter editores que não façam tudo pela ilusão de poder de um estatuto, inclusive intimidando e coagindo outros editores até off-wiki, ajuda ainda mais a fazer este site melhor. A Wikipédia é uma comunidade, sempre foi e sempre será, e não precisa de um "mártir".
  • Oxe: Citação: Pode ser até comum em alguns círculos mas não é normal nem aceitável, tampouco a banalidade da coisa para alguns a torna menos condenável para outros. À medida que tais ações prejudicam a Wikipédia, elas passam a serem relevantes para o contexto do projeto.
  • Oxe: Citação: Não foi um simples mal entendido, você —e todo mundo— sabe muito bem disso.
  • @Jackgba: Citação: ....Use a palavra que quiser, mas a prática de coagir, chantagear, ameaçar alguém não me será aceita no meu conceito de humanidade, muito menos na minha vida. É um argumento muito utilizado para disfarçar corrupção, com isso faz você não acreditar que está errado, psicologicamente. Sua prática de insultar a pessoa que está o desafiando com sua lógica ao invés de rebater seu argumento é absolutamente infantil, que demonstra sua falta de argumento, e por fim, seu atestado de que admite estar errado; e que não eu....

Ixocactus (discussão) 00h07min de 5 de abril de 2017 (UTC)

  Pergunta Existe alguma coisa de útil a acrescentar à discussão para além de insultos, disseminação de desconfiança e ataques pessoais? Quintal 10h03min de 5 de abril de 2017 (UTC)

Dada sua grande experiência em todos esses aspectos de civilidade, peço-lhe que remova o que achar impróprio. Ixocactus (discussão) 16h49min de 5 de abril de 2017 (UTC)

@Ixocactus: Bem lembrado sobre a tentativa de desqualificar os checkusers! Oxe (discussão) 11h09min de 5 de abril de 2017 (UTC)

  • Nada mais precisa ser dito sobre os verificadores. São estatutos que anualmente precisam ser renovados e a comunidade opinará. Ficar profetizando sobre o que vai acontecer é inútil e só joga gasolina no fogo alto. José Luiz disc 11h51min de 5 de abril de 2017 (UTC)

Muitos adjetivos foram usados pra qualificar o trabalho dos verificadores por alguns. Seria interessante que os que não concordam com o trabalho feito sugerissem formas diferentes de lidar com o problema. Apenas dizer que foi ruim não é produtivo. Os verificadores apenas se propuseram a intermediar uma denúncia de um usuário para que a comunidade pudesse se manifestar. Algo que foi aguardado até mesmo pelo acusado. Se nada além disso foi feito, é porque não cabia aos verificadores, sendo a comunidade capaz de julgar com as informações obtidas ou, inclusive, se considerar incapaz de julgar pela falta de informações, como alguns se declararam. Acho difícil que outra pessoa tenha uma melhor ideia sobre como isso poderia ter sido tratado. Os verificadores conversaram bastante entre si e consultaram outros membros isentos e de maior experiência e seguiram a recomendação de não decidir, mas de passar a responsabilidade da decisão para a comunidade, que é soberana. Houve o cuidado de referir os fatos como eles foram trazidos a nós o tanto quanto foi possível. Fatos esses considerados graves de forma unânime entre verificadores, bem como entre alguns stewards. Fazer algo além do que foi feito poderia ser considerado quebra de privacidade, o que não seria permitido, mesmo considerando a gravidade do ocorrido. Eu estarei atento às críticas construtivas que poderão surgir.—Teles«fale comigo» 21h57min de 25 de abril de 2017 (UTC)

@Teles: Se o "consenso entre os verificadores" tivesse se mantido, sobre supostos "fatos graves", vocês não precisariam ter feito uma "webconferência" dias depois. Só fizeram porque um dos verificadores ameaçou remover parcialmente sua assinatura do tal relatório. Teria sido um fiasco ainda maior.
Analisando tudo que ocorreu no último mês, para mim ficou claro que vocês (você e RadiX, principalmente) acharam que a palavra dos verificadores seria suficiente talvez até para justificar bloqueios. Pior, vocês achavam que eu permitiria a violação de minha privacidade para tentar provar minha inocência. A acusação que vocês fizeram foi tão mal feita que nem isso foi preciso. Um histórico erro de cálculo, que será lembrado por muito tempo. A desqualificação dos checkusers foi feita pelos próprios checkusers e o reflexo nas próximas confirmações é inevitável, bem como abre questionamentos sobre futuras atuações de determinados verificadores.
Todos cometem erros e eu não só admiti ter errado ao ir atrás de satisfação sobre votos, como também limitei meu contato off-wiki. O que mais me irrita nesta história é terem envolvido Belanidia e até agora ninguém ter se desculpado com ela. Não sei se percebeu, mas absolutamente ninguém acreditou nesta história. Até porque é difícil convencer o público a acreditar em uma história falsa - mesmo envolvendo a WMF e usando um suposto "proxy" para justificar uma enorme calúnia. Érico (fale) 22h18min de 25 de abril de 2017 (UTC)
O consenso entre verificadores não se manteve? Nós deixamos de considerar suas ações incorretas? Não há história alguma. Dissemos apenas o que foi um fato. Não dissemos que a Belanidia fez ou deixou de fazer alguma coisa, nem achamos que você aceitaria revelar as conversas. Citamos o que aconteceu apenas. Ou parte do que aconteceu, pois revelar as provas seria inadequado.—Teles«fale comigo» 22h25min de 25 de abril de 2017 (UTC)
Não, não se manteve. E quando eu digo que não se manteve, me refiro a todas as "acusações", desde Belanidia até a ameaça. Foi isso que motivou a realização da tal "webconferência", vários dias depois. Eu reparei que seu tom mudou, especialmente depois de ler tantas críticas, mas ainda não é suficiente. É preciso que se desculpe com Belanidia, uma das administradoras mais antigas do projeto. Vocês, sim, disseram que ela emprestou sua conta, o que motivou a realização de uma verificação. Esta era a suspeita, pois a "prova" que usaram para justificar verificações é digna de nulidade. Se eu fosse parecido com JSSX, por exemplo, reclamaria e faria um escândalo eterno só pelo fato de ter sido verificado, mas tenho tanto medo de ser verificado quanto de um bicho papão. Reclamo - e boa parte da comunidade também - da acusação irresponsável que fizeram; começando pelo fato que esta comunidade nunca proibiu solicitações de participação (e não, os textos quilométricos de RadiX não mudaram este fato, como você pôde ver). Érico (fale) 22h34min de 25 de abril de 2017 (UTC)
Qual o diff que mostra que o consenso entre verificadores mudou? Não afirmamos que a Belanidia emprestou a conta em nenhum momento. Afirmamos o fato de que você disse ter usado a conta dela e o fato de que um funcionário da WMF identificou que o IP dela tinha características de um proxy. Isso é apenas verdade e foi trazido para análise da comunidade. Não afirmamos que a Belanidia fez qualquer coisa. Afirmamos que o usuário Leon se sentiu ameaçado, pois foi exatamente esse o termo que ele usou ao emitir denúncia aos verificadores. Portanto, apenas repassamos à comunidade aquilo que podia ser repassado. Você mesmo reconheceu alguns erros e espero que a situação trazida pela denúncia tenha servido para repensar ações que cometeu no passado. A opção que sugere que os verificadores deveriam ter seguido seria qual?—Teles«fale comigo» 22h45min de 25 de abril de 2017 (UTC)
Há alguns anos você propôs a recriação do Conselho de Arbitragem. Não haveria momento melhor para isto. Tenho certeza que os futuros conselheiros ficariam felizes em tomarem conhecimento das ações de determinados verificadores locais. Acredito que guardar os e-mails trocados com o staff da WMF seria relevante. Afinal, a WMF verificaria qualquer conta se um steward fizesse um alarde quanto a "um verificador ter a conta de uma administradora".
Eu falo muitas coisas no Facebook (melhor, falava). Se tirarem prints de minhas conversas, é provável que até a tua conta seja verificada. O que vocês usaram como "prova" para justificar verificações é digno de pena. Piadas não são confissões. Quando recebemos como resposta "hahahaha", é natural concluirmos que a pessoa entendeu a piada. Terem citado Belanidia foi uma surpresa e um choque enorme. Passados quase dois meses, os verificadores não conseguiram convencer uma única pessoa a acreditar nesta história e você ainda acha que não deve se desculpar. Tá serto.
Os verificadores não são um conselho de arbitragem. Vocês instituíram um CA sem a autorização expressa desta comunidade. E, pior: o instituíram da pior forma possível, tentando forçar a punição de algo que nem a própria comunidade decidiu punir. Foi uma grande audácia, reconheço. Mas há outros fatos intrigantes: terem me comparado ao Quintinense, determinado verificador ter aberto uma proposta para permitir a punição para uma denúncia que ele recebeu semanas antes, terem me recusado a ouvir o que eu tinha a dizer (o que foi feito até com o Gusta!), as três vergonhas tentativas de interferirem em votações relativas a mim, etc. É claro que você não vai se desculpar pela desastrosa atuação. Não é preciso. Muita gente já percebeu o que ocorreu aqui. Érico (fale) 23h03min de 25 de abril de 2017 (UTC)
Está tudo registrado. As conversas entre verificadores permanecem nos emails e na checkuserwiki. As conversas entre stewards permanecem acessíveis mesmo para futuros stewards que poderão checar o que foi dito. O próprio James veio a público confirmar a parte que poderia ser confirmada. Portanto, não vejo problema se os conselheiros tiverem acesso a isso. Não agimos como conselho de arbitragem, nem usamos a ferramenta de verificação, exceto por deixar os registros na checkuser wiki. O conselho teria tomado atitudes que poderiam ir de bloqueios a remoção de ferramenta. Isso seria agir como conselho. Nada disso foi feito. Apenas demos voz à comunidade, incluindo aos acusados, para discutir o caso. É claro que você não concordará nunca com isso, pois é acusado. Não é esperado que isso ocorra. Eu apenas gostaria de ouvir dos demais não envolvidos exatamente como esse caso poderia ter sido manejado.—Teles«fale comigo» 23h17min de 25 de abril de 2017 (UTC)
  Perfeito. Um novo CA amará ler estes e-mails. Se tivéssemos um CA, é provável que não seria o meu comportamento que estaria sendo julgado neste momento. Sobre o que "James veio a público confirmar", até agora não entendi se afinal Belanidia usa ou não um proxy; "appears to be" não é tradução para "é um proxy!". E, muito pelo contrário, adorei o fato de terem dado "voz à comunidade", mas é uma pena você ainda não ter digerido o volume de reclamações e críticas que sua atuação recebeu. Quanto ao erro que cometi, usarei alguns comentários como "conselho" e seria bom se você fizesse o mesmo. A auto-crítica é fundamental. E quanto a "ouvir dos demais não envolvidos exatamente como esse caso poderia ter sido manejado", creio que alguns falarão nos pedidos de confirmação (isto é, claro, se ainda decidirem abrir um). Érico (fale) 23h25min de 25 de abril de 2017 (UTC)
Eu não acho que o CA o absolveria das acusações, pois são bem graves e não puderam ser melhor demonstradas por não terem sido públicas. Portanto, não acho que o CA vai amar ler, pois é grotesco de se ver, mas não daria ganho de causa pra quem ameaçou um usuário pra conquistar votos. Estou aqui pela crítica construtiva mesmo, como falei em meu primeiro comentário nesta seção. Ainda não vi a crítica construtiva, mas tenho esperança de que um usuário não envolvido vai participar.—Teles«fale comigo» 23h31min de 25 de abril de 2017 (UTC)
Que bom. Fique com seus achismos. Afinal, foi apenas isso que fez durante todo esse "processo": achar isso e achar aquilo. Não mudou muita coisa. Agora ainda acha que merece uma medalha pela desastrosa atuação. Pois, continue achando. Érico (fale) 23h37min de 25 de abril de 2017 (UTC)
Citação: Érico escreveu: «um dos verificadores ameaçou remover parcialmente sua assinatura do tal relatório.»@Érico: Quem foi esse verificador e onde ele ameaçou remover parcialmente a assinatura dele? Oxe (discussão) 01h09min de 26 de abril de 2017 (UTC)

PerguntaEditar

@Érico: Considerando várias coisas, como por exemplo o fato de que você não irá conseguir se eleger steward por pelo menos uns 10 anos (e em 2027 ainda vão lincar esta presente discussão), o que causará que os cargos locais tornem-se o máximo que você irá obter; considerando que o grupinho do grupo do facebook continuará a existir, fazendo das suas; considerando "não peço voto, não comento seus votos, e nem nada do tipo"; considerando que WP:SOLI não é política; considerando que eu não consigo sinceramente me lembrar agora de uma única ação administrativa tua (Barack Obama eu me lembro bem, se esse imbróglio tiver te deixado com vontade de largar a wiki, por que não tenta destacar Aécio Neves?); enfim, considerando muitas coisas, ditas e não ditas. Érico, você faria esse tipo de organização de campanha, de angariar votos, numa outra situação? - Épico (disc)/(contrib) 03h46min de 6 de abril de 2017 (UTC)

@Épico: Olá. Vou tentar responder por itens:
  1. Desde o ano passado, quando renunciei como administrador global (GS), decidi que gastar meu tempo aqui seria muito mais útil do que continuar gastando meu tempo em wikis menores. A eleição para steward também foi desmotivante para mim, o que ajudou a tomar esta decisão. Com ou sem esta discussão, ser steward ou voltar a ser GS definitivamente não está em meus planos. Então, aqui e o Commons continuarão sendo os únicos lugares onde pretendo gastar meu tempo, como já era antes deste pedido (confusão toda);
  2. Eu li o meu PDA de 2011 e pretendo voltar a ser o que era naquela época, evitando ao máximo contatos off-wiki. Não quero outra confusão parecida com esta. Perdemos 1.000.000 de bytes nessas discussões, e não pretendo repetir a dose;
  3. Eu até tinha tentado destacar o artigo Aécio Neves, porém empaquei na seção "governador de Minas Gerais" e o meu medo é que não consiga terminá-lo, porque não é algo tão fácil assim;
  4. Eu me considero um administrador relativamente ativo (registros). De 2011 para cá foram mais de 21.000 ações, embora nos últimos tempos estive menos ativo como em 2012 (mas, também, em 2012 eu era quase um robô... para a minha saúde, é melhor manter certa moderação);
  5. Quanto a "você faria esse tipo de organização de campanha", não de maneira off-wiki. Embora solicitar participação não é punível, eu errei de algumas formas durante a votação de fevereiro de 2016. Primeiro porque deveria ter avisado das manobras off-wikis que banidos estavam fazendo. Era um dever. Na época, entretanto, achei que ninguém daria bola... aquela discussão estava contaminada por TUDO que é tipo de assunto (debateram até o acordo ortográfico!). Então, olhando em retrospecto, era melhor não ter feito nada off-wiki, apesar de eu adorar ser checkuser (e ser ativo na função) e achar minha não renovação uma injustiça. Pelo menos teria evitado tantos questionamentos e talvez a reprovação de todos os verificadores forçaria a comunidade a rever a forma como escolhemos nossos verificadores e supressores;
  6. Eu também não fiz nenhuma campanha para a candidatura de 2017, por exemplo. O MassMessage fez com que, na imensa maioria dos casos, campanhas negativas feitas por motivos irracionais sejam quase que totalmente neutralizadas.
  7. Há outras perguntas não respondidas? Érico (fale) 04h11min de 6 de abril de 2017 (UTC)

────────── Obrigado pela resposta. Não há perguntas per se, só roupas sujas para lavar, e esse afinal parece ser um momento adequado. Você e o RadiX são os dois principais flag collectors da comunidade lusófona, verdadeiros vexilólogos. Embora ainda me tenha um gostinho de "errado", não há nenhum problema em sê-lo já que afinal somos todos voluntários aqui, e eu realmente acredito que você ama o projeto e não o ""poder"" dos cargos. Dito isso, o que eu vejo que se passou, acredito eu, é que você se desesperou com a possibilidade de perder o cargo, e apelou. Citação: Primeiro porque deveria ter avisado das manobras é simplesmente óbvio demais, e você é inteligente para saber o que deveria fazer e então conscientemente ignorar. (youtube.com/watch?v=H0XANMAADqc). Sei como é empacar numa justa seção de um artigo, mas Dilma Roussef também seria uma possibilidade. 2018 está chegando, candidatos (à artigo destacado, esclareço) é o que não faltam, se tu tiver tempo com a faculdade e tal: Lula (político), Bolsonaro, Marina Silva, Ciro Gomes etc. - Épico (disc)/(contrib) 04h52min de 6 de abril de 2017 (UTC)

Jogando ideia pro ar: você precisa mesmo ser WP:Burocrata? Tipo, de verdade? Talvez esse não seja o melhor momento visto que o Conde Edmond Dantès recente renunciou subitamente (espero 1) que ele volte 2) que não tenha a ver com essa bagunça), mas por que você não aproveita o pós-rebuliço e dá um novo enfoque as suas contribuições? A sua resposta me deu a entender que tu valoriza bastante ser verificador (mais que os outros cargos?), além de que eu me lembro bem de você discursando sobre a importância dos verificadores locais, então porque você, após um certo tempo, não renuncia a burocracia e se recandidata à verificador? A Nice poa e a Jurema (e turma) votarão contra, além do Oxe, Jackgba e Darwinius; a maioria daqui acho que continua a favor. Eu acho que passa. Só uma ideia... - Épico (disc)/(contrib) 05h08min de 6 de abril de 2017 (UTC)
@Épico: Você está sendo leviano ao tentar prever comportamentos futuros dos editores. Oxe (discussão) 12h58min de 6 de abril de 2017 (UTC)

Aos que ainda precisam de mais informaçõesEditar

Prezados,


Entendo perfeitamente que as pessoas sintam a necessidade de fazer uma apuração dos fatos diretamente com o acusado e acusador para chegar a uma conclusão sobre o assunto por conta própria. Eu mesmo fiz isso mas não estou seguro de que seja a melhor opção. Imaginem se os 22 indecisos decidem enviar e-mails perguntando mais coisas? O Érico já respondeu as mesmas questões mais de 1 vez aqui mesmo e o Leon está com dificuldade de usar o computador. Então, se alguém ainda tem alguma dúvida, acho melhor criar uma seção de perguntas para que eles, ou outros que já viram a resposta na wiki, possam ir ajudando nesta questão. As informações privadas vão permanecer assim. Abs, OTAVIO1981 (discussão) 22h54min de 6 de abril de 2017 (UTC)

Para meditaçãoEditar

Transcrevo aqui o texto do voto do usuário @Rui Gabriel Correia: que achei muito apropriado para o momento:

Citação: ...Da minha parte fica aqui o apelo para tentarmos ultrapassar as diferenças, desmantelar as facções e trabalharmos juntos. Claro, sempre haverá diferenças e em tornos dessas diferenças pontualmente se formarão lados opostos, isso é normal, talvez até saudável, faz parte do convívio, é um dos pilares da democracia. O perigo jaz na solidificação desses campos opostos que com o correr do tempo vivem um tal antagonismo que põem o apoio aos seus condiscípulos à frente do que está certo em detrimento do projecto

De fato, acho que o Rui atingiu o âmago do problema. Ricardo Ferreira de Oliveira Diga 00h49min de 7 de abril de 2017 (UTC)

O âmago do problema é querer fazer passar um caso de solicitação clandestina e chantagem por coisa de "facções", "diferenças", "lados opostos", "campos opostos", "antagonismo". E o cúmulo é depois de desculpar esse comportamento execrável fazendo-o passar por essa colecção de palavras ocas, ainda rematar com um "pôr o apoio aos seus condiscípulos à frente do que está certo em detrimento do projecto". Um espelho fazia falta.-- Darwin Ahoy! 01h53min de 7 de abril de 2017 (UTC)

Votação abertaEditar

Como pode ser visto neste exemplo: Wikipédia:Administradores/Pedidos de remoção/Cléééston, até que um burocrata feche a votação, os votos são aceites Além disso, o caso está em aberto no Café dos Burocratas. Editores sem o estatuto de burocrata não podem fechar a votação por conta própria.-- Darwin Ahoy! 02h07min de 9 de abril de 2017 (UTC)

Colega, alguma dificuldade em compreender o prazo de votação no cabeçalho da página? Citação: A votação decorre de 20h37min do dia 1.º de abril de 2017 até 20h37min do dia 8 de abril de 2017 (UTC) A votação encerrou há várias horas. Quintal 02h14min de 9 de abril de 2017 (UTC)
Darwinius, um erro não justifica o outro. A regra é bem clara no tópico III Citação: A votação terá duração de sete dias PauloMSimoes (discussão) 02h21min de 9 de abril de 2017 (UTC)
@PauloMSimoes: Só um burocrata pode fechar esta votação. E no mesmo sítio onde se lê isso dos 7 dias, um pouco mais acima, pode ler: "Seguir-se-á uma votação com as mesmas regras da votação para a obtenção do estatuto." Ou seja, os 7 dias são o prazo mínimo, tal qual ocorre nos pedidos de aprovação. Mas façam disso o que quiserem, para mim é absolutamente indiferente que feche agora ou daqui a uma semana, e o final perfeito para uma votação sobre golpadas, é mesmo outra golpada.-- Darwin Ahoy! 02h31min de 9 de abril de 2017 (UTC)
E também "A prorrogação poderá ser feita se, no ponto de vista de um burocrata, houver incerteza quanto à situação". Eu te garanto que não estou dando golpada. Minha posição ficou clara. Só acho que temos que seguir as regras. Quer então dizer que fica a votação em aberto até que alguém decida encerrar ? Se fosse um resultado diferente, estaria também a querer prorrogação ? PauloMSimoes (discussão) 02h39min de 9 de abril de 2017 (UTC)
@PauloMSimoes: Eu tenho a certeza que você - ao contrário do outro indivíduo que a estava tentar a fechar - está de boa fé, mas as regras de facto são - e sempre foram - que a votação fica aberta até que um burocrata a feche. Eu não espero que o resultado mude alguma coisa se ela se mantiver aberta, e inclusive até tenho as minhas razões para preferir que ela feche já, mas realmente é esse o procedimento.-- Darwin Ahoy! 02h45min de 9 de abril de 2017 (UTC)

As regras para remoção por votação são cristalinas:

A votação terá duração de sete dias e deverá respeitar um período mínimo de 48 horas (2 dias) entre o momento em que o administrador foi notificado em sua página de discussão (e por e-mail, se ativado) e a abertura efetiva da votação.

O prazo de votação acabou há várias horas. Não percebo qual é a dificuldade aqui. Quintal 02h47min de 9 de abril de 2017 (UTC)

Use o cristalino mas é para ler a frase que está logo acima da âncora que você colocou: "Seguir-se-á uma votação com as mesmas regras da votação para a obtenção do estatuto.".-- Darwin Ahoy! 02h51min de 9 de abril de 2017 (UTC)
A âncora está na secção "regras para remoção por votação", que é o caso aqui.. Quintal 02h54min de 9 de abril de 2017 (UTC)
E a frase "Seguir-se-á uma votação com as mesmas regras da votação para a obtenção do estatuto." está precisamente no prefácio da secção sobre a remoção do estatuto. Qual é o seu problema, Antero? Porque tenta burlar as regras da votação, para fecha-la a qualquer custo, sabendo perfeitamente que apenas um burocrata o pode fazer? Tem medo do quê? Eu mesmo não creio que o resultado ali mude alguma coisa, não percebo tanto afobamento e empenho em tentar trapacear a qualquer custo, sem ganho nenhum.-- Darwin Ahoy! 03h00min de 9 de abril de 2017 (UTC)

Darwinius, eu entendo que o encerramento do pedido deve ser feito por um burocrata. Mas o da votação é automático (pelo prazo). Na mesma regra que cita (para obtenção do estatuto), está escrito "A prorrogação poderá ser feita se, no ponto de vista de um burocrata, houver incerteza quanto à situação". Não vejo conflito nas regras, que estão bem claras. PauloMSimoes (discussão) 03h05min de 9 de abril de 2017 (UTC)

@PauloMSimoes: E houve incerteza de um burocrata, mas esse que fechou passou por cima das regras, mais ainda do que quando fez aquele fecho apressado da votação de verificador do Érico. Já é costume nele.-- Darwin Ahoy! 03h09min de 9 de abril de 2017 (UTC)
O tópico III de A/PR Citação: A votação terá duração de sete dias é claríssimo. Se houvesse a possibilidade de prorrogação, estaria textualmente escrito, tal como em III de PDA. Não há controvérsia aqui. Há mais uma triste tentativa de usar o estatuto de verificador para interferir no resultado de uma votação. A Wikipédia tem um novo James Comey. Érico (fale) 03h12min de 9 de abril de 2017 (UTC)
Eu não sei quais foram as razões do RadiX, e eu pessoalmente prefiro que a votação seja fechada agora. Mas o facto é que a Política de Administradores diz muito claramente, sobre a remoção de estatuto: uma votação com as mesmas regras da votação para a obtenção do estatuto. E houve dúvida sobre o fecho no período mínimo por parte de um burocrata, de modo que o correcto era aguardar. Mas não me admira nem um pouco que esse Biólogo32, que nas edições recentes carrega VDA e mete pesquisa inédita nos artigos, atropele qualquer regra para fechar uma votação do Érico a qualquer custo: Ele já tinha feito o mesmo aqui, de modo igualmente bem descarado.-- Darwin Ahoy! 03h19min de 9 de abril de 2017 (UTC)
1) Votações para CU e OS não são decididas por burocratas (foge da competência deles), todos podem fechá-las, e não existe prorrogação nesses pedidos; 2) conforme pode-se ver no tópico III de A/PR, a possibilidade de prorrogações em pedidos de remoção inexiste, independentemente da situação; 3) a sugestão de RadiX é tão absurda que até um colega verificador imediatamente discordou; 4) ele já tentou interferir em resultados de votações três vezes (!!!!) no último mês, todas relativas a mim, o que deixa tudo muito claro; 5) não se pode permitir uma quarta tentativa, sem possibilidade alguma de defesa e ainda sem ouvir seus colegas verificadores; 6) eu compreendi a tua opinião, embora, respeitosamente, discordo e acho que sinceramente deveríamos seguir em frente; 7) o que Biólogo faz editoralmente é irrelevante para essa discussão e pode ser considerado como abuso de espaço público. Érico (fale) 03h32min de 9 de abril de 2017 (UTC)
O desconhecimento e quebra das políticas e regras mais básicas do projecto por esse Biólogo32 em edições recentes está em pauta e dá o contexto para mais esta regra que atropelou. E o engraçado, é que atropela sempre para o mesmo lado. Mas esta é a última coisa que escrevo sobre isso, como eu disse, até prefiro que fechem já a votação.-- Darwin Ahoy! 03h35min de 9 de abril de 2017 (UTC)
Não houve violação de regra alguma. Não existe prorrogação de pedidos de remoção. III de A/PR é mais claro do que tudo. Érico (fale) 03h36min de 9 de abril de 2017 (UTC)

  Comentário pessoal, já era para se ter discutido isso quando este pedido fora aberto, porque sempre acontece alguma coisa. Que já sirva de exemplo para alguma outra votação que possa acontecer.--Agent010 Yes? 16h12min de 9 de abril de 2017 (UTC)

Voltar à página de projeto "Administradores/Pedidos de remoção/Érico/2".