Apeadeiro de Cordinhã

apeadeiro em Portugal

O Apeadeiro de Cordinhã é uma interface encerrada do Ramal da Figueira da Foz, que servia a localidade de Cordinhã, no distrito de Coimbra, em Portugal.

Cordinhã
Identificação:[1] 45112 CNA (Cordinhã)
Denominação: Apeadeiro de Cordinhã
Classificação: A (apeadeiro)[2]
Linha(s): Ramal da Figueira da Foz (PK 39,851)
Altitude: 110 m (a.n.m)
Coordenadas: 40°20′32.53″N × 8°32′12.19″W

(≍+40.34237;−8.53672)

(mais mapas: 40° 20′ 32,53″ N, 8° 32′ 12,19″ O)
Concelho: bandeiraCantanhede
Serviços: sem serviços
Encerramento: 5 de janeiro de 2009 (há 13 anos)
Website:
Disambig grey.svg Nota: Para outras interfaces ferroviárias com nomes semelhantes ou relacionados, veja Estação Ferroviária de Covilhã.

DescriçãoEditar

O edifício de passageiros situa-se do lado norte da via (lado esquerdo do sentido ascendente, a Pampilhosa).[3]

HistóriaEditar

InauguraçãoEditar

O Ramal da Figueira da Foz foi inaugurado em conjunto com a Linha da Beira Alta em 3 de agosto de 1882, pela Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses da Beira Alta.[4][5] Cordinhã não constava entre as estações e apeadeiros existentes na linha à data de inauguração,[6] porém, tendo este interface sido criado posteriormente.[quando?]

Século XXEditar

Em 1985 este interface tinha ainda categoria de estação,[3] mas em 2010 era já oficialmente considerado como apeadeiro.[1]

EncerramentoEditar

O Ramal da Figueira da Foz foi encerrado ao tráfego ferroviário pela Rede Ferroviária Nacional em 5 de janeiro de 2009, por motivos de segurança.[7][8][9][10] A empresa Comboios de Portugal assegurou, até 1 de janeiro de 2012, um serviço rodoviário de substituição.[11]

Comboios em Coimbra
(Serviços ferroviários pesados suburbanos e
regionais de passageiros, na região de Coimbra)

      em operação •   extinto em 2010
  ext. anunc. 2020 •     extinto em 2009


 
   
 
(ã) Lobazes 
   
 Moinhos (ã)
(ã) Miranda do Corvo 
   
 Trémoa (ã)
(ã) Padrão 
   
 Vale de Açor (ã)
(ã) Meiral 
   
 Ceira (ã)
(ã) Lousã-A 
   
 Conraria (ã)
(ã) Lousã 
   
 Carvalhosas (ã)
(ã) Prilhão-Casais 
   
 S. José (Calhabé) (ã)
(ã) Serpins 
 
 
 Coimbra-Parque (ã)
(ã) Coimbra 
 
 
 
 
 
 
       
 
 
 
 
 
   
 
 
 
(ã)(n) Coimbra-B   
(n) Souselas 
       
 
 
 
(f)(n) Pampilhosa 
   
 Bencanta (n)
(f) Mala 
   
 Espadaneira (n)
(f) Silvã-Feiteira 
   
 Casais (n)
(f) Enxofães 
   
 Taveiro (n)
(f) Murtede 
   
 V. Pouca Campo (n)
(f) Cordinhã 
   
 Amial (n)
(f) Cantanhede 
   
 Pereira (n)
(f) Limede-Cadima 
   
 Formoselha
(f) Casal 
   
 Alfarelos (a)(n)
(f) Arazede 
   
 Montemor (a)
(f) Bebedouro 
   
 Marujal (a)
(f) Liceia 
   
 Verride (a)
(f) Santana-Ferreira 
   
 Reveles (a)
(f) Costeira 
   
 Bif. de Lares (a)(o)
(f) Alhadas 
   
 Lares (o)
(f) Carvalhal 
   
 Fontela (o)
(f) Maiorca 
   
 Fontela-A (o)
 
   
 Figueira da Foz (f)(o)

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b (I.E.T. 50/56) 56.º Aditamento à Instrução de Exploração Técnica N.º 50 : Rede Ferroviária Nacional. IMTT, 2011.10.20
  2. Instrução de exploração técnica nº 2 : Índice dos textos regulamentares em vigor. IMTT, 2012.11.06
  3. a b (anónimo): Mapa 20 : Diagrama das Linhas Férreas Portuguesas com as estações (Edição de 1985), CP: Departamento de Transportes: Serviço de Estudos: Sala de Desenho / Fergráfica — Artes Gráficas L.da: Lisboa, 1985
  4. TORRES, Carlos Manitto (16 de Março de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Ano 71 (1686). Lisboa. p. 133-140. Consultado em 16 de Julho de 2013 
  5. REIS et al, 2006:12
  6. (anónimo): “Caminho de Ferro da Beira AltaDiario Illustrado 3307 (1882.07.24)
  7. «BE quer obras em ramal ferroviário encerrado». Jornal de Notícias. Ano 123 (220). Controlinveste Media SGPS, S. A. 7 de Janeiro de 2011. p. 19. ISSN 0874-1352 
  8. «PNR defende ramal ferroviário da Pampilhosa». Correio da Manhã. 4 de Setembro de 2011. Consultado em 16 de Julho de 2013 
  9. «Ramal ferroviário Pampilhosa-Figueira da Foz debateu-se em Mira». Notícias Ribeirinhas. 30 de Setembro de 2011. Consultado em 16 de Julho de 2013 [ligação inativa]
  10. «Transportes: Reabertura de ramal ferroviário entre Pampilhosa e Figueira da Foz defendido em debate público». SIC Notícias. 26 de Maio de 2011. Consultado em 16 de Julho de 2013 [ligação inativa]
  11. MADEIRA, Paulo Miguel (17 de Dezembro de 2011). «CP encerra linhas do Leste e Beja-Funcheira a 1 de Janeiro». Público. Consultado em 16 de Julho de 2013 

BibliografiaEditar

  • REIS, Francisco Cardoso dos; GOMES, Rosa Maria; Gomes, Gilberto; et al. (2006). Os Caminhos de Ferro Portugueses 1856-2006. [S.l.]: CP-Comboios de Portugal e Público-Comunicação Social S. A. 238 páginas. ISBN 989-619-078-X 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.