Campeonato Carioca de Futebol

torneio de futebol do estado do Rio de Janeiro
(Redirecionado de Campeonato Carioca)

O Campeonato Carioca de Futebol, mais conhecido como Campeonato Carioca e popularmente como Cariocão, e oficialmente como Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, é a principal competição estadual entre os times de futebol do estado do Rio de Janeiro, no Brasil.

Campeonato Carioca de Futebol
Campeonato Estadual do Rio de Janeiro
Rio de Janeiro
Dados gerais
Organização FERJ
Edições 126 (desde 1906; há 118 anos)
Outros nomes Cariocão
Local de disputa Rio de Janeiro
Sistema Misto com grupos fechados (atual)
Divisões
Série A, Série A2, Série B1, Série B2, Série C
Edição atual
editar

Disputado desde 1906, o campeonato passou a ser organizado pela FERJ a partir de 1979. Atualmente, a competição inicia-se em janeiro e vai até meados de abril. O primeiro campeão foi o Fluminense e o atual campeão é o Flamengo, que venceu seu 38º título na edição de 2024. Entre os maiores vencedores estão o Flamengo com 38 títulos, Fluminense (33), Vasco da Gama (24) e Botafogo (21).

História editar

O campeonato estadual atual é disputado desde 1979, após a fusão entre a Federação Carioca de Futebol e a Federação Fluminense de Desportos, formando a FERJ, em setembro de 1978, três anos depois da fusão entre o Estado da Guanabara e o antigo Estado do Rio de Janeiro, cuja capital era Niterói. Até então, existiam os campeonatos Carioca e Fluminense, além do Fluminense de Seleções.

O termo "carioca" foi popularmente mantido ao nome deste campeonato estadual por dois motivos: o primeiro por conta da tradição, já que os grandes clubes do estado, quando o Rio de Janeiro ainda era a capital do Brasil, disputavam o Campeonato Carioca e não o Campeonato Fluminense; o segundo por popular e culturalmente carioca ser o gentílico mais utilizado pela maioria da população e o gentílico pelo qual seus habitantes são usualmente conhecidos fora do Estado do Rio de Janeiro, sendo carioca o gentílico de facto do Rio de Janeiro, não de direito. Atualmente, alguns grupos sociais buscam o reconhecimento junto à ALERJ de carioca como gentílico estadual co-oficial, junto com o antigo gentílico fluminense.[1] Por conta disso, este é o único campeonato estadual do Brasil a não utilizar o gentílico oficial de quem nasceu no estado, seja em seu nome oficial ou no nome popular.

 
Ilustração do troféu entregue aos campeões desde 2013. O mesmo foi inspirado na Taça Municipal, entregue aos campeões cariocas de 1908 a 1918.

A primeira temporada do campeonato, relativa ao então Distrito Federal, foi disputada em 1906 e é, portanto, a terceira competição estadual mais antiga do país, atrás do Campeonato Paulista e do Campeonato Baiano. A primeira partida pelo Campeonato Carioca foi disputada no dia 3 de maio de 1906 no Campo da rua Guanabara, no bairro de Laranjeiras, e o resultado foi Fluminense 7 a 1 Paissandu, com o primeiro gol da história sendo marcado pelo atacante tricolor Horácio da Costa.[2]

Até os anos 60, os campeonatos eram disputados por sistema de pontos corridos, havendo várias vezes um campeão por antecipação. Vez por outra, coincidia de na última rodada dois clubes se enfrentarem estando em disputa do título. Apenas duas vezes o Campeonato Carioca foi decidido fora da cidade do Rio de Janeiro, a primeira, logo na edição inicial, em 1906, decidido na cidade de Niterói, no Campo do Rio Cricket e Associação Atlética.[3] Já a decisão do 2013 ocorreu na cidade de Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira.[4][5]

A final do Campeonato Carioca de 1963, um Fla-Flu (vencido pelo Flamengo nas penalidades após empate sem gols), detém o recorde mundial de público de partidas entre clubes: 194.603 espectadores.[6][7][8]

Lista de campeões editar

Performances editar

Por clube editar

Clube com mais títulos
Clube Títulos Vices Terceiro lugar Quarto lugar G4
Flamengo 38 (1914, 1915, 1920, 1921, 1925, 1927, 1939, 1942, 1943, 1944, 1953, 1954, 1955, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978, 1979-I, 1979-II, 1981, 1986, 1991, 1996, 1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009, 2011, 2014, 2017, 2019, 2020, 2021 e 2024) 35 (1912, 1913, 1919, 1922, 1923, 1924, 1932, 1936, 1937, 1938, 1940, 1941, 1952, 1958, 1961, 1962, 1966, 1968, 1969, 1973, 1977, 1982, 1983, 1984, 1987, 1988, 1989, 1992, 1994, 1995, 1998, 2010, 2013, 2022 e 2023) 17 (1917, 1935, 1946, 1947, 1948, 1949, 1956, 1957, 1964, 1980, 1985, 1993, 1997, 2003, 2012, 2015 e 2018) 9 (1916, 1918, 1928, 1951, 1960, 1971, 1975, 1990 e 2016) 98
Fluminense 33 (1906, 1907, 1908, 1909, 1911, 1917, 1918, 1919, 1924, 1936, 1937, 1938, 1940, 1941, 1946, 1951, 1959, 1964, 1969, 1971, 1973, 1975, 1976, 1980, 1983, 1984, 1985, 1995, 2002, 2005, 2012, 2022 e 2023) 25 (1910, 1915, 1920, 1925, 1927, 1933, 1935, 1943, 1949, 1952, 1953, 1956, 1957, 1960, 1963, 1970, 1972, 1979-II, 1991, 1993, 2003, 2011, 2017, 2020 e 2021) 22 (1922, 1926, 1942, 1948, 1962, 1965, 1966, 1967, 1977, 1978, 1986, 1990, 1992, 1994, 1998, 1999, 2004, 2008, 2010, 2013, 2014 e 2016) 22 (1914, 1923, 1929, 1939, 1944, 1947, 1958, 1961, 1968, 1979-I, 1987, 1988, 1989, 1996, 1997, 2000, 2001, 2009, 2015, 2018, 2019 e 2024) 102
Vasco da Gama 24 (1923, 1924, 1929, 1934, 1936, 1945, 1947, 1949, 1950, 1952, 1956, 1958, 1970, 1977, 1982, 1987, 1988, 1992, 1993, 1994, 1998, 2003, 2015 e 2016) 26 (1926, 1928, 1930, 1931, 1935, 1944, 1948, 1961, 1968, 1974, 1976, 1978, 1979-I, 1980, 1981, 1986, 1990, 1996, 1997, 1999, 2000, 2001, 2004, 2014, 2018 e 2019) 16 (1925, 1933, 1937, 1937-FMD, 1938, 1940, 1972, 1973, 1975, 1979-II, 1984, 1989, 2009, 2017, 2022, 2023 e 2024) 18 (1927, 1941, 1943, 1953, 1954, 1955, 1957, 1959, 1962, 1969, 1985, 1991, 1995, 2007, 2008, 2010, 2012 e 2013) 84
Botafogo 21 (1907, 1910, 1912, 1930, 1932, 1933, 1934, 1935, 1948, 1957, 1961, 1962, 1967, 1968, 1989, 1990, 1997, 2006, 2010, 2013 e 2018) 21 (1908, 1909, 1913, 1914, 1916, 1918, 1939, 1942, 1944, 1945, 1946, 1947, 1959, 1971, 1975, 2007, 2008, 2009, 2012, 2015 e 2016) 21 (1919, 1928, 1938, 1941, 1951, 1953, 1956, 1958, 1960, 1965, 1966, 1969, 1970, 1979-I, 1981, 1991, 1995, 1996, 2000, 2005 e 2011) 26 (1906, 1915, 1920, 1922, 1924, 1925, 1931, 1936, 1937, 1940, 1949, 1950, 1963, 1964, 1972, 1973, 1974, 1976, 1977, 1978, 1979-II, 1982, 1986, 1994, 2017 e 2022) 89
America 7 (1913, 1916, 1922, 1928, 1931, 1935 e 1960) 8 (1911, 1914, 1917, 1921, 1929, 1950, 1954 e 1955) 16 (1908, 1909, 1910, 1912, 1915, 1920, 1927, 1930, 1934, 1936, 1945, 1947, 1974, 1976, 1982 e 2006) 5 (1946, 1967, 1968, 1970 e 1983) 36
Bangu 2 (1933 e 1966) 6 (1951, 1959, 1964, 1965, 1967 e 1985) 12 (1916, 1921, 1931, 1934, 1950, 1954, 1955, 1963, 1983, 1987, 2002 e 2019) 12 (1926, 1930, 1932, 1937, 1952, 1961, 1968, 1980, 1981, 1984, 1993 e 1998) 32
São Cristóvão 2 (1926 e 1937) 1 (1934) 8 (1918, 1923, 1924, 1929, 1935, 1936, 1939 e 1943) 4 (1917, 1919, 1932 e 1942) 15
Paissandu 1 (1912) 1 (1906) 1 (1907) 2 (1911 e 1913) 5
Madureira 0 3 (1936, 1937 e 2006) 1 (2007) 0 4
Andarahy 0 1 (1934) 3 (1921, 1932 e 1933) 2 (1924 e 1935) 6
Americano 0 1 (2002) 2 (1988 e 2001) 3 (2003, 2004 e 2005) 6
Olaria 0 1 (1933) 2 (1934 e 1971) 0 3
Bonsucesso 0 1 (1924) 1 (1933) 2 (1935 e 1936) 4
Volta Redonda 0 1 (2005) 1 (2020) 2 (2021 e 2023) 4
SC Americano 0 1 (1912) 0 0 1
Nova Iguaçu 0 1 (2024) 0 0 1
Rio Cricket 0 0 2 (1906 e 1911) 2 (1908 e 1912) 4
Engenho de Dentro AC 0 0 1 (1924) 1 (1933) 2
AA Internacional 0 0 1 (1907) 0 1
Paulistano-RJ 0 0 1 (1912) 0 1
Mavílis FC 0 0 1 (1934) 0 1
Portuguesa-RJ 0 0 1 (2021) 0 1
Riachuelo 0 0 0 2 (1909 e 1910) 2
Friburguense 0 0 0 2 (1999 e 2002) 2
Cabofriense 0 0 0 2 (2006 e 2014) 2
Boavista-RJ 0 0 0 2 (2011 e 2020) 2
Germânia 0 0 0 1 (1912) 1
América de Três Rios 0 0 0 1 (1992) 1

Por cidade editar

Cidade Títulos Vices Terceiro lugar Quarto lugar Total de G4
  Rio de Janeiro 128 130 125 105 487
  Campos dos Goytacazes 0 1 2 3 6
  Volta Redonda 0 1 1 2 4
  Nova Iguaçu 0 1 0 0 0
  Niterói 0 0 2 2 4
  Cabo Frio 0 0 0 2 2
  Nova Friburgo 0 0 0 2 2
  Saquarema 0 0 0 2 2
  Três Rios 0 0 0 1 1

Por microrregião editar

Microrregião Títulos Vices Terceiro lugar Quarto lugar Total de G4
Rio de Janeiro 128 131 127 107 491
Campos dos Goytacazes 0 1 2 3 6
Vale do Paraíba do Sul 0 1 1 2 4
Lagos 0 0 0 4 4
Nova Friburgo 0 0 0 2 2
Três Rios 0 0 0 1 1

Por mesorregião editar

Mesorregião Títulos Vices Terceiro lugar Quarto lugar Total de G4
Metropolitana 128 131 127 107 491
Norte Fluminense 0 1 2 3 6
Sul Fluminense 0 1 1 2 4
Baixadas Litorâneas 0 0 0 4 4
Centro Fluminense 0 0 0 3 3

Recordes editar

Títulos consecutivos editar

Tetracampeonatos editar

Tricampeonatos editar

  • Flamengo: 6 vezes (1942-43-44, 1953-54-55, 1978-79(I)-79(II), 1999-2000-01, 2007-08-09 e 2019-20-21)
  • Fluminense: 3 vezes (1917-18-19, 1936-37-38 e 1983-84-85)
  • Vasco da Gama: 1 vez (1992-93-94)

Bicampeonatos editar

Campeões do Campeonato Carioca, Taça Guanabara e Taça Rio editar

Campeões invictos editar

Por período editar

Pré-profissionalismo (1906–1932; 1933–1934 AMEA) editar

Títulos por clube durante o amadorismo:

Clube Títulos
Fluminense 9
Botafogo 7
Flamengo 6
America 5
Vasco da Gama 3
São Cristóvão 1
Paissandu 1

A FMD, sucessora da AMEA (que defendia o amadorismo), não abandonou o amadorismo a priori, mas passou a adotar um regime livre/misto, aceitando jogadores e clubes profissionais.[9] Na prática, jogar como profissional na liga passou a ser uma questão de escolha ou condições econômicas.[10] Suas disputas serão agregados na fase profissional.

Pós-profissionalismo (1933–1934 LCF; 1935–2024) editar

Títulos por clube após o profissionalismo do Futebol Carioca:

Clube Títulos
Flamengo 32
Fluminense 24
Vasco da Gama 21
Botafogo 14
America 2
Bangu 2
São Cristóvão 1

Pré-fusão (1906–1979 I) editar

Títulos por clube antes da fusão entre a Federação Carioca de Futebol e a Federação Fluminense de Despostos, que ocorreu devido à fusão entre o Estado da Guanabara e o antigo Estado do Rio de Janeiro em 1975:

Clube Títulos
Fluminense 23
Flamengo 19
Vasco da Gama 14
Botafogo 14
America 7
Bangu 2
São Cristóvão 2
Paissandu 1

Pós-fusão (1979 II–2024) editar

Títulos por clube após a fusão entre a Federação Carioca de Futebol e a Federação Fluminense de Desportos:

Clube Títulos
Flamengo 19
Vasco da Gama 10
Fluminense 10
Botafogo 7

Distrito Federal (1906–1959) editar

Títulos por clube enquanto a cidade do Rio de Janeiro tinha o status de Distrito Federal:

Clube Títulos
Fluminense 17
Flamengo 13
Vasco da Gama 12
Botafogo 10
America 6
São Cristóvão 2
Bangu 1
Paissandu 1

Estado da Guanabara (1960–1979 I) editar

Títulos por clube enquanto Campeonato Estadual da Guanabara:

Clube Títulos
Flamengo 8
Fluminense 7
Botafogo 4
Vasco da Gama 3
America 1
Bangu 1

Campeões da Guanabara enquanto esta existia (1960 a 1974): Flamengo: 6; Fluminense: 5; Botafogo: 4; Vasco: 2; America: 1; Bangu: 1.

Século XX (1906–2000) editar

Títulos por clube no século XX:

Clube Títulos
Fluminense 28
Flamengo 26
Vasco da Gama 21
Botafogo 17
America 7
Bangu 2
São Cristóvão 2
Paissandu 1

Século XXI (2001–2024) editar

Títulos por clube no século XXI:

Clube Títulos
Flamengo 12
Fluminense 5
Botafogo 4
Vasco da Gama 3

Participações editar

Os seis clubes que mais participaram da competição:

Clubes Cidade Participações Anos
Fluminense   Rio de Janeiro 119 1906–2024
Botafogo   Rio de Janeiro 118 (*) 1906-2024
Flamengo   Rio de Janeiro 113 1912–2024
Bangu   Rio de Janeiro 111 1906, 1909, 1912–1913, 1915–2004 e 2009–2024
America   Rio de Janeiro 105 1906, 1909, 1912–1913, 1915–2004 e 2009–2018
Vasco da Gama   Rio de Janeiro 103 1923-2024

(*) O Botafogo abandonou o Campeonato Carioca de 1911 e seus jogos, logo a sua participação, foram anulados.[11]

Artilheiros editar

Artilheiros por edições editar

Maiores artilheiros editar

Os 25 maiores artilheiros da história do Campeonato Carioca:[12]

  1. 284 gols:   Roberto Dinamite (Vasco da Gama)
  2. 239 gols:   Zico (Flamengo)
  3. 233 gols:   Romário (Vasco da Gama, Flamengo e Fluminense)
  4. 197 gols:   Ademir de Menezes (Vasco da Gama e Fluminense)
  5. 196 gols:   Nilo (Botafogo, Brasil e Fluminense)
  6. 172 gols:   Ladislau da Guia (Bangu e Canto do Rio)
  7. 166 gols:   Carvalho Leite (Botafogo)
  8. 164 gols:   Russinho (Andarahy, Vasco da Gama e Botafogo)
  9. 156 gols:   Luizinho Lemos (America, Flamengo, Botafogo e Americano)
  10. 153 gols:   Zizinho (Flamengo e Bangu)
  11. 151 gols:   Pirillo (Flamengo e Botafogo)
  12. 149 gols:   Quarentinha (Botafogo e Bonsucesso)
  13. 133 gols:   Heleno de Freitas (Botafogo e Vasco da Gama)
  14. 125 gols:   Leônidas da Silva (Syrio e Libanez, Bonsucesso, Flamengo e Botafogo)
  15. 123 gols:   Welfare (Fluminense)
  16. 118 gols: