Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe

(Redirecionado de CONCACAF)

CONCACAF (Confederation of North, Central American and Caribbean Association Football, Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (português brasileiro) ou Caraíbas (português europeu)), é o órgão que governa o futebol continental na América do Norte, Central e o Caribe. Três entidades da América do Sul, as nações independentes da Guiana e Suriname, e a Guiana Francesa, também são membros.

Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe
(CONCACAF)
CONCACAF member associations map.svg

Tipo Desportiva
Fundação 1961
Sede Estados Unidos Miami, Estados Unidos
Filiação FIFA
Presidente Canadá Victor Montagliani
Sítio oficial Site Oficial

A CONCACAF foi fundada na sua presente forma em 1961 e é uma das seis confederações aliadas à FIFA. São suas funções primárias organizar competições para seleções e clubes e conduzir as Eliminatórias.

Logo da Concacaf até 2018.

Países membrosEditar

Zona norte-americana (NAFU)Editar

Zona centro-americana (UNCAF)Editar

Zona caribenha (CFU)Editar

Zona sul-americanaEditar

Representantes da CONCACAF na Copa do MundoEditar

Participações em copasEditar

CompetiçõesEditar

SeleçõesEditar

AtivasEditar

ExtintasEditar

ClubesEditar

AtivasEditar

ExtintasEditar

Desempenho dos integrantes da CONCACAF em campeonatos internacionaisEditar

Títulos de seleçõesEditar

*: Embora a FIFA não considere o título olímpico do Canadá como oficial, o Comitê Olímpico Internacional pensa diferente, tanto que distribuiu as medalhas de ouro, prata e bronze aos respectivos ganhadores. Para o COI, o Canadá é um legítimo campeão olímpico
**: junto com o Brasil.

Campanhas de destaque de seleçõesEditar

***: junto com a Iugoslávia
****: O Comitê Olímpico Internacional distribuiu as medalhas de ouro, prata e bronze aos respectivos ganhadores. Jogou com duas equipes.
*****: organizado pela FIFA.

Títulos de clubesEditar

Campanhas de destaque de clubesEditar

*****: O Los Angeles Galaxy, dos EUA, e o Olimpia, de Honduras, respectivamente campeão e vice-campeão da Copa dos Campeões da CONCACAF em 2000, ganharam o direito de disputarem o Mundial de Clubes da FIFA de 2001. Porém, com a falência da ISL, empresa de marketing esportivo que, na ocasião, era parceira da FIFA, o campeonato foi cancelado e o Galaxy e o Olimpia perderam a chance de serem as primeiras equipes estadunidense, hondurenha e da Major League Soccer (MLS, a liga estadunidense de futebol filiada à CONCACAF) a participarem dessa competição.[1] Depois disso, essas equipes não tiveram, até o momento, oportunidade de participar da Copa do Mundo de Clubes da FIFA.

Referências

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar