Abrir menu principal

Wikipédia β

Copa do Mundo FIFA de 1998

(Redirecionado de Copa do Mundo de 1998)

A Copa do Mundo FIFA de 1998 foi a décima sexta edição da Copa do Mundo FIFA de Futebol e a primeira a contar com 32 seleções. Ocorreu de 10 de junho até 12 de julho de 1998.

Copa do Mundo FIFA de 1998
Coupe du Monde - France 98
França 1998
World Cup 1998 FIFAlogo.png
Cartaz promocional da Copa do Mundo Fifa de 1998 na França.
Dados
Participantes 32
Organização FIFA
Anfitrião  França
Período 10 de junho12 de julho
Gol(o)s 171
Partidas 64
Média 2,67 gol(o)s por partida
Campeão Bandeira da França França (1º título)
Vice-campeão Brasil Brasil
3º colocado Bandeira da Croácia Croácia
4º colocado Países Baixos Países Baixos
Melhor marcador CroáciaCRO Davor Šuker – 6 gols
Melhor ataque (fase inicial) Bandeira da França França – 9 gols
Melhor defesa (fase inicial) Flag of Argentina.svg Argentina – Nenhum gol
Maior goleada
(diferença)
Flag of Spain.svg Espanha 6 – 1 Flag of Bulgaria.svg Bulgária
Stade Félix BollaertLens
24 de junho, Grupo D, 3ª rodada
Público 2 785 100
Média 43 517,2 pessoas por partida
Premiações
Melhor jogador
BrasilBRA Ronaldo
Melhor goleiro FrançaFRA Fabien Barthez
Melhor jogador jovem InglaterraENG Michael Owen
Fair play Flag of England.svg Inglaterra, Bandeira da França França
◄◄ Estados Unidos 1994 Soccerball.svg 2002 Coreia do Sul / Japão ►►

O evento foi sediado na França, pela segunda vez, tendo partidas realizadas nas cidades de Saint-Denis, Marselha, Paris, Lens, Lyon, Nantes, Toulouse, Saint-Étienne, Bordéus e Montpellier. Trinta e duas seleções nacionais foram qualificadas para participar desta edição do campeonato, sendo quinze delas europeias (França, Alemanha, Itália, Holanda, Romênia, Espanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Dinamarca, Inglaterra, Noruega, Escócia e Iugoslávia), oito americanas (Brasil, Argentina, Jamaica, México, Estados Unidos, Chile, Colômbia e Paraguai), cinco africanas (Camarões, Marrocos, Nigéria, África do Sul e Tunísia) e quatro asiáticas (Irã, Japão, Coreia do Sul e Arábia Saudita).

O torneio foi marcado por goleadas, entre elas França 4 x 0 Arábia Saudita, Espanha 6 x 1 Bulgária, Holanda 5 x 0 Coreia do Sul e Argentina 5 x 0 Jamaica. A copa teve vários destaques, como Edwin van der Sar, Jaap Stam, Edgar Davids, Patrick Kluivert e Dennis Bergkamp da Holanda, Brian Laudrup e Michael Laudrup da Dinamarca, Gabriel Batistuta da Argentina, Davor Šuker da Croácia, Taffarel, Ronaldo, Rivaldo, Bebeto, Dunga, Cafu e Roberto Carlos do Brasil e Lilian Thuram, Marcel Desailly, Bixente Lizarazu, Laurent Blanc, Didier Deschamps, Youri Djorkaeff, Fabien Barthez e o destacado Zinédine Zidane da França.

A final da Copa do Mundo FIFA de 1998 foi disputada pela França, que havia eliminado a Croácia, a Itália e o Paraguai; e o Brasil, que havia eliminado a Holanda, a Dinamarca e o Chile. A partida foi realizada em 12 de julho às 21 horas, no Stade de France, com um público estimado em oitenta mil pessoas. Sob o apito do árbitro marroquino Said Belqola, Zinédine Zidane marcou duas vezes no primeiro tempo e Emmanuel Petit ampliou aos 48 minutos do segundo tempo, terminando a partida em 3 a 0, derrotando a seleção brasileira, então a última campeã do mundo e única tetracampeã da época (a Itália se tornaria tetra em 2006, quando o Brasil já era penta). O capitão francês Didier Deschamps levantou a taça do primeiro título da França em Copas do Mundo.

Índice

Transmissão pela TV no BrasilEditar

A cobertura pela TV brasileira foi feita por Globo, Bandeirantes, Record, SBT, Manchete, ESPN Brasil e SporTV.

Na Globo, os locutores foram Galvão BuenoOliveira Andrade e Cléber Machado, e os comentaristas foram  Raul Plassmann e Arnaldo Cezar Coelho. Na Band, a narração ficou por conta de Luciano do Valle,Marco Antônio MatosJota Júnior e os comentaristas foram GérsonRivelino, Otto Alves e o recém-contratado Tostão. No SBT, os locutores foram  Silvio Luiz, Téo José, Nivaldo Prieto, embora narravam os jogos sozinhos. Na Record os locutores eram Luiz Alfredo e José Luiz Datena.

EliminatóriasEditar

O torneioEditar

A fase inicial da competição teve sua fórmula modificada em relação à edição anterior. Enquanto 24 equipes divididas em 6 grupos competiram em 1994, 32 seleções divididas em 8 grupos disputaram o último certame do século XX. Apenas o campeão e o vice de cada grupo se classificavam para a segunda fase, em oposição a torneios predecessores onde alguns terceiros colocados também garantiam vaga na fase final. A fase final não se alterou: os 16 classificados se reúnem em oitavas-de-final e jogam o mata-mata.

No Grupo A, o Brasil, um dos favoritos ao título, estava acompanhado por Escócia, Marrocos e Noruega, equipes de nível mais limitado. O time mesclava a experiência de Dunga e Taffarel com alguns jovens talentos, como Roberto Carlos, Rivaldo e Ronaldo "Fenômeno", e acabou se classificando em primeiro lugar no grupo, mesmo após uma derrota contra a Noruega, que ficou em segundo lugar no grupo.

No equilibrado Grupo B, a Itália, vice-campeã da última edição, confirmou o favoritismo e classificou-se na última rodada após um empate com o Chile. A combinação de resultados garantiu aos sul-americanos a segunda colocação. Áustria (retornando oito anos após o Mundial de 1990) e Camarões não tiveram sucesso. No grupo C estava a França, dona da casa. O time de Zidane, Barthez e Deschamps avançou em primeiro no grupo, enquanto a Dinamarca, liderada pelos irmãos Michael e Brian Laudrup ficou com a outra vaga. A África do Sul, estreante em Copas, despediu-se de forma decepcionante, e a Arábia Saudita não conseguiu repetir o sucesso de 1994, não conquistando sequer uma vitória.

No Grupo D, a favorita Espanha, formada principalmente por jogadores do Real Madrid, amargou a desclassificação já na primeira fase. A Bulgária, na despedida de Hristo Stoichkov, também decepcionou os especialistas, ficando na última colocação. O destaque positivo ficou para Nigéria e Paraguai (retornando a uma Copa após 12 anos sem disputar o torneio), que classificaram-se de forma surpreendente para as oitavas-de-final. Já a Holanda e o México classificaram-se no disputado Grupo E, enquanto Coreia do Sul e Bélgica não conseguiram passar de fase.

O Grupo F representava um tom político na Copa. Irã e Estados Unidos, rivais no campo diplomático, fizeram uma disputa leal em campo, mas nenhuma das duas seleções garantiu a classificação. As vagas ficaram com Alemanha e Iugoslávia, que empataram e venceram os dois adversários. No Grupo G, holofotes para a Inglaterra e seus dois jovens jogadores, David Beckham e Michael Owen. Em campo, a classificação se deu no segundo lugar, atrás da Romênia de Gheorghe Hagi. A Colômbia e a Tunísia (voltando após vinte anos após sua última participação) foram eliminadas.

No Grupo H, a Argentina, dirigida por Daniel Passarella, venceu suas três partidas e garantiu a classificação para as oitavas-de-final. A Croácia, liderada por Davor Šuker, ficou com a segunda vaga, enquanto o Japão e a Jamaica, ambos estreantes em Copas, não classificaram-se.

Nas oitavas-de-final, a Argentina classificou-se nos pênaltis após um empate no tempo normal com a Inglaterra, em um jogo que ficou marcado pela expulsão de Beckham, irritado pelas provocações de Diego Simeone. O Brasil também passou de fase após uma goleada sobre o Chile, com dois gols de Ronaldo. Em uma partida empolgante, a Croácia bateu a Romênia pelo placar simples. E os donos da casa só bateram o Paraguai no segundo tempo da prorrogação, com um gol de ouro do zagueiro Laurent Blanc. A Dinamarca, com um futebol envolvente, eliminou a Nigéria com uma goleada. Nas outras partidas, Itália, Holanda e Alemanha avançaram após difíceis vitórias contra Noruega, Iugoslávia e México, respectivamente.

Na fase seguinte, o Brasil reafirmou seu favoritismo após uma virada contra a Dinamarca. E a Itália amargou sua terceira eliminação consecutiva em pênaltis em uma Copa do Mundo, desta vez para a França. A Argentina foi derrotada num duelo de favoritos pela Holanda, graças a um belo gol de Bergkamp no fim do segundo tempo. Já a Croácia humilhou a Alemanha na maior goleada das quartas-de-final, tornando-se a grande sensação da edição.

Em Marselha, Holanda e Brasil mediram forças. Após empate no tempo normal, Taffarel defende dois pênaltis e torna-se um dos principais responsáveis pela classificação brasileira à final. Já em Saint-Denis, os anfitriões eliminaram a grande zebra do campeonato. A Croácia abriu o placar com Šuker, mas a França conquistou a classificação no fim da partida, com dois gols de Lilian Thuram, que nunca havia marcado com a camisa dos Bleus. Na disputa do terceiro lugar, a Croácia entrou para a história do futebol ao vencer a desmotivada equipe holandesa.

Na final a França bateu o Brasil por 3 a 0, com uma grande atuação de Zidane, que marcou dois gols na decisão. Os Bleus garantiram, então, seu primeiro título mundial, após tentativas frustradas das gerações de Fontaine, Kopa e Platini.

SedesEditar

ÁrbitrosEditar

SorteioEditar

O sorteio foi realizado no Stade Vélodrome em Marseilles, no dia 4 de Dezembro de 1997.

França, anfitriã, e Brasil, último campeão, foram cabeças de chave por direito.

Os cabeças de chave foram: Alemanha, Argentina, Brasil, Espanha, França, Holanda, Itália e Romênia.

Pote A (Cabeças de Chave) Pote B (UEFA) Pote C (AFC/CONMEBOL) Pote D (CAF/CONCACAF)

  França

  Brasil

  Alemanha

  Argentina

  Espanha

  Itália

  Países Baixos

  Romênia

  Áustria

  Bélgica

  Bulgária

  Croácia

  Dinamarca

  Escócia

  Inglaterra

  Iugoslávia

  Noruega

  Arábia Saudita

  Coreia do Sul

  Irã

  Japão

  Chile

  Colômbia

  Paraguai

  África do Sul

  Camarões

  Marrocos

  Nigéria

  Tunísia

  Estados Unidos

  Jamaica

  México

Primeira FaseEditar

Grupo AEditar

Seleção Pts J V E D GP GC SG
  Brasil 6 3 2 0 1 6 3 3
  Noruega 5 3 1 2 0 5 4 1
  Marrocos 4 3 1 1 1 5 5 0
  Escócia 1 3 0 1 2 2 6 -4
10 de junho Brasil   2 – 1   Escócia Stade de France, Saint-Denis
17:30
César Sampaio   4'
Boyd   73'
Relatório Collins   38' (pen.) Público: 80 000
Árbitro:  ESP José Maria Aranda

10 de junho Marrocos   2 – 2   Noruega Stade de la Mosson, Montpellier
21:00
Hadji   38'
Hadda   59'
Relatório Chippo   45+1'
Eggen   60'
Público: 29 800
Árbitro:  THA Pirom Anprasert

16 de junho Escócia   1 – 1   Noruega Parc Lescure, Bordéus
17:30
Burley   66' Relatório H. Flo   46' Público: 31 800
Árbitro:  HUN László Vagner

16 de junho Brasil   3 – 0   Marrocos Stade de la Beaujoire, Nantes
21:00
Ronaldo   9'
Rivaldo   45+2'
Bebeto   50'
Relatório Público: 35 500
Árbitro:  RUS Nikolai Levnikov

23 de junho Escócia   0 – 3   Marrocos Stade Geoffroy-Guichard, Saint-Étienne
21:00
Relatório Bassir   22',   85'
Hadda   46'
Público: 30 600
Árbitro:  UAE Ali Bujsaim

23 de junho Brasil   1 – 2   Noruega Stade Vélodrome, Marselha
21:00
Bebeto   78' T.A. Flo   83'
Rekdal   88' (pen.)
Público: 55 000
Árbitro:  USA Esfandiar Baharmast

Grupo BEditar

Seleção Pts J V E D GP GC SG
  Itália 7 3 2 1 0 7 3 4
  Chile 3 3 0 3 0 4 4 0
  Áustria 2 3 0 2 1 3 4 -1
  Camarões 2 3 0 2 1 2 5 -3
11 de junho Itália   2 – 2   Chile Parc Lescure, Bordéus
17:30
Vieri   10'
R. Baggio   85' (pen.)
Relatório Salas   45',   49' Público: 31 800
Árbitro:  NIG Lucien Bouchardeau

11 de junho Camarões   1 – 1   Áustria Stade de Toulouse, Toulouse
21:00
Njanka   78' Relatório Polster   90+1' Público: 33 460
Árbitro:  PAR Epifanio González

17 de junho Chile   1 – 1   Áustria Stade Geoffroy-Guichard, Saint-Étienne
17:30
Salas   70' Relatório Vastić   90' Público: 30 600
Árbitro:  EGY Gamal Al-Ghandour

17 de junho Itália   3 – 0   Camarões Stade de la Mosson, Montpellier
21:00
di Biagio   7'
Vieri   75',   89'
Relatório Público: 29 800
Árbitro:  AUS Edward Lennie

23 de junho Itália   2 – 1   Áustria Stade de France, Saint-Denis
16:00
Vieri   49'
R. Baggio   89'
Relatório Herzog   90' (pen.) Público: 80 000
Árbitro:  ENG Paul Durkin

23 de junho Chile   1 – 1   Camarões Stade de la Beaujoire, Nantes
16:00
Sierra   20' Relatório M'Boma   55' Público: 35 500
Árbitro:  HUN László Vágner

Grupo CEditar

Seleção Pts J V E D GP GC SG
  França 9 3 3 0 0 9 1 8
  Dinamarca 4 3 1 1 1 3 3 0
  África do Sul 2 3 0 2 1 3 6 -3
  Arábia Saudita 1 3 0 1 2 2 7 -5
12 de junho Arábia Saudita   0 – 1   Dinamarca Stade Félix Bollaert, Lens
17:30
Relatório Rieper   69' Público: 38 100
Árbitro:  ARG Javier Castrilli

12 de junho França   3 – 0   África do Sul Stade Vélodrome, Marselha
21:00
Dugarry   36'
Issa   77'
Henry   90+2'
Relatório Público: 55 000
Árbitro:  BRA Márcio Rezende de Freitas

18 de junho África do Sul   1 – 1   Dinamarca Stade Municipal de Toulouse, Toulouse
17:30
McCarthy   51' Relatório Nielsen   12' Público: 33 300
Árbitro:  COL John Toro Rendón

18 de junho França   4 – 0   Arábia Saudita Stade de France, Saint-Denis
21:00
Henry   37',   78'
Trézéguet   68'
Lizarazu   85'
Relatório Público: 80 000
Árbitro:  MEX Arturo Brizio Carter

24 de junho França   2 – 1   Dinamarca Stade de Gerland, Lyon
16:00
Djorkaeff   12' (pen)
Petit   56'
Relatório M. Laudrup   42' (pen) Público: 39 100
Árbitro:  ITA Pierluigi Collina

24 de junho África do Sul   2 – 2   Arábia Saudita Parc Lescure, Bordéus
16:00
Bartlett   18',   90+3' (pen) Relatório Al-Jaber   45+2' (pen)
Al-Thunayan   74' (pen)
Público: 31 800
Árbitro:  CHI Mario Sánchez

Grupo DEditar

Seleção Pts J V E D GP GC SG
  Nigéria 6 3 2 0 1 5 5 0
  Paraguai 5 3 1 2 0 3 1 2
  Espanha 4 3 1 1 1 8 4 4
  Bulgária 1 3 0 1 2 1 7 -6
12 de junho de 1998
14:30
  Paraguai 0–0   Bulgária Stade de la Mosson, Montpellier
Público: 27650
Árbitro: Al-Zeid (Arábia Saudita)


13 de junho de 1998
14:30
  Espanha 2–3   Nigéria Stade de la Beaujoire, Nantes
Público: 33257
Árbitro: Baharmast (Estados Unidos)

Hierro   20'
Raúl   46'
Adepoju   24'
Zubizarreta   73' (g.c.)
Oliseh   77'

19 de junho de 1998
17:30(horário local)/09:30(horário do Brasil)
  Nigéria 1–0   Bulgária Parc des Princes, Paris
Público: 45500
Árbitro: Sánchez (Chile)

Ikpeba   26'

19 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Espanha 0–0   Paraguai Stade Geoffroy-Guichard, Saint-Étienne
Público: 30600
Árbitro: McLeod (África do Sul)


24 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Nigéria 1–3   Paraguai Stade Municipal de Toulouse, Toulouse
Público: 33500
Árbitro: Un-Prasert (Tailândia)

Oruma   10' Ayala   1'
Benítez   58'
Cardozo   86'

24 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Espanha 6–1   Bulgária Stade Félix Bollaert, Lens
Público: 38100
Árbitro: van der Ende (Holanda)

Hierro   5' (pen)
Luis Enrique   18'
Morientes   53',   80'
Bachev   88'
Kiko   90'
Kostadinov   56'

Grupo EEditar

Seleção Pts J V E D GP GC SG
  Países Baixos 5 3 1 2 0 7 2 5
  México 5 3 1 2 0 7 5 2
  Bélgica 3 3 0 3 0 3 3 0
  Coreia do Sul 1 3 0 1 2 2 9 -7
13 de junho de 1998
17:30(horário local)/12:30(horário do Brasil)
  Coreia do Sul 1–3   México Stade de Gerland, Lyon
Público: 39133
Árbitro: Benkö (Áustria)

Ha Seok-Ju   28' Peláez   51'
Hernández   74',   84'

13 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Países Baixos 0–0   Bélgica Stade de France, Saint-Denis
Público: 75000
Árbitro: Collina (Itália)


20 de junho de 1998
17:30(horário local)/12:30(horário do Brasil)
  Bélgica 2–2   México Parc Lescure, Bordéus
Público: 31800
Árbitro: Dallas (Escócia)

Wilmots   42',   47' García Aspe   55' (pen.)
Blanco   62'

20 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Países Baixos 5–0   Coreia do Sul Stade Vélodrome, Marselha
Público: 55000
Árbitro: Wójcik (Polônia)

Cocu   38'
Overmars   42'
Bergkamp   71'
van Hooijdonk   80'
R. de Boer   83'

25 de junho de 1998
16:00(horário local)/11:00(horário do Brasil)
  Países Baixos 2–2   México Stade Geoffroy-Guichard, Saint-Étienne
Público: 30600
Árbitro: Al-Zeid (Arábia Saudita)

Cocu   4'
R. de Boer   18'
Peláez   75'
Hernández   90+4'

25 de junho de 1998
16:00(horário local)/11:00(horário do Brasil)
  Bélgica 1–1   Coreia do Sul Parc des Princes, Paris
Público: 45500
Árbitro: Rezende de Freitas (Brasil)

Nilis   7' Yoo Sang-Chul   71'

Grupo FEditar

Seleção Pts J V E D GP GC SG
  Alemanha 7 3 2 1 0 6 2 4
  Iugoslávia 7 3 2 1 0 4 2 2
  Irã 3 3 1 0 2 2 4 -2
  Estados Unidos 0 3 0 0 3 1 5 -4
14 de junho de 1998
17:30(horário local)/12:30(horário do Brasil)
  Iugoslávia 1–0   Irã Stade Geoffroy-Guichard, Saint-Étienne
Público: 30392
Árbitro: Tejada (Peru)

Mihajlović   72'

15 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Alemanha 2–0   Estados Unidos Parc des Princes, Paris
Público: 43815
Árbitro: Belqola (Marrocos)

Möller   10'
Klinsmann   67'

21 de junho de 1998
14:30(horário local)/09:30(horário do Brasil)
  Alemanha 2–2   Iugoslávia Stade Félix Bollaert, Lens
Público: 38100
Árbitro: Milton Nielsen (Dinamarca)

Mihajlović   72' (g.c.)
Bierhoff   78'
Mijatović   13'
Stojković   52'

21 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Estados Unidos 1–2   Irã Stade de Gerland, Lyon
Público: 39100
Árbitro: Meier (Suíça)

McBride   87' Estili   40'
Mahdavikia   84'

25 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Estados Unidos 0–1   Iugoslávia Stade de la Beaujoire, Nantes
Público: 35500
Árbitro: Al-Ghandour (Egito)

Komljenović   4'

25 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Alemanha 2–0   Irã Stade de la Mosson, Montpellier
Público: 29800
Árbitro: González (Paraguai)

Bierhoff   50'
Klinsmann   57'

Grupo GEditar

Seleção Pts J V E D GP GC SG
  Romênia 7 3 2 1 0 4 2 2
  Inglaterra 6 3 2 0 1 5 2 3
  Colômbia 3 3 1 0 2 1 3 -2
  Tunísia 1 3 0 1 2 1 4 -3
15 de junho de 1998
14:30(horário local)/09:30(horário do Brasil)
  Inglaterra 2–0   Tunísia Stade Vélodrome, Marselha
Público: 54587
Árbitro: Okada (Japão)

Shearer   42'
Scholes   89'

15 de junho de 1998
17:30(horário local)/12:30(horário do Brasil)
  Romênia 1–0   Colômbia Stade de Gerland, Lyon
Público: 37572
Árbitro: Chong (Ilhas Maurício)

Ilie   45+1'

22 de junho de 1998
17:30(horário local)/12:30(horário do Brasil)
  Colômbia 1–0   Tunísia Stade de la Mosson, Montpellier
Público: 29800
Árbitro: Heynemann (Alemanha)

Preciado   81'

22 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Romênia 2–1   Inglaterra Stade Municipal de Toulouse, Toulouse
Público: 33500
Árbitro: Batta (França)

Moldovan   46'
Petrescu   90'
Owen   81'

26 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Colômbia 0–2   Inglaterra Stade Félix Bollaert, Lens
Público: 38100
Árbitro: Brizio Carter (México)

Anderton   20'
Beckham   29'

26 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Romênia 1–1   Tunísia Stade de France, Saint-Denis
Público: 77000
Árbitro: Lennie (Austrália)

Moldovan   71' Souayah   12' (pen.)

Grupo HEditar

Seleção Pts J V E D GP GC SG
  Argentina 9 3 3 0 0 7 0 7
  Croácia 6 3 2 0 1 4 2 2
  Jamaica 3 3 1 0 2 3 9 -6
  Japão 0 3 0 0 3 1 4 -3
14 de junho de 1998
14:30(horário local)/09:30(horário do Brasil)
  Argentina 1–0   Japão Stade Municipal de Toulouse, Toulouse
Público: 33400
Árbitro: van der Ende (Holanda)

Batistuta   28'

14 de junho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Jamaica 1–3   Croácia Stade Félix Bollaert, Lens
Público: 38058
Árbitro: Melo Pereira (Portugal)

Earle   45' Stanić   27'
Prosinečki   53'
Šuker   69'

20 de junho de 1998
14:30(horário local)/09:30(horário do Brasil)
  Japão 0–1   Croácia Stade de la Beaujoire, Nantes
Público: 35500
Árbitro: Ramdhan (Trinidad e Tobago)

Šuker   77'

21 de junho de 1998
17:30(horário local)/09:30(horário do Brasil)
  Argentina 5–0   Jamaica Parc des Princes, Paris
Público: 45000
Árbitro: Pedersen (Noruega)

Ortega   31',   55'
Batistuta   73',   80',   83' (pen.)

26 de junho de 1998
16:00(horário local)/11:00(horário do Brasil)
  Argentina 1–0   Croácia Parc Lescure, Bordéus
Público: 31800
Árbitro: Belqola (Marrocos)

Pineda   36'

26 de junho de 1998
16:00(horário local)/11:00(horário do Brasil)
  Japão 1–2   Jamaica Stade de Gerland, Lyon
Público: 39100
Árbitro: Benkö (Áustria)

Nakayama   74' Whitmore   39',   54'

Fase finalEditar

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
                           
27 de junhoParis            
   Brasil  4
3 de julhoNantes
   Chile  1  
   Brasil  3
28 de junhoSaint-Denis
     Dinamarca  2  
   Nigéria  1
7 de julhoMarselha
   Dinamarca  4  
   Brasil (pen)  1 (4)
29 de junhoToulouse
     Países Baixos  1 (2)  
   Países Baixos  2
4 de julhoMarselha
   Iugoslávia  1  
   Países Baixos  2
30 de junhoSaint-Étienne
     Argentina  1  
   Argentina (pen)  2 (4)
12 de julhoSaint-Denis
   Inglaterra  2 (3)  
   Brasil  0
27 de junhoMarselha
     França  3
   Itália  1
3 de julhoSaint-Denis
   Noruega  0  
   Itália  0 (3)
28 de junhoLens
     França (pen)  0 (4)  
   França (g.o.)  1
8 de julhoSaint-Denis
   Paraguai  0  
   França  2
29 de junhoMontpellier
     Croácia  1   Terceiro lugar
   Alemanha  2
4 de julhoLyon 11 de julhoParis
   México  1  
   Alemanha  0    Países Baixos  1
30 de junhoBordéus
     Croácia  3      Croácia  2
   Romênia  0
   Croácia  1  

Entre parênteses está o resultado da disputa de pênaltis.

Oitavas-de-FinalEditar

27 de junho de 1998
16:30
  Itália 1–0   Noruega Stade Vélodrome, Marselha
Público:55000
Árbitro: Heynemann (Alemanha)

Vieri   18'

27 de junho de 1998
21:00
  Brasil 4–1   Chile Parc des Princes, Paris
Público: 45500
Árbitro: Batta (França)

César Sampaio   11',   27'
Ronaldo   45+3' (pen.),   70'
Salas   68'

28 de junho de 1998
16:30
  França 1–0 (pro.)   Paraguai Stade Félix Bollaert, Lens
Público: 38100
Árbitro: Bujsaim (Emirados Árabes Unidos)

Blanc   114'

28 de junho de 1998
21:00
  Nigéria 1–4   Dinamarca Stade de France, Saint-Denis
Público: 77000
Árbitro: Meier (Suíça)

Babangida   78' Møller   3'
B. Laudrup   12'
Sand   60'
Helveg   76'

29 de junho de 1998
16:30
  Alemanha 2–1   México Stade de la Mosson, Montpellier
Público: 29800
Árbitro: Melo Pereira (Portugal)

Klinsmann   75'
Bierhoff   86'
Hernández   47'

29 de junho de 1998
21:00
  Países Baixos 2–1   Iugoslávia Stade de Toulouse, Toulouse
Público: 33500
Árbitro: García Aranda (Espanha)

Bergkamp   38'
Davids   90+2'
Komljenović   48'

30 de junho de 1998
16:30
  Romênia 0–1   Croácia Parc Lescure, Bordéus
Público: 31800
Árbitro: Castrilli (Argentina)

Šuker   45+2' (pen.)

30 de junho de 1998
21:00
  Argentina 2–2 (Prorrogação)
(4–3 Disputa por pênaltis)
  Inglaterra Stade Geoffroy-Guichard, Saint-Étienne
Público:
Árbitro: Milton Nielsen (Dinamarca)

Batistuta   6' (pen.)
Zanetti   45+1'
Shearer   10' (pen.)
Owen   16'
    Penalidades  
Berti:  
Crespo:  
Verón:  
Gallardo:  
Ayala:  
4-3 Shearer:  
Ince:  
Merson:  
Owen:  
Batty:  
 

Quartas-de-FinalEditar

3 de julho de 1998
16:30(horário local)/11:30(horário do Brasil)
  França 0–0 (Prorrogação)
(4–3 Disputa por pênaltis)
  Itália Stade de France, Saint-Denis
Público: 77000
Árbitro: Dallas (Escócia)

    Penalidades  
Zidane:  
Lizarazu:  
Trézéguet:  
Henry:  
Blanc:  
4—3 R. Baggio:  
Albertini:  
Costacurta:  
Vieri:  
di Biagio:  
 

3 de julho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Brasil 3–2   Dinamarca Stade de la Beaujoire, Nantes
Público: 35500
Árbitro: Al-Ghandour (Egito)

Bebeto 10'
Rivaldo 25', 59'
Jørgensen 2'
B. Laudrup 50'

4 de julho de 1998
16:30(horário local)/11:30(horário do Brasil)
  Países Baixos 2–1   Argentina Stade Vélodrome, Marselha
Público:: 55000
Árbitro: Brizio Carter (México)

Kluivert 12'
Bergkamp 90'
López 17'

4 de julho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Alemanha 0–3   Croácia Stade de Gerland, Lyon
Público: 39,100
Árbitro: Pedersen (Noruega)

Jarni 45'+3'
Vlaović 80'
Šuker 85'

SemifinaisEditar

7 de julho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Brasil 1–1 (Prorrogação)
(4–2 Disputa por pênaltis)
  Países Baixos Stade Vélodrome, Marselha
Público: 54000
Árbitro: Bujsaim (Emirados Árabes Unidos)

Ronaldo   46' Kluivert   87'
    Penalidades  
Ronaldo:  
Rivaldo:  
Emerson:  
Dunga:  
4–2 F. de Boer:  
Bergkamp:  
Cocu:  
R. de Boer:  
 

8 de julho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  França 2–1   Croácia Stade de France, Saint-Denis
Público: 76000
Árbitro: García Aranda (Espanha)

Thuram   47',   69' Šuker   46'

Disputa de 3º LugarEditar

11 de julho de 1998
21:00(horário local)/16:00(horário do Brasil)
  Países Baixos 1–2   Croácia Parc des Princes, Paris
Público: 45500
Árbitro: González (Paraguai)

Zenden   21' Prosinečki   13'
Šuker   35'

FinalEditar

 Ver artigo principal: Final da Copa do Mundo FIFA de 1998
12 de julho de 1998
21:00
  Histórico
  Brasil 0–3   França Stade de France, Saint-Denis
Público: 80000
Árbitro: Belqola (Marrocos)

Zidane   27',   45+1'
Petit   90+3'
     
 
 
Brasil
     
 
 
França

Classificação finalEditar

Pos. Seleção Gr Pts J V E D GP GC SG
Final
1   França C 19 7 6 1 0 15 2 +13
2   Brasil A 13 7 4 1 2 14 10 +4
Decisão do 3º e 4º lugares
3   Croácia H 15 7 5 0 2 11 5 +6
4   Países Baixos E 12 7 3 3 1 13 7 +5
Eliminados nas quartas de final
5   Itália B 11 5 3 2 0 8 3 +5
6   Argentina H 10 5 3 1 1 10 4 +6
7   Alemanha F 10 5 3 1 1 8 6 +2
8   Dinamarca C 7 5 2 1 2 9 7 +2
Eliminados nas oitavas de final
9   Inglaterra G 7 4 2 1 1 7 4 +3
10   Iugoslávia F 7 4 2 1 1 5 4 +1
11   Romênia G 7 4 2 1 1 4 3 +1
12   Nigéria D 6 4 2 0 2 6 9 –3
13   México E 5 4 1 2 1 8 7 +1
14   Paraguai D 5 4 1 2 1 3 2 +1
15   Noruega A 5 4 1 2 1 5 5 0
16   Chile B 3 4 0 3 1 5 8 –3
Eliminados na fase de grupos
17   Espanha D 4 3 1 1 1 8 4 +4
18   Marrocos A 4 3 1 1 1 5 5 0
19   Bélgica E 3 3 0 3 0 3 3 0
20   Irã F 3 3 1 0 2 2 4 –2
21   Colômbia G 3 3 1 0 2 1 3 –2
22   Jamaica H 3 3 1 0 2 3 9 –6
23   Áustria B 2 3 0 2 1 3 4 –1
24   África do Sul C 2 3 0 2 1 3 6 –3
25   Camarões B 2 3 0 2 1 2 5 –3
26   Tunísia G 1 3 0 1 2 1 4 –3
27   Escócia A 1 3 0 1 2 2 6 –4
28   Arábia Saudita C 1 3 0 1 2 2 7 –5
29   Bulgária D 1 3 0 1 2 1 7 –6
30   Coreia do Sul E 1 3 0 1 2 2 9 –7
31   Japão H 0 3 0 0 3 1 4 –3
32   Estados Unidos F 0 3 0 0 3 1 5 –4

CuriosidadesEditar

  • Esta foi a primeira copa em que o quarto homem da arbitragem usa um sinalador eletronico para as substituiçoes e o tempo extra ao invés de cartoes numerados como nas copas anteriores.

PremiaçõesEditar

Campeão da Copa do Mundo FIFA de 1998
 
França
Primeiro Título

IndividuaisEditar

Prêmio FIFA Chuteira de Ouro (artilheiro): Prêmio FIFA Bola de Ouro (melhor jogador): Prêmio FIFA Yashin (melhor goleiro): Troféu FIFA Fair Play (time menos faltoso): Time mais divertido:
  Davor Šuker   Ronaldo Nazário   Fabien Barthez   Inglaterra   França   França

Seleção da CopaEditar

Goleiros Defensores Meios-Campistas Atacantes

  José Luis Chilavert

  Cláudio Taffarel

  Fabien Barthez

  Roberto Carlos

  Marcel Desailly

  Lilian Thuram

  Frank de Boer

  Carlos Gamarra

  Dunga

  Rivaldo

  Michael Laudrup

  Zinedine Zidane

  Edgar Davids

  David Beckham

  Ronaldo Nazário

  Davor Šuker

  Brian Laudrup

  Dennis Bergkamp

Prêmio FIFA "Gol do Torneio":
1º lugar 2º lugar 3º lugar
 CMR Pierre Njanka (contra a Áustria)  ENG Michael Owen (contra a Argentina)  MAR Mustapha Hadji (contra a Noruega)

Fonte:[1]

GruposEditar

Grupo AEditar

Grupo BEditar

Grupo CEditar

Grupo DEditar

Grupo EEditar

Grupo FEditar

Grupo GEditar

Grupo HEditar

ArtilhariaEditar

PremiaçõesEditar

Campeão da Copa do Mundo
 
França
Campeã

Referências

  1. «Gol de James Rodríguez é eleito o mais bonito da Copa no site da Fifa». Globoesporte. Consultado em 21 de julho de 2014 

Ligações externasEditar