Abrir menu principal

Lista de usinas hidrelétricas do Brasil

artigo de lista da Wikimedia
Disambig grey.svg Nota: Para os dados sobre os reservatórios das usinas e outras barragens, veja Lista de barragens do Brasil.

Relação das usinas hidrelétricas do Brasil (UHE)[1] integradas ao Sistema Interligado Nacional (SIN) e operadas em conjunto pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), que é o órgão responsável pela coordenação e controle da operação das instalações de geração e transmissão de energia elétrica, atualizada até o ano de 2019[2]. Todas as usinas hidrelétricas com geração de 3 MW até 30 MW e com área de reservatório de até 13 km² são designadas PCH - Pequena Central Hidrelétrica.

Várias usinas hidrelétricas tiveram a sua denominação alterada com o passar do tempo, mas os seus reservatórios ainda continuam com a denominação original, nestes casos são utilizadas na lista as duas nomenclaturas (do reservatório e da usina). Com relação as usinas operadas por consórcios, compostos por várias empresas geradoras e alguns com participação de empresas de outros segmentos de atuação, são citados apenas os acionistas que são empresas de geração de energia[3].

Usinas hidrelétricas integradas ao SINEditar

# Usina hidrelétrica Rio Bacia Sub-bacia Estado Potência instalada Início de operação Proprietário ou acionistas Observação
01 Itaipu - Binacional [nota 1] Rio Paraná Paraná Paraná   PR
  Alto Paraná
14.000 MW 1984 Itaipu Binacional[4]
02 Belo Monte [nota 2] Rio Xingú Amazônica Xingú   PA 11.233 MW 2016 Eletronorte[5], CHESF[6], Neoenergia[7], CEMIG[8], Vale S.A. Operada por consórcio
03 Tucuruí Rio Tocantins Araguaia-Tocantins Tocantins   PA 8.535 MW 1984 Eletronorte[9]
São Luiz do Tapajós Rio Tapajós Amazônica Tapajós   PA 6.356,4 MW (planejada)
04 Jirau Rio Madeira Amazônica Madeira   RO 3.750 MW 2013 Engie Brasil[10], Eletrosul[11], CHESF[6] Operada por consórcio
05 Santo Antônio Rio Madeira Amazônica Madeira   RO 3.568 MW 2012 Furnas[12], CEMIG[8] Operada por consórcio
06 Ilha Solteira Rio Paraná Paraná Paraná   SP
  MS
3.444 MW 1973 CTG Brasil[13] ex-CESP
07 Xingó Rio São Francisco São Francisco São Francisco   AL
  SE
3.162 MW 1994 CHESF[14]
08 Paulo Afonso IV Rio São Francisco São Francisco São Francisco   BA 2.462 MW 1979 CHESF[14]
Jatobá Rio Tapajós Amazônica Tapajós   PA 2.338 MW (planejada)
09 Itumbiara Rio Paranaíba Paraná Paranaíba   MG
  GO
2.082 MW 1980 Furnas[12]
10 Teles Pires Rio Teles Pires Amazônica Tapajós   MT
  PA
1.819,8 MW 2015 Neoenergia[7], Eletrosul[11], Furnas[12] Operada por consórcio
11 São Simão Rio Paranaíba Paraná Paranaíba   MG
  GO
1.710 MW 1978 CEMIG[8]
12 Foz do Areia (Gov. Bento Munhoz) Rio Iguaçu Paraná Iguaçu   PR 1.676 MW 1980 COPEL[15]
13 Jupiá (Eng. Souza Dias) Rio Paraná Paraná Paraná   SP
  MS
1.551,2 MW 1969 CTG Brasil[13] ex-CESP
14 Porto Primavera (Eng. Sérgio Motta) Rio Paraná Paraná Paraná   SP
  MS
1.540 MW 1999 CESP[16]
15 Itaparica (Luiz Gonzaga) Rio São Francisco São Francisco São Francisco   BA
  PE
1.479,6 MW 1988 CHESF[14]
16 Itá Rio Uruguai Uruguai Uruguai   RS
  SC
1.450 MW 2000 Engie Brasil[10] Operada por consórcio
17 Marimbondo Rio Grande Paraná Grande   MG
  SP
1.440 MW 1975 Furnas[12]
18 Salto Santiago Rio Iguaçu Paraná Iguaçu   PR 1.420 MW 1980 Engie Brasil[10] ex-Eletrosul
19 Água Vermelha (José Ermirio de Moraes) Rio Grande Paraná Grande   SP
  MG
1.396,2 MW 1978 AES Tietê[17] ex-CESP
20 Serra da Mesa Rio Tocantins Araguaia-Tocantins Tocantins   GO 1.275 MW 1998 CPFL[18], Furnas[12] Operada por consórcio
21 Segredo (Gov. Ney Braga) Rio Iguaçu Paraná Iguaçu   PR 1.260 MW 1992 COPEL[15]
22 Salto Caxias (Gov. José Richa) Rio Iguaçu Paraná Iguaçu   PR 1.240 MW 1999 COPEL[15]
23 Furnas Rio Grande Paraná Grande   MG 1.216 MW 1963 Furnas[12]
24 Emborcação Rio Paranaíba Paraná Paranaíba   MG
  GO
1.192 MW 1982 CEMIG[8]
25 Machadinho (Carlos Ermírio de Moraes) Rio Uruguai Uruguai Uruguai   RS
  SC
1.140 MW 2002 Votorantim Energia[19], Engie Brasil[10], CEEE[20], Vale S.A. Operada por consórcio
26 Estreito Rio Tocantins Araguaia-Tocantins Tocantins   TO
  MA
1.087 MW 2011 Engie Brasil[10], Vale S.A. Operada por consórcio
27 Salto Osório Rio Iguaçu Paraná Iguaçu   PR 1.078 MW 1975 Engie Brasil[10] ex-Eletrosul
28 Sobradinho Rio São Francisco São Francisco São Francisco   BA 1.050,3 MW 1982 CHESF[14]
29 Estreito (Luís Carlos Barreto) Rio Grande Paraná Grande   MG
  SP
1.050 MW 1969 Furnas[12]
30 Lajeado (Luiz Eduardo Magalhães) Rio Tocantins Araguaia-Tocantins Tocantins   TO 902,5 MW 2001 EDP Brasil[21], CEB[22], CPFL[18] Operada por consórcio
31 Henry Borden Rio Cubatão Atlântico-Sudeste Cubatão   SP 889 MW 1926 EMAE[23]
Jamanxim Rio Jamanxim Amazônica Tapajós   PA 881 MW (planejada)
32 Campos Novos Rio Canoas Uruguai Uruguai   SC 880 MW 2007 CPFL[18], Votorantim Energia[19], CEEE[20] Operada por consórcio
33 Foz do Chapecó Rio Uruguai Uruguai Uruguai   SC
  RS
855 MW 2010 CPFL[18], Furnas[12], CEEE[20] Operada por consórcio
34 Três Irmãos Rio Tietê Paraná Tietê   SP 807,5 MW 1993 Furnas[12] Operada por consórcio; ex-CESP
Cachoeira do Caí Rio Jamanxim Amazônica Tapajós   PA 802 MW (planejada)
35 Paulo Afonso III Rio São Francisco São Francisco São Francisco   BA 794,2 MW 1971 CHESF[14]
36 São Manoel Rio Teles Pires Amazônica Tapajós   MT
  PA
700 MW 2018 EDP Brasil[21], CTG Brasil[13], Furnas[12] Operada por consórcio
37 Barra Grande Rio Pelotas Uruguai Uruguai   RS
  SC
690 MW 2005 CPFL[18], Votorantim Energia[19] Operada por consórcio
38 Cachoeira Dourada Rio Paranaíba Paraná Paranaíba   GO
  MG
658 MW 1959 Enel Brasil[24]
39 Capivara (Escola de Engenharia Mackenzie) Rio Paranapanema Paraná Paranapanema   SP
  PR
619 MW 1977 CTG Brasil[13] ex-CESP; ex-Duke Energy
Cachoeira dos Patos Rio Jamanxim Amazônica Tapajós   PA 528 MW (planejada)
40 Taquaruçu (Escola Politécnica) Rio Paranapanema Paraná Paranapanema   SP
  PR
525 MW 1992 CTG Brasil[13] ex-CESP; ex-Duke Energy
41 Nova Ponte Rio Araguari Paraná Paranaíba   MG 510 MW 1994 CEMIG[8]
42 Itaúba Rio Jacuí Atlântico-Sul Jacuí   RS 500,4 MW 1979 CEEE[20]
43 Peixe Angical Rio Tocantins Araguaia-Tocantins Tocantins   TO 498,75 MW 2006 EDP Brasil[21], Furnas[12] Operada por consórcio
44 Peixoto (Mascarenhas de Moraes) Rio Grande Paraná Grande   MG
  SP
476 MW 1957 Furnas[12]
45 Itapebi Rio Jequitinhonha Atlântico-Leste Jequitinhonha   BA 462,01 MW 2003 Neoenergia[7] Operada por consórcio
46 Cana Brava Rio Tocantins Araguaia-Tocantins Tocantins   GO 450 MW 2002 Engie Brasil[10]
47 Paulo Afonso II Rio São Francisco São Francisco São Francisco   BA 443 MW 1961 CHESF[14]
48 Jaguara Rio Grande Paraná Grande   MG
  SP
424 MW 1971 Engie Brasil[10] ex-CEMIG
49 Chavantes Rio Paranapanema Paraná Paranapanema   SP
  PR
414 MW 1970 CTG Brasil[13] ex-CESP; ex-Duke Energy
50 Miranda Rio Araguari Paraná Paranaíba   MG 408 MW 1998 Engie Brasil[10] ex-CEMIG
Sinop Rio Teles Pires Amazônica Tapajós   MT 401,88 MW (em construção) Eletronorte[5], CHESF[6] Operada por consórcio
51 Moxotó (Apolônio Sales) Rio São Francisco São Francisco São Francisco   BA
  AL
400 MW 1977 CHESF[14]
52 Irapé (Pres. Juscelino Kubitschek) Rio Jequitinhonha Atlântico-Leste Jequitinhonha   MG 399 MW 2006 CEMIG[8]
53 Três Marias Rio São Francisco São Francisco São Francisco   MG 396 MW 1962 CEMIG[8]
54 Nilo Peçanha Ribeirão das Lajes Atlântico-Sudeste Lajes   RJ 380,03 MW 1953 Light[25]
55 Volta Grande Rio Grande Paraná Grande   MG
  SP
380 MW 1974 CEMIG[8]
56 Corumbá I Rio Corumbá Paraná Paranaíba   GO 375 MW 1996 Furnas[12]
57 Santo Antonio do Jari Rio Jari Amazônica Amazonas   AP
  PA
373,4 MW 2014 EDP Brasil[21], CTG Brasil[13] Operada por consórcio
58 Mauá (Gov. Jayme Canet Júnior) Rio Tibagi Paraná Paranapanema   PR 361 MW 2012 COPEL[15], Eletrosul[11] Operada por consórcio
59 Rosana Rio Paranapanema Paraná Paranapanema   SP
  PR
354 MW 1987 CTG Brasil[13] ex-CESP; ex-Duke Energy
Baixo Iguaçu Rio Iguaçu Paraná Iguaçu   PR 350,2 MW (em construção) Neoenergia[7], COPEL[15] Operada por consórcio
60 Nova Avanhandava Rio Tietê Paraná Tietê   SP 347,4 MW 1982 AES Tietê[17] ex-CESP
61 Aimorés (Eliezer Batista) Rio Doce Atlântico-Sudeste Doce   MG
  ES
330 MW 2005 Aliança Energia[26] ex-CEMIG
62 Porto Colômbia Rio Grande Paraná Grande   MG
  SP
320 MW 1973 Furnas[12]
63 Simplício Rio Paraíba do Sul Atlântico-Sudeste Paraíba do Sul   RJ
  MG
305,7 2013 Furnas[12]
Colíder Rio Teles Pires Amazônica Tapajós   MT 300 MW (em construção) COPEL[15]
Pai Querê Rio Pelotas Uruguai Uruguai   RS
  SC
292 MW (em construção) Alcoa Operada por consórcio
64 Promissão (Mário Lopes Leão) Rio Tietê Paraná Tietê   SP 264 MW 1975 AES Tietê[17] ex-CESP
65 Dardanelos Rio Aripuanã Amazônica Madeira   MT 261 MW 2011 Neoenergia[7], Eletronorte[5], CHESF[6] Operada por consórcio
66 Capivari-Cachoeira (Gov. Parigot de Souza) Rio Capivari Atlântico-Sudeste Ribeira   PR 260 MW 1971 COPEL[15]
67 Ferreira Gomes Rio Araguari Amazônica Amazonas   AP 252 MW 2014 Alupar[27] Operada por consórcio
68 Balbina Rio Uatumã Amazônica Amazonas   AM 249,75 MW 1989 Eletrobras Amazonas[28]
69 São Salvador Rio Tocantins Araguaia-Tocantins Tocantins   TO 243,2 MW 2009 Engie Brasil[10]
70 Capim Branco I (Amador Aguiar I) Rio Araguari Paraná Paranaíba   MG 240 MW 2006 Aliança Energia[26], Votorantim Energia[19] Operada por consórcio
71 Boa Esperança (Pres. Castelo Branco) Rio Parnaíba Parnaíba Parnaíba   PI
  MA
237,3 MW 1970 CHESF[14]
72 Passo Fundo Rio Passo Fundo Uruguai Uruguai   RS 226 MW 1973 Engie Brasil[10] ex-Eletrosul
73 Cachoeira Caldeirão Rio Araguari Amazônica Amazonas   AP 219 MW 2016 CTG Brasil[13] Operada por consórcio
74 Samuel Rio Jamari Amazônica Madeira   RO 216,8 MW 1996 Eletronorte[9]
75 Funil Rio Paraíba do Sul Atlântico-Sudeste Paraíba do Sul   RJ 216 MW 1970 Furnas[12]
76 Serra do Facão Rio São Marcos Paraná Paranaíba   GO 212,58 MW 2010 Furnas[12] Operada por consórcio
77 Igarapava Rio Grande Paraná Grande   MG
  SP
210 MW 1998 Aliança Energia[26], Votorantim Energia[19] Operada por consórcio
78 Manso Rio Manso Paraguai Cuiabá   MT 210 MW 2000 Furnas[12] Operada por consórcio
79 Capim Branco II (Amador Aguiar II) Rio Araguari Paraná Paranaíba   MG 210 MW 2007 Aliança Energia[26], Votorantim Energia[19] Operada por consórcio
80 Mascarenhas Rio Doce Atlântico-Sudeste Doce   ES 198 MW 1973 EDP Brasil[21] ex-Escelsa
81 Garibaldi Rio Canoas Uruguai Uruguai   SC 191,9 MW 2013 CTG Brasil[13] Operada por consórcio
82 Salto Pilão Rio Itajaí-Açu Atlântico-Sul Itajaí-Açu   SC 191,89 MW 2009 Votorantim Energia[19] Operada por consórcio
83 Ilha dos Pombos Rio Paraíba do Sul Atlântico-Sudeste Paraíba do Sul   RJ 187,16 MW 1924 Light[25]
84 Paulo Afonso I Rio São Francisco São Francisco São Francisco   BA 180,01 MW 1955 CHESF[14]
85 Jacuí (Leonel Brizola) Rio Jacuí Atlântico-Sul Jacuí   RS 180 MW 1962 CEEE[20]
86 Funil Rio Grande Paraná Grande   MG 180 MW 2002 Aliança Energia[26] ex-CEMIG
87 Ponte de Pedra Rio Correntes Paraguai Cuiabá   MT
  MS
176,1 MW 2005 Engie Brasil[10]
88 Pedra do Cavalo Rio Paraguaçu Atlântico-Leste Paraguaçu   BA 160 MW 2004 Votorantim Energia[19]
89 Passo Real Rio Jacuí Atlântico-Sul Jacuí   RS 158 MW 1973 CEEE[20]
90 Itiquira I e II Rio Itiquira Paraguai Cuiabá   MT 157,37 MW 2002
Cachoeira Couto de Magalhães Rio Araguaia Araguaia-Tocantins Araguaia   GO
  MT
150 MW (em construção) Energisa
Itaocara I Rio Paraíba do Sul Atlântico-Sudeste Paraíba do Sul   RJ
  MG
150 MW (em construção) Light[25], CEMIG[8] Operada por consórcio
91 Bariri (Álvaro de Souza Lima) Rio Tietê Paraná Tietê   SP 143,1 MW 1969 AES Tietê[17] ex-CESP
São Roque Rio Canoas Uruguai Uruguai   SC 141,9 MW (em construção)
92 Barra Bonita Rio Tietê Paraná Tietê   SP 140,76 MW 1963 AES Tietê[17] ex-CESP
93 Guilman Amorim Rio Piracicaba Atlântico-Sudeste Doce   MG 140 MW 1997 ArcelorMittal, Samarco
94 Candonga (Risoleta Neves) Rio Doce Atlântico-Sudeste Doce   MG 140 MW 2004 Aliança Energia[26], Vale S.A. ex-CEMIG
95 Baguari Rio Doce Atlântico-Sudeste Doce   MG 140 MW 2009 Neoenergia[7], CEMIG[8], Furnas[12] Operada por consórcio
96 Fontes Nova Ribeirão das Lajes Atlântico-Sudeste Lajes   RJ 131,98 MW 1940 Light[25]
97 Ibitinga Rio Tietê Paraná Tietê   SP 131,49 MW 1969 AES Tietê[17] ex-CESP
98 Monte Claro Rio das Antas Atlântico-Sul Jacuí   RS 130 MW 2004 CPFL[18], CEEE[20], Statkraft Brasil[29] Operada por consórcio
99 Castro Alves Rio das Antas Atlântico-Sul Jacuí   RS 130 MW 2008 CPFL[18], CEEE[20], Statkraft Brasil[29] Operada por consórcio
100 Corumbá IV Rio Corumbá Paraná Paranaíba   GO 127 MW 2006 CEB[22] Operada por consórcio
101 Dona Francisca Rio Jacuí Atlântico-Sul Jacuí   RS 125 MW 2001 COPEL[30], CEEE[20], Statkraft Brasil[29] Operada por consórcio
102 Jauru Rio Jauru Paraguai Paraguai   MT 121,5 MW 2003 Queiroz Galvão Energia[31]
103 Santa Clara Rio Jordão Paraná Iguaçu   PR 120,16 MW 2005 COPEL[30] Operada por consórcio
104 Fundão Rio Jordão Paraná Iguaçu   PR 120,16 MW 2006 COPEL[30] Operada por consórcio
105 Guaporé Rio Guaporé Amazônica Madeira   MT 120 MW 2003 Energisa Operada por consórcio
106 Quebra Queixo Rio Chapecó Uruguai Uruguai   SC 120 MW 2003 Queiroz Galvão Energia[31] Operada por consórcio
107 Salto Rio Verde Paraná Paranaíba   GO 116 MW 2010 CTG Brasil[13] Operada por consórcio
108 Porto Estrela Rio Santo Antônio Atlântico-Sudeste Doce   MG 112 MW 2001 Aliança Energia[26], Coteminas
109 Euclides da Cunha Rio Pardo Paraná Grande   SP 108,8 MW 1960 AES Tietê[17] ex-CESP
110 Queimado Rio Preto São Francisco São Francisco   MG
  GO
105 MW 2004 CEMIG[8], CEB[22]
111 Salto Grande Rio Santo Antônio Atlântico-Sudeste Doce   MG 102 MW 1956 CEMIG[8]
112 Jurumirim (Armando A. Laydner) Rio Paranapanema Paraná Paranapanema   SP 100,96 MW 1962 CTG Brasil[13] ex-CESP; ex-Duke Energy
113 14 de Julho Rio das Antas Atlântico-Sul Jacuí   RS 100 MW 2008 CPFL[18], CEEE[20], Statkraft Brasil[29] Operada por consórcio
114 Pereira Passos Ribeirão das Lajes Atlântico-Sudeste Lajes   RJ 99,9 MW 1962 Light[25]
115 Corumbá III Rio Corumbá Paraná Paranaíba   GO 96,48 MW 2009 Neoenergia[7] Operada por consórcio
116 Salto Rio Verdinho Rio Verde Paraná Paranaíba   GO 93 MW 2010 Votorantim Energia[19]
117 Barra dos Coqueiros Rio Claro Paraná Paranaíba   GO 90 MW 2010 Kinross Brasil ex-Gerdau
118 Paraibuna Rio Paraibuna Atlântico-Sudeste Paraíba do Sul   SP 87,02 MW 1978 CESP[16]
119 Retiro Baixo Rio Paraopeba São Francisco São Francisco   MG 83,66 MW 2010 Furnas[12] Operada por consórcio
120 Canoas I Rio Paranapanema Paraná Paranapanema   SP
  PR
82,5 MW 1999 Votorantim Energia[19], CTG Brasil[13] Operada por consórcio; ex-Duke Energy
121 Caconde Rio Pardo Paraná Grande   SP 80,4 MW 1966 AES Tietê[17] ex-CESP
122 Sá Carvalho Rio Piracicaba Atlântico-Sudeste Doce   MG 78 MW 1951 CEMIG[8]
123 Coaracy Nunes Rio Araguari Amazônica Amazonas   AP 78 MW 1975 Eletronorte[9]
124 Passo São João Rio Ijuí Uruguai Uruguai   RS 77 MW 2012 Eletrosul[11]
125 Monjolinho (Alzir S. Antunes) Rio Passo Fundo Uruguai Uruguai   RS 74 MW 2009 Statkraft Brasil[29]
126 Salto Grande (Lucas Nogueira Garcez) Rio Paranapanema Paraná Paranapanema   SP
  PR
73,8 MW 1958 CTG Brasil[13] ex-CESP; ex-Duke Energy
127 Rondon II Rio Comemoração Amazônica Madeira   RO 73,5 MW 2011
128 Canoas II Rio Paranapanema Paraná Paranapanema   SP
  PR
72 MW 1999 Votorantim Energia[19], CTG Brasil[13] Operada por consórcio; ex-Duke Energy
129 Piraju Rio Paranapanema Paraná Paranapanema   SP 70 MW 2002 Votorantim Energia[19]
130 Foz do Rio Claro (Eng. Godoy Pereira) Rio Claro Paraná Paranaíba   GO 68,4 MW 2010 Alupar[27] Operada por consórcio
131 Caçu Rio Claro Paraná Paranaíba   GO 65 MW 2010 Kinross Brasil ex-Gerdau
Santa Branca Rio Tibagi Paraná Paranapanema   PR 62 MW (em construção) Operada por consórcio
132 Sobragi Rio Paraibuna Atlântico-Sudeste Paraíba do Sul   MG 60 MW 1998 Votorantim Energia[19]
133 Santa Clara Rio Mucuri Atlântico-Leste Mucuri   MG 60 MW 2002 Queiroz Galvão Energia[31]
São João Rio Chopim Paraná Iguaçu   PR 60 MW (em construção) Gerdau Operada por consórcio
134 Santa Branca Rio Paraíba do Sul Atlântico-Sudeste Paraíba do Sul   SP 56,1 MW 1999 Light[25]
135 Rosal Rio Itabapoana Atlântico-Sudeste Itabapoana   RJ
  ES
55 MW 2000 CEMIG[8] Operada por consórcio
136 Batalha Rio São Marcos Paraná Paranaíba   GO 52,5 MW 2014 Furnas[12]
137 Itutinga Rio Grande Paraná Grande   MG 52 MW 1955 CEMIG[8]
138 São José Rio Ijuí Uruguai Uruguai   RS 51 MW 2011 Alupar[27] Operada por consórcio
139 Picada Rio do Peixe Atlântico-Sudeste Paraíba do Sul   MG 50 MW 2006 Votorantim Energia[19] Operada por consórcio
Itumirim Rio Corrente Paraná Paranaíba   GO 50 MW (em construção) Operada por consórcio
140 São Domingos Rio Verde Paraná Paraná   MS 48 MW 2013 Eletrosul[11]
141 Camargos Rio Grande Paraná Grande   MG 46 MW 1960 CEMIG[8]
Cachoeirinha Rio Chopim Paraná Iguaçu   PR 45 MW (em construção) Gerdau Operada por consórcio
142 Ourinhos Rio Paranapanema Paraná Paranapanema   SP
  PR
44 MW 2005 Votorantim Energia[19]
143 Curuá-Una (Silvio Braga) Rio Curuá-Una Amazônica Amazonas   PA 42,8 MW 1977 Eletronorte[9]
Tibagi Montante Rio Tibagi Paraná Paranapanema   PR 36 MW (em construção)
144 Limoeiro (Armando de Salles Oliveira) Rio Pardo Paraná Grande   SP 32 MW 1958 AES Tietê[17] ex-CESP
145 Espora Rio Corrente Paraná Paranaíba   GO 32 MW 2006 J. Malucelli Energia[32] Operada por consórcio
146 Jaguari Rio Jaguari Atlântico-Sudeste Paraíba do Sul   SP 27,6 MW 1973 CESP[16]

Outras usinas hidrelétricasEditar

Lista incompleta de usinas hidrelétricas (UHE) e pequenas centrais hidrelétricas (PCH) existentes no país que não são integradas ao Sistema Interligado Nacional :

  1. Usina Hidrelétrica Alecrim - Rio Juquiá - 72 MW
  2. Usina Hidrelétrica Itupararanga - Rio Sorocaba - 55 MW
  3. Usina Hidrelétrica de Canastra - Rio Santa Maria - 44 MW
  4. Usina Hidrelétrica Barra - Rio Juquiá - 40,4 MW
  5. Usina Hidrelétrica Barra do Braúna - Rio Pomba - 39 MW
  6. Usina Hidrelétrica Salto do Iporanga - Rio Assungui - 36,87 MW
  7. Usina Hidrelétrica Fumaça - Rio Juquiá - 36,4 MW
  8. Usina Hidrelétrica Paranapanema - Rio Paranapanema - 31,50 MW
  9. PCH Mosquitão - Rio Caiapó - 30 MW
  10. Usina Hidrelétrica Irara - Rio Doce - 30 MW
  11. Usina Hidrelétrica Isamu Ikeda - Rio das Balsas - 30 MW
  12. Usina Hidrelétrica de Jataí - Rio Claro - 30 MW
  13. Usina Hidrelétrica Salto Grande (Americana) - Rio Atibaia - 30 MW
  14. Usina Hidrelétrica Cachoeira do França - Rio Juquiá - 29,50 MW
  15. Usina Hidrelétrica Porto Raso - Rio Juquiá - 28,4 MW
  16. Usina Hidroelétrica Canoa Quebrada - Lucas do Rio Verde - 28 MW
  17. Usina Hidrelétrica Serraria - Rio Juquiá - 24 MW
  18. Usina Hidrelétrica Rasgão - Rio Tietê - 22 MW
  19. Usina Hidrelétrica Presidente Vargas - Rio Tibagi - 21,5 MW
  20. Usina Hidrelétrica de Piau - Rios Pinho e Piau - 18 MW
  21. Usina Hidrelétrica de Gafanhoto - Rio Pará - 13 MW
  22. Usina Hidrelétrica Edgard de Sousa - Rio Tietê - 12,80 MW
  23. Usina Hidrelétrica Bugres - Rios Santa Maria e Santa Cruz - 11,50 MW
  24. Usina Hidrelétrica de Poço Fundo - Rio Machado - 9 MW
  25. Usina Hidrelétrica de Joasal - Rio Paraibuna - 8 MW
  26. Usina Hidrelétrica Jurupará - Rio Juquiá - 7,2 MW
  27. Usina Hidrelétrica de Cajuru - Rio Pará - 7 MW
  28. Usina Hidrelétrica de São Bernardo - Rio São Bernardo - 7 MW
  29. Usina Hidrelétrica da Derivação do Rio Jordão - Rio Jordão - 6,50 MW
  30. Usina Hidrelétrica Capão Preto - Ribeirão dos Negros - 5,52 MW
  31. PCH Nova Dorneles - Rio Pará - 4,70 MW
  32. Usina Hidrelétrica Santana - Rio Jacaré-Guaçu - 4,32 MW
  33. Usina Hidrelétrica Capingüí - Rio Capingüí - 4 MW
  34. Usina Hidrelétrica de Paciência - Rio Paraibuna - 4 MW
  35. Usina Hidrelétrica Ernestina - Rio Jacuí - 3,70 MW
  36. Usina Hidrelétrica de Tombos - Rio Carangola - 2,88 MW
  37. Usina Hidrelétrica Luiz Dias - Rio Lourenço Velho - 2,40 MW
  38. Usina Hidrelétrica Chibarro - Rio Chibarro - 2,28 MW
  39. Usina Hidrelétrica Santa Helena - Rio Sorocaba - 2,24 MW
  40. Usina Hidrelétrica do Lobo - Rio do Lobo e Rio Itaqueri - 2,10 MW
  41. Usina Hidrelétrica de Xicão - Rio Santa Cruz - 2 MW
  42. Usina Hidrelétrica Santa Rosa - Rio Santa Rosa - 1,90 MW
  43. Usina Hidrelétrica Guarita - Rio Guarita - 1,70 MW
  44. Usina Hidrelétrica de Salesópolis - Rio Tietê - 1,50 MW
  45. Usina Hidrelétrica Herval - Rio Cadeia - 1,40 MW
  46. Usina Hidrelétrica do Rio Novo - Rio Novo - 1,28 MW
  47. Usina Hidrelétrica Maurício - Rio Novo - 1,28 MW
  48. Usina Hidrelétrica Forquilha - Rio Forquilha - 1,10 MW
  49. Usina Hidrelétrica Toca - Rio Santa Cruz - 1,10 MW
  50. Usina Hidrelétrica Passo do Inferno - Rio Santa Cruz - 1,10 MW
  51. Usina Hidrelétrica Ijuizinho - Rio Ijuizinho - 1 MW
  52. Usina Hidrelétrica Ivaí - Rio Ivaí - 0,70 MW
  53. Usina Hidrelétrica de Bocaina - Rio Bravo - 0,62 MW
  54. Usina Hidrelétrica Monjolinho - Rio Monjolinho - 0,60 MW

Notas

  1. De sua potência instalada de 14.000 MW, 7.000 MW são destinados ao Brasil e 7.000 MW são destinados ao Paraguai.
  2. Formada pela Usina de Belo Monte com 11.000 MW e pela Usina Pimental com 233 MW.

Referências

  1. «Usinas e Centrais Geradoras - Banco de Informações de Geração». ANEEL 
  2. «SINDAT - SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS CADASTRAIS DO SIN». Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) 
  3. «Composição acionária da Norte Energia, consórcio que opera a Usina de Belo Monte». Norte Energia 
  4. «ENERGIA». ITAIPU BINACIONAL 
  5. a b c «Eletrobras Eletronorte - Participações Societárias». Eletrobras Eletronorte 
  6. a b c d «Parcerias - Geração Hidrelétrica». CHESF 
  7. a b c d e f g «Renováveis Hídrica». Neoenergia 
  8. a b c d e f g h i j k l m n o p «Usinas da Cemig - A história da eletricidade em Minas e no Brasil» (PDF). CEMIG 
  9. a b c d «Eletrobras Eletronorte - Parque Gerador». Eletrobras Eletronorte 
  10. a b c d e f g h i j k l «Complexo Gerador - ENGIE Brasil». ENGIE Brasil 
  11. a b c d e «Eletrosul - Geração». Eletrobras Eletrosul 
  12. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u «Sistema Furnas de geração e transmissão». Eletrobras Furnas. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2019 
  13. a b c d e f g h i j k l m n o «Energia Hidrelétrica - CTG». CTG Brasil 
  14. a b c d e f g h i «Sistemas de Geração». CHESF 
  15. a b c d e f g «Geração - Hidrelétricas». COPEL 
  16. a b c «Usinas e Eclusa». CESP 
  17. a b c d e f g h i «Nossas Plantas | AES Tietê». AES Tietê 
  18. a b c d e f g h «A Empresa - CPFL Geração». CPFL Energia 
  19. a b c d e f g h i j k l m n o «Usinas e Parques». Votorantim Energia 
  20. a b c d e f g h i j «Geração e Transmissão». CEEE 
  21. a b c d e «Geração | EDP Brasil». EDP Brasil 
  22. a b c «Histórico da CEB». Grupo CEB 
  23. «Usina Hidroelétrica Henry Borden». EMAE 
  24. «Negócios Enel Brasil». Enel Brasil 
  25. a b c d e f «Light Energia». Grupo Light 
  26. a b c d e f g «Nossas Usinas». Aliança Energia 
  27. a b c «Área de atuação - Geração». Alupar 
  28. «UHE Balbina». Eletrobras Amazonas GT 
  29. a b c d e «Empreendimentos em Operação | Statkraft.br». Statkraft Energias Renováveis 
  30. a b c «Usinas de Participação». COPEL 
  31. a b c «GERAÇÃO - Hidrelétricas e PCH». Queiroz Galvão Energia 
  32. «UHE - Usinas Hidrelétricas». J. Malucelli Energia 

Ligações externasEditar