Abrir menu principal
Boas-vindas à se(c)ção geral da Esplanada!
Esta secção é utilizada para todo tipo de discussões sobre o projeto que não se encaixem em qualquer outra secção, como pedidos, reflexões, debates etc. Veja também as mudanças recentes nas esplanadas.

Índice


Discussão sobre movimento estratégico global

Após um período de introdução iniciado na página anterior com comentários gerais sobre o processo, traduções e primeiras dúvidas, gostaria de passar a uma segunda fase das nossas discussões locais, com algo mais direcionado para os grupo temáticos e suas perguntas. Qualquer pendência do processo anterior (dúvidas, questionamentos, etc) pode ser realizada em qualquer dos espaços de acordo com seu critério. Abaixo, estarei dividindo em seções os grupos temáticos, para que possamos comentar individualmente sobre cada um. Não é necessário que comente em todos; pode comentar nos que tiver interesse.

Sugestão:

  • Leia a introdução sobre o processo.
  • Caso haja alguma, dúvida, pode encontrar a resposta nas FAQ's ou entrar contato diretamente comigo aqui mesmo ou em privado se preferir
  • As seções abaixo resumem as áreas temáticas e suas perguntas. Leia a introdução e tente ir respondendo às perguntas livremente, sem necessariamente seguir qualquer ordem
  • Para facilitar a identificação de uma pergunta, cada uma terá um código de acordo com seu grupo e número de pergunta. Por exemplo. no grupo 02, a questão 01 pode ser identificada por #G2Q1.
  • Apenas para facilitar o entendimento, os temas estão sendo resumidos aqui junto com as perguntas, mas fique à vontade para acessar cada página dos grupos temáticos individualmente se assim preferir e terá uma introdução mais completa.

Recomendo não se preocupar em errar. É normal no início não saber exatamente do que se trata a discussão e, com o tempo, tudo vai se esclarecendo. Não deixem de participar, pois a nossa participação garante que possamos influenciar diretamente sobre as decisões daquilo que envolve os projetos pelos quais somos apaixonados e em que acreditamos. Uma boa discussão a todos. LTeles (WMF) (discussão) 01h27min de 16 de abril de 2019 (UTC)

Grupo 1: Funções e responsabilidadesEditar

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Este grupo temático faz referência aos modelos de organização e governança das comunidades da Wikimedia e sua relação com a Fundação Wikimedia. Atualmente, há diversas estruturas criadas que foram geradas sem um plano geral, com diversas tarefas de importância estratégica que não são realizadas por não haver pessoas designadas para elas.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G1Q1) Quais estruturas organizacionais e de governança são necessárias para apoiar a entrega da direção estratégica?
Pergunta 2 (G1Q2) Como podemos assegurar que as nossas estruturas operacionais e de governança possam se adaptar à mudança social, tecnológica e política?
Pergunta 3 (G1Q3) Quem deve se responsabilizar pelas funções e estruturas do movimento e como?
Pergunta 4 (G1Q4) Quais estruturas, processos e comportamentos nos permitirão incluir todas as vozes (inclusive, p. ex., colaboradores atuais e públicos emergentes) na nossa tomada de decisões?
Pergunta 5 (G1Q5) Qual é a melhor maneira de compreender as contribuições e capacidades dos nós na nossa rede futura?
Pergunta 6 (G1Q6) Quais responsabilidades são melhor colocadas em nível global, regional, local ou temático? Quais devem ser centralizadas e quais devem ser descentralizadas?
Pergunta 7 (G1Q7) Como podemos integrar o movimento Wikimedia com o ecossistema de conhecimento livre maior?
Pergunta 8 (G1Q8) Como a gestão e a resolução de conflitos devem ser estruturadas ao longo do movimento?
Pergunta 9 (G1Q9) Como podemos ser estratégicos para assegurarmos relevância à medida que nos desenvolvemos, ao mesmo tempo em que apoiamos a comunidade de edição existente?

ComenteEditar

Na minha visão não existe um problema na estrutura de governança das comunidades de editores, a estrutura de hierarquia horizontal, em todos podem opinar sobre as políticas e onde aqueles que têm poderes de decisão especial são eleitos pela comunidade, é um sistema robusto e flexível o suficiente para conseguir se adaptar às mudanças. Os problemas de governança estão nas estruturas da WMF e seus comitês, pois quando essas estruturas não funcionam direito não existe um mecanismo para nós forçarmos uma mudança. O que falta na minha opinião é um mecanismo de avaliação dos diversos departamentos e comitês da WMF, deveria ter uma vez por ano uma chamada em todos projetos para opinar sobre a WMF, em que todos tenham a liberdade de dizer o que acham que está funcionando e o que não está funcionando. Não é possível fazer um planejamento bem feito sem isso, pois ao redesenharmos estruturas sem essa avaliação prévia criamos o risco de não resolver alguns problemas e até de criar problemas em áreas que estão funcionando bem. Danilo.mac(discussão) 18h27min de 19 de abril de 2019 (UTC)

Eu penso que as estruturas de governaça estão funcionais e poderam continuar em vigor, mas acho que se deve criar um novo estatudo de usuarios um especi de superconfirmados onde esses podessem ver as paginas que foram eleminadas. Ribeiro2002Rafael (discussão) 20h33min de 18 de maio de 2019 (UTC)

@Ribeiro2002Rafael: Obrigado pela participação! Acredito que isso possa ser proposto à comunidade na Esplanada com as devidas justificativas. Ou pode, por exemplo, questionar outros usuários individualmente sobre a opinião deles a respeito disso e ir amadurecendo a ideia. Entretanto, o Processo Estratégico não lida com esse tipo de decisão, pois isso fica a cargo da comunidade local decidir através de seus espaços de discussão.
O que este Processo pretende saber de você é sua opinião sobre as estruturas de governança relacionadas ao movimento Wikimedia em geral, a interação entre a Wikimedia Foundation, a comunidade de editores e as demais entidades do movimento, como comitê de afiliação, capítulos, Comitê de Disseminação de Fundoss, grupos de usuários, o Conselho Diretivo. O que precisa ser mudado e o que deve ser mantido? LTeles (WMF) (discussão) 18h52min de 31 de maio de 2019 (UTC)

Grupo 2: Fluxos de receitaEditar

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Pretende-se aqui avaliar novas e diversificadas oportunidades de captação de recursos. Considera-se que as receitas atuais não são capazes de levar os projetos às metas até 2030. Atualmente concentrada na doação de um grande número de pessoas que fazem contribuições pequenas, exige-se que a ampliação da receita esteja ligada aos princípios da Wikimedia.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G2Q1) Que receita contínua o movimento Wikimedia precisa até 2030 para realizar a sua missão nos próximos 100 anos?
Pergunta 2 (G2Q2) O que precisamos saber sobre a geração passada e gastos de receita para determinar a melhor maneira de atingirmos a nossa meta?
Pergunta 3 (G2Q3) Quais fatores, internos e externos, afetam a nossa capacidade de atingir a nossa meta?
Pergunta 4 (G2Q4) Quais são os limites que não devemos ultrapassar ao trabalharmos em direção à nossa meta?
Pergunta 5 (G2Q5) Quais fluxos de receita nos permitirão atingir a nossa meta?
Pergunta 6 (G2Q6) Quais são as capacidades necessárias para desenvolvermos esses fluxos de receita?
Pergunta 7 (G2Q7) Como podemos tirar proveito do fato de sermos um movimento global com presença local para atingirmos a nossa meta?
Pergunta 8 (G2Q8) Como podemos organizar a geração de receita e o fluxo ao longo do movimento?

ComenteEditar

Na minha visão a WMF precisa se preocupar menos sobre como aumentar a receita e mais sobre como reduzir gastos que geram pouco ou nenhum retorno. Um exemplo que já vi pessoas de vários países comentado é a quantidade de dinheiro gasto com viagens para fazer reuniões presenciais. A Wikimania é um bom exemplo, nessa reunião são feitas várias apresentações sobre diversos temas, mas provavelmente tudo do que é apresentado poderia ser feito por video conferências ou outro meio digital, fazendo com que a única diferença do encontro presencial seja a confraternização entre Wikimedistas, que é algo positivo, mas não é para isso que as pessoas fazem doações. Outro tipo de gasto que poderia ser evitado são projetos que se desenvolvem sem ter uma certeza razoável que os resultados finais valerão os recursos gastos. Um exemplo nesse sentido é o que aconteceu com o Flow, foram gastos muito tempo e recursos para desenvolver essa ferramenta sem que se dessem conta durante o processo que os editores não iriam aceitar que o Flow substituísse as páginas de discussão, ou seja, foi um gasto desnecessário que poderia ter sido empregado em outras áreas. Enfim, redução de gastos é uma importante fonte de receitas que deveria ser mais considerada.

Outra fonte de receita pode ser as doações de empresas e organizações que investem em projetos educacionais. Isso não é conseguido com os banners da campanha de doação, é preciso que representantes da WMF vão até as organizações pedir as doações. Uma vantagem desse método é que as organizações que fazem as doações ficarão atentas a como os recursos estão sendo empregados, o que ajuda na vigilância dos gastos. Outra ideia é criar um fundo de investimentos para colocar parte das doações, a longo prazo os juros desse fundo pode complementar a receita obtida por doações, ou, dependendo do tamanho que esse fundo tomar, pode se tornar a principal fonte de recursos. Danilo.mac(discussão) 17h45min de 18 de abril de 2019 (UTC)

@Danilo.mac: Wikimania é a única convenção global do Movimento Wikimedia que está aberta a todos, acho muito importante que isso exista e se mantenha. Pelo que sei, os gastos com isso, embora consideráveis, são uma ninharia no cômputo global, e muitíssimo menos que aquilo que outras organizações congéneres como a FireFox gastam com a formação e desenvolvimento dos seus voluntários. Aquilo não é um "convívio de wikimedistas", é o único ponto onde muitos de nós, especialmente quem não está vinculado a nenhum afiliado Wikimedia, pode trocar experiências com outros wikimedistas do mundo inteiro, e dar o salto para fora do buraco ou toca de coelho que muitas vezes acabam sendo os projectos Wikimedia. Não acho isso só importante, acho fundamental para a boa saúde do movimento. Basta pensar que foi na Wikimania 2008 na Biblioteca de Alexandria que se apresentou e desenvolveu o conceito de GLAM, muitos dos grandes saltos e avanços no Movimento e nas várias comunidades foram dados precisamente em Wikimanias. Nada substitui o contacto pessoal, a troca de experiências cara a cara. Para estar enfiados à frente de computadores, já estamos nós aqui todos o dias. Por tudo isso discordo em absoluto que se deva poupar justamente no único evento Wikimedia global que é aberto a todos. Poupar nisso é, como se diz aqui, poupar na farinha para gastar no farelo, pois nada paga o conhecimento que é gerado e transmitido em encontros desse género. O investimento é uma ninharia, comparado com o retorno que traz.-- Darwin Ahoy! 21h42min de 18 de abril de 2019 (UTC)
Eu não fui a nenhum Wikimania mas acompanhei a agenda de alguns e assisti algumas apresentações via stream, e não vi depois impactos relevantes por aquelas discussões terem ocorrido presencialmente, mas posso estar errado sobre isso. Em todo caso, o ponto é verificar o real impacto das ações e comparar esse impacto com os recursos empregados para evitar gastos desnecessários. Danilo.mac(discussão) 23h30min de 18 de abril de 2019 (UTC)
Talvez pudesse estar melhor documentado, mas é facto que muitos dos conceitos de alto impacto no Movimento, como os GLAMs, ou a necessidade preemente de descolonização da Internet, dominada por uma cultura de matriz ocidental (tema da última Wikimania), tiveram como ponto fulcral estes eventos. Também é o único sítio em que um wikipedista da Guiné-Bissau pode se encontrar e conversar com um do Bangladesh, e perceber que ambos os países partilham dois desafios fundamentais: Como trabalhar na quase total ausência de fundos externos, e uma comunidade online toda ligada via Facebook, e um experimentar a solução que o outro encontrou. Este tipo de coisa, embora teoricamente possível online, é muito improvável de acontecer fora de encontros presenciais.
É facto que uns poucos olham para aquilo como uma espécie de férias pagas pela Wikimedia, como um prémio pelo trabalho voluntário, mas não é nada disso que aquilo é, e quem vai com esse espírito era melhor que ficasse em terra e desse o lugar a outros, pois as bolsas são um recurso escasso. Pelo que soube, este ano há um objectivo da organização privilegiar quem nunca participou antes, também para evitar uam certa classe de "wikifesteiros", gente que mal participa nos projectos, mas conseguiu ter sucesso nesse nicho, e vive saltando de evento Wikimedia em evento Wikimedia, fazendo o chamado "Wikitour", com muito pouco ou nenhum impacto real nos projectos depois. Essa classe, que deu bastante má fama no passado aos eventos Wikimedia, entre eles o Wikimania, já está mais ou menos identificada, e a tendência que tenho percebido é para a sua gradual extinção.-- Darwin Ahoy! 14h48min de 20 de abril de 2019 (UTC)
Bom saber que estão tendo essa atenção com o "wikitour". Mas de fato o impacto dos eventos precisaria estar melhor documentado, é preciso aumentar a atenção com o pós-evento, vejo muita atividade relacionada com o Wikimania e outros eventos nos dias que antecedem e durante o evento, mas ao terminar o evento não existe muita preocupação em registrar o impacto que o ele teve. Seria bom que por exemplo seis meses após um Wikimania fosse feita uma verificação e registro do impacto de cada tema discutido, o que evoluiu e o que ficou parado. Danilo.mac(discussão) 18h09min de 20 de abril de 2019 (UTC)

Sobrescrevo o primeiro comentário do colega Danilo.mac, mas com menos ênfase no encontro específico sendo discutido. Como é amplamente difundindo, o problema da fundação não é captação de receita mas sim gastos desenfreados e desnecessários - o projeto sustentava-se muito bem no passado sem esses gastos, que não são, na grossa parte, direcionados para infraestrutura e pessoal associado a essa para suportar o maior volume de internautas. Saturnalia0 (discussão) 14h33min de 21 de abril de 2019 (UTC)

Sendo que um dos gastos desenfreados parece ser justamente este processo de estratégia, que já dura há anos e ninguém sabe muito bem como funciona nem onde vai chegar, se é que tenta sequer chegar a algum lado. Eu teria muito mais atenção aos gastos com este tipo de coisa, com o site da WMF, que aparentemente custou uma fortuna e continua um lixo visual, com projectos malucos como o novo plano de branding que sugere juntar Wikimedia e Wikipédia, do que com os custos dos eventos de formação e capacitação das comunidades, que geralmente têm tradução no desenvolvimento e enriquecimento dos projectos.
"Considera-se que as receitas atuais não são capazes de levar os projetos às metas até 2030" - na verdade nem sei o que isto quer dizer. Parece ser uma mera suposição hipotética. Tanto quanto eu sei, o financiamento dos projectos em si não está minimamente em risco, até acabaram de fazer uma dotação financeira só destinada a aplicação de fundos, para um financiamento dos custos correntes a longo prazo (leia-se, dezenas de anos ou séculos).-- Darwin Ahoy! 02h53min de 24 de abril de 2019 (UTC)
@DarwIn e Saturnalia0: Acredito que essa frase sobre as receitas não serem suficientes se refere a uma previsão de que os custos irão aumentar ou a alguma demanda maior de investimento para que as metas de 2030 sejam alcançadas. Até onde se sabe, os recursos atuais estão sendo suficientes de acordo com os gastos atuais. Não saberia dizer qual seria essa demanda maior de investimento, mas posso buscar essa informação se quiserem. LTeles (WMF) (discussão) 17h29min de 24 de abril de 2019 (UTC)
@LTeles (WMF): Será que seria possível confirmar isso com os grupos de discussão? É que realmente essa frase é confusa até para mim, que tenho acompanhado minimamente o processo. Se nem há objectivos ainda, como se presume que os gastos vão aumentar assim tanto para além do expectável (mais servidores, etc) que não é nada assim tão custoso?
@DarwIn: Vou buscar essa informação.LTeles (WMF) (discussão) 20h16min de 24 de abril de 2019 (UTC)

Aliás, já que estamos falando nisso, a não ser que a situação tenha mudado e eu não fiquei sabendo temos o seguinte: Como alguns por aqui devem lembrar, quando um editor, por maiores que sejam suas contribuições ao projeto, envolve-se em algum entrave judicial devido às suas contribuições (e exclusivamente devido a elas), por mais justas que sejam, nem um centavo de recurso é alocado em seu auxílio. A receita tem fins mais importantes, suponho. Saturnalia0 (discussão) 03h37min de 24 de abril de 2019 (UTC)

@Saturnalia0: No caso do Chico eles não pegaram, mas no Commons tem acontecido a WMF realmente avançar com todo o departamento legal, e até às últimas consequências, para defender os Wikimedistas. Suponho que tenha a ver com política interna e estratégia da Fundação, que acabam sendo bastante obscuras. Também penso que deveria ser ponto assente e incontroverso que qualquer wikimedista com problemas legais por fazer uso legítimo dos projectos deveria ter representação legal graciosa e de qualidade providenciada pela WMF. É uma boa coisa para mandar para esses grupos de estratégia mastigarem, de facto, embora pertença a outros tópicos (Alocação de Recursos, por exemplo), e não a este.-- Darwin Ahoy! 18h23min de 24 de abril de 2019 (UTC)

Eu já falei isso antes e vou repetir: "PAY THE AUTHORS NOW!!!". Os autores da Wikipédia são a verdadeira sustentação de todo o projeto. De fato, não é com reuniões burocráticas que se faz a Wikipedia, não é com remunerações a burocratas. É com a escrita dos autores que a Wikipédia existe: se ninguém escrevesse, não haveria verbetes. Mesmo assim, os burocratas desejariam as reuniões e remunerações. Não precisamos de um sistema hierárquico, pois as informações cedidas à Wikipédia são controladas pelos próprios escritores, com base na citação de fontes e confiabilidade das mesmas. A própria comunidade é capaz de identificar vandalismos ou "carece de fontes", por escrutínio. Além de todos os vícios já expostos por mim e por outros, a hierarquia na Wikipédia interfere na QUALIDADE da informação. Exemplo disso é o verbete Modernidade, que insistem apagar minha contribuição embasada em fontes fiáveis para manter uma visão ideológica, imprópria e equivocada sobre o conceito, entronando Nietzsche como patrono. Outro exemplo é o verbete Neurociências, que está correto na Wikipédia lusófona e incorreto na Wikipédia anglófona. Minha proposta se resume em dois pontos: - a dissolução imediata da hierarquia entre colaboradores e; - a remuneração dos escritores por caractere mantido após um ano. ---Camillo Cavalcanti (discussão) 18h15min de 1 de maio de 2019 (UTC)

@Camillo Cavalcanti: Obrigado pelas opiniões. Parece ser algo cada vez mais aceito que os editores precisam ser melhor assistidos. Traz uma ideia um pouco diferente sobre remuneração a autores/editores, o que modificaria o caráter voluntário das edições. Gostaria de explicar melhor como isso se daria? Acredita que existe verba suficiente para todas as contribuições? Com relação a outros tipos de contribuições em que não há adição de conteúdo, por exemplo, daqueles que revertem vandalismo ou escrevem scripts de robôs ou atuam na área administrativa, deveriam ser pagas também?
Outro ponto é sobre a hierarquia. Não ficou claro pra mim a que hierarquia se refere. Está se referindo à existência de grupos de usuários como administradores, burocratas, etc? Possui alguma ideia sobre como tornar o sistema menos hierárquico? LTeles (WMF) (discussão) 21h19min de 3 de maio de 2019 (UTC)
Oi Sr. @LTeles (WMF):, obrigado pela sinalização, no meu perfil, de sua resposta aqui. Durante o Projeto Wikipédia na Escola, para o qual fui convidado pelo Sr. Everton, sugeri fosse estabelecido 0,01 de dólar (um centavo) por caractere na página principal do artigo, ao menos durante um ano. Abri no Projeto Wikipedia na Escola vários rascunhos de verbetes sobre crítica e teoria (p.ex., Alceu Amoroso Lima), escritos pelos meus alunos, para futuramente receberem tratamento editorial mais adequado, por parte dos administradores, robôs, burocratas, etc. Na ocasião infelizmente percebi que a colaboração voluntária só se aplica aos escritores, pois, subindo na hierarquia, administradores, robôs, burocratas não quiseram desempenhar o trabalho voluntariamente. Ao contrário, vieram oferecer bondade fantasmagórica em troca de que eu me sacrificasse mais, revisando e editando todos os rascunhos, mas minha bondade fantasmagórica não convenceu os soberanos da Wikipédia a também atuarem voluntariamente, igual aos escritores valorizadíssimos em retórica vazia de massagear o ego dos marginalizados. As páginas-rascunho até hoje aguardam esse tratamento editorial, se é que ainda existe a página da Wikipédia na Escola (a página "PAY THE AUTHORS NOW!!!" já sumiu). Administradores, robôs, burocratas poderiam e deveriam ganhar exatamente a mesma coisa: 0,01 dólar (um centavo) para cada caractere escrito em substituição aos erros, em vez de simplesmente apagarem (muitas vezes incorretamente) ou colarem traduções robóticas da Wikipédia anglófona (muitas vezes numa sintaxe ilegível). Mas para fazer essas edições, não é necessário, de forma alguma, distintivo oligárquico de "administrador", "robô", "burocrata". Todos os protagonistas são escritores, uns escrevem mais, outros menos. E seria o Império da Justiça todos iguais perante a lei. A Lei da Wikipédia: todos são escritores, independentemente de raça, credo, localização ou grau de participação; e quem trabalha mais é também e ainda, e sempre, um escritor e receberá a mais por isso, se a comunidade julgar, por discussão ou escrutínio, que seu caractere (type) tem valor sustentável ao menos por um ano na página principal do artigo, seguindo os já estabelecidos princípios de edição. Camillo Cavalcanti (discussão) 03h21min de 9 de maio de 2019 (UTC)
Discordo em pagar os editores dessa forma, não existem recursos para isso, e nós colaboramos sem receber nada em troca para que as pessoas tenham acesso as informações de forma gratuita e sem anúncios. Nós estamos colaborando para o livre acesso ao conhecimento, esse é o nosso pagamento. Danilo.mac(discussão) 00h19min de 12 de maio de 2019 (UTC)

E vai gastar o dinheiro então com o "wikitour"???Camillo Cavalcanti (discussão) 00h16min de 15 de maio de 2019 (UTC)

Grupo 3: Alocação de recursosEditar

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Atualmente, a Fundação Wikimedia é o principal ponto de alocação de recursos. Através dos seus programas de pedidos de recursos, usuários ou afiliados podem solicitá-los abertamente. Mesmo sendo um processo aberto a todos, tem sido questionado se apenas possibilitar o acesso seja suficiente para garantir a equidade entre as diferentes comunidades. "Recursos" é um termo que pode fazer referência a dinheiro, mas também a recursos tecnológicos, de comunicação, de marca, de gestão de pessoas, entre outros.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G3Q1) Como a alocação de recursos pode apoiar as estruturas que fortalecem os diferentes atores dentro do movimento de conhecimento livre a longo prazo? Como o poder está conectado à alocação de recursos e como podemos utilizar a alocação de recursos para criar mudanças?
Pergunta 2 (G3Q2)
  • Quem toma as decisões sobre a alocação de recursos dentro do movimento? Como essas decisões devem ser tomadas (em termos de estruturas, critérios, prioridades, responsabilidade)?
    • Como os critérios e prioridades de tomada de decisão são definidos?
    • Como incluímos as “comunidades que foram deixadas de lado por estruturas de poder e privilégio?
Pergunta 3 (G3Q3)
  • Qual é o objetivo de um sistema amplo de alocação de recursos do movimento? Quais devem ser os valores e princípios que regem o sistema de alocação de recursos, para que possam apoiar um sistema para a alocação equitativa de recursos no movimento?
    • Há uma hierarquia de valores? E se entrarem em conflito?
    • Como podemos assegurar que os recursos que alocamos nos ajudarão a alcançar a direção estratégica de tornarmo-nos a infraestrutura essencial de conhecimento livre, inclusive a equidade de conhecimento e conhecimento como serviço?
Pergunta 4 (G3Q4) A direção estratégica prioriza “comunidades que foram deixadas de lado”. Quem são elas? Com quem devemos entrar em contato e com base em qual princípio?
Pergunta 5 (G3Q5)
  • Quem devem ser os destinatários dos recursos? Como determinamos os limites, quem ou o que será incluído?
    • As regras seriam diferentes para o movimento Wikimedia em comparação a entidades/comunidades do ecossistema mais amplo de conhecimento livre?
Pergunta 6 (G3Q6)
  • Como podemos alocar os recursos para assegurar a inovação em relação à nossa meta de 2030?
    • Como podemos equilibrar a necessidade de inovação ao mesmo tempo em que apoiamos o trabalho existente?
    • Como podemos possibilitar a inovação para uma ampla gama de comunidades?
Pergunta 7 (G3Q7)
  • De que maneiras os recursos alocados garantem recursos futuros (sustentabilidade)?
    • Como podemos integrar o desenvolvimento de capacidades (para a sustentabilidade) com a alocação de recursos?
    • Se nos concentrarmos no aspecto financeiro: Como podemos usar os fundos existentes para criar fundos futuros? Quais são as variações contextuais que precisamos considerar para esse processo? Esse processo será diferente para as comunidades emergentes e não emergentes?
Pergunta 8 (G3Q8)
  • Qual o impacto que os recursos alocados devem criar dentro das nossas comunidades e do mundo?
    • Como podemos medir o impacto a longo prazo?
    • Como podemos equilibrar a necessidade de medição específica ao contexto e a consistência ao longo do movimento?
    • Como podemos assegurar que a nossa alocação de recursos seja catalítica e leve a mudanças maiores e mais rápidas para o conhecimento livre ao longo do tempo (para que os recursos do movimento não sejam os únicos usados)?
    • Como podemos assegurar que o impacto geral na sociedade seja positivo?
Pergunta 9 (G3Q9) A quem prestamos contas e como podemos organizar a prestação de contas?

ComenteEditar

Comentando somente a pergunta 8, considero fundamental ter uma forma de medir o impacto dos recursos alocados, sem essa medição podemos estar dando recursos demais para ações com pouco impacto e recursos de menos para ações que geram grande impacto e têm potencial de gerar ainda mais. A medição de impacto deve ter como base a nossa missão de levar conhecimento às pessoas, temos que procurar verificar se as ações de alguma forma aumentarão o conhecimento que as pessoas obtêm, observando também a relevância desse conhecimento na vida das pessoas, ler artigos sobre entretenimento por exemplo não é tão relevante quanto ler artigos científicos. Fazer essa medição porém não é uma tarefa simples, pois o aumento do conhecimento das pessoas é uma coisa subjetiva e para fazer medições precisamos de objetividade. Uma forma de criar objetividade é através de pesquisas de opinião que transforme essas subjetividades em estimativas numéricas, por exemplo perguntar às pessoas que já leram artigos da Wikipédia com que frequência elas leem os artigos e qual diferença isso faz em seu nível de cultura e conhecimento, e repetir a pergunta para as outras formas em que divulgamos conhecimento, com isso teremos uma estimativa do que leva mais e menos conhecimento às pessoas. Outra parte da medição é medir quanta informação nós disponibilizamos e qual uso está sendo feito dela. Uma forma de medir isso nos artigos da Wikipédia de uma forma numérica é usando o número de acessos e o tamanho dos artigos, apesar de não ser uma medida precisa o número de acessos alto mostra que mais pessoas estão lendo ou pelo menos procurando aquele assunto, e o tamanho do artigo tem uma certa relação com a qualidade dele. Essa medição pode ser diferente para outros tipos de informações que disponibilizamos, imagens no Commons por exemplo podem ser medidas pelos acessos diretos à página da imagem, o número de páginas em que a imagem é usada e o número de acessos a essas páginas. Danilo.mac(discussão) 21h27min de 19 de abril de 2019 (UTC)

Minha proposta se resume em dois pontos: - a dissolução imediata da hierarquia entre colaboradores e; - a remuneração dos escritores por caractere mantido após um ano. --Camillo Cavalcanti (discussão) 18h20min de 1 de maio de 2019 (UTC)

Grupo 4: Desenvolvimento de capacidadesEditar

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Este grupo temático pretende definir como e quais áreas devem ser o foco do desenvolvimento de capacidades que envolvem toda a contribuição aos projetos da Wikimedia. Isso faz referência ao desenvolvimento de capacidades para que um usuário edite melhor, fotografe melhor, escreva melhores scripts, desenvolva robôs, mas também pode fazer referência ao desenvolvimento, por exemplo, de capacidades não editoriais, como de comunicação para aqueles que tenham interesse em realizar apresentações sobre um determinado projeto caso a comunidade decida apoiar isso.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G4Q1) Como tornamos o desenvolvimento de capacidades inclusivo e equitativo?
Pergunta 2 (G4Q2) Quais partes interessadas devem fazer parte dos esforços de desenvolvimento de capacidades e como?
Pergunta 3 (G4Q3) Quais recursos são necessários para o desenvolvimento de capacidades?
Pergunta 4 (G4Q4) Quais ferramentas e métodos funcionam melhor a nível local, regional e internacional?
Pergunta 5 (G4Q5) Como podemos ampliar as ferramentas disponíveis além do treinamento, identificando formatos inovadores e eficazes?
Pergunta 6 (G4Q6) Qual papel a comunicação deve desempenhar em um sistema de desenvolvimento de capacidades e como isso pode ser integrado a uma abordagem de comunicação em todo o movimento?
Pergunta 7 (G4Q7) Quais processos ou sistemas apoiarão o desenvolvimento de capacidades de maneira eficaz?
Pergunta 8 (G4Q8) Quais estruturas e órgãos são necessários para preservar e promover a capacidade e quem deve mantê-los?
Pergunta 9 (G4Q9) Até que ponto ampliamos os esforços de desenvolvimento de capacidades além das partes interessadas do movimento e para o ecossistema de conhecimento?

ComenteEditar

Eu também gostaria de saber a respostas para muitas dessas perguntas, eu já tentei fazer guias técnicos como este para incentivar que mais editores contribuíssem em áreas mais técnicas, criei as ferramentas ptwikis de uma forma que vários usuários podem ter acesso, mas essas iniciativas não deram muito certo. A dificuldade principal parece ser que a programação exige muito mais tempo de aprendizado e desenvolvimento do que outras tarefas de edição, e também exige muito mais paciência, pois ao programar é comum cometermos e corrigirmos muitos erros. Danilo.mac(discussão) 18h53min de 18 de abril de 2019 (UTC)

@Danilo.mac: Podemos tentar ir definindo do mais amplo para o mais específico. Já entende quais são as dificuldades (tempo de aprendizado para programação). Portanto, já podemos pensar em definir um norte. Por exemplo, isso pode ser resolvido com elaboração de material didático em nossa língua? Ou o ideal seriam palestras para usuários? Ou parcerias com instituições? Se for material didático, que tipo de material, como ele vai se relacionar com as novas tecnologias? Se forem palestras, como atingir mais pessoas e garantir que o conteúdo seja o mais acessível possível? Acredito que aos poucos as opiniões possam ir sendo definidas. LTeles (WMF) (discussão) 17h57min de 20 de abril de 2019 (UTC)
Já existe um pouco de material aqui na Wikipédia, um exemplo é o guia que citei acima, também comecei recentemente a escrever o Ajuda:Lua, e lembro que já houveram palestas na época do projeto Catalisador. E é possível encontrar muita coisa sobre programação na internet, inclusive em português, pois diferentemente de outras modalidades de edição a programação não é algo específico da Wikipédia. Não sei bem o que falta, talvez a programação seja simplesmente algo que muitos não têm interesse em aprender, da mesma forma com que eu colaboro com programação aqui mas nunca tive interesse em redigir artigos. Danilo.mac(discussão) 18h24min de 20 de abril de 2019 (UTC)
Deixo a pergunta em aberto então. Alguém já teve interesse em aprender sobre programação aqui na Wikipédia, mas desistiu por não encontrar material ou por falta de apoio? Alguém acha que uma ajuda nesse sentido teria evitado essa desistência? Que tipo de ajuda?
Se me permite, eu respondo que no meu caso isso já aconteceu mais de uma vez. Já pensei em programar e tive um bot, mas não consegui dar continuidade por falta de conhecimento. Talvez outros tenham passado pela mesma experiência. LTeles (WMF) (discussão) 20h28min de 20 de abril de 2019 (UTC)
Agora mesmo tá sendo uma autêntica charada perceber o funcionamento do Petscan, que alguns descrevem como a 5ª maravilha do mundo. Nessas coisas se você não tem um padrinho que ajude a saber o caminho das pedras, ferrou.-- Darwin Ahoy! 18h27min de 24 de abril de 2019 (UTC)

Eu entendo esse problema.Os problemas com bots são muito constantes.Eu mesmo criei um bot,mas não entendi nada da programação e acabei abandonando.Acho que a Wikimedia Foundation deveria achar um jeito de auxiliar os usuários especialmente os novatos a entrarem na área técnica.Assim teríamos mais artigos.Gustave London (discussão) 15h07min de 18 de maio de 2019 (UTC)

Oi, Gustave London. Obrigado pela participação. Que tipo de auxílio gostaria que fosse realizado ou apoiado pela Wikimedia Foundation? Melhorar a documentação sobre as ferramentas? Promover workshops ou aulas presenciais sobre bots? Outra alternativa? LTeles (WMF) (discussão) 18h53min de 18 de maio de 2019 (UTC)
Acho que nem precisaria de aulas presenciais.Acho que precisaria ter mais ajudas.No tutorial por exemplo, poderia ter alguma coisa que explicasse melhor o uso das ferramentas robóticas.Só isso ajudaria muito.Mas obrigado LTeles.Gustave London (discussão) 12h52min de 20 de maio de 2019 (UTC)

Nesta área eu acho que seria um bom acréscimo, uma estrutura de cursos (tipo como é feito pela Udemy, Coursera ou EdX), tipo um WikiAcademia, para treinar e desenvolver as capacidades de editores. Por exemplo: "Como criar e usar pré-definições", "Curso de construção de bots", etc.. Ricardo F. OliveiraDiga 18h56min de 24 de maio de 2019 (UTC)

Obrigado pelo exemplo Ricardo.Também seria bom pessoas mais experientes nessa área ensinarem pessoas novas em programação a usarem ferramentas robóticas.Gustave London (discussão) 19h19min de 25 de maio de 2019 (UTC)

Grupo 5: ParceriasEditar

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Este grupo temático faz referência a acordos de cooperação entre usuários ou afiliados dos projetos Wikimedia e grupos externos à Wikimedia com intuito de melhorar a qualidade do conteúdo dos projetos. Entender os desafios futuros para formação de melhores parcerias, otimizar o modelo de parcerias já realizado de forma isolada entre diferentes grupos, aumentar o impacto gerado pelas parcerias, são pontos importantes da discussão.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G5Q1) Como podemos desenvolver a Wikimedia em um conjunto eficaz de parcerias, alianças e ações coletivas impactantes com base em uma visão compartilhada de conhecimento aberto e do movimento “Big Open”?
Pergunta 2 (G5Q2) Como desenvolvemos a infraestrutura técnica, as capacidades e o suporte que precisamos para sermos um parceiro eficaz para compartilharmos a “soma de todos os conhecimentos” e cumprirmos a visão de conhecimento como serviço para os nossos parceiros?
Pergunta 3 (G5Q3) Como podemos capacitar as pessoas e as organizações que trabalham em parcerias para obterem o apoio de que precisam para cumprir o nosso potencial de realizar parcerias diversificadas, sustentáveis, eficazes e impactantes?
Pergunta 4 (G5Q4) Como criamos uma cultura inclusiva e abrangente de compartilhamento de conhecimento, habilidades e práticas sobre colaborações e parcerias para que todos no movimento possam participar e se beneficiar delas?

ComenteEditar

Acho que inicialmente a tentativa e erro é uma boa abordagem a ser usada com as parcerias, sempre registrando todas dificuldades encontradas durante o processo, dificuldades dos dois lados, das parcerias em colaborar conosco e nossas em orientá-las. Estudando essas dificuldades nós vamos aos poucos aprimorando nossas relações com entidades parceiras. As parcerias são muito importantes, mas acho que devemos dar prioridade para as parcerias de instituições que possam colaborar em artigos pouco desenvolvidos aqui na Wikipédia, parcerias que colaborem apenas com assuntos já bem desenvolvidos por aqui devem ser evitadas na minha opinião, pois o impacto positivo que podem trazer é pequeno se comparado com o tempo gasto nessa interação. Danilo.mac(discussão) 19h22min de 18 de abril de 2019 (UTC)

Grupo 6: DiversidadeEditar

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Este grupo temático faz referência à diversidade em sentido amplo, seja pela representação por indígenas, por pessoas de diferentes idiomas, religiões, localizações distintas ou por posicionamentos políticos, gênero, etc. Considera-se que há um desequilíbrio atual dentro e fora da Wikimedia criado pelas estruturas de poder historicamente, o que faz com que algumas vozes sejam menos ouvidas do que outras. Focar menos no inglês, trazer pessoas aos projetos que no momento não participam, permitir alcance para públicos mais amplos, são alguns dos subtemas deste grupo.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G6Q1) Podemos estabelecer que cada comunidade precisa ter um código de conduta que forneça a inclusão da diversidade? Como um compromisso com a diversidade também se manifesta nas estruturas de governança das organizações do nosso movimento, em nossas relações públicas e nas representações de mídias sociais?
Pergunta 2 (G6Q2) Como transformamos a nossa cultura e os espaços colaborativos, incluindo, entre outros, artigos, discussões gerais, páginas de discussão e o Commons para apoiar a representação diversificada de colaboradores e escritores, bem como as nossas definições de fontes e neutralidade confiáveis, para construir um ambiente seguro no qual todos (culturas e grupos minoritários/não representados/subrepresentados/predominantes) sejam incluídos e possam ver os seus respectivos conhecimentos representados, e falarem abertamente sobre eles mesmos?
Pergunta 3 (G6Q3) Como evitamos a armadilha do recentismo, recorrendo a redes de idosos, redes LGBT, redes de mulheres, comunidades indígenas, etc., para desenvolver voluntários para o projeto, como escritores, desenvolvedores e coletores de documentos, para encontrar e preservar o nosso histórico coletivo oculto?
Pergunta 4 (G6Q4) Que medidas efetivas devem ser tomadas para o futuro, para que a nossa comunidade maior possa usar outros idiomas que não o inglês para tomar decisões, eliminando a exigência de domínio do inglês como parte da nossa comunidade de tomada de decisões?
Pergunta 5 (G6Q5) Quais medidas as partes interessadas devem tomar para assegurar a diversidade de idiomas em várias plataformas (idiomas, tecnologia, interfaces e organizações para tecnologias de pesquisa, verbais e visuais) para oferecer suporte para assegurar a mais ampla representação possível de vários idiomas, bem como das pessoas com desafios físicos e cognitivos para participar do nosso movimento?
Pergunta 6 (G6Q6) As pessoas que estão aprendendo (mais especificamente crianças e jovens) entendem o conteúdo apresentado nos nossos projetos e o conhecimento está disponível em seu idioma ou nas suas plataformas de aprendizagem? Isso é, de alguma maneira, atraente para os processos de aprendizagem e para os terminais de leitura (ou seja, gerações que estão aprendendo cada vez mais por meio de vídeos)?
Pergunta 7 (G6Q7) A integração de grupos historicamente marginalizados exige que as partes interessadas do movimento repensem os seus princípios do Creative Commons ao incorporar o uso das licenças “Nenhum trabalho derivado (ND)” e “Nenhum trabalho comercial (NC)” (bem como mudanças nos princípios de notabilidade e definições e uso de outras fontes) para facilitar a “autenticidade” das vozes que foram historicamente proibidas de contar a sua própria história?
Pergunta 8 (G6Q8) Quais capacidades devem ser desenvolvidas dentro do movimento para combater as tensões que podem surgir devido ao aumento de conteúdo/conhecimento de comunidades mais diversificadas nas plataformas da Wikimedia?
Pergunta 9 (G6Q9) Como aumentamos o conhecimento em regiões de pouco conhecimento para assegurar a representação adequada, tanto no nível de participação voluntária quanto na quantidade de conteúdo?
Pergunta 10 (G6Q10) Já que o voluntariado é um papel, substancialmente, para pessoas privilegiadas, a Fundação Wikimedia deveria começar a oferecer incentivos monetários e honorários para as pessoas que voluntariam uma grande quantidade de tempo para as atividades do movimento?

ComenteEditar

Concordo que tomar decisões importantes levando em conta somente opiniões de falantes de inglês é uma prática que acaba excluindo muitas opiniões, eu por exemplo discordo de algumas ideias de desenvolvedores que falam inglês, mas por não ter um inglês fluente acabo evitando entrar em discussões muito complexas. Não consigo ver uma solução para que pessoas que não são fluentes em uma língua em comum tenham discussões mais complexas, as ferramentas de tradução ainda cometem muitos erros e pessoas que intermedeiem a discussão não vão defender uma ideia da mesma forma, até porque podem ter opiniões diferentes. A solução na minha visão é evitar tomar decisões globais que impactem a forma como os editores de vários projeto estão acostumados a trabalhar, é preferível dar opções, incluindo a opção de manter as coisas como estão, em vez de impor decisões das quais os editores não participaram.

Sobre a pergunta 10, se a Fundação deve oferecer incentivos monetários para quem dedica muito tempo ao movimento, na minha opinião isso deveria ser feito somente em condições muito específicas, em que uma tarefa é considerada muito importante pela maioria da comunidade e não existe quem queira realizar a tarefa de forma voluntaria. Danilo.mac(discussão) 20h19min de 18 de abril de 2019 (UTC)

Sobrescrevo o que disse o colega e adiciono que a autonomia dos projetos de cada idioma é fundamental para apoiar os usuários que podem participar de decisões comunitárias apenas em seu idioma materno. Acho que o ponto mais importante seria manter e possivelmente reforçar tal autonomia. Quanto à pergunta sobre código de conduta, me parece que as regras gerais de comportamento já são suficientes e satisfatórias. Quanto à pergunta sobre as licenças, acho válido qualquer iniciativa em direção a afrouxar os requerimentos atuais. Quanto ao resto, acho que iniciativas como o GLAM válidas e interessantes. Quanto à pergunta do recentismo, não entendi muito bem, poderia esclarecer? Saturnalia0 (discussão) 14h33min de 21 de abril de 2019 (UTC)

@Saturnalia0: O tema da diversidade é tratado de forma bem ampla, o que inclui o aspecto temporal. Nesse caso, de acordo com meu entendimento da questão, a pergunta sobre recentismo se refere a evitar que os conteúdos sejam demasiadamente focados em temas atuais ou que a maior parte de cada artigo retrate aquilo que é atual, em detrimento da visão histórica sobre ele, defendendo que deve haver um equilíbrio entre as informações. Se alguém entendeu diferente, pode favor nos avise. LTeles (WMF) (discussão) 00h54min de 23 de abril de 2019 (UTC)
Certo, imaginei algo nessa linha. Não é uma pergunta simples de responder, vou pensar a respeito. Traduzir, mesmo que parcialmente, en:WP:RECENTISM (talvez como ensaio) poderia ser um bom começo para debatermos esse tópico no ambiente lusófono. Vou ver se acho tempo para isso no futuro próximo. Saturnalia0 (discussão) 00h59min de 23 de abril de 2019 (UTC)
Oi, Saturnalia0. Chegou a refletir sobre o assunto? Talvez seja um bom momento para retornarmos à discussão. LTeles (WMF) (discussão) 00h39min de 16 de junho de 2019 (UTC)
  • Pergunta 1 (G6Q1): sim, é necessário um código de conduta do projeto e ações devem ser tomadas a respeito dos que não seguirem o código. As denúncias e ações deveriam ser recebidas por um sistema alheio às comunidades locais para que haja neutralidade e imparcialidade, essas denúncias devem ser mantidas nesse sistema como um histórico desse usuário.
  • Pergunta 5 (G6Q5): o projeto precisa se modernizar e seguir diretrizes de acessibilidade.
  • Pergunta 8 (G6Q8): Uma capacidade ou recurso que talvez possa reduzir o conflito sobre o conteúdo/conhecimento/participação "destoante" seria que somente editores plenamente identificados e com alguma autoridade sobre os assunto pudessem ter a opinião crítica. Editores se valem da anonimidade para serem improdutivos e na maioria das vezes não têm conhecimento algum (formal ou não) sobre um assunto para avaliar sua importância. Precisa haver uma ferramenta que contabilize e tenha alguma ação sobre editores monopolizando a criação, a manutenção, a censura e a edição nos projetos.
  • Pergunta 10 (G6Q10): o incentivo deve ser para os não-privilegiados já que os editores habituais podem recorrer a formas de auxílio. SE um dos problemas a se enfrentar é a falta de participação de minorias por exemplo, a Fundação pode criar um programa de incentivo para que essas minorias participem. A própria questão diz que se voluntariar é um privilégio (obviamente de não-minorias) e devido à cultura tóxica da comunidade é mais do que justo recompensar a colaboração que é cansativa e conflituosa.― Diana m 05h29min de 12 de junho de 2019 (UTC)
Muito bom seu comentário, Dianakc. Muito obrigado. LTeles (WMF) (discussão) 00h39min de 16 de junho de 2019 (UTC)

Grupo 7: Produto e tecnologiaEditar

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Este grupo temático pretende otimizar as experiências de edição, comunicação e visualização nas páginas dos projetos de forma competitiva com demais plataformas. Melhor integração entre equipe de desenvolvedores, imaginar possíveis problemas tecnológicos futuros, quem irá decidir o que será gasto em desenvolvimento e suporte de tecnologia são algumas questões deste grupo.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G7Q1)
  • Evolução da plataforma, recursos/requisitos de software
    • Quais são os processos comparáveis de planejamento e desenvolvimento que ajudam os grupos e organizações semelhantes a definir as prioridades corretas e assegurar a eficiência?
    • Quais estruturas e processos podem corresponder melhor aos recursos e expectativas (inclusive a comunidade de desenvolvedores voluntários)?
    • Quais são as estruturas e processos que asseguram o nível necessário de inclusão na tomada de decisões e no planejamento da comunidade em geral em sua total diversidade?
Pergunta 2 (G7Q2)
  • Comunidade de desenvolvedores
    • Como podemos melhor atrair, apoiar e preservar os diferentes colaboradores técnicos, especificamente: construir e apoiar comunidades de desenvolvedores locais e priorizar os projetos que envolvam colaboradores técnicos?
Pergunta 3 (G7Q3)
  • Financiamento
    • O software/tecnologia deve ser considerada como uma possível avenida geradora de receita? Se o movimento for “a infraestrutura essencial do ecossistema de conhecimento livre”, essa posição deve ser alavancada financeiramente?
    • Qual é a relação entre financiar o movimento Wikimedia e financiar o ecossistema Mediawiki?
    • Que verificações e balanços precisamos fazer para assegurarmos que isso sirva à direção estratégica ("Até 2030, a Wikimedia se converterá na infra-estrutura essencial para o ecossistema do conhecimento livre, e qualquer pessoa que compartilhe a nossa visão poderá unir-se a nós.") e não se torne um fim em si mesmo?
Pergunta 4 (G7Q4)
  • Função na sociedade
    • Quais oportunidades de mercado e riscos para a marca fazem as metas de equidade e acesso ao conhecimento? Quais oportunidades de mercado e riscos para a marca fazem as direções da estratégia de equidade e acesso ao conhecimento? Qual a necessidade implícita que as intervenções de criação de conteúdo programático e de máquina, e os esforços de combate à censura, trazem? Como ajustaremos os nossos produtos e estratégias de plataforma à luz desses riscos e benefícios políticos?
    • Há alguma capacidade técnica ou estruturas do movimento relacionadas à tecnologia de que não dispomos atualmente que seriam úteis na detecção e prevenção de riscos que podem nos levar a armadilhas éticas (por exemplo, o Facebook agora está operacionalizado em algumas partes do mundo para incitar e organizar o linchamento de minorias)? Existe algum risco de abuso da Wikipédia de forma semelhante?
    • Qual é o papel da nossa tecnologia na preservação/proteção do acesso ao conhecimento livre, liberdade de expressão, software gratuito e plataformas e padrões de internet abertos?

ComenteEditar

Se qualquer coisa merece alocação de recursos é o desenvolvimento do software e da infraestrutura. Programadores pagos são fontes de menos problema e mais valor do que editores pagos, em minha visão. A interface móvel do site pode ser boa para quem visualiza, mas é horrível para quem edita e utiliza ferramentas administrativas, na verdade é inutilizável no caso do último. Sempre me surpreende que, com a receita que tem, tão pouca atenção seja dada às plataformas e tanta atenção seja dada a pessoal pago para realizar tarefas alheias a essa. Saturnalia0 (discussão) 14h33min de 21 de abril de 2019 (UTC)

Concordo. E a origem desse problema é que a WMF ainda acredita que os leitores são a prioridade, o que mostra uma falta de conhecimento e sintonia da Fundação sobre como os projetos Wikimedia funcionam. Eu lembro bem do discurso da então recém contratada diretora executiva Lila Tretkov (hoje não é mais) no Wikimania, assisti via stream ao vivo, ela fez um discurso bonito dizendo que os leitores seriam a prioridade na gestão dela, todos no auditório aplaudiram muito ao final, já eu achava que aquilo estava tomando a direção errada, e de fato essa visão gerou muitos problemas, e ainda geram porque muitos ainda não entendem o erro que existe nessa visão. A razão por muitos na WMF acreditarem que os leitores são a prioridade é porque já trabalharam ou fizeram cursos que formam as pessoas para trabalhar em organizações comerciais, aonde agradar o consumidor final é a prioridade, pois são eles que pagam os salários de quem constrói e mantêm a organização. Na Wikimedia essa lógica não funciona, pois a grande maioria dos leitores não dão um centavo para receber a informação, e a grande maioria dos que constroem e mantêm os projetos não recebem um centavo para colaborar. Ao priorizar os leitores os editores são colocados em segundo plano, o que gera desmotivação e consequente abandono do trabalho voluntário. Já quando os voluntários receberem uma importância maior que os leitores eles se sentem mais motivados e fazem um trabalho melhor que acaba beneficiando os leitores, no final todos ganham. Já falei isso quando pediram opiniões para a contratação da substituta da Lila, mas vejo que ainda existem muitos que não percebem esse problema. Isso é algo fundamental na definição da direção estratégica, se continuarmos priorizando os leitores sem ver o erro que existe por trás dessa decisão vamos continuar enfrentando muitos problemas, espero que a WMF perceba que essa visão é equivocada e corrija isso durante este planejamento estratégico. Danilo.mac(discussão) 19h37min de 21 de abril de 2019 (UTC)
Por mais que o projeto seja voltado para os leitores (pois não adianta criar artigos e mais artigos se não há quem os leia) é claro que, da mesma forma, é preciso que haja quem crie os textos para que alguém possa ler. A motivação de quem produz o produto final é importantíssima para que esse produto tenha a qualidade esperada.FábioJr de Souza msg 03h16min de 24 de abril de 2019 (UTC)
@Saturnalia0, Danilo.mac e Fabiojrsouza: Posso entender do que disseram até agora que não apenas desejam que haja uma mudança de prioridade em benefício dos editores/voluntários, mas também querem passar a mensagem de que o fato de a Fundação Wikimedia ter priorizado no passado os leitores em detrimento dos editores foi um erro? Ou era algo que poderia ter acontecido naquela época, mas que agora deve ser mudado? Alguém mais concorda/discorda?LTeles (WMF) (discussão) 17h14min de 24 de abril de 2019 (UTC)
Não participei da decisão à época portanto não faço avaliação de valor da mesma, mas acho que hoje poderia ser repensado a prioridade. Saturnalia0 (discussão) 17h24min de 24 de abril de 2019 (UTC)
Convém não esquecer que quanto mais fácil é a edição, mais vandalismo o projecto atrai também. Se a estratégia é caminhar para uma cada vez maior facilidade na edição, não tenho muitas dúvidas que os dias dos IPs estão contados por aqui. Ou então não fazemos mais nada que não seja reverter a porcaria que vai conseguindo passar pelos filtros.-- Darwin Ahoy! 18h31min de 24 de abril de 2019 (UTC)
@LTeles (WMF): Para mim sempre foi e sempre será um erro priorizar os leitores pelos motivos que expliquei. E posso colocar ainda mais argumentos nessa direção, vejam por exemplo quanto tempo que nós voluntários gastamos contribuindo aqui, muitos ficam horas por dia contribuindo, imaginem agora se todo esse trabalho fosse remunerado, certamente daria muitas vezes o valor que é arrecadado com doações em dinheiro, ou seja, mesmo se alguém acreditar na lógica que devemos priorizar aqueles que doam seus recursos para manter e desenvolver os projetos, ainda assim os voluntários devem ser a prioridade pois são de longe os maiores doadores ao doarem o seu tempo. Danilo.mac(discussão) 19h15min de 24 de abril de 2019 (UTC)
Citação: Danilo.mac escreveu: «Já quando os voluntários receberem uma importância maior que os leitores eles se sentem mais motivados e fazem um trabalho melhor que acaba beneficiando os leitores, no final todos ganham.» Essa é uma visão bem interessante! --Mister Sanderson (discussão) 20h36min de 18 de maio de 2019 (UTC)
Saturnalia0, existem editores pagos pela Wikimedia para criar artigos? Não entendi.--Mister Sanderson (discussão) 20h36min de 18 de maio de 2019 (UTC)
  • Concordo com o DarwIn que se a escrita na Wikipédia for tão intuitiva quando nas redes sociais, a Wikipédia pode se tornar um paraíso para editores mais alinhados com os objetivos do Instagram que de uma enciclopédia. O que eu realmente concordo é que a experiência de edição deve ser melhor para quem quer editar: editar visual e tradutor de conteúdo menos bugados e registro e controle de referências mais centralizado. Lechatjaune msg 18h02min de 1 de maio de 2019 (UTC)
@DarwIn e Lechatjaune: Acho importante esclarecer essa ideia sobre facilitar a edição não ser algo benéfico. Se não para facilitar a edição, qual seria a evolução ideal da plataforma de edição? Alguém mais tem opiniões sobre isso? LTeles (WMF) (discussão) 02h30min de 12 de maio de 2019 (UTC)
Eu acho que este tópico na discussão sobre mudanças nas páginas de discussão explica bem por que facilitar demais pode atrair o público errado. Editar um artigo não deve ser visto como algo tão simples como postar um comentário em uma rede social, pois não é tão simples assim. Ao facilitarmos demais atraímos pessoas que não entendem como as nossas regras e processos de edição funcionam. Danilo.mac(discussão) 05h17min de 12 de maio de 2019 (UTC)
@LTeles (WMF): O vandalismo e edições não construtivas aumentam em proporção aritimética, quando não geométrica, em relação à facilidade de edição. Se a edição ficar muito mais facilitada do que aquilo que já está, melhor começarmos a planificar já a abolição do direito de edição a IPs, e a colocação de todos os novatos em quarentena, pois ninguém aqui - pelo menos ninguém que eu conheça - está disposto a dedicar todo o tempo que tem para o projecto a reverter vandalismo apenas para manter um ideal (bastante duvidoso, aliás). No passado já pensei diferente, mas neste momento, francamente, vejo com bons olhos a abolição do direito de edição para IPs, e a realocação do esforço que até agora se tem devotado a permitir a edição por anónimos - com resultados bastante contraproducentes, aliás, sobretudo no caso do Brasil, onde muitos IPs vandalizam reclamando especificamente do desprestígio causado precisamente por essa situação de IP poder editar - ao acompanhamento de novatos. Isso da edição por anónimos nem sequer está nos pilares, e pode bem ir privada abaixo, libertando o precioso tempo dos voluntários para tarefas mais construtivas que fazer de babá de IP.-- Darwin Ahoy! 19h10min de 12 de maio de 2019 (UTC)
DarwIn, me parece adequado mesmo encerrar a possibilidade de contribuições por IPs, pelo que você expôs, isto é, de economizar tempo dos voluntários em enxugar gelo para que possam contribuir em coisas mais necessárias. Quem quiser criar uma conta para editar sob pseudônimo é livre para isto, sem ser preciso entregar dados pessoais no registro. Mas isso aqui tem mesmo a ver com "produto e tecnologia", ou já é "saúde da comunidade".--Mister Sanderson (discussão) 20h36min de 18 de maio de 2019 (UTC)

Considero aquela ferramenta de tradução um grande acerto, ao facilitar e estimular edições construtivas no projeto. Acho que essa ferramenta deve permanecer, e continuar sendo aperfeiçoada! Existem sites focados em treino de línguas (por exemplo, https://interpals.net ). Será que não há forma de atrair gente interessada em praticar idiomas para virem traduzir artigos? --Mister Sanderson (discussão) 20h36min de 18 de maio de 2019 (UTC)

Como sugestão, poderiam ser criadas novas formas de interação como Quiz, palavras cruzadas, gincanas, etc..para usar mais a Ludificação. Ricardo F. OliveiraDiga 19h10min de 24 de maio de 2019 (UTC)

Grupo 8: Saúde da comunidadeEditar

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

Este grupo, basicamente, pretende discutir sobre como os usuários podem contribuir e conviver melhor com nossas diferentes culturas, quais ferramentas precisaremos, a fim de evitar conflitos entre as diferenças. Como combater formas de assédio, bullying, doxxing, evitando que essas práticas afastem bons contribuidores, algo que afeta a saúde de diversas comunidades dentro e fora da Wikimedia? Foi sugerido pelos grupos de trabalho que processos de tomadas de decisão que melhor apoiem o bem-estar dos colaboradores, cultura de tolerância zero para comportamentos inaceitáveis e inclusão de culturas marginalizadas devem fazer parte das conclusões desta discussão.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G8Q1) Quais são os desafios sociais e técnicos atuais dentro do atual sistema administrativo e de tomada de decisão para criar e manter a saúde da comunidade?
Pergunta 2 (G8Q2) Como a capacidade das comunidades de se governarem dentro da ampla estrutura dos Termos de Uso da Fundação pode ser melhorada respeitando a dignidade de todos os envolvidos e as suas respectivas contribuições para as nossas metas compartilhadas?
Pergunta 3 (G8Q3) Como o acesso aos nossos projetos pode ser melhorado já que o acesso é o primeiro passo essencial para a participação em um movimento próspero?
Pergunta 4 (G8Q4) Como as estruturas podem criar, apoiar e reforçar comportamentos universalmente aceitáveis nas nossas comunidades?
Pergunta 5 (G8Q5) Como a mudança cultural nas comunidades pode ser iniciada para contribuir com uma experiência mais positiva para todos os que participam de boa-fé?

ComenteEditar

Existem duas barreiras a entrada de novos usuários que acredito que nunca serão removidas, uma é o conhecimento das regras do projeto, nós temos uma grande quantidade de regras e precisamos ter para manter uma relativa ordem na imensa quantidade de informação que nós disponibilizamos, quem começar a editar sem ter a paciência de aprender pelo menos as regras mais básicas acaba sendo revertido, e não há muito o que se possa fazer para evitar isso. A outra barreira é a educação (aquela que se recebe em casa), se a pessoa não tiver uma atitude respeitosa e compreensiva com os outros editores ela não pode fazer parte da comunidade de editores, pois mesmo que ela faça edições positivas o ambiente ruim que ela cria acaba prejudicando e afastando outros bons editores. Logo os projetos Wikimidia nunca serão um ambiente inclusivo aos impacientes e mal educados, que infelizmente constituem uma boa parte da sociedade, e essa é uma ressalva que sempre precisa ser feita ao falarmos em inclusão.

Acho que falta um pouco de estatísticas sobre o que faz as pessoas abandonarem a Wikipédia e demais projetos Wikimedia, sabendo melhor o motivo do abandono nós conseguimos entender melhor o que precisa ser melhorado. Uma ideia para evitar e solucionar conflitos mais rapidamente é desenvolver ferramentas que encontrem possíveis conflitos e notifique quem estiver disposto a atuar na solução. Um método mais simples para fazer isso é uma ferramenta que notifique os administradores quando alguém desfez uma edição desfeita, o que indica um possível inicio de guerra de edição. Outro método, mais complicado, é desenvolver uma ferramenta que use algorítimos de linguagem natural (um ramo da inteligência artificial) para identificar que o tom de uma discussão está muito agressivo, teoricamente isso é possível, mas depende de quanto tempo e recursos se pretende gastar com esse problema. Danilo.mac(discussão) 22h40min de 20 de abril de 2019 (UTC)

Citação: Danilo.mac escreveu: «Acho que falta um pouco de estatísticas sobre o que faz as pessoas abandonarem a Wikipédia e demais projetos Wikimedia, sabendo melhor o motivo do abandono nós conseguimos entender melhor o que precisa ser melhorado.»   Concordo, sem dados empíricos, estaremos discutindo achismos e experiências pessoais, não tendências gerais. Se alguém encontrar estatísticas sobre isto, me mencionem que farei questão de participar do debate!--Mister Sanderson (discussão) 20h23min de 18 de maio de 2019 (UTC)
Citação: Danilo.mac escreveu: «uma ferramenta que notifique os administradores quando alguém desfez uma edição desfeita, o que indica um possível inicio de guerra de edição» Essa é uma ideia interessante. Mas não poderia ser simplesmente implementada dentro das Mudanças Recentes? Evitar-se-ia criar mais uma ferramenta independente, quando se pode usar uma que já existe. Digo: existem já diversos filtros que adicionam observações a sumários de edição, será que não existe nenhum destes que seja "reversão de reversão"? Bastaria isso para destacar esse tipo de edição nas Mudanças Recentes.--Mister Sanderson (discussão) 20h23min de 18 de maio de 2019 (UTC)

Eu acho que as regras que temos são essencialmente necessárias. No que toca novatos, a parte realmente confusa mora nos critérios de eliminação e CDN. Infelizmente isso será difícil de resolver justamente por não haver uma visão consensual do que seja uma enciclopédia, o que se agrava a medida que a Wikipédia se torna o padrão ouro do que seja uma. Em compensação, eu acho que podemos tornar as regras básicas de edição (WP:V e WP:NPI) conhecidas do público geral. Neste caso, as escolas podem ser aliadas nossas (not so easy...). Lechatjaune msg 18h32min de 1 de maio de 2019 (UTC)

@Lechatjaune: Acredita que a forma com que ensinamos essas regras a novatos dentro da Wikipédia seja adequada? Teria alguma ideia sobre como melhorar o atual modelo? O problema, se existe, tem a ver com uma possível falta de estrutura ou pode ter a ver com alguma falha no contato com usuários mais experientes? LTeles (WMF) (discussão) 02h18min de 12 de maio de 2019 (UTC)
Citação: Lechatjaune escreveu: «acho que podemos tornar as regras básicas de edição (WP:V e WP:NPI) conhecidas do público geral.» Primeiro esses textos precisariam ser polidos até a quase-perfeição. Essas políticas costumam ter textos abandonados, largados de qualquer jeito, e sem muita coesão e coerência devido a sucessivas alterações pontuais, que não consideraram o conjunto do texto. Eu estava tocando reformas nesses textos em 2012 e 2013, mas cansei de fazer isso sozinho, pois é desgastante encarar a oposição de gente que sequer leu o que foi proposto. Se você, ou alguma outra pessoa, tiver interesse nisso, me notifique que farei questão de participar.--Mister Sanderson (discussão) 20h23min de 18 de maio de 2019 (UTC)
Uma percepção: Pessoas com estatuto de administrador raramente são bloqueadas enquanto novatos o são com bem mais frequência. Posso estar enganado, mas isto faz parecer uma distância entre administradores e não-administradores. Então sugiro outro mecanismo: ao invés de pedir bloqueio, que será resolvido por um único administrador, um usuário poderia criar um pedido de discussão de bloqueio diretamente. Desta forma, saberíamos a opinião de muitos editores e não só daquele que resolveu o pedido de bloqueio. É apenas uma sugestão para que o usuário sem estatuto venha a ter uma percepção de mais igualdade com relação aos daqueles que tem estatuto. Ricardo F. OliveiraDiga 19h06min de 24 de maio de 2019 (UTC)

Eu acho essencial para a saúde da comunidade que fantocheiros banidos fiquem de fato banidos, ao invés de ficarem pentelhando a comunidade indefinidamente, como é hoje. Não tenho nenhuma ideia de como mudar isto. Alguém tem ideias?--Mister Sanderson (discussão) 00h03min de 16 de junho de 2019 (UTC)

Grupo 9: Defesa ou ativismo ou advocacyEditar

Resumo e perguntas

Resumo. Clique em "Expandir" para ver as perguntas

A visão da Wikimedia determina que a soma do conhecimento deve ser livremente acessível a todas as pessoas. Em certos momentos, alguns eventos podem colocar em risco esse acesso, seja pela criação de leis que dificultam a reprodução de conteúdo, seja por bloqueios diretos às páginas da Wikimedia. Como agir nesses casos de forma organizada, quais abordagens usar, são questões relevantes nesse grupo.

Perguntas abaixo
Pergunta 1 (G9Q1) Como asseguramos que os diversos contextos da nossa comunidade sejam representados por meio do ativismo?
Pergunta 2 (G9Q2) Como promovemos o ativismo para que todas as pessoas que queiram acessar os projetos da Wikimedia tenham condições de acessá-los nos idiomas e da maneira que desejarem?
Pergunta 3 (G9Q3) Como usamos o ativismo para transformar ambientes “adversos” ou “desconhecidos” em ambientes de capacitação?
Pergunta 4 (G9Q4) Como podemos assegurar que os esforços de defesa do movimento não estejam prejudicando a neutralidade do conteúdo do projeto Wikimedia?
Pergunta 5 (G9Q5) O que é necessário para incentivar e inspirar defensores para o movimento Wikimedia?
Pergunta 6 (G9Q6) De que tipo de apoio material, conceitual, especializado e de recursos os defensores do movimento precisam e de onde vêm?
Pergunta 7 (G9Q7) Como protegemos e defendemos os esforços dos defensores (e colaboradores) em ambientes “adversos” ou “desconhecidos”?
Pergunta 8 (G9Q8) Que estruturas externas devemos apoiar e/ou mudar para promover ainda mais a contribuição e o acesso ao conhecimento livre e à liberdade de expressão (p. ex., estruturas jurídicas ou departamentos governamentais)?
Pergunta 9 (G9Q9) Como incorporamos os atuais parceiros, e futuros, alinhados aos nossos esforços de defesa?

ComenteEditar

Na minha opinião, vandalismos são coisas que alguns usuários fazem (por exemplo: Apagar conteúdo, inserir fontes indevidas, etc.), eu vejo a maioria dos editores sendo bloqueados por vandalismos, e ás vezes acontece guerra de edições em uma página, e ás vezes ela é protegida e o usuário que começou a guerra de edições ás vezes é bloqueado. Rodinelson Nivaeldo da Silva (discussão) 21h23min de 10 de maio de 2019 (UTC)

Oi, Rodinelson Nivaeldo da Silva. Obrigado pelo seu comentário. Talvez queira elaborar melhor essa questão na seção "Saúde da Comunidade" acima. Como isso é um problema para você e como podemos melhorar nesse ponto?
O tema "Defesa" tem sido, realmente, pouco compreendido. Talvez pela dificuldade de tradução do termo "advocacy". Aproveito para explicar melhor. O tema se refere a como podemos melhorar os diversos modos de defender a existência dos projetos da Wikimedia e assegurar o amplo acesso a seus conteúdos. Como podemos conscientizar mais as pessoas sobre os direitos que elas possuem de obter conhecimento livre? Como podemos nos proteger de qualquer ação que ameace o acesso ao conhecimento? São exemplos de ideias relacionadas a este tópico. LTeles (WMF) (discussão) 04h02min de 11 de maio de 2019 (UTC)
Rodinelson Nivaeldo da Silva, isso parece ter mais a ver com o Grupo 8 do quê o Grupo 9.--Mister Sanderson (discussão) 20h26min de 18 de maio de 2019 (UTC)
  • Tivemos poucos comentários sobre este tema (Defesa). Existe alguma dúvida ou necessidade de esclarecimento sobre ele? Por favor, informem se há algo que não está claro. Talvez alguém queira ler uma das questões e tentar responder aqui para servir de início da discussão sobre o assunto. LTeles (WMF) (discussão) 01h13min de 11 de junho de 2019 (UTC)

Número de artigos sem fontes está só aumentando

Debate geral: levantamento do problemaEditar

A categoria de artigos marcados como sem fontes este mês já está em mais de 4 mil artigos (isso mesmo QUATRO MIL). O número total de artigos marcados como sem fontes estava em 56 mil, já subiu pra mais de 60 mil outra vez. Em que pese o excelente trabalho que o MisterSanderson e o Renato de carvalho ferreira vem fazendo nessa área, é humanamente impossível referenciar tantos artigos assim. Analisando-se a categoria em questão - Categoria:!Artigos que carecem de fontes desde maio de 2019 - a maioria são esboços sobre municípios de países da América do Sul. Será que não haveria um jeito de referenciar por bot esses artigos? Deve existir uma fonte que seja usada para comprovar pelo o menos a existência de cada uma dessas cidades, de modo que a tag de sem-fontes possa ser trocada por {{mais-fontes}}.

Eu sei que o número de 56 ou 60 mil artigos na prática não é real, tem muito mais. Mas faz diferença psicológica pra quem está tentando diminuir o número total se o trabalho ao invés de diminuir, só aumenta. 2804:7F1:C080:1378:F8CF:C577:6BE7:A74F (discussão) 15h02min de 21 de maio de 2019 (UTC)

Citação: Será que não haveria um jeito de referenciar por bot esses artigos? Sou   Contra referenciação por bots. Isso mascara o problema ao invés de resolvê-lo. Isto é, esses artigos estão largados sem manutenção, provavelmente há muito tempo. Referenciá-los roboticamente dá a falsa sensação de que estão recebendo atenção e manutenção adequadas, mas na prática não resolve a raiz do problema: os artigos não interessam a nenhum editor e estão abandonados. Mantê-los sem "padrinhos" é o mesmo que manter mais campos para o vandalismo prosperar à solta, e os bots por si só não são capazes de combater vandalismo.
Entretanto, se a proposta for criar uma lista de municípios, redirecionar cada um deles para lá, e referenciar a lista de municípios, sou totalmente   A favor, pois isso reduz o número de páginas onde os vândalos possam atuar.--Mister Sanderson (discussão) 15h09min de 21 de maio de 2019 (UTC)
Bem, eu não acho saudável parar de apontar a falta de fontes apenas para mascarar o problema. Para resolvermos um problema, antes precisamos saber a dimensão que possui para então perguntar para a comunidade o que fazer. Por minha experiência nos últimos dias, tenho certa convicção de que há pelo menos 150 mil artigos sem fontes. Érico (disc.) 15h40min de 21 de maio de 2019 (UTC)
Eu também concordo que só ganhamos em saber o número real (o mais aproximadamente possível) para podermos discutir e resolver devidamente o problema. Só hoje eu marquei 500 artigos como "sem fontes", contudo se a comunidade quiser que eu pare, eu posso parar. Luís Almeida "Tuga1143 15h49min de 21 de maio de 2019 (UTC)

Não se trata de mascarar o problema, mas de pragmatismo. Algumas pessoas tem se engajado e isso tem efetivamente feito o problema diminuir. Isso pode desestimular psicologicamente as pessoas a continuarem o que vinham fazendo, e aí o problema vai aumentar. Eu entendo o raciocínio de vocês e até concordo, só não sei se pode acabar sendo contra o interesse. Citação: criar uma lista de municípios, redirecionar cada um deles para lá, e referenciar a lista de municípios concordo com essa proposta do MisterSanderson, mas discordo desse ponto Citação: Referenciá-los roboticamente dá a falsa sensação de que estão recebendo atenção e manutenção adequadas, mas na prática não resolve a raiz do problema: os artigos não interessam a nenhum editor e estão abandonados. O objetivo é referenciar artigos ou arrumar padrinhos? Uma coisa não tem nada a ver com a outra. O fato de uma pessoa referenciar um trecho de um artigo não quer dizer que ela está se voluntariando pra vigiar o artigo pra sempre. E mesmo quem está "apadrinhando" um artigo pode abandonar a Wikipédia no futuro e aí o artigo volta a estar "abandonado". Concordo que não é saudável parar de apontar o problema, mas será que não haveria um jeito de equilibrar o apontamento do problema e ajudar a minimizá-lo? O excesso de backlog faz com que muita gente se desestimule a tentar resolver, o que gera um círculo vicioso que só aumenta o backlog mais ainda. Tem que haver um certo equilíbrio, penso eu. E MisterSanderson, já não está na hora do tópico seguinte ao de julho e agosto? 2804:7F1:C080:1378:F8CF:C577:6BE7:A74F (discussão) 16h09min de 21 de maio de 2019 (UTC)

Citação: 2804:7F1:C080:1378:F8CF:C577:6BE7:A74F escreveu: «O objetivo é referenciar artigos ou arrumar padrinhos? Uma coisa não tem nada a ver com a outra.» Tem tudo a ver: a falta de fontes é sintoma da falta de interesse da comunidade em editá-los. De qualquer forma, não é muito mais prático para o leitor acessar uma lista de cidades, ao invés de acessar 20 "artigos" que nada mais dizem que "Cidade A é uma cidade do país B"? Então o problema não é apenas a falta de referências, mas também a desordenação da informação já existente.--Mister Sanderson (discussão) 21h58min de 21 de maio de 2019 (UTC)
  • Vou dar um exemplo aqui: Añelo é uma cidade da Argentina e Añelo (departamento) é um departamento ou "partido" da Argentina, ou seja, um município, como seria chamado no Brasil. Na nossa Wiki cidades e municípios tem um artigo só, então porque na Argentina vamos ter um artigo pro município e outro pra cidade? Não seria melhor eliminar em massa todos esses artigos dos "departamentos" e "partidos" (não confundir com partido político), se já tem o artigo pra respectiva cidade? 2804:7F1:C080:1378:F8CF:C577:6BE7:A74F (discussão) 16h19min de 21 de maio de 2019 (UTC)
Sim, seria, mas isso não justifica sua ideia de que devemos parar de apontar a falta de fontes. Sem isso, como você teria tido conhecimento da existência de centenas de artigos sobre cidades da América do Sul? Provavelmente não teria, nem eu. E, repito: só há solução possível quando temos noção dos nossos problemas. Érico (disc.) 16h26min de 21 de maio de 2019 (UTC)

  Comentário Eu concordo com a ideia de que você precisa saber qual a extensão do problema para poder resolvê-lo. As marcações de sem fontes é útil e deve continuar. Após a verificação do tamanho do problema pode-se procurar soluções para a questão (que não acho que passe por eliminação, necessariamente, mas por procura de expansão - que não precisa ser imediata).FábioJr de Souza msg 16h46min de 21 de maio de 2019 (UTC)

 
Evolução da porcentagem de artigos referenciados

  Comentário Eu fiz uma pesquisa sobre referências em 2014, que mostra a situação real das referências bem como a evolução dessa situação ao longo do tempo. Já mencionei essa pesquisa várias vezes em discussões sobre referência desde então, não entendo por que sempre se esquecem desse gráfico, talvez ele precise ser colocado em algum local de maior destaque. A proporção de artigos sem fontes na Wikipédia está constantemente diminuindo. Danilo.mac(discussão) 22h37min de 21 de maio de 2019 (UTC)

@Danilo.mac: Ou seja, se o padrão se manteve, temos algo em torno de 150 a 200 mil artigos sem fontes? Érico (disc.) 22h48min de 21 de maio de 2019 (UTC)
O ponto que diz "Ligações externas" não é certo. Existem milhares de artigos, por exemplo, sobre cidades, cuja única "fonte" é uma Ligação Externa para o website oficial da perfeitura da cidade, e isto assim é extremamente enganador no que toca a classificar isto como referência. Luís Almeida "Tuga1143 23h22min de 21 de maio de 2019 (UTC)
Seguindo a tendência do gráfico devemos ter entre 140 e 150 mil que não tem nenhum sinal de referências (linha azul), mas nesse número existem falsos positivos (ex: ligação externa no artigo que não é uma referência) e falsos negativos (ex: em milhares de artigos de galaxias como NGC 1413 as referências não estão na seção de referência e não são identificadas como ligação externa pois são inseridas através de predefinição sem deixar nenhum "http" no código do artigo), então o número real pode estar tanto acima quanto abaixo disso. Já a linha verde mostra somente artigos com notas de rodapé, e confirma a tendência de subida da linha azul. Sei que muitos gostariam de um número ainda mais preciso, mas esse é máximo que é possível fazer de forma automática. Danilo.mac(discussão) 00h09min de 22 de maio de 2019 (UTC)
Bem, minha aposta então está valendo hahaha De fato, sua pesquisa poderia ser publicada em outros espaços. É muito útil para entendermos nossa realidade e eu nunca tive conhecimento de sua existência. Érico (disc.) 00h49min de 22 de maio de 2019 (UTC)
E tem também esta tabela que tem esses dados de referência separados por tema, é outra pesquisa que é útil e pouco conhecida. Danilo.mac(discussão) 03h22min de 22 de maio de 2019 (UTC)
  1. Entendo que geocoordenadas é fonte, portanto se um artigo tem geocoordenadas, esse artigo tem fontes;
  2. Outra questão, mais vale referenciar um artigo do que marcar mil artigos como sem fontes!!!
  3. Quem marcar um artigo deveria vigiá-lo, para tirar a marcação quando o problema estiver resolvido--Raimundo57br (discussão) 23h16min de 21 de maio de 2019 (UTC)
@Raimundo57br: Minhas reflexões sobre o que apontou:
  1. Não considero que o WP:LE enquadra as geocoordenadas como fonte;
  2. Projeto voluntário = cada um colabora da forma que lhe apetece;
  3. Não acho que deveria vigiar. Veja, há artigos sem salvação. Não adianta iniciar uma força-tarefa para referenciar todos esses artigos se antes não houver uma limpeza. E, neste caso, o que o IP acima e o MisterSanderson comentaram faz sentido. Qual a relevância de termos 200 artigos sobre estações de metrô? Nenhuma. Salvo as que cujo artigo se justificam, as demais poderiam ser redirecionadas para uma lista, esta sim referenciada e com informações realmente úteis para além de "É uma estação do metrô de X." Érico (disc.) 00h49min de 22 de maio de 2019 (UTC)
Então o LE precisa ser revisado, pois as Geocoordenadas fazem uma ligação com o Google Maps que é uma fonte.
Salvo exceções, entendo que artigos sobre estações de metrô devem ser fundidos para o artigo sobre o metrô de determinada cidade.--Raimundo57br (discussão) 02h17min de 22 de maio de 2019 (UTC)
Citação: Raimundo57br escreveu: «mais vale referenciar um artigo do que marcar mil artigos como sem fontes!!!» Bacana essa sua disposição para referenciar artigos. Quantos, e quais dos que estão listados em Wikipédia:Esplanada/geral/Sem fontes desde 2009: julho e agosto (22abr2019) você vai referenciar? É só arregaçar as mangas e meter as caras.--Mister Sanderson (discussão) 15h36min de 22 de maio de 2019 (UTC)

Danilo.mac Tens os links para as discussões passadas em seu histórico de navegação? Para atualizar Wikipédia:Temas recorrentes. Saturnalia0 (discussão) 01h37min de 22 de maio de 2019 (UTC)

Peguei pelos afluentes da página da pesquisa: 1, 2, 3, 4 e 5. Danilo.mac(discussão) 03h22min de 22 de maio de 2019 (UTC)

  Comentário @Érico: a utilização do Google Maps como fonte vem crescendo na anglófona, em especial nos artigos mínimos que só servem para indicar o que é o tema em pauta. Apesar de concordar em certos modos com o Raimundo quando cita a necessidade de revisar o Livro de Estilo; o principal problema, na minha opinião, é a cultura de copiar cegamente da anglófona. Poxa, eu já vi usuários defendendo a manutenção de artigos com critérios da anglófona!

Sobre os mínimos, eu já debati algumas vezes com o Renato sobre a dispersão de informação. Para mim é estressante ter que abrir uma quantidade relativamente grande de artigos para ler uma linha falando que x é y (que porcaria!). Pessoal, esses artigos transmitem uma informação e, em raros casos, duas no máximo. Sendo assim, uma lista não é capaz de fazer essa função e com o bónus de não obrigar a pessoa a ter que abrir 50 artigos só para saber que todos são cidades de algum país e mais nada.

Como exemplo, cito o usuário WiFábio que em dois dias (20/21 de maio) criou 55 artigos de municípios da Birmânia, todos com uma linha e um mapa como fonte (altamente questionável). Oras, eu considero que o usuário criou 55 artigos que precisam de manutenção, e muitos possuem informações relevantes na anglófona que não foram traduzidas, ou seja, preferiu por traduzir uma introdução de uma linha(?) Outros, no entanto, são mínimos até na anglófona. No entanto, alerto que quando comecei a criar listas de temas específicos e redirecionar artigos sem muitas possibilidades de expansão simplesmente por falta de conteúdo, ou seja, aquele tema não tem muito conteúdo! Enfim, eu fui questionado duas ou três vezes por estar "forçando o azulamento". Sendo assim, essa posição de redirecionar mínimos para listas não é e dificilmente será consensual.

O ponto que aumenta consideravelmente a quantidade de artigos sem fontes é a rigorosidade e a tolerância da comunidade. Ok, podem argumentar que isso pode afastar alguns editores e até desestimular os novatos, mas não estaríamos exigindo o mínimo (os pilares)? Porém, o que adianta alguns usuários referenciar 100 artigos se outros mantém uma mentalidade de "tudo bem criar artigos com uma linha, sem fontes ou com péssima redação, em algum dia alguém pode melhorá-lo." Eu acho totalmente ridículo posicionamentos baseados em suposições. Em síntese, uma força tarefa para referenciar esses artigos pode diminuir o número de páginas que necessitam disso, mas em contraponto o número de criações de novas páginas sem fontes tornam o problema praticamente não solucionável, pois os números se equivalem e, quando não, chega perto. Sendo assim, o número de artigos com fontes vai caindo lentamente.

Como último parte, discordo em parar de colocar as tags de sem fontes, pois considero a melhor forma de categorizar aqueles que precisam de manutenção ou eliminação. Edmond Dantès d'un message? 06h54min de 22 de maio de 2019 (UTC)

Vou dar meus três centavos, pois fui chamado. Primeiro, é crucial indicar com as marcas quais artigos não tem fontes. Isso deveria ser básico e em hipótese alguma deveria ser colocada dúvida nesse procedimento, que me parece tão banal que deveria ser uma cultura disseminada. Outra coisa, já que o Conde citou discussões que tivemos outrora, eu mesmo não ligo para os mínimos, pois edito temas (ex. romanos do fim da Antiguidade), cuja vida é mínima (não enchem três linhas muitas vezes) e não dá pra redirecionar pra lugar algum, só sofrer com a falta de informação para expandir, e nem por isso dá pra dizer que não mereceriam artigos. Então pra mim, isso é pacífico. O que não é pacífico, e ele e o Érico pontuaram bem, é que artigos fiquem sendo criados sem fontes por usuários novos e velhos e IPs, e é ridículo, no mínimo, quando são criados pelos velhos, que já deveriam saber de cor os pilares para não se dar ao trabalho de fazer uma porcalhada dessas. Enquanto não criarmos uma cultura mais dura de eliminar artigos recém-criados sem fontes, e até mesmo penalizar editores pelo mal serviço que prestam, o trabalho será eterno, e sem perspectiva de melhora. Temos que entender que ser voluntário não implica fazer qualquer lixo e esperar que daqui a 1, 5 ou 10 anos alguém vai se lembrar desse artigo e vai arrumar.--Rena (discussão) 13h22min de 22 de maio de 2019 (UTC)

E refutando a proposição original dessa discussão, os números não estão aumentando, não do jeito que o IP pontuou. O que aconteceu é que artigos mascarados pela falta de marcas agora estão ficando em evidência. Se já tivéssemos esses números, seria possível determinar com mais precisão medidas a serem adotadas. E marcar só agora mascara o real problema, pois a marcação é do dia da marcação, não do dia da criação. Então nesses "novos" cinco mil artigos marcados, quase certamente todos são de pelo menos 10 anos de existência. E agora "ficam" blindados da triagem que o MisterSanderson está fazendo, pois serão entendidos, pela marca como artigos "novos" (não é uma suposição, vi isso acontecer).--Rena (discussão) 13h27min de 22 de maio de 2019 (UTC)
Citação: Renato de carvalho ferreira escreveu: «E agora "ficam" blindados da triagem que o MisterSanderson está fazendo, pois serão entendidos, pela marca como artigos "novos" (não é uma suposição, vi isso acontecer).» Eles não ficam blindados. Algum dia, antes de se passarem 10 anos, vou chegar neles. Mas continuarei focando nos que estão etiquetados a mais tempo, para evitar controvérsias.--Mister Sanderson (discussão) 08h34min de 23 de maio de 2019 (UTC)
MisterSanderson, o que eu quis dizer com blindados é que artigos que já poderia ir à triagem hoje, só vão poder muito tempo pra frente, ficando blindados agora, porque as pessoas leem a marca e veem que foi colocada em maio desse ano, e não que o artigo existe há 12 anos sem fontes, e sabe-se lá quantas pessoas não pegaram informação errada neles.--Rena (discussão) 12h31min de 23 de maio de 2019 (UTC)
Citação: Renato de carvalho ferreira escreveu: «artigos que já poderia ir à triagem hoje, só vão poder muito tempo pra frente» Nada impede que sejam enviados para eliminação hoje. A etiqueta sem-fontes não proíbe a eliminação. Mas, considerando toda a experiência que tenho com processos de eliminação desde 2012/2013, enviar para eliminação artigos sem fontes tão logo sejam avistados tem propensão a gerar polêmica. É preferível focar em enviar os artigos marcados a mais tempo, primeiro.--Mister Sanderson (discussão) 16h19min de 23 de maio de 2019 (UTC)

en:WP:Tag bombing. O número de artigos sem fonte não está a aumentar, mas colocar faixas e fugir não resolve o problema. GoEThe (discussão) 13h43min de 22 de maio de 2019 (UTC)

O ensaio da enwiki que citou de forma alguma diz que artigos sem fontes não devem ser marcados como sem fontes. Mesmo: está longe de dizer isso, acho que você se equivocou. E também não sei como quer resolver o problema se pelo menos metade dele está escondido. Quando criarmos uma força-tarefa para resolver o problema, as pessoas vão achar os artigos como? Adivinhando? Difícil, difícil. Érico (disc.) 13h56min de 22 de maio de 2019 (UTC)
@GoEThe:, nos últimos anos raramente o vemos por aqui... em vez de criticar o "pouco" que os que estão cá andam a fazer, porque é que não volta e nos começa a ajudar a referenciar os artigos? Luís Almeida "Tuga1143 23h37min de 22 de maio de 2019 (UTC)
Érico, o ensaio fala não só de múltiplas marcações no mesmo artigo, como de uma marcação em múltiplos artigos. Mas a questão não é se artigos sem fontes podem ser marcados como sem fontes (é indiferente para o caso, mas claro que podem). A questão é que marcar dezenas de milhar de artigos tem efeito zero na melhoria da sua qualidade. Uma categoria com 100 mil artigos não é navegável. Especialistas em determinado assunto não vão procurar artigos nessas categorias. Daqui a 10 anos ainda vai estar aí essa categoria com esses artigos todos. Um artigo não precisa de estar marcado para alguém o referenciar. Se a dificuldade é identificar artigos sem fonte para os melhorar, encontraram-nos para os marcar não foi?
Tuga1143, não estou a criticar as pessoas, estou a criticar a eficiência do método. Não posso voltar, porque nunca fui embora. GoEThe (discussão) 07h18min de 23 de maio de 2019 (UTC)
GoEThe, eis que o ensaio diz que "Tag bombing is the unjustified addition [...]. Logo, usar esse exemplo para o presente caso está errado já na primeira frase. A não ser que os artigos marcados como sem fontes tinham fontes. E, acredito, os utilizadores buscam categorizar os artigos sem fontes por mês, o que não torna nenhuma categoria inviável pois não há, neste momento, nenhuma que ultrapasse 10 mil artigos. Érico (disc.) 10h11min de 23 de maio de 2019 (UTC)
Citação: GoEthe escreveu: «A questão é que marcar dezenas de milhar de artigos tem efeito zero na melhoria da sua qualidade. » Exatamente, efeito zero, e quem é veterano aqui já devia saber disso faz tempo. Vai tudo ficar lá como um móvel velho jogado no meio da sala dando um aspecto visual horroroso ao verbete como tantos e por mais dez anos. A solução não é taguear no atacado mas referenciar os encontrados, quem tanto se incomoda com a falta de fontes assim. Taguear só empurra com a barriga. MachoCarioca oi 07h24min de 23 de maio de 2019 (UTC)
Sim, o aspecto é horroroso, mas os leitores precisam saber que aquele conteúdo não é confiável. Érico (disc.) 10h11min de 23 de maio de 2019 (UTC)
MachoCarioca, falacioso isso. Em três meses eu ajudei a referenciar substancial parte dos artigos que estão sem fontes (via marcação) desde 2009. Eu não saberia que estavam sem fontes sem uma categoria de controle para o qual esses artigos são enviados. É muito simples isso.--Rena (discussão) 12h35min de 23 de maio de 2019 (UTC)
Ajuda a referenciar mas também exclui material que seria facilmente referenciado por alguém mais conhecedor do assunto. Esta onda de marcação só está a marcar por data, "esquecendo-se" da marcação por assunto. Enfim, o efeito é nulo na qualidade do material, e não ter a marca (mesmo que marquem todos os artigos sem fontes) não significa que os artigos são mais ou menos confiáveis. GoEThe (discussão) 12h33min de 27 de maio de 2019 (UTC)
GoEThe, se o problema é conteúdo sendo eliminado, então por que os doutos já não foram lá e resolveram o problema de atribuição de fontes? Ninguém está falando especificamente de artigos criados ontem, mas coisas que foram sendo criadas ao longo de mais de uma década e que desde que foram criadas estão sem fontes, e sabe-se lá quantas pessoas leram conteúdo que não sabemos precisar se é confiável ou não. Ninguém aqui está fazendo essa sua classificação (fácil e não fácil), mas outra (tem ou não tem). Se tem, fica. Se não tem, sai. Isso é um dos cinco pilares da Wikipédia, ficar procurando pelo em ovo quanto a isso leva a lado algum. E pelo menos se o artigo estiver marcado, deixa o leitor ciente de que o conteúdo pode não ser confiável.--Rena (discussão) 12h48min de 27 de maio de 2019 (UTC)
Nunca falei em fácil e não fácil. E isso não é pilar de Wikipédia nenhuma, todas têm artigos sem fontes que vão sendo resolvidos sem prazo. Usar um bulldozer faz com que a paisagem fique toda plana, mas perde-se sempre qualquer coisa do crescimento orgânico dos artigos. E acho fantástico que editores com tantos anos de experiência continuem a achar que ter uma secção de referências automaticamente faça com que o WP:Aviso geral deixe de se aplicar. Como se vê em artigos recentes em AD e revalidação, não faz. GoEThe (discussão) 14h35min de 27 de maio de 2019 (UTC)

Eu posso elencar alguns prós e contras em usar ou não a tag de falta de referências. O principal contra é o efeito nos artigos novos, quando a tag é adicionada o artigo se torna patrulhado e em diversas vezes me deparei com casos de eliminação rápida ou semirrapida que persistiram por anos, talvez pela adição desta tag.

Contudo, ela possui uma função substancial em alertar o leitor sobre a falta de confiabilidade das informações presentes. Além de adicionar categorias de manutenção. Em contraponto concordo com a afirmação do Macho Carioca quando fala que a tag tem efeito zero pois o artigo continuará sem fontes. No entanto, há outros horizontes que precisam ser abordados, não apenas a permanência sem fontes.

Então ficar discutindo a validade de adicionar as marcações é ficar correndo atrás do próprio rabo... vamos supor que quem adiciona as tags está empurrando o problema com a barriga, mas e a pessoa que vê o artigo sem fonte, não tem disponibilidade para melhora-lo e o abandona sem adicionar a tag?

Como eu disse anteriormente, acredito que a comunidade se tornou mais rigorosa por fontes e isso vem diminuindo a criação dos artigos sem fontes, a pesquisa do Danilo de certa forma confirma isso. Então esse aumento de quatro mil artigos tem que ser resultado de artigos já existentes, ou seja, o problema já existe. Edmond Dantès d'un message? 19h44min de 23 de maio de 2019 (UTC)

  Comentário Para mim é importante saber quantos artigos efetivamente estão sem fontes para depois fazer algo a respeito. Simplesmente deixar de marcá-los e mantê-los lá sem fontes também não vai adiantar nada. Mas é preciso saber o tamanho do problema.FábioJr de Souza msg 21h21min de 23 de maio de 2019 (UTC)

  Comentário O importante na minha opinião é a taxa de referenciação, o que a minha pesquisa mostra é que cerca de 1,8% dos artigos são referenciados a cada ano, o que equivale a aproximadamente 50 artigos por dia, o que for feito para aumentar essa taxa é positivo. A questão é se ficar colocando marcas de sem fontes ajuda a aumentar essa taxa, eu acredito que não, pois temos muitos artigos que estão com essa marca a muitos anos. E sobre os artigos a mais tempo sem fontes, existe esta lista que gerei em 2014 usando os dados daquela pesquisa, não é só usando marcas que se consegue gerar essas listas. Danilo.mac(discussão) 23h11min de 23 de maio de 2019 (UTC)

  Comentário As marcas de sem fontes, mais fontes, imparcial etc são para informar o visitante e não necessariamente ferramenta de manutenção dos editores, a marcação manual informa o visitante e coloca o artigo nas categorias de manutenção, não é um trabalho irrelevante. Agora existem ferramentas pra listar artigos como o Petscan, por intervalo de data, categoria, com/sem marca de sem fontes, mínimos etc antigamente não tinha essas ferramentas então se usava as marcas. É óbvio que arrumar os artigos indexados pelas marcas não arruma os artigos não-indexados porque não têm marcas, mas essa é uma iniciativa boa, depois podem gerar outras listas, listas por assunto, tamanho, melhorar as fontes etc. Os artigos têm estados, etapas, não são todos que nascem prontos, as fontes também desaparecem e aparecem novas opções de fontes, é uma questão de tempo e a falta de referências é só um problema de vários que os artigos podem ter. Sobre marcar ou não, o ideal seria que todos os artigos tivessem as marcas correspondentes aos seus problemas para informar o visitante, esconder que o artigo tem problemas não faz o problema desaparecer. ― Diana m 04h15min de 24 de maio de 2019 (UTC)

Dianakc pergunto: Tem lógica pedir (mais fontes) numa página de cinco linhas e que já tenha cinco referências [1]? JMGM (discussão) 19h38min de 29 de maio de 2019 (UTC)
Pois é Renato de carvalho ferreira por que? Adicionei mais fontes mas até que tava ok. ― Diana m 22h27min de 29 de maio de 2019 (UTC)
Dianakc, quando eu marquei o artigo ele estava precisando de mais fontes, e você resolveu o problema. Então pode retirar a marca. Eu marquei com a etiqueta em vez da predefinição {{carece de fontes}}, pois a segunda precisa ser adicionada manualmente, a etiqueta dá pra fazer semi-automaticamente com os fastbuttons. Como o princípio agora é etiquetar mais do que referenciar (e isso não implica um excluindo o outro) então cumpriu seu propósito. Além do que, quando marcamos com a etiqueta, o sistema dá a opção de mandar mensagens aos editores, ainda ativos, que criaram para irem lá referenciar seus artigos, e isso curtiu efeito em cinco artigos que marquei.--Rena (discussão) 20h33min de 30 de maio de 2019 (UTC)
Poxa pra mim estava satisfatório, poderia ser "formatar fontes", 5 fontes inline já tava de ok, as fontes cobriam a info, era a mesma fonte onde faltava. Não entendi o que você quer fazer Renato, tem um montão de artigo com 0 fontes, mas nem link externo, de 2005 até, dá pra listar pelo petscan, se você quiser gero as listas pra você por as marcas, quando não for exclusão etc. Vou tentar arrumar esses da religião afro-brasileira porque agora tem aparecido publicações, fontes, é que não é tão fácil. ― Diana m 01h16min de 31 de maio de 2019 (UTC)
Diana, pode criar sim, se possível, e depois eu passo marcando.--Rena (discussão) 01h26min de 31 de maio de 2019 (UTC)
Renato de carvalho ferreira gerei uma lista de Povos de antiguidade aqui só a 2 níveis de profundidade, depois se você quiser gerar de algum assunto específico me fala que tento fazer, pode ser por uma ou mais categorias combinadas.― Diana m 04h26min de 31 de maio de 2019 (UTC)
Diana, olhe todos os artigos e, infelizmente, quase 100% receberam alguma marca de manutenção, praticamente todos de mais ou sem fontes.--Rena (discussão) 07h01min de 31 de maio de 2019 (UTC)
Renato de carvalho ferreira andaram marcando antes de você ter visto rs e alguns falso positivos, agora ficaram 21 que são os falso positivos, achei onde ignora os redirects também.― Diana m 15h05min de 31 de maio de 2019 (UTC)
@Dianakc: não seria possível fazer essa mesma lista, mas tendo por base todos os artigos da Wikipédia sem refs e sem tags de manutenção? Assim teríamos uma lista final de artigos sem fontes, e poderíamos ver o número só começar a diminuir. J Santiaago (discussão) 20h51min de 31 de maio de 2019 (UTC)
@J Santiaago: nessa ferramenta não dá, até usar muitas categorias ou aprofundamento já consome o tempo limite, dá erro, imagina verificar mais de 1 milhão de artigos deve levar talvez dias rs @Renato de carvalho ferreira: fiz outra lista do mesmo assunto.― Diana m 18h52min de 1 de junho de 2019 (UTC)

Proposta 1 : edit-a-thon/concurso/desafioEditar

  Ideia - Dado o recente esforço por parte de vários usuários em marcar artigos sem fontes, acção que provocou esta conversa e as consequentes preocupações, proponho que "em tempo útil" seja criado uma espécie de edit-a-thon/concurso/desafio, à semelhança do Wikijogos ou do Mês Africano da Wikipédia, em que o desafio proposto seja colocar fontes e referências nos "imensos" artigos que estão a ser identificados neste mês (Maio) e provavelmente serão identificados no próximo mês (Junho). Poderia dar-se alguns prémios simbólicos (medalhas), criar um sistema de pontos por cada artigo referênciado, etc... O que acham da ideia? Acham que assim ajudaria a mitigar o problema e a "recrutar" alguns usuários para referênciar artigos? Luís Almeida "Tuga1143 11h27min de 24 de maio de 2019 (UTC)

Tuga1143 Sou a favor de um concurso para inserir referências.FábioJr de Souza msg 13h44min de 24 de maio de 2019 (UTC)
Tuga1143, também sou   A favor desse concurso. Embora eu não esteja tão ativo ultimamente como antes, ajudarei no que for preciso. Ah, no caso, entrariam artigos de todos os gêneros: cinema, música, história etc, certo?--Agent010 Yes? 14h58min de 24 de maio de 2019 (UTC)
Agent010, supondo que um concordo desses vigore, não faria sentido filtrar temas, a não ser que se queira fazer um tema por ver, o que pode ser bom, mas pode ser ruim.--Rena (discussão) 15h07min de 24 de maio de 2019 (UTC)
Renato de carvalho ferreira, acho que não filtrar temas, mas, sim, deixar livre, é o ideal, porque: quem não ajuda em um tema, colabora no outro. Seria interessante usar os WikiProjetos para se formar grupos de trabalho (isso se houver voluntários suficiente).--Agent010 Yes? 15h18min de 24 de maio de 2019 (UTC)
Agent010, antecipo, não há colaboradores suficientes. Mesmo que não se filtre temas (acho viável), teria que se fazer uma filtragem numérica (quantos artigos entrariam na "competição"), pois, do contrário, é muito improvável que mesmo dentro de um mês se referencie mais de cinco mil artigos (e o número continua aumentando) com 10 editores ou pouco mais que isso. Em média, para que cinco mil artigos fossem referenciados numa competição de um mês, precisaríamos referenciar uma média e 166 artigos por dia. Inviável.--Rena (discussão) 15h21min de 24 de maio de 2019 (UTC)
Renato de carvalho ferreira, foi o que pensei: baixo número de colaboradores! Mas vamos usar os que temos disponíveis e fazer um ótimo trabalho. Concordo de se fazer a filtragem numérica pelos motivos já apresentados por ti.--Agent010 Yes? 15h30min de 24 de maio de 2019 (UTC)

  Concordo. 100%. E contem comigo. Érico (disc.) 15h22min de 24 de maio de 2019 (UTC)

Fico feliz que concordem com a ideia. Eu gosto muito de concursos e edit-a-thons (se é que ainda não tenham notado  ), e por isso, com base no que aprendi e vi até hoje, creio que o melhor (em termos globais) seria o seguinte:

  • Período:
    • Um desafio com a duração de seis meses, por exemplo, a começar no dia 1 de Julho e a terminar no dia 31 de Dezembro (ou seja, um desafio sem pressas, para se ir fazendo, dada a magnitude do trabalho que tem que ser feito);
  • Objecto de trabalho:
  • Pontos:
    • O sistema de pontos poderia ser, imaginemos, 1 ponto por artigo trabalhado + 1 ponto por referência (digo isto porque, em determinados artigos, é impossível referênciar 100% da informação nele contida, logo, podemos permitir que os concorrentes se esforcem tanto quanto conseguirem, mas sem exigir o "impossível")
  • Prémios:
    • Dentro do período do desafio, mensalmente congratular os que mais pontos tiverem com uma medalhinha e um agradecimento;
    • No final dos seis meses, atribuir os prémios aos melhores referenciadores no geral, ou seja, que pontuaram mais ao longo dos seis meses;

Assim sendo, poderíamos optar pelo seguinte formato de desafio:

  • Um concurso com base no Wikipédia:Mês Africano da Wikipédia, cujo funcionamento e objecto é simples de entender;
  • Ou então (pessoalmente sugeria este), um concurso com base no "Desafio 5000" da wiki anglófona, que consiste num desafio simples de longo prazo em que, todos os que se quiserem inscrever e participar têm que listar o artigo no qual trabalharam e assinar (ou seja, no nosso caso, qualquer participante pegaria num artigo que carece de fontes, adicionaria as fontes como fosse necessário, listaria o artigo + numero de fontes adicionadas e assinaria). Assim, mensalmente, não só teríamos uma tabela (como na anglófona) com o numero exacto dos artigos que foram salvos como ainda poderíamos fazer a contagem e, no final de cada mês, agradecer os santos que se dedicaram a melhorar a nossa wiki.

O que acham desta proposta "a longo prazo"? Acham que seria interessante e interactiva? Luís Almeida "Tuga1143 17h19min de 24 de maio de 2019 (UTC)

  Concordo com a proposta a longo prazo, uma vez que dará mais tempo a todos de realizarem suas edições com folga e sem pressão, como eu, que estou realizando meu TCC da faculdade e meu tempo está imprevisível.--Agent010 Yes? 21h41min de 24 de maio de 2019 (UTC)
Já somos dois Agent010, ando em estudos e a minha disponibilidade anda incerta. Contudo, situações pessoais à parte, creio que o fator "longo prazo", para além de ser adequado com o grande número de artigos a trabalhar, poderá permitir que as pessoas editem conforme podem e potencializará um trabalho bem feito. Luís Almeida "Tuga1143 22h30min de 24 de maio de 2019 (UTC)
  Concordo com o formato apresentado. FábioJr de Souza msg 22h35min de 24 de maio de 2019 (UTC)
  Concordo Eu só faria uma modificação aí: 1 ponto por artigo trabalhado apenas, sem o ponto extra por referência. Se o objetivo é diminuir o número de artigos sem nenhuma fonte vale mais a pena valorizar o número de artigos referenciados (mesmo que só uma referência) e não o número de referências. 2804:7F1:C080:9ADB:D556:1296:CDC5:4437 (discussão) 15h08min de 27 de maio de 2019 (UTC)
@2804:7F1:C080:9ADB:D556:1296:CDC5:4437:, não concordo... de acordo com a sua ideia, eu para ter "o máximo de pontos" abriria todos os artigos e adicionaria uma única fonte em cada um deles... creio que não se deva incentivar esse tipo de ideia. Existem artigos com duas ou três linhas que talvez só precisem de uma ou duas referências, contudo existem outros artigos maiores que precisam de 5, 10 ou 15 referências... Luís Almeida "Tuga1143 15h38min de 27 de maio de 2019 (UTC)
Citação: Tuga1143 escreveu: «existem outros artigos maiores que precisam de 5, 10 ou 15 referências...» Neste caso, basta adicionar a Predefinição:Mais fontes. Os artigos que têm poucas fontes muito provavelmente não serão eliminados por esta razão, mas os que estão sem fonte alguma podem ser. Então é mais prioritário adicionar a primeira fonte do quê a segunda ou a terceira. Depois que não existir mais nenhum artigo sem fontes, aí pode-se pensar em fazer uma maratona de reforço nas fontes, mas isso não é prioridade agora.--Mister Sanderson (discussão) 16h42min de 27 de maio de 2019 (UTC)
@Tuga1143: é como disse o MisterSanderson, a prioridade é adicionar uma fonte em cada artigo, pois é o mínimo pro artigo não ser eliminado. O importante é não ter artigos sem nenhuma fonte. Citação: eu para ter "o máximo de pontos" abriria todos os artigos e adicionaria uma única fonte em cada um deles. Se a única fonte referenciar todos os artigos de verdade (não for fraude), qual o problema? Seria uma referenciação objetiva. Mas de qualquer forma, foi apenas uma sugestão, me importa pouco o formato, qualquer inciativa que for feita está bom. Quando pretende iniciar o concurso? Eu quero brincar tb. (sou o usuário que estava assinando como IP, resolvi criar conta). J Santiaago (discussão) 17h12min de 29 de maio de 2019 (UTC)

  Apoio a proposta, independentemente do formato que for escolhido para sua execução. --ArgonSim (ajuda contato) 20h28min de 30 de maio de 2019 (UTC)

  Comentário Também estu de acordo com o que disse o MisterSanderson. De início foca-se em evitar que os artigos fiquem sem ao menos uma fonte. Depois pensa-se no aperfeiçoamento. "A messe é grande"....Se formos referenciar os artigos por inteiro muitos artigos grandes irão ficar para de fora...FábioJr de Souza msg 17h16min de 1 de junho de 2019 (UTC)

@2804:7F1:C080:8705:C0B6:17DD:C2E2:A2B4:, eis: Wikipédia:WikiFontes. Luís Almeida "Tuga1143 20h03min de 25 de junho de 2019 (UTC)

Proposta 2 : modificar a tagEditar

A minha proposta é de que já que vão continuar tagueando os verbetes sem fonte, em nome da boa estética e para que não fique visualmente horroroso, fosse criada uma tag menor, mais fina e que não agredisse tanto a vista. Vc não precisa afetar tanto, pra ruim, a aparência de um verbete para indicar ao leitor que ele não tem fontes. A tag abaixo, usada para marcar eventos atuais de Astronáutica, é uma tag extremamente simples que não agride os olhos nem o verbete.
 
Este artigo ou seção é sobre uma missão espacial atualmente em curso. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (data da marcação: 26 de junho de 2019; editado pela última vez em 25 de junho de 2019)  

Vejam que por ser fina e simples (pouco texto e letra menor) ela não agride e cumpre sua função, diferente da tag de falta de falta de fontes abaixo:

 
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2019).
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Alguém, especialmente o pessoal da programação, estaria interessado em fazer uma tag menos invasiva q cumprisse a mesma função sem enfeiar tanto os verbetes e trazer aqui para apreciação? Grato. MachoCarioca oi 11h42min de 24 de maio de 2019 (UTC)

MachoCarioca, isso é relativo, pois seja a da missão seja das fontes, cedo ou tarde ela sai do artigo. Então, pouco importa a estética a priori. Se quiserem mudar a estética, o façam. Mas isso jamais devia ser prioridade. Horroroso é o artigo estar sem fontes, e não porque tem uma faixa, cartão ou confete.--Rena (discussão) 15h07min de 24 de maio de 2019 (UTC)

A proposta não tem nada a ver com fazer ou não o tagueamento, com colocar fontes em verbetes ou não. Ela tem a ver com o visual dos verbetes sem fonte tagueados. E não é prioridade nem eu disse que era, é claro. Fazer uma tag menos invasiva e de melhor qualidade estética não influi em nada em continuar ou não a referenciar verbetes ou tagueá-los. Não custa nada melhorar a estetica enquanto se ataca o problema principal. É isso. MachoCarioca oi 15h23min de 24 de maio de 2019 (UTC)

Feio ou não é questão de gosto, o problema é misturar as coisas, a marca é pra avisar o visitante mas pede pra pessoa editar o artigo, isso não é ok porque pra editar precisa de um conhecimento prévio de regras que aqui não é coisa simples. Poderia ser só a 1a linha e depois "A informação controversa ou difamatória que estiver sem fontes ou referências confiáveis e verificáveis poderá ser removida". SE é preciso fazer campanha pra que visitantes editem então que se padronize as marcas com os links para as instruções etc. Não sei se já existe, mas deveria ter uma página que lista toooodas as marcas que o artigo podem ter e o que cada uma significa, ai na marca em si ficaria só um link tipo "O que é isso" que vai até essa página, assim a marca não precisa ter tanto texto. ― Diana m 16h46min de 24 de maio de 2019 (UTC)

Se tiver só uma linha, como disse, e um link, fica muito menos intrusiva e mais estética, com mens cara de sofá velho jogado na sala, sem deixar de chamar a atenção para o problema. É por aí. MachoCarioca oi 17h25min de 24 de maio de 2019 (UTC)

  Neutro, mas reconheço que os avisos, documentações e políticas da Wikipédia como um todo são desnecessariamente longos. Só fui começar a ler essas caixinhas coloridas quando virei editor; na condição de mero leitor eu sempre as ignorei por serem poluição visual (não que eu sirva como leitor-modelo, mas imagino que algo semelhante deva acontecer com os demais). No entanto, penso que o objetivo delas deveria, sim, ser o de chamar atenção dos leitores a um problema no conteúdo do artigo, e não apenas o de ser um caixinha imperceptível que não 'enfeie' a página. --ArgonSim (ajuda contato) 20h34min de 30 de maio de 2019 (UTC)

Proposta 3 : Eliminar todos os "partidos" de Buenos AiresEditar

Deixem reformular, pois realmente do jeito que eu tinha criado o tópico, parece que a minha bronca era mais com a marcação do que com a existência dos artigos em si. Então pra deixar claro, será que não teria como quem está marcando esses artigos ao invés de marcar em massa, fazer uma lista de redirecionamentos dos mínimos e listar de uma vez os artigos sobre municípios da Argentina que estejam repetidos com os da cidade, e eliminar logo tudo? Acho que isso seria mais efetivo. Se não houver como, tudo bem, ninguém é obrigado a nada, mas o ótimo é melhor que o bom, certo? 2804:7F1:C080:53A5:443C:B361:3219:244B (discussão) 14h49min de 24 de maio de 2019 (UTC)

, são todos os artigos em Categoria:Partidos de Buenos Aires (província), pois como disse, esses "partidos" (municípios) não tem fontes e duplicam o artigo da cidade, além de estarem com o título absurdo (partido em Português não tem nada a ver com o significado em Espanhol).

Alternativamente, alguns onde não há duplicidade com a cidade podem ser movidos, como por exemplo Adolfo Alsina (partido) para Adolfo Alsina (município) (desde que recebam referências), mas para casos como Bahía Blanca (partido), onde já há Bahía Blanca, a eliminação seria o melhor caminho mesmo. Conferir também Categoria:Departamentos da Argentina já que fora da província de Buenos Aires, departamentos são o mesmo que município também. 2804:7F1:C080:53A5:443C:B361:3219:244B (discussão) 14h49min de 24 de maio de 2019 (UTC)

2804:7F1:C080:53A5:443C:B361:3219:244B, a priori não veja qualquer problema para que esses artigos existam (vide um dos meus comentários lá encima), desde que tenham fontes obviamente. Falaram que usar geocoordenadas pode servir de fonte (e até pode) apenas para dizer que algo existe no espaço terrestre, nada mais que isso. Não é de hoje que vejo geocoordenadas sendo usadas para referenciar coisas que não lhe são cabíveis (população, área, etc.) e mesmo quando se usa mapas, deve-se tomar imenso cuidado, pois o mapa do Google, por exemplo, sempre está desatualizado. Não foi nem uma nem duas vezes que eu me deparei com discrepâncias entre os censos dos países e as localidades que ele lista, fora que não é de hoje que quem mantém aquele benedito pouco sabe o que está fazendo e hora escreve em alfabeto latino hora na escrita nativa dos países, o que dificulta buscar na barra ou inibe que pessoas que não conheçam muito bem dada escrita possam contribuir. Em suma, o problema são as fontes, não se artigo x ou z existe. Artigos que precisam ser eliminados, são naturalmente eliminados. E a quantidade de artigos propostos só da Argentina é muito grande, e isso dificilmente seria incontroverso.--Rena (discussão) 15h07min de 24 de maio de 2019 (UTC)

  Concordo. Pode ser criada uma lista, e redirecionados os artigos para lá. Ademais, creio que o mesmo deva ocorrer para os artigos da Categoria:Estações do Metro de Madrid ou, pelo menos, 95% deles. Érico (disc.) 15h24min de 24 de maio de 2019 (UTC)


@Renato de carvalho ferreira: o problema dos artigos acima, mesmo que tenha fonte, é que no Brasil e em Portugal nós não temos um artigo pro município e pra cidade, então por que na Argentina seria diferente? A exceção seriam os artigos que não tem artigo correspondente pra cidade. (sou o usuário que estava assinando como IP, resolvi criar conta). J Santiaago (discussão) 17h06min de 29 de maio de 2019 (UTC)

  Discordo. É melhor citar como fonte para cada verbete sobre os "partidos" da província de Buenos Aires o mapa da Argentina, publicado pela Brasguide, porque é onde há o nome de todos eles, sabeis como? Utilizando-se da predefinição:Citar mapa. Simples assim: basta preencher todos os parâmetros com os dados corretamente colocados para se ter ideia da origem da informação. Mapa também é fonte fiável. Ou, se preferirdes, podeis citar o Google Maps. DAR7 (discussão) 10h27min de 11 de junho de 2019 (UTC)

Proposta 4 : Remover a {{sem-fontes}} dos artigos que tenham fonteEditar

Uma coisa que foi bastante importante e seria bom ser feito de novo, seria o que foi feito em Wikipédia:Coordenação_robótica/Arquivo/set-dez-2017#Artigos_que_carecem_de_fontes. Deve ter muitos artigos que estão com a tag de sem-fontes, mas já contam com pelo o menos uma referência. Listá-los e retirar a tag deles de modo mais automatizado pode ajudar a reduzir o problema. Não vai resolver, mas a diminuição propiciada deve dar um ânimo pra quem está empenhado na tarefa. Seria tão bom se Danilo.mac, Luan, ArgonSim, Luizdl, Dbastro ou He7d3r ajudassem aqui novamente.-- Leon saudanha 18h04min de 25 de maio de 2019 (UTC)

Realmente, a marca "carece de fontes" usada em frases ou parágrafos já coloca o artigo nessas categorias que ao que parece alimenta a tabela de sem fontes, filtrando no petscan tem artigos com fontes que estão nessas subcats, como Lisboa, Iraque etc (estão na "carece de notas de rodapé" que então infla a tabela de sem fontes). Dá pra ver pelo petscan mas ainda assim precisa verificar cada artigo pra remover a info sem fontes ou remover a marca sem-fontes. ― Diana m 19h47min de 25 de maio de 2019 (UTC)
Diana, é um pouco diferente. A marca de {{sem-fontes}} manda os artigos para Categoria:!Artigos que carecem de fontes e são só esses que estamos discutindo, a princípio. Os que carecem de notas vão para Categoria:!Artigos que carecem de notas de rodapé, e esses podem ser tratados em seguida aos artigos sem-fontes, mas mesmo assim em algum momento precisarão de nossa atenção, pois hoje já chegam a quase 35 mil. Nessa segunda categoria, pelo que vi, vão os artigos com {{Sem notas}}, {{Mais fontes}}, {{Carece de fontes}}, {{Carece de fontes2}} e {{Carece de fontes/bloco}} (nunca vi essa última ser usada) e, por isso mesmo, um artigo pode ir parar nessa categoria por ter uma linha sem nota ou o artigo quase todo. Dada as circunstâncias, melhor deixarmos para depois isso.--Rena (discussão) 19h58min de 25 de maio de 2019 (UTC)
Leon saudanha, tem muitos artigos etiquetados com "sem-fontes" referindo-se a uma seção sem fontes apenas, entretanto a categoria para a qual estes artigos vão é a mesma dos artigos inteiramente sem fontes. O Érico chegou a se assustar quando listei artigos bem-desenvolvidos para ESR há uns tópicos atrás. Eu não tinha conferido para separar manualmente os que têm falta de fontes apenas em uma seção, o que gerou esse erro na minha listagem. Desde então tenho sempre conferido manualmente antes de lançar o tópico na Esplanada. Mas também, tenho pensado que seria conveniente mudar esse esquema, isto é, deixar os artigos em categorias separadas, conforme seja problema em uma seção apenas, ou se for no artigo todo. Alguma sugestão?--Mister Sanderson (discussão) 21h13min de 25 de maio de 2019 (UTC)
A etiqueta prevê seu uso quando o artigo todo, ou apenas uma seção (ou mais de uma), não tem fontes. Para isso, teríamos que mudar a etiqueta, como sugerido na proposta dois.--Rena (discussão) 21h15min de 25 de maio de 2019 (UTC)
Renato de carvalho ferreira, por mim, pode-se alterar o código-fonte para que a etiqueta só tenha dois usos: "artigo" ou "seção". Atualmente, ela deixa preencher qualquer valor. Então haveriam duas categorias separadas: "artigos que carecem de fontes" e "artigos com seções que carecem de fontes". O que acha?--Mister Sanderson (discussão) 21h19min de 25 de maio de 2019 (UTC)
Não vejo empecilho nenhum, mas isso caberia aos programadores fazer.--Rena (discussão) 21h22min de 25 de maio de 2019 (UTC)

───────────────────────── @Leon saudanha, Renato de carvalho ferreira, MisterSanderson e Dianakc: sobre o tópico, na minha opinião existe dois cenários:

  • O artigo está praticamento todo referenciado, exceto por alguns trechos ou um parágrafo. Neste caso, considero a utilização de {{Carece de fontes}} já que a quantidade de informação não referenciada é mínima comparada ao total.
  • O artigo possui referencias, mas tem uma quantidade excessiva de conteúdos sem fontes (seções inteiras, muitos parágrafos, e etc). Nesse caso considero que seja usado {{Mais fontes}} no topo do artigo. Isto se dá por dois pontos: a seção possui fontes, mas está quase toda não referenciada (deve-se usar sem fontes para a seção?) Por isso, considero a tag Mais fontes mais efetiva.

No entanto, acredito que isso não necessita de aprovação e, caso tenham uma lista (seja incompleta) pode pedir auxilio a algum operador de robô para que ocorra a substituição das tags. Além disso, não conferi o que a Diana citou: que a marca "Carece de fontes" poderia inflar a categoria sem fontes, mas se isso ocorrer é provável que o número caia bastante; contudo, se ampliarmos o leque, muitos artigos de outras categorias necessitam de manutenção urgente ou até mesmo eliminação, a tarefa de manutenção é árdua. Sendo assim, mesmo que os artigos resultados destes fatos sejam removidos, não quer dizer que uma significativa parcela destes necessitam de..., digamos, necessitam de revisão. Edmond Dantès d'un message? 06h13min de 28 de maio de 2019 (UTC)

  Ideia Não seria melhor que se deixasse de usar o {{sem-fontes}} pra uma seção, e ao invés disso se usasse {{Carece de fontes}} ao fim de cada linha, ou um {{mais-fontes}} no início do artigo, ou ainda que simplesmente se retirasse toda a seção sem fontes? 2804:7F1:C080:9ADB:D556:1296:CDC5:4437 (discussão) 15h17min de 27 de maio de 2019 (UTC)

@Leon saudanha: Criar uma lista com todos os artigos que possuem a marcação {{sem fontes}} mesmo com uma <ref> é uma tarefa fácil, tanto é que já havia sido feita anteriormente. O problema mesmo está na dificuldade em decidir se a referência em questão é confiável, acessível e se cobre seja lá o que está sendo afirmado no trecho que ela está referenciando. Isso exigiria um enorme trabalho manual e repetitivo, uma vez que não há robô capaz de verificar a fiabilidade de uma fonte. Penso que essa lista poderia ser gerada, mas com a ressalva de que artigos nela inclusos tenham a marcação substituída por {{mais fontes}} apenas depois que um editor humano confirmar que a referência em questão está dentro das exigências. --ArgonSim (ajuda contato) 19h17min de 28 de maio de 2019 (UTC)

ArgonSim por favor, pode gerar a lista, depois, dependendo do tamanho, nós vemos o que fazer com ela. Pode colocar a lista em Usuário:Leon saudanha/sem-fontes ou em outro lugar que preferir. Da outra vez os números foram muito altos talvez porque essa triagem nunca tivesse sido feita antes, já dessa vez creio que o número deve ser menor pois temos só uns dois anos de diferença.-- Leon saudanha 19h54min de 28 de maio de 2019 (UTC)
@Leon saudanha: Ultimamente só tenho tido à minha disposição uma conexão péssima, então demoraria muito tempo até que eu concluísse o download do dump mais recente da ptwiki. @Danilo.mac: se não for muito incômodo, poderia gerar uma lista semelhante àquela que havia feito no final de 2017? Agradeço pela ajuda. --ArgonSim (ajuda contato) 20h21min de 28 de maio de 2019 (UTC)
Citação: ArgonSim escreveu: «Penso que essa lista poderia ser gerada, mas com a ressalva de que artigos nela inclusos tenham a marcação substituída por {{mais fontes}} apenas depois que um editor humano confirmar que a referência em questão está dentro das exigências.» Ou seja, você propõe que o trabalho não seja terminado nunca, né? Pois nem agora, nem daqui a dez anos, haverão editores interessados em quantidade suficiente para checar cada referência inserida em cada artigo... A questão é que, já tendo uma referência que seja, a marcação "sem fontes" já não se justifica e precisa ser removida. Agora, se depois alguém checar manualmente a fonte e ver que ela não é independente ou não é fiável, isso já é outra história, e não precisa ser feito de imediato.--Mister Sanderson (discussão) 21h11min de 28 de maio de 2019 (UTC)
@MisterSanderson: A marcação {{mais fontes}} indica que ali no artigo há pelo menos uma fonte confiável e independente. Qualquer editor, seja bot ou humano, que substituir a {{sem fontes}} por ela está atestando que pelo menos uma referência naquele artigo cumpre os critérios de verificabilidade da Wikipédia, o que significa que ele necessariamente deve estar ciente do conteúdo da fonte em questão. Não penso que haja urgência em eliminar falsos positivos de páginas sem fontes ao ponto de se tolerar a criação de múltiplos falsos positivos de artigos referenciados. A maneira automatizada de lidar com essa questão já foi apontada como problemática na última vez em que isso foi feito, basta ver o tanto de refs mortas ou duvidosas que haviam sido listadas como confiáveis. A verificação manual não precisa ser muito criteriosa, e qualquer editor experiente consegue identificar com razoável facilidade fontes que obviamente não servem para o propósito doe projeto. Nesse sentido, acredito que um edit-a-thon seria ideal para angariar a mão de obra necessária pra remediar o problema. --ArgonSim (ajuda contato) 20h22min de 29 de maio de 2019 (UTC)
Bem, ArgonSim, a proposta original do Leon saudanha era remover a etiqueta "sem fontes" automaticamente, não substituí-la por "mais fontes". Você vê problema nisto também?--Mister Sanderson (discussão) 20h52min de 29 de maio de 2019 (UTC)
@MisterSanderson: Pela ligação à antiga proposta na coordenação robótica, imaginei que o objetivo fosse fazer exatamente o que havia sido feito da última vez: Trocar Predefinição de sem-fontes por Predefinição de mais-notas. Diria que remover automaticamente a sem-fontes e não colocar nada lá seria até mais prejudicial, pois significaria dizer que o artigo não apenas tem pelo menos uma fonte confiável, como também está plenamente coberto por fontes confiáveis e respectivas notas de rodapé. Afirmações desse tipo jamais poderiam ser feitas por um robô operando a n edições por minuto, portanto sou contra. --ArgonSim (ajuda contato) 20h26min de 30 de maio de 2019 (UTC)
Citação: ArgonSim escreveu: «remover automaticamente a sem-fontes e não colocar nada lá seria até mais prejudicial, pois significaria dizer que o artigo não apenas tem pelo menos uma fonte confiável, como também está plenamente coberto por fontes confiáveis e respectivas notas de rodapé» A ausência de etiquetas não significa que o artigo atende a todas as normas, significa somente que ninguém o etiquetou, isto é, ninguém detectou nenhum problema. Não quer dizer que nenhum problema exista. Tanto é que existem muitos artigos sem fontes que também não possuem a Predefinição:Sem fontes. Este tópico na Esplanada foi criado exatamente porquê alguém resolveu etiquetar vários desses artigos (Érico), que não estavam adequados, nem tinham etiquetas alertando nada.--Mister Sanderson (discussão) 21h04min de 30 de maio de 2019 (UTC)

────────────@MisterSanderson: O que quis dizer com aquilo é que a remoção de um aviso dizendo que naquela página não há fontes confiáveis e independentes sugere, por definição, que quem removeu o aviso atesta que há uma fonte confiável e independente lá (Citação: Predefinição:sem fontes escreveu: «Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes»), não que não há absolutamente problema algum com o artigo (pode ainda haver spam, vda, falta de neutralidade, necessidade de wikificação, etc). A partir do momento em que um editor remove um aviso de manutenção, ele garante que aquele problema de fato foi solucionado. Enfim, seja lá qual for a escolha tomada pela comunidade, espero que ela não acabe gerando mais problemas para serem corrigidos no futuro, pois não faz sentido tapar um buraco enquanto se escava outro. --ArgonSim (ajuda contato) 21h48min de 30 de maio de 2019 (UTC)

@Conde Edmond Dantès: A marca {{sem-fontes}} (escrito assim) coloca o artigo em Categoria:!Artigos que carecem de fontes (que são só 33), a tabela mostra esse dado lá onde diz "Data não-informada". Me confundi que como essas categorias estão dentro de categorias de sem fontes genéricas, pensava que a categoria especifica herdava a categoria "acima" mas não herda, acho que não existe isso no software wiki. O código da tabela lista artigos estritamente marcados com sem-fontes + parâmetro de data.
A categoria Categoria:!Artigos que carecem de notas de rodapé tem até uma tabela própria (e bem cheia) mas se refere a apenas linhas ou parágrafos marcados, não são artigos totalmente sem fontes, dai seria o caso remover o que não tem fonte ou adicionar a fonte cobrada.― Diana m 19h51min de 28 de maio de 2019 (UTC)

@Dianakc: Citação: Me confundi que como essas categorias estão dentro de categorias de sem fontes genéricas, pensava que a categoria especifica herdava a categoria "acima" mas não herda era esta passagem que eu não havia checado. Sem mais comentários, acredito que a Categoria:!Artigos que carecem de notas de rodapé não é um problema urgente para resolver. Edmond Dantès d'un message? 20h53min de 28 de maio de 2019 (UTC)

@Conde Edmond Dantès: então nós concordamos no que eu disse acima né? Todos concordam? (sou o usuário que estava assinando como IP, resolvi criar conta). J Santiaago (discussão) 17h03min de 29 de maio de 2019 (UTC)

@Leon saudanha e ArgonSim: Gerei a lista e coloquei o robô para atualizar automaticamente a cada 2 meses. Não encontrei o script que eu tinha usado antes, então fiz outro um pouco mais simples que não coloca o número de referências e de seções como antes, e incluí na busca os artigos que têm nota de rodapé ou seção de referências, a lista de 2 anos atrás não incluía seção de referências. Danilo.mac(discussão) 13h42min de 30 de maio de 2019 (UTC)

@Danilo.mac:, já me deparei com vários artigos cuja "referência"/"fonte" diz exactamente o seguinte: wikipédia em inglês ou Fonte: Wikipedia em inglês. Como exemplo, posso dar o seguinte artigo dessa sua lista gerada: Avenue de la Grande Armée. Questiono se dá para tirar dessa lista os artigos que têm este tipo de "fonte". Luís Almeida "Tuga1143 16h34min de 30 de maio de 2019 (UTC)

@Tuga1143: Por isso seria necessário avaliar caso a caso. Da última vez que foi empregado um método automatizado para lidar com marcações de sem-fontes em artigos com uma referência, houve muitos casos de fontes inativas, primárias ou sem fiabilidade sendo marcadas como confiáveis. Há 3330 artigos na lista do Danilo.mac, o que, embora possa parecer muito, poderia ser facilmente resolvido com a colaboração de vários. No artigo combustão, por exemplo, as únicas duas referências citadas eram ligações à Wikipédia — as quais devem ser removidas —, portanto a marcação de sem-fontes deve ser mantida. Custou-me menos de um minuto para corrigir o problema. Outros casos também podem ser rapidamente corrigidos: se é constatado que a página tem ao menos uma ref secundária e fiável, substitui-se por mais-notas (ou simplesmente se remove a marcação caso o artigo esteja plenamente referenciado); se é constatado que não há notas de rodapé, mas que há bibliografia ou ligações externas que sirvam como fonte fiável, substitui-se por sem-notas. O único problema que poderia surgir são nos casos em que a ligação está inativa, o que requereria que o editor procurasse por uma versão arquivada e poderia ser oneroso dependendo da paciência de quem o faz. Em casos assim, vai da comunidade decidir se não há problema em descartar uma referência de um artigo da lista ao perceber que ela não pode acessada diretamente. Um edit-a-thon seria capaz de atrair editores dispostos a colaborar para a tarefa, mas daí precisaríamos decidir se haveria contagem de pontos ou não. --ArgonSim (ajuda contato) 20h18min de 30 de maio de 2019 (UTC)
ArgonSim, você resumiu exatamente os pontos que julgo necessários. Qualquer coisa que seja automática nesse sentido só vai piorar o quadro que, como todo mundo percebeu, não é dos melhores, mesmo que já tenha melhorado. E o que me incomoda mais, no fim das contas, mais do que a dúvida se devemos ou não marcar os artigos, é que apesar de toda essa discussão, há usuários antigos criando artigos sem ou quase sem fonte (ex: Adavi (Nigéria)), e nem marcam que está com carência de fontes, o que é um erro duplo. É nadar contra a maré isso.--Rena (discussão) 20h33min de 30 de maio de 2019 (UTC)
Olhei rapidamente os artigos dessa lista e não parece haver nada que tenha fontes falsas. Mas olhei por amostragem. Não vejo problema de trocar {{sem-fontes}} por {{mais-fontes}} automaticamente ali não. Quem quiser pode reverter as que forem falsos positivos. J Santiaago (discussão) 20h50min de 31 de maio de 2019 (UTC)
@J Santiaago: Dos 10 artigos que corrigi até agora, 4 sem-fontes foram trocados por mais-fontes, 4 foram trocados por sem-notas e 2 sem-fontes foram mantidos. Supondo que a razão nos 3330 artigos fosse essa mesma, 1998 substituições de sem-fontes para mais-fontes seriam incorretas, o que significa dizer que mais da metade do trabalho feito aqui teria de ser reparado por alguém no futuro. Não vejo que urgência justificaria cometer tamanho erro. --ArgonSim (ajuda contato) 03h36min de 1 de junho de 2019 (UTC)
ArgonSim, faço de suas minhas palavras. Ademais, estamos fazendo um planejamento para decidirmos a melhor abordagem com relação a esses artigos (e parece que isso está bem avançado se considerada a proposta do Tuga1143). O que não dá é mascarar o problema, mesmo que com boas intenções, para fazer parecer que ele não existe. Por exemplo, se você vai lá buscar em Categoria:!Artigos que carecem de notas de rodapé, há, pela tabela, quase 35 mil artigos precisando de mais-fontes, só que dentre eles há artigos que só precisam de fontes em uma linha, outros que o artigo praticamente inteiro tem fonte alguma (e como se não tivesse). Reetiquetar tudo sem prévia avaliação é apenas empurrar o problema de um setor para outro sem ter feito nada. Por hora, nos atenhamos em continuar etiquetando, e os interessados, já podem ir referenciando aquilo que lhes apetecer. Quando a primeira etapa estiver pronta, façamos a devida triagem do que deve constar nesta ou naquela categoria e para os que ficarem em Categoria:!Artigos que carecem de fontes, nos organizamos para referenciar aquilo que tem que ser e eliminamos o resto.--Rena (discussão) 04h23min de 1 de junho de 2019 (UTC)
Desculpem minha demora nas respostas, ando com pouco tempo. Eu até poderia tentar filtrar os falsos positivos na lista, mas essa lista de falsos positivos teria seus próprios falsos positivos e falsos negativos, além de ser um pouco complicado de desenvolver o código, então na minha opinião a melhor abordagem é analisar manualmente mesmo. Uma ideia é dividir a lista em lotes, assim quem quiser trabalhar nessa lista marca em qual lote está trabalhando, assim fica mais organizado e evita o desperdício de tempo de vários editores olhando os mesmos artigos. Danilo.mac(discussão) 16h28min de 1 de junho de 2019 (UTC)

Proposta 5: passar a considerar que ligações externas sejam referênciasEditar

Tem gente colocando a tag mais fontes em páginas de uma linha que já tem fonte e interwiki com o artigo inteiro para ser traduzido. Já vi vários casos como esse. Não é caso de pedir mais fontes e sim de Em tradução. O mesmo acontece com páginas pequenas sem fontes que estão sendo enviadas para eliminação quando deveria ser completada a tradução. Parabéns pela ideia do concurso. JMGM (discussão) 19h30min de 27 de maio de 2019 (UTC)

Citação: JMGM escreveu: «Tem gente colocando a tag mais fontes em páginas de uma linha que já tem fonte» Diffs?--Mister Sanderson (discussão) 20h56min de 27 de maio de 2019 (UTC)
Dois que corrigi, [2], [3] a fonte estava na infocaixa só coloquei o ref e a predefinição de ref. Mais um [4], este eu deixei como está [5] é só olhar pela interwiki se tem fonte ou não no que vai ser traduzido um dia. Estavam na lista de sem fontes, sem necessidade. E quantas páginas já foram eliminadas tendo interwikis? JMGM (discussão) 05h25min de 28 de maio de 2019 (UTC)
"Fontes" "escondidas" em predefinições que, na minha opinião, estão visualmente horríveis... Cara, nem sequer podemos atribuir desatenção a nenhum dos usuários que realizaram a aplicação das tags nos casos citados pela senhora, mas sim a falta de conhecimento do livro de estilo nesses seus comentários, além de que os casos citados são de ligações externas ou, no máximo, fontes primárias, nas quais algumas não abriram no meu computador. E @MisterSanderson: vamos cair em si e não dar mais corda para assuntos, normalmente os assuntos com a Jurema não rendem. Edmond Dantès d'un message? 06h13min de 28 de maio de 2019 (UTC)
Acabei de reverter a dúzia de edições que a @JMGM: fez. Anda aqui uma pessoa a marcar artigos sem qualquer fonte e a usuária faz isto, transforma o website oficial de uma localidade numa "fonte", tendo o artigo várias secções e parágrafos, camuflando o problema para que o artigo continue igual por mais 10 anos. Sinceramente, até bati palmas em frente ao ecrã. JMGM, não faça mais isso, não destrua o trabalho que os outros andam a fazer. Luís Almeida "Tuga1143 08h41min de 28 de maio de 2019 (UTC)
Tuga1143, nada de novo sob o Sol.--Rena (discussão) 11h03min de 28 de maio de 2019 (UTC)
Tuga1143, nada de novo sob o Sol (2) 2.0.--Rena (discussão) 15h10min de 28 de maio de 2019 (UTC)

Caros senhores, caso não saibam o campo Referência é muito novo, antes dele existir todas as fontes eram colocadas nas ligações externas para quem quisesse confirmar o conteúdo. Portanto, todos esses artigos que estão sendo eliminados e mutilados deveriam ser melhor analisados. Quanto a reversão de minhas edições Tuga1143, considero como um abuso. As criticas contumaz também. JMGM (discussão) 13h05min de 28 de maio de 2019 (UTC)

Nada de novo sob o Sol.--Rena (discussão) 15h10min de 28 de maio de 2019 (UTC)
De facto @JMGM:, foi um abuso você ter revertido as minhas edições... fico feliz em ver que você reconhece o seu erro de ter revertido as minhas edições. Como civilizados que somos, não guardarei ressentimento algum por você ter revertido as minhas edições. Cumprimentos. Luís Almeida "Tuga1143 15h31min de 28 de maio de 2019 (UTC)
Qual é o título desta discussão? Eu não reverti suas edições, apenas vi pela interwiki que não era necessário pedir fontes ou mais fontes, porque estão todas no artigo original. Como aumentou muito o número de artigos com essa tag substitui algumas para já diminuir e colocar a tag correta. JMGM (discussão) 16h37min de 28 de maio de 2019 (UTC)
Claro, porque os lusófonos, telepatas como são, incorporam automaticamente as fontes nos nossos textos pelo simples fato de ler o texto aqui e haver fontes noutros sítios de outros línguas. Ou seríamos todos nós células e estamos fazendo osmose? Talvez, é mais científico. Afinal, porque citar as fontes aqui se elas já estão noutra Wikipédia. Claro que nossos textos não estão sem fontes. Viva! Jurema, Primeira de Seu Nome, Quebradora de Paradigmas, descobriu o Ovo de Colombo.--Rena (discussão) 16h42min de 28 de maio de 2019 (UTC)
Este artigo [6] e outros estavam com a fonte na infocaixa, portanto não estavam totalmente sem fontes, correto? Não tem nenhum ovo de colombo na minha edição. Me poupe de suas piadas. JMGM (discussão) 16h55min de 28 de maio de 2019 (UTC)
Bacana você ter citado o Ovo de Colombo, Renato de carvalho ferreira. Era um artigo parcamente referenciado até eu reformulá-lo em 2011. Pode ver no histórico.--Mister Sanderson (discussão) 17h00min de 28 de maio de 2019 (UTC)

JMGM, eu estou na Wikipédia desde 2009, e por incontáveis vezes já vi essa discussão "referências x ligações externas" ser trazida à tona, por você, e por outros que não estão mais presentes. Em todas as vezes, essa definição de ligações externas como sinônimo de fontes foi rejeitada, e não vejo porquê não seria outra vez. O pressuposto do qual você parte, de que "ligações externas" era a seção onde se punham as referências antigamente é falacioso, pois não está embasado na realidade. Esse argumento de que as seções "referências" são muito novas também é falso, pois pelo menos há 10 anos já existem. Consequentemente,   Discordo da sua proposta de alterar a definição de ligações externas. Por favor, não traga essa proposta novamente no futuro, pois tudo o que consegue com ela é cansar os outros. Isso é opinião vencida... Suas energias seriam muito mais bem-investidas em alguma outra coisa.--Mister Sanderson (discussão) 16h57min de 28 de maio de 2019 (UTC)

MisterSanderson você queira ou não, todos os artigos pequenos que eram editados antes de 2009 quando você chegou tinham as referências nas Ligações externas e isso é fato e não falácia como você alega. E mais uma vez eu digo que falácia é eliminar artigos pequenos alegando sem fontes, porque antigamente não se exigia fontes em cada virgula do artigo, apenas em artigos destacados, bastava uma fonte que contivesse com outras palavras o conteúdo da artigo. Naquela época não havia tanto vandalismo como hoje, que até se justifica mais referências. Mas não vamos exagerar. JMGM (discussão) 17h41min de 28 de maio de 2019 (UTC)

Citação: JMGM escreveu: «o campo Referência é muito novo, antes dele existir todas as fontes eram colocadas nas ligações externas» legal saber disso, ou seja, precisamos observar que as regras foram mudando a medida que o software/tudo evoluiu, os artigos antigos foram criados em épocas quando certas regras e recursos inexistiam. TALVEZ... artigos antigos tipo os artigos mínimos (ex.: espécies, lugares etc) o link externo pudesse ser considerado suficiente pra não ter certas marcas considerando a data de criação do artigo? As leis de gente são feitas para o futuro, ou seja, não são retroativas exceto se beneficiam o réu rs, pra se cobrar as regras atuais temos que acompanhar os artigos criados atualmente, os artigos datados deveriam ter outro tratamento, ser atualizado para melhor. ― Diana m 20h01min de 28 de maio de 2019 (UTC)

Dianakc Até nas outras wikis artigos mínimos de localidades não precisavam ter fontes porque tem menos importância que artigos maiores destacados, bons e esboços. Qual a necessidade de pedir mais fontes em uma página de 1 linha que tenha interwikis? Melhor colocar Em tradução para diminuir a categoria das sem fontes. JMGM (discussão) 20h33min de 28 de maio de 2019 (UTC)
@Dianakc: Citação: As leis de gente são feitas para o futuro, ou seja, não são retroativas exceto se beneficiam o réu rs não entendi muito bem a última parte, talvez não conheço a expressão (se for uma), mas eu discordo do seu argumento. A comunidade decide por atualizações de suas regras, mas isso não é passe livre para o artigo ser isento da política atual. Por exemplo, em 2009 o fulano era considerado notório por critérios específicos, dez anos depois o critério é revogado por unanimidade e, na minha lógica comparando com o seu argumento, o artigo do fulano não deve ser eliminado porque foi criado numa época em que a política o respaldava? Como disse, talvez o último trecho que destaquei possa condizer com essa minha linha de raciocínio e se sim, desculpe-me. Ainda acrescento que essa linha de raciocínio obrigará aos editores a ter conhecimento de regras desatualizadas de mais de uma década atrás? Edmond Dantès d'un message? 21h14min de 28 de maio de 2019 (UTC)

  Contra Uma ligação externa servir como fonte deveria ser exceção, não norma. A seção de ligações externas no geral sempre sofreu com a inclusão de spam, sendo necessário verificação manual para garantir que a ligação serve como fonte, em vez de assumir por padrão que se ela está ali, então está correta. Se o argumento a favor é de que antigamente era prática comum incluir as referências como ligações externas, as chances de que a maioria dos links seja inacessível é muito grande, o que diminui ainda mais a aplicabilidade da proposta. Para a Wikipédia em português, outras wikis nada mais são que um site qualquer. A existência de um artigo referenciado na wiki-en não blinda um artigo da wiki-pt contra avisos de manutenção ou uma possível eliminação, da mesma maneira que você não argumentaria que tal artigo deve ser mantido apenas porque existe um site qualquer onde o conteúdo está desenvolvido.--ArgonSim (ajuda contato) 20h56min de 28 de maio de 2019 (UTC)

  Discordo proposta descabida. Existem exceções em que ligações externas podem ser utilizadas como fontes e, nesses casos, questiono o motivo para não serem usadas. Em contrapartida, estaríamos normalizando o uso de ligações externas como fontes sem ao menos verificar se elas realmente atestam o conteúdo. Para piorar a situação, nos exemplos citados na proposição, algumas das ligações externas não abriram e a acessibilidade destas podem ser influenciadas por localização geográficas e obrigará a pessoa a percorrer todo um website para tentar atestar determinada informação: "Aqui está um link, procure" e isso é uma deturpação da política de verificabilidade. Além do mais, esses comentários rementem a mais um achismo e defesa de WP:IW do que uma proposta baseada na realidade. Edmond Dantès d'un message? 21h14min de 28 de maio de 2019 (UTC)

Não percebo como podem estar a considerar o que a JMGM disse como sendo uma proposta... não é. As actuais regras da nossa comunidade, decididas pela nossa comunidade, são bem claras, e um artigo, por muito pequeno ou grande que seja, tendo apenas uma ligação externa que é, por exemplo, o website oficial da localidade, não é uma fonte. É apenas uma ligação externa, e como foi dito aqui e muito bem, ninguém tem que atestar a verificabilidade do que está escrito no artigo abrindo o website oficial e "procurando" a informação. Tal link é e apenas é uma ligação externa, um website oficial, ponto. Se um dia a comunidade quiser decidir o contrário, façam favor, mas é pelas regras actuais que nos devemos reger, não pelas antigas nem pelas que poderão existir quando Cristo voltar à terra. Luís Almeida "Tuga1143 22h41min de 28 de maio de 2019 (UTC)

Conde Edmond Dantès estava me referindo a como as leis funcionam na vida real rs (não deve se aplicar aqui porque é um mundo virtual). Sobre o que você exemplificou, para biografias e outros não dá mesmo, seria para cidades, espécies etc que mesmo que desapareçam, continuam sendo conteúdo válido, essa regra do link externo seria exceção para esses casos somente. Mas gente, tem diferença estar com sem-fontes, mais-fontes, mínimo, esboço etc? pra mim estão tudo no mesmo estágio de esboço/por terminar. ― Diana m 03h22min de 29 de maio de 2019 (UTC)

Depende se a ligação externa respalda o conteúdo do artigo, ou não. Os editores não são máquinas, e conseguem abrir as ligações e ler o texto: se comprovar podem editar o texto e colocar até notas de rodapé com essa ligação eterna; se não comprovar, procura outra fonte e adiciona essa; se isso falhar, marca como sem fonte; se acha que não é possível achar fonte ou não é relevante, marca para eliminação. Isto é o básico. GoEThe (discussão) 06h38min de 29 de maio de 2019 (UTC)

  Contra Há ligações externas que podem ser usadas como fonte, aí basta trocá-la da seção para ref, mas isso não pode ser feito automaticamente porque a maioria das ligações externas não são fontes, são muitas vezes sites ligados ao próprio objeto. O site oficial de uma prefeitura, um clube, uma empresa, um cantor, não é fonte para ele mesmo. (sou o usuário que estava assinando como IP, resolvi criar conta). J Santiaago (discussão) 17h01min de 29 de maio de 2019 (UTC)

Sem fontes desde 2009: outubro e novembro

Precedido por
WP:Esplanada/geral/Sem fontes desde 2009: julho e agosto (22abr2019)
Limpeza dos artigos há mais tempo marcados como sem fontes
2009 - 2019
Sucedido por
-
 
Wikipédia: 10 anos sem fontes.

Hoje existem, ao todo, 63.360 artigos etiquetados como "sem fontes". Destes, 2.026 estão marcados desde 2009.

Do que se trata?Editar

Esta força-tarefa tem por objetivo não deixar artigos ficarem mais de 10 anos marcados com a Predefinição:Sem-fontes. Se você quiser ajudar, e não for um fantocheiro ilícito, sua contribuição será bem-vinda!

Deixo algumas sugestões de formar de ajudar:

  • triagem: ajudar a avaliar, e apontar, quais artigos, dentro de cada tema, não devem ser enviados para ESR (escolha um tema que lhe interesse, não é desejável que você sozinho confira todos os temas). Você pode comentar em cada seção temática, informando sua avaliação;
  • referenciação: etiquetar os artigos que você quer "apadrinhar" com a Predefinição:Em manutenção (para eu saber que não devo marcá-lo para eliminação), e depois, editar, referenciando-os;
  • anunciação: passar nos WikiProjetos relevantes avisando, aos editores integrantes, que ajuda se faz necessária. Também vale convidar editores que você já conheça e sabe que se interessariam em ajudar;
  • gerenciamento: ajudar a atualizar os status dos artigos nas listagens do tópico, conforme eles forem eliminados, referenciados, fundidos, redirecionados, etc.

À exceção dos artigos sem interwikis, que já vinham sendo enviados para eliminação e continuarão sendo, os demais artigos não serão enviados para ESR por mim antes do dia 25 de junho. Este tempo é reservado à triagem.

Lembrete: debates sobre 'eliminação versus manutenção' não levam a lugar nenhum.


Abaixo, a listagem dos artigos por tema (tirei manualmente, checando um-por-um). Quando algum deles tiver sido resolvido, por favor, apenas riscar e anotar ao lado o que aconteceu. Eu acho que assim funcionará melhor do quê no tópico passado, em que os artigos resolvidos eram movidos para uma seção à parte.

--Mister Sanderson (discussão) 11h38min de 30 de maio de 2019 (UTC)

OutubroEditar

Em ordem crescente de tamanho:

  1. Banda (capoeira)
  2. Logoff
  3. Robert Matschullat   Referenciado por Sorocabano 32
  4. Movimento quasi-periódico
  5. Spektr-Roentgen-Gamma   Referenciado por Sorocabano 32
  6. Viés sistemático
  7. Polibutadieno   Referenciado por Sorocabano 32
  8. Rossiiane   apadrinhado por Renato
  9. A Arte de Enganar   Referenciado por Sorocabano 32
  10. Hartmut Maurer   apadrinhado por Renato
  11. Valor de negócio
  12. Conflação   apadrinhado por Renato
  13. Referência cruzada   apadrinhado por Renato
  14. Overhead (computação)
  15. Infiniti QX4
  16. Hooking
  17. Unidades de viscosidade
  18. Mark Harris (autor)
  19. Card sharing
  20. Furacão Iris (1995)   Referenciado por Sorocabano 32
  21. Mosquitotone
  22. Tempestade tropical Vamei   apadrinhado por Renato
  23. Garantia real
  24. Windows Photo Gallery
  25. Partidos políticos de Israel   apadrinhado por Renato
  26. Colisão inelástica
  27. Giclée
  28. Intensidade de radiação
  29. Leopold Hager   apadrinhado por Renato
  30. Cross-browser
  31. Politecnico di Milano   apadrinhado por Renato
  32. IPE KW2
  33. Motor de corrente contínua sem escovas
  34. Counter Terrorist Unit  Redirecionado para 24 (telessérie)
  35. Demonologia   apadrinhado por Renato
  36. Luminosidade
  37. Teoria das perturbações
  38. Georges Perec   apadrinhado por Renato
  39. Descarga de corona
  40. Bento da França Pinto de Oliveira   em ESR
  41. Serviço Móvel Marítimo
  42. Direito das coisas

Sem interwikisEditar

A ideia é que, se possível, estes sejam eliminados antes da abertura do tópico...

Em nenhuma ordem específica:

  1. Gêmeos em pé   Eliminado via ESR
  2. Camada de solvatação   Eliminado via ESR
  3. Arqueobactéria halófila   Eliminado via ESR
  4. Válvula sanitária   Eliminado via EC
  5. Nalle Påhlsson   Eliminado via ESR
  6. George King   Eliminado via ESR
  7. Batata-quente   referenciado por IP
  8. Salada Paulista   Eliminado via ESR
  9. Maternidade Pró-Matre   referenciado por IP
  10. Sean Rio Flynn   Eliminado via ESR
  11. John Ripa   Eliminado via ESR
  12. Demerval Barbosa Moreira   Eliminado via EC
  13. Luciano Luciani   Eliminado via ESR
  14. Fonte de Santo António   Eliminado via ESR
  15. General matosgrosso   Eliminado via ESR
  16. Sezar Sasson   Já tinha ido para EC antes.
  17. Intratabilidade   Eliminado via ESR
  18. Associação Portuguesa de Leasing e Factoring   Eliminado via ESR
  19. A Palma e a Mão   Eliminado via ESR
  20. Colégio Luterano   Já tinha ido para EC antes.
  21. Gasoline (canção de Dieter Bohlen)   Redirecionado para Dieter - Der Film.
  22. Gol, Futebol Arte   Eliminado via ESR
  23. A Vida na Praça Roosevelt   Eliminado via ESR
  24. Luiz Fidélis   Eliminado via ESR
  25. Córrego da Anta   Eliminado via ESR
  26. Taxa interna de rentabilidade integrada   Eliminado via ESR
  27. Gérson de Azeredo Coutinho   Eliminado via ESR
  28. Força Tarefa de Saúde Militar   Eliminado via ESR
  29. Maria Bethânia canta Noel Rosa   Eliminado via ESR
  30. Acesso fixo indirecto   Eliminado via ESR
  31. The Pub   Eliminado via ESR
  32. Wagner Guimarães   Eliminado via ESR
  33. Jardim Elisa Maria   Referenciado por Gamer sLoft
  34. A Rota do Brilho   Impugnado.
  35. Seca fisiológica   Eliminado via ESR
  36. ThunderCats - HO: The Movie   Eliminado via ESR
  37. Villa Romana de Rio Maior   Impugnado.
  38. Francisco do Rego Barros de Lacerda   Eliminado via ESR
  39. Escola de Psicologia da Universidade do Minho   Eliminado via ESR
  40. Idade da loba   Eliminado via ESR
  41. Karine Carvalho   Eliminado via ESR
  42. Junta de Colonização Interna
  43. Projeto Curaçá   Impugnado.
  44. João Luiz Duboc Pinaud   Eliminado via EC
  45. Carlos Craveiro Lopes   Eliminado via ESR
  46. Maria (álbum)   Impugnado.
  47. Tumelero   Impugnado.
  48. Joaquim Lucas Furtado
  49. Higino Xavier Lopes
  50. Odo Adão
  51. David Netto
  52. Seleção da CONCACAF
  53. Francisco Higino Craveiro Lopes (1838-1909)
  54. Comunicação verbal
  55. Hip-Hop Cultura de Rua
  56. Francisco Xavier Craveiro Lopes
  57. Mixer (produtora)
  58. Os Sete Gatinhos
  59. Nino Giovanetti   Eliminado via ESR.
  60. Exploração do espaço de projeto
  61. Instituto Ressoar
  62. Filtro de transformada de Fourier
  63. Lista de monarcas viquingues da Escandinávia
  64. Ancesttral
  65. Avatar Escape from the Spirit World
  66. Guto Negrão
  67. Guilherme Pompeu
  68. Luís Paulino d'Oliveira Pinto da França

EntretenimentoEditar

Em nenhuma ordem específica:

  1. Decodificador de FTA
  2. QuakeC
  3. Pursuit Force
  4. Mikey Graham
  5. HDAdvance
  6. Captain Novolin   Referenciado por MisterSanderson
  7. Next (série)
  8. Robert Clouse
  9. Paul Snider
  10. Hot R&B/Hip-Hop Singles Sales
  11. Is Is
  12. Top 40 Tracks
  13. Michael Arias
  14. Gary Griffin
  15. Taliska
  16. A Night to Remember (canção)
  17. Thelonious Monk: Straight, No Chaser
  18. Pownce   Referenciado por MisterSanderson
  19. Meu Erro -   Feito por Sorocabano 32
  20. Sidney Duteil
  21. A Thing About You
  22. Kip Winger
  23. Maybe I'm a Fool
  24. GC EP
  25. Mary Gibbs
  26. Telefono rosso
  27. Pastures of Plenty
  28. NAACP Image Awards
  29. Mario Golf: Advance Tour
  30. A Casa da Floresta
  31. A Flame to the Ground Beneath
  32. The Thin Blue Line (série de televisão)
  33. Kovu
  34. Out of Exile (canção)
  35. Keith Duffy
  36. Dave Florek
  37. Makes Me Happy
  38. Jamie Thomas King
  39. Paul Reeve
  40. Wizard rock
  41. Godfrey Danchimah
  42. Erin Torpey
  43. The Questions We Ask at Night
  44. Ridge Canipe
  45. Busy P
  46. The Girls Next Door
  47. Yoko Tsuno
  48. Sabrina Starke
  49. Roll On, Columbia, Roll On
  50. The Lookouts
  51. Madagascar: Operation Penguin
  52. Hate to Feel
  53. Quake Live
  54. The Thin Blue Line (filme)
  55. Paul Eiding
  56. Cubitus
  57. Slash's Blues Ball
  58. The Wire Tapes Vol. 1
  59. A Mind of Its Own
  60. Wrath (DC Comics)
  61. Castelo da Bela Adormecida
  62. TNT (banda de heavy metal)
  63. Nicolas Dunn
  64. Chris Weitz
  65. Adam Pascal
  66. QuakeCon -   Feito por Tetizeraz
  67. Pants on Fire
  68. Top Gear Rally 2
  69. David Lambert
  70. A che ora è la fine del mondo?
  71. As Aventuras de Tanguy e Laverdure
  72. A Hora do Vampiro
  73. A Sense of Purpose
  74. David O'Hara
  75. James Clavell
  76. Sarah Walker
  77. Heavy as a Really Heavy Thing
  78. Balthazar Getty
  79. Edward James Olmos
  80. A Kid in King Arthur's Court
  81. David Faustino
  82. Mrs. Robinson
  83. Phaedra
  84. The King of Marvin Gardens
  85. Mitchel Musso (álbum)
  86. Quake III Arena
  87. Hot Country Songs
  88. Eddie Griffin
  89. Day Tripper
  90. Laura Harring
  91. God, That's Good
  92. Now I Know, Don't Be Scared
  93. Gina Gershon   Feito por Conde Edmond Dantès.
  94. Alex González   Feito por Conde Edmond Dantès.
  95. Henry Selick
  96. Dan Cooper
  97. Maria Schell
  98. Stardust (romance)
  99. Tragic Kingdom
  100. Quake II
  101. Flёur
  102. Danika
  103. Top Gear Rally
  104. Roger Corman
  105. Grossology
  106. Harvest Moon 3
  107. David Gallagher
  108. Temperance Brennan
  109. Nubeluz
  110. Kelsey Grammer
  111. Mark Hamill
  112. Isa TKM (grupo musical)
  113. Girlicious (álbum)
  114. Quake
  115. Mega Man Star Force 2
  116. Cascada
  117. Lista de personagens de Ice Age
  118. Kind Hearts and Coronets

EsporteEditar

Em nenhuma ordem específica:

  1. Real Estelí Fútbol Club   Feito por Igor G.Monteiro
  2. Litespeed F3   Feito por Igor G.Monteiro
  3. Sociedad Deportiva Atlético Nacional   Feito por Gamer sLoft
  4. Club Deportivo Pan de Azúcar   Feito por Igor G.Monteiro
  5. Team Hawaii   Feito por Igor G.Monteiro
  6. Hermandad Gallega Fútbol Club   Feito por Igor G.Monteiro
  7. Panamá Viejo Fútbol Club   Feito por Igor G.Monteiro
  8. Estádio Euganeo   Feito por Igor G.Monteiro
  9. Estádio Tamale   Feito por Igor G.Monteiro
  10. Ekaterina Lobazniuk   Feito por Igor G.Monteiro
  11. Jogos Paralímpicos de Inverno de 1980   Feito por Igor G.Monteiro
  12. Grã-Bretanha nos Jogos Olímpicos de Verão de 1948   Feito por Igor G.Monteiro
  13. José Porras   Feito por Igor G.Monteiro
  14. Florida Panthers   Feito por Igor G.Monteiro
  15. Grêmio Esportivo São José   Feito por Igor G.Monteiro
  16. Sarah Stock   Feito por Igor G.Monteiro
  17. New Jersey Devils   Feito por Igor G.Monteiro
  18. Sporting San Miguelito   Feito por Igor G.Monteiro
  19. Clemens Fritz   Feito por Igor G.Monteiro
  20. San Francisco Giants   Feito por Igor G.Monteiro
  21. Estádio Sausalito   Feito por Igor G.Monteiro
  22. Jogos Paralímpicos de Verão de 1972   Feito por Igor G.Monteiro
  23. Jogos Paralímpicos de Verão de 1980   Feito por Igor G.Monteiro
  24. Jogos Paralímpicos de Verão de 1976   Feito por Igor G.Monteiro
  25. Jogos Paralímpicos de Verão de 1988   Feito por Igor G.Monteiro
  26. Ralph Hawkins   Feito por Igor G.Monteiro
  27. Estádio Sekondi-Takoradi   Feito por Igor G.Monteiro

História e Sociedade   apadrinhado por RenatoEditar

Em nenhuma ordem específica:

  1. Corícia (musa)
  2. História de Essex
  3. Carlo Maratta
  4. Adolfo de Carolis
  5. Rolando Marchelli
  6. Giovanni Battista Merano
  7. Alessandro Mari
  8. Onorio Marinari
  9. Giuseppe Melani
  10. Aureliano Milani
  11. Francesco Merano
  12. Giuseppe Marchesi
  13. Andrea Miglionico
  14. Angelo Massarotti   Referenciado por ― Diana m
  15. Ercole de Maria   Referenciado por ― Diana m
  16. Giulio Cesare Milani   Referenciado por ― Diana m
  17. Giovanni Battista Mainero   Referenciado por ― Diana m
  18. Giovanni Battista Marmi   Referenciado por ― Diana m
  19. Francesco di Maria   Referenciado por ― Diana m
  20. Sebastiano Mazzoni   Referenciado por ― Diana m
  21. Gaetano Martoriello   Referenciado por ― Diana m
  22. Pietro Antonio Magatti
  23. 73
  24. Lucio Massari   Referenciado por ― Diana m
  25. Girolamo Mattioli   Eliminado antes da abertura do tópico.   Referenciado por ― Diana m
  26. 39
  27. 666
  28. 58
  29. Giovanni Stefano Marucelli
  30. Ymir
  31. Paolo de Matteis
  32. Ioánnis Paraskevópulos
  33. Panagís Tsaldáris
  34. Giovanni Battista Michelini
  35. Panagiótis Kanellópulos
  36. Nikólaos Kalogerópulos
  37. 470
  38. Dimítrios Gúnaris
  39. Ioánnis Koléttis
  40. Catedral Arquidiocesana Nossa Senhora da Conceição
  41. 420
  42. Geórgios Theotókis
  43. Konstantínos Tsaldáris
  44. 6
  45. Georges Theunis
  46. Geórgios Kondílis
  47. Gaston Eyskens
  48. 41
  49. Dimítrios Rállis
  50. Octavius Pickard-Cambridge
  51. Epaminóndas Deligiórgis
  52. Paul Vanden Boeynants
  53. Konstantínos Kanáris
  54. Dimítrios Vúlgaris
  55. Justin Marie Jolly
  56. Carl Theodor Zahle
  57. Partido Comunista da Armênia   Referenciado por MisterSanderson.
  58. Charílaos Trikúpis
  59. Matsukata Masayoshi
  60. Jens Otto Krag
  61. Hans Hedtoft
  62. Tribo de Manassés
  63. Katsura Taro
  64. Niels Neergaard
  65. Simon Antoine Jean L'Huillier
  66. Ōkuma Shigenobu
  67. Quivira e Cíbola
  68. Oichi
  69. Carl Gustaf Ekman
  70. Konstantínos Georgios Karamanlís
  71. Miguel Pavlovich da Rússia
  72. Siegfried Wolfgang Fehmer
  73. Elefthérios Venizélos
  74. Paul-Henri Spaak
  75. Expedições persas de 1796
  76. David I da Escócia
  77. Filipa, infanta de Portugal
  78. Henry Clay
  79. Górgias (diálogo)
  80. Ellet Joseph Waggoner
  81. Império Etíope
  82. Frank S. Land

Geografia   apadrinhado por RenatoEditar

Em nenhuma ordem específica:

Biologia e SaúdeEditar

Em nenhuma ordem específica:

  1. Tricócito (humano)  Feito por Renato de carvalho ferreira
  2. Osteocalcina  Feito por Renato de carvalho ferreira
  3. Tetraophasis  Feito por Renato de carvalho ferreira
  4. Peronosporales  Feito por Renato de carvalho ferreira
  5. Primulales   Eliminado antes da abertura do tópico.
  6. Pharidae  Feito por Renato de carvalho ferreira
  7. Oryzomys seuanezi  Feito por Renato de carvalho ferreira
  8. Epidendrum dendrobioides  Feito por Renato de carvalho ferreira
  9. Inhambu-listrado  Feito por Renato de carvalho ferreira
  10. Recurvirostridae  Feito por Renato de carvalho ferreira
  11. Rhodophyceae  Redirecionado para Rhodophyta por Renato de carvalho ferreira
  12. Trauma torácico  Feito por Renato de carvalho ferreira
  13. Moliço  Feito por Renato de carvalho ferreira
  14. Tamponamento cardíaco  Feito por Renato de carvalho ferreira
  15. Oomycetes  Feito por Renato de carvalho ferreira
  16. Proteoglicano  Feito por Renato de carvalho ferreira
  17. Trends
  18. Mucopolissacaridose tipo III B  Feito por Renato de carvalho ferreira
  19. Cuidado em domicílio
  20. Thyasiridae  Feito por Renato de carvalho ferreira
  21. Mabuya  Feito por GoEThe
  22. Lucinidae  Feito por Renato de carvalho ferreira
  23. Medula espinhal  Feito por Renato de carvalho ferreira (só coloquei uma fonte na introdução pra não dizer que não tinha, mas o artigo está pobre ainda. Tem fonte em nada)

NovembroEditar

Em ordem crescente de tamanho:

  1. Hans Svaning
  2. Lâmpada Yablochkov   Referenciado por Sorocabano 32
  3. Sacra corona unita
  4. Pierre Fleury
  5. Noctúria
  6. Sebastian Telfair
  7. Heterosporia
  8. Locutor
  9. Miro I de Urgel
  10. Reatores de água leve
  11. Prumo
  12. Etne
  13. Inverno de impacto
  14. IEEE 1588
  15. Alain Poher
  16. Igreja Anglicana da África Austral
  17. Cidadela do Cairo
  18. Línguas euroasiáticas
  19. Pirrolizidina
  20. Metridiochoerus
  21. Carlos II de Bourbon
  22. Johnny Frank Garrett
  23. Oktogon
  24. Lago Omodeo   Referenciado por Dbastro
  25. Balde   Referenciado por Marquês D. Marques
  26. Club Atlético Welcome   Referenciado por ip
  27. Massacre de Ciaculli   Referenciado por Sorocabano 32
  28. Titanotylopus
  29. Matilde Hidalgo
  30. Cyprian Norwid
  31. Outtasking
  32. Yerma (ópera)
  33. Cyrtopodium kleinii
  34. Número misto
  35. Igreja da Irmandade
  36. MPEG-21
  37. Mario Carloni
  38. Kleos
  39. Eugênio de Ligne
  40. Waveboard
  41. Língua lapônica de Ume
  42. Bartolomeo Carducci
  43. José Carvallo
  44. Simple Symphony
  45. Síndrome de Von Hippel-Lindau
  46. Ana de Forez
  47. Comparação
  48. Douglas DC-4
  49. Barbosa (sobrenome)
  50. Terra roxa
  51. BBC World News -   Feito por Tetizeraz
  52. TTA
  53. Piero Calamandrei
  54. Uri Orlev
  55. José Afonso Ribeiro
  56. Villa Trissino (Cricoli)
  57. Geografia da África do Sul
  58. Handley Page Dart Herald   Referenciado por Sorocabano 32
  59. Hyundai Santa Fe
  60. Liquidificador
  61. Centro de Estudos do Território, Cultura e Desenvolvimento
  62. Biochip
  63. Overclocking - "mais ou menos feito" por Tetizeraz
  64. Liga Mundial de Cricket
  65. Príncipe de Gales
  66. Radio Interface Layer

Sem interwikisEditar

Em nenhuma ordem específica:

  1. Enteróclise   apadrinhado por Renato
  2. Taquisfigmia   apadrinhado por Renato
  3. Autorretrato (Henrique Pousão)   apadrinhado por Renato
  4. Usina Hidrelétrica Luiz Dias   apadrinhado por Renato
  5. Leonel Rocha   apadrinhado por Renato
  6. Gaetano Cantarelli   apadrinhado por Renato
  7. Cavalgada de Pirenópolis   apadrinhado por Renato
  8. Harmonia de interesses
  9. José Tomás   apadrinhado por Renato
  10. Cavalgada de Santo Antônio   apadrinhado por Renato
  11. Los Maneros
  12. Monsenhor Pizarro   apadrinhado por Renato
  13. Museu da Cortiça   apadrinhado por Renato
  14. Psyche-Lock
  15. Assessoria Universitária Pedagógica de Extensão
  16. Momento do Bem (programa de rádio)
  17. Campeonato de Portugal de Clássicos
  18. Ninja Sensor  ER
  19. Hora da Guerra   Referenciado por 177.192.21.190
  20. Peri Filmes
  21. Vitrine (programa de televisão)
  22. Parque Religioso Cruz da Menina
  23. Educação ambiental integradora
  24. Gilberto Ferreira Cardoso
  25. Capela do Calvário (Portalegre)   apadrinhado por Renato
  26. Madras Editora
  27. Supermercados Giassi
  28. Bioetanol   apadrinhado por Renato
  29. Líria Marçal
  30. Os Corujinhas
  31. José Maria Batista de Oliveira
  32. Lulla Bye
  33. Tarancón (banda)   apadrinhado por Yanguas
  34. Franz Müller   apadrinhado por Renato
  35. Cozo Taguchi   apadrinhado por Renato
  36. Capítulos de Pérola Negra   Redirecionado para Pérola Negra (telenovela)

EntretenimentoEditar

Em nenhuma ordem específica:

Retomada da tutoria

Gostaria de pedir aos colegas que considerassem separar algum tempo para os novatos que se inscrevem no programa de tutoria. A página estava parada e lotada de requisições, talvez até passando para novatos a impressão de que não pode ser atendida. Acredito que seja uma parte extremamente importante para a Wikipédia, já que, ainda que por ali abundem CPUs buscando orientação para criarem páginas irrelevantes ou fazerem outros tipos de burlas, todos nós já fomos novatos algum dia e precisamos de orientações que não sabíamos onde buscar.

O número de editores por aqui só cai e esforço coletivo para cativar "sangue novo" pode ser uma boa solução. Leefeniaures audiendi audiat 03h30min de 9 de junho de 2019 (UTC)

@Leefeni de Karik: os dois últimos "novatos" que aceitei tutorar nunca mais apareceram após o pedido na página e já vi isso repetir-se frequentemente ao longo dos anos que edito o projeto. Em uma discussão passada, questionei a falta de filtragem já que na época existia solicitações de usuários bloqueados infinitamente e fantoches. Por fim, vejo que a maioria dos ingressantes na tutoria tentaram inserir conteúdos inválidos (seja em páginas existentes ou na criação de novas), sendo que na minha opinião necessita uma colaboração mútua entre os ingressantes e aqueles dispostos a tutoria, outros fatores como tempo e disposição também afetam. Eu não possuo paciência e disposição pois me vejo necessário de avaliar pedido por pedido para que posso ter motivos que a tutoria será produtiva, ou simplesmente ter que explicar porque o conteúdo foi eliminado. Edmond Dantès d'un message? 03h44min de 9 de junho de 2019 (UTC)
@Leefeni de Karik: Tá aí uma coisa que nunca fiz. Concordo com o @Conde Edmond Dantès:, esses usuários são esporádicos, voltam daqui a meses. Tá raro achar alguém que comece do zero e vai crescendo por aqui até se tornar fixo e até se interessar por coisas maiores como ser adm. Igor G.Monteiro (discussão) 14h40min de 9 de junho de 2019 (UTC)

Também acho que a maioria dos ingressantes na tutoria não têm grandes interesses, mas é difícil determinar isto sem os acolhermos. Eu assinei a tutoria de dezenas de editores para "limpá-la", duvido que muitos me procurem (até porque a maioria era bem antiga), mas se quatro procuram, três escutam, dois ficam a médio prazo e um a longo, já é uma grande contribuição: uma duplicação de mentes. Leefeniaures audiendi audiat 00h50min de 10 de junho de 2019 (UTC)

@Leefeni de Karik: Citação: mas é difícil determinar isto sem os acolhermos seu ponto de vista é interessante; contudo, acredito que muitos usuários por experiência não possui mais paciência. Poderia dar vários exemplos de mal educação, inclusive comentários de certa forma grosseiros meu direcionados a você. Então o ambiente do projeto não é um dos mais agradáveis e, na minha opinião, isso afeta o ânimo dos editores. Edmond Dantès d'un message? 11h32min de 15 de junho de 2019 (UTC)

Orixás não são todos os deuses africanos

A categoria:Orixás tem diversos deuses de diversas religiões africanas, mas na verdade os orixás são divindades da Religião iorubá e do Candomblé Ketu. 2804:7F1:C080:3368:8BA:BE66:6F5C:BEE4 (discussão) 19h19min de 11 de junho de 2019 (UTC)

Simples caso de remover os deuses que não são orixás. Você tem o direito de fazer isto enquanto editor(a) de uma enciclopédia livre, desde que faça corretamente. Leefeniaures audiendi audiat 19h21min de 11 de junho de 2019 (UTC)

Mas eu não sei como fazer isso. Se eu soubesse já teria feito. Abaixo fiz uma lista vou colocar umas notas explicativas do lado deles. 2804:7F1:C080:3368:8BA:BE66:6F5C:BEE4 (discussão) 19h25min de 11 de junho de 2019 (UTC)

Esta é a lista, acho que aí podemos ter um panorama. 2804:7F1:C080:3368:8BA:BE66:6F5C:BEE4 (discussão) 19h49min de 11 de junho de 2019 (UTC)

Primeiramente, acho que seria interessante você criar uma conta. Deixei uma mensagem sobre isso na sua página de discussão. Em segundo lugar, o procedimento é simples: vocÊ clica em "editar código-fonte", vai até o final do artigo e deleta o código [[Categoria:Orixás]], quando o tema do artigo não for um orixá de verdade. Leefeniaures audiendi audiat 19h27min de 11 de junho de 2019 (UTC)

Vou pensar nisso aí, mas preferi avisar a vocês. Na dúvida eu não sei por qual categoria eu troco. 2804:7F1:C080:3368:8BA:BE66:6F5C:BEE4 (discussão) 19h49min de 11 de junho de 2019 (UTC)

Além do mais não adianta eu trocar se o costume continuar errado. 2804:7F1:C080:3368:8BA:BE66:6F5C:BEE4 (discussão) 19h51min de 11 de junho de 2019 (UTC)

Apesar de não estar em local que permita longas edições vou tentar corrigir as categorias. Obrigada. JMGM (discussão) 13h46min de 12 de junho de 2019 (UTC)

Estado Islâmico: escopo e título do verbete


Há alguns dias atrás a editora @Yone Fernandes: alterou o título do verbete Estado Islâmico do Iraque e do Levante. Ela foi revertida, mas houve várias outras alterações não-revertidas como a alteração de afluentes e a modificação da respectiva categoria. Então gostaria de fazer uma discussão abrangente sobre esse assunto aqui na Esplanada.

Como sabem o Estado Islâmico tem suas origens em território iraquiano durante a Guerra do Iraque. Como o inicio da guerra civil na Síria, o grupo avançou com suas ações também para este país passando a se chamar, assim, "Estado Islâmico do Iraque e do Levante". Posteriormente “exportou” suas atividades para outros países/regiões e proclamou uma expansão do "califado" para além da região Iraque-Síria visando todo o mundo islâmico (como informa a BBC), deixando portanto de ser um movimento somente "do Iraque e do Levante". Isso levaria o grupo a mudar novamente seu nome para “Estado Islâmico”.

Dito isso a Wikipédia lusófona continua seguindo cegamente o “modelo” da Wikipédia anglófona, que por alguma razão obscura, mantêm o título obsoleto “Islamic State of Iraq and the Levant” para um verbete com um conteúdo que descreve um grupo de caráter global. Esse “modelo” adotado é totalmente incoerente e non sense. Vejam como a nossa página é estranha: mantêm o título antigo "do Iraque e do Levante", mas informa na introdução Citação: "Estado Islâmico, antes denominado Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL) ou Estado Islâmico do Iraque e da Síria (EIIS) [...] Em 29 de junho de 2014, o EIIL passou a se autodenominar simplesmente "Estado Islâmico" (EI) [...] afirma autoridade religiosa sobre todos os muçulmanos do mundo e aspira tomar o controle de muitas outras regiões de maioria islâmica [...], ou seja: está claro se o verbete refere-se a uma organização global ou a regional, ao movimento antigo ou ao atual.

Assim sendo, acredito que antes de definir um título a ser adotado, devemos definir qual será o escopo do verbete. Então existem duas alternativas plausíveis que podem ser adotadas para resolver essa questão:

  • Opção 1: Manter o título atual "Estado Islâmico do Iraque e do Levante". Nessa opção, por razões de coerência com o título, o assunto seria abordado sob uma perspectiva regional, ou seja: o verbete trataria exclusivamente do braço sírio-iraquiano do grupo. Assim sendo, todas as informações referentes a atuação do grupo em outros países/regiões deverão ser removidas e transferidas para páginas específicas. Na verdade, isso já ocorre em parte, haja vista a existência de várias páginas sobre as suas afiliadas: vide => Estado Islâmico (Iêmen), Estado Islâmico (Líbia), Estado Islâmico (Somália), etc. Bastaria apenas adequar o verbete "do Iraque e do Levante".

Essa será uma decisão que impactará em muitas páginas. Afluentes teriam que ser alterados a depender da "opção" adotada. Além disso, existem também as predefinições {{Estado Islâmico do Iraque e do Levante}} e {{Country data Estado Islâmico do Iraque e do Levante}}, teríamos que discutir como elas ficariam. --Lord Mota 16h51min de 15 de junho de 2019 (UTC)

  • o artigo não tem página de discussão?Jo Loribd 18h01min de 15 de junho de 2019 (UTC)
@Jo Lorib:, isso não envolve apenas uma página. A depender da decisão tomada aqui será necessário alterar afluentes em várias páginas, modificar predefinições e categorias. Além do mais qual o problema em trazer esse assunto aqui? ver 1, 2, 3, esse tipo de discussão é comum na Esplanada. --Lord Mota 18h20min de 15 de junho de 2019 (UTC)

Mudar o título para "Estado Islâmico" e tratar o tema do artigo sob uma perspectiva global me parece mais pertinente. O EI é um grupo terrorista transnacional e deve ser tratado a partir dessa abordagem. Ademais, devemos parar com essa mania chata de copiar qualquer tipo de abordagem que vem da Wiki anglófona em nossos artigos sem levar em consideração nossas próprias perspectivas. O Estranho no Ninho (discussão) 21h23min de 15 de junho de 2019 (UTC)

Acredito que a segunda opção é a mais coerente (Estado Islâmico (organização)) Dravinia (discussão) 11h54min de 17 de junho de 2019 (UTC)

Acredito que as alterações da Yone Fernandes foram corretas. Melhor manter como Estado Islâmico. Tetizeraz. Mande uma -> ✉️ 22h38min de 17 de junho de 2019 (UTC)

Campeonato Brasiliense de Futebol

Um administrador pode simplesmente sumir com um conteúdo de uma discussão e tomar uma decisão com base no que não foi excluído como ocorreu aqui: https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Wikip%C3%A9dia:Pedidos/Prote%C3%A7%C3%A3o&diff=55492762&oldid=55492758

2804:14C:145:A95B:6164:8AAB:D4FE:F3E0 (discussão) 05h07min de 16 de junho de 2019 (UTC)

Regis Tadeu

Ultimamente o usuário Theys York passou a inundar os artigos da Wikipédia com opiniões do Regis Tadeu, "crítico musical" que já propus EC pela falta de notoriedade para ter artigo próprio (alguns concordaram que as fontes do texto não davam grande relevância ao biografado). Uma das adições gerou esta reclamação atendida pelo usuário Jo Lorib, que desfez edições inseridas no artigo Estorvo. Outra edição também foi desfeita no artigo Budapeste (livro), desta vez por Trierweiller.

Esse Regis Tadeu é conhecido somente por tecer críticas inflamadas para a industria musical, desde o pop internacional ao popular brasileiro ([7][8]). Ele tinha um blog no site Yahoo!, agora faz essas críticas no YouTube com o mesmo tom e que está sendo inserido nos artigos por Theys York. Fica o questionamento: esse tipo de conteúdo é válido? Jardel.[5.250] d 22h20min de 24 de junho de 2019 (UTC)

Quando eu "inundei" os artigos com críticas do Rotten Tomatoes e Metacritic ninguém reclamou. Nunca me reverteram, agora devido a um crítico querem bloquear? Theys York (discussão) 22h33min de 24 de junho de 2019 (UTC)
Eu aindo corto trechos da crítica dele para ficar mais próxima das críticas plastificadas e sem sal da mídia de massa.Theys York (discussão) 22h37min de 24 de junho de 2019 (UTC)
Como se a opinião de "milhares de leitores" (como diz denúncia do IP) fosse mais importante que um ou dois jornalistas. Leitores nem tem direito a inserir a própria opinião na Wikipédia. Que argumento raso para denúncia. Eu nem sabia que o texto tinha sido removido com base em denúncia de qualquer IP.Theys York (discussão) 22h46min de 24 de junho de 2019 (UTC)
Rotten Tommatoes e Metacritic são agregadores de críticas. E o tom no seu comentário só demonstra um desejo pessoal em querer divulgá-lo usando os artigos, não como forma de acrescentar uma crítica relevante. Jardel.[5.250] d 22h56min de 24 de junho de 2019 (UTC)

O Rotten Tomatoes e o Metacritic são agregadores de críticas das mais notáveis e reputadas publicações de crítica mundiais. Nada a ver com um youtubber obscuro. JMagalhães (discussão) 23h30min de 24 de junho de 2019 (UTC)


Eu espero os vídeos e os artigos acumularem, para que eu reserve um tempo para ler, ver e inserir o que for possível na Wikipédia, tudo de vez. Tem alguns que não coloquei ainda, pois tenho que traduzir todas as críticas da Wikipédia inglesa e adicionar a do Regis Tadeu (se for relevante). Eu já fiz o mesmo com o Rotten Tomatoes e Metacritic, por isso os citeis achando que você estivesse vendo minha atitude como Spam. Perdoe meu tom, é que me lembrei quando liguei os pontos que os críticos do agregador Rotten Tomatoes e Metacritic precisam seguir regras para entrar lá. Uma delas que veio na minha cabeça: "água na sopa" (daí o sem sal e plastificada), ou "textão de face" no mais popular. Eu retiro o que disse sobre eles. Agora, o meu comentário direcionado ao IP ainda acho válido.Theys York (discussão) 23h42min de 24 de junho de 2019 (UTC)

  • Eu acho que é fora de propósito citar esse RT, podia fazer um filtro e usar a blacklist.Jo Loribd 02h30min de 25 de junho de 2019 (UTC)
    • Tem um disco de ópera rock (não lembro o nome agora) que a maioria dos críticos não gostaram, porém ele gostou. Tem um disco da Scarlett Johansson que maioria dos críticos deram notas neutras, mas ele gostou. Ou seja, é relevante. Agrega alguma coisa. Colocar na blacklist não faz sentido. Se o consenso quiser, eu reduzo o espaço dos textos ao mínimo, ou altero para ele "gostou" ou "não gostou".Theys York (discussão) 03h02min de 25 de junho de 2019 (UTC)
  • Theys York, a pior coisa que pode fazer é abusar da Wikipédia para provar seu ponto de vista, não faça como fez no Fale, indo colocar comentários fora de local. O assunto já está aqui na Esplanada, você está comentando livremente, não espalhe seu POV por todos os lugares, só vai lhe prejudicar e ao RT.Jo Loribd 10h22min de 25 de junho de 2019 (UTC)

Independente das críticas musicais, me deparei com este diff. Oras, o que a opinião dele possivelmente interessaria para esse caso? O que importa aqui são estatísticas e estudos. Considerando casos como esse e o que os colegas trouxeram creio que há sim um problema de peso indevido sendo dado, pelo colega, a essa personalidade, mas peço aos demais para assumirem boa fé do colega. É ótimo que as opiniões estejam atribuídas, mas não é sempre suficiente. Saturnalia0 (discussão) 15h00min de 25 de junho de 2019 (UTC)