Abrir menu principal

Wikipédia:Votações/Alteração das regras do direito ao voto

Alteração das regras do direito ao voto
  • Fase atual: ---
  • Fase seguinte: ---

Ver também

Em 7 de Agosto foi apresentada uma proposta anti-sockpuppet para alterar as regras de direito ao voto: introduzir um número mínimo de edições nos 6 meses anteriores ao início da votação para se poder votar (fim do direito ao voto de contas inactivas). Como não houve consenso, e levando em conta os argumentos e a maioria favorável à proposta, foi criada esta votação.

Alteração proposta

O texto passaria de:

São regras gerais para qualquer votação na Wikipédia lusófona:

  1. Ser um usuário registrado e efetuar o login antes de votar (votos de anónimos são considerados inválidos);
  2. Ter a sua primeira contribuição válida há mais de 90 dias como registrado antes do início da votação;
  3. Ter um número de edições válidas no domínio principal da Wikipédia superior a 300 antes do início da votação.
  4. Bots e sockpuppets não podem votar.

Para (novo número 4):

São regras gerais para qualquer votação na Wikipédia lusófona:

  1. Ser um usuário registrado e efetuar o login antes de votar (votos de anónimos são considerados inválidos);
  2. Ter a sua primeira contribuição válida há mais de 90 dias como registrado antes do início da votação;
  3. Ter um número de edições válidas no domínio principal da Wikipédia superior a 300 antes do início da votação.
  4. Ter um número de edições válidas no domínio principal da Wikipédia superior a "nº a decidir abaixo" nos 6 meses anteriores ao 30.º dia prévio ao início da votação.
  5. Bots e sockpuppets não podem votar.

Proposta 1

Introdução de um novo número (4) conforme acima.

  • Concorda em introduzir um número mínimo de edições nos 6 meses anteriores ao 30.º dia prévio ao início da votação para se poder votar?

Sim

  1. !Silent (discussão) 00h14min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
    Gonçalo Veiga (discussão) 00h20min de 25 de outubro de 2016 (UTC) Para dificultar a manutenção de contas sockpuppet com direito ao voto e evitar solicitações offwiki de contas dormentes. Uso indevido de fantoches. RadiX 02h55min de 17 de fevereiro de 2017 (UTC)
  2. Não entendo como um editor que não é frequente, e que não acompanha as discussões, tem interesse em votar; digo isso porque quando eu fiquei um período semi-ativa eu nunca votei em nada porque eu não participava nas discussões, e nem EADs porque não tinha tempo para examinar um artigo. Se você não edita com frequência, significa que não tem interesse no projeto no momento, então pra mim é muito estranho editores reaparecerem das cinzas apenas pra votar como acontece aqui o tempo todo. Todos nós sabemos que a Wiki Lusófona está permeada de tag teams, nós sempre sabemos os grupos que vão votar contra ou a favor de uma proposta, e está me parece uma medida eficaz, embora não-ideal, para quebrar as pernas das panelinhas. Bia Alencar Mensagens 00h24min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
  3. Leytor (discussão) 03h04min de 25 de outubro de 2016 (UTC).
    Dux Æ 09h59min de 25 de outubro de 2016 (UTC) Uso indevido de fantoches. RadiX 02h55min de 17 de fevereiro de 2017 (UTC)
  4. Vitor MazucoMsg 15h33min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
  5. Hume42 msg 15h37min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
  6. Coltsfan Talk to Me 11h44min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
  7. --XÃNÐÏ Æ 15h06min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
  8. --Stegop (discussão) 18h07min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
  9. Érico (fale) 20h19min de 26 de outubro de 2016 (UTC) Completamente a favor. Não é justo que editores que não colaboram decidam o futuro da comunidade. Não é justo quem não colabora decidir quais os caminhos que devemos tomar. Se não tem tempo de colaborar com o domínio principal, mesmo que combatendo vandalismo, porque há interesse em votar? Não entendo. E todos já sabem que aquela regra de anulação de votos pelos burocratas é completamente ineficiente e foi um erro que a comunidade fez ao aprová-la.
  10. -- WPTBR (discussão) 00h56min de 27 de outubro de 2016 (UTC) -- Definitivamente decidido por (também) tentar a aprovação, passo a considerar que é o mais (atual e) "antivitalício".
  11. L‘éditeur? 02h31min de 27 de outubro de 2016 (UTC)
  12. Quem cozinha é quem come.  Gato Preto  14h09min de 27 de outubro de 2016 (UTC)
  13. Rodrigo Padula (discussão) 12h14min de 28 de outubro de 2016 (UTC) Acho que essa proposta poderá diminuir a miguxisse e a boca de urna dentro da Wikipédia.
  14. Tetraktys (discussão) 22h39min de 28 de outubro de 2016 (UTC)
  15. Guilherme (Mariomaníaco) mensagem 17h43min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Faz sentido.
  16. João Justiceiro (disccont) 17h54min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  17. Rodrigo, Luz28 (MsG) 18h01min de 31 de outubro de 2016 (UTC). Mas para que se erradique os Socks, Meats e TagTeams as regras de checagem de contas para votações tem que ser implementadas.
  18. Deve poder votar quem continua a pagar a quota, ou seja, quem continua a participar no projecto. (Também não entendo como alguém que não contribui pretende apenas participar nas decisões). De qualquer modo, 300 edições em 6 meses parece-me muito (porque prefiro, sempre que possível, fazer artigos mais desenvolvidos), dando uma média superior a 1,6 por dia. Saudações!GualdimG (discussão) 19h12min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  19. --Mariordo (discussão) 19h14min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  20. Fasouzafreitas (discussão) 19h47min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  21. PeterLouiz (discussão) 19h47min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  22. Regi msg 21h05min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  23. Por que alguém que parou de contribuir iria querer votar? A dificuldade criada para manter duas ou três contas constantemente ativas no mínimo limita bastante a capacidade de socks de votarem. EternamenteAprendiz (discussão) 21h54min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  24. GabrielStella fale! 22h27min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  25. Jamadruga (discussão) 11h31min de 1 de novembro de 2016 (UTC)
  26. Eu já nem sei o que é bom e o que não é para esse Projeto. Só tenho uma conta e nunca edito como IP, todos deveriam fazer o mesmo. Um maravilhoso Projeto com grande contribuição para a sociedade, que dá um passo para frente e dois para trás por causa de editores sem noção de trabalho em grupo e de atuarem em comunidade. Percebo que logo o usuário da Wikipédia deva fazer parte de estudos, pois a Wikipédia pode viciar, e alguns usuários tornam-se dependentes ativos e ficam simplesmente fora de controle. A proposta tem sentido e dá uma quebrada em usuários que vão acordar o amigo adormecido para votar. O problema que nas discussões o amigo Pato também aparece, é muito difícil frear o dependente ativo. Em relação aos fantoches não serão atingidos. --NosLida (discussão) 17h47min de 1 de novembro de 2016 (UTC)
  27. G.M (discussão) 18h30min de 1 de novembro de 2016 (UTC)
  28. Usuário:Superplástico (discussão)14h18min de 2 de novembro de 2016 (UTC)
  29. Usien6 14h34min de 3 de novembro de 2016 (UTC)
  30. Doutorgrillo (discussão) 11h49min de 4 de novembro de 2016 (UTC)
  31. Luiz F. Fritz (discussão) 18h00min de 4 de novembro de 2016 (UTC)
  32. Por coerência com minhas opiniões no passado. José Luiz disc 19h13min de 6 de novembro de 2016 (UTC)
  33. - Elilopes DEBATE 15h12min de 7 de novembro de 2016 (UTC) A ptvwiki é um espaço livre, democrático e formado por voluntários, porém as votações são ações importantes para aumentar a organização e a veracidade das informações.

Não

  1. Joalpe (discussão) 01h28min de 25 de outubro de 2016 (UTC). Por mais, não menos democracia. Por mais política baseada na boa fé do que arbitrariedades assustadas. Por formas mais engenhosas para lidar com sock-puppetry do que minirreformas eleitorais, que apenas limitam o acesso de editores sazonais aos procedimentos de decisão.
  2. -- Darwin Ahoy! 09h48min de 25 de outubro de 2016 (UTC) Ao mesmo que impede de votar utilizadores antigos e bem estabelecidos, mas actualmente pouco activos no projecto, não afecta em nada o voto da generalidade dos socks, como se vê pelo caso das centenas de socks do Pé Espalhado, exposto abaixo, e de casos como os do Quintinense e do Önni; Assim, apesar da proposta se apresentar como "anti-sock", na prática saem favorecidos os socks, que passam a ganhar um peso maior nas votações, enquanto os editores antigos e de confiança são impedidos de participar. Por outro lado, aumenta ainda mais as restrições às votações quotidianas, actualmente já com grande dificuldade de participação, como PEs e EADs. Por mais que pense não consigo encontrar qualquer contributo positivo nesta proposta, enquanto que os aspectos negativos são muitos, graves e bastante evidentes.
  3. PauloMSimoes (discussão) 12h57min de 25 de outubro de 2016 (UTC) Não se deve descartar a experiência de quem simplesmente se desestimulou a continuar editando amiúde. É fácil saber quem foi bom ou mau editor/administrador entre os ausentes, pela sua trajetória na WP. Para "caçar" socks existem outros meios, que não esse.
  4. Ricardo Ferreira de Oliveira Diga 21h26min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
  5. Mr. Fulano! 🔔Fale Comigo📩 00h09min de 26 de outubro de 2016 (UTC) Se as edições fossem em qualquer domínio, eu até aceitaria, mas só no principal fica difícil para aqueles que são pouco ativos de conseguir atingir a meta.
  6. --Pap@ Christus msg 03h24min de 26 de outubro de 2016 (UTC) Este projeto é feito por voluntários no qual cada um contribui de acordo com o seu tempo disponível e sua aptidão; direito ao voto não é um clube social com cotas renováveis de edições, portanto não há necessidade de toda essa ginástica para poder votar. Acredito que forçar a realização de números mágicos de edições irá atravancar o escrutínio de usuários suspeitos de fraude e subversão, além de prejudicar os editores de boa-fé que editam esporadicamente ou que não tem tempo de editar assiduamente.
  7. André Koehne (discussão) 15h20min de 26 de outubro de 2016 (UTC) Falando por mim: já estive distante, mas sempre acompanhando a Wiki, torcendo para o melhor. Hoje gasto parte de meu tempo extra-wiki tentando localizar antigos bons editores para que voltem a contribuir, atualizando-os sobre as mudanças ocorridas no modus operandi e, sobretudo, falando-lhes para se manterem o máximo possível distantes dos espaços de discussão enquanto esses tempos sombrios de perseguições estiver passando. Trazê-los de volta deveria ser o objetivo de todos - e nunca propostas como esta que procuram diminuir-lhes o papel, aqui! Perfeitas as colocações acima do @Joalpe:, @PauloMSimoes: e @Papa Christus:... Que bom a Wiki ter gente que pensa como vocês! Obrigado.
  8. Nice msg 15h56min de 26 de outubro de 2016 (UTC) Absolutamente de acordo com o Joalpe, Darwin, PauloMSimoes e Papa Christus.
  9. VítoR ⠧⠌⠞⠕⠗ (♪) 18h06min de 26 de outubro de 2016 (UTC). Não vejo qualquer contributo positivo na tomada desta medida.
  10. WikiFer msg 19h15min de 26 de outubro de 2016 (UTC) Até compreendo a boa-fé da proposta em burocratizar o direito ao voto para evitar que socks possam fraudar votações do projeto. No entanto, o que poderia ser uma solução pode acabar ocasionando em outro problema: a nova regra daria brecha para os socks manterem seu direito ao voto, fazendo um determinado X edições em 6 meses de registro. Já os usuários experientes e de boa-fé perderia o direito de votar somente pelo fato de ter ficado ausente por um tempo do projeto. Além disso, a proposta afetará votações como EADs, PEs, não necessariamente votos para eleger/desnomear administradores, supervisores e verificadores. Em relação as contas dormentes, acredito que os burocratas só devem anular estes votos se houver evidências de socks e meats, pois a pauta principal aprovada por unanimidade em 2015 foi essa. Se não houver evidências, a anulação poderia ser considerada disseminação da desconfiança.
  11. RadiX 19h28min de 26 de outubro de 2016 (UTC) Como sempre afirmei, sou contra a criação de quaisquer mecanismos escorados em números mágicos para determinar uma solução. Isto não coibirá a criação de sockpuppets: apenas ditará aos sockeadores os requisitos mínimos que poderão ser facilmente burlados. Contas de segunda vida, usuários banidos tentando burlar a regra do recomeço limpo, fantoches dormentes etc, todos esses operadores experientes conseguem imprimir um elevado número de edições em intervalos pequenos; em contrapartida, usuários antigos e estabelecidos que editam sazonalmente, como, por exemplo, o MachoCarioca, seriam frontalmente atingidos por esta regra, que afeta direitos adquiridos. Esta não é uma solução para impedir a fantocharia, pelo contrário - o caminho está na adoção do modelo de decisão baseado em consenso, e não na burocratização e no fortalecimento do sistema de votações, que é um chamariz para socks ilícitos.
  12. Gabs Diga! Fiz! 20h09min de 26 de outubro de 2016 (UTC). Na minha opinião adiciona burocracia sem resolver o problema, vai contra WP:ABF, marginaliza bons editores sazonais, pouco frequentes ou que não necessariamente editam o domínio principal e deixa implícito que o direito de voto é pra quem edita por quantidade sem ponderar a qualidade do que foi editado.
  13. Net Esportes alô! 12h47min de 27 de outubro de 2016 (UTC)
  14. --Leon Saudanha 01h44min de 29 de outubro de 2016 (UTC) isso é um retrocesso, uma contra-lógica. É notório que praticamente 80% dos usuários com direito ao voto não participa das decisões eletivas da comunidade,se queremos reduzir o impacto dos votos de fantoches nelas, deveriamos estimular a participação dessa maioria nas votações,e não impor uma regra tão paliativa e que ao mesmo tempo restringe o direito adquirido de usuários antigos e experientes que pouco editam no domínio principal
  15. GoEThe (discussão) 11h51min de 29 de outubro de 2016 (UTC) Já há demasiadas restrições à participação.
  16. Manuel Anastácio (discussão) 14h53min de 29 de outubro de 2016 (UTC) Depois do que dei a este projeto, o mínimo que espero é que tenha direito de voto vitalício. Nem que não o use.
  17. Teles«fale comigo» 19h36min de 29 de outubro de 2016 (UTC) A proposta vai gerar o efeito oposto do esperado. Não é difícil alguém mal intencionado cumprir o número de edições requerido em, digamos, 2 horas. Também não gosto de fantocharia ilícita, mas isso simplesmente não os atinge.
  18. Kleiner msg 15h54min de 31 de outubro de 2016 (UTC) - Minha opinião mudou pouco de seis anos pra cá... A proposta tem seu mérito mas o benefício é pequeno e o prejuízo é grande.
  19. Pedro Guerra (discussão) 17h38min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Concordo com a introdução de um número mínimo de edições, mas parece-me injusto que estas sejam apenas no domínio principal, deveriam ser em qualquer um.
  20. --Luan (discussão) 17h44min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  21. Leone Melo dá o papo 17h45min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Acho um retrocesso impor essa restrição ao voto. Caso aprovada, isso impedirá que editores experientes, outrora mais ativos, possam opinar.
  22. Dantadd (α—ω) 17h48min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  23. Xico msg 17h50min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Acredito que a intenção da proposta não seja ruim, mas criar mais regras limitadoras, em um ambiente em que já é difícil conseguir bons editores não me parece agregar em nada.
  24. Allan CZ msg. 17h58min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Diversos contribuidores fizeram muito pela Wikipédia e apenas estão momentaneamente ausentes.
  25. Tschis Fale comigo! 17h59min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Apesar de parecer um voto parcial, visto que continuo inativo em termos de edições, considero os pontos listados acima (PauloMSimoes, Papa Christus, Vitor Vicente Valente, Radix, Teles) bastante fortes, e compartilho de sentimentos similares. Não acredito que a proposta solucionará o problema existente, apenas dificultando a vida de usuários que, porventura, tenham boa fé mas estejam inativos.
  26. Lucio Luiz (discussão) 18h07min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Editar pouco não é o mesmo que não estar acompanhando a Wiki. Pelo contrário, isso estabeleceria um critério quantitativo em oposição a um qualitativo. Podemos ter usuários que têm um bom histórico de edições, porém que, dentro deste período de tempo não editem tanto, mas que continuam acompanhando artigos e colaborando de outras formas. Tirar o direito de voto nesses casos é injusto.
  27. Deixar como está, pois acho que o tempo de registro do editor não significa que faz parte da Wiki. Sinceramente, seria melhor que eliminasse o critério tempo e aumentasse a quantidade de edições válidas, pois estimularia os novos a contribuir mais. Alessandro SILmanda 15h15min de 31 de outubro de 2016 (UTC-3).
  28. Deixar como está, também acho que o tempo de registro do editor não significa que faz parte da Wiki e que seria melhor que eliminasse o critério tempo e aumentasse a quantidade de edições válidas. CostaPPPROk ? 15h52min de 31 de outubro de 2016 (UTC-3).
  29. Le Comte Edmond Dantès msg 18h55min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Não concordo com a proposta, as contribuições deveriam ser analisadas em um contexto geral, sendo que cada usuário passa por diversas situações extra wiki que determina se o usuário está ou não ativo. Esta proposta passará a efetuar um número mágico, determinará um X número de edições em que o usuário estará "apto" a votar, o que pode ser relativamente conquistado sem grande dificuldade. Basta separar um grande horário, é totalmente possível alguém fazer 300 edições em 7 dias e votar em uma PE ou uma EAD. A proposta tem tudo para favorecer os socks visto que com menor gama de usuários com o direito ao voto em certa votação, resulta em um peso maior aos votos dos socks. Le Comte Edmond Dantès msg 18h55min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  30. Edilson Vinentefale comigo 18h57min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Iria votar sim, mas alguns fatos exibidos pelo Lord Mota na discussão deixam claro que essa medida pode não ser eficaz. Edilson Vinentefale comigo 18h57min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  31. Vanthorn® 19h14min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Proposta muito discriminatória para editores que não editam maioritariamente no domínio principal. Mas para mim o mais grave é que explicita com números mágicos como activar contas inactivas/dormentes, interesse aliás já demonstrado e utilizado por alguns e algumas aqui.
  32. Marcos Faria 19h40min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  33. Luiz 19h54min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Não consigo enxergar benefícios em segregação.
  34. Não faz sentido algum, os fantocheiros consegue 300 edições mole mole no domínio principal em 6 meses antes de uma votação, agora agente que tem boa fé não consegue. Fox de Quintal (discussão) 19h58min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  35. Vinicius Lima (Discussão) 19h59min de 31 de outubro de 2016 (UTC) - Entendo a finalidade de se propor uma medida para se combater a entrada de sockpuppet mas isso criara um efeito negativo relativo a participação dos usuários, como alguns colocaram impedirá que editores experientes, outrora mais ativos, possam opinar.
  36. Suspeito que quem colabora esporadicamente, assim como quem colaborou mas anda afastado, entende a Wiki tão bem quanto quem segue editando freneticamente. Ancestralidade e recolhimento são qualidades que deveríamos olhar com bons olhos, assim como a busca de consenso e a diversidade de olhares nas decisões. --Solstag (discussão) 20h01min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  37. Polemaco - diga 20h50min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Não é a frequência nem a quantidade de edições que faz o editor mais ou menos responsável ou consciente de seu voto.
  38. Essa adição à regra não resolve o problema de editores com contas feitas pra votar e ainda prejudica editores afastados que podem ter interesse em uma votação específica, o que não é injusto. O que impediria fantoches de votar seria permitir o voto somente a editores não-anônimos, que provassem ser "reais", o que deve ir contra as políticas desse projeto talvez, é o modo usado em projetos como de softwares, votos de anônimos não contam para fazer mudanças drásticas em códigos e decisões da comunidade, nessas outras comunidades não é possível votar mesmo que tenha feito muitas contribuições se for um total anônimo. ― Diana m 21h00min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  39. O Estranho no Ninho (discussão) 21h06min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  40. -- Manuel de Sousa msg 22h00min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Sinceramente, não vejo vantagens em tal alteração.
  41. --Yone (discussão) 22h12min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Com Joalpe.
  42. Skeptikós (discussão) 22h19min de 31 de outubro de 2016 (UTC) - Pouco dificulta a participação de socks(já que muitas destas contas podem ter estado ativa neste período) e ainda por cima impede a participação de usuários sérios e experientes que por motivos diversos podem ter estado inativos neste período.
  43. Minerva (Discussão) 22h43min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Não consigo enxergar nenhuma vantagem nessa alteração. Usuários sérios que por motivos adversos venham a ficar algum tempo sem editar perderiam o direito ao voto. Burrocracia até na Wikipédia?
    Xutzão (discussão) 22h48min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Não possui direito ao voto (ver Wikipedia:Direito ao voto)
  44. Gustavo Siqueira MSG 23h39min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Faço estas as minhas palavras Citação: leone melo escreveu: «Acho um retrocesso impor essa restrição ao voto. Caso aprovada, isso impedirá que editores experientes, outrora mais ativos, possam opinar.»
  45. Luizdl discussão 23h46min de 31 de outubro de 2016 (UTC) O mesmo que os outros, a proposta reduziria a democracia de um projeto criado para ser aberto a todos, e ainda hoje o slogan do projeto é "A enciclopédia livre", então obrigar aos usuários a ser frequente nas edições para dar sua opinião não é legal. Não ser frequente nas edições não significa que está "por fora", pois o usuário continua a usar a Wikipédia seja lendo os artigos para adquirir informação, seja lendo as discussões realizadas durante a criação do artigo.
  46. Rachmaninoff msg 00h15min de 1 de novembro de 2016 (UTC) Meu argumento: Citação: leone melo escreveu: «Acho um retrocesso impor essa restrição ao voto. Caso aprovada, isso impedirá que editores experientes, outrora mais ativos, possam opinar.»
  47. --MiguelMadeira (discussão) 00h35min de 1 de novembro de 2016 (UTC): depende do número, mas parece-me potencialmente arbitrário dizer que quem não fez mais que "X" edições nos últimos 6 meses desinteressou-se do projeto; isso inclusivamente pode originar diferenças com base apenas no estilo pessoal de editar artigos (pessoas que preferem gravar quando acabam um parágrafo vs. pessoas que preferem gravar quando acabam tudo e que se calhar até preparam primeiro o artigo à parte num ficheiro txt, p.ex.). Ainda por cima, restringir as edições ao domínio principal pode (se estou a perceber bem o que é o "domínio principal") restringir pessoas que se dediquem sobretudo a trabalhar nas predefinições (poderia, por extremo, alguém que é quem mais trabalha numa dada predefinição não poder votar numa decisão relacionada com ela).
  48. --HVL disc. 00h53min de 1 de novembro de 2016 (UTC) - Não vejo muita eficácia nessas mudanças e só estaria prejudicando aqueles que editam pouco o domínio principal ou que não editam regularmente.
  49. Mwaldeck msg 01h24min de 1 de novembro de 2016 (UTC) Também não vejo muita eficácia nessas mudanças. Criar regras a mais para quem está mal intencionado não os desestimula, infelizmente.
  50. Dr. LooFale comigo 03h38min de 1 de novembro de 2016 (UTC) Temos que aumentar o numero de participantes em votações, já obstaculos suficientes para proibir a participação dos novatos. Os desonestos se descuidam e pegam 6 meses de tempo isolados para desenvolverem novos metodos para burlar votações.., cedo ou tarde.
  51. Jimmymsg 06h59min de 1 de novembro de 2016 (UTC) A medida parece ser uma punição àqueles que não possuem certa frequência aqui na Wiki. Segregação não ajuda, apenas piora.
  52. Carlos msg 07h36min de 1 de novembro de 2016 (UTC)
  53. Mschlindwein msg 12h48min de 1 de novembro de 2016 (UTC) Vamos trabalhar e escrever artigos em vez de burocratizar ainda mais a WP?
  54. Lauro Chieza de Carvalho (discussão) 14h17min de 1 de novembro de 2016 (UTC) Não ser em dado período (curto) de tempo (6 meses no caso) editor assíduo não significa não estar acompanhando o que se passa na Wiki ou ter perdido interesse pela mesma, tampouco ter perdido o discernimento para votar conscientemente. Já fui outrora editor muito mais frequente na Wiki, e se fossem exir, como alguns propõem, 300 edições nos últimos 6 meses, talvez hoje não atenderia ao requisito; e per facto nem sequer poderia estar votando aqui. Isso ao fim acaba apenas criando "panelinhas" e efetivamente excluindo membros que têm interesse sincero em contribuir, e que contribuem como podem. Grosso modo, seria como dizer, em nossa sociedade, que os "pobres" não têm direito a voto, pois não tem nada em jogo a perder. Se o objetivo e cercear alguns "bagunceiros" de votar, que se especifiquem tais e se excluam os mesmos explicitamente ditos (como a lei da ficha limpa). Que tal limitar por exemplo o número de reversões nos últimos 6 meses por vandalismo, ou algo similar. Vejo ser este o caminho. Grato.
  55. Ninux2000 (discussão) 15h21min de 1 de novembro de 2016 (UTC) Não, vai afastar os editores.
  56. Clausgroi (discussão) 17h28min de 1 de novembro de 2016 (UTC) Por mais que eu tente, não consigo ver uma relação direta entre editar X artigos no domínio principal e ser capaz de opinar em uma votação qualquer. O fato de um editor ficar inativo (ou semi-inativo) durante um período X não altera em nada seu senso crítico, tampouco prejudica seu conhecimento acerca do projeto, a não ser que ele tenha sérios problemas de memória e se esqueça das regras. Por outro lado, um editor bastante ativo pode agir de forma irresponsável e votar de modo imprudente. Em suma, a adição dessa regra não impede que as votações sejam mais justas ou melhorem de qualquer outra maneira.
  57. Jadolfo (discussão) 23h40min de 1 de novembro de 2016 (UTC) Esta alteração prejudica usuários antigos e que, por algum motivo, tiveram pouca atividade nos últimos meses. Ninguem aqui vive de Wikipédia, as pessoas trabalham, estudam, etc. Nada que afaste as pessoas de boa fé pode ser considerado bom. É pura burocracia que não resolve e nem ajuda nada. Além disso, capacidade de voto tem mais a ver com o bom senso do usuário do que com o tempo de Wikipédia que a pessoa tem.
  58. PViz (discussão) 01h45min de 2 de novembro de 2016 (UTC) O direito ao voto deve ser exercido por usuários que dominem o tema em questão, independentemente do número de edições em determinado tempo antecedente ao pleito.
  59. IacobusBr (discussão) 02h12min de 2 de novembro de 2016 (UTC).
  60. João Henrique (Mensagens) 05h24min de 2 de novembro de 2016 (UTC)
  61. JMGM (discussão) 18h48min de 2 de novembro de 2016 (UTC) Já era contra a muito tempo e já disse em diversas discussões que editores antigos e conhecidos tem direito a voto mesmo que não editem nada no domínio principal, acompanham as edições e só interferem quando extremamente necessário, sua maturidade não pode ser confundida com a molecagem de alguns.
  62. Alex Pereirafalaê 20h20min de 2 de novembro de 2016 (UTC) Discordo dessa proposta...
  63. Luís Bonifácio (discussão) 15h54min de 3 de novembro de 2016 (UTC)
  64. --João Carvalho deixar mensagem 16h39min de 3 de novembro de 2016 (UTC)
  65. Caçador de Palavras (discussão) 17h48min de 3 de novembro de 2016 (UTC)
  66. Geovani.s Msg - Contrib 19h46min de 3 de novembro de 2016 (UTC) Discordo da proposta. Pois não resolve o problema, mas sim cria obstáculos aos bons usuários e de boa-fé que não são tão ativos.
  67. AdriAg (discussão) 21h45min de 3 de novembro de 2016 (UTC) Discordo da proposta, até porque existem usuários que muito contribuíram para a wikipedia e que agora estão ausentes pelas mais variadas razões, algumas delas de força maior, ou existem usuários mais "antigos" que apenas editam quando os seus artigos vigiados sofrerem alterações inaceitáveis ou até vandalismo. Retirar o direito de voto a essas pessoas é quase, por analogia, retirar o direito de voto aos velhos, só porque eles já não trabalham e não contribuem para a sociedade.
  68. Sampayu 02h30min de 4 de novembro de 2016 (UTC) Voto NÃO e só mudo de ideia caso alguém consiga provar que existe uma relação de causa e efeito entre "Ter um número de edições válidas no domínio principal da Wikipédia superior a X, nos 6 meses anteriores ao 30º dia prévio ao início da votação" e "votar com excelência".   A respeito das "contas dormentes", lembro que se trata de um conceito subjetivo, impreciso e não definido em nenhuma política oficial, tal como eu comentei aqui, e ainda que tentar menosprezar os votos dos veteranos pouco ativos como eu é, ao meu ver, uma péssima ideia, que tende a afastar de vez aqueles que já acessam com pouca frequência - e, com esse afastamento, perde-se o know-how dos veteranos, como eu comento aqui (a partir do trecho "PS: eu posso passar 2 anos..."). Um editor pode ser extremamente ativo no projeto e ao mesmo tempo extremamente lesivo ao projeto (embora não como vândalo).
    Zezinho1234 (discussão) 22h26min de 4 de novembro de 2016 (UTC) Não possui direito ao voto Regra 2 - (ver Wikipedia:Direito ao voto)
  69. --Mrzero (discussão) 12h26min de 5 de novembro de 2016 (UTC) Seria uma forma de valorizar quantidade no lugar de qualidade
  70. Diego Queiroz (discussão) 11h28min de 6 de novembro de 2016 (UTC) -- Com o @Teles:. O usuário mal intencionado cumpre facilmente qualquer número de edições que se promova. Já os usuários legítimos que se afastaram por qualquer motivo, teriam um processo burocrático para trilhar antes de poder opinar em assuntos que já possui experiência e pleno conhecimento de causa. Entendo a intenção da proposta (de afastar Meat puppetry offwiki), mas entendo que a medida causaria mais efeitos negativos do que positivos.
  71. Econt (discussão) 23h05min de 6 de novembro de 2016 (UTC)
  72. Eric Duff disc 02h53min de 7 de novembro de 2016 (UTC) Não vi vantagem nesta proposta, vi sim mais burocracia, não soluciona problemas com os socks, e só prejudicam usuários "antigos" que por ventura acompanham de longe e não tem tempo de editar a ajudar por aqui.
  73. Luís Angelo "Tuga1143 18h42min de 7 de novembro de 2016 (UTC) Isto não resolve o problema, nem sequer remedia. Luís Angelo "Tuga1143 18h42min de 7 de novembro de 2016 (UTC)
  74. Gerbilo :< 13h26min de 8 de novembro de 2016 (UTC) Ativismo e regularidade não são diferenciais de qualidade nem de comprometimento com o Projeto. Usuários pouco frequentes mas que levam a sério as votações acabarão sendo prejudicados ao passo que justamente o ativismo daqueles que quiserem manipular votações será premiado, pois em geral são sempre regulares nas edições, o que tornaria a medida mais uma ferramenta de manipulação de votações, ou seja, o contrário do que se deseja com ela.


Abstenções

  1. -- WPTBR (discussão) 17h37min de 26 de outubro de 2016 (UTC) -- Passei a achar mais pertinentes minhas (apesar de recentes) dúvidas sobre o limite para dia prévio (por que não até uns dez ou quinze dias antes ?) e (possivelmente com) histórico nas (próprias) PEs / votações anteriores (principalmente se havendo, como avaliáveis, pelo menos umas dez da pessoa...).

Proposta 2

Definição do número de edições a realizar nos 6 meses anteriores ao início da votação.
O voto na proposta 1 é independente do voto na proposta 2. Pode votar em mais do que uma opção.

  • Caso a proposta 1 seja aprovada, qual o número de edições exigível?

50

  1. !Silent (discussão) 00h14min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
  2. Renan Rabbit à disposição Acredito que para um tempo de 6 meses 50 edições seja um número considerável de edições. 13h44min de 25 de outubro de 2016 (UTC -2)
  3. Ricardo Ferreira de Oliveira Diga 21h24min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
  4. Joalpe (discussão) 21h55min de 25 de outubro de 2016 (UTC). Sou contra, mas se passar, que seja o mínimo.
  5. --João Carvalho deixar mensagem 00h05min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
  6. -- WPTBR (discussão) 02h34min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
  7. --XÃNÐÏ Æ 15h07min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
  8. Nice msg 15h56min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
  9. WikiFer msg 19h15min de 26 de outubro de 2016 (UTC) Apesar de eu ser contra a proposta, em caso de aprovação, melhor que seja a opção mínima de edições.
  10. Gabs Diga! Fiz! 20h13min de 26 de outubro de 2016 (UTC). Dos males o menor.
  11. Net Esportes alô! 12h47min de 27 de outubro de 2016 (UTC)
  12. Caçador de Palavras (discussão) 12h59min de 29 de outubro de 2016 (UTC)
  13. Pedro Guerra (discussão) 17h33min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  14. João Justiceiro (disccont) 17h54min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  15. Tschis Fale comigo! 18h00min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Se passar, que o impacto seja o menor possível.
  16. Luiz 19h55min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  17. Proposta sem sentido, não ajudará a Wikipédia PT. Fox de Quintal (discussão) 20h00min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  18. Imagino que poucos sockpuppets fazem 50 contribuições constantemente. EternamenteAprendiz (discussão) 21h50min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  19. GabrielStella fale! 22h29min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Número razoável para comprovar que é um usuário ativo.
  20. Minerva (Discussão) 22h44min de 31 de outubro de 2016 (UTC) número plausível de edições
  21. Luizdl discussão 23h49min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Pelo mesmo motivo porque votei contra, escolho a menor quantidade de edições requeridas caso a alteração seja aprovada.
  22. Rachmaninoff msg 00h16min de 1 de novembro de 2016 (UTC)
  23. Jimmymsg 07h07min de 1 de novembro de 2016 (UTC) Tomara que a proposta não passe, mas se passar que a quantidade de edições seja a da opção menos burocrática.
  24. André Koehne (discussão) 07h41min de 2 de novembro de 2016 (UTC) idem.
  25. Usien6 14h34min de 3 de novembro de 2016 (UTC)
  26. AdriAg (discussão) 21h45min de 3 de novembro de 2016 (UTC) Tomara que a proposta não passe, mas se passar que a quantidade de edições seja a menor possível.
  27. Eric Duff disc 02h54min de 7 de novembro de 2016 (UTC)

100

  1. Gonçalo Veiga (discussão) 00h20min de 25 de outubro de 2016 (UTC) Uso indevido de fantoches. RadiX 02h55min de 17 de fevereiro de 2017 (UTC)
  2. Bia Alencar Mensagens 00h24min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
  3. Hume42 msg 15h37min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
  4. L‘éditeur? 02h31min de 27 de outubro de 2016 (UTC)
  5. Guilherme (Mariomaníaco) mensagem 17h43min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Número razoável.
  6. Justifico na anterior votação.GualdimG (discussão) 19h15min de 31 de outubro de 2016 (UTC)

300

  1. Leytor (discussão) 03h05min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
    Dux Æ 10h00min de 25 de outubro de 2016 (UTC) Uso indevido de fantoches. RadiX 02h55min de 17 de fevereiro de 2017 (UTC)
  2. Coltsfan Talk to Me 11h44min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
  3. --Stegop (discussão) 18h06min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
  4. Érico (fale) 20h22min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
  5.  Gato Preto  14h10min de 27 de outubro de 2016 (UTC)
  6. Tetraktys (discussão) 22h40min de 28 de outubro de 2016 (UTC)
  7. Gonçalo Veiga (discussão) 23h42min de 28 de outubro de 2016 (UTC) melhor 300 que 50
  8. Alessandro SILmanda 15h15min de 31 de outubro de 2016 (UTC-3).
  9. Mariordo (discussão) 19h15min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
  10. Fasouzafreitas (discussão) 19h51min de 31 de outubro de 2016 (UTC) É o valor mais que razoável, embora não duvide da existência de editores que façam tantas edições em poucos dias seguidos por vários meses de desaparecimento do projeto. É impossível escapar do arbítrio no estabelecimento de vários critérios.
  11. Regi msg 21h07min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
    Xutzão (discussão) 22h50min de 31 de outubro de 2016 (UTC) Não possui direito ao voto (ver Wikipedia:Direito ao voto)
  12. Dr. LooFale comigo 03h41min de 1 de novembro de 2016 (UTC) Participar importa.
  13. Jamadruga (discussão) 11h34min de 1 de novembro de 2016 (UTC)
  14. G.M (discussão) 18h25min de 1 de novembro de 2016 (UTC)
  15. Luiz F. Fritz (discussão) 18h01min de 4 de novembro de 2016 (UTC)
  16. José Luiz disc 19h13min de 6 de novembro de 2016 (UTC)

Comentários

Toda a comunidade está convidada a votar, mas chamo especialmente à votação todos os participantes na tentativa de consenso: Bya97, jbribeiro1, Yanguas, Mjunii, Usien6, Érico, DARIO SEVERI, Gato Preto, Angus Guilherme, OTAVIO1981, PauloMSimoes, RadiX, Darwinius, PedR, Kleiner e Igor G.Monteiro. Gonçalo Veiga (discussão) 10h38min de 22 de outubro de 2016 (UTC)

@Gonçalo Veiga: Parabéns pola proposta, porém, discordo d'alguns pontos por ti referidos. Houve bastante consenso, o "consenso" é subjetivo o que aconteceu foi que foi apontada uma possível inconstitucionalidade da proposta porque poderia ir contra a Política de Privacidade; ficou portanto congelada, mas eu escrevi à Comissão Ombudsman especialista nisto e estou a aguardar resposta, há dous cenários, se eles acharem-na legal chamo a comunidade outra vez se for ilegal chamo também a comunidade anexando a resposta para terem acceso. Na verdade não sei o que isto tem a haver com os sock-puppets, há socks que pouco ou nada têm a ver coas edições, este método revela-se ineficaz; o miolo da questão não está aqui, vide que quase todos os chicos espertos burlaram este controlo. Porém, se isto endurecer as regras para tentar findar co problema ũa partícula por milhão poderia valer ũ pouco a pena, melhor mais do que menos. Saúdos,  Gato Preto  10h50min de 22 de outubro de 2016 (UTC) Aguardo desenvolvimento dos acontecimentos.  Gato Preto  10h52min de 22 de outubro de 2016 (UTC)

  Comentário Gostaria de alertar para o facto de, caso esta proposta tenha sucesso na votação, teremos:

  • Utilizadores antigos e de alta confiança, mas actualmente pouco activos no projecto, mesmo que temporariamente (ex: Lechatjaune, Beria) impedidos de votar (que talvez seja mesmo o que se pretende com ela, a tal caça às "contas dormentes", seja lá o que isso for);
  • Passa a ser possível ocorrer o paradoxo de "contas dormentes", e portanto impedidas de votar, poderem mesmo assim anular os votos de outras "contas dormentes" (ex: Alchimista).
  • Favorecimento em votações de utilizadores recém-criados e de alta actividade, com boa probabilidade de serem socks (ex: Önni, Maria Madalena);
  • Incentivo à edição minimalista e automatizada no caso das contas antigas - vulgo "dormentes" - para conseguir o número mínimo de edições antes da votação;
  • Aumenta ainda mais as restrições às votações quotidianas, actualmente já com grande dificuldade de participação, como PEs e EADs;

Será bom reflectir se é este o caminho que se quer para este projecto.-- Darwin Ahoy! 13h55min de 22 de outubro de 2016 (UTC)

  Comentário. Esta limitação ao direito ao voto ja existe e é chamada - conta dormente - . O que se esta decidindo aqui nao é a criação de uma nova limitação mas sim definir de uma maneira clara o que é uma conta dormente. Esta definição facilitara o trabalho dos burocratas os quais nao poderao mais ser chamados de parciais ao cancelar votos em votaçoes. Por isso sou favoravel a 50 edicoes em 6 meses - quem edita 50 vezes em 6 meses nao é mais uma conta dormente. DARIO SEVERI (discussão) 14h14min de 22 de outubro de 2016 (UTC)

@DARIO SEVERI: Onde é que isso existe? -- Darwin Ahoy! 14h23min de 22 de outubro de 2016 (UTC)
@DARIO SEVERI: Tanto quanto sei, não existe neste momento qualquer limitação ao voto de "contas dormentes" - excepto, claro está, em caso de forte suspeita de fraude: É isso que está escrito na política de burocratas. Essa limitação é uma novidade desta proposta.-- Darwin Ahoy! 18h26min de 22 de outubro de 2016 (UTC)
@Darwinius Na verdade não, como pode ver em WP:AVB. Inclusive essa bizarrice já foi aplicada uma vez. !Silent (discussão) 18h33min de 22 de outubro de 2016 (UTC)

Em WP:AVB: e/ou participação de contas dormentes (política de burocratas) com base neste trecho foram anulados vários votos e a justificação foi somente serem contas dormentes (ninguém foi acusado de fraude nem verificado ou bloqueado). E é este trecho contestado que se torna desnecessário com a aprovação desta proposta. Acho que ninguém contesta o resto do texto sobre anulação de votos por suspeita de fraude. Gonçalo Veiga (discussão) 20h53min de 22 de outubro de 2016 (UTC)

  • Entendo que o grande objetivo da regra seja evitar que utilizadores que não estão acompanhando de perto os desdobramentos recentes "apareçam" pra votar influenciados por amizades antigas, solicitações offwiki ou simplesmente "contra" alguém, sem dar muita importância ao mérito da questão, certo? Se não for isso, acho que ajudaria a responder os pontos do Darwin esclarecer qual é o problema que esta proposta de solução pretende resolver e pedir ajuda aos colegas para sugestões. José Luiz disc 21h00min de 22 de outubro de 2016 (UTC)

O objectivo da proposta é duplo:

  • dificultar a manutenção de sockpuppets com direito ao voto (actualmente bastam 300 edições e a conta fica com direito ao voto vitalício, podendo ser usada para votar a todo o tempo mesmo que deixe de editar no domínio principal); e
  • evitar solicitações offwiki de contas dormentes para votações específicas e polémicas (que assim deixam de ser "recrutáveis/solicitáveis").

De caminho acaba a polémica sobre a anulação de votos de contas dormentes pelos burocratas. Gonçalo Veiga (discussão) 21h17min de 22 de outubro de 2016 (UTC)

Gonçalo Veiga acho importante frisar que as edições válidas tem que ser durante os seis meses, talvez colocar outro tópico falando isso, para contas dormentes não fizerem 50, 100 ou 300 edições, dias antes para poder votar. Bia Alencar Mensagens 12h15min de 23 de outubro de 2016 (UTC)
E como isso seria controlado Bya97? Supondo que uma votação será daqui a três dias e uma tal "conta dormente" resolve fazer 50 edições num dia só para votar. Perante a regra, estaria errado? Não, pois está dentro dos seis meses. A menos que se coloque a conta deverá ter 50 edições em seis meses contando a partir de um mês antes do início da votação. !Silent (discussão) 12h25min de 23 de outubro de 2016 (UTC)
!Silent sim este acréscimo seria necessário porque do jeito que estar e muito fácil de fraudar. Bia Alencar Mensagens 12h35min de 23 de outubro de 2016 (UTC)
Bya97, !Silent: Feito. Obrigado por avisarem. Os 30 dias já constavam da 2ª proposta na tentativa de consenso mas por lapso copiei o texto da 1ª. Gonçalo Veiga (discussão) 15h49min de 23 de outubro de 2016 (UTC)

@Joalpe, Darwinius, PauloMSimoes e outros que pretendem votar contra, tenham em mente o seguinte: essa questão da anulação dos votos já ocorre. Ela já acontece, e é feita de forma arbitrária e subjetiva pelos burocratas. O que se propõe aqui é exatamente adotar-se um critério para o que chamam de "contas dormentes", afim de evitar essa subjetividade na anulação dos votos por parte dos burocratas. !Silent (discussão) 13h40min de 25 de outubro de 2016 (UTC)

Eu não concordo com esse critério de cerca de 8 edições por mês de média, principalmente por ser "no domínio principal" (porquê, tem que ser "produtivo" no domínio principal, só isso, mesmo que seja um "cabeça de bagre"? Pode adicionar por mês, dez vírgulas em textos e tudo bem, já pode votar ?) Alguém com capacidade para decidir, tem que ser bem mais que isso... Que continue subjetivo o critério ! A questão é muito mais "política" do que "técnica", acrescentando 10 vírgulas por mês para ter direito a decidir. Quem tem conhecimento para votar algo importante não deve ser avaliado desta forma. Em tempo, aproveito para dar uma sugestão: substituir esse negócio de "domínio principal", por "um mínimo de participações em votações e outras decisões importantes em determinado período". Aí sim, faria merecidamente jus à participação em votações subsequentes. PauloMSimoes (discussão) 14h06min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
Estamos aqui para escrever uma enciclopédia e isso se faz editando no domínio principal. Se as vírgulas estiverem corretas, já será uma grande ajuda, senão poderá ser considerado vandalismo e o editor, bloqueado. Já o contrário, não me parece correto: quem só aparece para votar, não acho presumível que seja capaz, mas apenas que o fez por ter direito de fazê-lo.--Arthemius x (discussão) 14h37min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
@Arthemius x: Você não precisa dormir no estábulo para entender de vacas. Tem muita gente que só gosta do domínio principal e não tem interesse nenhum por decisões e políticas, e o inverso também é verdadeiro, sem que isso seja necessariamente mau. Por outro lado, você pode ter editores especializados em alguns temas, como bots, programação, predefinições, que raramente editam no domínio principal, e mesmo assim não são menos importantes que os outros.-- Darwin Ahoy! 14h44min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
@Darwinius: Raramente não é o mesmo que nunca. Quem nunca edita no domínio principal não sei bem porque está aqui. Tinha o tal que inventou o Salebot, que parece que era francês. Era um bom motivo para virar administrador e não editar no domínio principal, esse de não entender a língua. Mas se não entende, e isso vale para os lusófonos, isso o faz ter capacidade para votar aqui? --Arthemius x (discussão) 15h58min de 25 de outubro de 2016 (UTC)

@!Silent: A anulação de votos de forma gratuita não ocorre, não. Qualquer anulação de votos de hipotética "conta dormente" neste momento tem de ser bem justificada. Isso que se está a propor, o impedimento total de voto a quem não tenha uma actividade substancial no domínio principal, é uma novidade. Não sei o que pretendem com isso. Diminuir a actividade de socks não é de certeza, pois os socks são bem conhecidos por serem sabichões e muito activos, especialmente socks de carreira como o Onni e a Maria Madalena. Solicitação, também não me parece que seja muito afectada, pois ninguém anda a solicitar mortos. Mesmo no caso do pedido do Antero, aquelas anulações de votos foram todas feitas em gente muito atenta ao projecto, mesmo que pouco participativa - e sabia-se bem disso quando se estava a faze-las. Realmente custa-me a perceber o que se pretende com isto, mas o que for decidido, decidido será.-- Darwin Ahoy! 14h44min de 25 de outubro de 2016 (UTC)

  Comentário Acho que esses critérios mesmo que seja o de trezentas edições em seis meses, banaliza o direito ao voto e não vai ter efeito prático algum pelas razões que expus acima. Só não é mais perigoso isso, pelo fato de haver os demais critérios. Volto a sugerir que, dada a importância das votações, ao invés de se vincular o direito de participação ao nº de edições no DP, se vincule à participação pregressa em votações e outras atividades importantes como participações em DB's, PE,s e outros, dentro de um período mínimo. É isso que se espera de quem vai tomar alguma decisão importante. Os outros critérios já estão lá. PauloMSimoes (discussão) 15h03min de 25 de outubro de 2016 (UTC)

@PauloMSimoes: Efeito prático tem, e imediato. Verá onde vai parar a participação em votações de PE e EADs, que já é diminuta hoje sem essas novas restrições, assim que essa proposta for aprovada.-- Darwin Ahoy! 15h25min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
@Darwinius: não creio, mesmo que a proposta aprovada seja a de 300 edições/6 meses. Isso porque é muito fácil fazer isso a quem quer continuar a participar de votações (por isso afirmo que não muda nada). A minha proposta é mais restritiva, e não acho isso um problema, muito pelo contrário, pois habilita qualitativamente os que querem continuar a votar. Nada demais, pois a grande maioria dos que participam de votações atualmente não são "campeões de edição" no DP. PauloMSimoes (discussão) 15h42min de 25 de outubro de 2016 (UTC)
Continuando o raciocínio: minha proposta não é tão descabida. Se para que eu vote for necessário que edite os artigos, se está atrelando minha "capacidade de julgar" à minha "produtividade". Não faz sentido. Isso não significa "discriminar", claro que todos têm direito ao voto, os mais capazes e os menos capazes de discernir algo com imparcialidade. Mas atrelar à "produtividade" é surreal. Se é para garantir que o editor esteja "ativo no projeto", se substitua isso, por exemplo, por: "Para ter direito ao voto, deve ter participado pelo menos três vezes nos trinta dias anteriores, de alguma DB, PE, ou qualquer outra discussão ou mesmo em outras votações. Todas as participações precisam ter sido válidas". E as outras exigências da regra permaneceriam inalteradas. Simples assim. Em termos qualitativos, três participações em DB's em um mês equivalem, com muito mais mérito, a trezentas edições em artigos, e prova do mesmo jeito, que o editor está "ativo no projeto". PauloMSimoes (discussão) 17h22min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
@PauloMSimoes: Independentemente do mérito da sua proposta, que é incontestável, já imaginou o pesadelo que seria controlar esse tipo de restrição em cada votante? Assim à primeira vista parece algo impossível de concretizar.-- Darwin Ahoy! 17h55min de 26 de outubro de 2016 (UTC)

──────────@Darwinius: sim, à primeira vista parece complexa essa pesquisa, "só que não". Veja só: se eu abrir a página de contribuições do usuário e escolher entre os "Domínios", a opção "Wikipédia Discussão", fica muito fácil isso. Vamos a um exemplo: abri a sua PC e defini aquele domínio. Deu facilmente para verificar que você teve uma participação a pouco mais de um mês. Realmente, esse tipo de participação pode ser mais raro para alguns usuários. Então pode-se ampliar o prazo ou diminuir a quantidade de participações. Por exemplo, "no mínimo, três participações em quatro meses" ou "no mínimo, uma participação em dois meses". Pode parecer complicado, mas não é. O conceito é "se eu quiser continuar a participar de votações, devo me envolver com estas discussões", e isso não é difícil. PauloMSimoes (discussão) 19h05min de 26 de outubro de 2016 (UTC)

@PauloMSimoes: Mas porque verificou o domínio "Wikipédia Discussão"? Esse domínio raramente é usado por alguém, e não dá qualquer indicação útil.-- Darwin Ahoy! 19h14min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
@Darwinius: "Wikipédia Discussão" é o domínio que vejo como o mais adequado para adotar, depois de "Discussão" e "Usuário(a) Discussão)", e atualmente quem participa de votações já tem edições neste domínio. Fiz uma pesquisa rápida entre os usuários que estão participando nesta discussão aqui e a grande maioria tem pelo menos três edições a menos de três meses. E não é difícil um editor se habilitar, basta participar de alguma discussão neste domínio. O importante é que as edições que o habilitem tenham sido feitas antes da abertura da votação. Mas veja, só estou sugerindo algo que me parece mais lógico: se é para demonstrar atividade para habilitar o editor a participar de decisões tão importantes, que não seja apenas em páginas do DP. É apenas a minha proposta inicial, certamente tem falhas, então, está aberta a sugestões. PauloMSimoes (discussão) 19h50min de 26 de outubro de 2016 (UTC)

@WikiFer: Não há qualquer restrição adicional de antiguidade da conta, a antiguidade mínima mantém-se nos 90 dias, apenas tem de fazer x nº de edições no período de 1 a 7 meses antes da votação (= 6 meses anteriores ao 30.º dia prévio à votação). A ideia é que a conta tenha uma actividade editorial regular para poder votar, não considerando edições antigas (com mais de 7 meses antes da votação) nem permitindo edições à pressa dias antes do início da votação (impedindo solicitações offwiki de contas dormentes para votações polémicas). Gonçalo Veiga (discussão) 22h30min de 26 de outubro de 2016 (UTC)

@Gonçalo Veiga: E em relação a uma conta registrada há 4 meses atrás, que já possui direito ao voto, a nova regra não seria mal interpretada porque essa pessoa ainda não tem edições em "6 meses de registro", sendo X edições com 30 dias de antecedência antes do início da votação? Ela meio que pode causar uma certa confusão com a regras vigentes do direito ao voto. WikiFer msg 22h49min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
Não, não seria, pois a nova regra fala de x edições nos últimos seis meses, e não que a conta teria que ter no mínimo seis meses. Não consigo entender como alguém teria dificuldade em compreender isso, pois o texto não é ambíguo. !Silent (discussão) 22h53min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
@WikiFer: Sem problema quanto a isso, o nº 2 das regras continua lá e indica que bastam 90 dias de antiguidade. Gonçalo Veiga (discussão) 23h17min de 26 de outubro de 2016 (UTC)

  Comentário Porque em vez de colocar só no DP, não coloca em todos os domínios, já que quem vota e edita com pouca frequência raramente foca no DP? Mr. Fulano! 🔔Fale Comigo📩 22h36min de 26 de outubro de 2016 (UTC)

@Mr. Fulano: A ideia é impedir os chamados votantes profissionais que só participam em discussões e votações e fogem do domínio principal assim que alcançam o direito ao voto. Gonçalo Veiga (discussão) 23h27min de 26 de outubro de 2016 (UTC)
Não é assim tão difícil manter a conta com direito ao voto, no domínio principal para além de adicionar conteúdo pode referenciar, combater vandalismo, categorizar ou fazer correcção ortográfica. Tudo conta como edição no domínio principal. Gonçalo Veiga (discussão) 23h50min de 26 de outubro de 2016 (UTC)

@RadiX: Compreendo o seu ponto, ao fixar um limite mínimo quem estiver de má fé pode limitar-se a cumprir à risca o limite e manter as contas sockpuppet com direito ao voto. Mas pior estamos agora, sem qualquer limite, basta fazer 300 edições no domínio principal e o direito ao voto é vitalício. Como se pode detectar uma conta sockpuppet que é usada primordialmente para votar e não se envolve em discussões polémicas ou guerras editoriais nem edita regularmente no domínio principal (é difícil detectar um padrão editorial quando a conta não edita)? A única forma eficaz para combater o problema é dificultar a manutenção dessas contas obrigando qualquer votante a editar regularmente no domínio principal. Gonçalo Veiga (discussão) 23h04min de 26 de outubro de 2016 (UTC)

Mesmo o regime actual de anulação de votos pelos burocratas é bem limitado pois restringem-se às votações para sysop, checkuser e oversight. E as outras votações: PEs (onde há mais fraudes), EADs e as votações gerais (tantas e tão importantes)? Nada se pode fazer neste momento. Gonçalo Veiga (discussão) 23h11min de 26 de outubro de 2016 (UTC)

@WPTBR: Percebo as suas dúvidas. O período de 30 dias antes da votação foi pedido por vários editores para que seja mais difícil burlar a regra, impedindo solitações offwiki de contas dormentes para determinada votação mais polémica a tempo de colocarem o direito ao voto em dia antes do início da votação (por ex. mediante edições menores em massa); assim ou é uma conta activa ou então não vale de nada chamá-la por solicitação offwiki porque ela não vai poder votar. Já as edições serem no domínio principal (e não noutros domínios ou com participações em discussões/votações) é fundamental para evitar os votantes profissionais que só participam em discussões e votações e fogem do domínio principal assim que alcançam o direito ao voto, que para mim mais não são que sockpuppets mal disfarçados. Gonçalo Veiga (discussão) 23h41min de 26 de outubro de 2016 (UTC)

  Comentário Não mudei minha opinião, mesmo com toda essa prosopopeia. Me imagino um sock. Só preciso visitar a WP três vezes por semana, escolher uns cinco artigos em cada visita e colocar uma vírgula em cada edição. Serão quinze edições por semana, que não vão me tomar mais do que cinco minutos. Pronto... ao fim de seis meses terei 360 edições e estarei apto a votar, se mantiver uma regularidade média nessa atividade. E olhem que o "50" está ganhando. Se eu estiver delirando, me acordem ! PauloMSimoes (discussão) 00h11min de 27 de outubro de 2016 (UTC)

  • Impor um limite teórico de edições sem qualquer parâmetro qualitativo não tem efeito sobre o canvassing e a ação de fantocheiros mal intencionados. Sockpuppets ilícitos são descobertos por checkuser, por análise comportamental caso a caso, evidências apresentadas. Não há como criar um modelo robotizado para identificar essas ações nefastas. E quanto aos direitos adquiridos de editores estabelecidos? Como se pode determinar que alguém não é mais apto a participar de decisões da comunidade apenas por se ter afastado algum tempo? Todos têm os seus reveses e compromissos fora daqui. É assim que pretendem reter e estimular os bons colaboradores?, e atrair novos? Que valia tem, em contrapartida, exigir que modifiquem uma vírgula ou um ponto em 50, 200 páginas seguidas após períodos de inatividade? Enfim, percebo o porquê de tantos voluntários terem-se afastado e não manifestarem interesse em retornar. RadiX 02h17min de 27 de outubro de 2016 (UTC)

Citação: Gonçalo Veiga escreveu: «dificultar a manutenção de sockpuppets com direito ao voto (...) evitar solicitações offwiki de contas dormentes» Não me parece que estas ações possam ser combatidas por esta forma. Antes, pelo contrário, eu só leio: facilitar a manutenção do status quo atual com total desprezo àqueles que fizeram a Wiki chegar ao que é e facilitar as solicitações offwiki das contas "ativas" (leia-se: formação de canvassing e práticas análogas). Mas ele nos diz algo ainda mais perigoso: Citação: Gonçalo Veiga escreveu: «De caminho acaba a polémica sobre a anulação de votos de contas dormentes pelos burocratas.» Ele sabe qual é a polémica? A "polémica" foi alguém ter criado uma recomendação e usá-la em benefício próprio como regra. É o uso arbitrário de regras "saídas do forno", justamente, para facilitar o ataque a quem contraria o "staff". E, ao contrário de tudo que se disse, o problema não está em editores "dormentes" - mas naqueles cujo excesso de presença os permite criar confusões e afastar bons editores. Falo como quem saiu da administração com muitos votos que seriam "dormentes" e acredita que isto foi bom; falo como quem teve um problema neste mesmo momento da minha desnomeação com um editor e o mesmo hoje faz seu trabalho, seus votos, sem que nos cruzemos na imensidão do projeto e, se isto ocorrer, jamais iria persegui-lo - como nunca o fui, por ele - mas já fui perseguido justamente pela pessoa que implementou a regra da "dormência" - e não falo isto no sentido da administração, mas do domínio principal. Porque é assim que essa "regra de canvassing" espera funcionar: persegue-se (os "ativos") aos editores no domínio principal para que, se irritando, caiam numa armadilha singela como a regra das 3Rs (ou R3R) e, adivinhem só o resultado: a pessoa se afasta, mesmo estando coberta de razão! E, de novo, adivinhem só? A pessoa afastada perderá o direito ao voto, pouco importando que tenha 20 mil edições no domínio principal ou 7 mil artigos criados... Concluo resumindo: as intenções parecem boas, mas o que ela produz é nefasto, é doentio, é desonesto - justamente o oposto daquilo que prega combater. Chega de afastarmos bons editores! Que eles voltem, sim! Como voltou o "dormente" engenheiro de Brasília voltou, depois de ter votado em minha desnomeação! André Koehne (discussão) 05h32min de 27 de outubro de 2016 (UTC)

  Comentário Quem vota por 300 no novo número 4, na verdade está tornando desnecessário o item 3 (Ter um número de edições válidas no domínio principal da Wikipédia superior a 300 antes do início da votação.). Não é o caso de quem vota por 50 ou 100 ou ainda qualquer número inferior a 300. :-). Ricardo Ferreira de Oliveira Diga 10h16min de 27 de outubro de 2016 (UTC)

Citação: Radix escreveu: «E quanto aos direitos adquiridos de editores estabelecidos? Como se pode determinar que alguém não é mais apto a participar de decisões da comunidade apenas por se ter afastado algum tempo?» Embora eu ache risível essa alegação de "direito adquirido" lamento que quando das anulações de votos dos dormentes feitas anteriormente ele não tenha aparecido com essa ênfase toda. Eu também sempre ri das acusações que me faziam de "sock", simplesmente porque não sou um (exceto quando achei que de repente poderia surgir uma "análise comportamental" que inventaram com toda cara de trapaça), mas de "dormente" me deixaria preocupado. Eu me acho um editor "estabelecido" aqui e de repente percebi que qualquer grupinho corrupto poderia me taxar como "dormente" se eu ficasse algum tempo sem editar, anular meus votos e bloquear/banir, risco que o senhor Koehne correu e agora ele diz que os problemas são os "ativos". Concordo com isso em parte, pois evidentemente o foco das grandes corrupções no projeto estão nos interesses dos editores mais ativos tais como EAD, PE e café. Qualquer um que se ache superior aos demais chega aqui e quer propor artigo para destaque. Logo fica sabendo que quem propõe, se ganhar, fica com o "direito" de dizer "o meu artigo destacado"; no processo poderá anular votos e pedir o bloqueio de quem não gostar. Teve até um caso cômico de alguém que propôs artigo de outro para destaque e quando o autor reclamou, houve uma discussão e o imediato pedido de bloqueio do autor que não aceitou a proposta. Seria bloqueado por ter feito um artigo destacável, outra regra nova. Nessas PE's inventa-se todo dia regra para eliminar, assim como nos cafés inventa-se regras em geral, e quem não gosta também poderá ser bloqueado. Mas e quanto aos inativos, são todos santos?Quem se afasta algum tempo está no seu direito, mas por que voltar só para votar? E o que é pior, em atendimento a solicitação. O que essa pessoa pensa do projeto? Esqueceu que existe o domínio principal e apoiar os amigos e atacar os inimigos passou a ser o ponto de honra? Coisa mais corrupta do que essa é difícil de se ver por aqui. Mexer no direito a voto tem seus efeitos negativos, grandes, aliás, tanto que não vou votar. É direito fundamental do projeto. Mas no momento tem como efeito positivo afastar a pecha de dormente de quem parou de editar. Se o inativo só aparece para votar e continuar com o direito de votar, problema dele se gerar desconfiança. Mas se voltar e editar no DP não será mais "dormente", se a proposta ganhar, e o projeto agradece.--Arthemius x (discussão) 10h42min de 27 de outubro de 2016 (UTC)

Uma questão importante que deveria ser levada em consideração mas nem sei como poderia ser tratada ou analisada é a combinação de votos e a formação de grupos para votações. Tenho achado a Wikipédia muito oligárquica e vejo vários grupos que sempre votam a favor ou contra determinadas questões, seja por circulo de amizade ou por pura influencia de terceiros, não da pra saber ao certo nem acusar diretamente, mas é algo que vejo com frequência. Acho que as votações deveriam ser levadas mais a sério e que a democracia funcionasse melhor aqui dentro, talvez além de regras e pre-requisitos, deveríamos trabalhar também um pouco mais as questões éticas na hora de votar. Uma ação sempre gera reação e a picuinha se instaura na Wikipédia, infelizmente. Rodrigo Padula (discussão) 17h02min de 27 de outubro de 2016 (UTC)

Não há como impedir a formação de blocos. Toda democracia de uma forma ou outra tem blocos. Esquerda ou direita tem. Bancada das armas, bancada LGBT, bancada religiosa, etc..etc...Mas a existência de pessoas independentes e não vinculadas a bloco sempre será um fator de incerteza para os grupos. Pois ora estaremos de um lado, ora de outro. Portanto devemos sempre torcer para que haja cada vez mais usuários independentes, agindo com convicção pessoal, sem medo de ferir este ou aquele. Eu por exemplo, procuro ser independente. Ora estou votando de acordo com um grupo ora em outro. Procuro seguir minhas convicções. E pelo que vejo, você também. Quanto mais usuarios independentes, maior é a incerteza no resultado final da votação. Abraços Ricardo Ferreira de Oliveira Diga 18h42min de 27 de outubro de 2016 (UTC)
Por isso tendo a apoiar a proposta de número mínimo de edições nos últimos meses anteriores ao inicio da votação. Sempre vejo gente sendo chamada em Facebook e etc para virem aqui votar, eu mesmo já fui convocado várias vezes. Sei que não temos como evitar a formação de blocos e panelas, pois como vc mesmo disse as pessoas se unem por uma causa ou linha de pensamento,as vezes natural as vezes pela miguxisse. Concordo que não há como controlar isso, mas temos que criar recomendações e orientações básicas, algo que faça as pessoas refletirem um pouco mais antes de votar por impulso ou picuinha e também pra impedir a "boca de urna". Convocar pessoas para votar ou chamar atenção para uma votação é uma coisa, induzir pessoas a votarem a favor ou contra algo só pra ver o circo pegar fogo é outra questão. Vejo acima muitos comentários bonitos sobre democracia, liberdade, deixar a Wikipédia mais aberta, mas na prática o que rola é muita contradição e votos "acompanhando sempre o relator", somos uma democracia, sim, mas com uma tendência oligárquica muito grande, precisamos rever isso antes que seja tarde e percamos mais tantos outros colaboradores importantes do nosso projeto. Rodrigo Padula (discussão) 12h10min de 28 de outubro de 2016 (UTC)
Citação: Gato Preto escreveu: «Quem cozinha é quem come»? Verdade isso? Que tal esse pensamento oposto: "Um é o que semeia, e outro o que colhe"? (<ref>aqui no Source</ref>...) É bom vermos a "filosofia" do "outro lado"... André Koehne (discussão) 22h08min de 27 de outubro de 2016 (UTC)

@Gonçalo Veiga: Meu pensamento não é nem preocupado comigo (já que minha média de edições mensais no DP é de 300), mas com aquele pessoal que edita pouco ou edita preferencialmente em outro idioma. Mas a proposta em si não é ruim. Mr. Fulano! 🔔Fale Comigo📩 23h05min de 28 de outubro de 2016 (UTC)

  Comentário como já disse o Teles, isso aqui é completamente inútil, 300 edições é pouco, bastaria ir em um monte de páginas aleatórias e acrescentar, espaços, vírgulas, usar o APC por exemplo em muito pouco tempo já daria para fazer as tais 300 edições, então quem edita a wikipédia há tempos perde seus direitos adquiridos realmente ajudando por que está com pouco tempo e quem quer fraudar o projeto é favorecido. Carlos Emanuel (discussão) 21h26min de 29 de outubro de 2016 (UTC)

Se houvesse somente 1 ou 2 socks até poderia considerar o argumento. Mas como bem referiu o Lord Mota há editores banidos que já criaram centenas de socks, sempre com o mesmo padrão: editar normalmente até atingir o direito ao voto e depois deixá-los dormentes para quando precisar poder usá-los para fraudar PEs e votações. Duvido muito que isso acontecesse se esta proposta já estivesse em vigor, seria humanamente impossível conseguir manter o direito ao voto de tantos socks. É este o problema que esta proposta tenta combater. Gonçalo Veiga (discussão) 00h14min de 30 de outubro de 2016 (UTC)
Por acaso pode dizer quais foram as contas que estavam dormentes e seríamos beneficiados pela implantação da proposta? Analisei umas 24 contas e só 4 tinham direito a voto. Destas, 1 abriu uma PE e outra votou mas não estava dormente nos moldes aqui propostos. Dito de outra forma, a proposta não teria impacto sobre essas 24 contas. Aliás, pretendo analisar todas mas o ideal era que você demonstrasse isso. Eu sou contra só pelo fato de prejudicar terceiros. OTAVIO1981 (discussão) 01h57min de 30 de outubro de 2016 (UTC)
Gonçalo Veiga poderia sim ser efetiva a proposta de 300 contra esse povo que apenas quer prejudicar o projeto tal como esses banidos, porém ainda assim não poderia evitar aqueles casos muitos piores como os que o Darwinius citou, em que os usuários chegaram a administrador, que são poucos realmente, mas de qualquer jeito, iria atrapalhar quem está com pouco tempo ou edita preferencialmente noutro wiki, que também são muitos, mas aparentemente a proposta de 300 não será aprovada, e sim a de 50 edições, que é um número realmente fácil de fazer, além disso, 300 edições sim, seria um número de edições mais difícil de se atingir, porém de qualquer modo, ainda é possível fazê-lo em pouco tempo, se alguém quiser um exemplo, a usuária Fram Moraes que num curto espaço de tempo fez centenas de edições. Carlos Emanuel (discussão) 02h17min de 30 de outubro de 2016 (UTC)
Não contabilizei quantas contas com direito ao voto estão dormentes, mas basta ver quantas PEs e votações foram fraudadas pelas centenas de socks já descobertos. Não há método infalível, está proposta é somente uma ajuda. Quanto ao número de edições eu preferia 100 ou 300, mas mesmo 50 é melhor do que 0 como é hoje. Gonçalo Veiga (discussão) 02h26min de 30 de outubro de 2016 (UTC)
Então Gonçalo Veiga para alguém que quisesse usar contas para fins de subversão poderia fazer as 300 edições que já teria direito ao voto por seis meses, depois em meia hora poderia fazer mais 50 edições, já teria direito ao voto por mais seis meses, mesmo se fossem 300 edições, iria levar 6 vezes mais tempo que fazer 50 edições, considerando que acho que é humanamente possível realizar 50 edições dentro de meia hora, seriam 3 horas, alguém desocupado suficiente como aquele tal de Pé Espalhado citado pelo Lord Mota poderia sim fazer isso talvez, porém com menos contas. Inclusive, talvez seria pior que o zero de hoje, pois quem não tem muito tempo é prejudicado. Carlos Emanuel (discussão) 02h37min de 30 de outubro de 2016 (UTC)
Claro (Carlos Emanuel), um ou outro sock será sempre possível, embora tenha mais trabalho para manter o direito ao voto. Mas nunca daria para criar e manter centenas de socks como o caso de Pé Espalhado. Gonçalo Veiga (discussão) 03h00min de 30 de outubro de 2016 (UTC)

───────────────────────── @Gonçalo Veiga: Quer-me parecer que está batendo num espantalho. O OTAVIO1981 pegou nesse caso do Pé Espalhado, e na amostra que estudou nem uma única conta seria afectada por esta proposta.-- Darwin Ahoy! 10h21min de 30 de outubro de 2016 (UTC)

  Comentário Vou insistir em alguns argumentos, com mais alguns detalhes. O Lord Mota citou os casos de editores com muitos fantoches. Sim, neste caso, a regra vai afetá-los, mas a minha proposta abaixo também vai. Esses editores, nem por isso, deixarão de contar com dois ou três fantoches, porque como já argumentei na PD desta votação: Citação: Nos próximos dois ou três dias, um fantoche faz as 50 edições (mínimas, é claro) e pronto! Trinta dias depois ele já pode votar e pode continuar votando em qualquer outra votação durante os próximos seis meses, sem ter que fazer mais nada nesse intervalo. Ele só tem que colocar na agenda, para fazer mais 50 edições dentro dos próximos cinco meses... Não serão 50 edições/6 meses que vão diminuir a atuação dos fantoches, e essa regra (se for aprovada com esta cota mínima) será praticamente um "salvo conduto" para que participem "legalmente" das votações.. O custo-benefício será alto, pois essa regra vai afetar aqueles que, ou não têm tempo para editar com frequência, ou são bons editores que se desestimularam (e porquê descartá-los ?), ou aqueles que gostam de editar sem "alta produção", passam várias horas em uma única edição. Mas entendo a intenção do Gonçalo Veiga na sua cruzada contra os socks e proponho uma outra forma de impedimento. Ao invés de dezenas, centenas de micro-edições que, para votar, os editores tenham, nos três meses que antecedem os trinta dias precedentes ao início da votação, um número mínimo de participações nos domínios "Discussão" ou "Wikipédia Discussão". Vão me perguntar: mas isso não é mais excludente? É menos excludente do que a regra anterior. Os períodos e nº de edições deverão ser tais que não inviabilizem a participação de qualquer editor. Creio que a maioria dos que já normalmente votam, já estariam aptos agora. E aqueles que não, aguardem um pouco e cumpram as regras, nada difícil. Em tese, Socks gostam mais de votar, do que de participar de discussões. Além disso, segundo o Gonçalo Veiga, existe a possibilidade de alguns fantoches usarem o Huggle e esta proposta faz com que as edições sejam feitas realmente e não por robôs. Em síntese: se é para obrigar os votantes a participar regularmente, que sejam participações efetivas e não centenas de edições mínimas no DP (mais qualidade e menos quantidade). PauloMSimoes (discussão) 17h53min de 30 de outubro de 2016 (UTC)

  • Só para explicar melhor a situação, analisei todas as contas de A a F na categoria indicada (aproximadamente 140 contas) e eis o resultado das contas que tinham mais de 300 edições no momento em que foram bloqueadas:
Conta Edições Domínio WP Edições em PE criação bloqueio Estava ativo
Usuária:Arabela Luz 382 5 0 3 de setembro de 2011 21 de julho de 2012 Sim
Usuário:Baccarat Black 605 15 0 7 de outubro de 2011 21 de julho de 2012 Sim
Usuário:Cangou Ira 603 7 0 9 de dezembro de 2011 21 de julho de 2012 Sim
Usuário(a):Capchars2 416 0 12 27 de junho de 2012 25 de maio de 2013 Sim
Usuário(a):Cardonatti Giallo 856 28 28 20 de agosto de 2011 23 de julho de 2016 Sim
Usuária:Caroline Rossini 1219 37 74 15 de janeiro de 2011 27 de fevereiro de 2012 Sim
Usuário(a):Cemira Marquex 362 12 0 25 de abril de 2013 19 de julho de 2014 Sim mas não podia votar
Usuário(a):Abapuru 551 12 1 5 de abril de 2012 29 de agosto de 2012 Sim
Usuário(a):Aboiac 791 18 0 7 de janeiro de 2011 26 de maio de 2013 Sim
Usuário(a):Ahli Freeman 317 3 0 1 de dezembro de 2015 4 de maio de 2016 Sim
Usuário(a):Fabiana Sporh Godk 484 19 12 1 de dezembro de 2015 4 de maio de 2016 Sim mas não podia votar
Usuário(a):Febo&Minerva 434 6 0 3 de janeiro de 2011 29 de agosto de 2012 Sim
Usuário:Fuleco 476 4 6 18 de setembro de 2012 7 de março de 2013 Sim
Usuário(a):Conde D´eu 382 6 0 18 de abril de 2014 25 de junho de 2014 Sim mas não podia votar
Usuário(a):Cyphorhinus Uradus 1586 38 104 3 de fevereiro de 2011 27 de fevereiro de 2012 Sim
Usuário:Efegê Leoncavallo 322 3 0 25 de julho de 2012 29 de agosto de 2012 Sim
Usuário:El Aragonês 402 8 0 26 de dezembro de 2011 21 de julho de 2012 Sim
Usuário:EV38 502 11 0 28 de fevereiro de 2012 21 de julho de 2012 Sim

Dos socks do Pé, 18 podiam votar e 7 efetivamente participaram em PEs. Porém todos estavam ativos (nos moldes aqui debatidos). Espero que alguém tenha paciência de terminar a tarefa ou aprimorar o serviço. Mas pelo exposto fica demonstrado que a proposta não afeta os socks do Pé, pelo menos. OTAVIO1981 (discussão) 18h28min de 30 de outubro de 2016 (UTC)

A lógica da proposta não é apenas dificultar a manutenção de socks com direito de voto, que sempre poderá existir embora com menos contas (pelo aumento de trabalho que implica), mas principalmente forçar a que todas as contas tenham de expôr-se no domínio principal e assim ter um padrão editorial/comportamental que aumente as chances de ser apanhados. Por isso também não concordo com a inclusão do domínio Wikipédia/Discussão Wikipédia, é essencial que as edições exigidas sejam no domínio principal. Gonçalo Veiga (discussão) 23h07min de 30 de outubro de 2016 (UTC)

@Gonçalo Veiga: desculpe a insistência, mas ainda não compreendi bem essa dinâmica. Se a regra "aumenta as chances de ser apanhados", na prática como será isso? Imagine um editor ausente (por qualquer motivo, mas não é "fantoche") que não tenha as 50 edições em seis meses. Ele pode decidir também fazer 50 "micro-edições" apenas para se habilitar a votar. Algum problema nisso, se forem edições válidas? Como será feita a análise ? Eu vejo assim: é muito difícil detectar socks desta forma, apesar das boas intenções. PauloMSimoes (discussão) 00h26min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
Isso aqui é um projeto voluntário, eu acho, aliás, forçaria usuários a fazer um monte de salvamentos sucessivos. Carlos Emanuel (discussão) 23h13min de 30 de outubro de 2016 (UTC)
@Gonçalo Veiga: Você não viu aquilo que o Otavio expôs acima? Da amostra aleatória estudada, de 140 socks, nem um único seria afectado por esta proposta. Pelo contrário, todos manteriam o direito ao voto, ao contrário das centenas de usuários antigos e bem estabelecidos, que hoje em dia editam ocasionalmente, e cuja participação nas votações seria barrada. A proposta afecta o equilíbrio de forças sim: Afecta-o a favor dos socks. É o que se chama uma proposta sock-friendly.-- Darwin Ahoy! 23h42min de 30 de outubro de 2016 (UTC)

PauloMSimoes, Darwinius: Seriam mais facilmente apanhados porque eram obrigados a editar no domínio principal e isso deixa um padrão. Exemplo: uma conta começa por editar no DP normalmente, assim que atinge o direito ao voto cessa e passa ao domínio Wikipédia participando em discussões/votações, voltando ao DP apenas de 6 em 6 meses para edições menores com um mesmo padrão. Para mim as suspeitas justificam uma verificação. Isto não se confunde com contas antigas com milhares de edições que agora editem pouco no DP e para manter o direito ao voto façam edições menores periodicamente. Com esta proposta deixa é de ser possível acumular socks dormentes com direito de voto para usar quando dá jeito. Gonçalo Veiga (discussão) 01h36min de 31 de outubro de 2016 (UTC)

@Gonçalo Veiga: Pode mostrar algum caso concreto em que isso que diz tenha acontecido, e em que esta proposta pudesse ter algum tipo de utilidade?-- Darwin Ahoy! 08h43min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
Não sou verificador nem ando especificamente à caça de socks, a minha contribuição aqui é puramente teórica para a melhoria das regras. Não analisei conta a conta as centenas de sock puppets do Pé mas acho impossível que a maioria cumprisse estes requisitos, e ainda que o fizesse daria nas vistas pelo padrão editorial adoptado. Em todo o caso já muitas PEs, votações e inclusive eleições de sysops foram fraudadas, não faltam exemplos de fraude. E isto do que foi detectado. Gonçalo Veiga (discussão) 08h54min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
@Gonçalo Veiga: Pelo que percebo, então, a sua proposta não se baseia em nada de concreto, mas em mera teoria. Teoria essa, de resto, contrariada pelo próprio caso dos socks do Pé Espalhado, em que nenhum dos socks seria afectado pela proposta, ficando até os socks em posição de vantagem sobre editores antigos e bem estabelecidos, mas actualmente com presença ocasional, os quais passam a ficar com o direito ao voto barrado caso esta proposta vença, ao contrário dos socks.-- Darwin Ahoy! 17h46min de 31 de outubro de 2016 (UTC)

  Comentário essa proposta não faz sentido algum, exemplo: um usuário tem 2 mil edições e acaba ficando 9 meses sem editar, derrenpente ele vem na Wikipédia editar, depois vai ler uns artigos que ele gosta, e num desses artigos está sendo mandado para eliminação por consenso injustamente, e então ele não pode defender o artigo em questão? não faz sentido ele não poder defender o artigo. Fox de Quintal (discussão) 20h11min de 31 de outubro de 2016 (UTC)

O que se poderia exigir é: pelo menos ter uma edição na Wikipédia nos últimos 365 dias. Fox de Quintal (discussão) 20h17min de 31 de outubro de 2016 (UTC)

@Fox de Quintal: creio que ele poderia sim defender o artigo, mesmo sem direito ao voto, a não ser que fosse para votação, desde que usasse argumentos pertinentes, porém entendo a questão, se eu por falta de interesse ou tempo paro de editar, e repentinamente encontro uma votação para aprovar algo deste tipo (supondo que esta proposta seja aprovada) que me afetará quando eu puder voltar a editar, eu vou querer dar minha opinião. Carlos Emanuel (discussão) 20h27min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
@(Carlos Emanuel): é ia poder defender o artigo, mas o voto não dele não seria contabilizado. Fox de Quintal (discussão) 20h38min de 31 de outubro de 2016 (UTC)

Voto duplicado

@Gonçalo Veiga: Tens o voto duplicado, ou votas 100 ou votas 300. Atenciosamente,  Gato Preto  17h38min de 31 de outubro de 2016 (UTC)

@Gato Preto: Não, pode votar em quantas opções quiser “O voto na proposta 1 é independente do voto na proposta 2. Pode votar em mais do que uma opção.” Carlos Emanuel (discussão) 19h08min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
@(Carlos Emanuel): Zé, vamos lá ver; o Gonçalo votou duas vezes na Proposta 2, específicamente nas secções "100" e "300", ele ou acha que devem ser 100 ou acha que devem ser 300. Fiz-me entender?  Gato Preto  19h15min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
@Gato Preto: eu entendi que pode votar em mais uma opção na proposta 2, espero que eu não esteja errado. Carlos Emanuel (discussão) 19h31min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
@(Carlos Emanuel): Eu acho que pode votar-se várias vezes mas só 1 vez por proposta, por exemplo, não faz sentido votar   e   ao mesmo tempo. De qualquer maneira pode ser que esteja enganado.  Gato Preto  19h41min de 31 de outubro de 2016 (UTC)
@Gato Preto: O Carlos Emanuel tem razão. Quando esse formato aparece nas votações, é porque se pode votar em várias opções que lhe agradem. Pode até votar em todas ao mesmo tempo.-- Darwin Ahoy! 19h44min de 31 de outubro de 2016 (UTC)

───────────────────────── Obrigado @Darwinius:! Entretanto tiro a notf. ao Gonçalo para não lhe atrapalhar. Agora já sei então como isto funciona, jurava que não se podia votar duas vezes na mesma secção. Saudações,  Gato Preto  19h49min de 31 de outubro de 2016 (UTC)

Mais participação

Sou a favor de qualquer e todas as propostas que realmente tragam vantagens. Esta, pelo exposto parece que vai trazer mais trabalho que vantagens, mas ainda vou analisar um pouco mais antes de votar. Digo entretanto que sou contra votos de para-quedistas que desaparecem por meses e de repente aparecem apenas para votar, pois isso pressupõe que foram chamados off-wiki por alguém que está a contar com o apoio de tais editores para influenciar o resultado. Por agora gostaria de tocar num ponto levantado pelo @Darwinius: — "a participação em votações de PE e EADs, que já é diminuta hoje". Eu participo de pouquíssimas discussões, votações e afins pela simples razão de não saber que tais estão a ocorrer. Fico a saber quando ao consultar um outro editor na sua PD vejo lá o aviso. Ora, se isso acontece comigo, creio ser o caso com muitos editores. Não sei se é necessário assinar alguma lista para receber tais notificações. Onde antes recebia quando alguém escrevia na minha página, a partir de Junho deste ano recebi várias através do MassMessage. No entanto, ao passo que esta deliberação comecou no dia 22 do corrente mês, eu recebi a notificação do MassMessage a 17h26min de 31 de outubro de 2016 (UTC), isto é, 9 dias após a abertura. Pergunto-me se a adesão às votações não aumentaria se os mecanismos instalados garantissem que as notificações/ avisos fossem recebidos por todos. Com um maior número de participantes, a eliminação de votos suspeitos pode até nem ser necessária, pois não creio que os ausentes/ dormentes/ mortos sejam assim tantos. Um índice de participação mais alto que reduzisse a percentagem de votos de contas dormentes conferiria maior legitimidade sem dar margem para acusações de imparcialidade na eliminação de votos. Bom trabalho. Rui Gabriel Correia (discussão) 09h42min de 2 de novembro de 2016 (UTC)

Rui Gabriel Correia Achei este seu comentário tão importante, que o segreguei em um tópico. Você tocou em um assunto até agora tão comentado, mas sem proposição de soluções: mais participação. Eis aqui o exemplo. Depois do aviso geral, a participação foi maciça, a partir do dia 31. Esta proposta provavelmente não passará, mas fica, creio, a solução definitiva para acabar com a ação dos socks, ou melhor, a eficácia de sua atuação em votações: participação do maior número possível de editores. Como citou em sua mensagem: Citação: ...pois não creio que os ausentes/ dormentes/ mortos sejam assim tantos.. Certíssimo, na minha opinião. PauloMSimoes (discussão) 11h33min de 2 de novembro de 2016 (UTC)
Grato, PauloMSimoes. Rui Gabriel Correia (discussão) 13h04min de 2 de novembro de 2016 (UTC)
O aumento de participação brutal e a alteração radical das proporções de votos após a chamada mostram sem qualquer margem para dúvidas como o aviso em massa nesta situação foi essencial para trazer a comunidade a decidir de forma justa sobre uma proposta que afecta directamente os seus direitos adquiridos, e que estava passando despercebida, limitada aos "votantes do costume" e não representativa da comunidade. Pequeno grupo de votantes habituais que, de resto, seria o principal beneficiado com ela, caso esta passasse, do mesmo modo que os socks, que passariam a poder conseguir igualmente um poder e peso muito maior nas votações. No entanto, este tipo de divulgação só se pode usar em ocasiões extraordinárias de manifesto interesse para a comunidade, como foi o caso, não pode ser usado para divulgar outro tipo de votações corriqueiras, por razões evidentes.
O problema de falta de participação não se resolve com chamadas nem avisos intrusivos. A lista e categorias de EADs e PEs é fácil de achar, para quem queira participar. A questão é que somos poucos editores activos no projecto, e não é espremendo os poucos que cá estão ou ainda cá estão (como esta proposta, aliás, tenta fazer) que se obtém alguma solução. Qualquer solução para este problema passará sempre pela angariação, acolhimento e educação dos novatos, de modo a ampliar a comunidade, deixando que os editores sejam naturalmente atraídos pelas suas áreas de interesse. É da natureza humana a diferença e a especialização, é de esperar que alguns editores se especializem em avaliação de EADs e PEs, podendo até ser essa praticamente a sua única área de intervenção no projecto. Isto passa-se noutros projectos, alguns editores de alta reputação quase só se dedicam a isso.
Claro que isso vai no sentido exactamente inverso desta proposta, que despreza e exclui os editores antigos; trata os actuais como servos da gleba que periodicamente têm de entregar o tributo ao seu senhor, sob pena de perderem os seus direitos; impõe uma falsa normalização, como se toda a gente que edita tivesse de editar no domínio principal - como se o projecto se limitasse a isso; e ainda explica aos fraudadores de votação e fantocheiros de carreira exactamente o que têm de fazer para que os seus fantoches passem a ter sempre o direito ao voto imaculado.
Se é para perder tempo nalguma coisa, é a ajudar, orientar e educar novatos, não a fazer edições de obrigação para manter o direito ao voto, nem muito menos a contar edições para saber se fulano X pagou o tributo nos últimos 6 meses e pode votar.-- Darwin Ahoy! 13h19min de 2 de novembro de 2016 (UTC)
Darwin, esta votação foi aberta depois de uma proposta que ficou quase um mês sem comentários e que teve a participação efetiva de menos que duas dezenas de editores. É bem provável que se este aviso geral fosse implementado lá naquela discussão, não teríamos esta votação. Isto muda algo em sua opinião? Pergunto porquê você fez esta Citação: ...este tipo de divulgação só se pode usar em ocasiões extraordinárias de manifesto interesse para a comunidade. Essa restrição à ampla divulgação só se aplica a votações, ou também a páginas de discussão ? PauloMSimoes (discussão) 16h44min de 2 de novembro de 2016 (UTC)
@PauloMSimoes: Penso que só se justificaria a divulgação em massa de um debate sobre qualquer alteração de grande escala por imposição externa, e que afecte toda a comunidade. Iniciativas avulsas de usuário não devem ser divulgadas assim. Se a proposta é realmente boa e positiva, é mais ou menos simples conseguir um consenso. Neste caso, apesar da pouca participação no debate e da não resolução dos muitos problemas e questões colocados, o proponente quis levar o caso a votação. Não sei até que ponto isso foi correcto, mas tratando-se de uma alteração desta envergadura, a votação nunca deveria ter tido início sem ter havido antes ampla divulgação. De notar que o proponente tentou sempre opor-se à divulgação da votação, tentando que a proposta - que visa restringir o direito ao voto aos editores mais activos - fosse votada precisamente por esse grupo de editores mais activos, ficando claramente inquinada e viciada à partida. Por justiça e correcção, a duração da votação deveria ter sido reiniciada a partir do momento em que houve a divulgação. Mas, havendo já uma diferença tão grande de votos a favor da não aprovação, creio que isso não fará diferença, e assim mais depressa se acaba com isto. -- Darwin Ahoy! 17h26min de 2 de novembro de 2016 (UTC)