Abrir menu principal

TV Bahia

emissora de televisão brasileira de Salvador, BA
TV Bahia
Televisão Bahia S.A.
Salvador, Bahia
Brasil
Tipo comercial
Canais digital: 29 UHF
virtual: 11 PSIP
Outros canais 24 / 524 HD (Claro TV DTH)
10 / 410 HD (Sky)
11 (Oi TV)
11 / 511 HD (Claro TV Fibra)
211 (Vivo TV)
analógico:
11 VHF (1985-2017)
Sede Salvador, Bahia
Slogan Com os baianos, pela Bahia
Rede Rede Globo
Rede(s) anterior(es) Rede Manchete (1985-1987)
Fundador Antônio Carlos Magalhães
Pertence a Rede Bahia
Proprietário ACM Júnior
Antigo proprietário Antônio Carlos Magalhães (1985-2007)
Presidente ACM Júnior
Fundação 10 de março de 1985 (34 anos)
Prefixo ZYA 298
Emissoras irmãs
Cobertura CobRedeBahia.png
Área de cobertura da emissora, em azul
Coord. do transmissor 13° 0' 12.2" S 38° 30' 42.4" O
Potência 15 kW
Agência reguladora ANATEL
Informação de licença
CDB
PDF
Página oficial redeglobo.globo.com/redebahia

TV Bahia é uma emissora de televisão brasileira sediada em Salvador, capital do estado da Bahia. Opera no canal 11 (29 UHF digital) e é afiliada à Rede Globo. É a cabeça de rede da Rede Bahia de Televisão, rede de televisão pertencente ao conglomerado homônimo que transmite para mais 5 emissoras no interior, e sua cobertura compreende atualmente 138 municípios.

HistóriaEditar

A TV Bahia foi inaugurada em 10 de março de 1985, com uma cerimônia realizada às 18h45, que teve a apresentação de Xuxa Meneghel, então líder do Clube da Criança na Rede Manchete, com a qual a TV Bahia havia se afiliado inicialmente. Dois anos depois, em 1987, passou a transmitir a programação da Rede Globo. O fato inusitado foi que a TV Aratu já transmitia essa mesma programação, e por um dia o telespectador teve duas opções de canais para assistir a Rede Globo. Por fim, a TV Bahia conseguiu ser a única emissora afiliada à Rede Globo em Salvador. E a TV Aratu afiliou-se à Manchete.[1][2]

A partir de 2014 a emissora passou a usar um helicóptero (chamado de RedCop) para as reportagens que precisam de imagens aéreas, visando dar maior dinamismo em seus telejornais e vem ao longo dos anos modernizando seus estúdios.[1] No mesmo ano, a emissora conquistou a maior audiência entre todas as afiliadas da Globo no Brasil.[3]

Em 2017, a emissora perdeu diversas vezes o primeiro lugar de audiência para a RecordTV Itapoan, o que levou a demissão do diretor de jornalismo Roberto Appel, no cargo desde 2002.[4] Após a chegada de Eurico Meira da Costa, a emissora conseguiu índices de audiência melhores, mas inferiores a anos anteriores, variando entre a liderança e a vice-liderança.[5] Em abril de 2019, a emissora conquistou a liderança no primeiro trimestre,[6] mas perdeu novamente na média geral de cinco meses.[7] Em maio de 2019 foi iniciado um processo de demissões no grupo de comunicações da Rede Bahia, de jornalistas a funcionários, após a crise de audiência instalada na Rede Bahia de Televisão em 2018.[8]

"Houve prejuízo no balanço da emissora em 2018, cujos números são abafados pela diretoria. Negativos, eles teriam provocado as dispensas."[8]
— Gabriel Vaquer

Sinal digitalEditar

Canal virtual Canal digital Resolução de tela Programação
11.1 29 UHF 1080i Programação principal da TV Bahia / Globo

Em novembro de 2008, a TV Bahia iniciou suas transmissões digitais em alta definição (HD) em caráter experimental pelo canal 29 UHF, e em 1 de dezembro de 2008 lançou oficialmente tornando-se, assim, pioneira nas transmissões HD terrestre em Salvador, na Bahia e no Nordeste do Brasil e a sétima cidade a receber a televisão digital no Brasil exatamente um ano após o lançamento oficial no país.[9][10][11][12] A TV Bahia investiu cerca de 9 milhões de reais em um novo transmissor, uma nova antena, instalada a 160 metros de altura, e um novo controle mestre, o comando que coloca a emissora no ar.[11][12]

Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a TV Bahia, bem como as outras emissoras de Salvador, cessou suas transmissões pelo canal 11 VHF em 27 de setembro de 2017, seguindo o cronograma oficial da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL).[13] A emissora fez a geração local da partida entre Cruzeiro x Flamengo, válida pela final da Copa do Brasil, narrada por Thiago Mastroianni, além de entradas ao vivo do controle mestre da emissora com a repórter Giana Mattiazzi, que mostrou o sinal sendo interrompido às 23h59 após a conclusão da partida, e sendo substituído por um aviso do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e da ANATEL sobre o switch-off.

ProgramasEditar

Além de retransmitir a programação nacional da Rede Globo, a TV Bahia produz e exibe os seguintes programas:

JornalismoEditar

O conteúdo jornalístico responde pela maior parte da produção da emissora, destacando cinco telejornais voltados para a área. Cobre todo o estado, informando ao telespectador as notícias que acontecem na capital e interior.

Em maio de 2008, a emissora alterou âncoras de seus telejornais. O Bahia Meio Dia voltou a ser apresentado por dois âncoras, dado que Patrícia Nobre passou a ser acompanhada pelo jornalista Jonny Torres (vindo da TVE Bahia). O BATV passou a ser apresentado por Jefferson Beltrão e Kátia Guzzo.[14]

Em novembro de 2014, a jornalista Giana Mattiazzi foi contratada para a equipe de jornalismo da emissora.[15]

Em 2017, a TV Bahia contratou Eurico Meira da Costa (ex-NSC TV) para direção de jornalismo, após as quedas de audiência que levaram a demissão de Roberto Appel.[16] Uma das ações do novo diretor foi, a partir de 26 de novembro de 2018, a declinação da exibição do programa Bem Estar na grade semanal para aumentar o tempo de exibição do Bahia Meio Dia. Este passou a ser iniciado de 30 a 15 minutos antes dos demais telejornais locais das afiliadas da Rede Globo.[17]

Em 4 de junho de 2019, Valber Carvalho, apresentador do Bahia Rural, encerra o contrato com a TV Bahia e a emissora anuncia uma nova versão do programa, apresentada desta vez por Georgina Maynart (que já estava na equipe do programa como repórter). Valber já tinha duas décadas de trabalho na emissora.[18]

Em 15 de julho de 2019, a emissora estréia novos estúdios e cenários para os telejornais. Os cenários estavam em produção a 2 meses e segundo o diretor de jornalismo, Eurico Meira da Costa, refletem mais modernidade e aspectos que remetem a características da Bahia[19]

EntretenimentoEditar

A TV Bahia transmite dois programas de variedades aos sábados. O Conexão Bahia trata de temas relacionados ao conhecimento e cultura, e é apresentado por Renata Menezes e pelo dramaturgo Aldri Anunciação, adotando um formato similar ao extinto Aprovado. E no Mosaico Baiano, apresentado pelo músico Alessandro Timbó, são exibidas curiosidades, clipes, documentários, séries especiais, dicas de cinema, entre outros.

Já fizeram parte da grade: o programa de entrevistas Michelle Marie Entrevista (com Wagner Moura como repórter),[20] o de auditório Arerê Geral (com apresentação de Jackson Costa e por Flávia Mendonça e direção de Fernando Guerreiro), cuja estreia foi em 18 de janeiro de 2001,[21] Na Carona (com apresentação de Liliane Reis).[22][23][24]

Em 2015, assim como em outras afiliadas que exibiam programação logo após o Fantástico aos domingos, foi extinto o programa Rede Bahia Revista, exibido por 17 anos, para dar lugar à nova programação da Rede Globo no horário.[25][26] Em 9 de setembro de 2017, o Aprovado, apresentado por Jackson Costa, foi extinto, e em seu lugar estreou em 16 de setembro o Conexão Bahia, apresentado por Renata Menezes e Aldri Anunciação.[27]

Em 5 de janeiro de 2019, estreou nas tardes de sábado, o programa musical Sente o Som, apresentado por Camila Marinho e dirigido por Marcela Amorim. Os sete programas da primeira temporada têm como esquema entrevistas com artistas baianos e apresentações musicais.[28]

Transmissões esportivasEditar

O futebol é destaque na programação da emissora, mas não esquecendo dos outros esportes tradicionais. Além do Globo Esporte BA, são transmitidos os jogos de futebol dos clubes baianos, preferencialmente o Esporte Clube Bahia e o Esporte Clube Vitória, nas competições Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Campeonato Baiano e Copa Sulamericana, uma vez que, geralmente, é a TV Bahia ou a Rede Globo quem detém os direitos televisivos.

Na equipe principal, estão Thiago Mastroianni e Danilo Ribeiro na narração; comentários de Gustavo Castelucci; reportagens de Sérgio Pinheiro e Renan Pinheiro.

Transmissões especiaisEditar

A emissora cobre anualmente o Carnaval de Salvador no mês de fevereiro ou março, com a transmissão do especial Bahia Folia, ocupando vários espaços da programação da Rede Globo e da programação local no período, bem como participando em rede nacional. Desde 1994, a emissora promove a entrega do Troféu Bahia Folia, que elege o hit de maior sucesso do carnaval baiano por meio de votação popular.

A emissora também transmitiu entre 1999 e 2014 o Festival de Verão Salvador, promovido pela iContent, que faz parte da Rede Bahia. Em 2015, o evento passou a ser exibido pelo canal por assinatura Multishow, porém a emissora e as rádios pertencentes ao grupo ainda promovem o evento em sua programação.

ControvérsiasEditar

Exibição de corpo ao vivoEditar

Em fevereiro de 2018 a emissora foi criticada por mostrar o corpo de um homem assassinado no jornal matinal, algo que não era comum na linha editorial da mesma.[29] A TV Bahia foi criticada na internet, com alguns comentando que tal atitude foi proposital, para não perder a liderança da audiência.[29]

Notícia falsaEditar

Em junho de 2018 o jornal matinal da emissora reportou uma notícia falsa.[30] Segundo uma primeira reportagem transmitida ao vivo, uma aeronave teria caído no mar do bairro Rio Vermelho e o jornal voltaria com mais informações, o que não ocorreu.[30] Mais tarde, foi confirmado ser uma notícia falsa e a emissora não corrigiu a informação.[30] Gabriel Souza, do Notícias da TV questionou se tal situação se deveria à crise de audiência.[30]

Referências

  1. a b G1 Bahia (10 de março de 2015). «TV Bahia celebra 30 anos». Consultado em 11 de março de 2015 
  2. «TV Bahia comemora 26 anos com festa na Rede Bahia». Consultado em 12 de junho de 2013 
  3. Rede Bahia/Globo Repórter (1 de julho de 2015). «Globo Repórter especial mostrará histórias dos 30 anos da TV Bahia». Consultado em 3 de julho de 2015 
  4. Gabriel Vaquer (7 de dezembro de 2017). «Em crise de audiência, Globo começa intervenções em Salvador; diretor de jornalismo é dispensado». Observatório da Televisão. Consultado em 29 de março de 2018 
  5. «Diretor da Globo na Bahia admite incômodo com Ibope, mas diz não querer perder relevância - Televisão». NaTelinha. Consultado em 21 de maio de 2019 
  6. «TV Bahia comemora liderança de audiência no primeiro trimestre de 2019». Observatório da Televisão. 23 de abril de 2019. Consultado em 21 de maio de 2019 
  7. Greicehelen Santana (10 de junho de 2019). «Record TV Itapoan lidera audiência na Grande Salvador nos cinco primeiros meses de 2019». Observatório da Televisão. Consultado em 26 de junho de 2019 
  8. a b Gabriel Vaquer e Luiza Leão (2 de maio de 2019). «Em crise, afiliada da Globo na Bahia inicia processo de demissões». Notícias da TV. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  9. Redação/iBahia.com (28 de novembro de 2008). «TV Bahia lança televisão digital em dezembro». Consultado em 29 de novembro de 2008 
  10. FELITTI, Guilherme/IDG Now! (28 de novembro de 2008). «No primeiro aniversário da TV Digital no Brasil, sinal chega a Salvador». Consultado em 29 de novembro de 2008 
  11. a b Rede Globo/TV Digital Bahia (9 de agosto de 2013). «História: saiba quando a TV Bahia começa a transmitir sinal digital». Consultado em 12 de março de 2014 
  12. a b Secretaria de Comunicação Social do Governo do Estado da Bahia (1 de dezembro de 2008). «Bahia é o primeiro estado do nordeste a transmitir sinal digital de TV». Consultado em 12 de março de 2014. Arquivado do original em 16 de março de 2014 
  13. «Desligamento do sinal analógico é adiado em MG, BA, CE e SP; confira novo cronograma». G1. 30 de maio de 2017. Consultado em 31 de maio de 2017 
  14. «ESTRÉIA EM TELEJORNAIS DA TV BAHIA». Bahia Notícias. 3 de maio de 2008 
  15. Rede Globo/Rede Bahia (18 de novembro de 2014). «Conheça a mais nova integrante da equipe de jornalismo da TV Bahia». Consultado em 14 de dezembro de 2014 
  16. «Para combater Record TV, Rede Bahia contrata executivo da NSC, antiga RBS». NaTelinha. Consultado em 21 de maio de 2019 
  17. Souza, Gabriel (22 de novembro de 2018). «Em crise histórica de audiência, afiliada da Bahia desmancha a Rede Globo». Notícias da TV - UOL. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  18. Silva, Júnior Moreira Bordalo / Rodrigo Daniel. «Valber Carvalho encerra contrato com TV Bahia e emissora fará novo 'Bahia Rural'». www.bahianoticias.com.br. Consultado em 17 de julho de 2019 
  19. TV Bahia estreia novo cenário para os telejornais diários nesta segunda - G1 Bahia - Jornal da Manhã - Catálogo de Vídeos, consultado em 15 de julho de 2019 
  20. Resto do Nada. «Passados que alguns famosos tentam esconder» 
  21. Babado (18 de janeiro de 2001). «TV Bahia lança Arerê Geral em Salvador». IG 
  22. ARLEGO, Josemar (30 de maio de 2007). «Novo programa da TV Bahia tem data para estrear». Bahia Notícias 
  23. Bahia no Ar (21 de janeiro de 2013). «Camaçari é tema de programa cultural» 
  24. QUINTAS, Simone. «50 m² de cor e ginga brasileira». Revista Casa e Jardim. Editora Globo 
  25. Bahia Notícias (19 de Janeiro de 2015). «Após 17 anos, Rede Bahia Revista se despede da TV; veja». Consultado em 20 de Janeiro de 2015 
  26. Rede Bahia de Televisão (19 de janeiro de 2015). «Rede Bahia Revista se despede após 17 anos de liderança nos domingos». Consultado em 20 de Janeiro de 2015 
  27. «Sábado, 16: 'Conexão Bahia' estreia disposto a dialogar com o público». Gshow. 14 de setembro de 2017. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  28. Figueiredo, Kelven (4 de janeiro de 2019). «Saiba tudo sobre a estreia de Sente o Som, novo programa de Camila Marinho». Correio da Bahia. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  29. a b Gabriel Vaquer (27 de fevereiro de 2018). «Afiliada da Globo se descuida, exibe corpo de homem assassinado e vira alvo de críticas na web». Observatório da Televisão. Grupo Observatório. Consultado em 26 de junho de 2019. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2019 
  30. a b c d Gabriel Souza (20 de junho de 2018). «Em crise de audiência, afiliada da Globo na Bahia apela para fake news». Notícias da Tv. Consultado em 28 de agosto de 2019 

Ligações externasEditar