Abrir menu principal

Lista de campeões do Campeonato Brasileiro de Futebol

Esta é uma lista dos campeões do Campeonato Brasileiro, a mais importante competição brasileira de clubes de futebol. Foi reconhecido posteriormente como tendo início em 1959, sob o nome Taça Brasil, primeiro Campeonato Brasileiro.[1][2]

A primeira edição do campeonato consagrou o Bahia como o primeiro clube campeão brasileiro.[3][4][5][6][7][8] As edições posteriores demonstraram um certo domínio dos clubes do estado de São Paulo, que venceram 7 de 10 edições do período em que a competição era denominada de Taça Brasil. A partir de 1967, foi comum termos mais de uma equipe campeã nacional. Isto porque a CBD (Confederação Brasileira de Desportos, entidade responsável pelo futebol nacional na época e precursora da atual CBF) passou a reconhecer o Torneio Roberto Gomes Pedrosa (denominado oficialmente como Taça de Prata) como competição a nível nacional, em igualdade com a Taça Brasil, nesse sentido, mas em seus boletins oficiais entre 1971[9] e 1975,[10][11][12][13][14][15] a CBD colocava as edições do Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata[nota 1] em igualdade de condições com as edições posteriores do Campeonato Brasileiro, apenas mantendo os nomes próprios, excluindo esta informação a partir do boletim de 1976, nunca tendo incluído a Taça Brasil na relação de campeonatos brasileiros em seus boletins oficiais neste período. Em 1967, o Palmeiras conquistou as duas competições, passando a ser considerado oficialmente bicampeão brasileiro a partir da unificação da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa com o Campeonato Brasileiro em 2010.[16] Em 1968, acabamos por ter dois campeões: o Botafogo, que conquistou a Taça Brasil[17] daquele ano e o Santos, que conquistou a Taça de Prata.[18]

A partir de 1969, a Taça de Prata tornou-se a única competição de clubes a nível nacional, consagrando Palmeiras[19] e Fluminense como campeões,[20][21] e sendo responsável por dar origem ao Campeonato Nacional de Clubes, em 1971.[22] Porém, as edições da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata foram reconhecidas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) como Campeonato Brasileiro em 2010,[23] embora a antiga CBD já reconhecesse o Torneio Roberto Gomes Pedrosa em sua época e nos primeiros anos da década de 1970.[24] Antes da adoção do nome atual, em 1989, o Campeonato Brasileiro também foi oficialmente designado de Copa Brasil, Taça de Ouro e "Copa União" (nome fantasia), e posteriormente em 2000, foi denominado Copa João Havelange.[25] O campeonato também contou com a utilização de uma enorme variedade de fórmulas de disputa diferentes até a edição de 2002. A fórmula de disputa do certame foi padronizada somente em 2003, quando foi adotado o sistema de pontos corridos com todas as equipes se enfrentando em turno e returno.[26]

Desde 1959, o Campeonato Brasileiro já consagrou 17 clubes diferentes como campeão brasileiro: Palmeiras (10 vezes); Santos (8 vezes); Corinthians (7 vezes); São Paulo (6 vezes); Flamengo (5 vezes); Cruzeiro, Fluminense e Vasco da Gama (4 vezes cada); Internacional (3 vezes); Bahia, Botafogo e Grêmio (2 vezes cada); Athletico Paranaense, Atlético Mineiro, Coritiba, Guarani e Sport (1 vez cada).[27] A partir da adoção dos pontos corridos, foram 7, os clubes campeões: Corinthians (4 vezes); Cruzeiro e São Paulo (3 vezes cada); Fluminense e Palmeiras (2 vezes cada); Flamengo e Santos (1 vez cada).[28]

História

 
Time do Bahia com a taça e as faixas de campeão brasileiro de 1959.

A história do futebol no Brasil revela uma variedade de campeonatos de caráter nacional. A origem do Campeonato Brasileiro se deu com a criação da Taça Brasil, o primeiro certame nacional da história do Brasil a ter continuidade. Apesar de ter sido instituído em 1954 pela CBD, e de ter seu regulamento definido no ano seguinte, a sua primeira edição não pôde ocorrer em 1955, como havia sido planejado, em razão do calendário do futebol nacional entre 1955 e 1958 já haver então sido aprovado, não podendo o mesmo ser alterado em função da Copa do Mundo de 1958. Sendo assim, ficou definido para a competição começar somente em 1959.[29][1] Porém, como na época ainda havia limitação de datas, restrições econômicas e dificuldades para viagens e transporte interestaduais em um país com dimensões continentais, a competição foi montada do modo mais econômico possível. Desta forma, participavam apenas os campeões estaduais[30][31] e, a partir de 1961, o campeão da edição anterior,[32] que se enfrentavam em um grande sistema eliminatório. Sua última edição ocorreu em 1968.[22]

Em 1967, surge a versão expandida do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, ficando conhecida como "Robertão". Este certame foi criado a partir da expansão do Torneio Rio–São Paulo, e se tornou a primeira competição a englobar os principais clubes do Brasil.[33] Em 1968, passa a ser denominado oficialmente pela CBD como Taça de Prata, sendo sucedido, em 1971, pelo Campeonato Nacional de Clubes — que foi considerado pela entidade máxima do futebol brasileiro como sendo a primeira edição do Campeonato Brasileiro, a partir de 1976[nota 2] até 2010, quando a CBF unificou os títulos da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata aos títulos brasileiros a partir de 1971.[34] Houve pouquíssimas diferenças entre a última edição do "Robertão", em 1970, e a primeira edição do Campeonato Nacional de Clubes. Antes de receber oficialmente sua designação atual, em 1989, o "Brasileirão" também foi chamado de Copa Brasil, Taça de Ouro e "Copa União" (nome fantasia), e posteriormente em 2000, foi denominado Copa João Havelange.[25] De 1971 a 2002 o campeonato teve 32 edições e 32 fórmulas diferentes. Desde 2003, as equipes se enfrentam em turno e returno por pontos corridos, sistema utilizado principalmente na Europa.[26]

Legenda
Também venceu o Campeonato Estadual
Também venceu a Copa Libertadores
Venceu ambos os títulos
Também venceu o Campeonato Estadual e a Copa do Brasil
Ano Vencedor Vice Terceiro colocado Quarto colocado Artilheiro(s)[35] Gols
1959   Bahia (1)   Santos   Grêmio   Vasco da Gama   Léo Briglia (Bahia) 8
1960   Palmeiras (1)   Fortaleza   Fluminense   Santa Cruz   Bececê (Fortaleza) 7
1961   Santos (1)   Bahia   America   Náutico   Pelé (Santos) 7
1962   Santos (2)   Botafogo   Internacional   Sport   Coutinho (Santos) 7
1963   Santos (3)   Bahia   Grêmio   Botafogo   Pelé (Santos) 8
1964   Santos (4)   Flamengo   Ceará   Palmeiras   Pelé (Santos) 7
1965   Santos (5)   Vasco da Gama   Náutico   Palmeiras   Alcindo (Grêmio) 10
1966   Cruzeiro (1)   Santos   Náutico   Fluminense   Bita (Náutico)
  Toninho Guerreiro (Santos)
10
1967
[nota 3]
  Palmeiras (2)   Internacional   Corinthians   Grêmio   Ademar Pantera (Flamengo)
  César Maluco (Palmeiras)
15
1967
[nota 4]
  Palmeiras (3)   Náutico   Grêmio   Cruzeiro   Chicletes (Treze) 9
1968
[nota 3]
  Santos (6)   Internacional   Vasco da Gama   Palmeiras   Toninho Guerreiro (Santos) 18
1968
[nota 4]
  Botafogo (1)   Fortaleza   Cruzeiro   Náutico   Ferretti (Botafogo) 7
1969   Palmeiras (4)   Cruzeiro   Corinthians   Botafogo   Edu (América) 14
1970   Fluminense (1)   Palmeiras   Atlético Mineiro   Cruzeiro   Tostão (Cruzeiro) 12
1971   Atlético Mineiro (1)   São Paulo   Botafogo   Corinthians   Dadá Maravilha (Atlético Mineiro) 15
1972   Palmeiras (5)   Botafogo   Internacional   Corinthians   Dadá Maravilha (Atlético Mineiro)
  Pedro Rocha (São Paulo)
17
1973   Palmeiras (6)   São Paulo   Cruzeiro   Internacional   Ramón (Santa Cruz) 21
1974   Vasco da Gama (1)   Cruzeiro   Santos   Internacional   Roberto Dinamite (Vasco da Gama) 16
1975   Internacional (1)   Cruzeiro   Fluminense   Santa Cruz   Flávio (Internacional) 16
1976   Internacional (2)   Corinthians   Atlético Mineiro   Fluminense   Dario (Internacional) 16
1977   São Paulo (1)   Atlético Mineiro   Operário   Londrina   Reinaldo (Atlético Mineiro) 28
1978   Guarani (1)   Palmeiras   Internacional   Vasco da Gama   Paulinho (Vasco da Gama) 19
1979   Internacional (3)   Vasco da Gama   Coritiba   Palmeiras   César (America) 13
1980   Flamengo (1)   Atlético Mineiro   Internacional   Coritiba   Zico (Flamengo) 21
1981   Grêmio (1)   São Paulo   Ponte Preta   Botafogo   Nunes (Flamengo) 16
1982   Flamengo (2)   Grêmio   Guarani   Corinthians   Zico (Flamengo) 21
1983   Flamengo (3)   Santos   Atlético Mineiro   Atlético Paranaense   Serginho Chulapa (Santos) 22
1984   Fluminense (2)   Vasco da Gama   Grêmio   Corinthians   Roberto Dinamite (Vasco da Gama) 16
1985   Coritiba (1)   Bangu   Brasil de Pelotas   Atlético Mineiro   Edmar (Guarani) 20
1986   São Paulo (2)   Guarani   Atlético Mineiro   America   Careca (São Paulo) 25
1987   Sport (1)   Guarani   Flamengo   Internacional   Müller (São Paulo) 10
1988   Bahia (2)   Internacional   Fluminense   Grêmio   Nílson (Internacional) 15
1989   Vasco da Gama (2)   São Paulo   Cruzeiro   Botafogo   Túlio (Goiás) 11
1990   Corinthians (1)   São Paulo   Grêmio   Bahia   Charles (Bahia) 11
1991   São Paulo (3)   Bragantino   Atlético Mineiro   Fluminense   Paulinho McLaren (Santos) 15
1992   Flamengo (4)   Botafogo   Vasco da Gama   Bragantino   Bebeto (Vasco da Gama) 18
1993   Palmeiras (7)   Vitória   Corinthians   São Paulo   Guga (Santos) 15
1994   Palmeiras (8)   Corinthians   Guarani   Atlético Mineiro   Amoroso (Guarani)
  Túlio (Botafogo)
19
1995   Botafogo (2)   Santos   Cruzeiro   Fluminense   Túlio (Botafogo) 12
1996   Grêmio (2)   Portuguesa   Atlético Mineiro   Goiás   Paulo Nunes (Grêmio)
  Renaldo (Atlético Mineiro)
16
1997   Vasco da Gama (3)   Palmeiras   Internacional   Atlético Mineiro   Edmundo (Vasco da Gama) 29
1998   Corinthians (2)   Cruzeiro   Santos   Portuguesa   Viola (Santos) 21
1999   Corinthians (3)   Atlético Mineiro   Vitória   São Paulo   Guilherme (Atlético Mineiro) 28
2000   Vasco da Gama (4)   São Caetano   Cruzeiro   Grêmio   Adhemar (São Caetano) 22
2001   Atlético Paranaense (1)   São Caetano   Fluminense   Atlético Mineiro   Romário (Vasco da Gama) 21
2002   Santos (7)   Corinthians   Grêmio   Fluminense   Luís Fabiano (São Paulo)
  Rodrigo Fabri (Grêmio)
19
2003   Cruzeiro (2)   Santos   São Paulo   São Caetano   Dimba (Goiás) 31
2004   Santos (8)   Atlético Paranaense   São Paulo   Palmeiras   Washington (Atlético Paranaense) 34
2005   Corinthians (4)   Internacional   Goiás   Palmeiras   Romário (Vasco da Gama) 22
2006   São Paulo (4)   Internacional   Grêmio   Santos   Souza (Goiás) 17
2007   São Paulo (5)   Santos   Flamengo   Fluminense   Josiel (Paraná) 20
2008   São Paulo (6)   Grêmio   Cruzeiro   Palmeiras   Keirrison (Coritiba)
  Kléber Pereira (Santos)
  Washington (Fluminense)
21
2009   Flamengo (5)   Internacional   São Paulo   Cruzeiro   Adriano (Flamengo)
  Diego Tardelli (Atlético Mineiro)
19
2010   Fluminense (3)   Cruzeiro   Corinthians   Grêmio   Jonas (Grêmio) 23
2011   Corinthians (5)   Vasco da Gama   Fluminense   Flamengo   Borges (Santos) 23
2012   Fluminense (4)   Atlético Mineiro   Grêmio   São Paulo   Fred (Fluminense) 20
2013   Cruzeiro (3)   Grêmio   Atlético Paranaense   Botafogo   Éderson (Atlético Paranaense) 21
2014   Cruzeiro (4)   São Paulo   Internacional   Corinthians   Fred (Fluminense) 18
2015   Corinthians (6)   Atlético Mineiro   Grêmio   São Paulo   Ricardo Oliveira (Santos) 20
2016   Palmeiras (9)   Santos   Flamengo   Atlético Mineiro   William Pottker (Ponte Preta)
  Diego Souza (Sport)
  Fred (Atlético Mineiro)
14
2017   Corinthians (7)   Palmeiras   Santos   Grêmio   Henrique Dourado (Fluminense)
  (Corinthians)
18
2018   Palmeiras (10)   Flamengo   Internacional   Grêmio   Gabriel (Santos) 18

Total de títulos