Vibrante múltipla epiglotal

A vibrante múltipla epiglotal ou faríngea ou fricativa epiglótica sonora,[1] é um tipo de som consonantal, usado em algumas línguas faladas. O símbolo no Alfabeto Fonético Internacional que representa este som é ⟨ʢ⟩.

Vibrante múltipla epiglotal
ʢ
IPA 174
Codificação
Entidade (decimal) ʢ
Unicode (hex) U+02A2
X-SAMPA <\
Som

CaracterísticasEditar

  • Seu modo de articulação é a vibrante múltipla, o que significa que é produzida pelo direcionamento do ar sobre um articulador para que vibre.
  • Seu ponto de articulação é epiglotal, o que significa que está articulado com as pregas ariepiglóticas contra a epiglote.
  • Sua fonação é sonora, o que significa que as cordas vocais vibram durante a articulação.
  • É uma consoante oral, o que significa que o ar só pode escapar pela boca.
  • O mecanismo de fluxo de ar é pulmonar, o que significa que é articulado empurrando o ar apenas com os pulmões e o diafragma, como na maioria dos sons.

OcorrênciaEditar

Língua Palavra AFI Significado Notas
Aghul Dialeto richa[2] [ʢakʷ] Luz
Árabe[3] Iraquiano[4] عَام [ʢaːm] Ano Corresponde a /ʕ/ () no árabe padrão e em outras variedades.
Siwa[5] [arˤbˤəʢa] Quatro

Referências

  1. Esling, John (2010). "Phonetic Notation", in Hardcastle, Laver & Gibbon (eds) The Handbook of Phonetic Sciences. [S.l.: s.n.] p. 695 
  2. Kodzasov, S. V. Pharyngeal Features in the Daghestan Languages. Proceedings of the Eleventh International Congress of Phonetic Sciences (Tallinn, Estonia, Aug 1-7 1987), pp. 142-144.
  3. Ladefoged & Maddieson (1996):167–168
  4. Zeki Hassan, John Esling, Scott Moisik, & lise Crevier-Buchman (2011) "Aryepiglottic trilled variants of /ʕ, ħ/ in Iraqi Arabic". Proceedings of the 17th International Congress of Phonetic Sciences (pp. 831–834), Hong Kong.
  5. Mr. Christfried Naumann, Doctoral Student, Department of Linguistics, Max Planck Institute for Evolutionary Anthropology, Leipzig, Germany. June 26, 2009.