Nasal dental surda

A Nasal dental surda é um som raramente encontrado em línguas e muitas vezes quando é encontrado é encontrado alofonicamente.[1]


Nasal dental surda
n̪̊

CaracterísticasEditar

  • Sua forma de articulação é oclusiva, ou seja, produzida pela obstrução do fluxo de ar no trato vocal. Como a consoante também é nasal, o fluxo de ar bloqueado é redirecionado pelo nariz.[1]
  • É uma consoante dental, o que significa que se articula com a ponta ou a lâmina da língua nos dentes superiores, denominados respectivamente apical e laminal.[1]
  • Sua fonação é surda, o que significa que as cordas vocais não vibram durante a articulação.[1]
  • É uma consoante nasal, o que significa que o ar pode escapar pelo nariz, exclusivamente (plosivas nasais) ou adicionalmente pela boca.[1]
  • É uma consoante central, o que significa que é produzida direcionando o fluxo de ar ao longo do centro da língua, em vez de para os lados.[1]
  • O mecanismo da corrente de ar é pulmonar, o que significa que é articulado empurrando o ar apenas com os pulmões e o diafragma, como na maioria dos sons.[1]

OcorrênciaEditar

Língua Dialeto/Sotaque Palavra AFI Significado Notas
Francês[2] connexion [kɔn̪̊ɛksjɔ̃] Conexão Denti-alveolar laminal, às vezes simplesmente alveolar.
Português Geral[3][4] narina [n̪̊ɐˈɾin̻ɐ Narina Laminal denti-alveolar. Pode nasalizar a vogal precedente (especialmente se for acentuada). Possui [ɲ̟] como alofone, formando a partir de aglomerados com [j] e antes de /i/.
Vernáculo Paulista[5][6] percebendo [pe̞ʁse̞ˈbẽn̪̊u] Percebendo Laminal denti-alveolar. Alofone de /d/ após uma vogal nasal tônica em variedades mais estigmatizadas.

ReferênciasEditar

  1. a b c d e f g Maddieson; Ladefold, Ian; Peter (1996). The Sounds of World's Languages. [S.l.: s.n.] 
  2. Fougeron & Smith. [S.l.: s.n.] 1993. p. 73 
  3. Cruz-Ferreira. [S.l.: s.n.] 1995. p. 91 
  4. Barbosa & Albano. [S.l.: s.n.] 2004. p. 230 
  5. «Unesp's digital collection – The deleting of /d/ in the morpheme of the gerund in São José do Rio Preto's accent». www.acervodigital.unesp.br 
  6. «The deletting of /d/ in the morpheme of the gerund in São José do Rio Preto's accent – PDF» (PDF). www.athena.biblioteca.unesp.br