CP Urbanos do Porto

Rede de transporte ferroviárioa urbana do Porto

A CP Porto é o serviço ferroviário explorado pela CP, fazendo parte da CP Urbanos, que tem como missão a prestação de serviços ferroviários a partir da cidade do Porto com a sua área metropolitana e com cidades de sub-regiões próximas.

A rede tem 4 linhas e uma extensão total de 204,7 km, totalmente eletrificada e duplicada, em certos percursos quadruplicada, ligando a cidade do Porto com grandes áreas urbanas dentro da sua área metropolitana e com outras cidades como Braga no Cávado, Guimarães no Ave, Marco de Canaveses no Tâmega e Sousa e Aveiro na Região de Aveiro.

Os comboios urbanos circulam por 21 municípios, prestando assim um serviço para mais de 2,1 milhões de habitantes entre as cidades do Porto, Braga, Guimarães, Marco de Canaveses e Aveiro. Em 2019 registou-se mais de 24 milhões de passageiros, o número mais elevado de sempre.

HistóriaEditar

No dia 6 de Novembro de 1997 o Concelho de Gerência da CP aprova uma nova reorganização da empresa com uma lógica de gestão empresarial para implementar a Directiva Comunitária 440/91 e a Lei de Bases do Sistema de Transportes Terrestres de 17 de Março de 1990, constituindo Unidades de Negócio organizadas em função dos diferentes segmentos de mercado, com autonomia de gestão. Nasceu assim a USGP - Unidade de Suburbanos do Grande Porto, assumindo estas duas especial relevância, uma vez que o transporte urbano representa cerca de 80% do total de passageiros da CP.

Em 2002, os comboios da série 3400, produzidos pela Siemens e pela Bombardier Transportation e adquiridos em 2002, são introduzidas em quase todas as linhas. Devido à forte procura, os comboios da série 2240, que se destinam ao transporte regional, ainda foram por vezes utilizados, uma vez que a empresa não dispõe de material circulante próprio em quantidade suficiente.[1]

Devido à crise financeira em 2008, o governo português tentou colocar as linhas a concurso a partir do final de 2011, para que outras empresas privadas prestem o serviço ferroviário em vez da empresa pública, à semelhança da CP Urbanos de Lisboa com a Fertagus, que até hoje nunca foi introduzido.

Entre 2009 e 2011 circulava uma quinta linha, a Linha de Leixões, através da Concordância de São Gemil.[2]

Em 2019, com a conclusão das obras de eletrificação do troço Caíde-Marco da Linha do Douro, a CP Porto prolonga os seus serviços urbanos de Caíde ao Marco de Canaveses, desaparecendo assim a necessidade de efetuar transbordo em Caíde (situação em que o serviço urbano da Linha do Marco vivia desde finais do século XX quando a empreitada de eletrificação da Linha do Douro se ficou por Caíde)[3]

InfraestruturaEditar

 
A estação de Campanhã é uma das principais estações da rede, oferecendo a correspondência com outros serviços da CP.
 
A estação de São Bento é uma das principais estações da rede, estando localizada na Baixa do Porto.

Os comboios urbanos circulam por linhas ferroviárias administradas pelas Infraestrutuas de Portugal, já a empresa responsável pela supervisão e desenvolvimento da rede ferroviária é o Instituto da Mobilidade e dos Transportes. As linhas ferroviárias, por onde os comboios urbanos circulam, tem maioriamente duas vias (via dupla) e totalmente eletrificadas. Somente o troço entre as estações de Caíde e Marco de Canaveses, servida pela Linha do Marco de Canaveses na Linha do Douro, a linha é de via única e foi eletrificada em 2019.

As estações de São Bento e Campanhã, na cidade do Porto, aonde param todas as 4 linhas da rede, são as duas principais estações da rede dos comboios urbanos. A estação de São Bento oferece a centralidade para a Baixa do Porto, o centro da cidade, já a estação de Campanhã oference a correspondência com o Terminal Intermodal de Campanhã e para outros serviços ferroviários, como os serviços Alfa Pendular, Intercidades, Interregional e Regional. As duas estações oferencem transbordos para as diversas linhas do Metro do Porto e para as linhas de autocarro da STCP.

Linhas ferroviáriasEditar

A rede dos comboios urbanos usam as seguintes linhas ferroviárias para prestarem os seus serviços urbanos:

RedeEditar

Tendo 4 linhas, extensão total de 205 km e servindo 82 estações e apeadeiros, a Linha de Aveiro é a linha mais extensa de todas as quatro linhas, percorrendo 66 km da rede e servindo 25 estações e apeadeiros. A Linha de Braga é a linha com mais paragens, servindo só nessa linha 28 estações e apeadeiros, e a mais antiga, sendo inaugurada em 1875. Já a linha com a inauguração mais recente é a Linha de Marco, sendo inaugurada em 1997 e totalmente eletrificada (último troço entre Caíde e Marco de Canaveses) em 2019. Todas as quatro linhas usam os comboios da série 3400, estando em circulamento desde 2002.

As linhas de Braga e Guimarães seguem em direção a norte, para as sub-regiões do Cávado e do Ave, zonas com uma alta densidade populacional e dispõe de grandes zonas industriais e empresarias. Já a Linha de Marco segue em direção a este, aonde passa pela sub-região do Tâmega e Sousa, uma das zonas com mais jovens no país e igualmente dispõe de grandes zonas industriais e empresarias, chegando mais perto do rio Douro. A Linha de Aveiro segue em direção a sul, circulando na Linha do Norte, a linha ferroviária mais movimentada do país, passando por grande zonas urbanas no município de Vila Nova de Gaia.

A Linha de Braga é a linha que serve mais pessoas, passando por 8 municípios e servindo assim mais de 1,1 milhões de pessoas, a seguir vem a Linha de Guimarães, passando por 9 municípios e servindo pouco mais de 1 milhão de pessoas, a Linha de Marco, passando por 9 municípios e servindo cerca de 900 mil pessoas, e a Linha de Aveiro, passando por 6 municípios e servindo cerca de 700 mil habitantes.

Existe também, em vez dos nomes do destino de cada uma das linhas, a divisão de cores. A Linha de Braga tem a cor verde, a Linha de Guimarães tem a cor vermelha, a Linha de Marco tem a cor azul e a Linha de Aveiro tem a cor amarela.

    CP Urbanos do Porto
Linhas Comprimento Estações Inauguração Material Circulante
  62,6 0 km 27 6 de novembro de 1997 UME CP 3400 (Bombardier)
  58,3 0 km 25 30 de outubro de 1938
  56,5 0 km 28 21 de maio de 1875
  65,9 0 km 25 4 de novembro de 1877

Com uma extensão total de 205 km, a rede é composta por 4 linhas e serve 82 estações em 5 sub-regiões e 20 municípios nacionais, que contam com mais de 2,1 milhões de habitantes. O município de Vila Nova de Gaia conta com o maior número de paragens dentro do seu município, tendo 9 estações ou apeadeiros. A seguir são os municípios de Famalicão e Guimarães com 7 estações ou apeadeiros, Valongo, Braga e Paredes com 6 estações ou apeadeiros e Penafiel e Ovar com 5 estações ou apeadeiros.

Os municípios com serviços dos comboios urbanos do Porto
Município Linha Paragens Habitantes

(2021)

Sub-região
Porto Braga, Guimarães, Marco, Aveiro 3 231.962 AM do Porto
Gondomar Braga, Guimarães, Marco 1 164.255 AM do Porto
Maia Braga, Guimarães, Marco 3 134.959 AM do Porto
Valongo Braga, Guimarães, Marco 6 94.697 AM do Porto
Trofa Braga, Guimarães 3 38.317 AM do Porto
Famalicão Braga, Guimarães 7 133.574 Ave
Barcelos Braga 1 116.777 Cávado
Braga Braga 6 193.333 Cávado
Santo Tirso Guimarães 2 67.785 AM do Porto
Vizela Guimarães 1 23.901 Ave
Guimarães Guimarães 7 156.849 Ave
Paredes Marco 6 84.414 AM do Porto
Penafiel Marco 5 69.63 Tâmega e Sousa
Lousada Marco 2 47.401 Tâmega e Sousa
Amarante Marco 2 52.119 Tâmega e Sousa
Marco de Canaveses Marco 2 49.546 Tâmega e Sousa
Vila Nova de Gaia Aveiro 9 304.149 AM do Porto
Espinho Aveiro 3 31.027 AM do Porto
Ovar Aveiro 5 54.976 Região de Aveiro
Estarreja Aveiro 4 26.224 Região de Aveiro
Aveiro Aveiro 2 80.978 Região de Aveiro
21 Municípios 4 Linhas 82 2.156.873 5 Sub-regiões

LinhasEditar

Linha de BragaEditar

A Linha de Braga liga o centro do Porto com a cidade de Braga, passando pelas cidades de Trofa e Famalicão, tendo um cumprimento de 56,5 km e servindo 28 estações, ligando as duas cidades entre 50min e 1h20min. A linha atravessa as sub-regiões da Área Metropolitana do Porto, Ave e Cávado e liga os municípios de:

Atravessa 8 municípios, servindo mais de 1,1 milhões de habitantes nesses municípios.

TrajetoEditar

 Editar

 Porto-São Bento
 Porto-Campanhã
 Contumil
 Rio Tinto
 Palmilheira
 Ermesinde
 Travagem
 Leandro
 São Frutuoso
 São Romão
 Portela
 Trofa
 Lousado
 Esmeriz
 Barrimau
 Famalicão
 Mouquim
 Louro
 Nine
 Couto de Cambeses
 Arentim
 Ruilhe
 Tadim
 Aveleda
 Mazagão
 Ferreiros
 Braga

Linha de GuimarãesEditar

A Linha de Guimarães liga o centro do Porto com a cidade de Guimarães, passando pelas cidades de Trofa, Famalicão, Santo Tirso e Vizela, tendo um cumprimento de 58,3 km e servindo 24 estações, ligando as duas cidades entre 1h03min e 1h29min. A linha atravessa as sub-regiões da Área Metropolitana do Porto e do Ave e liga os municípios de:

Atravessa 9 municípios, servindo mais de 1 milhão de habitantes nesses municípios.

TrajetoEditar

 Editar

 Porto-São Bento
 Porto-Campanhã
 Contumil
 Rio Tinto
 Palmilheira
 Ermesinde
 Travagem
 Leandro
 São Frutuoso
 São Romão
 Portela
 Trofa
 Lousado
 Santo Tirso
 Caniços
 Vila das Aves
 Giesteira
 Lordelo
 Cuca
 Pereirinhas
 Vizela
 Nespereira
 Covas
 Guimarães

Linha de MarcoEditar

A Linha de Marco liga o centro do Porto com a cidade de Marco de Canaveses, passando pelas cidades de Penafiel, Paredes e Valongo, tendo um cumprimento de 62,6 km e servindo 27 estações, ligando as duas cidades entre 1h10min e 1h22min. A linha atravessa as sub-regiões da Área Metropolitana do Porto e do Tâmega e Sousa e liga os municípios de:

Atravessa 9 municípios, servindo mais de 900 mil habitantes nesses municípios.

TrajetoEditar

 Editar

 Porto-São Bento
 Porto-Campanhã
 Contumil
 Rio Tinto
 Palmilheira
 Ermesinde
 Cabeda
 Suzão
 Valongo
 São Martinho do Campo
 Terronhas
 Trancoso
 Recarei-Sobreira
 Parada
 Cête
 Irivo
 Oleiros
 Paredes
 Penafiel
 Bustelo
 Meinedo
 Caíde
 Oliveira
 Vila Meã
 Recesinhos
 Livração
 Marco de Canaveses

Linha de AveiroEditar

A Linha de Aveiro liga o centro do Porto com a cidade de Aveiro, passando pelas cidades de Vila Nova de Gaia, Espinho, Ovar e Estarreja, tendo um cumprimento de 65,9 km e servindo 25 estações, ligando as duas cidades entre 1h19min e 1h49min. A linha atravessa as sub-regiões da Área Metropolitana do Porto e de Região de Aveiro e liga os municípios de:

Atravessa 6 municípios, servindo mais de 700 mil habitantes nesses municípios.

TrajetoEditar

 Editar

 Porto-São Bento
 Porto-Campanhã
 General Torres
 Vila Nova de Gaia
 Coimbrões
 Madalena
 Valadares
 Francelos
 Miramar
 Aguda
 Granja
 Espinho
 Silvalde
 Paramos
 Esmoriz
 Cortegaça
 Carvalheira-Maceda
 Ovar
 Válega
 Avanca
 Estarreja
 Salreu
 Canelas
 Cacia
 Aveiro

PassageirosEditar

Entre 2006 e 2011 registou-se um aumento de mais de 3 milhões de passageiros usarem os serviços urbanos, crescendo de 18 milhões de passageiros em 2005 para 21 milhões de passageiros em 2011. A partir daí, o número de passageiros baixo para um mínimo de 19 milhões em 2013 por causa da crise financeira, tendo o governo português reduzido o financiamento dos serviços urbanos e daí reduzido os horários das circulações dos comboios.

De 2013 até 2019 o número de passageiros voltou a crescer em perto de 5 milhões, de 19 milhões em 2013 para quase 24 milhões em 2019. Por causa da pandemia COVID-19 e as restrições de circulação, o número de passageiros baixou drásticamente para 11,7 milhões de passageiros em 2020 e 13,7 milhões em 2021.

Já no primeiro primeiro semestre de 2022, o número de passageiros bateu o recorde de 10 milhões e superou os números de 2019, antes da pandemia.

Número de passageiros transportados nos comboios urbanos do Porto
Anos 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021
Passageiros

(em milhões)

18 18,7 19,9 20,5 21,1 21 19,4 19 19,6 20,1 20,8 21,6 21,9 23,7 11,7 13,7
Fonte [4] [4] [5] [6] [7] [8] [9] [10] [11] [12] [13] [14] [15] [16] [17] [18]


CP Urbanos do Porto

(Serv. ferr. suburb. de passageiros no Grande Porto)
Serviços:   Aveiro  Braga
  Marco de Canaveses  Guimarães


(b) Ferreiros 
     
 Braga (b)
(b) Mazagão 
     
 Guimarães (g)
(b) Aveleda 
     
 Covas (g)
(b) Tadim 
     
 Nespereira (g)
(b) Ruilhe 
     
 Vizela
(b) Arentim 
     
 Pereirinhas (g)
(b) Cou.Cambeses 
     
 Cuca (g)
(m)(b) Nine 
     
 Lordelo (g)
(m) Louro 
     
 Giesteira (g)
(m) Mouquim 
     
 Vila das Aves (g)
(m) Famalicão 
     
 Caniços (g)
(m) Barrimau 
         
 Santo Tirso (g)
(m) Esmeriz 
 
 
 
   
 Cabeda (d)
(m)(g) Lousado   Suzão (d)
(m) Trofa   Valongo (d)
(m) Portela   S. Mart. Campo (d)
(m) São Romão   Terronhas (d)
(m) São Frutuoso   Trancoso (d)
(m) Leandro   Rec.-Sobreira (d)
(m) Travagem   Parada (d)
(m)(d) Ermesinde   Cête (d)
(m) Palmilheira 
 
 
 
     
 Irivo (d)
(m) Águas Santas 
 
 
 
     
 Oleiros (d)
(m) Rio Tinto   Paredes (d)
(m) Contumil 
       
 
 
 Penafiel (d)
(n)(m) P.-Campanhã   
(m) P.-São Bento 
     
 
       
 
(n) General Torres 
     
 
 
 Bustelo (d)
(n) Gaia 
 
 
     
 Meinedo (d)
(n) Coimbrões 
         
 Caíde (d)
(n) Madalena 
         
 Oliveira (d)
(n) Valadares 
         
 Vila Meã (d)
(n) Francelos 
         
 Livração (d)
(n) Miramar 
         
 Recesinhos (d)
(n) Aguda 
         
 M.Canaveses (d)
(n) Granja 
         
 Aveiro (n)
(n) Espinho 
         
 Cacia (n)
(n) Silvalde 
         
 Canelas (n)
(n) Paramos 
         
 Salreu (n)
(n) Esmoriz 
         
 Estarreja (n)
(n) Cortegaça 
         
 Avanca (n)
(n) Carv.-Maceda 
         
 Válega (n)
(n) Ovar 
         
 
CP Urbanos do Porto em 2011-2019

(Serv. ferr. suburb. de passageiros no Grande Porto)
Serviços:   Aveiro  Braga
  Caíde  Guimarães


(b) Ferreiros 
 
 
   
 Braga (b)
(b) Mazagão 
     
 Guimarães (g)
(b) Aveleda 
     
 Covas (g)
(b) Tadim 
     
 Nespereira (g)
(b) Ruilhe 
     
 Vizela
(b) Arentim 
     
 Pereirinhas (g)
(b) Cou.Cambeses 
     
 Cuca (g)
(m)(b) Nine 
     
 Lordelo (g)
(m) Louro 
     
 Giesteira (g)
(m) Mouquim 
     
 Vila das Aves (g)
(m) Famalicão 
     
 Caniços (g)
(m) Barrimau 
     
 Santo Tirso (g)
(m) Esmeriz 
 
 
 
   
 Cabeda (d)
(m)(g) Lousado   Suzão (d)
(m) Trofa   Valongo (d)
(m) Portela   S. Mart. Campo (d)
(m) São Romão   Terronhas (d)
(m) São Frutuoso   Trancoso (d)
(m) Leandro   Rec.-Sobreira (d)
(m) Travagem   Parada (d)
(m)(d) Ermesinde   Cête (d)
(m) Palmilheira 
 
 
 
     
 Irivo (d)
(m) Águas Santas 
 
 
 
     
 Oleiros (d)
(m) Rio Tinto   Paredes (d)
(m) Contumil 
       
 
 
 Penafiel (d)
(n)(m) P.-Campanhã   
(m) P.-São Bento 
     
 
       
 
(n) General Torres 
     
 
 
 Bustelo (d)
(n) Gaia 
 
 
     
 Meinedo (d)
(n) Coimbrões 
         
 Caíde (n)
(n) Madalena 
         
 Aveiro (n)
(n) Valadares 
         
 Cacia (n)
(n) Francelos 
         
 Canelas (d)
(n) Miramar 
         
 Salreu (d)
(n) Aguda 
         
 Estarreja (d)
(n) Granja 
         
 Avanca (n)
(n) Espinho 
         
 Válega (n)
(n) Silvalde 
         
 Ovar (n)
(n) Paramos 
         
 Carv.-Maceda (n)
(n) Esmoriz 
         
 Cortegaça (n)
 
         
 
CP Urbanos do Porto em 2009–2011

(Serv. ferr. suburb. de passageiros no Grande Porto)
Serviços:   Aveiro  Braga
  Caíde  Guimarães  Leixões


(b) Ferreiros 
   
 
   
 Braga (b)
(b) Mazagão 
       
 Guimarães (g)
(b) Aveleda 
       
 Covas (g)
(b) Tadim 
       
 Nespereira (g)
(b) Ruilhe 
       
 Vizela
(b) Arentim 
       
 Pereirinhas (g)
(b) Cou.Cambeses 
       
 Cuca (g)
(m)(b) Nine 
       
 Lordelo (g)
(m) Louro 
       
 Giesteira (g)
(m) Mouquim 
       
 Vila das Aves (g)
(m) Famalicão 
       
 Caniços (g)
(m) Barrimau 
       
 Santo Tirso (g)
(m) Esmeriz 
   
 
 
   
 Cabeda (d)
(m) Lousado 
         
 
 Suzão (d)
(m) Trofa 
         
 
 Valongo (d)
(m) Portela 
         
 
 S. Mart. Campo (d)
(m) São Romão 
         
 
 Terronhas (d)
(m) São Frutuoso 
         
 
 Trancoso (d)
(m) Leandro 
         
 
 Rec.-Sobreira (d)
(m) Travagem 
             
 Parada (d)
(m)(d)(j) Ermesinde 
             
 
 Cête (d)
(j)(x) São Gemil 
 
 
 
 
 
 
 
 Palmilheira (m)
(x) Hosp. S. João 
 
 
 
 
 
 
 Águas Santas (m)
(x) S. Ma. Infesta   Rio Tinto (m)
(x) Arroteia   Contumil (m)(x)
Leça Balio   P.-Campanhã (n)(m)
(x) Leixões 
     
 
     
 P.-São Bento (m)
(n) General Torres 
     
 
 Irivo (d)
(n) Gaia 
 
 
   
 Oleiros (d)
(n) Coimbrões 
       
 Paredes (d)
(n) Madalena 
       
 Penafiel (d)
(n) Valadares 
       
 Bustelo (d)
(n) Francelos 
       
 Meinedo (d)
(n) Miramar 
       
 Caíde (d)
(n) Aguda 
       
 Aveiro (d)
(n) Granja 
       
 Cacia (n)
(n) Espinho 
       
 Canelas (n)
(n) Silvalde 
       
 Salreu (n)
(n) Paramos 
       
 Estarreja (n)
(n) Esmoriz 
       
 Avanca (n)
(n) Cortegaça 
       
 Válega (n)
(n) Carv.-Maceda 
       
 Ovar (n)
 
       
 

FrotaEditar

  • 34 Unidades Múltiplas Elétricas da série UME3400 (Bombardier) de 4 carruagens cada.

Estiveram igualmente ao serviço da CP Porto, 8 Unidades Triplas Elétricas da série UTE2240, que foram realocadas à CP Regional. No entanto esta série ainda efetua regularmente serviços urbanos na Linha de Aveiro.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Jorge Lopes: CP Porto sem comboios para tanta procura, Jornal de Notícias, 15. Januar 2010
  2. CP - Comboios de Portugal. «Horários Porto-Ermesinde-Leixões» (PDF). Consultado em 2 de Janeiro de 2010. Arquivado do original (PDF) em 22 de novembro de 2009 
  3. Comboio-suburbano-chega-domingo ao Marco de Canaveses Jornal de Notícias (2019.07)[ligação inativa]
  4. a b «Relatório e Contas CP 2006» (PDF). CP - Caminhos de Ferro Portugueses, E.P. 2006. Consultado em 18 de Dezembro de 2017 
  5. «Relatório e Contas CP 2008» (PDF). CP - Caminhos de Ferro Portugueses, E.P. 2008. Consultado em 18 de Dezembro de 2017 
  6. «Relatório e Contas CP 2009» (PDF). CP - Comboios de Portugal, E.P.E. 2009. Consultado em 18 de Dezembro de 2017 
  7. «Relatório e Contas CP 2010» (PDF). CP - Comboios de Portugal, E.P.E. 2010. Consultado em 18 de Dezembro de 2017 
  8. «Relatório e Contas CP 2011» (PDF). CP - Comboios de Portugal, E.P.E. 2011. Consultado em 18 de Dezembro de 2017 
  9. «Relatório e Contas CP 2012» (PDF). CP - Comboios de Portugal, E.P.E. 2012. Consultado em 18 de Dezembro de 2017 
  10. «Relatório e Contas CP 2013» (PDF). CP - Comboios de Portugal, E.P.E. 2013. Consultado em 18 de Dezembro de 2017 
  11. «Relatório e Contas CP 2014» (PDF). CP - Comboios de Portugal, E.P.E. 2014. Consultado em 18 de Dezembro de 2017 
  12. «Relatório e Contas CP 2015» (PDF). CP - Comboios de Portugal, E.P.E. 2015. Consultado em 18 de Dezembro de 2017 
  13. «Relatório e Contas CP 2016» (PDF). CP - Comboios de Portugal, E.P.E. 2016. Consultado em 18 de Dezembro de 2017 
  14. Portugal, Comboios de. «CP transportou 122 milhões de passageiros em 2017». CP.PT | Comboios de Portugal (em inglês). Consultado em 7 de fevereiro de 2018 
  15. «Relatório e Contas CP 2018» (PDF). CP - Comboios de Portugal, E.P.E. 2019. Consultado em 26 de Maio de 2019 
  16. Comboios de Portugal, CP (2019). «Relatório e Contas 2019» (PDF) 
  17. Comboios de Portugal, CP (2020). «Relatório e Contas 2020» (PDF) 
  18. Comboios de Portugal, CP (2021). «Relatório e Contas 2021» (PDF) 
  • SERRÃO, Joel, Dicionário da História de Portugal, Livraria Felgueiras, Porto, 1981
  • VÁRIOS, O Caminho de Ferro Revisitado, Edições CP, Lisboa, 1996
  • Revista CONHECER nº17, de Abril de 2004
  • A Terra como destino, brochura institucional editada pelo Gabinete de Marketing e Imagem da CP, Lisboa, Julho de 2002

Ligações externasEditar