Abrir menu principal

Melhor Humorista MasculinoEditar

Melhor Filme SeriadoEditar

Melhor CantoraEditar

Pessoa do AnoEditar

Melhor Programa InfantilEditar

Melhor Humorista FemininaEditar

Melhor ApresentadorEditar

Melhor Programa de EntrevistasEditar

Melhor Locutor EsportivoEditar

Melhor ComercialEditar

Melhor Programa HumorísticoEditar

Melhor Programa JornalísticoEditar

Melhor MúsicaEditar

Melhor Apresentador de TelejornalEditar

Melhor Desenho AnimadoEditar

Melhor Programa de AuditórioEditar

Melhor JuradoEditar

Melhor NovelaEditar

Melhor AtrizEditar

Melhor AtorEditar

Melhor AnimadorEditar

Melhor CantorEditar

Canal de TV do AnoEditar

InformaçõesEditar

  • O prêmio de Revelação do Ano foi modificado para "Pessoa do Ano", uma alusão ao semelhante dado pela revista Time, que anualmente mostra as personalidades - nem sempre são pessoas - que se destacaram em cada ano. O nome continuaria até a edição de 1992, quando no ano seguinte, voltou a ter o nome original.
  • Essa edição é marcada por ter tido a indicação da telenovela mexicana Os Ricos Também Choram, transmitida pela TVS (atual SBT) em 1982. Além de ser a primeira novela mexicana a ser transmitida pela emissora, é também a primeira de três novelas não brasileiras a ser indicada ao prêmio. A segunda foi a também mexicana Carrossel, indicada em 1992 e a terceira foi a venezuelana Topázio indicada em 1993, ambas também transmitidas pelo SBT. Na época, Os Ricos Também Choram foi um grande sucesso no Brasil a ponto de fazer a protagonista da trama, Verónica Castro, visitar o país. Porém durante a premiação, a indicação da novela foi bastante criticada pelos jurados, o que acabou resultando a vitória da novela da Rede Globo, Elas por Elas.

Emissoras premiadasEditar

Emissora Número de prêmios
Rede Globo 8
TVS 5
Rede Bandeirantes 3
RecordTV 1

Ligações externasEditar