Abrir menu principal

Wikipédia:Esplanada/Arquivo/2007/Agosto

Nuvola apps ark.png
Arquivos da Esplanada

Índice

AnúnciosEditar

Academia da Wiki na AlemanhaEditar

On August 24th and 25th, 2007. The conference will focus on the humanities in Wikipedia, aiming for a dialogue between researchers and Wikipedians. The Wikipedia Academy will be sponsored by the German Ministry for Education and Research. The conference will be opened by Doris Ahnen, Minister of Education, Research, Youth und Culture in Rhineland-Palatinate, Germany, and Elke Lütjen-Drecoll, President of the Academy of Sciences and Literature. A price, the "Johann Heinrich Zedler Medal" will be awarded. Wikimedia Deutschland and the Mainz Academy of Sciences and Literature award this prize for an outstanding encyclopedia article in the area of the humanities. The Zedler Medal comes with 3,000 Euro and is sponsored by the German scientific journal "Gehirn&Geist". The selection jury consists of seven renowned scientists.

A notícia completa em inglês aqui! Patrocinada pelo próprio governo... Eduardo 12h00min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)

Wikimania em HKEditar

A quem interessar possa, aí vai o link para as notícias sobre o Wikimania que está ocorrendo em Hong Kong agora: http://en.wikizine.org Mschlindwein msg 17h14min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Hong Kong não, é em Taiwan! xD --Waldir msg 22h41min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Problemas com as páginasEditar

Não consigo a um bom tempo abrir minhas páginas de Discussão nem minha página de usuário aqui na Wikipédia, tanto no Firefox quanto no Internet Explorer. Quando tento entrar, as páginas estão totalmente em branco. Gostaria de saber se é um problema "passageiro". Obrigado Rodrigo123456 18h12min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Tentei entrar, também, na página de usuário e na de discussão, e realmente, parece um bug do sistema. Como não sou expert no assunto, deixo apenas o meu registro. Alex Pereirafalaê 18h24min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)
No meu caso a página de usuário aparece normalmente, entretanto a página de discussão vem em branco. Como fazemos para informar os bugs do sistema? para quem devemos informar essas coisas? --girino 18h31min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Hi... minha página de usuário também está em "branco", ou melhor não aparece nada. --Reynaldo Avaré Msg 18h40min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

O Lijealso já está resolvendo. Alex Pereirafalaê 19h14min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Fiz umas alterações nas 4 páginas indicadas. Já consigo aceder a todas. Curioso é que se for ao histórico, as versões mais antigas continuam inacessíveis.

PS.: Nas discussões retirei o código da mensagem de boas-vindas e na páginas de usuário retirei a predef. Maiores wikipédias. Lijealso ? 19h16min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Numa parte, já descobri que há problemas em Predefinição:Wikipédias com mais artigos. Como não tenho todos esses conhecimentos, vale a pena alguém que entenda dar uma olhada nos comandos. É bug, mas não consegui descobrir onde... Alex Pereirafalaê 19h27min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

http://pt.wikipedia.org/wiki/Predefini%C3%A7%C3%A3o:Maiores_Wikipedias

também não consigo aceder. Lijealso ? 19h28min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu também estou tendo o mesmo problema. Minha página de usuário está aparecendo totalmente em branco. Como sou paranóico, a primeira coisa que pensei foi que fosse sabotagem de alguém, mas pode muito bem ser um bug do sistema. Luiz Netto 19h30min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Coloquei um subst na frente da predefinição e deu certo, como visto aqui. Alex Pereirafalaê 19h33min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

O Rei-artur fez limpeza na predef. e já é acessível edições antigas dos históricos. Por resolver é a situação nas páginas de discussão. Será que é da predef. de boas-vindas? Lijealso ? 19h38min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Curioso, na predefinição:Bem vindo

http://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Predefini%C3%A7%C3%A3o:Bem_vindo&action=history

A última versão é acessível, até a Maio 15, 2006, onde deixa de ser. Daí para baixo, há um intervalo de edições também não acessíveis , até que a partir de certa edição passa novamente a ser. Lijealso ? 19h48min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Mas nessas edições não acessíveis é possível visualizar o conteúdo e editar o código se tiverem popups instalados. Experimentem lá... o_O PatríciaR msg 19h56min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)
Certo. Eu por acaso não usei os popups, mas coloquei o endereço directamente na barra de endereço. Experimenta agora tentar ver um diferencial de edições (naquelas que não são acessíveis directamente no histórico). Lijealso ? 20h01min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)
Este diff, por ex., não dá nada. Lijealso ? 20h02min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)
Acho que descobri, indo em http://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Predefini%C3%A7%C3%A3o:Bem_vindo&action=edit&oldid=2073185. Parece ser problema de renderização com svg, mais especificadamente com a Imagem:English_language.svg. Lugusto 20h04min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)
Não, é algo por aqui, já que exatamente nessa imagem não aparece nem edição, nem diff, nem histórico, nem nada, mas no Commons sim Não, lá também deu o bug. Quem se habilita a ir ao bugzilla:? Lugusto 20h06min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

As edições inacessíveis vão de 27 de Dez 2005 a 19 de Julho de 2006. As duas páginas de discussão acima citadas com o problema, receberam as boas-vindas prcisamente nessa altura (não sei se terá ligação; ou se mais alguém que tenha recebido BVs nesse intervalos também tem esse problema). Lijealso ? 20h10min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Estou a tentar obter respostas de algum developer através do IRC, com sorte, alguém me responde... PatríciaR msg 20h36min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)
Encontrei alguns users que receberam BVs nesse intervalo e em que adiscussão também não está acessível.
Foi aberto um bug no bugzilla, agora é esperar. PatríciaR msg 21h21min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)
O problema foi resolvido! Não entendi nada do que escreveram no bugzilla, mas está tudo normalizado. PatríciaR msg 19h54min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)
Seguinte!. Lijealso ? 19h56min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)


Vem aí a Googlepédia?Editar

Deu na Revista Época (edição 480, de 30 de julho de 2007, pp. 76-77): o fa(c)to de que pesquisas no Google estarem cada vez mais retornando entradas da Wikipédia em primeiro lugar não seria mera coincidência (ou reflexo do crescimento da enciclopédia virtual). Apesar de Jimmy Wales negar a possibilidade e mesmo lançar algumas farpas contra o buscador, que compara a uma caixa-preta, a reportagem sugere que Wales, às voltas com a cada vez mais onerosa manutenção do banco de dados, acabará tendo que bater às portas da iniciativa privada. E, quem melhor que o Google para isso, já que o próprio mecanismo interno de busca da Wikipédia foi desenvolvido por ele? Naturalmente, a Wikipédia teria de aceitar publicidade em suas páginas, coisa que o Google já faz com bastante êxito. Isso parece impensável hoje em dia, mas... o futuro dirá.

Al Lemos 15h13min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)

P.S.: a Wikipédia já foi capa da Época. A matéria pode ser conferida aqui (com direito a foto do Indech :)

É natural que isto aconteça (IMHO). A menos que o Bill pare de ajudar os africanos e comece a ajudar os wikipedianos   Sladed 16h44min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)
  • O fato do Google retornar resultados da Wikipédia só demonstra que este é o sítio com mais conteúdo da Internet. Me espantaria muito se retornasse resultados da Revista Época. O resto é teoria da conspiração. Antes de entrar publicidade aqui, a Wikipédia já vai estar replicada em outro endereço e os colaboradores também.-- Jo Lorib d 08h59min de 5 de Agosto de 2007 (UTC)


Prestação de contas à comunidadeEditar

Gostaria de explicar a todos os procedimentos que estou adotando em vista do resultado da última eleição para o cargo de Burocrata na pt.wiki (aqui). De acordo com o dito na página dos Burocratas, o mandato do Indech como Burocrata expirou no dia 2 de agosto último (aqui), portanto, há 4 dias. Assim sendo, removi o status de Burocrata do usuário (Registo no MetaWiki). Mas notarão que não removi o seu status de CheckUser. Isto é em virtude da política da Fundação sobre CheckUser, que exige que existam, sempre, no mínimo 2 CheckUsers ativos em qualquer projeto que tenha CheckUsers permanentes. Ocorre que, enquanto não resolvemos a ativação da permissão para a Lusitana e para o Epinheiro, se o status do Indech fosse removido, restaria apenas um CheckUser no projeto (o Rei-artur). Assim sendo, o Indech manterá o status de CheckUser em caráter provisório, apenas até que a ativação da permissão para os Burocratas eleitos seja confirmada e efetivada. Nesta ocasião, em ato contínuo, eu ativarei as duas permissões e removerei a permissão do Indech, de acordo com o descrito na política da pt.wiki, que associa o status de Burocrata àquele de CheckUser. Redux 20h58min de 6 de Agosto de 2007 (UTC)

Dando seqüência à prestação de contas: o Epinheiro teve a permissão de CheckUser ativada hoje (Registo no MetaWiki). Assim sendo, removi a permissão do Indech, que já havia expirado, como explicado acima. Isto porque, com o Epinheiro ativo como CheckUser, já há o mínimo de 2 CheckUsers (ele e o Rei-artur). Quando a Lusitana tiver a permissão ativada, chegaremos ao limite de 3 CheckUsers no projeto. Redux 15h15min de 13 de Agosto de 2007 (UTC)

Diversão total, absoluta e completa!!Editar

Traduzi o ensaio w:en:Wikipedia:Enjoy yourself para Wikipedia:Divirta-se, recomenda-se a leitura! Eduardo 22h35min de 6 de Agosto de 2007 (UTC)

Diversão garantida, investimento mínimoEditar

Para compreender a grande engrenagem que faz o mundo girar! Eduardo 23h29min de 6 de Agosto de 2007 (UTC)
  • Parabéns Eduardo, ora aí estão duas páginas que já faziam falta. Muitos parabéns mesmo. Junto com a Wikipedia:Wikiamor, essas páginas deveriam ser lidas pelo menos uma vez ao dia! Parabéns pela iniciativa. BelanidiaMsg 23h46min de 6 de Agosto de 2007 (UTC)
Junto meus elogios aos da Belanidia. Parabéns ao Eduardo! --girino 00h08min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)
Junto, com muita vergonha, os meus elogios (tão facil de traduzir, tão difícil de praticar :) --Rmbr 00h33min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)
Como dizem os Alcoólicos Anônimos, o primeiro passo é admitir. --girino 00h41min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)

Parabéns! Coisas boas são sempre bem vindas. Peço que analisem o meu Usuário:FML/Facilite o consenso e opinem na página de discussão. abraço! Lipe FML 01h49min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)

BurocrataEditar

Olá a todos! Devido à falta de tempo para seguir todas as infindáveis discussões nesta Wikipédia, devido à falta de paciência que começo a sentir para aturar determinadas situações que se tornaram comuns e devido ao facto de já não escrever artigos há muito tempo, escolhi abdicar do estatuto de burocrata. Lamento imenso fazê-lo tão pouco tempo após a votação e agradeço muito o voto de confiança dos que votaram em mim, mas a decisão foi pensada e considero-a a melhor (pelo menos para mim). Evidentemente estarei em exercício de funções até ser votado um novo burocrata (na minha opinião este novo mandato poderá terminar na mesma em Agosto de 2008 para mantermos as 2 votações por ano). Beijinhos e abraços Lusitana 09h51min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

ReconsidereEditar

Cara Lusitana, os motivos que parecem estar na origem da sua desistência não existem por acaso. Eles são resultado de uma atitude dúbia da comunidade em relação a uma série de atitudes e situações. A resposta não é desistir. Se todas as pessoas que consideram absurdas as recentes discussões causadas pelo Machocarioca, pelo Rui Resende e companhia se demitirem, a Wikipédia ficará definitivamente entregue à tolice e à adolescência. A resposta é mudar as atitudes e, sobretudo, melhorar as regras.

  • A proposta de desnomeação do JSSX nunca deveria ter existido. Como é que um administrador pode ser desnomeado por abuso ao aplicar um bloqueio, se esse bloqueio não foi previamente considerado um abuso? Tal como disse em Wikipedia Discussão:Pedidos de administração#Processo de desnomeação, temos de criar regras para os processos de desnomeação que os tornem mais eficazes quando valerem a pena e menos fáceis de serem usados para o enxovalho, como tem acontecido.
  • Os processos de desnomeação do JSSX, isto é, a forma dúbia como a comunidade agiu ao tê-los permitido, deram força ao Rightsideclub e ao seu fantoche Rui Resende, que se passeiam impunes, arrogantes e ruidosos pela wikipédia, mesmo depois de o JSSX ter apresentado provas da relação entre as contas. Temos de implementar os mesmos mecanismos que permitem à wikipédia anglófona resolver estes problemas. Eu não quis fazer isso em Agosto, mas, de facto, isto já está a ir longe demais.

Cara Lusitana, tendo isto em conta, peço-lhe que reconsidere. Está em curso um violentíssimo ataque, com várias origens, à Wikipédia lusófona e à sua ordem democrática. Todos sabem que tenho uma posição extremamente crítica quanto ao que essa ordem é e quanto à qualidade da informação que cria. Mas este ataque não tem qualquer objectivo de melhorar a situação, ele pretende unicamente fazer recuar ainda mais o projecto até à idade da pedra, em que cada um pode fazer o que bem lhe passar pela cabeça e em que manda quem mais grita e reverte.

A hora é de firmeza e de caminhar para a melhoria das regras, não é de neutralidades e de relativismos. A hora é de firmeza, não é de dúvidas nem de desistências. Reconsidere a sua posição, por favor. Abraço, Ozalid 12h58min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Creio que a Lusitana tem sido impecável como burocrata e sou totalmente contra a sua resignação. E mais acrescento: um burocrata não é obrigado a ler toda a patetice que é escrita na esplanada. Sei que há muita gente contra o meu ignore mode, mas ataques feitos por gente que praticamente não tem feito nada pela Wikipédia a utilizadores que dão couro e cabelo ao projecto têm de ser, realmente, tratados com o mais solene desprezo. A Lusitana, apesar de não seguir à letra a ideia do ignore mode, tem sido sempre ponderada, educada, incisiva - e, acima de tudo, sempre senhora de bom senso (coisa que falta muito por aqui). Perdê-la como burocrata só tem uma vantagem (tentadora, admito): ela passará a ter mais tempo para dedicar à escrita e organização de artigos, coisa que faz de forma excelente. Manuel Anastácio 13h35min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

(conflito de edições) :Estamos todos fartos desta CAMBADA ! (considerem insulto se o desejarem !, mas ninguém me tira a ideia de que são mesmo uma GRANDE CAMBADA DE ARRUACEIROS !!), não posso admitir que uns tantos usuários com as suas infantilidades (novamente considerem insulto se o desejarem), dêem cabo deste projecto, e provoquem o afastamento ou semiafastamento da wikipédia dos melhores usuários. Isto tem de acabar definitivamente, doa a quem doer.--João Carvalho deixar mensagem 13h36min de 27 de Agosto de 2007 (UTC) À Lusitana só posso dizer isto: Estamos contigo e por favor, não desitas. Não te demitas !. Vamos em frente! Temos que vencer esta batalha. Eu só posso é pedir desculpa de me ter afastado de algumas discussões, para as quais perdi mesmo a paciência. Mas estou à disposição de ir à luta se reconsiderares a tua posição. --João Carvalho deixar mensagem 13h36min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Caros amigos:
Deixem-me juntar a minha voz ao apelo para que a Lusitana reconsidere. Com a saída dos cargos administrativos de comprovados wikipedistas, pioneiros e defensores incontestáveis deste projecto, todos ficamos mais pobres. E desistindo os melhores, quem nos resta? Subscrevo as opiniões dos colegas precedentes no receio de que este projecto fique cada vez mais entregue a arruaceiros e criancinhas. Faço este apelo de consciência tranquila, apesar do caso que me envolveu recentemente. O resultado não me impediu de continuar a lutar por este projecto, mas reconheço que alguém de carácter tem de ocupar os cargos administrativos pois a alternativa é deprimente. Aqui fica portanto a minha homenagem à Lusitana e o apelo a que reconsidere. Steelman MSG 13h51min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)
Se sai a Susana saimos todos. Eu também ando farto de saber que hienas são animais que riem e de artigos sobre astronautas. Que não se combata nenhum vandalismo e ataquem quem o faz, que se coloquem todas as imagens da internet aqui, que se dê docinhos a boca de garotos mimados. Basta já! -- Jo Lorib d 13h57min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)
Não gosto nada de desistências nem destas situações que parecem estar a apelar a algum apoio ou a chamar a atenção, acreditem que não é o caso. Deixei a minha mensagem convicta que não voltaria atrás. Mas pronto, aceito os argumentos e reconsidero, não batam mais no ceguinho... Também não há de ser nada do outro mundo. Lá vou ter de arranjar tempo para artigos de outra maneira. Só vos digo isto (para depois não se admirarem), o meu ignore mode estendeu-se a tolerância zero. Agradeço os comentários, mas peço-vos só para não continuarem para não perdermos mais tempo com isto. Ufa... Lusitana 14h01min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Peço desculpa de não obedecer à Lusitana, mas tenho mesmo de fazer um comentário: "UFA !" A união faz a força. he he he.--João Carvalho deixar mensagem 14h37min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Já chego tarde, mas fico contente por saber que a Lusitana reconsiderou. João Sousa msg 15h52min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Cara Lusitana, não se preocupe: um burocrata não precisa resolver todos os problemas, nem mesmo participar de discussões que não considera relevante. Aliás, é até positivo também que um burocrata fique afastado dos conflitos, principalmente os menos relevantes. Ser "burocrata" significa apenas que a pessoa tem bastante confiança da comunidade como um todo, pois nas suas mãos estão ferramentas capaz de dar e retirar o status de sysop de qualquer um. E, se temos confiança, fique tranqüila, faça o trabalho que gosta de fazer e esqueça as tarefas administrativas. Também fico feliz que tenha reconsiderado; quando era novato, lembro-me que você era um exemplo a ser seguido. Continue fazendo o que melhor sabe fazer! Lipe FML 19h37min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

PropostasEditar

GeralEditar

Usuário usuárioEditar

  • Penso que a wikipedia não deveria permitir esta userbox, a comunidade tem uma posição? Pelagio 02h16min de 22 de Julho de 2007 (UTC)

Wikipédia:Userbox/Usuário


Eu penso que as userboxes deveriam ser criadas no domínio das páginas de usuários como, por exemplo {{Usuário:Giro720/xxx}}. Assim, cada usuário seriam responsáveis por suas userboxes, tal como já são responsáveis pela subpáginas e página principal (de utilizador). E apenas userboxes referentes ao projetos ficariam no domínio Wikipedia. Talvez isso amenizasse o problema de userboxes polêmicas.

Em particular, se isso não for crime, não me incomodo com tal userboxes, mas me incomoda ela ficar no domínio que em está. Giro720 02h48min de 22 de Julho de 2007 (UTC)

Ena ...! De novo este assunto! Comente, comentem ...! Quem sabe desta vez acontece alguma coisa! Não estou criticando ...!   BelanidiaMsg 08h43min de 22 de Julho de 2007 (UTC)
  • Uma coisa é um burro comer grama... outra é gritar aos quatro ventos que faz isso. Aprovo quem proclama sua burrice... afinal, esconder pra quê? Sobretudo se for funcionário público, haurindo seus proventos do erário e repassando-o ao criminoso da esquina... nada mais legítimo... é o verdadeiro Apanágio das Alturas... Conhecer ¿Digaê 09h30min de 22 de Julho de 2007 (UTC)
  • Ps: desculpem, eu pensei que aquilo era grama... mas é mato do mesmo jeito... Conhecer ¿Digaê 09h32min de 22 de Julho de 2007 (UTC)
ehehe!... Acho que já consegui perceber a userbox... Esta devia ser banida do sistema. Isto não é coisa que se faça na wiki, sem querer ser moralista... Tiago Vasconcelos 12h03min de 22 de Julho de 2007 (UTC)
Não tenho nenhum interesse em userboxes, mas acho que eles tem uma grande importancia pra parte comunitária e social da wiki. Portanto não vejo problema em usa-los e não vejo beneficios em proibí-los. Quanto ao hosteamento deles, não entendo o grande dilma. Se acham que não deveria ficar no domínio Wikipedia por considerar que comprometem a wiki, que se crie um domínio Userbox: Agora o moralismo impresso pelo Conhecer é realmente mto interessante. O fato de um indíviduo experimentar com substancias diferentes das que você usa, te encomoda? Ou é o fato de você acreditar que ele "paga pelas balas de criminosos que matam inocentes"? Você compra a propaganda do governo também? Porque se for o caso, você deveria considerar que todos nós partilhamos coletivamente dessa dívida (pra você ou karma para outros), quando nossa sociedade é hipócrita o bastante pra proibir a ganja e permitir a cana. Pense nisso. --Rmbr 18h32min de 22 de Julho de 2007 (UTC)

Apesar de a minha opinião ser diferente de muitos dos usuários da wikipédia, eu continuo a dizer que as userbbox não deviam existir, mas rendo-me à opinião da maioria e por isso acho que não vale a pena discutir o assunto novamente, porque é perca de tempo.--João Carvalho deixar mensagem 13h56min de 22 de Julho de 2007 (UTC)

Prática e defesa da liberação da práticaEditar

Acho que a questão é bem objetiva e não tem nada de ideológico. É legal ou é ilegal. Se for ilegal vai ser admitido na wikipedia?

São coisas distintas voce praticar um ilícito e outra voce defender que certa prática passe a ser autorizada. Por exemplo, na Wikipedia somos muito rigorosos com VDA e não admitimos o "Fair Use", porque são ilegais. Uma coisa é você ter uma userbox dizendo "eu sou a favor do fair use" e outra coisa é você ter uma userbox dizendo "eu pratico VDA" ou "este usuário é um infrator contumaz das leis de trânsito" ou "é um sonegador de impostos assumido", etc.

No caso de usuário de drogas, (pessolmente ninguém tem nada a ver com a vida pessoal de cada um, mas também não é tudo da vida pessoal que tem de vir para a wikipedia), o problema de ter ou não a userbox confessando publicamente o ilícito é que se usa a Wikipédia para dizer ao mundo que descumpre a lei, o que pode ser entendido também como apologia do ilícito também.

O Orkut foi submetido a uma investigação pelo MP por causa de páginas pedófilas e foi obrigado a fornecer os dados dos usuários. Em geral o usuário de drogas está na ponta inicial de qualquer investigação sobre o seu eventual "fornecedor", daqui a pouco ocorre o mesmo com a wikipedia.

Não acho que seja bom para uma enciclopédia, para a sua imagem e crediblidade, que os editores tornem público através da própria enciclopédia as suas eventuais práticas ilegais, sejam quais forem. Melhor que façam isto nos seus blogs e sites particulares e assumam as eventuais consequências patrimoniais ou civis e criminais sem dividí-las ou repassá-las para a enciclopédia. Pelagio 18h54min de 22 de Julho de 2007 (UTC)

Concordo com a sua opinião, só gostaria de fazer uma pequena correção: o fair use não é ilegal. // Matheus Wahl // 12h44min de 8 de Agosto de 2007 (UTC)

LegislaçãoEditar

  • Encontrei o seguinte texto na internet:

Tráfico Ilícito de Drogas - Crimes - Lei n.11.343/2006.

Título III

Das Atividades de Prevenção do Uso Indevido, Atenção e Reinserção Social de Usuários e Dependentes de Drogas

Capítulo III

Dos Crimes e das Penas

Art. 27. As penas previstas neste Capítulo poderão ser aplicadas isolada ou cumulativamente, bem como substituídas a qualquer tempo, ouvidos o Ministério Público e o defensor.

Art. 28. Quem adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar será submetido às seguintes penas:

I - advertência sobre os efeitos das drogas;

II - prestação de serviços à comunidade;

III - medida educativa de comparecimento a programa ou curso educativo.

§ 1º Às mesmas medidas submete-se quem, para seu consumo pessoal, semeia, cultiva ou colhe plantas destinadas à preparação de pequena quantidade de substância ou produto capaz de causar dependência física ou psíquica.

§ 2º Para determinar se a droga destinava-se a consumo pessoal, o juiz atenderá à natureza e à quantidade da substância apreendida, ao local e às condições em que se desenvolveu a ação, às circunstâncias sociais e pessoais, bem como à conduta e aos antecedentes do agente.

§ 3º As penas previstas nos incisos II e III do caput deste artigo serão aplicadas pelo prazo máximo de 5 (cinco) meses.

§ 4º Em caso de reincidência, as penas previstas nos incisos II e III do caput deste artigo serão aplicadas pelo prazo máximo de 10 (dez) meses.

§ 5º A prestação de serviços à comunidade será cumprida em programas comunitários, entidades educacionais ou assistenciais, hospitais, estabelecimentos congêneres, públicos ou privados sem fins lucrativos, que se ocupem, preferencialmente, da prevenção do consumo ou da recuperação de usuários e dependentes de drogas.

§ 6º Para garantia do cumprimento das medidas educativas a que se refere o caput, nos incisos I, II e III, a que injustificadamente se recuse o agente, poderá o juiz submetê-lo, sucessivamente a:

I - admoestação verbal;

II - multa. Pelagio 18h54min de 22 de Julho de 2007 (UTC)

e este ainda:Editar

Dos Crimes Contra a Paz Pública

Incitação ao Crime

Art. 286 - Incitar, publicamente, a prática de crime:

Pena - detenção, de 3 (três) a 6 (seis) meses, ou multa

Apologia de Crime ou Criminoso

Art. 287 - Fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou de autor de crime:

Pena - detenção, de 3 (três) a 6 (seis) meses, ou multa.

  • Com a palavra os juristas.

Pelagio 18h54min de 22 de Julho de 2007 (UTC)

"Acho que a questão é bem objetiva e não tem nada de ideológico. É legal ou é ilegal. Se for ilegal vai ser admitido na wikipedia?"
Simplificar a questão desse jeito só serve a quem já se posicionou contrariamente quanto ao assunto.
Resumir uma questão de fundamento a uma jurídica, se valendo de argumentos legalistas já demonstra como a natureza dessa "Enciclopédia livre" mudou nos últimos 3 anos.
De nada interessa a legislação brasileira no funcionamento de uma enciclopédia internacional na Internet, que é colaborativamente editada por pessoas várias culturas e nacionalidades.
Quanto ao argumento técnico-legal (tá mais pra FUD pra mim) sobre os MP e os políticos achando que conseguem controlar a Internet (pra variar) ai vai:
  • O Fair use não é ilegal. "O fair use", pra quem conhece o termo através de uma ótica nativa, sabe que só porque a legislação americana teve a sabedoria de incluir esse direito de natureza em seu código legal, não significa que eles inventaram algo artificial, ou um conceito abstrato. O conceito de "direito autoral" e "propriedade intelectual" SIM que são criações modernas do estado de direito. Nunca nenhum índio processou outro por ter copiado uma nova técnica para aprumar flechas, ou por ter cantado uma canção que não compos em volta da fogueira da tribo sem autorização prévia.
  • Na legislação brasileira não existe lei que formalize o fair use, mas o uso justo é uma idéia que é geralmente aceita de qualquer maneira por toda a sociedade. E quanto à relevância das leis brasileiras, pergunte se um angolano honestamente se importa com o que diz a constituição brasileira no que diz respeito a cannabis. Não culpo eles, afinal nossa constituinte abrigou vários visionários republicanos da natureza daquele que acabou de trocar de lado lá na terra do Koehne.
  • Quanto a parte técnica é mais engraçado ainda. O MP brasileiro esta de mãos completamente atadas no que diz respeito a exigir dados da Wikipédia. Com o Orkut, que é controlado pela Google Inc., eles usaram de mto cotovelo político para convencer a Google ("do no evil"?) a entregar logs. Principalmente porque a Google era uma corporação e tem grande interesse em expandir seu mercado, se incorporando como empresa jurídica no Brasil (uma filial comercial já estava até aberta em SP na época).
Já o wikimedia foundation é registrado como organização sem fins lucrativos que responde e obedece apenas a legislação americana (e a mesma não contempla algums draconismos dos adevogados/legistas/moralistas brasileiros - sem querer defender os gringos).
Pra conseguir logs de IPs, (que pra quem conhece o projeto sabe que não são mantidos por muito tempo), eles teriam que acionar uma negociação internacional com o departamento de justiça americano. E se no pedido constar alguma incompatibilidade legislativa, como é no caso da apologia as drogas, então o governo brasileiro vai ter que simplismente baixar a bola e calar a boca.
É muito bom que os servidores estejam em sua maioria hosteados em Tampa, apesar que defendo que cada vez se descentralize mais a infra-estrutura da wiki. Esse caráter trans-nacional é a nossa unica defesa contra atentadas do tipo Daniela Cicarelli (alguém ainda se lembra) por parte do Brasil e outras agressões aos direitos cívicos cometidos por governos como o da Turquia, Iran, China... etc.
Só entrei a fundo nesse assunto porque eu estou cansado de ler gente alegando verdades-relativas sobre o assunto, sem entender bulhufas sobre o que realmente estão falando. Queria de vez poder desmascarar esse argumentos completamente falaciosos sobre fair-use, lei, e jurisdição. Mas acho que ainda não vai ser hoje... --Rmbr 21h36min de 22 de Julho de 2007 (UTC)
Não foi já eliminada por votação? [5]--João Carvalho deixar mensagem 23h30min de 23 de Julho de 2007 (UTC)
Já se passaram seis meses e a userbox pode ser novamente posta em votação. Eu já procedi com parte do procedimento para uma nova votação.--OS2Warp msg 00h21min de 24 de Julho de 2007 (UTC)
Não. A votação anterior manteve a userbox.--OS2Warp msg 00h22min de 24 de Julho de 2007 (UTC)
Tens razão OS2Warp! --João Carvalho deixar mensagem 11h56min de 24 de Julho de 2007 (UTC)

Com a palavra o moralistaEditar

Eu não quis sequer levantar a questão jurídica do tema... o problema é que todos nós (salvo raríssimas exce(p)ções, fazemos uso de substâncias que fazem mal à saúde. Poucas drogas têm o efeito nocivo do tabaco. Uma coisa, entretanto, é alguém ser dependente dessa droga - outra completamente diferente é fazer sua apologia - mesmo de forma capciosa ou subreptícia - como se se tratasse de algo bom ou positivo. Não é. E não há qualquer moralismo nisto.

Vejam, estou falando duma droga lícita. Não quero, como fumante, numa Enciclopédia que se pretende verídica, passar qualquer imagem positiva ou mesmo apática - posto que a idiotice dessa userbox específica deixa essa pseudo-singela imagem de que o usuário é um cara legal, então comer capim também - de que o meu vício possa remotamente ser positivo...

Porque não é. Mesmo, repito, sendo lícito.

Não cabe a ninguém aqui fazer propaganda de substância alguma. Seja ela uma reles cerveja, ou mesmo do cânhamo.

Porque não é verdade que esse uso seja bom. Todos temos nossos defeitos. Querer transformá-los em qualidades, apenas e tão-somente porque somos "gente boa", simpáticos, bons colaboradores, vai uma longa distância.

Quando alguém se declara usuário de qualquer droga - merece antes de tudo piedade... é um pobre coitado, que arranjou algemas para si - e alguns, vejam só, são incentivados pelo sistema que os aprisionam a fazer novos companheiros...

Não há carma algum nisso: a burrice de usar tais substâncias deve ser mesmo individual - ao passo que coletivo é o esforço por desmascarar a farsa. Quer na sociedade (que prefere muitas vezes se omitir), quer na Wikipédia (onde se preconiza a liberdade, mas deve se combater a mentira).

Concordaria com essa userbox, até para saber com quem tratamos. Concordaria, se isso não fosse colocar uma burrice como algo inteligente, uma mentira como algo ingênuo...

Conhecer ¿Digaê 20h03min de 22 de Julho de 2007 (UTC)

Koehne, eu pessoalmente não alcancei ainda essas certezas e nem encontrei as verdades fundamentais das quais você aparenta desfrutar.
"Porque não é verdade que esse uso seja bom" As verdades compreendidas por você ainda não foram alcançadas por todas as pessoas.
Se um usuário da wikipédia alega em userbox ser usuário de uma substância, ainda resta a cada pessoa que vê e interpreta o userbox, buscar qualquer relação direta ou indireta sobre o caráter, qualidade ou ignorância do indivíduo. Se existir realmente uma relação entre o usuário ser um cara simpático ou "gente boa" e um userbox que ilustra um comportamento seu, isso deve ser completamente atribuido a subjetividade de cada um (se respeitarmos o direito de todos terem opinião própria). Ou seja, o fato de você ter concluído que a intenção do usuário era fazer propaganda do ilícito através da sua própria reputação, já mostra o quando contextualizado já esta o seu entendimento sobre a atitude de quem ultiliza a tal erva. Na minha opinião, no mundo onde vivemos, vestimos diversas camisetas. Mas não são elas que deteminam a realidade, e sim os indivíduos que as vestem.
Tenha um pouco mais de fé nas pessoas, e um pouco menos em dogmas. --Rmbr 20h38min de 22 de Julho de 2007 (UTC)
  • Vou desenhar, então... O que disse é: usar algo é livre, não discordo; passar uma imagem de que esse uso ou este algo é bom, mesmo que de forma subliminar, é mentira. Nada contra quem use, desde que não seja o juiz que julga o traficante; o deputado que faz as leis; o delegado que as aplica... ou o médico que vai operar a gente, nossos filhos, nossos pais... Assim como eu não entro no carro de um bêbedo, quero não entrar com um processo cujo julgador esteja embriagado, seja lá pelo que for. Não são valores subjetivos isto. Do contrário não teríamos as advertências nas propagandas do cigarro e das bebidas alcoólicas sobre seus malefícios... E não queira dizer-me que o THC não tem seus efeitos nocivos - independente de sua ilegalidade. Tem-nos, não são poucos, e são graves. Pior que o falso moralismo é o falso amoralismo, que quer "empurrar" aos demais um hábito que, assim como o tabagismo, é "comer grama como os burros"... sem dogmas, e com um mínimo de fiabilidade... (nem vou linkar para as notícias dessa semana que tratam do recente estudo comparado entre os efeitos fumo x THC...) Conhecer ¿Digaê 11h29min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)

Pesquisa inédita?Editar

Encontrei ao caso uma votação de eliminação que merece atenção especial: Wikipedia:Páginas para eliminar/Vulcão de Nova Iguaçu. Por que para sair do Commons eu resolvo clicar no interwiki das Recentchanges para depois ir em uma das opções da barra lateral para alguma outra wiki, porque, porque, porque???   Lugusto 04h24min de 27 de Julho de 2007 (UTC)

  • E eu gostaria de saber por que (separado) saiu de lá para complicar a vida de quem faz a limpeza aqui dos lixos e páginas com conteúdo impróprio... Veio, fez uma proposta que ninguém viu, 3 pessoas opinaram apenas, e fez uma mudança (com erros, registra-se) e depois some de novo.

Não entendi o que está falando, agora! De novo!

E, pelo precedente ocorrido nas Páginas para Eliminação Rápida, feitas pelo Lugusto, imagino que possa estar por trás alguma pretensão de mudar alguma coisa sem a prévia e devida consulta de toda a comunidade.

Não entendi porque não se traz para a Esplanada algo que tem sua própria discussão; que está já sendo devidamente apreciado pela comunidade, no sistema e método apropriado...

Não entendi, sobretudo, porque da última vez que vi o Lugusto falando na Esplanada, ele já tinha efetuado profundas alterações no sistema, afetando a todos os Usuários, e falara de forma confusa, obscura e transversa, como agora.

Portanto, de forma preventiva e acautelatória, deixo bem claro a V. Sa. que este Usuário:

  Discordo

disso que falou, agora; do que falou antes, e do que vier a falar de futuro! Seja claro, para que as coisas sejam mais honestas.

Abraços, Conhecer ¿Digaê 14h33min de 28 de Julho de 2007 (UTC)

A Esplanada serve para se tratar de políticas do projeto ou coisas relativas à ele. Foi a primeira vez que eu ou outro lincou alguma discussão que está ocorrendo em outro lugar, criatura? Lavação de roupa suja deve ser feita em outros lugares. Eu ontem falei sobre isso em uma página de usuário sua que é semi-pública, já que nela também é mencionado sobre isso. Juro que se tivesse lido esta sua manifestação antes teria feito o que você merece: ser taxativamente ignorado, já que até agora não entendi porque resolveu surtar para o meu lado, e não tenho formação de psiquiatra ou psicólogo para investigar o profundo da mente de pessoas estressadas sem motivo óbvio visível. Se quiser me forçar que eu leia algo (sem a garantia, no entanto, de ser respondido), faça o favor de usar onde aparece o retângulo laranja. O próximo ataque em local público, ou mesmo sumário de edição irônico em resposta a alguma edição minha, gerará pedido de mediação. Peço desculpas a quem foi forçado a ler esta resposta sem ser a ela destinado. Lugusto 17h00min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)
  • Respostinha:
  1. Obrigado pelo ataque, mas dispenso, tenho coisas mais sérias a me ocupar, como por exemplo enfrentar o báratro confuso de nomeações das páginas para eliminação rápida, que inadvertidamente mudaram por aqui...
  2. Não faça-me ameaças, que não o temo. Não porque esteja disposto a briga ou esteja a "surtar", sobremodo porque você entendeu o que eu falei e muito bem: já o que você disse aqui... o que foi mesmo que você quis dizer com o que disse?
  3. Não falo à vossa discussão, porque foi aqui que o 555 deixou um comentário; foi a esse comentário público que falei... E falei porque o 555, de outra feita, lascou na Esplanada Propostas um texto confuso, ininteligível, prolixo, e depois de 3 comentários, procedeu à mudança do Sistema de Eliminação Rápida, afetando todos no projeto. Daí o meu discordo preventivo.
  4. Faça um pedido de mediação... o que lhe impede? Só aviso que será como aquele que fez sem pedido com o OS2Warp e o Amotoki, ou seja: mediação da "briga" de um sozinho (o link é aquele onde o 555 nos remete, mais acima).
  5. Já alhures vi que bloqueaste o OS2Warp apenas porque o mesmo se expressou, aqui, na Esplanada... foi rapidamente desfeita, se bem me lembro, e agora quer que eu também não me expresse? Por quê? Porque fui contra você? Isso é da política oficial ou é uma recomendação?
  6. Sumário de edição irônico: sei do que está falando, e acho justo que todos o saibam. O 555 fez uma edição onde mandava todos a cuidarem de sua miopia. Senti-me ofendido, sendo eu já míope. Mais ainda porque o 555 mudara o texto contrariando uma regra da Eliminação Rápida, no caso a Regra 6. Não fui irônico no sumário, fui direto, claro: fez errado e ainda tinha ofendido a todos os Usuários. Se alguém tem de ter cuidado com sumários de edição não serei eu. Porque, se não reparou no seu erro antes, nem na sua ofensa, é sinal de que continua a pensar deste modo. Algo que apenas lamento.
  7. Finalizo, concluindo, sem surtar, que nem o próprio 555 sabia mesmo o que estava falando aqui - senão não ficaria tão assustado com o meu comentário. Ora, se eu deixo um coment num local público como a Esplanada, é porque espero a manifestação de outros - já que todos aqui vêm... e não para lugares com tarjas laranjas... não é?

Assinando, o nada surtado Conhecer ¿Digaê 21h05min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Que mudou o 555 afinal? E ele pode fazer isso, assim desse jeito, sem consultar a comunidade primeiro? Confesso que estou a perceber muito pouco do assunto e gostaria de entende-lo antes de opinar. BelanidiaMsg 21h51min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Artigos de anos muito distantes no futuroEditar

Há vários outros artigos para serem eliminados como 2301, que são: Quinto milénio d.C., Quarto milénio d.C., Século XXVII e as categorias Categoria:Século XXIII, Categoria:Século XXII com seu conteúdo. São épocas muito distantes e há nada de importante para falarmos nesses artigos, tanto que são apenas listas de anos e estão sem informações. --Master 04h01min de 29 de Julho de 2007 (UTC)

Na minha opinião é para apagar tudo como impróprio, sem mais. Lusitana 10h38min de 29 de Julho de 2007 (UTC)
Aniversário de 100 anos da Wikipédia lusófona...? Vou já marcar um "WikiOlissipo Secular" para esse dia. Lusitana 10h44min de 29 de Julho de 2007 (UTC)
Mmm, que pena, não sei se vou poder comparecer. Minha máquina de teletransporte vai estar na autorizada para reparos. Dantadd 12h06min de 30 de Julho de 2007 (UTC)

  Concordo com a Lusitana: é apagar tudo com ER. Não merece nem o trabalho de se votar nas PE. Ozalid 21h08min de 30 de Julho de 2007 (UTC)

Solução alternativa: [6].

Quando for necessário introduzir algo, é só reverter e colocar os dados. Não se corre o risco, com links vermelhos, de aparecer lixo ou de alguém fazer um artigo que caia fora das normas para os anos, dando mais trabalho.

Fica a sugestão. Lijealso ? 21h17min de 30 de Julho de 2007 (UTC)

Redirect para o Século XXIII? Mas, Lijealso, se me permite a pergunta, que utilidade é que pode ter uma página com um não-artigo sobre um século que não existe e que está cheia de ligações a vermelho prontinhas para IP criarem e para nós andarmos a brincar às reversões, às ER e às PE? Por mim, apagava-se tudo. E digo mais: quem tem falta do que fazer e anda a criar artigos sobre séculos futuros, por favor, venha falar comigo que eu arranjo trabalho mil vezes mais interessante e importante para fazer. Abraço, Ozalid 22h55min de 30 de Julho de 2007 (UTC)

Século que não existe? como artigo ou como século em si? Lijealso ? 22h59min de 30 de Julho de 2007 (UTC)

É pergunta de retórica, certo? Abraço, Ozalid 22h35min de 1 de Agosto de 2007 (UTC)

Não perco muito tempo a falar sobre a perda de tempo, porque cada um tem os seus interesses e a wikipédia não foge. A solução dos links vermelhos também está na página apresentada, embora não seja muito favorável à navegação em círculo, visto poder baralhar sobretudo os novatos. Lijealso ? 23h06min de 30 de Julho de 2007 (UTC)

  Concordo com Lusitana e Ozalid. Bisbis 05h52min de 1 de Agosto de 2007 (UTC)

Apelo em Botafogo de Futebol e RegatasEditar

Venho aqui suplicar! Sim, suplicar! Existem IPs editando sucessivamente o artigo e postando informações redundates, enormes (que foram transferidas para outros artigos devido ao tamanho e até mesmo a falta de relevância) e totalmente desformatadas do padrão da Wiki! Estou desde o fim-de-semana corrigindo, revertendo, tentando conversar (e sem resposta) sobre isso. Já está ficando muito chato!

Quero saber por que não bloqueiam logo o artigo para o salvamento de IPs como era anteriormente. Aliás, muitos artigos de clubes vêm sofrendo o mesmo mal! Esses artigos infelizmentes estão propensos a vandalismo em excesso, inclusão de informações equivocadas, entre outros erros! Por favor, ajudem! Rockz 19h41min de 31 de Julho de 2007 (UTC)

  Concordo--OS2Warp msg 21h10min de 31 de Julho de 2007 (UTC)
Protegi por 3 meses, agora só registados podem editar. Lembrem-se de que a página não pode ficar eternamente protegida. Ahhh, e só uma coisinha: esse pedido deveria ter sido feito aqui: Wikipedia:Pedidos a administradores.   Boas contribuições a todos. BelanidiaMsg 22h39min de 31 de Julho de 2007 (UTC)

Bloquear infinito para IP em:

Fluminense Football Club - bloqueado em infinito desde 27 de Outubro de 2006. Outras páginas protegi por um ano. Não vale a pena proteger infinitamente, pois vai sempre haver alguém que vai desbloquear. Quando a protecção expirar, volta-se a ponderar se faz ou não falta nova protecção. E mais uma vez, façam os pedidos nos locais correctos, para que todos os administradores tenham acesso aos pedidos. Bom trabalho a todos. BelanidiaMsg 00h25min de 1 de Agosto de 2007 (UTC)

IkarohuhuhuEditar

Como está explícito aqui, usou IP dinâmico para contornar bloqueio. Renovei o bloqueio por outros 3 dias. Desconfio também que tenha sido o responsável por esta edição. Eduardo 22h10min de 1 de Agosto de 2007 (UTC)

Para ele ter a tolice de dizer que tem um IP acitvo, é porque não conhece as normas da wiki. Talvez durante estes dias tire um tempinho para ler as políticas.... Tiago Vasconcelos 10h36min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)
Totalmente de acordo. Ele editou na minha discussão, mas tenho andado tão ocupada que nem li direito. Fizeste muito bem, Eduardo. BelanidiaMsg 18h52min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)

Wikipedia:Projetos/Biografias/Políticos - Pedido de ajuda !Editar

Este projecto tem estado um bocado para o esquecido!! Será que alguém consegue confirmar se a Lista de presidentes do Peru está correcta e completa? Fiz a [Predefinição:Presidentes do Peru], mas quando vejo aqui e aqui, fico com muitas dúvidas. Alguém tem informação fidedigna ? --João Carvalho deixar mensagem 22h20min de 1 de Agosto de 2007 (UTC)

Nomeações de administradores em Agosto?Editar

É costume fazer nomeações de administradores em Agosto? Estando tanta gente em férias e afastada da Wikipédia, não se corre o risco de haver votações com resultados, enfim, atípicos? Abraços, Ozalid 23h39min de 1 de Agosto de 2007 (UTC)

  • Oba, nós brasileiros vamos fazer a festa, já que não tiramos férias em agosto. Ozalid, viaje tranqüilo, que não vai acontecer nenhuma surpresa.-- Jo Lorib d 00h12min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)
A minha questão não é se são portugueses ou brasileiros, a minha questão é que estamos a falar de muita gente... Muita gente de férias, muita gente ausente. Abraço, Ozalid 00h20min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)
Em Dezembro é Natal, há a Páscoa, o Carnaval, o Ano Novo Chinês, o Ramadão... Ninguém é indispensável na Wikipédia e esta não se sujeita a calendários, fazem-se as votações com os que cá andam. PatríciaR msg 10h22min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)
Bom, já me apressei a votar... antes que acabasse a votação no meio das minhas lindas férias!!!! É a primeira vez que voto na eleição de um administrador!!!   Tiago Vasconcelos 10h45min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)

  Concordo com a Patrícia. BelanidiaMsg 18h50min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)

Ora... quem contribui para a Wikipédia é, geralmente, gente que não tem dinheiro para ir de férias... Por isso, não há problema... Manuel Anastácio 20h52min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)

E depois ainda há aqueles que nem direito a férias têm :S Lusitana 08h53min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)
E também aqueles que têm direito a férias, mas não têm tempo para isso. LOL. --João Carvalho deixar mensagem 21h53min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)
As minhas "semi-férias" estão acabando <suspiro> Passa tão rápido... Marcelo Bianchi 22h20min de 3 de Agosto de 2007 (UTC)

Parece que consegui criar mais um consenso...   Abraço a todos, Ozalid 23h25min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)

LOL - --João Carvalho deixar mensagem 00h08min de 5 de Agosto de 2007 (UTC)

Sobre o usuário E.A.KowalewskiEditar

Não sei se é um Sock Pupet ou só alguém testando nossa paciência. Marquei um VDA em um artigo dele e, ao ler a página de discussão do usuário, vi que ele só pode estar de brincadeira, devido a inúmeros vandalismos e VDAs. Podem conferir aqui. Alguma sugestão para podermos frear esse usuário ou outros no mesmo estilo?

Abraços,

Rossicev msg 11h44min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)

Organizações - instituiçõesEditar

Olá amigos, muito trabalho pela frente. Passeando pelas páginas aleatórias acabei descobrindo problemas estruturais como a fragilidade dos artigos Instituição, Organização e Associação. São artigos importantes para as definições de vários outros artigos, acredito até que os artigos que derivam das categorias subjacentes são bastante populares. Algumas das minhas preocupação diz respeito às definições legais de cada um destes artigos, todos muito utilizados pelo direito tributário e outras categorias do direito. Outros artigos problemáticos em suas definições são Conselho e Autarquia. Neste caso é pnde reside minha maior preocupação e que aqui busco um consesso sobre o tema. Existem atualmente na wikipedia 4 artigos sobre conselhos proffisionais do Brasil, que são autarquias vinculadas ao governo federal. São: Conselho Federal de Medicina, Conselho Federal de Contabilidade, Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, Conselho federal de educação física, Conselho Regional de Farmácia, Conselho Regional de Biblioteconomia e Conselho Federal e Regional de Biblioteconomia.

ONG????Editar

Não sei se isto já foi ou não discutido aqui, mas vocês já deram uma olhada no que está publicado em [link retirado segundo sugestão de um steward - ver histórico desta página se estiverem interessados]?

Independente do que o cara escreve (todo mundo tem o direito de ter uma opinião), é deveras esquisito que esse domínio tenha sido registrado por uma tal "APICE - Associação de Pais e Irmãos de Crianças Excepcionais" em fevereiro de 1998.

Mais estranho ainda é que a mesma "associação" detenha os domínios "desciclopedia.org.br" e (pasmem) "troll.com.br", além de sites sobre CFML, montanhismo, webmail e outra ONG.

O responsável pela tal associação é um tal Alex Hubner, que penso ser o usuário Usuário:Alexhubner.

O motivo deste meu comentário é o seguinte: sendo uma ONG, essa tal entidade tira dinheiro dos impostos (que eu e todos pagamos) pra ficar fazendo festa na internet? Metem a mão na grana dos impostos e ainda fazem pose de bonzinhos, sério, comprometidos, blá blá blá...

Fala sério.

Só pra registrar a indignação...

Porantim msg 02h25min de 30 de Julho de 2007 (UTC)

As ONGs recebem dinheiro dos impostos? Creio que não... Manuel Anastácio 10h47min de 30 de Julho de 2007 (UTC)

Ignore mode é o melhor remédio. E toca a melhorar artigos. Manuel Anastácio 10h50min de 30 de Julho de 2007 (UTC)

Não sei como é que um gerente (ou lá o que o Hubner é...) de uma ONG tem tempo de vir colaborar com a wiki, quanto mais de andar para aí a escrever palermices. Agora de enciclopédia, a wiki passou a motivo de chacota. Preparem-se administradores: qualquer dia conquistam o Senado e a Assembleia da república!!!Tiago Vasconcelos 11h00min de 30 de Julho de 2007 (UTC)

Falei com um Steward que me aconselhou a retirar o link para essa página. Tentarei também fazer os contactos necessários para que o Senhor Alex Hubner desista de ter essa página utilizando a marca registada da Wikipédia. Ele tem o direito de dizer o que quiser, mas não utilizando o próprio nome da Wikipédia. Manuel Anastácio 13h53min de 30 de Julho de 2007 (UTC)

Como faz falta um escritório da Wikimedia no Brasil... Dantadd 14h42min de 30 de Julho de 2007 (UTC)
[7] -- Sladed 17h09min de 30 de Julho de 2007 (UTC)
Slade cagüeta ¬¬. Sou da Desciclopédia, e não totalmente a favor desse redirecionamento, já que manda os usuários daqui pra lá, o que pode causar vandalismos nos artigos de lá. Mas como não sou o dono do domínio... HumbertoMC 00h11min de 5 de Agosto de 2007 (UTC)

Interpretação das limitações do fair useEditar

Gostaria de "repercutir" as palavras de um especialista italiano (Enrico Santarelli, Universidade de Bolonha) em direitos autorais sobre o fair use. Vejam o que ele disse numa entrevista:

Pergunta:
Wikipedia (anche quella italiana) si trova su server posti negli Stati Uniti, ove è in vigore la dottrina del "fair use". Posto questo, crede sia legale la riproduzione fotografica di un'opera architettonica italiana su quei server?
Resposta
È un questione complessa che evidenzia il problema - di cui prima o poi qualcuno dovrà occuparsi - della omogeneizzazione delle normative internazionali. È da tener presente che in materia di brevetti, ad esempio, il mancato completamento delle procedure di definizione di un "brevetto europeo" fa sì che in sede di enforcement (quasi) ciascun paese dell' Unione europea segua procedure diverse. Tornando al caso specifico, credo che gli aventi diritto possano comunque chiedere di oscurare quel sito estero nel paese in cui la normativa non contempla la dottrina del "fair use".

O grifo é meu. Dantadd 15h32min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)

Está bem que algumas palavras são semelhantes, mas uma tradução vinha a calhar :P Lusitana 15h35min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)
Va bene, va bene.... . Vou resumir e adaptar: o entrevistador faz aquela fatídica pergunta: mas os servidores estando nos Estados Unidos, onde o fair use é permitido, não seria legal adotá-lo em qualquer lugar? O professor responde: "creio que os detentores dos direitos podem de qualquer maneira solicitar que o acesso a um site seja bloqueado num país onde não seja permitido o fair use. Dantadd 16h04min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)
eu não sou nenhum especialista, mas há muito tempo que tenho a mesma opinião... mesmo o fair-use que existe na wiki:en viola os direito de autor. para o fair-use ser legal wiki:en, as imagens apenas podiam ser visualizadas por pessoas/ip que estão no EUA, ou seja, para o resto do mundo não poderia ver essas imagens. agora vou falar do caso português, mas penso que no Brasil a legislação é semelhante; Todos nós reconhecemos que as imagens que estão no wiki:en sob pretexto do fair-use violam os direitos de autor, tanto em Portugal (como no Brasil) mas a única duvida é o local do "crime", se no local onde estão os internautas, ou onde estão os servidores. Em Portugal podemos ser presos, se fizermos apostas em sites ou jogar em casinos online, porque a legislação não o permite, mesmo que os casinos estejam em offshore ou paises que permite essas apostas, o mesmo acontece como a divulgação de pedofilia. a ilegalidade é no local onde a pessoa está a visualizar a página e não no local onde estão os servidores.--Rei-artur 16h34min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)
Entretanto não há previsão de punição (ao menos na legislação brasileira) para quem visualiza obras cujo direito de autor foi violado e sim para quem as reproduz (ao contrário do jogo e da pornografia infantil onde existe punição prevista para quem vê ou joga e não apenas para quem divulga). Assim, o usuário estando no Brasil ou em Portugal não afetaria (nos meus parcos conhecimentos legais) o fair use, contanto que quem publicou a imagem estivesse nos EUA. Como fica isso? é um crime sem castigo? Já o que o especialista italiano disse é que a justiça brasileira ou portuguesa pode ordenar o fechamento da wikipedia por conter tal material, mas (como o Brasil viu no caso da cicarelli) isso é de certa forma impraticável. Então qual a solução?
Só deixando claro, minhas observações não se aplicam a wikipédia lusófona, pois aqui as pessoas que POSTAM as imagens estão sob a jurisdição da lei brasileira ou portuguesa (em sua maioria) e por isso podem ser punidas individualmente. --girino 16h52min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)

Sem dúvida existe um limbo muito grande. A legislação brasileira prevê algo semelhante ao fair use e creio improvável alguma medida concreta nesses casos [imagens sob fair use hospedadas em servidores dos Estados Unidos e visualizadas por brasileiros]. A questão, na minha singela opinião, é moral e de princípios. Dantadd 17h37min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)

Até mesmo o GFDL tem problemas. Se você publica algo e a licença exige que sejam citadas fonte e autoria, muita gente copia e não faz isso. Uma empresa usou uma imagem minha publicada aqui sob a licença GFDL e não fez nada disso. Se eu não olho o site dessa empresa, muito por acaso, eu nunca teria descoberto. Sites do governo já usaram imagens minhas também e nunca citaram, mesmo com o meu contato. Ao largo do que possa parecer, a wikipédia é um lugar de embate político e jurídico de muitos valores de nossas sociedades. Somos todos aqui, meio "revolucionários" do projeto GNU. As discussões são muito mais por reconhecimento do trabalho. Afinal, se fosse pra ser anônimo todo mundo usaria somente IP. Tem muita gente que ainda não entendeu, muito menos a imprensa que faz a crítica ao nosso trabalho e à fundação. Colaborar com um projeto voluntário de acumulação de saberes é muito mais um esforço de consciência de nós mesmos no mundo do que um trabalho técnico de reproduzir com nossas palavras o que lemos em livros e textos fiáveis. Sou contra o "fair use" porque prefiro argumentar com os "donos" das imagens a importância deste projeto e como e até onde o uso livre da imagem pode ajudar com os ideais da Wikimedia Foundation.
sobre bloquear, acho possível, mas juridicamente precisaria estar havendo uma verdadeira enxurrada de carregamentos de imagens violando os direitos autorais para que se bloqueasse o site. Acho que o departamento jurídico da fundação, se é que existe um, deveria nos dar alguma dica sobre o tema lá nos Estados Unidos pra nós termos uma idéia do problema. David Andrade 18h27min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)
  • Vou opinar, a pedido (tinha feito uma lauda mas um tilt no computador felizmente livrou-nos daquilo). Assim, resumindo:
  1. O que o colega italiano aventou é para a possibilidade de se infringir a legislação local de um país - no caso da União Européia, onde os sistemas jurídicos se encaminham para uma Corte comum. Não há, mesmo ali, como se processar alguém ou algo sito nos EUA (o que vale para o Brasil, o Irã, a China ou quem quer que seja que eventualmente resolva proibir ou limitar o fair-use).
  2. No Brasil não temos uma lei específica para os Direitos Autorais no plano virtual. Aplica-se, analogicamente, os demais dispositivos para cada caso. VDA em casos de divulgação com fins educacionais, ou não-lucrativos se preferem, é inexistente: não há, portanto, que se falar em ilicitude quando alguém porte ou carregue imagens sob este título. No plano penal, especificamente, vige o princípio do nullum crime sine praevia lege, não há crime se não há uma lei, anterior ao fato, que o defina como tal - portanto, nenhum tipo criminal veda essa atitude.
  3. O fair-use, entretanto, por controverso, melhor mantê-lo longe, como já está.

Pra finalizar, parte do quanto falou o David Andrade acima é a mais pura verdade: não é porque algo tenha uso livre ou educacional que possa vir a ser deturpado, deixar de citar devidamente a fonte, autoria, etc., bem como permita-se o abuso - o que vale, inclusive e até, para as chamadas obras em domínio público.

O que cada país discipline internamente sobre o assunto vale para o território daquele país. Nunca, mesmo, poderá afetar nada além das fronteiras de sua soberania. O quanto preconiza, a meu ver, o advogado italiano, é a adoção de preceitos internacionais comuns e uniformes - algo que seria extremamente desejável e oportuno. Prazos como 70 anos para uma obra entrar em domínio público são excessivos e despropositados; interpretações (mesmo nos EUA) sobre o uso justificado duma obra não delimitam claramente sua extensão e possibilidades. A experiência da Wiki demonstra isso, pois os interesses coletivos tendem a se fazer sempre mais fortes que os individuais.

O maior problema, creio, esteja em o pessoal do Commons encontrar parâmetros para definir corretamente o que é ou não obra derivada, por exemplo - que particularmente tem ensejado excessos hilários de interpretação... coisas de leigos, efetivamente, mas nalguns casos gritantemente burros. Ultimamente dei-me ao trabalho de escanear as pesadíssimas Larousse do séc. XIX, onde todas as ilustrações eram, pasme-se: obras derivadas, muitas delas com a assinatura do desenhista que as verteu.

O grande exemplo de tudo isso que falo é que ninguém até hoje apresentou um único caso de processo onde se evoca o fair-use como algo atentatório ao Direito, a não ser nos EUA. E qualquer um que tenha livros de História, ou de qualquer outra disciplina, com imagens, poderá aferir como textos, fotos e desenhos são ali exibidos, legitimamente.

Abraços, Conhecer ¿Digaê 20h19min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)

Uma nota sobre os dois últimos parágrafos do André: obra derivada de imagem em domínio público não constitui problema. No caso de ilustrações do século XIX, esse é muitas vezes o caso pois o autor pode ter falecido há mais de 70 anos. Outras fotos usadas em livros, etc, são-no porque foi pedida algures autorização de uso dessas imagens (se não estão em domínio público). Aliás, muitos livros têm uma página de créditos de fotos exactamente por isso. O que me lembro de ter lido, nas milhentas discussões sobre o fair use que já passaram por aqui, é que a legislação brasileira permite a reprodução limitada de imagens para fins educacionais. A Wikipédia é sem dúvida educacional (ou pretende sê-lo) mas o facto de poder ser distribuída comercialmente põe aí um obstáculo à aplicação dessa lei/alínea em particular. Mas eu sou , admito, mais uma leiga burra do Commons, por isso não insisto nesse ponto.
O fair-use que existe na Wikipédia anglófona não é necessariamente incompatível com a GFDL (ou nunca seria permitido) mas poderá sê-lo numa eventual distribuição comercial da Wikipédia (por exemplo, através da venda de CDs). É por isso pedido ao máximo que se usem imagens livres e só usar imagens fair use quando de facto não há alternativa possível, e que se evitem de todo usá-las em artigos que sejam usados num CD.
O fair-use é pantanoso, nada simples de definir e não há um representante legal da Fundação que diga sim ou sopas à utilização do dito. A resposta é: depende. Como disse o Dantadd, acaba por ser também mais uma questão de filosofia do projecto que uma simples questão legal. PatríciaR msg 20h46min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)

A questão é saber quão limboso queremos que os projectos sejam. Mas, se não me engano, vendo a resolução da fundação sobre a matéria, existe a colocação do aspecto jurídico, no sentido em que a activação do uso de imagens de uso restrito, dever estar em conformidade com as legislações dos países em que o acesso é maioritariamente feito (neste caso, lusófonos). Aqui entra uma noção de mínimo denominador comum. Analisar a legislação desses países e encontrar algo de comum nelas que permita a utilização de imagens nesses termos. E não estando à espera que seja a Fundação que vá fazer isso, embora possa ajudar (The Foundation resolves to assist all project communities who wish to develop an EDP with their process of developing it.). Alguém disposto a descortinar a legislação e a encontrar esse mínimo denominador comum? Mais importante talvez, alguém disposto a entrar num processo destes, abrindo mão da tal filosofia do projecto? A resolução também evoca: All projects are expected to host only content which is under a Free Content License...Expected. Quão expected, quão limboso? Lijealso ? 21h10min de 4 de Agosto de 2007 (UTC)

Justamente. Um dos principais pontos negativos do fair use, na minha opinião, é o banho de água fria que seu uso proporciona à produção de conteúdo livre. Podem apostar que muitos colaboradores não teriam a iniciativa de saírem de casa e fotografar um monumento de sua cidade se eles pudessem simplesmente tomar uma foto aleatória da internet e carregar. Na Wikipédia em inglês existe o fair use rationale, mas a quantidade de violações de direitos de autor é GIGANTESCA! Há dezenas (ou centenas?) de milhares de fotografias carregadas sob licenças falsas e como dá trabalho eliminá-las! Outro dia mesmo peguei cerca de oito imagens de cantores do Oriente Médio com a licença, pasmem, da Agência Brasil! O mesmo ocorre numa escola muito maior com licenças Creative Commons em que o proprietário nem tem idéia que sua imagem está ali e sob aquela licença. O grande problema é que existe uma cultura generalizada em que as imagens que estão na internet são tratadas como obra de ninguém, portanto, a muitos espanta quando falamos de licenças, autorizações etc. Dantadd 02h09min de 5 de Agosto de 2007 (UTC)

Estou notando o problema e sei que existem vários outros, mas este aqui é um que pode nos ajudar a resolver vários problemas de política interna da wikipédia já que empresas, associações, instituições e tudo o mais que possa entrar na categoria jurídica brasileira de Pessoa Jurídica existem aos montes e discutir a relevância delas é algo delicado. Gostaria que discutissemos a possibilidade de se criar um projeto para isso. Algo que envolvesse o direito internacional já que no artigo pessoa jurídica existe uma tag falando que o artigo trata de algo relativo quase que exclusivamente ao Brasil. Como é a categorização das instituições pelo mundo? Gostaria da ajuda de algum admninistrador. Por agora o que pretendo é criar um padrão para os artigos de conselhos profissionais do Brasil e pretendo deixar somente os artigos "Conselho Federal de XXXXXXXXX" e redirecionar os artigos "Conselho Regional de XXXXXXXX" para estes. Criar uma predefinição para os conselhos e para as profissões regulamentadas por lei no Brasil. Melhorar no que eu tiver conhecimento os artigos que dão a definição de conselho e autarquia. David Andrade 16h36min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)

Já havia a bastante tempo me deparado com este tipo de problema. Infelizmente mesmo acessando os sites oficiais não consegui classificar as instituições que editava. Eu categorizei muitos artigos a base de chute. Muitas delas mudam de nome ao longo dos governos e mudam de classificação. Não necessita da ajuda de administradores. Poderá reclassificar (recategorizar) as instituições, se entender do assunto. Recomenda-se antes criar um artigo-base para definir cada tipo de associação, assim será necessário apenas uma palavra para definir juridicamente uma instituição. --OS2Warp msg 18h56min de 2 de Agosto de 2007 (UTC)

Era Moderna ou Era Contemporânea Editar

O texto que aqui estava foi movido para: Wikipedia:Esplanada/propostas#Jogos_Ol.C3.ADmpicos_Modernos

Against WikipediaEditar

Segue mais um link da reportagem desta semana da revista Epoca criticando os conceitos da Wikipédia (e sinceramente concordo com o rapaz)[8]. Ozymandias 10h15min de 6 de Agosto de 2007 (UTC)

  Concordo --Pedro Spoladore 17h06min de 6 de Agosto de 2007 (UTC) Escreve-se muito e lê-se pouco!
Se ele finaliza falando que tem muita gente ganhando dinheiro com isso e existem tanta volatização no mercado financeiro, a possibilidade de perder também é grande. Só vejo aqui, do ponte de vista econômico, uma maior abertura para leigos. Esta ficando mais fácil alquem subir de vida investindo na WEB 2.0! Os interesses que ele relata e critica são confusos. Não dá pra saber se ele é conservador ou não.
Agora, sobre a confiabilidade dos sites, em especial da Wikipédia, eu concordo em parte com ele. Mas essa preocupação só tem sentido se as pessoas que trocam informações, exigem trabalhos ou conversam com os jovens que ainda pensam que tudo que ta na Internet é verdade e só buscam ela como fonte alertarem estas pessoas para outras fontes. Seja na escola, no escritório, em casa ou aonde for é preciso referenciar nossas idéias e saberes no máximo de fontes possíves e muito mais nas vivências. O conhecimento não é um livro escrito por especialistas. É a coletividade de pessoas construindo a sociedade todos os dias. Se conhecimento fosse escrita, então a Biblia teria tudo ou Deus seria um pai assustado com um filho que pode ser um "igual", ou seja, Deus. David Andrade 19h41min de 6 de Agosto de 2007 (UTC)

A Wikipédia não é um conteúdo criado colectivamente. É um processo de troca de ideias colectivo (como tem de ser, obrigatoriamente, qualquer processo de troca de ideias). Só é verdadeiramente útil enquanto processo e não enquanto produto final. Esse senhor, como a maioria das pessoas (incluindo Wikipedistas que acreditam que a Wikipédia serve como fonte de informação), ainda não entendeu isso... é pena. É desse equívoco que nasce todo o género de críticas a este projecto. Manuel Anastácio 21h00min de 6 de Agosto de 2007 (UTC)

Concordo plenamente com a sua colocação Manuel! É exatamente por isso que continuo com minhas colaborações aqui. David Andrade 21h25min de 6 de Agosto de 2007 (UTC)
Sobre a confiabilidade, também se pode comentar que, quem procura informação correcta (correcta mesmo !) também não se pode limitar a procurá-la por exemplo numa única enciclopédia escrita. Tenho encontrado cada barbaridade !!--João Carvalho deixar mensagem 21h57min de 6 de Agosto de 2007 (UTC)
Nas outras?   Eduardo 22h04min de 6 de Agosto de 2007 (UTC)

Geralmente os críticos cuspem no prato que comeram. Hinkel 01h11min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)

A crítica que concordo com o rapaz (que afinal de contas em seus livros tem base para críticas e não é um mero esboçador-crítico-pseudo-intelectual de artigos como certas pessoas por aqui) é o fato de que sites como a Wikipédia por falta talvez de interesse da maior parte das pessoas ou por outros motivos mais obscuros, tem se tornado canal de propagação de ideologias e opiniões pessoais que não sobreviveriam diante de uma análise científica. Sendo desta forma, mesmo com o conceito de qualquer um pode analisar e corrigir, geralmente nunca se tem uma cobertura suficiente para deter este parasitismo. O erro da web 2.0 conforme anunciado pelo rapaz é o fato de nivelar o conhecimento por baixo- por falta de um estudo mais acurado para se criar um artigo na Wikipédia por exemplo, permite-se qualquer coisa. Isto não é uma crítica ao projeto em si, mas uma crítica a mentalidade da maior parte dos editores. A Wikipédia em si é uma ferramenta, como se fosse uma faca: vc pode utilizar para cortar um pão ou para matar uma pessoa . No entanto erros oriundos de uma análise científica sempre existirão, mas erros oriundos de preconceitos pessoais que se consideram como verdade e que por isto recusam a crítica são totalmente prejudiciais. Ozymandias 10h23min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)

Pois eu não concordo que a Web 2.0 nivela o conhecimento por baixo. Esse senhor não é um pseudo-intelectual (se é que isso existe) mas não entende o que é a Wikipédia - disso eu tenho a certeza. As ideologias tontas e perigosas sempre foram divulgadas por todos os meios, inclusive com a assinatura por baixo de meia dúzia de sumidades científicas da época. A Web 2.0 não tem de ser criticada por ter os mesmos defeitos que os meios de transmissão de conhecimento já tinham antes - e é isso que ele faz! O senhor-rapaz apenas está imbuído de uma certa nostalgia reaccionária onde só as sumidades científicas (incluindo algumas que eram mais burras que o Tó Quarenta) tinham direito a negociar ideias, argumentos e a divulgar conhecimentos por palavras acessíveis a todos (isto é, a decidirem sozinhas quais as migalhas apropriadas para as massas). Acontece que se a Wikipédia é mal utilizada - e é! - a culpa não é da Wikipédia, mas da falta de sentido crítico de quem a usa. Culpa essa que esse senhor também partilha ao basear-se em premissas erradas sobre este e outros projectos similares. Este senhor tem saudades do tempo do magister dixit. Do tempo em que dizer "está escrito" era sinónimo de dizer "é verdade". Graças a Deus que, ainda antes de existir a Wikipédia, já se sabia que o que está escrito tem sempre de ser interpretado e criticado. A Web 2.0, devidamente utilizada pela sociedade e pelos educadores em particular, é um instrumento infinitamente eficiente para desenvolver a capacidade crítica dos leitores, num ambiente de verdadeira interação com outros humanos (interacção e não "colectivismo" ou "maoísmo" como muitos, tolamente, calssificam este meio). Maus conteúdos e ideias parasitas existirão sempre. Se for num meio onde estamos (ou deveríamos estar) precavidos contra o erro, como é o caso da Wikipédia, essas ideias parasitas terão muito menor capacidade de cancerizar a sociedade do que teriam na época em que apenas seriam veiculadas em panfletos fotocopiados - e onde a sua forma final, acabada, incontestada, sem comentários, sem contraditório, sem aba a dizer "editar", apenas potenciava a ideia de que estando escrito, é porque era verdade. A Web 2.0 serve para educar para a desconfiança - não para nivelar o conhecimento para baixo ou para cima: o conhecimento é, aqui, mais um meio que um fim. Manuel Anastácio 18h26min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)

  Concordo em gênero, número e grau com o Manuel. Alex Pereirafalaê 18h43min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)

  Concordo Poderíamos indicar o texto do Manuel como resposta quando surgisse alguém com certas opiniões formadas sem conhecer a Wikipédia direito. Marcelo Bianchi 00h59min de 8 de Agosto de 2007 (UTC)

Considerando-se logicamente que o rapaz da reportagem se refere a Wiki em .en, e não em .pt. Mesmo não discordando da defesa do Manuel, vejo alguns concordos por aqui como certas opiniões formadas sem conhecer a Wikipédia direito, desconhecendo os textos e defesas do individuo. Mas não entrando em maiores discussões para quem tem acesso tb a National Geographic deste mes dedicou um parágrafo a Wikipédia no artigo Inteligencia Coletiva. O texto toma partido da existencia de uma sabedoria de "multidão" que regula formigas, abelhas e wikipédias. Ozymandias 10h16min de 8 de Agosto de 2007 (UTC)
Tentando reparar a ambiguidade do meu comentário, respondi na página de discussão. Marcelo Bianchi 13h51min de 8 de Agosto de 2007 (UTC)

Três loginsEditar

Com o usuário Malkuth consegue fazer três logins ? Acho que uma vez (ou duas) isso já foi explicado.--OS2Warp msg 19h29min de 6 de Agosto de 2007 (UTC)

Ele pode criar novas contas visitando [9], estava era logado, criando novas contas sucessivamente. Eduardo 19h37min de 6 de Agosto de 2007 (UTC)


Palavrões particularmente indecorososEditar

Presentemente C*na coloca duas ligações: - Vagina, como um palavrão particularmente indecoroso; - Província italiana;

O artigo P*ta faz todo o sentido existir, mas penso que seria de decidir o que fazer às restantes entradas similares. Para mim não vale a pena criar dizendo que são palavrões, ou deixar ligação numa eventual desambiguação, nem mesmo redirect, prevenia-se a (re)criação e protegia-se e nunca mais havia problemas com isto.

Não que seja muito problemático de momento, mas era bom resolver, a não ser que alguém acredite que um IP vai melhorar os artigos. Eduardo 17h36min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)

Não entendi qual é a tua sugestão para o caso de C*na... Manuel Anastácio 17h57min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)

Nesse era a protecção da italiana (salvo seja) e nem mencionar a outra opção, ao contrário do que é feito em P*ta. Isto é um bocado fundamentalismo, mas pode haver uma ideia melhor... Eduardo 18h01min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)

Estava a mexer nos arquivos da esplanada e dei-me com uma conversa de 2004. Se ajudar para algo: Wikipedia:Esplanada/Palavrões na wikipédia. Lijealso ? 18h14min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)


  • Basicamente já ali estão algumas das minhas opiniões. Se não colocamos uma lista de palavrões (espero eu que entretanto não seja criada), porque hão-de haver redirects dos palavrões para o seu "significado"?! Gostava era de ouvir veredictos e/ou propostas. Eduardo 10h38min de 8 de Agosto de 2007 (UTC)
"Palavrão" é informação como outra qualquer, desde que verdadeiro e realmente utilizado. E deveriam sim constar numa enciclopédia, em algum lugar. Pena que a Wikipédia ainda está longe de compreender isso e prefere simplesmente "cortar" esse tipo de informação, por puro preconceito. Lipe FML 04h36min de 9 de Agosto de 2007 (UTC)
  Concordo -- Clara C. 07h36min de 9 de Agosto de 2007 (UTC)

Preconceito s. m., conceito formado antecipadamente e sem fundamento sério; superstição; prejuízo; erro. Não me parece. Eduardo 08h50min de 9 de Agosto de 2007 (UTC)

Com todo o respeito pelo Eduardo, creio que no caso de C*na, deve manter-se pelo menos uma minidesambiguação, nem que seja para evitar vandalismos recorrentes nessas páginas - diga-se de passagem que sou terminantemente contra o bloqueio de artigos... então por essa razão, ainda menos. Mais: o conteúdo que está na página está correcto, é verificável e não choca nem envergonha ninguém. Mais depressa seria capaz de corar com as imagens que persistem em cetos artigos, como clítoris... enfim... é só uma opinião. Manuel Anastácio 00h03min de 10 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu concordo com o Manuel. Algumas imagens explícitas chocam mais, como é o caso do artigo fezes. Ô artiguinho nojento, heheh! Talvez no caso das imagens pudesse ter uma ligação para o Commons, seria menos mal. Mas no caso do texto, não há o que fazer, informação é informação, seja bonita ou feia. E Epinheiro, acho que sua definição sobre preconceito se encaixou perfeitamente no que eu quis dizer. É puro preconceito sim. Ou pura hipocrisia, como quiser chamar, pois os palavrões são falados no dia-a-dia e não há quem os cale. Talvez não por mim, nem por você, pois somos da elite (update: tivemos uma educação diferenciada, pois conheço muita gente da "elite" que fala mais palavrão que qualquer outro. Além do mais, eu também solto os meus quando é necessário, e não é porque eu os pronuncio raramente que eles deixam de existir). Mas quem cala a boca do povão? --Lipe FML 03h49min de 10 de Agosto de 2007 (UTC)
  • Concordo com o Anastácio, em ambos os casos e -   Discordo do Sr. FML quando diz que há preconceito. Não há pré algum, neste caso: há, sim, conceito - basta ver que a Wikipédia é enciclopédia e não um dicionário enciclopédico ilustrado. Não é, porque não precisa ser - uma vez que já temos devidamente o wikcionário a desempenhar tal papel. E mais: não é tudo que é pessoa viva que será biografada, não é tudo que se fala que será verbeteado... Conhecer ¿Digaê 07h56min de 10 de Agosto de 2007 (UTC)
André, perdoe-me o Manuel se eu o entendi mal, mas eu não disse nada muito oposto do que ele disse. Ele disse: Citação: Manuel escreveu: «(...) o conteúdo que está na página está correcto, é verificável e não choca nem envergonha ninguém. (...)». --- E André, nesse assunto, dificilmente concordaremos, pois a sua definição de enciclopédia é bastante peculiar. A minha definição sobre enciclopédia é exatamente as definições que posso encontrar no próprio verbete enciclopédia, que posso encontrar no Michaelis, no Aurélio, na própria Encic. Larousse, Encic. Conhecer etc., ou seja: o conjunto do conhecimento humano, ou a compilação do conhecimento humano. Por causa do espaço limitado, é claro que nem todo o conhecimento humano pode ser incluído numa enciclopédia, por isso a necessidade da compilação e o filtro para os assuntos mais relevantes. "Palavrões" existem e isso é fato. Já foram objetos de estudo, fazem parte do cotidiano, da mídia, do humor, da arte, estão presentes em toda a parte. Eu julgo que sejam, apesar de "indecorosos", relevantes. Há quem julgue que não são relevantes. Até aí não há o que se fazer: cada um tem uma noção diferente sobre o que é ou não relevante. Mas dizer que isso não é assunto para uma enciclopédia, ou que isso se restringe a um dicionário, é tentar "se livrar" desse tipo de informação da maneira mais hipócrita e/ou preconceituosa possível. Eu digo que é preconceito pois tratar esse tipo de informação diferente das outras é porque há algum trauma envolvido.
Ao mesmo tempo, no momento não me importo mais com os palavrões, gírias e todas essas coisas, pois esta enciclopédia, pelo menos no momento atual, não está ainda preparada para informações "feias" desse tipo. E não vejo problema nisso: há ainda muito assunto mais relevante "na fila" para entrar na Wikipédia, a espera de alguém que queira explicar. --Lipe FML 14h25min de 10 de Agosto de 2007 (UTC)
Não se justifica uma página de desambiguação para dois termos. Cona (província) fica como artigo principal e faz-se uma minidesambig com o termo cona redireccionando para vagina. Lusitana 11h13min de 10 de Agosto de 2007 (UTC)
  •   Concordo com o André - isto é uma enciclopédia, não é um dicionário. Se as ditas palavras tiverem valor enciclopédico, muito bem, mas se forem criados artigos com o único objectivo de explicar a "palavra" em si, é melhor que se comece a usar o Wikcionário. BelanidiaMsg 12h46min de 16 de Agosto de 2007 (UTC)

Guiné EquatorialEditar

Em Guiné Equatorial achei: Guiné Equatorial vai adotar língua portuguesa como oficial

http://www.agencialusa.com.br/index.php?iden=9074

Só avisando pois vão mexer em predefinições e em tabelas sobre este assunto. No momento o pais esta dentro de Francofonia.--OS2Warp msg 18h28min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)

  • "Obiang convierte al portugués en tercer idioma oficial para entrar en la Comunidad lusófona de Naciones", Terra. 13-07-2007 --OS2Warp msg 18h31min de 7 de Agosto de 2007 (UTC)

Literatura gayEditar

Saíram incluindo escritores como Franz Kafka e Luiz Pacheco (e vários outros) em literatura gay sem a menor comprovação. Isso é devido? --JrBr 21h22min de 8 de Agosto de 2007 (UTC)

Não é devido. Não está certo. É preconceituoso. É treta. Manuel Anastácio 21h45min de 8 de Agosto de 2007 (UTC)

Como mais ninguém diz nada, em breve retirarei os respectivos artigos dessa classificação. Manuel Anastácio 19h44min de 10 de Agosto de 2007 (UTC)


Fusão de PredefiniçõesEditar

Caros Senhores e Senhoras,
Pretendo promover a substituir as Predefinições {{Sexo}}, {{Sexualidade}}, {{SexoC}}, {{Orientação Sexual}}, {{Sexo-bio}} e {{Parafilia}}, pela {{Sexualidade2}} que é uma fusão de todas elas. Nesta eu tentei, dentro da minha inabilidade, criar uma Predefinição mais genérica para permitir uma visão mais ampla e sistematizada dos assuntos abordados, que ao meu ver estava fragmentados nas Predefinições anteriores.

Se não houver oposição devo realizar as substituição dia 18 de Agosto, assim teremos tempo para discutirmos, e se alguém mais hábil que eu e que deseje melhora-la possa fase-lo, fato que me deixará muito contente.
Grato Econt 17h54min de 9 de Agosto de 2007 (UTC)

Só acho que alguns itens, nomeadamente os anatómicos, deverão ficar com a caixa informativa existente para o efeito:

A minha opinião é que nos itens anatómicos se colocasse somente a caixa sobre anatomia no topo e adoptar a navegação inferior, em semelhança ao que acontece na wiki.en:

  • {{Male reproductive system}}
  • {{Female reproductive system}}

Penso que ainda não existam ainda aqui, estas predefs de navegação inferior, mas fazem-se num instante. Lijealso ? 18h06min de 9 de Agosto de 2007 (UTC)

Lijealso ? 18h06min de 9 de Agosto de 2007 (UTC)

Outra predefinição que me faz confusão é {{corpo humano}}. Vejamos em ânus. Ela está na secção do aparelho digestivo. Faria mais sentido colocar a tal caixa anatómica, e a navegação se processar por inclusão de predefinição (com itens sobre anatomia do sistema digestivo) no fundo do artigo.

Ou seja, aqueles subitens da predef. corpo humano (sistema nervoso, endócrino, respiratório, etc) podem bem ser transformados um predefs especificas de navegação inferior (obtendo até uma maior abrangência, que a corpo humano não permite sem se tornar gigantesca) . Lijealso ? 18h17min de 9 de Agosto de 2007 (UTC)

Resumindo: Sou mais favorável a navegações no fundo dos artigos: ver [10] para o caso das parafilias (e ficam mais completas, no assunto tratado). Lijealso ? 18h24min de 9 de Agosto de 2007 (UTC)

Realmente, a navegações no fundo dos artigos também pode ser uma boa forma para promover esta fusão, mais reformula-la esta além do meu conhecimento técnico, que foi de adaptar uma caixa já existente [11] para isso {{Sexualidade2}}.--Econt 18h57min de 9 de Agosto de 2007 (UTC)


Hipótese, teoria e leiEditar

Dados os problemas encontrados em alguns artigos, mais recentemente no Vulcão de Nova Iguaçu, e de acordo com a política Nada de pesquisa inédita e a discussão Critérios de notoriedade, resolvi trazer tal assunto à pauta da Esplanada.

Primeiramente é essencial ter em mente a diferença entre os três termos:

  • Hipótese: Surge a partir da descrição do um problema em um trabalho, como uma das alternativas à sua resposta.
Ex: Problema: Para onde rolará uma bola de boliche se for solta em meio a uma ladeira?
Hipótese 1: Rolará para cima
Hipótese 2: Rolará para baixo
  • Teoria: Quando uma das hipósteses é confirmada através de um estudo, passa a se tornar uma teoria. Utilizando o exemplo acima poderíamos obter a Teoria da bola de boliche que rola ladeira abaixo. A partir do momento em que uma hipótese se torna uma teoria, passa a gozar de maior credibilidade e aceitabilidade no meio científico, contudo, ela não é imutável e pode vir a ser questionada e derrubada por novas pesquisas.
  • Lei: É comprovada e imutável. Os exemplos mais comuns podem ser explicados na física.
Ex: Lei da Gravitação Universal: A atração entre os corpos existe, é diretamente proporcional à massa e inversamente proporcional ao quadrado da distância, e ponto final.

Porém, mesmo em se tratando de uma lei, podem existir teorias a explicá-las. A Lei da Gravitação Universal pode ser explicada tanto pela teoria de Newton quanto pela teoria de Einstein. Ambas já foram confirmadas através de estudos (deixando, portanto, de ser hipóteses), e nos levam a um mesmo resultado. Com o passar do tempo, com a evolução tecnológica e com novos estudos poderemos, talvez, descobrir qual das duas é, de fato, a melhor teoria.

Olhando por cima, pode-nos parecer que Leis e Teorias teriam relevância enciclopédica, mas as Hipóteses não, o que nos leva a uma visão errada do contexto global.

Quanto às leis, certamente todas tem relevância; quanto às teorias não. Primeiro porque uma teoria pode surgir de uma pesquisa inédita; segundo porquê pode ser frágil e de difícil verificabilidade e terceiro porque pode vir a ser derrubada facilmente por teorias mais consistentes.

Quanto às hipóteses, aqui chegamos a um ponto interessante. Muitas podem ter relevância pelo fato do contexto ser dificilmente verificável; exemplo que ocorre no Vulcão de Nova Iguaçu: as formações vulcânicas existem, mas a origem dos fatos é extremamente difícil de se apreciar; ou, até mesmo, ser impossível a observação, como no exemplo clássico do Gato de Schrödinger. Hipóteses são muito utilizadas, principalmente, na Mecânica Quântica e na Química em nível atômico ou sub-atômico, uma vez que alguns eventos, assim que observados, deixam de existir.

Qual o limiar do relevante e do não relevante? Existem teorias que já foram há muito derrubdas e que possuem relevância enciclopédica, como a teoria do Geocentrismo e a teoria clássica de que um objeto pesado cai mais rapidamente que um objeto mais leve.

Em minha opinião, uma hipótese só tem relevância se os fatos não podem ser observados ou serem de difícil observação, tenham aceitação no meio acadêmico e que levem a resultados consistentes.

Quantos as Teorias derrubadas, devem permanecer as que possuem relevância história (ex: Geocentrismo, Abiogênese).

Quanto às leis, acho que todas gozam de relevância.

Abraços,

Rossicev msg 17h20min de 10 de Agosto de 2007 (UTC)

A relevância deve ser estabelecida nas citações. é mais relevante o que tem mais citações e fontes. Este é um critério social. Como você tem estruturou, a lei é algo aparente, perceptivel de modo aparente e que estabelece um consenso, uma unanimidade. A teoria é algo fundamentanto em estudos, eventos, fenômenos ou outros fatos correlatos. É preciso uma vivência mais apaurada para entender a teoria. A hipótese já é um entendimento sem muita consistência, dependendo de mais estudos e experimentações.
No caso do artigo que suscitou o tema, é evidente que existe uma formação no lugar dando a entender ou fazendo suscitar a hipótese de um vulcão. Se o lugar é chamado pela população que o habita de vulcão, se existem outros fatos que o levam para esse entendimento, o artigo pode existir e conter as discussõe já existentes ao nivel de estudos científicos. O artigo está muito bem referenciado e desta forma é que todos os artigos deveriam existir. David Andrade 17h53min de 10 de Agosto de 2007 (UTC)

O proprietário do artigo removeu seis vezes a secção introdutória Wikipedia:Livro de estilo/Seção introdutória porque descaracteriza o seu texto. --OS2Warp msg 20h37min de 10 de Agosto de 2007 (UTC)


línguas turcomanasEditar

Mudar posteriormente para língua turcomana, o artigo língua turcomena.o comentário precedente não foi assinado por 201.82.112.23 (discussão • contrib.)

  • A sugestão de movimento me parece pertinente... a menos que a expressão exista com a versão m'ena, que eu particularmente desconheço... Conhecer ¿Digaê 08h22min de 13 de Agosto de 2007 (UTC)
Não estou muito a par de o nome ser turcomano ou ser turcomeno (turcomano não é castelhano?), mas é importante não confundir a língua com a família. Abraços, Ozalid 12h23min de 13 de Agosto de 2007 (UTC)

Turcomeno é o gentílico e o nome do idioma falado no Turcomenistão. Turcomano é o adjetivo relativo a povos de origem asiática e também nome de família de línguas, que inclui o turco, o azeri, o oguz, o nogai, o tártaro, o uzbeque, o cazaque, o iacuto e muitas outras. Fonte: Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Espero que o Kazak D​ C​ E​ F e seus inúmeros números IP parem de brincar de enciclopédia.Dantadd 14h16min de 13 de Agosto de 2007 (UTC)

[off-topic] Uma vez me criticaram aqui na Wikipédia por usar um dicionário como referência ou como fonte de verificabilidade. Lipe FML 03h15min de 15 de Agosto de 2007 (UTC)
Se o Kazak estiver lendo, peço encarecidamente que não edite o que não sabe. Lembre que eu o peguei diversas vezes apagando as explicações que você mesmo colocou nas páginas de discussões e que depois viu que estavam erradas. Não apague os antigos nomes de lugares apenas porque mudaram. Mantenha os nomes antigos. O livro que consulta está desatualizado ou não detalha bem certas definições. Não mais mexa nada sobre línguas do oriente. Esqueça Japão, Coréia e China. Tudo que editou no passado foi removido.--OS2Warp msg 16h08min de 13 de Agosto de 2007 (UTC)
  • Esse Lalli é mesmo duro de roer! Quem alguma vez disse que dicionário não é fonte de referência, aqui? Fonte de referência, a fim de atestar a fiabilidade de algo - fique claro: isso vai bem longe de querer fazer da Wikipédia um dicionário ilustrado - quando já temos o Wikcionário...
  • Aliás, alguém não gostaria (se souber como fazer) de propor a criação do domínio Referência, como existe na fr:wiki? Ia nos poupar de ficar editando na Biblioteca, e teríamos como usar predefinições a fim de agilizar citações repetitivas... (pronto! Falei... espero que ninguém fique com raiva de mim por sugerir isso...) Conhecer ¿Digaê 17h30min de 15 de Agosto de 2007 (UTC)
  • Pê-Si: E, para usarmos mais um dicionário como fonte, referência e fiabilidade, meu velho Aurélio diz que turcomano, turcomeno e turcomâni são absolutamente... sinônimos! Vejam só uma das definições:
    • Turcomano - (Glossônimo) Língua altaica falada nessas regiões; turcomâni.

Ou seja, o Dantadd quis separar algo que é... junto? Creio que o caso é de puro, simples e indolor redirect... Conhecer ¿Digaê 17h39min de 15 de Agosto de 2007 (UTC)

    • Outra maneira de fazer referência à família de idiomas é "línguas túrquicas", apesar do nome meio dissonante. Fábio 13h07min de 18 de Agosto de 2007 (UTC)


Sites ofensivosEditar

Prezados, o usuário Rightsideclub, que também utiliza os nomes Orson, Miguel, Simulador Humano, Rui Resende, além de inúmeros IPs, criou um blog e tem participado ativamente de um fórum difamando vários usuários da Wikipédia.

Neste wikipediaqueixas.blogspot.com/2007_07_01_archive.html blog ele faz ataques e ofensas o Rangel, a PatríciaR e principalmente contra mim.

Neste fórum, ele novamente difama vários usuários, principalmente eu. Outros editores, que votarão democraticamente contra a permanência deste artigo (ver votação) tiveram seus nomes citados numa clara tentativa de depreciar os mesmos.

Os usuários que foram citados, que eu vi, são: Lijealso, Yanguas, Vinicius Siqueira, OS2Warp, Leandro Martinez, Nice, Sam, Eduardo, Conhecer, Ozild (ele errou o nome; seria o Ozalid), EPinheiro e Fabiano.

Outros foram citados, porém, de forma mais cordial: João Carvalho (elogiado por ter votado pela manutenção do artigo), OS2Warp (após ter mudado de voto), PatríciaR (opinião oposta ao blog), Giro720, Adilton (ele errou o nome; seria o Adailton), Machocarioca (por ter supostamente me enfrentado, segundo a visão do usuário), Missionary e Tiago Vasconcelos.

Trago para Esplanada pelo fato de terem sido muitos usuários citados e vários difamados. Por favor, leiam: são apenas 7 páginas. O usuário Rightsideclub é o nick "Thorn Gilts". Suspeito que o nick "Mundo Plano" também seja seu.

Aproveitando o assunto, reparem essa mensagem deixada na primeira página do fórum:

Mundo Plano escreveu: P.S. QUALQUER UM SE PODE REGISTAR PARA VOTAR, BASTA FAZER 100 EDICÇOES NO DOMINIO PRINCIPAL... BASTAR ENCONTRAREM 100 ERROS ORTOGRÁFICOS NAS VÁRIAS PÁGINAS DA WIKIPÉDIA E EDITAR UM A UM PARA GANHAR O SEU DIREITO A VOTO.

Além de que encontrar erros na wikipedia é uma trivialidade, graças ao Google. Twisted Evil Pega-se no erro e procura-se em que páginas ele está. Exemplos:

* site:pt.wikipedia.org praso * site:pt.wikipedia.org paralizar * site:pt.wikipedia.org beneficiente * site:pt.wikipedia.org utilisar

Para os que não sabem dar erros, vai aqui uma longa lista de erros de Ortografia da própria wikipedia. Já agora, editem um erro de cada vez para chegar mais depressa aos 100 pontos. Mr. Green

Bem, adeus, que agora tenho de ir corrigir erros! Laughing. hermes

Aqui na Wikipédia, costumamos convidar usuários para participar de votações. Isso é normal e faz parte da rotina, principalmente quando algum editor melhora o conteúdo durante a votação. No entanto, ensinar outros editores a criarem contas apenas para votar pela permanência de um artigo não me parece ético e correto. Existe alguma regra na Wikipédia inglesa que trate desse tipo de tentativa de enganar a comunidade? A regra 21 de ER valeria diante dessa situação? JSSX uai 22h34min de 16 de Agosto de 2007 (UTC)

Três usuários deles daquele fórum, José3, Midas e o Bmwmb editaram Think Finance,Afinsa e Fórum Filatélico parece que seguiram as nossas regra e incluíndo várias fontes externas. Eles aparentemente se deram por satisfeito e ficaram editado os artigos. Sobrou apenas o Rightsideclub que parece não estar assim muito engajado naquele grupo e fica por aqui fazendo não sei o que. Não edita e exige vingança. --OS2Warp msg 22h51min de 16 de Agosto de 2007 (UTC)
As msgs do forum são antigas e eles vieram aqui e editaram e não escreveram no forum que fizeram o que desejavam. Devem ter combinado via e-mail. E não dou importância aquele blog, pois está desatualizado e contém diversos erros, pois o autor não consegue saber quem é quem aqui na wiki. --OS2Warp msg 22h55min de 16 de Agosto de 2007 (UTC)
O problema não é só esse. Tem gente por aí que esquece que os artigos da Wikipédia estão GFDL e partem pro ataque quando tenta-se corrigir alguma coisa, vide Discussão:Vulcão de Nova Iguaçu. Rossicev msg 11h38min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Usuários ofensivosEditar

JSSX, pela última vez: O usuário Rui Resende não é um sock puppet do usuário Rightsideclub. Você precisa parar de ficar repetindo a mesma coisa incessantemente. Essa é uma acusação que não é fundamentada, e portanto até que se prove o contrário, é falsa. Só porque foi recentemente absolvido pela comunidade não tem carta branca pra ficar difamando e acusando injustamente um usuário. Ou faz campanha por um checkuser (ao qual o próprio usuário acusado concordou) e apresenta as provas, ou então pare completamente com essa bobagem. Se não fosse um administrador que estivesse a acusar falsamente e difamar já teria com certeza sido advertido e punido por continuar a fazer isso.

Você recentemente até me convenceu em certos pontos em algumas revisões em Pedidos a administradores, porem o seu pior lado ainda esta a vigorar: persegue pessoas com quem você se desentende. Perseguir a patota do thinkfn e ficar investigando o fórum deles, mostra como você esta obcecado e insiste em imaturamente personificar tudo.

Quanto ao ponto deles de tomar as votações de assalto, infelizmente se eles seguirem as regras que vcs mesmo estabeleceram, não há nada para se fazer... se chama democracia. Não me venha tentar manipular regrinhas 21 ou qq outra do ER pra censurar votos dos outros, alegando boas intenções. Se qualquer coisa, essa convocação no fórum deles só expõem o quão frágil é o sistema de votação e a democracia aqui na wiki. O grupinho aqui que defende exigências cada vez mais altas para votar, não consegue mesmo ver que isso é só um tipo de corrida armamentista e não resolve o problema no seu fundamento.

Acho engraçado você pedir pra ler as apenas 7 páginas do blog, hehehe... pra vc que esta travando sua cruzada deve ser realmente trivial. Eu acabei seguindo o seu conselho e lendo e achei muito irônico. Porque o segundo artigo do blog “JSSX o enfant terrible da Wikpédia - Fujam dele” wikipediaqueixas.blogspot.com/2007_07_01_archive.html é uma exposição honesta do Rui Resende que explica detalhe por detalhe tudo o que ocorreu quando você resolveu pegar no pé dele quando cismou que ele era um sock puppet. Se qualquer coisa serve pra mostrar como você estava errado e agiu com arbitrariedade. Realmente todos deveriam ler!

Sobre a crítica deles à PatriciaR, é duro porque a coitada acabou marcada de novo por se envolver em polêmica porque é geralmente primeira a intervir quando há um chamado por mediação. Mas até isso, depois eu vi que não foi o Rui Resende que escreveu e sim o tal de Righsideclub. Enfim... pensei que seria melhor pra comunidade que você renunciasse, mesmo achando que lhe falta maturidade pra isso, mas ainda não lhe conheço tão bem e posso estar errado. Um abraço --Rmbr 08h17min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

É impressão minha ou o usuário Rmbr está a propor um golpe? Salvo me engano, já houve uma votação, em que a comunidade (eu, você, nós) votamos, em sua maioria, pela permanência do JSSX como sysop. Cabe lembrar que ser sysop não dá superpoderes ao usuário, e, repito, não vi nada de uso abusivo das ferramentas (bloqueios sem justificativas, proteções de páginas sem explicações, eliminação sumária de página sem marcação...). O Fred entrou em atrito com outros usuários na condição de... usuário! Achei que esse assunto já era morto, mas face a este blog, espero que não tenhamos mais um zumbi, assim como fizeram com o OS2Warp... Ignore mode full on. Alex Pereirafalaê 10h55min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)
O usuário Rmbr está fora de muitos assuntos da Wikipédia (como de costume) e fica dar inúmeras lições e fornecer sofisticadas análises detalhadas de fatos que acredita conhecer. Por mais que acuse JSSX de imaturo, eu e mais alguns sabemos o que realmente está acontecendo. Outro detalhe. Eu salvo muitos artigos para ER, indo maciçamente na Wikipédia em inglês e salvando artigos como o do anão do Jackass. Já salvei atores neozelandeses da Xena: Warrior Princess que nem constam no IMDb. Muitos usuários policiais nunca fizeram uma única edição deste tipo.--OS2Warp msg 15h58min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Resolver o problema do Rui ResendeEditar

Então, vamos lá falar do Rui Resende. Acho que já é altura de adoptar um mecanismo que existe na Wikipédia em inglês e que permite bloquear sock puppets (fantoches) mesmo sem a ferramenta de check user (verificação de IP) que, como todos sabem, tem muito pouca eficácia e utilidade. Chama-se Suspected sock puppets (Wikipedia:Suspeita de sock puppets) e consiste numa avaliação, por parte da comunidade, da existência ou não existência de um fantoche em violação da política sobre fantoches. No final os administradores adoptam uma conclusão e bloqueiam ou ilibam o acusado. Este mecanismo pretende evitar que se contorne o sistema (gaming the system) e que se mantenham fantoches que toda a gente sabe que são fantoches mas que conseguem contornar a verificação de IP. É só traduzir...

Acho que já é hora de ou bloquear o Rui Resende por ser um fantoche, ou de não o acusar mais de o ser. Abraço, Ozalid 17h37min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Ozalid,   Concordo contigo sobre criação desse mecanismo. Da mesma maneira que estava de acordo com você na criação do nosso mal elaborado e mal fadado Conselho de conduta, que deveria na verdade ter se espelhado no Arbitration Committee. Infelizmente o sistema de Suspeita de sock puppets não resolverá o problema por completo; observe que depois dos 10 dias de debates deverá ser chegada uma conclusão. E como tudo aqui na lusitana acaba se desviando para opinião e defesa de interesses de grupos e não a se ater aos fatos, invariavelmente teremos mais votações, para decidir qual deverá ser a conclusão. Vê o problema? Mesmo assim, acredito que é um sistema melhor do que o atual onde administradores ou usuários perseguidores ficam a jogar infindávelmente acusações sem fundamento ao léu. --Rmbr 18h25min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)
Caro Rmbr, na Wikipédia em inglês não há qualquer votação sobre o assunto e julgo que aqui também não deve haver. Os bloqueios são assunto dos administradores, é para isso que são nomeados e não faria sentido nomeá-los se os bloqueios fossem decididos por votação. Se a comunidade não concordar com um bloqueio realizado é livre de propor a sua alteração e, até, de anular as decisões dos administradores. A comunidade é também livre de demitir administradores e de os substituir por outros melhores. Mas a comunidade só deve agir após uma decisão tomada pelos administradores, caso contrário, deixaríamos de ser uma enciclopédia para passarmos a ser um centro de votações sobre bloqueios. Abraço, Ozalid 20h11min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)
Eu ainda não consegui decidir se você realmente tem um problema interpretativo ou se simplismente considera algumas coisas e desconsidera outras fazendo recortes somente para ter a última palavra e sempre dar suas considerações... de qualquer maneira é muito cansativo, apesar de que sempre facilmente refutável. A questão é... deveria eu perder meu tempo com esse tipo de argumentação vazia? Estou começando a me convencer que não... --Rmbr 20h51min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)
 ? Ozalid 21h38min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)
?

Prezados, quando eu iniciei o tópico tinha em mente apenas informar aos usuários citados o fato de estarem sendo criticados em outros sites. Motivo: estou com problemas temporários de acesso à internet e, por isso, seria inviável neste momento enviar uma mensagem para cada um dos usuários. Não gostaria que isso virasse outra arena de insultos. Já basta os dois sites.

Na lista acima, esqueci de falar alguns usuários que foram citados pelo Rightsideclub, em seu blog: Marcos, Sturm, Garavello, Dantadd, Laobc, Hugo Lima e Nemracc.

Quanto à sugestão do Ozalid, achei interessante e fica aí a proposta.

Quanto ao Rui Resende/Rightsideclub/Orson/Simulador Humano/Miguel/Thorn Gilts/Mundo Plano/inúmeros IPs, vou relevar a opinião do Rmbr pois estou certo de que ele ainda não está por dentro das contribuições do usuário.

Quanto à minha dúvida, vou encaminhar para um local mais específico, visto que não obtive respostas. Boas contribuições e, ao meu ver, podemos encerrar aqui e centralizar apenas na proposta do Ozalid, caso ele queira. JSSX uai 00h03min de 18 de Agosto de 2007 (UTC)

Inacreditável que isto venha a se resolver neste plano. Venho acompanhando as edições do Rui Rezende e penso que ele é uma pessoa realmente séria. Esta tentativa de desqualificá-lo é, no mínimo, uma farsa armada, sem compostura. Tenham vergonha. -- Clara C. 07h42min de 18 de Agosto de 2007 (UTC)

Que horror. Nunca pensei que a Esplanada poderia vir a ser palco deste tipo de lavagem de roupa suja. Pior: campanha (como se fosse necessária) de administradores, contra usuários comuns, meros mortais. Quando administradores sentem-se na necessidade de se defender (ou defender a classe), é porque o sistema anda realmente mal. Pensem nisso. -- Clara C. 08h10min de 18 de Agosto de 2007 (UTC)

Se você considera o Rightsideclub/Miguel/Orson/Simulador Humano/Rui Resendo/Inúmeros IP dentre outras identidades conhecidas e desconhecidas sério, o problema é absolutamente seu, visto que você, há tempos, só se preocupa em proteger vândalos e trolls. No entanto, tolerar desrespeito com as regras definidas pela comunidade praticado por este usuário é problema da comunidade. JSSX uai 21h49min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)

De acordo com o Ozalid. Usuário sério? Clara C.... Não se trata de defender classe nenhuma de administradores. Simplesmente não consigo levar a sério Sockpuppets cujo único intuito é andar de discussão em discussão. Haja paciência. E usando as tuas palavras "tenham vergonha" e façam mas é qualquer coisa de útil. Lusitana 22h36min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)
Realmente não há muita paciência para este ruído de fundo que só provoca desvios àquilo que deveria ser o trabalho essencial: fazer uma enciclopédia. Bye. Lijealso ? 23h01min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)
Clara C., por favor, qual exatamente das 28 edições no principal deste usuário você acompanhou? E qual delas te ajudou a formar a opinião de que é um contribuinte sério? Deste usuário eu só vejo propaganda. Propaganda de seu site (alias, rightsideclub... estranha coincidência), de sua associação, de seu livro (como IP) e registrado e de suas idéias. O problema é que ele não pára por ai. Já arrumou briga com o OS2Warp, depois com o Rangel e agora com o Fred. Coincidência, ou não, os dois primeiros ERAM adms e não são mais. O Fred passou pelo mesmo processo mas se manteve no cargo, mas continua sendo atazanado pelo usuário. Quem está perseguindo quem aqui? Sam  |msg|  03h22min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)

Só não vê quem não quer ver. -- Clara C. 08h16min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)

Não há nenhum "Problema Rui Rezende" aqui. Tudo que o editor coloca, coloca os fatos juntos, linkados e jamais é constestado. O problema está em outro lugar, não? Machocarioca



Ilustres,

1) Lamentavelmente o I. JSSX vai ser absolvido pelas suas fraudes apenas porque os juízes são do mesmo grémio e não por qualquer argumento valido que ateste a sua competência idoneidade, habilitação, valor e virtude. Essa é a única razão pela qual achei que seria uma perda de tempo estar presentemente apontar as fraudes do I. Fredaxvier, pois por muito que aqui se provasse, comprovasse e testemunhasse , como ficou demonstrado, que o I. Visado efectivamente não reúne qualidades para o cargo que actualmente ocupa, de nada adiantaria quando não há vontade de fazer justiça.

2)O I. Machcarioca fez a proposta de um “Checkuser” que eu chancelei (apesar de sem voto) e que não foi aceite pela comunidade por terem concluído que não havia transgressão de nenhuma regra pela minha parte - o que torna ilegítimo o bloqueio do I. JSSX. Isto, independentemente de eu poder ser um “sock puppet” (que não sou, conforme várias vezes provei e poderei continuar atestar).

As relações que o I. JSSX forçosamente tenta encontrar entre mim e o I. Rightsideclub são todas sem sentido e podem ser encontradas, semelhantes, em todos vocês (Eu posso demonstrar isso rapidamente). A selectividade com que o I. JSSX aduz essas comparações para publico, demonstra o forte poder que este administrador tem de manipular a intelecção dos outros, pois bastaria observar um outro número expressivo de edições e compara-las para ver que não há semelhança ínfima entre a minha edição, feitio e presença com a do I. Rightsideclub. A única semelhança que nos liga é o facto de sermos amigos e discordarmos veemente das atitudes do I. JSSX, o que não nos torna “socks”.

As demonstrações que fiz sobre IPs e que posso continuar a demonstrar, deveriam ser suficientes para ver que é “humana e tecnologicamente” irrealizável ser “sock” do I. Rightsideclub.

Mesmo editando de um dispositivo móvel, como sugere o I. Sam, não é possível editar ao mesmo tempo (quase ao segundo) a km e km de distância como se poderá comprovar num “checkuser” que decidam fazer.

Para mim não subsistem dúvidas que o I. JSSX vai tentar, de tudo, para me bloquear, exonerar e denegrir como até agora fez e, para isso, poderá continuar a contar com uma minoria (mas activa) da comunidade – nepotismo. Mas isso nada me afecta e conheço, perfeitamente, os meios necessários de defesa.

Ao contrário do I. Rightsideclub não tenho nenhum blog, apesar de me parecer que já lá fui citado. Mas penso, seriamente, criar um com o fim de expor, livremente, as fraudes que aqui acontecem. Dessa forma irei perpetuar os nomes daqueles que não se sabem comportar nesta wikipédia. A razão pela qual não o fiz (ainda) foi pela esperança de que tudo se resolvesse com bom senso e longe de falsos consensos. Para além de que não tenho tempo para tais obtusidades… A não ser que realmente me provoquem.

Repetindo-me mais uma vez, esclareço que não tenho ligação alguma ao blog, ao website Think Finance ou outro qualquer portal.

Terei, em breve (se decidir avançar), ligação ao meu blog (primeiro necessito um programa de blog que seja rastreado pelos motores para aumentar a visibilidade).

3) Fora desta discussão em que o I. JSSX insiste em envolver-me, aproveito para deixar o meu desagrado com a reacção do I. Manuel Anastácio (que muito estimo) para com o I. Jornalista do D.N. Entendo que o apontado jornalista possa, involuntariamente, ter ferido a sua susceptibilidade mas tal não justifica o tom agreste com que se dirigiu ao mesmo. Eu, pessoalmente, não considerei a perguntar provocatória – mas é a minha opinião. Depois, o seu desafio à I. PatriciaR para o propor a exoneração, também me parece uma provocação, muito possivelmente resultado da ineficácia de uma mesma proposta para o I. JSSX que, de alguma forma, acabou por proteger todos os administradores prevaricadores num acordo tácito de mútua protecção. Este é mais um efeito negativo I. JSSX.

4) Apesar da divergência de opinião com alguns administradores e até (muito) com o I. Rightsideclub (embora o faça por email para o proteger de mais ataques), não significa que não os respeite ou deixei de considerar a sua importância para a Wikipédia. Para ser verdadeiro, até considero que o I. JSSX poderia dar um contributo muito importante para a Wikipédia, mas não enquanto detentor das ferramentas de administrador e prosseguindo a postura opressiva e ofensiva que, como vimos, teima em manter.

5) Porque é que ainda ninguém apresentou este problema do I. JSSX ao I. e querido fundador da Wikipédia? Penso que o próprio estaria interessado em resolver o assunto. É apenas uma sugestão para um audaz.

RR economics 17h14min de 26 de Agosto de 2007 (UTC)



Think FinanceEditar

Será possível afastarem o "Think Finance" de toda esta polémica? Posso sugerir que leiam alguns dos artigos mais relevantes, atentem às datas, e finalmente compreendam a relevância desse conteúdo e o merecimento efectivo de um artigo? (tanto mais que parecem existir milhares de artigos inúteis, para clubes de futebol, para programas de televisão, etc ... e aqui estamos a falar de um site que salvou milhares de pessoas de FRAUDES reais, alertando para as ditas antes de estoirarem. É algo surreal que eu ainda tenha que argumentar o porquê de o artigo ser merecido)

José3 12h15min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)

De facto a imagem que fica do Think Finance é extremamente negativa. Não só porque, aqui, está aliada à imagem do Rightsideclub e do Rui Resende (as restantes pessoas que defendem esse portal não fizeram qualquer tentativa de se demarcar do seu comportamento desestabilizador), mas também porque, como o JSSX demonstrou acima, é um portal que nos seus fóruns dá abrigo a insultos e atitudes conspiratórias contra outros sítios na Internet. O que andam a fazer os responsáveis desse portal? Fica, de facto, uma imagem de mais um blog do enxovalho, como tantos, e de coisa muito pouco séria e bastante adolescente. Quanto a mim, essa imagem permanecerá até que os seus responsáveis tomem medidas. Abraços, Ozalid 20h05min de 25 de Agosto de 2007 (UTC)
E, já agora, também não ajuda nada que todas as pessoas que falam no Think Finance praticamente só falem disso. Dá a ideia que se organizaram para vir promover esse sítio. Ajudaria bastante se começassem a fazer outras coisas e a falar menos no sítio. É uma sugestão... Abraços, Ozalid 20h05min de 25 de Agosto de 2007 (UTC)
* Resposta

Ilustre Ozalid e restantes usuários e administradores,

Em primeiro lugar não tenho nada que me ligue ao Think Finance e tão pouco conheço o I. José3.

Segundo, as minhas acções ou de quem quer que seja, negativas (que não o são) ou não, são indiferentes (ou deveriam ser) ao valor enciclopédico de qualquer artigo. Mas como os Ilustres, principalmente Ozalid e JSSX, já nos habituaram, é preferível manter o compadrio e apagar um texto relevante por nepotismo, do que manter um artigo, de elevada relevância e valor enciclopédico, só porque, de alguma forma, foi criado e editado por usuários que não gostamos.

I. Ozalid! O que escreveu, como quase sempre, é de quem não raciocina para além de uma visão estreita da Wikipédia e presa a um nepotismo ridículo, para além do seu toque de coação e intimidação. Repare que não estou a ser insultuoso e tento ser cordial na verificação dos factos. Mas, se quiserem posso trocar esta minha frase para uma dentro dos padrões do I. JSSX, a jeito do meu amigo I. Rightsideclub – “visão de vândalo e troll”.

Eu, no lugar do I. José3 ou do I. Rightsideclub, criaria igual artigo, em Inglês, na Wikipédia em língua inglesa. Seria uma boa forma de vos rebaixar a mediocridade em termos culturais e de escolhas. Eu não faço porque, como disse, nada tenho a ver com o artigo.

RR economics 16h16min de 26 de Agosto de 2007 (UTC)

Freedom TowerEditar

Excluir esta página.o comentário precedente não foi assinado por 201.82.176.143 (discussão • contrib.)

Qual a razão? --Nice msg 08h11min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Votações para EliminaçãoEditar

Gostaria de fazer um apelo à comunidade. Antes de indicar uma página para eliminação por votação, ou até mesmo votar, pelo menos leiam o artigo e façam uma busca no google! É claro que sempre haverá discussões e discordâncias sobre critérios de notoriedade (já tentou-se estabelecer critérios mais objetivos, mas a coisa não foi tão fácil assim), mas existem artigos colocados à votação que são, indubitavelmente, relevantes. Quase caí da cadeira quando, há um tempo atrás, vi o artigo Caio Martins proposto para votação. Que não o conheça, tudo bem, mas no próprio artigo está escrito que seu nome já batizou estádio de futebol, praça e vários grupos em sua homenagem; uma busca no google poderia até encerrar a questão.

Outra questão que chamou atenção há pouco tempo foi a proposta de votação do artigo Maria Helena Diniz. No artigo está escrito que possui mais de 40 livros publicados, fato que ensejaria, pelo menos, uma busca no google que, por sinal, retorna mais de 60000 resultados. Uma busca em uma livraria virtual poderia encerrar de vez a questão.

Por fim, acho que caberiam mais regras de ER para agilizar o processo de votação. Só em Wikipedia:Páginas_para_eliminar/23_de_Agosto são 45 propostas de eliminação. Não há santo que agüente pesquisar tudo...

Abraços,

Rossicev msg 12h02min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Por sinal, estive naquela votação do Caio Martins... Com relação às regras de ER, já temos é muitas. Temos que, de fato, saber usá-las. Cabe aqui somente chamar a atenção para o que diz sobre propor votação acerca de uma página:
"Esta possibilidade foi introduzida na Wikipédia devido à proliferação de material que nada tem a ver com uma enciclopédia. Por esta razão, a função de eliminação de páginas só está disponível para administradores. Os administradores não escolhem, entretanto, quais páginas ou imagens devem ser excluídas. Eles apenas executam a função de eliminação de acordo com uma decisão que é tomada por toda a comunidade."
Em suma, o negócio é, como sempre, ter bom senso. E se for ao caso, remexer o lixo para transformar num destaque... Alex Pereirafalaê 12h09min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)
Votação de eliminação sempre foi problemática e exige muito tempo e extrema paciência e bom humor para salvar artigos. Salvei umas bandeiras do tibete (Cavalo de vento), mas outro artigos eu não salvei. Para fazer isso se exige capacidade e muitos não a tem. --OS2Warp msg 16h15min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

  Concordo completamente com você Rossiev! Pra mim esse é um dos maiores problemas da wikipédia lusitana atualmente. As sugestões acima do Alex Pereira de "ter bom senso" e do OS2Warp de "ter paciencia" simplismente não são boas o bastante e não tem funcionado. Principalmente porque os "usuários" que tem patológicamente marcado págianas para ER não tem nenhuma dessas duas qualidades. Qualquer um que vigia páginas para eliminação e ER sabe muito bem do que eu to falando.

Quanto a salvar páginas em ER ou EpV na wiki em inglês (OS2Warp na discussão anterior), é uma boa idéia... o Lugusto já sugeriu uma vez a criação de um Rescue Squadron em anúncios mas ninguem lhe deu ouvidos, eu rodo minha própria mediawiki pra salvar eliminações absurdas que tem ocorrido aqui na wiki a mais de 1 mês. Ou se respeita as regras atuais, ou muda-se elas para garantir seu cumprimento. --Rmbr 16h42min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Discordar faz parte. Só que uma enciclopédia não se constrói com eliminações sumárias. Caro Rmbr, sou um dos mais ativos nas ER, posso falar com um pouco de vistas do negócio: não adianta sair a eliminar artigos; tem que se saber o que está a fazer. É contra o espírito wiki apagar o conhecimento. Apagam-se os lixos, os impróprios, os spams, os absurdos, os erros... Apagar conteúdo, é por votação. E ponto. Concordo que, em alguns casos, os CV e as bandas de garagem entopem as nossas votações, mas é a forma que foi encontrada de não ficarmos com... 150 verbetes. Temos é que criar verbetes, não exterminá-los. Simplesmente assim... Agora, se acha que bom senso não é solução, o que seria? Pancadas, tacapadas e bengaladas? Alex Pereirafalaê 18h09min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)
Estou completamente de acordo contigo. Novamente como na discussão anterior, você não se da ao tempo nem de ler com cuidado e entender quais são as minhas reais intenções e motivações. Prefere adotar a opinião de grupo, ligar o ignore mode full on, e me taxar de troll. Eu acho que existe uma possibilidade bem prática de apagar artigos por eliminação rápida, DESDE que os administradores leiam atentamente e respeitem as regras formais em ER. Isso não acontece, a maioria do suposto lixo é simplismente e mecanicamente "carimbada" e eliminada como tal. Conteúdo válido é sumariamente apagado com regras que não condizem com a verdade (geralmente abusando do uso da regra 20: Podem ser eliminados por Eliminação rápida os artigos que encaixam no perfil de lixo e impróprio) Bom senso é sempre a solução. Mas bom senso nem sempre existe. --Rmbr 18h42min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)
Citação: Rmbr escreveu: «As sugestões acima do Alex Pereira de "ter bom senso" e do OS2Warp de "ter paciencia" simplismente não são boas o bastante e não tem funcionado.» Foram estas as suas palavras, de onde depreendi o meu raciocício. Li, com cuidado, e uso o ignore mode sempre que posso aqui na Explanada. Só achei interessante dar a minha opinião, pois que além de sysop, cuido e muito da limpeza dos lixos (que, sim, são maioria nas marcações para ER). Podem pegar três, cinco, oito exemplos, eu trago 30 de que lixos são lixos. Para mim, ter bom senso e ter paciência já é um bom começo. Pena não poder mandar nos demais sysops e fazê-los pensar como eu... Bem, daí, seria um ditador... Já me alonguei demais, volto aos meus artigos... Alex Pereirafalaê 20h07min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)
E ai vai você novamente afirmando que de alguma maneira a minha citação seguida da minha afirmação de alguma maneira não refletem a realidade prática do problema. E segue a afirmar que o problema existe e não existe ao mesmo tempo, provando o quão completamente nula é algumas discussões que se dão aqui na esplanada. Primeiro o antagonismo depois a argumentação... quando isso irá mudar? --Rmbr 21h06min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)


Dá para acreditar?Editar

Acabei de receber um mail de um jornalista do Diário de Notícias que perguntou se os administradores da Wikipédia, ao protegerem o perfil de José Sócrates, estavam a seguir orientações do gabinete do primeiro-ministro!!!... Isto será para rir ou para chorar???? Valha-me Deus!...

Eis a minha resposta:

Olá:

O seu mail é, de facto, interessante. Não sabia que o primeiro-ministro tinha poderes sobre a Wikipédia. Aliás, julgava que o que andava a correr pelas bocas do mundo é que o governo, não gostando do que a Wikipédia publicava, tentava reverter o que lhe era incómodo... E não é com espanto que encontro o seu mail onde nos acusa de seguirmos orientações do Primeiro Ministro??? Não, meu caro - nem sequer compreendo a origem da sua provocação. Os administradores revertem qualquer vandalismo feito a qualquer artigo, seja ele de José Sócrates seja do Marques Mendes, seja do Francisco Louçã, seja do João Pedro Henriques. Claro que não podemos aceitar que no perfil de José Sócrates apareça Profissão: Mentiroso! Retirar isso é estar a seguir instruções do gabinete do primeiro-ministro??? Espanta-me.

Claro que o facto de o artigo ter sido mencionado em vários artigos e trechos noticiosos na televisão tornou-o mais sensível a vandalismos, pelo que a vigilância em relação ao artigo aumentou e tivemos mesmo de o proteger contra edições até que a febre passe.

Espero, contudo, que não tenha sido o Diário de Notícias a efectuar os referidos vandalismos, já que isso só descrebilizará o jornal perante as muitas pessoas que acreditam que a Wikipédia é uma ferramenta útil de aprendizagem (aprendizagem: não de (des)informação, como muita gente diz por aí).

Estou ao seu dispor para esclarecer qualquer dúvida, já que verifico que tem muitas. Ou, se as não tem, deveria tê-las.

Grato,

Manuel Anastácio.

Se houver alguma coisa que acham que eu devia ter dito, digam aí... Esta gente está doida... Manuel Anastácio 18h28min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Ah... João Pedro Henriques é o nome do jornalista. Manuel Anastácio 18h30min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Manuel, colocar-te-ia como nossos Relações Públicas para todo o Portugal...Senti hoje os vandalismos contínuos ao verbete, e por pouco não o bloqueei para todos os usuários. Tive até de bloquear um por conta dele... MAS cabe mais um detalhe: a Wikipédia não é portuguesa, é em português. Ou seja, aqui onde moro, quem manda é o Lula... E não o gabinete do Sócrates (que pra muitos aqui, é aquele jogador de futebol...) Alex Pereirafalaê 18h35min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Resposta do caro amigo do DN: Meu caro, Vou tentar manter um tom sereno, mesmo apesar do seu manifestamente não ser. Obrigado pela resposta rápida. E pelo conteúdo da dita. É muito esclarecedora - a começar pelo tom.

Estou feito. Já não me vão contratar para cronista do DN... Manuel Anastácio 18h47min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Manuel, vou ser muito franca. Achei o tom do teu e-mail totalmente despropositado. Bastaria uma explicação (como de resto fizeste) de que a Wikipédia é independente de Governos e gabinetes. Insinuações do género que fizeste são muito pouco simpáticas e não abonam à imagem da Wikipédia. Se eu respondesse dessa forma a um e-mail no OTRS, estava fora do sistema no dia seguinte. Mesmo que tenha sido uma provocação. O jornalista ou nem leu o que a Wikipédia é ou é pouco esperto, mas não é razão para responder dessa forma a um dos jornais de maior tiragem em Portugal.
Desculpa, admiro-te muito mas acho que meteste a pata na poça. PatríciaR msg 19h06min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Propõe a minha desnomeação de administrador. Eu, por mim, não admito que que digam que estou aqui a mando seja de quem for. Já agora, gostava que me indicasses onde é que fui menos correcto. Manuel Anastácio 19h10min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Na minha terra diz-se que quem não se sente, não é filho de boa gente. Eu fiquei sentido, sim - e mais sentido fico agora ao ver que preferias que tivesse ânimo reptiliano. Mas enfim... Já devia estar habituado. Manuel Anastácio 19h17min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

E quanto ao facto de ter falado assim com um jornal de grande tiragem: falaria assim (sei que fui correcto em tudo o que disse, não me envergonho de nada) até com o New York Times. Não gosto de atitudes de subserviência. Não é isso que nos dignificará. O teu comentário a respeito da inteligência do jornalista (depreendo que não lhe será muito difícil encontrar esta discussão), por sua vez, parece-me muito mais ofensivo do que algo que eu tenha dito... Não me parece coerente com a crítica que me fizeste, nem com quem diz pesar bem aquilo que diz ou escreve... Manuel Anastácio 19h33min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Não...Não da para acreditar nesta sua frase “Os administradores revertem qualquer vandalismo feito a qualquer artigo, seja ele de José Sócrates seja do Marques Mendes, seja do Francisco Louçã, seja do João Pedro Henriques” sabemos que isto não é uma verdade e sabemos que por muitas vezes somos passionais aos méritos, fechando os olhos para falhas que devem ser corrigidas (digo falhas e não erros), por muitas vezes cometidas por descuido ou excesso de trabalho como administrador, porem sua frase é um trocadilho com a realidade e a banalização da realidade que vive os administradores, sobrecarregados e estressados com as confusões (por muitas vezes estive confuso e busquei ajuda neste mar de informações de regras e recomendações para não estressar mais ainda)freqüentes de membros e visitantes sobre as responsabilidades de um administrador dentro da wikipédia na língua portuguesa (e não na wikipédia portuguesa, que por sinal não existe até o momento, portugueses e falantes da língua portuguesa sabem e entendem de bom grado a visão lingüística da fundação) onde acreditam que a wikipédia é ferramenta de divulgação, autopromoção, valorização pessoal e profissional onde que na verdade somos hipócritas em dizer que somos uma fonte confiável livre de influencias externas maldosas e intencionais colocando a credibilidade de muitos artigos a mercê da duvida, da descrença, da divulgação entre tantos outros pontos negativos que não podemos negar ou seremos hipócritas em nosso meio (membros da wikipédia da língua portuguesa), os administradores são a grande vitima onde nossa comunidade vive de amizades e abraços e beijos em alguns casos, falar por todos ou em nome de todos só torna a vida dos administradores mais difícil e questionável. Seguindo as regras da própria comunidade, ela não é blog para comentários que somente interessam ao individual ou autopromoção pessoal, amigo de, por enviado.

Marcio Benvenuto de Lima 19h35min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Espero, contudo, que não tenha sido o Diário de Notícias a efectuar os referidos vandalismos, já que isso só descrebilizará o jornal

Fiz uma pesquisa rápida e não encontrei edições provenientes da gama de IPs atribuídos ao DN. Lijealso ? 19h37min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

(conflito de edição) Esta agora, porque haveria de propôr a desnomeação de um bom administrador como tu? Só se estivesse doida, uma coisa não tem nada a ver com a outra. Eu também achei a pergunta do jornalista surreal, mas acho que ter tacto não é o mesmo que ter ânimo reptiliano. Lamento que tenhas ficado sentido com a minha opinião, mas é apenas e tão somente a minha humilde opinião, e a de mais ninguém, pelos vistos.
Onde é que eu disse que eu era boa a pesar aquilo o que digo? Não ponhas palavras na minha boca, por favor. E não acho que tenha de haver subserviência, apenas boa educação. Se vais ficar sentido com o que digo, então prefiro não opinar rigorosamente mais nada, longe de mim querer aborrecer-te mais. Boas noites. PatríciaR msg 19h44min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)
Fui eu que risquei a tua frase :) -- Nuno Tavares 03h20min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)

Patrícia: estou a ser sincero contigo e a última coisa que quero é indispor-me contra alguém que admiro muito. Acontece que aquela pergunta é caluniosa. Não é uma mera questão de alguém que quer uma informação. E acredita que quanto mais leio a minha resposta, mais tenho a certeza de que fui bastante bem educado, tendo em conta o teor da pergunta. Acontece que disseste que eu fiz insinuações. Fiz insinuações? E o jornalista tinha feito o quê? Dizes que serias afastada da OTRS caso tivesses respondido da mesma forma que eu... Ora, só se afasta alguém de um cargo de responsabilidade quando há razões para isso. Já vi propostas de desnomeação por menos que isso. O que me pedes é subserviência e não boa educação. Porque bem educado, eu sei que fui. Tenho a consciência tranquila. Acredita que não tenho qualquer ressentimento contra ti, mas não posso concordar com a tua crítica. Manuel Anastácio 19h56min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Manuel: O problema do ensino em Portugal sempre foi esse: assumir que a ignorância é sinónimo de provocação. Eu próprio tive inúmeros problemas com isso [e sim, já FUI ignorante eh eh eh]. Agora: como é que preferes tratar um ignorante: ao british/cascais style, do tipo "que disparate, você é inconveniente, não lhe falo mais" [que, basicamente, é pagar da mesma moeda] ou resolver a ignorância dos ignorantes? É que até há relativamente pouco tempo, esse era o objectivo dos veteranos.... e isto que te digo tem tudo a ver com a mensagem do Lijealso imediatamente abaixo da minha! -- Nuno Tavares 03h20min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)

Permite-me discordar da tua opinião. A ignorância, no contexto educativo, resolve-se de uma forma, trata-se de uma forma que deve ser fundamentada em princípios pedagógicos. O caso presente não era, de facto, ignorância no sentido próprio do termo - mas uma calúnia. Um jornalista sabe bem que seria calunioso para outro jornalista de um serviço público estatal acusá-lo de fazer o seu trabalho sob ordens directas do gabinete do PM - ora, não sendo a Wikipédia um serviço público estatal, maior é a calúnia. Esse tipo de "ignorância" não é desculpável. Depois, não o tratei ao british/cascais style, como dizes. Não respondi com a mesma moeda. Informei e expliquei, além de me indignar. O próprio visado respondeu-me dizendo que a minha mensagem, emocional e exaltada, foi claramente reveladora do quão insultuosa era a pergunta - coisa que não teria compreendido bem se lhe tivesse respondido com paninhos quentes). A tua crítica e a da Patrícia seguem um pouca a linha de pensamento (com que eu discordo em absoluto) de que os administradores da Wikipédia não têm direito à indignação. Se houve algo que fiz de errado foi em ter querido partilhar a minha indignação com os outros Wikipedistas, já que o "politicamente correcto", no pior dos sentidos, vai-se entranhando na forma de pensar wikipedicamente - e quem é genuíno e sincero na sua forma de agir acaba sempre por pagar o preço de não embarcar nos procedimentos institucionalizados. Aceito a tua opinião. Não concordo com ela. Manuel Anastácio 13h29min de 29 de Agosto de 2007 (UTC)

Cada vez me dá mais a sensação que os jornalistas deveriam fazer mais trabalho de casa quando falam da Wikipédia. Lijealso ? 19h59min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Precisamente. E um ignorante é um ignorante. Ponto. Nem desprezo nem provocação nem cinismo vão resolver a ignorância, só e apenas provocar os ânimos. -- Nuno Tavares 03h20min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)

O Manuel foi citado pelo jornalista que o contatou aqui. Mateus Hidalgo quê? 19h52min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu acho graça é ao "direitos reservados" a respeito da imagem, que não é mais que a reprodução de uma página da Wikipédia!!! Acho que vou ter de dizer mais alguma coisa ao jornalista (agora prometo que vou ter bons modos). Que dizem?... Manuel Anastácio 20h43min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu pensei o mesmo de cara, mas acho que se deve ao navegador (IE?) e ao seu skin (a mim parece algum personalizado pelo próprio site/jornal). De qualquer modo, é sempre bom lembrar o caráter "livre" do título da Wikipédia garantido pela GFDL e licenças CC. :) Mateus Hidalgo quê? 21h01min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)

Manuel: Era em grande!! :)) Como eu disse: um ignorante deve ser tratado como isso mesmo: um ignorante.. ;) -- Nuno Tavares 22h12min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)

Essas notícias estão parecendo a revolta dos jornalistas com a tal culpa pela especulação do indício de "verdade" que a informação pode ter em qualquer jornal ou veículo de informação. É o mesmo caso do Andrew Keen que fala que o leitor comum deve se resignar em sua função de leitor apenas e deixar a tarefa de escrever para os "especialistas". Nós estamos mostrando que é preciso dar a cara a tapas para poder modificar o que acreditamos ser um caminho de discussão e consenso. Um caminho da argumentação e razoabilidade; caminho da educação. Por isso mesmo o bloqueia do artigo, bloqueio esse restritivo, mas não total. É uma lástima esta posição tão hostial para qualquer jornalista em relação a internet 2.0 e em especial à Wikipedia. David Andrade 00h52min de 21 de Agosto de 2007 (UTC)

Segunda resposta ao DNEditar

Caros colegas, recebi uma mensagem semelhante à do Manuel Anastácio, a que acabei de responder. Coloco aqui o conteúdo da minha resposta (por motivos óbvios, não posso colocar a mensagem do jornalista).

Caro João Pedro Henriques:
Como é óbvio, a sua pergunta («os administradores estão a operar no perfil de modo próprio ou seguindo instruções do gabinete do primeiro-ministro?») pode ser bastante mal recebida. Pressuponho que a intenção será conseguir qualquer coisa como: segundo y, administrador da Wikipédia em português, «os administradores regem-se por princípios de imparcialidade e têm como uma das suas principais missões impedir a manipulação das informações enciclopédicas». No entanto, pressupondo que a intenção é essa, terá de convir que é uma forma bastante arriscada de abordar uma fonte e que pode provocar uma imediata reacção de má vontade...
Mas, vamos lá, então, às declarações (apenas do Ozalid, uma vez que ninguém está autorizado a dá-las em nome da Wikipédia):
1.º - Os administradores da Wikipédia regem-se por princípios de imparcialidade e têm como uma das suas principais missões impedir a manipulação das informações enciclopédicas. Um administrador que recebesse intruções de um gabinete de um primeiro-ministro para alterar conteúdos teria de ser demitido.
2.º - O artigo foi protegido porque, devido às recentes notícias sobre a Wikipédia, surgiu uma grande quantidade de acções de vandalismo (como eliminação completa do conteúdo e inserção de insultos).
3.º - O artigo continua a poder ser alterado por colaboradores registados e qualquer pessoa se pode registar.
4.º - Sendo um projecto aberto a qualquer um e que garante o anonimato dos colaboradores, é difícil impedir as partes interessadas num artigo de o alterarem. Contudo, os colaboradores e os administradores estão atentos e trabalham afincadamente para conseguirem criar informação isenta, objectiva e de qualidade. Embora essa batalha esteja longe de estar ganha, o artigo sobre o primeiro-ministro português é um exemplo bastante positivo.
Contacte-me se tiver outras dúvidas. Abraço,
Ozalid

Ainda não li a discussão acima. Abraços a todos, Ozalid 19h56min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Estiveste bem, ainda que não concorde plenamente com tudo o que dizes. Por exemplo, uma previsível reacção como a minha não é de "má-vontade"... Mas pronto... Avancemos. Manuel Anastácio 20h01min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

  • Bem, tendo em conta que fui eu que protegi o artigo hoje, se calhar era melhor eu escrever ao dito jornalista a explicar porque é que o fiz. Muriel 20h13min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)
Concordo com as respostas dadas e teria me sentido como Manuel. Amigos, todos somos meio que apaixonados pelo projeto. Não podemos dar o braço a torcer para provocações de todo e qualquer genero. O jornalista, mais do que infeliz, foi egoista. Talvez ele percebe que a discussão do tema em questão passa mais por aqui que pelo jornal que representa... Educar é mais importante que especular! David Andrade 20h18min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Caro Manuel Anastácio, tem toda a razão, o termo má-vontade foi infeliz. Na verdade, quando o escrevi não tinha ainda lido a sua resposta e ele não se referia ao Manuel, mas de facto, pode ser assim interpretado por quem o leia. Foi sem essa intenção. Abraço, Ozalid 20h32min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Cara Muriel, na verdade, se reparar bem, fui eu quem efectivamente protegeu o artigo (a protecção da Muriel tinha falhado). Talvez seja melhor assim, é uma situação incómoda e talvez ainda traga algumas coisas desagradáveis. Como já estou habituado a isso... Abraço, Ozalid 20h32min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Entre tanta gente que fala e escreve sobre a Wikipédia (pelo menos em Portugal), a maioria é pura e simplesmente ignorante relativamente ao que a wikipédia é e sobre como funciona (falando de jornalistas), o pior é que não é só sobre a wikipédia que são ignorantes, mas isso já são contas de outro rosário. João Sousa msg 14h53min de 18 de Agosto de 2007 (UTC)

Isso é impressão tua João ! he he he --João Carvalho deixar mensagem 14h19min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)

Predefinição:WikitravelEditar

Estão colocando uma predefinição em diversos artigos Predefinição:Wikitravel. Vejo que ela foi editada por alguns usuários. Pergunto se ela é válida. Cliquei alguns links e conduzem a uma página ainda vazia e páginas com tópicos a desenvolver.

A WikiTrvale não faz parte da Fundação Wikipédia. Esta predefinição não deveria ser apagada ? Eu coloquei em ER uma predefinição sobre The Simpsons. --OS2Warp msg 22h33min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

ver discussão. Lijealso ? 22h37min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Na minha opinião deve ser apagada. O Wikitravel é um hospedeiro contumaz de violações de direitos autorais. Acho que vale nova votação ou nova tentativa de consenso. Dantadd 22h48min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)
Eu também votaria para apagar. Se o artigo é bom no Wikitravel, que seja colocado em "ligações externas" como outro qualquer. Lipe FML 23h17min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Concordo com a eliminação: não faz parte da Wikimedia, não entra aqui. De resto, concordo com o FML.--g a f M 23h41min de 17 de Agosto de 2007 (UTC)

Com o Lipe e o Gaf. Mateus Hidalgo quê? 18h34min de 21 de Agosto de 2007 (UTC)
  • Engraçado que uma vez eu questionei que essa predefinição deveria ser apagada e ninguém viu motivos para tais. Bom, minha opinião não muda. -- Fernando | (0) 19h13min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)


Como fundir Categoria:Produtores dos Estados Unidos da América e Categoria:Produtores de cinema dos Estados Unidos da América?Editar

O texto que aqui estava foi movido para: Wikipedia:Café dos categorizadores#Categorias homólogas ou análogas?

Caro Spoladore, com efeito, o café dos categorizadores é mais apropriado para a sua questão. Quando levantar uma questão e ninguém lhe responder, coloque uma chamada de atenção e uma ligação na Esplanada/Anúncios. Se pusermos todas as questões aqui, as restantes páginas de discussão perdem o sentido e nós perdemo-nos no meio de tantas discussões. Abraço, Ozalid 19h36min de 14 de Agosto de 2007 (UTC)

Artigos sobre episódios de seriadosEditar

Não sei se já discutiram isso na esplanada, mas vamos lá. Afinal pode ou não pode ter artigos sobre episódios sobre seriados de televisão na Wiki lusófona. Ter um artigo para cada episódio é exagero. Proponho que só tenha apenas "Lista de Episódios de X" com a listagem dos episódios e uma pequena descrição de cada. Se a série tiver mais de uma temporada fazer uma artigo para cada temporada com a descrição de cada episódio tipo "Lista de episódios de X - 4ª temporada. ^Temos que discutir isso melhor. Rafael Max 15h22min de 18 de Agosto de 2007 (UTC)

Porque? Qual é o problema? Ninguém esta pedindo para você escrever eles... porque proibir quem quizer se dar o trabalho? Que nóia... --Rmbr 18h53min de 18 de Agosto de 2007 (UTC)
Se eles estão desenvolvidos não há o porque de agrupá-los. Uma coisa e ter um artigo dizendo que Este episódio é de número tal de certa temporada da série Exemplo, isto é totalmente diferente ¬¬ Sladed 18h59min de 18 de Agosto de 2007 (UTC)

Alguns seriados até podem ser contemplados com um artigo para cada episódio. Mas não é qualquer enlatado americano que merece tal abordagem, por carência de relevância.--g a f M 20h17min de 18 de Agosto de 2007 (UTC)

Ainda sou da opinião de por mais que o tópico seja "pequeno", se ele for bem desenvolvido e estruturado tem o mesmo direito de ter um artigo. Sladed 23h48min de 18 de Agosto de 2007 (UTC)
Eu concordo. O que não devemos admitir sob hipótese alguma é artigos assim:
'''Férias com os Bundy''' é um episódio do seriado [[Married... with Children]]. (FIM)

O artigo, para ser um artigo, deve ter um mínimo de informação, caso contrário perdemos credibilidade. Criar "não-artigos" é uma forma rasteira para aumentar a contagem de artigos. Competição ridícula em que muitos usuários parecem participar. Dantadd 00h09min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)

Foi o que eu disse no meu primeiro comentário. Vejam só en:Homer's Phobia, que apareceu na PP anglófona a pouco tempo... Sladed 00h56min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)
E "Só se muda duas vezes", que também é artigo destacado. // Matheus Wahl // 18h30min de 21 de Agosto de 2007 (UTC)
Pois é...recentemente a mesma temática foi levantada sobre artigos de bandeiras municipais que nada mais diziam que: esta é a bandeira de "Piraporinha do Mato Dentro". É de lascar. Dantadd 02h11min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)

Não sei se é válido, mas será que não está na hora de propor uma votação com essa seguinte pergunta: "A Wikipédia Lusófona pode ter artigos sobre episódios de seriados: Sim ou Não?". Rafael Max 22h13min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)

Rafael, sinto dizer, mas parece que você não leu nada do que foi escrito acima. Dantadd 22h28min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)
Ao contrário do que você quis dizer eu li sim. Bem o que está sendo discutido por aqui, na minha opinião ainda é pouco para se definri uma posição oficial na Wikipédia Lusófona. Pois bem, temos que passar esse negócio a limpo. Afinal, pode-se ter artigos sobre episódios ou não? Vale lembrar que houve decisões ambíguas na nossa Wikipedia. Caso em predefinição:Info episódio e na Predefinição:Television episode que eram sobre as mesmas coisas e tiveram destinos diferentes. Temos que ter uma decisão definitiva sobre isso. Rafael Max 00h05min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Na minha opinião, a Wikipédia deveria passar por uma revisão completa de seus Critérios de notoriedade. // Matheus Wahl // 18h30min de 21 de Agosto de 2007 (UTC)

Lanço um caso para vocês. Marquei o artigo A Vidente (que está péssimo) para ser fundido em Lista de Episódios de Avatar: The Last Airbender. Caso o episódio venha a um dia ter tamanha importância que mereça artigo próprio (algo raro de acontecer), destacamos. Penso que o mesmo poderia ser aplicado em outras páginas sobre episódios. O Prêmio de Natal mencionado acima também não é grande o suficiente para ter artigo e poderia estar em uma lista da temporada do desenho. Vi agora que estão propondo a criação do Domínio Anexo. Quando for criado, as listas de episódios poderão funcionar de tal forma? Marcelo Bianchi 20h21min de 21 de Agosto de 2007 (UTC)
Concordo contigo. Você quis dizer mais ou menos assim: Teríamos as descrições nas "lista de episódios" e se um episódio merecer destaque ele poderia ter artigo próprio, não é? Rafael Max 00h16min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Sim, exatamente isso. Marcelo Bianchi 14h16min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Image:Goud.pngEditar

A Image:Goud.png foi embora e todas as páginas sobre Jogos Pan-americanos de 2007 perderam a sua medalha de ouro. Ver se Image:Zilver.png e Image:Brons.png não vão também sumir.

A Image:Zilver.png e a Image:Brons.png pelo CheckUsage estão em muitas wikipédias, porém consta que estas imagens estão em mais de 100 páginas da wiki em português.--OS2Warp msg 02h32min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)

  > serve para substituição? Se sim, deviam obrigar o Delinker a fazer o serviço. Lijealso ? 02h40min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)

O Delinker anda de férias ultimamente... Dantadd 02h48min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)
Vou ver se substituo tudo. Deve ser mais de 100 páginas.--OS2Warp msg 03h11min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)
Acho que já estão a fazer a substituição. E pelo sim pelo não, a de bronze e prata também estão a ser. Lijealso ? 03h13min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)

Estou a fazer testes para substituir por bot, as de bronze e prata. Lijealso ? 03h30min de 19 de Agosto de 2007 (UTC)


"O tratado e o direito português" - ajuda à portuguesa!Editar

Prezados,
O artigo sobre tratados está bem completo (mérito do Gabbhh), restando apenas um subtópico entitulado "O tratado e o direito português", que atualmente encontra-se vazio, perto ao rodapé do artigo. Peço a ajuda dos colegas lusitanos para que nos brindem com sua contribuição a respeito do referido tema. Abraços, --Pedro Spoladore 16h55min de 13 de Agosto de 2007 (UTC)


Ikarohuhuhu , PequijanFAP e Ikaro C.Editar

Um grupo de contribuições do usuário:Ikarohuhuhu.

Um grupo de contribuições do usuário:PequijanFAP.

Artigos criado pelo Usuário:Ikarohuhuhu

Servidor FTP, Servidor Webmail. Rat, Acunetix, Sql injection, Alienware, VDownloader, Nerolinux, Jetico, Zone Alarm, Messenger Plus, DownThemAll, etc.

Artigos criados pelo Usuário:PequijanFAP
  • Timbalada É uma banda de origem da cidade de Salvador, Bahia.
  • Ilê ayê É considerada a 1ª banda brasileira que apresenta a força da etnia negra. O Ilê ayê é um grupo fundado há muitos anos na cidade de Salvador e...

Editou em Servidor FTP, Messenger Plus! Live.

Tem também o Usuário:Ikaro C.. Suas contribuições

Detacam as edições em Bahia, Messenger Plus! Live, Rat, VDownloader, Salvador Shopping fora outras contribuições coincidentes com as contribuições dos dois editores acima indicados. --OS2Warp msg 18h46min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)

Que que isso? eu moro em São Paulo, por isso o antigo nome de minha conta era: Alvaro sp e o Ikarohuhuhu em Salvador (ver userbox na página de usuário). após ver isso, dei uma olhada nas minhas contribuições e a do Ikarohuhuhu e vi que nós temos algumas edições ao mesmo tempo. A bastante tempo atrás. Eu não sou nenhum Ikarohuhuhu, agora não sei o que vocês tem contra ele e que vem me acusar de ser o mesmo. Já estava sabendo dos conflitos do Crazyaboutlost com o Ikarohuhuhu, desde a desnomeação do Fred e votei no que achei mais justo. Avisei ao usuário Crazyaboutlost, assim como avisei o Rightsideclub, o Rui Resende, o JSSX e iria avisar o Machocarioca, tu e o Lugusto (Usuário:555) para interronperem as atitudes que estão fazendo, que fazem serem mal vistos de certa forma aqui na wikipédia. No caso da sua e do 555 foi na página de pedido de administração. 4º Não entendo o que meu pedido de Autonomeação tem haver com o de desnomeação que o Ikaro fez. Também não entendo o que algumas das minhas edições, nem 1% delas, que nem se quer sejam iguais tem haver com o usuário. Apenas movimentei os artigos para o nome correto, falei com o Crazyaboutlost pois ele tava repetindo a ação que eu percebi ele fazer com o Ikaro, comigo, talvez pensando que eu sou o Ikaro. 5º Mas eu não sou e não tenho o por que ficar discutindo. Se vocês tem alguma coisa contra o usuário, falem dele e com ele. Não citem o meu nome do nada. Pois isso é uma ofensa para mim, que vim fazer um trabalho bom e venho a ser "agredido" e falado como se vinhesse a ser um usuário que me parece ser odiado por você.

Ficarei calado, pois como disse antes, não responderei a coisas que venham a me denegrir, sendo que isso não é nem ao menos um pingo de verdade. Obrigado! PequijanFAP fala 21h41min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)

Peço que cada um compare individualmente minhas edições com o usuário(principalmente domínio principal e discussão), reparando o tempo das edições também. E analisem sem precisar me consultar. Pois não sou o usuário e sei que vocês sozinhos irão perceber isso. E leia a página de discussão do OS2Warp.PequijanFAP fala 21h49min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)
Que é suspeito, é. Sladed 21h50min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)
Abri o pedido de checkuser: Wikipedia:CheckUser/Pedidos de verificação. Se não forem as mesmas pessoas, tudo bem =). Giro720 22h28min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)
Até os erros de português são os mesmos... Crazyaboutlost discussão 01h53min de 21 de Agosto de 2007 (UTC)
Ao escrever a frase "o que o usuário irá fazer", PequijanFAP se entregou. Como saberia que o outro usuário voltaria a editar na wiki? Muito estranho que Ikarohuhuhu volte à atividade justo no momento em que é questionada a sua existência como PequijanFAP. "No mínimo" estranho... Crazyaboutlost discussão 03h24min de 21 de Agosto de 2007 (UTC)


Promoção do ÓdioEditar

O título da seguinte userbox parece-me descabido numa wikipedia que se quer inclusiva.

  Este usuário não gosta de pornografia e de prostituição.
Também não gosta de todas as actividades sexuais em que o vínculo determinante é o dinheiro e benefícios materiais, em vez do amor, afecto e prazer.


Não pelo conteúdo da mesma, mas pelo título utilizado: Ódio à pornografia e à prostituição

Aguardo os vossos comentários...

Portugalgay.pt 14h01min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Sim: o título, ainda que escondido está lá. E ódio é uma palavra forte e com conotações que devem ser evitadas na Wikipédia. Pedia aos usuários que a usam que a mandassem eliminar usando como justificação erro próprio e recriá-la com outro nome. Tal como diz o Portugalgay, o conteúdo da userbox não está em causa. Manuel Anastácio 16h11min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

O nível de moralismo e hipocrisia presentes nesta userbox é impressionante... concordo com os comentários acima.--g a f M 18h55min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

O nome escolhido não foi adequado, sem dúvida. O colega que criou a userbox é um católico praticante e, por mais que seja difícil para muitos entenderem, ele tem direito de expressar sua opinião como católico. Eu sou contra as userboxes, independentemente do tema. Todavia, se elas são permitidas, todos devem ter direito de expressar suas visões de mundo, mesmo que seja quadrado para alguns. Dantadd 19h10min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

A única objecção é ao "ódio". Não me parece que o catolicismo defenda o ódio. Jesus Cristo comia com prostitutas. Está nos Evangelhos. Manuel Anastácio 19h21min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Como eu disse, o título da userbox é infeliz, mas o criador expressa seu ódio à prostituição e à pornografia e não às prostitutas e aos pornográficos. É ódio ao pecado e não aos pecadores. E é exatamente isso que defende a moral católica. Dantadd 19h23min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Opta-se pela expressão pela negativa.

Opinem sobre as diferenças:

Este usuário gosta de um mundo sem pornografia e sem prostituição. Apoia actividades sexuais em que o vínculo determinante não seja o dinheiro nem benefícios materiais mas sim o amor, afecto e prazer.

Lijealso ? 19h41min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Dantadd: eu, tu e alguns compreendemos a diferença entre odiar comportamentos e odiar pessoas. Mas há muitas pessoas que não conseguem ver essa diferença. Não estamos a acusar de nada quem usa essa userbox: estamos apenas a pedir, educadamente, que se suavize a linguagem (no título da predefinição e categoria, apenas). Nada mais. O texto do Lijealso está ainda melhor - mas isso é com quem usa essa userbox. Manuel Anastácio 19h59min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Esse tipo de userbox é um absurdo. Imaginem se eu criasse uma userbox do estilo "esse usuário odeia o catolicismo, budismo, islamismo ou qualquer outra forma de religião ou atitude que não seja baseada na verdade e no método científicos", o que diriam? Obviamente, não digo que odeio católicos, budistas ou muçulmanos, mas "o catolicismo, budismo, islamismo", de modo que o Dantadd, coerentemente, estaria de acordo que se a mantivesse. Que se diga "apoio" é uma coisa, que se diga "ódio" é outra coisa bem diferente. Eu odeio userboxes ;o) Mschlindwein msg 20h40min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Gostei! Vamos fazer a userbox "Este usuário odeia userboxes. Odeia o uso de userboxes. Tem Ódio a userboxes... Ódio! Óóóóódio! Deviam morrer todos, canalhas!!!! Que ÓDIO! Pum, pum, pum..." ou esta aqui "Este usuário só não assassina quem usa userboxes porque o homicídio é veementemente repudiado pelas suas opções filosóficas ou religiosas"... Acho que sim. Gostei desta última... (nota: acho que vou fazer a userbox "Este usuário acha enfadonho encontrar uma página de usuário com userboxes, faz lembrar as capas dos tipos das tunas, cheias de pins" e ainda esta: "Este usuário ODEIA tunas, e principalmente o gajo (cara, versão br) da pandeireta")... Ena! Estou a tomar-lhe o gosto! Acho que vou encher a minha página de userboxes! Acho que vou fazer outra: "Este usuário ODEIA o ódio às userboxes, porque são diiiivertidas! Uau!..."... Pronto. Perdoem-me o momento de loucura. Mas estava a precisar disto. Manuel Anastácio 22h00min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Marcelo, convenhamos: odiar a prostituição é bem diferente de odiar o catolicismo. Eu também odeio userboxes e, como já disse à Patrícia, acho que deveríamos eliminar todas elas ou pelo menos todas que servem para demonstrar opiniões políticas, religiosas, sociais etc. Dantadd 21h05min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Dantadd, por que "odiar a prostituição é bem diferente de odiar o capitalismo" ou qualquer outra coisa? Isso é o teu ponto de vista. Há com certeza gente que freqüenta mais assiduamente as prostitutas que as igrejas, assim como há certamente gente que gosta mais de prostitutas do que de padres. Como disse, isso é ponto de vista, e se permitirmos essa aí, então também teremos que permitir absurdos tipo o meu exemplo acima ou os do Manuel aí acima (mas os do Manuel são mais engraçados do que o meu... ;o). Estamos "abrindo a porta do galinheiro para a raposa entrar". Também sou radicalmente contra user boxes, e por mim apagavam-se todas, apesar de convir que algumas possam ser úteis, como as de estilo "Mora em tal lugar" ou "Gosta de colaborar com artigos sobre tal área", por exemplo. Mschlindwein msg 23h51min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Não quero desviar do assunto e criar um off-topic, mas caro Dantadd, não me venha com mais moralismo. O que está em jogo é o título daquela infeliz (e quase fascista) userbox. Também preferia que as userboxes não existissem, mas elas estão aí. E, sem querer ser off-topic, gostaria que me dissesse qual a diferença entre odiar o catolicismo e odiar a prostituição (durante muito tempo os padres foram prostitutas do capitalismo e a religião sempre representou uma válvula de escape tão forte quanto à pornografia).--g a f M 22h16min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Você está vidrado no fascismo, não? Vê fascismo em tudo quanto é lugar. Esta é a tática da esquerda brasileira: tudo que ela não gosta é prontamente tachado de "fascista", como se fosse uma palavra mágica, um mantra que se aplica em todos os casos com o objetivo claro de calar aqueles que não comungam da mesma ideologia. "Prostitutas do capitalismo"? No Brasil, se falamos de padres, o que temos são é prostitutas do comunismo, começando pelo apóstolo-camarada Boff. No Brasil nos falta capitalismo...muito capitalismo. Hemos de lá chegar...um dia. Dantadd 22h28min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Já vão começar a discutir política outra vez? Controlem-se! Ozalid 23h23min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

O meu problema com as userboxes é a nítida noção de que há pessoas que frequentam a Wikipédia por causa dos pokémons, das telenovelas, das figurinhas e heróis das revistas de sociedade, das fotografiazinhas nas páginas de usuário, das userbox, (antigamente, também por causa das assinaturas coloridas), enfim, há aqui gente que vem cá para brincar. A mim, o que me chateia solenemente com essa gente que vem cá brincar é que, de vez em quando, largam os pokémons e vão brincar para os artigos sobre História e Literatura e – o pior de tudo – é que também gostam de ir brincar para as votações de eliminação de páginas, para as votações de nomeação de administradores e por aí fora.

Portanto, tudo o que seja coisas para brincar (e não incluo nisso o humor, que é coisa muito séria), eu sou contra, voto contra e para eliminar. As userboxes estão à cabeça das brincadeiras da Wikipédia e eu voto por eliminar todas elas e cada uma delas, se não puderem ser todas. Abraços, Ozalid 23h33min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Subscrevo integralmente o comentário do Ozalid. Dantadd 00h02min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Ao Ozalid: qual o problema? Quando criei minha conta aqui, queria "brincar" nos artigos sobre cidades catarinenses e sobre pokémons. Dois anos depois, já destaquei artigos sobre história e sou administrador. E tudo começou com os pokémons. Pra que tanto ódio? Isto sim que é fascismo. Sladed 02h24min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Uma coisa é conscientizar-se a respeito de um projeto colaborativo. Outra é querer replicar aqui as práticas do orkut. A Wikipédia não é o Orkut, vale sempre lembrar aos incautos (poderia estar na mensagem de boas vindas...)--g a f M 03h00min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)
E quem disse que eu fiz (ou estou) fazendo isto? Sladed 21h08min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)
Ninguém. O Slade é que apareceu aí a chamar de fascistas a pessoas que não conhece de lado nenhum. Sabe o que foi o fascismo, o Slade? Sabe o que é arriscar o pescoço (profissional e fisicamente) para poder contar coisas que aconteceram? Dirige-se sempre assim a uma pessoa com quem fala pela primeira vez? Cumprimentos, Ozalid 22h24min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)
Estou exagerando, assim como exageram ao citar o fascismo pela primeira vez. E me dirijo assim à pessoas que nem conheço quando elas se dirigem a mim por meio de indiretas. Sladed 01h24min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)

Pessoal, eu particularmente acho essa UB lamentável, assim como tantas outras. Mas se alguém usa uma UB dessas, é até bom para que observemos com mais cuidado as edições dessa pessoa em artigos desse tipo. Imaginem algum editor potencialmente perigoso (parcial) que não usasse uma UB promovendo o ódio apenas porque é "proibido usar"? Nunca saberíamos que existe tal pessoa a editar e que, talvez, esteja censurando alguma coisa sem notarmos! Existem doidos para tudo, e se existem doidos para usar uma UB dessas, que use, assim poderemos observar as suas edições com mais cuidado. Não se esqueçam que a Wikipédia tem um pouquinho do Orkut sim, por mais que queiram (a força) evitar a associação óbvia: é uma rede social, uma rede de confiança, e muitas vezes a UB fala bastante sobre uma pessoa. O próprio Jimbo disse isso, e estão estudando até fazer mudar de cor os usuários de acordo com suas edições! Lipe FML 02h45min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)

Mudar de cor, sério? Isso sim é fascismo! Tá doido. Só espero que eu não seja rosa ou púrpura, argh! E quem faz todo tipo de edição? Ficaria arco-íris? Ao menos em vez da velha panelinha teremos gangues de cores. (agora eu que saí do sério, perdoem-me) Marcelo Bianchi 20h44min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)

Chego atrasado, mas dá pra ver que a galerinha anda animada. yup, yup! RR-IMPERADOR 17h25min de 29 de Agosto de 2007 (UTC)

Wikipedia:Páginas para eliminar/Wikipedia:Userbox/Ódio à pornografia e à prostituição Lugusto 21h13min de 30 de Agosto de 2007 (UTC)


Temos fãEditar

Vejam só o que o Lijealso descobriu no Público: sobre o Luís Filipe Menezes. Vale bem a pena... Muriel 18h00min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

"Eventuais incorrecções na identificação da autoria serão corrigidas e devem ser, naturalmente, tidas como lapso". (não apaguem porque não é VDA  ) Isso demonstra que a Wiki tem credibilidade entre "grandes nomes". Vinicius Siqueira ¿msg? 18h21min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Hehehehehe. \o/ O nobre político poderia pelo menos vir colaborar aqui, também... Mas, por favor, sem fazer VDA...Alex Pereirafalaê 18h26min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
E acabei de ver a reportagem no Telejornal da RTP1. Com a diferença que "radioativo" (que no texto do Público aparece como [brasileirismo não corrigido da Wikipédia]) foi indicado como sendo erro ortográfico. Hehe... Lusitana 21h24min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Isso me lembrou uma reportagem no Jornal Hoje, da Rede Globo sobre o Ctrl+C, Ctrl+V em trabalhos escolares. Lá uma professora mostrou um trabalho de um aluno brasileiro e destacou: "actualmente"... esta palavra não é escrita assim há décadas!" De onde será que o aluno deve ter tirado aquilo, hein? Veja o lado bom: após copiar o trabalho da Wikipédia o aluno deve checar se há palavras estrangeiras no texto. Isso faz com que o aluno tenha que pelo menos ler o que está copiando.   // Matheus Wahl // 16h01min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

<brincadeirinha séria>É por isso que eu digo que - depois de tanto esforço do Dantadd - vai chegar num ponto em que teremos que colocar "pegadinhas", ou artigos falsos de propósito, para forçar o leitor a ter senso crítico e a consultar outras fontes.</brincadeirinha séria>   Leia o rodapé! Não confie cegamente na Wikipédia! (e digo mais: não confie em ninguém, e em nenhuma fonte que se diz "confiável") Lipe FML 17h31min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

FML fabulando... Dantadd 22h43min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)
<um pouquinho de ironia não dói>Ah, é mesmo, esqueci de uma coisa: o Dantadd e as suas "fontes fiáveis" (não, não são fontes de fiar, são fontes que se pode confiar!) são as únicas fontes verdadeiramente confiáveis que você pode ter a certeza que estará correta.</um pouquinho de ironia não dói> --Lipe FML 02h33min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)


Subpáginas de assinaturasEditar

Pq o Paulo_hv (DctribAElogsBMF) está usando uma subpágina de assinatura se elas foram proibidas por aquela votação? Ele a está usando e nem sequer</> foi avisado — enquanto que eu já levei um xingão de primeira já que os os sysops devem ser os 1ºs a dar o exemplo... Então se faz aquela confusão toda com a votação e as regras não são cumpridas? Se é pra um, é pra todos. Sladed 19h02min de 26 de Agosto de 2007 (UTC)

Avisei o utilizador. Para que se esclareça, não há problemas em ter uma subpágina de assinatura, mas elas devem ser sempre utilizadas com o subst:. Giro720 19h23min de 26 de Agosto de 2007 (UTC)
Pensei que já havia esclarecido isto quando inseri esta diff   PS: ele foi avisado pelo Ozalid, mea culpa. Sladed 21h34min de 26 de Agosto de 2007 (UTC)

Prot PUEditar

isto faz sentido? Lijealso ? 00h34min de 3 de Setembro de 2007 (UTC)

Não mesmo, a começar porque as páginas não encontram-se de fato protegidas. Segundo, pois o tratamento de vandalismo deveria ser igual a todos os domínios, pela uniformidade. Nesse caso já existe {{protegida}} e {{protegida-ip}}. Terceiro porque a mensagem do título está estranha: proteger a página de usuário somente por proteger não me parece a melhor opção; o argumento de alta vulnerabilidade é válido para a página principal, para página de usuário é exagero. --Leonardo Stabile msg 02h21min de 3 de Setembro de 2007 (UTC)
Considero também que não... Página de usuário é uma página da WP. Alex Pereirafalaê 15h21min de 3 de Setembro de 2007 (UTC)

Para mim, e para além do que foi focado acima, estranhei (a bold):

Este artigo está protegido contra modificação porque é uma página de Usuário. Os artigos das páginas de Usuário são protegidos devido à sua alta vulnerabilidade. Por favor discuta qualquer modificação necessária na página de discussão e/ou dirija-se ao dono da página.

Se não fizer realmente sentido, apaga-se? Modifica-se algo (com vista a adaptar a situações em que seja realmente necessário proteger páginas de usuário)? Lijealso ? 15h23min de 3 de Setembro de 2007 (UTC)

Eu fiz uma alteração geral naquele texto (Predefinição:ProtegidaPU) e agora a predefinição poderá ser utilizada. Eu já me deparei em casos onde esta predefinição era necessária. Creio que em futuro prôximo, vandalismo em páginas de usuários não administradores será mais frequente.--OS2Warp msg 17h42min de 3 de Setembro de 2007 (UTC)
ficou melhor, sim. Torço é o nariz a expressão dono. Lijealso ? 19h44min de 3 de Setembro de 2007 (UTC)
O texto foi refeito e a expressão dono foi substituída por criador.--OS2Warp msg 20h07min de 3 de Setembro de 2007 (UTC)
Acho que ficou bom. Obrigado. Lijealso ? 03h27min de 6 de Setembro de 2007 (UTC)



Dominique EnonEditar

Não estou querendo queimar quem votou para manter o artigo Wikipedia:Páginas para eliminar/Dominique Enon, concluída a 6 de julho de 2007. Se eu tivesse visto esta votação, teria votado para manter.

Porém en:Dominique Enon detonaram o sujeito. Querem apagar na fr:Dominique Enon e em it:Dominique Enon. Aviso agora para poderem ver que as páginas são todas muito semelhantes. Descobri porque branquearam esta página e deixaram um recado.--OS2Warp msg 23h43min de 20 de Agosto de 2007 (UTC)

Bom, também fiz uma pesquisa no Google, como na WP:EN, e também não achei nada. Claramente uma farsa. Em casos assim, pode-se fazer nova votação? Sam  |msg|  02h47min de 21 de Agosto de 2007 (UTC)

Novos dados permitirão, com certeza, nova votação... Manuel Anastácio 14h43min de 21 de Agosto de 2007 (UTC)

Acredito que a melhor forma de não subverter as regras seria reabrir a votação encerrada e contatar os votantes para que mudem seus votos. Assim seria apenas uma "prorrogação" da antiga votação, com os mesmos votantes tendo o direito de se expressar diante das novas evidências. Abrir nova votação pode gerar um precedente para que se faça isso com outras votações. --girino 15h08min de 21 de Agosto de 2007 (UTC)

Claramente algo deve ser feito para que esse artigo seja reavaliado e votado. O artigo em francês está completamente marcado de avisos de falta de referência. E aí? Nova votação ou prorrogação? --Pedro Spoladore 18h10min de 21 de Agosto de 2007 (UTC)

É neste mato sem cachorro que os inclusionistas metem a Wikipédia diariamente. Como eu já disse várias vezes: na dúvida, apaga-se e não o contrário, como tanta gente orgulhosamente diz. Se não se pode comprovar minimamente que uma pessoa ou tema é relevante, devemos apagar o verbete até que novos dados surjam. Se houver novas evidências, restaura-se o artigo, sem celeumas, como se tivéssemos apagado algo da face da Terra.
Cabe ao autor do artigo comprovar a importância do biografado ou do tema e não o contrário. Infelizmente, poucos pensam como eu. Dantadd 21h32min de 21 de Agosto de 2007 (UTC)
Dantas, infelizmente muitos pensam como você. Você dá um exemplo de um artigo que foi mantido e, agora, notou-se que era irrelevante. A comunidade errou. Mas o artigo estando ali fez mal a alguém? Ficou ali, estacionado, e duvido que alguém tenha utilizado ou consultado. O artigo deve ter tido uns 3 acessos externos, um do cara, outro da mãe e outro do melhor amigo. Se alguém utilizou e foi útil, ótimo! Assim é fácil dar exemplo, pois o artigo está ali, para ser analisado. E os artigos que foram injustamente apagados? Como dar exemplo desses? Simplesmente eles não existem mais, e por isso não dá para se usar como exemplo. E as informações úteis que foram apagadas e deixaram de informar centenas, milhares ou milhões de pessoas? Não me venha com esse argumento ridículo para defender o "delecionismo". Na dúvida, mantém-se. É extremamente mais útil.
E, sobre o artigo em si, é ridículo ter um "carece de fontes" a cada palavra e três avisos acima. Não é necessário tanta árvore de natal assim para avisar o óbvio. Eu creio que o artigo possa ser colocado para apagar novamente sem problemas, pois a comunidade fará uma nova avaliação. Não vejo necessidade de se retomar a votação antiga, cria-se outra. Aquela já foi, e já está encerrada. Lipe FML 00h59min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
A questão é bastante simples: há alguma fonte? Não. E como as pessoas têm coragem em votar pela manutenção de algo que nem sequer conhecem? Esta é a pergunta que não quer calar. Agora pode ter sido inofensivo, mas outros casos já mostraram que muitas vezes são simples invenções ou falsificações. Se o autor (ou outro interessado) não apresenta nenhuma prova sobre a relevância/existência do tema/pessoa que o artigo aborda: elimine-se até segunda ordem. Um artigo não pode ficar em banho-maria à espera de fontes. Isto é pode causar graves danos à credibilidade da enciclopédia. O resto é falácia disfarçada de "atitude boa-praça". Dantadd 01h53min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Danta, quem está com falácia é você. Não venha querer impor essa sua opinião e enganar os menos avisados. O objetivo principal da Wikipédia NUNCA foi "ter credibilidade", isso é invenção da mídia e você apenas está cedendo a pressões externas. Acho que você ainda não deve ter lido um aviso no rodapé de todas as páginas: Wikipedia:Aviso Geral. O objetivo principal da Wikipédia é ser ÚTIL, e cabe ao leitor ter o MÍNIMO de inteligência para averiguar as informações e consultar outras fontes. Essa filosofia não é exclusividade da Wikipédia e nem invenção minha. É um dos princípios da GFDL e da cultura livre: "[...] TEM A EXPECTATIVA DE SER ÚTIL MAS SEM NENHUMA GARANTIA". --Lipe FML 03h50min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
<brincadeirinha>Aliás, acho até que a Wikipédia poderia ter algumas "pegadinhas" para exercitar um pouco a inteligência dos leitores. E para que aprendam a não acreditar em tudo que vêem.</brincadeirinha> Nenhuma fonte é "confiável" Danta, ou você acredita em tudo que lê por aí? Só por dizerem a você que é "confiável"? Não queira achar que a Wikipédia será 100% confiável pois NÃO será nunca, aceite essa verdade e saiba lidar com essa situação! A Wikipédia sempre dependerá de outras fontes, que por sua vez também não são confiáveis. Mas isso tem o lado bom: o leitor terá que ter senso crítico e terá que consultar outras fontes para poder concluir se a informação é útil ou não. Lipe FML 05h15min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu acredito que o artigo não vive o mesmo problema em outras wikipédias, ele está dentro das regras da wikipédia da língua portuguesa e elas devem ser respeitas, o que está acontecendo aqui é propagação de noticia e não devemos buscar lacunas nas regras da wikipédia para fazermos o que outras wikipédias estão a fazer dentro de suas próprias regras elas vive um momento diferente da wikipédia na língua portuguesa.

As lacunas citadas aqui são violações das regras da wikipédia na língua portuguesa, são elas:

O senhor Manuel Anastácio disse que “Novos dados permitirão, com certeza, nova votação...” esta lacuna as regras de eliminação é uma violação das regras, novos dados são considerados novas edições que podem ser avaliadas como vandalismo ou não e não alteram a validade da votação, o conteúdo avaliado por esta votação, o contrário está contra ao espírito wiki, novas edições são permitidas e novos dados não justifica nova votação antes do prazo estabelecido nas regras de eliminação de páginas na wikipédia da língua portuguesa.


O senhor girino disse “Acredito que a melhor forma de não subverter as regras seria reabrir a votação encerrada e contatar os votantes para que mudem seus votos. Assim seria apenas uma "prorrogação" da antiga votação, com os mesmos votantes tendo o direito de se expressar diante das novas evidências. Abrir nova votação pode gerar um precedente para que se faça isso com outras votações.” Esta lacuna também é uma violação, a votação já está finalizada e o artigo foi mantido, segundo as regras de eliminação o sugerido não é uma lacuna e sim uma violação onde fere a regra 10, prorrograr neste momento é violar a regra 10.


Segunda a sugestão do senhor Pedro Spoladore “Claramente algo deve ser feito para que esse artigo seja reavaliado e votado. O artigo em francês está completamente marcado de avisos de falta de referência. E aí? Nova votação ou prorrogação?” Temos duas opções, porém todas elas ferem as regras de eliminação neste momento diretamente sem lacunas alguma para ser explorada.

Em particular acredito que as regras devem ser respeitadas e que as datas sejam apropriadas para isto, ou estaremos a burlar as regras em conchavos para fazermos o que outras wikipédias fazem legalmente dentro de suas regras, burlar nossas regras para fazer o que outras fazem porque acreditamos que erramos ao votar é errar duas vezes e dar o mau exemplo que somos incorretos nos bastidores e no palco onde atuamos, devemos ser sinceros e honestos, estamos a decidir não só uma violação, mas também a incentivar o faroeste dentro da wikipédia da língua portuguesa, muitos podem tomar o exemplo como possível em outros artigos, sabemos que não é uma verdade e sim uma violação.

Gostaria de dizer que não tenho a intenção de ferir ou magoar os amigos aqui que postaram e sim de falar com o coração aberto e defender o que é correto diante das regras e ao meu direito ao voto. Meus comprimentos a todos.

Marcio Benvenuto de Lima 01h33min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Lipe, posso até ter exagerado na colocação de avisos, mas quis deixar bastante claro, enquanto se discute o que fazer, que aquele artigo é uma fraude. Tudo para evitar mais uma "notícia" de que mais um conseguiu criar um personagem ficticio as custas da WP. Isso sim é "ridículo". Se feri a regra, ou se simplesmente te incomoda, por favor, reverta a edição. Abs, Sam  |msg|  02h18min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Falar de pessoas é muito complicado, pra não usar uma palavra vulgar. Tenho feito biografias de pessoas que aqui no Ceará consideramos ilustras, tem relevo por terem ajudado a construir a organização política e sociais alem de muitos que ajudaram a construir uma cultura local. Fazer uma busca na internet fica muito complicado para dar a relevância. Em duas ocasiões eu votei em artigos biográficos que ainda existem, mas que não faço muita questão de apagar. Mas concordo com Dantadd, o unos da referência cabe a quem edita o artigo. Se alquem tiver uma referência bibliográfica, melhor ainda. Por isso que venho aqui propor que buscas nos catálogos de bibliotecas na internet sejam inclusas como buscas válidas para referências de texto, antes até de buscas no google. Cita a Bibliotecas Nacionais do Brasil, Portugal, Alemanha e França, Biblioteca do Congresso, Biblioteca Britânica dentre várias outras. David Andrade 02h37min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Bom, depois do comentário do Marcio Benvenuto de Lima, creio que realmente ambas as soluções propostas seriam uma forma de "passar por cima" das regras. Vejo então três saídas:

  1. cria-se uma nova regra permitindo a eliminação de páginas falsas em condições especiais;
  2. a comunidade, por consenso, decide que esse caso é excepcional e por isso as regras podem ser "subvertidas"; ou
  3. a comunidade aceita o erro e convive com ele, aprendendo para não repeti-lo no futuro (com a criação de uma tag indicando que o artigo é falso, por exemplo).

A segunda saída, na minha opinião, não é uma subversão das regras, já que a comunidade estaria agindo de forma "conjunta" e consensual. Entretanto a saída mais nobre seria a terceira, como uma lição de humildade.

Quanto à opinião do Dantadd, concordo que a falta de fontes é um motivo essencial para se eliminar um artigo. Se não me engano, é um dos critérios da wiki em inglês para se eliminar artigos sem necessidade de consenso. Entretanto discordo dele nos demais casos. Manter informações falsas na wiki denigre sua imagem, mas manter informações "irrelevantes" mas verdadeiras/verificáveis não. Como disse o FML, se a informação é irrelevante (mas verificável), ninguém vai procurar por ela, ninguém vai acessar os artigos e por isso, do ponto de vista da credibilidade, não haverá nenhum dano. --girino 03h20min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

girino, estou meio esquecido das regras sobre eliminação. Onde está escrito que não se pode colocar uma página para eliminar novamente? Lembro-me de ter visto isso acontecendo várias vezes. Não vejo problema em se tirar uma nova avaliação da comunidade. Se a comunidade acha que ela ainda deve ser mantida, basta votar novamente para manter. Estou colocando para eliminação já. Lipe FML 03h42min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Não faça isso... Wikipedia:Eliminação por votação, regra 11:
11. Uma página já votada e mantida ou mantida com uma solução intermediária só pode tornar a ser nomeada para as WP:PE após um prazo de seis meses a contar da última nomeação. Caso uma renomeação seja feita antes deste prazo, a nova página de votação iniciada pode ser colocada para eliminação rápida segundo a regra #21.
--girino 03h49min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
girino, acho que isso só vale se o conteúdo for idêntico, pois (infelizmente) vota-se além da relevância, o conteúdo também. Ou seja: como o conteúdo já não é o mesmo (eu apaguei o artigo todo por não ser verificável) colocarei novamente para apagamento. Além disso, há claro consenso aqui que o artigo deve ser apagado. Todo consenso é maior que qualquer regra, sempre foi assim. abraço, --Lipe FML 03h56min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
A regra não fala nada sobre conteúdo idêntico, portanto sou obrigado a discordar de você. E quanto ao consenso, não houve tempo de se formar um consenso. Aguarde ainda um pouco antes de fazer uma solução que vai contra as regras. --girino 03h58min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Acrescentando: não há consenso de forma alguma! O Marcio Benvenuto de Lima foi claramente contra se recolocar a página para eliminação, e eu também fui (por enquanto). Onde há consenso nisso? --girino 04h01min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Pronto: Wikipedia:Páginas para eliminar/Dominique Enon2. Basta votar novamente. Se for mesmo a vontade da comunidade ser mantida, basta votar em "manter". Lipe FML 04h02min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

girino, então coloque para apagar usando a regra #21. Eu não faria isso, deixaria a comunidade decidir no voto. E, no direito, vale o conceito da regra, ou seja: o que se vota é a relevância do assunto E o conteúdo, portanto fica fácil deduzir que uma página diferente (como bem observou o Manuel Anastácio D​ C​ E​ F acima) pode ser colocada para votação novamente. Lipe FML 04h05min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

FML, qual o motivo dessa pressa toda? A comunidade mal teve tempo de se manifestar, não há ainda um consenso formado sobre qual a melhor solução e você "impõe" a sua solução? Pra que isso? Dê tempo para que a comunidade discuta e decida. A página já está em branco, não há motivo para pressa. (intercalei os comentários por motivo de conflito de edição) --girino 04h10min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

(vários conflitos de edição...)

  Concordo integralmente com o girino em todas as suas ponderações. E prefiro a terceira alternativa elencada: a comunidade aceita o erro e convive com ele, aprendendo para não repeti-lo no futuro (com a criação de uma tag indicando que o artigo é falso, por exemplo) - ou melhor, com a já consagrada predef {carece de fontes}, o que por si já alerta o leitor desavisado. Já as opiniões e sugestões do Dantadd, são totalmente despropositadas, na minha opinião. Ele utiliza um exemplo fortuito, quase irrelevante, para defender a adoção de uma eventual regra, totalmente em desacordo com as bases que regem este projeto. -- Clara C. 04h08min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu concordo com o girino e (incrivelmente) com a Clara C.. Acho que fui precipitado, apesar de (pelo menos pensar) ter agido com calma e ponderação. Mas em nenhum momento impus "minha solução". Achei que fosse uma solução óbvia. Portanto, eu autorizo aqui formalmente que se reverta o que eu fiz, eliminando a página para apagar com a regra #21. Se ninguém reverter, é porque houve consenso. Se reverterem, não me responsabilizo mais pelo assunto e não interfiro mais em nada. abraço, --Lipe FML 05h04min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
PS: Clara C., a sua solução "a comunidade aceita o erro e convive com ele, aprendendo para não repeti-lo no futuro (com a criação de uma tag indicando que o artigo é falso, por exemplo)" não é solução para nada, é risível e você só pode estar tirando sarro da nossa cara. Desculpe a sinceridade. --Lipe FML 05h07min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

FML: A proposta é do girino e não minha. Leia com cuidado e não seja tão afoito. -- Clara C. 05h29min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu vi que era dele. Mas ele deu essa última "solução" como ironia, engraçado foi você ter levado isso a sério e ter dado como solução real. Se a comunidade errou, como assim "aceitar e esperar para não errar em outro caso" quando, numa enciclopédia editável, podemos simplesmente editar e arrumar? --Lipe FML 05h40min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
É mesmo? Eu não vi esta ironia e nem ele declarando-se irônico. Dei a minha opinião. Dê a sua também. Abstenha-se de julgar as minhas intenções ou as do girino. Seja simples e direto. -- Clara C. 06h04min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Virou moda

Virou moda tentar desqualificar o interlocutor ao invés de defender idéias: http://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Wikipedia:P%C3%A1ginas_para_eliminar/Dominique_Enon2&diff=prev&oldid=7229778 -- Clara C. 07h36min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

A rota falando do rasgado... acho que a moda da desqualificação do interlocutor já picou a Clara C. faz tempo. Dantadd 14h50min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)


Validade da votaçãoEditar

A Clara C. e o Girino dizem, e é verdade, que a votação Wikipedia:Páginas_para_eliminar/Dominique_Enon2 vai contra as regras. E vai. Mas, agora, tenhamos bom senso e pensemos: se for provado que o conteúdo de um artigo cuja permanência foi votada favoravelmente é fraudulento, absolutamente não verificável ou, posteriormente, considerado de forma unânime como irrelevante, porque é que não se deverá fazer uma nova votação antes dos seis meses decorridos?

Reparem que basta existir consenso quanto a esta questão, alteram-se as regras para incluir esta excepção (fraudulento, absolutamente não verificável ou, posteriormente, considerado de forma unânime como irrelevante - isto é, que reuna consenso da comunidade) e faz-se a votação.

Há alguém contra esta alteração das regras? Se há, calo-me. Se não há, mudam-se as regras daqui a uns dias, em decorrência do consenso estabelecido. Manuel Anastácio 08h57min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu sou contra. Pelas mesmas razões que o girino já expôs. Pode-se questionar que esta página é fraudulenta como pode-se questionar fraude em qualquer outra página. Quem detêm a verdade dos fatos? Se depender deste tipo de encaminhamento casuístico a "verdade" vai passar de mão em mão. -- Clara C. 09h08min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Pronto, então continuem aí o forrobodó. Eu estou fora. Manuel Anastácio 10h06min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu concordo com a sugestão do Manuel Anastácio. É o lógico e correto a ser feito. --Nice msg 11h29min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Clara C., não há necessidade de radicalismo. A comunidade errou e está tentando corrigir o erro. Acho que podemos discutir aqui e chegar a um consenso sobre a solução a ser adotada. Na verdade, a votação não é necessária, acredito que se houver consenso, podemos considerar o artigo como SPAM ou como impróprio e eliminar por ER. Não sou contra a votação em si, sou contra apenas o fato dela ter sido iniciada antes de haver consenso sobre a solução mais apropriada.

Manuel Anastácio, acho que uma melhor mudança da regra é dizer que, havendo consenso da comunidade, expresso na esplanada, pode-se recolocar uma página em votação. Assim podemos cobrir outros casos de exceção que não sejam exatamente idênticos. (Porque a probabilidade de ocorrer outra exceção igual é quase nula, e estaríamos criando regras para nunca serem usadas e para nos deixarem na mão quando precisássemos). Na minha visão, a comunidade deve ser soberana em suas vontades que forem expressas por consenso, independentemente de regras. (Para os mais afoitos, vejam que consenso não é votação, então uma votação não poderia subverter as regras, apenas o consenso da comunidade). --girino 12h04min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Concordo com a tua redefinição da adenda à regra. Aliás: quando houver consenso a respeito da necessidade de ignorar uma regra, a regra deve ser ignorada. Creio que isso se deve aplicar a tudo o que diz respeito à Wikipédia, se não é que já se aplica (creio mesmo que é um dos princípios fundamentais que estamos a esquecer por aqui, devido a tantas regras e votações). Isso parece-me simples bom senso. Mas a Clara C. não concorda, como vês - depreendo que ela votaria pela manutenção daquela página, pelo que neste caso em específico não há consenso. Manuel Anastácio 12h19min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Consenso advém de negociação. Podemos sempre encontrar uma solução intermediária que agrade a todos. Basta que ela faça uma proposta nova, e ceda um pouco no sentido de facilitar o consenso, e que nós também estejamos dispostos a ceder em alguns pontos (mas isso só é possível se houver discussão e abertura para negociação, que é o que estou tentando promover aqui). --girino 12h24min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Pois vejam, fui eu quem propôs a primeira votação, após um pedido no Pedido a administradores feito por TenIslands D​ C​ E​ F, que na verdade, trazia um pedido feito por terceiros em sua página de discussão. Vale lembrar esse histórico, pois desde o início coloquei para votação a relevância e o conteúdo apresentado pelo verbete. E toda regra tem sua exceção: podemos usá-la agora, neste caso. Na minha opinião, uma nova votação ou permanecer da forma como está agora, mínimo com {{carece de fontes}}. Alex Pereirafalaê 12h39min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Como é divertido...talvez seja este resultado que o tal Dominique Enon buscava. Semear a confusão. Sempre contamos com os wikipedistas "boas-praças", que posam de democráticos, abertos ao incrível mundo do conhecimento ilimitado e útil. Sem dúvida é a opção mais simpática e fácil de abraçar. Comprometimento sério que é bom...nada. Só charme e simpatia. Enfim, tudo isto não vale o desgaste. Dantadd 14h43min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Dantadd, acho que você está se confundindo. A discussão sobre o artigo Dominique Enon está mais acima. Essa discussão é sobre a proposta do Manuel Anastácio de se mudar a regra para contemplar as exceções desse tipo. --girino 14h49min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Eu simplesmente pus meu comentário ao fim do tópico. Estou me referindo às posições sempre simpáticas e fofinhas adotadas por alguns colegas, você incluído (mesmo que parcialmente). Dantadd 14h52min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Obrigado pelo sempre simpáticas e fofinhas, mas acho que nesse ponto sou obrigado a discordar: raramente sou simpático e fofinho nas minhas posições. --girino 14h56min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Danta, não me venha com essa, você se considera "o correto", "o comprometido", "o herói" etc. e ainda tem a cara de pau de falar que os outros estão querendo se fazer de "boa-praça"? Se não se interessa pela discussão, é bem simples: some. Eu concordo contigo que o tempo gasto com o Dominique Enon é demasiado exagerado, mas o que está se discutindo aqui neste subtópico é outra coisa. Estamos discutindo agora justamente para evitar ter que discutir sempre em situações assim no futuro. E sobre o assunto em si, eu concordo com o girino e também acho que não seja necessário expandir a regra, basta usar o bom senso, como bem lembrou o Manuel. --Lipe FML 16h02min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Bom senso ou consenso? --Pedro Spoladore 19h06min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)


Com tudo caros colegas o vandalismo está permitido no artigo, a falta de respeito é generalizada ao artigo, será que é tão difícil respeitar os direitos do artigo adquiridos em votação, o grande problema aqui é “O que ira dizer as outras wikipédias, só nós permitimos a fraude ou suposta fraude”, uma vaidade vã onde o direito do artigo não está sendo respeitado, se ele é falso ou não será provável o fato, mas muitos tomam a palavra fraude como base e esquece que temos regras a seguir, para não dar o mau exemplo que casos especiais são aqueles chamados de “fraude”, porém fraude é uma palavra genérica que poderá ser interpretada de formas diferentes como muitos julgam a interpretação relevante para buscar o consenso da comunidade favorável a eliminação, será falta grave e provável que regras foram desrespeitadas e atos incorretos (vandalismo entre outros) são ignorados por muitos, não há o que fazer no momento, ou criamos lacunas nas regras de forma favorável e desonesta ou aplicamos as regras para não dar o mau exemplo e usando de recursos administrativos como bloquear a página e avisar as suspeitas de fraudes ou até mesmo deixar bem claro que está página é uma fraude e será eliminada dentro das regras da wikipédia da língua portuguesa, mas usar do consenso da comunidade neste momento desta forma para francês, americanos e italianos wikipedistas verem que somos fieis e atualizados nas noticias, muito bom para relações externas e péssimas para as relações internas e todo bom diplomata sabe que problemas externos são negociáveis e os internos são constitucionais um pouquinho mais complicado, isto só ira agravar o problema para muitos artigos que vivem problemas semelhantes e com agravantes piores que este, acredito que será maravilhoso eliminar de forma sincronizada, mas difícil esclarecer em problemas derivados no futuro que a palavra fraude não foi utilizada de forma genérica sofrendo influência externa e será um mar de influências externas para resolver já que noticias externas influenciam as regras e o consenso da comunidade onde desrespeita o direito adquirido em votação de um artigo seja ele falso ou não foi avaliado e aprovados por todos, digo todos ou será porque que o artigo está lá também em outras wikipédias, eles fazem tudo dentro das regras e nós da wikipédia da língua portuguesa? Consenso da comunidade pro a violação deixa de ser um consenso e passa a ser uma ilegalidade, digna de punição.

Ao meu ver não há o que fazer neste momento, o correto será aplicar as regras e usar o poder administrativo para bloquear o artigo e deixar bem claro que será eliminado dentro das regras, justo, correto sem agravastes para o futuro, exemplar para todos que as regras são validas e aplicáveis a todos os casos dentro da wikipédia da língua portuguesa.

Marcio Benvenuto de Lima 01h04min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Acho uma boa solução. Protege-se o artigo e ele fica até completar os 6 meses. Porém, na última edição do FML. Pois o artigo pode ter "o direito" de permanecer, mas não de ficar imutável. Sam  |msg|  01h51min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu acredito que nós não devemos mutilar para agradar, aplicar as regras parcialmente é incorreto, acrescentar ou remover 2% 3% é aceitável, mas 85% 90% é no mínimo vandalismo com todo respeito ao FML que tenho visto que é uma pessoa digna de grande respeito na wikipédia na língua portuguesa e que visou solucionar e não complicar, mas aplicar parcialmente é não aplicar o total que é o mesmo que não aplicar.

Marcio Benvenuto de Lima 02h03min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Márcio, desculpe, mas discordo de você. Não há aqui "aplicar parcialmente" qualquer regra. Informações não verificáveis não podem estar no artigo, de acordo com a política de verificabilidade. Se para tal o artigo tiver de se tornar mínimo, que assim seja. Sam  |msg|  02h10min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu entendo você Sam e posso ver a honestidade e intenção, porém isto já foi avaliado também, quando me referi ao total, estava a me referir ao total das avaliações ante da votação que manteu o artigo, isto já foi feito também, porém o que gostaria de colocar em foco é o futuro que será mais problemático ao sentimento de autores ao ver seu artigo sendo destruido mesmo de forma valida, mas perguntas serão feitas e será muito difícil de responder com honestidade Sam, eu entendo você e o que está a dizer e uma verdade sim, ms já foi aplicada por isso que digo que não seria agradável aos olhos do autor e seria mais uma feramenta nas mãos dos maus intencionados, "lá pode e porque aqui não pode fazer?".

Marcio Benvenuto de Lima 02h43min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

A única solução que me ocorre, dentro das regras, é manter o artigo, apenas com conteúdo válido/verificável. No caso de não sobrar nada, seria aplicável ER (impróprio). Usamos a página de discussão ou a esplanada para continuar o debate e cancelamos a votação, que, na minha opinião, não deve ser eliminada. Adailton msg 18h30min de 1 de Setembro de 2007 (UTC)

  Concordo --girino 18h57min de 1 de Setembro de 2007 (UTC)
Não vi nova proposta, além da que apresentei acima, então vou marcar a votação como {{cancelada}} e arquivar junto com as mantidas. Informo que, a excessão da hr.wiki, que mantém um artigo reduzido, e das cs.wiki e es.wiki, que estão discutindo a eliminação, as demais já eliminaram os respectivos artigos. Peço que a discussão, quando necessária, prossiga em Discussão:Dominique Enon. -- Adailton msg 18h38min de 7 de Setembro de 2007 (UTC)


Avisos de EREditar

Em Wikipedia:Eliminação rápida não há referência a qualquer obrigatoriedade ou sequer utilidade de se avisar o criador da página que foi proposta para ER. A única referência a isso está nas predefinições de marcação para ER. Afinal, é consensual a obrigatoriedade de avisar o criador da página, ou não? Se é, por que não existe a regra? Abraços, Ozalid 19h25min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

De fato eu só soube que tal aviso ao criador do lixo poderia existir quando reformaram o aviso de ER. Avisar o criador de lixo que o lixo vai ser jogado fora é de uma inutilidade e de uma burrocracia atrozes. Dantadd 19h39min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

É útil em determinados casos. Outros nem vale a pena. Devido a estar ao critério de quem avisa, não poderá ser, pelo menos para já, de uma mera recomendação.

Já agora, a tag de para colocar artigos para votação tem algum código para avisar o usuário que criou o artigo? Se não, seria de colocar também? Lijealso ? 19h44min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

<deu conflito>

Discordo do Dantadd. Penso que muitos novatos, que não conhecem nossas políticas, merecem pelo menos saber que o que fizeram é errado, para assim, procurarem melhorar. É utopico, eu sei, mas prefiro pensar assim... Um dia, fui novato e não conhecia as nossas políticas. Aliás, todos nós... Portanto, penso que o aviso ainda é um instrumento eficaz para, didaticamente, ensinar os novatos. Alex Pereirafalaê 19h49min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Depende dos casos. Se se trata de algum texto não enciclopédico, por exemplo, é capaz de ser útil avisar o usuário para que perceba o porquê da eliminação. Se é lixo é lixo, e quem o fez sabe muito bem que não devia ter feito, logo acho perda de tempo avisar. Ou seja, vejo como uma recomendação. Lusitana 21h28min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Lembro-me agora que no meu primeiro dia de Wikipédia (bons tempos aqueles em que só expandia artigos e nada mais), fiz umas lambanças e tive 3 artigos marcados como impróprios. Se não fosse a Nice a me avisar cordialmente, não teria entendido nada. Depois recriei os artigos da forma adequada. Eu procuro avisar quando possível, como quando o usuário faz um teste. Temos mensagens para diversos casos... poderia ser mais. Mas também acho desnecessário avisar em certos casos. Marcelo Bianchi 21h33min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

ER para mim é lixo. Quando é evidente que foi um erro feito de boa-fé eu também aviso o editor, mas isto é raro. Na esmagadora maioria dos casos é: "oi...a Vanessa da 6ªB é uma idiota" ou "sdfsdmig ==Texto a negrito=="... Vou avisar o criador de lixo para quê? Dantadd 22h23min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Para ele saber que está a ser vigiado e que a continuar é capaz de ser sancionado. Eduardo 22h37min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Se for recorrente tudo bem. De qualquer maneira, não concordo com a obrigatoriedade do aviso. Dantadd 23h13min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Mesmo eu que sou defensor da colocação dos avisos várias vezes não coloco (sem ser por preguiça). Uma pessoa vai aprendendo a distiguir "tipos de vândalos" e percebe onde fazem efeito vs quem veio só experimentar o software... É apenas uma forte recomendação, mas com variadas excepções. Eduardo 23h35min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Se nós não deixarmos avisos nas páginas de discussão, depois de eliminada a página, não fica qualquer registo no histórico de contribuições do colaborador. Certo? Então, não deixar avisos pode significar não nos apercebermos de que alguém anda a fazer vandalismos repetidos. Certo? Se estes raciocínios estão correctos, então, deveríamos deixar sempre aviso, nuns casos para o criador se aperceber do seu erro e nos outros para os administradores se aperceberem de repetições de vandalismo. Certo? Abraço, Ozalid 23h19min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Assim muito à mão, não. Mas existe esta nova funcionalidade. Lijealso ? 23h38min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

A hipocrisia persiste sobre esse assunto da ER, assim como no assunto anterior sobre os Userboxes... a minoria vocal parece não ter nenhuma vergonha na cara, com posições completamente inconsistentes baseada sempre nos seus interesses. É fácil, lixo é lixo... mas ER tem 20+ categorias de classificação, e quem tem tempo de marcar um artigo para eliminação, tem tempo pra anunciar e justificar (corretamente) porque o faz. Quem é contra é porque gosta e quer poder agir arbitrariamente. Lijealso... sem querer comprar contigo, mas tu notou que ultimamente tu só intervém e apazigua as coisas para o lado da situação e em prol do susposto status-quo. Adimiro sua estancia pacifica e de comprometimento, mas tua antiga neutralidade esta sumindo aos poucos (Pense bem a longo prazo, quem e o que você esta defedendo...) um abraço --Rmbr 01h13min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)

Pode vir à minha página de discussão dizer-me, por análise das minhas intervenções nesta secção onde:

  • neutralidade esta sumindo aos poucos
  • 'apazigua as coisas para o lado da situação e em prol do susposto status-quo

Terei prazer em ouvi-lo/lê-lo. Lijealso ? 01h19min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)

Esse Rmbr (e a pessoa que se enconde atrás dessa conta) é uma piada... um rebelde sem causa. Dantadd 02h55min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)

Na Wikipédia, nenhuma contribuição positiva pode obrigar a outra edição. As edições não são vinculadas umas às outras. Se corrijo um erro ortográfico não sou obrigado a corrigir outro. Se limpo o lixo (acção positiva) não sou obrigado a dizê-lo (ainda que reconheça que na maior parte dos casos seja muito útil, nem que seja como descarga de consciência). Da mesma forma que o Rmbr não é obrigado a complementar as suas sempre bem vindas críticas com um texto com menos irritantes atentados ortográficos. É simples: se somos obrigados a proceder de forma maquinal (coisa antiwikipédica - a Wikipédia não é uma obrigação para ninguém, incluindo para os administradores) e segundo um protocolo rígido, vou começar a exigir que o uso de acentos e a concordância verbal seja um pouco mais cuidada por parte de certos usuários. Não falo de pequenas gralhas - falo de usuários que parecem usar o mau português como forma de estilo. Manuel Anastácio 07h23min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)

  • Já tinha antes tentado editar aqui (ou meu computador falhou, ou salvei isto noutra parte) - considero que os avisos são importantes - e os dou, sempre; e, via de regra, faço-o com 5 tiles - porque o importante é saber-se quando se deu o fato (sobretudo para IPs, que podem ser compartilhados), não apenas para o caso do mau-editor tomar ciência, mas para casos em que é mister bloquear. Sabemos que, quando não há avisos, mesmo em casos patentes, os "queixinhas" virão nos arrolar aqui na Esplanada como infratores sei lá de quê...

Enfim, como nada aqui é obrigatório, fica como um pedido, sobretudo para facilitar-se o trabalho dos administradores... é o que penso. Abracim, Conhecer ¿Digaê 06h55min de 29 de Agosto de 2007 (UTC)

Moções de páginas em massaEditar

Recentemente o Usuário:Nuno Raimundo fez algumas moções (moção = ato de mover) de páginas, todas elas em relação a nomes em árabe. Ao mover Al Qaeda, ele justificou:

Al Qaeda é uma adaptação do árabe para língua inglesa. A adaptação para língua portuguesa deve ser "Alcaida", pois é assim que se aproxima mais dos fonemas da língua árabe. (Fonte: ciberduvidas.sapo.pt/pergunta.php?id=13380)

Por causa do nome Nuno e pelo fato de ter consultado o Sapo.pt, acredito que este usuário seja português. Porém, gostaria de lembrá-lo que aqui no Brasil eu nunca ouvi falar dessa palavra em lugar nenhum (desde o 11/9 todos os meios de comunicação só falam Al-Qaeda ou Al Qaeda). Mas ele também moveu o nome de um país sem consultar ninguém; isso é uma mudança de efeito. Ele moveu Qatar para Catar, e todas as outras subpáginas sobre o país. Se eu não me engano, as duas formas no Brasil são aceitáveis, só gostaria de saber a opinião da comunidade. // Matheus Wahl // 21h32min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Em Portugal não se usa Alcaida. É apenas uma opinião purista de alguém do Ciberdúvidas. Deve ser usado como redirect. Catar já me parece menos mal que Qatar... Mas é só uma opinião não vinculativa. Manuel Anastácio 22h15min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Ah: o Ciberdúvidas, apesar de ser sapo.pt tem total respeito pelas duas versões do português br e pt - além de ter colaboradores brasileiros também. Manuel Anastácio 22h16min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)
Sim, eu até apóio os movimentos (mmm...Alcaida já nos é um pouco estranho...), só penso que devem ser minimamente discutidos. Dantadd 22h19min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

O Ciberdúvidas está muito, muito longe de ser fonte credível, quando muito, é uma fonte inesgotável de erros. No entanto, nesta matéria, dou-lhes razão. A transliteração correcta para Qatar é Catar, não faz sentido nenhum, numa palavra indiscutivelmente portuguesa (o facto de ser vocabulário geográfico não altera isso), usar uma ortografia estrangeira. A forma Alcaida também é a mais correcta, por ser a transliteração para a nossa língua. Que sentido faz usar uma palavra inglesa para traduzir um termo árabe? Abraços, Ozalid 23h11min de 22 de Agosto de 2007 (UTC)

Concordo com o Ozalid e Nuno Raimundo, não faz sentido usar pronúncias de palavras árabes em inglês para nativos da língua portuguesa.

Marcio Benvenuto de Lima 00h11min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Caso um dia queiram estabelecer regras de transliteração na pt.Wikipédia, já há gente interessada em ajudar. Marcelo Bianchi 00h29min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Porque é que o Ciberdúvidas é "uma fonte inesgotável de erros", Ozalid? Quanto a "Alcaida", é certo que é uma palavra muito pouco usada ainda mas, precisamente por isso, penso que é preciso fazer um esforço pela conservação e integridade da língua portuguesa. A grafia "Al Qaeda", além de ir contra as regras da ortografia do português (à letra Q segue-se sempre um U), induz as pessoas a ler "Al Caéda", o que não está de acordo com o árabe. Mudei Qatar para Catar pela mesma razão. Nuno Raimundo 13h03min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Um pouco à boleia do que está acima não seria preferível sabor em lugar de flavor? João Sousa msg 16h32min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

ugh! Escreve-se isso no Brasil? Manuel Anastácio 17h15min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Aqui, falamos sabor, Al Qaeda, fila...lol (não, lol não é muito usado aqui)...Alex Pereirafalaê 17h27min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Cuidado. Sabor e flavor não são fisiologicamente e psicologicamente palavras sinônimas. Flavor é uma interação complexa entre o sabor e o olfato. A perda da sensibilidade de um significa a perda do flavor porém não significa a perda do outro sentido.

O termo "Alcaida" pode assustar agora, porém mais tarde teremos que criar um redirect como milhares de outras expressões que se tornaram de uso comum, pelo menos no Brasil. Hinkel 18h51min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Valha-nos isso. Pensava que era um anglicismo apenas... Afinal é um anglicismo, mas derivado do facto de a nossa língua não ter palavras específicas para coisas específicas. Manuel Anastácio 19h26min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

...e sabor não é exactamente o mesmo que o sentido do gosto. segundo o meu velhinho dicionário sabor é, entre outras coisas: propriedade que têm certos corpos de provocar, como estímulo adequado, uma sensação gustativa e para flavor qualidade do vinho de cor amarelada. Em Portugal os flavorizante designam-se intensificadores de sabor em pt e pelo menos eu nunca ouvi ou vi essa palavra em português de Portugal. João Sousa msg 19h39min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Não foi criado ainda um termo em pt ou br para substituir o termo flavor ou flavorizante. Enquanto isso.... Hinkel 20h19min de 23 de Agosto de 2007 (UTC)

Caro Hinkel (ou qualquer outro), peço a gentileza de corrigir esta minha edição: [12], pois, lendo esta conversa, acabei por confundir os significados mais específicos. Para mim era tudo a mesma coisa, mas vejo que estava enganado. Por favor, corrijam essa edição e façam os redirecionamentos necessários. Obrigado! Lipe FML 02h18min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)
Sobre o Q(C)atar

Penso que a versão com o Q tenha sido a preferida por os geógrafos aqui do Brasil (e também a imprensa), em virtude de, ao menos aqui, catar é um verbo com acepções por vezes pejorativa - o que não cai bem a nomear um país estrangeiro. De qualquer forma, penso que a alteração feita, sem ao menos antes debater o assunto (ora, não foi isso que por "décadas" fizemos entre Holanda e Neerlândia?) foi algo arbitrário e deve ser revertido - ao menos é o que penso... Conhecer ¿Digaê 03h27min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)

Só para complementar o André, a expressão a qual o André se refere é "vá se catar", o mesmo que "vá caçar sapo", "vá pentear macaco" etc. Expressão que poderia constar em lista de insultos, que foi apagada. Lipe FML 17h26min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)
Tem aquela outra também: "catar coquinho". Lipe FML 00h42min de 25 de Agosto de 2007 (UTC)
O facto de existir o verbo catar não deve interferir, são coisas completamente diferentes. Além de que, se se escrever Qatar, ler-se-á "catar" à mesma, portanto o "problema" persiste. O Peru também é um país e um animal pouco inteligente. Não há nada a fazer quanto a isso. Nuno Raimundo 07h49min de 24 de Agosto de 2007 (UTC)
Língua é poder. José Saramago, como bem lembrou recentemente o presidente da Academia Brasileira de Letras, Marcos Vilaça, faz questão de que seus livros publicados no Brasil sigam a grafia européia (se o mercado consumidor brasileiro gosta ou desgosta, isso não vem ao caso). Em 2008 teremos mudanças na grafia, visando uma ainda longínqua unificação do idioma. O português, como também lembrou Vilaça, deve ser a única língua do mundo ocidental que comporta duas grafias. Não há um único dicionário que satisfaça portugueses e brasileiros simultaneamente. Os falantes do espanhol se viram muito bem com o dicionário da Real Academia Española... - Al Lemos 15h15min de 25 de Agosto de 2007 (UTC)
Não, não é a única. O romeno também tem o padrão ortográfico da Romênia, reformado no início dos anos 1990, e o padrão da Moldávia - que, além de não ter sofrido reformas na versão latina, ainda passou 50 anos grafado com alfabeto cirílico. Assim como no caso do "brasileiro", há quem defenda que o "moldavo" se constitui um idioma à parte, o que não é nada além de nacionalismo antilingüístico. Acho esse caso pior do que o pt-BR x pt-PT, já que são países vizinhos e historicamente irmanados. Isso para não mencionar as línguas com variações ínfimas que alguns teimam em considerar idiomas distintos por razões políticas, não lingüísticas, como o servo-croata (sérvio, croata e... "bósnio"??!!).--Pedro 20h31min de 25 de Agosto de 2007 (UTC)
A mim não incomoda escrever acto, óptimo, que eu creio que deveriam permanecer assim como são. Também gosto da diminuição do uso do hífen. Agora...quanto ao trema...não renuncio. Usá-lo-ei até o fim dos meus dias, tranqüilamente. Dantadd 20h49min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)
E que tal se abríssemos um novo tópico de discussão sobre a ortografia do português europeu e do Brasil? Por acaso gostaria de conhecer a opinião das pessoas. Eu cá considero que o "c" antes dos "t" faz falta (e faz mesmo). Mas o trema acho uma pena terem retirado do português europeu, pois é um sinal que faz imensa falta. E sem o trema, ficamos com palavras ridículas como "averigúe".Nuno Raimundo 21h21min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Associações medicamentosas e nomes comerciais.Editar

Olá... Gostaria de pedir opiniões da comunidade a respeito de como tratar os títulos dos fármacos na Wikipédia. Em primeiro lugar temos que observar se os medicamentos devem constar pelo nome comercial ou pelo seu princípio ativo. Pelo meu prisma, penso, lógico, que devem ser utilizadas os nomes de substâncias, já que se uma mesma substância pode ter diversas marcas, e estas são variáveis com o decorrer do tempo.

Observado este ponto, devemos encontrar uma solução, por exemplo, para isto:Zaldiar. Neste artigo, traduzido provavelmente da Wiki inglesa surge um problema. O nome Zaldiar é comercial e além de tudo não aponta para um principio ativo, mas para uma associação entre paracetamol e tramadol. Outro caso, citado pelo João Carvalho em minha página de usuário é a situação do Klean Prep, S.E.L.G. e Fortrans (tudo nomes comerciais). Têm a associação de 5 substâncias (as mesmas em todos os nomes comerciais), mas com dosagens diferentes. Daí provém a pergunta: como titular essas situações?? Colocando "Associação paracetamol/tramadol" , criando um redirect em "Associação tramadol/paracetamol" , fazer uma lista de associações medicamentosas e nos artigos das substâncias individuais, fazer referência que existe determinada associação, talvez? Dédi's 18h17min de 25 de Agosto de 2007 (UTC)

Alguém sabe como é esta situação nas outras Wiks?Dédi's 18h21min de 25 de Agosto de 2007 (UTC)
Nas outras wikis (aquelas em que consigo perceber alguma coisa do que dizem), não encontro referências a associação de pricípios activos. Portanto aceitam-se sugestões !--João Carvalho deixar mensagem 19h03min de 25 de Agosto de 2007 (UTC)
  • Talvez por "estar completamente por fora" desse assunto - afinal, advogados entendem lá de Medicina Legal, não dos fármacos - eu possa dar uma opinião um tanto isenta... a mim me parece que o verbete que trata de um produto comercial deva ficar sim no título de sua marca de fantasia. Ao passo que cada princípio ativo deva ter verbete em separado.

Se me faço entender: no caso de um produto como o Lexotan, por exemplo, ou o famigerado Citotec - os verbetes seriam informativos desses produtos; os princípios ativos seriam referidos, falando-se de suas associações e temas específicos... são coisas distintas. Assim como pode-se falar de talidomida, e seus efeitos perniciosos em gestantes, bem distinto será do verbete de uma droga, por exemplo, usada para o tratamento da lepra e que tenha tal substância entre seus compostos... ou seja, acho que temos lugar para "todos"... Abraços, Conhecer ¿Digaê 17h21min de 26 de Agosto de 2007 (UTC)

O único problema deste ponto de vista é a enormidade de marcas de fármacos existentes com um mesmo princípio ativo. Acredito que estão em torno de 10.000 ou mais. Enquanto princípios ativos são 600 e não mudam com o passar do tempo.Dédi's 02h13min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)
Concordo! Merece NOME de artigo apenas os princípios ativos. Sempre que possível citar no corpo do artigo as associações mais comuns, bem como os nomes comerciais mais comuns. Se alguém faz uma busca por Tylenol, deve encontrar o artigo paracetamol. Pois a palavra "Tylenol" vai estar citada dentro do artigo paracetamol (e não como nome de artigo). Da mesma forma as associações. Vejam o caso do Merthiolate, a substância contida já mudou, bem como o fabricante e as pessoas ficam achando que ainda estão usando a mesma coisa (o MERTHIOLATE). Ou seja, não se deve levar a sério os nomes comerciais.
Vejam uma pequena lista de nomes comerciais do paracetamol [13]. Se formos colocar TODOS... também não há necessidade.
Resumindo, algo do tipo do que eu acabei de fazer para testar no artigo paracetamol.
  • Nome da substância é o nome do artigo.
  • Nomes comerciais mais comuns citados no final do corpo do artigo.
  • Associações mais comuns também citados no corpo do artigo.-- Abinoam Jr. msg 04h32min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Nota: Para quem percebe menos deste assunto (cada macaco no seu galho como se costuma dizer em portugal), agradeço as ideias que possam vir dos estranhos à matéria porque como disse o André podem dar uma opinião isenta.

A situação actual é a seguinte, para que percebam. Os artigos têm sido feitos por nome da substância medicamentosa (o chamado princípio activo). Nesse artigo são relacionados os nomes comerciais existentes no mundo, dos quais nós temos conhecimento. Cada nome comercial tem um redirect para esse artigo.
A questão apresentada é como colocar o título de associações de pricípios activos. A mim parece-me que o mais correcto será colocar como título "Associação paracetamol/tramadol" e dentro do artigo colocar os nomes comerciais. Eu sugiro o uso da barra porque há casos em o título do artigo será "associação xx/yy/zz/bb" .--João Carvalho deixar mensagem 14h24min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)
Claro que no artigo de cada substância deverá ser feito referência ao artigo(s) onde essa substância está associada com outra(s).--João Carvalho deixar mensagem 14h26min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Parece-me que a opção apresentada pelo João Carvalho é correcta, isenta e adequada ao espírito imparcial da Wikipédia. Manuel Anastácio 14h35min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Como farmacêutico posso dizer que a proposta do João Carvalho é a mais aceitável. A ANVISA recomenda que, quando houver mais de 4 princípios ativos, o rótulo do produto pode conter apenas o nome do fármaco principal com o termo + ASSOCIAÇÕES. A proposta do João Carvalho deve se estender também para os fitoterápicos. Hinkel 15h03min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)
Se dois farmacêuticos assim entendem, quem sou eu para discutir?? Sou a favor da opção apresentada pelo João Carvalho e complementada pelo Hinkel. Alex Pereirafalaê 15h06min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Seria conveniente criar a categoria Associação medicamentosa, se já não existir, para incluir esse tipo de situação. E, também, uma infobox dizendo que o fármaco pode ser associado. Dédi's 15h40min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Uma pergunta de um leigo: Quando dois princípios ativos estão presentes no mesmo medicamento isto altera a natureza desses princípios? Pergunto isso porque acho exagerado listar as combinações de princípios ativos com páginas próprias. Bastaria listar nas páginas de cada um dos princípios as combinações possíveis e pra qual efeito serviriam. Em casos onde a união altera a natureza dos princípios ativos, aí sim seria necessário uma nova página, com nova explicação sobre os efeitos, etc. (Sobre a nomenclatura, concordo com a proposta, estou apenas perguntando se não vale a pena ser mais "resumido"). --girino 15h18min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Dois medicamentos que contenham os mesmos princípios ativos , por várias razões podem apresentar efeitos terapêuticos e biodisponibilidades diferentes, portanto, não serem bioequivalentes. Daí a diferença entre medicamento de referência e medicamento similar. Hinkel 19h06min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Hinkel, aquilo que disseste é verdade, mas parece-me que a pergunta do Girino se referia a uma outra coisa, se bem entendi, no entanto peço-te que me corrijas se aquilo que vou dizer não estiver totalmente certo. Dois princípios activos associados podem ter acção diferente de separados. Por exemplo no caso de amoxicilina + ácido clavulânico a acção é diferente de separados. O ácido clavulânico separado pode considerar-se que não tem acção farmacológica. No entanto esta associação faz com que a amoxicilina tenha um aumento de actuação em algumas bactérias por inibição das beta lactamases provocada pelo ácido clavulânico.--João Carvalho deixar mensagem 20h46min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

João Carvalho, o teu exemplo é perfeito como resposta para a pergunta pertinente do Girino. A ação de um fármaco pode potencializar a ação de um outro ou reduzir efeitos colaterais provocados pelo primeiro, portanto, a prescrição em separado seria crítico. Hinkel 22h15min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

(conflito de edição com o Hinkel: já agora, meu magano, quando é que vens cá beber um vinho do Porto? Garanto-te que não faz interacção negativa com o vinho do Alentejo que te serviria ao almoço...)

Posso só dizer que me sinto muito bem nesta "se(c)ção" da esplanada?... que bom que é discutir coisas sérias... com pessoas que não são enfadonhas... Foi só um aparte. Mas talvez sirva para relembrar algumas (poucas) pessoas para aquilo que deveria ser este projecto...

Mas para não ser off topic por completo: o João Carvalho tem toda a razão. O conjunto total das partes, em relação a coisas específicas e reais raramente tem o mesmo valor que a soma das partes individualmente consideradas. Com a bioquímica, isso é ainda mais verdadeiro: um medicamento sempre produz determinados "efeitos secundários" (não propriamente maus, mas que devem ser considerados) a nível bioquímico, que vão influenciar a forma como o organismo reage ao segundo medicamento. Por isso não se deve tomar álcool com certos medicamentos (que seca!...): cada substância(incluindo o álcool) predispõe ou pré-indispõe o organismo para outras substâncias. Portanto, a soma das características combinadas (associadas) de substâncias é sempre diferente da característica da soma das substâncias combinadas - é o que se chama de "holística", que sendo um conceito das ciências sociais, também se aplica às ciências "quase" exactas e aplicadas. Da mesma forma, na cozinha, a mistura de dois sabores agradáveis raramente dá um sabor agradável. Bem como dois sabores desagradáveis que, combinados... dão maravilhas. Entre a farmácia e a cozinha vai apenas um passo de distância (digo eu, que ando atrás de uma farmácia onde ainda se venda cremor tártaro, para fazer um bolo - angel cake-, e os farmacêuticos me olham como se eu fosse do século XIX...)... Pronto: para resumir: uma mistura não tem as mesmas características que as características somadas das substâncias misturadas. Isto é tanto mais verdade, quando o local onde elas se misturam é o organismo humano... Por isso, a proposta do João de Carvalho, a respeito das associações medicamentosas é pertinente e particularmente sábia... Manuel Anastácio 22h24min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Então sendo este o caso,   Concordo que a proposta de nomenclatura adotada seja a dada pelo João Carvalho, que apesar de parecer estranha a primeira vista (por causa das "/" no meio), me parece ser a melhor. E agradeço as explicações de todos. --girino 22h43min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

(conflito de edição) Então a mim não me convidam também para o vinho do Porto depois dum belo encorpado alentejano ? Estou a brincar, mas o Hinkel bem podia dar um pulinho até cá.--João Carvalho deixar mensagem 22h50min de 27 de Agosto de 2007 (UTC)

Girino, no Brasil a literatura médica descreve o rol dos diversos princípios ativos de uma associação medicamentosa com o sinal +, em ordem alfabética. Exemplo: cafeina + carisoprodol + diclofenato sódico + paracetamol. Hinkel 11h53min de 28 de Agosto de 2007 (UTC)
  • Vejam como ficou o exemplo do Zaldiar, movi o artigo para Associação paracetamol/tramadol. Nas páginas do paracetamol e tramadol inseri a seção Ver também, referindo-se a associação. Se estiver errado, por favor, revertam minhas edições. Dédi's 05h33min de 30 de Agosto de 2007 (UTC)

Acho que ficou óptimo ! Só fiquei com uma dúvida. Será que no artigo da substância individual se deve colocar também o nome comercial das associações, ou esse nome comercial só deveria constar no artigo da associação ?--João Carvalho deixar mensagem 13h48min de 30 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu também fiquei na dúvida se isto poderia causar confusão para os leigos. Dédi's 20h31min de 30 de Agosto de 2007 (UTC)

Betawiki: better support for your language in MediaWikiEditar

Dear community. I am writing to you to promote a special wiki called Betawiki. This wiki facilitates the localisation (l10n) and internationalisation (i18n) of the MediaWiki interface. You may have changed many messages here on Wikipedia to use your language for your language profile, but if you would log in to for example the English language Wiktionary, you would not be able to use the interface as well translated as here.

If you wish to contribute to better support of your language in MediaWiki, as well as for many MediaWiki extensions, please visit Betawiki, create an account and request translator priviledges. You can see the current status of localisation of your language on meta and do not forget to get in touch with others that may already be working on your language on Betawiki.

If you have any further questions, please let me know on my talk page on the Dutch Wikipedia. We will try and assist you as much as possible, for example by importing all messages from a local wiki for you to start with.

You can also find us on the Freenode IRC network in the channel #mediawiki-i18n where we would be happy to help you get started.

Thank you very much for your attention and I do hope to see some of you on Betawiki soon! Cheers! Siebrand (Betawiki user page) 17h46min de 26 de Agosto de 2007 (UTC)

PedidoEditar

Não gosto muito desse tipo de pedido mas, quem quiser, favor votar e/ou opinar nesta votação. JSSX uai 00h21min de 28 de Agosto de 2007 (UTC)

WikiScanner: novo site desmascara alterações na WikipediaEditar

  • Para conhecimento da comunidade (reportagem que me foi repassada por minha colega de trabalho Maysa). --Roberto Cruz 17h12min de 28 de Agosto de 2007 (UTC)


Novo site desmascara alterações na Wikipedia

WikiScanner mostra empresas e governos que mudaram artigos da enciclopédia Governo dos EUA e do Vaticano e empresas como a Apple e a Microsoft estão entre os revelados pela criação de Virgil Griffith

Marco Aurélio Canônico, da reportagem local.

Fonte: Folha de S.Paulo

São Paulo, terça-feira, 28 de agosto de 2007

Reportagem do site do UOL removida. --OS2Warp msg 21h39min de 28 de Agosto de 2007 (UTC)


  • É. Eu removí. Mas diz o que já foi aqui antes comentado, sobre edições tendenciosas da CIA, Vaticano, Microsoft, etc. na Wikipédia. --OS2Warp msg 21h39min de 28 de Agosto de 2007 (UTC)
OS2Warp, foste mais rápido do que eu desta vez... Eu estava salvando a remoção quando deu conflito com a tua... Mschlindwein msg 21h41min de 28 de Agosto de 2007 (UTC)

Há outras reportagens (provavelmente parciais, mas enfim). Por isso que evito escrever sobre temas atuais e controversos. Sempre existirão grupos de interesse a alterar indevidamente informações. As panelinhas lá fora me preocupam muito mais do que a suposta panelinha aqui dentro. Marcelo Bianchi 02h07min de 29 de Agosto de 2007 (UTC)

Como princípio, o direito de edição de um membro do Vaticano ou da CIA é o mesmo do Zé das Couves, reprovando-se para qualquer um destes apenas o ato de puro vandalismo. Hinkel 11h29min de 29 de Agosto de 2007 (UTC)
Mas remover informações válidas é uma forma de vandalismo "velado", não? --girino 11h48min de 29 de Agosto de 2007 (UTC)

Sim, valendo o mesmo para o Zé das Couves. Hinkel 13h25min de 29 de Agosto de 2007 (UTC)

Eu acho natural que, alguém, trabalhando em uma empresa entre na página referente à esta empresa para editar informações, acrescentar ou alterar, corrigindo, sem que isso se caracterize vandalismo ou uma alteração institucional ordenada pela direção da empresa. O que a feraamenta WikiScan permite é se rastrear as alterações realizadas por um determinado range de Ip´s ou ainda pelo nome da empresa, da qual se conhecem os ranges de Ip´s associados e fazer uma análise das alterações realizadas para se verificar se houve alguma que se enquadra no dito "vandalismo institucional" ou "vandalismo velado" citado acima. Wikiscanner 21h44min de 29 de Agosto de 2007 (UTC)

Quem diria! Quando iniciei na wiki não havia vândalos, passamos para vândalos pés-de-chinelo, e agora já temos vândalos institucionais. Hinkel 00h19min de 30 de Agosto de 2007 (UTC)
Já estão se profissionalizando. Sr. Tumnus msg 00h22min de 30 de Agosto de 2007 (UTC)
  • Em bom português do Brasil: Vandalismo chapa-branca... he, he... Conhecer ¿Digaê 20h33min de 31 de Agosto de 2007 (UTC)

Lijealso e parcialidade dos artigos da Afinsa e do Fórum FilatélicoEditar

O texto que aqui estava foi movido para: Discussão:Fórum Filatélico#Lijealso e parcialidade dos artigos da Afinsa e do Fórum Filatélico--OS2Warp msg 16h21min de 30 de Agosto de 2007 (UTC)

Requisitos para tutoresEditar

Venho aqui porque acho este assunto de suma importância e acho que está na hora de evoluirmos, de acompanharmos o ritmo do crescimento wikipédico e de nos precavermos contra certos males que advêm da falta de regras.

Assim sendo, e para saberem do que falo, vou expor um facto que está a decorrer devido à ausência de regras e requisitos para os tutores do Programa de Tutoria:

Ainda temos casos de outros tutores, como este usuário que não termina as tutorias e outras coisas mais que nem vou falar para não ficar mais deprimida.

Enfim, fica um papel muito desagradável para quem quer estar no programa com seriedade e empenho e depara-se com casos desses e fica sem saber o que fazer, porque afinal não há grande coisa que se possa fazer quando não há regras ... aliás, nem o coitado do tutor tem a maior culpa, pois pode até estar convencido que está a fazer uma coisa boa.

Assim sendo, acho que a criação de certos requisitos, importados da Wikipédia anglófona, seriam úteis e evitariam muitos desgostos quer para tutores quer para tutorados, o que apenas resultaria na maior credibilidade da Wikipédia.

Por isso criei isto aqui:

Colaborem! Discutem e dêem sugestões, por favor. Obrigada pela vossa atenção. BelanidiaMsg 21h29min de 30 de Agosto de 2007 (UTC)

A criação da condição de tutor, como coloquei na época, não decolou e não vai funcionar. Tutor eleito, mesmo sem as ferramentas, se colocará na condição de administrador. Hinkel 01h19min de 31 de Agosto de 2007 (UTC)
Penso que o problema de não responder é mais vasto e que não se resume só os tutores, o mesmo se aplica aos administradores: exemplo colocado otem aqui e entretanto varrido para debaixo do tapete. Também não conheço nenhuma regra que os obrigue a responder, resta-nos perguntar delicadamente e encomendarmo-nos a Nossa Senhora esperando que estes respondam. --Midas 09h19min de 31 de Agosto de 2007 (UTC)

Varrer para debaixo do tapete é apagar conteúdo, a discussão só foi movida para o sítio certo. Não há qualquer regra que obrigue qualquer usuário a responder ao que quer que seja, os administradores pela visibilidade que têm até costumam responder a praticamente tudo. No caso que a Belanidia citou acima, apesar de ter poucos dias de registo nem respondeu às mensagens colocadas. Eduardo 09h38min de 31 de Agosto de 2007 (UTC)

Em português de Portugal, varrer tem pelo menos três significados:
  • eliminar, por exemplo na expressão idiomática Varrer da face da face da Terra,
  • esconder/ocultar, por exemplo na expressão idiomática Varrer a sujeira para debaixo do tapete,
  • esquecer, por exemplo na expressão idiomática Varreu-se-me da memória.
Admito que fora de Portugal possa não ser assim. --Midas 12h40min de 31 de Agosto de 2007 (UTC)

Estou a par do significado da expressão e nenhum dos três significados dados ilustra a situação. A discussão apenas foi movida para o sítio adequado. Eduardo 13h43min de 31 de Agosto de 2007 (UTC)

Belanídia, gostava de dar-lhe uma sugestão para também colocar na página de votação. A seguinte pergunta: «Se durante a decorrência da tutoria o tutor for bloqueado, esta deve ser interrompida?». Tiago Vasconcelos 09h47min de 31 de Agosto de 2007 (UTC)