Abrir menu principal

Wikipédia:Esplanada/Arquivo/2005/Junho

Nuvola apps ark.png
Arquivos da Esplanada

Índice

Wikilivros?Editar

Já não é a primeira vez que alguém coloca um estudo inteiro, enorme, assinado e tudo - aparentemente o próprio autor. Pesquisando google, não encontrei. Neste caso foi um estudo sobre o Aqüifero Guarani na página Direito Ambiental. O autor deixou e-mail e tudo. Que é que se faz? Contata-se o autor e pergunta-se se ele quer que o texto dele fique de domínio público? E onde - nos Wikilivros?--Rui Silva 06:13, 19 Mai 2005 (UTC)

Parece-me que o Wikilivros não aceita trabalhos acadêmicos (como teses), apenas os tais "textbooks". Não tenho certeza, pois não estou envolvido no projeto.--gaf discus 02:01, 2 Jun 2005 (UTC)

Algum pessoal anda agora a trabalhar na criação do(a) Wikiversity (nome ainda não definitivo), e o objectivo é parecido com o Wikibooks só que para trabalhos acadêmicos. -- Get_It ¤ 02:07, 2 Jun 2005 (UTC)

DrogasEditar

Sugiro que seja feita uma revisão na categoria --categoria:drogas-- da wikipédia e que os artigos de drogas consideradas ilicitas sejam modificados apenas por administradores. --Ricardo 13:49, 2 Jun 2005 (UTC) Fvck crew

Proposta de eliminação de imagensEditar

Como fiz uma proposta de eliminação de imagens diferente das tradicionais, venho informá-los dessa votação. --Patrick msg 20:50, 31 Mai 2005 (UTC)

Por ser um tema EXTREMAMENTE IMPORTANTE para a Wikipedia venho aqui para dizer:

Tenho notado que vem sendo tomado posicionamento equivocado em relação a um assunto que eu acreditava que já estava bastante bem esclarecido. Trata-se do fato da reprodução de símbolos oficiais definidos em lei. Eles são de domínio público, não importando quem fez ou quando fez. Veja bem, o que é protegido pela Lei do Direito Autoral é a manifestação do intelecto para criar algo, o que é consubstanciado na obra que se protege efetivamente. Quando alguém desenha um símbolo oficial, está seguindo uma receita de bolo que está na lei, definindo cores, dimensões, formas, etc. Não houve nenhuma criação nisso! A Lei é de Domínio Público e o símbolo derivado dela também! Não importa o quanto de trabalho teve a pessoa para desenhar tal símbolo, se ele simplesmente copiou o que está na lei, ou uma bandeira oficial que segue o que está na lei que a define, o trabalho daí advindo será de domínio público. Isso é análogo ao fato do que ocorre com os voluntários de digitação da Biblioteca Virtual da USP, onde livros antigos, já em domínio público, são digitados. O resultado dessa digitação está em domínio público também, não importa o trabalhão que se teve para digitá-lo, pois o que é protegido é a criação do intelecto e quando eu digito uma obra em domínio público eu não criei nada... mas tenho um trabalhão!!!

Algo totalmente diferente ocorre quando vc fotografa a bandeira em um mastro, tremulando e inserida em uma paisagem (e olha q nesse caso vc nem tem muito trabalho!!!). A fotografia daí decorrente é TOTALMENTE de propriedade intelectual do fotógrafo. Mas agora se ele pegar a bandeira, esticar num anteparo e fotografá-la de modo a manter suas proporções (uma reprodução literal, vamos dizer) ou escaneá-la, o produto disso vai ser de Domínio Público, independentemente do trabalho que deu fazer isso (isso tb vale para obras de arte antigas)! O mesmo se aplica ao artista que desenha a bandeira exatamente como está no texto da Lei... ele pode ter o trabalho que tiver, o produto será sempre de domínio público. Agora se ele fizer algum acréscimo artístico (por exemplo: fazer o verde da bandeira do Brasil sumindo ou pegando fogo, para representar as terríveis queimadas que assolam nossas matas) este trabalho (que não segue a Lei) será uma obra artística dele e, aí sim, será protegida pela LDA! Será que ficou claro? Simplificando:

  • Se segue a lei ipsis literis é de DOMÍNIO PÚBLICO
  • Se não, pode ser ou não dependendo da vontade do autor!

Nero 15:51, 1 Jun 2005 (UTC)

1911 Encyclopædia BritannicaEditar

O conteúdo da Encyclopædia Britannica de 1911 está no domínio público. Nem por isso a wikipédia em inglês deixa de citá-la como fonte quando seu conteúdo é utilizado. Basta ver os artigos afluentes do Template:1911 (what links here). --Patrick msg 16:13, 1 Jun 2005 (UTC)

É claro e pode mesmo citar, pois a fonte é importante pois outras pessoas podem recorrer a ela e encontrar outras coisas interessantes lá! Mas não existe nenhuma obrigação legal de se citá-la! :D Nero 16:20, 1 Jun 2005 (UTC)

Patrick, acompanhei por acaso uma discussão a respeito da Enciclopédia Britânica de 1911 na Wiki-en. A razão pela qual a fonte é citada não é por exigência legal. É simplesmente para evitar que páginas contendo estes textos sejam marcadas como copyvio: o usuário vê o texto, procura no Google, encontra reproduzido em outro site (sem a fonte citada) e marca a página como copyvio - o que ela na verdade não é. Abraços, Loge | fogo! 21:59, 1 Jun 2005 (UTC)
O que eu nunca entendi é porque é que fazem isso com uma predefinição, e não numa secção Referências ou, porque não, Fonte .... -- Nuno Tavares 22:07, 1 Jun 2005 (UTC)
Também não sei, suponho que para chamar a atenção - e assim evitar que os usuários bem intencionados marquem páginas como copyvio que na verdade não o são. Loge | fogo! 16:51, 2 Jun 2005 (UTC)

Acho que uma solução que fosse dada aqui, seja qual fosse, serviria também para os nossos espelhos, como o Tio Sam. Por que não uma predef? Qual o inconveniente? -- Clara C. 20:34, 3 Jun 2005 (UTC)

Presidentes do BrasilEditar

Há pouco eu discutia com o Sturm sobre um dado curioso. Quando observamos na Lista de presidentes do Brasil e no site da Presidência da República [1], os nomes são iguais. Porém a predefinição {Presidentes do Brasil} não possui algunso deles, por não terem sido empossados oficialmente como presidentes ou vice à época da troca de mandato. Geralmente são presidentes da Câmara ou do Senado que assumiram em caso de renúnicia do titular e ausência ou impossibilidade do vice de assumir. Foram empossados, o que é diferente do Lula e o Alencar irem à outro país e o Severino assumir interinamente. Não é o caso de sincronizarmos os dados da Wikipédia com os oficiais? Indech::alô? 04:14, 4 Jun 2005 (UTC)

Jimbo Wales no BrasilEditar

Conforme anunciado em sua página na meta, Jimbo Wales (um dos fundadores da wikipédia) pretende vir ao Brasil (Salvador, para ser mais específico) entre os dias 20 e 23 de setembro. --Patrick msg 23:51, 4 Jun 2005 (UTC)

Imagem no artigo em destaqueEditar

LOL! Já viram que a imagem colocada na Relatividade Geral (em destaque) tem um estatuto autoral desconhecido e poderá ser eliminada do Commons?... É uma acção subversiva dos campanhistas do Fair use??? Manuel Anastácio 22:17, 6 Jun 2005 (UTC)

Que acusação séria Manuel. Veja que a imagem que consta no artigo, e foi a que eu coloquei lá, NÃO é a imagem que consta no destaque na página principal da Wikipédia (????). Quanto a primeira, a que eu usei, ela NÃO é da Commons. É uma da própria PT.Wikipédia. Onde você quer chegar com isto? Numa briga? Campani discusssão 22:23, 6 Jun 2005 (UTC)
Vamos com calma Manuel. Eu condeno fortemente ações subversivas e acho que ninguém (sem exceção, a não ser em casos de vandalismos) aqui vai levar por esse caminho. Até o momento todos pretendemos cumprir as decisões da comunidade, que deveremos cumprir por mais alguns meses até uma nova decisão. um grande abraço! --Lalli oi 22:55, 6 Jun 2005 (UTC)

Calma! Só para perceberem: comecei o meu comentário com um LOL! Isso significava que estava na brincadeira apenas! Até porque nem me dei ao trabalho de ver quem é que carregou a imagem! Não precisam de se zangar - queria apenas chamar a atenção para o facto de que essa imagem (tal como a que está no artigo, com o Einstein com a língua de fora) estão aqui apenas por Fair use! Campani: se foi você que carregou a imagem que está no artigo (na página de descrição diz apenas: da Wiki en - coisa que eu também fiz muitas vezes no início, entenda-se, e ainda deve haver por aí restos dessa minha inexperiência, não vá ninguém lançar-me isso à cara), deve saber que essa imagem está sob copyright... ora, como vêem: dá sempre para passar umas imagens com fair use!!! Até se podem pôr em destaque e tudo!... Mais uma coisa: eu não vos acusaria de subversão! Subversão fazem os vândalos declarados, vocês são bem intencionados - apenas não vêem o lado negro daquilo que defendem... Mas esta discussão é mesmo sobre aquela imagem, especificamente... Manuel Anastácio 00:53, 7 Jun 2005 (UTC)

Parem de falar "DVD"Editar

Se vocês querem falar no âmbito de uma escola pública brasileira ou mesmo da realidade econômica em geral, então parem de citar DVD. Falem CD-ROM. Porque ter um drive de DVD não é para qualquer um (não que seja caro, mas visto de um lado pessoal diversos fatores podem colaborar a não termos um drive de DVD, como desinteresse em assistir filmes na tela do computador, pouco uso que isso viria a ter, mas enfim, este não é o ponto aqui), muito menos para qualquer escola, que já batalha para conseguir computadores. Para vocês terem uma idéia, eu estudo numa escola particular, e mesmo aqui, só temos a disposição um ou dois drives de DVD (em computador), porém, todos os outros possuem um drive de CD-ROM.

A idéia pode funcionar na Alemanha, mas dificilmente iria aqui. O DVD seria muito mais prático (cabem vários gigabytes), eu concordo, porém, se querem popularizar a Wikipédia não é lançando em DVD que isso vai dar certo. Eu entendo, que por um lado, alguns podem nem ter pensado nisso, mas não me levem a mal, isto é só um comentário paralelo à discussão do fair use, pois ficava me remexendo a cada vez que lia "DVD" nestas discussões. ;-) --Henrique@ 02:06, 8 Jun 2005 (UTC)

Já agora... Parem de falar apenas no Brasil, tenho lido coisas do genéro "E a lei brasileira ?", "escolas no Brasil", etc. Mas que eu me lembre o projecto é para os países lusófonos, e não apenas para o Brasil, ou seja, pode não resultar no Brasil, mas em Portugal e Moçambique e em outros países pode resultar muito bem (seja DVD ou CD-ROM). -- Get_It ¤ 02:16, 8 Jun 2005 (UTC)
Eu lembrei de Portugal enquanto escrevia, mas pensei que o cenário fosse diferente o suficiente para não se enquadrar nas minhas explicações, por isso, resolvi deixar os comentários só para o Brasil, até por não querer arriscar falar sobre coisas de que não tenho conhecimento da situação em outro país. --Henrique@ 02:19, 8 Jun 2005 (UTC)
No Brasil, um leitor de DVD-ROM custa o mesmo que um mês de acesso banda-larga. O acesso discado pode ser ainda mais caro se o município não tiver acesso local (o que acontece em 80% dos casos). E nada impede que, ao invés de um dvd, tenhamos 4 ou 5 cd´s, tornando ainda mais barto o acesso à wikipédia. --Patrick msg 11:45, 8 Jun 2005 (UTC)
E quem disse que todas as escolas públicas têm acesso banda larga? --Henrique@ 21:24, 8 Jun 2005 (UTC)

Palestra sobre a wikipédia no Fórum Internacional de Software Livre (Brasil 2006)Editar

Eu gostaria de propor a organização de uma palestra sobre os projetos da wikimedia - em particular, sobre a wikipédia - a ser realizada no 7.o FISL - [Fórum Internacional de Software Livre] - em Junho de 2006, na cidade de Porto Alegre, RS, Brasil.

Trata-se do maior evento de software livre do Brasil, contando com a presença de figuras importantes da comunidade. Em edições passadas já aconteceram palestras sobre comunidades de conhecimento aberto como, por exemplo, representantes da Licença Creative Commons.

Conto com o apoio de todos para a organização e a elaboração da palestra. Acredito que seria interessante ter a presença de pelo menos um representante da cada nação de língua portuguesa que participa da WP, caso seja possível. Além disso, colaboradores de outras wikipedias serão convidados também.

-- felipe.sanches 7 de Junho - 20:29(UTC)

Podemos tentar contatar a Wikimedia Foundation e formalizar a proposta. A proposta é boa: eu imagino que em janeiro de 2006 nós já tenhamos por volta de 100.000 artigos, será um momento importante para nós.

--gaf discus 00:56, 8 Jun 2005 (UTC)

Alguns amigos foram ao FISL 6.0 (2005) e quando voltaram comentaram sobre o assunto. Achei interessante a idéia, gostaria de colaborar (e acredito que este companheiro também, já que ele tem atuado bastante no wikicionário).

-- AnselmoLacerda 01:31, 8 Jun 2005 (UTC)

Legal! Anselmo, você é de onde? Brasil? Portugal? E você, Gaf? Podemos começar a esboçar um texto para a apresentação levantando os pontos fortes dos projetos da wikimedia. O que vocês acham? O resultado pode, eventualmente, servir de material publicitário.

-- felipe.sanches 9 de Junho - 4:25(UTC)

Olá Felipe! Eu sou do Brasil, estudo em Campinas e vc? Acho a idéia legal sim, vamos ver se conseguimos colocá-la em prática!

-- AnselmoLacerda 15:28, 9 Jun 2005 (UTC)

Sou brasileiro. Estudo na Poli-USP. Onde podemos começar o esboço do que pretendemos dizer na palestra? Existe algum espaço wiki que poderia ser utilizado para este propósito?

-- felipe.sanches 9 de Junho - 16:07(UTC)

Estou muito empolgado com a idéia, ajudo no que for preciso! Realmente senti a falta de uma palestra sobre a Wikipédia no FISL. Muitas pessoas gostariam de participar de movimentos como o do Software Livre, mas por não saber programar acham que não podem ajudar em nada. Apresentar a Wikipédia neste contexto será bastante interessante!

-- lameiro 9 de Junho - 22:00(UTC)

Valor Enciclopédico de PolíticosEditar

Amigos,

a nomeação para eliminação de duas páginas sobre prefeitos de Nova Iguaçu suscitou um debate a respeito do valor enciclopédico de políticos em geral. Para não sobrecarregar as WP:PE, página já por natureza longa, a discussão foi transferida para Wikipedia_Discussão:Páginas_para_eliminar/Políticos. Peço a todos que tiverem interesse pelo assunto que passem por lá e emitam suas opiniões. Abraços, Loge | fogo! 20:20, 8 Jun 2005 (UTC).

Perda de Tempo e de PaciênciaEditar

  • Quanta idiotice, alguns verdadeiros "asnos" da wikipédia passam dias e dias discutindo bobagens em vez de produzir algo de interesse público aqui na Wikipédia, quanta Bobagem, tenham vergonha na cara!
Sugiro que as discussões sejam aproveitadas nos artigos, como já foi feito em fair use. --E2m 00:41, 13 Jun 2005 (UTC)
Curioso cavalheiro, as suas contribuições vêem a zeros.... queira consultar as contribuições dos intervenientes e comparar. -- Nuno Tavares 00:57, 13 Jun 2005 (UTC)

Estás a dizer que eu não produzo nada? Obrigadinho... Manuel Anastácio 00:44, 13 Jun 2005 (UTC)

É que o Anastácio é muito teimoso... fica sempre batendo na mesma tecla. Também já cansei de discutir, mas não posso parar enquanto ele ficar julgando o que eu escreví ou deixei de escrever. -- Marcelo-Silva 16:03, 13 Jun 2005 (UTC)

Meu amigo: defender os valores em que se acredita é ser teimoso? Abençoada teimosia a minha! Eu poderia dizer que você é que é o teimoso - você é que continua a defender coisas que não lembram ao diabo - você é que depois de uma votação recente sobre fair use tem a teimosia de nos lançar numa discussão ingrata e, pior que tudo, a roçar a má educação. E eu é que sou o teimoso??? Valha-me Deus!... Pegue num dicionário e veja o significado de teimosia. creio que há muita gente com falta de dicionários em casa, por aqui... Manuel Anastácio 18:47, 13 Jun 2005 (UTC)

Só meus 50 centavos: acho de extrema importância discutir meta-assuntos. Nos fazem refletir bastante e a produzir mais e melhores artigos. --FML oi 19:57, 13 Jun 2005 (UTC)

MediaWiki:BooksourcetextEditar

Alguém sabe como alterar os links que aparecem na lista que se segue à mensagem em MediaWiki:Booksourcetext? Acho interessante inserir companhias lusófonas, como o Submarino. O Meta manda alterar os dados em

 /* private */ $wgBookstoreListEn = array(
       "AddALL" => "http://www.addall.com/New/Partner.cgi?query=$1&type=ISBN",
       "PriceSCAN" => "http://www.pricescan.com/books/bookDetail.asp?isbn=$1",
       "Barnes & Noble" => "http://shop.barnesandnoble.com/bookSearch/isbnInquiry.asp?isbn=$1",
       "Amazon.com" => "http://www.amazon.com/exec/obidos/ISBN=$1"
);

mas nunca encontrei este código.--gaf discus 02:51, 13 Jun 2005 (UTC)

Tal como já disse antes, isso tem de ser feito num ficheiro PHP (LanguagePt.php) no software (MediaWiki). Ou seja, apenas um dev. pode alterar isso. -- Get_It ¤ 03:22, 13 Jun 2005 (UTC)
Mas bem, não é difícil, eu e o Nuno tratamos disso e depois falamos com o Erik. Só precisamos dos websites das lojas online que acham que devem ser incluídas (por exemplo: submarino.com.br e webboom.pt)
Assim até aproveitamos para fazer um update às mensagens do sistema. -- Get_It ¤ 16:44, 13 Jun 2005 (UTC)
Eu não percebo nada de e-shopping mas... http://www.bertrand.pt/ ? -- Nuno Tavares 17:09, 13 Jun 2005 (UTC)
Há um tempo atrás tentei adicionar lojas, porém, não consegui pois era necessário um desenvolvedor para poder adicionar endereços. Aqui já tem um da Saraiva (o $1 no final é onde vai o ISBN).
--Henrique@ 17:54, 13 Jun 2005 (UTC)

Língua iídicheEditar

Piro-o-quê?Editar

Faz um tempão que criei o artigo "Magma"... Quando ele estava em processo de criação, notei que não havia um artigo de nome "Fluxo Piroclástico", algo relacionado ao artigo que estava criando. Fui atrás e me deparei com o artigo "Fluxo Piroplástico". Procurei em todo lugar por esse nome ("piroplástico") e não achei. Somente a palavra "piroclástico" me parecia correta, pois todas as fontes que pesquisei a continham. Criei um REDIRECT supondo que "piroplástico" fosse uma grafia alternativa, mas me parece que não é. Gostaria de saber como proceder nesse caso.

Renatomcr 12:54, 10 Jun 2005 (UTC)

ESCREVE, APAGA, ESCREVE, APAGA...Editar

Será possível deixarem de perder tempo com o faz e desfaz na página D. CARLOS I Usuário:Andreas Herzog, Usuário:Muriel Gottrop, 82.58.216.102 e 82.48.232.222 ?

Será que não é mais fácil dizer qual é a fonte dos dados para os outros confirmarem em vez de andar nisto ?

Penso ser mais útil gastar energias nas páginas classificadas como lixo do que andar nestas guerrinhas. (não me levem a mal)(sei que todos se esforçam por fazer o melhor !! ). João Carvalho 22:07, 12 Jun 2005 (UTC)

Não é fair use, agora...Editar

Mas veio de um dos nossos amigos fairusistas: Não existe esse negócio de "fazer brotar" conhecimento, todos temos que admitir que direta ou indiretamente todo o conhecimento já colocado na Wikipédia foi copiado de algum lugar, ou é você que ouviu falar a respeito ou leu um livro, ou procurou na internet e depois filtrou, enfim... criar um artigo científico do nada, sem fontes, é impossível então parem de usar o termo "criar" para substituir "copiar", no mundo da ciência eles são muito mais semelhantes do que parecem; - Esta pérola demonstra bem qual o objectivo destes senhores!!!! Não existe esse negócio de fazer brotar conhecimento!!! Lindo!!! Que beleza! Sinal dos tempos... Há momentos em que me apetece ser tão malcriado!!! Agora os criminosos do plágio já se orgulham disso! Manuel Anastácio 02:38, 11 Jun 2005 (UTC)

Sinceramente, o disparate é tanto que já nem graça tem. Ao autor da mensagem citada pelo Anastácio (que nem me vou dar ao trabalho de ler ver quem é): Fale por si, caríssimo. Um bom profissional tem o que tem na cabeça e comunica o seu conhecimento como sabe. Se, para si, o gostar de ler um artigo da wikipédia é sinónimo de que o autor do artigo plagiou o artigo, então terá que repensar seriamente a sua cultura, no mínimo a sua cultura geral, dependendo do tema. É que das duas uma: se precisa plagiar para escrever um artigo, então não está aqui a fazer nada por duas razões: nós escrevemos por si, com o pouco que sabemos (1) e o seu lugar não é aqui, mas algures a instruir-se sobre algo que lhe entre, definitivamente, na cabeça - quiçá um dia possa partilhar connosco o que aprendeu (2)'.
Sinceramente não entendo. Vandalizaram o Circo? -- Nuno Tavares 03:35, 11 Jun 2005 (UTC)
Não... entenderam tudo atravessado, santo Deus... o que eu quero dizer é que para se criar alguma coisa aqui na wikipédia tem que se ter ouvido falar ou lido em algum lugar ou simplesmente copiado, não há outras formas, há menos que você mesmo tenha feito as suas descobertas. Por exemplo, num artigo sobre Isaac Newton ninguém faz "brotar" conhecimento, o que se sabe sobre Isaac Newton não é algo que eu vá "criar", entendem? Eu sempre vou ter uma fonte... não posso adivinhar as coisas, e isso já é copiar, por mais indiretamente que seja. Não tem nada a ver com judicial, nada a ver com o que se entende por copiar de um documento ou da internet, a única coisa que eu digo é que não existe fazer "brotar" conhecimento, ninguém adivinha as coisas, santo Deus... isso aqui é um erro de conceito poh. Também, é fácil se confundir... olhem o tamanho dessa discussão! -- Marcelo-Silva 04:16, 11 Jun 2005 (UTC)

Escrever um artigo é criar sim. Eu vejo-me como um criador e vejo todos os que contribuem para a wikipédia como criadores - estamos a fazer algo de novo - algo que não existia. O conhecimento, é claro, não somos nós que o criamos, mas a comunidade científica... Mas isso não nos põe no mero lugar de "copistas". Tenha orgulho no que faz, homem! E o seu texto, bastante infeliz, é um texto perigoso e que transmite ideias erradas. E não me diga que é da diferença linguística entre portugueses e brasileiros - é apenas de uma diferença de atitudes...Manuel Anastácio 13:21, 11 Jun 2005 (UTC)

Agora acho que me de razão: O conhecimento, é claro, não somos nós que o criamos, mas a comunidade científica... aí que está o que eu queria dizer, não existe "fazer brotar conhecimento"... é o mesmo que dizer "criar conhecimento". Eis a questão, claro que todos nós somos criadores de artigos e nem por isso somos "copistas" (como você diz), mas direta ou indiretamente esse conhecimento veio de alguma outra fonte antes de você. Que diferença você quer dizer entre portugueses e brasileiros? Eu falei alguma coisa por acaso? -- Marcelo-Silva 17:09, 11 Jun 2005 (UTC)

O conhecimento não existe por si mesmo - existe quando é efectivo e faz parte do quotidiano das pessoas. De que serviria uma teoria se existisse apenas na cabeça de uma pessoa? Não serviria de nada - não seria, sequer conhecimento (que deve ser também entendido como um fenómeno social). Por isso, divulgar é criar - é fazer brotar conhecimento, sim. Sempre que alguém edita um artigo ou alguém o lê, o conhecimento brota, sim senhor - a não ser que seja um artigo muito mau, claro... Quanto ao Brasil e Portugal, apenas disse isso porque estou farto de ouvir de um ladop para o outro: "ah, voc~e não entendeu o que eu queria dizer - provalvelmente é da diferença linguística..." - ora, isso é treta - eu é que me antecipei a esse possível argumento, já que estava admirado por nós não o termos compreendido em tal frase infeliz)... Em termos rigorosos, copiar também é brotar conhecimento - os monges copistas da Idade Média faziam-no... Mas hoje temos de nos ver com as leis que protegem a propriedade intelectual. E ponto final. Manuel Anastácio 15:46, 12 Jun 2005 (UTC)

Certo... mas isso não tinha nada a ver com fair-use. O que você está tentando dizer é que o nosso objetivo é copiar e copiar imagens desordenadamente, mas não é! Não gosto que fiquem procurando erros ou desvios nos meus textos, parece perseguição, ficar saindo do assunto principal pra dizer que a gente falou isso ou aquilo errado, é constrangedor demais. -- Marcelo-Silva 16:00, 12 Jun 2005 (UTC)

Mas é exactamente isso que você faz com aquilo que eu digo: reparou no título desta discussão: "Não é fair use, agora..."... E não estou a persegui-lo, apenas a clarificar aquilo que diz, para que não se transmitam ideias erradas, principalmente para os novos... Pelo menos, agora, você diz claramente que o seu objectivo não é copiar desordenadamente. Os seus textos iniciais pareciam dizer isso mesmo, sem sombra para dúvidas (então aquela mensagem inicial da campanha, era de morte!)... Quanto a procurar erros ou desvios: eu procuro-os em todos os textos, não só nos seus como nos meus ou de outros usuários (estou sempre a achar erros nos meus próprios textos - é assim que a wikipédia se aperfeiçoa, corrigindo e debatendo). Manuel Anastácio 17:07, 12 Jun 2005 (UTC)

Na Wkipédia não se cria conhecimento. Como cientista só posso aceitar a criação de conhecimento na esfera da ciência. A Wikipédia só sistematiza o conhecimento, e mesmo assim apenas o conhecimento mais acessível aos leigos, já que o conhecimento mais de ponta é inacessível. Outra possibilidade de criação seria a criação literária, mas por definição não se aceita ficção como artigo da Wikipédia. Assim, não vejo por que toda esta gritaria em torno do tema. Quanto ao fair use, continuo achando-o útil para desenvolver a Wikipédia, a despeito do que dizem os oposicionistas. Me parece que boa parte da oposição ao tema BROTA de uma posição conservadora sobre o projeto. Não se aceita mudanças por puro reacionarismo, já que até agora nenhum oposicionista foi capaz de apresentar um argumento lógico que diga que o fair use viola qualquer conceito de liberdade. Ao contrário, o fair use irá AUMENTAR a liberdade de se desenvolver artigos na Wikipédia. Campani discusssão 18:12, 12 Jun 2005 (UTC)
Concordo Campani. Aliás, acusar os "a favor do fair use" de "copistas" é ridículo, mesmo porque todos aqui somos apenas meros sintetizadores (no máximo bons escritores) de um conhecimento prévio que não é de nossa autoria nem descoberta. Quero ver alguém ir até a Lua pra tirar uma foto de uso irrestrito e publicar aqui na Wikipédia. Quero só ver alguém ficar famoso algum dia e deixar que publiquem aqui na Wikipédia, sabendo que podem fazer qualquer uso de sua imagem! Podem zuar a vontade. Aliás, coitado do Einstein, se ele soubesse! Vejam como o uso irrestrito não faz muito sentido em nenhum caso. --FML oi 00:50, 14 Jun 2005 (UTC)

Sem comentários. As tuas palavras falam por elas mesmas. Manuel Anastácio 18:55, 12 Jun 2005 (UTC)

Ah, e se há aqui a alguém a fazer gritaria é o senhor, caro cientista produtor de conhecimento!... Manuel Anastácio 18:59, 12 Jun 2005 (UTC)

Manuel: ????!!!!! Não dá para te entender mesmo. Primeiro concordas com as minhas palavras e depois afirmas o contrário. Contraditório. Campani discusssão 22:44, 12 Jun 2005 (UTC)

"As tuas palavras falam por elas mesmas" não significa que concordava com elas! Significa que o que tinhas dito era tão absurdo que nem me atrevia, na altura a comentar... Claro que tentei fazê-lo mais tarde... Mas acho que é pregar ao vento... Contraditório??? LOL! Nem acredito que tenhas pensado que tinha concordado com o que tinhas dito!!! Manuel Anastácio 00:50, 14 Jun 2005 (UTC)

ConhecimentoEditar

Não resisto a dizer que o conhecimento é a relação que um sujeito estabelece com um objecto, e em que o primeiro toma consciência das propriedades do segundo. O conhecimento é, por isso, algo que se manifesta em cada indivíduo de uma forma específica. Um religioso toma conhecimento do seu mundo através de uma relação que o cientista nega como válida. Mas isso é apenas fundamentalismo científico (tão absurdo, ou mais, que o fundamentalismo religioso - mais absurdo, porque o cientista deveria saber que o conhecimento científico é algo de constantemente aproximativo e que não nega, à partida, a validade dos conhecimentos não científicos). O conhecimento brota, nasce, resplandesce, grita num orgasmo cósmico sempre que alguém percebe o teorema de Pitágoras! Sempre que alguém descobre que as galinhas são o parente actual mais próximo dos dinossauros, o conhecimento desabrocha! Sempre que alguém lê no relato bíblico da criação do Génesis a sua poesia fundamental, experimentada de formas diferentes por pessoas diferentes, germina numa nova relação com o mundo... Sempre que alguém acaba de ler o Dom Quixote, nasce algo subtil, como um perfume, que acaricia a realidade (diferente para todos) - e isso é também conhecimento. Sempre que alguém descobre que um amendoim é um fruto nascido de uma flor que paira no ar, onde se fecunda, e depois se enterra no chão onde amadurece, uma nova forma de poesia nasce - para alguns, uma forma de poesia prosaica, para outros uma simbologia rosacruciana, para outros, uma transmutação divina, para outros, um seco facto científico... Quando o amante toca na pele da amada e sente o latejar da sua pulsação, também isso é conhecimento, secreto, íntimo e da posse única de quem o sente. Tudo isso é conhecimento. Nasce a toda a hora, desabrocha, brota, grita, canta, sussurra, rasteja, voa, levanta-se - esconde-se, em vão... - abre os olhos, os ouvidos, a boca... A boca que não é capaz de estar calada e tenta, às vezes em vão, dizer aos outros aquilo que os olhos da alma viram... E quando a boca fala, novos conhecimentos brotam... Brotam, brotam, brotam...

Alguém me disse hoje (e transmitiu-me um conhecimento triste, prosaico, cinzentão): "Como cientista só posso aceitar a criação de conhecimento na esfera da ciência." Que triste! Só me resta terminar com a frase lamechas de que uma lágrima correrá nas minhas faces, em memória de todas as consciências mortas que negam o brotar constante de conhecimento em todas as esferas... "Requiem aeternam dona eis, Domine: et lux perpetua luceat eis."

Ámen. Manuel Anastácio 21:01, 12 Jun 2005 (UTC)

Que teimoso esse Manuel Anastácio... que teimoso. Me diga um bom motivo para continuarmos a discutir isso e eu responderei esse tópico com objetividade... -- Marcelo-Silva 21:26, 12 Jun 2005 (UTC)

E queira Deus que me mantenha sempre tão teimoso quando a razão está do meu lado! Além disso, este tópico não era dirigido a si nem a nada do que disse, era dirigido tão somente a uma frase do Campani. Manuel Anastácio 23:12, 12 Jun 2005 (UTC)

Marcelo: Dissestes: o conhecimento é a relação que um sujeito estabelece com um objecto. Correto, mas isto NÂO é PRODUÇÃO do conhecimento. Produção do conhecimento é uma atividade da ciência e do cientista. Campani discusssão 22:49, 12 Jun 2005 (UTC)

Marcelo não: Manuel. Manuel Anastácio 23:12, 12 Jun 2005 (UTC)

Dissestes não: disseste. Mschlindwein msg 00:23, 13 Jun 2005 (UTC)

Eu entendo o ponto de vista do Marcelo, afinal certos tipos de conhecimento só podem e devem ser obtidos recorrendo ao "método cientifico", afinal é essa a grande arma da ciência que tantos bons resultados deu. Negar a autoridade da ciência em certa esferas é perigoso. Mas embora aqui não se provem equações matemáticas, a wikipédia tem mais coisas para além de artigos cientificos, há muitas esferas de conhecimento como artes e política, que aqui estão representadas e uma artigo sobre elas pode estar, a "criar conhecimento". Mas mesmo do mundo da ciência tentamos aqui relacionar e categorizar conceitos, provavelmente fazendo listas e relações ineditas, e isto é criação de conhecimento! Mais importante que tudo isso, aqui criamos conhecimento de como melhor transmitir o proprio conhecimento.Hugo Lopes 00:54, 14 Jun 2005 (UTC)

Não é por nada, mas porque é que me estão a confundir sempre com o Marcelo? O Marcelo e eu estamos em barricadas diferentes! E, Hugo, quem defendeu isso aí, fui eu, não o Marcelo! A César, o que é de César... Manuel Anastácio 11:33, 14 Jun 2005 (UTC)

é mesmo cómico, estive feito parvo a ver o history :) ...longe de mim querer tirar-te os louros, fica lá com elesHugo Lopes 23:18, 15 Jun 2005 (UTC)
Manuel: Esta discussão está começando a ficar engraçada :)))) Campani discusssão 16:39, 14 Jun 2005 (UTC)

Sim, tão engraçado como ver o Charlie Chaplin a comer uma bota - os espectáculos tristes têm uma certa tendência para provocar o riso. Manuel Anastácio 19:20, 14 Jun 2005 (UTC)

somos todos palhaços neste circo que é a vida.Hugo Lopes 23:18, 15 Jun 2005 (UTC)

ProduçãoEditar

Produção: acto de produzir. Produzir = dar nascimento ou origem a... Ora, se um artigo da wikipédia gera conhecimento na pessoa que o lê, o próprio acto de leitura cria conhecimento, produz conhecimento... Os cientistas criam conhecimento em primeira mão, claro... Mas sempre que alguém aprende, está-se a produzir conhecimento. Ao escrevermos um artigo na wikipédia estamos a lançar sementes. Quando alguém lê esse artigo, está a fazer brotar o conhecimento, a produzir conhecimento. Agora, Campani, se prefere utilizar o seu próprio vocabulário, tudo bem, está no seu direito... Você tem a sua razão, eu tenho a minha - não significa que eu esteja certo e você errado - apenas que damos valor diferente às palavras... Marcelo: a objectividade raramente é possível com as palavras - é por isso que os cientistas usam tantas equações!!! Por isso, não me responda de forma objectiva, seja assumidamente subjectivo - é da intersubjectividade que nasce aquilo que poderemos chamar conhecimento imparcial... A objectividade é chão que já deu uvas... Manuel Anastácio 23:12, 12 Jun 2005 (UTC)

Com efeito, li algures uma definição sobre o Conhecimento que envolvia a passagem de informação. De facto, se apenas uma pessoa possuir informação sobre algo, então não se pode considerar Conhecimento; no momento em que se a informação é transmitida e assimilada por um pequeno grupo, efectiva-se então o Conhecimento, e a essa transmissão creio que se pode chamar de produção de conhecimento. -- Nuno Tavares 23:15, 12 Jun 2005 (UTC)
Desculpe, mas esta não é a definição que se usa no meio acadêmico. Produção de conhecimento é a descoberta do novo, que chamamos de pesquisa científica. Cada um fique com a sua definição então. Campani discusssão 12:38, 13 Jun 2005 (UTC)

a definição que se usa no meio acadêmico. - Qual é o seu meio académico Campani? Quem são os iluminados que entram nesse grupo restrito e tão elitista que se dá ao luxo de ignorar a epistemologia? Deixe-me dizer que é um meio académico muito pouco culto... Acho que precisam de ler um bocadinho mais... Ou irem a umas conferências (mas para ouvir com muita atenção o orador)... Desculpe-me, Campani, mas você tem a ousadia de falar pelo meio académico? Diga antes "não é a definição que se usa no meu meio académico" - assim concordarei, mas mesmo assim teria de ouvir os seus outros colegas - agora não nos ponha a nós, os reles, fora do meio académico - aquele verdadeiro meio académico que se dá ao trabalho de divulgar e discutir o que é ciência, o que é conhecimento e o que é saber, esse meio académico que "produz" ensaios, conferências, onde até nós, os reles que não pertencem ao meio académico, podemos participar desse conhecimento ao lê-los e ao ouvi-los. Meu caro: eu conheço um determinado meio académico e não tenho a menor dúvida que os seus elementos ficariam estarrecidos com a sua afirmação... Eu poderia nem sequer ter respondido, porque você termina de uma forma supostamente apaziguadora: "cada um fique com a sua definição então" - mas a minha teimosia não aceita que você transmita a ideia erradíssima de que o meio académico, no seu todo (não falo de grupos específicos), aceite, sequer, uma única definição de conhecimento (isso é muito pouco próprio de quem faz parte do meio académico - pelo menos daquele a que eu dou algum valor!!!) - e, ainda por cima, que essa definição seja a sua!... Haja paciência!... Mas eu não tenho conhecimento de nada, porque é que estou a falar? Nem sequer sou cientista... Manuel Anastácio 19:09, 13 Jun 2005 (UTC)

Desculpe Manuel, mas a Universidade brasileira (e não sei como é a portuguesa) consagra a atividade acadêmica como sendo de três tipos: ensino (que é a transmissão do conhecimento sistematizado); pesquisa (que é a PRODUÇÃO de conhecimento); e extensão (que são atividades em que se articulam Universidade e comunidade). Assim, quando falo em pesquisa/produção de conhecimento falo na definição brasileira, estabelecida em lei federal e consagrada desde a fundação da UnB (Universidade de Brasilia). Suponho que por seres português ou fora do meio acadêmico desconhecias isto. Quanto a publicizar os resultados das pesquisas, que aparentemente é o que falas, todos o fazemos na Universidade, pois este é um dos pressupostos da produção do conhecimento. Eu mesmo publico todos os meus resultados científicos na minha página pessoal (e também em publicações e eventos científicos é claro) em [2]. A principal função da publicação de resultados não é simplesmente divulgar conhecimento, mas submete-lo a crítica científica (algo como um "darwinismo científico" - a teoria mais apta sobrevive - isto faz parte do método científico). Campani discusssão 16:48, 14 Jun 2005 (UTC)

Amigo, eu já lhe expliquei e disse de forma clara: os cientistas (e as universidades dedicadas à pesquisa) criam conhecimento em primeira mão!!! Você leu isso naquilo que escrevi? pelos vistos, não... Mas também tentei explicar-lhe que a palavra conhecimento é muito mais vasta e ampla que a definição burocrática consagrada em leis. E o meio académico, científico e filosófico, propõe diversas concepções de conhecimento - o conhecimento é um fenómeno complexo que não se pode restringir apenas à produção de conhecimento científico, ou seja, à confirmação ou não de hipóteses e teorias... Claro que existem diversos níveis de conhecimento. Nunca disse nada contra essa afirmação. E assim como existem vários níveis de conhecimento, quando eu estou a ler um livro, estou a produzir conhecimento para mim mesmo (você acha que não? - que ninguém fica a conhecer alguma coisa por ler?)... Se você me falar da produção de conhecimento científico, eu compreendo-o, porque estou contextualizado (ah: ele está a falar do trabalho dos cientistas, que testam a validade das hipóteses e teorias...) - mas o que eu não consigo compreender é que alguém que é cientista não consiga perceber que é igualmente correcto falar em produção de conhecimento a um outro nível - se alguém passa a conhecer aquilo que não conhecia, produziu-se conhecimento a nível individual - não estou a falar da produção de conhecimento na esfera científica! O que me estarreceu, e estarrece, nas suas afirmações, é o seu dogmatismo, tão pouco científico, ao transmitir uma ideia tão restrita de conhecimento! Aliás, nem compreendo a vossa fúria em querer negar a quem divulga a sua capacidade criativa! Eu falei em criar! Já nem sei se falei ou não em "brotar conhecimento" ou se isso foi uma deturpação das minhas palavras. Mas não tenho a menor dúvida que a wikipédia nasce da criação conjunta de quem nela trabalha. Cito aqui o Hugo Lopes numa bem conseguida formulação: Mas mesmo do mundo da ciência tentamos aqui relacionar e categorizar conceitos, provavelmente fazendo listas e relações ineditas, e isto é criação de conhecimento! Mais importante que tudo isso, aqui criamos conhecimento de como melhor transmitir o proprio conhecimento.

Depois, você diz: No entanto, não confundo o saber científico e acadêmico de ponta com o saber que é sistematizado em uma enciclopédia. Os foruns são completamente diferentes. - acha que eu confundo??? Apenas falei em criar (nem sei se alguma vez falei, literalmente, em "criar conhecimento")- coisa que você nos nega e reserva à sua excelentíssima pessoa, na categoria de cientista emérito - não disse nunca que estava aqui a criar conhecimento científico! NUNCA disse tal coisa! Mas estou a criar algo sim... Você não lhe chama conhecimento. OK, fiquemos por aqui. Manuel Anastácio 19:13, 14 Jun 2005 (UTC)

Independente do que penses sobre o assunto e o que tenhas lido sobre epistemologia, criação de conhecimento é a descoberta do novo, e o trabalho feito em uma enciclopédia não tem este objetivo, mas apenas de apresentar conhecimento já conhecido de forma sistematizada, como se faz em aulas de graduação. Produção de conhecimento é típica do trabalho de pesquisa. Campani discusssão 20:00, 14 Jun 2005 (UTC)

E eu já disse que não falo, neste contexto, de produção de conhecimento no sentido que você dá à expressão. Falo de criar. E nós somos criadores. Mais nada. Não somos meros sintetizadores, como disse o Marcelo. Somos sintetizadores, claro (não "meros") - e isso é já por si criação. E isto tudo para não dar razão aos copistas do costume que copiam textos de fora, dizendo que não se pode criar nada, porque são os cientistas que criam - por isso, limitamo-nos a copiar! isso é permitir as violações de copyright, Santo Deus! Ou você vai deixar que eu copie os seus textos científicos? Claro que aceitará que eu faça uma síntese do seu trabalho (acho eu) - e isso é já criação - interpretação daquilo que escreveu - por forma a ser mais acessível (com menor rigor, claro, nem pode ser de outra forma) a todos! Isso é trabalho de criação! Ou continua a achar que não? Se continua a achar que não, não vale a pena continuarmos a fazer artigos! O Google bastar-nos-ia... É só isso que eu queria dizer e esclarecer. Manuel Anastácio 22:29, 14 Jun 2005 (UTC)

Do dicionário:

S. m. 1. Ato ou efeito de conhecer. 2. Idéia, noção. 3. Informação, notícia, ciência. 4. Prática da vida; experiência. 5. Discernimento, critério, apreciação. 6. Consciência de si mesmo; acordo. 7. Pessoa com quem travamos relações. 8. Econ. Documento representativo de mercadoria depositada ou entregue para transporte, e que, se endossado, pode ser negociado como título de crédito.[ V., nesta acepç.: conhecimento de carga e conhecimento de depósito.] 9. Filos. No sentido mais amplo, atributo geral que têm os seres vivos de reagir ativamente ao mundo circundante, na medida de sua organização biológica e no sentido de sua sobrevivência. 10. Filos. Processo pelo qual se determina a relação entre sujeito e objeto. [Cf., nesta acepç., a posteriori, a priori, objeto (9), sujeito (13) e teoria do conhecimento.] 11. Filos. A apropriação do objeto pelo pensamento, como quer que se conceba essa apropriação: como definição, como percepção clara, apreensão completa, análise, etc. 12. Filos. A posição, pelo pensamento, de um objeto como objeto, variando o grau de passividade ou de atividade que se admitam nessa posição.

Abraço (Subjetivo) a todos.(desculpem, esqueci de assinar)Angeloleithold 00:05, 15 Jun 2005 (UTC)

))) - Finalmente alguém que usa um dicionário para saber o significado das palavras, em vez de utilizar a legislação! Manuel Anastácio 00:23, 15 Jun 2005 (UTC)
Angelo: a definição do dicionário trata do verbete "conhecimento", nada afirmando sobre "produção do conhecimento" que é diferente. Campani discusssão 14:20, 16 Jun 2005 (UTC)

Manifesto pessoalEditar

Juro solenemente que deixarei por completo de participar na wikipédia se, por acaso, estes senhores algum dia conseguirem abandalhar isto tudo com as suas propostas criminosas e irresponsáveis. Nesse dia, a wikipédia estará morta e enterrada. O Hitler subiu ao poder por sufrágio. Eu acredito, sinceramente, que esta corja acéfala consiga o que quer. A estupidez tem o condão de mover massas. Se não responder aos insultos que me farão a seguir (e que já me fazem, porque acredito que alguns destes senhores são vândalos nas horas vagas - tenho indícios fortes disso, mas não poderei apontar nomes porque não tenho provas conclusivas) é porque não me darei ao trabalho de lançar pérolas a porcos. Tenho a certeza, contudo, de que até os nazis têm os dias contados. Não respondo aos comentários de gente que já provou, por completo, a sua ignorância, cretinice e estupidez. Agradecia, às pessoas de bom senso, que não me venham dar sermões sobre a agressividade deste comentário. Porque não é agressivo - é apenas desalento perante uma bandalheira sem precedentes. Fiquem bem. Manuel Anastácio 00:33, 16 Jun 2005 (UTC)

Não, não é sermão. O abandono é a maior pérola que podes oferecer aos ditos. Paulo Juntas 00:42, 16 Jun 2005 (UTC)
Anastácio, Paulo... sim são agressivos os vossos comentários, afinal estão a chamar-me de porco nazi. Eu da minha parte, peço desculpa se ofendi alguem ,(talvez com alguma ironia que usei para demostrar o meu ponto de vista). juro que nunca foi minha intenção qualquer insulto, e apenas desejo como todos nós o melhor para este projecto. discussoes são benéficas dentro de limites. eu estou arrrependido a ter começado.Hugo Lopes 01:14, 16 Jun 2005 (UTC)
Manuel (espero ter acertado desta vez) :))): E depois é nós que partimos para a agressão! Sem comentários. Campani discusssão 11:41, 16 Jun 2005 (UTC)
Paulo: "Pelos frutos os conhecereis". Foi bastante revelador o teu link... Campani discusssão 11:43, 16 Jun 2005 (UTC)
Diz-me com quem andas.... Paulo Juntas 12:17, 16 Jun 2005 (UTC)

Céus, a discussão foi tanta que chegou a ponto da Lei de Godwin aqui. O Campani até mencionou antes mas em outro tom (me perdoem mas eu precisava mencionar isso). Corvomsg 22:48, 16 Jun 2005 (UTC)

Hahahah! Muito boa Corvo. --FML oi 01:45, 17 Jun 2005 (UTC)
Agora em português: Lei de Godwin. --FML oi 02:13, 17 Jun 2005 (UTC)

Utilizei o termo nazi exactamente porque o Campani o tinha usado. Manuel Anastácio 23:41, 17 Jun 2005 (UTC)


Na minha opinião os utilizadores que têm feito comentários agressivos nestes debates deveriam reflectir um pouco sobre a sua participação nestes debates e na Wikipédia em geral. A sua descrença no processo democrático da Wikipédia é no fundo um descrédito no projecto em si, a meu ver totalmente injustificado, pois a Wikipédia conseguirá sempre chegar a boas soluções.

A comparação desta situação com outras totalmente abomináveis é desporporcional, e a menção á lei de godwin (em inglês), embora a meu ver não faça quem o menciona perder o debate, significa que algumas pessoas devem parar para reflectir.

Ainda falta muito tempo para que este assunto volte a ser votado, e os esforços da comunidade para encontrar uma solução aceitável para todos e dentro da lei deveria ser o principal objectivo da comunidade.

Confio que a Wikipédia continue um projecto democrático, qualquer que seja o resultado, pois a perda destes valores aqui significaria o fim da Wikipédia. "Hitler subiu ao poder por sufrágio" não é argumento para acabar com a democracia. --OsvaldoGago 08:50, 17 Jun 2005 (UTC)

Osvaldo: Não perca a confiança ne democracia. Ela é o sistema mais chato, mais confuso, mais complicado, mais cheio de defeitos que existe, mas é o único que a história comprovou que funciona. Talves o que possamos clamar é que as intervenções no debate sejam éticas e polidas, mesmo que contundentes. Não há outra forma de construir uma enciclopédia cujo modelo de desenvolvimento é anárquico. Cada um tem a sua opinião, e trata-se de discutir, conseguir adeptos e votar. Para isto que iniciei a página Usuário:Campani/Campanha-Fair-use. Embora alguns tenham se incomodado com isto, o que demonstra dificuldade de conviver com o contraditório, o que é oposto ao que eu penso sobre democracia. Campani discusssão 19:24, 17 Jun 2005 (UTC)

Uma democracia permite sair do país quando se está em desacordo com a política tomada (coisa proibida na Alemanha nazi ou no regime comunista soviético). Eu sou absolutamente contra o fair use, mas sou ainda mais contra a forma bárbara e acéfala como têm defendido os vossos pontos de vista - e, pior que tudo, a vossa costumeira vontade de virar o bico ao prego e apontar os próprios defeitos nos outros. Por isso, tenho o direito a abandonar o barco se a vossa política de irresponsabilidade for avante. Boa noite... Manuel Anastácio 23:45, 17 Jun 2005 (UTC)

Caro Manuel: Pena que tenhas abandonado o tom cômico que vinhas seguindo nas tuas intervenções e tenhas retornado a uma linha agressiva. Não vou responder ofensas pessoais. Não vejo porque, tu e os outros que defendem com unhas e dentes a permanência de determinada situação, tenham que satanizar a posição contrária. Trata-se apenas de discutir e pronto. Campani discusssão 13:57, 20 Jun 2005 (UTC)

Qualquer pessoa está no direito de saír da Wikipédia quando quiser. Relativamente aos debates, na grande maioria dos casos, quando a proposta mais acertada é defendida de forma incorrecta esta corre o risco de perder o debate.

A forma como cada um defende as sua propostas é responsabilidade de cada um. Cada utilizador só é moralmente responsável pela forma como intrevêm nos debates e não pode utilizar comportamentos alheios para desculpar os seus. Este é o meu ponto de vista. --OsvaldoGago 08:02, 18 Jun 2005 (UTC)

Discussão sobre fair useEditar

Movi as discussões sobre "fair use" para Wikipedia Discussão:Fair use, assim esse debate encontra o seu lugar apropriado ao mesmo tempo que não atrapalha outros assuntos importantes a serem tratados na esplanada porem passam desapercebidos. gbitten 00:46, 17 Jun 2005 (UTC)

Que bom Gustavo! Afinal alguém atende aos meus apelos, que - obviamente - passaram desapercebidos. Muito obrigada! -- Clara C. 01:49, 17 Jun 2005 (UTC)

Saio por enquantoEditar

Vou sair da wikipédia enquanto não tiver a certeza de que algo tão aberrante como o Fair use light não irá avante. Não sou capaz de continuar a trabalhar na wikipédia em português sob o fantasma de que tudo o que faço é em vão porque isto vai ficar nas mãos de pessoas sem escrúpulos. Não quero trabalhar para essa wikipédia. Claro que muitos dirão: e o que é que eu tenho a ver com isso? Realmente, nada - mas como tenho o cargo de burocrata, resigno desse cargo a partir de hoje. Peço que apresentem as vossas candidaturas para burocrata. Não sou capaz de ficar à espera durante um ano. Por isso, ou me mostram algo (uma votação em permanência, por exemplo, que demonstre realmente se a maioria dos usuários são mesmo a favor da morte da wikipédia ou não) ou vou-me embora. Deixo de participar na criação de artigos a partir de agora mesmo. Não estou para trabalhar para outro projecto que não aquele em que acredito. Manuel Anastácio 02:16, 19 Jun 2005 (UTC)

Manifesto pela permanência do Manuel AnastácioEditar

No dia em que o Manuel deixar de fato a WP em português é que realmente será decretada a sua morte. Manifesto aqui a necessidade vital que este projeto tem pela sua permanência: se este, que é um dos mais antigos, éticos e respeitados Wikipedistas largar tudo aquilo pelo que acreditou, não acredito que a WP continuará viva. Toda a nossa estrutura desabará, iremos nos perder em discussões inúteis indefinidamente e finalmente nunca mais produziremos artigo nenhum. A presença do Manuel neste projeto é como um elo, que mesmo frágil, é fundamental para sustentar os pilares deste nosso sonho. Encabeço aqui um abaixo-assinado solicitando ao colega que resista aos desencontros de ultimamente e permaneça.

Nós, abaixo-assinados, acreditamos que o usuário Usuário:Manuel Anastácio é um elemento fundamental para este projeto e sua permanência deve ser incentivada.
--gaf discus 02:25, 19 Jun 2005 (UTC)
-- Clara C. 02:27, 19 Jun 2005 (UTC) Há quem esteja quieto nesta discussão mas que jamais apoiaria o fair use!
--FML oi 02:44, 19 Jun 2005 (UTC) Entendo sua preocupação, apesar de você não entender a minha.
--Leslie Msg 03:19, 19 Jun 2005 (UTC)
--Hugo Lopes 14:10, 19 Jun 2005 (UTC),peço-te que reconsideres, pesa por favor, que uma wikipédia com fair use é melhor que não haver wikipédia.
--Neto 14:02, 20 Jun 2005 (UTC). Pela importância e relevância da participação dele neste projeto!
Não, Hugo, engano teu: uma Wikipédia com fair use não é mais uma wikipédia, é outra coisa. E o dia em que isso acontecer, eu também vou embora. --Mschlindwein msg 15:12, 19 Jun 2005 (UTC)
Estou começando a me interessar pelo projeto do Campani, visto que sua presença na Wikipedia só tem afujentado novos contribuintes.
Não sou novo, não. Quando comecei, havia 5000 artigos. Os "novos" (que nunca marcaram uma imagem como "CopyrightDesconhecido" ou "OrigemDesconhecida") ficam, os "velhos" é que vão embora. Ah, a propósito: os "velhos" sempre assinam o que escrevem. Mschlindwein msg 10:06, 20 Jun 2005 (UTC)

ComentáriosEditar

Amigos: vamos lá a ver: eu não quero um manifesto pela minha permanência: eu quero provas de que isto não vai para as mãos de quem vocês sabem. Nada mais. Não estou a fazer show para provar a minha popularidade! Fico sensibilizado com isso, mas eu sei com quem posso contar... Eu sei que poderia contar convosco... Mas a wikipédia não somos só nós... Manuel Anastácio 02:31, 19 Jun 2005 (UTC)

FML: esse voto aí envergonha-me! Eu não quero trabalhar para a sua wikipédia! Entendeu? Eu quero trabalhar para a wikipédia em que acredito - que não é a sua. E não estou para trabalhar durante um ano para outro projecto que não aquele em que acredito. Estás à vontade: podes começar a destruir (a avacalhar, como tu tão bem dizes) tudo. Vou ficar só a ver... Manuel Anastácio 02:47, 19 Jun 2005 (UTC)

Manuel, não é assim que você vai conseguir as coisas. Desculpe, mas não acha que essa atitude inflama ainda mais as discussões? Sei que você vem apelando por tudo quanto é meio para conseguir o seu ideal, mas não precisa chegar a esse ponto. Veja bem: a votação ainda nem chegou, você nem sabe o resultado, pode ser que as coisas continuem como estão por mais um ano. E, mesmo que em fev/2006 seja votado o fair use (o que eu acho que vai ser uma votação equilibrada, pelo jeito que vão as coisas), a gente (digo todos) podemos nos unir para orientar as pessoas a não enviarem material protegido. E melhor ainda: ao invés de apenas deletar uma imagem fair use, como se faz hoje, a gente vai ter o desafio de ter que conseguir uma que a substitua, promovendo imagens não-protegidas e mais ilustrações por toda a Wikipédia. Poderia haver uma categoria (como a dos lixos) que agrupasse todas as imagens protegidas em que as pessoas pudessem substitui-las ou pegando no commons ou enviando uma nova, sempre que isso for possível. --- E, sinceramente, eu acho que essa discussão chegou no limite, e que vai se acalmar até a próxima votação. Lembre-se que você só tem a chance de querer o que quer estando aqui, convencendo as pessoas (principalmente os novos usuários, porque estamos com muitos novos usuários) nos argumentos que acredita. um grande abraço, --FML oi 02:59, 19 Jun 2005 (UTC)
  • sem guerras. Acho que deveriam criar uma página e fazer a tal votação a explicar o que é fair use , e uns poucos items (poucos) sobre vantagens e desvantagem de cada lado, e assim a gente pode votar. Eu estou a leste desta história. Por isso juntei o util ao agradável e como precisava de um leitor de MP3 novo comprei um com cam. Agora se quero foto de aquilo ou disto, eu me arranjo. Podem não ficar profissionais, mas pronto é uma foto.--Pedro 03:04, 19 Jun 2005 (UTC)

FML: Tenha vergonha! Acha que eu quero um abraço seu? E pare de tentar ganhar popularidade com a sua falsa magnanimidade. Eu só volto quando souber que as suas opiniões e as do Campani estão a séculos de serem realidade. Enquanto esse fantasma persistir, só participo em discussões... Enfim, serei como muitos dos fairusistas, né? E não se dê ao trabalho de me responder. Pedro: LOL (riso amarelo) Manuel Anastácio 03:06, 19 Jun 2005 (UTC)

Ok Manuel, pense como quiser, mas assim como você, também tenho os meus ideais. --FML oi 03:16, 19 Jun 2005 (UTC)
    • cada vez percebo menos. o_O -Pedro 03:37, 19 Jun 2005 (UTC)
    • Ha pensei que fair use fosse uma imagem de copyright na wikipedia (como as do IPPAR). Afinal é usar imagens sem concentimento do autor.... Percebi agora o riso amarelo :S. -Pedro 03:46, 19 Jun 2005 (UTC)
Pedro, fair use não é uma licensa de uso, mais sim um conceito da legislação dos EUA na qual sob certas circunstâncias se pode usar uma obra sem a permissão de quem detem o direito autoral. gbitten 03:52, 19 Jun 2005 (UTC)
  • pois eu li, mas nós não somos do EUA.--Pedro 11:13, 19 Jun 2005 (UTC)
Amigos, todos, tenho muitas imagens e fotos em algumas publicações. Em algumas no momento em que publico na internet insiro um aviso de que é permitida a publicação etc. Em outras, não aviso nada, se não aviso é porque não tem meu consentimento.
Se alguém inadvertidamente utilizar uma de minhas imagens ou publicação sem o meu consentimento, fatalmente será processado pelo meu departamento jurídico.
Pensem bem, portanto, o que aconteceria ao projeto da Wikipédia recebendo uma avalanche de processos judiciais pelo uso e publicação de imagens sem o consentimento do Autor.
Aliás, no Brasil existem muitos processos judiciais exigindo fortunas pelo uso indiscriminado de imagens, músicas, textos, e outros.

Portanto, o Marcelo e o Manuel entre tantos outros que não aprovam o fair-use estão cobertos de razão. O Brasil, Portugal, etc não são os Estados Unidos, as leis daqui não se aplicam lá, e vice-versa. Mas, (sempre tem um mas, não é?), existe o acordo de reciprocidade internacional, e neste é possível uma demanda jurídica, tanto é que o Brmundo.com foi processado por usar imagens sem autorização de um usuário, e ficou alguns meses fora do ar e acabou se transformando num redirecionador de sites, ao invés de um provedor de serviços de internet.Angeloleithold 02:13, 20 Jun 2005 (UTC)

Enquanto os wikipedistas não entenderam que o que realmente mantém a Wikipédia é a GFDL, continuaremos discutindo infinitamente esta (não)questão a respeito do fair-use. São poucos os usuários que hoje têm essa compreensão: o Manuel sempre foi um dos mais éticos entre eles. É com grande pesar que vejo sua saída... indo na contramão do que seria o mais justo (pois afinal, os interessados no fair-use deveriam eles mesmos proporem um fork). É com pesar que vejo sua saída, e ainda com mais pesar que vejo que meu ingênuo manifesto transformou-se em palanque ridículo dos fair-usistas. Uma Wikipédia livre só existe com conteúdo livre. Não ao fair-use!--gaf discus 02:30, 20 Jun 2005 (UTC)

Desculpe Manuel, mas continuo achando a Wikipédia cada vez mais divertida. Tua ameaça de sair da Wikipédia se parece com o menino que sai do jogo e leva a bola junto por que não passam a bola para ele. Campani discusssão 13:38, 20 Jun 2005 (UTC)

"Levo a bola junto"? Que belo, Campani - se a levo comigo é porque ela é minha? Na verdade acho que sou mais como o menino que fica revoltado quando prometem levá-lo ao parque de diversões e afinal, levam-no ao dentista (com a diferença que ir ao dentista é bom para a saúde)... Manuel Anastácio 15:26, 20 Jun 2005 (UTC)

Manuel: Deixa ver se entendi:
  • parque de diversões = Wikipédia sem fair use
  • dentista = Wikipédia com fair use

Então concluo:

  • EN.Wikipédia = porão de torturas de ditadura facista

Obrigado Manuel por ser tão didático e me fazer entender tantas metáforas novas. Campani discusssão 15:42, 20 Jun 2005 (UTC)

É, não é, Campani? Eu sou mesmo o máximo, não sou? Manuel Anastácio 16:50, 20 Jun 2005 (UTC)

  • Honestamente acho que esta conversa é desnecessária, já que estamos a falar de uma lei norte-americana com a qual não temos nada haver. Assim, é uma conversa sem frutos e inutil. Dado o problema real ser diferente do que eu pensava não se justifica uma votação nem sequer debater sobre este assunto. Deixem de orbitar dos EUA, sff... -Pedro 15:47, 20 Jun 2005 (UTC)

Repetir de apeloEditar

como o assunto do fair-use parece que voltou a esplanada, repito aqui o meu apelo:

Caros, todos já devem ter notado que esta discução do fair use é longa e aparentemente interminavel, e cheia de opiniões emocionais. A minha questão é: estamos discutir este tema da melhor maneira? veja na Benford's law of controversy e Wilcox-McCandlish law of online discourse evolution.

Excelente é a proposta do Osvaldo de ter um sítio onde coloquemos toda a informação sobre o tema(utilização de imagens) no qual acordemos facto a facto numa página de discução a parte.

Apelo que sempre que se alongar a discussão, coloquem o assunto como ponto pólemico na Wikipedia:Estudo sobre a utilização de imagens na Wikipédia, com respectivas vantagens e desvantagens do modo mais sumário possível.Hugo Lopes 13:08, 18 Jun 2005 (UTC)

Código de ÉticaEditar

Pois eu acho que está na hora de adotarmos algo assim. Um código de ética que seja aceito juntamente com a licença GFDL, que é apresentada quando se edita qualquer página. Um código de ética, claro, que seja aprovado antes pela comunidade.

Mas um código de ética que restrinja a possibilidade de um indivíduo qualquer subverter tudo, a qualquer momento.

Também um código ética que permita que alguém questione o comportamento de um ou outro administrador, que abuse de seus poderes.

Era isso. Espero opiniões, -- Clara C. 07:23, 20 Jun 2005 (UTC)

Exemplos de situações onde o código seria quebrado:

  1. Tentar registrar como sua imagens de outros, como por exemplo em[3]
  2. Apagar as tags como em [4]

Enfim, muitas vantagens podem ser obtidas...-- Clara C. 07:56, 20 Jun 2005 (UTC)

Revertido. Mschlindwein msg 10:12, 20 Jun 2005 (UTC)
Cara Lu, foi eu mesmo quem tirou essa foto, e é uma foto do meu monitor. Inclusive, essa foto específica eu fiz questão de registrar, para não haver esse tipo de problema, tenho como provar que foi eu quem a tirou. Se for assim, vamos começar a marcar também a Tex, a Microsoft, o McDonalds... Acho que devemos fazer um código de ética contra esse tipo de acusação ridícula que você faz, isso sim. um abraço! --FML   oi 18:14, 20 Jun 2005 (UTC)
Já que gerou polêmica, gostaria de saber porque ao reverteu você recolocou a indicação de que a imagem é copyrighted por "conter imagem de programa não livre". Ora, mas o screenshot mostra a página da Wikipédia vista no navegador firefox (que é livre). Se assim é, levado ao extremo, a foto em Tex deveria ser apagada também, pois é a foto de uma revista copyrighted. Campani discusssão 13:47, 20 Jun 2005 (UTC)
Screenshots. A interface do navegador firefox é copyright da fundação mozilla e a licença não é livre. --Patrick msg 15:52, 20 Jun 2005 (UTC)
Patrick, meu monitor nem é tela plana, e eu não dei print-screen, tirei uma foto mesmo. O que há de errado nisso? É isso que eu não entendo mesmo: para algumas coisas, está certo; para outras, não. --FML   oi 18:17, 20 Jun 2005 (UTC)
Patrick: Obrigado pela informação! Mas isto ainda não responde a questão do artigo Tex. Campani discusssão 16:28, 20 Jun 2005 (UTC)
FML: Foi exatamente isto que eu quis dizer. Há poucos dias eu escrevi na página da campanha fair use que alguns usam o argumento que estiver disponível para criticar os outros. Se vamos usar um argumento, que sejamos consistentes com o que dissemos há alguns dias. Assim, o que vamos fazer com a imagem do artigo Tex, apagar? Campani discusssão 18:42, 20 Jun 2005 (UTC)

A imagem é praticamente igual a um "screenshot", o sistema operacional (ou operativo) é o MS-Windows e o Browser é o Firefox. Como disse o Patrick, "a interface do navegador firefox é copyright da fundação mozilla e a licença não é livre". Duvido muito que o pessoal do Commons, mais "pentelho" do que eu, aceite tal imagem. Aliás, caros fairusistas, preciso de ajuda para marcar imagens sem informação suficiente!! Que tal darem o exemplo e colocarem a mão na massa? Como acreditar na idéia de vocês que as imagens fair use serão marcadas se os próprios "fairusistas" não ajudam na tarefa de marcar imagens sem informação mínima? Li no IRC ontem à noite a resposta que esperava ouvir do Usuário:Marcelo-Silva, que nos deu o prazer da visita: "Não marco as imagens porque isso não me interessa, sou a favor do fair use"!!!!!! Bravos, continuem assim!! O peixe morre pela boca, já dizia o filósofo. --Mschlindwein msg 18:48, 20 Jun 2005 (UTC)

Marcelo: Isto não responde a minha dúvida. Há pouco tempo a imagem que consta no artigo Tex (que está sendo bem votado para destaque) foi usada pelos senhores para indicar que o fair use era "desnecessário" se fosse usada invetividade. Qual a diferença desta solução com essa imagem que está em discussão? Uma é uma foto (não um screenshot, Marcelo) da tela. A outra é uma foto de uma revista com direito autoral. Temos que ser cosistentes na nossa argumentação. Continuo perguntando: O que vamos fazer com a imagem do artigo Tex? Campani discusssão 13:22, 21 Jun 2005 (UTC)
Coloquei uns pixelados censurando todo lugar que aparece logotipos. Mas ainda acho que isso deveria ser feito também em Tex (no logo e no personagem, pois ambos são registrados), Mario Bross, Mc Donalds e Microsoft. E Mschlindwein, não me venha com essa de "layout do Firefox" é registrado. Espero que tenha como provar isso. --- Ah, e não concordo com a atitude do Marcelo quanto ao que voce falou; se bem que ele tem o direito de simplesmente não marcar as imagens, isso não é desrespeitar as regras, ninguém é obrigado a contribuir que eu saiba. Assim como se o fair use fosse liberado, ninguém é obrigado a enviar imagens registradas. --- Eu particularmente não gosto de marcar as imagens porque geralmente não tenho como provar que ela é protegida. Mas aponto, como fiz com: Mc Donalds, Tex, Microsoft etc. e ninguém nem "tchum". um abraço! --FML   oi 19:03, 20 Jun 2005 (UTC)

Citação: Flipperpaulista, ou FML escreveu: «Eu particularmente não gosto de marcar as imagens porque geralmente não tenho como provar que ela é protegida.»

O que dizes demonstra mais uma vez que vocês não entenderam nada do projeto! Não se marcam imagens porque não se tem como provar que é protegida, marcam-se porque não têm a informação mínima! Marcar uma imagem com {{CopyrightDesconhecido}} quer dizer exatamente isso: copyright desconhecido! Ninguém está dizendo que é protegida, está-se apenas pedindo a informação mínima. Quando é que vão aprender a compreender o que lêem? --Mschlindwein msg 19:16, 20 Jun 2005 (UTC)
Mschlindwein, talvez você não tenha me compreendido ou eu tenha me expressado mal. Mas tento de novo: eu não marco como "viola os direitos autorais" porque não tenho como provar (a não ser que eu mesmo tenha feito a foto ou alguém que eu conheça). E não marquei ainda "copyright desconhecido" por falta de oportunidade mesmo. Mas com certeza marcaria sim, e sempre que posso aponto imagens "possivelmente" protegidas para outros colaboradores darem uma segunda opinião e marcarem o que acharem necessário. um abraço! --FML   oi 19:47, 20 Jun 2005 (UTC)
Falta de oportunidade?? Quantas fotos sem informação terão de ser carregadas para que tenhas uma oportunidade?? Se não ficasses escrevendo besteira (como sobre a Larousse, abaixo) terias tido oportunidade... Não marcaste nenhuma imagem porque isso não te interessa, bem como ao Marcelo-Silva. O que interessa a vocês é poder carregar imagens sem autorização do autor, isso sim!!! Já leste o artigo sobre o Mickey, tão "ruim" que "tinha porque tinha" que ter uma imagem em fair use?? Tinha 1 linha até há pouco, até que (coincidência!) um anônimo o edite e acrescente meia-dúzia de frases num português de dar dó... Por que não crias um artigo de 300 linhas sobre o Mickey, o Pateta, o Pluto, etc?? Uma linha e 1 foto fair use são suficientes?? Vocês realmente são lamentáveis! Na Wikipédia dá-se o exemplo antes de se pedir alguma coisa, coisa que muitos dos "fairusistas" ainda não fizeram. Trabalhem, e discutam depois. --Mschlindwein msg 20:22, 20 Jun 2005 (UTC)
Eu contribuo no limite do que meu tempo pode me oferecer, poderia ser bem mais, quem sabe um dia eu ganhe na mega-sena e possa oferecer mais da minha dedicação? Mas, por enquanto, além de contribuir em artigos no limite do meu tempo (que são modestos, sim), prefiro contribuir com meu trabalho em forma de dinheiro e prefiro me focar nos assuntos que acredito tornarem a Wikipédia melhor como um todo, a longo prazo. um abraço! --FML   oi 20:27, 20 Jun 2005 (UTC)
Deus nos livre de este dia chegar... -- Clara C. 20:32, 20 Jun 2005 (UTC)

Novidades! Novidades!Editar

Rapaziada, acabei de descobrir uma coisa fantástica! EXISTEM PÁGINAS DE DISCUSSÃO PARA CADA USUÁRIO!! Não é fantástico? Já podemos xingar-nos uns aos outros EM PRIVADO SEM CHATEAR NINGUÉM. Não é um máximo??? :))) -- Nuno Tavares 17:19, 20 Jun 2005 (UTC)

Realmente Nuno, fiquei uns dias foras e é lamentável que a discussão tenha chegado a esse ponto aqui na esplanada. :'( Eu estou tentando diminuir minha participação por aqui, até mesmo porque acho que todos nós já estamos meio saturados (e tristes, cada um com seus motivos) com esse assunto. um abraço! --FML   oi 19:05, 20 Jun 2005 (UTC)

Muito bem, FML, finalmente uma boa decisão da sua parte!... Manuel Anastácio 20:16, 20 Jun 2005 (UTC)

Manifesto do CampaniEditar

Venho aqui manifestar que, independente do resultado da votação sobre fair use marcada para o ano que vem, eu NÃO me retirarei da Wikipédia. Por que me acho insubstituível? Não, ninguém é insubstituível. Simplesmente porque sou adulto e um democrata. Minha posição é a favor do fair use pelo mérito da idéia, independente de quem esteja a favor ou contra. Sem impropérios e xingamentos. E sem "os fins justificam os meios", pois não defendo isto. A campanha é válida a despeito do que alguns digam. Vamos ter votação no ano que vem e até lá a campanha deve crescer. Sou favorável ao fair use há muito tempo, independente desta campanha de agora. Estou tentando levar a campanha baseado em argumentos, mesmo que bombardeado por impropérios, ironias e difamações. Permanecerei sereno e focado na campanha. Campani discusssão 16:34, 20 Jun 2005 (UTC)

LOL! Eu leio bem [primeira] :)) -- Nuno Tavares 16:42, 20 Jun 2005 (UTC)

Campani: esse seu manifesto já é um xingamento: e eu sou o visado. Pare de bancar o santinho. Manuel Anastácio 16:48, 20 Jun 2005 (UTC)

Manuel: Em que parte exatamente te sentistes xingado? Campani discusssão 16:56, 20 Jun 2005 (UTC)

Campani: porque é que és tão sonso? Faz lá uma cara triste, para a gente ver como és humano! Ah! E venha a lei de Godwin que vier: não confunda aceitar votações com Democracia - a democracia implica também responsabilidade - e o povo alemão, apesar de ter votado no Hitler não fez, por isso, uma escolha democrática... Porquê? Porque foram irresponsáveis. Se a ilegalidade ganhar uma votação na wikipédia isso será uma derrota para a democracia. Mais uma coisa: eu considero-me insubstituível - como qualquer ser humano. Manuel Anastácio 17:02, 20 Jun 2005 (UTC)

Manuel: Não sei porque teu estilo de escrita exige que cada três palavras que escreves, duas sejam xingamentos. E ainda dizes que os outros é que xingam... Deixo o sonso de lado e te perdoo. Mas voltando ao ponto, Se a ilegalidade ganhar uma votação na wikipédia isso será uma derrota para a democracia. Poderias apontar onde a adoção do fair use é "ilegal" a priori? Obrigado. Campani discusssão 18:46, 20 Jun 2005 (UTC)
Só para ilustrar teu estilo doce e gentil de escrita:

Sim, então porque é que o seu nome aparece ao lado dos criminosos? Acho que ninguém assinou por si: Usuário:Campani/Campanha-Fair-use... Manuel Anastácio 14:33, 19 Jun 2005 (UTC) (retirado de uma página de discussão de um defensor do fair use).

Um abraço, Campani discusssão 18:51, 20 Jun 2005 (UTC)

Eu só tenho mais uma coisa a dizer:

BOYS HAVE A PENIS, GIRLS HAVE A VAGINA

Bem-vindos à Fair-use-kid-lândia -- Nuno Tavares 17:11, 20 Jun 2005 (UTC)

Ah! Esperem... esta frase é copyrighted The Twins, em pt-pt "Os Gémeos", com Arnold Schwarzenegger e Danny DeVito, e está a ser utilizada under the terms of fair use. (porque raio é que eu estou a falar inglês? :S) -- Nuno Tavares 17:14, 20 Jun 2005 (UTC)

Não entendi Nuno. Lembre-se: Coloquei uma questão séria. Campani discusssão 18:37, 20 Jun 2005 (UTC)

Campani - eu considero que alguém que conduz bêbedo é um criminoso. Você, com a sua proposta, considera que são criminosos apenas aqueles que são apanhados pela polícia a conduzir bêbedos. E você defende, sim, algo de ilegal e criminoso. Precisa de um dicionário para saber o que é um crime? Ou o Ângelo vai ter de colocar aqui mais uma definição? Você está a incentivar comportamentos criminosos sim - e, para mim, quem incentiva comportamentos criminosos é um criminoso. Eu considero que você está tendo um comportamento criminoso ao defender um tipo específico de fair use (isto é, algo que nem sequer é fair use). Peço desculpas se o ofendo, mas é mesmo assim que eu penso. E já me expliquei muitas vezes (e não só eu, mas vocês acham que derrubaram todos os argumentos de quem está contra, né?)... Manuel Anastácio 20:15, 20 Jun 2005 (UTC)

Ah: vão até à minha página de discussão: o FML julga que as outras enciclopédias não pagam para ter fotografias e cenas de filmes! Dá para acreditar até onde é que vai a ignorância?... Manuel Anastácio 20:15, 20 Jun 2005 (UTC)

Campani, sabes o que é um desbloqueador de conversa? :) -- Nuno Tavares 06:23, 21 Jun 2005 (UTC)

Meu IdealEditar

O Manuel questionou meus ideais e quero aqui reforçá-los a partir de novos argumentos que consegui para deixar bem claro minha posição.

Peguei em mãos uma enciclopédia impressa completa, a Larousse Cultural [5] [6] [7] (uma enciclopédia bastante usada no Brasil que foi lançada e revisada pela editora Nova Folha baseada numa enciclopédia usada em todo o mundo (Larousse)) e vi lá coisas que eu sempre defendi:

  • Termos "dicionáricos", tal como "barato" que o Nuno me acusou de "trollada" e que depois virou injustamente um redirect para "preço", apesar de haver tantos significados (ver [8]). Porque afinal, enciclopédia nada mais é a compilação do conhecimento humano, e "termos dicionáricos" não fogem dessa definição. Inclusive, fiquei até surpreendido que os significados na enciclopédia Larousse Cultural sobre barato são tão parecidos aos que "wikiadamente" foram construídos no artigo da Wikipédia.
  • A enciclopédia contém diversas cenas de filmes.
  • Fotos protegidas (com os devidos créditos). --- Com certeza ela não pagou pela licença das milhares de fotos que constam nela, e com mais certeza ainda ela está protegida pelas leis. Eu não posso pegar uma foto que lá está e sair vendendo, mas com certeza posso pegar as fotos que lá estão e fazer outra enciclopédia ou um folheto educativo. O objetivo da Wikipédia, que é o de informar, continua preservado. A Wikipédia não é um catálogo de fotos para uso comercial, para isso tem o Commons.

um abraço! --FML   oi 20:05, 20 Jun 2005 (UTC)

FML, ou és muito ingênuo, ou muito idiota... Mas é claro que a Larousse pagou pelo direito de publicar as fotos que a ela não pertencem!! De onde tiraste a idéia contrária?? E quem disse que o Commons é um catálogo de fotos para uso comercial??? O Commmos é um catálogo de mídia livre. Estou começando a achar que não é ingenuidade, não... Acorda, cara!! Cresce!! --Mschlindwein msg 20:14, 20 Jun 2005 (UTC)
Então sugiro que pegue alguma foto publicada pela Larousse, como a cena de um filme, e use para fins comerciais. Conseguiria isso? Claro que não, porque certamente ela conseguiu autorização para os fins que uma enciclopédia tem por objetivo: os educacionais. E se o Commons é um catálogo livre, também pode ser usado para fins comerciais. Nunca disse "apenas". Acorda você cara, não sabe escrever sem apelar para a agressão? --FML   oi 20:32, 20 Jun 2005 (UTC)
FML, se a Larousse pode vender e ganha dinheiro com isso, por que não posso?? Respondo: porque não paguei os direitos de uso. Será que isso é tão complicado de entender??? Ou será que a Larousse faz caridade? --Mschlindwein msg 20:52, 20 Jun 2005 (UTC)

Da-se... que o tipo é estúpido! A Larrousse ganha dinheiro ao vender enciclopédias! Ou pensa que é uma instituição de caridade?

Nota: a wikipédia sim, pode ser considerada uma obra de caridade... Manuel Anastácio 20:42, 20 Jun 2005 (UTC)

O Ideal do FMLEditar

É pá, eu juro que queria de deixar falar disto, mas surpreendo-me sempre com o grau inaudito de burrice do FML. Eu, na brincadeira, disse-lhe para ele me enviar a enciclopédia Larrouse que, já que se ela não pagava para ter as fotos lá, devia ser muito baratinha. E ele respondeu-me o seguinte... A sério: foi ele mesmo que escreveu a mensagem mais estúpida que alguma vez li na minha vida! O gajo pertence aos Monty Pithon? Só pode! Ainda fala o Campani de Non sense...

:Não é tão baratinha assim, [9]. E se eu fosse você dava mais credibilidade nessa enciclopédia que, com certeza, é bem mais completa que a Wikipédia. Aliás, ela é gigante! Tem vários volumes, como posso te mandar isso? Vou tirar fotos sim, e expor tudo na esplanada. E, veja: não digo que com certeza ela tenha simplesmente pegado as fotos; talvez isso não, mas creio que seja isso mesmo que você falou: autorizada para os fins educativos pelos seus detentores. Só que o problema da Wikipédia é que não pode ser autorizada apenas para fins educativos, mas sim para o comercial também, o que é ridículo, não é o propósito principal da Wikipédia servir de fonte para que empresas lucrem em cima. um abraço! --FML   oi 20:16, 20 Jun 2005 (UTC)

Não é tão baratinha assim - Claro FML! Ainda não percebeu que a wikipédia pretende ser mesmo baratinha - ou melhor GRÁTIS? E se eu fosse você dava mais credibilidade nessa enciclopédia que, com certeza, é bem mais completa que a Wikipédia. - Mas quem é que não deu credibilidade a essa enciclopédia? Eu? Onde? Aliás, ela é gigante! Tem vários volumes, como posso te mandar isso? - Ele acreditou mesmo que eu estava a pedir-lhe a enciclopédia? Quase que nem consigo escrever LOL Vou tirar fotos sim, e expor tudo na esplanada. - Caramba! Este rapaz surpreende-me! (...) mas creio que seja isso mesmo que você falou: autorizada para os fins educativos pelos seus detentores. - Eu falei o quê? Onde é que eu disse tal barbaridade? Eu disse que se não pagou, foi porque cederam-lhe as imagens apenas para aquele propósito (o da publicação NAQUELA enciclopédia) - A wikipédia pretende ser outra coisa, meu caro amigo, mas isso você nunca vai compreender. Só que o problema da Wikipédia é que não pode ser autorizada apenas para fins educativos, mas sim para o comercial também, o que é ridículo, não é o propósito principal da Wikipédia servir de fonte para que empresas lucrem em cima. - O auge! A obra prima! "A wikipédia não pode ser autorizada apenas para fins educativos" - o que é que isto quererá dizer???? E, depois, sabiam que a Larrouse não tem interesse comercial??? LOL! Rapazinho, veja o seguinte: a Larrousse é vendida (uso comercial), mas não pode ser utilizada para outros fins, nem ser livremente copiada! A wikipédia poderá ser vendida, dar lucro, mas poderá ser sempre copiada livremente! Mas para ser copiada livremente, para que chegue em condições a todos, precisa primeiro de ter uma edição comercial sim!

E por favor: FML, não me responda!!! Estou farto (FARTO) de ouvir disparates!... Manuel Anastácio 20:42, 20 Jun 2005 (UTC)

Quanto mais leio, mais tenho pena do Brasil... Meu Deus, que barbaridade... --Mschlindwein msg 20:46, 20 Jun 2005 (UTC)

Epa! Não nos misture com esta escória, Marcelo. -- Clara C. 20:52, 20 Jun 2005 (UTC)

Manuel, tens que concordar comigo: este rapaz é um fenômeno!! E o pior é que não é o único!!!! E é nas mãos de gente assim que abandonas a Wikipédia?? Manuel, estou desapontado contigo... ;o) --Mschlindwein msg 20:48, 20 Jun 2005 (UTC)

Marcelo, essa eu tenho que bater palmas. Paulo Juntas 20:50, 20 Jun 2005 (UTC)

Gente, vou ter que parar de ler as mensagens do FML por algumas horas, minha mandíbula está doendo de tanto rir!! Este cara é demais! --Mschlindwein msg 20:55, 20 Jun 2005 (UTC)
Nossa, quanta gente humilde por aqui! Ó deuses infalíveis! Eu tenho que me ajoelhar diante de vocês. Agora sou obrigado a entender toda ironia besta do Manuel que não sabe conversar que nem gente? Realmente eu achei que ele estivesse subestimando a Larousse Cultural, por não ser do Brasil (já que ela foi publicada somente no Brasil). E achei que ele estivesse falando do meu argumento dos "termos enciclopédicos" e não do "fair use" em si, por isso falei que ainda vou colocar as fotos do termo "barato" aqui na esplanada. Poxa, e parabéns à humildade de todos vocês, reamelmente merecem as sandálias da humildade!! --FML   oi 21:08, 20 Jun 2005 (UTC)

FML: eu não sou santo, mas sou humilde mais vezes do que julga. E é porque defendo os humildes - aqueles que não podem comprar a Larrousse - que trabalho voluntariamente na wikipédia. E porque é que eu ia subestimar algo só porque não é do Brasil??? Você está vendo a enormidade do que está a dizer? Creio que não... Porque você vê o agreiro nos olhos dos outros, mas não vê a tranca que tem frente aos olhos... Manuel Anastácio 21:23, 20 Jun 2005 (UTC)

Manuel, desculpe, mas eu devo me expressar muito mal mesmo: você disse: "E porque é que eu ia subestimar algo só porque não é do Brasil???" --- eu disse que você não é do Brasil e talvez não conhecesse a Larousse Cultural (da editora brasileira Nova Folha), que foi quase distribuída promocionalmente pela Folha de São Paulo; só isso. um abraço! --FML   oi 05:02, 21 Jun 2005 (UTC)

OK - mas repare que a sua frase é ambígua - não dá para perceber se quem não é do Brasil sou eu ou a Enciclopédia! leia com atenção e perceberá a confusão. Manuel Anastácio 22:11, 21 Jun 2005 (UTC)

Mais um momento humorísticoEditar

Ahahahah! Você acha que 250 reais é o preço de todas as licenças? Isso quase nem paga o trabalhão que eles tiveram em fazer 5.500 páginas. Você acha que o pesado do preço está na licença? Engana-se meu caro. Só a parte física, impressão das folhas e a capa grossa já daria quase todo o preço (que normalmente seria para um comprador final). Talvez eles tenham licença sim, de todas as imagens, mas para o fim que uma enciclopédia propõe. Seria a mesma coisa para a Wikipédia. E se meus argumentos parecem o de uma criança pateta, os seus parecem de um adulto sem a educação que até uma criança teria. --FML oi 20:48, 20 Jun 2005 (UTC)

Este tipo existe???? A sério: vocês acreditam que este tipo possa existir???? Acham que vale a pena responder a uma coisa destas??? FML: cale-se! Feche a boca! Não entrará mosquito nem sairá... você sabe... (quero dizer: se calhar não sabe- já vi que você não sabe coisíssima nenhuma)... FML, eu já lhe disse: a Encarta está a começar um Wiki - a microsoft terá muito prazer em lucrar com toda a sua dedicação! Eles podem pagar o uso de muitas imagens, do Mickey, do Pateta, dos Teletubbies!... Manuel Anastácio 21:03, 20 Jun 2005 (UTC)

De facto, as emoções voam tão alto que vocês não atentam ao pormenor mais básico: como pode um génio do conhecimento sobre o fabrico de enciclopédias, o FML para os mais distraídos, dizer as idiotices que já largou um pouco por toda a wikipédia? Não se cansam de ser gozados? Quando é que vocês lhe dão o que ele merece - desprezo..... Não acham que já chega disto tudo? Eu quando piso m*rda na rua (infelizmente acontece) esfrego o sapato na relva e toca a andar p'rá frente que faz-se tarde, não lhe fico a chamar nomes - primeiro porque aquilo não escuta nada e segundo porque se falasse, o mau hálito seria terrível. Caramba! -- Nuno Tavares 00:02, 21 Jun 2005 (UTC)

Nuno: eu continuo a acreditar que estes criminosos podem tomar conta da wikipédia. Eu acredito que a estupidez pode ganhar a batalha. Tem sido uma constante da História. Por isso, o meu hálito, ou o do FML, é o que menos me importa agora (ainda mais se o hálito dele parece perfume para tanta gente). Eu não quero abandonar a wikipédia. Sempre disse que a wikipédia é um sonho para mim - o Campani já mo quis destruir uma vez e, felizmente, foi derrubado, mas desta vez está a ganhar adeptos. Eu não posso ficar parado a olhar a degradação daquilo em que acredito... Desculpa-me tu, e desculpem-me todos por eu estar a perder o meu tempo com gente deste quilate. Mas eu tenho MEDO. Tenho medo que a força destruidora desta gente seja mais forte que a capacidade criativa e responsável de quem trabalha aqui para aqueles que precisam. EU NÂO POSSO FICAR CALADO. Podem chamar-me de malcriado, de agressivo... PORRA! CLARO QUE SOU AGRESSIVO! QUEM É QUE NÃO SERIA AGRESSIVO CONTRA OS ASSASSINOS DO SEU SONHO?! Manuel Anastácio 00:12, 21 Jun 2005 (UTC)

  • Eu só vejo o FML a ser simpático e vcs a chingarem. Isso não é nada bonito. Se ele defende uma coisa dessas é problema dele. As coisas são simples: Fair use é uma lei norte-americana e inaplicavel em outros países. Acho que te devias acalmar Manuel... não precisas de entrar em stress, se há pessoas que defendem o fair use, tem haver por não saberem o que isso é! Que na verdade não é nada, é uma lei existente nos EUA. E, os EUA estão longe de ser o resto do mundo. Mas isto não é uma enciclopedia para os EUA... o problema do fair use é um problema da EN wiki, pois além dos Norte-Americanos há os ingleses e outros, e os ingleses de certeza que devem ter um lei parecida senão a mesma que a de Portugal, já que é uma directiva da União Europeia. Acho que deveriam acabar com este assunto, pois não vai dar frutos. --Pedro 01:30, 21 Jun 2005 (UTC)
Pedro: Quem vai esperar por lei brasileira para usar o fair use, pode ficar sentado para não cansar. A Wikipédia ficaria sujeita a processos caso adotasse? Talves, mas possivelmente ganharia a parada. Veja o que um companheiro da EN.Wikipedia enviou-me:

ANGELA BITTENCOURT BRASIL, membro do Ministério Público do Rio de Janeiro, afirma que:

"Temos nos posicionado sempre de forma a entender que realmente as cópias de obras feitas para o uso particular não ferem o direito do autor, eis que são usadas para informações restritas e também que a fiscalização sobre esta atividade é praticamente impossível. As cópias feitas por estudantes e profissionais utilizadas para estudo e pesquisa, a música gravada para o deleite particular, trechos de um livro copiados para alguma atividade intelectual, além de não constituir um delito é de difícil constatação pelas autoridades fiscalizadoras. Além disso tenho como argumento que uma obra que se torna pública e que está disponível de alguma forma para a vista ou ouvidos, torna o autor conhecido, admirado e passível de ser citado ou mesmo ter a sua música difundida."

(segundo o site, tirado de O Napster nos caminhos da legalidade, da própria.)

Me parece um argumento interessante e de senso comum. -- en:User:Claviola (http://en.wikipedia.org/wiki/User:Claviola) (não tenho conta na versão pt ainda)

Somos nós os construtores da Wikipédia revolucionários a mudar o mundo ou conformados com a estrutura jurídica do país?

Finalmente, repito: os servidores da Wikipédia ficam nos EUA, a não ser eventuais mirrors. A lei estadunidense permite o fair use. Por que não usa-lo? Campani discusssão 13:35, 21 Jun 2005 (UTC)

é uma vergonha massacrarem alguem assim! é inaceitavel! ainda por cima como admnistradores! pensem na imagem que transmitem! se alguem causa muito embaraço é assim que vai ser tratado! Hugo Lopes 03:34, 21 Jun 2005 (UTC)

A minha questão com o FML não tem nada a ver com fair use directamente. Terá a ver, indirectamente, já que o comportamente dele ilustra bem a sua boa-vontade. O FML é um troll, nada inocente, que não só iniciou os insultos (estou a falar de mim) como tem vindo a provar insistentemente a sua dedicação em arruinar a credibilidade deste projecto. Ele é um clone do Usuário:Flipperpaulista que já havia sido bloqueado por comportamento inadequado! Atenção, rapaziada! Vocês vêem-me reagir da mesma maneira com outra pessoa? É bom que isso fique claro. Tal como a certa altura, num julgamento, se o réu for acusado de insanidade mental, a sua opinião não será considerada válida (por ausência de valor moral) assim deve ser considerado esta espécie de wikipedista. Só não vê quem não quer amigos, EXISTEM HISTÓRICOS. O FML é um troll e não preciso de ser administrador para tratá-lo assim. -- Nuno Tavares 03:55, 21 Jun 2005 (UTC)
Mais uma coisa, PedroPVZ: tu só vês porque já faltaste às reuniões :)) a peça não é de hoje. E tal como um verdadeiro troll, primeiro cria a polémica em redor dele, e depois choraminga que está a ser mal-tratado. Acabou a paciência com esse indivíduo. -- Nuno Tavares 03:58, 21 Jun 2005 (UTC)
"Exatamente Jeziel. Meu currículo também não é qualquer porcaria, mas sou tratado como um burro ignorante que quer só fazer barulho; aliás, como já disse fui xingado de tudo quanto é nome (você mesmo viu)..." (Retirado de Usuário discussão:Educorpo)
"O que tenho feito de bom? Trabalhado e estudado muito. Tirei 8,5 de Est. e Prob. e 7,5 de Física II. Tá ótimo!" (retirado de http://www.flipperpaulista.blogger.com.br/)
Sem comentários. -- Clara C. 04:06, 21 Jun 2005 (UTC)
    • Nuno, eu nunca falto, chego é tarde. Chego smp tarde a tudo qto é sítio. :S Pessoal, acabem com esta conversa inútil. Manuel reconcidera que exageraste, ele é livre de ter a sua opinião, o que não significa que devemos adoptá-la. Ao que parece até já houve votação disso (o que não se justificava). Exageraste tb em querer sair! Não vai resolver nada e se calhar vais deixar a wikipédia abandonada. --Pedro 12:58, 21 Jun 2005 (UTC)

Pedro: se a wikipédia deixar de ser a wikipédia, eu não quero trabalhar nela. É assim tão difícil de compreender? E se me disserem a wikipédia em inglês é isto e aquilo... Pois é, é isto e aquilo - mas não é a wikipédia - é uma ideia subvertida daquilo que a wikipédia pode ser. Terá as suas particularidades. Mas estou no meu direito. Além disso, ainda não abandonei nada... Manuel Anastácio 13:15, 21 Jun 2005 (UTC)

Caros: Em primeiro lugar muito desta atitude de vocês é a incompreensão do que é política. Ninguém vai fazer política sem incomodar outro. Alguns querem alguma coisa outros querem o oposto e daí surge o conflito. Conflitos se resolvem com discussão e votação e pronto. É assim na democracia. Se há algo sobre o que nem todos concordam é porque ele não é a priori certo ou errado e apenas é o que é. Nestes casos se resolve por maioria, e é o que ocorrerá na votação no ano que vem. O mínimo que se espera neste período até lá é um comportamento ético. Não vou seguir o complexo emaranhado de históricos da Wikipédia para descobrir quem xingou quem antes. Até porque as palavras do Manuel para comigo não foram nada doces e daí se conclui que ambos os lados podem ter cometido abusos de linguagem. Apenas uma coisa posso dizer: vamos passar por um período turbulento é certo. Espero que as pessoas não digam coisas de que se arrependam mais tarde. Porque este período turbulento vai acabar. E tem data para acabar na votação. Sejam quem forem os vencedores e os perdedores todos vão continuar trabalhando depois disto. Simples! Não dá para entender o tom catastrófico do Manuel. É só uma decisão, difícil admito, mas uma decisão... Campani discusssão 13:45, 21 Jun 2005 (UTC)

Palavras QUASE sábias. Porque aceitar o fair use será, realmente uma catástrofe. Não será uma catástrofe para os senhores bem instalados na vida que têm acesso á internet, claro - esses passarão a poder ilustrar artigos bonitinhos e brincar aos enciclopedistas. Outros porém verão a catástrofe que é cuspir sobre todos os princípios que tornaram a wikipédia uma esperança para a divulgação do conhecimento só porque uma data de artigos ficarão mais bonitinhos. Claro que a Wikipédia ficaria fantástica com o Fair use! Eu não tenho a menor dúvida disso! Ficaria fantástica mas deixaria de ser genuinamente aquilo que é: uma esperança e um contributo para a democratização do saber - e o único caminho para isso é pela liberalização de conteúdos. Não dá para entender o tom catastrófico do Manuel. - dá, Campani - reflicta bem porqué que existe uma wikipédia quando já existem as Larrousses, as Britânicas e as outras! A weikipédia existe como esperança para a humanidade, como um trabalho em construção onde quem constrói já aprende e permite que os outros aprendam. Não estou a ser objectivo? Talvez não - mas o meu compromisso com a wikipédia é com a beleza do seu próprio conceito. Os fair-usistas querem trocar a beleza do conceito pela beleza de uns tantos artigos... Não dá para entender, Campani? Lamento. Lamento a sério. Por ti, mas ainda não viste o mais importante. Viste os meus xingamentos (não viste os teus - porque parece que eu é que sou sempre o mau da fita e o menino mimado e chorão - é o que depreendo dos teus comentários), vistes as discussões, mas não viste a diferença entre um ideal e um capricho. A wikipédia é utópica? Claro que é... A WIKIPÉDIA É UTÓPICA. É sim, e não há mal nisso, ao contrário do que querem transmitir nos vossos manifestos mesquinhos pelo fair use. Foram as utopias que me permitiram estar agora a discutir coisas destas consigo em vez de estar a lavar o penico de um marquês qualquer... Vocês querem negar o direito à utopia. Você chamou-me agressivo. Pois fique sabendo que você foi infinitamente mais agressivo comigo quando, um dia, troçou de uma frase minha, em que eu dizia que a wikipédia era um sonho... Para si, nessa altura, o mais importante era o "rigor científico" da wikipédia... Para mim, era mais importante o SONHO. Agora, para si, o mais importante é uma data de imagens e uma data de bonecada. Para mim, o mais importante é o SONHO. E não estou realmente à espera que você compreenda. Você não sonha. Tenha, ao menos, uma boa noite. Manuel Anastácio 22:03, 21 Jun 2005 (UTC)

BurocrataEditar

Ah... Era para dizer que o lugar para burocrata continua vago... Propunha que os criminosos propusessem o Campani ou o FML para o cargo (o facto de ainda não serem administradores é o menos, ao serem eleitos, passariam automaiticamente para administradores - poderiam fazer uma panela à parte, se é que não fizeram já)... Pode ser que a Mafia funcione... Até porque já têm mais adeptos do que os votos que eu recebi quando fui eleito para o cargo. Isso para mim é uma derrota, confesso... Sim, sinto-me na lama. Sinto-me mal. Sinto-me com vontade de chorar... Trabalhei tanto para isto???... A sério... Vou dormir. Estou cansado... Manuel Anastácio 00:21, 21 Jun 2005 (UTC)

Manuel, como o Pedro disse, estou tentando ser o mais educado possível nas discussões, enquanto me fazem ataques e mais ataques. Seria mais bonito de sua parte promover a democracia, e tentar entender porque tem tanta gente que é a favor do fair use, não simplesmente chamar de criminosos, ser tão invariável e absoluto.
Quando falei da enciclopédia Larousse, eu fui atrás de uma enciclopédia, fui procurar argumentos, fatos, fui ver como é, apesar de vocês terem interpretado de forma a me condenar. Mas por que você não conversa com algum advogado e pergunta a ele da sua tal lei, que puniria imagens na Wikipédia. Se ele disser que é ilegal, pergunte a ele então sobre as imagens do McDonalds, da Microsoft, do Tex etc. Quem sabe você me faz mudar de opinião? Não sou tão invariável quanto você; se eu cometer um erro, sei reconhecer, não me preocupo com isso, todos sabem que as coisas evoluem assim, com erros. Apenas, no momento, não estou nem um pouco convencido das coisas que você diz e sua raiva nas palavras só me faz acreditar que você não passa de um apaixonado do software livre e não pesa mais de um ponto-de-vista.
O que eu mais acredito é que este assunto não tenha um "conclusão definitiva com 100% de vantagens", mas sim pontos-de-vistas diferentes, com vantagens e desvantagens para cada lado. Acredito também num meio termo, em algo pelo menos um pouco mais tolerante da hipocrisia que é hoje. Alguns gostam de relevar algumas vantagens, e outros, outras. Acho que se trata realmente de uma questão pessoal, e não "uma verdade absoluta", e nesse caso só a maioria poderá decidir. Quero que todos tenham conhecimento de todos os fatos, inclusive dos seus argumentos, para tomarem a decisão que mais tiver vantagens no ponto-de-vista de cada um. Acredito que a decisão da maioria será a correta para a Wikipédia. Eu tenho uma posição, uma conclusão que cheguei, um ideal e um sonho que também estou expondo, para que levem em conta também o meu ponto-de-vista. Ficaria muito triste se daqui um ano votassem novamente contra o fair use, mas eu aceitaria, como tolero hoje, porque sonho maior que esse é que as pessoas sejam mais tolerantes uma com as outras, que tentem compreender (ou no mínimo respeitar) a posição alheia, que não sejam tão agressivas e que saibam discutir com civilidade. Falo isso até pra mim mesmo, que as vezes (de forma equivocada) também acabo revidando com a mesma moeda.
E quanto ao cargo de burocrata ou moderador, infelizmente não teria o tempo necessário para cargo de tanta dedicação; e além disso ainda prefiro acreditar nas recomendações da Wikipédia que dizem que um administrador ou burocrata não tem nenhuma vantagem sobre qualquer outro usuário. Prefiro ignorar --- e achar que foi caso isolado --- que abusaram do poder de administrador e me sacanearam algumas vezes. (pronto, o Nuno conseguiu me calar com suas ameaças, vejam abaixo e em [10]) Prefiro ignorar também que em suas colocações você dá tanto poder a um administrador como se as recomendações da Wikipédia não existam; ou pior: que esteja sendo desonestamente irônico novamente e que ache que eu iria abraçar a sua idéia (de que supostamente eu estaria em busca de ser administrador ou burocrata).
Continuarei lutando pelo que acredito, enquanto tiver essa convicção pessoal; e não digo que "estarei derrotado" ou "derrotarei alguém" independente dos resultados disso tudo. Não encaro as coisas dessa forma, imutáveis; creio que as tendências mudem com o tempo, e quem sabe um dia a comunidade vote a favor de alguma monarquia, e aí você possa ser o rei e decidir o que quiser? Talvez cheguem a conclusão que a anarquia democrática (considerando que os administradores e burocratas não tenham poder adicional) seja algo ruim. Mas a convicção que tenho atual é que a democracia é o melhor caminho, e a comunidade vai decidir o melhor para ela como um todo. Juro que não vou me matar (para sua tristeza) se a comunidade decidir o contrário do que acredito, tentarei entender os motivos, e se não entender, tentarei respeitar e continuar lutando pelos meus ideais por mais um ano. E, caso consiga atingir esse objetivo específico, colocarei outras questões na esplanada [um longo parêntesis: para reflexão de todos, porque diferente de alguns, não creio que esteja tudo perfeito, e que ainda tenha muita coisa a evoluir. Estabilidade nem sempre é o melhor caminho. A idade média ficou imutável por muito tempo, e foram os conflitos que trouxeram a evolução, reflexão e o saber respeitar o espaço do próximo] e sempre defenderei o seu (e de todos) direito de se expressar, e de argumentar contra, e de votar, de questionar, de refletir.
um abraço! --FML   oi 04:56, 21 Jun 2005 (UTC)
FML: fui eu que entendi mal, ou tu afirmaste que abusaram dos poderes de administrador? Até hoje nunca vi isso acontecer, por isso é bom que proves o que estás a dizer. Ou é mais uma das tuas mentiras? -- Nuno Tavares 05:06, 21 Jun 2005 (UTC)
Nunão, eu já perdoei, e também compreendi perfeitamente que foi por motivos políticos. Não sou de guardar rancor. E não fiz uma acusação formal, foi só um comentário. Se quiser apenas desconsidere, se quiser eu risco o que eu disse (quer?), porque prefiro retirar do que entrar em outra questão interminável, que, do jeito que são, serão ainda capazes de me sacanear de novo, então tenho medo, de verdade. Enquanto não houver administrador em quem eu possa confiar plenamente (e que esteja disposto a encarar os outros), vou tolerar esse tipo de coisa, não sou obrigado a condenar ninguém como fizeram comigo. Também não gosto de ficar julgando, não dei nomes, disse apenas "um administrador" e ele teve os seus motivos, mesmo que ele os considere legítimos, e eu, políticos. Tenho também o direito de achar que me sacanearam e dizer isso, não trocaria de usuário a toa. um abraço! --FML   oi 05:48, 21 Jun 2005 (UTC)
FML, metes dó. Quanta hiprocrisia. Então tu tens medo dos administradores, e vens para aqui lançar postas de bacalhau? Pois bem meu caro, é como te digo, eu nunca vi isso acontecer e, se assim foi, o facto devia ser denunciado. Vamos a por as cartas na mesa, rapazinho, e a parar de fazer o papel de vítima. Estou farto de perder tempo contigo. Tens até amanhã à tarde para provar o que estás a dizer. Se eu voltar e não estiverem aqui as provas do que estás a dizer, quem te bloqueia sou eu. Cansei de ti miúdo. -- Nuno Tavares 05:57, 21 Jun 2005 (UTC)
Peço a todos que fiquem bem atentos a esse tipo de ameaça! Vejam bem como é a melhor forma de calar alguém que tem uma opinião contrária. Se eu for bloqueado, já sabem o que aconteceu, a ameaça está aí explícita pra todo mundo ver. Só espero que algum administrador responsável não permita que isso aconteça. --FML   oi 06:33, 21 Jun 2005 (UTC)
Vejam novamente o que este administrador escreveu em [11] (ou [12]). Ele quer dar um show, uma prova explícita! Será que algum outro administrador vai ter coragem de peitá-lo? Vou pagar pra ver. --FML   oi 06:38, 21 Jun 2005 (UTC)

Não é de fair use que estamos a falar: trata-se de provar o que estás a dizer. Estás a desvirtuar toda uma equipa de trabalho que 1) corrige a porcaria que tu fazes 2) foi eleita pela comunidade como utilizadores de confiança 3) atura todas as tuas mentiras, insultos e palhaçada 4) uma equipa em quem eu confio (pois também a elegi) e à qual, na falta dessa confiança, talvez prefira não pertencer.

Prova o que dizes, ou passas por mentiroso. Agora chora para quem quiseres, chama quem tu quiseres, faz-te de vítima para quem quiseres. -- Nuno Tavares 06:41, 21 Jun 2005 (UTC)

Também estou cansado de ouvir você dizer que estou me passando por vítima. Que argumento ridículo, não muda a vitrola não? --- E Nuno, se me bloquear, será a uma derrota para toda a comunidade. Você estaria assassinando brutalmente a liberdade de expressão e o meu direito de falar o que quiser. Estou apenas expondo opiniões numa esplanada, até retirei a acusação, já que você exigiu provas e a prova que tenho é meu testemunho. Se isso for motivo de bloqueio meu caro, te digo que será o erro mais inconsequente que você terá cometido nessa comunidade. --FML   oi 06:45, 21 Jun 2005 (UTC)

Coitadinho do menino, será que nao te enxergas? Sinceramente so te sabes fazer de vítima, estás cansado de ouvir mas vais ouvir mais uma vez, será que nao vês que desde que meteste os "pés" ou melhor as "mãos" nesta wikipédia só arranjas discussões? Já nem posso ver as iniciais FML, acredita que me enoja. Arranja que fazer..., até metes com tanta parvoíce. Já agora será que precisas de um guarda-costas com tanto medinho dos administradores? 84.90.36.12 06:48, 21 Jun 2005 (UT

E depois eu que sou o palhaço. Tenho medo mesmo, e não só por mim, mas por toda a comunidade. Quero só ver vocês calarem metade da Wikipédia! Quero só ver. --FML   oi 07:01, 21 Jun 2005 (UTC)
Aliás, vou até salvar minha página de usuário, porque vai que como administradores vocês consigam sumir com o histórico também! Eu hein? É melhor não arriscar. Eu não confio em você Nuno, não mesmo. Você se faz de bonzinho no começo e depois mete a faca nas costas. Ainda bem que todo mundo está vendo, assim cada um pode julgar como queira. Felizmente vocês só têm poder de bloquear, de fazer alguém mudar de opinião ainda não tem. --FML   oi 07:06, 21 Jun 2005 (UTC)

Flipperpaulista a.k.a. FML: Obrigado pelos últimos parágrafos. Chegaste precisamente onde eu queria que chegasses. Se me conhecesses, como me conhece a equipa que tu tentaste desvirtuar a todo o custo, saberias que eu nunca te iria bloquear nestas circunstâncias. Porém, estavas tão empenhado em gerar o teu folclore de polémica que nem te apercebeste do chão que pisaste. Obrigado por vires para a rua com o peixe de ontem na mão, apregoando que ele era fresco - o que ganhaste foi o seu cheiro nas mãos, nada mais. Assim pudemos constatar as tuas intenções - (à data a que escrevo) em 50 edições, 2 artigos editados, 1 redirect. O resto foi fuzz talk, ou trollicce.

Esta equipa, onde sem querer incluíste também os adeptos de fair use, é a que tem mantido a wikipédia a funcionar até hoje, com um mínimo de credibilidade. Caso contrário, mais mensagens como esta C.&diff=455828&oldid=455564 seriam emitidas, pois ninguém conta contigo para fazer reversões - sabes mesmo reverter? Ou usas aquele bot do reverter até à morte?

Bom, adiante, não me interessa mesmo saber a resposta, perdoa o sarcasmo. Vou colocar uma secção na Esplanada para apreciação da (e apenas *da*) comunidade, onde tu não és bem-vindo. Lamento ter que tomar esta medida, mas chegou a hora da comunidade se pronunciar acerca de ti e do teu comportamento perante este projecto. Eu apenas vou constatar factos, pelo que não vai ser necessária a tua defesa. Se te quiseres defender, fá-lo-ás na minha página de discussão, terás que confiar em todos nós para servirmos de moderadores. Todas as interferências tuas com a discussão serão revertidas sem aviso prévio.

Idéia para facilitar a decisão de propôr uma página para Eliminação RápidaEditar

Caríssimos,

Nossa página Wikipedia:Páginas para eliminar está cada vez mais difícil de administrar, devido ao seu (nosso!) crescimento. Assim, acho que precisamos começar a pensar em como facilitar a aplicação das regras (muitas!) de Eliminação Rápida.

Especificamente como relação à Regra 5 - Páginas de aparecimento recorrente que a comunidade decide eliminar sempre que apareçam - carecemos de acesso fácil a essa informação, pois as páginas já eliminadas não apresentam nenhum link na wikipédia, o que torna a aplicação da regra um exercício de memória ou de vasta pesquisa.

Para remediar esta questão, sugiro que se tenha uma página intitulada [:Wikipedia:Páginas já eliminadas em ordem alfabética], ou algo parecido, com os links vermelhos. Melhor ainda se ela pudesse conter algum tipo de proteção, que impedisse clicar nestes links e abrir a página para edição. Mas, mesmo não havendo esta solução técnica, ainda acho que o eventual prejuízo decorrente de existirem estes links vermelhos é muito pequeno frente ao benefício que a existência desta página pode trazer (afinal, criar uma página utilizando o "busca" ou criando um link vermelho em qualquer página da wikipédia é bem mais fácil do que usar este caminho).

A utilidade desta página, ao meu ver, seria enorme, especialmente porque um simples acesso aos artigos afluentes da página em análise já denunciaria o artigo como página já eliminada anteriormente. Adicionalmente, poderíamos consultá-la para avaliar artigos por similariedade (p.ex. a [Categoria:Nascimentos - 1955] pode ser proposta para ER pela Regra 5 se soubermos que [Categoria:Nascimentos - 1954] foi votada e aprovada para apagar recentemente).

O que acham? Abraços, -- Clara C. 17:01, 3 Jun 2005 (UTC)

Como é que se proíbe clicar em links vermelhos que existem de facto? Acho que isso não é possível - mas os artigos podem sempre ser cirados... Mas acho a ideia difícil de pôr em prática. Isto já fopi discutiso noutro sítio além daqui? Manuel Anastácio 16:37, 9 Jun 2005 (UTC)

A idéia é ter-se uma página que liste as páginas eliminadas, em ordem alfabética. Não vejo dificuldade nisso. Os links serem inacessíveis é apenas um detalhe técnico. Não sendo possível, como já dizia acima, "ainda acho que o eventual prejuízo decorrente de existirem estes links vermelhos é muito pequeno frente ao benefício que a existência desta página pode trazer". -- Clara C. 04:44, 11 Jun 2005 (UTC)

Categorias e sub-categoriasEditar

Viva! Tenho uma dúvida. Devemos colocar o mesmo artigo numa categoria e ao mesmo tempo numa sub-categoria?? Numa primeira análise, eu acho que não. Por exemplo, Fernando Pessoa aparece na categoria portugueses e ao mesmo tempo na sub-categoria Escritores de Portugal. É assim que deve ser? Ou deverá apenas desaparecer da categoria principal e aparecer apenas na sub-categoria?? Thanks Agil 01:13, 11 Jun 2005 (UTC)

Se já existe a sub categoria então não vale a pena mantê-lo em Portugueses, pois "quaisquer profissionais de Portugal" (subentende-se que) são portugueses. Existem, porém, alguns casos em que pode não ser bem assim. Por exemplo, em Categoria:Comunas da Itália estão todas as comunas italianas, que também estão categorizadas por província e por região. Categorizá-las no topo (Comunas da Itália) permite ao utilizador surfar pela lista alfabética das comunas (que são apenas isso, comunas). -- Nuno Tavares 03:24, 11 Jun 2005 (UTC)
Deixo aqui um questionamento, que vem a algum tempo me incomodando. Trata-se da criação ou não da Categoria Educação Física. Já entrei em contato com alguns administradores, os quais tem me ajuda no conhecimento do mundo "wiki". Mas ainda não tive resposta, dai aproveitar a oportunidade.

Será que os conhecimentos (científicos, metodológicos e aplicável) que hoje fazem parte da Educ. Física não merecem ser já mencionados como categoria própria, ao invés de ser uma sub-categoria em Educação? fica aqui uma coisa a si pensar... educorpo 01:33, 18 Jun 2005 (UTC)

EsboçosEditar

Seria bom que houvesse alguma discussão sobre o que é um esboço - se para uma biografia, vinte e cinco linhas é apenas um esboço, para outras coisas não é. Gostaria de ouvir opiniões - isto ocorreu-me ao colocar a tag num artigo sobre uma planta - será que é assim tão esboço??? Manuel Anastácio 04:31, 11 Jun 2005 (UTC)

Qual planta? Eu cá acho que um artigo deixa de ser esboço quando se sente que pouco mais há a dizer sobre o assunto. Por isso é que nos meus artigos anda lá quase sempre a marcação eheheh -- Nuno Tavares 04:39, 11 Jun 2005 (UTC)

Vejam por exemplo o artigo Cipreste Sawara - não é muito grande - mas é, provavelmente, o artigo de enciclopédia (e a página de internet) mais desenvolvido(a) sobre esta planta em língua portuguesa!!! Será que é mesmo um esboço? Eu tenho essa dúvida... Manuel Anastácio 13:30, 11 Jun 2005 (UTC)

Se já está expandido o mais que possível então que se retire a predefinição. -- Get_It ¤ 14:00, 11 Jun 2005 (UTC)
  • Eu acho que a PT wiki tá mto confusa qto a isso. Para mim esboço é um artigo com dois paragrafos pequenos, mais que isso não é um esboço! Cipreste Sawara NÃO É um esboço. Tenho dito!-Pedro 21:30, 17 Jun 2005 (UTC)
Acredito que o esboço é muito relativo e depende do tipo do artigo. Os artigos que fiz das missões Gemini são bem pequenos, mas tem o básico e são úteis para se conhecer cada missão. Não os marquei como esboços. Campani discusssão 22:16, 17 Jun 2005 (UTC)
Eu uso quando é pequeno (mas não é só uma frase) ou quando eu ainda vou voltar lá pra colocar mais coisas. Acho que "esboço" tem a ver com deixar alguns títulos e tabelas vazias, não é? Para alguém ir lá e completar. Estou correto? um abraço! --FML oi 22:34, 17 Jun 2005 (UTC)
Também me parece que uma predefinição esboço, deva ser usada quando se tem um artigo com até três paragrafos, e o assunto tenha sido em só em parte esclarecido! Concordo bastante com Pedro e com Campani. Este é o meu pensamento ainda que não muito amadurecido (devido a pouca experiência e ao grande entusiasmo). -educorpo 01:22, 18 Jun 2005 (UTC)

Projecto sem memóriaEditar

A wikipédia para funcionar tem que ser um projecto com memória. Não é aceitável que um projecto com vários anos seja descaracterizado sempre que um recém-chegado se lembra de mudar as regras porque tem a sua visão pessoal do que a wikipédia devia ser. Algures pelo caminho prevaleceu a ideia de que as regras são opcionais e que todos os conflitos se resolvem com votações, o que criou o ambiente intelectual necessário para que tudo possa ser mudado, tudo possa ser votado, mesmo aquilo que é essencial para a concretização dos objectivos do pojecto. Pelo que eu percebi até a natureza livre da wikipédia está em causa. Agora há quem lhe chame conteúdo irrestrito. Um destes dias, GFDL vai a votação. JoaoMiranda 11:55, 19 Jun 2005 (UTC)

Subscrevo. -- Nuno Tavares 18:37, 19 Jun 2005 (UTC)
Concordo e apóio.Angeloleithold 01:56, 20 Jun 2005 (UTC)
Também apóio. Proponho que certas coisas não possam ser modificadas, algo como a "Declaração dos Direitos inalienáveis da Wikipédia", no estilo da "Declaração dos Direitos Humanos", regras básicas gravadas na pedra, que não possam ser postas em questão segundo o bel-prazer de um usuário que entrou "ontem" no projeto, fazendo desabar a idéia básica do projeto. A GFDL é a primeira delas. E se GFDL há, muita coisa não poderá haver. Mschlindwein msg 10:21, 20 Jun 2005 (UTC)

Concordo se a GFDL sem fair use fôr para todas as Wikipédias. A Wikipédia em inglês rege-se pela GFDL e tem conteúdos fair use! Os conteúdos fair-use não são GFDL. Não sou a favor do fair use, por dúvidas quanto a questões legais, mas estou abolutamente em desacordo de impedir as votações. Em vez de defender a vossa proposta com argumentos lógicos (sem gritaria e insultos) os senhores querem anular a legitimidade democrática do projecto, por medo de perder a votação. Parece que a democracia é só para os pequenos assuntos. Pois é. --OsvaldoGago 13:07, 20 Jun 2005 (UTC)

Continuo achando isto muito engraçado. Lembro que a adoção do fair use nada muda em relação a GFDL. Isto se parece muito com aquela campanha que a direita faz contra o socialismo dizendo que se os socialistas ganharem, no dia seguinte a tua casa será dividida entre diversas famílias. Non sense. Campani discusssão 13:41, 20 Jun 2005 (UTC)

O vigésimo sétimo manifesto da última semanaEditar

Vamos parar com as ofensas. Vamos discutir um pouco menos e fazer uns artigos a mais. --E2m 04:19, 21 Jun 2005 (UTC)

Concordo --OsvaldoGago 07:18, 21 Jun 2005 (UTC)
tambémHugo Lopes 21:39, 21 Jun 2005 (UTC)

Se não me ofenderem a mim nem à minha inteligência, por mim, tudo bem... Manuel Anastácio 21:44, 21 Jun 2005 (UTC)

MschlindweinEditar

Há tempos que venho acompanhando este usuário, onde 90% de seus comentários contém ofensas motivados pelo fanatismo distorcido do GFDL/Fair use. Acho que deveriamos fazer uma votação de imediato para retirar o título de administrador desse sujeito, que só sabe ofender, ironizar os demais participantes. --Mateusc 12:39, 21 Jun 2005 (UTC)

Pois podemos começar já.

Contra

  1. -- Clara C. 12:46, 21 Jun 2005 (UTC)
  2. -- Nuno Tavares 12:55, 21 Jun 2005 (UTC)
  3. Get_It ¤ 13:13, 21 Jun 2005 (UTC)
  4. Perdoai-lhes Senhor. Paulo Juntas 13:34, 21 Jun 2005 (UTC)
  5. --gaf discus 14:06, 21 Jun 2005 (UTC)
  6. ahahahahahahahahah. Caro Mateus, vc ainda tem que nadar mais umas piscinas para chegar aos calcanhares do Marcelo. Muriel 14:50, 21 Jun 2005 (UTC)
  7. Angeloleithold 14:03, 22 Jun 2005 (UTC)
  8. Sem comentários. Patrick msg 15:52, 21 Jun 2005 (UTC).
  9. Está tudo doido. JoaoMiranda 16:15, 21 Jun 2005 (UTC)
  10. Quê????? Das pessoas mais uteis daqui da wikipédia. Se não é ele o nivel da ortografia aqui era bem mais baixo! -Pedro 16:20, 21 Jun 2005 (UTC)
  11. Gervásio Santana de Freitas 17:20, 21 Jun 2005 (UTC) - O Marcelo tem contribuído muitíssimo com o Projeto, é um soldado que cumpre e faz cumprir as determinações vigentes da comunidade da WikiPT. Isso seria por acaso um demérito?
  12. Hugo Lopes 21:38, 21 Jun 2005 (UTC)
  13. Manuel Anastácio 21:44, 21 Jun 2005 (UTC) (mas é preciso votar? Alguém tem dúvidas? - pelo sim, pelo não, votem)
  14. --Jcmo 22:30, 21 Jun 2005 (UTC) (Quando vi isto, pensei que fosse uma piada...)
  15. Henrique@ 01:02, 22 Jun 2005 (UTC). Todos têm seus defeitos, e apesar de nós dois não concordarmos em vários pontos, o Marcelo é um grande contribuidor do projeto (isso é que precisa ser visto antes, não somente as discussões)
  16. Lusitana 13:02, 22 Jun 2005 (UTC) (para isto volta uma pessoa de férias...)
  17. Loge | fogo! 13:23, 22 Jun 2005 (UTC). Não pode ser sério.

A Favor

  1. --Mateusc 23:30, 21 Jun 2005 (UTC)

Comentários'

  • Jamais li absurdo maior aqui na Esplanada. -- Clara C. 12:46, 21 Jun 2005 (UTC)
Subscrevo na parte do absurdo. Gotta know the man! Porém, tenho as minhas dúvidas quanto ao estatuto de maior. Há dois ou três dias que só lio absurdos, está difícil eleger... :))) -- Nuno Tavares 16:14, 21 Jun 2005 (UTC)
Fantástico ver alguém que está há pouco tempo no projecto a fazer isto, alguém que nem esteve aqui para ver todo o excelente trabalho que o Mschlindwein fez. -- Get_It ¤ 13:13, 21 Jun 2005 (UTC)
Cara Muriel, ao contrário do Marcelo, eu não preciso puxar seu saco (só pq vc mostra parte da cara na sua página de usuário) pra receber elogios ou ser defendido por você. Ironicamente, uma das primeiras pessoas que vieram me elogiando aqui na Wikipedia foi você.. ;// Só sinto pesar em entrar na sua página de usuário e constatar que tais olhos são pura isca pra peixe. --Mateusc 23:29, 21 Jun 2005 (UTC)

Ah, e continuo a achar preocupante que só ainda tenham votado pelo Marcelo 12 pessoas, sendo que duas delas são a favor do Fair use! (a lista dos a-gente-sabe-o-quê tem também 12 assinaturas - sinal de que isto vai por mau caminho) Por isso, vou já fazendo as malas para sair daqui assim que acabar este ano de liberdade... É pena vermos a catástrofe a aproximar-se com passos de gigante (o pior é que os dois lados estão confiantes na vitória!)... Manuel Anastácio 22:24, 21 Jun 2005 (UTC)

Manuel: Não me agradou a tua vinculação entre esta seção/votação e a "lista dos a-gente-sabe-o-quê" (leia-se "fair use"). Uma coisa não tem nada com a outra. Quanto a não ter votado o fiz simplesmente porque não acho que seja necessário votar - ou existe "impeachment" de administrador? Quanto ao Marcelo não duvido que seja um bom contribuidor do projeto - mesmo que as vezes não goste muito de algumas ironias dele dirigidas a minha pessoa. Campani discusssão 13:14, 22 Jun 2005 (UTC)
Muriel, ao contrário do Marcelo, eu não preciso puxar seu saco (só pq vc mostra parte da cara na sua página de usuário) pra receber elogios ou ser defendido por você. Ironicamente, uma das primeiras pessoas que vieram me elogiando aqui na Wikipedia foi você.. Quem sabe vc não o encontre um dia e retribua toda melação do boboca, dando a ele você sabe muito bem o que ;// --Mateusc 23:29, 21 Jun 2005 (UTC)
Puxa, depois sou eu que faço comentários ofensivos! Mateusc, pede por favor desculpas a Muriel pelo que escreveste. --Mschlindwein msg 23:43, 21 Jun 2005 (UTC)
Pedirei desculpas a cara amiga Muriel quando ela retirar o deboche feito a mim na votação. --Mateusc 23:52, 21 Jun 2005 (UTC)
Até agora me mantive afastado desta discussão infantil, aliás, o que está me motivando a entrar foi o comentário do Mateusc sobre o Marcelo.
  • Por um acaso Mateus, você já tentou ao menos raciocinar as barbaridades que tem escrito?
  • Por um acaso Mateus, você já viu ou leu alguma das colaborações do Marcelo?
  • Por um acaso você já leu algumas das contribuições da Muriel?
  • Por um acaso Mateus, quais foram ultimamente as tuas contribuições à Wiki? Estas bobagens e comentários infelizes que denotam uma educaçõe falha onde se vê que o que falta, e muito em você é o respeito por aqueles que trabalham num projeto colaborativo sem ganhar nada, além de perder tempo lendo estas besteiras aqui na esplanada.
  • Mateus, se você soubesse o que é realmente lutar por alguma coisa, não ficaria aqui envenenando os ânimos. Porque você não vai ser político? Demonstra ter uma vasta experiência nisto!!!!!

Esta é para os demais: penso, que as bobagens que estão aqui escritas, poderiam se transformar em excelentes artigos. Isto aqui, sinceramente virou um fórum de ofensas pessoais e comentários que nada tem a ver com organização e administração de artigos da Wikipédia. Vamos ter um pingo de vergonha na cara gente!!!! Parem de ficar se degladiando com bobagens, se ofendendo e se envenenando. Se o problema é o Fair Use, e as implicações, digo uma coisa, que ninguém se atreva utilizar qualquer imagem que criei sem meu consentimento explícito, são quarenta anos de pesquisas e trabalho duro. Só isto tenho a dizer sobre Fair Use. E antes de continuar esta discussão boba, leiam o código penal brasileiro, principalmente no que tange sobre direitos autorais.Angeloleithold 14:24, 22 Jun 2005 (UTC)

Angelo: Não vou entrar na questão sendo discutida nesta seção, pois já o fiz acima. Quanto as tuas considerações sobre o fair use: que ninguém se atreva utilizar qualquer imagem que criei sem meu consentimento explícito - se tivesses lido a página de discussão da campanha não precisarias te preocupar com isto. Não é objetivo dos favoráveis ao fair use usar material contra a vontade de seus proprietários - e há proposta de regra sobre isto, basta ir lá e ler. Quanto ao código penal brasileiro, principalmente no que tange sobre direitos autorais, muitas vezes as coisas não são tão duras assim, e a lei permite algumas flexibilizações. Já citei em algum lugar e volto a citar a opinião de um jurista sobre o assunto:

ANGELA BITTENCOURT BRASIL, membro do Ministério Público do Rio de Janeiro, afirma que:

"Temos nos posicionado sempre de forma a entender que realmente as cópias de obras feitas para o uso particular não ferem o direito do autor, eis que são usadas para informações restritas e também que a fiscalização sobre esta atividade é praticamente impossível. As cópias feitas por estudantes e profissionais utilizadas para estudo e pesquisa, a música gravada para o deleite particular, trechos de um livro copiados para alguma atividade intelectual, além de não constituir um delito é de difícil constatação pelas autoridades fiscalizadoras. Além disso tenho como argumento que uma obra que se torna pública e que está disponível de alguma forma para a vista ou ouvidos, torna o autor conhecido, admirado e passível de ser citado ou mesmo ter a sua música difundida."

(segundo o site, tirado de O Napster nos caminhos da legalidade, da própria.)

O que demonsta que a situação não é assim tão dura como tentas colocar na tua mensagem. Campani discusssão 14:34, 22 Jun 2005 (UTC)

Minha última edição na EsplanadaEditar

Essa é minha última edição na Esplanada. A partir de hoje não leio nem edito esta página. Aqui se tornou uma zona de guerra, apenas com ofensas, brigas, gritaria e tentativa de imposição. Atitudes tomadas por ambas as partes do debate do fair use, inclusive mim no calor da discussão. Infelizmente, as pessoas não pecerbem que devem impor limites na forma com se manifestam. Estou criando uma nova página, a Wikipedia:Café. Não é a Wikipedia:Ringue nem a Wikipedia:Tatame, portanto não será lugar para provocações, brigas e gritaria, se alguém quiser fazer isto, peço que o faça aqui na esplanada. Lá estaremos apenas a discutir o projeto de forma construtiva e produtiva, qualquer um que queira isso será bem vindo.

Atenciosamente, gbitten 17:31, 21 Jun 2005 (UTC)

Tens razão. Aqui na Esplanada há mesas e cadeiras para atirar-mos uns aos outros. Lá dentro, no Café podíamos partir a loiça :))) -- Nuno Tavares 17:38, 21 Jun 2005 (UTC)
Louvo o teu desejo de acalmar os ânimos Gbitten. Só temo que a divisão em duas áreas de discussão seja um erro. Já é um fork. Logo logo, crio eu a minha discussão também, na qual só escreverão aqueles que seguirem estas e aquelas regras que EU criar, sob pena de eu reverter as edições e daí não vai haver discussão nenhuma. Lembro que página de discussão é para DISCUSSÃO! Campani discusssão 19:43, 21 Jun 2005 (UTC)
Complemento: Gbitten, gostei da sugestão de leitura sobre como evitar flame war. É bastante significativo que em uma das linhas recomende-se não dizer em uma discussão 7.3 - Alguém deveria fazer um fork!. Sugiro que alguns nesta e em outras discussões futuras evitem dizer isto então, já que isto sempre foi dito em discussões passadas a todos que queiram mudar alguma coisa. Certo? ;) Campani discusssão 19:52, 21 Jun 2005 (UTC)

Gbitten, desculpe-me, mas a criação de um café para conversas construtivas ao mesmo tempo que uma esplanada para as berrarias é uma estupidez. Tanto entram criminosos numa esplanada como num café. Ou vais pôr seguranças à entrada? Detectores de metais? Explica-me. desculpa-me, Gbitten, mas criares tal coisa é uma ofensa grave a todos aqueles que defenderam aqui as suas ideias de forma séria (e por mais que isso te pareça estranho, estou a incluir-me a mim e ao Campani - claro que já tenho mais dúvidas em relação ao FML)... Eu fico ofendido com essa tua acção. Fazeres o que fizeste é, simplesmente, inadmissível. Se fosse por parte do FML, comnpreenderia. Agora, da tua parte, e com a aprovação do NUno, é que a minha alma fica parva. está mesmo tudo doido. Manuel Anastácio 21:40, 21 Jun 2005 (UTC)

Desculpa? A minha aprovação? Era uma ironia Manuel.... eu quero lá saber onde se discute....... -- Nuno Tavares 22:04, 21 Jun 2005 (UTC)

OK... Aliás, apetece-me ir ao café armar barraca... O que é que o Gbitten fará? Censurará as contribuições, os negritos, as maiúsculas, os palavrões?... Manuel Anastácio 22:26, 21 Jun 2005 (UTC)

AcentuaçãoEditar

Já reparei que muitos usuários, eu acima de todos, têm problemas em colocar os acentos todos nas palavras. figado por exemplo aparece como link vermelho, apesar de a página fígado existir. Julgo que seria útil, e eliminaria milhares de links vermelhos, se o software de procura na wikipédia for arranjado de modo a redireccionar quando uma página não existe, para outra com o mesmo nome mais acentos que já existe. Caso se tratassem de coisas diferentes, bastaria fazer uma desambiguação. Tenho a certeza que os benefícios, como menos duplicações de páginas e links vermelhos superariam em muito a pequena incorrecção ortográfica. Salvadorjo 21:39, 21 Jun 2005 (UTC)

Tens dificuldade porquê? Por baixo da caixa de edição está uma lista com todos os caracteres acentuados. -- Nuno Tavares 22:03, 21 Jun 2005 (UTC)

Última contribuição na WikipédiaEditar

Pronto, creio que havia gente a pensar que era bluff! Já não sou burocrata. E deixo, igualmente, de ser usuário. Fiquem bem! Não responderei a mais ninguém a não ser por mail ou por messenger. Proponham alguém para o lugar de burocrata, tal como está estabelecido nas regras! Boa sorte para o projecto. Adeus. Manuel Anastácio 02:56, 22 Jun 2005 (UTC)

Caro Manuel, na vida aprendemos muitas coisas, espero que tenhas aprendido com toda essa situação desagradável que se passa aqui na Wikipedia, tendo se tornado palco de guerra nos ultimos dias. Espero que volte em uma oportunidade futura com suas excelentes contribuições, e que possamos conversar mais adequadamente sobre as questões polêmicas do Fair Use. Abraços, --Mateusc 14:52, 22 Jun 2005 (UTC)

Afinal já não sou pseudo-itelectualóide???Manuel Anastácio 03:22, 25 Jun 2005 (UTC)

Afinal, bastava sair daqui, para passar a ser um excelente contribuidor! É como quando alguém morre! Manuel Anastácio 03:23, 25 Jun 2005 (UTC)

Estou fora tambémEditar

Estou fora desta também, não posso continuar num local onde sequer tenho direito de defesa de acusações infantis como as do Nuno Tavares. Não quero continuar num lugar em que não posso ter o direito de discordar das regras atuais e nem propor mudanças. Quem quiser falar comigo, apenas direto no meu msn: numero56@hotmail.com . Lamento muito, e desculpa aos que prometi aguentar as pressões. Realmente fiquei muito triste com certas atitudes aqui. Obrigado aos que me apoiaram. FML   fui! 03:20, 22 Jun 2005 (UTC)

Tens direito de defesa sim. Sempre tiveste. Se te tivesse querido calar ter-te-ia bloqueado, como todos sabem. O teu manifesto foi ligado com a discussão, e eu respondi-te no preciso local. Como vês, não tenho nada a esconder. -- Nuno Tavares 03:43, 22 Jun 2005 (UTC)
Porque não manter a defesa dele aqui na Esplanada, onde ele justamente está sendo hostilizado e atacado? Nuno, cada vez mais demonstras abuso de administrador e parcialidade em seus atos. --Mateusc 13:44, 22 Jun 2005 (UTC)
Nuno: Não entendi esta. Porque não manter a defesa dele aqui? Um princípio básico da democracia é a igualdade para ataque e defesa. Campani discusssão 14:07, 22 Jun 2005 (UTC)
Estou decepcionado com esta atitude do Nuno, parece-me que o objetivo dele final é atingir o FML, banindo-o e podando todo o tipo de defesa na qual ele tem direito. --Mateusc 14:50, 22 Jun 2005 (UTC)

Entendam como quiserem. cada um destes pontos já foi discutido e censurado por alguém na hora em que aconteceram. Como eu disse no topo, não há necessidade de defesa pois eu apenas constatei factos. A defesa dele, como vocês lhe chamam, não passa da palhaçada da vítimazinha do costume. Se têm dúvidas, vejam aqui.- -- Nuno Tavares 22:17, 22 Jun 2005 (UTC)

TempoEditar

Vamos dar um tempo em tudo...

Vamos escrever alguns artigos e esquecer todas estas votações.

Eu vou beber uma cervejas agora com alguns amigos meus, sugiro o mesmo para todos. --E2m 00:22, 22 Jun 2005 (UTC)

O tempo de ninguém vale esta discussão, mesmo que este ninguém esteja certo. --E2m 00:24, 22 Jun 2005 (UTC)

Concordo com a opção de não se decidir nada agora, nada que altere os procedimentos ou políticas existentes na Wikipédia. Este tipo de decisões requer ponderação com distânciamento dos últimos acontecimentos. Ainda falta muito para voltar a votar o fair use. Não é altura de voltar a argumentar sobre os procedimentos da Wikipédia. Tenho muitas ideias sobre estes assuntos, mas agora não é o momento de expô-las. --OsvaldoGago 15:15, 25 Jun 2005 (UTC)

DesambiguaçõesEditar

Com a azáfama que tem sido com o nosso WikiAtlas, começa-se agora a sentir a necessidade de desambiguar muitíssimas páginas, a arranjar métodos coerentes (ainda que em pequenos subdomínios) de grupos para grupos. Não lanço esta discussão na página devida do projecto pois interessa-me captar maior atenção.

O que se passa é o seguinte: muitas vezes os nomes de condados, províncias, estados, etc etc são dados com base no nome da maior cidade/capital regional, o que implica uma desambiguação nesse termo (assim, como Castelo Branco é freguesia e cidade, capital de distrito e distrito de Portugal). Então a convenção que se tem vindo a usar, até há pouco tempo, seria desambiguar o termo através de um sufixo entre parêntesis, por exemplo Castelo Branco (freguesia). O que acontece é que tem-se visto muitas páginas a aparecer com Condado de XXXX, quando, pela regra, deveria ser XXX (condado) - atenção, também eu já fiz páginas assim. Qualquer uma das práticas tem as suas vantagens e desvantagens, e eu ando mesmo curioso para saber o que vocês acham - chamem-lhe desbloqueador de conversa.. exponho aqui algumas vantagens que já encontrei, na esperança que vocês deixem também a vossa opinião.

Condados de XXX:

(+) Pessoalmente prefiro, de longe, evitando assim os horríveis (e nada práticos) parêntesis - que não passam pela cabeça de ninguém quando chegar a hora de procurar pelos artigos
(-) A categorização não é automática (terá que ser feita com Categoria:AAAA|XXXX, Condado de)
(-) O nome do condado não é "Condado de XXX" mas sim XXX. Os parêntesis são mais evidentes para este caso.

XXX (condado):

(-) Os parêntesis são horríveis - ninguém procura por "Chinatown (Nova York)"
(+) A categoriação é automática;
(+) Os parêntesis são óptimos para evidenciar que se trata de uma desambiguação.

Pois bem, tudo isto tem-se regido pelo senso comum, aliado ao legado dos primórdios da wikipédia, mas creio que se podia definir as coisas - desculpem a burocracia, mas sinto esta desorganização...

Exemplos

  • O projecto de Hidrografia assumiu a segunda regra, em que os artigos sobre rios, lagos e ribeiros, etc passarão a ser redigidos em Rio XXXX - ao invés de XXX (rio) - esteticamente fica bem melhor (+), é simples de linkar (quase se sempre nos referimos ao rio como rio XXXX) (+) mas a verdade é que o nome do rio não é Rio XXX (-) O problema é que há, de facto, rios e cidades que incluem no seu nome o prefixo "Rio" e "Ribeirão".
  • Nos Cantões da Suíça também houve necessidade de desambiguar. Eu mesmo optei pela utilização de Cantão de XXX, mas há, porém, casos em que não é necessário desambiguar. Como é? Fica um redirect de XXXX para Condado de XXX apenas por uma questão de coerência? E porque não XXXX (condado)? O que se passa agora é que uns estão com "Condado de XXX" e outros apenas "XXX"... assim é que acho que não pode ser :S

O que vocês acham? -- Nuno Tavares 23:45, 10 Jun 2005 (UTC)

<offtopic>Com aquela treta toda repetida do fair use agora até dá sono ler as discussões na Esplanada, é quase sempre a mesma coisa :S</offtopic>
Por mim, estou de acordo (I guess). -- Get_It ¤ 00:56, 11 Jun 2005 (UTC)
Palmas para o Nuno!!! Que bom ver um assunto diferente por aqui... Realmente a Esplanada andava soporífera.
Com relação ao assunto, concordo com o Nuno quanto às vantagens e desvantagens de cada opção de desambiguação. Não vejo grandes problemas em que um país seja feito de um jeito e outro de outro. Só não deveriam conviver as duas formas em um mesmo país. Acho que poderia prevalecer a escolha do editor que iniciou a criação dos artigos. -- Clara C. 02:08, 11 Jun 2005 (UTC)

Sempre que se puder, não se devem usar parêntesis - acho ridículo aparecer, como já apareceu, Douro (rio), quando o óbvio é rio Douro... Isso é tão óbvio que nem merece muita conversa. É coisa para unanimidade... Manuel Anastácio 02:44, 11 Jun 2005 (UTC)

Unanimidade estamos à espera que te pronuncies :PPPP -- Nuno Tavares 03:22, 11 Jun 2005 (UTC)

))) Manuel, bem percebo que não vistes esta discussão... -- Clara C. 03:28, 11 Jun 2005 (UTC)

Wikipédia "mínima"Editar

Caros:

Uma possibilidade está martelando a minha cabeça há tempos. A possibilidade de após um esforço concentrado termos a Wikipédia "completa". Quero dizer com isto que ela possua um conjunto de artigos "obrigatórios" bem desenvolvidos. Exemplos de artigos obrigatórios seriam:

etc.

Vejam que estes artigos que citei ainda são esboços ou artigos em desenvolvimento (embora ambos estejam sendo votados para destaque).

Minha proposta é a organização de uma lista, como a que iniciei acima, com artigos "importantes" e um esforço concentrado para "termina-los".

Campani discusssão 14:51, 22 Jun 2005 (UTC)

Complemento: Poderia ser criado um projeto para isto. Campani discusssão 15:00, 22 Jun 2005 (UTC)

--E2m 15:09, 22 Jun 2005 (UTC)

E2m: Obrigado pela informação. Deveria ser mais divulgado para fazermos este esforço de "completar" os artigos. Campani discusssão 16:40, 22 Jun 2005 (UTC)

Concordo com o Campani. Devemos editar todos os artigos em Wikipedia:Lista dos 1000 artigos essenciais propostos internacionalmente! Agil 00:20, 23 Jun 2005 (UTC)
Já coloquei o link nos meus favoritos. me proponho a editar alguma coisa por lá assim que tiver tempo, e lanço o desafio: Vamos "adotar" esta lista (visitando-a com mais frequencia) e que cada um edite pelo menos um destes artigos, que esteja inacabado. Campani discusssão 00:27, 23 Jun 2005 (UTC)
Quem quiser trabalhar em uma lista feita por outros que vá em frente. Quem quiser seguir suas próprias preferências também pode. --E2m 01:32, 23 Jun 2005 (UTC)

FotosEditar

Eu honestamente precisava de dicas de como tornar as fotos com cores mais vivas e vibrantes como vejo fazerem no commons. E, eles fazem com o Photoshop... Tenho o photoshop CS2, mas tenho-o há bem pouco tempo, e nunca trabalhei mto com o photoshop. Só com um software da ureal que vinha com o scanner. Se alguém poder dar dicas, obrigado: queria melhorar cores e aumentar a resolução das imagens reduzindo o tamanho destas.... -Pedro 14:53, 22 Jun 2005 (UTC)

Aumentar a resolução das imagens não aumenta necessáriamente a qualidade. Se não fotografares com uma resolução elevada, não adianta muito aumentares a resolução através de um programa. Mais vale deixar como está. Quanto ás cores cuidado... cores demasiado avivadas por software podem parecer irreais, e deixam de ser documentais, porque são muito diferentes da realidade. No Gimp vais a Tools > Color Tools > neste programa tens uma serie de ferramentas para controlar a cor. --OsvaldoGago 18:40, 22 Jun 2005 (UTC)
  • Não tou a falar em aumentar a resolução em software dessa maneira, mas diminuir a foto para assim parecer com mais qualidade... tou a sacar esse programa da net, mas duvido que seja melhor q o fotoshop, vamos ver tou a sacar o programa, mas está um bocado lento, estou a tirar a 55 KB/s. Tenho visto manipulações engraçadas no commons... --Pedro 19:33, 22 Jun 2005 (UTC)
  • Bom, o meu programa antigo afinal tb faz o mesmo. -Pedro 19:40, 22 Jun 2005 (UTC)
No Photoshop tenta, naquele menu que o Osvaldo sugeriu, a opção Color Curves. Dá um jeitaço :) -- Nuno Tavares 22:31, 22 Jun 2005 (UTC)
  • Já vi essa opção apesar de me ter dado um trabalhão à procura!!!! Ta boa :) danke! -Pedro 00:48, 23 Jun 2005 (UTC)

Categoria eventualmente polémica: Categoria:15 minutos de famaEditar

Olá a todos, No seguimento da discussão do valor enciclopédico de Ruth Lemos, resolvi criar esta categoria: Categoria:15 minutos de fama. Digam de Vossa justiça. Se não for pertinente, apaga-se. Orbigado! Agil 21:34, 22 Jun 2005 (UTC)

Gostei   Esse é o dinamismo da WP!! Já aproveitei e acresci em Andy Warhol. sds jic recado 21:53, 22 Jun 2005 (UTC)
  • Por acaso tb gostei, mas está cheio de gente com 15 minutos de fama. Pode parecer que não, mas é util. LOL. -Pedro 22:23, 22 Jun 2005 (UTC)
Talvez uma lista fosse mais útil e menos polêmica. --E2m 01:35, 23 Jun 2005 (UTC)
Eu adorei! Muriel 09:16, 23 Jun 2005 (UTC)

Apoiado.Angeloleithold 11:02, 23 Jun 2005 (UTC)

Concordo tb! Nero 20:30, 23 Jun 2005 (UTC)
Como este tipo de personalidade tem duração efêmera na mídia, logo sendo esquecidos, uma lista já estaria de bom tamanho. Agora uma categoria, sei não. É para pensar. Gervásio Santana de Freitas 20:41, 23 Jun 2005 (UTC)

Imagens Creative CommonsEditar

Provavelmente vocês já discutiram isso mas, fazer o que? Eu tô a relativamente pouco tempo no projeto. Queria saber se alguma das licensas do creative commons são permitidas na wikipédia. A que só cobra que o nome do autor seja citado, por exemplo. No caso de algumas estarem liberadas, eu aproveito pra pedir que seja feita uma página fixa dizendo quais.Marc Sena 06:18, 23 Jun 2005 (UTC)Marc Sena.

Penso que todas as licenças do Commons estão permitidas na Wikipédia. Quanto ás licenças que exigem que o nome do autor seja citado, coloque o nome (e o respectivo link) na página da imagem. Por exemplo esta página contêm uma imagem. O nome do autor pode ser colocado na página da imagem. --OsvaldoGago 09:14, 23 Jun 2005 (UTC)
Todas as licenças aceitas no Commons são aceitas na Wikipédia:PT. A Creative Commons (CC) tem algumas licenças que são aceitas no Commons, e outras que não o são. As que não são aceitas têm geralmente restrições de uso. Mschlindwein msg 11:00, 23 Jun 2005 (UTC)

Mas existe uma etiqueta própria para elas ou eu uso a da GFDL? Outra coisa, então as que exigem veiculação sob a mesma licença estão excluídas, certo? E imagino que a sampling (que proíbe uso em publicidade somente) também.Marc Sena 05:09, 24 Jun 2005 (UTC)Marc Sena.

As etiquetas do CC estão definidas no Commons, sugiro que carregues tuas imagens lá e utilizes as etiquetas de lá, bem mais numerosas que as nossas. --Mschlindwein msg 00:51, 25 Jun 2005 (UTC)
Se eu não me engano, o Commons aceita todas as licenças 1.0 e 2.0 da Creative Commons, exceto as que contém restrição ao uso comercial ("NC", non-commercial). --Henrique@ 15:56, 24 Jun 2005 (UTC)

O Commons aceita apenas as restrições By e Share alike. Tanto a non-commercial quanto a no derivatives não são aceitas.--gaf discus 00:47, 25 Jun 2005 (UTC)

Erros e correçõesEditar

Amigos, sugiro que não sejam inseridas mensagens nos artigos escritos por outrem do tipo Correção de erros ortográficos, sintaxe, etc, etc, este tipo de atitude além de ser uma deselegância e um esnobismo, não passa mesmo é de uma grande grosseiria e uma tremenda falta de respeito para com o trabalho de outrem.

Muitos daqueles que escrevem na wikipédia, não são doutores na língua portuguesa, muito menos especialistas em ortografia e gramática. Porém, uma imensa maioria tem conhecimentos em outras áreas, e, escreve na Wikipédia com prazer.

Este tipo de observação nas correções nada mais faz do que desestimular autores.

Portanto, sugiro mais uma vez, sempre que vamos fazer algo, pensemos no respeito ao trabalho de outrem, que não recebe nada por este e necessita de estímulos e não grosseirias.

E quando se vê um erro, simplesmente escreva algo como pequenas correções por exemplo... Só assim vamos ver a Wikipédia lusófona crescer. Somente com respeito e parceria é que se consegue a colaboração de todos.Angeloleithold 13:13, 23 Jun 2005 (UTC) Ah sim ias esquecendo, bom dia a todos e um bom trabalho.Angeloleithold 13:15, 23 Jun 2005 (UTC)

Não vejo como é que tal observação possa ser encarada como uma grosseria. Alteração de categoria, ortografia, {{esboço}}, cat, recat, síntaxe, gramática etc, são, na minha opinião, simples descrições objectivas do que foi feito no artigo. Ninguém está a chamar burro a ninguém, acho que é conhecimento de todos os que aqui trabalham que ninguém sabe tudo e que nos vamos complementando uns aos outros com o conhecimento individual de cada um em cada matéria. Ficar ofendido com tais nuances é, a meu ver, demonstrar não estar imbuído do espírito de equipa da Wikipedia. Devia-se estar mais predisposto a encarar com bons modos alterações válidas em artigos e a aprender com elas. Eu pelo menos agradeço a presença de todos aqueles que dominam bem a língua portuguesa e corrigem os meus artigos. Lusitana 13:42, 23 Jun 2005 (UTC)
Subscrevo. Como complemento, todos sabemos que damos erros, até depois de mil revisões a um documento somos capazes de dar erros e pensar "Possa, como escapou esse erro?" - considerar esnobismo eventuais correcções ortográficas dos nossos colegas é esnobismo só por si! Quem é que não sabe que não é perfeito? Narciso :) -- Nuno Tavares 13:47, 23 Jun 2005 (UTC)
Existem maneiras e maneiras de se dizer que fizemos uma correção. Erros todos cometem sim. Me refiro não à informação do erro, mas à meneira de como se o informa. Sempre recebo email's de gente que deixou de colaborar com a Wikipédia pela maneira como foram colocados os avisos de correção. Não me refiro às correções, e sim na maneira grosseira de informá-la. Do lado de cá não existe nenhuma criança, tenho idade e experiência suficiente para chamar a atenção de quem quer que seja quando existe a falta de respeito. E há.Angeloleithold 14:01, 23 Jun 2005 (UTC)

Ah sim, ia esquecendo, quanto à interpretação de que estou ofendido com algo em momento algum disse que estou ofendido. Nunca foi feita tal grosseiria em meus artigos, mas tenho visto muitas.

...Ficar ofendido com tais nuances é, a meu ver, demonstrar não estar imbuído do espírito de equipa da Wikipedia. <<==Portanto, não entendi este comentário. Angeloleithold 14:08, 23 Jun 2005 (UTC) (a Wikipedia baseia-se no espírito de equipa e na alteração constante de uns e outros artigos. Se não se encaram de ânimo leve alterações ou, neste caso, a descrição simples e objectiva da alteração (Jesus), então parece-me que existe uma incompatibilidade insuperável entre o usuário "ofendido" e a Wikipedia.) Lusitana 14:26, 23 Jun 2005 (UTC)

Eu sei que não és tu que estás ofendido. Só não entendo é como é que se pode ficar ofendido com algo deste género (tendo em conta que te referes somente à descrição do género (síntaxe) e não a outros acontecimentos de que não temos conhecimento aqui na Esplanada). Também não entendo qual é a ordem de ideias para usar snobismo em relação a uma descrição tão simples de uma alteração em artigo. Para mim grosseria seria "Sumário: quem é que não sabe como é que se escreve estratosfera, dãh..." ou "Sumário: não lhe ensinaram a escrever?" ou ainda "Sumário: não deviam ser admitidos usuários sem a 4ª classe". "Correcção de ortografia" continua-me a parecer uma observação educada. Talvez até hajam usuários que se ofendam com "pequenas correcções". Ele há gente para tudo! Relaxem :) Lusitana 14:26, 23 Jun 2005 (UTC) Democracia é respeito à opinião alheia, mesmo que se discorde, respeito a tua...fui~..., tenho mais de trezentos jovens de 25 a 35 anos para ensinar, até.Quando tiver tempo volto. Bom trabalho.Angeloleithold 16:54, 23 Jun 2005 (UTC)

Como passo boa parte do meu tempo revisando os artigos escritos pelos outros, considero que o comentário do Angeloleithold dirige-se a mim. Caro Ângelo, se corrijo a ortografia de uma palavra em um artigo não é para mostrar que achei um erro no que escreveste, mas sim por razões diversas:
  1. que quem leia o artigo leia a palavra correta.
  2. o comentário "Ortografia" serve, no meu entender, para indicar de maneira concisa o que foi modificado no artigo a quem estiver controlando o "Recentchanges" ou consultando o histórico do artigo. "Pequenas correções", como sugeres, pode referir-se a correções ortográficas ou de conteúdo (fato não comprovado, data errada, lugar errado, etc.). A palavra "ortografia" indica que o conteúdo não foi modificado.
  3. Outra utilidade é também a de que o autor do artigo, vendo a palavra "ortografia", releia o que escreveu para ver o que foi corrigido e não cometer o mesmo erro novamente. Às vezes se trata de erro de digitação, mas às vezes são erros sistemáticos do mesmo contribuinte.

Resumindo, a idéia é cooperar, e não criticar. Se tenho sido mal interpretado, peço encarecidas desculpas. Abraço, Mschlindwein msg 18:03, 23 Jun 2005 (UTC)

Eu passo alguma parte do tempo que estou na Wikipédia navegando em Especial:Ramdompage primeiro para aprender mais e segundo, para corrigir o que notar de errado ou para padronizar a inserção de predefinições. E, para ser sincero, não costumo nem olhar quem editou o artigo antes de mim, simplesmente edito o artigo e o corrijo, usando a marcação "Ortografia". Parto do princípio de que a Wiki é colaborativa. Se fizerem correções com artigos que trabalhei - e isso já aconteceu algumas vezes, até agradeço, porque alguém viu algum erro que eu não tinha visto. Gervásio Santana de Freitas 20:48, 23 Jun 2005 (UTC)
  • Colocar uma tag de tipo Predefinição:Errosortograficos seria um pouco ofensivo, agora escrever no sumário "ortgrafia" é uma mais valia. Dou imensos erros de sintaxe, gramática e ortografia como toda a gente, a maioria das vezes estou a fazer outras coisas, logo dou muitos mais erros. Precisamos é de mais gente a revisar textos. A mim o que me preocupa, é as pessoas verem um erro e pensarem que é variação da língua e andam em frente... o interessante da wikipédia é cooperar, com a vantagem de serem pessoas de paises diferentes logo com pontos de vista diferentes. --Pedro 21:15, 23 Jun 2005 (UTC)
Quanto mais informativa é a descrição da edição, melhor. Se foi uma correção ortográfica, porque não indicar? Campani discusssão 23:25, 23 Jun 2005 (UTC)
  • acho que o melhor é corrigir. Se for um estranjeiro a aprender português vai se sentir tímido na próxima vez que for a editar ou nem edita mais. Eu acho que devemos apenas corrigir. -Pedro 23:59, 23 Jun 2005 (UTC)
  • viste? dei um erro: estranjeiro em vez de estrangeiro... fora o resto que não reparei.-Pedro 00:40, 25 Jun 2005 (UTC)
Amigos, todos, acreditem, não me referi a ninguém em especial.

Minha abertura neste assunto é função de ter recebido alguns e-mail's reclamando que foi feita correção com esnobismo.

O Marcelo sempre corrige meus artigos, tanto gramatical quanto ortograficamente. Aliás sempre uso-o como exemplo de discrição em suas correções.

Marcelo você é testemunha do quanto eu gosto que você revise os artigos que escrevo, tanto é que já mandei mensagens agradecendo. Desculpem por ter demorado a responder, somente agora pude vir na Esplanada.Angeloleithold 18:01, 25 Jun 2005 (UTC)

Ajuda com os interwikis de categoriasEditar

Pessoal, do jeito que as wikipédias cresceram, acho que fica quase impossível de controlar os interwikis dos artigos. Entretanto, este trabalho fica mais difícil ainda quando nem os interwikis das categorias estão funcionando. Por isso, queria pedir a ajuda de vocês para resolver os problemas relacionados na página Usuário:E2m/temp.

Se lá há uma linha com o seguinte texto: "No other language (11) refers back to" significa que a categoria na pt.wp está sem afluentes em outras wikipédias. Para consertar este problema, basta clicar na categoria, clicar em um dos seus interwikis e colocar um interwiki para a pt.wp na página em outro idioma.

Se o que está escrito na linha é outra coisa, então o problema é bem mais complexo e uma revisão em todas as páginas dos diversos idiomas listados lá é necessária. Conto com a ajuda de alguns! --E2m 16:58, 23 Jun 2005 (UTC)

Caro E2m, é verdade que privilegio os interwikis dos artigos, mas é mais por falta de atenção do que de vontade. Vou tratar de estar mais atento a isso! Abraço, --Mschlindwein msg 18:06, 23 Jun 2005 (UTC)

Posso tentar ajudar. Lusitana 06:52, 24 Jun 2005 (UTC)

Pronto, baralhei... Categorias que aparecem com "No other language (11) refers back to" ou com (5) (2) whatever, já têm afluentes em outras línguas. Quais é que são então para pôr interwikis? E todas as outras cats que surgem nesta página que não têm este tipo de frase são para colocar link em todas as línguas para a pt? Ou algumas destas já estão conferidas? Lusitana 07:12, 24 Jun 2005 (UTC)
Acho que a idéia é que tem link daqui pra lá, mas não de lá pra cá. Então tem que entrar lá, na página da categoria na Wiki-xx, e acrescentar [[pt:Categoria:<nome-da-categoria>]]. Loge | fogo! 16:44, 25 Jun 2005 (UTC)

Tavares vs Pagina de Discussão Nuno2mazEditar

Se sabes ler também sabes entender. Isto sobre a minha página de discussão (Nuno2maz). Há abuso de poder, arbitariedade e imaprcialidade por parte de um administrador em determinado tipo de conduta. Pergunto-vos eu, a todos, e aos administradores em particular: é este o vosso projecto? Onde a tirania e a arrogância de um administrador que tem problemas reais no campo sentimental que o envolvem sentimentos de inveja! Reitero a questão: É este o vosso projecto? Ó Tavares, se queres falar comigo fala-o na cara! Estou em viseu daqui a uns dias! Se quiseres porventura ter o prazer ou o desprazer de me conhecer é só dizer meu caro. Eu cá não tenho receios de te dar a cara e dizer-te de frente aquilo que te digo aqui bro'. Eu não me escondo atrás de um ecran ok?

Política de Proteção

  1. Não edite uma página temporariamente protegida exceto para adicionar um aviso de página
     protegida.
  2. Não proteja uma página com a qual você esteja envolvido (Não estás envolvido??)
  3. Promova e monitore a discussão civilizada sobre os tópicos que causaram a proteção
     (Houve promoção ou monitorização ou foi uma decisão isolada, por conseguinte arbitrária,
     parcial e tirânica.)
  4. Páginas de discussão raramente devem ser protegidas (é a minha página de discussão,
     como tal gostava de a ver limpa, ela é da minha responsabilidade)

--Nuno2maz 18:48, 23 Jun 2005 (UTC)

DON'T FEED THE TROLLS
Vejam a minha página de discussão. -- Clara C. 18:50, 23 Jun 2005 (UTC)

Minha página de discussão está protegida em função deste cidadão a estar querendo apagar sistematicamente, depois de ter escrito lá 9 mensagens com insultos e impropérios, desde ontem (05:39, 22 Jun 2005 (UTC)). Respondi às 2 ou 3 primeiras e - como ele começou a envolver outros usuários - tomei para mim enfrentá-lo. Coloquei a frase DON'T FEED THE TROLLS no pé de sua página e nada mais fiz do que reverter suas tentativas de limpeza desta, como registrado ou como anônimo. O que fazemos agora? Com ele "solto" o vandalismo continuará. -- Clara C. 20:05, 23 Jun 2005 (UTC)

Nuno2maz, acompanhei tudo o que se passou ontem à noite e o que se passou hoje. Acho sinceramente que devias parar e discutir com um copo na cidade de Viseu. E por favor, não quero entrar em discussões. Um abraço! Agil 20:10, 23 Jun 2005 (UTC)

Não seja parva rapariguinha. Quem e que lhe incumbiu o papel de ir mexer no meu espaço de discussão. é Porventura administradora ou algo que se pareça. Quem é você? Cale-se sua coitada. Se não contribui com nenhum artigo para um projecto que vocês querem nobre, a não ser estar a mexer no que os outros fazem, faça como fazem os inúteis: desapareça! Sabe muito bem que entro aqui de qualquer maneira, seja com Nuno2maz ou qualquer outro nick ou ip. Vá aprender a trabalhar com computadores. Se houve alguem que vandalizou alguma coisam, foste tu, e na minha página! Veja-se histórico a este propósito --Nuno2maz 20:17, 23 Jun 2005 (UTC)

És patético, no mínimo. E ainda te auto-intitulas Doutor. Contacto e maneira de me encontrar seguem por e-mail --- que distraído que sou, o meu e-mail está aí, é só clicar em "Contactar usuário"! Mais do que isso, Nuno2maz, só para pessoas a sério. Não tenho medo de homens, quanto mais de criançolas. Ah: o teu alvo no meio disto tudo manda cumprimentos. -- Nuno Tavares 21:35, 23 Jun 2005 (UTC)

Sim Tavares. Não me intitulo, sou Doutor mesmo, com canudo e tudo. Não preciso de cantar a canção do bandido cujo "chorus" é: "sou portador de doença terminal" para engatar uma mulher. Patético eu? Quem será o idiota e o pateta no meio disto tudo? Algum outro administrador daqui que não tu que tenha a bondade de limpar a minha página de usuário e eliminá-la. Get_it esta mensagem é para ti: custaram-te tanto as críticas que te fiz ao teu vergonhoso português? Não tens outra forma de levantá-la sem ajuda que não seja dar block? Aceita as críticas chavalo e, sobretudo, lê uns livrinhos para começares a escrever sem dar erros! NUNO2MAZ

Nuno2maz, para alguém que quer dar lições de língua portuguesa aos outros e se intitula "doutor" cometes muitos erros... Na mensagem acima, dirigida de maneira tão agressiva e deselegante à Clara C., utilizas os pronomes "você" e "tu" no mesmo parágrafo... Essas novelas da Rede Globo têm um efeito terrível no nosso português, não é mesmo? Ainda bem que a Globo não pega na minha televisão... --Mschlindwein msg 18:59, 24 Jun 2005 (UTC)
Nuno2maz, quem não distingue a diferença entre vida privada e wikipédia, está certamente a precisar de um médico. Quanto à tua página pessoal, sugiro aos administradores que não tomem nenhuma medida. O único propósito deste doutor foi expor a vida privada de uma pessoa que o largou (acho que se percebe porquê) e agora está claramente envergonhado com a sua própria atitude. Que lhe sirva de exemplo. -- Nuno Tavares 19:30, 24 Jun 2005 (UTC)

Essa do ser largado é boa!? kkkkkkkkkkkk é lixada a dor de cotovelo meu caro Tavares. Não expus a vida de ninguém. Aprende a ser subtil, não te defendas com contra-ataques medíocres e desprovidos de verdade. Sei mais que aquilo que tu pensas jovem! -- Nuno2maz

Eheheheh, eu sei que sabes :)) A tua subtileza fala por ti :)) Ah! C.&diff=458665&oldid=458649 As tuas contribuições também (como ficou provado pelo próprio Tim Starling) :))) Enfim, as C.&diff=458451&oldid=458437 tuas intenções são mais que evidentes :))) -- Nuno Tavares 21:12, 24 Jun 2005 (UTC)

Mschlindwein, a conversa ainda não chegou às cagadeiras de S. Bento. --Nuno2maz 02:19, 27 Jun 2005 (UTC)


Queres calar-me com blocks? (Seu nome de usuário ou número de IP foi bloqueado por Nuno Tavares.O motivo é: Se assinas pelo Nuno2maz, és bloqueado também. Até daqui a 24 horas)Dá uma ideia do teu nível não é? É isso que vales enquanto administrador? Dás blocks para que eu não possa falar e dizer-te que não passas de um chico esperto e de um merdas. Pergunto aos outros administradores aqui do tasco se isto é procedimento normal, ou a vossa corporação de administradores, a bom exemplo da mediocridade que eram as corporações do antigo regime, ainda é conivente na defesa mútua da sua classe, quando as verdades que são ditas são difíceis de engolir. Não te chega um block para me calares ó otário. Só ainda não vim aqui antes porque tenho que fazer pá. Não ando a coçá-los aqui. Tem vergonha chavalo. Vai trabalhar que viver à custa dos velhos não é ocupação de futuro.


Preciso de um médico dizes tu? Não sou eu que me ando a fazer de coitado a dizer que tenho uma doença terminal para terem pena de mim. És tu que as andas a vender à Sandra (aqui conhecida por Saninha ou 4you, para que se saiba) para ver se a engatas não é? Segundas intenções? Tem vergonha na cara. Não sejas sujo como o foste com ela chavalo. Andares a ver os SMS dela sem autorização é comportamento digno de um "bardamerda". Andar a entrar no PC dela é digno de um canalha e de um criminoso. (para que toda a gente saiba este senhor -> Nuno Tavares <- gosta de andar a bisbilhotar nos pcs das outras pessoas, por isso cuidado com as fotozinhas ou os files aparentemente inocentes que ele vos possa mandar, se é que já não mandou) E não sou eu que entro, foste tu que entraste e que lhe confirmaste. Eu não preciso disso ó meu. EU TENHO-A, sempre a tive e tu chuchas no dedo, enquanto mordes a inveja e o rancor. Se és tu o fulano da doença terminal procura tu um médico. Minhas Contribuições? Lê o "Quid", se é que sabes o que é o Quid, e verás o que é uma enciclopedia. Eu contribuir para uma coisa carregada de erros e corrigida por gente mentecapta (com muitas excepções, evidentemente)?. Quem se vai da "lei da morte libertando" tem obra feita, e não é, nem nunca vai ser nesta wikipedia. Atiras as pedras e não deixas margem para resposta? Isso na vida real, e no trabalho, não dá lá muito resultado, até porque não há blocks. Será que vais arranjar trabalho? Ou tens projectos para ires fazendo disto modo de vida enquanto vais chulando os velhos? Palavra que se não tivesse nada que fazer como tu, procuraria ocupação menos aborrecida do que andar a reverter artigos feitos pelos outros, fazer links e redirects. Procuraria meios mais válidos para me cultivar, como ler um bom livro. Por falar nisso, sabes ler livros? Vai-te curar da doença moço e fala comigo com argumentos. Não queiras ser irónico porque essa ironia está com pouco nível.

"Este utilizado foi bloqueado em 01:04, 24 Jun 2005. Motivos: roubo de passwords, vandalismo, insultos gratuitos" ---> Roubo de passwords? Lololol. A password foi-me dada pela Sandra asno. Eu não preciso de entrar nos pcs das pessoas para conseguir as coisas como tu. Andaste a espiar a vida da moça, seu merdas, enfiado no pc dela! Tem vergonha na puta da cara. Mata-te! Vai lá para as berças de onde vieste otário! Insultos gratuitos? Nada disso, os meus insultos são bem caros. Não te preocupes em dar mais blocks ok? Eles não te adiantam de nada -- Nuno2maz 02:30, 27 Jun 2005 (UTC)

Eu não queria descer ao nível do Senhor Doutor Nuno Tomaz , mas lá terá de ser… Eu cheguei ao meu limite isto já foi longe demais. Senhor Doutor Nuno Tomaz o senhor não me TEM eu não sou de ninguém nem propriedade de ninguém, pois o senhor nem sequer tem nada a ver com a minha vida, as suas palhaçadas não têm piada nenhuma, penso que aqui esta tudo farto das suas conversas desagradáveis e insultos a pessoas que não o insultaram a si, não sei porque se refere da forma que se refere ao Nuno Tavares, se ele está na minha vida é porque eu assim o quero, e o Doutor nada tem com isso. E mais uma coisinha chega de mentiras e se tem tanto para fazer como disse “Só ainda não vim aqui antes porque tenho que fazer pá. Não ando a coçá-los aqui.” , eu diria que afinal sempre anda a “coçá-los”. Não perca tempo aqui uma vez que está farto de demonstrar o seu desinteresse pela wikipédia. Tem sido um desagradável e muito deselegante. Espero que faça uma boa viagem de regresso. Saninha 16:37, 27 Jun 2005 (UTC)

Sr. Nuno Tomaz, professor doutor da Escola de Hotelaria e Turismo do PortoEditar

Já estamos todos fartos de ouvir sobre o tamanho do seu desinteresse pela wikipédia. Também todos enojados com a forma com que trata as pessoas e se refere àquela que diz ser sua "namorada". Por que não segue o seu rumo? Ninguém aqui está interessado na sua pessoa. A direção da escola em que leciona, no entanto, pode interessar-se em conhecer melhor o tipo de pessoa que contrata e a quem entrega a formação de seus alunos. E não me custa nada escrever um e-mail convidando-os a conhecer a wikipédia. -- Clara C. 03:04, 27 Jun 2005 (UTC).

KDE e a Wikipédia Anunciam CooperaçãoEditar

http://dot.kde.org/1119552379/

Para breve, teremos integração on-line e off-line entre a wikipédia e o ambiente KDE (comum em sistemas Unix). Quem já utiliza MacOS e conhece o dashboard, já usufrui dessa integração. --Patrick msg 16:30, 24 Jun 2005 (UTC)

Antes de mais nada, Dashboard do Mac OS X = cópia descarada do Konfabulator, que tem versão para Microsoft Windows e widget para Wikipedia.
Sinceramente, não gosto do KDE porque é cópia lavada do Microsoft Windows trás uma proposta muito deturpada ao Linux e seu objetivo de "substituir" o Windows. Como interface, uso FVWM e Gnome, que são muito mais originais e efetivas para o meu trabalho. --Mateusc 19:45, 24 Jun 2005 (UTC)
KDE and Wikipedia. -- Get_It ¤ 21:38, 24 Jun 2005 (UTC)
Txi! Grande lista eheheh. Conforme forem experimentando, insiram o software em Wikipedia:Software. Já agora, existe um dashboard para GNOME também, não sei se já suporta a wikipédia... -- Nuno Tavares 21:47, 24 Jun 2005 (UTC)

Café das BiomédicasEditar

Oi pessoal, criei o Café das biomédicas (cópia do Café das exatas) para tentar aglutinar o pessoal interessado em desenvolver artigos em regime de multirão -- Abinoam Jr. msg 01:05, 25 Jun 2005 (UTC).

LOLEditar

Bahahahahahahaah! Excelente! Eu não mudo.... -- Nuno Tavares 03:15, 25 Jun 2005 (UTC)

!!!!!!!!!!lol, APOIADO!!!!!!!HUAHUAHUAHUAAngeloleithold 18:01, 25 Jun 2005 (UTC)

Proposta para as WP:PEEditar

Caríssimos, devido ao enorme e confuso espaço que a votação Wikipedia:Páginas para eliminar está a ocupar neste momento, e após várias sugestões, venho aqui apresentar a minha proposta (para discutir, não para votar) sobre um eventual novo método - que não gera (ou minimizará, com certeza) conflitos de edição. A explicação está aqui. Experimentem, testem, e comentem. -- Nuno Tavares 04:52, 25 Jun 2005 (UTC)

ChatEditar

Sei que há várias pessoas a tentar aceder ao chat da pt.wikipédia, a partir do link da página das mudanças recentes e vão dar a um chat que não é aquele que deve ser... Como acontece a várias pessoas, o que é que pode estar a acontecer? Manuel Anastácio 21:59, 25 Jun 2005 (UTC)

Pois é, uma data de gente a querer entrar no chat e a ser redireccionado para um limbo... Será a instituição, finalmente, da panela??? Manuel Anastácio 22:15, 25 Jun 2005 (UTC)

Limbo ? -- Get_It ¤ 22:18, 25 Jun 2005 (UTC)

Limbo é para onde vão as almas que nem vão para o inferno nem para o céu - é um sítio para os duplamente rejeitados. Por exemplo, Get-It, estás no chat, não estás? pois eu, o Corvo, o Henrique away entre outros estamos a tentar entrar no chat (eu estou mesmo só a tentar) e não se consegue... parece um chat normal, chamado pt.wikipédia, mas eu sei mperfeitamente que não é o pt.wikipédia. A prova é que tu deves estar neste momento no pt.wikipédia e nós não te estamos a ver em lado nenhum. Manuel Anastácio 22:25, 25 Jun 2005 (UTC)

Acabei de lá entrar :S
Falso alarme... -- Get_It ¤ 22:28, 25 Jun 2005 (UTC)

Manuel, a instituição da panela designa-se, na gíria técnica, de netsplit, que foi provavelmente o que aconteceu. -- Nuno Tavares 23:50, 25 Jun 2005 (UTC)

SQL Queries at the Portuguese WikipediaEditar

Sorry for writing this announcement in english (I can't Portuguese): You can make yourself from now on SQL Queries at the Portuguese Wikipedia: http://www.wikisign.org --217.162.184.101 21:30, 25 Jun 2005 (UTC)

Tradução: Desculpem escrever este anúncio em inglês (em português não consigo): pode, a partir de agora, submeter consultas SQL à base de dados da Wikipedia lusófona: http://www.wikisign.org

Weeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee :))))))) 'Bora lá traduzir isto -- Nuno Tavares 23:25, 25 Jun 2005 (UTC)
Bah. Não é em tempo real. Só espero que não seja com os dumps pois assim torna-se inútil.... -- Nuno Tavares 23:41, 25 Jun 2005 (UTC)

Atualização de softwareEditar

Alguém sabe alguma coisa sobre o MediaWiki 1.5? Aparentemente o Commons já foi atualizado... Como podemos colocar aquele aviso no topo das páginas?--gaf discus 18:46, 26 Jun 2005 (UTC)

Trato já disso. -- Get_It ¤ 19:05, 26 Jun 2005 (UTC)
Nós já estamos rodando o 1.5 aqui na pt.wiki. Veja Especial:Version. --Henrique@ 19:44, 26 Jun 2005 (UTC)

Não é o 1.4.5?--gaf discus 22:02, 26 Jun 2005 (UTC)

O novo é o 1.5beta1 :) -- Get_It ¤ 22:05, 26 Jun 2005 (UTC)
Opa, me enganei. Desculpem. --Henrique@ 15:45, 27 Jun 2005 (UTC)

Aparentemente, o Meta-Wiki e as Wikipédias vão ser os últimos a migrar pra nova versão. Porém, os Wikcionários e Wikiquotes já foram migrados (uma lista completa dos wikis com o novo programa está aqui). Mas já aviso os administradores que vão ter trabalho: muitos novos textos da interface precisarão ser traduzidos. : ) -- Leuadeque 20:47, 27 Jun 2005 (UTC)

Legal! Posso ajudar a traduzir alguma coisa também? abraço. --FML   oi 20:54, 27 Jun 2005 (UTC)

O que fazemos com isso?Editar

Olá! Gostaria de saber... o que fazemos com isso: corantes. Não entendo nada do assunto, mas alguém deveria opinar a respeito, ou apagamos tudo e fazemos um esboço a partir do artigo ou reciclamos, revisamos, reformamos, ilustramos, dividimos e wikificamos o conteúdo. Só acho que o artigo mais longo da Wikipédia em português não pode ser um verdadeiro lixo (questão de orgulho né, heheheh). Valeu! -- Marcelo-Silva 21:50, 26 Jun 2005 (UTC)

Foi simples. -- Clara C. 22:16, 26 Jun 2005 (UTC)

Eliminação de minha página de usuárioEditar

Em virtude de, no presente momento, não desejar, meu nome vinculado ao projeto da Wikipédia (Português), solicito a eliminação integral de minha página de usuário. Solicito, ainda, se possível e sem transtornos, a eliminação de páginas por mim criadas ou alterações promovidas e consideradas sem relevo por qualquer administrador. Agradecendo, desde já, a gentileza de providências tomadas neste sentido, desejo a todos o empenho na realização de um salutar e fecundo trabalho. --Cláudio Aarão Rangel 13:51, 21 Jun 2005 (UTC)

É simples Cláudio: Basta marcar todo o texto da tua página de usuário com o mouse e pressionar backspace. Pronto! A página vai ficar vazia. Quanto as tuas contribuições nos artigos, não poderás retira-las porque elas foram publicadas por uma licença chamada GNU FDL (veja aqui), a qual concordastes sempre que clicastes no botão "Salvar página". Ela impede que uma contribuição seja tornada não livre após feita. Isto é uma garantia de liberdade, significando que nenhuma contribuição feita na Wikipédia poderá tornar-se "proprietária" depois. Um abraço, Campani discusssão 14:05, 21 Jun 2005 (UTC)

É isso aí... Manuel Anastácio 21:42, 21 Jun 2005 (UTC)

Campani, lendo o que escreveste acima não entendo como podes ser a favor do fair use:

Citação: Campani escreveu: «Ela impede que uma contribuição seja tornada não livre após feita. Isto é uma garantia de liberdade, significando que nenhuma contribuição feita na Wikipédia poderá tornar-se "proprietária" depois» Pelo jeito "depois" não pode, mas "antes" pode, pois com o fair use acrescentas conteúdo proprietário na Wikipédia. Sinceramente, não vejo a coerência da tua posição. Explicas a idéia básica da Wikipédia e és a favor do seu contrário... --Mschlindwein msg 22:57, 21 Jun 2005 (UTC)

Marcelo: Simplesmente porque não vejo conflito entre "fair use" e "liberdade", ao contrário. Se leres as minhas opiniões nas discussões sobre fair use, verás que priorizo sempre o material em domínio público. Fair use deve ser aplicado onde não é possível ter material em domínio público (exemplo existem a exaustão). Quanto ao que disse acima, refere-se a textos, onde, evidentemente não se aplica fair use pois é desnecessário. Campani discusssão 13:32, 22 Jun 2005 (UTC)
Quando se fala de GFDL, não se pode falar de texto ou imagem. A GFDL fala de conteúdo, e os dois compõem o conteúdo. O que é licenciado GFDL é o conteúdo da Wikipédia. --Mschlindwein msg 19:51, 22 Jun 2005 (UTC)
Eu não disse isto. Eu disse que o fair use é desnecessário para textos, pois estes podemos faze-los nós mesmos. Eu conheço a licença e sei que ela se aplica a ambos. Fair use é apenas para imagens que não seriam possiveis de obter de outra forma, e, na nossa proposta, serão devidamente marcadas como fair use. Isto não invalida que as contribuições continuem sendo submetidas pela mesma GFDL como não canso de explicar. Campani discusssão 00:02, 23 Jun 2005 (UTC)
Pois é, então segundo a tua idéia teremos texto em GFDL, imagens em GFDL e algumas imagens em fair use. Pronto: o conteúdo da Wikipédia não é mais GFDL. --Mschlindwein msg 00:12, 23 Jun 2005 (UTC)
Marcelo disse: segundo a tua idéia teremos texto em GFDL, imagens em GFDL e algumas imagens em fair use - Parabéns Marcelo! Foi difícil, mas finalmente entendeste! Marcelo disse: o conteúdo da Wikipédia não é mais GFDL - a Wikipédia não é uma virgem pura e imaculada, cujo Santo Graal é a GFDL e o "fair use" sua maculação. A Wikipédia é uma enciclopédia, e adotar algum tipo de flexibilização no uso de imagens que NÃO possam ser obtidas de outra forma é uma estratégia válida para melhor ilustra-la. Isto NÃO a torna proprietária, portanto ela permanece livre (a não ser que haja uma terceira categoria entre livre e proprietário - o que não há). Mais que isto, mais livre ainda, pois poderemos melhorar seus artigos com mais imagens (como por exemplo de filmes e desenhos em quadrinhos - banda desenhada em PT). Campani discusssão 00:37, 23 Jun 2005 (UTC)

Este discussão entrou no plano do interminável problema de interpretação da palavra free ou LIVRE. Existem diferenças entre livre de código aberto e livre de grátis ou de edição aberta. Carlos, o Marcelo defende "livre" de "código aberto" - de tal forma que se possa pegar na totalidade da wikipédia e adaptar (para bem ou para mal) o seu conteúdo. Efectivamente, com Fair Use isso deixa de ser possível.

Mais, Carlos, a wikipédia é sim uma causa GFDL. O mediawiki também. No entanto, podes pegar no mediawiki e criar uma enciclopédia em esquema Wiki e criar uma wikipédia livre (de livre edição) com fair use, e no entanto ter outra licença que não a GFDL. Mas esta enciclopédia é, quer queiras quer não, GFDL. E esta licença engloba todo o seu conteúdo e, efectivamente, fair use é uma contradição.

Porém, embora pareça óbvio, Fair use iria sim facilitar a "livre edição", já que qualquer pessoa podia ornamentar os seus artigos usando as imagens de qualquer pessoa sem lhe prestar o mínimo crédito. Mas vejamos, Campani, que dirias se eu criasse o artigo Transportador espacial fazendo CORTAR do Ônibus Espacial e COLAR nesse meu artigo, sem sequer usar a linha de sumário? -- Nuno Tavares 00:48, 23 Jun 2005 (UTC)

Não desconheço as diferenças de "free" - gratis - e "free" de "freedom" - livre. Defendo liberdade no segundo sentido, não simplesmente gratuidade - mas também. Veja que num país pobre como o Brasil, a existência de uma enciclopédia "grátis" já é um grande avanço. Livre ainda nem se fala. Minha questão é que alguns, e já respondi isto há pouco, defendem uma visão virginal de liberdade, com o GFDL como uma espécia de altar onde se imolam todos os pecados do mundo. Minha visão é mais pragmática: Sim, eu quero liberdade - "free" não como em "free beer" - mas também quero o melhor que se possa obter grátis. A Wikipédia continua sendo uma enciclopédia, única é verdade, mas uma enciclopédia. Assim, ilustra-la da melhor forma possível sem onerar o projeto deveria ser um objetivo a ser buscado. E para isto o "fair use" pode ser uma ferramenta valiosa, se usado de maneira "comportada" como propomos na campanha. Flexibilizar para algumas imagens a licença delas - e apenas delas - pode ser a única dorma de ter imagens em alguns tipos de artigos que não vou repetir. Isto dará trabalho? Não mais que o que temos já agora tanto verificando as licenças de imagens e textos, quanto revertendo vandalismos e corrigindo erros - muitos deles de difícil correção. Campani discusssão 01:09, 23 Jun 2005 (UTC)
Complemento: Se ainda permanecer a idéia que devemos obter uma enciclopédia 100% livre (sic.) - "livre" usado em um sentido mais restrito, ou seja sem fair use, isto sempre será possível pois todas as imagens fair use estarão marcadas como tal por meio de uma pre-definição, o que possibilitaria o software elimina-las automaticamente para o tal DVD para ser comercializado (sic.). Campani discusssão 01:15, 23 Jun 2005 (UTC)
Complemento2: Mesmo que me embrulhe o estômago em pensar em comercializar a Wikipédia - para isto o último (sic.) Campani discusssão 01:16, 23 Jun 2005 (UTC)
Comercializar aqui significa pagar os custos de fabricação e distribuição. Não se trata de ganhar dinheiro com ela. A título de exemplo, o DVD da WP:DE custa 9,90 Euros. Quanto a "marcar as imagens de maneira cuidadosa", seria bom que os fairusistas dessem o exemplo e começassem a ajudar na tarefa... --Mschlindwein msg 01:29, 23 Jun 2005 (UTC)

Campani, percebes de MediaWiki? Ou querias dizer "existe uma predefinição, por isso não deve ser muito difícil" ? Lá por existir a predefinição, a remoção das imagens tem que ser manual. E a correcção dos artigos (para retirar a Imagem: ) também terá que ser manual. Não sei se me agrada essa postura de "vamos fazer o que quisermos e deixar os outros limpar a sujeira" :/

Não disse isto. Só disse que haveria a possibilidade de fazer isto por software. Por mim o DVD didático para as escolas pode ir com as imagens fair use. É minha opinião que isto não feriria nenhuma lei - desde que não houvesse nenhuma conotação comercial na distribuição. Campani discusssão 10:20, 23 Jun 2005 (UTC)
E quem, ou qual editora, no teu entender, vai pegar o conteúdo da Wikipédia, retirar as imagens fair use, retirar as referências dessas imagens dos artigos onde aparecem, preparar conteúdo do DVD (que não é simplesmente uma cópia da Wikipédia! O DVD alemão tem funções que a edição on-line não tem), gravar o DVD e distribuí-lo de graça? Editoras vivem do que vendem, não de caridade! Caridade fazemos nós, que trabalhamos aqui de graça. Nenhuma editora dar-se-ia todo este trabalho se não recebesse retorno financeiro. Campani, tua afirmação acima (nenhuma conotação comercial) é irrealizável. Mschlindwein msg 11:07, 23 Jun 2005 (UTC)
Minha prioridade é com uma Wikipédia gratuita, não com comercializações. Só enfatizei que haveriam formas de contornar o problema. Não estou propondo isto, mas quem quiser comercializar, que faça. Continuo achando mais importante uma Wikipédia gratuita - o que já temos na internet. Campani discusssão 23:17, 23 Jun 2005 (UTC)
Pois é, mas se te preocupas com a Wikipédia, então deverias te preocupar mais com o que ela e a GFDL garantem: conteúdos livres e a sua livre comercialização. --Mschlindwein msg 13:52, 25 Jun 2005 (UTC)

Citação: Campani escreveu: «a Wikipédia não é uma virgem pura e imaculada, cujo Santo Graal é a GFDL e o "fair use" sua maculação»

Campani, é esse exatamente o meu objetivo. Imaculada em todos os sentidos ela deve ser: sem POV, sem vandalismo, sem informações incorretas e somente com material livre. --Mschlindwein msg 13:52, 25 Jun 2005 (UTC)

Acredito que os usuários contra o fair use o são apenas por motivos dogmáticos. Não consegui ver qualquer base sólida para suas afirmações. É simplesmente trivial eliminar automaticamente qualquer imagem marcada com determinada predefinição, e isto ficará mais fácil ainda na próxima edição da mediawiki. Tenho autoridade para dizer isto, uma vez que sou um experiente analista de sistemas e também estou preparando um portal para criações automaticas de wikis pessoais baseadas na wikimedia, parecido com o wikicity mas totalmente gratuito. A wikipedia em inglês já superou este estágio, e é a mais bem sucedida wikipédia existente, poderíamos aprender com eles. O principal aspecto da liberdade é combater o autoritarismo, e me parece que é uma decisão autoritária de poucos ativistas que mantém o fair-use fora do âmbito da wikipédia em português. Precisamos ter a mente aberta, e quando possuirmos autoridade, exercê-la de maneira minimalista. Sou um ávido participante da wikipedia em inglês, e, para minha surpresa, quando comecei a contribuir para a wikipédia em português fui imediatamente desencorajado não só pela eliminação de uma imagem por mim enviada e que provavelmente era de domínio público, e que na dúvida foi classificada como fair-use, mas principalmente pela forma como isto me foi justificado e pela maneira como fui tratado por tais defensores do banimento do fair-use. Loudenvier 08:10, 30 Jun 2005 (UTC)

Uma vez que a Wikipédia em português é uma enciclopédia totalmente livre, bastará que seja fornecido o acesso ao banco de dados da mesma para que alguém inicie uma biblioteca paralela, que aceita fair-use. Este é um apelo que não poderia ser negado, uma vez que apregoa-se o uso do conteúdo da Wikipedia para qualquer fim. Não deveria também haver qualquer temor quanto a competição que tal paralela enciclopédia pudesse trazer, uma vez que o banimento do fair-use é tão fortemente combatido, deve-se imaginar que seu uso seria negativo para a obra como um todo, não seria? E a bliblioteca assim derivada não teria chances de suplantar a original... Loudenvier 08:10, 30 Jun 2005 (UTC)

Vamos acabar com essa vergonhaEditar

Olha gente, a esplanada tá uma droga, quem entra aqui está sujeito a passar vergonha, ser humilhado e de ter suas idéias desprezadas. Desde que eu iniciei a maldita discussão sobre fair-use tudo por aqui piorou, tudo mesmo, devo admitir que eu jamais imaginei que aquele tópico ía alcançar essas proporções desastrosas. É realmente uma pena ver um projeto tão grandioso ser controlado por gente que não sabe respeitar interesses e posições diferentes. Eu não vim aqui me lamentar, vim aqui fazer a minha parte! A discussão começou por mim, creio que eu deva ser o primeiro a tentar terminá-la, pois bem, a todos aqueles que possam ter se sentido ofendidos por mim nas discussões sobre fair use eu peço as minhas desculpas. Pessoas como o Nuno e o Mschlindwein me decepcionaram muito, muito mesmo, mas nem por isso eu vou ficar xingando eles (embora tenha motivos) ou promovendo a saída deles da Wikipédia só pra encher essa Esplanada de lixo e mais lixo, até porque ninguém é obrigado a se dar bem com todo mundo, a discórdia é natural na sociedade, só que tem seus limites!

Bem... a minha parte eu já fiz, quero ver se alguém mais vai tomar vergonha na cara e mostrar quem realmente é para vir até esse tópico e deixar seu posicionamento a vista da comunidade. O que eu quero é acabar com essa discussão agressiva e prolongada que estamos vendo aqui, alguém tem alguma sugestão para isso? -- Marcelo-Silva 00:54, 27 Jun 2005 (UTC)

É tudo uma reflexão da panela Anti-Fair Use.

Julgava que a guerra já tinha acabado! Por mim, já acabou... Venha o que Deus quiser! Ou o diabo! Manuel Anastácio 00:43, 28 Jun 2005 (UTC)

Proteger páginas a eliminarEditar

Algum administrador por aí? A página de votação das páginas a eliminar está duplicada, a partir deste ponto! -- Clara C. 16:51, 27 Jun 2005 (UTC)

Lixos com categoriasEditar

Caros colegas, Tenho encontrado alguns lixos categorizados e sei que isso é prática de alguns wikipedistas. Queria alertá-los de que acabo de fazer um teste e descobrir que a categoria dá status de artigo ao lixo. Foi por acaso: transformei um lixo categorizado em redirect e o número de artigos caiu em 1. Abraços! -- Clara C. 09:00, 28 Jun 2005 (UTC)

Proteção artigo EspiritismoEditar

Amigos, todos, protegi o artigo Espiritismo até que possamos resolver o que fazer, pois o mesmo tem sido alvo de modificações e inserções de lados opostos além de retirada de informações sem obedecer sequer as mínimnas regras de respeito à opiniões alheias. Sugiro que para desprotegê-loverifiquemos principalmente todos os daos lá escritos, e se for o caso decidamos em conjunto uma maneira de imparcializá-lo de forma que seja equilibrado no sentido da informação sem contaminação ideológica, se possível.Angeloleithold 14:54, 28 Jun 2005 (UTC)

O Usuário:POLOGOSPEL tem a clara intenção de difamar o Espiritismo em suas edições. Acho que ele está no lugar errado e deveria repensar suas reversões. --Mateusc 16:11, 28 Jun 2005 (UTC)
Aqui não é o melhor fórum sobre esse assunto, resolvam vocês dois onde quiserem, por email, cartas, pessoalmente, a socos e pontapés, quem sabe até enchendo os corpos de bombas e se jogando um sobre o outro. Não ponham suas paixões e ideologias na wikipédia, se respeitem e respeitem a paciência dos outros. A lista de discussão do artigo espiritismo daria para escrever uma enciclopédia da barbárie de tantas bobagens que vocês escreveram. Não protegi o artigo por causa de vocês, mas por causa do que vocês tem feito, uns vandalizando as inserções dos outros. Quando chamei a atenção para pararem com o desrespeito, o fiz de forma firme. Porém continuaram tal qual crianças de colo batendo o pé e se jogando no chão. Isto foi falta de uns bons psicotapas nas psicobundas quando eram crianças. Praticar vandalismo, retirar informação, agir de forma preconceituosa e desreipeitosa com a opinião alheia não leva ninguém à lugar algum. Se vocês quiserem acertar suas diferenças religiosas, o façam num campo de batalha. Não na Wikipédia, aqui não é lugar para fundamentalismos, nem fanatismos infantis, de quem quer que seja. Parem com guerra de edição, você Mateus e o Antônio além de outros...

A solução que proponho é deixar o artigo imparcial, mas não vocês dois, e sim aqueles que não tem o fundamentalismo religioso arraigado em seu cerne. Outros wikipedianos mais equilibrados... Paciência tem limites meus jovens, e bancar os troll's (enchendo o saco dos outros) não leva a lugar algum, além de criar confusão e discórdia. No assunto em questão ninguém é dono da verdade, ou aprendem, ou aprendem.

Aquela história de dizer que: determinada religião, ou doutrina ou time de futebol, ou o que o valha é...', ...é coisa nenhuma! Será que vocês não aprenderam a escrever que para deixar imparcial basta inserir antes algo parecido como: "Dizem seus seguidores" que aquela religião é, ou ... "Acreditam os torcedores que" o seu time de futebol é...

É tão difícil assim???, eu sou velho e aprendi!!! O André, os Marcelos (o Reis e o Schilindwein), a Muriel, o Hinkel, o Manuel, o Nuno, e tantos outros amigos que me são muito queridos me ensinaram!!!, Porque vocês que são jovens na flor da idade não aprendem? Problema hormonal? Ora, tenham dó dos leitores!!! Pelo menos se comprometam a tentar deixar imparcial o artigo! Isto é uma grande vitória, ou pelo menos deixem os outros fazê-lo, sem transformar uma guerra de edições. Deu para entender?Angeloleithold 16:44, 28 Jun 2005 (UTC)

Resposta do usuário Usuário:POLOGOSPEL referente às minhas recomendações de como agir na wikipédiaEditar

Vc se acha melhor que outras pessoas aqui na wiki ? Angelo, as suas opniões sobre as minhas opniões são SUAS opniões, ao escrever essas recomendações na discussão do meu usuário, vc colocou a sua opnião sobre meus comentários. Porém vc é idiota ao ponto de achar que é alguem especial ou melhor que outras pessoas no wikipedia, aqui todos são iguais. Portanto esse tipo de ameaça somente poderia partir de um imbecil, que por não aceitar os pontos de vista contrários, se acha no direito de colocar mensagens em meu usuário. Não seja imbecil !!! Tome vergonha na cara !!! Critique minhas posições não a mim, ou em meu usuário, esse tipo de intimidação não irá me fazer mudar a minha opnião, nem minhas discussões, portanto não perca seu tempo. Quem está sendo fundamentalista é vc, pare de ser estúpido e arrogante, vc não é melhor que ninguem aqui no wikipedia, deixe suas arrogancia, petulancia e prepotencia de lado, e pense um pouco, porque um artigo tão controvertido não tem a opção de parcial marcada.(não assinou)

A minha resposta é...sem comentários.Angeloleithold 17:35, 29 Jun 2005 (UTC)
Um usuário que só está disposto a brigar e fazer edições difamatórias e fanáticas, não há muito o que fazer, a não ser reverter até que ele aprenda o conceito de Princípio da Impacialidade e da Consenso da Comunidade aqui na Wikipedia. --Mateusc 18:05, 29 Jun 2005 (UTC)
Para o Usuário:POLOGOSPEL: Sugiro uma leitura atenta sobre o termo Fundamentalismo, ah sim, não somente ler, mas entender o que está escrito no texto e repensar suas intenções na Wikipédia.
Estas são facilmente detectadas aqui nas suas colaborações para o ambiente da Wikipédia. Abraços a todos.Angeloleithold 11:21, 30 Jun 2005 (UTC)

Apelo pela boa educação (principalmente com novos usuários)Editar

Pessoal, principalmente aos mais experientes e também aos administradores, eu sei que há um esforço de alguns em ser bem educado com os outros, principalmente com os novatos, mas o que tenho visto por aí é que muitos perdem a paciência rapidamente e esquecem a boa educação em casa. Venho observando isso (e não só na esplanada mas principalmente nas páginas de discussões) e achava que era um caso ou outro, mas percebi que isso acontece sistematicamente. Faço aqui um apelo pela boa educação, acho que todos somos adultos e estamos querendo colaborar, então não há motivos para tratar com desrespeito ou desprezo quem quer que seja.

Não vou ficar citando nomes aqui, isso aqui é uma mensagem a todos, espero que cada um individualmente coloque a mão na consciência e melhore daqui pra frente. Os novatos são o nosso futuro, e cada um aqui tem o seu potencial e importância, por menor que seja.

Peço a gentileza que façam uma releitura em Wikipedia:Normas de conduta de tempos em tempos, porque alguns se esquecem do que está escrito lá. Eu costumo ler sempre e faz bem à saúde. Queria relembrar alguns pontos importantes:

  • Ser aberto e cordial, não insultar;
  • Tratar os seus colegas produtivos e bem intencionados com respeito e boa vontade;
  • Elogie, especialmente aqueles que não são seus conhecidos (quase todos gostam de saber que o seu

trabalho é apreciado e desejado).

  • Faça com que todos se sintam bem-vindos (até mesmo os participantes antigos; até mesmo os que não lhe agradam).
  • Perdoe.

Alguns me acusam de ser "político" por tratar todo mundo bem, inclusive os que me odeiam. Mas isso não é questão de política, isso é questão de mínima educação e respeito. Todo ser humano sem exceção gosta de ser bem tratado, e ninguém aqui merece nosso ódio e rancor, todos querem receber um elogio e não uma bronca, por menor que seja sua colaboração, e por mais equivocado que a pessoa tenha sido em algum caso. --- Alguns querem ser a polícia da Wikipédia, mas acho que adultos pensantes não precisam de polícia, precisam se entender numa conversa cordial.

Por favor, quero que reflitam nisso seriamente. Por favor: reflitam, reflitam, reflitam, nunca é demais refletir demais.

Se você dá patada num novato, em alguém que pouco colabora ou em alguém que você não se dá bem, você pode achar que isso não é nada, mas isso se transforma numa reação em cadeia. Ao invés dele falar praquele amigo dele que seria o futuro maior colaborador da Wikipédia que o projeto é legal, ele diz que só tem gente chata e arrogante. E por aí vai, é a imagem da casa que está em jogo, é o projeto todo. Cada atitude aqui dentro reflete no projeto como um todo.

Quando eu era novato por aqui, lembro-me da má sensação que tive com alguns. Será que quando você era novato também não sentiu o mesmo? E até hoje alguns me tratam mal, imagine os coitados dos novatos que erram naturalmente bem mais.

Por favor, fica aqui meu último apelo antes de ser bloqueado:

Mais amizade! Mais elogios! Não ataque, perdoe, menos patadas!

um grande abraço a todos! Eu me preocupo porque vocês sabem que eu amo este projeto e cada um de vocês, --FML   oi 20:19, 28 Jun 2005 (UTC)

Por que estou desestimulado?Editar

De início, queria parabenizar a todos pelo excelente padrão do artigo em destaque: Pelotas.


Lendo alguns artigos que foram destaques vejo que em Estilo gótico foram feitas observações por um usuário, solicitando, gentilmente, debate e esclarecimento sobre um assunto que percebeu mal colocado. Corcordo com ele. Mas não recebeu resposta. Até o presente momento não houve manisfestação alguma. Vi que o mesmo usuário introduziu artigos para justificar pequenas alterações. Cada cabeça uma sentença. Talvez tenha alterado pra pior.

Lendo o mesmo artigo, há pouco, deparei-me com o trecho: “Os séculos XI e XII são séculos de mudanças sociais, políticas e económicas que em muito vão fazer despoletar as necessidades de uma expressão artística mais adequada às novas premissas sociais”.

O verbo “despoletar”, usado em Portugal – polêmica e ambigüamente – não é de uso corrente no Brasil, por exemplo. Não constando em dicionários como o Aurélio. Não sou grande especialista, mas, em minha opinião, deva ser revisada a redação da referida informação.

Vi que o usuário em apreço estava desenvolvendo um projeto que não foi bem entendido: Palhaços brasileiros. A intervenção, equivocada e apressada, do usuário André v., deve ter descaracterizado totalmente o projeto que era, segundo entendi, para uma História das Artes Cênicas no Brasil, transformando-o numa mera "lista", e, ainda por cima deixou um comentário indecoroso. Fico imaginando quantos artigos afluentes seriam gerados com tal projeto. Dezenas? Centenas? Só do que já constava alí, o usuário Andre v. confessou que extraira alguns artigos. Isto, sem nada alterar, apenas recortando e colando. Entendi, portanto, a frustração do usuário que iniciara o projeto, pois o mesmo, tentou excluir sua página. Não sendo possível, por informação de Clara C., solicitou auxílio para que seu nome fosse retirado da Wikipédia. Nuno Tavares pediu que esclarecimento do porquê, aqui, e disse que aguardaria a resposta. Haja paciência dos dois!

Sobre outro assunto mas, aproveitando o momento, ainda este usuário, encaminhou a seguinte mensagem à Get_It. O caso deste usuário, portando, está pendente.

Observo, nestes últimos dias, que Clara C. tem trabalhado muito numa esfera que poderíamos chamar “administrativa”. Pensei até que fosse administrador(a), em virtude de algumas atitudes e decisões. Vi que não. Mas, penso deveria ser. Sua atuação tem sido brilhante. Um tanto apressada, diria, em vários momentos. Acho que por excessivo entusiasmo, próprio dos que fazem grandes obras, aliás. Mas, com a devida vênia, Clara C., e na melhor das intenções, poderia evitar imiscuir-se na tomada de decisões mais drásticas, principalmente, pelo fato de ainda não constar no rol dos administradores: seja em relação aos novos colaboradores, que por inadequação ao sistema, podem cometer equívocos, ou em relação aos mais experientes, cujo propósito, às vezes, por falta de tempo, não podem esclarecer de presto. Tais atitudes são desestimulantes. O período que atravessa a Wikipédia portuguesa é de extremismos absurdos. Qualquer um em seus primeiros contactos (contatos) perceberá.

A minha página faz parte de um projeto qua envolve a criação de outras páginas pessoais. Se houver possibilidade de mais de uma pessoa estar usando uma página no mesmo momento e em locais distintos, bastaria uma.

Fato curioso, é que todas tem, isto foi arbitrário, nomes de aves, o que fez com que a administradora Lusitana fizesse o seguinte comentário: Aves de Rapina e C.&action=edit&section=114 este. Isto, após eu ter esboçado uma explicação, que está logo abaixo. Entretando, mesmo assim, as páginas foram encaminhadas para eliminação sem justificativa. Não encontrei fundamentação para eliminação, nas normas, se houver, desculpem-me.

Da forma como estou me sentindo, fico imaginando quantos colaboradores potenciais não desistiram por coisas deste gênero. Já havia, inclusive, dito o seguinte:

Olá Clara C.,

Desculpe a demora.

Citação: Clara C. escreveu: «Não entendi Águia. Me explica? -- Clara C. ☜ 04:15, 26 Jun 2005 (UTC)» e Citação: Clara C. escreveu: «Cada vez entendo menos... Parece que és um "veterano" a mandar mensagens sifradas! -- Clara C. ☜ 06:11, 26 Jun 2005 (UTC)» e Citação: Clara C. escreveu: «Há algum problema de língua? Por que não me respondes? -- Clara C. ☜ 06:38, 26 Jun 2005 (UTC)»

Ao que respondi: Clara C. já tinha em si a resposta e a deu para outro usuário:

Citação: Clara C. escreveu: «...Não é legal entrar em guerras ..., o melhor é se obter a opinião da comunidade .... Um abraço, -- Clara C. ☜ 02:28, 26 Jun 2005 (UTC)»Aqui

Em outras palavras, disse eu, “o melhor, antes, é conhecer a comunidade”. É o que, em suma, estamos tentando. Para isto, é necessário, às vezes, fazer silêncio. Ter cuidado com a língua. Um grande abraço,  --Águia 07:16, 26 Jun 2005 (UTC)

Isto foi uma resposta a Citação--Coruja 06:40, 27 Jun 2005 (UTC)"

Pensei, portanto, mas vejo que me enganei, que estivesse sendo claro!

(minha fala começa aqui --FML   oi 20:45, 28 Jun 2005 (UTC)) Gostaria de saber quem foi que escreveu o texto acima, não ficou muito claro, parece que houve uma mistura de assinaturas. Só posso dizer que o que essa pessoa disse tem muito a ver com meu apelo que abri num tópico anterior. E olha que falamos quase ao mesmo tempo, e eu nem estou por dentro do que foi dito neste tópico.

Vamos com mais calma, menos intolerância, mais amor, menos ignorância... --FML   oi 20:45, 28 Jun 2005 (UTC)


COLEGAS NÃO PRETENDIA VIR À ‘ESPLANADA’ EM VIRTUDE DE TANTO DISPARATE TEM OCORRIDO AQUI.

Já que aqui estou, para expor agora e a todos o ocorrido, contrariado, porque não pretendi jogar lenha em foqueira. Faço, porque tenho duas solicitações: 1 – Em relação ao que considero uma falta de polidez para comigo, um pedido de desculpas por parte dos usuários: Clara C. e Lusitana e ao André v. em relação ao usuário do parágrafo primeiro. 2 – A opinião dos administradores para que em saiba: a) se a minha participação no projeto é bem vinda e, b) saber se eu posso, com tranquilidade, desenvolver meu trabalho. Se disserem não. Nenhuma ofensa. Me retiro, e solicito a qualquer um que possa, providencie a implementação do mesmo que o usuário referido no primeiro parágrafo pediu.

Desde já, me desculpo, pela extensão desde histórico - isto aos que tiveram a extenuante tarefa de lê-lo. Abraços a todos e bom trabalho,--Águia msg 20:22, 28 Jun 2005 (UTC)

Re: Por que estou desestimulado?Editar

Hum?!
Não deu para perceber muito devido às misturas de pt-pt e pt-br. Afinal de contas, qual é a tua língua materna ?
Outra coisa, sou do sexo masculino e não do sexo feminino, por isso esse à foi mal colocado.
Podes explicar melhor esse "projecto" que envolve a criação de outras páginas pessoais ?
Quanto a

«Observo, nestes últimos dias, que Clara C. tem trabalhado muito numa esfera que poderíamos chamar “administrativa”. Pensei até que fosse administrador(a), em virtude de algumas atitudes e decisões. Vi que não. Mas, penso deveria ser. Sua atuação tem sido brilhante. Um tanto apressada, diria, em vários momentos. Acho que por excessivo entusiasmo, próprio dos que fazem grandes obras, aliás. Mas, com a devida vênia, Clara C., e na melhor das intenções, poderia evitar imiscuir-se na tomada de decisões mais drásticas, principalmente, pelo fato de ainda não constar no rol dos administradores: seja em relação aos novos colaboradores, que por inadequação ao sistema, podem cometer equívocos, ou em relação aos mais experientes.»

Mais vale a Clara C. resolver essas questões do que ninguém as resolver.
O principal problema da Wikipédia em português é muito simples: o facto que ninguém se interessar por isto pelo projecto por ser uma mistura de pt-pt e pt-br, levando à falta de contribuidores; e também o facto do pessoal novato perder um monte de tempo em campanhas a favor do fair use, quando só há uma nova votação para o ano.
(só me lembrei agora destas duas)
-- Get_It ¤ 21:41, 28 Jun 2005 (UTC)

Desculpas ao Cláudio e boas vindas em nome de todosEditar

Caro Cláudio, Em nome de todos os amigos da Wikipédia eu me desculpo com você. Nós precisamos de pessoas como você como companheiro de jornada. Qualquer dúvida, orientação não se acanhe em contactar comigo em minha página pessoal.Um abraço.Angeloleithold 20:46, 28 Jun 2005 (UTC)

Vendo e tentando analisar consegui mais ou menos ter uma idéia do que aconteceu. Claudio, tentarei te orientar na edição da wikipédia, ok? O que vi, foi a tentativa de editar artigos e a falta de orientação dos mais experientes. Um abraço.Angeloleithold 20:56, 28 Jun 2005 (UTC)

Cláudio, também peço desculpas em nome dos meus colegas, e no que eu puder ajudar, é só me contactar, pode ser pela página de discussão, pelo msn ou email se quiser. um abraço! --FML   oi 21:12, 28 Jun 2005 (UTC)
FML, quem te deu o direito de pedir "desculpas em nome dos teus colegas"???!! Pede desculpas em teu nome, eu sei escrever e posso pedir desculpas no meu nome, assim como todos os outros colaboradores. Mschlindwein msg 00:31, 29 Jun 2005 (UTC)
Quanta ignorância!--Anônimo 13:05, 30 Jun 2005 (UTC)

Águia, isto também faz parte do teu teste? Não entendi metade do texto, nem entendi onde querias chegar. Tenham paciência de mim?! :S Ora, mas até eu peço isso ahahah! Eu sinceramente concordo que estudes a comunidade, mas era necessário gastar recursos (ou 2)? Se o objectivo é testar o MediaWiki, porque não o instalas, juntamente com a BD ? Já agora, qual é o trabalho que pretendes desenvolver (palavras tuas, no final)? -- Nuno Tavares 23:44, 28 Jun 2005 (UTC)

Não entendeu porque além de boiola é burro também -- Arataca 20:41, 3 Julho 2005 (UTC)

ElectionsEditar

Hello. Voting for the Board of the Wikimedia Foundation has now started. Most Wikimedia projects have announced this in the site notice, but it did not automatically appear on the Portuguese Wikipedia because you already had a message there about MediaWiki 1.5, so please could an admin on this wiki edit MediaWiki:Sitenotice to make this announcement. (see meta:MediaWiki:Sitenotice for an example). Thanks! Angela 07:42, 29 Jun 2005 (UTC)

Confusão internacionalmente categórica...Editar

Ao meu ver, há uma pequena confusão na alocação das categorias de temas internacionais"... Peço ajuda para resolver esse imbróglio.

Em Categoria:Economia há duas subcategorias Categoria:ALCA. Categoria:Relações Internacionais. A Categoria:ALCA deveria deixar de existir, pois ali cabe apenas um artigo, o da própria ALCA.

A categoria Categoria:Relações Internacionais tem uma subcategoria: Categoria:Padrões

Na categoria Categoria:Organizações, há muitos artigos que deveriam estar na subcategoria Categoria:Organizações internacionais ou Categoria:Nações Unidas

A subcategoria Categoria:Patrimônio Mundial da UNESCO deveria estar presente apenas na Categoria:Nações Unidas, e não na Categoria:Relações Internacionais.

O que fazer?

  • Eliminar:
    • Categoria:ALCA
  • Criar:
    • Categoria:Economia Internacional como subcategoria Categoria:Economia. A economia internacional (Comércio exterior, blocos econômicos e afins) é apenas uma parte das relações internacionais.
  • Mover:
    • Categoria:Padrões para Categoria:Economia ou Categoria:Economia Internacional. Prefiro a primeira opção.
    • Categoria:Relações Internacionais para Categoria:Ciências sociais ou para Categoria:Política. A primeira opção é a melhor, pois as relações internacionais atualmente podem ser consideradas um campo científico de estudo separado das ciências políticas
  • Adicionar
    • Assim que for criada a Categoria:Economia Internacional, adicioná-la também como subcategoria da Categoria:Relações Internacionais
  • Discutir
    • Criar uma categoria para blocos econômicos (Alca, UE, Mercosul, Pacto andino, etc...) ou deixar os artigos referentes a esses temas nas categoria Organizações internacionais e/ou Economia Internacional?

Espero não ter esquecido de nada, e obrigado pela ajuda vindoura!

--Ricadito 13:57, 29 Jun 2005 (UTC)

Ricadito: aconselhava-te a colocar esta discussão no café dos categorizadores... Mas creio que tu mesmo podes fazer algumas das alterações que indicaste sem precisar do aval de ninguém, ou quase: a Categoria:ALCA pode ser proposta por ti para eliminação, nas páginas a eliminar; quanto ao resto, parece-me coerente. Manuel Anastácio 00:39, 30 Jun 2005 (UTC)

Proteção em Wikipedia:Pedidos de burocrataEditar

Já escrevi na discussão da página em questão e já pedi esclarecimentos a um administrador, sobre a proteção desta página. E não obtive resposta. Alguém pode me esclarecer? -- Clara C. 05:35, 30 Jun 2005 (UTC)

A página estava protegida? :S Manuel Anastácio 06:50, 30 Jun 2005 (UTC)

Estava. Não consegui descobrir quem a protegeu. O E2m a desprotegeu, há poucos minutos atrás. -- Clara C. 06:57, 30 Jun 2005 (UTC)

O Gbiten protegeu em 25 de janeiro com o motivo "votação encerrada". --Henrique@ 15:47, 30 Jun 2005 (UTC)

HagiónimosEditar

Caros colegas da wiki.pt.

Tenho andado ultimamente a lidar com os santos que temos por aqui na nossa casa, e noto não haver uma grande coerência com os títulos que são atribuídos aos artigos em causa. Por isso, proponho o seguinte, procurando manter, sempre que possível, o princípio da imparcialidade:

Que acham?

Talvez seja apenas lana caprina, mas acho importante que se defina isto.

--André 15:07, 28 Mai 2005 (UTC)

Concordo. -- Get_It ¤ 03:55, 15 Jun 2005 (UTC)

OlímpiadasEditar

Proponho a criação de um templete para os artigos sobre as Olímpiadas, baseado no templete de wp:en. Oraculo 15:03, 17 Jun 2005 (UTC)

Nova predefiniçãoEditar

Tendo em vista uma discussão muito acalorada aqui nesta esplanada sobre uso de imagens, etc. pesquisei muito sobre o assunto e resolvi criar uma nova predefinição, a CopyrightGFDLnote (em [13]) e já marquei algumas imagens como pode ser visto em Predefinição:CopyrightGFDLnote. Espero a colaboração de todos na marcação correta das imagens.

Descrição do uso: Mensagem de direitos autorais a ser colocada junto às imagens produzidas pelo próprio usuário ou que estejam ao abrigo da Licença de Documentação Livre GNU nos seguintes casos: fotos de objetos/paisagens com logomarca(s) em detalhe(s), personagens e marcas em baixa resolução, fotos de obras em baixa resolução, fotos de artista etc. Inclui automaticamente a categoria Categoria:Imagens GFDL e a Categoria:Imagens GFDL (com observação).

Andrews Goulart de Andrade 21:01, 25 Jun 2005 (UTC)

Meu Deus... eu até gostei, mas isso aí vai dar tanta controvérsia ainda que eu não quero nem ver. Hehehe, pra falar a verdade até parece um fair-use disfarçado. Mas valeu, essa predefinição vai ser muito útil! -- Marcelo-Silva 22:54, 25 Jun 2005 (UTC)
Marcelo-Silva, pela primeira vez sou obrigado a concordar contigo! Isso é um fair use disfarçado. Aliás, o Usuário:Andrews Goulart de Andrade começou a colocar sua nova predefinição nas imagens sem aguardar a discussão na Esplanada. Caro Andrews, isso não se faz, pelo menos para assuntos polêmicos. Por isso as reversões. --Mschlindwein msg 02:17, 26 Jun 2005 (UTC)

Dúvida: esta predefinição, por acaso, não se aplicaria a este caso (Image:Mcdonalds_martinstor_freiburg.jpg)? Talvez ela seja desnecessária, mas parece que não é de fato um "fair-use", pois quem cria a imagem não está diretamente violando direitos autorais.--gaf discus 02:26, 26 Jun 2005 (UTC)

Calma pessoal, não há polêmica nenhuma nisso, vocês que estão querendo achar pêlo em ovo. Isso está totalmente de acordo com a licença livre da Wikipédia e o GNU. Eu não mandei nenhuma imagem nova, apenas remarquei algumas que já estavam aí. A observação acrescentada nas predefinições é extremamente necessária, já que algumas instituições ou pessoas podem reclamar. Peço que discutam antes de reverter, porque colaborei de boa fé. Andrews Goulart de Andrade 03:21, 26 Jun 2005 (UTC)
Por favor, vejam Categoria:Imagens GFDL (com observação) e Categoria:Imagens domínio público (com observação), é exatamente o caso que o Gaf.arq falou. Como podem ver, imagens assim estão até no Commons. Inclusive, percebi que por lá existem discussões nesse rumo, e também vou propor algo parecido por lá. Andrews Goulart de Andrade 03:25, 26 Jun 2005 (UTC)
É extremamente lamentável que tenham revertido as imagens, não terei o trabalhão de ajudar de novo. Infelizmente tenho família para cuidar. até logo Andrews Goulart de Andrade 03:30, 26 Jun 2005 (UTC)
Infelizmente? -- Nuno Tavares 04:23, 26 Jun 2005 (UTC)
  Claro que é felizmente! Mas ficou implícito: "infelizmente (não tenho tempo para trabalhar de graça e) tenho família para cuidar". Andrews Goulart de Andrade 07:25, 26 Jun 2005 (UTC)

Citação: Andrews Goulart de Andrade escreveu: «Peço que discutam antes de reverter, porque colaborei de boa fé.»

E eu peço que discutam antes de saírem colocando novas predefinições em imagens. Também reverti de boa fé, e também tenho família para cuidar. Aliás, acabamos os dois desperdiçando tempo valioso, uma discussão prévia teria levado menos tempo. Mschlindwein msg 16:10, 27 Jun 2005 (UTC)

Viram como até a discussão ajuda a wikipédia?   -- Nuno Tavares 03:07, 29 Jun 2005 (UTC)

link EsplanadaEditar

Alô, algum Administrador. Que tal introduzir o link Esplanada no quadro navegação, logo abaixo do logo wikipédia, como o há no wikicionário?

Por falar em esplanada, ao ler o passado, aqui e outras discussões, fiquei aparvalhado com o nível. Permitam-me o comentário. Pensei comigo: Será que estou realmente em uma enciclopédia virtual ou caí em uma sala de discussões de um bordel ? Onde estão os Princípios de Etiqueta e as Normas de Conduta ? Vi posições extremamente personalistas, indicações de quem anda com quem, comentários xenofóbicos explícitos. Dois exemplos:

1. Sou brasileiro meu filho, não titubeio frente a vossa culturazinha maniqueista e opressora.

2. ...o facto de algo ser brasileiro em termos de internet desvaloriza-o um bocado.

A medrar tais esbordoamentos nas hostes wiki, será melhor mandar a lusofonia àquele lugar e proibir a entrada de brasileiros na pt.wikipédia e talvez criar uma br.wikipédia. Assim, cada um poderá contar suas 'piada de português' e 'piada de brasileiro' à vontade, entre outras coisas. É verdade que baixaria também pode ser cultura, e antecipo que não sou falso moralista mas, tudo isso levou-me a pensar seriamente: Será que fiz bem em unir-me ao projeto ? Este é sério ? Saudações [[Usuário:Magu|magu ]] 16:48, 28 Jun 2005 (UTC)

Quero também apagar a impressão de má educação e agradecer aqui as boas-vindas do Joaotg. Eu o fiz anteriormente mas, não sei onde foi parar. Uma pena, porque lá comentei a beleza da lembrança do escrito de Tchecov (na grafia brasileira) na página de usuário dele. E aproveito para perguntar a quem sabe. Copiei minhas preferências do wikicionário mas, aqui na wikipédia, ficou em vermelho.[[Usuário:Magu|magu ]] 16:51, 28 Jun 2005 (UTC)

A esplanada não é tão importante assim. --E2m 02:49, 29 Jun 2005 (UTC)

Magu, não entendi o segundo parágrafo. Quanto ao primeiro, só tenho a dizer: o projecto é sério, mas ultimamente encontra-se sobrepovoado de gente a tentar desvirtuá-lo... não podemos sentir-nos responsáveis pela existência destes indivíduos, afinal, eles também existem na vida real, certo? É preciso é ter a cabecinha no lugar e separar o trigo do joio. Lá por este ser um meio virtual, creio que muita gente se esconde atrás disso para poder fazer coisas que não teria coragem de assumir de outra forma. Ou então é pura negligência descarada, mas enfim. Quem sou eu, para dar lições de moral... Já agora, Tchecov não existe... -- Nuno Tavares 03:03, 29 Jun 2005 (UTC)
Acho que se está a referir a Anton Paolovitch Tchekhov :>
Daqui a nada Tchecov leva com desambiguação. -- Get_It ¤ 03:06, 29 Jun 2005 (UTC)


Vamos por partes, como diria o esquartejador !

Ao E2m: Pode até ser que a esplanada não seja importante. Mas foi ao conteúdo que as pessoas escreveram que me causaram surpresa, por demonstrar cabalmente o nível...

Ao Nuno: Quando me registrei, recebi as boas-vindas do Joaotg, numa página que dizia Usuário Discussão Magu. Cliquei editar, agradeci e comentei acerca do conteúdo da página de usuário do Joaotg. Cliquei salvar. Nunca mais achei o agradecimento e o comentário. Era ao que me referia. Quanto ao seu comentário que 'Já agora, Tchecov não existe...' usei a forma como ele é mais conhecido no Brasil (vide http://www.releituras.com/atchecov_menu.asp http://educaterra.terra.com.br/literatura/temadomes/2003/10/07/003.htm http://www.olharliterario.hpg.ig.com.br/tchecov.thm) pelo fato deste espaço ser mais coloquial e não precisar usar preciosismo, vez que também se usa Checov e o Joaotg refere-se a ele como Cechov, linkado. De qualquer forma, todos sabemos a quem nos referimos e não pretendo criar uma discussão sobre o assunto.

Ao Get_It: Sim. Estava a me referir ao Pavlovitch. Ainda não sabia exatamente o que era desambiguação, apenas percebendo ser termo derivado de ambíguo. Não acredito ser caso de ambigüidade. Mas seria útil que qualquer forma de grafar o nome em referências em verbetes fosse com link ao nome correto, seria. Finalmente, se algum de vocês é administrador, por favor, veja a possibilidade de atender o pedido lá na primeira frase do dia 28. Saudações a todosmagu 17:47, 29 Jun 2005 (UTC)

BibliografiasEditar

Há alguma forma padrão para apresentar bibliografias no artigos?

Proponho a seguinte forma (é a norma portuguesa - se o colegas brasileiros tiverem outra, podemos conseguir criar uma fórmula intermédia). Agradeço comentários (o resultado deverá ser incluído no livro de estilo):

APELIDO DO AUTOR, primeiros nomes do autor. Título do livro: subtítulo. Edição [só apartir da 2. ª]. Local de edição: Editor, Data.

Assim, para um livro fictício, dado apenas como exemplo, ficaria:


  • FERNANDES, Félix Agostinho, et al; Ervas daninhas portuguesas: breve introdução; 5.ª Edição; Aveiro; Editorial Gôndola; 1987.

o et al é para quando existem outros autores que não são mencionados, mas também pode ser utilizada a fórmula "e outros" ou "entre outros".

Reparem que prefiro, para separar as secções, usar o ponto e vírgula, em vez de apenas vírgula, excepto entre o apelido e o resto do nome...

Ah: e nunca esquecer o asterisco antes da referência - na Wikipédia fica melhor.

Gostaria de ouvir a vossa opinião sobre a formatação da mesma: o que é que deve ficar a negrito, a itálico, etc... Seria interessante também pensar no que se deve fazer no caso de indicação de sites (não seria útil incluir a data em que foi acedido?), bem como para outros suportes de informação, como artigos de revistas e jornais, documentários, etc... Se ninguém responder nos próximos sete dias a esta proposta, colocarei mesmo a minha no livro de estilo. Manuel Anastácio 00:39, 30 Jun 2005 (UTC)

Acho bem :> -- Get_It ¤ 00:42, 30 Jun 2005 (UTC)

O "et al" só pode ser usado se existirem mais de três autores. Neste caso, apenas o primeiro é citado (na minha interpretação). Eu prefiro os nomes por extenso da maneira normal, como "Félix Agostinho Fernandes", pois há muita discussão sobre o que é apelido e o que não é. Também não uso vírgula antes do et al. Uso dois pontos entre a cidade e a editora e vírgula entre a editora e o ano. O subtítulo não fica em negrito (ou itálico), apenas o título. Depois do título e antes da edição, ponto. Depois da edição, também ponto. Isso tudo para livros, para periódicos muda um pouco. --E2m 01:02, 30 Jun 2005 (UTC)

No Brasil costuma-se adotar o padrão ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Apesar de já ter realizado alguns trabalhos nos quais estas normas eram exigidas, não sou uma especialista no assunto. Mas acho que, se alguma mescla de padrões deva ser adotada, que seja entre a de países e não a de pessoas. Não estou, com isso negando o E2m. Na verdade, não sei se o que ele sugeriu é o que a ABNT normatiza ou não. Não lembro mais. -- Clara C. 01:29, 30 Jun 2005 (UTC)
Clara C.: O padrão da ABNT é reconhecidamente "bizonho" e, muitas vezes, imprático. O tipo de citação feita em artigos internacionais é bem mais interessante na minha opinião. Campani discusssão 02:11, 30 Jun 2005 (UTC)
"Reconhecidamente"? Por quem? Eu lembro que, quando os ossos do ofício me obrigaram a utilizá-lo, considerei que algumas coisas poderiam ser melhor resolvidas, como títulos de tabelas na base e não no topo (como eu prefiro). Mas, para citações bibliográficas, não sei porque seriam regras "bizonhas"... E, se não fosse por isso, julgo que qualquer regra definida e regularmente aceita (pelo serviço público, por exemplo) tem mais legitimidade que aquilo que eu possa inventar, ao meu bel-prazer. -- Clara C. 02:52, 30 Jun 2005 (UTC)
Reconhecidamente por qualquer pessoa que já a tenha usado. Basta citar a "bizonhice" mais visível: os títulos em negrito (bold), quando o mais racional seria "suavizar" o texto usando itálico. Campani discusssão 16:42, 30 Jun 2005 (UTC)
A questão é que cada serviço público determina suas próprias regras bisonhas da ABNT. Uma bisonhice só. Nunca li as normas ISO, que parecem ser mais razoáveis. Lembrem que todas estas normas são vendidas. Talvez o ideal seria usar umas normas livres também, assim todos poderiam ter acesso. --E2m 06:23, 30 Jun 2005 (UTC)
Citação: E2m escreveu: «A questão é que cada serviço público determina suas próprias regras bisonhas da ABNT.»

Olha que estou a tentar entender do que você está falando... Mas não consigo. Trabalho em consultoria ao serviço público há 15 anos e nunca vi algo semelhante a isto. Cada serviço público? Estava-me a referir ao serviço público, em geral. O que é "cada serviço público"? -- Clara C. 06:38, 30 Jun 2005 (UTC)

Cada universidade, cada instituto, etc... Além disso, cada instituição particular também escolhe a sua norma ABNT mais bisonhamente adequada. --E2m 06:41, 30 Jun 2005 (UTC)
Na UFRGS, onde recentemente defendi tese de doutorado, eles também "adaptam" a ABNT e publicam um conjunto de normas baseadas nela, "bisonhas" diga-se de passagem. Campani discusssão 16:42, 30 Jun 2005 (UTC)
Manuel, a tua proposta parece-me boa. Também relativamente aos links externos me parece importante referir a data de acesso. Também já tinha andado a pensar sobre isso visto alguns links entretanto já terem deixado de funcionar. O facto de passarem a ter datas pode tornar mais fácil a escolha de links que, passado algum tempo, já se possam conferir. Lusitana 06:49, 30 Jun 2005 (UTC)

PropostaEditar

da secção geral


Dados os problemas que têm surgido, eu sugiro a adopção de regras que evitem problemas futuros. Proponho à discussão, mas não à votação, as regras seguintes:

  • Recém chegados não podem propor votações. Só usuários com mais de 3 meses (6 meses) podem propôr votações.
  • Recém chegados não podem editar páginas que contenham as regras da wikipedia.
  • Votações não podem ser repetidas num prazo de 3 meses (6 meses, 1 ano, o que for considerado adequado).
  • regras mais restritivas em relação ao uso de bots. Em princípio, os bots só deviam ser utilizados em situações padronizadas.
  • regras claras que prevejam em que situações um usuário pode ser expulso ou suspenso.
  • Alguns princípios da wikipédia são inegociáveis e não podem ser votados:
    • a wikipédia é uma enciclopédia
    • a wikipédia está sob GFDL
    • a wikipédia obedece ao Princípio da Imparcialidade
    • a wikipédia é neutra em relação às versões da língua portuguesa.
    • cópia de texto com direitos de autor está proíbida (excepto citações)
  • recém chegados não podem propôr nem votar administradores (menos de 3 meses, 2 meses ? 1 mês?) (evita falsificação das votações; evita que as pessoas votem em administradores que não conhecem. novo
  • Sockpuppets devem ser proíbidos de votar/editar namespace wikipedia (isto é possível tecnicamente?). novo

JoaoMiranda 00:09, 22 Jun 2005 (UTC)

  • João estou de acordo contigo. Isto virou uma balburdia completa nem parece de gente que edita uma enciclopédia. Basta ver a secção anterior a esta (o contra-ataque). -Pedro 00:31, 22 Jun 2005 (UTC)

São exactamente esses os valores que defendo. São exactamente esses os valores que estão a ser atacados - o GFDL, a luta contra o preconceito linguístico (e não só)... Quanto às primeiras propostas, acho que convém definir também uma quantidade mínima de edições válidas... Mas isso será uma discussão longa. O melhor é discutir uma coisa de cada vez. Manuel Anastácio 00:46, 22 Jun 2005 (UTC) a wikipedia inglesa bane pessoas xenofobas que ataquem parte da comunidade: quer por alteração de texto intensional e permanente de para uma variedade diferente de inglês como para mensagens insultuosas e preconceituosas. xenofobia não deve ter lugar na wikipédia: Basta ver a mensagem do mateus acima. Além da falta de respeito que teve com a Muriel.--Pedro 00:57, 22 Jun 2005 (UTC)

  • Por ultimo acho que os administradores que estão a par desta situação devem resolver o que se está a passar nesta página. Se são administradores é para alguma coisa, e têm que zelar pelo correcto funcionamento da wiki. O que não está a acontecer neste momento com a confusão da esplanada. Algo que divide e confronta os participantes é muito negativo para um projecto comunitário e de edição conjunta. --Pedro 01:00, 22 Jun 2005 (UTC)

Não entendi a que te referes exactamente. O que é que se está a passar nesta página? -- Nuno Tavares 01:09, 22 Jun 2005 (UTC)

    • Basta ver os fantasticos contributos do mateus, na secção anterior, a quele ele chama de defesa.--Pedro 11:37, 22 Jun 2005 (UTC)
João: Não consegui entender bem como se negociaria o fato da Wikipédia ser uma enciclopédia e a questão da GFDL. Não há necessidade de dizer que isto é inegociável, porque é inegociável. Campani discusssão 13:41, 22 Jun 2005 (UTC)
Campani,
uma das formas de negovial a GFDL é através de uma pressão para instituir o fair use.
JoaoMiranda 15:42, 22 Jun 2005 (UTC)
NÂO! Isto não é verdade. Adoção do Fair use na PT.Wikipédia NÂO interfere na licença GFDL. Senão a EN.Wikipédia não seria GFDL, pois lá se adota o Fair use! Uma coisa não tem a ver com a outra. A Wikipédia continuaria livre e regida pela mesma licença com o fair use. Campani discusssão 16:29, 22 Jun 2005 (UTC)
Campani, explica-me como uma imagem pode ser ao mesmo tempo fair use e GFDL. Se não pode, não são compatíveis. Se não são compatíveis, e GFDL é inegociável, então esquece o fair use. --Mschlindwein msg 19:56, 22 Jun 2005 (UTC)
Já respondi acima. A Wikipédia continua GFDL, mas ALGUMAS imagens seriam usadas pelo fair use. Apenas as que não são possveis de obter de outra forma. Só isto. Se a adoção de um fair use sensato como pretendemos na nossa campanha representa o fim do GFDL e da Wikipédia, como os senhores explicam a EN.Wikipédia? Campani discusssão 00:14, 23 Jun 2005 (UTC)
  • Lá se adopta o fair use porque nos EUA existe fair use, o que não é o nosso caso. ---Pedro 20:44, 22 Jun 2005 (UTC)
Já repeti várias vezes, e não me cansarei, que a estrutura jurídica do Brasil (não conheço a de Portugal) não é tão "tacanha" assim. Já citei a opinião de uma jurista sobre um assunto semelhante, em que a opinião é favorável a um uso da informação de forma mais flexível para fins educacionais. Alguém aqui é jurista para contrapor? Quando falamos nós de "fair use" não pretendemos adotar a lei estadunidense, pois burros não somos. Usamos a expressão "fair use" para designar este uso mais flexível de imagens que de outra forma não seriam possíveis de serem usadas na Wikipédia. Ancoramos nossa idéia na concepção que a própria jurista defende que, para uso educacional, alguns direitos podem ser flexibilizados. Esta idéia de flexibilizar direitos não é dem todo estranha na estrutura jurídica, pois a própria OMC prevê diversas situações em que o direito industrial pode ser parcialmente/temporariamente flexibilizado. Se aos senhores não agrada a expressão "fair use", podem se referir a idéia como "uso flexível". Não importa como a chamem, importa é o conceito. Campani discusssão 00:14, 23 Jun 2005 (UTC)
Campani, quando é que vais entender que a questão não é uso educacional ou flexível? A questão é GFDL, a questão é uma enciclopédia inteiramente livre! Todo mundo sabe o que é uso educacional, mas não sei se a tua jurista sabe o que diz a GFDL. Explicaste para ela o que é? Disseste para ela que o conteúdo da Wikipédia é gerido pela GFDL? Disseste que a GFDL garante que qualquer um possa usar o material até para fins comerciais? Pergunta para ela se podemos ter fair use e continuar garantido um conteúdo inteiramente livre. A resposta é clara: não. A WP:EN não é mais livre, pois não se pode passá-la para um suporte físico e vendê-la, como prevê a GFDL. Por isso, com imagens fair use a Wikipédia não pode garantir o que exige a GFDL, e por isso não pode mais ser GFDL. A Wikipédia não pode ser meio livre! Ou é, ou não é. --Mschlindwein msg 01:00, 23 Jun 2005 (UTC)
Marcelo disse: com imagens fair use a Wikipédia não pode garantir o que exige a GFDL, e por isso não pode mais ser GFDL. A Wikipédia não pode ser meio livre! Ou é, ou não é. - O conceito de "livre" muda de pessoa para pessoa. Na EN.Wikipédia, onde o fair use é aceito, isto é considerado "livre", basta ver que na página de abertura da EN.Wikipédia está escrito Welcome to Wikipedia, the free-content encyclopedia. Tu podes achar que com fair use não existe mais liberdade, mas milhares/milhões na EN.Wikipédia não concordam contigo. Campani discusssão 23:22, 23 Jun 2005 (UTC)
O fair use é uma lei americana, e a Wikimédia Foundation, dona da Wikipédia, é uma fundação americana (embora receba colaborações de vários países, como o Brasil e Portugal), ou seja está dentro da lei do país deles, e estando dentro da lei seu uso é livre, isso mesmo: LIVRE. Se a Wikipédia em português fosse processada pelo uso de imagens isso recairía para a Wikimédia Foundation que é americana, repito, e nos Estados Unidos o fair use é lei (evidentemente a Wikimedia venceria o processo). Portanto não vamos ficar olhando a lei de cada país lusófono pra ver se aceita imagens com copyright porque a Wikipédia pertence a uma fundação americana, onde o fair-use é lei. Não canso de repetir, a Wikipédia pode receber colaborações do mundo inteiro que continuará pertencendo a uma fundação americana!!! (Obs: Vou voltar a usar esse texto posteriormente) -- Marcelo-Silva 16:30, 29 Jun 2005 (UTC)

Eu acho a proposta do João interessante. Gosto da ideia de fazer uma espécie de manifesto de princípios e intenções, tipo Carta dos Direitos da Wikipédia. No entanto, acho que essa discussão, para ser produtiva, não pode ser feita agora por razões óbvias... Muriel 09:41, 23 Jun 2005 (UTC)