Abrir menu principal

Wikipédia:Esplanada/Arquivo/2007/Novembro

Nuvola apps ark.png
Arquivos da Esplanada

Índice

AnúnciosEditar

vídeoEditar

Encontrei ontem um vídeo interessante no Youtube, uma entrevista ao Rui Silva feita pelo Fuzheado (Andrew Lih, o criador do podcast Wikipedia Weekly) aquando do Wikimania 2005. o link é: www.youtube.com/watch?v=bz8EPpYlmzU --Waldir msg 00h42min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)

Muito bom, parabéns ao Rui! --Lipe λ FML 18h54min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)

Ah: já agora! O JLCA enviou-me uma gravação da entrevista que dei na TSF... Se alguém estiver interessado (eu confesso que não consegui ouvir muito... eheh) eu posso enviar por mail. Manuel Anastácio 16h50min de 11 de Novembro de 2007 (UTC)

Está copyrighted? se não, até era interessante fazer upload em .ogg para o commons. Ficava bem em Wikipedia:A Wikipedia nos media   Waldir msg 13h41min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)


Se puderes envia-me Manuel, que eu na altura só consegui ouvir o final. Lusitana 13h55min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Edição de anônimosEditar

Sugiro que aqueles que fazem campanha para a proibição de edição de anônimos leiam este artigo. Mschlindwein msg 23h33min de 1 de Novembro de 2007 (UTC)

Meu inglês não é bom...! Mas faltou incluir a "nossa" wiki na pesquisa!!! --Reynaldo Avaré Msg 03h06min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

Pra mim a conclusão parece meio óbvia: IPs são "super" vigiados, portanto podemos considerar que a grande maioria das suas edições foram "revistas" e "aprovadas" por alguém antes de ficarem na wikipédia. Ora, parece óbvio que com um processo de revisão e aprovação a informação se torna mais confiável. Já os usuários registrados são sempre "menos" vigiados. Podem escrever qualquer besteira que ninguém vai lá verificar. --girino 19h53min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

Não posso dizer que não tenha ficado surpreso, mas até tem alguma lógica. Quanto ao facto de os registados serem menos vigiados, é verdade. Eu, pelo menos, de vez em quando verifico aleatoriamente edições de registados nas mudanças recentes, e nos meus vigiados verifico mesmo todas. EuTugamsg 04h39min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

Eu sempre disse isso... Manuel Anastácio 16h47min de 11 de Novembro de 2007 (UTC)

Eu também sempre disse isso. Aliás, vou ainda mais além: quando se bloqueia alguém conhecido em infinito, como é o caso da Vidente D​ C​ E​ F, ora, é evidente que voltará com outro nome, e pior: desconhecido, que não dará para ser vigiado(a). --Lipe λ FML 23h56min de 11 de Novembro de 2007 (UTC)

Eu sou a favor de bloquear apenas a criação de artigos por anonimos, reduziria bastante a criação de lixo que diariamente é eliminado, pois aquela pessoa que entra aqui apenas para escrever um palavrão ou mesmo dizer "oi", não teria paciência para se cadastrar, mesmo que isso seja rápido. Tilgon Zinmi 12h57min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

  •   Concordo plenamente. » ~~~~ 11h46min de 8 de Dezembro de 2007 (UTC)

Presidente da Wikimedia em LisboaEditar

Penso que não foi aqui anunciado (o que é pena -- só descobri hoje graças ao Wikizine) que a Florence Devouard, chairman da Wikimedia Foundation, deu uma palestra na conferência eLearning Lisboa 2007, no passado dia 16 de Outubro. Algum wikipedista esteve presente? Waldir msg 00h24min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

Eu não. Será que a entrada era grátis?

Já agora, a apresentação. Lijealso 10h43min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

Sanção de insultosEditar

Gostaria de pedir a opinião da comunidade sobre o editor Pacificador, ele insultou-me em minha discussão. Andrezitos msg/mail 00h43min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

Esta é a 4ª/5ª conta deste usuário. Criou uma quantidade de Cavalos de Tróia/Trojan, que sempre bloqueei infinito por serem criados para vandalizar e ainda vir provocar-me à minha página de discussão. Depois criou o user:Trojan 2 que disse que era para editar a sério (fartou-se de editar para ganhar direito ao voto e manter uma página, mas faltava-lhe tempo de registo), entretanto mudou de nome para Steve Stifler e Pacificador. Disse-lhe que era a última oportunidade, portanto, se achares que é suficientemente grave dá-lhe um tempo alargado em vez dos 3 dias actuais. Eduardo 09h31min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)
Havia proposto uma sanção, mas resolvi acatar a dica do Macho. Retirei-a. Diante dos fatos, vou ampliar o bloqueio. Andrezitos msg/mail 13h23min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

Votação/Bandeiras de clubesEditar

Olá,

Está a decorrer aqui uma votação sobre o uso das polémicas bandeiras de clubes. Convido a todos a contribuírem votando e opinando sobre a questão. … LonE msg 11h59min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)

Wikipédia, encyclopédie à responsabilité limitéeEditar

A quem interessar possa, um artigo sobre a Wikipédia e a Justiça no Libération (jornal francês): http://www.ecrans.fr/Wikimedia,2503.html Saudações, Mschlindwein msg 08h16min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Para aqueles (em francês)-0 (incluo-me) segue notícia sobre o mesmo assunto em inglês. --Leonardo Stabile msg 19h59min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

WikiNorte 2Editar

Depois de duas tentativas falhadas, espero que seja desta que consigamos marcar o próximo WikiNorte. Se estiverem interessados e participar (não precisam de se comprometer), inscrevam-se na lista. Não se esqueçam de exprimir a vossa opinião acerca da data proposta por mim na página de discussão. Gil 23h13min de 10 de Novembro de 2007 (UTC)

Chamada para debate sobre a nova política de bloqueioEditar

Bom dia pessoal!

Gostaria de fazer uma chamada para: Wikipedia Discussão:Votações/Política de bloqueio/Tentativa de consenso#Item 4.2: Como aplicar o bloqueio para cada motivo.

Geralmente, a cada novo item do debate, eu só aviso os 26 que se manifestaram como interessados. Porém, julguei muito importante uma maior participação nesse em específico, principalmente pelos administradores. Porque são os administradores que aplicam bloqueio no dia-a-dia e, com a experiência, sabem melhor qual tipo de bloqueio é mais eficiente a curto, médio e longo prazo.

O debate desse item (4.2) está ocorrendo desde 31 de outubro e está previsto para terminar até o dia 1º de dezembro. Ainda faltam 20 dias completos para debater, e como se trata de números basicamente (números de avisos prévios, números de vandalismos mínimos antes de um bloqueio, tempo de bloqueio etc.), seria interessante cada um dar sua sugestão.

Em princípio, numa primeira e rápida análise, pode parecer muito complicado, mas não é tão complicado assim. Em Wikipedia Discussão:Votações/Política de bloqueio/Tentativa de consenso/Como aplicar o bloqueio há uma tabela que precisa ser preenchida. Isso é o principal. Se cada um der sua sugestão sobre o preenchimento da tabela, poderemos "calcular" um meio termo que seja minimamente aceitável a todos.

Até agora o debate está sendo muito positivo, com respeito entre todos os participantes e ocorrendo da forma mais civilizada possível. Isso é o básico para que possamos concluir um assunto tão importante sem nos perdermos em disputas de egos.

Eu sei que muita gente está ocupada com o Wikiatividade. Apesar do meu curto tempo, também estou participando. Mas seria interessante, se sobrar um tempinho, dar uma olhadinha no debate.

Obrigado! Agradeço a participação de todos! Lipe λ FML 00h16min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)

SIC "vandaliza" biografia de Cavaco SilvaEditar

A SIC "vandalizou" a biografia do P.R. português aquando da escrita de um artigo referente ao recente processo em tribunal em França. Eduardo 15h28min de 19 de Novembro de 2007 (UTC)

  • O mais chato não foi este mini vandalismo autorevertido, foi o terem ensinado a todo o mundo como vandalizar a WP. Foi notável o aumento de vandalismo, especialmente no artigo do Cavaco, a partir da apresentação deste episódio pelo Costa Ribas no telejornal, a 5.Nov. Em contrapartida, a WP beneficiou de uma boa dose de publicidade gratuita... MarioM 15h55min de 19 de Novembro de 2007 (UTC)

Eleições para Steward no Meta-WikiEditar

Anuncio a todos que as eleições para Steward de 2007 começam no Meta-Wiki no dia 26 de Novembro. No momento, as inscrições estão ainda abertas na página de votação (aqui). Eu providenciarei, o quanto antes, versões em português para todo o conteúdo (mas qualquer ajuda é bem-vinda ;)). A eleição correrá até o dia 16 de dezembro, e, para votar, basta preencher os requisitos mínimos: é preciso ter conta no Meta-Wiki e colocar, na página de usuário/utilizador, um link para, pelo menos, um projeto da Wikimedia (como a pt.wiki) em que a pessoa venha participando há, pelo menos, três meses. Só isso. Não é preciso participar regularmente no Meta-Wiki para poder votar. Redux 22h54min de 20 de Novembro de 2007 (UTC)

Apenas uma nota para informar que as eleições já começaram. Agora, já é possível votar na página que eu indiquei acima. Também é possível comentar sobre os atuais Stewards aqui. Todo o conteúdo está disponível em português. basta procurar a inteface de seleção de idiomas, no pé de cada seção ou subseção de candidato, digitar "pt" e clicar o botão marcado "select". As versões em português aparecerão imediatamente na tela, tanto na página de votação como na de comentários sobre os atuais Stewards. Redux (discussão) 20h58min de 26 de Novembro de 2007 (UTC)

Lista nº 2 de ediçõesEditar

Venho anunciar aqui que ficarei responsável pela Lista 2 de usuários por número de edições, a qual abrange usuários que tenham feito mais de 6000 edições.   ArmagedonDiscussão 22h52min de 27 de Novembro de 2007 (UTC)

PropostasEditar

BabelEditar

Quero fazer três propostas relativas à padronização das caixas da Wikipedia:Babel.

  1. Que se usem apenas 4 níveis:
    • M: nativo
    • 3: avançado
    • 2: médio
    • 1: básico
    • Existem algumas línguas com níveis 0 (o que não faz sentido -- excepto no caso do português que é a língua do projecto -- pois é suposto marcarem-se as línguas que se sabem falar, sendo assumido que não se compreende as outras) e 4 (quase nativo, que a meu ver é uma subdivisão excessiva dos níveis de fluência. Já tendo básico, médio, avançado e nativo, não vejo a necessidade de ainda mais uma categoria).
  2. Que não se use o sufixo M ou N nas predefinições referentes à língua materna/nativa. "User pt" é mais fácil, mais simples; e é a forma usada pela maior parte das caixas Babel. Tal sufixo teria no entanto que se manter nas sub-categorias referentes, para não se confundirem com a categoria-mãe. Outra opção seria manter o sufixo, mas nesse caso aplicá-lo a todas as predefinições, de forma a uniformizar o sistema. Ainda outra opção, seria alterar o padrão de nomenclatura das categorias-mãe, de forma a não as confundir com as sub-categorias.
  3. Porque todas as predefinições ligam à categoria mãe? Parece-me mais adequado cada predefinição apenas ligar apenas à sua sub-categoria, caso contrário verifica-se uma redundância desnecessária.

Waldir msg 18h36min de 25 de Setembro de 2007 (UTC)

  • As categorias criadas em Babel, como "de-0" não significa que alguém não possúa conhecimento da língua, mas pode significar que a pessoa conheçe algumas palavras, e/ou está aprendendo o idioma, e por isso as prefiro do modo em que estão. Brunoy Bruyanovich Bruyanov Mensagens 01h23min de 26 de Setembro de 2007 (UTC)  

  Concordo Se a pessoa fala a um nível nativo usa simplesmente pt e não precisa procurar se é -M ou -N. Quanto ao nível zero, é sinal de incompreensão a nível suficiente para dialogar/ler na língua, logo nem vale a pena indicar. Eduardo 11h46min de 26 de Setembro de 2007 (UTC)

Creio que o nível 4 (quase nativo) é importante, pois existem pessoas que falam um nivel muito alto de certo idioma porem nao tem esse idioma como lingua materna, que seria o nivel sem numero. Mateus RM msg 20h08min de 26 de Setembro de 2007 (UTC)

Estou de acordo contigo, Mateus. É o meu caso. Anne ValladaresUia! 00h28min de 27 de Novembro de 2007 (UTC)
Brunoy: o que te referes, caso a pessoa consiga minimamente comunicar nessa língua, pode ser indicado pelo nível básico. Aprender umas palavras mas não ser ainda capaz de comunicar nessa língua é um estado que não vejo necessidade de ser indicado. Mais vale assumir o não conhecimento, e colocar em básico quando o aprendizado avançar mais um bocado, como, aliás, já disse o Eduardo acima.
Mateus: Para quê, a nível prático, ter uma categoria além do avançado? Eu, por exemplo, não tenho o português como língua materna, mas falo e escrevo melhor que muitos portugueses nativos que conheço. No entanto, colocar "avançado" é o suficiente para uma pessoa saber que pode comunicar comigo sem dificuldades, e apenas assumir uma eventual deficiência em termos muito específicos, o que na maior parte do caso não perturba a comunicação. Waldir msg 10h49min de 27 de Setembro de 2007 (UTC)

  Concordo Penso que os quatro níveis indicados são mais do que suficientes para classificar o domínio da língua. Seis níveis parece-me claramente um exagero, sendo que o nível 0 é, na minha opinião absurdo... poderia resultar na ironia de se colocar uma caixa por cada uma das muitas dezenas de línguas em que alguém não pode contribuir. Steelman MSG 00h17min de 5 de Outubro de 2007 (UTC)

  Concordo Acho que esses quatro níveis já são mais que suficientes. Bisbis 20h52min de 6 de Outubro de 2007 (UTC)

Agradeço o feedback, mas ainda queria opiniões sobre a questão de todas as caixas ligarem à categoria-mãe e à subcategoria correspondente, e se possível mais opiniões sobre o uso ou não do sufixo -M ou -N... Waldir msg 09h41min de 14 de Outubro de 2007 (UTC)

Vejo que todos querm uma maior simplificação da caixas de "babel", e por mim tanto faz qual será a decisão tomada sobre isso;   no momento estou aprendndo alemão, e por isso possúo a caixa de babel "de-0", mas ainda não sou capaz de me comunicar bem no idioma, apenas consegunido fazer frases básicas, e ainda não considero adequado colocar como caixa de babel "de-1"; mas se quiserem simplificá-las, tudo bem.   Brunoy Bruyanovich Bruyanov Mensagens 14h16min de 14 de Outubro de 2007 (UTC)
Na minha opinião:
  1. Concordo com a redução dos níveis para quatro;
  2. Concordo que só exista nível 0 para o português, para usuários que não falem português mas que editem na pt.wiki (operadores de bots, por exemplo);
  3. Deve-se usar o sufixo N nas predefinições referentes à língua materna;
  4. Cada predefinição deve apenas ligar apenas à sua sub-categoria, senão é redundante;
EuTugamsg 14h25min de 14 de Outubro de 2007 (UTC)
Também acho que é redundante ligar-se a duas categorias, apenas uma já basta. Bisbis 23h08min de 14 de Outubro de 2007 (UTC)
Idem. Por omissão está-se a aprovar o novo arranjo das categorias, o tópico quente são os níveis, mas as categorias têm toda a gente a favor. Eduardo 07h52min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)

SufixoEditar

Ok, penso que só falta decidir sobre os sufixos. Há 3 escolhas, como eu referi de início:

Proposta 1
manter como está. Ter um sufixo -M (língua Materna) ou -N (falante Nativo / idioma Natural) para o nível 4. Nesse caso, há que decidir qual o prefixo a ser usado em todas as predefinições, para que se possam padronizar.
nível predefinições sub-categorias categoria-mãe
idioma natural Predefinição:User xx-M Categoria:Usuário xx-M Categoria:Usuário xx
nível avançado Predefinição:User xx-3 Categoria:Usuário xx-3
nível médio Predefinição:User xx-2 Categoria:Usuário xx-2
nível básico Predefinição:User xx-1 Categoria:Usuário xx-1
Proposta 2
remover os sufixos, para tornar o uso das predefinições mais simples e natural. Manter os sufixos nas subcategorias.
nível predefinições sub-categorias categoria-mãe
idioma natural Predefinição:User xx Categoria:Usuário xx-M Categoria:Usuário xx
nível avançado Predefinição:User xx-3 Categoria:Usuário xx-3
nível médio Predefinição:User xx-2 Categoria:Usuário xx-2
nível básico Predefinição:User xx-1 Categoria:Usuário xx-1
Proposta 3.a
remover os sufixos, para tornar o uso das predefinições mais simples e natural. Remover os sufixos nas subcategorias (para condizerem com a predefinição correspondente), e alterar a categoria-mãe para não haver conflito. Note-se que o nome sugerido para a categoria-mãe é apenas um exemplo, outras ideias podem evidentemente ser apresentadas.
nível predefinições sub-categorias categoria-mãe
idioma natural Predefinição:User xx Categoria:Usuário xx Categoria:Usuários xx
nível avançado Predefinição:User xx-3 Categoria:Usuário xx-3
nível médio Predefinição:User xx-2 Categoria:Usuário xx-2
nível básico Predefinição:User xx-1 Categoria:Usuário xx-1
Proposta 3.b
remover os sufixos, para tornar o uso das predefinições mais simples e natural. Remover os sufixos nas subcategorias, e alterar os seus nomes para não haver conflito.
nível predefinições sub-categorias categoria-mãe
idioma natural Predefinição:User xx Categoria:User xx Categoria:Usuário xx
nível avançado Predefinição:User xx-3 Categoria:User xx-3
nível médio Predefinição:User xx-2 Categoria:User xx-2
nível básico Predefinição:User xx-1 Categoria:User xx-1

Pronunciem-se :) Waldir msg 20h02min de 17 de Outubro de 2007 (UTC)

ComentáriosEditar

Waldir, permite-me sugerir uma votação, já que os níveis de participação estão longe de ser representativos... Eduardo 09h56min de 22 de Outubro de 2007 (UTC)

É assim, votações demoram muito tempo, e penso que quem não participa nesta discussão é porque o tema é-lhe indiferente. Esta discussão não tem andado propriamente morta e já está de bom tamanho para passar despercebida. Não tem sido unânime, mas temos conseguido atingir um consenso relativo. Mas anyway, se realmente achas melhor ser feita uma votação, podes avançar :) Uma pergunta, seria só para os sufixos ou para tudo? As outras questões não foram polémicas... Se estiveres à vontade com a criação de votações, podes fazê-lo tu próprio. Caso prefiras, posso tratar disso, mas nao garanto que fique bem feita =P Waldir msg 13h03min de 22 de Outubro de 2007 (UTC)
Só para os sufixos. Pelo menos uma nota nas mudanças recentes, aguenta-se uns dias para ver se mais alguém participa e caso ninguém fale votação... Eduardo 13h45min de 22 de Outubro de 2007 (UTC)

Concordo com a nota nas MR. Coloca-se em "Tentativas de consenso"? Waldir msg 17h07min de 23 de Outubro de 2007 (UTC)

Por exemplo, Eduardo 09h08min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)

Independentemente do que for escolhido, lembrem-se que o {{Babel}} é mais útil para os editores extrangeiros do que aos lusófonos. Por isso ele deve ser intuitivo e, se possível, compatíveis com o babel dos demais projetos da Wikimedia. Giro720 18h41min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)

Pelo que vi, pelo menos as maiores wikipédias todas usam o sistema sem prefixo: en, de, fr (?), pl, ja, nl, it, es, sv, ru. Assim, será mais "intuitivo" e "compatível", como diz o Giro720, alterarmos o nosso esquema Babel para reflectir a forma mais usual. --Waldir msg 12h18min de 1 de Novembro de 2007 (UTC)

Se ninguém mais se pronunciar, implementarei dentro de dias a proposta que reúne maior consenso, a 3a. Waldir msg 21h05min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

SondagemEditar

  • Concordo com a Proposta 1, sufixo -N; EuTugamsg 17h54min de 18 de Outubro de 2007 (UTC) 3a --EuTugamsg 21h46min de 1 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Concordo com a Proposta 1, sufixo -N; mas como idioma "nativo" e não "natural", que me parece estranho. --Beto oi? 18h57min de 20 de Outubro de 2007 (UTC) Após considerar os comentários, mudo para proposta 3, deixando em aberto a opção a ou b. --Beto oi? 01h48min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Considero que a proposta 3b seja a mais simples e viável, pois se queremos simplificar as caixas de babel, essa seria uma boa opção  . Brunoy Anastasiya Seryozhenko Mensagens 01h48min de 22 de Outubro de 2007 (UTC)
  • Prefiro a 3a. Mateus RM msg 12h59min de 23 de Outubro de 2007 (UTC)
  • Parece-me que a proposta 3 é a mais simples, pendendo para a versão 3a. Steelman MSG 14h48min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)
  • Esqueci-me de me pronunciar. Prefiro a 3a por ser a mais fácil de implementar, e manter as categorias em português. É mais aceitável que as predefinições sejam "user", o que facilita o seu uso. Waldir msg 19h20min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)
  • Prefiro a proposta 3a. João Sousa DC 10h05min de 26 de Outubro de 2007 (UTC)

ExecuçãoEditar

A primeira parte da aplicação da reforma/limpeza já foi executada: marquei para ER todas as predefinições e categorias referentes aos níveis 0 (excepto para pt) e 4. Entretanto, também dei um jeito nas instruções da predefinição {{Babel}}, e em Wikipedia:Babel. Mais tarde continuo. Waldir msg 01h02min de 20 de Novembro de 2007 (UTC)

Tinha-me esquecido de marcar as tags ER com <noinclude>   Montes de páginas de usuário foram marcadas para ER por causa disso. Já actualizei as predefinições. Waldir msg 08h12min de 20 de Novembro de 2007 (UTC)
Apenas para dar algum feedback: As alterações estão a correr bem. Eu e o EuTuga temos trabalhado, com a ajuda da Beria e de vários outros (que não vou listar aqui para não correr o risco de me esquecer de alguém), e os progressos são animadores. Há ainda muito por fazer, pelo que se alguém quiser ajudar, que contacte o EuTuga ou eu próprio, para coordenarmos as tarefas :) --Waldir msg 12h26min de 30 de Novembro de 2007 (UTC)

WP:PEEditar

Sugiro que o conteúdo das subpáginas de votações para eliminar seja substituído por algo assim:

De acordo com votação ocorrida aqui, o número de dias de votação a que uma página para eliminar está sujeita, passou de 15 para 7 dias.
Hoje é dia 16 de outubro. Dirija-se à página correspondente a 23 de outubro. É nessa página que deverá colocar a votação.

8/out.9/out.10/out.11/out.12/out. • [[Wikipedia: Páginas para eliminar/13 de outubro|13/out. • 14/out.15/out.16/out.17/out.

Os links abaixo são úteis para navegar entre os dias, pois às vezes não sei quando uma página foi nomeada e tenho que mudar a data no campo de endereço. Se for aceito, gostaria de pedir que um bot o fizesse com o AWB. // Matheus Wahl //, 22:20 BRT, Qua 26.09.2007.

Uma idéia interessante, basta a comunidade aprovar.   Brunoy Bruyanovich Bruyanov Mensagens 16h04min de 30 de Setembro de 2007 (UTC)
Visto que ninguém mais se manifesta, apliquei a proposta do Matheus. Criei a predefinição {{PE-header}}, com base no código acima (com uma pequena alteração, apenas, um link interno que não tinha sido fechado com ]]), e substituí o código colocado nessas sub-páginas pela predefinição, para da próxima vez não ser preciso um bot para alterar essas páginas todas :) Waldir msg 16h23min de 6 de Outubro de 2007 (UTC)
Estão certos quanto ao novo Layout e aplicação, nem sempre dá para visitar a esplanada mais apoio a iniciativa de ambos.

levs03h38min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)


{{irclogin}} em Wikipedia:EsplanadaEditar

Webchat: kiwiirc, freenode

Proponho colocar a caixa {{Irclogin}} no portal de entrada da Esplanada. Talvez possa desanuviar algumas discussões por cá... Waldir msg 13h00min de 29 de Setembro de 2007 (UTC)

  Concordo
  1. rautopia 18h58min de 29 de Setembro de 2007 (UTC)
  2. Vinicius Siqueira O chat já anda mais movimentado. Vinicius Siqueira ¿msg? 22h23min de 29 de Setembro de 2007 (UTC)
  3. Brunoy Bruyanovich Bruyanov Mensagens 16h01min de 30 de Setembro de 2007 (UTC)~ Isso aliviará em muito o movimento na esplanada.  
  4. Bisbis 03h46min de 1 de Outubro de 2007 (UTC)
  5. --Pedro Spoladore 11h53min de 1 de Outubro de 2007 (UTC) Uma boa...
  6. Waldir msg 15h49min de 1 de Outubro de 2007 (UTC) esqueci-me de suportar a minha própria proposta... 
  7. RR-IMPERADOR 16h35min de 1 de Outubro de 2007 (UTC)
  8. Andrezitos 00h32min de 5 de Outubro de 2007 (UTC) Diminuiria muitos megabytes nas discussões.
  9. Leandro Martinez Fala Tchê! 07h13min de 5 de Outubro de 2007 (UTC)
  10. --Mago® 13h09min de 13 de Outubro de 2007 (UTC) O diálogo entre os editores é essencial, nem se for pra falar de cerveja ou guaraná! :)
  Discordo
  Neutro
  1. Lipeλ FML 05h16min de 5 de Outubro de 2007 (UTC) Eu sou do tempo em que não era muito bem visto falar da Wikipédia fora da Wikipédia. Ainda penso assim, pois acho que todo o debate e discussão sobre a Wikipédia deve ser concentrada dentro do espaço reservado para discussões na Wikipédia. Todas as decisões sobre o projeto devem ser feitas aqui, para que fique tudo de forma mais transparente possível para todos. Desviar o debate para outro espaço poderia causar um outro problema: imaginem que se há o debate de coisas importantes no IRC, e todos combinam de votar numa determinada proposta. A maioria da comunidade, ou as pessoas que não gostam de ficar batendo papo no IRC, ficaram de fora de uma decisão importante. Não acho que "economizar bytes" com debate saudável sobre o projeto seja uma boa saída para um projeto que quer crescer cada vez mais. Por outro lado, se quiserem falar da morte da bezerra ou resolver conflitos pessoais, por exemplo, o IRC pode ser mesmo a melhor opção. Temos só que lembrar de concentrar os debates mais importantes aqui dentro, e os bate-papos irrelevantes fora. Lipeλ FML 05h16min de 5 de Outubro de 2007 (UTC)

Feito. Waldir msg 21h25min de 10 de Outubro de 2007 (UTC)

Ao menos podiam lá ter escrito o meu nome como deve ser. LOL --João Carvalho deixar mensagem 22h47min de 23 de Outubro de 2007 (UTC)

??... o teu nome não aparece correctamente na caixa, é isso?   --Waldir msg 19h14min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)
Será por causa da acentuação? RR-IMPERADOR 01h06min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)



desambig. de artigos com titulos similares a topicos relacionados com a wikipediaEditar

Gostaria de retomar esta discussão, que ficou em águas de bacalhau... opinem, por favor :) Waldir msg 13h16min de 5 de Outubro de 2007 (UTC)

É algo como isto? Se sim, não deverei ter nada de especial a opor. Lijealso 13h35min de 5 de Outubro de 2007 (UTC)

Sim, é isso mesmo :) Waldir msg 10h24min de 6 de Outubro de 2007 (UTC)

"Marcação" na mesma página.Editar

Olá, quando se clica no no ícone "Marcar este artigo como verificado" ele abre em outra página. Eu acho que isso só faz criar mais trabalho, pois no meu caso, que uso o opera posso abrir numa numa aba, sem interferir, mas de qualquer jeito, eu tenho que fechar depois. Mas ja para quem usa o internet explorer, ele tem que clicar, esperar abrir e então voltar para a outra página.Isso é muito trabalhoso, e pode até desestimular quem quer fazer isso, ou alguma contribuição esporádica.

Eu sugiro que isso aconteça na mesma página, como acontece quando de clica em interessar e desinteressar-se, ele apenas muda o texto, na mesm página, o que da muito menos trabalho. Isso seria bem melhor Rodrigo Zanatta msg 18h11min de 5 de Outubro de 2007 (UTC)

Nunca fiz isso ,mas caso essa atividade cause desconforto é recomendável que ela seja simplificada.   Brunoy Bruyanovich Bruyanov Mensagens 01h24min de 6 de Outubro de 2007 (UTC)
Para mim não é trabalhoso, mas pode-se simplicar para ficar mais prática. HenriqueCB msgs 01h37min de 6 de Outubro de 2007 (UTC)
A quem souber mexer nessas coisas: não é possível adicionar essa opção aos Popups de Navegação e ao Monobook? EuTugamsg 15h06min de 14 de Outubro de 2007 (UTC)

WikiNorte2Editar

Pessoal do Norte! vamos lá retomar as negociações?   Waldir msg 19h18min de 6 de Outubro de 2007 (UTC)

Semcat automáticoEditar

Alguém sabe se é possível que o software da Wikipédia adicione automaticamente a predefinição {{semcat}} em artigos não categorizados?

Cá pra nós, é uma perda de tempo imensa vasculhar os artigos e, caso não saber como categorizá-lo, ter que editar para adicionar a predefinição. Acho que deveria ser implantado, se viável. Rossicev msg 13h45min de 11 de Outubro de 2007 (UTC)

Special:Uncategorizedpages... Sladed 15h55min de 11 de Outubro de 2007 (UTC)
Pois...João Sousa msg 21h27min de 11 de Outubro de 2007 (UTC)

Proteção do Domínio WikipediaEditar

O texto que aqui estava foi movido para: Wikipedia Discussão:Votações/Proteção das Políticas e Recomendações

Duas propostasEditar

  1. Pedidos de administração em subpáginas: como na Wikipédia anglófona, mas com todas as nossas particularidades. Ver também Usuário:Lijealso/PA.
  2. Esplanadas divididas em tópicos: cada novo tópico seria uma subpágina (este seria {{Wikipedia:Esplanada/tópicos/Duas propostas}}; facilita o arquivamento e a inserção do mesmo tópico em outras páginas. Ver também testwiki:User:Lijealso/Esplanada.

Estas são as propostas por cima, ajustes detalhados são feitos se elas forem aprovadas. Primeiro esperamos o consenso — estou procurando evitar votações. Sladed 00h19min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)

  Concordo--João Carvalho deixar mensagem 00h21min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo Ajuda a organizar esse cortiço. Vinicius Siqueira ¿msg? 00h24min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo Fabiano msg 00h28min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo Steelman MSG 01h40min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo Andrezitos msg/mail 01h43min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo-- Machocarioca 02h30min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)Machocarioca
  Concordo Alex Pereirafalaê 02h57min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)
  ConcordoMarioM 19h41min de 15 de Outubro de 2007 (UTC) (ooops, ficou fora de ordem, desculpem)
  Concordo - PTLux 11h46min de 15 de Outubro de 2007 (UTC).
  Concordo Sr. Tumnus msg 12h06min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordorautopia 13h11min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo BelanidiaMsg 13h15min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo Lechatjaune msg 15h23min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)

Acho que esta segunda proposta já havia sido feita pelo Rei a uns três meses - mas acabou esquecida. Apoio as duas medidas. RR-IMPERADOR 15h38min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)

  Concordo Waldir msg 16h13min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo² --Pedro Spoladore 19h09min de 15 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo OS2Warp msg 01h34min de 16 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo Porantim msg 01h39min de 16 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo Mateus Hidalgo quê? 02h06min de 16 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo Bisbis 01h06min de 17 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo Brunoy Anastasiya Seryozhenko Mensagens 01h31min de 18 de Outubro de 2007 (UTC) comcordo plenamente com as duas propostas, pos assim, a esplanada deixa de virar uma bagunça quando ela está muito cheia.  
  Concordo Opa, parece que, finalmente, depois de algum tempo, vamos conseguir um consenso aqui. Rossicev msg 12h04min de 18 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo JSSX uai 12h26min de 18 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo Jurema Oliveira 13h33min de 18 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo--Rei-artur 19h34min de 18 de Outubro de 2007 (UTC)

Consenso atingido. As mudanças já podem ser afetuadas, Slade. RR-IMPERADOR 14h20min de 22 de Outubro de 2007 (UTC)

Let's get it on! Vou começar... Sladed 21h26min de 23 de Outubro de 2007 (UTC)

FusãoEditar

Proponho a fusão deste artigo Invasão do Iraque com este Guerra do Iraque. Lendo-os, vi que basicamente tratam da mesma coisa, um completa o outro. A invasão é apenas o começo da guerra e cabe fusão no artigo da guerra, que por sinal está meio pequeno.

Caso concordem, me proponho a fazê-lo.

Machocarioca 20h14min de 16 de Outubro de 2007 (UTC)Machocarioca

  Concordo Carioca, aproveitei e marquei o verbete Guerra do Iraque com a tag de fusão, e desde já desejo bom trabalho, pois aprovo sua iniciativa. Alex Pereirafalaê 20h22min de 16 de Outubro de 2007 (UTC)
Prefiro que o conteúdo pertinente a guerra seja movido do artigo da invasão para o outro. Ambos possuem potenciais para expandirem e se aprofundarem, tal como artigos de sobre batalhas e guerras; por isso a fusão não me agrada muito. Giro720 02h57min de 17 de Outubro de 2007 (UTC)

Giro, se tirarmos o conteúdo da guerra de Invasão, sobra o que lá? :-) Machocarioca 04h51min de 17 de Outubro de 2007 (UTC)Machocarioca

  Discordo Ambos os artigos podem ser expandidos e melhorados de forma distinta. Como exemplo, cito os artigos equivalentes em inglês: ver 2003 invasion of Iraq e Iraq War. O fato dos artigos em português não estarem bem desenvolvidos, não significa que a fusão seja a melhor opção. JSSX uai 15h07min de 17 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo Os artigos falam praticamente da mesma coisa, e uma fusão poderia ser boa; espero que o Machocarioca tenha êxito realizando o trabalho.   Brunoy Anastasiya Seryozhenko Mensagens 01h38min de 18 de Outubro de 2007 (UTC)
Se verificarem os dois links que citei (2003 invasion of Iraq e Iraq War), poderão perceber como foi organizado o assunto na wiki inglesa. O foco dos artigos é diferente, apesar de ambos terem natureza parecida. Essa organização não é utilizada apenas na Wiki anglófona. Inúmeras outras edições da Wikipédia seguem esta organização (vejam os interwikis). É óbvio que não somos obrigados a seguir o exemplo de outras wikis. Mas, se está dando certo nas outras, por que haveria de ser diferente aqui? A fusão não seria interessante e nem correta. O interessante é o desenvolvimento de ambos os artigos (material tem demais, vejam os dois links na Wiki inglesa). O ideal é termos dois bons artigos. Ainda que fosse feita a fusão, cedo ou tarde, ela teria que ser desfeita para organizar o conteúdo. JSSX uai 02h35min de 18 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo --Simulador Humano 13h37min de 18 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo Sugiro que sejam mantidos os artigos, e que no tópico sobre a invasão se acrescente:
 Ver artigo principal: Invasão do Iraque
--Pedro Spoladore 14h13min de 18 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo--OS2Warp msg 15h54min de 18 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo Uma coisa é uma batalha ou operação militar, outra é uma guerra. Sugiro um resumo da "Invasão do Iraque" em "Guerra do Iraque" com a tag
 Ver artigo principal: Invasão do Iraque
. EuTugamsg 18h03min de 18 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo --Mago® 18h25min de 18 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo do Machocarioca e concordo com Pedro Spoladore e EuTuga. Bisbis 06h32min de 19 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo do Machocarioca e concordo com Pedro Spoladore, EuTuga e Bisbis. --Sr. Tumnus msg 11h01min de 19 de Outubro de 2007 (UTC)

Bem, parece que temos até um momento um 6X5 ( o quinto a favor é o meu, claro). Sugiro aos que discordaram por discordar, sem justificativa nenhuma que, por favor, LEIAM, os dois artigos como eu li, que verão que se trata praticamente da mesma coisa, podendo ser tudo tópicos incorporados num único artigo, tipo, causa, guerra, consequencia, facilitando a consulta. Eu LI tudo. Por favor, discordem com embasamento depois de LEREM tudo. O "approach" de um americano sobre esta guerra é diferente do nosso, não sou macaco de imitação, nem copista de artigo em outra lingua, há que se adaptar coisas aqui, pensar, só copiar é moleza mas é menor.

Repito, LEIAM e entendam. São quase dois artigos iguais, a invasão do Iraque e suas causas nada mais é que io início da guerra do Iraque, (sem a invasão não tinha guerra, certo?} divididos quando podem ser um só. Estou me propondo a fazê-lo, os que são contra até agora jamais puseram uma virgula ali, no maximo, uma reversãozinha de praxe pra contar hit. Querem impedir que se estruture melhor algo para o qual nunca fizeram nada. Solicito aos contrários (a alguns, pq alguns não tem jeito mesmo ,são do contra, se eu puser q Deus é pai em algum lugar, discordam dizendo que é mãe) que ponderem, alguém se propõe a arrumar isso de maneira melhor estruturada.Machocarioca 18h42min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

Imagino que seja possível retirar a informação redundante e manter o artigo Invasão do Iraque focando-se especificamente a operação que acarretou na invasão em si, enquanto Guerra do Iraque expõe todos os fatores que deram origem e os desdobramentos - a visão mais ampla do ocorrido. Falo baseado principalmente pelo que pude ver na Wikipedia anglófona, cuja organização do tema me parece apropriada. Lá, o verbete sobre a invasão traz minuncias como mapas, episódios específicos daquele front, etc. Por sinal, são dois belos artigos aqueles. --Tonyjeff ¿Uíqui-o-quê? 19h07min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Aviso de marcação indevida como LixoEditar

Caros,

Tenho visto muitos artigos marcados para ER sob a regra 20. Um parte grande dessas marcações são para artigos mal escritos, de bandas recentes, mal-traduzidos, etc, mas que, estritamente falando, não poderiam ser marcados como {{lixo}} ou {{impróprio}}.

Com a preocupação de educar os editores, novatos ou não, fiz uma proposta de predefinição para avisar os editores que marcarem artigos dessa forma.

Já pedi a opinião de alguns editores (pelas quais agradeço muito), mas gostaria de colocar esse aviso para apreciação da comunidade.

Porantim msg 17h27min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

  Concordo, mas existem editores experientes que usam as marcações de {{lixo}} ou {{impróprio}} por preguiça de procurar a regra apropriada para a ER em questão. O que fazer quanto a estes? --girino 17h32min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)
De fato. Penso que, no caso de editores experientes, pode-se perder um tempo a mais do que colocar uma predefinição e argumentar com eles. As predefinições servem para poupar-nos o trabalho de mensagens corriqueiras, geralmente usadas para editores inexperientes. Há muitos casos de aplicações incorretas das regras também. No final das contas, temos todos que compreender que a experiência não nos coloca acima das decisões do coletivo. Porantim msg 17h43min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo, já percebi alguns abusos nesse sentido. Jurema Oliveira 17h38min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo, também vejo muitos artigos sendo marcados indevidamente como lixo. Mas existe um problema muito pior que este, que é a "expulsão" de usuários novatos. A predefinição de ER, diz para colocar um aviso na página do usuário que criou o artigo candidato a ER, aí, um artigo mal-escrito, foi de acordo com a interpretação de um usuário com boa vontade (mas que se preocupa apenas na "limpeza" da wikipédia, sem se preocupar com a repercussão de seu ato para o usuário novato que criou o artigo) considerado "lixo". Aí ele pega, e como diz a predefinição de lixo, marca um aviso chamando o cara que criou o artigo de vândalo, que apaga informações, insere informações erradas, e coloca textos sem sentido na wikipédia. Como este usuário, que foi chamado de vândalo, vai passar a ver a wikipédia dali por diante?

Há 1 ano e meio atrás, nas minhas primeiras contribuições na wikipédia, recebi um aviso sobre violação de copyright, mas não era minha edição, era edição anterior a minha e na pressa o usuário se confundiu e mandou para mim. Será que eu fiquei chateado? Claro que sim. Talvez, dependendo da minha conversa posterior com o usuário (que hoje é alguém que considero muito dentro deste projeto), eu tivesse me desiludido e abandonado o projeto. Acredito que muitos usuários devem ter desistido do projeto por enganos similares. A pressa e a automatização às vezes faz esquecer que quem escreve o texto é uma pessoa também, e que precisamos de pessoas. Sei que muitos (a maioria) está cansado de trolls, sock puppets, mas também existem usuários com boas intenções e com estes devemos ter o maior cuidado, pois estes se magoam, os trolls não, se divertem com a briga, a discussão, a repercussão das suas atitudes erradas no projeto. Hiroshi 17h53min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

  Discordo Dantadd 18h05min de 20 de Outubro de 2007 (UTC) - este tipo de política tem sempre uma boa intenção mas um subproduto indesejado: afasta mais e mais pessoas do trabalho de manutenção, ou seja, com a nobre intenção de não machucar pobres novatos (vândalos e não-vândalos), atinge justamente o sistema linfático da Wikipédia, já tão capenga. Eu me recuso MESMO a ficar consultando o index prohibitorum da ER para marcar um simples lixo. Aliás, a decisão de burocratizar a ER não foi decisão consensuada nem votada, portanto... Acho justas reclamações e recursos sobre página incorretamente marcadas ou apagadas. Acho péssimo a obstaculização do trabalho de manutenção. Dantadd 18h05min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)
Educar aqueles que fazem o trabalho de manutenção não é afastar-se deles. Há poucos dias atrás deparei-me com um aviso de lixo em um importante livro dos anos 80 (um artigo que, de fato, estava muito mal escrito, mas era absolutamente coerente). Bastou uma mensagem ao editor que fez a marcação para que ele assumisse o erro e se comprometesse a prestar mais atenção às marcações. Foi desta mensagem que surgiu a idéia da predefinição. Há de compreender-se que o intuito da predefinição com a mensagem é, ao contrário do que afirmas, não afastar os usuários de manutenção. Às vezes, no meio de um trabalho de limpeza de ER, não damos atenção à mensagem que deixamos ao usuário e acabamos sendo mal interpretados ou, como é bastante comum, absolutamente ríspidos, diria até estúpidos. Para evitar isso, a dita tenta ser o mais educativa possível. Porantim msg 19h08min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

  Concordo com o Porantim. Está havendo exagero. Ou devemos repensar aquela discussão da notoriedade. --Lipe λ FML 18h18min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

  Discordo Fabiano msg 18h24min de 20 de Outubro de 2007 (UTC) Se mais usuários fizessem a manutenção não me oporia, mas os que fazem as marcações são quase sempre os mesmos é fácil criticar quando outros fazem aquilo que cria desafetos e não tapinhas nas costas.
Fabiano, é no mínimo injusto acusar-me de "criticar quando outros fazem", já que eu me incluo entre "quase sempre mesmos" que "fazem as marcações". Inclusive, na discussão que ocorreu quando da minha proposição para sysop, fui duramente criticado por isso. Tais críticas ajudaram-me a me educar nesse aspecto e é isso que tento passar aqui. Vamos nos lembrar que ninguém é obrigado a utilizar a predefinição. Porantim msg 19h08min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo Boa intenção, mas considero desnecessária. JSSX uai 19h05min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)
Concordo, Fred. Aliás, 90% das predefinições são desnecessárias no ponto que podemos escrever qualquer mensagem para qualquer usuário sem lançarmos mão delas. É bom deixar claro que o que a discussão aqui não é se marcar artigos é certo ou errado (isso sim, seria desnecessário). O que se discute é como alertar os editores sobre um fato: alguns não prestam atenção ao que estão fazendo. Porantim msg 19h13min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo A intenção é excelente, mas predefinições são normalmente ofensivas criam aquele efeito de carimbo na página de discussão do usuário. Acho que isso iria assustar os novatos e afastá-los das tarefas usuais. E afinal, qualquer um é livre para deixar uma mensagem personalizada para o usuário em questão. E convenhamos, tem horas que o vandalismo é tão intenso que fica difícil fazer as marcações e fácil de errar a regra.Lechatjaune msg 19h33min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

Repito, as intenções são ótimas, mas na prática é apenas mais um passo para a burocratização do serviço de manutenção. Se alguém pegar alguma burrada (minha ou de qualquer administrador/editor) basta alertá-lo e aguardar uma argumentação ou reconhecimento de que fez errado. Eu constantemente aviso muitos editores que devem sempre verificar grandes blocos de texto pois são quase sempre VDA... alguns aceitam e melhoram... outros não dão bola e continuam marcando para "wikificar" textos copiados. Fazer o quê? Segue-se em frente. Dantadd 19h43min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

Antes de continuarem essa discussão, sugiro que vejam o que se está discutindo em [[1]]. Jurema Oliveira 20h10min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

  Discordo Boa intenção, mas acho desnecessário. Se há quem esteja a usar indevidamente a predefinição, o que é preciso é "educa-los". Mudar a predefinição? Pergunta: quantas pessoas que marcam artigos para ER lêem a predefinição depois de marcar o artigo?

Pessoalmente, o que leio é Ajuda:Guia de eliminação/Tutorial de nomeação de eliminação rápida antes de escolher a melhor marcação, nem olho para a predefinição. Se querem reforçar a ideia do que pode ou não ser marcado como lixo ou impróprio, com o que concordo, acho que o caminho é tornar isso mais explicito nas páginas Ajuda:Guia de eliminação/Tutorial de nomeação de eliminação rápida, Wikipedia:Lixo e Wikipedia:Impróprio, e avisar os editores que as usarem incorrectamente. EuTugamsg 20h31min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

Nessa eu boiei... Discordou e repetiu exatamente o que eu disse... Então tá... Porantim msg 20h36min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)
  Neutro Procuro, nas marcações, usar as regras que lembro de cabeça (#4, #5, #6, #7 e #20), mas como nem sempre dá tempo de você usar a predef, uso o que consta do meu monobook, que marca {{lixo}}. Pura questão de praticidade para dar celeridade na marcação. Quanto à marcação na página do usuário, o uso de bom senso já resolve. Ao ver o nível do vandalismo (se for o caso), marca-se ou não a página do novato. Para IPs, sempre é bom marcar, afinal, é o histórico visível da "obra" deste. Alex Pereirafalaê 20h54min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

Citação: Porantim escreveu: «Nessa eu boiei... Discordou e repetiu exatamente o que eu disse... Então tá...» - Esclarecendo:   Concordo com o que disse sobre ser necessário "educar" os editores para o que pode ou não ser marcado como lixo/impróprio;   Discordo dessa predefinição.   EuTugamsg 21h08min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

Hehehe! Agora ficou fácil!   Porantim msg 21h13min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

Sono é uma coisa terrível, entendi mal a questão a primeira vez ...   Vou dormir.   EuTugamsg 21h17min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

  Concordo Não vejo problemas. A proposta é didática e evitaria erros futuros, pouparia nosso trabalho de eliminação. Acho boa idéia e, só usa que quiser... Quantas vezes eu me deparo com artigos sem categoria e não aviso ao usuário, assim como com outros problemas. O aviso parece importante como proposta educativa, de intuir o usuário para a utilização correta da ferramenta de {{lixo}}. Parece-me boa idáeia. Vinicius Siqueira ¿MSG 21h29min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

(conflito de edição)
  Concordo, esses dias mesmo encontrei um artigo marcado como lixo que era um esboço válido e contatei o usuário que fez a marcação. Não vejo problema algum em quem quiser facilitar a vida ao usar uma predef dessa ao invés de escrever uma mensagem. Mateus Hidalgo quê? 21h35min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

Subscrevo os comentários de Dantadd e Fabiano. RR-IMPERADOR 21h43min de 20 de Outubro de 2007 (UTC)

  Discordo O nome já diz Eliminação Rápida. Se é para criar mais burocracia não se usa mais o ER e vai direto para votação para eliminar. Se é tão mínimo quem tiver conhecimento recria um artigo com conteúdo... Afinal um coloca o aviso e um administrador apaga, a porcentagem de erro é mínima que ainda vale a pena pelo tempo gasto em mais burocracia!! Estou com Dantadd e Fabiano. --Reynaldo Avaré Msg 02h20min de 21 de Outubro de 2007 (UTC)
Desculpa, gente, quero entender uma coisa: qual é a burocracia?????. Avisar os usuários é burocracia???? Educar os editores é burocracia????? Não é possível!!! Por que avisamos aos usuários sobre VDA? Sobre vandalismo? Isso é burocracia? Pra que perco meu tempo com a burocracia da Tutoria, então, não é mesmo? Pra que perder tempo e dar boas vindas aos novatos? Isso é burocracia! Porantim msg 02h30min de 21 de Outubro de 2007 (UTC)

  Discordo e estou com o Reynaldo, Dantadd e Fabiano. Sam  |msg|  03h10min de 21 de Outubro de 2007 (UTC)

  Discordo eu estou com o Sam. Já tem um que marca (ER) vai o outro (adm.) e se acha que está certo apaga. Quem conhecer o assunto do artigo é só apagar o ER e deixar o artigo "lindinho". Quanta besteira minha gente.--Vigilante mensagem 01h34min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

Espera lá, se encontram um artigo marcado pra ER erroneamente vocês o apagam ou desfazem a marcação? Se desfazem, costumam avisar quem marcou errado? Pois então! Quando for avisar a pessoa, haverá essa predef para facilitar a vida, simples. E quem me falar que não avisa, por favor...que não se avise nenhum usuário mais por erro algum. Mateus Hidalgo quê? 03h21min de 21 de Outubro de 2007 (UTC)

  • Peço um esclarecimento, se não se importam! Na predefinição que o Porantim fez, tem como primeira frase o seguinte: "Artigos mínimos como: "Fulano é um jogador de futebol."; para isso use {mínimo}." A minha dúvida é a seguinte: Mas isto não é mesmo lixo? Escrever {Mínimo} num artigo assim ? Há aqui qualquer coisa que eu não devo estar a ver bem. Depois, segundo me parece, o hábito é que quando o administrador vê um artigo marcado com ER, e fica na dúvida se deve apagar ou não, a única coisa que deve fazer é colocar o artigo em PE. Em relação à predefinição existente de marcação de {Lixo}, há muito que a acho demasiado agressiva para a grande maioria dos casos, pois muitos desses lixos não foram vandalismo mas desconhecimento do que deve ser um mínimo. Eu pessoalmente defendo a existência de dois tipos de avisos aos usuários que fizeram um artigo que marcamos como {Lixo}. (o actual e um muito mais soft). --João Carvalho deixar mensagem 22h57min de 21 de Outubro de 2007 (UTC)
Esclarecendo: estás mesmo confuso. O texto "Artigos mínimos como..." é mais do que um texto em uma predefinição, é parde de uma política oficial da Wikipédia Lusófona. Porantim msg 10h23min de 22 de Outubro de 2007 (UTC)

Eu concordo com a predefinição... Ela será bastante útil para avisar alguns usuários "experientes" que se negam a ler determinadas regras.--g a f M 23h32min de 21 de Outubro de 2007 (UTC)

  Concordo Eu concordo, porque é uma marcação simples e viável.   Brunoy Anastasiya Seryozhenko Mensagens 01h51min de 22 de Outubro de 2007 (UTC)

O aviso deve ser dado, mas geralmente são usuários mais experientes que fazem esse tipo de marcação. E qualquer usuário experiente se sentiria, ao meu ver, um tanto ofendido com uma daquelas mensagens pré-formatadas. Por isso eu opto por deixar mensagem manual, uma vez que nesses casos elas são poucos usadas (ao contrários dos avisos de vandalismo/propaganda/categorias/interwikis), visando respeitar a inteligência de quem realiza as marcações, ao invés de utilizar a predef. acima (que é claro, pode ser bem empregada para novatos). Giro720 03h07min de 22 de Outubro de 2007 (UTC)

  Discordo

  • Questão por resolver
Porantim, a questão dos mínimos nunca foi aprovada como política oficial da wikipédia, até porque o assunto já foi debatido diversas vezes e nunca foi uma questão consensual. Por isso acho que se deve tirar essa frase dessa predefinição. Para resolução da questão, a única coisa que posso propor é uma votação sobre se uma frase como "Fulano é um jogador de futebol." deve ser considerada lixo ou mínimo. Eu pessoalmente acho que é lixo, mas se a comunidade decidir o contrário, eu aceito sem problemas essa decisão. Até isso ser decidido, continuo a marcar artigos como esse com a predef. {Lixo}. --João Carvalho deixar mensagem 14h03min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)

  Discordo Confesso não ser um usuário que se dedica devidamente à manutenção da WP, mas mesmo eu já cruzei com artigos marcados indevidamente como {lixo}. O que fiz? Retirei a marcação, melhorei o artigo como pude e me dispus ao diálogo. E reconheço que eu mesmo já marquei uns tantos indevidamente. Mas com diálogo tudo se resolve. Ou não. --Tonyjeff ¿Uíqui-o-quê? 18h55min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Pedido de esclarecimentoEditar

Gostaria que o girino (e outros que disseram coisas semelhantes) desse um exemplo do que disse: "existem editores experientes que usam as marcações de {{lixo}} ou {{impróprio}} por preguiça de procurar a regra apropriada para a ER em questão." - é que eu conheço as regras de ER, e acho muito difícil alguém confundir as regras, ou que alguém use {{lixo}} ou {{impróprio}} no caso das outras regras de ER... Gostava mesmo de ser esclarecido, já que a acusação parece-me insólita...Manuel Anastácio 00h15min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)

Posso citar um administrador como exemplo? Citação: Dantadd escreveu: «Eu me recuso MESMO a ficar consultando o index prohibitorum da ER para marcar um simples lixo.» --girino 02h05min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)
O link para a citação está aqui: [2]. --girino 02h08min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)
Acrescentando que não tenho como mostrar exemplos pois não sou administrador, portanto não tenho acesso às páginas apagadas por ER. Posso apenas citar o que outros usuários disseram a respeito, como o Dantadd no link mostrado. --girino 02h08min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)
Estava procurando a mensagem original que me fez emitir aquela opinião, entretanto creio que tirá-la do contexto onde ela foi usada soaria como provocação para a pessoa em questão. Para evitar atritos, fico só com a citação do Dantadd acima, mas se quiser posso mandar, em particular, os links para uma discussão onde outra pessoa expressa opinião semelhante à do Dantadd. Acrescento novamente que os exemplos concretos não os posso dar, pois não tenho acesso às páginas eliminadas por ER. --girino 02h33min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)

Parece-me, pela citação, que o Dantadd não deve, de facto, ter lido as regras de ER. Aliás: o comentário parece pressupor que as regras de ER limitam-se a categorizar lixos e impróprios... Mas pronto, estou esclarecido quanto ao comentário. E fez-me ver que há uma certa razão no que o Dantadd diz: a regra que fala de lixo e de impróprio engloba algumas das regras, como a 3 e a 4... E, entretanto, noto que as mesmas estão escritas numa linguagem arcaica e denotam pressupostos jorgiano-mirandianos que, felizmente, não são os actuais. Creio que há necessidade de uma reformulação. Mas não a proponho para já, já que estamos um pouco empanturrados com discussões. Quando não houver mais nada a discutir... Manuel Anastácio 21h36min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)

TwinkleEditar

O uso do módulo de eliminação rápida do Twinkle pelo maior número de pessoas possível, para fazer marcações e/ou eliminações, faz com que as pessoas em questão tenham de ler as regras, podendo marcar de forma adequada.

Marcações "abusivas" podem sempre acontecer, mas assim relembram-se as regras a cada nova marcação. Eduardo 10h03min de 22 de Outubro de 2007 (UTC)

Além do mais, marcações "abusivas" são resolvidas pelo administrador que iria eliminar, wikificando ou pondo para PE. Logo, se a questão é o excesso de marcação pela regra 20, esta seria uma boa solução. Eduardo 10h05min de 22 de Outubro de 2007 (UTC)

Sobre a questão dos mínimosEditar

Sobre a questão dos mínimos que o João levantou, de acordo com Wikipedia:Mínimo eles existem e, se podem existir, não são lixos. Além disso, uma informação como "fulano de tal é um jogador de futebol" é infinitamente (literalmente) mais que nada. É bom lembrar também que as enciclopédias tradicionais possuem uma enorme quantidade do que a gente considera como mínimo. --Lipe λ FML 15h47min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)

Desculpa FML, mas não percebi! Afinal uma frase como essa, para ti é mínimo ou lixo ? --João Carvalho deixar mensagem 21h39min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)
Recentemente, criaram esse lixo (ER?). Fiz a substituição por um esboço. No entanto, me preocupo que tenhamos que considerar "enciclopédico" todos os artigos que aparecerem aqui com conteúdo de nível similar. JSSX uai 23h20min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)
  • Apesar de sinceramente não ter percebido o que o FML quis dizer (sei que tem estado ofline desde a minha pergunta), queria só acrescentar o seguinte: Não tenho absolutamente nada contra os mínimos. Acho que um mínimo é melhor do que nada. O meu problema é que o mínimo tem de ter mesmo um mínimo de informação. Pegando na frase acima referida "Fulano é um jogador de futebol" eu a considero lixo. Se colocarem "Fulano é um jogador de futebol do país xpto e joga no otpx" eu aí já considero um mínimo. Acho que existe uma diferença substancial de conteúdo, apesar de nem chegar a ser um esboço. --João Carvalho deixar mensagem 23h40min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)

Concordo com o João. JSSX uai 23h58min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)

João, {{lixo}} parece-me um bocado brusco. Creio que querias dizer {{impróprio}}... ou não! eheheh -- Nuno Tavares 00h09min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Conforme Wikipedia:Impróprio, artigos mínimos não são impróprios. Wikipedia:Lixo diz o mesmo. É aí que está o problema. Artigos, como o que eu citei de exemplo, não poderiam ser incluídos em uma dessas duas opções? JSSX uai 00h16min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Aquilo que eu achei é que há 8 meses foi introduzido + 1 item, precisamente o que está relacionado com os mínimos. [3]. Mas não se nota muito essa adição, porque foi adicionado numa predefinição para ser usada em 2 páginas. Lijealso 00h31min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Concordo com o João, e se fosse estabelecido que o mínimo deveria ter duas linhas? Quando encontrasse um verbete com uma linha só correto com o título, inserir mais dados para ficar como o João escreveu acima, e seria um mínimo de duas linhas com sentido. Jurema Oliveira 03h41min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)
Falar em linhas é ruim... Meu monitor é wide... Cabe uma pancada de texto em uma linha. Porantim msg 03h46min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)
  • Acho o seguinte: a hiena é uma animal risonho é lixo e deve ser apagado, até pra não ficar no histórico que alguém tenha feito isso como algo válido. Já algo como A hiena é uma animal africano, que vive nas estepes, e compreende várias espécies ameaçadas de extinção, pode ser até chamado de mínimo. Mas o que me causa arrepios é termos gente achando que isso já seja informação (basta vermos o que hoje é o verbete hienídeo) e ficar a lutar por eles como se já fossem algo de algum valor... Lembro-me do caso do verbete Zaguinho. Com toda propriedade foi proposto em PE, mas eu já tinha ouvido falar do jogador e me dispus a colocar informes por lá... O que não dá é gente defender os mínimos e quase nada fazer pra lhes dotar de algo chamado conteúdo... Se toda vez que um desses verbetes for colocado em apagamento (tanto como lixo, como em votação) alguém se dispusar a "salvá-lo", então vale a pena combater mínimos sem informações além das óbvias. Conhecer ¿Digaê 07h05min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Independentemente do que cada um acha ou não, na documentação da Wikipédia mínimo não é característica para determinar se algo é lixo ou não. Logo, se algo é marcado para ER por ser mínimo não está a seguir nenhuma regra válida. Lusitana 09h40min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

  • Uma dúvida que sempre me assola: Qual o problema em se manter artigos apenas com "fulano é um jogador de futebol"? Considerando que a frase em questão seja verdadeira (i.e. fulano é realmente um jogador de futebol profissional de um time conhecido), em que isso atrapalha a wikipédia? (não me venham com "ocupar espaço e blablabla" que isso é uma falácia das grandes. Quase não ocupa espaço e não pesa nos servidores, além do que, um artigo completo sobre o mesmo jogador ocuparia mais e pesaria mais. Dêem argumentos sérios!). --girino 10h02min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Girino, eu não falei na questão de ocupar espaço no servidor, porque para mim a questão não é essa. Baseado na mesma frase vou dar um exemplo: "Didó é um jogador de futebol" . O que é que eu deve fazer a um artigo que só tem esta informação ? Marcar como mínimo (eu acho que não) ? Alguém com esta informação ficou a perceber quem é o Didó ? Eu pessoalmente acho que ficava sem saber nada. Sei lá se é português, brasileiro, se ainda joga, se alguma vez jogou em algum clube, será que existe esse jogador ? Não me parece minimamente correcto manter um artigo assim ! Se escreverem "Didó (n. 1984) é um guarda-redes do Barreirense" eu já considero isto um mínimo. Resumindo, porque já me estou a repetir. Um mínimo tem de ter uma informação mínima, senão o artigo não serve para nada. Os mínimos são óptimos, mas têm de ter alguma informação. --João Carvalho deixar mensagem 12h39min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Lusitana, eu não marco {lixo} um artigo por ser mínimo, pois defendo a sua existência e como dizes e bem, não existe regra para marcar um mínimo como lixo. A questão só está na definição do que é mínimo. Se calhar sou eu que estou errado, porque isto de conceito de mínimo é difícil de definir. --João Carvalho deixar mensagem 12h39min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)
Penso que, se tiver pelo menos o time atual do jogador, nada contra o verbete ser mínimo e não lixo, algo do gênero "fulano é um jogador de futebol do clube tal". Agora, nada impede que seja feita a expansão do artigo. Dia desses, o verbete do zagueiro brasileiro Alex tinha essa versão e hoje está assim. Outro exemplo, que não é de jogador de futebol, é essa edição, que virou isso. Ou seja, nada contra os mínimos, desde que tenham o mínimo de vida assim... Alex Pereirafalaê 12h43min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

(conflito) João Carvalho: isso não responde minha pergunta. Que você acha isso eu já tinha percebido, mas minha pergunta é: em que isso atrapalha a wikipédia? --girino 12h44min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

  • É mesmo. Deixemos as tralhas. Aumenta a quantidade de artigos. Ói, vamos passar os italianos.
  • Agora muda tudo, troca a fita. Sou um novato lendo artigos aleatoriamente. Caí num artigo qualquer, sei lá, Leão. E se eu ler que Leões são animais no artigo? Demais! OOOOH! Viva Wikipédia! Extraordinário! Que seria de mim sem a mesma! Vou falar bem do Wikipédia pros meus miguxos, ele é tão completo!!

OMG. RR-IMPERADOR 13h07min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

ignore mode = on; reason = troll. Mais alguém tem ironias bonitinhas pra apresentar no lugar de argumentos? --girino 14h27min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

João, concordo que há grande distância entre "Fulano é um jogador de futebol" e "Fulano é um jogador de futebol do país X". Mas, até aí, "Fulano é um jogador de futebol" é mais que nada. Compreende? Pode não ser útil a você, mas com certeza poderá ser útil para alguém que não sabe nem quem é fulano. "Fulano é um jogador de futebol" é uma pista muito válida para que o leitor possa buscar mais informações em outros locais, por exemplo, numa enciclopédia futebolística. Com o girino: qual o problema em se manter mínimos como esse? A dúvida de não saber marcar? Marque como {{mínimo}}. --- Sobre o que o André falou, de que quem "defende" o mínimo não faz nada para acrescentá-los, discordo completamente. O Indech e NH, os maiores defensores de mínimos que já conheci, justamente os defendiam porque a partir de um mínimo (que é apenas uma pista) é mais fácil pesquisar o resto. abraço! Lipe λ FML 13h21min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Quem defende a permanência de artigos com conteúdo "útil" do tipo A hiena é um animal risonho conhecem essa página?. JSSX uai 13h24min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Girino, desculpa só agora responder. A minha opinião é a de que um artigo mínimo não atrapalha absolutamente nada a wikipedia. Como já disse defendo a existência de artigos mínimos. Só que acho que devem ter mesmo um mínimo de informação. Didó quanto a mim não tem informação que chegue para mínimo e não me parece que neste tipo de artigos (pseudo-mínimos) alguém vá acrescentar mais informação, mas vou estar calado, porque parece-me que a maioria não concorda comigo. --João Carvalho deixar mensagem 14h26min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Espero que quem quer que tenha criado o artigo Didó esteja ciente disto: Wikipedia:Não abuse da Wikipédia para provar um ponto de vista (que na wiki lusófona não é regra, mas é é em várias outras). --girino 14h32min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Girino, por acaso até fui eu que criei o artigo. Peço desculpa, mas não me lembrava desse sugestão. Vou tentar melhorar o artigo, para que não fique o tal mínimo que eu digo que não chega a ser mínimo.--João Carvalho deixar mensagem 15h10min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Já acrescentei mais alguma informação (lamento não acrescentar mais, mas não percebo nada de futebol).--João Carvalho deixar mensagem 15h25min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

PropostaEditar

Olha, virei troll. Para honrar o cargo faço a seguinte proposta para acabar com estas discussões sobre mínimos:

  • Para um mínimo ter condição de permanecer na Wikipédia lusófona, que ele traga ao menos três informações.

Por exemplo, se há um artigo cujo conteúdo Leões são animais (razão para eu ter me tornado um troll, cf. disseram acima), ele não terá condições de permanecer. Contudo, se trouxer mais informações (3 é um número mínimo) já dá para permancer. V.g.: Leões são animais do filo dos ---, carnívoros, e habitam savanas.

Acho que isto é bastante razoável. Outros exemplos:

  • Fulano (Boa Vista, Roraima, Brasil [info 1], 18 de junho de 1980 [info 2]) é um jogador de futebol [info 3].
  • Boa Vista é a capital do estado de Roraima, Brasil [info 1], tendo 250 mil habitantes (censo 2007, IBGE) [info 2], sendo a mais importante cidade da região [info 3].

O que não se encaixassem poderia ser mandado a uma nova regra de ER (ou ampliado, o que seria bem simples). Fim destas intermináveis discussões. Comentem.

Observações: 1) o troll aqui trouxe um argumento por trás da ironia bonitinha. Resta que os outros se disponham a interpretar antes de falar; 2) obviamente apenas os que estão conseguindo ler-me (rr-imperador ignore mode off) posicionar-se-ão sobre esta proposta. RR-IMPERADOR 20h40min de 26 de Outubro de 2007 (UTC)
neste caso a ER não é uma boa solução, o melhor é mesmo criar um novo método de eliminação, onde dava-se uma semana para expandir o artigo, caso o artigo não fosse melhorado o artigo seria eliminado. e assim os novatos perceberiam a razão porque aquele artigo será eliminado, porque muito artigos são marcados com ER e eliminados tão rapidamente que ele não percebem qual o motivo da eliminação. não tenho a certeza, mas penso que este sistema é utilizado na wiki:de, com este sistema "obriga" a expandir mais os artigos.--Rei-artur 21h38min de 26 de Outubro de 2007 (UTC)
Concordo com o Rei-artur. Uma forma de eliminação "semi-rápida" em que fosse dado tempo (e os avisos necessários) ao usuário criador ou a outros usuários de expandir o artigo seria uma ótima idéia. Mesmo assim precisaríamos de um critério para identificar "quando" um artigo está bom para não ser eliminado. Juntando as duas propostas:
  • Artigos com mais de 3 informações são mínimos e devem ser mantidos (ou eliminados em votação caso sejam irrelevantes).
  • Artigos com menos de 3 informações devem ser colocados em "quarentena" de uma semana e o autor devidamente avisado que o artigo está em quarentena. Ao fim de uma semana, se ainda assim o artigo não tem ao menos 3 informações, deve ser eliminado por ER.
Ainda ficam 2 problemas:
  • Definir o que é informação (ser jogador de futebol é informação ou não? Nascer no dia 2 de junho de 1934 é informação ou não?).
  • O sistema torna ainda mais "burocrático" o processo de ER, que é a principal reclamação dos que marcam mínimos como {{lixo}}.
--girino 21h57min de 26 de Outubro de 2007 (UTC)
  • Apesar de puder burocratizar um pouco mais o eliminar/manter, parece-me uma alternativa válida à questão. Nota: Para evitar interpretações dúbias, na frase "Artigos com menos de 3 informações devem ser colocados em "quarentena" eu acrescentava "excepto os que encaixam nas normas (regras) de ER" (ou outra frase com o mesmo sentido). --João Carvalho deixar mensagem 23h38min de 26 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo Com todo respeito isso vai servir para que os criam esses tipos de "artigos" se sintam mais encorajados a reclamar, sempre usando o argumento, era só um esboço eu ia acrescentar mais informações. O curioso que essas informações somente passam a existir depois da eliminação. Fabiano msg 00h23min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
Pois a idéia é exatamente essa: Ele não pode mais reclamar, teve UMA SEMANA INTEIRA para inserir a informação antes do artigo ser apagado. Não se está encorajando a reclamar, e sim encorajando a FAZER o que eles sempre reclamam que "não tiveram tempo" de fazer. --girino 00h45min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
Bom o nível que a discussão está a tomar. Unindo-se a minha idéia à do Rei, com as boas intervenções do João e girino, penso que teremos um poderoso mecanismo em mãos. Quanto à definição de informação: creio que, excluindo-se o nome do artigo (óbvio) e futilidades que deverão ser eliminadas (tipo ele gosta de fofoca ou ele é do signo de gêmeos), tudo pode ser considerado informação... só acho que data e cidade de nascimento e (eventualmente) morte devem ser considerados, respectivamente, uma só informação, e não duas (duas cidades, duas datas).
Dêem mais sugestões, a idéia agora já está bem melhor do que a que eu havia proposto inicialmente. Abraços, RR-IMPERADOR 00h55min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
Minha sugestão é que ao encontrar um verbete com pouca informação deve-se completa-lo ou ver se é caso de redirect, acabei de encontrar um caso que já foi apagado duas vezes por não ter informação Afro-brasileira e que na verdade só precisava do redirect para afro-brasileiro. Jurema Oliveira 02h38min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)

Sobre a questão de ser um problema a existência dos mínimos, basta notar que esta é a última Wikipédia a tratá-los com complacência e até levá-los a sério, talvez por não levar a si mesma a sério. Todas as outras têm vergonha deles. Minha opinião eu já a dei há tempos, permitam-me repeti-la:

Sou contra os mínimos. Acho que são ruins para a Wikipédia em português. Conheço os argumentos a favor da criação desses artigos, mas nenhum me convenceu até hoje. Eles são os seguintes: Que "qualquer informação é melhor do que nenhuma". Que "a enciclopédia que eu tenho em casa tem muitos artigos que seriam considerados mínimos", que "há mínimos e mínimos" e que servem "ao menos para colocar os interwikis". Pois digo que não há mínimos e mínimos. Todos são péssimos artigos. E se sua enciclopédia tem artigos assim ela é ruim e isso não significa que a Wikipédia deva ser também. Ao invés de informar alguém, esse tipo de artigo só serve aos críticos interessados em dizer que a "Wikipédia brasileira" é pior que a "dos Estados Unidos". E afinal os esboços já são ruins o suficiente. Além disso, acho que os mínimos foram criados em 2005 sem muita discussão por parte da comunidade em uma época em que tínhamos menos de 100 mil artigos e muito menos usuários. No momento há milhares de artigos de uma frase que passam muito tempo sem desenvolvimento e, ainda que a Wikipédia não deva estar "pronta" amanhã, muitos desses artigos não têm potencial para ser desenvolvidos. Foram criados com uma frase de um artigo original do qual nunca deveriam ter saído. Também as tarefas de manutenção roubam o tempo dos usuários

A última frase da citação fica quanto à proposta da Jurema. Não há mais gente nem tempo para estar atrás dos mínimos. Veja-se um exemplo quanto ao que digo: Categoria:Youkai. Quantas categorias não haverá por aí no mesmo estado ou pior? Nessa ainda adicionei negritos, imagens e conteúdo Enfim, apareci apenas para dizer que o que o Rei-artur procura já existe também na Wikipédia anglófona aqui e a predefinição (regras 1, 3 e 7).

Eu por mim sugiro não três informações, mas 250 caracteres e aliás, a aposentadoria da predefinição que serve apenas para estimular os que querem ser maiores que a Wikipédia dos Estados Unidos. A categoria, !Artigos mínimos, por outro lado já está quase alcançando a variedade da dos esboços. Não faz sentido manter as duas coisas. - Jota Morais 05h43min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)

  • Jota Morais! embora compreenda a tua proposta, parece-me que na prática é difícil de aplicar. Como explicar a um novato um mínimo de 250 e como é que ele conta os caracteres ? Para facilitar a vida aos novatos, eu optava pelas 3 informações, só por causa dos novatos que têm que ser tomados em consideração. --João Carvalho deixar mensagem 13h31min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
  • Em relação à questão colocada pelo Fabiano, sobre o reclamarem que iam acrescentar mais informações no artigo, não me preocupa muito. Reclamações temos a toda a hora e os administradores sabem-no bem! Se a regras forem explícitas, desculpem, mas que se danem com as reclamações. --João Carvalho deixar mensagem 13h31min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo com o João Carvalho nos dois pontos. Se acharem "3" um número pequeno, aumentemos pra "5" informações.
Quanto aos motivos para se manter os mínimos eu acho que o principal é: Os mínimos dão uma noção dos artigos que alguém procurou na wikipedia e não encontrou. São uma "dica" para podermos crescer a wikipedia de forma a alcançar o que os usuários querem ler, e não o que queremos escrever. Por isso a proposta de "quarentena" parece boa: Se algum usuário experiente sabe do assunto, terá 1 semana para escrever sobre ele. Se ninguém sabe nada sobre o assunto, elimina-se um "lixo" em potencial. --girino 18h51min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)

Jota, eu penso exatamente igual a ti. Para mim passava-se a faca nestes troços todos. Ocorre que nunca vamos chegar a um consenso sobre esta questão de eliminar ou não, por isso fiz esta proposta alternativa, para dar um mínimo de decência aos mínimos (perdoem o trocadilho).

girino:   Concordo com tua idéia de mudar para cinco alterações. Na verdade ia propor isto originalmente, mas fiquei temeroso de que muitos reclamassem e tudo desandasse. Abraço, RR-IMPERADOR 23h19min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)

  • Continuo vendo nisso uma forma de proteção que está por se criar para lixos e impróprios, não vai faltar aqueles que irão usar esse idéia de quarentena para manter seus artigos publicitários e que nada acrescentam a Wiki. Fabiano msg 00h29min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)
De forma nenhuma, esses se encaixam na regra de {{spam}}, ou não são nem mesmo mínimos e devem ser eliminados por votação. A quarentena sendo discutida não se aplica a nenhum desses casos. --girino 13h09min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)
E quanto aos artigos que já se encaixam nas regras de lixo (palavras de baixo calão, caracteres aleatórios, etc) ou impróprio (conteúdo claramente não enciclopédico), estes continuam sendo eliminados por ER. Estamos tratando apenas daqueles artigos que são "menos que mínimos" por conterem apenas uma frase, com menos de 3 (ou 5) informações. Por exemplo:
  • Fulano é um jogador de futebol brasileiro.
  • O leão é um animal.
A idéia é apenas "cobrir" uma falha nas regras que deixa esses artigos no "limbo" (veja que em nenhuma circunstância se encaixam na regra de "lixo"). --girino 13h14min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)

Ok, vou mostrar como pode funcionar o sistema:

Ao se encontrar um artigo nestas condições, marca-se {{Mínimo irregular}} (a página está provisoriamente em Usuário:SallesNeto BR/Mínimo irregular):

Este artigo mínimo foi marcado como mínimo irregular devido sua escassez de informações.

Adicione *[[Esplanada/Arquivo/2007/Novembro]] no fim da lista, em: Wikipedia:Mínimo irregular#Eliminar em 23 de outubro.

Expanda este artigo até 23 de outubro ou o mesmo será eliminado. (Após expandi-lo, risque-o com <s>Esplanada/Arquivo/2007/Novembro</nowiki> aqui)

Ele iria para uma lista em Wikipedia:Mínimos irregulares, organizada em sete seções (uma para cada dia).

Que acham? RR-IMPERADOR 16h14min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)

Muita burocracia; dá quase tanto trabalho quanto pesquisar e expandir o artigo. Prefiro a sugestão do Rei, no qual obriga a expansão de mínimos confusos/inadequados e, do contrário, eliminação após determinado período. Giro720 16h36min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)
Ocorre que nunca vamos chegar a um consenso sobre esta questão de eliminar ou não
— SallesNeto BR
Se não há consenso, façamos uma votação, nem que seja para tirar isso a limpo. Sobre a predefinição, não era bem assim que eu imaginava. Imaginava nova regra e predefinição de {{ER}} em que houvesse a possibilidade de marcar sete dias, mas tens razão, o sistema aqui é diferente da anglófona. A não ser que se crie uma regra de eliminação rápida que seja "semi-rápida", sete dias. O que estás propondo é a eliminação normal, por votação, de "artigos" que tenham conteúdo mínimo? - Jota Morais 18h10min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)
Citação: Jota Morais escreveu: «Se não há consenso, façamos uma votação».
Fazer uma votação sem um consenso sobre o assunto é essencialmente RUIM. Não pensei que tivesse de explicar isso, mas vamos lá: Se fizermos uma votação com os termos
  • artigos com menos de 3 informações não são mínimos e devem ser eliminados por ER, você é contra ou a favor?
Temos então duas hipóteses:
  • o "sim" ganha, e os artigos serão eliminados por ER. Efeito? Quem era contra a regra vai continuar não marcando para eliminar tais artigos, já que ele é contra a regra. Então a eficácia da regra é muito baixa (cerca de 50% menos eficiente do que uma regra consensual).
  • o "não" ganha, quem era contra as regras vai passar a propor eliminação por votação dos artigos mínimos. Sobrecarregando as já sobrecarregadas votações de eliminação. Ninguém vai atuar em cima dos mínimos, final eles estão "protegidos" do jeito que estão. Eventualmente, quem era contra a regra vai parar de vigiar vandalismo, afinal o trabalho é inútil e frustrante, já que ele não pode eliminar o que acha ser sem futuro na wikipedia.
As duas alternativas são RUINS! Porque? simples, não houve discussão nem negociação entre as propostas. Não houve tentativa de consenso.
A tentativa de consenso é uma tentativa de achar um meio termo que agrade a todos, ou a máximo número possível de pessoas. As votações só devem ser feitas depois que as propostas foram devidamente analisadas de forma a agradar o máximo número de pessoas. Por isso a tentativa de consenso e só depois dela a votação. --girino 19h07min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)
Não, não girino, não entendeste. Quando falava em votação falava sobre a existência dos mínimos em si, não sobre às propostas em discussão. Aqui acho que estamos de acordo. Na verdade não é este o meu ideal, que eu já coloquei mais acima, mas já é alguma coisa... - Jota Morais 21h42min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)

Eu acho que se está fazendo drama a toa. Insisto: qual o problema real da existência de um mínimo? Seja um que dê uma informação, duas ou três? O trabalho que se dá e o atrito que gera para remover ou não um artigo assim (ou pior: classificá-lo entre "mínimo certo" e "mínimo errado") é maior que o próprio trabalho de transformá-lo de duas para cinco informações, por exemplo. Como eu disse antes, ter UMA informação é muito mais que NADA e isso não polui nem atrapalha de forma nenhuma a Wikipédia. Um dia ele poderá ser expandido e, se não for, ficará ali por tempo indefinido até que alguém necessite expandi-lo. Supondo que eu seja um estrangeiro que não sabe nada de futebol e queira pesquisar sobre "Ronaldinho Gaúcho" e supondo que seu artigo dissesse somente: "Ronaldinho Gaúcho é um jogador de futebol". Notem que isso (como o girino falou mais acima) é uma grande dica para o início de uma pesquisa. É uma pista realmente útil, que fará com que eu direcione minha pesquisa para uma enciclopédia futebolística ou mesmo para melhorar minha pesquisa no Google, por exemplo, colocando "Ronaldinho + futebol". Isso está bem longe de lixo e eu diria até que algumas informações nem necessitam ser expandidas para ser útil. Alguns assuntos são bem definidos em uma linha e não seria necessário nem marcar com {{mínimo}}. Simplesmente não há argumento para o apagamento de um mínimo, por mais mínimo que seja, desde que a informação ali esteja correta e possa ser verificável, claro. Se ninguém quer expandi-lo, deixe-o em paz, para quê removê-lo? --Lipe λ FML 01h06min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)

Citação: Jota Morais escreveu: «(...) Ao invés de informar alguém, esse tipo de artigo só serve aos críticos interessados em dizer que a "Wikipédia brasileira" é pior que a "dos Estados Unidos". (...)» depois desse argumento acho que perdi as forças (nas pernas) para continuar esse debate. Não é possível que alguém esteja contribuindo pensando no que dirão sobre nós sermos piores que os Estados Unidos. Isso é irrelevante, nossa função aqui é informar e difundir o conhecimento humano, independente do que pensem de nós. Além disso, a Wikipédia dos Estados Unidos, para quem acompanhou um pouco, no início era composta de 90% de mínimos. Só expandiu porque existem muito mais usuários ativos. Lipe λ FML 01h11min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)

Na verdade quem escreveu o texto mais acima com o argumento acerca dos Estados Unidos fui eu FML. Podes dizer que nossa função aqui é informar, mas é aí que os outros, os visitantes, discordarão de ti e dirão que muito mais informativa é a Wikipédia dos Estados Unidos. Não é questão de falarem mal é questão de qualidade. Quanto aos demais argumentos, se quiseres podemos discutir tudo por e-mail. Não prolongarei a conversa aqui que o ponto principal já vai morrendo, como quase tudo que chega à esta Esplanada. - Jota Morais 02h11min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)

Não participei nem pretendo participar de toda essa discussão, mas que sirva como caso de uso: Greatest Hits (The Cure). --Leonardo Stabile msg 03h33min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)

  • Citação: Jota Morais escreveu: «Não prolongarei a conversa aqui que o ponto principal já vai morrendo, como quase tudo que chega à esta Esplanada.»
  • Bem que achei que o tema estava sendo tratado de forma séria por tempo demais... suspiro***. Repetindo-me: bem que achei que o FML demorou a chegar. RR-IMPERADOR 14h43min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)
Olha quem fala. E você contribui sempre de forma bastante construtiva no debate fazendo esses ataques pessoais incessantes contra mim. Eu reforço meu pedido para que você tenha mais respeito. --Lipe λ FML 01h58min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)
Lalli, se tivesses lido a discussão não terias feito aquele comentário. Tudo que disseste já havia sido citado acima. RR-IMPERADOR 13h46min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)
  • Continuo a afirmar que aquilo que o FML chama de mínimos, eu classifico-os de lixo. Frases como esta "João é farmacêutico" têm de ser marcadas como lixo mesmo. Não é aceitável um artigo deste tipo, no meu ponto de vista. --João Carvalho deixar mensagem 14h01min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)

Uma pergunta: se os mínimos não são um problema, o que viria a ser isto? JSSX uai 14h09min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)

  • Citação: João Carvalho escreveu: «Frases como esta "João é farmacêutico" têm de ser marcadas como lixo mesmo.» Você não está confundindo {{lixo}} com {{impróprio}}?
    • Citação: Wikipedia:Lixo escreveu: «lixo é um rótulo dado aos artigos que contêm material sem sentido ou ofensivo ao projeto e destituído de fundamento.»
    • Citação: Wikipedia:Impróprio escreveu: «Textos que não são de cariz enciclopédico»
A frase "João é farmacêutico" não é sem sentido nem ofensivo, logo não é lixo. Mas é totalmente sem cariz enciclopédico, logo é impróprio. --girino 15h36min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)
  • Certo! Peço desculpa pelo erro na terminologia utilizada por mim. O que eu queria frisar é que na minha opinião é um artigo para eliminar de imediato! --João Carvalho deixar mensagem 15h49min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)

Modificação dos avisosEditar

Proponho uma modificação na predefinição dos avisos, sendo que essa proposta visa somente usuários iniciantes e atos que não são, claramente, vandalismos; visa apenas não afugentar usuários novatos.

Não se pode esperar que todos os usuários entrem na Wikipédia e leiam as políticas e recomendações antes de começar a editar.

Suponhamos que alguém tenha acabado de entrar na Wikipédia, tenha visto que falta um verbete e pensa: "Pô, naquele site tem um material legal, vou postar aqui". Aí ele recebe um aviso de nova mensagem e dá de cara com:


página tal


Caro usuário,

Nunca copie para a Wikipédia material de outras fontes !

Você modificou/criou o artigo página tal com trechos copiados de [http... http...], o que não está de acordo com a política da Wikipédia.

Exceto se se tratar de material no domínio público ou se tiver a autorização expressa do autor, nunca copie para a Wikipédia material de outras fontes. O motivo é simples: os direitos de autor estão defendidos por legislação adotada por todos os países do mundo, e se um autor se sentir lesado pode processar a Wikipédia, o que pode provocar danos muito sérios ao projeto.

Se você for o detentor dos direitos de autor do texto copiado, por favor envie uma autorização conforme descrito em Wikipedia:OTRS.

Note no entanto que o que está protegido por direitos de autor é a expressão artística da informação e não a própria informação. O que isto significa é que você pode utilizar a informação obtida de fontes exteriores desde que a expresse pelas suas palavras. Ou seja: não pode copiar os textos, mas pode reutilizar a informação neles contida.

Obrigado.

Olha só, o usuário dá de cara com um aviso em Negrito Nunca copie material de outras fontes. Está levando, de cara uma bronca, parece até uma acusação! O texto está bom, mas a introdução poderia ser assim.

Caro usuário,

Obrigado pelo seu esforço para contribuir com a Wikipédia no artigo página tal..., entretanto o texto está muito parecido ou idêntico com o site http..., o que está em desacordo com nossa política.

Ou então o usuário entra, vê que pode editar o artigo e, como não sabe editar ainda, acaba provocando perda de dados ou inserindo informação incorreta. Aí vêm um aviso pior ainda:

Aviso

  Caro(a) editor(a), esta é uma mensagem de aviso que está recebendo, pois algum editor encontrou erros em uma de suas edições. Apagar conteúdo válido, copiar textos ou imagens de outros sites sem autorização, fazer propaganda, inserir textos sem referências, sem sentido ou afirmações que sabe serem erradas e usar palavras ofensivas são erros comuns e é possível que tenha cometido um deles. Se quiser experimentar o software da Wikipédia, pode fazê-lo na página de testes, à vontade. É preferível que se informe com o editor que desfez sua ação e que não insista no erro. Visite nossa página de boas-vindas. Obrigado(a).

Consulte: Políticas | O que a Wikipédia não é | Edição | Não fazer | Erros comuns | Imparcialidade | FAQ | Comportamento | Página de usuário | Ajuda

A pessoa vê, logo de cara, um fundo amarelo, com um triângulo vermelho e um ponto de exclamação, acusando-o (é uma acusação, sim) de vandalizar a Wiki. Não seria melhor colocar um aviso:

Caro editor iniciante;

Obrigado por seu esforço e tentativa de colaborar com a Wikipédia. Para evitar problemas a Wikipédia conta com uma página de testes, que você pode editar a vontade e treinar a edição de artigos. No artigo página tal você acabou, provavelmente por acidente, provocando problemas no artigo página tal. Boas contribuições.

Alguém tem mais sugestões?o comentário precedente não foi assinado por Rossicev (discussão • contrib.)

Contra
  Discordo da modificação. A idéia do negrito não é "dar uma bronca" e sim, enfatizar que não se deve cometer VDA aqui. E sobre a tag de {{aviso}}, a função é justamente esta: alertar para não mais fazer. Lógico, depende de cada caso, se apenas um erro de iniciante, basta um recado manual para avisar. Alex Pereirafalaê 11h28min de 26 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo VDA é grave e deixar bem claro que vandalismos não serão tolerados também é necessário. E como o Alex disse quando for um pequeno engano entra-se em contato sem a necessidade de usar o aviso. Fabiano msg 00h27min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo subscrevo os dois comentários anteriores. RR-IMPERADOR 01h00min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo--Reynaldo Avaré Msg 01h21min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo Vinicius Siqueira ¿MSG 15h14min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
  Discordo JSSX uai 13h14min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)
A favor
  •   Concordo rautopia 12h17min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)
  •   Concordo que seja necessário a mudança de algo nesse sentido, pois realmente o aviso atual é agressivo, o que nada mais é que uma semente para um futuro "vândalo de carteirinha". --Lipe λ FML 00h50min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)
Comentários

Ensinar ou Punir eis a questão A wiki poderia ser mais amena com os novatos, a grande maioria leva o primeiro aviso e já some por causa da bronca, agora se, o usuário faz isso propositalmente consciente e reincidentemente é outra história aí é bordoada nele.rautopia

Bot para comentário não assinadosEditar

Em en.wiki há um bot para a marcação de comentários não assinados: en:User:SineBot. É possível criar um desses por aqui? Dantadd 14h45min de 26 de Outubro de 2007 (UTC)

Não percebo do assunto, mas era mesmo uma ótima idéia. RR-IMPERADOR 01h01min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo --Pedro Spoladore 02h59min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo--Reynaldo Avaré Msg 03h49min de 27 de Outubro de 2007 (UTC) Acho que seria ótimo!
  Concordo Andrezitos msg/mail 23h16min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)

Podem até concordar, mas alguém consegue rodar o bot? O código dele (ou sei lá o que seja) está disponível e se estiver, pode ser usado fora da en:? BTW, eu concordo com o uso do bot também. Sladed 15h12min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)

Se alguém for fazer, não esqueça de usar assim ó: {{Subst:Não assinou|quem|~~~~~}} com cinco tiles, pois hoje muita gente usa errado, colocando só 4. Lipe λ FML 11h21min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)
É, e creio que seria bem se ela viesse com subst: também, para poupar os servidores. RR-IMPERADOR 13h50min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)

Na en:wiki, esse bot já me marcou um comentário como "assinado, mas não datado." Porque eu assino com três tis ao invés de quatro, pois minha assinatura já tem data. Se for trazê-lo para cá, não se esqueça também de trazer a categoria de pessoas que não querem que seus comentários sejam corrigidos por ele, para quem quiser poder adicionar sua página de usuário a ela. Mas um bot que eu acho que deveria ser trazido para cá, realmente, é o ClueBot, que reverte vandalismo automaticamente. MATHEUS WAHL 16:05 UTC Qua 31 10 2007

Mudança de Boas vindasEditar

Primeiramente gostaria de saber se existe a possibilidade da mensagem de boas vindas ser colocada automaticamente na página de discussão dos novatos assim que fazem o cadastro?
O motivo da pergunta: o novo usuário quando faz o login pela primeira vez precisa de informação rápida e respostas a todas as dúvidas iniciais, o que não está acontecendo. Verifiquei ontem que muitos novatos só receberam o aviso de boas vindas depois de horas que já estavam tentando editar alguma coisa. Precisamos contar com a boa vontade dos usuários para colocar boas vindas, mas se for depois de uma hora é tempo bastante para muita confusão. :Exemplo: [4]
Proposta: Funcionaria como o Google, Yahoo, Msn, e outros, quando se faz o cadastro nesses locais, imeditamente a pessoa recebe um email com todas informações necessárias e as regras de uso para poder editar. Poderia ser adaptado para o caso de boas vindas, quando o usuário fizer o primeiro login, já recebe na sua página de discussão automaticamente a mensagem de boas vindas com todas informações preliminares. Existe a possibilidade? Jurema Oliveira 05h34min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)
Concordo
  Concordo com a jurema, tem que ser automático alguém sabe como fazer isso?rautopia 12h03min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo também, mas acho que tecnicamente não é possível, ou já teria sido feito. Rossicev msg 12h12min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo --Reynaldo Avaré Msg 20h21min de 29 de Outubro de 2007 (UTC) já fiz esta sugestão mas não deu em nada... quem sabe agora! Tento fazer as boas vindas com o AWB, além de lento ele não "pega" a lista atual!
Discordo
Comentários

Locais onde isso já foi discutido [5], [6] (entre outros locais se não me engano).--João Carvalho deixar mensagem 13h36min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)

A tarefa pode ser feita por bots, mas as opiniões são bem divididas na comunidade. Sladed 20h01min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)

Sempre ouvi dizer que quando se faz o registo se recebe automaticamente as boas-vindas, embora não fique gravado na página. Seja como for já é alguma coisa. Lusitana 10h19min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)

João, já tinha lido as discussões anteriores, foi uma discussão boa sobre o assunto. Como perguntar não ofende eu fiz a pergunta, mas pelo jeito não deve ser possível. Lusitana, tem razão, já alguma coisa mesmo, sei que por Bot e pelo monobook dá para fazer mais rápido, mas o ideal mesmo é que já fosse automático na discussão do novato. Vamos aguardar~, quem sabe alguém diz mais alguma coisa. Jurema Oliveira 15h46min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)
Rautopia, vamos esperar que alguém consiga fazer isso. Slade, os Bots já tem tanto trabalho, que pensei que a melhor forma de diminuir o trabalho para todos seria essa. Reynaldo, hehe, não custa tentar de novo. Se não for possíevel agora quem sabe daqui mais um tempo. Jurema Oliveira 15h56min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)
Só faltou responder para o Rossicev, tenho certeza que já pensaram muito nisso, e pelo jeito não deve ser possível mesmo. Jurema Oliveira 16h00min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)

Parece ser impossível até por que senão outras wikipedias fariam. Rafael Max 00h18min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)

Por aquilo que foi discutido em tempos, o problema não é com a automatização das boas vindas, mas sim o problema de o usuário não receber umas Boas vindas personalizadas e com a ligação a um usuário a quem colocar as suas primeiras dúvidas. Acho muito importante haver uma certa ligação entre quem dá as boas vindas e o novo usuário. Se todos perdessem uns 3 minutos por dia a dar as boas vindas, não custava nada ! --João Carvalho deixar mensagem 01h07min de 1 de Novembro de 2007 (UTC)

Já usei o meu bot para pra dar boas-vindas e só não está permanentemente a fazer isso porque existem umas dificuldades no código e porque não se pode ter sempre o bot a funcionar; existem também outras tarefas prioritárias para o bot. Nessas circunstâncias, uso o bot com a minha assinatura e link para minha página de discussão. Também tenho um script, que na página de registo de utilizadores, identifica os novos usuários que já fizeram edições e ao lado tem um link que é só carregar e dá as BVs (não necessita abrir nova janela, nem aba).

A minha perspectiva pessoal é de ser mais selecto. Não gosto de ver as MRs inundadas de BVs, sobretudo quando isso pode dificultar certo tipo de tarefas. Por alguma razão os bots têm uma flag Lijealso 01h18min de 1 de Novembro de 2007 (UTC)

Por mim, usa-se o bot quando há disponibilidade do mesmo... o que sobrar é feito pelos usuários. Sladed 20h08min de 1 de Novembro de 2007 (UTC)

Sabia que...?Editar

eu Eu sou PBJP 11h17min de 2 de Novembro de 2007 (UTC) tenhu duas propostas. A primeira é a retirada de pontos de interrogação das curiosidades. Na página principal elas podiam ter ponto de interrogação, mas na página "Você sabia...?" elas podem atrapalhar a leitura do utilizador. A segunda proposta é a retirada da categoria "copa do mundo" da página "Você sabia..?", pq não precisa uma outra categoria só com copa do mundo. Se fosse assim teríamos que dividir todas as curiosidades em sub-categorias (ciencia, astronomia, olímpiadas...etc). Era pra ter todas as curiosidades unidas.

1º propostaEditar

  Concordo Eu sou PBJP 11h17min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

  • Concordo, mas é bom que se crie um grupo para fazer isto de uma vez, senão vai-se perder neste mundo de "Sabia que" e ficar despadronizado... vai dar um trabalhão. RR-IMPERADOR 18h47min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

  Concordo Augusto 21h28min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

2º propostaEditar

  Concordo Eu sou PBJP 11h17min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

  Concordo Augusto 21h28min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

Bibliotecários (ou: "há vida inteligente fora da pt:Wiki")Editar

Será que alguém poderia me dizer por que a progressista Wikipédia lusófona ainda não tem nada parecido com isso? Preciso aprender espanhol o mais rápido possível :) - Al Lemos 12h44min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

Muito boa a idéia, mas pelo que vi, o bibliotecário faz o mesmo que os sysops daqui já fazem, mas pelo que muitas vezes, são criticados... Alex Pereirafalaê 21h25min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)
Complementando: o bibliotecário é o sysop lá. Apenas as recomendações é que são mais claras... E já descrevem o perfil para os candidatos, sobre o cargo. Seria um nome interessante para nós? Alex Pereirafalaê 21h29min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)
Pelo menos, debater esse ponto me parece saudável. Quanto a adoção, acho difícil, dado a estrutura hierárquica atualmente vigente (e que - duvido muito - os administradores gostariam de ver alterada)... - Al Lemos 23h36min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)
Al, acho que há uma confusão aí: o bibliotecário lá é o administrador aqui. Não há alteração de hierarquia, apenas alteração do nome. E, lá, a votação para sysop dura 15 dias. Alex Pereirafalaê 03h43min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)
pois é, está mesmo a existir uma confusão, a es.wiki utiliza um sistema de hierarquia diferente das restantes wikipedia, nós temos os sysop (administradores) e burocratas, a es.wiki juntou os dois num só, a isto é que é os bibliotecário.--Rei-artur 12h21min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)
hummmm Não tinha conseguide depreender isso do texto...hehehe Lá eu sou pouco ativo... Alex Pereirafalaê 15h25min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)

Vasculhem os arquivos da Esplanada. Houve (creio que em 2006) uma discussão acaloradas sobre a troca do título "administrador" para outras opções, entre as quais, "bibliotecário".--g a f M 17h04min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)

Só me assusta o número de votantes, mais de 80 na maioria das eleições. Precisamos, realmente, de um povo mais participativo aqui. Rossicev msg 13h51min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Estilo fórum para EsplanadaEditar

É visivel o quanto a esplanada está grande e difícil de gerenciar, não é fácil saber qual assunto foi atualizado aqui de forma simples (os ultimos criados são é claro mais fáceis de ver, mas se alguém atualiza um bem de cima, ficará difícil). Eu proponho transformar isso em uma forma de fórum wiki. Isso ja existe e está funcionando na wikia. Veja como é bem mais simples, como todo forum, o que foi atualizado recentemente vai para cima. E nas discussões só precisa de uma linha de código para funcionar como forum. Também pode vigiar apenas o assunto que lhe interessa. Ao meu ver, melhoraria muito tudo aqui. Rodrigo Zanatta msg 10h40min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)

Ps: Eu jurei ter uma discussão sobre mudar a esplanada, mas não encontrei  

  Concordo Augusto 10h46min de 3 de Novembro de 2007 (UTC) — Acho que já deveriamos ter discutido esse assunto, mas já foi discutido? se foi já foi esquecido então

Pra quem ficou perdido, Wikipedia:Esplanada/geral#Sistema_de_t.C3.B3picos_na_Esplanada, dentre outras discussões. Giro720 21h48min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)

O exemplo do Giro mosta que precisamos mesmo disto... Rossicev msg 13h53min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Proposta para porta-vozEditar

Estava esses dias prestando atenção em alguns programas chamados de “talk show” como o Programa do Jô (na Rede Globo) e o programa da Marília Gabriela (no canal GNT) e vi que o “assunto” Wikipédia não é comentado lá por não haver um “representante” oficial da Wikipédia, fora o Jimmy Wales, mas não existe nenhum representante oficial que fale a língua portuguesa.

Não só esses programas, mas também algumas revistas semanais brasileiras como a Veja, e outras mensais dedicadas a assuntos científicos e estudantis como a Superinteressante e a Galileu quase todo mês colocam algum artigo referente sobre a Wikipédia falando bem (na maioria das vezes mau no caso da revista “Veja”). A maioria desses artigos apresentam algumas informações distorcidas da Wikipédia para a sociedade que não conhece mesmo a Wikipédia. E se caso existisse um “representante oficial”, muitas dessas perguntas seriam respondidas de forma correta e verdadeira, pois seria um usuário experiente que conhecesse as regras da Wikipédia e não um leigo que acabou de entrar na Wikipédia, leu algumas coisinhas e já quis colocar numa revista de porte nacional, sem nem conhecer verdadeiramente os nossos métodos e padrões.

Por isso proponho a criação de um novo cargo: o cargo de porta-voz. Este cargo consiste em apenas ser um “representante da Wikipédia para a sociedade”. Este(a) porta-voz não seria o nosso líder, mas sim como o nome já fala, ele seria apenas uma pessoa escolhida por nós (usuários, administradores e burocratas) que nos representaria em uma entrevista, apresentação, talk show e etc. O porta-voz não teria o poder de bloquear ou excluir algum artigo ou usuário como os administradores, ele(a) seria um tipo de usuário “normal” que não teria os “poderes” dos administradores ou burocratas, apenas representaria as idéias da Wikipédia e dos seus usuários para a sociedade.

Para se ter uma noção da rápida evolução da Wikipédia, peço que dê uma olhada nestas duas páginas publicadas na revista Superinteressante de Novembro de 2007 nas página 44 e página 45. Na última página vocês vê que a Wikipédia é a única grande enciclopédia que não tem um porta-voz para que a sociedade possa tirar as suas duvidas em relação a algumas questões envolvendo a Wikipédia. O porta-voz faria também uma função mais importante ainda: a divulgação em massa sobre o funcionamento da Wikipédia, pois ele(a) estaria envolvido sempre com entrevistas.

O projeto seria dividido em três etapas:

  • 1ª etapa: discussão e indicação dos possíveis porta-vozes
  • 2ª etapa: votação dos candidatos
  • 3ª etapa: votação para determinação de período de mandato do cargo

Obs: na 1ª etapa, cada usuário poderá indicar dois nomes para o cargo desde que estejam de acordo com os requisitos obrigatórios. A eleição será dividida em 2 grupos: a indicação de um usuário por outro e ou a autoindicação. Caso algum usuário já tenha indicado um candidato anterior, apenas precisará de votar no nome abaixo, igual ao que ocorre na página de escolha de sysops. Na 2ª etapa, terão que constar no MÍNIMO 4 usuário(as) concorrendo as duas vagas (sendo no mínimo 2 brasileiros(as) e 2 portugueses(as)). Na votação da 2ª etapa, os dois candidatos(as) brasileiros(as) e portugueses(as) irão disputar uma eleição separada, pois iria existir duas vagas para porta-voz, sendo uma para o Brasil e outra para Portugal (os dois maiores representantes da Wikipédia lusófona). Nesse ponto, os brasileiros só poderão votar em 1 candidato(a) e somente brasileiro(a) e o mesmo ocorre com os portugueses que só poderão votar em 1 candidato(a) e somente português(a).

Ycaro Gouveia Ribeiro Fala que eu te escuto!! 16h58min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)

Requisitos obrigatóriosEditar

    • Ter 18 anos de idade ou mais
    • Ser ou ter sido sysop ou burocrata
    • Ter no mínimo 1 ano de Wikipédia
    • Ter no mínimo 3000 edições
    • Não ser tímido(a)
    • Conhecer, no mínimo, quase todas as regras da Wikipédia


P.S:Candidatos que não apresentarem esses requisitos serão automaticamente eliminados.

===Indicação para estatuto de porta-voz=== ===Autoindicação para estatuto de porta-voz===

Comentários
  • Quem é que fez essa proposta? A votação, se aprovada, não pode ocorrer aqui (coloquei um belo nowiki nas "subseções" acima, para que ninguém se apresente como candidato... Isso é local de propostas, o encaminhamento deve ser em local apropriado. Penso que primeiro devamos ouvir o que os usuários tenham a opinar, para depois iniciar qualquer coisa... Eu, por ora, vou aguardar que o autor da mesma venha se identificar... Conhecer ¿Digaê 16h33min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)
    • PS: KKK... também não po-pode ser ga-ga-gago... he, he... Conhecer ¿Digaê 16h34min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)
André, achei o proponente. Particularmente, não vejo viabilidade para a implementação desta proposta. Alex Pereirafalaê 16h38min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)
Caro Alexandre, a idéia pode sim dar certo, mas acho que deveria ser um pouco "lapidada" para poder discutida. Acho que fui um pouco precipitado nas palavras, mas acho que este cargo pode sim dar certo, desde que outro usuário possa reformular as palavras, pois a idéia é boa, mas o que acontece é que as palavras que eu usei foram precipitadas. Ycaro Gouveia Ribeiro Fala que eu te escuto!! 17h09min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)
  •   Concordo Eu sou PBJP 18h05min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)

Com todo respeito, me parece falta de assunto. Sds Machocarioca 18h32min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

Ícaro, na verdade, nem que se tornasse um diamante, acho que a idéia é inviável. Ninguém aqui é pago, ainda mais para se expôr por aí. Cada um de nós somos porta-vozes do projeto. Lembro de um caso recente, em que o Manuel Anastácio foi procurado por ser sysop da Wikipédia. Ele falou em nome do projeto, apesar de não ser porta-voz designado. Acho que assim funciona melhor. Não precisamos de mais um "cargo". Alex Pereirafalaê 18h40min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)
Quem assumisse esse cargo não iria receber um salário de nós (usuários), por isso quem quiser assumir este cargo tem que ter a plena consciência de estar fazendo isso em nome da comunidade. Para quem quer ganhar também um pouco dinheiro, algumas revistas brasileiras de circulação nacional como a Época, Veja, Istoé, entre outras pagam um certa quantia de dinheiro para poder entrevistar um convidado. Também os programas de entrevistas na tv tambem pagam uma certa quantia ao entrevistado. Ae alguns falam: "mas não foge do princípio da Wikipédia?". Em parte sim e em parte não, porque quem irá pagar o "porta-voz" não será a Wikipédia, mas as revistas e programas de tv que quiserem entrevistá-lo. Ycaro Gouveia Ribeiro Fala que eu te escuto!! 21h09min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)

Se ele ganhasse dinheiro, na minha opinião, esse dinheiro seria doado a wikipédia. Eu sou PBJP 00h38min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)

Os colaboradores das Relações públicas em Wikipedia:Contato já fazem exatamente isso (muito bem por aliás). Nas condições atuais, não vejo necessidade de burocratizar quem pode ou não ajudar com a imprensa. Giro720 03h02min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)
ver também esta Discussão sobre a criação da Wikimedia Brasil --Waldir msg 14h49min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)

  Discordo e não sei nem se a Wikimedia veria com bons olhos um cargo desses. Rossicev msg 13h59min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

"Wikipédia (não) é revista Caras (?)"Editar

Sempre removi seções "Curiosidades" de biografias por não considerá-las enciclopédicas, serem altamente especulativas [muitas vezes boatos falsos] e opinosas, além de ser uma ilegítima quebra de privacidade. Também já vi diversos utilizadores a seguir o que eu faço.

Ontem fí-lo no verbete de Zac Efron, inclusive coisas do tipo Zac tem uma coleção de autógrafos de jogadores de baseball, A sua bebida favorita é leite e ele gosta de comida chinesa e Gosta de carros — o que, NMHO, é tão útil como dizer em Matemática que Pitágoras e seu teorema são os responsáveis por inúmeras reprovações escolares e da destruição da vida de milhões de alunos mundo a fora. O diff pode ser visto aqui.

Em seguida Crazyaboutlost revertou minha edição. Considerei-na legítima, está em seu direito de questionar uma grande remoção de (pseudo)informação. Afim de estabelecer um consenso quanto à questão, encaro-lhes a questão abaixo. Abraços, » ~~~~ 14h00min de 10 de Novembro de 2007 (UTC)

  • Fofocas e outros tipos de materiais no estilo paparazi devem ser sumariamente excluídos da Wikipédia lusófona?
  Concordo » ~~~~ 14h00min de 10 de Novembro de 2007 (UTC)

Concordo com suas colocações, entretanto hà curiosidades e curiosidades em biografias. As apontadas por vc considero também bem "Revista Caras", não tem nada a ver com isso aqui. Como concordo, e é meu direito como editor, estou revertendo a reversão que o Crazy fez de você. Se ele quiser manter, que venha discutir aqui primeiro. Mas antes de ser contra qualquer curiosidade, é necessário separar o joio de trigo. Sds Machocarioca 18h43min de 10 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

Calma, calma. Não precisamos nos exaltar. Se tu leres lá, verás que eu também não gosto da seção caras do artigo. Concordo que poderia ser removida, só acho que deveria ser discutido antes de ser removido, e não simplesmente removido como tu fez antes de discutirmos ou ouvirmos as opiniões dos outros. Crazyaboutlost discussão 17h34min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Acabo de encontrar algo interessante: en:Wikipedia:Trivia sections. Dêem uma lida (eu estou a sofrer com malditos tradutores virtuais, lol. Que tristeza ser en-0,5). Abs, » ~~~~ 23h23min de 10 de Novembro de 2007 (UTC)
  •   Discordo, ora essa. Dependendo das curiosidades, é claro que pode ser relevante! Temos até na página principal um "você sabia?" e não teremos curiosidades nos artigos? Lipe λ FML 15h31min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)

Acho que isto mata a questão. Eu removi algumas informações irrelevantes e reescrevi o texto agrupando os fatos isolados com base na dica do Salles (en:Wikipedia:Trivia sections). O que não se pode fazer é "sumir" com a informação. Se ela está ali, é melhor deixá-la para que alguém arrume depois, não simplesmente apagar (porque some da vista). abraço! Lipe λ FML 17h03min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)

Lipe, ficou melhor, mas aquela historia de homem mais sexy de 2007 por tal revista chega a ser engraçado de tão 'Caras' e 'Contigo'. Nada a ver com wikipedia. :-) Machocarioca 19h01min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

Que não fique apenas nessa biografia essas mudanças... Temos muitas "personalidades" com esses tipos de trívias inúteis, como "Fulana come tal marca de iogurte"... Alex Pereirafalaê 23h13min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)


Apaguei o correspondente em SandyCrazyaboutlost discussão 02h21min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

  Neutro Eu sou neutro porque eu gostaria que algumas curiosidades sobre algumas pessoas famosas, mas isso tem um limite. Algumas revistas parecem terem sido retiradas de revistas de fofoca.Eu sou PBJP (discussão) 17h19min de 9 de Dezembro de 2007 (UTC)

Páginas imprópriasEditar

Páginas movidos aos outros projetos, como o wikisource, wikilivros e wikcionário (em especial este último), no qual não são movidas com o import costumam aparecer nas páginas de artigos curtos. Talvez pudéssemos substituir as predefinições {{movidosource}}, {{movidodic}} e {{movidobooks}} (que servem de marcações para páginas movidas e que não há um redirect adequado para o verbete) por um redirect a uma página do projeto (algo como Wikipedia:Páginas movidas) semelhante ao que já fazemos para pseduo-redirect. Assim, diminuímos o problema com páginas curtas e mantemos o histórico de tais artigos. Giro720 16h50min de 11 de Novembro de 2007 (UTC)

Acho a proposta muito interessante. » ~~~~ 18h19min de 11 de Novembro de 2007 (UTC)
Pelo menos para o caso do {{movidodic}}, a idéia não era redirecionar o verbete para outro sobre o mesmo tema mas com nome adequado? Por exemplo, uma página "alimentar" redirecionada para "alimentação". Confesso que não saberia se a mesma lógica funcionaria bem para os outros correlatos; como um possível "Guia de programação de C++" sendo redirecionado para "C+, um tanto quanto bizarro manter isso em uma enciclopédia. --Leonardo Stabile msg 18h25min de 11 de Novembro de 2007 (UTC)
Hum... é boa, acho que nunca ia ter uma caso de não haver para onde redirecionar um verbete de dicionário. » ~~~~ 19h27min de 11 de Novembro de 2007 (UTC)
Sim Leonardo, realmente continuaríamos fazendo isso, mas para onde redirecionar artigos como rubor ou devaneio, por exemplo? Muitos preferem manter essas páginas, embora sejam impróprias, de forma a preservar o histórico. Eu, no entanto, não gosto delas fazendo volume nas páginas curtas =P.
Assim como no caso de psedo-redirects, a página do projeto teria um link apontando para onde foi movido o conteúdo. A outra idéia possível seria simplesmente criar um redirect direto para onde foi movido o artigo (i.e. #redirect wikt:devaneio). Giro720 19h51min de 11 de Novembro de 2007 (UTC)
LOL, retiro o que disse a pouco hehe.   Apoio a idéia do Giro720 » ~~~~ 20h19min de 11 de Novembro de 2007 (UTC)

  Concordo com o Leonardo Stabile em relação específica ao {{movedic}}: toda palavra está de certa forma associada a um conhecimento humano. Lipe λ FML 12h21min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)

No caso de devaneio poderia ser delírio, mas sim, concordo que nem sempre é simples e coerente. Mesmo que se resolvam todos os movidodic, ainda sobram os outros correlatos, e esse sistema de Wikipedia:Páginas movidas poderia ser muito útil. Não entendo muito bem o porquê desse rigor com a manutenção do histórico, o projeto correlato poderia muito bem somente copiar o histórico daqui na discussão do verbete de lá e confiar em algum administrador da Wikipédia na verificação das edições eliminadas para atestar que corresponde. --Leonardo Stabile msg 16h36min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)

Por isso é bom ter uma comunicação com os outros projetos para que o projeto-destino importe essas páginas e possamos apagá-las. Mateus Hidalgo quê? 18h17min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)

GêneroEditar

Atualmente Género detêm Género (biologia) e Gênero redireciona para Género (desambiguação).

O uso da palavra gênero é muito mais comum no sentido da designação social das pessoas em relação ao sexo. Uma mera busca no google retorna milhares de resultados dos quais apenas a da própria wikipedia remete a gênero como classificação científica na biologia. Os demais resultados, todos referem-se a gênero social. Assim proponho que Gênero (ou Género) redirecione para Gênero (sociedade) (ou Género (sociedade))

-- Aline de Freitas 23h06min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)

Se é assim, não deveria ser como principal "Género (gramática)"? Alex Pereirafalaê 23h11min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)
Claro que não. O uso mais comum de gênero é no sentido sociológico e/ou antropológico.-- Aline de Freitas 23h48min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)
  Concordo com a Aline. No mais, corrigi aquele link vermelho, redirecionando Gênero (sociedade) para Género (sociedade). Rossicev msg 10h36min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Nesses casos, acho a melhor solução colocar a desambiguação na página principal (género), ao invés de redirecionar um termo genérico para um artigo específico com título diferente. Ao meu ver, todos os géneros possuem a mesma "importância". Giro720 18h48min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Onde o verbete gênero é top transcede meus limites de tolerância! NH 17h33min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)

GeralEditar

Direito Civil ou Direito civil?Editar

Na hora de categorizar o artigo pagamento (direito) fiquei na dúvida: Categoria:Direito Civil ou Categoria:Direito civil? Como estudante de direito, eu vejo que todos os livros usam Direito Civil, então optei por esta. Saber o padrão da wikipédia para as categorias dos ramos do Direito — v.g., Direito processual penal ou Direito Processual Penal? — é importante porque pretendo organizar as categorias dessa área, que estão confusas, mas de acordo com as convenções estabelecidas aqui. --Pedro Spoladore 13h58min de 22 de Outubro de 2007 (UTC)

Como é o nome de uma disciplina, parece-me que deve ser "Direito Civil". Manuel Anastácio 11h36min de 23 de Outubro de 2007 (UTC)

  Concordo Ok! Se ninguém discorda, daqui a alguns dias começarei os trabalhos para padronizar todos as categorias dos campos de Direito. --Pedro Spoladore 12h25min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)
Não só em predefinições mas no nome dos artigos também, Direito Civil e não Direito civil. Embora, me pareça ainda que a Wiki-pt tem preferência pela norma latina. Vejam aqui: [[7]]. Adotou-se o modelo da PUCRGS? --AZZ 03h19min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)
Aliás, o ponto acima é de vital importância para os títulos de artigos. Até para que não se saia movendo páginas indevidamente. Vale a pena ver o link acima. --AZZ 03h40min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Como chamar a República da China ??Editar

Há uma verdadeira confusão, quanto a esse país. Alguns nomes que eu ja vi República da China, Taipé Chinês , Taiwan e Formosa. Acho que está se tornando uma bagunça e eu não sei qual é correto, e qual deve se usar. Basicamente eu estava organizando as bandeiras e descobri (colocando a China apenas para ajudar, ja que é o país dissidente da China)

Códigos ISO 3166-1 por nome de país
Exemplo Código geral Código bandeira Cód. Futebol Masc. Cód. Futebol Femi. Cód. Rugby
  Taipé Chinesa {{TPE}} {{TPEb}} {{TPE}} {{TPE}} {{TPEf}} {{TPEwf}} {{TPEih}} {{TPEr}} {{TPEbk}}
  Taiwan {{TWN}} {{TWNb}} {{TWN}} {{TWN}} {{TWNf}} {{TWNwf}} {{TWNih}} {{TWNr}} {{TWNbk}}
  China {{CHN}} {{CHNb}} {{CHN}} {{CHN}} {{CHNf}} {{CHNwf}} {{CHNih}} {{CHNr}} {{CHNbk}}

Ai é que começa a confusão, eu devo chamar República da China ou Taiwan (em TWN eu mudei, achando ser melhor de chamar República da China. O time de futebol está como formosa em alguns. Ou seja, qual deve ser usado. Credo que país confuso, pq não usa um nome simples como o Brasil  . Deixo aqui para olharem esses erros e sei lá, decidir como tudo isso vai ser chamado. Deve-se verificar algumas páginas relacionadas, que elas também podem ter problemas. Rodrigo Zanatta msg 23h50min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)

Aproveitando a onda, eu queria perguntar se existe uma seleção nacional de futebol do   Reino Unido ou do   Vaticano. O reino unido não é um país e sim uma junção de vários né? Cada uma das suas partes é que tem uma seleção, então ele não tem uma seleção do reino unido e tal. E o vaticano realmente não tem um time de futebol? É que só faltaram esses para completar a lista. Rodrigo Zanatta msg 23h56min de 24 de Outubro de 2007 (UTC)
A do Reino Unido eu respondo: não existe seleção nacional do Reino Unido, uam vez que cada membro do Reino Unido tem as suas respectivas federações, em quase todos os esportes... Salvo engano, tirando o atletismo e a natação, todos os demais esportes são independentes. E o Vaticano não tem federação esportiva. Acho que respondi. Alex Pereirafalaê 00h18min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)
(conflito de edição)
Sobre Taiwan realmente não sei ... talvez República da China? Quanto ao Reino Unido, não tem (tanto quanto sei) nenhuma selecção (a Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte participam sempre sozinhas) ... mas por exemplo no atletismo e na natação os atletas são sempre "do Reino Unido". Quanto ao Vaticano não creio que exista, nunca ouvi falar de atletas do Vaticano em lado nenhum ... aliás, só têm nacionalidade vaticana os membros da Igreja que lá residem. --EuTugamsg 00h24min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)
A confusão Taiwan-República da China-Taipé Chinês é longa... O problema está na falta de reconhecimento oficial do país por parte da maioria dos Estados nacionais do mundo. Brasil e Portugal, por exemplo, não reconhecem Taiwan-República da China-Taipé Chinês como um Estado nacional. A questão é que de facto Taiwan-República da China-Taipé Chinês é um país independente e é preciso encontrar saídas para contentar essa realidade e a pressão chinesa. Eu acredito que a forma preferencial para o Estado de facto independente é República da China pois é assim que o país oficialmente se reconhece, é este nome que vem estampado nos passaportes. Em áreas como o desporto, é comum a designação Taipé Chinês... enfim, há que se analisar cada caso, não tem jeito. Dantadd 00h42min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)
Então eu mechi em algo bem complicado. Acho que apenas coloco aqui para alguém que saiba, possa ajudar. Eu não faço a menor idédia de qual é correto. Vale destacar que o time de futebol masculino, (  Taipé Chinês e   República da China) apontam para a mesma seleção, e ele ainda chamam de time de formosa, só para piorar ainda mais a confusão. Apenos deixo destacado esse erro, para alguém verificar melhor. Rodrigo Zanatta msg 15h57min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)
Taiwan/Taipei/República da China: Na questão do futebol e outros esportes, acho q se deve seguir o nome oficial usado pela FIFA e pelo COI: Taipé Chinês. Formosa é uma tradução pra português pra ilha em si (que também se chama Taiwan), não pra sociedade ali existente.
Qto aos casos políticos/geográficos, acredito q ainda se deva referenciar como República da China mesmo, até que haja um reconhecimento internacional.
Vaticano: não existe um comitê olímpico ou uma associação filiada à FIFA, portanto não existe uma seleção de futebol do Vaticano, nem atletas competem sob a bandeira do Vaticano.
Reino Unido/Grã-Bretanha: aqui é mais complicado. Existe UM comitê olímpico, o da Grã-Bretanha, portanto se falando em esportes olímpicos (exceto o futebol), escoceses, inglêses, galeses (acredito q os atletas da Irlanda do Norte tbém) competem sob uma mesma bandeira. Existem as federações "locais", mas todas elas são subordinadas ao British Olympic Association
Já no futebol, devido a questões históricas, cada país que forma o Reino Unido tem sua própria federação. Portanto pro Futebol, não existe Reino Unido nem Grã-Bretanha, existe Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. Mas este é um caso separado, de resto qq atleta que não seja de futebol compete pela Grã-Bretanha/Reino Unido. Garavello 17h41min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Não há nenhuma confusão, o país é chamado de Taiwan ou Taipé. Não sei pq o nome do artigo é República da China, talvez tenha sido criado por português e o chamam assim por lá. Machocarioca 04h52min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)

A questão não é tão simples. O Estado nacional de facto mas pouco reconhecido internacionalmente chama-se "República da China" e reivindica jurisdição sobre toda a China, é como um governo no exílio. O nome oficial é República da China, embora seja mais reconhecido como Taiwan por estar localizado nessa ilha. Dantadd 13h02min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)

Veja o histório da RPC e República da China no verbete Estados-membros das Nações Unidas - Observações nº 3Ricadito 21h00min de 20 de Novembro de 2007 (UTC)


Sistema de tópicos na EsplanadaEditar

Após consenso, será adotado um sistema de tópicos por subpáginas nas Esplanadas. A minha pergunta é a seguinte: como sera a nomenclatura? Que tal [[Wikipedia:Esplanada/tópicos/NOMEDOTÓPICO]]? Mais sugestões, por favor. Sladed 22h48min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)

Até que gostei assim... Alex Pereirafalaê 22h49min de 25 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo com ambos. Só que vai ter que estar muito bem explicado na introdução como criar um novo tópico, senão vai ter usuário novato se perdendo. Rossicev msg 10h44min de 26 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo Nota técnica... "tópico" irá ser convertido num URL meio estranho... não se arranja uma palavra sem acentos, tipo "tema"? De resto 5 ***** Portugalgay.pt 00h52min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)


a melhor maneira e para facilitar o arquivamento é colocar da data no tópico, ou seja, uma coisa deste genero [[Wikipedia:Esplanada/2007/10/NOMEDOTÓPICO]] ( [[Wikipedia:Esplanada/<ano>/<mês>/<NOMEDOTÓPICO>]])--Rei-artur 13h14min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)

Era isso mesmo que eu ia propor :)   Concordo com o Rei-artur. Waldir msg 15h03min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
Melhor ainda. Organiza-se melhor... Alex Pereirafalaê 15h04min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)
  Concordo e precisa rápido, ta ficando cada vez maior essa explanada.

A esplanada continua dividida em 3 secções, certo? Geral, Propostas, Anúncios. Ou vai-se misturar tudo novamente? Lijealso 17h11min de 1 de Novembro de 2007 (UTC)

Creio que sim, a fim de evitar uma mega-barra de rolagem   Sladed 20h07min de 1 de Novembro de 2007 (UTC)
Como eu discuti em outro lugar, não seria melhor manter isso como um sistema de forum? Que nem tem funcionando na Wikia?? Rodrigo Zanatta msg 15h42min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)


Mais um país problemáticoEditar

Em minhas organizações, eu descobri essas duas entradas. Estudei e defini que eram repetidos, mas não tinha 100% de certeza. Como um usuário desfez as minhas edições, eu pensei estar errado. Então vamos agora discutir isso.

Quanto ao nomeEditar

Antigamente estava como Saint Martin e ja vi escrito como Sint Maarten, que no artigo principal não fala muito bem. Como qualquer país, ele deve estar com o nome em português, e então o nome deve ser São Martim. Falta pesquisar o que diabos é Sint Maarten, talvez o nome de uma ilha que forma essa país ou as Antilhas Holandesas.

Quanto a BandeiraEditar

Olhando essas duas bandeiras (  São Martinho e   Saint Martin) da para ver que   Saint Martin tem o nome (local) não sei ao certo o que quer dizer, mas obviamente deve ser localmente usada (???  ). Ja   acredito ser a correta.

Quanto as predefiniçõesEditar

Bem, as predefinições até agora criadas e as atuais na wikipédia são:

Vale lembrar que essa SMN foi usada em União Caribenha de Futebol e CONCACAF. E que ambos aparecem na wiki em inglês, sendo na União Caribenha de Futebol está mais desorganizada e confusa lá, deixando meio duvidoso.

Por fim acho que a gente deveria organizar esses artigos aqui na wikipédia, primeiro fazer a fusão em São Martin com St. Martin e pesquisar um pouco para entender tudo isso. Por exemplo, da para ver que essa ilha é dividida em duas, onde uma parte é um país único e que ao norte é um território pertencente as Antilhas Holandesas. Pode ser que até que tenham duas seleções de futebol, mas tem que verificar isso. Afe, que confusão tudo isso. Rodrigo Zanatta msg 13h09min de 27 de Outubro de 2007 (UTC)

Lol.. Ninguém se arrisca a comentar sobre isso?? Será que é tão dificil resolver isso? Rodrigo Zanatta msg 13h47min de 28 de Outubro de 2007 (UTC)
Veja aqui:
Saint-Martin (Colectividade territoriais francesa)
Sint Maarten (Antilhas Holandesas)
os 2 são membros do concacaf. JC 09:13 28 Outubro 2007 (PST)
Pronto, concertei um pouco da confusão, criei os dois artigos, agora ficou mais claro, os artigos criados (ou arrumados) foram
Caso alguém queira contribuir com esses artigos, está convidado Rodrigo Zanatta msg 18h22min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)


Copa do Mundo de 2014Editar

Já faz 15 dias que o artigo Copa do Mundo de 2014 está bloqueado. Olhando o histórico, não vejo tantos vandalismos. Em determinados casos não seria mais correto bloquear o vândalo ao invés do artigo?. 15 dias de bloqueio para um artigo deste tipo, que tem seções de evento atual é um pouco de excesso para uma enciclopédia livre. Não teria como alguém rever isso? J.P.Chagas 15h41min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)

E acrescentando: Não vi na página de discussão nenhuma manifestação das partes em resolver a disputa. Muito pelo contrário. Isso se aplica também ao artigo do Kassab. J.P.Chagas 15h45min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)
Nossa, é pior do que eu imaginava. Dando uma olhada na Categoria:!Páginas protegidas, vi que tem artigos bloqueados há 3 meses! Páginas essas, que poderiam ter sido expandidas, como Filho, só por um exemplo. J.P.Chagas 16h02min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)
O local correto para esse tipo de pedido é Wikipedia:Pedidos a administradores. --Leonardo Stabile msg 16h14min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)
Tudo bem eu mando pra lá. J.P.Chagas 16h19min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)
15 dias é muito, 3 meses é absurdo. Qual é o vandalismo lá? Machocarioca

Artigo desbloqueado. Dantadd 23h27min de 29 de Outubro de 2007 (UTC)

Existe a possibilidade de colocar um tempo para desbloquear automaticamente após um período? Seria útil. Lipe λ FML 00h55min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)
Teoricamente existe, mas nunca consegui fazer funcionar. Dantadd 01h58min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)
Actualmente é necessário explicitar o tempo de duração, só inserindo explicitamente "infinite" ficará indefinidamente. Até é curioso que actualmente o que costuma ocorrer é a protecção terminar e o protector esquecer-se de retirar a predefinição de marcação. Eduardo 09h28min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)
Eu até hoje nunca consegui fazer funcionar o prazo de expiração. Dantadd 18h38min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)
Na verdade, não tem muito mistério: basta colocar o prazo de expiração em inglês, p.e. 6 hours, 15 days, 4 weeks, 2 months, 15 years (um exagero), e assim por diante. Alex Pereirafalaê 18h42min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)
  • O mesmo vale para os bloqueios de usuários, Alex? Sempre tive dúvida nisto pois não encontrava um tutorial sobre. RR-IMPERADOR 20h51min de 1 de Novembro de 2007 (UTC)
Vale o mesmo, Salles. Utiliza o prazo em inglês, da mesma forma, se for o caso. Alex Pereirafalaê 03h14min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Só a título de curiosidade: alguém afetado por alguma proteção pediu o desbloqueio? Se não, não cabe discutir-se a proteção... só porque ela existe? Temos verbetes a mais para trabalhar do que ficarmos vigiando, vigiando... Se alguém quiser editar e for impedido, a discussão está ali para isso... ou não? Conhecer ¿Digaê 05h46min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)

Wikipedia:Votações/AutomedicaçãoEditar

Alguém poderia me dizer se a votação acima (de 2005) ainda é considerada válida? Se for, então creio que esta predefinição não pode ser utilizada.

Atenciosamente,

Al Lemos 12h47min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)

  • Na minha opinião, enquanto a comunidade não revogar essa deliberação, a decisão tomada em votação continua em vigor. Nota: como todas as decisões, esta também pode a vir a ser alterada se a comunidade assim o decidir. --João Carvalho deixar mensagem 14h01min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)
Me parece que essa predefinição é um pouco diferente ao foco do debate acima explanado. Rossicev msg 14h59min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)
Concordo com o João, enquanto não tem nova votação, aquela continua valendo. Sr. Tumnus msg 15h03min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)
Concordo com o Rossicev, são coisas diferentes. A segunda poderia ser utilizada no Contato/Linha direta, muitas pessoas perguntam sobre doenças lá.-- Jo Lorib d 22h41min de 30 de Outubro de 2007 (UTC)
Esta predefinição nova (aviso médico) só deveria ser usada fora do domínio principal.--g a f M 01h54min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)
Pois já foi usada em dezenas de artigos - e todos no domínio principal. - Al Lemos 18h48min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)
Eu diria mais de cem!   Especial:Whatlinkshere/Predefinição:Aviso médico --Lipe λ FML 19h02min de 31 de Outubro de 2007 (UTC)
Nada que um {{pedido-bot}} não resolva em questão de minutos. -- Nuno Tavares 06h15min de 1 de Novembro de 2007 (UTC)

Sendo o aviso diferente, embora o sentido (intenção) seja o mesmo do anterior, acho que deve ser retirado dos artigos, ou então vota-se novamente. Na minha opinião, toda a gente sabe que seja onde for que se leia alguma coisa sobre um medicamento, isso não serve nem para diagnosticar uma doença nem que esse medicamento seja o indicado para essa doença. Para isso existem os profissionais de saúde! Qualquer um consegue encontrar na net, artigos sobre medicamentos e não se vê lá avisos desse tipo. Mais, nas bulas dos medicamentos, diz normalmente, se tiver dúvidas informe-se com o seu médico ou farmacêutico. Eu sou contra esse tipo de avisos na wikipédia. Por exemplo se houver um artigo sobre forca, também vamos lá colocar um aviso, não se enforque, ou um artigo sobre ópio ou morfina, também colocamos lá um aviso não use ? --João Carvalho deixar mensagem 00h18min de 1 de Novembro de 2007 (UTC)

Concordo com o João. Andrezitos msg/mail 18h31min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)


Saltos de Espaços NominaisEditar

Saltos de Espaços Nominais. O único lugar que se "pega" assinaturas em artigos...! Tenho pedido por vezes que alguém possa dizer o motivo que está desativado desde 3 de setembro! Na página diz: "...Momentaneamente as atualizações para esta página estão desativadas. Por enquanto, os dados aqui presentes não poderão ser atualizados...". Alguém sabe como achar artigos com assinatura de usuários? Com o AWB ou AVT? Exatos dois meses...! Obrigado. --Reynaldo Avaré Msg 00h21min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)

WikiPad 2.0Editar

Criei uma segunda versão do WikiPad, meu pequeno editor externo Wiki. Trabalhei com carinho neste programa para a Wikipédia. Ele é simples, mas eu acho útil. Lembro que é nescessário o .NET Framework 2.0 (Se usa o AWB, você já têm), pois eu escrevi o WikiPad 2.0 em Visual Basic .NET. Baixem o WikiPad 2.0 aqui. Por favor avisem se houver erros. Agradeço. Der kenner Hallo! 20h27min de 3 de Novembro de 2007 (UTC)


Páginas sem saída > 300Editar

  • Alguém sabe o que aconteceu aqui, para passar para 300 artigos tão rápido?-- Jo Lorib d 15h12min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)
Olhei apenas uma e era VDA. - Al Lemos 18h32min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)

Pergunta, é permitido??Editar

È permitido a alguém alterar um artigo protegido?

Outra pergunta, é permitido a alguém dizer que um artigo "não cita as fontes", quando o artigo as cita (no caso em apreço tem pelo menos 6 válidas)?

Pois bem, o OS2WRAP fez ambas as coisas com o artigo Think Finance. Alterou um artigo protegido (devido a uma divergência entre mim e o Lijealso quanto à experiência óbvia da equipa), e colocou um aviso de falta de fontes apesar de quem ler o artigo ver que as fontes estão lá todas documentadas.

O que fazer?

José3 18h18min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)

Já vi que "Justiça" ou "Regras" aqui são letra morta. É consoante. Foi um administrador que fez, então pode. Vocês são ... José3 21h06min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)

O Problema é só da wikipédia. Eu podia ter ficado aqui a escrever e em vez disso montei a minha própria Wiki e vocês mais a vossa política e injustiça, que se lixem. José3 21h07min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)

O artigo tem uma referência a fórum e tem informação sem referência, o que pra mim é o suficiente pra ter a tag. Não sei quem estava metido nas disputas do artigo, mas não vejo problema em alguém de fora da discussão editar algo não pertinente às disputas. Mateus Hidalgo quê? 22h55min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)

Que eu saiba, artigos protegidos não podem ser editados por ninguém até serem desprotegidos.

Matheus, eu também concordo que pessoas fora da discussão em um artigo possam editá-lo, mesmo protegido. A questão é que apenas adminstradores o podem fazer, porque podem debloqueá-lo, editar e bloqueá-lo novamente. Editores comuns não. E aí, eu vejo muito problema sim. Ou edita todo mundo ou não edita ninguém independente da edição, me parece uma questão ética. Sds Machocarioca 23h53min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

"Mateus" please. Não me lembro se há algo explícito nas políticas, acho que isso vai do bom senso da pessoa. Como disse, é algo que não é objeto de disputa (uma categoria, ortografia ou interwiki, por exemplo) e a pessoa não está no meio, não vejo problema. Mateus Hidalgo quê? 00h31min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

Eu vejo e muito. Artigo bloqueado, ou não edita ninguém ou editam todos. O resto é falta de ética na minha opinião. Sds Machocarioca 00h37min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

Citação: Machocarioca escreveu: «Matheus, eu também concordo que pessoas fora da discussão em um artigo possam editá-lo, mesmo protegido.» Mateus Hidalgo quê? 00h52min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

Exato Mateus, TODAS as pessoas, se for o caso, e não apenas os administradores. Se for para admnistrador poder editar sem que os outros possam, desbloqueie-se para todos. Sds Machocarioca 02h23min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

Reitero a citação e repito, cada um com seu bom senso. Mateus Hidalgo quê? 03h45min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

A citação é completamente pertinente com o que coloquei. Quanto ao bom senso vc está vendo o de certas pessoas no exemplo deste caso específico. Machocarioca 05h08min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

ts ts. Citação: Machocarioca escreveu: «Matheus, eu também concordo que [todas as ?] pessoas fora da discussão em um artigo possam editá-lo, mesmo protegido. Colchetes e negrito meus. Eu disse que não verifiquei a situação, se o OSWarp estava no meio das disputas pelo artigo, concordo que não deveria ter editado. Mateus Hidalgo quê? 09h29min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

O artigo Think Finance foi protegido devido a uma disputa de conteúdo entre os usuários José3 e Lijealso. O OS2Warp não estava envolvido nesta disputa, pelo que eu vi.

Quanto à marcação de "rigor", ela está correta, ao meu ver. Não basta ter referências. É necessário que estas sejam fiáveis e independentes. JSSX uai 12h25min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

Mesmo que o OS2 não tivesse envolvido diretamente na disputa ele não pode editar o artigo caso esteja protegido. O assunto deve ser resolvido na página de discussão e depois, após o desbloqueio, fazer as alterações devidas. Lipe λ FML 15h12min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

  Discordo pois Wikipedia:Página protegida define claramente: Não proteja uma página com a qual você esteja envolvido.. OS2Warp não alterou o conteúdo. Ele incluiu um aviso que está, IMHO, correto. Ele não estava envolvido. JSSX uai 16h19min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

A resposta parece óbvia: Não edite uma página temporariamente protegida exceto para adicionar um aviso de página protegida. Essa é a regra. Mas se ele não estava envolvido, e viu algo errado, acho que não é problema fazer um pequeno conserto. Tumnus msg 16h34min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

Penso igual. JSSX uai 16h37min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

Situação hipótetica: e se a página tivesse sido protegida contendo algum vandalismo que não foi percebido? O administrador estaria errado ao editar a página e reverter o vandalismo? Se a página contêm algum problema este problema deve ser apontado. A primeira obrigação do administrador (e de qualquer wikipedista), ao meu ver, deve ser com o possível leitor. JSSX uai 16h48min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)
Ele editou a página para acrescentar uma mentira (falta de fontes, quando o artigo tem bastantes, incluindo 2x o maior semanário PortuguÊs, 1x o maior jornal económico português, 1 tese de mestrado e 2 livros). Além disso retirou a categoria Finanças, o que é absurdo até pelo nome do site. José3 20h00min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

Independente de ter editado mentira ou não, o simples fato de alguém editar um artigo bloqueado, já é um envolvimento, seja pra fazer o que for. A atitude ética de qualquer um é se abster de editar num artigo bloqueado. Não interessa se o OSWarp estava envolvido antes ou não, se envolveu quando editou, qualquer edição em qualquer artigo e um envolvimento nele. Sds Machocarioca 22h42min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

A regra realmente é clara e mais clara que isso impossivel: "Não edite uma página temporariamente protegida exceto para adicionar um aviso de página protegida.". Ponto. não vem ao caso se vc está enviolvido ou não, a regra não toca nisso. E o que o Warp fez não foi inserir aviso de pagina protegida, mas de falta de fontes, que por sinal, é ridiculo e mesmo que fosse corrteto tbém não poderia. Machocarioca 22h45min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

Aquilo não é regra, nem política, nem recomendação. Não está assinalada como tal. Prefiro optar por bom senso nesse caso. Não houve nenhum problema com a edição do OS, então não vejo motivo pra continuar com essa discussão sem rumo. Mateus Hidalgo quê? 23h58min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)
O bom senso, neste caso, seria ouvir o usuário que reclamou e não fingir que ele não existe só pra defender um administrador. Não houve nenhum problema com a edição do OS? Claro que houve! Um usuário veio a esplanada reclamar que a edição dele está interferindo no processo de discussão de um artigo que foi bloqueado por disputa de conteúdo. Isso pra mim é um problemão. Bom senso seria participar da discussão e propor soluções para a disputa e não editar a revelia de quem está discutindo o assunto. Bom senso é não usar dois pesos e duas medidas (quando parte do texto agrada, ele é argumento, quando desagrada, ele não vale nada). Convenhamos, nessa defesa inconteste de um administrador, o bom senso passou longe! --girino 00h41min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
Meu amigo girino, vc não aprende nunca... até quando vai ficar tentando argumentar usando esses utensílios "racionais" em fútil busca pela justiça na wiki, deve ser cego ou mto ingênuo. É sempre a mesma banda marcial tocando, e ninguem tem coragem de bater na panela. --Rmbr 00h58min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Girino, antes fossem dois pesos e duas medidas da mesma pessoa, mas são de duas pessoas diferentes(!). Comentando a diff do JSSX citada, pra mim não fez sentido falar da "proteção de páginas por envolvidos" no presente assunto que é "edição de páginas protegidas por não-envolvidos", mas concordo com o que ele diz (ou seja, sou contra qualquer edição/proteção por envolvidos, tanto que já fiz uso de mediações e pedidos de proteção quando estava envolvido), só que pelo bom senso e não por estar escrito na página (que repito, não é política, ou seja, não teve ser tomada como escrita na pedra). Considerava a tag correta, e, portanto, pelo bom senso, correta a edição, na medida que falta referência à fraude PIPS e por usar blog como fonte. Entretanto, tenho que concordar com você, Girino, quanto ao fato de ter o OSWarp ignorado os questionamentos do José3 (só vi isso agora). Tendo ele pedido para apontar onde faltavam as fontes, o certo teria sido apontá-las. Não vi problema na edição, mas agora o vi na omissão. Mateus Hidalgo quê? 02h45min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Realmente não houve nenhum problema com a edição do OS2Warp, só um probleminha ético, mas afinal quem se importa com isso? Machocarioca 03h30min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca


Do meta ao mediaEditar

Alguém entre nós tem condições de mover uma página do Meta para o MediaWiki? Acabei precisando desse recurso e simplesmente não tenho a menor idéia de como proceder ou a quem recorrer... Desde já agradeço se alguma alma piedosa puder solucionar este probleminha... grato, Conhecer ¿Digaê 05h39min de 2 de Novembro de 2007 (UTC)


Help! Vandalismo...!Editar

Hoje a coisa está "Brava", atenção aos IPs (e registrados!), o vandalismo está muito alto. Ajudem!--Reynaldo Avaré Msg 21h10min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)

O Vandalismo está alto devido aos atentados que aqui são cometidos pela "estrutura do poder" de forma contínua, certamente. Pois não existe nenhuma razão intrínseca para o projecto ser objecto de tanto vandalismo.

Dá que pensar.

José3 21h26min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)

Pois é... A nossa Estrutura de Poder realmente é complicada, esses atentados... Reynaldo, estou vigilante, mas realmente, nada faremos sozinhos. Melhor que falar, vamos fazer... Alex Pereirafalaê 21h35min de 4 de Novembro de 2007 (UTC)
Pode ser bem ilustrativa uma visita ao Wikirage, lista dos verbetes mais vandalizados da Wikipédia. O link é da edição em espanhol. Não, não há uma versão em português... - Al Lemos 11h10min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)
Em parte por culpa minha :( Quando o Craig Wood começou o projeto Wikirage eu sugeri que ele fosse estendido à wikis de outras línguas. Ele me mandou um email perguntando qual língua eu preferia e eu respondi: eu quero a em português, mas como não sou egoísta, sugiro que comece pelas maiores. Infelizmente ele seguiu minha sugestão :( --girino 00h54min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Eu por mim faria uma lista negra dos alvos de ips... Continuo achando muita graça que a maioria do pessoal que sempre é contra o bloqueio de edição, mesmo limitado, pelos anônimos é justamente aquela que quase nada faz para combater vandalismos... Falar sempre é fácil... Conhecer ¿Digaê 11h40min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)
Posso tentar levantar no banco de dados da wiki quais páginas são mais editadas por IPs (claro que não em tempo real, os dumps saem a cada 3 semanas mais ou menos, então teríamos um atraso de 3 semanas). --girino 00h54min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Eu sou um dos que sou totalmente contra bloqueio de edições a IPS. Eu não faço quase nada para combater vandalismos. Falar sempre é fácil mesmo. Por isso falo: não faz parte da filosofia da Wikipedia isto. Não foi criada assim, não funciona assim e o lema dela é ...A enciclopedia livre onde qualquer um pode editar. Ou muda-se o lema ou muda-se a regra. As duas coisas não podem conviver. Mude o lema. Ponto. Machocarioca 22h59min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

Na verdade, a edição por anônimos não registrados é uma premissa da fundação: m:Foundation issues. --girino 00h54min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
Também sou contra proibir IPs de editarem artigos (não políticas, predefinições importantes, votações já encerradas...), mas acho urgente vigiar essas edições. Vigiar não é proibir, que fique claro isso. Mas sem uma vigilância, fica difícil, já que a grande maioria dos vandalismos é feita por IPs (sem esquecer que alguns registrados também estão aqui só para vandalizar). Alex Pereirafalaê 01h18min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
Na minha opinião, que é mais ou menos parecida com a do Machocarioca e do Girino, acho que ainda falta muito para ser uma enciclopedia livre onde qualquer um pode editar, como se prega, quando um anônimo entra pela primeira vez, já precisa ser avisado que não deve criar verbetes com biografias de pessoas não relevantes, seu pai, avô, empresa da família, de pessoas sem notoriedade, de bandas da periferia que ainda não são famosas, de artistas ainda não famosos, de jogadores de futebol que não estejam na mídia, de garotas de programa ou modelos que não tenham saido na PlayBoy, de poetas desconhecidos do nordeste e do Mato Grosso, de livros de autores novos sem notoriedade. Se temos todas essas restrições então precisamos avisar antes que escrevam para não ir direto para a lista dos lixos, PEs, e outras. Deixar criar o artigo para em seguida mandar apagar? Acho que estamos perdendo o tempo de quem escreve e de quem se dá ao trabalho de ficar verificando o que vai e o que fica. Jurema Oliveira 13h02min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

A Jurema tocou no ponto. A questão é exatamente esta, orientar antes e não proibir. Machocarioca 13h56min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

ADN vs DNAEditar

Segundo uma politica aqui da WP:PT o nome do artigo deve ser aquele pelo qual é mais conhecido. Admito que DNA é mais utilizado que ADN, mas o artigo, a meu ver, deveria ser ADN (com a respectivo direccionamento de DNA), por duas razões:

  • No artigo é muito mais vezes referido ADN do que DNA e;
  • Se é "Ácido DesoxirriboNucleico" porque não usar o acrónimo em português em vez de usar a sigla inglesa? Não é mais correcto? Nas enciclopédias (de papel) que consultei vem como ADN! - Brango 14h00min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

Na minha opinião o título deveria ser Ácido desoxirribonucleico com redirects dede os acrónimos. No caso de se usar acrónimo, ADN seria preferível. DNA parece-me (mais) um estrangeirismo desnecessário. João Sousa DC 19h53min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

Concordo com o João Sousa. Waldir msg 21h07min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)
Eu preferiria o nome por extenso, assim como síndrome da imunodeficiência adquirida. Dantadd 22h46min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)
Concordo com o nome por extenso; pelo menos de.wiki, es.wiki e fr.wiki também adotaram tal solução para tal verbete. --Leonardo Stabile msg 23h40min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

Concordo com o nome por extenso também. Mateus Hidalgo quê? 23h48min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

Também concordo com o nome por extenso. E redirect das duas siglas. Alex Pereirafalaê 01h04min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
Prefiro o nome por extenso. Andrezitos msg/mail 01h27min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Por acaso já tinha reparado nesta situação (por via de outras conversas noutro local) e parece-me mais adequado que se deve promover o uso da sigla DNA na wikipedia, mas ter como título do artigo o nome completo. Já que referiram o/a síndrome da imunodeficiência adquirida, aproveitem a onda e mude-se as referências a HIV (que deveria ser VIH) nas páginas respectivas. Portugalgay.pt 01h43min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Também   Concordo. Pelagio 02h27min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Gente, eu sou biólogo e informo que a tendência generalizada nas comunidades científica, médica e forense é de uso da sigla DNA. No campo técnico todo mundo usa DNA, os professores ensinam usando a sigla DNA, as pessoas reconhecem a sigla DNA, os filmes usam a sigla DNA nas traduções e nas dublagens, enfim, a sigla DNA é internacional e nacionalmente conhecida e reconhecida para identificar o ácido desoxirribonucleico. Eu sugiro que o artigo seja colocado sob o nome completo, ácido desoxirribonucleico, e que ambas as siglas sejam explicadas ao invés de redirecionar diretamente para o artigo principal, mas se a maioria achar que devem redirecionar diretamente então que ambas as siglas sejam explicadas no artigo principal, com a informação de que a sigla DNA é a sigla de uso corrente. São Dogbert 05h32min de 6 de Novembro de 2007 (UTC) (Sim, estou um pouco melhor da tendinite, mas não tanto que possa voltar a participar intensamente ainda.)

  Concordo com o nome por extenso e os redirects. Jurema Oliveira 12h34min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Citação: São Dogbert escreveu: «os professores ensinam usando a sigla DNA» - pois, eu sou professor e ensino ADN porque Citação: Brango escreveu: «Se é "Ácido DesoxirriboNucleico" porque não usar o acrónimo em português?» É muito mais fácil ensinar DNA (está mais difundido, é verdade) mas, na minha opinião, os alunos até percebem melhor ADN porque são as iniciais da biomolécula!
Acho que o artigo deveria ser o nome completo e as siglas serem redirects (explicando-as no artigo principal).
L.F.Miguel   •   15h08min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Sempre falei DNA e continuarei falando DNA. aliás estamos em uma enciclopédia que serve para explicar e não para confundir. Rafael Max 15h57min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)


Pedido de esclarecimentoEditar

Se um site como o Thinkfnwiki possuir um artigo muito informativo como por exemplo uma biografia de Warren Buffett, ou uma descrição completa de um CDO, ou algo do género, é ou não aceitável que esteja aqui no respectivo artigo como "ligação externa".

Pergunto isto porque vejo ligações para a Investopedia e coisas do género, no entanto a ligação para o artigo Warren Buffett no thinkfnwiki, que é uma biografia muito completa em Português, foi apagado.

O link não estava como "fonte", estava como "Ligação externa" para não haver a questão da notoriedade ou não do Thinkfnwiki. O artigo para quem o ler era obviamente bom.

PODE ou NÃO PODE?

Parece-me a mim que etão a colocar o interesse de certas pessoas acima do interesse dos leitores. Mas pode ou não pode?

José3 08h35min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Se usou como fonte coloque-a como referência, se não usou e é uma biografia de qualidade pode constar como ligação externa. Eduardo 11h59min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
É uma Biografia de qualidade, não usei como fonte e sim como ligação externa devido à pouca notoriedade do site não obstante a qualidade do artigo, pode verificar a qualidade: Warren Buffett José3 12h06min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
Sendo de qualidade, que é, a notoriedade do site é perfeitamente irrelevante. Por mim repõe-se. Eduardo 12h14min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Faço uma pergunta, a comunidade prefere:

1) Que coloque ligações externas para artigos que complementem o que está aqui escrito na Wikipédia, em cada assunto onde tais artigos existam;

2) Que pergunte na discussão de cada artigo se essa ligação deve ser colocada antes de a colocar.

3) Que não coloque nada já que preferem que os leitores não vejam esses artigos ainda que sejam relevantes.

José3 11h55min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Eu como membro da comunidade prefiro que, já que o blog pretende ser uma cópia da wikipédia, não podendo ser, portanto, fonte, que não seja inserido seu link no artigo. Se preferires, aumente o artigo da wikipédia sobre Warren e use as fontes que o blog usou, mas não acho próprio colocar um link para uma cópia da wiki.Crazyaboutlost discussão 12h36min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
Crazy, não é nenhuma cópia da Wiki (nem nenhum blog). É uma Wiki somente financeira, dedicada só a temas financeiros e com regras diferentes da Wikipédia. Caso não saibas o software que permite a Wikipédia é público para isso mesmo. Existem centenas de wikis diferentes, normalmente temáticas. Esta é mais uma, que planeia ser o maior repositório de conhecimento financeiro em Português. Não é uma enciclopédia pois permite também investigação inédita, produtos financeiros, sites financeiros, etc. Mas esses não são aqui linkados, aqui só linko artigos do interesse do público em geral. José3 12h44min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)


Pois bem. Ao dizer que "é uma Wiki financeira", admite-se a cópia. Não vejo problema em copiar, mas vejo problema em colocar um link para a cópia e não aumentar o artigo da wiki verdadeira.Crazyaboutlost discussão 12h53min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
Crazy, o termo "Wiki" refere-se ao SOFTWARE com que estas coisas (Wikipédia incluida) são feitas, não é um termo próprio da Wikipédia !!! Um "Wiki" é um site que usa determinado tipo de software, não é uma "cópia da wikipédia". A Wikipédia é a maior Wiki, mas nada mais, compreende? Existem centenas, milhares, de wikis e não são por isso "cópias da wikipédia". Isso é o mesmo que chamar a um Toyota Landcruiser uma cópia de um Jeep, só porque lhe chamam "Jipe". José3 13h13min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
    • Na minha opinião essa é uma discussão sem fundamentos, pois é clara a intenção de usar as ligações externas para referenciar o site ou blog seja lá o que aquilo for. O enunciando das ligações já diz tudo:Exposição original da fraude da Afinsa e do Fórum Filatélico, Comentários sobre fraude Afinsa e Fórum Filatélico, de um especialista do ramo todos os comentários hospedados no site. Além disso uma das referências usadas é de um fórum que basta registrar-se para opinar, ou seja nenhuma credibilidade para ser usada como fonte. E o usuário José3 D​ C​ E​ F voltou a remover as tags colocadas por outros usuários depois vem para esplanada reclamar quando são recolocadas. Já havia referido que o artigo tinha dono e ninguém levou a sério agora o próximo passo será usar o site que ele criou virar a próxima referência a ser usada. Fabiano msg 13h55min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
Essas ligações são para os artigos que denunciaram as fraudes. O Especialista de que fala nesse artigo é mesmo um especialista da área (não, não sou eu - leia o artigo). E o que estava aqui em causa não era esse artigo. Retirei as tags porque o artigo tem 7 (SETE!) referências independentes e fiáveis, logo "falta de referências" ali é mentira. José3 14h17min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)


Ao José3, digo que é interessante a idéia de se criar uma wiki específica para a área econômica. Desejo, inclusive, sucesso com o projeto. É importante que essa wiki não seja destinada apenas para "promoção particular". Ela deve ser útil e coletiva (agregando outros voluntários) pois, do contrário, acabará sendo um blog (embora tenha um formato wiki).

É necessário que você defina qual o tipo de conteúdo que sua wiki irá possuir. O fato de um biografado, por exemplo, tiver um artigo na sua wiki não significa que ele tenha propriamente que estar aqui também, e vice-versa.

Quanto às ligações externas para sua wiki, recomendo que leia Wikipedia:Ligações externas#Proibidas. Particularmente, creio que os links não serão aceitos por serem o seu próprio site, dentre outras interpretações possíveis. Entretanto, isso não seria uma limitação ao meu ver. O Google poderia ser mais útil do que a Wikipédia no quesito "Divulgação". JSSX uai 14h12min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Quem escreveu o artigo "Warren Buffett" em causa não fui eu, Fred. José3 14h19min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Pergunta óbvia: porque não usar as mesmas fontes que o artigo na outra wiki usa, conforme levantou o Crazy? Ao menos essa é a prática que eu vejo mais correta, já q todas as informações desse artigo devem ser baseadas nas fontes apresentadas na Thinkfnwiki. Evita-se o clima de "usar a Wikipédia pra divulgação" e ao mesmo tempo usa-se fontes confiáveis (já que imagino q a Thinkfnwiki tbém tenha alguma política de verificabilidade e confiabilidade).

Mas concordo que usar o artigo de uma wiki (seja ela qual for) como referência/ligação externa de otura wiki soa estranho. Fica parecendo mesmo divulgação. Senão poderíamos colocar nem qualquer artigos on links para Wikipédias anglófonas, francófonas como ligações externas... Garavello 14h28min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Garavello, a questão não é uma de "fontes" e sim de "ligações externas" para ler mais sobre o mesmo assunto. Nas "fontes" não existe qualquer dúvida. José3 14h34min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Se não é fonte de informações, então não adiciona nada novo ao artigo, portanto pq colocá-lo como ligação externa?

Repito: mais vale usar as mesmas referências do artigo na Thinkfnwiki do que colocar um link opra lá. Garavello 16h13min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

As ligações externas são usadas quando existem sites externos que desenvolvem o mesmo tema. Existem milhões de artigos na Wikipédia com ligações externas E fontes. José3 16h17min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Continuo perguntando: se o artigo não adiciona nada, pra quê colocá-lo? E pra que colocar um artigo se já existem fontes q contém as informações q os artigos apresentam? Eu acho q é desproposital e o bom senso seria evitar fazer links de outras wikis (sejam projetos da Fundação Wikimedia ou wikis "independentes"). Basta apenas isso: bom senso de notar q um link assim realmente parecerá divulgação e não contribui pro artigo da Wikipédia em si. Garavello 17h10min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

O artigo acrescenta imensa, IMENSA coisa. Basta ler. José3 17h16min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Mas se o artigo se baseia nas fontes que são apresentadas lá, então que se use na Wiki as fontes, não o artigo, que se tornaria somente uma "ponte".

Agora se o artigo acrescenta coisa além das fontes, então fere o princípio da verificabilidade. Por isso eu repito: artigo de outras wikis, sejam da Fundação ou independententes, não devem ser usados pq ou não são verificáceis, ou é mais recomendado usar as fontes que essas outras wikis apresentam.

Bom senso, acima de tudo. Se na Thinkfn tem as fontes, basta usar as mesmas fontes pra aprimorar o artigo aqui. Garavello 17h34min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Garavello, o artigo não está como fonte, é simplesmente mais um local para ler sobre o assunto - ao nivel de quase todos os outros que, geralmente, são colocados em ligações externas e não em fontes. José3 17h45min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Repito: pq então não pegar as informações e fontes de lá e melhorar o artigo daqui? Acho q falta bom senso aqui, a Wiki não é repositório de links. Que se expanda o artigo daqui, mas link pra lá continua me parecendo desproposital e desnecessário. Garavello 17h51min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Garavello, não fui eu que escrevi o artigo. Isso que disse não justifica apagar aquele link e manter milhões de outros na mesma situação, onde a sua sugestão também seria válida: porque não escrever esses aqui também? José3 19h44min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Pela última vez... É melhor pegar aquelas informações e melhorar o artigo aqui. Isso é bom senso. Assim como deveria ser feito em vários desses artigos q vc cita. Não é pq se erra num lugar q se vira justificativa.

Encerro por aqui. Minha opinião: links de outras wikis, independentes ou "oficiais" não podem ser fotnes nem ligações externas. que se usem as informações e as fontes, mas os artigos em outras wikis não servem como links/fontes. Garavello 19h51min de 6 de Novembro de 2007 (UTC) ::Porquê? Porque não gosta do software? A única coisa que separa um site normal de uma wiki é a forma de inserir conteúdo, nada mais. Uma investopedia já pode? Isso não faz qualquer sentido lógico, Gravello. Vou traduzir o que você está a dizer: Artigos inseridos com o software X não servem. É para todas as versões ou só algumas? E se o software base da Wiki não for o MediaWiki, for sim o TWiki? Joomla já pode? E Mambo? Esse argumento é inacreditável. José3 20h25min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Se tu te cadastraste na wiki creio que tenha sido para expandi-la, correto? Porque então colocar um link de um site copiado da wikipédia em vez de expandir o conteúdo do artigo dela? Não faz sentido simplesmente adicionar um link para outro site e não adicionar informações deste site na wikipédia no caso não as desse site, mas as informações contidas nas fontes deste site). Só faria sentido se quem adicionasse o link estivesse tentando promover seu próprio site, e não interessado em expandir a wikipédia.Crazyaboutlost discussão 14h46min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
Quantas vezes é que tenho que repetir que isso do "copiado da wikipédia" é falso? A wikipedia usa um software QUE NÃO É SEU, usa o http://www.mediawiki.org , compreendes? (é do software que vem o nome "wiki" e não da "wikipédia") Eu já expandi a wikipédia, já coloquei vários artigos aqui, e penso que sabes que acrescentar ligações externas também acrescenta valor, acrescenta mais valor que retirar erros ortográficos ou fazer links em anos, como tanta gente faz. José3 14h51min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

O conteúdo é claramente uma tradução do artigo da wikipedia em inglês, que está sobre licença em GFDL, e portanto todo trabalho derivado deve ser lançado sobre a mesma licença. Enquanto o site referido não esclarecer as licenças de seu trabalho, o conteúdo do artigo Warren Buffett viola a licença supracitada. POr isso, até que problema com licença seja resolvido (direitos autorais e licença do artigo) apoio que essa ligação externa não seja utilizada. Giro720 16h38min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

Está no site que os direitos do trabalho são de quem os produz, nesse caso quem traduziu tem o direito de apagar a sua tradução ou de decidir quem a pode copiar (mas não sobre o texto original, como é óbvio). O site não tem direito sobre os conteúdos (excepto nos que o site produzir, da mesma forma que qualquer outro autor). José3 16h50min de 6 de Novembro de 2007 (UTC) (nota: ainda não consegui ver onde, mas é essa a política, não sei se já foi carregada)
Está Aqui a política - muito resumida, que eu odeio burocracias - em vigor. José3 16h58min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Na minha opinião se aplica Wikipedia:Ligações externas e ponto final o próprio sitio não pode se auto-referenciar. Já temos usuários fazendo propaganda de seus interesses pessoais na Wiki e se não for colocado um freio não vai ter mais fim. Fabiano msg 20h32min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
Não é assim tão linear, Fabiano. As regras não dizem "Proibido" para sites informativos, dizem que existe esta possibilidade: "O teu website - se é relevante e informativo, menciona-o na página de discussão e aguarda que alguém o insira no artigo.". Eu próprio tinha colocado esta hipótese logo no início da discussão. José3 21h40min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
O problema é se as pessoas não olham para a página de discussão. José3 21h41min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

1. No meu ver, está se criando espaço demais para discutir sobre um projeto de autoria privada e comercial. Se a ligação externa for só um espelho da imformação já existente na ptwiki, não vejo razão em colocar o link. 2. Se uma ligação externa acrescenta informações, eu não tenho nada contra, desde que: Conforme Wikipedia:Ligações externas, são proíbidas: "páginas com conteúdo ilegal (...), páginas comerciais, (...), redes de relacionamento e fóruns (...), spam". 3. Think fn (e os produtos derivados - Think fnwiki etc.) é uma página comercial (--> google_ad_client = "pub-3195351049675411" etc.). Think fn é uma página de rede de relacionamento e fóruns. Think fn apresenta informações ilegais (Peter Lynch, obviamente um VDA de [8] e/ou [9], Rational pricing --> copy & paste da en:Rational pricing, Imagem:PaulTudorJones.gif --> copyvio de [10], Imagem:KennethFisher.jpg --> copyvio de [11], Accionista --> VDA de - entre outros - [12], Charlie Munger --> 100 % tradução de en:Charlie Munger, Imagem:PhilipFisher.jpg --> copyvio de - entre ouros - [13], Crash de 1929 --> 98 % tradução de en:Wall Street Crash of 1929 + copy & paste das imagens dos commons, Predefinição:Info biografia --> 100 % cópia de Predefinição:Info biografia, Economia --> 100 % cópia de Economia etc-etc-etc-etc... Think fn é um spammer. Com thinkfnwiki.com existem - antes do meu comentário - 11 links para páginas da ptwiki. Com thinkfn.com existem 40 links para páginas da ptwiki, mesmo sendo links para - na maioria - páginas de discussões. Isto é o começo de um cross ptwiki spam do Think fn tentando atrair atenção = propaganda. Em soma: Se eu encontrar um link do Think fn ou um dos projetos vinculados com Think fn num artigo da ptwiki, vou reverter e/ou tirar. --Gunnex msg contrib 22h51min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

É uma interpretação absurda, a wikipedia não coloca links para cnn.com? Time.com? Businessweek? Economist? COloca. E todos são comerciais. As regras falam de sites pagos, não de sites comerciais. Mas é como quiserem, eu não tenho mais paciência para isto. José3 12h44min de 9 de Novembro de 2007 (UTC)


Até que enfim alguém percebeu a jogada! E digo mais: o simples facto das referências à expressão citada (o nome do site) já está a contar para o ranking do google! -- Nuno Tavares 00h12min de 9 de Novembro de 2007 (UTC)

Já nem o nome se pode dizer. É de uma absurdidade incrível. Essa paranoia não se extende a grandes orgãos de comunicação (comerciais) porquê? Só os sites pequenos é que caem na vossa antipatia, é? José3 12h44min de 9 de Novembro de 2007 (UTC)

São PauloEditar

Alguém saberia me explicar porque as imagens não estão aparecendo? Obrigado.Crazyaboutlost discussão 12h57min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)

No meu computador estão abrindo todas imagens. Jurema Oliveira 13h21min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
Uso Mozilla Firefox e abre normalmente. Pode ser problema de cache. Alex Pereirafalaê 14h08min de 6 de Novembro de 2007 (UTC)
No Firefox está normal! Use os grandes conhecimentos de meu filho... "desligue o PC e comece tudo de novo..." hehehe. Mas antes limpe "tmp", cokies, etc. Abraço. --Reynaldo Avaré Msg 03h23min de 7 de Novembro de 2007 (UTC)
Continua não abrindo todas. Quando uso outro browser até funciona, mas nesse aqui não. Mesmo limpando...

Alguém conhece um exorcista?Crazyaboutlost discussão 03h36min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

Ai que medo. Machocarioca 04h15min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

Crazy, abri com internet Exporer e também está tudo normal... vá saber! O arquivo realmente é grande.--Reynaldo Avaré Msg 05h01min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

Mais do mesmo (ou "a volta dos que não foram")Editar

Um IP colocou uma mensagem em minha página de discussão alertando para o perigo representado pelo Elsonjunior0110 D​ C​ E​ F. Nada que eu não tivesse imaginado antes, mas desta vez o anônimo trouxe informações que julgo relevantes. Ele as postou (erroneamente) na discussão já arquivada sobre o referido usuário, mas eu a reproduzo abaixo:

Desculpem-me pela intromissão, é coisa rápida. Não sei se tiveram conhecimento (alguns aqui presentes tiveram, pode ser que não se lembram), mas não é a primeira vez que este usuário se utiliza de sua pseudo-imparcialidade parcial para modificar um artigo tornando o mais parcial possível de acordo com seu ponto de vista. Como dito mais assim, um abuso da Wikipédia para fins particulares. O artigo de que me refiro é sobre o navegador Web Mozilla Firefox. Se analizarem friamente as edições desde o início da guerra de edições em que este esteve envolvido, perceberão que na verdade a tal imparcialidade dele se resumia simplesmente em denegrir o valor enciclopédico do mesmo para tender os leitores do mesmo a outro navegador, que no caso seria o Opera, o qual ele publicamente (via Google) diz ser o melhor de todos e que o Mozilla Firefox é um lixo. A propósito, um pouquinho de engenharia social na utilização no Google nos prova que, além de fiel usuário do Opera ele defende a raça branca (white power, como queiram). No Google, vocês provavelmente encontrarão nos resultados um fórum chamado Stormfront. Nele, se vocês analisarem friamente, verão que o atual usuário Brazilian WN já utilizou o pseudônimo elsonjunior0110, graças a uma citação de um outro usuário de um post dele antes de trocar de pseudônimo. Você irão ver que na verdade, apesar de sempre querer vencer em seus argumentos pra lá inúteis, ele é o inverso do que diz ser. Não precisam ir muito longe, o Google está aí para isto. Este usuário já virou motivo de baixaria em vários sites. Quem aqui vos escreve é o usuário que iniciou a guerra de edições no artigo Mozilla Firefox. Desisti de colaborar (tanto com conteúdo como doação) com a Wikipédia simplesmente por esta proteger as atitudes deste usuário, ao menos antes desta nova discussão ser criada. O atual artigo sobre o Mozilla Firefox, que já fora bombardeado de edições pelo mesmo, hoje para mim é um lixo enciclopédico. Sim, em suma o artigo melhorou, mas se perceberes bem, o que não melhorou foi o suficiente para torná-lo mais imparcial do que estava antes de ter sido alvo. Bem, termino por aqui. Desejo muita boa sorte a todos mantenedores desta ilustre enciclopédia que, infelizmente, virou alvo de nazistas, xiitas, criminosos, pedófilos e afins. --201.82.40.4 05h30min de 5 de Novembro de 2007 (UTC)

Fui fazer uma visita ao tal site Stormfront, e lá constatei que há (ou houve) mesmo um elsonjunior0110, o qual, por exemplo, em 2/9/2007, postou:

Originally Posted by elsonjunior0110 View Post
Sorry, mas as valkírias geralmente são tão ferozes quanto os homens. Estamos numa guerra, lembre-se.
btw, conheço sim mulheres ns "delicadas", mas estas infelizmente são as que geralmente menos contribuem para o movimento.

Valkirias? Movimento? Hein?! Será que estou ouvindo Wagner tocando ao fundo? Tem mais:

Originally Posted by elsonjunior0110 View Post
Err... vou retratar-me, creio que me expressei [muito] mal no post anterior.
É claro que não acho correto mulheres espancando elementos indesejáveis em um futuro Estado étnico ariano, mas acho que aprender a defender-se é essencial, independente do ns em questão ser homem ou mulher. Não estou me referindo ao boxe em especial, este foi só um exemplo citado por ti. Para ser sincero, também não me agrada a idéia de ver uma mulher lutando este esporte, mas apóio que elas saibam lidar com armas, por exemplo
Quando eu disse "tão ferozes quanto homens" não foi no sentido de serem masculinizadas, mas sim de saberem defender-se tanto quanto estes. Também odeio mulher masculinizada, e olhando com mais atenção agora, as que você descreveu no tópico são mesmo assim.

Futuro estado étnico? Puxa, ainda bem que não falou em futuro estado racial. Posso dormir sossegado essa noite...

Finalmente: o post acima, de 2/9/2007, foi postado por Brazilian WN (WN de "White Nation", eu presumo). Brazilian WN era anteriormente conhecido por... elsonjunior0110.

Essa turma não aprende. A Segunda Guerra Mundial acabou há mais de 60 anos e eles estão até hoje do lado perdedor...

E, como diriam os anticomunistas, "o preço da liberdade é a eterna vigilância" ;)

Al Lemos 11h47min de 7 de Novembro de 2007 (UTC)

P.S.: não custa nada dar uma revisada no verbete sobre o Firefox (eu uso e recomendo :) - Al Lemos 11h47min de 7 de Novembro de 2007 (UTC)

A raça cândida quer "contaminar" até os navegadores? Seria o extermínio das raposas negras? Ops mestiças? (rsrs) __ Observatore 13h01min de 7 de Novembro de 2007 (UTC)
Acabei indo fazer outras coisas e esqueci de voltar aqui. Bem, fui lá no artigo do Firefox e dei uma olhada na versão anterior a chegada do acima citado, e comparei com a última, e deu nada menos que 2 Mb de informações repostas. Tirei partes opinativas e denegrativas do browser (que uso a muitos anos, assim como o Netscape e o IE). Quanto ao usuário em si, é bom todos nós, colaboradores, estarmos de olho. Se o usuário já possui essa cariz racista, é bom ficarmos de olho, para não expormos a Wikimedia Foundation a riscos legais. Isso seria desagradável... Alex Pereirafalaê 13h21min de 7 de Novembro de 2007 (UTC)
Mais que isso: não sei como é o procedimento interno para tais casos, mas creio que devemos abrir um processo de expulsão imediatamente. Ah, e quanto ao browser Opera, ele é produzido na Noruega (por arianos, provavelmente ;) - Al Lemos 13h49min de 7 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Prezados, quem postou sob o IP 201.82.40.4 fui eu. Me chamo Paulo Ricardo, sou um ex-usuário da Wikipédia. Não fui excluído, mas abandonei. Até punido já fui. Motivo? Tentando mostrar a verdade à todos. Custou, mas finalmente estou conseguindo. Há tempos eu já vinha investigando este usuário procurando provas de que é um falsário/racista/etc, desde o início da discussão do Firefox. Fui estudando ele a fundo, procurando caminhar por onde ele andava. Cheguei a acompanhar todas edições dele por aqui, a ponto de mapear a psique mesmo. Até que, graças a engenharia social, cheguei no Stormfront. Aí não me restou dúvidas, era a prova que faltava. Cheguei a postar aqui na Esplanada o texto supracitado mas acho que cheguei tarde demais - era fim de mês, aí moveram o que escrevi para o arquivo. Após notar isto, comuniquei o Al Lemos, o g a f e mais um outro que não me lembro para trazer a discussão para o lugar certo. Enfim o Al Lemos o trouxe para cá. A propósito, muito obrigado por isso. Para mim é inadmissível que este usuário permaneça impune. E é por isso que estou aqui, de fora, acompanhando, em prol da verdade e da imparcialidade da Wikipédia. Mais uma vez, boa sorte a todos. --201.82.40.4 07h10min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)
A propósito, não sei se viram, mas este post aqui do Stormfront é o fim. Postado por Brazilian WN (sim, white nation, sem sombra de dúvidas). E claro, é o mesmo que possuía o pseudônimo elsonjunior0110. Nos posts antigos do fórum dá para perceber a troca, pois um usuário cita o post dele. As citações não mudam quando há mudança no pseudônimo em nenhum sistema de fórum que conheço. Quando tu clica no link da citação, o fórum te leva ao mesmo texto escrito por ninguém menos que Brazilian WN. Vai ver ele mudou de pseudônimo para não ser descoberto. Mas aí já era tarde demais... --201.82.40.4 07h26min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)
Gostaria de acrescentar algo sobre o caso do Firefox. Na época, por mais tentativa que eu fizesse, ninguém me levava em consideração. Para estes, recomendo esta leitura. O referido usuário se diz prezar pela imparcialidade, mais no decorrer do debate (não é só essa página aí, nela há mais de 30 páginas) ele mesmo diz odiar o Firefox e seu respectivo marketing, entre inúmeras outras pérolas. Quem ler pelo menos essa página aí que acabo de citar vai tirar a melhor das conclusões: sensacionalismo puro. A revolta dele não é comigo (onde guerriamos edições na época), não é com o cara do tópico que citei, nem com ninguém em especial: é com todos. Ele quer por quer forçar tudo e todos a adorarem o navegador Opera, da forma mais parcial possível. Nenhum argumento apresentado por ele é fiável (como todos que possuem este mesmo conhecimento hão de concordar), e mesmo assim ele sempre tenta contra-argumentar fontes fiáveis, invertendo a situação dizendo que as fontes fiáveis é que são mentirosas. Sim, paranormal. E o mais triste disso é que a Wikipédia "concorda" com isso. Espero que restaurem todos artigos da Wikipédia por onde este usuário andou editando, pois pelo que se conhece do mesmo, não se precisa nem ter conhecimento do artigo que ele escreve; sem dúvida alguma é algo sensasionalista/fascista/mentiroso. Boa sorte aos interessados. Talvez algum dia eu volte a participar da Wikipédia para agregar a mesma meus conhecimentos. Por ora, não dá, está insuportável assim. --201.82.40.4 21h05min de 20 de Novembro de 2007 (UTC)


Cidades vs. MunicípiosEditar

Sugiro uma recategorização a qual considero importante. Se acessarem os verbete das cidades brasileiras, verão que as mesmas se encontram agrupadas na categoria Municípios do Brasil. Em princípio, e sobretudo no contexto do Projeto Subdivisões do Brasil, isso é bastante justificado, mas o problema é que tal categorização gera também muitas confusões colaterais.

À mais grave de tais confusões pode-se aceder na página da categoria Cidades por país (lancem p. f. na ferramenta de busca da Wikipédia: "Categoria:Cidades por país"). Suponho que tenham acessado tal página. Percebam que, na lista de cidades que então aparece, o conceito utilizado para a referência às cidades brasileiras é o de município. Há aí uma discrepância grave e acho que temos que procurar uma solução para isso, porque não faz o menor sentido que todos os países do mundo contenham cidades enquanto o Brasil - acompanhado, sabe-se lá porque, pela Bósnia - é apresentado como o local exclusivo dos municípios!

Na página de discussão da categoria Municípios do Brasil - uma sub-categoria de Cidades por país - procurei explicitar as razões pelas quais se deve falar de cidades em vez de municípios no contexto em questão. Entrei lá numa polêmica com o Reynaldo, um colega que tem um especial interesse por artigos sobre cidades brasileiras. Eu ççdiscordo da argumentação dele, mas vocês mesmos podem - se quiserem - extrair as próprias conclusões.

A minha sugestão é, portanto, criarmos a categoria Cidades do Brasil, enquanto sub-categoria de Cidades e de Geografia do Brasil. A categoria Municípios do Brasil deveria ser naturalmente preservada. Sugiro que a mesma seja redirecionada para uma categoria como Divisões Administrativas do Brasil ou outra qualquer que precisaríamos de pensar melhor.

O que acham? --aoaa 08h23min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

Que me lembro, cidade e município são entes jurídicos diferentes. Na verdade, um é a extensão territorial da outra. Em Portugal, os municípios são chamados de Concelhos. Alex Pereirafalaê 10h36min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)
Obrigado pelo comentário, Alex. Contudo mesmo que do ponto de vista jurídico se trate de dois entes distintos, lembro que a nossa lista não concerne primariamente a entes jurídicos, sejam esses cidade, munícipio, concelho, ou whatever. A lista trata primariamente do fenômeno geográfico cidade , portanto de cidades enquanto espaços de vida e vivência humanas. É esse o cerne da questão. --aoaa 11h06min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)
Sim, sim, o comentário foi nesse sentido. Em todos os lugares, há cidades, que estão em municípios, concelhos, condados... Cidade é algo universal. Alex Pereirafalaê 11h10min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

Mais ou menos o que que respondi na página do Usuário:Aoaassis, que estamos discutindo já há algum tempo e pedi para ele levar para a Esplanada:

  • Município em vez de cidade. Tenho tido trabalho danado para que o pessoal não use nos artigos dos municípios o termo cidade. Não resta a dúvida que você pode se referir a cidade com a parte urbana do município, p. ex. 'O paço municipal fica no centro da cidade...'. A nossa Constituição da República Federativa do Brasil, divide o território nacional, já no primeiro artigo: Art. 1º. A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:"... Em toda a Constituição o termo cidade é referida por somente 2 vezes, quando fala em área urbano do município.

Na minha opinião os artigos aqui da wiki são (e devem ser) sobre os municípios (a cidade faz parte dele, como bairros, distritos, etc). Se observar os artigos verá que fica sem sentido se referir algo como: o rio Novo atravessa a cidade de Avaré (!) não atravessa a cidade, passa longe do centro urbano, mas no município. Diferente do rio Tietê que atravessa São Paulo. A cidade de Avaré possui uma área de 1.217 km²..quem tem esta área é o município e assim por diante. Se o costume é se referir a cidade "tal"... é costume, mas está errado! Todo mundo chama automóvel de carro, mas...! Lembro-me de ter alguma coisa já discutida sobre isso nas discuções no projeto: Wikipedia:Projetos/Subdivisões do Brasil. (Raphael Lorenzeto está fazendo falta, ele é ótimo nisso...sumiu..hehehe) --Reynaldo Avaré Msg 13h48min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

Permito-me então mais uma réplica: eu entendo o que o Reynaldo quis expressar, mas acho que ele continua equivocado. É verdade que há mesmo esse uso para a palavra cidade, no qual a mesma corresponde ao núcleo central ou mais importante de uma determinada povoação urbana, como city no caso de Londres e cité no caso de Paris. Entretanto, o que estou tentando fazer prevalecer aqui é o entendimento de que (1) no uso comum e no vocabulário geográfico cidade corresponde a um certo tipo de aglomeração urbana, tal como especificado neste link; e (2) que o que se encontra listado na Wikipédia Lusófona sob a categoria "Municípios do Brasil" faz primariamente referência a tal fenômeno geográfico e não ao ente jurídico município.
Mesmo se não concordam com o que apresentei, digam-me por que, dentro de uma categoria que se intitula "Cidades", e de uma sub-categoria que se chama "Cidades por país", abriu-se uma exceção que se aplica somente aos "municípios" brasileiros. Como justificar essa excepcionalidade? --aoaa 16h20min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

Perdoem-me mas, por hora, não disponho de tempo para ler tudo isto, por tanto relevem se eu repetir algo já citado. Dêem uma olhada no que houve com a antiga Categoria:Cidades do Brasil (somente administradores poderão fazê-lo, pois a mesma foi eliminada): foi proposta para eliminação aqui e foi eliminada por 9x1 a maio de 2006. Tornou a ser eliminada outras vezes posteriormente por recriação, via ER.

É somente isto. Ah, e se esta votação fosse hoje eu acompanharia a maioria e ela seria eliminada. Abs, » ~~~~ 16h55min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

Bom, se não teve tempo para se inteirar quanto à discussão, acho que não deveria se posicionar com tanta firmeza em contrário à minha proposta. Proclamar a discussão por encerrada, sob a alegação de que o assunto já foi submetido a uma votação - da qual a propósito participaram 10 pessoas -, também não me parece razoável. Quero saber é quais são os argumentos em favor da categorização "Municípios do Brasil" enquanto sub-categoria de "Cidades"?--aoaa 17h58min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)
aoaa, por favor, dize-me onde eu fui grosseiro. Apenas apresentei uma dado interessante, nada mais. Eu sempre respeito discussões sérias -- embora as mesmas estejam cada vez mais raras -- e é o caso desta. Por fim, se fui indelicado peço desculpas, não fí-lo de forma propositada.
Já agora, após ler a discussão, subscrevo o Reynaldo; quanto ao teu argumento 2, tens razão, isto ocorre, mas é errado ocorrer. Verbetes são para municípios, não para sedes municipais. Abs, » ~~~~ 18h17min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)
Não achei que você tivesse sido grosseiro. Portanto, não tem do que se desculpar. Saudações, --aoaa 23h16min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

aoaa, entendo seus comentários, mas optou-se por tratar de municípios ao invés de cidades (isso no wikipedia:projetos/Subdivisões do Brasil, a título de organização e categorização, por ser o termo "cidade" vago e discutível. Realmente, em geral os artigos tratam somente da cidade, ao invés do município como um todo, o que não deveria ocorrer já que há espaço suficiente pra tratar da área municipal como um todo. Pra já, proporia um ajuste simples: retirar a categoria:municípios do Brasil da categoria:cidades por país para mantê-la somente na categoria:municípios. Assim, desfazia-se a confusão dos termos e se mantinha a categorização dos artigos. Mateus Hidalgo quê? 18h56min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

Aoaassis, quanto a somente dez editores ter participado da votação (até eu participei...hehehe) é necessário que se entenda um pouco da "mecânica" aqui da wiki, é comum o editor ler uma votação e verificar que ela está com uma tendência muito grande de um dos lados (foi o caso) e justamente é naquele que votaria - "passar reto", não perder tempo... (eu faço isso, quando está meio empatada é que voto) posso lhe afirmar que os que participaram da votação são gente de peso (pelo menos 9 deles - eu era um neófito na época, mas acho que votei certo), alguns deles estão retornando aqui nesta discussão o que facilita a coisa. Outro detalhe, que com o tempo você vai perceber, é que antes de se colocar em votação houve uma exaustiva discussão a respeito (procure lá no projeto que com certeza vai achar) e só se colocou em votação para que a proposta se tornasse "oficial". Ok? --Reynaldo Avaré Msg 19h58min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)
Eu já me tinha informado quanto à discussão anterior deste tema - seguindo mesmo uma sugestão do Reynaldo. Mesmo assim, julguei que os argumentos que apresentei seriam relativamente inéditos e que, portanto, valeria a pena retomar esta discussão.
Acho boa a sugestão do Mateus. Já que o problema é o conceito de "cidade", por que não fazemos então o seguinte: (1) Conforme o que propôs o Mateus, retiramos a sub-categoria "Municípios do Brasil" da categoria "Cidades por país"; (2) até que apareça uma idéia melhor, "Municípios do Brasil" passa a ser uma categoria autônoma; (3) A categoria geral "Cidades" passa a se chamar "Localidades" e listaria as "Localidades por país" e, logicamente, as "Localidades do Brasil" (eu sei que o passo 3, em especial, representaria um grande trabalho, mas solucionaria também um grande problema); (4) Na prática, nos artigos das cidades/municípios brasileiros poderíamos gradualmente introduzir o seguinte esquema de categorias: Cidades, Geografia do Brasil, Localidades (ou Cidades - caso prefiram) do Brasil, Municípios do Brasil, etc. Acredito que o mesmo esquema seria aplicável à categorização das localidades situadas no espaço lusófono, bem como nos demais países. Que tal? --aoaa 23h16min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

aoaa, esses pontos 3 e 4 são complicados...primeiro que mudar "cidade" pra "localidade" é muito vago e é um paliativo para resolver um problema "aqui" que atrapalha os artigos "de lá". Os problemas do ponto 4 são que está propondo classificações redundantes (explico: se se colocar a categoria:Cidades do Brasil em cada cidade/município não seria necessário colocar também a categoria:Cidades, já que aquela está contida nesta) e o próprio conceito de cidade é discutido (principalmente o brasileiro, que toma parâmetros político-administrativos para tal classificação: são cidades todas as sedes de municípios). Não acho que faria sentido ter, sei lá, Itiquira em categoria:Municípios de Mato Grosso e categoria:Cidades de Mato Grosso, já que o conteúdo das duas categorias seria exatamente o mesmo. Mateus Hidalgo quê? 02h07min de 9 de Novembro de 2007 (UTC)

Ok, deixemos "Localidade" de lado. Agora, acho que ou deveríamos instituir o paralelismo Cidades/Municípios ou deveríamos passar a empregar somente o conceito "cidade", porque (1) os artigos da categoria "Municípios do Brasil", geralmente concernem muito - e muito mesmo! - mais ao fato geográfico "cidade" que ao fato político-administrativo "município": o que mais aparece nos textos são passagens sobre a história, a geografia, a estrutura urbana, a cultura de uma determinada localidade; e (2) porque o conceito "cidade" ou "localidade" é, conforme o que o Alex corretamente apontou, muito mais universal que "município". Usar "Munícipios" para o Brasil e "Cidades" para o resto do mundo é um excepcionalidade que não se justifica de maneira nenhuma. Muitos de vocês têm pensado essa questão somente tendo em conta o contexto comunicativo brasileiro e a semântica do português do Brasil. Lembro mais uma vez, mesmo sabendo que todos têm já mais ou menos consciência disto: essa Wikipédia destina-se primariamente não somente ao público brasileiro mas a todo o público dos países de língua portuguesa. Está na hora de implementar esse princípio no que diz respeito à categorização dos artigos sobre as localidades/cidades/municípios brasileiros.--aoaa 07h41min de 9 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Cidade é conceito geográfico e município conceito político-administrativo. A cidade, pelo seu tamanho e importância dentro do município é a sede do município, onde, inclusive se encontra o poder executivo e legislativo daquela unidade. É a localidade principal em oposição a vilas, povoados etc. Basta olhar para um mapa para constatar que a cidade é um ponto dentro do município. De fato, a rigor, são categorias diferentes, embora, sempre (ou quase sempre) cada cidade corresponderá a um município e vice-versa. --AZZ 03h45min de 9 de Novembro de 2007 (UTC)

Bom, a discussão parece ter esfriado e o problema que indiquei ainda persiste. Já que ninguém se animou com a minha argumentação, deixo de lado todas as minhas propostas anteriores menos uma: a de que a Categoria:Cidades por país remeta à Categoria:Cidades do Brasil - a qual criarei nos próximos instantes. Peço aos administradores que pensem sobre a questão e que efetuem as devidas modificações, caso as julguem pertinentes. A título de registro, vou copiar o que se discutiu aqui para a página de discussão da Categoria:Cidades por país. Obrigado a todos os que aqui contribuíram. Saudações cordiais, --aoaa 09h01min de 10 de Novembro de 2007 (UTC)

É um erro grave, mas comum, no Brasil, confundir "cidade" com "município". No Brasil, nem todos os municípios são cidades ou contêm cidades. Tanto é que para ser cidade, antigamente, era preciso ser "elevado à categoria de cidade", algo que caiu em desuso, mas que demonstra o espírito da questão. Municípios com uma rua central, uma farmácia, a prefeitura e uma agência do Banco do Brasil não são cidades, são apenas vilas com status administrativo de município. Uma cidade é um conceito muito mais abrangente, infelizmente usado de forma equivocada no Brasil. Normalmente, quando no Brasil dizemos "é uma cidadezinha" significa que não é uma cidade seguindo os quesitos básicos de classificação. A categoria deve ser "Municípios do Brasil" para evitar confusões e o uso abusivo da palavra cidade para município que não são cidades. Dantadd 11h14min de 10 de Novembro de 2007 (UTC)
Danstadd: mesmo que o modo como você diferenciou "cidades" e "municípios" fosse plenamente correto, não foi esta a questão que levantei. Não defendi em momento algum que a categoria "Munícipios do Brasil" deixasse de existir. O meu argumento é somente que tal categoria não deve ser listada enquanto sub-categoria de "Cidades" e "Cidades por país", porque acho que todos nós concordaremos que "cidade" é um fato geográfico e "município", uma entidade jurídico-administrativa - conforme o que infelizmente sou obrigado a repetir mais uma vez. Como já existem as categorias "Cidades" e "Cidades por país" e como o termo "cidades" não é um sinônimo perfeito para "municípios", a única saída é a dupla categorização dos verbetes referentes às cidades/municípios brasileiros (quanto a isso, cf. os meu comentários anteriores). Quer dizer, há uma outra saída: mantemos tudo como está e então preservamos uma lista das "cidades" do mundo na qual aquelas que têm o privilégio ou o azar de estarem situadas num certo país da América do Sul sao especialmente denominadas de "municípios". Isso sim é um erro gravíssimo! Isso sim é um uso abusivo do termo "município"! --aoaa 14h10min de 10 de Novembro de 2007 (UTC)

Nessa discussão toda, o que não entendi é por que nos outros países as "cidadezinhas" podem ser chamadas de cidades, e no Brasil exclusivamente não. Em princípio estou concordando com o Aoaassis D​ C​ E​ F, pois me parece que Categoria:Cidades por país está bastante incoerente. Não é porque a enciclopédia é escrita principalmente por portugueses e brasileiros que deve conter especificidades, como um nome diferente para aquilo que chamamos universalmente de "cidade". — Para a categoria ser coerente, ou muda-se os "municípios" do Brasil para "cidades", ou ainda (numa contra-mão) muda-se o termo "cidades" dos outros países para "municípios" ou "concelhos". Em [14] pode-se observar que a palavra "município" é geral, ou seja, pode também ser aplicada a qualquer lugar do mundo. Lipe λ FML 12h19min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)

Na verdade a definição de cidade é um conceito bastante controverso, mudando muito de país. Há lugares que consideram cidade um ajuntamento urbano com a partir de 5 mil residentes; outros consideram cidade qualquer sede municipal... enfim, não há um padrão seguido pelas legislações nacionais, infelizmente. Abs, » ~~~~ 13h37min de 12 de Novembro de 2007 (UTC)

Pois é. Até pouco tempo (~1550), pelo que sei, o conceito de cidade no Brasil era uma vila cercada por um muro. Por que então não mudamos tudo (de todos os países) para município ou concelho? Pelas definições dos meus dicionários, creio que é o termo mais adequado para designar uma divisão política oficial. --Lipe λ FML 02h27min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Comento logo no início da discussão que a nossa constituição (logo no 1º artigo) divide o Brasil em Estados, Municípios e o Distrito Federal, ou seja isso é mais que oficial. Cidade na minha opinião é a parte urbana do município, como bairros, distritos, etc. --Reynaldo Avaré Msg 02h50min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Essa definição é equivocada (refiro-me obviamente àquela que foi formulada pelo Reynaldo e não à que consta da Constituição). Vejamos o que diz o dicionário on-line Priberam: "Cidade: 1)complexo demográfico formado, social e economicamente, por uma importante concentração populacional não agrícola, ou seja, dedicada a actividades de carácter comercial, industrial, financeiro e cultural; 2)povoação de primeira categoria, de maior importância e grandeza; 3)habitantes dessa povoação; 4)a parte mais antiga ou mais central dessa povoação". Notem que o dicionário lista quatro definições para o termo "cidade" e que a definição apresentada pelo Reynaldo somente corresponde à última delas. Portanto, afirmar que "cidade é a parte urbana do município" é um abuso semântico. Repito mais uma vez: é um erro pensar que "cidades" estão contidas em "municípios". A relação entre os dois conceitos não é de subordinação, uma vez que se trata de conceitos de natureza distinta: de um lado, um conceito geográfico, do outro um conceito político-adminstrativo. O argumento de que não deve existir uma categoria intitulada "Cidades do Brasil", uma vez a Constituição Federal divide a estrutura política do país em estados e municípios é também, como já mostrei anteriormente, inválido.--aoaa 14h51min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

É brincadeira o que vou dizer, mas nessa altura é pedir para o Renan (ou para a Monica?) mudar nossa constituição.(risada)--Vigilante mensagem 17h24min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Continuando...Editar

As quatro definições do Priberam, acrescento uma quinta do Dic. Aurélio: "Verbete: cidade 5. Bras. Sede de município, independentemente do número de seus habitantes." No meu entender isso quer dizer que cidade é parte de um "maior" (município). Fica difícil para um europeu (você é né?) entender coisas do Brasil, só dando risada como sugeriu Vigilante! --Reynaldo Avaré Msg 18h08min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Essa sua última desqualificação foi grosseira. Então os portugueses, os europeus e os outros infelizes que não têm a sorte de terem nascido no seu país não têm o direito de opinar sobre a forma como os verbetes são categorizados na Wikipédia? Será a experiência urbana brasileira tão especial assim que nenhuma pessoa de outra nacionalidade ou cultura a possa compreender bem? Será tal experiência tão singular a ponto de tornar imprescindível listar na categoria "cidades por país" o título "municípios do Brasil"? Ou será que você ainda não se deu conta de que este é um projeto multi-nacional e multi-cultural?
Acho a sua mensagem desrespeitosa com relação aos colegas portugueses e com relação a mim próprio. Que você nem sequer tenha percebido que eu uso a ortografia do português do Brasil, que o meu modo de construir frases e de me expressar é completamente diferente do que é típico no português europeu - e que, portanto, o meu passaporte somente poderia ser tão brasileiro quanto o seu - tudo isso somente demonstra que é você que, infelizmente, não está em condições de discutir a questão aqui envolvida.
Quanto às suas "risadas", não é bem essa a reação que eu queria provocar ao propor a este fórum um debate, o qual, ao contrário dos seus últimos comentários, foi bastante sério e civilizado. Por isso, ainda não consegui entender bem do que você está rindo e somente lhe posso dizer que não vou rir consigo.--aoaa 23h02min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

É, pelo visto você não leu ou entendeu o que eu escrevi. Vou tentar "traduzir": só dando risada de como nós brasileiros usamos as coisas, oficialmente (e está na nossa constituição...) é chamado de municípios e é comum o brasileiro chamar de cidade.

Leia direito e vai ver que não estou desrespeitando, ou "desqualificando" como você diz, os europeus e sim "brincando" como nós tratamos as coisas, o que fica difícil de vocês entenderem, se estou "brincando" com alguma nacionalidade estou fazendo com a minha e como tal me acho no direito de fazê-lo. Respeito muito os portugueses (meu tataravô era!) para ter dado este sentido que você quer dar.

Também continuo levando a sério a discussão, se assim não fosse não teria aqui voltado várias vezes para tentar chegar num consenso, também não estou aqui na wiki para brincar, mas se não tiver uma diminuição da tensão mental ninguém aguenta isso aqui... muito menos nós os administradores. Estou aqui na wiki "dando a cara para bater" (como nós brasileiros dizemos), nome completo, cidade de origem... etc. ou seja qualquer um, chega até a porta de minha casa!!! Estou desconsiderando suas última considerações para que possamos continuar o assunto que interessa. Ok? Abraço. --Reynaldo Avaré Msg 20h34min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)

Reynaldo: Acho que você é que tem de ler bem o que escreveu. Você afirmou:
"Fica difícil para um europeu (você é né?) entender coisas do Brasil, só dando risada como sugeriu Vigilante!"
Você diz agora que estava rindo da "maneira como nós (brasileiros) usamos as coisas, oficialmente". Contudo, essa afirmação não corresponde àquilo que escreveu anteriormente. Na ocasião em que tentou dequalificar o meu argumento, você supunha que eu não fosse brasileiro e conectou essa falsa suposição ao preconceito geral de que "os portugueses não conseguem entender o Brasil". Na sequência, você adicionou a frase "Só dando risada", a qual é o reflexo de um fato cultural lamentável: o de que, diante da menção ao substantivo "português", a primeira associação que ocorre a 95% dos brasileiros - você incluído entre eles, infelizmente - é o termo "piada de português".
Portanto, o seu comentário que destaquei acima comunica um gesto que é sim preconceituoso com relação aos colegas portugueses. Além disso, trata-se de um gesto o qual é também tanto autoritário - porque pretende desqualificar o meu argumento por meio da estratégia da ridicularização -, quanto chauvinista - porque supõe que somente brasileiros possam compreender o Brasil. Como tal, o seu comentário é completamente desprovido de justificativa e, portanto, nada a não ser um pedido formal de desculpas o poderá corrigir. Todo o resto somente serão emendas ainda piores que o seu soneto --aoaa 09h46min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
Vamos driblar desentendimentos pessoais. A questão para mim é simples: o Brasil tem mais de cinco mil municípios. Cidades mesmo, são poucas, quiçá umas quinhentas ou mil. Não faz o mínimo sentido categorizar André da Rocha ou Serra da Saudade com "cidades do Brasil. Dantadd 19h39min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
Estou consciente desse problema, mas é que considero ainda mais grave a excepcionalidade que se estabeleceu na categorização das localidades brasileiras .
Na minha opinião, a melhor saída seria criarmos a mega-categoria Localidades"/"Localidades por país", a qual englobaria todos os verbetes relacionados a povoações de natureza urbana situadas em todos os países. Nós teríamos ainda que discutir sobre se o termo certo para a categoria seria mesmo "localidades"; mas, em todo caso, acho que temos que criar uma categoria que englobe, num termo neutro, cidades, vilas, aldeias, povoamentos, etc.
A categoria "Municípios do Brasil" deve ser realojada para a Categoria:"Subdivisões de países", a qual já existe, sendo o local correto de entidades político-administrativas como municípios. Não sei o porquê, mas nada consta acerca das divisões políticas brasileiras nessa categoria. Uma outra categoria que lista municípios é a Categoria:Divisões administrativas.
Na nova categoria "Subdivisões do Brasil" criar-se-ia a sub-categoria "Estados do Brasil". Por fim, listaríamos os munícipios brasileiros agrupados por Estado (uma vez que a Constituição Federal dispõe no Tit. III, §4. que a criação, fusão e o desmembramento de municípios se dá mediante lei estadual).
Isso parece-me uma solução. Agora, convenhamos, nós estamos aqui diante de um problema, pois a categorização atual das localidades/municípios brasileiros está mesmo longe de ser uma pérola do pensamento lógico. Basta acessar a Categoria:"Cidades por país" para perceber a questão.--aoaa 22h12min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Eu sou plenamente favorável à categoria "Localidades" que é um termo, digamos, curinga para classificar cidades, municípios, aldeia, freguesias etc. etc. Causa-me engulhos quando crio um artigo de uma pequena localidade e tenho de categorizá-la como "Cidade de ....". Dantadd 22h24min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

BurriceEditar

Desculpem minha burrice, mas se são os dois são o mesmo país, não deviam todas as informações estar dentro do mesmo artigo? Que tal? [15] [16] [17]

Crazyaboutlost discussão 09h24min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

Teve uma discussão sobre isso há algum tempo na esplanada, senão me engando por causa da predefinição. Só não estou com tempo pra procurar agora. Aliás, não sei porque o país tem duas bandeiras. Mas o ponto chave é o reconhecimento internacional. Rossicev msg 10h32min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

São visões diferentes de um mesmo território. Ainda não chegamos a um consenso sobre unificar ambos, ou que lado deve ser "oficial". Não há burrice de parte alguma aqui. Alex Pereirafalaê 10h38min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)
Posso estar enganado, mas parece que até há alguns dias todos redirecionavam para República da China. Não deviam permanecer assim até o concenso? Crazyaboutlost discussão 16h09min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)
Penso que não, neste caso, já que não se tratam de um mesmo país (apesar das controvérsias). Prefiro assim, ainda... Alex Pereirafalaê 17h42min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)
Muito obrigado pela resposta.Crazyaboutlost discussão 19h03min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

As meninas de VelázquezEditar

Durante uma pesquisa sobre o artista Diego Velàzquez encontrei um erro na explicação sobre o quadro As meninas. No texto está escrito que a imagem refletida no espelho é do rei e da rainha da ITÁLIA. A rainha esposa do Rei Felipe não era italiana e nem era a rainha da Itália que estava ao lado do rei Felipe. Confiram o texto e a história do quadro. Um abraço Kássia Vasconcelos Martins pkpkmartins@hotmail.com.bro comentário precedente não foi assinado por 189.15.206.165 (discussão • contrib.) - 09h30min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)

Vale lembrar que a Wikipédia está aberta para qualquer um colaborar. Não consegui discernir, exatamente, como a correção deveria ser feita.
Abraços,
Rossicev msg 13h28min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)
A informação da Kássia realmente estava correta. O quadro retrata a família real da Espanha, não a da Itália como o texto do artigo sugeria. Adicionei um link sobre o qaudro q explica melhor o quadro e pode ser vir de referência a expansão/melhoria do artigo. Garavello 14h33min de 8 de Novembro de 2007 (UTC)
Um complemento: no século 17, quando o quadro foi produzido, a Itália ainda estava longe de ser um país unificado. Portanto, no período em questão nem sequer havia algo que se pudesse denominar "família real italiana". --aoaa 09h16min de 10 de Novembro de 2007 (UTC)


Verbetes polêmicosEditar

Idealizei um novo projeto para a Wikipédia, façam suas críticas.

Lista de verbetes polêmicos

Lord Insipidus 00h56min de 9 de Novembro de 2007 (UTC)

Marquei para ER: não é enciclopédico. Crie o projeto em sua página de usuário e quando achar que está maduro apresente na esplanada para movê-lo ao domínio "wikipedia". No domínio principal cabem verbetes de enciclopédia e não "listas" de verbetes. --girino 01h09min de 9 de Novembro de 2007 (UTC)
Seria no entanto parcial uma lista destas. Verbetes polêmicos para alguns podem ser e para outros não. Andrezitos msg/mail 01h21min de 9 de Novembro de 2007 (UTC)
Vou colocar na minha página de usuário, mas preciso da colaboração dos mais experientes para localizar os verbetes. A página de discussão daquela lista serviria para debater cada verbete e também para avisar sobre alterações. De outra parte, criar uma categoria de verbetes polêmicos seria meio grosseiro. Lord Insipidus 09h46min de 9 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Pronto, acrescentem lá os verbetes que localizarem. Lord Insipidus 09h54min de 9 de Novembro de 2007 (UTC)
Estou indo bem? Lord Insipidus 22h02min de 10 de Novembro de 2007 (UTC)
Agradeço ao FML pela contribuição. Estamos com vinte verbetes e quero chegar a pelo menos cem. Lord Insipidus 06h22min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Por sugestão do Leonardo Stabile, agora temos novo espaço. Lord Insipidus 06h50min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
  • A lista está ficando cheia de verbetes sobre racismo e religião. Lord Insipidus 00h57min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Ajuda em PredefiniçãoEditar

Olá, Gostaria de pedir uma ajuda que na verdade é para a Wikibooks. Gostaria de adicionar aquela esquema de [expandir]/[esconder] na lateral de uma predefinição como explico melhor aqui. Se alguém puder editar lá ou me dar uma dica seria bastante util.

Obrigado . Felipe Araldi 21h11min de 10 de Novembro de 2007 (UTC)

Votação... hoje último dia!Editar

Aqui: Wikipedia:Votações/Checkuser/Novembro de 2007. --Reynaldo Avaré Msg 17h18min de 11 de Novembro de 2007 (UTC)

HolambresesEditar

Nos artigos Mariana Ximenes e Ildi Silva estão sendo incluídas as categorias holambreses, coisa que eu creio estar errado visto que não são apresentadas fontes do fato. Como devemos proceder? Maiores discussões na página respectiva do artigo Mariana Ximenes. Obrigado. Crazyaboutlost discussão 10h26min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Além de tudo,   Discordo e sou contra esse tipo de classificação. Sou contra qualquer classificação quanto a grupos éticos ou de descendência, sejam Ítalo-brasileiros, Holambreses, Afro-brasileiros ou qualquer outro, pois podem vir a ter conotação política ou discriminatória em alguns casos; além do que, esses tipos de categoria não trazem nenhum tipo de informação adicional valiosa. Rossicev msg 12h18min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
  Concordo contigo. Além de tudo, agora isso. Crazyaboutlost discussão 14h38min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Primeiro de tudo: "holambreses" é um termo que eu nunca ouvi. No Google encontram-se 271 hits, a maioria fruto da Wikipédia. Para "holambrês" temos 38 hits. Portanto, essa história de "holambreses" é pura pesquisa inédita. Segundo, não há qualquer problema na categorização de personalidades de acordo com suas origens, para alguns pode não ser "informação valiosa", para outros é muito valiosa e interessante e eu me incluo entre eles. Outra coisa é ficar aleatoriamente estabelecendo ascendências a esta ou aquela pessoa. Não é só porque Mariana Ximenes é loira e tem ancestrais nordestinos que será descendente de holandeses. Pode ser perfeitamente descendente de portugueses. Portanto, tudo cai na mesma questão das fontes. Dantadd 19h35min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Por mim, eliminava-se qualquer referência, nas categorias dos artigos, a qualquer outra origem que não seja a da nação a que pertencem os biografados. Manuel Anastácio 21h58min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Concordo com o Dantadd. JSSX uai 22h18min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Estou com o Manuel Anastácio e o Rossicev e minha opinião já é conhecida. Só país e atividade profissional, esportiva, etc, se for o caso. toda vez que leio que fulano é afro-brasileiro ou judeu americano me dá engulhos. Essas categorias não tem sentido no mundo lusófono, é mania de americano, cópia ignorante da matriz e muitas delas são racistas. Já se falou numa votação aqui para se banir essas categorias da Wiki, até agora nada de concreto foi feito para isso. Sds Machocarioca 22h32min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

Não foi feito pois banir seria usar a tirania da maioria (quiçá maioria) que crê que não há interesse nesse tipo de categorização. Eu vejo muito interesse e acho perfeitamente válido. É muito mais arbitrário o local de nascimento do que a identidade nacional ou étnica de uma pessoa. Enfim, é a mesma ladainha que já repassamos centenas de vezes. A questão é clara, alguns querem simplesmente impor aos outros que tal coisa é "desinteressante". Pois eu acho que categorias como "Atletas do Flamengo" não fazem nenhum sentido, sem falar em "Living people" que ainda não criaram por aqui. A grande validade das categorias é reunir artigos por critérios nem sempre evidentes. E dizer que uma categoria é racista é de uma ignorância colossal. Racismo não tem nada a ver com isso. Dantadd 23h03min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Dantadd esse teu conceito de ditadura da maioria é muito interessante, principalmente quando lhe convém. Realmente, a maioria pode não estar certa (ou por nosso ponto de vista pessoal ou por um conhecimento proprio que os outros não tem ou porque os fatos ou a historia assim o acabem demonstrando) em determinado conceito ou eleição; entretanto, no sistema vigente, é esse que acontece: 2 contra valem mais que um a favor. E não existe nenhuma ditadura nisso. Não me consta que vc ache que quando algum ponto de vista seu vai a votação e ganha, vc considere ditadura da maioria. Ou será que ditadura da maioria só o é quando vc não concorda com o que a maioria acha? Acho que isso é mais inconformismo que algum tipo de ditadura. Inconformado muitas vezes aqui tbém sou, mas não acho que exista nehuma "ditadura da maioria" nem nenhum conceito filosofico sobre isso possa ser aplicado).

Quanto ao racismo, vc entende muito bem minha colocação, não preciso começar uma nova e longa discussão sobre raças com vc. Pra mim, em "popular mode", apesar de ser, repito, inconsciente para muitos e provavelemtne para voce, esta notória segregação absurda e fora de conceito, irreal no Brasil ( e pelo jeito tbém em Portugal) de nipo-americanos, afro-brasileiros e judeus-poloneses, e o famigerado que descobri agora com o Crazy , "dutch-brazilians", deve tudo sumir daqui pois tudo tem uma conotação, principal ou secundária, racista e segregacionista. E se a maioria assim pensar (e não há nada que se possa garantir ser uma maioria) que sumam todas.

Robert Scheidt é simplesmente: Categoria: brasileiro. Categoria: Iatista Categoria: Campeão olimpico (esta ultima parece que não existe, mas seria uma boa.) O resto, essa coisa ridicula de teuto-brasileiro, não tem sentido e deve sumir daqui. Vc tem sua opinião, eu a minha e não nenhuma ditadura nisso. Que a maioria, no voto e sem ditadura, decida. A Wikipedia não é o que vc gostaria que fosse, nem o que eu gostaria que fosse. É o possivel, pela vontade comum de tanta gente diferente. Todos engolem algum sapo. Talvez vc tenha que engolir este. Normal num projeto coletivo sem liderança designada. Sds Machocarioca 04h44min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

PS: Atletas do Flamengo e principalmente 'Living People' (será que lá tem também a de Dead People?) também é o fim.

Pois é, Macho, te dá engulhos porque não és afro-brasileiro e se calhar não conheces a tua origem judia... Uma das coisas que me irrita é me perguntarem a raça - e me perguntaram há bem pouco tempo, no censo da população do meu país; tive vontade de declarar misto, porque realmente é o que todos somos! Só que isso ía "viciar" as estatísticas... Será que existem estatísticas válidas sobre raças humanas?! Mas vejam a minha página de usuário: eu não gosto - e isto é uma questão pessoal - que me chamem luso-descendente, como se auto-denominam muitos portugueses na diáspora, porque não sinto nenhuma ligação com Portugal e da cultura lusa resta-me aquilo que praticamente todos os moçambicanos assimilaram: a língua, a boa comida, pouco mais... Agora que existem essas classificações, não podemos negar! Que o Chopin teve que fugir da Polónia para a França por ser judeu é um fa(c)to! Apenas um exemplo. Agora inventar os "holambreses" parece-me um bocado demais... Como alguém dizia acima, o importante é que essas categorias sejam atribuídas de acordo com referências fidedignas, não por alta recriação do editor. Bom trabalho a todos. --Rui Silva 07h15min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
P.S. Interessante ninguém ainda ter criado esse verbete...:-) --Rui Silva 07h15min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Rui, pessoalmente acredito que um "afro-brasileiro" prefere muito mais ser categorizado apenas como brasileiro do que como afro-brasileiro, afinal, ele é apenas brasileiro como qualquer brasileiro não afro. Talvez tbém dê engulhos a ele. :-)) Machocarioca 07h22min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Eu já desfiei os mesmos argumentos muitas vezes. Não vou repeti-los. Se você acha que tem o direito de abolir algo apenas porque não é do seu interesse, tudo bem. Haverá muitas pessoas, eu incluído, que considera que são informações valiosíssimas. Há até mesmo livros sobre o assunto, várias páginas de órgãos governamentais tratam do assunto, mas porque alguns consideram desinteressante e, racista, que nada mais é que racismo invertido, acham que têm o direito de extinguir o que outros consideram interessante. Em breve vou propor a extinção da categoria "Músicos de jazz", acho um preconceito absurdo distinguir um músico de jazz de um músico erudito. Que absurdo! Vamos acabar com estas categorias segregacionistas! Dantadd 18h24min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
Concordo com o Dantadd que o que não é importante pra mim pode ser importante pros outros, mas não acho certo sair categorizando todo mundo sem as fontes pra provarem que fulano é holambrês (sic) ou que beltrano é ítalo-descendente.Crazyaboutlost discussão 18h28min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Citação: Dantadd escreveu: « Em breve vou propor a extinção da categoria "Músicos de jazz", acho um preconceito absurdo distinguir um músico de jazz de um músico erudito.»

Ah, Dantadd... Francamente....hehehehe MC

É, pensei que com uma ironia você entenderia o absurdo que propõe. Mas nem assim... Dantadd 19h57min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Holambreses não são pessoas de um sítio chamado Holambra? Ou são, simplesmente, brasileiros de origem holandesa? Fiquei na dúvida... É que nesse caso, devia-se inventar a palavra neerlambreses... Manuel Anastácio 21h51min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Não... esses são holambrenses... Têm um n a mais... Manuel Anastácio 21h52min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

O fato de eu ser contra não sugere que eu queira a extinção das categorias, mas acho interessante como umas se sobressaem sobre as outras. Temos Ítalo-brasileiros, Luso-brasileiros e, agora, essa de holambreses (acho que esse nome nem existe, mas vá lá...); mas categorizamos genericamente os Afro-brasileiros, não temos Angola-brasileiros, Egípto-brasileiros, Marfim-brasileiros, etc... Quanto a grupos religiosos, por que categorizamos judes de forma tão incisiva e não categorizamos católicos, budistas, ortodoxos... geralmente essas categorias só são utilzadas quando alguém ocupa algum cargo em uma dessas igrejas. Rossicev msg 11h06min de 19 de Novembro de 2007 (UTC)

Igrejas do Oriente.Editar

Senhores editores, mui nobres e bons,

Eu tenho um problema com o qual venho labutando há tempos e, ciente da minha incapacidade, trago à baila neste instante.

Peço aos senhores que dediquem uma parcela ínfima do precioso tempo para olharem estes artigos (e os respectivos históricos): Ortodoxia, Igreja Ortodoxa, Ortodoxia Oriental, Igrejas orientais, Rito oriental, Igrejas não-Calcedonianas, Cristianismo Ortodoxo, Monofisismo, Igrejas do Oriente e etc. Alguém percebeu o problema? Alguém? Alguém? É... Há terminologias de sobra e organização de menos.

Vou tentar ajudar. Há, pelo menos, quatro grupos cristãos orientais:

  1. A Igreja Assíria do Oriente, que aceita a totalidade apenas das decisões do primeiro concílio ecumênico.
  2. Um outro grupo de Igrejas (incluindo aí a Igreja Ortodoxa Síria e a Igreja Copta, por exemplo) aceita apenas os três primeiros concílios ecumênicos (ou quatro, em alguns casos específicos). São chamados, em língua inglesa, de Oriental Orthodoxy.
  3. O terceiro grupo, mais conhecido, é o de Igrejas orientais que aceitam os sete primeiros concílios ecumênicos. Este grupo cortou as relações com as igrejas ocidentais no Cisma de 1054. São chamados, em língua inglesa, de Eastern Orthodoxy.
  4. Por fim, há as Igrejas orientais que aceitam a autoridade do bispo de Roma. Estas são igrejas orientais particulares sui juris.

A grande questão é: como organizar tudo isso? Alguém possui alguma referência bibliográfica respeitada que traga a terminologia correta de cada grupo em língua portuguesa? Estou fazendo, na medida do possível, um levantamento bibliográfico do assunto, mas toda a ajuda será muito benvinda.

Abraços, PTLux diz! 17h01min de 13 de Novembro de 2007 (UTC).

Há sem dúvida um problema, já levantado diversas vezes. O que falta é tempo e organização para resolver a questão. O ideal seria encontrar boa bibliografia sobre o tema ou, sendo mais realista, tentar pelo menos seguir a estrutura da Wikipédia em inglês. Dantadd 19h26min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Existe um outro problema, também, que é o de algumas duplicidades de informação e títulos ambíguos. Temos também artigos que tratam de temas diferentes e que possuem títulos que podem gerar confusão, levando a crer que tratam do mesmo assunto. Enfim, o ideal seria criar um grupo de trabalho para: mover páginas, categorizar corretamente e corrigir as informações constantes nos artigos. Rossicev msg 12h12min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

DécadasEditar

O texto que aqui estava foi movido para: Discussão:Década#Décadas

Atenção: Lobby, Rede RecordEditar

A quantidade de edição de artigos da rede, afiliadas e outras é tão grande nesses últimos tempos que há que suspeitar de um lobby (lóbi) para tanto. Estão apagando informações da Globo e inserindo resultados de pesquisas e outros. Fiquem atentos.--189.47.47.121 20h03min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)

BrasilEditar

O usuário Opinoso está eliminando imagens do artigo Brasil. Gostaria de saber se a comunidade concorda com ele. Se a intenção é deixar a página mais leve, o certo não seria diminuir o tamanho das imagens? Existiria outra alternativa além de apagar as imagens? Precisamos procurar outra alternativa? Não podemos deixar assim do jeito que está? Agradeço toda manifestação. Crazyaboutlost discussão 23h25min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)

Achei que alguém iria comentar isso, tá certo que o artigo deve ficar o mais leve possível, mas aí tirar tantas imagens é desnecessário afinal se elas estão lá é para, ilustrar o artigo. Se quer apagar as imagens, faça apenas com aquelas que não tem sentido em estar no artigo em questão. Augusto 01h01min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

De fato, não há nada que justifique tal ato, de forma unilateral. Se for o caso, isso deveria ser discutido antes, na página de discussão. Alex Pereirafalaê 10h29min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
Como ninguém se mostrou contra a permanência das fotos (fora algumas que não tem sentido), aguardo o desbloqueio do artigo, já que junto com as fotos foram removidas informações importantes e o artigo foi bloqueado na forma vandalisada. Crazyaboutlost discussão 17h56min de 18 de Novembro de 2007 (UTC)
Mas esse tipo de bloqueio interfere na paciencia dos colaboradores. Realmente que não acho certo, inventem outra forma de eliminar o problema (que voces mesmo criaram ) ou liberem a página, principalmente por não trata-se de vandalismo Wilson Simão 20h19min de 24 de Novembro de 2007 (UTC)

O grande problema que acontece é que existem mais do que uma imagem ilustrando exatamente a mesma coisa, o que não faz o menor sentido. Mesmo assim, o usuário Crazyaboutlost insiste em manter essas imagens redundantes, sem dar qualquer justificativa para isso. Fábio (discussão) 13h37min de 29 de Novembro de 2007 (UTC)


As imagens já estavam lá quando tu chegou. Se tu acha que não está bom, deve apresentar uma justificativa lógica, e não simplesmente dizer "não faz sentido". Muito menos sair revertendo o restauro sem consultar a comunidade antes.Crazyaboutlost discussão 13h42min de 29 de Novembro de 2007 (UTC)
Primeiro de tudo: eu não sou idiota. Quem não apresenta justificativa lógica para manter duas imagens consecutivas ilustrando exatamente a mesma coisa é você. Por favor, diga só uma justificativa para manter as duas imagens, sendo que as duas falam sobre a mesma coisa. Fábio (discussão) 13h47min de 29 de Novembro de 2007 (UTC)
Noooosa. Calma. Ninguém te chamou de idiota. Só estou tentando te explicar uma coisa que tu te esforça para não entender. Agora me diz: onde está escrito que na wikipédia não se pode ter mais do que uma imagem sobre um mesmo assunto dentro de um mesmo artigo? Não é difícil de entender que quanto mais ilustrarmos, melhor será para o leitor entender o assunto. A imagem não está atrapalhando ninguém, deixa ela lá paradinha...Crazyaboutlost discussão 13h52min de 29 de Novembro de 2007 (UTC)
Já vi que vou precisar abrir um tópico específico sobre o assunto aqui. Fábio (discussão) 13h54min de 29 de Novembro de 2007 (UTC)


Dead linksEditar

Há uma predefinição correspondente a esta? en:Template:dead link Acho que seria muito útil termos algo como [ligação inativa] nas referências em que as páginas já não existem, o que acham? Disponho-me a traduzir esta predef. --Pedro Spoladore 04h16min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

  Concordo sem rodeios, concordo. Augusto 14h37min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Fico em dúvida se uma tradução mais apropriada não seria [link quebrado], ou coisa do gênero =P --Pedro Spoladore 15h39min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Prefiro [ligação inativa] mas se o site estiver em manutenção apenas, coloque [site em manutenção] ou algo parecido, boas contribuições. Augusto 16h08min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Pelo sentido de "dead link", creio ser o mais correto é "link quebrado". --Ricadito 09h51min de 25 de Novembro de 2007 (UTC)

Alerta amareloEditar

Eu estava achando que a tal Lista de verbetes polêmicos criada pelo Lord Insipidus D​ C​ E​ F era só mais uma das maluquices inofensivas que volta e meia pipocam por aqui. Mas, ao ir dar uma olhada na mesma, deparei-me com o verbete nazismo e raça, o qual eu tive a iniciativa de traduzir na época em que ninguém dava atenção ao Elsonjunior0110 D​ C​ E​ F (também considerado então apenas um chato inofensivo). Como o citado verbete só é "polêmico" para alguém que defenda certas ideologias espúrias, as quais não preciso relembrar, sugiro que mantenham o referido usuário sob observação. Para alguém recém-chegado, que sequer foi até a página de discussão do verbete citado para citar os "pontos polêmicos", ele me parece estar com atitudes bem suspeitas... - Al Lemos 20h38min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Al, partilho a preocupação. Sugiro que elabore, de forma sintética, uma lista de edições do usuário, pelo menos as consideradas mais graves. Caso fique evidente um comportamento, digamos, incivil, seria o caso de fazer um pedido de sanção. Dantadd 20h43min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
Dantadd, acho que já está em tempo da comunidade se manifestar - através de uma política clara - sobre como proceder em casos de notória defesa do nazi-fascismo. Não dá pra ficar esperando passivamente que essas pessoas simplesmente resolvam ir pregar em outra freguesia. - Al Lemos 20h47min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
Eu concordo, mas seria mais fácil obter um posicionamento de mais editores se houvesse uma relação clara das edições do usuário. Você já as analisou, por isso seria útil fazer uma lista para evitar que todos tenham de fazer a mesma coisa: verificar as edições do usuário novamente. Dantadd 20h54min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Eu mesmo acabo de escrever que a lista está ficando cheia de verbetes sobre racismo e religião. Isso acontece porque vejo as páginas de discussão abarrotadas de tópicos, então os seleciono. Era previsível que esses verbetes fossem estrelar a lista. Lord Insipidus 22h27min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
  • O usuário Elsonjunior0110 D​ C​ E​ F voltou. Já está rolando aqui mesmo (mais acima) outra discussão sobre ele. Continua a reverter artigos, como lhe é peculiar. Já não seria a hora de tomar medidas mais rígidas? A impressão que fica, para nós leitores da Wikipédia, é de que a mesma é conivente com tais abusos. Não digo de um ou de outro (sei que muitos estão lutando contra isso), mas de um modo geral mesmo, pois por mais que estejam cientes e lutando contra, de outro lado está lá o meliante ignorando tudo e todos, sempre repetindo os mesmo atos. Essa demora me preocupa, sinceramente. Eu diria que estamos sob um "alerta vermelho". Mesmo sendo banido da comunidade, não o subestimem, ele voltará muitas outras vezes. --201.82.40.4 03h23min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Se não gostaram da lista, apaguem-na. Lord Insipidus 06h55min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)
Vamos comprar roupas de amianto e fugir das flame wars ;) - Al Lemos 12h50min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Mas como agir...? Al Lemos, tem meu apoio. Ando acompanhando pouco e me manifestando pouco nas discussões, mas concordo. Não necessitamos de nazistas e/ou racistas, necessitamos de enciclopedistas. __ Observatore 13h29min de 17 de Novembro de 2007 (UTC) Ps: Esse tópico poderia ser movido lá pro alto onde há um debate correlato. Observatore
Alguém que tenha um bom conhecimento das políticas de bloqueio da Wikipédia poderia propor que, em casos de reconhecida atividade editorial pró-nazi-fascista, o editor seria afastado da Wikipédia. Naturalmente, seria assegurada ampla defesa e o banimento só poderia ser feito por votação (a se definir um quórum mínimo). Todos aqueles que têm filhos em idade escolar (ou que pelo menos se preocupam com o que as crianças nesta idade lêem na internet), deveriam considerar a implantação de um mecanismo de controle desse tipo. Auto-censura até pode ser censura, mas nesse caso é justificada e saudável.- Al Lemos 13h52min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)
Dada certa permissividade que ronda a wiki, tenho minhas dúvidas que muitos concordem, mas aja e terá meu apoio. E por questões de esclarecimento, devo salientar que ir contra mentiras nazi-fascista não pode ser considerado sequer auto-censura. Limpar a "sujeira" de casa é um ato "profilático", preventivo, defensivo, e nunca auto-censura. Ademais, eliminar mentiras nunca poderá ser considerado censura. O problema é que essa gente não diz que é nazista, ou racista, são um bando de frouxos, e só valentes em bandos, como a turminha da ss. __ Observatore 23h58min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)

Qualquer tipo de extremismo deve ser severamente evitado. Cabe lembrar, porém, que existe outro tipo de extremismo que é defendido até por administradores, que é a extrema-esquerda, que tem mais de cem milhões de mortos em sua conta. Combater defensores do Nazifascismo é necessário e fácil, já combater defensores da extrema-esquerda é algo que poucos se atrevem. Há gente por aí dizendo que Josef Stalin, a seu modo, foi um democrata. Vejam só. Dantadd 00h16min de 18 de Novembro de 2007 (UTC)

Por favor, não vamos começar nova batalha ideológica por aqui, né? Extremismo nenhum pode ser tolerado, o que toleramos são fatos, nada mais. Alex Pereirafalaê 02h27min de 18 de Novembro de 2007 (UTC)
Justamente, é isso que eu quis dizer. Dantadd 03h23min de 18 de Novembro de 2007 (UTC)

A propósito, anexei este caso de revisionismo a uma denúncia ao SaferNet Brasil (que age em cooperação do Ministério Público Federal e do Comitê Gestor de Internet do Brasil). Cansei-me desta impunidade. Estarei levando o caso adiante e mais sério do que nunca - este é apenas o começo. Hajam, se não é capaz de acontecer com a Wikipédia o mesmo que acontece com o Orkut e o YouTube no Brasil. Se não houver cooperação, é bloqueio na certa. --201.82.40.4 02h04min de 19 de Novembro de 2007 (UTC)

Acho importante mantermos uma lista de verbetes polêmicos em domínio da Wikipedia. Será que isso é possível? Não existe nada parecido ainda? Essa lista também me fez lembrar do artigo Pró-Vida que eu tive muito trabalho pra tentar deixar imparcial mas que, agora, já está todo destruído novamente. abraço! --Lipe λ FML 17h42min de 20 de Novembro de 2007 (UTC)

Realmente viu-se o resultado do muito trabalho para imparcializar Lijealso 17h50min de 20 de Novembro de 2007 (UTC)

Lije, desculpa mas não entendi sua colocação. --Lipe λ FML 01h14min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
"Lista de verbetes polêmicos" eu não concordo. Basta usar as predefinições de praxe ({parcial} etc). Ou, quem sabe, criar uma nova predefinição ({controverso}, talvez). E formar um grupo que mantivesse esses verbetes sob vigilância (isso pode ser feito tanto formal quanto informalmente, ou adotaríamos um esquema como o da "Tutoria", onde os editores que preencherem requisitos mínimos se candidatariam ao cargo). Aliás, esses requisitos mínimos teriam de ser rigorosos para não termos raposas vigiando galinheiros. Seria uma função de grande responsabilidade. Quanto aos mortos da extrema-esquerda, do maoísmo, do stalinismo etc, creio que ninguém em sã consciência os nega; só que os que fazem a defesa do nazi-fascismo têm no revisionismo (particularmente no que toca ao Holocausto) uma de suas bandeiras. Isso não dá para aceitar. Sobre outros verbetes polêmicos, como o do Opus Dei, encontrar uma solução que agrade a gregos e baianos é difícil. Depois de muito tentar, desisti e criei um verbete só para críticas, onde mantenho há meses uma discussão civilizada com o Evb (rs). - Al Lemos 18h27min de 20 de Novembro de 2007 (UTC)
Eu até já tinha desistido da lista depois desse banho de água fria. Todos aqueles verbetes foram escolhidos por causa dos próprios temas e das amplas discussões correntes; penso que escolhi bem até agora. Lord Insipidus 02h36min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Lipe, criar "lista de verbetes polêmicos" é dar amparo para se criar qualquer despautério sob a "boa" alegativa de que se encaixa na tal lista. Vamos dar cabimento a idéias revisionistas? Idéias não, mentiras. Vamos dar cabimento a racistas na wiki...? __ Observatore 10h58min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
A lista é para centralizar o controle e os debates, mas também se pode adotar com esses verbetes a mesma política do Citizendium: trancar os verbetes e só permitir edições depois de submeter os textos a especialistas. Mais cedo ou mais tarde a Wikipédia vai ter que fechar algumas portas. Lord Insipidus 11h08min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
A questão é que aqui não tem havido isso, e já temos os dispositivos para tal sem a necessidade de lista. O que vemos é traduções tendenciosas e distorcidas e inventiva e imaginárias. Já apontaram aqui tradução de uma página em francês que quando fui lá ver o que se dizia, a mesma sequer existia. Adiantou? Não. Continuou o artigo. Desisti. Ora, se quem conhece um pouco certo assunto não consegue frear o desenvolvimento de algumas permissividades, como esperar que os especialistas da Citizendium venham para cá? Eles foram para lá exatamente por isso. Porque é difícil debater com “leigo”, ou porque o “leigo” (leia-se entre aspas) tem tempo livre para ficar revertendo toda hora e o “especialista” tem um trabalho por especialidade e vem na wiki por hobby, com pouco tempo. Não dá para deixar bloqueada uma página absurda para tudo quanto é garoto ficar lendo, com informações mentirosas e distorcidas, até que o especialista se disponha a trabalhar nela e desistir depois de uns 15 dias de um “desocupado” que tem todo tempo do mundo livre para ficar revertendo. Esse “especialista” desiste, pode ter certeza. Pois o “especialista” gosta de fazer trabalhos produtivos e não os improdutivos. A enciclopédia é de “leigos”, e os poucos “especialistas” que ainda se propõem a estar por aqui devem frear as intempéries de “leigos” que na verdade não são leigos, mas doentes que se acham superiores, ou que abusam de mais fracos. Concordo com o Al Lemos - Não há necessidade de uma lista. Não necessitamos de revisionistas, de racistas nem de pedófilos. __ Observatore 11h34min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
Eu tenho uma Lista de verbetes polêmicos: meus vigiados e não acho que preciso de outra. Vai ajudar em que ? No resto concordo com o Observatore. Tumnus msg 11h42min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
A existência ou não da lista é indiferente, os verbetes vão continuar a existir. Obviamente essa lista não vai ficar escancarada para motivar verbetes afins, parece que esse é o medo da comunidade. Na realidade, a página de discussão da lista permite debater os verbetes longe dos editotes que vivem em cabo de guerra. Lord Insipidus 11h57min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
O conteudo dos verbetes deve ser debatido nos verbetes e não numa lista. E também não pode ser escondida dos editores. Deveser o mais pública possivel. Tumnus msg 12h01min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Acabo de ler o verbete Nazismo e não vi tendenciosidade alguma. Tudo o que está escrito ali é a realidade do Nazismo, isso não se pode deixar de lado em uma abordagem técnica. Dá para dizer coisas ainda mais exóticas, quem leu o livro O Despertar dos Mágicos sabe que havia uma cultura místico-esotérica por trás das crenças nazistas. Hitler achava que os arianos eram descendentes de atlantes e por isso superiores racialmente. As outras raças eram degenerações da raça humana, especialmente os judeus. Na Alemanha nazista, filmes encomendados pelo Governo mostravam arqueólogos confirmando essa tese da origem nobre do povo alemão, até diziam que as pirâmides do Egito foram construídas por atlantes. Lord Insipidus 12h12min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
A suástica era referência a uma divindade hindu destruidora de mundos, eles ficaram encantados. Lord Insipidus 12h25min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Eu especifiquei algum artigo? Pois não farei propagando do mesmo. Quanto a Hitler, era um psicopata covarde que não teve coragem de enfrentar um julgamento a pós derrota nazista. Como todo seguidor nazista, quando se vê só, é um frouxo. Hitler era um mestiço nada puro, pois essa história é conversa de racista. Hitler era um comedor de merda, doente que deveria ter sido internado num manicômio. Mas quem é que havia falado de Hitler, o derrotado? Falei dos que estão por aqui. __ Observatore 12h53min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
É... acho que está faltando um pouquinho de pulso editorial aqui na Wikipédia. Existem casos escancarados como os que envolvem os artigos sobre o nazismo, e sobre os quais só se faz colocar panos quentes (ou bloquear a edição para quem não for administrador). Com relação ao revisionismo, para mim não tem conversa. Adoto a atitude de Henning Surr, assessor político da Fundação Konrad Adenauer, que declarou em matéria sobre educação na Alemanha para a revista Época: se algum professor disser que o nazismo não foi tão ruim, é imediatamente exonerado. A Wikipédia é fonte de pesquisas escolares. Ponto final. - Al Lemos 15h03min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
Eu apóio completamente. Só vou continuar a ser chato e pedir que não se crie um padrão de "dois pesos e duas medidas" e vocês sabem do que eu estou falando. Dantadd 15h45min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
Apologia ao nazismo, além de execrável, inaceitável e perigosa, é crime! Há algum tempo atrás um professor da UERJ foi condenado por racismo, junto a um aluno, devido nem a apologia, mas simplesmente por tentar amenizar a história nazista. Vou dar até uma procurada novamente no site do STJ para ver exatamente como lidaram com a questão. Não existe parcialidade ao reverter esse tipo de edição. Rossicev msg 18h57min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)
OK. O primeiro passo, por sugestão do Observatore seria rever a política de bloqueio (ora em discussão). Acho que podemos começar por lá. - Al Lemos 20h47min de 21 de Novembro de 2007 (UTC)

Não vejo nada contra essa lista desde que seja uma classificação própia e que esteja no domínio usuário.Se tivesse no domínio principal aí seria outra história. Mas a tallista é bem sugestiva. ~~

Acidente radioativo (sic!) de GoiâniaEditar

Peço a um dos administradores que altere o título do artigo "Acidente radioativo de Goiânia". O título correto seria "Acidente radiológico de Goiânia". As razões para tal mudança já foram explicadas pelo seguinte comentário que alguém adicionou, anonimamente, à zona de discussão do mesmo artigo:

"Acidentes envolvendo fontes de radiação ionizante fora de instalações nucleares são denominadas de acidentes radiológicos. A palavra "radioativo" é um adjetivo que indica algo que apresenta o fenômeno da radioatividade, isto é, que emite espontaneamente radiações ionizantes. O acidente não emite radiações, mas sim o material envolvido no acidente".

Antecipadamente, obrigado.--aoaa 12h19min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)

  • Acidental, provocada ou espontântena, a radiação é a mesma. Vão estudar antes de editar um artigo. NH 17h16min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)
Obrigado, NH, por ser tão gentil. É claro que a radiação é a mesma, mas trata-se aqui de uma questão gramatical.
O comentário que citei defende a tese sensata de que o adjetivo "radioativo" não se aplica para a qualificação do substantivo "acidente". No Dicionário Antonio Houaiss "radioativo" signfica: "que emite radiação, que contém radioatividade". Dizer "um acidente contém radioatividade" é dizer uma sentença desprovida de de sentido. O adjetivo "radiológico", por seu turno, significa "relativo à radiologia", aplicando-se de forma muito mais própria ao termo em questão. Diz-se "acidente nuclear" para mencionar os acidentes ocorridos em instalações de produção de energia nuclear. Por analogia, dever-se-ia dizer "acidente radiológico" para nomear um acidente que se relacionou com um aparelho empregado em exames radiológicos. --aoaa 18h22min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)
O termo correto é realmente acidente radiológico, como atestam matérias de universdades como USP e UNESP. Porém, o termo "acidente radioativo" foi cunhado pela mídia (vide matéria no Terra), foi usado pela própria Justiça brasileira e até pelo Greenpeace. Acho q é um caso de o termo "popular" suplantar o termo científico. Caberia então uma explicação no artigo, mas o nome dele não está errado, está apenas da forma q foi mais dito na mídia da época, que nem sempre é a forma gramatical correta. Garavello 18h35min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)

Se há fontes para "radiológico" que assim seja. Dantadd 00h12min de 18 de Novembro de 2007 (UTC)

Nesse caso, além de mover para "Ac. Radiológico...", o texto também deve ser mudado. Alexg 00h14min de 18 de Novembro de 2007 (UTC)
Concordo; o texto está mesmo bastante deficiente. Mas comecemos as mudanças pelo título.--aoaa 09h49min de 18 de Novembro de 2007 (UTC)
Os argumentos são coerentes. É um caso em que Acidente Radioativo de Goiânia poderia ser redirecionado para Acidente Radiológico de Goiânia.--AZZ 19h45min de 18 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Aoaassis. Desculpe, o recado para estudar não foi para vc, foi para quem editou o artigo. Os IPs que editaram o artigo colocaram um título que é muito comum popularmente e até no meio acadêmico: acidente radioativo. A imprensa utilizou esta expressão, porém a legislação brasileira considera, no caso de acidentes por emissões ionizantes, apenas dois tipos: acidente nuclear e acidente radiológico, sendo o acidente nuclear um acidente radiológico.

O Decreto Nº 623, de 4 de agosto de 1992 do Executivo Brasileiro, considera no artigo 2º, parágrafos I, II e III:

Art. 2º Para efeito deste decreto, considera-se:

I - Acidente - desvio significativo das condições normais de operação de uma atividade, instalação ou projeto que possa resultar em exposição de pessoas à radiação ionizante acima dos limites estabelecidos pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e em danos ao meio ambiente e à propriedade;

II - Acidente nuclear - acidente radiológico na instalação nuclear em teste, operação ou manutenção;

III - Acidente radiológico - desvio inesperado e significativo das condições normais de projeto, de atividade, ou de operação ou manutenção de instalação radioativa ou nuclear que, a partir de um determinado momento, foge ao controle planejado e pretendido, demandando medidas especiais para a retomada de sua normalidade, e que possa resultar em exposição de pessoas à radiação ionizante, acima dos limites estabelecidos pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), e em danos ao meio ambiente e à propriedade;

Portanto, considerando-se que :

1º Radiologia é o estudo científico de raios X e corpos radioativos;

2º O adjetivo "radioativo" não se aplica para a qualificação do substantivo "acidente", porém indica a causa ou efeito do acidente;

3º A expressão acidente nuclear foi cunhada pela legislação brasileira somente nos casos de acidentes que ocorrem em instalações nucleares quando em teste, operação ou manutenção [ que não foi o caso];

Conclui-se que:

O título correto para o artigo do acidente de Goiânia em 1987 é Acidente radiológico de Goiânia e não Acidente radioativo de Goiânia.

Porém...., retirando a questão de semântica, gramática e de legislação , não concordo com a eliminação do título Acidente radioativo de Goiânia, que tornou-se através da imprensa e de grande parte do mundo acadêmico [ repito o sic do Aoaassis ] de uso comum e popular. Sugiro, então, um redirect [ não eliminação] entre os títulos do verbete com as devidas reciclagens do conteúdo. NH 01h17min de 20 de Novembro de 2007 (UTC)

Não vejo problema algum em mover a página e manter o redirecionamento. Acho que o oaaooaaa (ou algo assim)   já podeira ter feito. Rossicev msg 10h23min de 20 de Novembro de 2007 (UTC)
Já realizei as alterações. A entrada "Acidente radioativo de Goiânia" agora redireciona para "Acidente radiológico de Goiânia". Contribuições ao texto do verbete são naturalmente muito bem-vindas.--aoaa 13h09min de 20 de Novembro de 2007 (UTC)

Pergunta de cunho técnico...Editar

A criação do domíno Anexo foi muito bem-vinda, porém, gostaria de fazer um adendo: será que é possível, quando alguém usa a ferramenta de busca da wiki, além do namespace Principal, não poderia estar marcado como padrão de pesquisa o namespace Anexo também? Afinal, quando um leitor quer pesquisar sobre algo aqui, muitas vezes a informação que ele precisa está no domínio Anexo e ele acaba não achando. E muitas vezes também não mexe nas caixas de seleção dos namespaces porque nem faz idéia do que sejam namespaces. MATHEUS WAHL 19:17 UTC Sáb 17 11 2007

Perfeita observação! Dantadd 00h10min de 18 de Novembro de 2007 (UTC)
Pesquisei vampiro nos dois domínios e não deu diferença, como é isso? Lord Insipidus 06h58min de 18 de Novembro de 2007 (UTC)

Bom, há anexos com "vampiro" no texto, mas deve não ter aparecido de princípio porque pode não ter tanta relevância quanto ao tema, mas olha, aqui se encontram resultados dos dois domínios. E então, dá pra fazer isso pelo domínio MediaWiki ou vai ser necessário contatar um desenvolvedor? MATHEUS WAHL 13:27 UTC Dom 18 11 2007

Acho que o erro foi meu, fiz a pesquisa com os dois domínios ao mesmo tempo, deveria ter marcado só "anexo" na caixa. Lord Insipidus 01h01min de 19 de Novembro de 2007 (UTC)


Não consigo excecutar arquivo OGGEditar

Segui todos os passos do tutorial para executar um arquivo OGG e o verbete disse que não havia o codec para Quick Time instalado. Eu o instalei conforme orientado, mas o problema continua, o que fazer? Lord Insipidus 13h22min de 18 de Novembro de 2007 (UTC)

Você tem o Java instalado? Alex Pereirafalaê 13h23min de 18 de Novembro de 2007 (UTC)
Não, mas o sítio disse que o arquivo a ser baixado dispensava o Java. Vou instalar o Java então, obrigado. Lord Insipidus 00h59min de 19 de Novembro de 2007 (UTC)
Deu certo (he he). Lord Insipidus 01h35min de 19 de Novembro de 2007 (UTC)

Artigo Adoptar, extender e extinguirEditar

Não entendi. Criei o artigo Adoptar, extender e extinguir com conteúdo traduzido de en:Embrace, extend and extinguish, categorizei, coloquei as mesmas referências do artigo em inglês e os devidos interwikis. Agora, para continuar a tradução, vejo que ele foi sumariamente apagado como lixo. Alguém saberia dizer o motivo disso? E não caberia pelo menos uma votação? --JrBr 00h19min de 22 de Novembro de 2007 (UTC)

Houve um lapso ortográfico. Não se preocupe. Lijealso 00h22min de 22 de Novembro de 2007 (UTC)

É. Agora vi que o artigo que criei continua lá em Adoptar, estender e extinguir. Enganei-me agora. Desculpas, pessoal. =) --JrBr 00h25min de 22 de Novembro de 2007 (UTC)

Posso estar enganadoEditar

Posso estar enganado, mas essa edição não foi feita com pesquisa inédita? Se a fonte é um portal de monografias... Crazyaboutlost discussão 17h12min de 22 de Novembro de 2007 (UTC)

Os dados não necessariamente (O IBGE deve ter alguma pesquisa do mesmo tipo - e que eu defendo que sejam esses os dados utilizados no artigo ao invés de outras fontes), mas o comentário logo a baixo dos dados é pesquisa inédita sim. Giro720 17h46min de 22 de Novembro de 2007 (UTC)

  Concordo com o Giro. Aliás, eu diria que o comentário não se trata de pesquisa inédita, mas de opinião pessoal mesmo, portanto parcial. Mas os dados, acho que podem constar, desde que a fonte fique ali bem clara. Se alguém não confia na fonte, aí é outro problema. abraço, Lipe λ FML 11h33min de 23 de Novembro de 2007 (UTC)

  Concordo, em parte, com o Giro. Em minha opinião, os dados podem ficar lá (mesmo que venham da tal fonte monográfica). Quanto ao comentário a respeito dos dados, se fosse uma referência extraída de um outro autor, a discussão seria outra. Mas, da forma como está, configura-se pesquisa inédita. PTLux diz! 11h51min de 23 de Novembro de 2007 (UTC).

  Concordo,--aoaa 13h51min de 23 de Novembro de 2007 (UTC)

Também   Concordo. Removi o trecho. Crazyaboutlost discussão 15h52min de 23 de Novembro de 2007 (UTC)

Os dados podem até ter sido obtidos mediante uma pesquisa bem feita, só que a interpretação é claramente equivocada. Quem conhece um pouco da comunidade judaica facilmente chegaria a esta conclusão. Dantadd 17h16min de 23 de Novembro de 2007 (UTC)

Dúvida (fonte)Editar

No artigo Neerlandeses, um editor colocou como fonte para o número de membros do grupo étnico neerlandes morando no Brasil esse link. Li e reli o link e a única possível "fonte" que achei foi o trecho "O nordeste brasileiro, e, em especial Pernambuco considerada a “jugular da cultura popular brasileira, além de apresentar em suas manifestações culturais o violino holandês lá chamado de “rabeca”, tem um número de, pelo menos um milhão de órfãos de olhos verdes, descendentes de cerca de 80.000 holandeses que lá estiveram no século XVII dos quais, milhares lá ficaram para sempre." Não sei o que pensar. A informação me parece tão vaga e sem base que não sei se pode ser considerada como fonte. O que vocês acham? Crazyaboutlost discussão 20h23min de 24 de Novembro de 2007 (UTC)

Também acho que não deve ser considerada. --Pedro Spoladore (discussão) 19h50min de 26 de Novembro de 2007 (UTC)
Obrigado pela opinião. Crazyaboutlost discussão 19h56min de 26 de Novembro de 2007 (UTC)
Tamos aí, pra colaborar sempre. Às vezes parece que só opinam nas questões polêmicas, hehe... acrescentando: acho que se uma fonte é (muito) fraca para sustentar algo, melhor que nem se utilize e se remova o contexto associado a ela. --Pedro Spoladore (discussão) 01h41min de 27 de Novembro de 2007 (UTC)

Basebol ou beisebolEditar

Estava visitando o artigo sobre esse esporte quando me deparei com título do artigo: Basebol. Prezados, não seria o caso o verbete constar em beisebol devido às regras da língua portuguesa?

Não fiz nenhuma movimentação por não conhecer a forma como a palavra é utilizada em Portugal. "Basebol" me parece uma falsa tradução para o termo original em inglês: "baseball". Creio que faça mais sentido "beisebol" no nosso projeto lusófono. Tito MartinsMSG 16h37min de 26 de Novembro de 2007 (UTC)

Em Portugal é corrente o uso de "basebol". E não se trata de "falsa tradução", é apenas mais uma forma de aportuguesar a palavra. A adaptação portuguesa é semântica e fonética, a brasileira é apenas fonética. Nada mais. Dantadd (discussão) 17h15min de 26 de Novembro de 2007 (UTC)
Ambas as formas estão corretas, como disse o Dantadd, trata-se apenas de versões diferentes da língua. Alex Pereirafalaê 18h02min de 26 de Novembro de 2007 (UTC)

Interessate, mas não poderia levar ao erro algum leitor? Acho que seria mais apropriado o título "Beisebol", até porque é como o termo é utilizado no desenvolvimento do artigo. Tito MartinsMSG 15h51min de 27 de Novembro de 2007 (UTC)

Se é explicado no início do artigo sobre isso, não leva a erro. Aí seria desatenção do leitor, hehehehehe. Mas pelas regras, em caso de palavras diferentes no vocabulário português pro brasileiro, mantêm-se a que foi usado na versão mais antiga do artigo. O artigo Basebol foi criado em Agosto de 2004 e o artigo Beisebol foi criado em Dezembro do mesmo ano já como redirecionamento. Portanto, deve ser mantido Basebol. Garavello (discussão) 17h43min de 27 de Novembro de 2007 (UTC)

Projecto manutençãoEditar

Tenho tentado colaborar com o Projeto Manutenção, especialmente com a lista de artigos para Wikificar, mas os números no portal do não são actualizados.

É desmotivante...

alguém pode fazer alguma coisa, para conhecermos o estado da tarefa?

Tiago Redondo (discussão) 11h26min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)


Wiki lusófona ?Editar

É uma situação que acho precisa ser estudada: o TheReverter D​ C​ E​ F, recem chegado, parece que não fala português. Não seria um grande problema, mas ele tá revertendo vandalismos e avisando os usuários (o que é muito bom) mas alguns avisos ele tá colocando em inglês. Isso não vai dar nó na cabeça de alguns novatos ? Alguém que saiba ingles podia falar com ele ? Se ele usar apenas os avisos pre-definidos acho que não tem problema. Tumnus msg 17h05min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)

Foi o que pedi a ele, mas meu inglês também não é dos melhores. Deixei uma mensagem na discussão dele. E as mensagens, sempre em português, na medida do possível...hehehe. Alex Pereirafalaê 17h13min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)

Bem... Eu não entendo inglês (só um pouco de espanhol e olhe lá), mas o que não falta na nossa Wikipedia é quem fale ou entenda inglês, basta procurar e achará. Augusto (discussão) 17h17min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)

Bom, ele está a procura de um vândalo "internacional" (até disso a wiki anda sofrendo...), parece que tem alguma relação com o IP 201.34.206.67 Rossicev msg 17h24min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)

(conflito de edição) Não vejo problema algum. O sujeito que ele avisou era um IP do Reino Unido e seus vandalismos também estavam sendo feitos em inglês. Provavelmente é um vândalo "interwiki" que surgiu na en e se espalhou por outros projetos. De toda forma, se o IP for lusófono aí sim ele deve usar avisos lusófonos, e, exceto para casos de vandalismo óbvio, deixar para que nós façamos o trabalho de instrução. --Leonardo Stabile msg 17h28min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)
Há propósito, se o IP é vândalo, porque não é bloqueado? é por causa de outros usuários IPs compartilhando o mesmo IP? Augusto (discussão) 17h32min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)
201.34.206.67 =====> dei um "tracert" e o IP é do Brasil. basiltelecom. Mago® (discussão) 12h13min de 29 de Novembro de 2007 (UTC)
Bem interessante essa história [18] alguém está cuidando disso? Jurema Oliveira (discussão) 19h23min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)


Estádios na Predefinição:DadosClubeFutebolEditar

Nos artigos dos clubes de futebol existem uma predefinição quem contém seu nome, imagem (se possível), uniforme, treinador, presidente, patrocinadores, mascote, apelidos, divisão e estádio, que é o ponto que quero discutir. Há uma diferença de opiniões entre os usuários sobre se deve constar nesta linha: se é o estádio em que o time manda seus jogos; ou se é aquele que é de posse do clube. Exemplo no Brasil: os estádios do Morumbi, São Januário e Beira-Rio são, respectivamente, de São Paulo FC, Vasco e Inter. Não resta dúvidas que é assim que deve ser no box. Porém, Corinthians, Flamengo e Atlético Mineiro para citar alguns, não possuem estádio próprio, utilizam sempre um estádio público, no caso: Pacaembu, Maracanã e Mineirão. Eu acredito que por Flamengo e Atlético Mineiro, e também o Corinthians (mas aí é algo que vou falar depois) só jogarem nesses estádios, eles devem estar no box. Chega a ser infâme, como às vezes colocam, deixar nesta área correspondente ex-estádios, como a Gávea no caso do Fla, Fazendinha do Corinthians, Cidade do Galo no do Atlético, uma vez que esse locais são Centros de Treinamento hoje em dia.

Uma coisa que acontece referente a esta divergência é que torcedores de clubes rivais ficam escrevendo que o estádio dos clubes que não têm são estes locais de treinamento (anteriormente utilizado para jogos). Não estou acusando ninguém, aliás estou alguns IPs vândalos, mas acho que temos que dar uma padronização para isto! Meio que fica um "eu tenho, você que não tem não vai ter nada". Vejo isso acontecer muito nas relações sociais em São Paulo, principalmente denegrindo o Corinthians, único clube grande paulista sem estádio e constantemente alvo de chacotas por parte de rivais quanto a este assunto.

Eu ainda alinho outro entrave para se colocar os de posse. Estas alterações sempre são feitas em artigos de grandes clubes, deixando todos os outros pequenos (milhares de times), fora do padrão. Muitas pessoas não sabem se um time do sertão da Paraíba joga no seu próprio estádio ou se no do Município. Não estou falando que é mais fácil colocar aonde ele joga, mas sim que é mais completo e sem rastro de dúvidas.

Além de trocar por Centro de Treinamentos, às vezes, o espaço fica em branco. Dá a entender que o clube não não tem estádio fixo, o que é errado ao meu ver. Como já exemplifiquei, o Atlético Mineiro, desde a construção (exceto quando o estádio está em obras) joga no Mineirão. Vamos tirar o Mineirão só porque não é dele? Isto é ignorar toda uma tradição e costume das equipes. O mesmo vale para o Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Bahia, entre outros que não lembro agora.

Creio que alguém que não conheça um time queira saber de supetão o local aonde os jogos são mandados, por isso colocar na predefinição. Para tanto, objetivando diferer os estádios de posse e de mando (por assim dizer), penso que o ideal seria colocarmos ao lado do estádio "de mando" palavras que indiquem isto. Exemplo: Flamengo - Maracanã (mando de jogos). Ou então alguma outra expressão pois estou sem muita criatividade agora. Todos sabem que o Flamengo só joga no Maracanã, se jogar em outro lugar é situação de exceção ou então está havendo obra por médio/longo prazo. No estádio do Maracanã colocasse as situações de mando no campo "mandante", no caso Flamengo e Fluminense, e Botafogo e Vasco em clássicos. Bem como fazer o mesmo no do Morumbi: São Paulo FC e clássicos de outros times.

Ah, esta discussão se iniciou com o Garavello (DctribAElogsBMF) e pode ser lida e nossa páginas. Isso é algo que necessita ser padronizado e discutido. Tito MartinsMSG 18h50min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)

Alguns esclarecimentos de minha parte:
  1. A adição de centros de treinamento e/ou dados errados na infobox não foi feita por mim. O que efetuei foi a retirada de alguns estádios que estavam no infobox a times aos quais não pertencem, justificando as remoções.
  2. A argumentação "é o estádio onde o time só joga" é incorreta. Há casos em que o Corinthians joga no Morumbi, no interior, até mesmo no Canindé já jogou. E o Pacaembu já foi palco de vários jogos da Portuguesa, bem como o Maracanã é palco de jogos do Vasco e do Botafogo quando necessário... O Morumbi já teve jogo com mando de campo de Santos e São Caetano em 2007, isso só pra citar casos em SP e RJ. Já recordei tbém na dsicussão com o Tito q o Flamengo mandou muitos jogos em Juiz de Fora e na Arena Petrobrás (esta usada largamente em 2005, se não me engano).
  3. Não é questão de tradição, é questão de exatidão. Alguns estádios não pertencem a algum clube, pertencem à sociedade. O clube apenas usufrui dele, como pode fazer qualquer outra agremiação/entidade/pessoa, sem arcar com os custos regulares de manutenção e administração do estádio. Não é pq vc aluga uma casa q ela passa a ser sua, vc apenas a usufrui.
  4. Quanto aos estádios menores, é só questão de pesquisar. Se for ficar espaços em branco, paciência, melhor não ter um dado "forçado" que colocar um dado incorreto. a informação não fica completa, ela fica errônea. É informação colocada lá só por colocar.
  5. Se o espaço em branco incomoda, é só ajeitarmos a predef, como tantas outras, q não aparece aquela linha em caso de campo vazio.
Em suma, é o q eu disse na página do Tito: Ali na infobox deve estar o estádio que seja PATRIMÔNIO do clube (ou no máximo o q ele administre por concessão). Apenas esse estádio (supondo que o clube não tenha um outro construído).
As informações sobre uso regular (ou até esporádico) de estádios que não pertencem ao clube deve vir mencionada dentro do artigo, como foi feito no artigo do Fluminense (que fala do Estádio das Laranjeiras que é do clube) ou do Atlético (que está apresentando projeto pra um estádio próprio em 2008), pois dentro do artigo se tem uma flexibilidade de tratar todos os casos, sejam exceção ou não.
Mas conforme forem enchendo a infobox de "observações", maior ela fica e não é esse o intuito dela. O intuito dela é resumir as informações principais e oficiais. E, oficialmente, alguns dos clubes citados não "possuem" um estádio. deve ser citado sim em seus artigos os estádios q usam regularmente, mas eles não fazem parte do patrimônio do clube.
Quanto à sugestão referente aos artigos nos estádios, aí não vejo problema, pois o estádio pode ser utilizado por mais de uma agremiação com regularidade (Mineirão, por exemplo).
Aproveito pra levantar um tópico referente ao assunto: na infobox sobre seleções constava a opção Estádio. Isso foi removido, afinal existem seleções q fazem um revezamento entre os estádios q sediam seus jogos, oficiais ou não. Então, subentende-se q uma clube/seleção não ter estádio constando em sua infobox não é nada q o denigre. Garavello (discussão) 19h32min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)
Eu penso que poderíamos alterar a predefinição com termos apropriados, ou, medida menos drástica, colocar uma observação entre parênteses ao lado do nome do estádio. O que não podemos é simplesmente escrever o nome do estádio e esquecer que ele não é de propriedade do time.
"Quanto aos estádios menores, é só questão de pesquisar. Se for ficar espaços em branco, paciência, melhor não ter um dado "forçado" que colocar um dado incorreto. a informação não fica completa, ela fica errônea. É informação colocada lá só por colocar."  Concordo.Crazyaboutlost discussão 19h51min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)
Eu não gosto da idéia de "observações" na infobox pq isso é encher a infobox de muita informação, quando o objetivo dela é justamente o oposto, ser um resumo das informações mais importantes. Pra casos de clubes q mandem jogos em outros estádios, tendo ou não estádio próprio, que se faça a notação dentro do artigo (a maioria contém já uma subseção "Estádio"), onde ali pode se escrever livremente que o clube tal usa o estádio X para mandar seus jogos com certa regularidade, assim como já usou o estádio Y e Z em algumas ocasiões, etc. Garavello (discussão) 20h10min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)

Não é informação forçada. É algo que acontece há anos e nunca (ou dificilmente) vai mudar. Por exemplo, acho que o estádio em que Cardoso Moreira FC (que acabou de subir pra Primeira Divisão do Carioca) é da prefeitura da cidade (não tenho certeza). Cardoso Moreiro é uma cidade minúscula e o time não tem muito investimento. Nem a cidade, nem o clube terão de onde tirar dinheiro para quem sabe um dia construir um estádio para o clube. Eles estabelecem uma parceria, mesmo que não oficializada no papel, para que as receitas provenientes do estádio possam ir para o clube. Iremos tirar da predefinição seu estádio por causa disso? Não é justo.

Essa idéia do Crazyaboutlost de alterar a predefinição já tinha pensado mas nem falei. Precisaria do aval de mais gente para procedermos. No caso, seriam duas opções, por exemplo: Estádio próprio e Estádio de jogos (ou outros títulos mais criativos). Caso fossem os mesmos, ficaria apenas o Estádio próprio. O que acho que não dá é pra excluir o local onde, freqüentemente, estes times atuam. Tito MartinsMSG 21h05min de 28 de Novembro de 2007 (UTC)

Mas ninguém vai excluir nada. A informação dos estádios onde os times jogam regularmente quando não forem donos/administradores estarão no corpo do artigo, sem nenhum problema. No caso citado, bastaria dizer no corpo do artigo as condições, há qto tempo usa, qual o relcionamento com a prefeitura, etc.
Só não podem ficar na infobox, pq aí começa a se encher uma infobox de "observações" quando o intuito dela é colocar as coisas mais resumidas possível. Isso que eu discordo, ficar adicionando informações erradas (ou ter de ficar colocando várias "observações"). Ou o clube possui/administra um estádio ou então a infobox deve ficar vazia nesse caso. Garavello (discussão) 13h15min de 29 de Novembro de 2007 (UTC)


Converter arquivo .AVI em .OGGEditar

Alguém poderia indicar um software para conversão de um artigo de vídeo .AVI em . OGG? Não achei nenhum que faça isso e que seja livre. Tenho pequenos vídeos que fiz e gostaria de carregá-los no Commons. Obrigado. Tilgon Zinmi 16h22min de 29 de Novembro de 2007 (UTC)

De .OGM para .AVI tem vários gratuitos e/ou livres, mas de .AVI para .OGM (ou .OGG) só encontrei softwares comerciais, como este. --Pedro Spoladore (discussão) 17h17min de 29 de Novembro de 2007 (UTC)

Vou continuar procurando. Obrigado. Tilgon ¿Pqntc? 10h23min de 30 de Novembro de 2007 (UTC)